Quem Participou Na Missao Espacial Que Ficou Conhecida Como Vostok 1?

Edição impressa| As viagens espaciais são uma ciência exata e exigente onde o tempo e a distância se submetem aos ensinamentos de Sir Isaac Newton. Aventuras de exploração calculadas ao segundo onde o mínimo erro se torna uma questão de vida ou de morte e onde os relógios e os homens que os usam têm desempenhado um papel fundamental. 

Versão completa do artigo publicado no número 51 da Espiral do Tempo.

A 12 de abril de 1961, precisamente às 6 h 07 min (GMT), o cosmonauta russo Yuri Gagarin, aos comandos da Vostok 1, dava início a uma era de voos espaciais tripulados que o mundo jamais esqueceria.

Mas apesar de a ciência que colocou o homem no espaço e o trouxe de novo à Terra são e salvo ser a mais recente e moderna que estava nesta altura disponível, ironicamente, nos pulsos destes exploradores do espaço, estava uma tecnologia que já existia há séculos: a velha e boa relojoaria mecânica.

Já nesta altura, o relógio de pulso mecânico era uma peça de equipamento extremamente importante cuja fiabilidade e precisão eram de importância primordial. Segundo esta perspetiva, a seleção de um simples relógio de pulso, que Gagarin e muitos dos cosmonautas e astronautas que se lhe seguiram fizeram, não terá sido certamente uma escolha simples feita de ânimo leve.

Quem Participou Na Missao Espacial Que Ficou Conhecida Como Vostok 1?Sturmanskije usado por Yuri Gagarin a bordo da Vostok 1. © forums.watchuseek / David Barnetti | Foto de abertura: B-42 Official Cosmonauts Chronograph a bordo da sonda Soyuz TMA-02M © Fortis

Gagarin tornava-se no primeiro explorador espacial a bordo da Vostok 1, e com ele levava um equipamento oficial do estado soviético, um cronógrafo mecânico de corda manual com 23 rubis.

O Sturmanskie era nesta altura construído pela fábrica russa Pobeda, hoje conhecida como Poljot.

Um nome que significa «voo», precisamente em honra da missão espacial de 108 minutos concluída por Gagarin, em 1961.

O relógio Sturmanskie de Gagarin foi construído com máquinas e ferramentas cedidas pela Omega e pela francesa LIP ao abrigo de um programa instituído após o fim da Segunda Guerra Mundial. E apesar de bastante fiáveis, mais tarde seriam os próprios cosmonautas russos a adotar os Omega Speedmaster já usados pelos congéneres americanos.

No seguimento da façanha de Gagarin, só a 20 de fevereiro de 1962 o astronauta norte-americano John Glenn se tornaria o segundo homem no espaço. Na missão da Mercury 6, concluída a bordo da cápsula Friendship 7, Glenn usou um cronómetro de mão da Heuer preso a um elástico sobre o fato espacial. Este foi o seu relógio de apoio durante o voo.

Quem Participou Na Missao Espacial Que Ficou Conhecida Como Vostok 1?John Glenn entra a bordo da sonda Fiendship 7 que o levaria a orbitar a Terra. No braço, leva o stopwatch 2915A modificado da Heuer. © TAG Heuer

Poucos meses depois, a 24 de maio de 1962, foi a vez de a Mercury 7 orbitar a Terra com Scott Carpenter a bordo. No pulso, levava o ábaco dos cronógrafos, um Breitling Navitimer Cosmonaute, tornando-se o primeiro astronauta americano a usar um relógio de pulso no espaço.

O relógio indicava, por sugestão do próprio Carpenter, o tempo numa escala de 24 horas sobre o mostrador, em vez das habituais 12 horas.

A Breitling só voltaria a associar-se à exploração espacial entre 1996 e 2001, quando decidiu fornecer uma versão especial modificada do Aerospace para uma série de missões franco-russas.

Quem Participou Na Missao Espacial Que Ficou Conhecida Como Vostok 1?Breitling Navitimer Cosmonaute, cerca de 1967. © antiquorum

O Omega Speedmaster Professional Mark I surge em 1957 e fez a sua viagem espacial inaugural no pulso de Wally Schirra a bordo da Mercury 8, numa altura em que a NASA ainda não tinha certificado o modelo. Apesar de ter sido concebido a pensar no desporto automóvel, a escolha do Speedmaster com mostrador negro pode ser atribuída à sua excelente legibilidade e robustez geral.

Até aqui, eram os próprios astronautas que escolhiam os relógios que queriam usar.

Com o início dos programas Gemini e Apollo, os técnicos da NASA começaram a procurar um relógio que se adequasse às invulgares exigências das AEV (atividades extraveiculares).

A seleção devia ser feita com base em relógios de produção corrente sem qualquer modificação, os quais seriam sujeitos a testes operacionais realistas.

A NASA escolheria dez cronógrafos à prova de água, choque e antimagnéticos, onde se incluíram exemplares da Rolex, Omega, Longines, Elgin, Hamilton, Mido e Bulova, adquiridos numa relojoaria em Houston. Submetidos a fortes diferenças de temperatura, pressão, humidade relativa, vácuo, choque, aceleração (12 g), descompressão e vibração, só o Omega Speedmaster sobreviveu.

Quem Participou Na Missao Espacial Que Ficou Conhecida Como Vostok 1?Omega Speedmaster e certificado. © Omega Ltd.

A 18 de março de 1965, o cosmonauta Alexei Leonov adiantava-se aos americanos e tornava-se o primeiro homem a efetuar um passeio espacial ao sair da proteção da cápsula da Vostok II com um Strela (seta, em russo) sobre o fato espacial. Um relógio que acompanhou todos os cosmonautas nas duas décadas que se seguiram e que tinha a reputação de ser o equivalente russo do Speedmaster.

Passados apenas cinco dias, os astronautas da Gemini-Titan III, Gus Grissom e John Young, levavam já no pulso os Speedmaster oficiais da NASA. Grissom, Young e Chaffee viriam mais tarde a tornar-se nas primeiras vítimas mortais do programa espacial norte-americano num acidente a bordo da Apollo 1.

Em junho desse mesmo ano, Ed White tornava o Omega Speedmaster famoso no mundo inteiro ao usar o relógio preso ao fato espacial através de uma fita de velcro durante o segundo passeio espacial da história com a Gemini IV.

A fotografia do momento histórico fez capa da revista Life, e foi através dessa publicação que a Omega ficou a saber que o relógio estava a ser utilizado pelo programa espacial norte-americano.

A partir daqui, o Speedmaster passava a acrescentar ao seu nome a designação «Professional».

Quem Participou Na Missao Espacial Que Ficou Conhecida Como Vostok 1?Missão Gemini 4, Junho de 1965 © OMEGA Ltd.

E o momento mais alto chegou a 20 de julho de 1969 com a missão lunar da Apollo 11. Buzz Aldrin saiu para a superfície da Lua com o Speedmaster sobre o fato espacial que a partir daí passaria a ser mundialmente conhecido como Moonwatch, o relógio da Lua. Neil Armstrong, o primeiro homem na Lua, tinha deixado o seu Speedmaster no módulo lunar como relógio de apoio em caso de necessidade.

O Speedmaster voltaria a fazer história em abril de 1970, quando foi usado para cronometrar o disparo de um propulsor de forma a permitir a reentrada da danificada Apollo 13, após uma falha elétrica que originou a explosão de um reservatório de oxigénio. Nesta missão, Jack Swigert levou consigo um Rolex GMT Master, um equipamento não oficial que também acompanhou outros astronautas como Ed Mitchell e Ron Evans, a bordo da Apollo XIV e XVII, respetivamente.

Quem Participou Na Missao Espacial Que Ficou Conhecida Como Vostok 1?Rolex GMT Master de 1955 © rolex

Em julho de 1971, foi a vez de um cronógrafo da americana Waltham acompanhar o astronauta da Apollo XV Dave Scott numa AEV. Mas os Speedmaster continuaram a dominar o programa espacial norte-americano, apesar dos protestos do general Omar Bradley que, até 1973, dirigiu a Bulova.

A influência do general levou a que os relógios fossem reavaliados para a missão final da Apollo 17, em 1972.

Apesar de uma nova bateria de testes onde se incluíram modelos da Breitling, Elmore, Bulova, Elgin, Forbes, Girard-Perregaux, Gruen, Hamilton, Heuer, Lejour, Longines-Wittnauer, Rolex, Seiko e Zodiac, o Speedmaster acabou por ser novamente escolhido, estendendo-se o seu uso às missões Skylab e Space Shuttle.

Jim Lovell confirmou nesta altura que era possível usar dois relógios no espaço, pelo que exemplares da Casio e da Seiko começaram a acompanhar os astronautas nas missões da década de 70.

Foi o caso do Seiko 6139 que viajou até à Skylab, a primeira estação espacial da história.

Em 1973, o 6139 tornava-se no primeiro cronógrafo automático no espaço dissipando qualquer dúvida sobre o funcionamento da massa oscilante do sistema de carga automática num ambiente de gravidade zero.

Quanto aos cosmonautas russos, os relógios que habitualmente usavam durante as missões da década de 70 eram cronógrafos Sekonda, tal como o modelo usado por Aleksandrovich Gubarev na missão Soyuz 28, em março de 1978. Pouco tempo antes, os soviéticos tinham reformado os famosos Strela.

Com o advento das missões do vaivém espacial, teve também início uma nova era na exploração do espaço com astronautas de outras nacionalidades a integrarem as tripulações e, com eles, outras marcas de relógios.

O astronauta alemão Reinhard Furrer usou um cronógrafo alemão SINN 141 na missão Space Lab One de 1983.

O Sinn 141 voltaria ainda ao espaço numa missão à estação russa MIR, no pulso do astronauta alemão Dietrich Flade.

Leia também:  Como Saber Quanto Gasta Um Aparelho?

Quem Participou Na Missao Espacial Que Ficou Conhecida Como Vostok 1?Fortis Cosmonaut © Fortis

A partir de 1994, os russos escolhem o cronógrafo de corda automática Cosmonaut da Fortis como relógio oficial do seu programa espacial.

Para ser aceite, o Cosmonaut suportou alguns dos testes mais exigentes a que alguma vez um relógio mecânico foi submetido.

Os cosmonautas Talgat Musabayev e Yuri usaram o modelo em diversas AEV da missão Soyuz TM-19, dando ao Fortis o título de primeiro cronógrafo automático verdadeiramente no espaço.

Em 2007, o aventureiro, designer de jogos on-line e turista espacial Richard Garriott cooperou com a Seiko na criação do primeiro relógio de pulso especificamente criado para um uso no espaço.

Quatro modelos do Spring Drive Spacewalk acompanharam Garriott até à Estação Espacial Internacional (EEI), em outubro de 2008, tendo tido um desempenho notável ao longo dos 12 dias da missão, sem necessidade de ajustamento ou corda, apesar da ausência de gravidade e dos reduzidos movimentos corporais em órbita.

Hoje, os astronautas usam dois relógios nas suas missões espaciais, e a NASA permite uma escolha entre o Casio G-Shock, o Omega Speedmaster X33, o Timex Ironman e o tradicional Speedmaster Professional. A escolha do segundo relógio é deixada ao critério do astronauta segundo a sua preferência pessoal.

Irão os astronautas do século XXI usar relógios de pulso nas suas viagens de exploração até Marte e mesmo além do sistema solar? Fará sentido medir o tempo por um ciclo de 24 horas, ou submeter-se-ão ao ritmo dos 1000 .beats por dia, como proposto pelo standard para o tempo global da Internet? Só os aventureiros que decidirem explorar a última fronteira o poderão dizer.

Viagem pioneira de Yuri Gagarin ao espaço completa 55 anos

Quem Participou Na Missao Espacial Que Ficou Conhecida Como Vostok 1?O astronauta Yuri Gagarin, primeiro homem a alcançar o espaço, em 1961. (Foto: alldayru.com / via ESA)

Há exatos 55 anos, o cosmonauta soviético Yuri Gagarin entrava para a história ao se tornar o primeiro ser humano a viajar ao espaço. A missão era perigosa: de 48 cães enviados ao espaço pela União Soviética, 20 tinham morrido. Ainda assim, muitos sonhavam em ir no lugar dele.

Na época do feito, a União Soviética e os Estados Unidos travavam uma batalha silenciosa para saber qual nação levaria o primeiro ser humano à Lua.

Os norte-americanos venceram a disputa em 1969, com o “pisão” inaugural de Neil Armstrong no satélite natural da Terra, mas nos oito anos anteriores, os soviéticos sempre estiveram à frente – inclusive no lançamento do primeiro satélite artificial, o Sputnik, em 1957.

Os Estados Unidos só levariam o primeiro homem ao espaço alguns meses depois de Gagarin, durante a viagem de Alan Shepard no voo da Freedom 7, em 5 de maio de 1961. Porém somente em 7 de fevereiro de 1962, durante a missão Friendship, com John Glenn, o país teve seu primeiro astronauta completando uma volta inteira ao redor do planeta.

‘Poyekhali’ O voo de Gagarin começou às 09h07 do dia 12 de abril de 1961, no horário de Moscou, com o lançamento da cápsula Vostok 1 com o foguete R-7. Antes de decolar, o cosmonauta gritou “Poyekhali!” (“Vamos nessa!”, em tradução livre).

A nave partiu das instalações do então secreto Cosmódromo de Baikonur, conhecido à época também como Tyuratam, localizado nas estepes do Cazaquistão – uma das ex-repúblicas soviéticas.

Quem Participou Na Missao Espacial Que Ficou Conhecida Como Vostok 1?Cápsula Vostok após aterrissar no Cazaquistão (Foto: ESA)

Onze minutos após a decolagem, o combustível do foguete acabou, a cápsula redonda Vostok foi liberada e a humanidade entrava em órbita pela primeira vez.

Para girar ao redor do planeta, a Vostok precisou alcançar uma velocidade média de 28 mil km/h. Gagarin não chegou a controlar a nave, ainda que os controles para uma operação manual da Vostok 1 estivessem disponíveis ao piloto soviético.

Durante os 108 minutos de duração da missão, Gagarin deu uma volta inteira em torno da Terra. Os relatos do cosmonauta narram a sensação de estar sob o efeito de uma gravidade menor, além de uma preocupação constante sobre os dados do voo – ao solicitá-los à equipe responsável na Terra.

O cosmonauta retornou ao solo terrestre às 10h55 em uma área de plantação em Smelovka, na província de Saratov, a 300 km de onde deveria ter pousado.

Quem Participou Na Missao Espacial Que Ficou Conhecida Como Vostok 1?Jornal americano noticia feito de Gagarin (Foto: AFP Photo)

  • Gagarin foi designado para fazer o primeiro voo do homem ao espaço, marcado para 12 de abril de 1961 queando tinha 27 anos e era casado com Valentina, uma enfermeira que acabava de dar à luz a segunda filha do casal.
  • Morto em 1968, o cosmonauta é um dos raros heróis nacionais cuja imagem não sofreu com a queda da União Soviética no fim de 1991.
  • Suas origens populares – um pai carpinteiro e uma mãe camponesa – jogaram a favor de sua candidatura para se tornar o primeiro homem no espaço, frente a seu rival Gherman Titov, proveniente de uma família de professores e com a desvantagem de ter um nome germânico, segundo seus biógrafos.
  • Nascido em março de 1934 em um povoado perto de Smolensk (oeste), depois de uma infância difícil marcada pela guerra e pela ocupação nazista, Gagarin dedicou-se primeiramente a trabalhar como metalúrgico.

Apaixonado por aviação, inscreveu-se em uma escola militar de Orenburgo (Montes Urais) e assumiu pela primeira vez o comando de um avião em 1955. Quando em um dia de outono de 1959 uma comissão selecionava voluntários para pilotar um “tipo moderno de aeronave”, sua baixa estatura – apenas 1,60 metro -, jogou a seu favor.

Vinte candidatos começaram um treinamento de um ano em um centro secreto de Moscou. Com o passar do tempo, não restaram mais de 12, e logo seis — entre eles, Gagarin.

  1. Homem loiro, de olhos azuis e sorriso quase infantil, Gagarin encarnava o arquétipo do homem russo apontado como exemplo pela propaganda soviética.
  2. Ganhou assim a simpatia de seus colegas, e em especial a de Serguei Korolev, pai da astronáutica soviética.
  3. “Gagarin não era um líder, mas era amigo de todos, e Korolev o tratou como um filho”, lembrou em entrevista recente à agência AFP o cosmonauta Boris Volynov.
  4. “Yuri foi eleito por suas qualidades pessoais, muito próximas ao povo”, e se transformou no símbolo perfeito dos êxitos da União Soviética, comentou o cosmonauta.

Quem Participou Na Missao Espacial Que Ficou Conhecida Como Vostok 1?Aós viajar ao espaço, Gagarin ganhou status de heróis soviético (Foto: AFP Photo)

Recebido de forma triunfal pelo mundo inteiro, Gagarin completaria essa missão perfeitamente, demonstrando segundo as testemunhas uma simplicidade absoluta.

Durante um jantar, recebeu um sorriso da rainha da Inglaterra ao admitir que não sabia com qual garfo poderia servir-se. Mas não apenas por isso: herói nacional com todos os privilégios, Gagarin passava horas ao telefone para conseguir um remédio, um lugar no hospital ou um tíquete para o teatro Bolshoi para seus diversos amigos.

Ele sonhava em ir à Lua, mas o destino tinha decidido outra coisa. Muito apreciado pelas autoridades soviéticas, permaneceu longo tempo com a proibição de pilotar.

Em 27 de março de 1968, ao pilotar um pequeno avião de treino, caiu no nordeste de Moscou em circunstâncias ainda pouco claras.

Legado Gagarin virou um herói soviético após retornar ao planeta que ele observou – pela primeira vez – de fora. Foi poupado de outras missões pelo medo de um acidente encerrar a vida de um dos principais ícones soviéticos durante a Guerra Fria.

Após a tragédia que o matou, uma cratera na Lua e um asteroide foram nomeados em homenagem ao cosmonauta.  

Quem Participou Na Missao Espacial Que Ficou Conhecida Como Vostok 1?Yuri Gagarin ao ser transportado para o lançamento da Vostok 1, na manhã de 12 de abril de 1961. Ao fundo da imagem está German Titov, piloto reserva da missão, que foi ao espaço na missão Vostok 2. (Foto: Nasa)

Corrida espacial: contexto, acontecimentos, como teve fim

A corrida espacial foi um dos capítulos mais conhecidos da Guerra Fria, aconteceu entre 1957 e 1975 e foi travada entre Estados Unidos e União Soviética.

A corrida espacial foi responsável por mobilizar altas quantias de dinheiro com o intuito de promover a exploração do espaço.

Nela, soviéticos e americanos incentivaram o desenvolvimento científico, realizaram expedições tripuladas ao espaço, e, como ápice dessa disputa, foi organizada pelos americanos uma expedição que levou o homem à Lua.

Acesse também: Entenda por que a Lua não cai na Terra

Contexto

A corrida espacial foi um dos acontecimentos mais marcantes da Guerra Fria, conflito político-ideológico que dividiu o mundo durante os anos entre 1947 e 1991. A Guerra Fria foi iniciada logo após o fim da Segunda Guerra Mundial. Ao final dessa guerra, que se estendeu de 1939 a 1945, os Estados Unidos saíram indiscutivelmente como a grande potência mundial.

Leia também:  Como Saber Quando Alguém Está Mentindo?

A ascensão da União Soviética durante a guerra e o seu papel como potência do bloco comunista levaram o governo americano a desenvolver uma retórica que guiou o mundo à polarização. Assim, já na década de 1940, o discurso e as ações diplomáticas tomadas pelo governo americano visavam combater o crescimento da influência soviética.

A ação dos Estados Unidos em transformar a União Soviética como seu grande adversário visava garantir a força da presença americana no continente europeu e, assim, manter sua economia aquecida. Desse modo, ao longo das décadas de 1940 e 1950, os dois blocos foram organizando-se, cada qual agrupando as nações de sua zona de influência.

Não pare agora… Tem mais depois da publicidade 😉

Ao longo dos anos de Guerra Fria, a disputa travada entre americanos e soviéticos deu-se em diversas instâncias.

Diplomaticamente, cada nação buscava garantir os seus interesses; economicamente, disputava-se a hegemonia mundial; militarmente, disputava-se a hegemonia da força; e no âmbito tecnológico a disputa também aconteceu.

Um dos desdobramentos da Guerra Fria acabou sendo a disputa tecnológica conduzida por americanos e soviéticos. Nessa disputa, as duas nações investiram maciçamente na educação e promoveram um rápido avanço científico. A corrida espacial foi resultado dessa disputa no âmbito científico.

A corrida espacial aconteceu a partir do lançamento de satélites artificiais, sondas espaciais, envio de expedições tripuladas para o espaço e viagens para a Lua.

A “conquista” do espaço era algo fundamental dentro da disputa travada por americanos e soviéticos, pois o domínio dessa nova fronteira deixaria bem claro o papel de potência mundial daquele que o fizesse.

Além disso, dominar o espaço poderia ser utilizado em questões estratégicas do âmbito militar. Isso porque dominar o espaço poderia permitir monitorar o inimigo por meio de satélites, realizar ataques se necessário etc. Por isso a disputa pelo espaço era tão importante assim. Tratava-se de uma nova fronteira do progresso humano a ser atravessada pela nação ganhadora.

Acesse também: Conheça a história da Tsar Bomb, a bomba mais potente da história

Principais acontecimentos

Neste trecho do texto, traremos um resumo dos principais acontecimentos que se passaram durante a corrida espacial.

Quem Participou Na Missao Espacial Que Ficou Conhecida Como Vostok 1? Em 4 de outubro de 1957, os soviéticos enviaram o Sputnik 1, o primeiro satélite artificial em órbita terrestre.*

Os soviéticos deram o primeiro passo na corrida espacial e, em 4 de outubro de 1957, foi lançado o primeiro satélite em órbita, o Sputnik 1. Foi esse acontecimento que deu início à corrida espacial, e o Sputnik 1 funcionou na órbita da Terra durante 22 dias. Nesse período, o satélite enviou sinais de rádio que foram fundamentais para o estudo do planeta.

Pouco tempo depois do lançamento do satélite, a imprensa soviética celebrou o acontecimento como um grande marco da ciência soviética, e o lançamento do Sputnik 1 repercutiu no mundo todo, incluindo os Estados Unidos. O satélite soviético era uma esfera feita de alumínio com 58 centímetros de diâmetro e pesava cerca de 83 kg.

Quem Participou Na Missao Espacial Que Ficou Conhecida Como Vostok 1? A cadela Laika foi o primeiro ser vivo a ser enviado para o espaço e estava a bordo do Sputnik 2, em 1957.**

Os soviéticos continuaram inovando e, um mês depois, realizaram o lançamento do Sputnik 2, que pesava 508 kg e foi responsável por levar o primeiro ser vivo para o espaço.

Nessa ocasião, os soviéticos enviaram ao espaço a cadela Laika, que morreu 10 dias depois do lançamento por conta do superaquecimento da estrutura.

O Sputnik 2 desintegrou-se ao entrar na atmosfera, no dia 14 de abril de 1958.

Ao todo, a União Soviética enviou para o espaço 10 satélites designados Sputnik, e o último deles foi lançado em 25 de março de 1961. O Sputnik 10 enviou outra cadela para o espaço (chamada Zvezdochka), e essa, diferentemente de Laika, foi trazida para a Terra viva. Para saber mais sobre esse assunto, leia nosso texto: Sputnik.

Quem Participou Na Missao Espacial Que Ficou Conhecida Como Vostok 1? A NASA foi criada como parte dos esforços americanos para a competição contra os soviéticos na exploração espacial.***

Em resposta ao lançamento dos Sputnik 1 e 2 realizado pelos soviéticos, os Estados Unidos anunciaram o lançamento de seu próprio satélite artificial.

Assim, os americanos lançaram o Explorer 1, no dia 31 de janeiro de 1958. Esse satélite foi responsável por descobrir uma região radiativa ao redor da Terra.

Essa região ficou conhecida como Cinturão de Van Allen.

O Explorer 1 parou de enviar sinais cerca de quatro meses depois e entrou na atmosfera somente em março de 1970.

Em seguida, ainda como parte da reação americana aos lançamentos soviéticos, foi criada a National Aeronautics Space Administration, mais conhecida como NASA.

Sua criação aconteceu no dia 29 de julho de 1958, durante o governo de Dwight D. Eisenhower (1953-1961). Tem curiosidade no assunto deste tópico? Leia nosso texto: NASA.

Outro acontecimento importante da corrida espaço deu-se com o lançamento de Lunik 1, uma sonda que foi lançada em 2 de janeiro de 1959.

Cerca de 34 horas depois, a sonda tinha passado pela Lua e, depois disso, entrou na órbita do Sol, sendo a primeira sonda a orbitar essa estrela.

Uma segunda sonda foi lançada em 12 de setembro de 1959, e a terceira foi lançada no dia 4 de outubro de 1959.

Homem no espaço

Quem Participou Na Missao Espacial Que Ficou Conhecida Como Vostok 1? O soviético Yuri Gagarin foi o primeiro homem a ser enviado ao espaço, em 1961.****

A União Soviética foi a primeira nação a enviar um satélite artificial, a enviar um ser vivo para o espaço e a enviar uma sonda que orbitou o Sol. Depois de ter feito tudo isso, os soviéticos foram ainda os primeiros a enviar um homem para o espaço. A seleção para essa empreitada foi iniciada por eles em janeiro de 1961.

Essa seleção levou à escolha de Yuri Alekeseyevich Gagarin e Gherman Stepanovich Titov. Yuri Gagarin tinha um biótipo adequado para a expedição e era um homem de origem humilde. Sua escolha, além de tudo, aconteceu como forma de propaganda, pois ele era o ideal de homem soviético.

Gagarin foi enviado para o espaço na Vostok 1, e o lançamento aconteceu no dia 12 de abril de 1961.

A nave em que Gagarin estava ficou na órbita da Terra durante 108 minutos e, nessa ocasião, Gagarin proferiu a famosa frase “a Terra é azul”.

Durante o retorno ao planeta, Gagarin ejetou-se da nave a 8000 metros de altura e completou a descida de paraquedas. Isso fez dele o primeiro homem da história a ir para o espaço.

Os americanos, no rastro dos soviéticos, enviaram o seu primeiro homem ao espaço no dia 5 de maio de 1961. Alan Bartlett Shepard Jr.

foi enviado na Freedom 7 e esteve durante 15 minutos em uma trajetória suborbital.

A primeira mulher enviada para o espaço foi a soviética Valentina Vladimirovna Tereshkova, no dia 16 de junho de 1963. Ela esteve durante quase três dias no espaço.

Homem na Lua

Quem Participou Na Missao Espacial Que Ficou Conhecida Como Vostok 1? O americano Neil Armstrong foi o primeiro homem a pisar na superfície lunar, em 1969.*****

O projeto americano de enviar o homem para a Lua iniciou-se em 1961, por meio de um discurso do então presidente John F. Kennedy.

Nesse momento da corrida espacial, os soviéticos haviam realizado todas as grandes inovações.

Conforme mencionamos, eles foram os primeiros a enviar um satélite artificial, uma sonda lunar, uma sonda que orbitou o Sol, um ser vivo e o homem para o espaço.

Assim, o envio do homem para a Lua era uma obsessão para o governo americano, que não poupou esforços (e dinheiro) para viabilizar esse projeto. Para que isso fosse possível, a NASA criou o Programa Apollo (nome em homenagem a Apolo, deus grego relacionado à colonização).

Os envolvidos com o Programa Apollo escolheram a estratégia de “encontro na órbita da Lua” para dar prosseguimento à missão. O cientista brasileiro Elbert Einstein definiu essa estratégia da seguinte maneira:

A espaçonave seria modular, composta pelo Módulo de Comando e Serviço (CSM) e pelo Módulo Lunar (LM).

O CSM conteria todo o sistema de suporte de vida para que uma tripulação de três homens pudesse ir e voltar à Lua mais o escudo de calor para a reentrada na atmosfera da Terra.

O LM se separaria do CSM em órbita da Lua e levaria dois astronautas até a superfície dela e, de lá, de volta ao CSM.|1|

O Programa Apollo selecionou Neil Armstrong, Edwin Aldrin e Michael Collins como integrantes do programa.

Os três astronautas americanos foram enviados para a Lua, no dia 16 de julho de 1969, como tripulantes da Apollo 11.

Doze minutos depois, já estavam na órbita terrestre, no dia 19, já estavam na órbita lunar, e no dia 20, iniciaram a descida até a Lua.

A aeronave americana alunissou (pousou na Lua) às 17h17, do dia 20 de julho de 1969, e, às 23h56, Neil Armstrong pisou em solo lunar.

Leia também:  Como Recuperar Documento Word Que Não Foi Salvo?

Na ocasião, o astronauta pronunciou a frase: “Este é um pequeno passo para o homem, mas um gigante salto para a humanidade.

” Dois dos astronautas (Armstrong e Aldrin) exploraram a superfície lunar durante 2 horas e 31 minutos, e, no dia 24 de julho de 1969, pousaram no Oceano Pacífico.

Dessa expedição, foram trazidas 21 kg de rochas lunares para análises científicas e uma quantidade enorme de lixo foi deixada na superfície lunar.

O Programa Apollo empregou diretamente cerca de 400 mil pessoas e envolveu mais de 20 mil indústrias e universidades americanas.

|2| Foram gastos, em valores da época, cerca de 24 bilhões de dólares para enviar o homem à Lua. Essa quantidade de dinheiro, reajustada em valores de 2006, correspondia a 136 bilhões de dólares.

Acesse também: Saiba mais sobre a sonda enviada em direção ao Sol pela NASA

Fim da corrida espacial

Considera-se o fim da corrida espacial, a missão conjunta realizada por americanos e soviéticos em 17 de julho de 1975. Na ocasião, uma nave americana e uma soviética acoplaram-se na órbita terrestre. As naves que participaram dessa missão conjunta foram Apollo 18, do lado americano, e Soyuz 19, do lado soviético.

Os astronautas envolvidos foram Thomas P. Stafford, Vance D. Brand, Donald K. Slayton, Alexei Leonov e Valeri Kubasov. Esse acontecimento marcou o fim da disputa espacial e deu início a um processo de reaproximação e cooperação científica entre as nações na questão espacial.

Saiba também: Fim da União Soviética

|1| MACAU, Elbert Einstein. N. Chegamos à Lua. In.: PRADO, Antônio Fernando Bertochini de Almeida e WINTER, Othlon Cabo. A conquista do Espaço: do Sputnik à Missão Centenário. Para acessar, clique aqui.

|2| NASA Langley Research Center’s Contributions to the Apollo Programa. Para acessar, clique aqui [em inglês].

*Créditos da imagem: Aleks49 / Shutterstock.com **Créditos da imagem: Shan_shan / Shutterstock.com ***Créditos da imagem: hbw_pictures / Shutterstock.com ****Créditos da imagem: Arkady Mazor / Shutterstock.com *****Créditos da imagem: neftali / Shutterstock.com Por Daniel Neves

Graduado em História

7 Curiosidades Sobre a ida do Primeiro Homem ao Espaço

Há 59 anos, a primeira pessoa viu a Terra pelo lado de fora. Ao vislumbrar seu planeta natal, a bordo da espaçonave Vostok I, o cosmonauta russo Yuri Gagarin não pode conter a emoção. Sua reação espontânea foi a de dizer “A Terra é azul! Como é maravilhosa. Ela é incrível!”

Além do impacto científico, o evento revolucionário teve repercussão política. Em plena Guerra Fria, Estados Unidos e União Soviética batalhavam para ver quem conquistava o espaço primeiro.

Esta competição ficou conhecida como Corrida Espacial e já deu pra perceber quem saiu na frente, não é mesmo? Para comemorar o aniversário do grande feito, nós fizemos uma lista dos 7 fatos mais curiosos acerca da ida do primeiro homem ao espaço:

1. O imponente lançador

O foguete Vostok-K foi o escolhido para levar a espaçonave Vostok 1. Derivado do anterior Vostok-L, teve o seu desempenho aprimorado e a sua capacidade de carga útil ampliada. Ele podia carregar até 4.730kg. A massa total de lançamento do foguete com a nave chegou a 287 toneladas.

Vostok-K possui três estágios, ou seja, três partes que carregam seu próprio combustível, motor e sistema de controle.

Os dois primeiros estágios são descartados, assim que seu propelente termina de queimar, deixando o veículo mais leve para o restante da viagem.

Tanto o lançamento, quanto as primeiras etapas da inserção orbital do sistema seriam similares ao processos já experimentados com o R-7, o primeiro míssil intercontinental do mundo.

Quem Participou Na Missao Espacial Que Ficou Conhecida Como Vostok 1?foguete Vostok-K

2. A nave pioneira

A Vostok I, apesar de revolucionária, era bastante humilde. Possuía apenas 4,4 m de comprimento, sendo 2,4m o seu diâmetro. Projetada e construída por Sergei Korolev, cientista-chefe da agência espacial soviética, seus detalhes só vieram a público muitos anos depois.

Nela haviam dois módulos: um para acomodar equipamentos (instrumentos, antenas, tanques e combustível para os retrofoguetes), outro onde o cosmonauta ficou.

Apesar de garantir certo conforto durante o voo, a cápsula não foi projetada para pousar com um humano ainda a bordo. Naves atuais, como a Soyuz possuem  propulsores capazes desacelerá-las enquanto se dirigem de volta à Terra.

Como Gagarin não teve essa sorte, precisou ser ejetado antes de chegar ao solo, a uma altitude de cerca de seis quilômetros.

Podemos observar melhor a Vostok I no vídeo abaixo:

3. Os preparativos

Semanas antes da viagem de Gagarin, um protótipo da Vostok I
realizou uma órbita baixa em volta da Terra, carregando um boneco em tamanho
natural chamado Ivan Ivanovich e Zvezdochk, um cachorrinho (Este sobreviveu!
Ufa!). Após o teste, a nave foi considerada propícia para levar um humano ao
espaço.

No dia da viagem, as autoridades soviéticas prepararam três comunicados diferentes à imprensa: um anunciando o sucesso e dois o fracasso. A incerteza de uma missão bem sucedida fez com que a URSS só anunciasse ao mundo o que estavam fazendo quando a nave já se preparava para voltar à Terra.

4. O pequeno Gagarin

Pesando 69kg e medindo 1,57m, Yuri Gagarin tinha o biotipo
perfeito para viajar em uma nave tão pequena. Entre 200 pilotos de caça da Força Aérea Russa, ele foi o
escolhido para a lendária missão, também por causa da sua excelente performance
nos treinos do programa espacial soviético.

O cosmonauta, na época com 27 anos, disse instantes antes de entrar na espaçonave: “Queridos amigos, conhecidos e estranhos, meus conterrâneos queridos e toda a humanidade: Em poucos minutos possivelmente uma nave espacial irá me levar para o espaço sideral. O que posso dizer-lhes sobre estes últimos minutos? Toda a minha vida parece se condensar neste momento único e belo. Tudo que eu fiz e vivi foi para isso!”

Quem Participou Na Missao Espacial Que Ficou Conhecida Como Vostok 1?Iuri Gagarin

5. Os 108 minutos que entraram para a história

A missão total durou apenas 1 hora 48 minutos, já a jornada ao redor da

Terra levou
menos de uma hora e meia. Na maior parte do caminho, a espaçonave voou a 2800
km/h, chegando a uma altitude máxima de 326,7 km. Então, desacelerou até a
cápsula ser puxada de volta à atmosfera terrestre, iniciando sua reentrada
balística.

6. O retorno à esfera azul

No início do processo de reentrada à atmosfera terrestre,
houve um imprevisto. O módulo de equipamentos e o módulo onde estava Gagarin
continuaram acoplados por um feixe de fios, mesmo após o comando de separação.

As duas metades interligadas iniciaram a descida e a cápsula com Gagarin
começou a sofrer oscilar fortemente. Foi quando os fios se romperam e o módulo
tripulado, livre, estabilizou-se.

Gagarin, à medida que descia, enfrentou uma
aceleração 8 vezes maior que a da gravidade, mas manteve-se consciente.

7. O legado

De volta ao pálido à superfície terrestre, Yuri Gagarin se tornou um herói internacional. O primeiro homem no espaço viajou o mundo celebrando e servindo como garoto propaganda da União Soviética. Ao retornar à URSS, foi proclamado comandante do Departamento de Cosmonautas.

Após a morte de Gagarin, a cidade próxima de sua
aldeia-natal foi renomeada em sua homenagem. Além disso, uma das maiores
crateras da Lua, localizada em sua face oculta, foi chamada de Cratera
Gagarin.  O maior museu da aviação e do
espaço, na Rússia,  também leva seu nome.
Já em 2001, foi fundada a “Yuri’s Night” que ocorre todo 12 de abril, atraindo
milhares de pessoas do mundo todo.

A chegada do primeiro homem ao espaço teve importante repercussão na Corrida Espacial. O congresso americano cobrou uma resposta à altura. Em 5 de maio mesmo ano, Alan Shepard foi o primeiro americano a alcançar o espaço. Também em 1961, o presidente John F.

Kennedy anunciou que os Estados Unidos levariam o homem à Lua antes do fim da década. Então, a NASA lançou o Projeto Apollo, que cumpriu o objetivo.

Foi a partir da corrida espacial que desenvolveram-se tecnologias que fazem parte do nosso dia a dia e que sequer percebemos.

Alguns exemplos são o GPS, a TV por satélite, o microondas e, até mesmo, a caneta esferográfica! Todos os feitos espaciais mencionados aqui contribuíram não só para o avanço tecnológico, mas também para inspiração, principalmente de jovens, para desbravar o desconhecido.

Autor: Dayana Sales

Gostou? Compartilhe com seus amigos:

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*