Para Que Serve Cha De Hibisco E Como Tomar?

Tomar diariamente o chá de hibisco é uma ótima forma de facilitar a perda de peso, pois a planta contém antocianinas, compostos fenólicos e flavonóides que ajudam a:

  • Regular os genes envolvidos no metabolismo dos lípidos, facilitando a eliminação de gordura;
  • Atenuar a hipertrofia dos adipócitos, reduzindo o tamanho das células de gordura.

No entanto, esta planta não parece ter efeito sobre o apetite. Assim, no caso de pessoas que comem demais, deve-se completar o uso de hibisco com outra planta que ajude a reduzir o apetite, como a Caralluma Fimbriata (planta medicinal indiana) ou o feno-grego, por exemplo.

Existem duas maneiras para adotar o hibisco no cotidiano: pode-se tomar as cápsulas ou preparar um chá da planta, utilizando a espécie Hibiscus sabdariffa, que é encontrada em lojas de produtos naturais, farmácias e drogarias.

Além do chá puro, o hibisco também pode ser adicionado a sucos e vitaminas na alimentação. Diferentemente do chá verde, o hibisco tem um sabor agradável e é rico em antioxidantes que previnem doenças do coração e envelhecimento precoce.

  • Para Que Serve Cha De Hibisco E Como Tomar?
  • Para Que Serve Cha De Hibisco E Como Tomar?
  • Para Que Serve Cha De Hibisco E Como Tomar?
  • Para Que Serve Cha De Hibisco E Como Tomar?

Como fazer o chá de hibisco

Para fazer a bebida mantendo as propriedades da flor, deve-se colocar a água para ferver e, quando começar a levantar fervura, apagar o fogo. A seguir deve-se acrescentar as flores de hibisco, tampar o recipiente e deixar repousar por 10 minutos antes de coar e beber.

A proporção correta de hibisco e água é:

  • 2 colheres (de sopa) de hibisco seco ou 2 sachês de chá de hibisco;
  • 1 litro de água em início de fervura.

Deve-se tomar 3 a 4 xícaras deste chá diariamente, meia hora antes das principais refeições. O chá deve ser ingerido sem adicionar açúcar para que alcance o efeito esperado. Melhores resultados no emagrecimento estão associados a uma dieta equilibrada e à prática de exercícios físicos.

Como usar hibisco em sucos

Além do chá quente e do chá gelado, o hibisco também pode ser adicionado em sucos de frutas ou vegetais. Para preparar os sucos, deve-se substituir a água pelo chá de hibisco gelado, batendo juntamente com frutas ou vegetais no liquidificador. Boas ideias para acompanhamento são maracujá, abacaxi ou morango.

Quando não tomar o chá de hibisco

O chá de hibisco está contraindicado em casos de gravidez, para mulheres durante a TPM porque pode agravar os sintomas e também não é indicado para pessoas com problema de pressão baixa. Além disso, o chá pode causar alterações hormonais e prejudicar a fertilidade, por isso não é indicado para mulheres que estejam tentando engravidar.

O excesso de chá de hibisco também pode causar intoxicação do organismo, alterações da pressão e causar fraqueza muscular. Por isso, a dose máxima diária deve ser de 2 a 3 gramas por dia, ou cerca de 6 xícaras de chá.

  • Além do chá, o hibisco também pode ser usado de outras formas. Confira 4 receitas fáceis e práticas para utilizar o hibisco no processo de emagrecimento:
  • 1. Picolé de melancia com hibisco
  • Cada picolé tem apenas 37 calorias e pode ser usado como sobremesa das refeições principais, por exemplo.
  • Ingredientes
  • 2 fatias grandes de melancia com sementes;
  • 1 xícara de chá hibisco com gengibre;
  • 1 colher de folhas de hortelã em pedaços.

Modo de preparo

Bater todos os ingredientes no liquidificador e encher as forminhas de picolé. Como alternativa, também pode-se colocar pedaços de fruta, como kiwi e morango, dentro das forminhas antes de enchê-las, pois isso vai trazer mais nutrientes para o picolé e deixá-lo com uma aparência ainda mais bonita.

  1. 2. Refrigerante saudável de hibisco
  2. Cada copo de 240 ml deste refrigerante tem apenas 14 calorias.
  3. Ingredientes
  • 1 xícara de chá de hibisco;
  • Água com gás.

Modo de preparo

Fazer o chá conforme indicado anteriormente. Colocar o chá na geladeira e quando for beber, encher ⅓ do copo com chá e completar o restante com a água com gás.

  • 3. Suco light de verão
  • Cada copo de 200 ml de suco tem apenas 105 calorias e pode ser tomado no lanche da tarde.
  • Ingredientes
  • 500 ml de chá de hibisco frio;
  • 500 ml de suco de uva tinto sem açúcar;
  • 2 limões;
  • 3 ramos de hortelã.

Modo de preparo

Colocar o suco de uva em uma jarra, com o suco de um limão, o chá de hibisco, os ramos de hortelã e o segundo limão em rodelas. Deixar na geladeira para resfriar e acrescentar mais gelo na hora de servir.

  1. 4. Gelatina de hibisco
  2. Uma taça com 100 ml de gelatina de hibisco tem 32 calorias e pode ser consumida como sobremesa do jantar, por exemplo.
  3. Ingredientes:
  • Chá de hibisco;
  • Gelatina sem sabor;
  • 3 colheres de açúcar ou adoçante stévia.

Modo de preparo

Dissolver a gelatina de acordo com as orientações do rótulo, utilizando o chá de hibisco no lugar da água. Adoçar com açúcar ou com adoçante, e levar para a geladeira até que fique na consistência de gelatina. (Com informações do portal Tua Saúde)

Chá de hibisco: como preparar e consumir para emagrecer

  • O chá de hibisco é preparado com o cálice do botão seco da flor chamada Hibiscus Sabdariffa, que não é aquela espécie de hibisco normalmente encontrada nos jardins.
  • A bebida conta com diversas substâncias antioxidantes, como os flavonoides, especialmente as antocianinas, que possuem efeito cardioprotetor, vasodilatador e contribuem muito para evitar o acúmulo de gorduras.
  • Este último efeito ocorre porque o chá reduz a adipogênese, processo no qual há produção de células de gordura, os adipócitos, cujo excesso leva ao acúmulo de gordura no corpo.

NÃO PARE AGORA… TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE 😉

NÃO PARE AGORA… TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE 😉

O chá de hibisco também emagrece porque contém um inibidor que bloqueia a produção de amilase, uma enzima que transforma o amido em açúcar.

Beber chá de hibisco após as refeições vai ajudar a reduzir a absorção de carboidratos, o que gradualmente levará à perda de peso.

Estudos apontam que alguns flavonoides presentes na bebida possuem efeito cardioprotetor e vasodilatador. Assim, as substâncias ajudam a aumentar o colesterol HDL (considerado bom) e diminuir o colesterol LDL (considerado ruim), triglicerides e a pressão arterial.

NÃO PARE AGORA… TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE 😉

NÃO PARE AGORA… TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE 😉

  • Ajuda a emagrecer
  • Evita o acúmulo de gordura
  • Possui ação diurética
  • Controla a pressão arterial
  • Controla o colesterol.

Ajuda a emagrecer e evita o acúmulo de gordura: A mesma pesquisa citada acima concluiu que o chá de hibisco é capaz de reduzir a adipogênese.

Este processo consiste na maturação celular no qual as células pré-adipócitas se convertem em adipócitos maduros, e quanto mais adipócitos, mais gordura no corpo.

NÃO PARE AGORA… TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE 😉

NÃO PARE AGORA… TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE 😉

Para Que Serve Cha De Hibisco E Como Tomar? Chá de hibisco tem ação diurética – Foto: Getty Images

Ao diminuir este processo, o chá de hibisco contribui para que menos gordura fique acumulada na região do abdômen e quadris.

Ainda não está claro qual é a substância presente na bebida que é responsável pelo benefício. Porém, acredita-se que a ação antioxidante dos flavonoides antocianina e quercetina contribui para reduzir o depósito de gordura.

O mesmo estudo comparou o chá de hibisco com o chá preto e observou que o primeiro é mais eficiente para o combate do colesterol do que o segundo.

NÃO PARE AGORA… TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE 😉

NÃO PARE AGORA… TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE 😉

Isto porque o preto apenas aumentou o HDL, mas diminuiu o LDL. O chá de hibisco é tão interessante para pessoas que possuem problemas com os níveis de colesterol por ser rica em substâncias com ação antioxidante.

Outra pesquisa publicada pela Planta Medica, da Society for Medicinal Plant and Natural Product Research, concluiu que o chá age na aldosterona, hormônio secretado pelas suprarrenais e que regula o balanço eletrolítico do organismo favorecendo a ação diurética. Ainda não foram identificados quais nutrientes da planta proporcionam o benefício.

Ação diurética: O chá de hibisco tem efeito diurético, por isso é um aliado para evitar a retenção de líquidos. Um estudo publicado no Journal of Ethnopharmacology da Sociedade Internacional de Etnofarmacologia, observou que o flavonoide quercetina presente na bebida é um dos nutrientes que ajuda a proporcionar esta ação.

NÃO PARE AGORA… TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE 😉

NÃO PARE AGORA… TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE 😉

Controla a pressão arterial: Um estudo publicado no Journal of Nutrition concluiu que o chá de hibisco ajuda a baixar a pressão arterial.

A pesquisa contou com 65 pacientes que tiveram os níveis de pressão arterial reduzidos. Os estudiosos acreditam que alguns flavonoides presentes na bebida proporcionariam este benefício ao diminuir uma enzima que atua sobre a pressão arterial. A isto se soma o seu efeito diurético, que também baixa a pressão.

Controla o colesterol: Um estudo publicado no Journal of Alternative and Complementary Medicine feito com 53 pacientes portadores de diabetes concluiu que o consumo do chá de hibisco contribui para a diminuição do colesterol ruim, LDL, e aumento do colesterol bom, HDL. A bebida diminuiu o colesterol LDL em 8% e aumentou o HDL em 16,7%.

Leia também:  Como Sei Que Estou Com Contrações?

NÃO PARE AGORA… TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE 😉

NÃO PARE AGORA… TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE 😉

Para Que Serve Cha De Hibisco E Como Tomar?

Como o chá de hibisco pode ajudar a emagrecer, muitas pessoas buscam dietas que o envolvam. O ideal, para conseguir esse efeito, é consumir duas xícaras de 200 ml de chá de hibisco ao dia e alternar com uma dieta balanceada, seguindo as seguintes dicas:

  • Não fique mais do que 4 horas sem se alimentar
  • Além do chá de hibisco, beba pelo menos 2 litros por dia
  • Invista na salada. Ela ajuda a enganar o estômago e comer menos nas refeições. Procure verduras e legumes que você goste e não sejam muito calóricos
  • Prefira os alimentos integrais. Eles contêm mais nutrientes e fibras, que fazem um bem danado para o seu organismo
  • Evite a ingestão de sal e alimentos com muito sódio, que favorecem a retenção de líquidos
  • Prefira preparações menos calóricas, como assados, cozidos ou a vapor. Alimentos gratinados, fritos, à parmegiana ou à milanesa devem ser evitados
  • Durma bem. Durante o sono, nosso organismo produz a leptina, hormônio capaz de controlar a sensação de saciedade durante todo o dia.

Lembrando que muitas “dietas do chá de hibisco” indicam o consumo de quatro xícaras de chá ao dia. No entanto, essa quantidade ultrapassa o recomendado por especialistas em nutrologia para consumo diário do alimento, que são duas xícaras. Por isso, consulte um profissional se quiser realizar a dieta do chá de hibisco.

NÃO PARE AGORA… TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE 😉

NÃO PARE AGORA… TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE 😉

Chá de hibisco sem açúcar – 200 ml
Calorias 0 kcal
Proteínas 0 g
Gorduras totais 0 g
Carboidratos 0 g
Fibras 0 g
Açúcar total 0 g
Ferro 0,19 mg
Magnésio 7 mg
Fósforo 2 mg
Potássio 47 mg
Sódio 9 mg
Ácido fólico 2 mcg
Cálcio 19 mg

Fonte: Tabela do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA)

O chá conta com diversas substâncias antioxidantes, como os flavonoides, especialmente as antocianinas, que possuem efeito cardioprotetor, vasodilatador e contribuem para evitar o acúmulo de gorduras.

Outro flavonoide interessante é a quercetina que ajuda a proporcionar uma ação diurética e anti-inflamatória. Os ácidos orgânicos, como os ácidos cítrico, tartárico e málico, também possuem ação antioxidante e estão presentes em boas quantidades no chá de hibisco.

NÃO PARE AGORA… TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE 😉

NÃO PARE AGORA… TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE 😉

O cálice da flor, utilizado para elaborar o chá de hibisco, contém traços de vitamina B2 (riboflavina), que auxilia na saúde da pele, ossos e cabelos, e a de vitamina B1 (tiamina).

Todas as vitaminas pertencentes ao complexo B ajudam o nosso corpo na captação de energia nas células, principalmente ao auxiliar no metabolismo do oxigênio e da glicose, as principais fontes de combustível celular.

Caso utilize a flor a granel, procure aquecê-la o mínimo possível para não perder as propriedades. Separe 200 ml de água, deixe ferver, desligue o fogo e adicione 5 gramas, o equivalente a uma colher de chá rasa da flor seca. Tampe e deixe descansar por 3 a 5 minutos. Depois é só coar e consumir.

NÃO PARE AGORA… TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE 😉

NÃO PARE AGORA… TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE 😉

Apesar de apresentar diversos benefícios para saúde, muitas pessoas acabam rejeitando a mistura devido a seu gosto intenso. Porém, adicionar alguns ingredientes no preparo deixarão o sabor mais agradável. Confira abaixo algumas receitas:

Picolé de iogurte, amora e chá de hibisco

Ingredientes: 1 pote de iogurte natural desnatado, 2 xícaras de amoras ou outra fruta vermelha, 150 ml de chá de hibisco, Mel ou açúcar orgânico a gosto, 1 colher de sopa de semente de chia

Modo de preparo: Prepare o chá de hibisco, colocando em água quente, mas não fervente. Leve o chá pronto e 1 xícara de frutas vermelhas para cozinhar, deixe ferver até engrossar. Retire, reserve e misture com a semente de chia. Misture o iogurte com essa calda, até ficar homogêneo.

Em forminhas de gelo ou próprias de picolé, faça camada de iogurte e 1 de amoras frescas inteiras ou amasse um pouco. Se for fazer como picolé, coloque os pauzinhos e leve ao congelador. Para desenformar, retire antes do congelador e mergulhe em água.

Suco de hibisco com morango e hortelã

Ingredientes: 1 colher (sopa) de hibisco, 4 morangos; 2 folhas de hortelã

Modo de preparo: Ferva 250 ml de água e desligue o fogo. Acrescente a flor de hibisco. Deixe tampado por 5 minutos em infusão e coe. Depois de resfriado, bata o chá de hibisco com os morangos e as folhas de hortelã. Acrescente gelo se desejar.

Bala de hibisco: uma receita rápida e fácil

Veja mais três opções de receitas para deixar o chá de hibisco mais saboroso.

Chá de hibisco + alimentos termogênicos: Pessoas que pretendem emagrecer podem combinar o chá de hibisco com um chá termogênico.

Isto porque o primeiro irá evitar que a gordura se acumule na região do abdômen e quadris enquanto o segundo será capaz de aumentar o gasto energético. Uma boa opção de bebida termogênica é o chá verde ou o mate.

Para Que Serve Cha De Hibisco E Como Tomar? Chá de hibisco controla o colesterol – Foto: Getty Images

A orientação é consumir de uma a duas xícaras de 200 ml de chá de hibisco por dia. Para cada xícara deve ser utilizado de 4 a 6 gramas da flor seca, equivalente a uma colher de chá, ou dois a três pacotinhos de chá (cada sachê contém 1,5 gramas da flor).

Posso tomar chá de hibisco todos os dias?

Por ter ação diurética, o consumo em excesso do chá de hibisco pode fazer com que a pessoa elimine muito eletrólitos, nutrientes essenciais para o funcionamento do organismo composto principalmente por cálcio, potássio, sódio e magnésio. A falta destas substâncias pode levar à desidratação.

O extrato seco da flor de hibisco pode ser encontrado em lojas de produtos naturais. Prefira sempre a versão natural e evite o chá pronto ou em pó, que já vem adoçado e pode comprometer o seu objetivo de eliminar a barriguinha e ser mais saudável.

Gestantes e lactantes devem evitar o chá de hibisco. Alguns estudos preliminares apontaram que a bebida possui ação mutagênica, ou seja, pode interferir na estrutura dos genes do bebê, trazendo problemas.

  1. Fontes consultadas:
  2. Revisado por: Tamara Mazaracki, médica nutróloga (CRM-RJ 301.716), pós graduada em medicina ortomolecular
  3. Andrea Dario Frias, doutora em ciência da nutrição e Ph.D em nutrição, coordenadora do centro de pesquisas Sanavita Alexandros Botsaris, clínico geral e fitoterapeuta, presidente do Conselho Diretor da Associação Brasileira de Fitoterapia Maria Angélica Fiut, nutricionista e fitoterapeuta, membro do Conselho Diretor da Associação Brasileira de Fitoterapia (ABFIT)
  4. Compare os nutrientes e os benefícios de 14 chás
  5. Chá entre as refeições pode ser um santo remédio
  6. 8 chás que ajudam a desinchar
  7. Conheça os chás que auxiliam na digestão

Chá de hibisco: 9 benefícios para a saúde e como tomar

O hibisco é uma planta medicinal que pode ser utilizada para auxiliar nas dietas de emagrecimento, além de ajudar no controle da pressão arterial e, até, na prevenção de problemas do fígado.

Esta planta também pode ser conhecida popularmente como Azedinha, Quiabo-azedo, Caruru-azedo, Rosélia ou Vinagreira, mas seu nome científico é Hibiscus sabdariffa. Essa planta pode ser comprada em lojas de produtos naturais e alguns mercados.

Para Que Serve Cha De Hibisco E Como Tomar?

O chá de hibisco tem vários benefícios e, por isso, pode ser utilizado para auxiliar no tratamento de diversos problemas de saúde. O hibisco é bom para:

  1. Ajudar a emagrecer porque é um ótimo diurético e também ajuda na queima de gordura;
  2. Melhorar a prisão de ventre porque tem ação laxante;
  3. Combater as doenças do fígado e desintoxica este órgão porque ele impulsiona o funcionamento deste órgão;
  4. Aliviar as cólicas menstruais porque tem ação analgésica;
  5. Combater gripes e resfriados, por ter ação antioxidante que fortalece o sistema imune;
  6. Regular os níveis de colesterol especialmente aumentar o colesterol “bom” HDL, mas também por ajudar a diminuir os níveis de LDL;
  7. Aliviar a dor de estômago devido a ação analgésica e por ter efeito calmante;
  8. Regular a pressão arterial no sangue porque possui propriedades anti-hipertensivas;
  9. Retardar o envelhecimento da pele porque é rico em antioxidantes.

A forma mais popular de utilizar esta planta consiste em fazer chás, mas suas flores também pode ser utilizada em saladas, e outras partes da planta podem ser usadas ​​para fazer geleias, sopas e molhos, sendo, por isso, uma forma muito versátil de melhorar a saúde.

Como usar o hibisco

A parte mais utilizada do hibisco é sua flor, especialmente para fazer o chá:

  • Para fazer chá de hibisco: adicionar 2 colheres de sopa cheias de flores hibisco seco, 2 sachês ou 1 colher de chá do pó em 300 ml de água em início de fervura. Desligar o fogo e abafar o recipiente por dez minutos, coar e beber.

Para ajudar no processo de emagrecimento, deve-se tomar até 2 xícaras de chá de hibisco diariamente, meia hora antes das principais refeições.

Leia também:  Como Reclamar De Uma Encomenda Que Não Chegou Amazon?

Existem ainda as cápsulas que contêm hibisco em pó no seu interior. Estas cápsulas normalmente são vendidas para quem está tentando emagrecer e seu uso deve ser feito de acordo com as indicações da caixa, uma vez que variam de acordo com a marca. Veja mais detalhes sobre o hibisco em cápsulas.

Conheça mais sobre o hibisco e como tomar o chá para emagrecer assistindo ao vídeo a seguir:

Para Que Serve Cha De Hibisco E Como Tomar?

Possíveis efeitos colaterais

Apesar não acontecer em todas as pessoas, o hibisco pode causar tonturas, fraqueza ou sonolência por causar uma ligeira redução da pressão arterial. Assim, pessoas que têm pressão baixa não deve consumir o hibisco em grandes quantidades, nem sem recomendação médica.

Quem não deve usar

O hibisco está contraindicado para pessoas com pressão baixa, durante a gravidez ou amamentação, períodos de TPM e mulheres que estejam tentando engravidar, pois altera a produção de hormônios e pode, em alguns casos, dificultar a gravidez.

8 benefícios do chá de hibisco para a saúde

Perda de peso, controle dos níveis de colesterol e proteção contra o câncer são apenas alguns dos benefícios do chá de hibisco para a saúde.

Para Que Serve Cha De Hibisco E Como Tomar?

A fama que o chá de hibisco tem conquistado nos últimos anos não é à toa, pois essa bebida é cheia de propriedades terapêuticas interessantes para o nosso organismo. Muitos benefícios do chá de hibisco para a saúde já eram conhecidos pelos povos antigos, e cada vez mais a Ciência comprova esses efeitos.

Para que o chá realmente apresente essas propriedades, ele precisa ser feito a partir do cálice do botão das flores de Hibiscus sabdariffa, uma variedade de hibisco encontrada em casas de produtos naturais e que geralmente não cresce nos jardins. Conheça os benefícios dessa bebida:

1. Favorecimento da perda de peso

O chá de hibisco contém substâncias chamadas antocianinas, um tipo de antioxidante que ajuda a evitar o acúmulo de gordura. Isso acontece porque essas substâncias diminuem o processo de produção das células adiposas.

Além disso, esse chá tem a capacidade de bloquear a enzima amilase, que faz a conversão do amido em açúcar. Dessa forma, se for tomado depois das refeições, o chá de hibisco contribui para a diminuição da absorção dos carboidratos, que posteriormente se transformariam em gordura.

O resultado desses efeitos é uma tendência menor ao depósito de gordura no abdômen e nos quadris, o que favorece a perda de peso.

2. Controle dos níveis de colesterol

Por conter antioxidantes e bioflavonoides, um dos benefícios do chá de hibisco para a saúde é a regulação dos níveis de colesterol no organismo. Ou seja, essa bebida ajuda a elevar as taxas do HDL (colesterol bom) e reduzir as de LDL (colesterol ruim) e dos triglicerídeos.

A principal vantagem dessa característica é que o chá de hibisco exerce um efeito protetor da saúde do coração e dos vasos sanguíneos, prevenindo ataques cardíacos e derrames.

3. Efeito diurético

O chá de hibisco é uma boa opção para pessoas que sofrem com inchaço e retenção de líquidos, pois ele estimula a eliminação desse excesso por meio da urina.

É verdade que a maioria dos chás naturais tem esse efeito, mas o chá de hibisco tem uma vantagem: trata-se da capacidade de bloquear a ação da aldosterona, um hormônio que atua nos rins e tem como função reabsorver o sódio e a água, o que favoreceria o inchaço.

4. Diminuição da pressão arterial

Justamente por ter esse efeito diurético, o chá de hibisco estimula o funcionamento dos rins e contribui para a eliminação dos líquidos acumulados. Com isso, ocorre uma redução no volume de sangue e, em consequência, a diminuição da pressão arterial.

Além disso, algumas linhas de pesquisa demonstraram que os flavonoides do chá de hibisco são capazes de atuar sobre uma enzima responsável pelo controle da pressão.

5. Prevenção da diabetes e da síndrome metabólica

Alguns estudos já demonstraram que o chá de hibisco ajuda a controlar os níveis de açúcar no sangue e melhora a atuação da insulina no organismo, dois fatores que auxiliam na prevenção da diabetes.

Além disso, por também exercer controle sobre a pressão arterial e contribuir para a redução do LDL (colesterol ruim), o chá de hibisco protege contra a síndrome metabólica, que consiste no somatório das doenças diabetes, hipertensão e hipercolesterolemia e atinge 20% da população.

6. Melhora do processo de digestão

Os compostos ativos do chá de hibisco exercem um discreto efeito estimulante sobre o intestino, facilitando a passagem e a eliminação do bolo fecal. Para poder aproveitar esse benefício, recomenda-se tomar uma xícara desse chá em jejum, logo depois de acordar.

7. Combate ao envelhecimento

O conteúdo de antioxidantes confere ao chá propriedades de combate ao envelhecimento.

Isso acontece porque essas moléculas ajudam a reparar os danos causados às células pelos radicais livres, que fazem o chamado estresse oxidativo.

Dessa forma, o chá é um bom aliado para evitar o surgimento de linhas de expressão, rugas, manchas na pele e flacidez, que são sinais visíveis da passagem do tempo.

Contudo, além da estética, o combate ao envelhecimento promovido pelo chá de hibisco também se dá na preservação do sistema imunológico e principalmente na proteção contra doenças neurológicas degenerativas, como os males de Alzheimer e Parkinson.

8. Prevenção do câncer

Além de combater o envelhecimento, as propriedades antioxidantes presentes no chá também podem colaborar com a prevenção de diversos tipos de câncer. Isso acontece porque os fitonutrientes presentes nessa bebida reduzem os danos causados pelos radicais livres ao DNA das células, os quais podem levar a mutações.

Ainda, esse chá contém ácido protocatequínico, uma substância capaz de induzir a morte das células cancerosas em um processo chamado de apoptose.

Como preparar o chá de hibisco

Aqueça 200 ml de água até a fervura, desligue o fogo e adicione 1 colher de chá rasa de flores de hibisco (o equivalente a 5 gramas). Deixe em infusão com o recipiente tampado por 3 a 5 minutos e consuma logo em seguida.

  • Para aproveitar melhor os benefícios do chá para a saúde, certifique-se de estar utilizando flores da variedade Hibiscus sabdariffa e não coloque a planta para ferver, pois isso pode prejudicar suas propriedades.
  • Fonte(s): Minha Vida e Mundo Boa Forma
  • A fama do chá de hibisco não é à toa,  essa bebida é cheia de propriedades terapêuticas interessantes para o nosso organismo

Chá de hibisco ajuda a emagrecer e melhora a saúde; conheça os benefícios

As flores de hibisco se destacam pelo aroma agradável e por dar origem ao chá queridinho de quem quer levar um estilo de vida saudável. A infusão é preparada a partir do botão seco da Hibiscus sabdariffa (nome científico da planta, que também é conhecida como vinagreira).

A bebida tem sido utilizada como ingrediente medicinal durante séculos. E estudos recentes também comprovam que tanto o chá quanto o extrato da planta de hibisco são grandes aliados na hora de prevenir doenças.

O chá de hibisco ficou conhecido principalmente por quem quer perder peso. Mas, devido as suas propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias, a bebida é indicada para aquelas pessoas que não abrem mão do bem-estar e de qualidade de vida.

A bebida não contém calorias e pode ser servida quente ou gelada. Confira detalhes sobre os benefícios:

A pressão alta geralmente acontece quando os vasos em que o sangue circula se contraem. Essa situação pode causar problemas cardíacos como infartos ou acidente vascular cerebral (AVC). No Brasil, estima-se que existam cerca de 30 milhões de hipertensos, de acordo com o Ministério da Saúde.

A boa notícia é que vários estudos já comprovaram que o chá de hibisco reduz a pressão arterial.

Isso ocorre devido as antocianinas encontradas no hibisco, que são responsáveis pelos efeitos anti-hipertensivos.

O teor elevado desses compostos no alimento, além da presença de ácidos orgânicos, vitaminas e minerais, ajuda a prevenir o estresse oxidativo das células, ajudando no controle das doenças cardiovasculares.

Uma pesquisa divulgada no The Journal of Nutrition estudou 65 pessoas com hipertensão que tomaram chá de hibisco ou placebo por seis semanas. Aqueles que consumiram a bebida tiveram uma diminuição significativa na pressão arterial.

2. Ajuda a perder peso

Um dos benefícios mais conhecidos do chá de hibisco é contribuir para o emagrecimento. Algumas pesquisas indicam que o chá foi capaz de reduzir a criação de células de gordura, ou seja, evita o acúmulo de gordura no corpo. Dentre as substâncias antioxidantes presentes no chá estão os flavonoides e antocianinas, que contribuem para evitar esse problema.

Ao diminuir este processo, o chá de hibisco contribui para que menos gordura fique acumulada na região do abdômen e nos quadris.

O hibisco também bloqueia a produção de amilase, uma enzima que transforma o amido em açúcar.

Lembrando que para que o chá de hibisco seja efetivo na redução de peso é importante vincular o consumo a um plano alimentar equilibrado, além da prática frequente de atividade física.

3. Controla o colesterol

Consumir regularmente o chá de hibisco reduz os níveis de colesterol no sangue e os triglicerídeos em pessoas com diabetes e síndrome metabólica (conjunto de doenças relacionadas a obesidade e aumento da pressão, colesterol e glicemia).

Leia também:  Como Conquistar Alguem Que Não Te Quer?

O Journal of Traditional and Complementary Medicine divulgou um estudo que avaliou 60 pessoas com diabetes que consumiram o chá de hibisco ou chá preto. Foi comprovado que aqueles que ingeriram o chá de hibisco tiveram um aumento do colesterol “bom” (HDL) e diminuição do colesterol “ruim” e triglicérides.

Já no caso de pessoas com a síndrome metabólica, uma pesquisa da Universidade de Guadalajara (México) comprovou que quem ingeriu 100 mg de extrato de hibisco diariamente teve uma diminuição do colesterol total e um aumento do colesterol “bom”.

4. Melhora a saúde do fígado

Alguns estudos realizados em humanos e animais mostram que o consumo do chá de hibisco melhora a saúde do fígado, pois aumenta as enzimas desintoxicantes e reduz os danos ao órgão.

De acordo com uma pesquisa divulgada no The Journal of Functional Foods, tomar o extrato de hibisco por 12 semanas melhorou a esteatose hepática em 19 pessoas com sobrepeso.

O problema de saúde ocorre quando há gordura em excesso no fígado e causa a insuficiência hepática –quando o órgão deixa de realizar suas funções como a desintoxicação do organismo.

5. Evita a retenção de líquido

O corpo humano pode reter água em excesso, causando inchaços que incomodam bastante. O chá de hibisco é rico em quercetina, substância que possui ação diurética, ou seja, aumenta a produção da urina ao longo do dia. Seu consumo, elimina assim, uma maior quantidade de toxinas e de água retida pelo corpo.

Benefícios em estudo

– Previne envelhecimento precoce: o chá de hibisco é rico em antioxidantes. Por isso, ajuda a prevenir doenças causadas pelo acúmulo de radicais livres, que causam danos às células e acarreta envelhecimento precoce.

Um estudo da Universidade de Ilorin (Nigéria) realizou uma pesquisa com ratos e comprovou que o extrato de hibisco aumentou o número de enzimas antioxidantes e reduziu os efeitos nocivos dos radicais livres em até 92%.

Mas ainda são necessários estudos para comprovar se o chá de hibisco proporciona esse benefício em humanos.

– Afasta o risco de câncer: mais uma vez os antioxidantes, principalmente as antocianinas podem diminuir o risco de câncer. Muitos estudos realizados em tubos de ensaio apontam que a inclusão de alimentos antioxidantes contribui para a prevenção de muitas doenças, incluindo o câncer.

Uma pesquisa divulgada na Nutrition Cancer mostrou que o extrato de hibisco prejudicou o crescimento celular e reduziu as chances de câncer de boca e de mieloma múltiplo (câncer raro de sangue).

Além disso, um estudo realizado também em tubos de ensaio divulgou que o alimento inibe as células cancerígenas do estômago em até 52%.

Riscos e contraindicações

Imagem: iStock

O chá de hibisco reduz os níveis de estrogênio no organismo, por isso, não é indicado para pessoas que fazem terapia de reposição hormonal (TRH) ou tomam pílulas anticoncepcionais. Além disso, ele também altera a fertilidade, pois inibe a ovulação temporariamente.Não é recomendado o uso durante a gestação ou para lactantes, uma vez que há alteração no equilíbrio hormonal e o chá de hibisco atua sobre a musculatura do útero, podendo levar a um aborto e há também o risco de mutações genéticas.

Deve-se evitar o consumo do chá de hibisco durante à noite, para que não ocorra queda na qualidade do sono.

Por ter ação diurética, o chá de hibisco causa eliminação contínua de potássio e outros eletrólitos, não se tornando recomendável para pessoas com doenças cardíacas grave, que necessitam de níveis adequados desse mineral.

O consumo excessivo de chá causa efeitos indesejáveis como dor de cabeça, náuseas, hipotensão, câimbras e problemas relacionados ao fígado.

Assim como acontece com outros chás de ervas, o de hibisco pode interferir na eficácia de alguns medicamentos, principalmente anti-hipertensivos e o paracetamol. Sendo assim, antes de consumir o chá de hibisco, é importante consultar um médico.

Como consumir o chá de hibisco

A recomendação dos especialistas é consumir de uma a duas xícaras de 200 ml de chá de hibisco por dia. A melhor forma de preparo é a infusão. Coloque uma colher de sopa da planta seca em 1 litro de água quente e deixe repousar entre 5 a 10 minutos e depois coe. Mantenha, de preferência, em um recipiente de vidro ou cerâmica.

Se preferir gelado, conserve na geladeira por no máximo 6h. Porém, o ideal é sempre tomar logo após o preparo, para não perder suas propriedades.

O chá de hibisco não deve ser adoçado com açúcar ou com adoçantes artificiais.

Fontes: Marisa Diniz Graça, nutricionista do Hospital Leforte; Marisa Resende Coutinho, nutricionista da Rede de Hospitais São Camilo; e Thalita Fialho, professora de Nutrição da FMP/Fase (RJ).

Chá de hibisco: para que serve, como preparar e quem deve evitar

A fama desse chá começou com uma dieta: a dieta do chá de hibisco, que promete perda de peso rapidamente. Mas a queima de gordura corporal é apenas um dos vários benefícios desse chá.

Vários estudos demonstraram que o chá de hibisco oferece benefícios saudáveis ao coração, como redução da pressão arterial.

Em um deles, publicado no The Journal of Nutrition, adultos com pressão alta que consumiram três copos de 20 ml de chá de hibisco diariamente por seis semanas observaram uma diminuição na pressão sanguínea.

O chá facilita a digestão, impede parte da absorção do carboidrato e da gordura dos alimentos e anula temporariamente a combate a retenção de líquidos

Além disso, graças a certas enzimas e mucilagens presentes na planta, há benefícios em diversas áreas do organismo: no estômago, facilitam a digestão; no intestino, impedem parte da absorção do carboidrato e da gordura dos alimentos; e nos rins, anulam temporariamente a ação do hormônio antidiurético, quando o organismo aproveita para se livrar do excesso de líquidos. E tem mais: “O hibisco tem vitamina C, que diminui a pressão na parede dos vasos sanguíneos, melhorando a circulação, e cálcio, mineral importantíssimo para os ossos e um facilitador na perda de peso, segundo estudos recentes”, afirma a bióloga Lúcia Helena Guerra Arantes, de Belo Horizonte.

O badalado efeito emagrecedor do chá de hibisco vem do fato de ele facilitar a digestão, regularizar o intestino e combater a retenção de líquido (além de estimular a queima de gordura).

Mas, afinal, o que dá esse poder ao hibisco? Sobretudo a alta concentração de antocianina – pigmento da família dos flavonoides -, que tem ação antioxidante (tira boa parte dos radicais livres de cena) e anti-inflamatória (combate a inflamação das células, permitindo que elas voltem a exercer totalmente suas funções).

Resultado: “O organismo deixa de acumular toxinas – substâncias inimigas que dificultam o emagrecimento”, explica Lucyanna Kalluf, nutricionista funcional especializada em fitoterapia do Instituto Alpha de Saúde Integral, em São Paulo.

O QUE É O HIBISCO

Hibisco é uma flor, e a espécie da qual é feita a bebida é a Hibiscus sabdariffa L., que tem tons puxando para o vermelho e tem origem na Índia e Malásia .

 “O chá de hibisco é feito das flores e botões da espécie, que é diferente daquela ornamental, comum nos jardins”, alerta Maria de Fátima Ramos, médica homeopata e membro da Sociedade Brasileira de Fitoterapia (Sobrafito).

Por isso, confira o nome científico da planta no rótulo.

QUEM NÃO DEVE TOMAR O CHÁ DE HIBISCO

O chá de hibisco é geralmente considerado seguro, com poucos efeitos colaterais. Se acontecerem problemas, eles tendem a ocorrer com o uso excessivo de suplementos de hibisco.

Se usado em excesso, cápsulas de hibisco, tinturas e pó podem causar dor de estômago, gases, constipação, náusea, micção dolorosa, dor de cabeça e zumbido nos ouvidos.

 Mesmo o consumo excessivo de chá de hibisco pode causar tonturas e fadiga transitórias devido ao seu efeito na pressão sanguínea.

spaxiax/Thinkstock/Getty Images

COMO PREPARAR

Leve um 1 litro de água ao fogo. Assim que começar a levantar as primeiras bolhinhas, acrescente 2 colheres (sopa) cheias do hibisco seco (ou 2 sachês). Desligue o fogo, tampe e deixe descansar por 5 minutos (10 no máximo). Coe em seguida. Evite voltar a aquecer para não diminuir os efeitos terapêuticos da planta.

SE O DESEJO FOR EMAGRECER

Bebericar o chá ao longo do dia ajuda a conseguir os benefícios de saúde já citados. Agora, se a intenção e seguir uma dieta para perder peso, aqui vão dicas de como turbinar o chá e, ainda, um cardápio com sugestão de pratos e até o melhor horário para consumir o chá de hibisco.

Ervas para acelerar a dieta: cavalinha e alfafa aumentam os efeitos do hibisco e o resultado na cintura aparece mais rápido. Para isso, faça o chá com 1 litro de água, 1 col. (sopa) de hibisco e…

– 1 col. (sopa) de cavalinha: erva com ação diurética
ou
– 1 col. (sopa) de alfafa: erva com ação antioxidante
ou

– clorela, alga com ação anti-inflamatória, vendida em tablete ou cápsula, que pode ser combinada ao chá.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*