Linkedin O Que É Como Funciona?

Está precisando de ajuda para mostrar o seu trabalho e experiência? Vou te ajudar em meu artigo como usar o LinkedIn, seja uma pessoa buscando vagas, empresas que procuram mão de obra qualificada, ou divulgação de trabalhos.

  • O que é LinkedIn, afinal?
  • Como fazer um resumo de impacto no LinkedIn?

Linkedin O Que É Como Funciona?

Nessas condições, quais são as primeiras configurações necessárias e algumas boas práticas na rede social para ter sucesso. O LinkedIn é uma mídia social que tem por objetivo criar um ambiente favorável para profissionais.

Por que usar o LinkedIn?

Os tempos de enviar currículos de papel e participar de processos seletivos presenciais gigantescos já passou. Hoje, as empresas buscam agilidade e assertividade nas escolhas por perfis profissionais. O LinkedIn fornece uma área fértil para a exposição do perfil de um profissional, sua experiência e conhecimentos. 

O interessado faz o cadastro e consegue registrar toda sua carreira, pode conectar-se com colegas de profissão, que fazem referências às suas capacidades, e ainda publicar artigos sobre os assuntos que domina ou estuda. 

As empresas podem fazer um verdadeiro “raio-x” do perfil do candidato, verificando previamente a adaptação do perfil que buscam, podendo fazer uma oferta direta, ou convocando para um processo seletivo mais específico e ágil. Tempo é dinheiro inclusive para escolher colaboradores.

Como usar o LinkedIn?

O profissional querendo entrar na rede social, deve acessar no site do LinkedIn e efetuar o cadastro com seu e-mail para criar um perfil. O indicado é usar um endereço pessoal. Evite utilizar e-mail de empresas para não perder o acesso ao seu perfil no caso de demissão. 

O LinkedIn é grátis, mas oferece assinatura Premium por uma quantia mensal, o valor básico é de R$ 50, que dá vantagens como ver o perfil de quem acessou a sua página, e um melhor posicionamento nas buscas dentro da ferramenta.

Como construir o seu perfil no LinkedIn

Após ter feito o cadastro no site, aparecerá um ícone “eu” no topo da página, clique nele e em seguida “visualizar perfil”. Você acabou de entrar na sua página, esse será o seu cartão de visitas profissional na rede. vou te ajudar a entender o que está contido no perfil.

Foto do perfil

Ao lado esquerdo de sua página, existe o local para inserir a sua foto.

  1. Clique no local indicado para foto;
  2. Vão conter várias opções: redimensionar, zoom, etc… Clique em Alterar foto;
  3. Escolha uma imagem do seu computador ou celular para adicionar;
  4. Lembre-se, estamos montando seu perfil profissional, escolha uma foto de como você pretende ser visto profissionalmente.Linkedin O Que É Como Funciona?

Introdução

Ao lado direito da foto, está o primeiro “lápis” para edição de informações. Após clicar, aparecerá uma área para inserir as informações básicas sobre você.

  • Nome e sobrenome;
  • O título (o que você é e faz ou pretende fazer);
  • Seu cargo atual;
  • Sua formação acadêmica (qual universidade ou curso);
  • O país que está;
  • O estado que vive;
  • Qual o setor que atua (selecionar na lista);
  • Informações de contato (se quiser).Linkedin O Que É Como Funciona?

Sobre

Descendo a página, irá encontrar a segunda seção de informações. Aqui o candidato insere um resumo sobre quem ele é, o que já fez, atividades em que se destacou, agilidade promocional.

Não precisa ser muito extenso, mas em uma passagem rápida de perfil, essas são as primeiras informações que vão ler sobre a pessoa.

Linkedin O Que É Como Funciona?

Em destaque

Nesse espaço o profissional pode inserir informações sobre materiais seus como:

  • Publicações (feitas no LinkedIn);
  • Artigos escritos na rede social;
  • Links para conteúdos web (interessante ser conteúdo próprio);
  • Mídia (pode carregar fotos de momentos, apresentações montadas ou documentos elaborados).

Histórico profissional

Nesta seção, coloca-se toda a experiência de sua carreira. Adicione um novo registro clicando no sinal de “+”. Na página flutuante, complete todas as informações sobre cada emprego anterior e o atual, se for o caso.

  1. Nome do cargo;
  2. Tipo de emprego (Tempo integral, autônomo, freelancer, etc…);
  3. Nome da empresa (Muitas empresas já tem seu nome cadastrado, basta selecionar);
  4. Localidade onde trabalhou (cidade);
  5. Caso seja seu emprego atual, marque a caixinha e coloque a data de início na empresa;
  6. Em experiências anteriores deve-se colocar a data de início e fim do vínculo;
  7. Descreva todas as suas atividades na função.Linkedin O Que É Como Funciona?

Caso sua experiência seja muito extensa, escolha aquelas mais parecidas com o trabalho que deseja desempenhar no futuro.

Formação acadêmica

Funciona do mesmo modo que a seção de experiência profissional, mas com a escolaridade e cursos adicionais. Complete todas as informações. Faça opção por estudos na área em que gostaria de atuar. Culinária básica serve se a procura for por emprego de auxiliar de cozinha ou cozinheiro.

Linkedin O Que É Como Funciona?

Esse é o preenchimento básico para começar a interagir no LinkedIn. A ideia é testar outras funcionalidades para montar um perfil “campeão”. O próprio site oferece diversos tutoriais de como melhorar o seu perfil.

Como adicionar pessoas no LinkedIn

O usuário pode fazer uma busca na aba superior do site usando o nome uma pessoa específica. Após completar informações de suas experiências de trabalho e formação acadêmica, o LinkedIn começa a cruzar informações e apresentar perfis de colegas atuais ou do passado. Fique atento para algumas dicas importantes.

  • Somente adicione quem você de fato conhece;
  • A quantidade de contatos não é tão importante quanto a qualidade deles;
  • Gostaria de adicionar alguém que não conhece, mas pode ser o canal para uma oportunidade, envie mensagem primeiro, solicite o contato;
  • LinkedIn é uma rede social para profissionais, espaço do seu marketing pessoal, não para lazer.Linkedin O Que É Como Funciona?

O LinkedIn pode ser uma ferramenta poderosa para recolocação no mercado de trabalho ou busca de novas oportunidades. Use com consciência, é uma vitrine do profissional que você é ou busca ser. Espero ter ajudado com o básico de como usar o LinkedIn. Que sua recolocação seja breve, boa sorte!

Com informações: central de ajuda LinkedIn

Linkedin: o que é, como funciona e para que serve

Linkedin O Que É Como Funciona?

São mais de 400 milhões de usuários, mais que isso, profissionais que tem no seu DNA a sua profissionalização. O crescimento é firme e constante no uso da rede, desde sua criação em 2003. Uma rede voltada pra networking de profissionais e de negócios. Não é  uma rede de altíssima rotatividade, como é a característica de outras redes intensamente frequentadas, mas está se tornando uma rede voltada pra conteúdos específicos, conteúdos profissionais, conteúdos valiosíssimos.

Com sede em Mountain View, na Califórnia,
atualmente o LinkedIn tem cerca de 400 milhões de usuários, está presente em mais de 200 países e territórios, nos idiomas inglês, português, espanhol, francês, alemão, italiano, romeno, russo, turco e japonês. Seu atual diretor é Jeff Weiner e seu presidente de produto e do conselho é o fundador da empresa, Reid Hoffman.

As atenções a esta rede têm aumentado, chegando a mais de 50% de usuários que acessam a rede diariamente.

Portanto, avalie minuciosamente seus objetivos e
metas, o alcance pretendido, programe-se, planeje-se, construa uma estratégia com os principais profissionais de sua empresa, insira na equipe um profissional de marketing de rede, profissionais de design em marcas e produtos voltados para a mídia digital e redes sociais.

Isso é o que tem se tornado tendência. Não, não pense que o custo benefício é baixo, isso não. Pelo contrário, o alcance digital é milhares de vezes maior do que se está habituado a se ver e ter normalmente. Mais que isso, o alavancamento do seu negócio através dos meios digitais vai promover o seu crescimento físico, sua loja, seu escritório.

As relações de negócios na LinkedIn
são intensas. 51% das empresas fazem negócios de venda de seus produtos ao consumidor final através da rede. 93% do marketing B2B consideram a rede o meio mais eficiente, gerados através de obtenção de informações por leads.

Lead é o contato qualificado de uma pessoa (ou empresa) que demonstra através de algum meio que está interessada em algum produto/serviço.Por exemplo, ao oferecer um e-book em troca de um pequeno cadastro simples, nome e e-mail. Pronto está iniciado o processo que na maioria das vezes vai terminar numa relação comercial lucrativa.

O  LinkedIn

LinkedIn: o que é, como funciona e para que serve?

Você mantém seu perfil profissional atualizado no Linkedin? Se não o faz, pode estar desperdiçando ótimas oportunidades profissionais.

  • Manter um perfil nessa rede social está se tornando um item obrigatório para quem busca se destacar no mercado de trabalho.
  • Mas o que é o Linkedin?
  • Podemos dizer que, no início do século 21, o Linkedin soube, como ninguém, promover a fusão entre:
  • O tradicionalíssimo mundo das agências de emprego, com suas ofertas de vagas de um lado e seu banco de currículos de outro;
  • A crescente corrida pelo networking profissional;
  • E todo o dinamismo das redes sociais, que explodiu praticamente no mesmo momento em que o Linkedin nascia.

Neste artigo você vai saber mais um pouco sobre o Linkedin e entender por que razão um bom  profissional não pode ignorá-lo.

O que é Linkedin?

  1. O Linkedin é, desde que surgiu, a principal referência na internet como rede social voltada para relacionamentos profissionais.
  2. Na época em que o site entrou em operação (2003), as redes sociais ainda não haviam se tornado tão populares como viriam a ser logo em seguida.

  3. Mas já naquela altura o Linkedin aliava as características de um banco de currículos com as possibilidades de interação entre seus membros inscritos.

  4. Ao longo dos anos seguintes, o Linkedin acompanhou toda a evolução das redes sociais, sem perder seu foco original, voltado para as relações profissionais.
  5. Em termos de adesão, os números do Linkedin sempre impressionaram positivamente, desde o seu primeiro ano de funcionamento.

  6. Em 2016, a Microsoft, na maior transação de sua história, adquiriu a rede por cerca de 26 bilhões de dólares.
  7. Atualmente, o Linkedin tem mais de 500 milhões de inscritos, sendo 30 milhões no Brasil.

  8. O site tem versões em 24 idiomas, estando presente em aproximadamente 200 países, ou seja, em praticamente todo o mundo.
  9. Muitas empresas já adotam o Linkedin como ferramenta em seus processos de contratação de novos colaboradores.
Leia também:  Como Escolher Um Batom Que Combine Comigo?

Para que serve o Linkedin?

Para um profissional, o Linkedin constitui uma poderosa ferramenta, que lhe permite:

  • Fazer a divulgação de suas qualificações profissionais;
  • Ampliar sua rede de contatos profissionais (networking);
  • Aprimorar conhecimentos;
  • Procurar oportunidades de trabalho ou de negócios.

Já uma empresa pode utilizar o Linkedin para:

  • Divulgar vagas e outros comunicados;
  • Publicar conteúdos;
  • Participar de grupos de discussão;
  • Fazer anúncios;
  • Prospectar talentos, clientes e parceiros.

Como funciona?

  • De uma forma geral, o Linkedin se assemelha às principais redes sociais que conhecemos, com a diferença de que ele tem um caráter mais formal e é claramente orientado para objetivos profissionais.
  • Em primeiro lugar, para se inscrever no Linkedin, você precisa criar um perfil, em que devem constar seus dados pessoais e de contato, além de informações profissionais e acadêmicas.
  • Além disso, você pode acrescentar um resumo sobre sua carreira, indicar links para um site ou blog e adicionar publicações.

O próximo passo é a inclusão dos contatos, ou conexões. A recomendação aqui é estabelecer vínculos com pessoas diretamente ligadas à sua área de interesse profissional.

A ampliação da rede de conexões ocorre como em outras redes sociais.

Assim, por exemplo, se você tem uma conexão com 10 pessoas e cada uma delas, por sua vez, tem conexões com outras 10 pessoas, ao final, o seu perfil será conhecido por 100 conexões (10 x 10). As conexões indiretas ampliam em muito a visibilidade de um perfil do Linkedin.

Além disso, você pode tornar-se seguidor de uma empresa, colocando-se em uma relação de visibilidade direta com os outros perfis que também a seguem.

Recursos disponíveis no Linkedin

Uma vez criado o perfil, é importante saber utilizar a rede para extrair todo o potencial que ela pode oferecer.

Algumas das principais funcionalidades do site dão bem uma ideia do que é possível fazer na rede. Por exemplo:

  • Na página inicial, há uma opção para localizar pessoas, bastando digitar seu nome e clicar na opção de pesquisa.
  • Na aba Perfil, é possível acrescentar ou atualizar suas informações profissionais.
  • Na aba Rede, faz-se o gerenciamento dos contatos.
  • Na categoria Empregos, podem ser feitas pesquisas avançadas de vagas, anunciar oportunidades e gerenciar as buscas.
  • Na opção Interesses, é possível criar grupos, localizar empresas e Instituições de ensino.

Como usar o Linkedin (para profissionais)

Em primeiro lugar, o profissional deve ter em mente que o Linkedin é uma rede social diferenciada das demais. O que se busca ressaltar nessa rede é, principalmente, a sua qualificação profissional.

Linkedin O Que É Como Funciona?

Assim, deve haver um cuidado com a adequação, tanto da forma como do conteúdo a ser apresentado.

Outros cuidados básicos a serem tomados na apresentação de um perfil são:

  • Colocar uma foto no perfil: estatísticas indicam que perfis com foto recebem 14 vezes mais visualizações que perfis sem foto. É importante também que a foto seja adequada ao perfil profissional que se quer divulgar.
  • Criar um bom resumo do perfil: o resumo que fica no topo da página deve conter as palavras-chave do perfil do profissional, transmitindo informações relevantes, como o que ele faz e quais são as suas principais experiências e realizações.
  • Preencher o perfil do modo mais completo possível: informações como atividades voluntárias ou filantrópicas, projetos acadêmicos e outras são também muito observadas pelas empresas.

O que é LinkedIn: entenda como funciona e para que serve o LinkedIn

Preparamos esse guia completo sobre LinkedIn para que você possa entender melhor essa rede social, qual é a sua importância, bem como seus principais objetivos. Além disso, vamos falar mais sobre as suas principais funcionalidades e as vantagens de estar presente nesse mundo.

A ideia é que, a partir de agora, você consiga entender como ele pode ser uma excelente ferramenta para fins profissionais. Ficou interessado? Então, continue acompanhando a leitura conosco!

1. O que é LinkedIn?

LinkedIn é uma rede social que tem como foco os relacionamentos profissionais. Podemos dizer que é uma grande plataforma que ajuda pessoas e empresas a anunciarem vagas, procurar empregos, alimentar a sua rede de contatos (networking), fazer parcerias, dentre outras atividades relacionadas.

Se fosse para simplificar o LinkedIn em algo que conhecemos no mundo prático, podemos dizer que é um grande currículo online, com funcionalidades dinâmicas, sendo possível interagir com outras pessoas que estão ali com o mesmo objetivo.

Hoje, é considerada a maior rede social do mundo, contando com a presença de mais de 500 milhões de usuários, que podem interagir com influenciadores do mercado, empresas e outros usuários que estão em um caminho profissional semelhante.

1.1. Freelancers no LinkedIn

Acessar o LinkedIn é bastante fácil e intuitivo, não é difícil preencher o seu perfil completo, muito menos encontrar pessoas e grupos com os mesmos interesses profissionais ou se tornar um membro ativo da rede.

O propósito do LinkedIn alcança qualquer tipo de carreira, por isso, existe também a possibilidade de focar no mercado freelancer, buscando oportunidades de trabalho, mostrando os seus dons e talentos, além de construir uma rede de contatos focada nesse mercado.

1.2. Atuação global e nacional

Hoje, o Brasil conta com pouco mais de 300 milhões de usuários na rede social, ou seja, mais da metade das pessoas que têm um perfil ativo, além de ser considerado um dos países que mais utiliza a plataforma para interações profissionais.

A sua atuação global é muito relevante, tendo suporte em cerca de 200 países, disponibilizando a sua interface em mais de 24 idiomas. Ou seja, é mais do que possível fazer conexões e aproveitar oportunidades profissionais do mundo todo.

Destacamos também que é uma das redes sociais mais “limpas” que existem, visto que o seu foco é realmente o profissional, evitando competições de publicações, conforme ocorrem em outras redes sociais.

2. Para que serve a rede social?

Agora que você já sabe o que é LinkedIn, vamos falar para que serve essa rede social tão querida pelos apaixonados pelo mercado de trabalho. No tópico anterior, você já deve ter notado algumas das suas utilidades, certo?

Para que você possa entender por completo, preparamos uma lista com cada uma delas, com uma explicação detalhada. Veja só!

2.1 Criar networking

Criar e fortalecer uma boa rede de contatos profissionais é uma das melhores utilidades do LinkedIn. Independentemente de qual é o seu mercado de atuação e qual momento na sua carreira, é sempre bom ter boas conexões e contatos.

O LinkedIn é perfeito para isso! É possível trocar informações, recomendar colegas de trabalho, parabenizar amigos que receberam promoções ou estão comemorando aniversário de empresas e conhecer gente nova.

Além disso, o LinkedIn oferece grupos de discussão nos mais diversos temas e áreas de trabalho, oferecendo a possibilidade de o usuário estar sempre atento no que há de novo. Sem contar o fortalecimento de contatos, que pode ser construído com o compartilhamento de conteúdos, discussões, dentre outras ações.

2.2 Apresentar portfólio

Lembra quando falamos que o LinkedIn pode ser considerado um grande currículo online? Pois bem, na mesma linha, é mais do que possível apresentar o seu portfólio de trabalho dentro do seu perfil também.

A interface é bem dinâmica, oferecendo a possibilidade de adicionar toda a sua carreira em uma linha do tempo, além de organizar de maneira eficiente os seus projetos, os seus cursos e qualificações.

Para quem é freelancer, é ideal para apresentar os projetos que trabalhou de forma ordenada e usar o LinkedIn para vender novos projetos.

2.3 Fechar parcerias

Fechar parcerias também é uma das possibilidades que o LinkedIn oferece. Afinal, cada usuário poderá construir uma rede de contatos e participação de grupos que tenham outras pessoas com os mesmos interesses.

Pode não parecer, mas isso fortalece e facilita o caminho de construir projetos e planos profissionais em conjunto com outras pessoas ou com empresas do mesmo ramo de atuação. É uma oportunidade e tanto para olhar para novos horizontes!

Leia também:  O Que É Proxy E Como Funciona?

2.4 Investir no personal branding

Sem dúvida alguma, o LinkedIn é uma das melhores ferramentas para começar a criar e fortalecer a imagem profissional de cada usuário que utiliza a rede social de forma correta e coerente.

Afinal, há um grande espaço para construir uma reputação. Obviamente que isso não acontece do dia para a noite, porém com bastante foco e determinação é possível desenvolver ações que ajudam a construir esse caminho.

2.5 Contratar profissionais especializados

No caso das empresas, o LinkedIn é o lugar perfeito para contratar profissionais especializados. Muito por ter a disposição uma rede com milhões de pessoas, com diversas habilidades, competências e experiências de mercado.

Hoje, muitas demandas de colaboradores podem ser sanadas com uma boa prospecção pelo LinkedIn.

2.6 Procurar emprego

Se o LinkedIn é muito bom para que as empresas encontrem profissionais para os seus negócios, é também um lugar excelente para procurar emprego, seja em empresas que oferecem vagas em regime CLT ou então para vagas de freelancers.

Hoje, a grande maioria dos recrutadores utilizam o LinkedIn como uma das principais fontes de recursos. Então, é mais do que importante estar dentro dessa rede social, com o perfil atualizado, para quem está procurando um novo emprego.

2.7 Vender jobs

Usar o LinkedIn para vender jobs também é outra possibilidade. A rede social é o ambiente propício para que qualquer profissional possa anunciar os seus serviços para os seus contatos e grupos de interesse.

Fazer isso, ajuda muito a potencializar o alcance da divulgação dos jobs que podem ser realizados, principalmente para quem trabalha como freelancer.

3. Como funciona o LinkedIn?

Chegou o momento de falarmos como funciona o LinkedIn na prática, ou seja, vamos trazer algumas informações importantes para que você entenda alguns dos recursos que são oferecidos pela rede social para que os seus usuários tirem o máximo de proveito do seu potencial.

3.1 Perfil

Assim como toda rede social, o LinkedIn oferece a possibilidade de criar um perfil para que o usuário possa mostrar quem ele é. Aqui, além de colocar informações pessoais como nome, foto, idade, dentre outros, será possível descrever a sua vida profissional, como se fosse um currículo mesmo.

A grande vantagem é que é possível colocar vários itens (antigos empregos, trabalhos realizados, cursos que participou, dentre outras características e habilidades) sem deixá-lo muito “carregado” ou cansativo.

Sabemos que quando o currículo é feito no papel, é preciso selecionar algumas coisas para não ficar extenso. No LinkedIn não é necessário essa preocupação. Além disso, é no perfil que aparecem as recomendações recebidas de colegas de trabalhos, valorizando ainda mais o perfil do usuário.

3.2 Feed

O Feed de notícias é a página que você mais vai ver no LinkedIn. Nele, aparecem as notícias e as atualizações que a rede de contatos do usuários publicam, desde o compartilhamento de artigos ou de chamadas para vagas que estão surgindo, dentre outros assuntos profissionais.

Assim como em outras redes sociais, a possibilidade de interação existe, podendo comentar, compartilhar e até clicar em gostei para uma publicação. O feed é uma ótima maneira de interagir com as conexões, mas é importante sempre avaliar o que postar no LinkedIn, se é adequado para a rede ou não.

3.3 Conexões

As conexões correspondem às “amizades” feitas no LinkedIn, ou seja, a sua rede de contatos. Saiba que é possível encontrar conhecidos, pessoas referências para você ou fazer novos contatos. Para encontrar os conhecidos há várias opções, principalmente escolher fazer conexões baseadas na sua rede de e-mails.

Saiba que as conexões podem ser desde primeiro, segundo e até terceiro grau, depende do quanto é a sua proximidade com aquele contato. Explorar as conexões é uma ótima oportunidade de construir um bom networking. 

3.4 Pulse

Não poderíamos deixar de falar do Pulse, uma das ferramentas mais recentes do LinkedIn. É um recurso que permite que os usuários escrevam os próprios artigos e compartilhem com a sua rede de contatos.

É como se fosse um blog dentro da conta do LinkedIn. Essa ferramenta é muito estratégica, pois permite um compartilhamento de conteúdo que seja certeiro, propondo que os usuários demonstrem o que sabem, estimulando discussões, fortalecendo ainda mais a sua reputação no mercado que trabalha.

Além disso, essa ferramenta posiciona muito bem o LinkedIn como um disseminador de conteúdo a nível e negócios. É ideal para quem sabe como usar o LinkedIn profissionalmente.

3.5 Grupos

Por fim, trazemos aqui os grupos são locais de encontros onde profissionais ou interessados de uma mesma área podem compartilhar conteúdos ou iniciar discussões relacionadas ao seu mercado.

Esse é um tipo de recurso que enriquece muito o contato profissional das pessoas, agrega conhecimento, fortalece o networking, além de trazer muitas oportunidades de trabalho para os usuários que estão ativos.

4. Quais as vantagens em ter uma conta no LinkedIn?

Agora vamos finalizar mostrando algumas das vantagens de fazer parte do LinkedIn. Leia abaixo a lista que preparamos para você refletir o quanto vale a pena estar na rede social profissional mais querida do mundo.

4.1 Colocar seu currículo em uma vitrine

Hoje, o LinkedIn é uma rede social muito relevante a nível mundial, sendo referência nas suas propostas de interação: fazer conexões profissionais. Justamente por isso, é considerada como uma grande vitrine.

Então, quando você cadastra o seu perfil, estará colocando o seu currículo nessa grande vitrine, onde grandes empresas, recrutadores e pessoas referências estarão de olho sempre para trazer novos talentos para a sua realidade.

4.2 Estar acessível às maiores empresas do mundo

Outro ponto importante é a questão de estar acessível para que grandes empresas do mundo possam lhe conhecer. Afinal, a maioria está lá sempre procurando por profissionais que podem ajudá-las a resolver as suas demandas.

Então, é muito bom estar sempre de olho para as oportunidades de trabalho que podem surgir tanto para demandas fixas quanto para oportunidades para freelancers e trabalhos temporários nessas grandes empresas.

4.3 Ter recomendações profissionais

Um recurso muito interessante do LinkedIn é a possibilidade de recomendação. Na prática, é possível que os usuários escrevam como foi a experiência com seus colegas de trabalho ou conexões que já teve a oportunidade de interagir a nível profissional.

Além disso, há a possibilidade de recomendar as pessoas por meio de suas competências. Pode parecer apenas um enfeite, mas isso ajuda a tornar o currículo de cada usuário mais rico e com mais credibilidade. Imagina, você freelancer, receber um feedback positivo de um cliente de forma pública, seria lindo, não?!

4.4 Fazer troca de aprendizado

Pelo que já falamos acima, você já deve ter percebido que o LinkedIn é um ótimo local para trocar aprendizado, seja pelas discussões, compartilhamento de conteúdos e outras interações que a rede social possibilita.

4.5 Gerar oportunidades de trabalho

Por fim, trazemos aqui o quanto que o LinkedIn é uma fonte de oportunidades de trabalho, conectando pessoas do mundo todo, que trabalham em diferentes ramos de negócios, que precisam de ajuda e também que podem oferecer o seu trabalho de diversas maneiras.

Sem dúvida alguma, o LinkedIn é um baú cheio de tesouros em forma de oportunidade de trabalho!

Agora que você sabe o que é LinkedIn, basta começar a utilizar a rede social para fins profissionais. É importante ter em mente que o LinkedIn é diferente de outras redes sociais, por isso, é preciso utilizá-lo de forma correta! Seguir as recomendações que fizemos acima já é um bom começo!

Gostou deste post? Então, dá uma olhada no nosso e-book sobre estratégias de redes sociais para freelancers!

Linkedin O Que É Como Funciona?Powered by Rock Convert

???? Qué es LinkedIn, para qué sirve y cómo funciona

LinkedIn es la red social de los profesionales y si conoces las claves para saber desenvolverte, con el tiempo, seguro que vas a tener muchas puertas abiertas. Esta red social tiene 575 millones de usuarios, 260 millones de ellos activos. De estos, el 40% lo usa a diario.

Imagen de Shutterstock – © I AM NIKOM

Hay dos formas de crear tu cuenta: de forma gratuita o Premium.

El 39% de sus usuarios pagan la mensualidad del servicio Premium, que tiene la cuota más barata en 30 dólares al mes. La versión Premium te permite entre otras cosas, ver quien ha visitado tu perfil, u obtener información privilegiada (como el salario) de ciertas ofertas de empleo en LinkedIn.

En la actualidad, LinkedIn es la red social profesional más grande a nivel mundial. Solamente es España hay 10 millones de usuarios registrados.

Sin embargo, con la versión gratis es más que de sobra para sacarle partido a esta red social.

Leia também:  O Que É Realidade Aumentada E Como Funciona?

LinkedIn, la red social de los profesionales

El principal motivo de LinkedIn es construir conexiones entre los profesionales y servir de “escaparate” de tu perfil profesional. Es una red social no tan intuitiva como las demás, pero con un poco de práctica y algunos trucos que te contamos seguro que te irá muy bien.

¿Qué es LinkedIn?

LinkedIn es una plataforma que surgió en el año 2002, para poner a profesionales en contacto con otros, o con empresas.

Pero su objetivo no es solo para buscar trabajo, en LinkedIn, puedes encontrar ideas, gente con la que hacer negocios o promocionar tu servicio, producto o conocimiento sobre algún tema.

Esta es la pantalla principal de LinkedIn.

Para conseguir estos objetivos, es importante que tengas un buen perfil. Después de crear el perfil en LinkedIn, debes completar tu perfil profesional; a qué te dedicas, qué conocimientos tienes, qué trabajo quieres o cuales has tenido, o la experiencia que tienes.

En LinkedIn se realizan publicaciones que pueden contener desde solo texto, o combinarlo con fotos, vídeos, enlaces o encuestas, y la gente interacciona con ellas.

Las reacciones de LinkedIn no son los “me gustas” a los que estamos acostumbrados, sino “recomiendo”, “celebrar”, “apoyar”, “encantar”, “interesar” o “dar curiosidad”, y las publicaciones se pueden comentar, compartir, y enviar.

Abajo a la derecha puedes ver los distintos tipos de reacciones

¿Cómo funciona LinkedIn?

  • Como ya hemos comentado, LinkedIn es una red social para crear conexiones con otros profesionales, no solo un “currículum online”.
  • Una de las ventajas de esta plataforma es que tienes dos opciones para darte de alta: crearte un perfil profesional, o de empresa.
  • Esta elección dependerá de tu situación, pero a no ser que tengas una empresa, te convendrá más crear un perfil profesional.

En cuanto a las publicaciones, la dinámica en LinkedIn es parecida a cualquier otra red social en la que desde tu usuario creas contenido, lo publicas, e interaccionas con el de los contactos que tengas agregados. También puedes mandar y recibir mensajes privados.

El tipo de publicaciones de LinkedIn son referentes al trabajo, a la publicidad que haces en LinkedIn sobre él o a experiencias reales que quieres compartir y aportan algún valor.

Como utilizar o LinkedIn da melhor maneira? 9 dicas de uso para empresas, profissionais e agências

O LinkedIn é a mais famosa e maior rede social profissional, focada em gerar conexões e relacionamentos. Nela os profissionais podem criar seus currículos, buscar empregos e fazer contato com pessoas do mundo inteiro. Já as empresas conseguem buscar candidatos ideais para suas vagas e perfis de clientes em potencial.

Já parou para pensar como os currículos eram criados antigamente? Tudo mudou quando passamos a incluir as informações profissionais dentro de uma única plataforma: o LinkedIn! Hoje não dá pra ficar sem saber o que é LinkedIn e todas as possibilidades que você pode ter com essa rede social.

Mas a verdade é que já faz tempo que o LinkedIn deixou de ser somente um site para atualizar o currículo. Ao completar 500 milhões de inscritos, em abril de 2017, a rede social firmou-se como a maior plataforma destinada a negócios, ganhando papel estratégico tanto para empresas quanto para profissionais.

Desde então a rede vem crescendo de forma acelerada, ganhando também novas funcionalidades. E neste post você vai conferir os detalhes sobre o que é LinkedIn, para que serve, 4 dicas de como começar a utilizá-lo para obter mais resultados em sua empresa e 5 dicas para seu próprio perfil, caso tenha a intenção de gerar Leads e vendas.

O que é LinkedIn? ????

Lançado em 2003, na época em que diversas redes sociais estavam surgindo, o LinkedIn é uma rede profissional onde cada usuário cria o seu perfil e pode seguir ou fazer conexões com outras pessoas. Cada membro é associado à sua identidade profissional, indicando as suas informações mais importantes como:

  • Foto e capa de perfil;
  • Nome, cargo, local e informações de contato;
  • Sobre/Biografia;
  • Atividades (artigos, publicações, reações em posts);
  • Experiência profissional (currículo com a lista de empresas onde trabalhou ou trabalha);
  • Formação Acadêmica;
  • Licenças e certificados;
  • Competências e recomendações;
  • Conquistas (prêmios, projetos, publicações);
  • Interesses.

O LinkedIn começou com funções básicas, com o objetivo de aumentar o networking profissional de seus usuários. Com o aumento da sua base de usuários, no entanto, a plataforma foi adquirindo outras funcionalidades, que a tornaram uma versão para negócios de outras redes sociais.

O que é o LinkedIn (como funciona e para que serve)?

Descubra tudo sobre o que é o LinkedIn e perceba como funciona e para que serve esta rede social que está focada no mundo das empresas e nas relações profissionais.

O LinkedIn é a rede dos negócios por excelência. A plataforma é utilizada por empresas e profissionais dos mais diversos setores para fomentar relações profissionais, nomeadamente para criar parcerias e incentivar novas oportunidades de vendas.

Também é um espaço utilizado para o recrutamento de talentos, através do anúncio de vagas de emprego.

Mas fique connosco para perceber melhor como funcionar esta rede social profissional…

O que é o LinkedIn e para que serve?

O LinkedIn é uma rede social que está focada no universo empresarial e no lado mais profissional da vida, permitindo a criação de perfis individuais ou de empresas.

Assim, serve para os trabalhadores e as empresas dos diversos setores criarem redes de contactos – é o chamado networking que é, cada vez mais, fundamental para encontrar um novo emprego ou para firmar parcerias empresariais.

Esta plataforma é utilizada como uma espécie de currículo online, onde cada utilizador resume as suas principais competências profissionais, bem como as experiências no mundo do trabalho e o percurso académico. Há empregadores que usam esses dados para entrar em contacto com potenciais candidatos a emprego.

Principais vantagens de ter um perfil no LinkedIn

1. Networking

Esta rede social é o espaço perfeito para criar uma rede de contactos profissionais, seja para arranjar novas oportunidades de emprego, seja para firmar colaborações ou para futuras parcerias.

A partilha de conteúdos, de links e de informações ajuda a reforçar a credibilidade do perfil de utilizador ou de empresa, mostrando ao mundo que é uma referência, uma autoridade, num dado assunto. Esse pressuposto vai fortalecer o seu posicionamento no mercado.

2. Mostrar trabalho feito

Uma das grandes virtudes do LinkedIn é que é uma espécie de currículo “vivo”, o que significa que está em constante actualização. Deste modo, pode estar continuamente a acrescentá-lo e a aperfeiçoá-lo.

Para enriquecer o seu perfil, é uma boa ideia inserir alguns dos trabalhos que vai fazendo. Por exemplo, se é blogger, pode acrescentar os artigos que vai escrevendo, de modo a mostrar o trabalho feito. Mais do que palavras, as ações valem tudo! E o seu trabalho vai falar por isso na hora das grandes oportunidades…

  • 3. Parcerias e colaborações
  • Na linha do networking e tirando partido da rede de contactos estabelecida, o LinkedIN pode abrir a porta a colaborações com outras empresas e/ou profissionais.
  • Nesta rede social, podem mesmo nascer e ganhar projetos e planos profissionais criados em parceria com terceiros.
  • 4. Marketing Pessoal

A plataforma é um veículo por excelência de marketing pessoal, permitindo aos diversos profissionais fortalecerem a sua imagem. É uma boa forma de se promoverem e de construíram uma reputação na sua área de atuação.

É também uma via aberta para chegar aos gurus dentro da profisssão que abraçamos. Na Internet, as pessoas podem revelar-se muito mais acessíveis e podemos, assim, conseguir alcançar quem acharíamos intocável.

  1. 5. Contratar novos talentos 
  2. As empresas usam, cada vez mais, o LinkedIn para contratar profissionais especializados ou para descobrir novos talentos em áreas muito específicas, onde há particular concorrência, como é o caso das tecnologias.
  3. Já há empresas de recursos humanos que fazem prospeção de candidatos para ofertas de emprego nesta rede social.
  4. 6. Procurar emprego
  5. O LinkedIn é também uma excelente ferramenta para procurar um emprego ou para procurar novas oportunidades de trabalho, por exemplo quando se é freelancer.

Por um lado, permite o acesso a vagas de emprego publicadas pelas empresas. Mas por outro, é também uma montra para os melhores profissionais, sobretudo em áreas como o marketing digital e as tecnologias de informação.

Assim, deve anunciar os seus serviços e ficar à espera de contactos. Mas antes disso, procure criar um “campeão”.

Como criar um perfil “campeão”

Se acha que basta ter um perfil no LinkedIn para ter a carreira lançada, desengane-se. Precisa de investir tempo no seu perfil, para demonstrar claramente quais são as suas mais-valias para as empresas que o possam contratar.

Aproveite as dicas que se seguem para criar um perfil “campeão”, termo utilizado na rede social para caracterizar os perfis que incluem as secções mais relevantes para o ranking nas buscas da plataforma.

  • Aposte na fotografia certa

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*