O Que Comer Para Como Baixar A Barriga?

O Que Comer Para Como Baixar A Barriga?Foto: Shutterstock.

A dieta do abdômen gira em torno de uma dúzia de alimentos deliciosos e práticos. E tudo o que você precisa fazer é incluir na sua alimentação estes alimentos para perder barriga. São eles amêndoas e outras oleaginosas, feijão e outros legumes, espinafre e outros vegetais verdes, laticínios (com pouca gordura), aveia instantânea, ovos, peru e outras carnes magras, manteiga de amendoim, azeite de oliva, pães integrais e cereais, whey protein, framboesas e outras frutas vermelhas.

>> Siga a Go Outside no Instagram

Sim, você leu direito: você come proteínas, gorduras e carboidratos saudáveis – e não precisa abdicar de quase nada do que você comia em sua dieta original. Sorvete? Pode. Sanduíches de queijo quente? Pode.

Os alimentos dessa lista estão entre as melhores fontes de proteína, fibra, e todos os outros ingredientes e nutrientes que te ajudam a perder peso. Você pode basear suas refeições e lanches neles, mas não precisa. Só tenha certeza que vai seguir essas regras simples:

– Incorpore dois ou três desses alimentos em cada uma das suas refeições e pelo menos um deles em cada lanche;
– Diversifique os alimentos de cada refeição para ter uma boa combinação de proteínas, carboidratos e gorduras;

– Coloque um pouco de proteína em cada lanche.

Confira quais devem ser os alimentos-base da sua dieta e seus superpoderes:

Amêndoas e outras oleaginosas

O Que Comer Para Como Baixar A Barriga?Foto: Shutterstock.

  • Superpoderes: Constrói músculos, sacia.
  • Luta contra: Obesidade, doenças do coração, perda muscular, rugas, câncer, pressão sanguínea elevada.
  • + Cinco truques para emagrecer rápido
  • + 3 maneiras de perder barriga pedalando

Alimentos para perder barriga: Feijão e legumes

O Que Comer Para Como Baixar A Barriga?Foto: Shutterstock.

Superpoderes: Constrói músculos, ajuda a queimar gordura, regula a digestão.

Luta contra: Obesidade, câncer no cólon, doenças do coração, pressão sanguínea elevada.

Espinafre e outros vegetais verdes

O Que Comer Para Como Baixar A Barriga?Foto: Shutterstock.

Superpoderes: Neutraliza os radicais livres, moléculas que aceleram o processo de envelhecimento.

Luta contra: Câncer, doenças do coração, obesidade, osteoporose.

Laticínios (leite desnatado ou semi-desnatado, iogurte, queijo)

Foto: Shutterstock.

Superpoderes: Constrói ossos fortes, acelera a perda de peso.

Luta contra: Osteoporose, obesidade, pressão sanguínea elevada, câncer.

Aveia instantânea (sem adoçantes)

O Que Comer Para Como Baixar A Barriga?Foto: Shutterstock.

Superpoderes: Aumenta a energia, reduz o colesterol, mantém os níveis de açúcar no sangue.

Luta contra: Doenças do coração, diabetes, câncer no cólon, obesidade.

Alimentos para perder barriga: Ovos

O Que Comer Para Como Baixar A Barriga?Foto: Shutterstock.

Superpoderes: Constrói músculos, queima gordura.

Luta contra: Obesidade.

Alimentos para perder barriga: carnes magras

O Que Comer Para Como Baixar A Barriga?Foto: Shutterstock.

Superpoderes: Constrói músculo, fortalece o sistema imunológico.

Luta contra: Obesidade.

Manteiga de amendoim

O Que Comer Para Como Baixar A Barriga?Foto: Shutterstock.

Superpoderes: Acelera a produção de testosterona, constrói os músculos.

Luta contra: Obesidade, perda muscular, rugas, doenças cardiovasculares.

Azeite de oliva

O Que Comer Para Como Baixar A Barriga?Foto: Shutterstock.

Superpoderes: Abaixa o colesterol, acelera o sistema imunológico.

Luta contra: Obesidade, câncer, doença do coração, pressão sanguínea elevada.

Pães e cereais integrais

Foto: Shutterstock.

Superpoderes: Previne o corpo de armazenar gordura.

Luta contra: Obesidade, câncer, pressão alta, doenças do coração.

Suplemento proteico (whey protein)

Foto: Shutterstock.

Superpoderes: Constrói músculos, queima gordura.

Luta contra: Obesidade.

Alimentos para perder barriga: frutas vermelhas

Foto: Shutterstock.

Superpoderes: Protege o coração, melhora a visão, a coordenação, o equilíbrio e a memória a curto prazo, sacia.

Luta contra: Doenças do coração, câncer, obesidade.

Como perder barriga: nutricionista dá 29 dicas infalíveis

O Que Comer Para Como Baixar A Barriga?

Foto: Thinkstock

Um desejo comum entre a maioria das pessoas é perder aquela indesejável “barriguinha”.

Porém, para que esse objetivo seja alcançado são necessárias boas orientações profissionais e muita força de vontade! Afinal, é claro que ela vai não vai “desaparecer” de uma hora para outra, e o resultado esperado não é fruto de nenhum milagre: mas, sim, da combinação de uma alimentação saudável com a prática de atividades físicas e bons hábitos de vida.

Mas, é fato que algumas dicas podem ajudar. Abaixo, confira algumas orientações importantes, que fazem toda a diferença na hora de você correr atrás do seu objetivo!

1. Coma de três em três horas: essa é a primeira dica da nutricionista esportiva Vanessa Lobato. “É importantíssimo comer a cada três horas para manter o metabolismo ativado e evitar a sensação de fome que nos fazem sair facilmente da dieta”, diz.

2. Evite as frituras: a nutricionista esportiva Vanessa destaca que elas são as principais vilãs das dietas de quem busca emagrecer e perder barriga.

3. Mantenha-se bem hidratada: não importa se o seu maior desejo é perder as gordurinhas da barriga, emagrecer ou, simplesmente, ser mais saudável, é fundamental manter-se bem hidratado. E uma boa ideia neste sentido é levar sempre uma garrafinha de água, aonde quer que você vá.

4. Não tome refrigerantes: a nutricionista Vanessa destaca que eles também são vilãos da dieta, “devido ao alto conteúdo de açúcares, corantes e substâncias químicas que atrapalham o bom funcionamento do nosso organismo”.

5. Evite refrigerante light/zero: de acordo com Vanessa Lobato, até mesmo as versões zero/light devem ser evitadas, pelo excesso de corantes, adoçantes, sódio, que causam inflamações. “Quanto ao açúcar, nesse tipo de refrigerante não há, o que reduz o valor calórico, mas devido aos outros excessos e a falta de nutrientes, o consumo deve ser esporádico”, acrescenta.

6. Beba um pouco de água antes de se alimentar: a nutricionista Vanessa explica que beber um pouco de água, cerca de meia hora antes de comer, ajudar um pouco na saciedade. “Mas evite beber altas quantidades, para não causar um atraso na digestão”, diz.

7. Não beba durante as refeições: Vanessa Lobato explica que esse hábito faz com que o conteúdo ácido do estômago seja diluído, causando um atraso na digestão.

“Outro fator é que deixamos de mastigar corretamente e ‘empurramos’ a comida com o líquido.

E, o terceiro ponto, é que o alto volume gástrico causado pelo consumo do líquido dilata o estômago, causando mais inchaço estomacal”, destaca.

8. Reserve um dia para comer o que gosta: não seja tão radical, para não transformar sua reeducação alimentar em um pesadelo.

Vanessa Lobato explica que temos vontades a serem saciadas, então, podemos esporadicamente consumir o que nos dá prazer.

“O mais importante é consumir o que realmente gostamos e não comer porque tem ou porque é uma festa. Devemos ser seletivos nos abusos”, diz.

9. Aposte num prato colorido: quanto mais colorida uma refeição, mais saudável ela tende a ser. Cenoura, alface, espinafre, pimenta e tomate, por exemplo, possuem cores marcantes e são ótimas escolhas!

O Que Comer Para Como Baixar A Barriga?

10. Tire do cardápio os alimentos de fast food: não é segredo para ninguém que as comidas de fast food são prejudicais à saúde. Elas são carregadas de calorias e gorduras e, entre outros malefícios, contribuem (e muito!) para o aumento da indesejável barriguinha.

11. Aposte nos sucos: os sucos naturais são ótimas opções para substituir o refrigerante. Porém, mesmo sendo saudáveis, não devem ser consumidos em excesso.

12. Evite os doces: carboidratos, proteínas e gorduras são matéria prima para produção de energia, porém, quando consumidos em excesso, são estocados na forma de gordura. Além disso, os açúcares, em geral, estão muito associados ao aumento de fome e ansiedade, favorecendo uma ingestão cada vez maior de alimentos.

13. Não consuma em excesso leite e derivados: eles podem, além de aumentar a produção de gases, gerando estufamento abdominal, desfavorecer a microbiota intestinal e aumentar a inflamação – que, por sua vez, é muito associada ao ganho de gordura, além de outros desequilíbrios e patologias.

14. Evite alimentos industrializados: eles são ricos em conservantes, sal, açúcar e, geralmente, pobres em nutrientes.

15. Evite carboidratos refinados: os alimentos refinados (pães, arroz, biscoitos) geralmente são pobres em vitaminas e minerais.

16. Espere um pouco antes de repetir: você sabia que demora alguns minutos para o seu estômago perceber que está satisfeito? Por isso é importante que você espere e pense um pouco antes de repetir seu prato.

17. Coma devagar: adquira o hábito de mastigar lentamente, sem pressa. Comer devagar fará com que você tenha tempo suficiente para perceber quando deve parar. E proporcionará ainda uma melhor digestão, além de fazer com que você aprecie melhor os alimentos.

18. Reduza o consumo de sal: entre outros malefícios, ele faz com que o corpo retenha líquido e fique com uma aparência de inchado.

19. Diminua ou corte o consumo de álcool: além de seu efeito intoxicante, o álcool também é catabólico, acarretando em perda de massa muscular e, consequentemente, queda do metabolismo e ganho de gordura.

Leia também:  Como Mostar Que O Periodo Positivo Minimo Da Funçao?

20. Prepare seus próprios alimentos: dê preferência à comida feita na sua casa. Isso porque, até mesmo alguns alimentos que prometem ser apropriados a uma dieta, são muitas vezes cheios de conservantes prejudiciais à saúde.

21. Verifique os rótulos: esteja sempre atenta aos rótulos dos produtos. Muitos deles podem ser carregados de substâncias desagradáveis e até mesmo de calorias desnecessárias. Converse sempre com seu nutricionista sobre as melhores opções.

O Que Comer Para Como Baixar A Barriga?
Veja também
10 receitas de manteiga vegana para utilizar de diversas formas

22. Não acredite em dietas e pílulas milagrosas: não é mais segredo para ninguém! A única maneira de emagrecer de forma adequada e eficaz e, consequentemente, perder a barriga, é fazer uma reeducação alimentar e praticar atividades físicas. Desacredite em produtos e regimes que prometem resultados praticamente instantâneos.

23. Não desista do seu objetivo: nem sempre é fácil. Mas, mesmo que você esteja demorando um pouco mais para perder as medidas desejadas, não desista! Tenha em mente que um processo de emagrecimento exige dedicação e persistência.

24. Não fique presa à balança: perder peso na balança não é tudo. Aliás, é bem provável que, praticando atividade física, você ganhe um pouco de peso. Mas, com certeza, os resultados positivos estarão aparecendo de outro jeito. Converse sobre isso com seu personal e seu nutricionista. E evite se pesar diariamente.

25. Conte sempre com a ajuda de profissionais: um processo de emagrecimento envolve o trabalho de diferentes tipos de profissionais. Vá a um nutricionista para elaborar uma dieta apropriada aos seus objetivos; consulte um médico antes de iniciar qualquer atividade física e conte sempre com a orientação de um educador físico para realizá-la.

O Que Comer Para Como Baixar A Barriga?

26.

Associe aeróbico com treinamento de força: Tássia Martins, professora de educação física da Academia Contours, destaca que, para perder a barriga, o ideal é associar o treinamento aeróbico com o treinamento de força. Ela acrescenta ainda que é importante fortalecer o abdômen e, para isso, podem ser realizados alguns exercícios específicos, que devem ser passados por um profissional da área.

27. Utilize a bola suíça: a professora Tássia Martins acrescenta que, realizar exercícios utilizando a bola suíça, ajuda a perder a estabilidade, gerando assim, a contração de diversas musculaturas para manter o equilíbrio. “Esse processo aumenta o gasto calórico, além de ajudar a fortalecer principalmente a região abdominal lombar e melhorar a postura”, explica.

28. Evite o estresse: ele pode ocasionar um ganho maior de peso, não somente pelo fato de as pessoas ficarem mais propensas a comer quando estão nervosas, mas também porque nosso corpo, ao detectar o estresse, libera uma série de hormônios que causam alterações no metabolismo.

O Que Comer Para Como Baixar A Barriga?
Veja também
10 receitas fit fáceis e maravilhosas para facilitar o seu dia

29. Não pare de se exercitar e comer corretamente: mesmo que você tenha alcançado seu objetivo, ou seja, tenha perdido aquela barriguinha indesejada, não desista da sua dieta e das atividades físicas.

Por fim, lembre-se de que você até pode dar uma “escapadinha” da dieta de emagrecimento um dia ou outro, para poder comer ou beber algo que você goste muito. Mas, não pode abusar! “O pensamento deve ser o seguinte: já que vou consumir uma energia a mais, que ela, pelo menos, me proporcione muito prazer, que realmente valha a pena”, diz Vanessa Lobato.

A nutricionista acrescenta que, neste dia que você for comer/beber algo que goste muito, você deve fazer as refeições do dia a dia normalmente. “Assim você evitará um segundo erro: o de comer o que não deve, somado ao não comer o que deve!”, finaliza.

Com essas dicas fica mais fácil seguir sua reeducação alimentar, praticar atividades físicas e continuar em busca do seu objetivo!

O Que Comer Para Como Baixar A Barriga?
Veja também
Benefícios e dicas para aproveitar ao máximo o chá de endro

As informações contidas nesta página têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e acompanhamentos de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas.

Saiba o que comer na dieta para perder barriga

Mesmo após emagrecer, muitas pessoas ainda não se veem satisfeitas com o resultado por um motivo: a gordurinha localizada na região da barriga.

De acordo com o site Minha Vida, esse acúmulo de gordura no local geralmente está relacionado à ingestão de carboidratos simples que as pessoas costumam ingerir todos os dias, como pães, massas e refrigerantes. O Que Comer Para Como Baixar A Barriga?

Apesar de incomodar a maioria das pessoas no sentido estético, a gordura localizada na barriga pode, também, oferecer risco à saúde cardiovascular. Quando a medida da cintura está maior do que o indicado, é possível que doenças como hipertensão, diabetes e colesterol alto surjam. Mesmo com toda a dificuldade para perder a barriga, existem alimentos que são aliados no processo por acelerarem a queima da gordura presente na região. Confira abaixo os itens indicados para ajudar a concluir o objetivo.

Peixes e frutos do mar – O site Minha Vida elenca como principal aliado na perda da gordurinha da barriga os peixes e frutos do mar. Isso porque, por conterem ômega 3, atuam na desinflamação das células de gordura. Além desse benefício, os peixes e frutos do mar também aceleram o processo de transformação da glicose em energia, o que impede que o açúcar seja armazenado no organismo na forma de gordura.

A indicação é que a pessoa que quer perder barriga coma esses alimentos, no mínimo, três vezes por semana. Óleos funcionais – Com a ingestão dos chamados óleos funcionais (óleo de cártamo, óleo de coco, etc.), o metabolismo das gorduras é acelerado, ou seja, a gordura é transformada em energia mais rapidamente.

Iogurtes com probióticos – Alguns tipos de lactobacilos vivos, presentes em alguns iogurtes, são capazes de produzir o chamado CLA, que consiste em um ácido capaz de reduzir o percentual de gordura do corpo.

Além da produção do ácido, os lactobacilos favorecem ainda o equilíbrio da flora intestinal e o funcionamento do intestino, o que reduz o inchaço e a aparência de barriga estufada causada por gases.

Alimentos integrais – Os alimentos integrais são ricos em fibras, nutrientes que favorecem o bom funcionamento do intestino e, por isso, auxiliam no processo de perder barriga. Há, ainda, outro benefício: alimentos integrais, geralmente, possuem um índice glicêmico baixo, o que possibilita a fibra desacelerar a absorção de açúcar de outros alimentos. É recomendado o consumo de chia, arroz integral e batata doce. Frutas vermelhas – Frutas vermelhas e roxas, como morango, amora, cereja e jabuticaba, são aliadas na perda de gordura da barriga. Segundo o Minha Vida, a casca dessas frutas possui substâncias com ação antioxidante, que favorece o sistema circulatório. Isso é benéfico porque, com a maior irrigação dos tecidos, a queima de gordura abdominal fica mais rápida. Chá verde – As chamadas xantinas (cafeína, teofilina e teobromina) estão presentes no café, no chá preto, no chá verde, no chá mate e no chocolate e aumentam a mobilização das gorduras. O recomendado é ingerir uma xícara de chá depois do almoço e do jantar. É indicado não consumir os chás antes de dormir, pois eles podem atrapalhar o sono em decorrência da quantidade de xantinas. Além disso, o consumo dos produtos não é indicado para pessoas que são hipertensas, já que os chás podem contribuir para o aumento da pressão arterial. Chá de hibisco – Uma pesquisa realizada pela Sociedade Internacional de Etnofarmacologia apontou que o chá de hibisco reduz o processo de adipogênese, no qual as células amadurecem e se tornar capazes de acumular gordura. O estudo não conseguiu apontar qual das substâncias do chá é responsável pela desaceleração do processo, mas o efeito benéfico para a perda de barriga foi observado em muitos dos pacientes avaliados. Gengibre – O gengibre, por ser considerado um alimento termogênico, é capaz de acelerar o metabolismo e a queima de gorduras. Para quem quer perder a gordura localizada na barriga, o consumo recomendado de gengibre é de duas fatias pequenas por dia. Azeite – Uma pesquisa realizada pela Universidade de Cambridge, na Inglaterra, em parceria com o Instituto Salud Carlos III, da Espanha, revelou que o azeite é um grande aliado em impedir que as gorduras se formem na região da barriga. Além do benefício estético, o azeite é capaz, ainda, de prevenir doenças cardiovasculares graves, já que possui efeito ativo anti-inflamatório nos vasos sanguíneos.

Água – Se a pessoa consumir todos os alimentos listados acima e esquecer da ingestão de água, de nada vai valer. Isso ocorre porque todos os processos e reações do corpo humano dependem diretamente da água.

Leia também:  Como Dormir Quando Se Tem Dor Nas Costas?

Para que o intestino funcione corretamente, para que a gordura seja queimada e para que as toxinas sejam eliminadas, a água precisa estar presente.

Com informações do site Minha Vida

*Sob supervisão de Larissa Ayumi Sato

Dieta para perda de gordura: o que comer para perder barriga

  • A perda de gordura vem sendo uma preocupação de muitas pessoas ao longo dos anos, as estatísticas vêm mostrando isso, uma vez que a população com acúmulo de gordura corporal vem crescendo nas últimas décadas.
  •          Assim, para tentar minimizar essa crescente nos dados, a nutrição e a educação física se tornam extremamente importantes: fazer uma dieta equilibrada e saudável e se movimentar parecem ser a “fórmula mágica” do emagrecimento.
  • Então eu te convido para acompanhar esse post pois nele você aprenderá diversas estratégias para perda de gordura e conseguirá alcançar resultados incríveis.

Afinal, qual a melhor dieta para perder gordura?

  1. Nós nutricionistas sempre falamos no consultório que não existe a melhor dieta para perder gordura, quero dizer, não existe uma fórmula mágica.  
  2. Mas nós sabemos de uma coisa, existe a melhor estratégia para você, e essa estratégia é a que melhor você consegue seguir.

      

  3. Então se você está pensando em uma dieta, pense em algo que conseguiria executar todos os dias por muitos meses, esse seria exatamente o seu plano alimentar, ou bem próximo disso.

     

  4.  Hoje em dia no consultório nós nutricionistas conversamos muito com os pacientes e a montagem do plano alimentar é muito feita de acordo com o que o paciente pode executar,  então dificilmente o nutricionista vai colocar alguma coisa no café da manhã do paciente sem perguntar se ele pode executar aquilo,  muitas vezes perguntamos para o paciente o que ele gostaria de colocar no café da manhã e,  em muitos casos,  negociamos alguns determinados alimentos para serem incluídos nesse café da manhã.
  5. Se você pensar em um dia todo, a composição desta dieta precisa ser alta em proteínas e também rica em fibras como os carboidratos complexos e com baixa quantidade de gordura.  

Então olha que interessante no café da manhã se você não gosta de um pão de forma integral e prefere o pão francês, você pode colocá-lo e juntar com proteínas em fibras:  como por exemplo acrescentar alguns ovos mexidos neste pão e também adicionar alface e tomate. Essas e diversas outras dicas nós te daremos ao longo desse post nos tópicos abaixo.

O Que Comer Para Como Baixar A Barriga?

O que evitar comer para perder gordura

  • Doces
  • Alimentos processados
  • Frituras
  • Refrigerantes

O que você deve comer para perder gordura

  • Frutas
  • Legumes
  • Proteínas
  • Carboidratos complexos

Como montar uma dieta para perda de gordura

  •          No desjejum você pode acrescentar algumas opções como ovos mexidos + mamão papaia com aveia em flocos + café com leite desnatado.
  •          Na colação temos a opção de um iogurte desnatado com alguma fruta mais doce (manga ou mamão, por exemplo), junto com granola e um dosador de whey protein.
  •          Aqui pode entrar um pouco de arroz branco com um pouco de feijão + um filé de frango grelhado grande + brócolis ou algum legume + salada a vontade (alface, tomate, pepino, etc).
  •          Podemos colocar aqui algo mais prático, como dois dosadores de whey protein + uma fruta.
  •          Aqui pode-se repetir a mesma coisa do almoço sem problemas algum.
  •          Podemos inserir aqui uma ou duas fatias de pão de forma integral com duas fatias grandes de queijo branco + uma fruta.

Dica bônus: quais os melhores exercícios para perda rápida de gordura

         Existem diversos tipos de exercícios dentro da musculação que podem melhorar os seus resultados na perda de gordura rápida, também existem diversos tipos de treinos de corrida, bicicleta, que aumentam o seu gasto energético durante o exercício e após, e permitem que você gaste muito mais quilocalorias do que o planejado.  Você pode encontrar facilmente essas dicas em nosso blog, temos diversos posts como este  e este mostrando como utilizar o exercício para perda de gordura.

         Ainda, te convido a acompanhar nosso canal no Youtube, a Integral Tv, lá você aprenderá dicas de treinos para potencializar a perda de gordura, bem como dicas de alimentação e de suplementação.

Conclusão sobre perda de gordura

Lembre-se, o processo de emagrecimento precisa ser algo mais prazeroso para você, não algo difícil de ser alcançado, aprenda a gostar do processo de se alimentar bem, de se exercitar e de dormir adequadamente. Tenho certeza que com esses hábitos os resultados serão meras consequências.

Espero que tenham gostado pessoal! Continuem nos acompanhando para terem mais informações sempre.

Abraços e até a próxima!

O que comer para perder a barriga

Em primeiro lugar, devemos diferenciar o tipo de estômago que temos, o aparecimento de uma barriguita a mais, nem sempre se deve ao excesso de peso ou obesidade. O estilo de vida e a alimentação que levamos são dois fatores fundamentais para esse controlo.

O que é a barriga inchada?

É a barriga que surge após as refeições, não devido ao excesso de peso, mas a diferentes causas como:

  1. Intolerâncias (lactose, glúten)
  2. Consumo de vegetais crus ou crucíferos (couves)
  3. Bebidas com gás
  4. Muita fibra
  5. Pastilhas elásticas
  6. Comer à pressa

Dicas:

  • Se a barriga inchada tem sido uma constante no seu dia-a-dia, comece por identificar se tem alguma intolerância alimentar e se for o caso, exclua-a de imediato da sua dieta.
  • Recomenda-se o consumo de legumes cozidos, no entanto, elimine as couves e os repolhos.
  • Deixe de consumir bebidas gaseificadas que, além de serem ricas em açúcar, provocam flatulência.
  • Controle o consumo da fibra na sua dieta, evite a pele dos vegetais e das frutas.
  • Não mastigue pastilhas elásticas.
  • Coma devagar e desfrute das refeições com calma.

O que é a barriga localizada pelo aumento da gordura visceral?

É a barriga que surge pela acumulação de gordura devido ao excesso de peso, geralmente na região abdominal. Não só é um problema estético, como também um problema de saúde que pode originar situações mais graves como obesidade, diabetes ou hipertensão.

Uma forma de verificarmos se temos gordura localizada na região abdominal é através da medição da região abdominal. Os valores normais são:

  • Mulheres > 82 cm
  • Homens > 95 cm

Dicas:

  • Elimine os hidratos de carbono refinados (doces, açúcar, doces e salgados em geral)
  • Gorduras inferiores da dieta (evite alimentos fritos, carnes gordas, salsichas)
  • Coma mais proteína (acelera o metabolismo e ajuda a queimar mais calorias)
  • Beba muitos líquidos durante o dia (evite refrigerantes doces e carbonatados – como as águas gaseificadas- e sumos de frutas)
  • Elimine o álcool (rico em calorias sem nutrientes)
  • Distribua os alimentos em 4 ou 5 refeições por dia (ajuda a controlar o apetite)
  • Realize atividade física regularmente

O que é a Barriga residual?

É o resultado da perda de muitos quilos (30kg ou mais). Há um excesso de pele residual que fica descaída na parte inferior do abdómen. É muito importante fazer atividade física com exercícios de tonificação, o principal conselho é fazê-los desde o início da dieta. Por vezes é muito difícil eliminar este tipo de gordura, geralmente é recomendado a intervenção estética para melhorá-lo.

O que é a barriga do estomago?

A barriga do estomago é um inchaço mais proeminente na parte mais alta do abdómen. O sedentarismo, a má alimentação e comer fora de horas favorecem o seu aparecimento.

Esta causa não está apenas relacionada à alimentação, mas também aos níveis de stress, pois aumenta a produção de cortisol (hormona) responsável pela acumulação de gordura abdominal.

O stress provoca insónias e dormir menos, favorece o aumento desta hormona e a acumulação de gorduras.

Dicas:

  • Reduza o nível de stress tanto quanto possível
  • Faça uma dieta de baixas calorias
  • Faça 4/5 refeições ao longo do dia
  • Evite petiscar
  • Consuma alimentos anti-inflamatórios ricos em ômega 3, como salmão, nozes ou azeite, que ajudam a reduzir a produção de cortisol
  • Evite o café
  • Realize atividades físicas relaxantes, como ioga ou tai chi, em vez de exercícios aeróbicos.

Se o objetivo de 2019 é perder de vez essa barriga indesejada, evite os excessos de qualquer maneira. Mantenha sempre uma dieta saudável e equilibrada, faça exercício físico regular e, se mesmo assim, não consegue atingir as suas metas, aconselhamos que consulte um especialista para perda de peso.

O Que Comer Para Perder a Barriga

Com o verão aí e dias na praia sem nada além de um biquíni, e sem nenhum lugar para se esconder, muitas de nós desejamos ter começado a operação biquíni um pouco mais cedo.

O desejo de perder a barriga e deixá-la tonificada é compartilhado por homens e mulheres e é possivelmente um dos objetivos mais difíceis de ser atingido, para a maioria das pessoas.

Não importa quantos abdominais faça, a maioria ainda fica com uma camada de gordura sobre sua barriga.

  Continua Depois da Publicidade  

O armazenamento de gordura na área abdominal é particularmente comum em homens, a tão famosa barriga de cerveja que atinge a todos, mas também afeta uma grande quantidade de mulheres. Inchaços abdominais são outro problema comum que também pode levar a uma silhueta distendida, nada atraente, sem mencionar que podem causar dores físicas.

Infelizmente não há alimento milagroso que possa ajudar a perder a barriga. Apesar disso, estudos nessa área são limitados, não havendo evidências científicas que sugiram que alimentos específicos possam endereçar a perda de peso na região abdominal, embora haja muitas dietas da moda dizendo que isso é possível.

Basicamente, para perder a barriga você precisa perder peso, o que significa ingerir menos calorias do que gasta, levando a um déficit de energia. Isto resulta no corpo queimando gordura como fonte de energia. A melhor maneira de fazer isso é seguir uma dieta de calorias reduzidas e/ou aumentar os exercícios.

Inchaços estomacais, por sua vez, podem ser evitados ou minimizados através da dieta. Certos alimentos aumentam a distensão abdominal e devem ser minimizados ou evitados para que se consiga o abdômen mais retinho possível neste verão.

Dieta do Tanquinho: Fato ou Ficção para Perder a Barriga

A popular Dieta do Tanquinho (Flat Belly Diet), afirma que você pode perder 6 quilos, em 32 dias, focando na região do abdômen, e sem fazer um único abdominal. A dieta é baseada em 1.

600 calorias por dia e desencoraja a ingestão de sal, carboidratos excessivos e alimentos gordurosos. É aclamada como o ingrediente ‘mágico’ desta dieta a inclusão de ácidos graxos monoinsaturado (MUFAS) em todas as refeições, o que, supostamente, reduz a gordura da barriga.

A Associação Dietética Americana, entretanto, sugeriu que não há evidências científicas que suportem isso.

De modo geral, a dieta é baseada no saudável estilo de vida Mediterrâneo de se alimentar, baseado no controle de calorias. O déficit calórico é, portanto, mais provável de nos levar a perder a barriga, bem como em outra áreas.

Embora não haja evidências científicas que suportem nenhum tipo de alimento mágico, que ataque a gordura abdominal, essa dieta proporciona um plano adequado para aqueles que necessitam de uma dieta de 1600 calorias para perda de peso, e ela pode diminuir os inchaços.

Causas Comuns de Inchaço Abdominal

Intolerância Alimentícia

Se você frequentemente sofre de inchaços, você pode estar sofrendo de alergia ou intolerância alimentícia.

É importante visitar um médico e obter um diagnóstico oficial, antes mesmo de você eliminar qualquer alimento de sua dieta. A intolerância a alimentos como trigo ou lactose, bem como doença celíaca, pode causar estes tipos de sintomas.

Entretanto, esses alimentos também possuem valores nutricionais e não devem ser eliminados, a menos que seja necessário.

Refeições Grandes e Alimentação Rápida

Comer porções menores, em intervalos mais freqüentes, pode eliminar os inchaços, em função de uma sensação de empachamento, após uma grande refeição. Pode também auxiliá-lo a evitar a sensação de fome extrema ao manter mais constantes os níveis de glicose no sangue. Isto pode reduzir a sobrealimentação e ajudar a perder a barriga.

Quando você come rápido, você engole muito ar, o que pode aumentar os inchaços. Diminuir o ritmo e mastigar os alimentos de modo correto minimiza isso. Comer mais devagar dá ao seu organismo tempo para registrar a saciedade, significando que você fica menos propenso a comer demais.

  Continua Depois da Publicidade  

O que comer para ter um estômago reto

1. Uma dieta balanceada saudável

Uma dieta balanceada saudável, alta em frutas, vegetais, carboidratos complexos e proteína magra, é uma grande maneira de perder a barriga.

Ao comer alimentos mais saudáveis e porções menores, você tem mais possibilidades de consumir menos calorias e, portanto, de perder peso.

Uma dieta saudável deve ser baixa em gorduras insaturadas do tipo das encontradas em produtos animais e apresentar mais gordura insaturada saudável, para maiores benefícios de saúde.

2. Fibras

A falta de fibras na dieta pode levar à constipação intestinal e ao inchaço abdominal. As mulheres devem focar em incluir pelo menos 25 gramas de fibra diariamente, e os homens, 38 gramas. Boas fontes de fibra incluem integrais, frutas e vegetais, legumes, castanhas e sementes.

Estes tipos de alimentos também saciam mais do que os com poucas fibras, o que significa que você passa a comer menos. Quando você está aumentando a ingestão de fibras, é essencial que o faça gradualmente, para evitar desconforto.

Você também deve beber muita água e se exercitar, para manter o intestino saudável.

3. Água

Essencial se você estiver aumentando suas fibras, a falta de água pode resultar em constipação intestinal, o que, por sua vez, leva ao inchaço abdominal. Não há como negar a importância de se estar sempre bem hidratado, pois a desidratação pode levar a uma série de problemas no organismo.

4. Alimentos anti-inchaço abdominal

Embora evidências nessa área sejam limitadas, há alguns estudos que sugerem que alimentos como chá de hortelã, gengibre, abacaxi, salsinha e iogurtes probióticos podem ajudar a perder a barriga. Certamente, não há perigo em usar este tipo de alimento, pois todos são saudáveis e não fazem mal.

5. Calorias suficientes

Já foi sugerido que dietas de muito baixas calorias para perda extrema ou rápida de peso, na verdade, têm o efeito oposto em relação a perder a barriga.

Se o corpo não recebe calorias suficientes para funcionar propriamente, ele entrará em modo de fome e armazenará a maior quantidade de energia possível, na forma de gordura. Isto porque ele não tem certeza de quando receberá combustível novamente.

Nessa situação, a gordura é normalmente armazenada na região abdominal, razão pela qual a pessoa pode ser magra, porém ainda assim, ter barriga.

Vídeo com dicas:

Veja a opinião da nutricionista Patricia Leite no vídeo que irá aparecer abaixo:

O que reduzir para perder a barriga

1. Produtos sem açúcar ou adoçante

Adoçantes podem causar inchaço abdominal e gases em algumas pessoas. Para minimizar seus efeitos, limite-se a apenas duas ou três porções por dia. Refrigerantes diet não apenas contêm adoçantes, como também são carbonados, o que adiciona ainda mais gases ao mix.

2. Refrigerantes e bebidas carbonadas

Além de altas calorias, essas bebidas normalmente contêm carbonação, o que leva ao ganho de peso. A carbonação adiciona uma grande quantidade de gás nessas bebidas e você acaba os ingerindo. Tente beber água normal, saborizada com suco de limão ou lima, para tomar algo com algum sabor, sem o efeito gasoso.

  Continua Depois da Publicidade  

3. Mascar chicletes

Mascar chicletes pode levá-lo a engolir muito ar, o que causa inchaço abdominal. Além disso, chicletes contêm adoçantes artificiais, o que aumenta esse efeito. Tente chupar uma bala ou optar por algo de baixa caloria e alta em fibras, como pipoca, para substituir o chiclete e ajudar a perder a barriga.

4. Sódio

Sal ou sódio pode levar a uma barriga inchada. Tente cortá-lo, optando por temperar com outros sabores, como ervas e temperos. Sempre que possível, evite alimentos industrializados, pois estes são normalmente altos em sal e baixos em fibras.

5. Feijões, legumes e vegetais gordurosos

Os culpados comuns são as variedades de vegetais crucíferos, tais como brócolis, couve e couve-flor. Feijões e legumes também podem causar efeitos gasosos, particularmente se você não está acostumado com eles. Entretanto, esses alimentos são extremamente nutritivos e fornecem uma excelente adição de fibras à sua dieta.

Para minimizar os efeitos de inchaço abdominal, introduza estes alimentos em sua dieta gradualmente, permitindo que seu organismo acostume-se a eles, e beba muita água. Você também pode evitá-los antes de um importante evento, mas devem, ainda assim, fazer parte de sua dieta diária.

Que tipos de alimentos citados acima são os maiores obstáculos para que você consiga perder a barriga? É mais difícil comer algo diferente, ou deixar de comer algo que você gosta muito? Comente abaixo!

(19 votos, média 4,37)Loading…

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*