O Que É Adsl E Como Funciona?

O Que É Adsl E Como Funciona?

Ola pessoal meu nome é Gustavo Cristófori, irei usar esse espaço para falar sobre redes e hardware.

Enquanto as vídeo aulas sobre servidor BrazilFW não estão prontas resolvi postar sobre banda larga, para quem é curioso ai vai como funciona a banda larga ADSL.

História

Ela foi inventada em 1989 por um engenheiro da Bell Labs o seu uso começou no final da década de 1990 como forma de acesso à internet de banda larga, é dito ainda que o estudo ocorreu como forma de levar a tv a cabo através da rede telefônica, onde se descobriu uma forma rápida de acesso a internet.

O Que É Adsl E Como Funciona?

ADSL é a sigla para Assymmetric Digital SubscriberLine ou “Linha Digital Assimétrica para Assinante”.

Trata-se de uma tecnologia que permite a transferência digital de dados em alta velocidade por meio de linhas telefônicas comuns.

A cada dia, a tecnologia ADSL ganha novos usuários, tanto é que este é o tipo de conexão à internet em banda larga mais usado no Brasil e um dos mais conhecidos no mundo.

Funcionamento da tecnologia ADSL

A tecnologia ADSL basicamente divide a linha telefônica em três canais virtuais, sendo um para voz, um para download (de velocidade alta) e um para upload (com velocidade média se comparado ao canal de download). Teoricamente, as velocidades de download podem ir de 256 Kbps até 6.1 Mbps.

No caso do upload essas taxas variam de 16 Kbps até 640 Kbps, mas tudo depente da infra-estrutura do fornecedor do serviço, o que indica que essas taxas podem ter valores diferentes dos mencionados.

É por causa dessas características que o ADSL ganhou o termo “assymmetric” (assimétrica) no nome, pois indica que a tecnologia possui maior velocidade para download e menor velocidade para upload.

Repare que entre os três canais há um disponível para voz.

Isso permite que o usuário fale ao telefone e ao mesmo tempo navegue na internet, ou seja, não é necessário desconectar para falar ao telefone.

Para separar voz de dados na linha telefônica, é instalado na linha do usuário um pequeno aparelho chamado Splitter. Nele é conectado um cabo que sai do aparelho telefônico e outro que sai do modem.

Na central telefônica também há uma espécie de Splitter.

Assim, quando você realiza uma chamada telefônica (voz), o sinal é encaminhado para a rede de comutação de circuitos da companhia telefônica (PSTN – Public Switched TelephoneNetwork) e procede pelo seu caminho habitual. Quando você utiliza a internet, o sinal é encaminhado ao DSLAN, que é explicado logo abaixo.

Quando uma linha telefônica é usada somente para voz, as chamadas utilizam freqüências baixas, geralmente entre 300 Hz e 4000 Hz. Na linha telefônica é possível usar taxas mais altas, mas elas acabam sendo desperdiçadas.

Explicando de maneira simples, o que o ADSL faz é aproveitar para a transmissão de dados as freqüências que não são usadas. Como é possível usar mais de uma freqüência ao mesmo tempo na linha telefônica, é então possível usar o telefone para voz e dados ao mesmo tempo.

A ilustração abaixo exemplifica este esquema:

O Que É Adsl E Como Funciona?

A tecnologia ADSL funciona instalando-se um modem específico para esse tipo de conexão na residência ou empresa do usuário e fazendo-o se conectar a um equipamento na central telefônica. Neste caso, a linha telefônica serve como “estrada” para a comunicação entre esses dois pontos.

Essa comunicação ocorre em freqüências acima de 5000 Hz, não interferindo na comunicação de voz (que funciona entre 300 Hz e 4000 Hz).

Como a linha telefônica é usada unicamente como um meio de comunicação entre o modem do usuário e a central telefônica, não é necessário pagar pulsos telefônicos, pois a conexão ocorre por intermédio do modem e não discando para um número específico, como é feito com o acesso à internet via conexão discada.

Isso deixa claro que todo o funcionamento do ADSL não se refere à linha telefônica, pois esta é apenas um “caminho”, mas sim ao modem. Quando seu modem estabelece uma conexão com o modem da central telefônica, o sinal vai para um roteador, em seguida para o provedor e finalmente para a internet. É importante frisar que é possível que este sinal saia diretamente do roteador para a internet.

O sinal citado acima, depois de enviado à central telefônica, é separado e os dados vão para um equipamento DSLAN (Digital Subscriber Line Access Multiplexer), que limita a velocidade do usuário e uni varias linhas ADSL (é este equipamento que faz com você navegue à 256 Kbps mesmo quando sua conexão suporta 2 Mbps) enviando o sinal para uma linha ATM (Asynchronous Transfer Mode) de alta velocidade que está conectada à internet.

Em outras palavras, a central telefônica suporta uma certa quantidade de usuários ao mesmo tempo. Cabe ao DSLAN gerenciar todas essas conexões, “agrupá-las” e enviar esse grupo de conexões à linha ATM, como se fosse uma única conexão.

Praticamente todas as empresas que fornecem ADSL só o fazem se o local do usuário não estiver a mais de 5 Km da central telefônica. Quanto mais longe estiver, menos velocidade o usuário pode ter e a conexão pode sofrer instabilidades ocasionais.

Isso se deve ao ruído (interferência) que ocorre entre um ponto e outro. Quanto maior essa distância, maior é a taxa de ruído. Para que haja uma conexão aceitável é utilizado o limite de 5 Km. Acima disso pode ser possível, mas inviável o uso de ADSL.

  • O Que É Adsl E Como Funciona?
  • O protocolo PPPoE
  • Diante das informações acima, você deve se perguntar porque em muitos casos é necessário usar um programa para se conectar à internet, se o ADSL permite uma conexão permanente usando unicamente o modem.

O ADSL por si só é um meio físico de conexão, que trabalha com os sinais elétricos que serão enviados e recebidos. Funcionando dessa forma, é necessário um protocolo para encapsular os dados de seu computador até a central telefônica. O protocolo mais utilizado para essa finalidade é o PPPoE (Point-to-Point over Ethernet RFC 2516).

O protocolo PPPoE trabalha com a tecnologia Ethernet, que é usada para ligar sua placa de rede ao modem, permitindo a autenticação para a conexão e aquisição de um endereço IP à máquina do usuário.

É por isso que cada vez mais as empresas que oferecem ADSL usam programas ou o navegador de internet do usuário para que este se autentique.

Autenticando, é mais fácil identificar o usuário conectado e controlar suas ações.

Você pode estar se perguntando: por que os primeiros serviços de ADSL do país davam IP fixo ao usuário, sem necessidade de usar o PPPoE, ou seja, porque o PPPoE não foi usado antes? Naquela época, o protocolo PPPoE era novo (foi homologado em 1999) e, conseqüentemente, pouco conhecido.

Com isso, o usuário usava ADSL através de uma conexão direta do modem à central telefônica, sem necessidade de autenticar. Mas quando as empresas começaram a descobrir as vantagens do PPPoE passaram a implantá-lo. Isso permite à companhia ter mais controle sobre as ações do usuário.

BOM  SE VOCÊ LEU ATÉ AQUI COMENTE… É INEGAVEL SUA VONTADE POR CONHECIMENTO SE CONSEGUIR NO MINIMO 10 COMENTÁRIOS ENTERGO A PRIMEIRA VIDEO AULA, FALANDO SOBRE ESSE TEMA… IPS.. E ENSINO A CONFIGURAR UM MODEM DSLINK 260E.

Agradeço a todos que fizeram disso real pelo menos hoje sem citar nomes… mais na video aula falo o nome de todos..

Abraço a todos e uma coisa digo com o conhecimento podemos mudar o mundo.

O Que É Adsl E Como Funciona?

Qual a diferença entre Internet ADSL e fibra óptica?

Confuso sobre qual a diferença entre Internet ADSL e fibra ótica? Confira este artigo e saiba qual é o melhor serviço para você! 

Os provedores de Internet de banda larga oferecem diferentes opções de conexão aos assinantes, como ADSL, VDSL e UFB ou fibra, sendo opções populares em muitas partes do mundo. 

Compreender as diferenças entre essas opções ajudará você a escolher a cobertura que melhor suporta seu uso da Internet. Até agora, todos nós sabemos que a Internet de fibra está trazendo velocidades de download mais rápidas para os usuários brasileiros. 

Mas qual é exatamente a diferença de velocidade entre o ADSL e a Internet por fibra  e, mais diretamente, o que significa essas terminologias?

O que é a Internet ADSL?

ADSL é uma abreviação do nome Asymmetric Digital Subscriber Line (Linha de Inscrição Digital Assimétrica). O ADSL é uma tecnologia que oferece velocidades de conexão mais rápidas do que a Internet tradicional via linhas telefônicas dial-up. 

ADSL é a tecnologia que conduz muitas conexões com a Internet em todo o mundo. Embora a nova tecnologia de fibra permita uma conexão mais rápida à Internet, o ADSL ainda é uma escolha popular devido à sua flexibilidade.

A Internet ADSL usa as linhas telefônicas para o tráfego, mas como a divide com as ligações telefônicas, precisa reservar boa parte da sua capacidade para que elas possam ocorrer.

Um modem ADSL pode oferecer velocidades muito mais altas que seu antecessor, o dial-up.

  • O ADSL utiliza uma frequência mais alta das linhas que a telefonia fixa;
  • ADSL é um desenvolvimento de seu antecessor, o dial-up;
  • As soluções modernas de ADSL podem oferecer velocidades muito mais rápidas em comparação com sua tecnologia antecessora;
  • A letra A em ADSL significa “assimétrica”;
  • A técnica ADSL foi produzida para enviar dados através da rede de telefonia;
  • Atualmente, a maioria das conexões de banda larga usa a técnica ADSL, mas está competindo cada vez mais com as fibras ópticas;
  • A velocidade máxima da conexão depende da distância do escritório de comutação mais próximo, o gabinete que pode ser encontrado em pontos estratégicos nas ruas das cidades.

O Que É Adsl E Como Funciona?ADSL é uma abreviação do nome Asymmetric Digital Subscriber Line

Quais as vantagens da Intenet ADSL?

O ADSL oferece várias vantagens e desvantagens quando comparado a outros métodos comuns de conexão com a Internet, como acesso discado ou modem a cabo.

Leia também:  Como Saber Quando Debitar Ou Creditar?

Uma vantagem que o ADSL possui sobre uma conexão discada à Internet é que ele não ocupa o telefone. Isso pode ser um benefício importante se você opera uma empresa em que precisa de acesso simultâneo ao telefone e à Internet. 

Além disso, o ADSL está sempre “ativado”, para que você não precise se preocupar em se conectar como faz com a conexão discada. 

A cobrança pelo acesso à linha da companhia telefônica também é relativamente barata. Uma conexão ADSL utiliza sua fiação telefônica existente, para que você não precise pagar por atualizações caras no sistema telefônico. 

Além disso, o ADSL usa linhas extras dos seus canais telefônicos, para que você não precise ter outra linha instalada. Uma vantagem que o ADSL possui sobre o cabo é que ele oferece maior segurança. Na maioria dos casos, você terá acesso à uma rede separada. 

As redes a cabo geralmente são compartilhadas por outros usuários de computador, portanto sua privacidade pode estar em risco.

E quais são as desvantagens?

Uma grande desvantagem do ADSL é que sua eficácia depende da proximidade. Quanto mais longe você estiver do provedor ADSL, menos eficiente será o seu serviço. 

Se você estiver a mais de 100 km do fornecedor, talvez não tenha acesso ao serviço. Como o ADSL utiliza linhas telefônicas sobressalentes, você pode ter uma conexão irregular se o uso do telefone se tornar intenso. 

Sua companhia telefônica será forçada a usar as linhas ADSL extras para lidar com o volume extra de chamadas. Assim, você não terá dificuldades durante as férias ou em momentos em que as tarifas de longa distância são mais baixas, dada a possível sobrecarga da rede telefônica.

No entanto, saiba: uploads são mais lentos que downloads com ADSL. E isso pode ser um problema dependendo do seu uso.

Se sua empresa ou outras atividades exigirem o upload frequente de um grande volume de arquivos ou arquivos grandes, você poderá achar que o ADSL é impraticável de usar. Nesse caso, seria melhor usar um modem a cabo para o seu acesso à Internet.

O que é a Internet de fibra óptica?

  • Uma conexão à Internet por fibra usa luz para transmitir dados através de cabos de fibra óptica, permitindo velocidades mais rápidas da Internet, maior largura de banda, transporte mais longo e menor perda de qualidade. 
  • Com a Internet de fibra óptica, as empresas podem otimizar aplicativos baseados na nuvem, permitir que usuários remotos se comuniquem e colaborem mais facilmente e garantir que os funcionários de toda a empresa tenham as informações oportunas de que precisam.
  • Clique aqui para saber mais sobre como funciona a internet de fibra óptica.

O Que É Adsl E Como Funciona?Uma conexão à Internet por fibra usa luz para transmitir dados.

Quais as vantagens da Internet fibra óptica?

A Internet por fibra oferece aumentos significativos na largura de banda em relação a outras soluções da Internet. Isso significa que a Internet fibra óptica pode te dar suporte para executar diversas tarefas ao mesmo tempo, sem perder a qualidade da Internet.

À medida que as empresas incorporam soluções mais intensivas em dados para tecnologia de voz, vídeo e nuvem, a largura de banda de fibra óptica garante que essas tecnologias tenham a energia e o suporte necessários para serem eficazes.

E quais são as desvantagens?

A primeira e a desvantagem mais comum da fibra óptica é que é muito caro implantar. Com o aumento da demanda de cabos de fibra óptica, haverá uma queda no preço. 

Ainda assim, não é acessível usar longamente apenas o segmento total de fibra óptica para dar algum suporte à produção. A fibra óptica em si é cara, mas o grande problema é que sua implantação também gera custos muito altos. Os conectores e outros componentes não são tão acessíveis e, portanto, impedem a instalação em larga escala.

Outra questão importante no uso de cabos de fibra óptica é sua implantação. Somente um técnico poderia tornar possível implantar os cabos de fibra óptica. 

Uma pessoa deve ser altamente proficiente no campo da fibra óptica para que a instalação seja satisfatória. Isso porque existem complicações decorrentes da implantação de cabos de fibra óptica na forma de placas de rede que podem ser tratadas apenas por uma equipe técnica. 

Se você estiver inclinado para optar pela rede de fibra óptica, é recomendável encontrar um técnico que possa fazer o trabalho de cabeamento de forma correta.

Quais são as diferenças entre Internet ADSL e fibra óptica?

Na verdade, é extremamente simples de entender a diferença entre as duas.

A banda larga padrão (ADSL) usa as linhas telefônicas de cobre, já existentes, para transferir dados. Enquanto a fibra usa uma rede mais nova de cabos de fibra óptica de alta velocidade, que são mais capazes de fornecer dados em distâncias maiores, resultando em um fluxo muito mais rápido. 

As opções de fibra amplamente disponíveis são cerca de dez vezes mais rápidas do que as velocidades de banda larga padrão mais vendidas.

Embora os valores típicos de Internet de fibra já tenham sido extremamente caros em comparação com as demais opções mais lentas e com disponibilidade bastante limitadas, a cobertura cada vez maior e os preços cada vez menores estão rapidamente tornando a fibra o novo padrão.

A Internet ADSL e fibra óptica são banda larga?

Tanto a Internet ADSL, quanto a Internet de fibra óptica são consideradas banda larga. 

Isso porque, diferentemente da conexão dial-up, as conexões ADSL e fibra podem transportar diversos dados de uma única vez, em direções variadas, sem riscos de sobrecarga da linha.

Qual o melhor: ADSL ou fibra óptica?

A fibra é a melhor opção da Internet, se você conseguir. A maioria das famílias escolhe a Internet por cabo, uma vez que é amplamente disponível. 

Se você não conseguir, ADSL é uma opção de backup viável. O ADSL é melhor para clientes rurais que, de outra forma, estão presos à Internet via satélite.

O serviço de Internet a cabo é a melhor opção para pessoas que não têm acesso à fibra ou não têm uso para velocidades extremamente rápidas. Também é uma ótima opção para os telespectadores que podem se beneficiar dos planos de redução de custos de pacotes de cabos.

A fibra é a melhor opção para usuários pesados ​​da Internet, especialmente para jogadores ou aqueles que planejam transmitir vídeos em vários dispositivos simultaneamente.

Ou mesmo para grandes empresas, que necessitam de links de velocidade maiores e precisam fazer múltiplas conexões sem que percam sua qualidade na transmissão de dados.

Se você acha que não há opções suficientes de Internet na sua área, não está sozinho. Se as conexões de cabo ou fibra ainda não estiverem disponíveis, saiba que os serviços estão se expandindo a cada ano. 

Além disso, novas tecnologias, como os satélites de baixa órbita terrestre da próxima geração, poderão em breve fornecer conexões robustas aos consumidores rurais. 

Felizmente, dentro dos próximos anos, a Internet de alta velocidade estará quase universalmente disponível.

O Que É Adsl E Como Funciona?A fibra é a melhor opção da Internet, se você conseguir.

Conclusão

Embora a fibra ainda não esteja prontamente disponível para os consumidores na mesma escala que o cabo e o ADSL, ela já é a infraestrutura de Internet dominante da perspectiva geral. 

Ele lida com a maioria do tráfego de dados a longas distâncias, comum entre os clientes de banda larga de cidades grandes.  A Internet é uma “rede de redes” e a mistura de tipos de conexões com a Internet provavelmente fará parte da nossa sociedade nos próximos anos.

Podemos esperar que a fibra continue a crescer a ponto de, um dia, estar tão disponível quanto a Internet a cabo. 

Aqui em Governador Valadares a Internet de fibra óptica já está disponível com a Konnet. Clique aqui para falar com um de nossos especialistas e verificar a disponibilidade de sinal para a sua região!

ADSL ¿Qué es, cómo funciona y cuál es la velocidad de conexión a Internet en casa?

Aprende más sobre la conexión a Internet y la tecnología ADSL. Te contamos qué es ADSL, cuáles son sus características, velocidad y cómo funciona.

Índice:

ADSL (Línea de Suscriptor Digital Asimétrica) es un canal que permite el intercambio de datos y la conexión a Internet. Su tecnología ofrece una mayor velocidad y calidad en la transferencia de información.

Estos datos se transmiten a través de una línea digital de banda ancha que ya es utilizada para la red de telefonía básica, sin embargo la ADSL nos permite mantener una conexión ilimitada independiente a la línea telefónica a través de un módem ADSL.

Características principales de la tecnología ADSL

Las características principales de la tecnología fija ADSL son:

  • La conexión ADSL está compuesta por hilos de cobre que ya se encuentran instalados pues sobre ellos funcionan las líneas telefónicas.
  • Funciona con una conexión directa entre el operador de Internet y el usuario.
  • Para la conexión ADSL es necesario contar con una línea telefónica.
  • En la red ADSL debe haber tres líneas de transmisión:
    • Canal de envío de datos.
    • Canal de recepción de datos.
    • Canal de servicio telefónico.
    • También existe la versión ADSL2 que recibe un canal independiente para TV por cable y video HD.
  • Es necesaria la instalación de un módem que permita el tráfico de datos.
  • Para una buena calidad de servicio, la distancia entre la central telefónica y la casa que contrata debe ser menor a 4.5km

¿Cuál es la velocidad ADSL?

La conexión a Internet ADSL puede ser de 2, 6 o 10 MB. Se le llama línea asimétrica porque la velocidad de bajada es mayor a la velocidad de subida:

  • 1Mbps* Velocidad de subida.
  • 1Mbps velocidad de bajada con la posibilidad de llegar hasta 15 Mbps*.
Leia também:  Como E Que Os Microbios Podem Ser Uteis?

Sin embargo, la velocidad de transferencia de datos depende de la oferta que ofrezca el operador.

Test ADSL: Conoce la velocidad de tu conexión a Internet Entra a Speedtest para medir la velocidad de subida, bajada y latencia de la conexión ADSL que tienes contratada.

¿Qué cobertura tiene la red ADSL en México?

La red de cobertura ADSL es la más amplia en México pues su instalación cubre la mayor parte del país, al contrario de la fibra óptica que solo se encuentra, por el momento, en las ciudades con mayor cantidad de población en la república.

La cobertura también dependerá de la capacidad que tenga la compañía de Internet con la que contrates tu servicio.

¿Cómo contratar Internet ADSL?

Existen muchas opciones en México para contratar Internet ADSL en el hogar. Según las actividades que quieras realizar, los dispositivos que quieras conectar y tu presupuesto, podrás ponerte en contacto con alguna de las compañías para contratar Internet en casa y hacer una prueba ADSL:

Paquete Megacable Internet + Telefonía O Que É Adsl E Como Funciona?

DOBLE PACK Internet 50 Mbps + Telefonía

  • Telefonía: Ilimitado Plus
  • Internet: 50 Mbps
  • Incluye: módem

Paquete Totalplay Internet + Telefonía O Que É Adsl E Como Funciona?

DoblePlay Diviértete 40 Megas

  • Telefonía: 1 Línea
  • Internet: 40 Megas
  • App: por suscripción

¡Compara ya!

Ventajas y Desventajas ADSL

Conoce las ventajas y desventajas de contar con una conexión a Internet ADSL:

Ventajas y desventajas del ADSL

Ventajas Desventajas
Acceso a Internet de Alta velocidad. La velocidad depende de la distancia con la central telefónica.
Puedes hablar por teléfono y navegar al mismo tiempo. La lejanía con la central puede hacer que recibas velocidad inferior a la contratada.
Fácil de instalar. La calidad de los cables puede determinar la calidad del servicio.
Tiene una amplia cobertura. Es de menos calidad que la fibra óptica.
Emplea la infraestructura tradicional. Se está quedando atrás ante las nuevas redes.

¿Cómo mejorar el funcionamiento de la Banda Ancha ADSL?

Estos son algunos factores que pueden afectar el funcionamiento del ancho de banda y que debes conocer para tener en cuenta a la hora de contratar un servicio de Internet en casa:

  • La distancia a la que se encuentra la central telefónica.
  • El número de dispositivos conectados.
  • El número de aplicaciones utilizadas simultáneamente.
  • El tipo de Información a la que accedes. (No es lo mismo hacer una lectura que descargar una película).
  • Especificaciones de cada dispositivo.
  • La calidad de la instalación realizada por el operador.

¿Qué es DSL y otras tecnologías similares a ADSL?

El ADSL pertenece a la Línea de Usuario Digital (DSL) que son las transmisiones digitales que se hacen por medio de un módem.

Además de ADSL existen otros tipos de tecnología:

  • VDSL– También utiliza la red de cobre pero con mayor velocidad y calidad de navegación.
  • SDSL– La velocidad de subida y bajada de datos es la misma, pero no permite utilizar el teléfono al mismo.
  • RADSL– Es parecida a la ADSL pero permite ajustar la velocidad de conexión desde el módem.

ADSL vs Fibra óptica

Recientemente surgió la fibra óptica que, al igual que ADSL, es un canal para transmisión de datos y telecomunicaciones, sin embargo el material con el que está formado es de vidrio o plástico, a través del cual se envían pulsos de luz láser o led, en la que se encuentran los datos a transmitir.

Estas son algunas diferencias entre ADSL y Fibra Óptica:

Diferencias ADSL y Fibra Óptica

ADSL Fibra Óptica
Compuesta por hilos de cobre Compuesta por hilos de vidrio o plástico
Menor velocidad Mayor velocidad
La conexión de muchos dispositivos disminuye calidad y velocidad Permite la conexión de muchos dispositivos
La conexión es suficiente para actividades básicas en Navegadores de Internet Su conexión es óptima para actividades como Streaming o descarga de archivos muy pesados.
Menor estabilidad Mayor estabilidad de conexión
Amplia cobertura La fibra óptica aún no está disponible en muchos lugares
El precio es menor Aunque su costo no es tan elevado, aún cuesta más que ADSL

ᐅ ¿Cómo funciona ADSL? ⚡️ » Cómo Funciona

Como bien sabemos ADSL, es el acrónimo en inglés de Asymmetric Digital Subscriber Line, que es un tipo de tecnología de línea de abonado digital DSL, que consiste en la transmisión (RJ45) digital de datos digitales apoyada en el cable de pares simétricos de cobre.

Estos llevan la línea telefónica convencional o línea de abonado (Red Telefónica Conmutada, PSTN),​ siempre y cuando la longitud de línea sea de hasta inclusive 3,5 km medidos desde la central telefónica, o no haya otros servicios por el mismo cable que puedan interferir.

Qué es ADSL

Las siglas ADSL se corresponden con Asymmetric Digital Suscriber Line, y ya en la propia definición se asume que tanto caracteriza a esta tecnología, pues el ADSL funciona sobre cables de pares de cobre.

Estos cables son exactamente los mismos que llevan y han llevado toda la vida,  la voz en las redes telefónicas, por definición no interfiere con las conversaciones telefónicas, de manera que podemos hablar por teléfono a la vez que se transfieren datos.

Como funciona ADSL

  • Como bien sabemos, ADSL, que en inglés significa Asymmetric Digital Subscribe Line, o Línea de Usuario Digital Asimétrica, se refiere a la tecnología que se sirve de las líneas telefónicas convencionales para crear una conexión a Internet.
  • En este sentido, la asimetría que caracteriza este tipo de tecnología tiene relación con la diferencia de velocidad que se produce entre la recepción y la transmisión de los datos.
  • Pero afortunadamente, el volumen de información recibida por los usuarios es bastante mayor que el de la información recibida por la red de telecomunicaciones, por lo que es importante precisar que la tecnología funciona mediante una conexión directa.
  • Esa conexión es entre el operador de telefonía fija (o Internet) y los hogares, a través de un cable de par de cobre que enviará las señales eléctricas requeridas por la banda ancha.
  • De esta forma, al contar con una conexión por ADSL, tu línea telefónica será dividida en tres canales digitales: uno para llamadas, otro para descargas y otro para subidas.
  • Pero a diferencia de lo que ocurría antiguamente, este mecanismo no interfiere con las conversaciones telefónicas, de tal forma que podemos realizar nuestras llamadas sin tener que desconectar Internet.

Características del ADSL

Entre las principales características de la tecnología ADSL podemos encontrar:

  • El ADSL necesita de una sola línea telefónica tanto para la transmisión de datos como para la transmisión de voz.
  • Para una conexión es necesaria la instalación de un módem que permita el tráfico de datos entre la propia línea.
  • Normalmente, el cable de ADSL es conectado al puerto Ethernet del ordenador.
  • La velocidad a la que se transfieren los datos puede variar mucho entre una oferta y otra y entre un operador y otro.
  • La tecnología es una conexión a Internet a través de banda ancha.

Ventajas del ADSL

Estar conectado para tener acceso a Internet puede tener muchas ventajas, entre ellas, las principales son:

  • Puedes hablar y navegar sobre la misma línea telefónica sin afectar la calidad de voz ni bajar la velocidad de navegación.
  • Puedes disponer de un gran ancho de banda.
  • Puedes lograr un acceso a Internet de alta velocidad.
  • Es una conexión fácil de instalar ya que, normalmente, el operador proporciona la línea, el módem y todo lo necesario para su uso inmediato.
  • La tecnología ADSL es la conexión de banda ancha que llega a más hogares y la que tiene mayor cobertura, pues esta abarca el 95% del territorio español.
  • Existe gran variedad de ofertas y tarifas ADSL en el mercado.

Desventajas del ADSL

La mayor desventaja de una conexión por ADSL es que su velocidad estará condicionada por la distancia entre tu hogar (u oficina) y la central telefónica, lo que hace que en algunas ocasiones recibas una velocidad bastante inferior a la contratada.

Otra posible desventaja es que la tecnología es muy sensible a interferencias, con lo que tu velocidad, en determinadas ocasiones, puede resultar aún más lenta.

Quais são as 4 maiores desvantagens da conexão ADSL?

Primeira opção de banda larga a surgir no Brasil, a conexão ADSL segue sendo muito popular — grandes provedores, como a Velox, ainda hoje oferecem esse tipo de serviço.

Por aproveitar a infraestrutura de telefonia e conseguir entregar conexões de boa velocidade a preços relativamente menores, essa opção acaba sendo a escolha de muita gente. Porém, a tecnologia possui vários problemas que precisam ser levados em consideração — e é isso o que nós vamos mostrar para você neste artigo.

Continue a leitura e entenda mais sobre as conexões que utilizam a linha telefônica digital, bem como as limitações que podem atrapalhar a sua experiência de uso na web. Assim, você certamente conseguirá tomar a melhor decisão ao optar por um provedor de internet.

O que é a conexão ADSL?

ADSL é a sigla para Assymetrical Digital Subscriber Line (em português, “Linha Digital Assimétrica para Assinante”). Trata-se de uma tecnologia já antiga — ela surgiu no mercado em 1989! —, que veio para corrigir um dos principais problemas das antigas conexões via linha telefônica.

Talvez você nem lembre disso, mas antigamente a maneira mais comum de acessar a internet era via ligação dial up, que nós chamávamos por aqui de conexão discada. A principal característica dessa conexão era a sua baixa velocidade (no máximo 56 Kbps), que ainda por cima mantinha a linha telefônica ocupada.

Com a chegada da ADSL, finalmente foi possível fazer ligações telefônicas ao mesmo tempo em que se usava a internet. Isso porque a linha telefônica passou a ser somente o meio de comunicação, transmitindo sinais digitais de dados em uma velocidade muito maior — a conexão em si ocorria através de um modem especial, usado tanto pelo cliente quanto pelo provedor.

Mas, como o seu próprio nome já indica, o caráter assimétrico da tecnologia faz com que a diferença de velocidade entre o recebimento e envio de dados (respectivamente, o download e o upload) seja muito grande. Assim, a taxa de upload acaba sendo muito limitada, o que praticamente inviabiliza atividades como o uso de torrents ou servidores, bem como o envio de grandes quantidades de dados.

Leia também:  Como Dizer A Um Rapaz Que Gosto Dele Indiretamente?

Qual a diferença entre a conexão ADSL e a VDSL?

Foi para corrigir esse problema da taxa de upload que surgiu a conexão VDSL (“V” de Very-high-bit-rate, ou “Alta taxa de bits”), no começo dos anos 2000. Com uma rede híbrida, que unia a ADSL à fibra óptica, a VDSL era também um avanço no que diz respeito à estrutura de distribuição.

Se a conexão assimétrica era dividida em três faixas de frequência — uma para a telefonia fixa, outra para a transmissão e a última para o recebimento de dados —, a fibra óptica presente na estrutura da VDSL aumentava a capacidade dos cabos e fios que transmitiam dados.

Assim, passou a ser possível transmitir também os sinais da TV por assinatura, ganhando mais velocidade e opções de serviços sem necessariamente precisar mudar algo na infraestrutura.

Quais são as principais desvantagens desse tipo de conexão?

Por mais que a VDSL tenha trazido avanços, a estrutura de uma conexão via linha digital traz vários inconvenientes que podem não ser aceitáveis para alguns usuários.

A seguir, listamos os principais problemas dessa tecnologia para que você possa tirar as suas próprias conclusões. Confira:

1. Limitações de velocidade

Uma importante limitação das conexões DSL — inclusive o VDSL2 — diz respeito à distância física entre o modem do usuário e o terminal receptor da provedora de internet: quanto mais longe um estiver do outro, menor será a velocidade e a qualidade da conexão.

Isso ocorre porque o sinal que trafega pela linha passa a perder sua potência à medida que se afasta do ponto de origem, fazendo com que a conexão não mantenha um nível intenso o bastante para suportar altas velocidades em distâncias maiores. Sendo assim, a recomendação para ter uma internet mais rápida é que essa distância entre o modem e o terminal receptor não seja maior do que 4 quilômetros.

Também é importante frisar que, por mais que a tecnologia dessa conexão tenha evoluído, suas velocidades nem se comparam às ofertas de opções como a fibra óptica, por exemplo: a velocidade mais rápida disponível via ADSL é de 4MB de download, enquanto o VDSL pode suportar até 100MB — número, como sempre, dependente da distância percorrida pelos dados.

2. Conexão sujeita a oscilações

É comum, nas conexões DSL, observar uma certa perda de velocidade nos horários de maior pico de uso. E, como a linha telefônica é altamente sensível a interferências, a qualidade da sua conexão pode ficar instável em diversas ocasiões — principalmente em dias de chuva.

É por esses e outros motivos que muitas operadoras desse serviço colocam, em contrato, um valor mínimo para o desempenho da velocidade contratada.

3. Menor segurança

Muitos modems ADSL já tiveram problemas de vulnerabilidade a ataques de criminosos virtuais. Por isso, o uso de um bom firewall é algo praticamente obrigatório aos usuários desse tipo de conexão.

4. Necessidade de cabeamento telefônico

Como vimos, a principal característica das conexões do tipo DSL é o fato de aproveitar a infraestrutura de telefonia. Se, por um lado, isso representa uma vantagem — ao usar uma rede de comunicação já disponível, os custos diminuem —, as próprias características dessa infraestrutura podem implicar em várias limitações.

Hoje em dia, temos vários tipos de conexão banda larga disponíveis no mercado. Algumas, como a fibra óptica, superam as DSL em todos os quesitos e estão cada vez mais acessíveis.

Por isso, a menos que você more em uma região onde outras opções não estejam disponíveis, vale a pena analisar a relação custo-benefício de cada uma — muitas vezes, uma mensalidade um pouco mais cara pode representar um salto muito maior de velocidade e disponibilidade de conexão.

Viu só como é importante pensar com calma antes de escolher um serviço de internet? Dependendo das necessidades da sua família, pode ser que agora a conexão ADSL não seja mais tão interessante assim.

Asymmetric Digital Subscriber Line – Wikipédia, a enciclopédia livre

Esta página cita fontes confiáveis, mas que não cobrem todo o conteúdo. Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico) (Janeiro de 2012)

Esquema mostra a conexão da linha telefônica em um modem ADSL.

Asymmetric Digital Subscriber Line (ADSL) é um formato de DSL, uma tecnologia de comunicação de dados que permite uma transmissão de dados mais rápida através de linhas de telefone do que um modem convencional pode oferecer.

Introdução

Comparada a outras formas de DSL o ADSL tem a característica de que os dados podem ser transmitidos mais rapidamente em uma direção do que na outra, assimetricamente, diferenciando-o de outros formatos.

Os provedores geralmente anunciam o ADSL como um serviço para as pessoas conectarem-se à Internet do seguinte modo: o canal de comunicação é mais amplo e rápido para receber(download) e menor e mais lento para enviar(upload).

O ADSL pode usar uma grande variedade de técnicas de modulação, mas os padrões da ANSI e ETSI usam os esquemas de modulação DMT.

No ADSL normal, geralmente as menores taxas de Download começam em 64 Kbit/s e podem atingir 8 Mbit/s dentro de 300 metros da central onde está instalado o sistema. As taxas podem chegar a 52 Mbit/s dentro de 100 metros (o chamado VDSL). Taxas de envio geralmente começam em 64 Kbit/s e vão até 256 Kbit/s, mas podem ir até 768 Kbit/s. O nome UDSL é às vezes usado para versões mais lentas.

Os provedores de serviço ADSL podem oferecer dois tipos de endereço IP: fixo ou dinâmico. O endereço fixo pode ser mais vantajoso para aqueles que usam a conexão ADSL para jogos via Internet, para se conectarem a servidores Web e numa rede virtual privada. Para usuários domésticos, o endereço IP dinâmico pode ser uma vantagem, pois dificulta o ataque de hackers.

Padrão ADSL2/2+

Exemplo de um modem DSL doméstico moderno.

Em julho de 2002 segundo Leblanc (2005) foi criada a tecnologia ADSL2, que logo foi aprovada pela ITU-T como G.992.3 e G.992.4, essa variante da tecnologia de ADSL possui taxas de downstream de até 24 Mbps e upstream de 1 Mbps, possui uma melhor modulação que o ADSL normal e possui um reordenador de tonalidades para dissipar os sinais de interferência causados pelas ondas de rádio AM para ter um melhor ganho devido a nova modulação utilizada.

O primeiro ganho é a eficiência. O ADSL tradicional gasta 32Kbps de banda enquanto o ADSL2 gasta apenas 4Kbps
para sinalização, deixando mais banda para a transferência efetiva de dados.

Através de novos métodos de codificação, o ADSL2+ chega a até 24Mbps de banda (contra 8Mbps do ADSL normal) de
download e 1 Mbps de upload (o mesmo do ADSL normal).

O grupo de desenvolvedores do ADSL2+ considerou que, para o
perfil de tráfego típico dos usuários ADSL, a banda de 1Mpbs de upload era suficiente, assim todo o ganho de banda
foi passado para e velocidade de download.

Como o ADSL2/2+ possui mais banda, o efeito positivo é que, mantendo a mesma velocidade, o ADSL possui um
alcance maior. Assim, um operador de banda larga que forneça conexões de 4 Mbps, pode chegar a até 3,5 km de
distância até seus usuários usando ADSL e 4Km em ADSL2/2+.

Outro recurso importante dos modems ADSL2/2+ são os recursos de auto-diagnóstico: eles podem medir as
características de ruído, margem de ganho (SNR) e atenuação nos dois lados da linha. Além disso o ADSL2/2+ monitora
esses parâmetros continuamente e geram alarmes quando a qualidade da linha varia para patamares muitos próximos dos
limites.

É comum que, com o tempo, as condições de ruído e atenuação de uma linha mudem. Isso pode ocorrer lentamente por
fatores como umidade, interferências eletromagnéticas, etc. Além disso fatores externos (ex.

: entrada de água de
chuva em alguma caixa de passagem) podem fazer esses fatores mudarem drasticamente (dias secos x dias chuvosos).

Com os recursos de monitoramento e alarme é possível ao operador de banda larga tomar atitudes corretivas e
preventivas.

Economiza energia pois o modem para esta tecnologia foi projetado para funcionar somente quando o computador estiver em uso, ou seja, quando o computador entra em stand by o modem também entra (Obs: O consumo eletrico(kWh) de uma modem possui pouco valor representativo).

Serviço de sinal ADSL

No Brasil

Atualmente esta modalidade de conexão possui cerca de 13 milhões de acessos no país.[1]

  • Global Village Telecom (GVT), adquirida pela Vivo
  • Oi Velox (Oi)
  • Speedy (Vivo)
  • NetSuper (Algar Telecom)
  • SuperVIA (Sercomtel)
  • Mundivox (Mundivox Comunications)

Em Portugal

  • Vodafone
  • MEO

No Japão

  • NTT East/West (Nippon Telegraph and Telephone)
  • Yahoo BB (agora Softbank BB) (Yahoo Broadband)

Ver também

  • Provedor de acesso à Internet
  • Redes sem fio
  • Wireless
  • Redes Mesh

Referências

  1. ↑ «teleco.com.br». Teleco. Consultado em 16 de maio de 2018 

Ligações externas

  • Abusar – Associação Brasileira dos Usuários de Acesso Rápido
  • Terra Informática: ADSL
  • ADSL Guide (inglês)
  • Adsl (inglês)
  • ADSL quick guide (inglês)
  • SpeedMeter Test
  • Adslnews

Obtida de “https://pt.wikipedia.org/w/index.php?title=Asymmetric_Digital_Subscriber_Line&oldid=58918570”

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*