O Que É Arduino E Como Funciona?

O Arduino é uma plataforma de prototipagem eletrônica criada por Massimo Banzi e David Cuartielles em 2005, na Itália. Na época, esse tipo de sistema com microcontroladores era caro e difícil de trabalhar, dificultando muito a vida de estudantes e entusiastas de eletrônica.

Assim, da falta de uma plataforma barata, acessível e versátil para projetos de eletrônica utilizando microcontroladores, nasceu o projeto do Arduino. Não é necessário ter nenhum conhecimento avançado em eletrônica ou programação para começar a usar a placa.

Portanto, para muitas pessoas, o Arduino é o primeiro contato com o o mundo da eletrônica.

O que é o Arduino

A plataforma open-source Arduino é uma placa de prototipagem eletrônica com um microcontrolador programável que funciona como o cérebro da placa e pode desempenhar várias funções.

O conjunto é composto por Hardware e Software, e existem diversos modelos disponível no mercado.

O microcontrolador possui diversas entradas e saídas, para receber e enviar dados para sensores, motores, atuadores, telas, teclados, alto-faltantes e milhares de outros dispositivos.

O Que É Arduino E Como Funciona?

Por se tratar de uma plataforma open-source, qualquer pessoa pode copiar, aprimorar e vender a placa. Assim, existem milhares de fabricantes com os mais variados modelos da placa sendo vendidos no mercado, com as mais variadas funcionalidades. Existem shields e módulos que encaixam na placa, para estender suas funcionalidades, disponibilizando conectividade WiFi e Bluetooth, por exemplo.

A IDE do Arduino, isto é, o ambiente de desenvolvimento de software para o microcontrolador possui diversas bibliotecas para os sensores e módulos que podem ser conectados a placa, possibilitando a programação, isto é, comandar as tarefas que o circuito deve executar. A programação do microcontrolador é feita em Linguagem C.

Tudo o que sua imaginação permitir

A partir do Arduino, é possível executar projetos de automação residencial e comercial, conectando motores, lâmpadas e uma infinidade de sensores a ele. Ainda mais que existem versões muito reduzidas da placa, permitindo que os projetos caibam mesmo em lugares onde não há muito espaço disponível.

Por se tratar de uma plataforma open-source, você pode fazer qualquer modificação na placa e até mesmo comercializa-la, sem precisar pagar nada aos criadores. Sinta-se a vontade para fazer alterações para os seus projetos.

O Que É Arduino E Como Funciona?

O Arduino Mega 2560, uma versão poderosa da placa

Para criar um projeto com Arduino, basta comprar a placa por US$10 no exterior, e em média R$50 no Brasil. Existem modelos mais caros e mais baratos, já que possuem diferentes poderes de processamento, quantidade de portas e outras funcionalidades. Enfim, no Brasil, a versão mais vendida da placa é o Uno.

Hardware do Arduino

O funcionamento é muito semelhante ao de um computador, já que ele possui entradas, saídas e é programável. Dessa forma, a unidade de processamento da placa, que é um microcontrolador, possui CPU, memória RAM e ROM, uma unidade de processamento aritmética e dispositivos de entrada e saída de dados.

O Arduino é baseado nos microcontroladores Atmel, os ATmega, com componentes complementares incluídos, para facilitar a criação e programação de diversos projetos. Vários modelos utilizam o microcontrolador ATmega 328.

O Que É Arduino E Como Funciona?

Funcionamento do Hardware – Diagrama em blocos

Existem vários modelos de microcontroladores diferentes, que se diferem principalmente na quantidade de memória e na configuração dos módulos de entrada e saída disponíveis.

A placa ainda conta com um conector USB para envio do código de programação e alimentação da placa.

Já que o microcontrolador possui várias entradas e saídas, a placa também conta com pinos fêmea para cada uma dessas saídas, para que o usuário possa plugar jumpers com facilidade.

Espécimes como o Uno e o Mega possuem um conector de alimentação externa que pode receber de 7V a 20V (a tensão internamente será regulada), possibilitando a conexão de baterias ou fontes para alimentar a placa quando ela não está conectada no USB.

O microcontrolador conta com pinos digitais, analógicos, PWM, e de comunicação serial. A tensão de operação desses pinos é de 5V, podendo em alguns modelos ser de 3.3V.

  Entretanto, é importante compreender que o Arduino serve para enviar e receber sinais, e não terá força suficiente para alimentar motores, por exemplo.

Para essas aplicações, você deve utilizar dispositivos para comutação de sinais, alimentando motores com fontes externas.

Você pode ver uma lista completa das placas originais da marca clicando aqui.

Software

Ele é um compilador GCC (linguagem C e C++), que é baseado em Wiring e usa uma interface gráfica em Java no projeto Processing. Tudo isso em uma IDE (Ambiente de Desenvolvimento Integrado) muito simples e intuitiva de se usar, do próprio Arduino. Em contrapartida, para usuários mais avançados, ela pode ser simples demais e sem muita funcionalidades.

Essa IDE pode ser estendida com bibliotecas, que você pode encontrar na internet ou no site de fabricantes de sensores, shield e dispositivos externos conectados ao Arduino.

O Que É Arduino E Como Funciona?

Dessa forma, você vai criar e compilar o programa usando a IDE, e então isso será enviado a placa e gravado no microcontrolador por meio da conexão USB. Assim, o software que roda na placa é chamado de Firmware.

O ambiente de desenvolvimento é usado para programar até mesmo outros microcontroladores, como o ESP8266 e o ESP32. Assim, fica tudo mais fácil para quem ainda é iniciante em programação, já que IDEs mais complexas podem assustar a primeira vista.

Aplicações do Arduino

Na placa, é possível conectar sensores, motores e milhares de dispositivos que interagem com o mundo. Assim, você pode automatizar toda a sua residência, por exemplo. Um Arduino é capaz de controlar lâmpadas a partir de um sinal enviado de um celular, por meio de Bluetooth ou WiFi. Dessa forma, é possível criar dispositivos IoT (internet das coisas) utilizando o microcontrolador.

Outra aplicação incrível é criar robôs e carrinhos, que podem ser controlados por meio de controles remotos ou podem ser completamente autônomos. Frequentemente são criados robôs seguidores de linha, ou robôs que evitam colisões. Também é possível criar braços robóticos, utilizando servo motores, isto é, motores que possuem controle do seu ângulo de rotação.

Sensores que detectam alterações climáticas, umidade, temperatura ou até mesmo que extraem informações do solo também são amplamente utilizados em projetos com a placa.

Por outro lado, escolas técnicas e universidades utilizam a placa para o ensino básico de circuitos microprocessados, já que é uma forma de ter um primeiro contato muito positivo com o mundo dos microcontroladores.

Projetos

Com a placa, é possível construir carrinhos com sensores ultrassônicos que evitam obstáculos. Os motores dos carrinhos são controlados por uma Ponte H.

O Que É Arduino E Como Funciona?

Mini-Robô que anda sozinho

Por outro lado, é possível adicionar robustez ao conjunto e utilizar esteiras invés de rodas. Assim são feitos os tanques com Arduino!

O Que É Arduino E Como Funciona?

Tanque com motores DC

Deseja controlar displays ou matrizes de LED? Não tem problema, o microcontrolador é capaz de fazer isso também!

O Que É Arduino E Como Funciona?

Projeto controlando Matriz de LED

Quer aprender mais sobre eletrônica?

Clique aqui e receba aulas do nível básico até o avançado sobre ELETRÔNICA – são mais de 160 aulas com 50 horas de conteúdo e CERTIFICADO GARANTIDO. 

O que é Arduino? Como funciona? Como programar?

O Arduino é uma plataforma de prototipagem que possibilita o desenvolvimento dos mais diversos projetos robóticos, atuando como um tipo de cérebro eletrônico programável de simplificada utilização, com diversas portas para conexões com módulos e sensores.

Ele é projetado através de um microcontrolador de programação específico com pinos de entrada e de saída digitais e analógicos, além de pinos próprios para alimentação e comunicação diferenciada com protocolo I2C, por exemplo.

O Que É Arduino E Como Funciona?

O que é Arduino?

O Arduino fez tanto sucesso após sua criação que em poucos anos ficou conhecido em escolas e universidades em todas as partes do mundo, virado uma febre mundial de baixo custo e de extrema funcionalidade.

Vale destacar que o desde sua criação foi implementado como open source, ou seja, possui com conceito de hardware livre, o que na prática significa que pode ser modificado e melhorado dos mais diversos modos.

Em resumo, o Arduino é uma plataforma eletrônica de prototipagem open-source e hardware livre muito fácil de ser empregada e utilizada. Foi projetado através de um microcontrolador de programação específico dotado de pinos de entrada e saída de energia e sinal que pode ser facilmente aplicada nos mais diversificados projetos eletrônicos e elétricos.

Quem inventou o Arduino?

O Arduino foi inventado por Massimo Banzi, o co-fundador da plataforma de prototipagem, em conjunto com mais 4 pesquisadores: David Mellis, Gianluca Martino, Tom Igoe e David Cuartielles no ano de 2005.

Nesta época, o professor de eletrônica e programação Massimo queria ensinar aos seus alunos do curso de design noções básicas de eletrônica e programação com o intuito de estimular o desenvolvimento de projetos de robótica, interatividade e arte, porém logo se deparou com um problema, não existiam placas em preço acessível e muito menos com esquemas simplificados para alunos que recém estariam entrando nesta área.

Leia também:  Como E Que Era A Siria Antigamente?

O Que É Arduino E Como Funciona?

Massimo Banzi co-fundador do Arduino

Desde o inicio do desenvolvimento do projeto o principal objetivo dos fundadores ela criar um dispositivo eletrônico barato, com grande funcionalidade e ao mesmo tempo pudesse ser de fácil programação.

Assim em muito se explica o grande sucesso que o arduino alcançou, aparecendo em projetos robóticos de baixa, média e alta complexidade, permitindo a integração com módulos eletrônicos e sensores dos mais diversos tipos.

Alguns estudiosos da área dizem que o microcontrolador recebeu o nome Arduino em homenagem ao rei Arduin, que governou a região norte da Itália no ano de 1002, e era uma figura marcante. Massimo ainda mantinha um bar na cidade de Ivre, chamado Bar di Re Arduino, já em inspiração ao rei.

Como funciona o Arduino?

O Arduino funciona a partir de códigos de programação, onde pode ser livremente destinado a diversos tipos de funções, podendo comandar desde sensores eletrônicos até módulos de alta complexidade.

A programação é feita por meio do programa IDE Arduino, o qual pode ser baixado diretamente no site oficial arduino.cc, além disso, a conexão com o computador é feita via cabo usb, permitindo que os comandos definidos no programa sejam devidamente transferidos até a placa.

Após gravar os códigos de acordo com os sensores escolhidos, ele poder ser instalado em locais aleatórios com o uso de fontes para alimentação ou mesmo baterias se precisar ficar em local isolado.

Importa mencionar que a conexão com os sensores pode ser feita diretamente em suas portas de comunicação com o uso de jumpers ou em placas de ensaio, conhecidas como protoboards.

O Que É Arduino E Como Funciona?

Pinagem do Arduino Uno

  • Tanto hardware quanto software foram desenvolvidos com o intuito de auxiliar designers, hobista, hackers, artistas, novatos e qualquer pessoa interessada em criar equipamentos e ambientes interativos, podendo o Arduino interagir com sensores, motores, câmeras, shields e a maior quantidade de componentes eletrônicos conhecidos.
  • O Arduino Uno é o modelo mais conhecido, possuindo ao todo 13 portas digitais , 6 portas analógicas, 3 portas GND, uma porta de 5V e uma porta 3,3V, além dos demais pinos de configuração e alimentação.
  • Dentre os pinos digitais do Arduino, vale lembrar que existem alguns pinos que se diferem dos demais por possuírem características próprias como o caso dos pinos PWM que possuem um “~” antes do número e possuem a capacidade de variar o sinal de saída para controlar motores, por exemplo, e ainda os pinos 0 (RX) e 1(TX) que são pinos de comunicação.
  • Quanto a alimentação, ela pode ser realizada através da porta USB, havendo possibilidade do programador optar por utilizar uma fonte externa com conexão direta no jack p4 do Arduino.

Como programar um Arduino?

A programação do Arduino é feita via software no computador ou diretamente em um celular android, em todo caso, o programa precisa ser baixado do site do fabricante e instalado diretamente na máquina.

Após isso, é preciso conectar a placa com o cabo usb, que via de regra acompanha, e selecionar a placa desejada, em seguida será preciso fazer o upload de um código já pronto ou criar um do zero em linguagem C.

O Que É Arduino E Como Funciona?

Programação do Arduino via Computador

A programação em C trata-se de uma linguagem de uso geral que é ensinada em cursos técnicos e superiores de tecnologia da informação. Em todo caso, por se tratar de método simples, pode ser facilmente aprendida com leituta de livros e artigos disponíveis na Internet.

Programar deixou de ser considerado um “bicho de sete cabeças” e se tornou um meio de ensinar, um meio de desafiar nossos próprios limites e principalmente se tornou uma experiência divertida que contagia cada vez mais adultos e crianças independentemente de sua idade, dos mais simples projetos até mesmo os mais complexos esquemas de programação.

Quanto custa um Arduino?

O Arduino custa entre R$15,00 e 220,00 Reais em média, não apresenta um valor exatamente definido, pois ele trata-se de um tipo de microcontrolador que se divide em muitos modelos, desde os modelos pequenos mais simples e fáceis de utilizar aos modelos mais completos com diversas funções extras.

O Que É Arduino E Como Funciona?

Quanto custa um Arduino

Os modelos mais conhecidos são Arduino Uno R3, Arduino Mega2560, Arduino Nano, Arduino Micro e Arduino DUE. Ele possui muitas varrições por se tratar de um projeto open source, o que pode vir a baixar ou aumentar os preços mencionados anteriormente.

Não quer dizer que você vai precisa de um microcontrolador caro para ter as funções especiais, pois com um simples, como o UNO, você poderá instalar muitos módulos extras que podem até passar as funcionalidades do modelo mais completo, tudo vai depender do tipo de projeto que pretende desenvolver.

O que fazer com Arduino?

Com o Arduino podem ser criados muitos projetos eletrônicos, incluindo carrinhos e braços robóticos, robôs de batalha, robôs seguidores de linha, projetos de automação residencial e muito mais.

Para quem está começando e ainda tem dúvidas quanto à qual o melhor Arduino para iniciar, deve ter em mente que o Arduino UNO é atualmente a placa “padrão” no mercado e provavelmente a melhor escolha para quem está começando a trabalhar com esta linha de controladores.

O Que É Arduino E Como Funciona?

Ideias de Projetos com Arduino

Alguma vez você já se deparou com uma luz se ascendendo com sua simples presença, com o bater de palmas ou com a variação da luz ambiente? Quem sabe você já tenha visto carrinhos que sigam uma linha, que desviam de obstáculos, que recebem comandos através de celulares, estes são dois dos principais movimentos eletrônicos que envolvem Arduino, a Automação Residencial e a Robótica.

Através do Arduino UNO é possível desenvolver uma grande gama de objetos interativos e ambientes autônomos, bastando realizar a montagem física de seu projeto, conectar o Arduino junto ao computador e através de uma plataforma específica disponível para download no link abaixo realizar o processo de gravação do código fonte.

E agora por onde começar?

Depois de conhecer um pouco mais sobre esse incrível placa no post “O que é Arduino?”, basta escolher um modelo e começar os estudos, com a certeza que vai ser surpreendido com a quantidade de coisas que podem ser automatizadas em sua casa e melhorado seus projetos, sejam em feiras de ciências ou competições robóticas.

No site da UsinaInfo é possível encontrar toda linha de produtos Arduino e acessórios para começar a por em prática toda a teoria que aprender. Além disso, aqui mesmo em nosso blog existem diversos posts de projetos com tutorial passo a passo.

Compartilhe com a gente suas dúvidas, experiências desenvolvidas. Compartilhe o conteúdo e marque seus amigos, tragam eles para esse mundo robótico que não para de crescer.

Qué es Arduino, cómo funciona y qué puedes hacer con uno

Hoy vamos a explicar qué es exactamente el proyecto Arduino, así como las principales características que lo definen. Se trata de uno de los tipos de las placas más populares del mundo maker, pero que a diferencia de la Raspberry Pi no cuenta con un único modelo, sino que ofrece unas bases de hardware abierto para que otros fabricantes puedan crear sus propias placas.

Para ello, vamos a empezar explicando qué es Arduino, hablando de su concepto, lo que hace diferente al proyecto, y lo que se quiere conseguir con él. Después pasaremos a entrar en cómo funcionan estas placas, para terminar enseñando unos cuantos ejemplos de los proyectos que pueden realizarse con ellas.

O Que É Arduino E Como Funciona?

Arduino es una plataforma de creación de electrónica de código abierto, la cual está basada en hardware y software libre, flexible y fácil de utilizar para los creadores y desarrolladores. Esta plataforma permite crear diferentes tipos de microordenadores de una sola placa a los que la comunidad de creadores puede darles diferentes tipos de uso.

Para poder entender este concepto, primero vas a tener que entender los conceptos de hardware libre y el software libre.

El hardware libre son los dispositivos cuyas especificaciones y diagramas son de acceso público, de manera que cualquiera puede replicarlos.

Esto quiere decir que Arduino ofrece las bases para que cualquier otra persona o empresa pueda crear sus propias placas, pudiendo ser diferentes entre ellas pero igualmente funcionales al partir de la misma base.

Leia também:  Como Saber Qual O Antivirus Do Meu Pc?

El software libre son los programas informáticos cuyo código es accesible por cualquiera para que quien quiera pueda utilizarlo y modificarlo.

Arduino ofrece la plataforma Arduino IDE (Entorno de Desarrollo Integrado), que es un entorno de programación con el que cualquiera puede crear aplicaciones para las placas Arduino, de manera que se les puede dar todo tipo de utilidades.

El proyecto nació en 2003, cuando varios estudiantes del Instituto de Diseño Interactivo de Ivrea, Italia, con el fin de facilitar el acceso y uso de la electrónico y programación.

Lo hicieron para que los estudiantes de electrónica tuviesen una alternativa más económica a las populares BASIC Stamp, unas placas que por aquel entonces valían más de cien dólares, y que no todos se podían permitir.

El resultado fue Arduino, una placa con todos los elementos necesarios para conectar periféricos a las entradas y salidas de un microcontrolador, y que puede ser programada tanto en Windows como macOS y GNU/Linux. Un proyecto que promueve la filosofía 'learning by doing', que viene a querer decir que la mejor manera de aprender es cacharreando.

Cómo funciona Arduino

O Que É Arduino E Como Funciona?

El Arduino es una placa basada en un microcontrolador ATMEL. Los microcontroladores son circuitos integrados en los que se pueden grabar instrucciones, las cuales las escribes con el lenguaje de programación que puedes utilizar en el entorno Arduino IDE. Estas instrucciones permiten crear programas que interactúan con los circuitos de la placa.

El microcontrolador de Arduino posee lo que se llama una interfaz de entrada, que es una conexión en la que podemos conectar en la placa diferentes tipos de periféricos. La información de estos periféricos que conectes se trasladará al microcontrolador, el cual se encargará de procesar los datos que le lleguen a través de ellos.

El tipo de periféricos que puedas utilizar para enviar datos al microcontrolador depende en gran medida de qué uso le estés pensando dar. Pueden ser cámaras para obtener imágenes, teclados para introducir datos, o diferentes tipos de sensores.

También cuenta con una interfaz de salida, que es la que se encarga de llevar la información que se ha procesado en el Arduino a otros periféricos. Estos periféricos pueden ser pantallas o altavoces en los que reproducir los datos procesados, pero también pueden ser otras placas o controladores.

O Que É Arduino E Como Funciona?

Arduino es un proyecto y no un modelo concreto de placa, lo que quiere decir que compartiendo su diseño básico te puedes encontrar con diferentes tipos de placas.

Las hay de varias formas, tamaños y colores para a las necesidades del proyecto en el que estés trabajando, las hay sencillas o con características mejoradas, Arduinos orientados al Internet de las Cosas o la impresión 3D y, por supuesto, dependiendo de estas características te encontrarás con todo tipo de precios.

O Que É Arduino E Como Funciona?

Además, las placas Arduino también cuentan con otro tipo de componentes llamados Escudos (Shields) o mochilas.

Se trata de una especie de placas que se conectan a la placa principal para añadirle una infinidad de funciones, como GPS, relojes en tiempo real, conectividad por radio, pantallas táctiles LCD, placas de desarrollo, y un larguísimo etcétera de elementos. Incluso hay tiendas con secciones especializadas en dichos elementos.

Qué podemos hacer con uno

La enorme flexibilidad y el carácter libre y abierto de Arduino hacen que puedas utilizar este tipo de placas prácticamente para cualquier cosa, desde relojes hasta básculas conectadas, pasando por robots, persianas controladas por voz o tu propia vending machine . En este artículo tienes varias decenas de ejemplos. Aquí tienes algunos de ellos.

O que é um Arduino e o que pode ser feito com ele?

Os apaixonados por tecnologia certamente já pensaram em prover soluções eletrônicas que resolvessem probleminhas do dia a dia. Com o Arduino, uma placa fabricada na Itália utilizada como plataforma de prototipagem eletrônica que torna a robótica mais acessível a todos. Projeto italiano iniciado em 2005 tinha primeiramente cunho educacional e interagia com aplicações escolares.

O Que É Arduino E Como Funciona?O Arduino é uma placa que permite a automação de projetos eletrônicos e robóticos por profissionais e amadores (Foto: Reprodução/webweavertech.com)

O sucesso nessa fase foi tão grande que mais de 50 mil placas open source foram vendidas e rendeu um documentário de 2010 sobre a trajetória de desenvolvimento da plaquinha.

As unidades são constituídas por controladora Atmel AVR de 8 bits, pinos digitais e analógicos de entrada e saída, entrada USB – o que permite conexão com computadores – ou serial e possui código aberto, que quando modificado, dá origem a outros derivados “ino” – que por questões comerciais – levam nomes como Netduino, Produino e Garagino. A placa Arduino não possui recursos de rede, mas pode ser combinada com outros Arduinos criando extensões chamadas de shields.

O Que É Arduino E Como Funciona?Desenvolvido por dois noruegueses, o LED Cube levou cinco dias para ter o software finalizado (Foto: Reprodução/Kickstarter/YouTube)

A fonte de alimentação recebe energia externa por uma tensão de, no mínimo, 7 volts e máximo de 35 volts com corrente mínima de 300mA. A placa e demais circuitos funcionam com tensões entre 5 e 3,3 volts.

Embutido no Arduino há ainda um firmware – que combina memória ROM para leitura e um programa gravado neste tipo de memória – carregado na memória da placa controladora, que aceita Windows, Linux e Mac OS X.

Em termos de software, o Arduino pode ter funcionalidades desenvolvidas por meio da linguagem C/C++, que utiliza uma interface gráfica escrita em Java. As funções IDE do Arduino permitem o desenvolvimento de software que possa ser executado pelo dispositivo.

O Que É Arduino E Como Funciona?A caixa de brinquedos projetada pelo designer inglês Grant Gibson teve o sistema de fechamento inspirado na biometria do recém-lançado iPhone 5S (Foto: Reprodução/YouTube)

É aí que entram ideias como a automação de casas, acender luzes por meio da controladora ou projetos mais ousados como o Biometric Security Toy Box, que une a biometria, mais especificamente a ideia do novo sensor de identidade digital da Apple, o Touch ID do iPhone 5S, ao Arduino.

O projeto do designer inglês Grant Gibson consiste em trocar a fechadura convencional da caixa de brinquedos (que abriga a coleção de carrinhos do seu filho) por um acesso por impressão digital. O sistema é baseado em placa Arduino Uno e um sensor de impressão digital óptico. Uma vez cadastrada a digital da criança, só ela consegue ter acesso a sua caixa de brinquedos.

Tem alguma dúvida sobre Arduino? Comente no Fórum do TechTudo!

O que é um Arduino, para que serve, como funciona, onde comprar?

  • A definição que se encontra na internet é que o Arduino é uma plataforma
    open source ou hardware para prototipagem eletrônica, projetada
    com um microcontrolador Atmel AVR com suporte  para entrada/saída
    dados já embutido, com linguagem de programação padrão baseado no em
    C/C++, mas explicando de uma forma bem simples, Arduino é uma plaquinha para se fazer projetos de eletrônica de uma forma bem mais simples que os métodos anteriores.
  • Quis descrever o Arduino como sendo uma plaquinha, porque é assim que muitos iniciantes  veem o Arduino,  mas essa plaquinha é circuito eletrônico com uma capacidade de processamento até que boa que nos permite fazer várias coisas muito legais sem muita complicação.
  • Utilzamos Arduino hoje porque por causa da velocidade que se consegue desenvolver algo, e se é rápido também é mais simples, isso é conseguido devido a modularidade do Arduino, da farta documentação e da grande quantidade de módulos disponíveis para se conectar ao Arduino.
  • Antes do Arduino os projetos eram realizados soldando componente por componente, e depois criando módulo por módulo, cabo por cabo, isso exigia habilidade com ferro de solda, e atrasava o desenvolvimento e muitas vezes até inviabilizava devido a complexidade de alguns projetos.
  • Com o Arduino, a placa já vem pronta com todos os componentes, conectores e soquetes soldados, não precisa montar tudo do zero, então é só conectar as partes e partir para o projeto realmente, o problema passa a ser a solução do desenvolvimento da aplicação e não o problema para montagem do hardware básico.

Qual é a linguagem de programação do Arduino?

A linguagem de programação utilizada para programar o Arduino é a linguagem C++ com algumas pequenas modificações.

Leia também:  Como Posso Saber Quem Foram Os Meus Descendentes?

    Essa linguagem de programação pode se dizer que, se não for a linguagem de programação mais poderosa é uma delas, porque essa linguagem não tem limitações, com C++ consegue-se o acesso a todo o hardware do aparelho, é muito utilizada em computadores PC, mas agora também no Arduino.

O C++ é uma linguagem rápida e é relativamente fácil de se compreender.

Alguns podem dizer que não é tão simples de compreender como outras linguagens mais modernas atualmente, mas a comparação que faço é com a linguagem ASM que é a linguagem mais perto da linguagem de máquina que uma pessoa pode chegar sem ficar doida! rs…

Para se ter uma base de comparação,  alguns microcontroladores PICs mais limitados eram e ainda são programados em linguagem ASM porque o hardware é muito mais simples exige um código mais enxuto, e isso só é conseguido com linguagem ASM.

  1. No Arduino não é necessário utilizar linguagem ASM, porque  o processador tem mais capacidade, e nos da o luxo de gastar um pouco mais de recursos de memória e processamento para manter o código mais fácil de entender.
  2. Abaixo segue um exemplo de um código para Arduino que faz um led piscar.
  3. // A função setup é a primeira função que é executada quando o Arduino é executado, serve para configurar o Arduino com a informação que o pino escolhido será utilizado para saída, colocamos saída porque o Arduino colocará tensão no pino para acender o LED, então ele envia, ou coloca para fora uma tensão, por isso é saída.
void setup() {  // inicialize o pino digital aqui chamado de LED_BUILTIN como uma saída.  pinMode(LED_BUILTIN, OUTPUT);}//Essa função abaixo, é executada infinitamente, fazendo com que o led fique piscando sem parar.void loop() { 
digitalWrite(LED_BUILTIN, HIGH);   // Acende o LED ao colocar o pino em
nivel alto (HIGH), eletricamente significa colocar tensão no pino .  delay(1000);                       // espera um segundo, o led continua acesso nesse momento… 
digitalWrite(LED_BUILTIN, LOW);    // Apaga o LED colocando o pino em
nível de tensão baixo (LOW), eletricamente significa retirar a tensão do
pino.  delay(1000);                       // espera um segundo novamente, o led continua apagado nesse momento…// Nesse momento chegou ao fim do programa. No Arduino a função loop() é reiniciada automaticamente}

Para que serve ou para que é usado o Arduino?

O Arduino serve para ensinar pessoas a programar, para criar projetos de eletrônica, projetos robóticos, projetos para internet, são  infinitas possibilidades, através dos devidos acessórios, como displays, teclados, módulos de relés, gsm, rf  entre outros pode-se se controlar de tudo,  motores, abertura de portas, cortinas, fechaduras, carrinhos, monitoramento de sensores de nível de água, gás, calor, pressão, som, etc…

Como utilizar e como funciona um Arduino?

Para se utilziar o Arduino precisa da placa do Arduino, um cabo USB, uma fonte de tensão e um computador para programação do Arduino.

O que é o Arduino Uno?

Arduino Uno é o nome da primeira placa de Arduino com USB, e também uma referencia quando se fala de Arduino, é a placa mais utilizada.

O Arduino Uno é uma placa de Arduino que tem como microcontrolador principal o ATmega328P da fabricante Atmel.

Tem 14 pinos digitais que podem ser utilizados como entrada e/ou saída, sendo que desses 14 pinos, 6 deles podem ser utilizados como saida PWM que é um tipo de sinal elétrico para controle de motor por largura de pulso ainda tem mais 6 pinos de entrada para sinais analógicos.

Para o clock do microcontrolador é utilizado um cristal oscilador de 16Mhz, tem também conecção USB e um conector para ligação da fonte de energia, um conector para programação e um botão de reset para reiniciar a placa.

O que é o Arduino IDE?

IDE são as iniciais das palavras da lingua inglesa “Integrated development environment” ou ambiente integrado de desenvolvimento que é o software utilizado para escrever os programas para as placas de Arduino.

O que é o Arduino Pro Mini?

  • O Arduino pró Mini é baseada no ATmega328 para ser instalada e algum hardware que já tenha circuitos, como se fosse um processador de uma placa mãe de PC.
  • Existem duas versões do Pro Mini, uma que funciona com 3,3V e frequencia de 8 MHz, o outra que funciona com 5V e frequencia de 16 MHz.
  • O Arduino Pró Mini tem 14 pinos de entrada / saída digitais (dos quais 6 podem ser usados ​​como saídas PWM), 6 entradas analógicas, um ressonador integrado, um botão de reset e furos para montagem do conector de gravação.

O que é o Arduino Leonardo?

O Arduino Leonardo é uma placa baseada no
microcontrolador ATmega32u4 que possui 20 pinos de entrada e/ou saída digital (dos
quais 7 podem ser usados ​​como saídas PWM e 12 como entradas
analógicas), um oscilador de cristal de 16 MHz, uma conexão micro USB,
conector de alimentação, um conector de gravação ICSP e um botão de reset para reiniciar o programa da placa. Essa placa é completa como todos os componentes para fazer o microcontrolador funcionar, basta conectar a um computador através de um cabo USB ou ligá-lo a uma fonte para iniciar, a programação é realizada pelo IDE do Arduino.

O Arduino Leonardo difere de todas as placas anteriores porque utiliza o ATmega32u4 que já tem comunicação USB integrada, eliminando a necessidade de um processador para essa finalidade. Isso permite que o Leonardo seja reconhecido em um computador como um mouse ou porque aparece como uma porta COM virtual.

O que são módulos e Shields para Arduino?

Shields ou módulos para Arduino são placas que são desenvolvidas para serem compatíveis mecanicamente e eletricamente com as placas de Arduino, encaixando perfeitamente nas placas de Arduino e expadindo as capacidades das placas de Arduino, para diversas finalidades.

O que é Arduino original e compatível, e quais as diferenças?

  1. Arduino original como o próprio nome indica é a placa de Arduino fabricada na Itália pela empresa que criou a plataforma Arduino, mas como essa criação foi utilizada a licença mais flexível que permite que qualquer um possa copiar as placas similars, foi dai que surgiram as versões compatíveis, que fazem o mesmo, ou pelo menos espera-se que façam o mesmo que a placa original faça,  mas sem a marca Arduino.
  2. Não se pode dizer que qualquer versão de Arduino compatível é boa, porque qualquer um pode fazer e vender, mas pelo que sei as placas que estão a venda no mercado de um modo geral não tem problemas, mas isso não isenta as pessoas de tomar os devidos cuidados ao comrar as placas, principalmente pela internet.
  3. O  é importante comprar placas de lojas conhecidas que dão garantia e nota fiscal, para que em caso de problema o comprador tenha a quem recorrer, então deve-se tomar cuidado ao se comprar placas de vendedores da internet que não se sabe onde encontrar caso a placa venha a apresentar algum tipo de problema, porque sabeos que o barato pode sair caro.

Compensa pagar um preço menor por um Arduino compatível?

Lógico que comprar um Arduino Original é certeza de não ter problema, mas como tem uma marca o preço é mais alto, opções mais baratas, que são as versões chamadas de compatíveis, podem ser até melhores que as originais por

O que preciso saber para comprar um Arduino?

    Para se comprar um Arduino é importante saber para que será utilizado, e como será utilizado, porque cada placa tem características especiais, que são necessárias para cada projeto, mas se for comprar um Arduino para começar a se divertir e fazer qualquer coisa, pode-se iniciar com o Arduino Uno, mas não esqueça que é necessário um cabo USB, fonte de alimentação e um PC para programa-lo, caso não tenha alguns desses também será necessário adquirir.

Onde comprar Arduino?

Existem diversos sites que vendem Arduino atualmente, muitos contrabandeados, sem notas fiscais, de procedência duvidosa e sem o compromisso de um bom atendimento com os clientes, aqui no Soldafria, nós só vendemos produtos que temos em estoque, sempre enviamos os produtos com notas fiscais e garantimos o funcionamento das versões de Arduino compatíveis que vendemos, porque desta forma oferecermos um produto barato com garantia de funcionamento. Então se desejar conhecer a nosso lnha linha de Arduinos por favor click nesse link: Arduino

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*