O Que É Whey Protein E Como Tomar?

O Que É Whey Protein E Como Tomar?

Foto: Thinkstock

O Whey Protein faz parte da rotina de muitas pessoas que praticam atividades físicas. A maioria delas sabe que ele permite a construção de massa muscular mais rápida. Porém, ainda existem várias dúvidas sobre o consumo do produto.

Afinal, quais são os benefícios de consumir o Whey Protein? Para quem ele é indicado? Há contraindicações? Abaixo você confere a resposta para estas e outras dúvidas sobre o produto.

O que é e diferentes tipos de Whey

A nutricionista esportiva Vanessa Lobato explica que Whey é uma proteína extraída do soro do leite, usada como suplemente alimentar.

“Durante muitos anos esse soro era jogado fora após a produção de queijos, mas foi notado que porcos e peixes de rios – onde esse soro era eliminado – obtiveram uma melhora imunológica e de resistência. Assim, foram estudar esse soro e a partir daí se iniciou a extração da proteína”, explica a profissional.

Vanessa explica que, basicamente, existem três tipos de Whey: Concentrado, Isolado e Hidrolisado. Abaixo ela explica a diferença entre eles:

Concentrado: é o pó extraído do soro do leite, contém proteínas, mas com uma elevada concentração de carboidratos e lactose.

Isolado: leva esse nome pois foi passado por um processo que reduz ou exclui o carboidrato e/ou a lactose totalmente ou parcialmente. É indicado para pessoas com dificuldade na digestibilidade da lactose.

Hidrolisado: é um tipo de Whey que já é pré-digerido. A absorção é mais rápida e é mais indicado para pessoas com intolerâncias na digestibilidade da proteína do leite.

Benefícios que o Whey oferece

O Que É Whey Protein E Como Tomar?

Foto: Thinkstock

Vanessa Lobato explica que o Whey Protein é rico nos aminoácidos BCAA’s que fazem parte de 30% da nossa musculatura.

Ou seja, no que diz respeito a músculos, essa proteína de alto valor biológico (por conter todos os aminoácidos essenciais para construção muscular) é usada na tentativa de impulsionar os níveis de força, acentuar ganhos no tamanho do músculo e prevenir danos no tecido muscular que ocorrem após a prática de exercícios.

Outro benefício, ainda de acordo com a nutricionista Vanessa, diz respeito à saciedade que oferece. “Por ser proteína, ajuda muito na sensação de saciedade. E, também, no bom funcionamento do nosso sistema imunológico”, acrescenta.

Dessa forma, é possível citar, de forma resumida, como benefícios do consumo de Whey:

  • Possibilita uma construção de massa muscular mais rápida;
  • Contribui para a manutenção de massa muscular;
  • Previne danos no tecido muscular após a prática de exercícios intensos;
  • Promove saciedade;
  • Atua no bom funcionamento do sistema imunológico.

Whey engorda ou emagrece?

O Que É Whey Protein E Como Tomar?

Foto: Thinkstock

Esta é uma dúvida bastante comum sobre o produto.

Vanessa Lobato explica que Whey Protein é uma proteína e gera calorias. “O ganho de peso pode ser de músculos ou de gorduras, tudo vai depender da necessidade individual versus quantidade de consumo”, diz.

“Se a pessoa consome Whey porque treina com alta intensidade e precisa de uma quantidade maior de nutrientes para a sua musculatura, muito provavelmente, se houver um consumo adequado, com descanso e alimentação equilibrada, haverá hipertrofia muscular”, explica a nutricionista Vanessa.

Porém, continua a profissional, se a pessoa não treinar com uma intensidade alta e tomar mais Whey do que precisa, haverá, sim, o risco dessa proteína se converter para gordura e ser armazenada.

Mas, para o emagrecimento também há a opção de consumir Whey, conforme destaca Vanessa, já que proteínas dão mais saciedade.

“Nos intervalos ou pela manhã, por exemplo, o consumo único de carboidratos pode gerar uma necessidade de sempre estar com fome, por não sentir-se saciada.

E o consumo de proteínas pode ajudar nesse sentido, sendo que o Whey Protein entra nesse caso como uma opção de consumo”, explica.

Como tomar Whey?

Algumas pessoas tomam Whey batido com água e outras, com leite. Mas tudo depende das necessidades individuais de cada uma. E a recomendação principalmente é procurar um nutricionista ou nutrólogo antes de iniciar o consumo do produto, exatamente para que o profissional possa passar todas as orientações.

Vanessa Lobato explica que, se a prioridade é o treino, o Whey deverá ser consumido após a atividade física. “Mas, dependendo da intensidade dos treinos e do volume muscular, essa necessidade pode aumentar e o consumo deverá ser distribuído durante um período maior”, diz.

Uma dose diária recomendada geralmente vem descrita na embalagem do produto, mas a verdade é que ela não serve para todo mundo. Ou seja, a dose necessária varia de acordo seus objetivos e tipo de organismo, por isso reforça-se a necessidade de procurar sempre um profissional que possa te orientar sobre o consumo do produto.

Como escolher um bom Whey?

O Que É Whey Protein E Como Tomar?

Foto: Thinkstock

O que levar em consideração na hora da compra? Abaixo você confere alguns pontos que devem ser observados e que vão ajudar na escolha de um bom produto:

Tipo. Vanessa Lobato lembra que o tipo de Whey (Concentrado, Isolado, Hidrolisado) deve ser escolhido de acordo com a tolerância da pessoa.

Validade. Vanessa lembra que, na hora da compra, é muito importante observar a data de validade do produto, visto que o consumo pode durar meses.

Composição. A nutricionista Vanessa lembra que na hora da compra é importante analisar ainda se não há corantes artificiais no produto. “Pois o consumo desses por algumas pessoas causam dermatites: pontinhos vermelhos no corpo que às vezes são confundidos com acne”, destaca.

Custo. Não se pode dizer que o produto mais caro é necessariamente o melhor. A nutricionista explica que o preço do Whey é um pouco elevado. “Toda matéria prima é importada, então tanto os nacionais quanto os importados são caros devido às taxas cobradas na importação da matéria prima ou do suplemento pronto”, destaca.

Marcas. Como pelo preço é difícil saber quais são os melhores produtos, um bom caminho é procurar por marcas mais conhecidas, como Gold Standard, EAS, Nutrilatina e Probiótica. Vale a pena também conferir a lista de marcas de Whey que foram proibidas pela Anvisa.

Indicação. A forma mais garantida de comprar um bom produto e usufruir dos benefícios que o Whey pode oferecer é seguir as recomendações de um nutricionista ou nutrólogo. Ele indicará, além de boas marcas, a melhor forma de consumo, levando em conta suas necessidades e objetivos particulares.

Onde comprar Whey?

Vanessa explica que é o Whey pode ser comprado em lojas de suplementos ou farmácias.

É possível encontrar ainda várias opções de Whey à venda pela internet, conforme você confere na galeria a seguir:

O Que É Whey Protein E Como Tomar?

100% Whey Protein Optimum por R$165,90 na Loja em Forma

O Que É Whey Protein E Como Tomar?

100% Whey Gold Standard por R$179,90 na Netshoes

O Que É Whey Protein E Como Tomar?

100% Pure Whey Probiótica por R$249,99 na Madrugão Suplementos

O Que É Whey Protein E Como Tomar?

2W Whey Protein Body Action por R$93 na Madrugão Suplementos

O Que É Whey Protein E Como Tomar?

Syntha-6 Isolate por R$279 na Netshoes

6 dicas importantes para quem toma ou pretende tomar Whey

Siga as orientações para fazer um uso seguro e eficaz do suplemento a base de proteína do leite:

  1. O Whey não é indicado para todo mundo, dependendo do tipo de produto e intolerância individual, há contraindicação pela digestibilidade, conforme destaca a nutricionista esportiva Vanessa. Informa-se bem sobre isto antes de iniciar o consumo.
  2. Pessoas com problemas renais, como insuficiência renal aguda, precisam de orientação para controlar a quantidade de proteínas de consumo (inclusive Whey Protein), conforme destaca Vanessa.
  3. Dependendo da intolerância de cada pessoa, o Whey pode causar desconfortos gastrointestinais.
  4. Devido à presença, em algumas marcas de Whey, de corantes, pode ocorrer a formação de pontos vermelhos (confundidos com acne) no corpo da pessoa. Por isso, na hora da compra fique de olho na composição do produto e evite o que contém corantes.
  5. Se a pessoa não treinar com uma intensidade alta e tomar mais Whey do que precisa, a proteína poderá se converter para gordura e ser armazenada.
  6. A quantidade diária recomendada, a frequência de consumo e o tipo de Whey indicado variam de acordo com necessidades e objetivos individuais. Por isso, o mais adequado é procurar um especialista para orientar sobre qual o melhor tipo de produto a ser consumido e, sobretudo, se há a necessidade de consumo do Whey.

Agora você já tem boas informações sobre o Whey, conhece os benefícios que o produto pode oferecer e sabe, sobretudo, que o mais indicado é só iniciar o consumo dele após recomendação de um profissional da área de nutrição.

As informações contidas nesta página têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e acompanhamentos de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas.

Whey protein e outras proteínas em pó: quando tomar?

“Whey protein”, a proteína do soro do leite, é o suplemento nutricional mais vendido na indústria fitness. Afinal, é proteína em pó! Há quem tome antes do treino, há quem prefira consumir após o treino, e há quem tome antes de dormir.

A questão é: você precisa mesmo de whey protein ou outras proteínas em pó? Se precisa, quando tomar?

O corpo precisa de proteínas. Mas… de quanto?

As proteínas têm um grande papel na composição corporal e são, na verdade, aminoácidos isolados. Elas são responsáveis por diversas tarefas executadas pelo corpo, incluindo o crescimento muscular e recuperação após treinos intensos. Para manter um bom equilíbrio entre o desgaste e o acúmulo muscular, o corpo precisa adquirir proteínas através dos alimentos ingeridos.

Leia também:  Como É Que A Tecnologia Mudou As Nossas Vidas?

Normalmente, é possível cobrir as necessidades proteicas somente através de uma dieta balanceada. Esta é a opção mais indicada, pois uma dieta balanceada também garante a ingestão por via natural de vitaminas, minerais, antioxidantes, etc.

Uma alimentação rica em proteínas e baseada em opções proteicas com baixo teor de gordura incluirá, por exemplo, carne magra, peixes, ovos, queijo cottage, ricota, coalhada e iogurte. Entre as fontes vegetais de proteína, temos as leguminosas, grãos e soja.

Uma forma de elevar o valor biológico das refeições é combinar, por exemplo, ovos com batatas, carne com batatas e farinha de trigo com leite. Afinal, os carboidratos também são importantes para uma recuperação corporal rápida.

O valor biológico de uma proteína corresponde a quantas gramas de proteína corporal podem ser produzidas a partir de 100 g de proteínas advindas dos alimentos. Para este cálculo, o alimento usado como referência é o ovo integral, que tem valor biológico de 100.

Necessidade proteica diária de um adulto, na relação grama por quilo corporal:

  • Esporte estilo “hobby”: 0,8 – 1,0 g
  • Esportes de resistência: 1,2 – 1,6 g
  • Esportes estilo “jogo” (ex: futebol): 1,4 – 1,7 g
  • Treinos de força/ganho muscular: 1,5 – 1,7 g
  • Treinos de força/manutenção: 1 – 1,2 g

Na Áustria, nosso país-sede, a média de consumo proteico é de 1,1 g/kg de peso corporal por dia.

Nada de exageros!

Se você consumir mais proteínas do que consome, veja o que pode acontecer: proteína em excesso é armazenada no corpo sob a forma de gordura e, a longo prazo, o consumo excessivo deste nutriente pode causar graves problemas de saúde. É isso mesmo: consumir proteínas demais pode, ao longo dos anos, provocar danos nos rins e ossos, além de afetar o nível de ácido úrico no sangue.

E, falando nisso, uma porção de shake proteico deve conter, no máximo, 30g de pó.

Quando é uma boa ideia recorrer à proteína em pó?

Recorrer a suplementos só é boa ideia quando você não conseguir consumir o que precisa através da alimentação devido a treinos intensos, ou quando você não tiver outra opção devido à correria da vida.

Pensando no pós-treino, claro que é mais fácil preparar um shake que uma refeição.

No mais, muitas marcas de whey protein e outras proteínas em pó não contém gordura: na prática, isso significa uma absorção mais rápida das proteínas pelo corpo.

Qual proteína em pó comprar?

A essa altura do campeonato, o que não falta por aí são fabricantes, tipos e composições do pó que conhecemos como proteína em pó. Fora a fama da marca comercial escolhida pelo fabricante, o preço vai variar dependendo de fatores como a qualidade, nível de processamento e composição da proteína em pó escolhida.

Se, por exemplo, um concentrado de proteínas sofrer mais processamento e, assim, for isolado ou, posteriormente, hidrolisado, o teor proteico será aumentado (juntamente com o preço). Além disso, quase não contém gorduras ou carboidratos.

Assim, a proteína em pó é absorvida pelo corpo mais rápido que as demais proteínas. Por conta disso, é a bebida perfeita para o pré- e pós-treino imediato, pois teremos uma proteína fácil de digerir.

Até porque, durante o treino, proteínas de fácil digestão colaboram para o ganho muscular e para uma boa recuperação.

O QUE COMER ANTES DE TREINAR?

  • Treinos de resistência: principalmente carboidratos
  • Treinos de força: carboidratos + proteínas

Não treine de estômago vazio! A refeição anterior ao treino precisa conter bastante carboidratos e proteínas. Estes nutrientes vão garantir a energia necessária para arrasar!

O que comer depois de treinar?

  • Treinos de resistência: carboidratos + proteínas
  • Treinos de força: principalmente proteína (+ carboidratos, se necessário)

O aminoácido leucina tem um efeito particularmente positivo na síntese da proteína muscular antes, durante e depois dos treinos.

Leite, ricota, coalhada, iogurte e vitaminas que contenham iogurte, vários tipos de peixe e de proteínas em pó contêm alto teor de leucina. Outro bom momento para consumir proteínas de rápida absorção é logo após acordar, pois o corpo deve ser reabastecido com nutrientes logo que possível pela manhã.

Também é importante ingerir proteínas de alta qualidade no fim do dia para ajudar na recuperação muscular durante a noite. Aqui, a caseína é bem útil. Esta proteína é abundante em queijos com baixo teor de gordura, e é absorvida lentamente pelo corpo. Assim, o corpo fica bem nutrido enquanto você dorme.

Já as proteínas de média absorção são ideias para fornecer proteína extra ao corpo entre as refeições.

Whey protein

O whey protein é a proteína em pó mais conhecida de todas. De fácil digestão, ele é rico em leucina e, assim, é perfeito para a síntese proteica muscular antes e imediatamente após o treino. Em geral, o teor proteico é de ao menos 85% ou mais, dependendo do nível de processamento. A boa notícia para quem é intolerante a lactose é que o whey protein contém pouquíssima lactose.

Proteína do leite (caseína)

Em comparação com o whey protein, a proteína do leite contém menos proteína e mais lactose. Ela é absorvida mais lentamente pelo corpo e proporciona proteína disponível por várias horas. A caseína é indicada como proteína noturna, a ser consumida idealmente antes de ir dormir. Boas fontes de caseína: queijos com baixo teor de gordura, especialmente o queijo cottage.

Albumina

Feita a partir da clara do ovo, tem valor biológico inferior ao ovo inteiro.

É absorvida pelo corpo em velocidade média e, como o whey protein hidrolisado, não contém carboidratos ou gordura, sendo ideal para abastecer os músculos durante o treino.

Entretanto, o efeito na síntese proteica muscular é bem menor, pois contém baixo teor do aminoácido leucina, que é importante para este processo.

Suplemento proteico multicomponentes

Consiste em um mix de três ou quatro tipos de proteínas diferentes (ex.: whey, caseína e soja) e fornece ao corpo proteínas de média absorção, dependendo da composição, que varia de acordo com o produto.

Proteína da carne

A proteína da carne (beef protein) é absorvida rapidamente pelo corpo e tem praticamente o mesmo teor proteico que o whey. Traz menor teor de leucina, não contém lactose, mas contém creatina natural. É utilizada principalmente para treinos de força e treinos curtos, porém intensos.

Proteína da soja

Para vegetarianos e veganos, a alternativa mais conhecida às proteínas animais é a soja (soy protein). O valor biológico desta proteína é um pouco inferior aos pós proteicos de origem animal. A soja fornece energia ao corpo em uma velocidade considerada “média”, em comparação com o efeito imediato de outras opções de pó proteico disponíveis no mercado.

Observação: ainda não se sabe, de forma definitiva, quais são os efeitos de longo prazo causados pelos fitoestrogênios contidos na proteína da soja no metabolismo do hormônio produzido pela glândula tireóide. Por isso, recomenda-se que este tipo de proteína em pó seja usado com moderação.

Outras proteínas em pó veganas

Ervilha, cânhamo e outras fontes de proteínas vegetais também são opções (embora mais raras) para vegetarianos e veganos suplementarem o consumo deste nutriente. Fica a observação de que o valor biológico destas opções de origem vegetal é bem inferior que o dos suplementos de origem animal ou da proteína de soja, e o pó em si contém mais carboidratos e gordura.

Atenção às impurezas!

Suplementos, inclusive proteína em pó, podem vir contaminados com anabolizantes ou hormônios do crescimento.

Isso pode acontecer por acidente (quando há contato com estas substâncias durante a produção), ou pequenas quantidades podem ser acrescentadas intencionalmente para causar um “efeito mais visível” e tornar o produto mais famoso.

Tais quantidades, entretanto, são suficientes para reprovar uma pessoa em um exame antidoping e causar danos à saúde.

Lições para levar pra vida:

  • Consuma proteínas antes, durante e após o treino, dependendo do seu caso
  • Atenda às necessidades do corpo predominantemente por meio de alimentos naturais
  • Proteína em pó não é indispensável
  • Suplementos não substituem uma dieta balanceada
  • Não ultrapasse as necessidades diárias de proteínas — cuidado com os suplementos!
  • Escolha uma proteína em pó com base nas suas necessidades
  • Se informe sobre a pureza da proteína em pó escolhida — atenção a aditivos como hormônios e anabolizantes

Como opção ao pó industrializado, trazemos 3 receitas deliciosas de shake proteico para consumir após o treino. Confira abaixo!

Shake proteico caseiro

Shake de pera e queijo cottage 250 ml de leite (1,5% de gordura) 125 g de queijo cottage de baixo teor calórico (10% de gordura) 1 pera 1 cs de cacau em pó 1 pitada de canela

Modo de preparo: descasque a pera antes de cortá-la, pois facilita a digestão. Em seguida, coloque todos os ingredientes em uma tigela e bata com o mixer de mão.

Leia também:  Como Saber O Windows Que Esta Instalado?

Shake de maçã com iogurte 250 g de iogurte grego (0% de gordura) 1 maçã 1 cs de aveia em flocos finos

Modo de preparo: descasque a maçã antes de cortá-la, pois facilita a digestão. Vale suco de maçã sem açúcar, também. Em seguida, coloque todos os ingredientes em uma tigela e bata com o mixer de mão.

Shake de manga com leite de soja 50 ml de leite de soja 200 ml de iogurte de soja 1 manga madura 1 cs de raspas de coco

Modo de preparo: descasque a manga, coloque todos os ingredientes em uma tigela e bata com o mixer de mão. Vale usar outros leites de origem vegetal em vez do leite de soja (arroz, aveia, amêndoas…)

Outras frutas de fácil digestão podem ser usadas para substituir as indicadas nas receitas acima (uma banana madura, frutas vermelhas, melão ou melancia são boas opções). Para dar um toque extra, use canela, baunilha, cacau em pó e raspas de coco nas receitas, conforme seu gosto e criatividade! Se o shake ficar grosso demais, acrescente um pouco mais de leite ou água e continue batendo.

  • Sobre o autor
  • O Que É Whey Protein E Como Tomar?
  • René Franz é nutricionista no IMSB da Áustria – Centro de Alta Performance (The Institute for Sports Medicine and Science) O ISMB foi fundado em 1982 para fornecer apoio e informações aos melhores atletas austríacos relativamente a temas envolvendo ciência do esporte e medicina, o que é realizado através de colaboração interdisciplinar.
  • ***

Qual melhor horário para tomar Whey Protein?

Posted at 12:08h in Nutrição, Treino by Marketing 0 Comments

Se você está pensando em tomar Whey Protein, é fundamental que você saiba quando tomar para que o suplemento cause o efeito desejado.

O Whey Protein é consumido de diferentes formas e as dúvidas quanto “qual o melhor horário para tomar o suplemento?” são bem frequentes, mas afinal por que o momento de tomar Whey Protein é tão importante?

xistem momentos chave em que o consumo desse nutriente irá trazer mais benefícios e praticidade para que você alcance seus objetivos.

Algumas pesquisas mostram que o pós treino é um dos melhores momentos para consumir essa proteína, pois é nesse momento que organismo mais precisa dos aminoácidos presentes na proteína para recuperar as fibras musculares que foram “desgastadas” durante o treino auxiliando o tecido muscular a se regenerar.

Mas claro, consumi-lo no pós treino não é regra, principalmente se você treinar antes do almoço ou jantar, “nesses momentos é melhor consumir proteínas presentes nas carnes que possuem maior valor biológico e não são um produto ultraprocessado como o Whey” diz o Dr. Diogo Simão (médico do Espaço Volpi).

  • – Pós-treino
    Normalmente consumido dentro de até 40 minutos após o treino no que é conhecido como “janela de oportunidades” (período logo após o treino em que o organismo supostamente tem maior aproveitamento da proteína), no entanto, alguns estudos apontam que essa janela pode durar até 24 horas depois do treino.
  • – Pré-treino
    O Whey Protein é uma proteína de absorção rápida, podendo ser uma fonte de energia importante, portanto consumi-lo entre 30 a 45 minutos antes do treino é uma forma de garantir que o organismo não busque energia na própria musculatura e reduza o catabolismo (situação metabólica em que o organismo utiliza suas próprias reservas para repor energia e tecidos desgastados).
  • – Antes de dormir
    Este modo de consumo é usado como estratégia para criar uma reserva de energia no organismo por causa do processo de catabolismo causado pelo jejum durante o sono, dessa forma o corpo terá fluxo de aminoácidos suficientes para preservar o tecido muscular.

– Ao acordar
Consumir Whey Protein ao acordar é válido para suprir o processo de catabolismo que o sono pode provocar pelo fato do organismo estar em jejum. Ao acordar, seu corpo precisa de nutrientes para se recuperar e para dar continuidade à síntese de proteínas. O Whey Protein é válido nesse momento por seu alto valor biológico e rápida absorção.

Agora que você conhece as melhores maneiras de consumir o Whey Protein insira na sua rotina alimentar conforme suas necessidades!

Your html code will go here

Whey Protein Feminino

Muitas mulheres que fazem academia buscam ganhar massa muscular, conseguir aquela definição ou recuperação muscular, mas muitas vezes não sabem como. Muito se fala no Whey protein (hidrolisado, isolado e concentrado) e outras suplementações a base de proteína, mas parece que todas elas estão ligadas ao universo masculino.

A grande dúvida da mulher na hora de iniciar a fase de suplementação é se o suplemento é realmente para uso feminino, ou se a substância é apenas para homem. Por isso, muitas marcas passaram a produzir Whey protein feminino. Natural e cheio de vitamina, existem diversos suplementos femininos desenvolvidos para ajudar a melhorar a performance da mulher durante o treino e no pós-treino.

Mas, o que é whey protein feminino?

Muito se ouve falar desta suplementação, mas pouco ouvimos sobre sua composição e se realmente há diferenciação em relação ao whey protein tradicional.

O whey protein é uma proteína concentrada de alto valor biológico extraída do soro do leite, ou seja, de fácil assimilação e utilização pelo tecido muscular.

Com isso, ao se exercitar, o usuário terá aminoácidos (os pequenos “blocos” que compõem as proteínas) suficientes para reconstruir sua musculatura que foi lesionada durante o treino, resultando em fortalecimento ou crescimento muscular.

Whey protein feminino é diferente?

Esta é a grande dúvida das mulheres. Quando vão em busca de uma suplementação feminina a grande maioria teme que não haja diferença entre os compostos e que isso acabe prejudicando o corpo.

Whey protein feminino características

O whey protein foi formulado e desenvolvido especificamente para uma atender às necessidades específicas das mulheres. Com isso, ele se tornou um instrumento para praticantes de atividade física que estão em busca de definição muscular ou emagrecimento.

Whey protein feminino engorda?

As mulheres, em sua maioria, tem medo de engordar com o suplemento. Por isso, muitas acabam substituindo as refeições por suplementação.

Mas o que é preciso realmente considerar é que não é o suplemento que engorda e sim a forma como é inserido na dieta.

Pois, quando consumido da maneira adequada, e como parte integrante de um plano alimentar com calorias necessárias para manter o metabolismo, o whey protein não engorda.

Mas é importante seguir uma dieta e se exercitar. Pois tomar o whey feminino e continuar com maus hábitos alimentares, sem fazer nenhum tipo de atividade física poderá fazer com que ganhe peso ao invés de perdê-lo. Apesar de que para isso acontecer é preciso tomar uma alta quantidade, já que um shake de whey protein em si não é muito calórico.

O que faz o whey protein feminino?

O suplemento praticamente não contém gorduras e carboidratos, o que é uma grande vantagem do whey em relação às outras fontes de proteína, tornando-o uma excelente opção para quem precisa de aminoácidos, mas não quer exagerar nas calorias nem aumentar a taxa de gordura corporal. Além disso, o whey protein é fonte de glutamina e BCAA, aminoácidos indispensáveis para a recuperação e o crescimento da musculatura.

Não apenas os BCAAs (aminoácidos leucina, isoleucina e valina), a arginina e glutamina, que estão presentes no whey convencional, o suplemento feminino também contém ingredientes como o colágeno hidrolisado, elastina, proteína isolada da soja e até mesmo óleo de semente de uva. Com isso, o whey protein tem diversas funcionalidades, agindo para benefício do corpo da mulher.

Para que serve o whey protein feminino?

A funcionalidade da proteína é uma dúvida recorrente. Pois, muitas querem iniciar a suplementação, mas poucas conhecem o real objetivo, ação e tipos de whey disponíveis no mercado.

Whey protein feminino: objetivo

Cada um dos compostos de whey age de forma diferente no sistema imunológico, levando diferentes benefícios para o corpo. Creatina, aminoácidos entre outros tantos compostos são encontrados na mistura e agem em benefício do usuário.

  • Aminoácidos: permite não só a recuperação para outras atividades, o crescimento muscular, ou a hipertrofia. Eles atuam na regeneração das micro lesões sofridas pela musculatura durante os treinos.
  • Proteína: o whey pode ser um substituto para fontes de proteínas que são ricas em gordura, como a carne vermelha e os laticínios. Ou seja, o uso do whey protein pode ajudar a regular o apetite e diminuir a vontade de comer. Já que as proteínas possuem digestão mais lenta, o whey feminino pode ser utilizado como fonte de proteínas com baixo teor de gordura e carboidratos, auxiliando no emagrecimento.
  • Colágeno e elastina: responsáveis pela sustentação e manutenção da firmeza da pele.
  • Óleo de uva: hidrata e fornece antioxidantes que combatem os efeitos nocivos dos radicais livres, muitos deles gerados durante a atividade física, sobre todo o organismo.

Benefícios whey protein feminino

São diversos os benefícios que essa suplementação oferece para as mulheres. Utilizar um suplemento de qualidade garante diversas consequências boas para o corpo como um todo, principalmente para quem tem uma rotina intensa de atividades físicas. Algumas dessas vantagens são:

  • Melhora da aparência: em tese, os suplementos hidrolisados podem ajudar a afastar as rugas e melhorar a saúde do sistema circulatório (a elastina atua na formação da parede dos vasos sanguíneos), das unhas e cabelos.
  • Auxílio na TPM: a proteína da soja é rica em isoflavonas, compostos orgânicos que ajudam a atenuar os sintomas da TPM e da menopausa, reduzindo os desconfortos causados pelo inchaço e a variação do humor.
  • Diminuição da gordura e aumento da massa muscular: o whey protein faz com que o corpo entenda de onde tirar energia, evitando que a massa muscular seja perdida. Com o auxílio de dieta e exercícios, é possível diminuí-las consideravelmente, pois o suplemento causa a queima de gordura acentuada e as de maior dificuldade de perda.
  • Auxílio nas Dores: O BCAA, aminoácidos presentes na fórmula são ótimos para ajudar na recuperação dos músculos, fazendo com que seja possível aumentar o ritmo sem dores intensas. Com isso, acaba com o incômodo e dores causados pelas micro-lesões que surgem durante os exercícios intensos.
  • Emagrecimento: o suplemento pode ser bastante útil para quem busca perder peso. Pois é uma fonte de proteínas que não contém gorduras e nem carboidratos. Além disso, o whey ajuda a saciar a fome, fazendo com que o emagrecimento ocorra mais rapidamente. Com uma dieta adequada, exercícios e suplementação, é possível manter o corpo firme e magro sem precisar passar por cirurgias invasivas.
Leia também:  O Que É Smart Tv E Como Funciona?

Tipos de whey protein feminino

Diferentemente do que muitas pensam, existem diversos e diferentes tipos de whey protein. Por isso, na hora de escolher o suplemento ideal é preciso se atentar para a funcionalidade e especificações de cada um deles. Veja:

Iso Woman Protein AGE

O ISO da Nutrilatina contém cromo, mineral que, entre outras propriedades, que pode ajudar a diminuir a vontade de comer doces e outros carboidratos refinados.

Composição: o suplemento proteico da Nutrilatina contém 10 gramas de colágeno hidrolisado por porção (de 38g), 26 gramas de proteína, 4,1 gramas de BCAAs e 7 gramas de carboidratos.

Whey Pro-F

O Whey Pro-F contém em sua fórmula vitaminas e sais minerais específicos para a saúde da pele, unha e cabelos femininos, além de colágeno hidrolisado, fibras e proteína isolada da soja.

Composição: o Whey Pro-F deixa a desejar quando comparado ao whey convencional. Pois contém 6 gramas de carboidratos por scoop (de 33 g), e um teor de aproximadamente 73% de proteína.

Femini Whey

O Femini Whey é um suplemento que tem rica fonte de colágeno hidrolisado e um complexo multivitamínico voltado para o fortalecimento das unhas e cabelos femininos, e ao combate da TPM.

Composição: formulado com um mix de proteínas da soja e do soro de leite, o Femini Whey fornece 6,2 g de BCAAs por porção (2 scoops de 20 g cada), 4,9 g de carboidratos e 2,1 g de gordura. Com um teor proteico de 70% (28 gramas de proteína por porção de 40g de whey), possui uma concentração de aminoácidos (aminograma) bastante semelhante aos demais whey protein para mulheres.

Whey protein feminino: quem pode tomar?

O Whey Protein não é um suplemento só para quem faz treino bruto, mas sim para ajudar a repor a massa muscular, adequando sua ingestão proteica. Se você tem uma dieta que está de acordo com sua necessidade proteica, mesmo que pratique um treino intenso, pode não precisar tomar o suplemento.

Whey protein feminino: como tomar?

Após essa série de revelações você deve estar se perguntando: como tomar o Whey protein da melhor forma? O whey protein pode ser ingerido com água ou leite desnatado, logo após o treino.

Se o seu objetivo for a perda de peso, opte por um whey com baixo teor de carboidrato e sem açúcar, já que o nutriente poderá estimular o acúmulo de gordura na região abdominal.

Para garantir todas as vantagens oferecidas pelo suplemento é preciso tomar a quantidade correta, nos horários certos. Pois não adianta ingerir a suplementação exacerbadamente, sem nenhum acompanhamento médico. Por isso, antes de começar a tomar o whey é preciso consultar um nutricionista.

Quantidade diária de whey protein feminino

A quantidade de whey vai depender diretamente do treino e objetivos de cada indivíduo. A ciência ainda não especificou a quantidade ideal de proteína que uma pessoa deve tomar para alcançar a hipertrofia muscular, mas o mais recomendado é a ingestão diário entre 1.5 e 1.8 gramas de proteína por quilo de peso corporal.

Dica: para o pós-treino consumir cerca de 35 a 40 gramas de whey pode ajudar a fornecer nutrientes de maneira quase imediata para as fibras musculares que foram lesionadas durante as séries. Já no pré-treino é importante consumir no máximo 15 a 25 gramas do suplemento, para obter seus benefícios sem correr o risco de sofrer com problemas digestivos.

Quando tomar whey protein feminino

Mais uma vez os objetivos a serem alcançados e a intensidade dos treinos devem ser levados em consideração para definição de como tomar o whey protein da melhor forma, para benefício do corpo e desenvoltura durante a série e treinamentos. Os melhores horários para tomar whey protein são:

  • Vantagens de tomar Whey logo após o treino: uma das formas mais benéficas de ingerir suplementos é logo após o treino. Pois este é o momento em que o músculo está ávido por nutrientes. Com isso, tomar o whey até 30 minutos após o final da atividade garante os aminoácidos e carboidratos de que as células necessitam para formar novas proteínas e regenerar o tecido muscular.
  • Vantagens da ingestão antes de se deitar: durante o sono a musculatura fica sem receber nutrientes externos. Considerando-se uma noite de sono de aproximadamente 7 a 8 horas, é praticamente um terço do dia sem alimentos nutritivos. Para evitar o catabolismo, é preciso tomar um shake com whey protein e leite pouco tempo antes de ir para a cama, pois é uma ótima opção para garantir um fluxo constante de aminoácidos para o tecido muscular.
  • Vantagens de tomar Whey protein ao acordar: ao acordar o corpo está despertando de um período onde a musculatura fica sem receber nutrientes externos. Ao levantar o indivíduo estará vindo de um jejum de várias horas, e nesse momento o corpo estará necessitando de nutrientes para dar continuidade à síntese de proteínas. Por isso, é um bom momento para a ingestão de whey.
  • Vantagens de ingerir whey de 30 a 45 minutos antes do treino: tomar whey antes do treino garante que o corpo não recorra à própria musculatura para obter energia quando os estoques de glicogênio tiverem se esgotado. Por isso, mesmo que tenha feito uma refeição algumas horas antes de ir para a academia, tomar um shake de whey antes do treino pode ajudá-lo a minimizar o catabolismo decorrente da ação do cortisol liberado durante os exercícios intensos.

Qual a melhor marca de whey protein feminino?

São diversas as marcas e tipos de whey protein. Para a escolha da marca é preciso primeiro se atentar para as especificações e componentes. Os fabricantes nacionais, em sua maioria, são mais caros e os compostos pouco menos vantajosos. Por isso, é muito comum a distribuição e comercialização de produtos importados.

Hoje em dia uma das melhores marcas de whey feminino é da Max Titanium, o melhor whey protein feminino é o “Femini Whey”. A embalagem da Femini Whey da Max Titanium de 900g, tem um preço médio em torno de R$110,00 até R$123,00.

Preço whey protein feminino

O whey protein para mulher se tornou popular e surgiram diversas marcas e, cada uma delas tem um preço de mercado diferente. Para quem busca whey protein feminino preço, é preciso realizar uma pesquisa levando em conta o custo benefício.

Para isso é preciso considerar se vale a pena comprar em grande quantidade ou se é melhor adquirir a unidade, formas de entrega e frete. Na Madrugão Suplementos você encontra os melhores preços e vantagens do mercado.

Depoimento de uso

Se você ainda dúvidas quanto ao uso de whey protein, suas vantagens e benefícios para o corpo e treino, veja depoimentos dos compradores:

“Antes de começar a tomar Whey protein eu tinha medo de como o meu corpo reagiria a suplementação, mas consultei um nutricionista e fui orientada a fazer a ingestão na quantidade e horário corretos.

Com a ajuda do meu personal e a suplementação correta tenho conseguido alcançar meus objetivos diários. Com o passar do tempo fui adequando a quantidade do suplemento.

Com isso, tenho conseguido atingir uma melhor performance nos treinos e tenho visto os benefícios no meu corpo e mente”.

“Diferente do que eu pensava, a suplementação feminina é muito benéfica para os treinos.

Antes eu tinha medo de tomar, pois pensava que o Whey protein era apenas masculino, mas quando descobri as marcas de whey para mulheres me apaixonei pelos benefícios oferecidos pela suplementação.

Minha performance nos treinos melhorou muito depois que comecei a usar, além disso, tenho conseguido atingir meus objetivos muito mais rápido”.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*