Que Vos Ameis Uns Aos Outros Como Eu Vos Amei?

A Bíblia nos ensina a amarmos uns aos outros, amar ao próximo é um dos maiores mandamentos depois de amar a Deus:

Que Vos Ameis Uns Aos Outros Como Eu Vos Amei?

“Um novo mandamento dou a vocês: Amem-se uns aos outros. Como eu os amei, vocês devem amar-se uns aos outros.” João 13:34 

Uma curiosidade, a expressão “amai-vos” é utilizada na versão católica. 

Que Vos Ameis Uns Aos Outros Como Eu Vos Amei?

Eu vos dou um novo mandamento: amai-vos uns aos outros. Como eu vos amei, assim também vós deveis amar-vos uns aos outros. João 13:34  (CNBB)

Jesus, no sermão da videira, reafirmou a importância de amarmos uns aos outros, veja: 

Que Vos Ameis Uns Aos Outros Como Eu Vos Amei?

“O meu mandamento é este: que vos ameis uns aos outros, assim como eu vos amei.” João 15:12 (ARA) 

Versículos sobre amar ao próximo 

Amar ao próximo é a base do Evangelho, veja alguns versículos:

Que Vos Ameis Uns Aos Outros Como Eu Vos Amei?

Se vocês de fato obedecerem à lei do Reino encontrada na Escritura que diz: “Ame o seu próximo como a si mesmo”, estarão agindo corretamente. Tiago 2:8 

Que Vos Ameis Uns Aos Outros Como Eu Vos Amei?

Façam tudo com amor. 1 Coríntios 16:14

Que Vos Ameis Uns Aos Outros Como Eu Vos Amei?

Sobretudo, amem-se sinceramente uns aos outros, porque o amor perdoa muitíssimos pecados.
1 Pedro 4:8 

Que Vos Ameis Uns Aos Outros Como Eu Vos Amei?

“Vocês ouviram o que foi dito: 'Ame o seu próximo e odeie o seu inimigo'. Mas eu digo: Amem os seus inimigos e orem por aqueles que os perseguem”. Mateus 5:43-44 

Que Vos Ameis Uns Aos Outros Como Eu Vos Amei?

Amados, amemos uns aos outros, pois o amor procede de Deus. Aquele que ama é nascido de Deus e conhece a Deus. Quem não ama não conhece a Deus, porque Deus é amor. 1 João 4:7-8 

Que Vos Ameis Uns Aos Outros Como Eu Vos Amei?

Nisto conhecemos o que é o amor: Jesus Cristo deu a sua vida por nós, e devemos dar a nossa vida por nossos irmãos. 1 João 3:16 

Não devam nada a ninguém, a não ser o amor de uns pelos outros, pois aquele que ama seu próximo tem cumprido a Lei. Romanos 13:8

O que Jesus quis dizer com amai-vos uns aos outros? 

Jesus quis dizer que devemos amar as pessoas em palavras e ações. Cristo estabeleceu este mandamento e foi o primeiro a obedecer. Jesus diz aos discípulos para “amarem uns aos outros” e logo após diz “assim como eu vos amei”. Jesus provava todos os dias com suas palavras e atitudes o que era amar de verdade.

Deus é amor. A maior prova de amor de Jesus por nós foi através do seu sacrifício na cruz. Ele se entregou por amor a nós, isso é amor de verdade! Esse amor venceu a morte e nos deu a vida eterna. 

Recebemos este amor de graça e de graça devemos retribuir. Não espere nada em troca, aja com amor sem pensar em retribuições.

O que falta neste mundo é Jesus. Esta é a melhor forma de anunciar a Cristo: amando uns aos outros.

João 15:12 E o meu mandamento é este: que vos ameis uns aos outros, assim como Eu vos amei

Versos Paralelos

Bíblia King James AtualizadaE o meu mandamento é este: que vos ameis uns aos outros, assim como Eu vos amei.

João Ferreira de Almeida AtualizadaO meu mandamento é este: Que vos ameis uns aos outros, assim como eu vos amei.   King James BibleThis is my commandment, That ye love one another, as I have loved you.

English Revised VersionThis is my commandment, that ye love one another, even as I have loved you.

Tesouro da Escritura

João 13:34Um novo mandamento vos dou: que vos ameis uns aos outros; assim como Eu vos amei; que dessa mesma maneira tenhais amor uns para com os outros.

Romanos 12:10Amai-vos dedicadamente uns aos outros com amor fraternal. Preferindo dar honra a outras pessoas, mais do que a si próprios.

  • Efésios 5:2e andai em amor como Cristo, que também nos amou e se entregou por nós a Deus como oferta e sacrifício com aroma suave.
  • 1 Tessalonicenses 3:12Que o Senhor faça crescer e transbordar o amor que tendes uns para com os outros e para com todas as pessoas, a exemplo do nosso amor por vós.
  • 1 Tessalonicenses 4:9No que se refere ao amor fraternal, entretanto, não há necessidade de que eu vos escreva, porquanto vós mesmos estais por Deus instruídos que deveis amar-vos uns aos outros;
  • 2 Tessalonicenses 1:3Caros irmãos, sentimo-nos no dever de continuamente render graças a Deus por vós; aliás, como é justo, porquanto vossa fé tem crescido muito, e o amor de cada um de vós transborda de uns para com os outros.
  • 1 Pedro 1:22Considerando, pois, que tendes a vossa vida purificada pela obediência à Verdade que leva ao amor fraternal não fingido, amai uns aos outros de todo o coração.
  • 1 Pedro 3:8Concluindo, tende todos vós o mesmo modo de pensar, demonstrai compaixão e amor fraternal, sede misericordiosos e humildes,
  • 1 Pedro 4:8Antes de tudo, exercei profundo amor fraternal uns para com os outros, porquanto o amor cobre uma multidão de pecados.

1 João 2:7-10Amados, não vos escrevo mandamento novo, senão mandamento antigo, o qual tendes desde o princípio. Ora, esse mandamento antigo é a Palavra que ouvistes. …

  1. 1 João 3:11-18,23Ora, a mensagem que ouvistes desde o princípio é esta: que nos amemos uns aos outros. …
  2. 1 João 4:21Ora, Ele nos entregou este mandamento: Quem ama a Deus, ame de igual forma a seu irmão!
  3. Ligações

Busca por "o meu mandamento este que vos ameis"

O meu mandamento é este: Que vos ameis uns aos outros, assim como eu vos amei.

Um novo mandamento vos dou: Que vos ameis uns aos outros; como eu vos amei a vós, que também vós uns aos outros vos ameis.

E dele temos este mandamento: que quem ama a Deus, ame também a seu irmão.

Agora, ó sacerdotes, este mandamento é para vós.

Irmãos, não vos escrevo mandamento novo, mas o mandamento antigo, que desde o princípio tivestes. Este mandamento antigo é a palavra que desde o princípio ouvistes.

Tão-somente tende cuidado de guardar com diligência o mandamento e a lei que Moisés, o servo do Senhor, vos mandou: que ameis ao Senhor vosso Deus, e andeis em todos os seus caminhos, e guardeis os seus mandamentos, e vos achegueis a ele, e o sirvais com todo o vosso coração, e com toda a vossa alma.

Então sabereis que eu vos enviei este mandamento, para que a minha aliança fosse com Levi, diz o Senhor dos Exércitos.

Este mandamento te dou, meu filho Timóteo, que, segundo as profecias que houve acerca de ti, milites por elas boa milícia;

Também levantarei as minhas mãos para os teus mandamentos, que amei, e meditarei nos teus estatutos.

E a Salomão, meu filho, dá um coração perfeito, para guardar os teus mandamentos, os teus testemunhos, e os teus estatutos; e para fazer tudo, e para edificar este palácio que tenho preparado.

Apartai-vos de mim, malfeitores, pois guardarei os mandamentos do meu Deus.

Leia também:  Como Se Chama Uma Pessoa Que Ri Muito?

Isto vos mando: Que vos ameis uns aos outros.

Porque este é o amor de Deus: que guardemos os seus mandamentos; e os seus mandamentos não são pesados.

Portanto guardareis o meu mandamento, não fazendo nenhuma das práticas abomináveis que se fizeram antes de vós, e não vos contamineis com elas. Eu sou o Senhor vosso Deus.

Como o Pai me amou, também eu vos amei a vós; permanecei no meu amor.

E o amor é este: que andemos segundo os seus mandamentos. Este é o mandamento, como já desde o princípio ouvistes, que andeis nele.

Este é o primeiro e grande mandamento.

E o seu mandamento é este: que creiamos no nome de seu Filho Jesus Cristo, e nos amemos uns aos outros, segundo o seu mandamento.

E vós vos convertereis a mim, e guardareis os meus mandamentos, e os cumprireis; então, ainda que os vossos rejeitados estejam na extremidade do céu, de lá os ajuntarei e os trarei ao lugar que tenho escolhido para ali fazer habitar o meu nome.

Se guardardes os meus mandamentos, permanecereis no meu amor; do mesmo modo que eu tenho guardado os mandamentos de meu Pai, e permaneço no seu amor.

Semelhantemente, tomou o cálice, depois da ceia, dizendo: Este cálice é o novo testamento no meu sangue, que é derramado por vós.

Farei também a esta casa, que se chama pelo meu nome, na qual confiais, e a este lugar, que vos dei a vós e a vossos pais, como fiz a Siló.

As palavras de Jonadabe, filho de Recabe, que ordenou a seus filhos que não bebessem vinho, foram guardadas; pois não beberam até este dia, antes obedeceram o mandamento de seu pai; a mim, porém, que vos tenho falado, madrugando e falando, não me ouvistes.

Que guardes este mandamento sem mácula e repreensão, até à aparição de nosso Senhor Jesus Cristo;

Porque este mandamento, que hoje te ordeno, não te é encoberto, e tampouco está longe de ti.

Ninguém ma tira de mim, mas eu de mim mesmo a dou; tenho poder para a dar, e poder para tornar a tomá-la. Este mandamento recebi de meu Pai.

A bênção, quando cumprirdes os mandamentos do Senhor vosso Deus, que hoje vos mando;

Para que vos lembreis de todos os meus mandamentos, e os cumprais, e santos sejais a vosso Deus.

E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Não há outro mandamento maior do que estes.

Porém se vós vos desviardes, e deixardes os meus estatutos, e os meus mandamentos, que vos tenho proposto, e fordes, e servirdes a outros deuses, e vos prostrardes a eles,

Quanto, porém, ao amor fraternal, não necessitais de que vos escreva, visto que vós mesmos estais instruídos por Deus que vos ameis uns aos outros;

Então vos anunciou ele a sua aliança que vos ordenou cumprir, os dez mandamentos, e os escreveu em duas tábuas de pedra.

Ele, porém, respondendo, disse-lhes: Por que transgredis vós, também, o mandamento de Deus pela vossa tradição?

Se alguém cuida ser profeta, ou espiritual, reconheça que as coisas que vos escrevo são mandamentos do Senhor.

Visto que os filhos de Jonadabe, filho de Recabe, guardaram o mandamento de seu pai que ele lhes ordenou, mas este povo não me obedeceu,

Não acrescentareis à palavra que vos mando, nem diminuireis dela, para que guardeis os mandamentos do Senhor vosso Deus, que eu vos mando.

Quando, pois, o Senhor vo-los der diante de vós, então com eles fareis conforme a todo o mandamento que vos tenho ordenado.

E deram ordem, Moisés e os anciãos, ao povo de Israel, dizendo: Guardai todos estes mandamentos que hoje vos ordeno;

Guardarão, pois, o meu mandamento, para que por isso não levem pecado, e morram nele, havendo-o profanado. Eu sou o Senhor que os santifico.

Todos os mandamentos que hoje vos ordeno guardareis para os cumprir; para que vivais, e vos multipliqueis, e entreis, e possuais a terra que o SENHOR jurou a vossos pais.

Outra vez vos escrevo um mandamento novo, que é verdadeiro nele e em vós; porque vão passando as trevas, e já a verdadeira luz ilumina.

E os estatutos, as ordenanças, a lei e o mandamento, que vos escreveu, tereis cuidado de fazer todos os dias; e não temereis a outros deuses.

E disse-lhes: Qualquer que receber este menino em meu nome, recebe-me a mim; e qualquer que me receber a mim, recebe o que me enviou; porque aquele que entre vós todos for o menor, esse mesmo será grande.

Bendizei ao Senhor, todos os seus anjos, vós que excedeis em força, que guardais os seus mandamentos, obedecendo à voz da sua palavra.

Para que vos lembreis das palavras que primeiramente foram ditas pelos santos profetas, e do nosso mandamento, como apòstolos do Senhor e Salvador.

E à casa dos recabitas disse Jeremias: Assim diz o Senhor dos Exércitos, o Deus de Israel: Pois que obedecestes ao mandamento de Jonadabe, vosso pai, e guardastes todos os seus mandamentos, e fizestes conforme tudo quanto vos ordenou,

Guardai, pois, todos os mandamentos que eu vos ordeno hoje, para que sejais fortes, e entreis, e ocupeis a terra que passais a possuir;

Porém a maldição, se não cumprirdes os mandamentos do Senhor vosso Deus, e vos desviardes do caminho que hoje vos ordeno, para seguirdes outros deuses que não conhecestes.

A ninguém devais coisa alguma, a não ser o amor com que vos ameis uns aos outros; porque quem ama aos outros cumpriu a lei.

Amai-vos uns aos outros assim como eu vos amei (Jo 15,12-17)

“Este é o meu mandamento: amai-vos uns aos outros, assim como eu vos amei. Ninguém tem amor maior do que aquele que dá a vida por seus amigos. Vós sois meus amigos, se fizerdes o que eu vos mando. Já não vos chamo servos, porque o servo não sabe o que faz o seu Senhor.

Eu vos chamo amigos, porque vos dei a conhecer tudo o que ouvi de meu Pai. Não fostes vós que me escolhestes; fui eu que vos escolhi e vos designei, para dardes fruto e para que o vosso fruto permaneça. Assim, tudo o que pedirdes ao Pai, em meu nome, ele vos dará.

O que eu vos mando é que vos ameis uns aos outros.”

Bíblia Sagrada, tradução da CNBB, 2ª ed., 2002.

Clique nos títulos para ler o conteúdo.

Coloquemo-nos na presença do Senhor e façamos nossa oração, buscando um ambiente silencioso e silenciando também nosso coração, para ouvirmos sua Palavra de vida. Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém! “Vinde, Espírito Santo, enchei os corações de vossos fiéis e acendei neles o fogo do vosso amor. Enviai, Senhor, o vosso Espírito, e tudo será criado.”

Leia também:  Como Se Chama Uma Pessoa Que Se Auto Elogia?

Leitura (Verdade)

O que diz o texto bíblico? “Este é o meu mandamento: amai-vos uns aos outros, assim como eu vos amei.” Faça a leitura do Evangelho quantas vezes julgar necessário e destaque as palavras que mais lhe chamaram atenção. Qual é a mensagem central do texto? Que ensinamento Jesus nos transmite?

Meditação (Caminho)

O que o texto diz a você? Neste momento de meditação, releia o Evangelho com calma e permita que a Palavra se misture com sua vida. Coloque-se à disposição do Senhor e escute o que Ele tem a lhe dizer.

Oração (Vida)

O que o texto o(a) leva a dizer a Deus? Este é o momento em que você é convidado(a) a falar ao coração de Deus, por meio de seu Filho, Jesus Cristo, e pela ação do Espírito Santo. Apresente as suas intenções e louvores ao Senhor.

Contemplação (Vida e Missão)

Qual novo olhar nasceu em você, a partir da Palavra? Que sentimento você experimenta neste momento?

Bênção

– Que Deus nos abençoe e nos guarde. Amém. – Que Ele nos mostre a Sua face e se compadeça de nós. Amém. – Que volte para nós o Seu olhar e nos dê a paz. Amém.

– Abençoe-nos, Deus misericordioso, Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.

Leitura orante: Equipe de Redação Paulinas Internet.

“Depois que Judas saiu do Cenáculo, dirigindo aos discípulos palavras de ordem, Jesus lhes disse: “Dou-vos um novo mandamento: que vos ameis uns aos outros. Como eu vos amei, amai-vos também uns aos outros. Nisto reconhecerão todos que sois meus discípulos, se tiverdes amor uns pelos outros”. Numa frase longa, Jesus disse qual era o seu mandamento.

Hoje ele fala com uma frase mais curta: “Este é o meu mandamento: amai-vos uns aos outros, assim como eu vos amei”. Se não entendemos a primeira frase por ser longa, esta é mais breve. Se também esta não ficou clara, Jesus a repete pela terceira vez da forma mais sintética possível: “Isto vos mando: amai-vos uns aos outros”. O que Jesus está mandando é que nos amemos uns aos outros.

Somente isto e nada mais. É o seu mandamento e seu único mandamento, que ele manda que seja cumprido. Ele não pede, ele não sugere, ele manda! Por que Jesus tem que mandar? Não é preciso mandar fazer o que se faz espontaneamente. Se ele manda é porque há alguma dificuldade no cumprimento deste único mandamento.

Os cristãos, porém, compreenderam que esse é o caminho da justiça, da paz e da alegria, o caminho do Espírito.”

Côn. Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2017’, Paulinas.

“Este é o meu mandamento: amai-vos uns aos outros, assim como eu vos amei. Ninguém tem amor maior do que aquele que dá a vida por seus amigos. Vós sois meus amigos, se fizerdes o que eu vos mando. Já não vos chamo servos, porque o servo não sabe o que faz o seu Senhor.

Eu vos chamo amigos, porque vos dei a conhecer tudo o que ouvi de meu Pai. Não fostes vós que me escolhestes; fui eu que vos escolhi e vos designei, para dardes fruto e para que o vosso fruto permaneça. Assim, tudo o que pedirdes ao Pai, em meu nome, ele vos dará.

O que eu vos mando é que vos ameis uns aos outros.”

Oração Inicial

Coloquemo-nos na presença do Senhor e façamos nossa oração, buscando um ambiente silencioso e silenciando também nosso coração, para ouvirmos sua Palavra de vida. Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém! “Vinde, Espírito Santo, enchei os corações de vossos fiéis e acendei neles o fogo do vosso amor. Enviai, Senhor, o vosso Espírito, e tudo será criado.”

Leitura (Verdade)

O que diz o texto bíblico? “Este é o meu mandamento: amai-vos uns aos outros, assim como eu vos amei.” Faça a leitura do Evangelho quantas vezes julgar necessário e destaque as palavras que mais lhe chamaram atenção. Qual é a mensagem central do texto? Que ensinamento Jesus nos transmite?

Meditação (Caminho)

O que o texto diz a você? Neste momento de meditação, releia o Evangelho com calma e permita que a Palavra se misture com sua vida. Coloque-se à disposição do Senhor e escute o que Ele tem a lhe dizer.

Oração (Vida)

O que o texto o(a) leva a dizer a Deus? Este é o momento em que você é convidado(a) a falar ao coração de Deus, por meio de seu Filho, Jesus Cristo, e pela ação do Espírito Santo. Apresente as suas intenções e louvores ao Senhor.

Contemplação (Vida e Missão)

Qual novo olhar nasceu em você, a partir da Palavra? Que sentimento você experimenta neste momento?

Bênção

– Que Deus nos abençoe e nos guarde. Amém. – Que Ele nos mostre a Sua face e se compadeça de nós. Amém. – Que volte para nós o Seu olhar e nos dê a paz. Amém.

– Abençoe-nos, Deus misericordioso, Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.

“Depois que Judas saiu do Cenáculo, dirigindo aos discípulos palavras de ordem, Jesus lhes disse: “Dou-vos um novo mandamento: que vos ameis uns aos outros. Como eu vos amei, amai-vos também uns aos outros. Nisto reconhecerão todos que sois meus discípulos, se tiverdes amor uns pelos outros”. Numa frase longa, Jesus disse qual era o seu mandamento.

Hoje ele fala com uma frase mais curta: “Este é o meu mandamento: amai-vos uns aos outros, assim como eu vos amei”. Se não entendemos a primeira frase por ser longa, esta é mais breve. Se também esta não ficou clara, Jesus a repete pela terceira vez da forma mais sintética possível: “Isto vos mando: amai-vos uns aos outros”. O que Jesus está mandando é que nos amemos uns aos outros.

Somente isto e nada mais. É o seu mandamento e seu único mandamento, que ele manda que seja cumprido. Ele não pede, ele não sugere, ele manda! Por que Jesus tem que mandar? Não é preciso mandar fazer o que se faz espontaneamente. Se ele manda é porque há alguma dificuldade no cumprimento deste único mandamento.

Os cristãos, porém, compreenderam que esse é o caminho da justiça, da paz e da alegria, o caminho do Espírito.”

Côn. Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2017’, Paulinas.

Amor: O novo mandamento

Para iniciar este artigo vamos ao evangelho de João. O que leremos aconteceu na noite em que prenderam Jesus Cristo. Durante aquela noite, Jesus deu muitas instruções aos discípulos que abrange uma boa parte do evangelho de João (João 13-17). Entre as coisas que Jesus disse aos discípulos naquela noite foi também algo que Ele enfatizou como novo mandamento. João 13:34 nos diz:

Leia também:  O Que Eu Posso Usar Como Lubrificante?

João 13:34
“Um novo mandamento vos dou: Que vos ameis uns aos outros; como eu vos amei a vós, que também vós uns aos outros vos ameis.”

O novo mandamento que Jesus deu foi amar uns aos outros. A grande importância que ele deu a este mandamento está demonstrada pelo fato que ele repetiu duas vezes naquela mesma noite. João 15:12-17 nos diz:

João 15:12-17
“O meu mandamento é este: Que vos ameis uns aos outros, assim como eu vos amei. Ninguém tem maior amor do que este, de dar alguém a sua vida pelos seus amigos. Vós sereis meus amigos, se fizerdes o que eu vos mando.

Já vos não chamarei servos, porque o servo não sabe o que faz o seu senhor; mas tenho-vos chamado amigos, porque tudo quanto ouvi de meu Pai vos tenho feito conhecer.

Não me escolhestes vós a mim, mas eu vos escolhi a vós, e vos nomeei, para que vades e deis fruto, e o vosso fruto permaneça; a fim de que tudo quanto em meu nome pedirdes ao Pai ele vo-lo conceda. Isto vos mando: Que vos ameis uns aos outros.”

Jesus Cristo nos manda amar uns aos outros, e de fato amar ao outro assim como Ele nos amou. Mas quanto ele nos amou? Efésios nos dá a resposta:

Efésios 5:2
“E andai em amor, como também Cristo vos amou, e [como consequência de Seu amor] se entregou a si mesmo por nós, em oferta e sacrifício a Deus, em cheiro suave.”

Jesus Cristo nos amou tanto que ele deu a Sua vida por nós. É este tipo de amor que Ele também nos manda amar uns aos outros. “Que vos ameis uns aos outros; como eu vos amei a vós” ele disse. Ele caracterizou o amor pelos outros como um mandamento, como algo que deveria necessariamente ser feito.
I Pedro 1:22 também nos diz:

  • I Pedro 1:22
    “Purificando as vossas almas pelo Espírito na obediência à verdade, para o amor fraternal, não fingido; amai-vos ardentemente uns aos outros com um coraçäo puro.”
  • Mais ainda: I Pedro 4:8
    “Mas, sobretudo, tende ardente amor uns para com os outros, ”
  • Acima de tudo nós devemos amar uns aos outros de maneira tão ardente quanto Jesus nos amou.

Para concluir então: O novo mandamento que Jesus nos deu é amar uns aos outros e fazê-lo de maneira ardente. No artigo “Amor: o cumprimento da lei” nós examinamos porque Jesus descreveu o mandamento de amar uns aos outros como um novo mandamento, apesar do fato de ser encontrado de maneira similar (“ame seu próximo como ti mesmo”) também no Velho Testamento.

Anastasios Kioulachoglou

O meu mandamento é este: amai-vos uns aos outros como Eu vos amei

Estamos lendo o capítulo 15 do Evangelho de São João que mostra Jesus falando na intimidade com os seus discípulos. Neste encontro Ele revela a sua vontade e deixa o seu único mandamento: “Amai-vos uns aos outros como eu vos amei”.

Não seria necessário outro, porque neste mandamento se realizam todas as coisas. Jesus quer deixar claro que os discípulos, ao darem continuidade à sua missão, não estarão sozinhos, Jesus estará sempre com eles.

Por isso fundou uma igreja, uma comunidade de irmãos que são amigos e recebem gratuitamente de Jesus este amor para repartiram com toda a humanidade: “Vós sois meus amigos se fizerdes o que eu vos mando”.

Neste momento podemos entender porque Jesus se apresentou como a verdadeira videira: porque em sua vida, em comunhão com Deus, na fidelidade constante a Deus dedicou toda a sua vida a amar. Se Deus é amor e Jesus é um com Deus, sua vida é uma vida de entrega.

Portanto, os ramos só terão vida se permanecerem no amor de Jesus, porque Jesus não falha em sua fidelidade ao amor de Deus. Jesus quer repetir com os seus, com sua comunidade, o que Deus fez com Ele.

Jesus sente que Deus o ama sempre (porque Deus é amor) e uma comunidade não pode ser nada senão se fundamenta no amor sem medida: dando a vida pelos outros. Deus vive porque ama; senão amasse, Deus não existiria. Jesus é o Senhor da comunidade, porque seu domínio se fundamenta no amor.

A comunidade produzirá muitos frutos se praticar o amor, o perdão, a misericórdia entre os irmãos. Esse é o que nos distingue como filhos e filhas de Deus.

Vivemos em um mundo fragmentado, que, em muitas situações, exclui e divide as pessoas. Tais rupturas ocorrem em todas as áreas de nossa vida: política, religiosa, eclesial, familiar. Deus nos fez únicos e nos quer salvar assim: “Eu vim reunir todos os que estavam perdidos”.

E realmente Jesus realizou seu projeto: fomos salvos com sua morte e ressurreição. Ele nos escolheu e amou primeiro, nos reuniu em comunidade e nos deixou a missão de chamar todas as pessoas a colocar Jesus no centro de suas vidas.

Só assim poderemos construir um mundo bom, fraterno, onde todos serão um com Deus.

Não podemos nos contentar com o ritmo desumanizante que está ao nosso redor. Somos os “amigos” de Jesus. Nossa missão é aceitar o convite que Ele nos faz: amar um ao outro.

Da mesma forma como o Pai comunicou a Jesus seu amor, Ele partilha conosco este dom e nos convida a comunicar a todos.

Portanto, compete a nós, a comunidade de Jesus, sua Igreja, ajudar a eliminar o sofrimento, o egoísmo, a miséria, a dor, a escravização e anunciar a boa nova da salvação.

Deixemo-nos impregnar pela esperança e anunciar a pessoa de Jesus na dimensão que nos ensina o papa Francisco: “A alegria do Evangelho enche o coração e a vida inteira daqueles que se encontram com Jesus. Quantos se deixam salvar por Ele são libertados do pecado, da tristeza, do vazio interior, do isolamento. Com Jesus Cristo, renasce sem cessar a alegria” (Evangelii Gaudium, nº 1).

Neste domingo (10), Dia das Mães, queremos pedir à Maria, mãe de Deus e nossa mãe, que abençoe todas as mães na generosidade de uma vida doada aos filhos, à família; que continuem a acreditar na vida partilhada e na construção de uma família santa. Parabéns a todas as mães!

* O autor é bispo da Diocese de Toledo

[email protected]

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*