Gengibre Para Que Serve E Como Usar?

O Gengibre serve para ajudar a emagrecer e ajudar a tratar a má digestão, azia, enjoo, gastrite, resfriado, colesterol alto, pressão alta, tosse, dores musculares, problemas de circulação sanguínea e artrite.

Esta é uma planta medicinal que possui sabor apimentado e que pode ser usada para temperar os alimentos, diminuindo a necessidade de sal. Esta raiz também pode ser utilizada no tratamento de problemas circulatórios, resfriados ou inflamações, como dor de garganta, por exemplo.

  • O seu nome científico é Zingiber officinalis e pode ser comprado em lojas de produtos naturais, farmácias de manipulação, mercados e feiras livres, na sua forma natural, em pó ou em cápsulas.
  • Confira os 7 principais benefícios que o gengibre tem para a saúde.
  • Gengibre Para Que Serve E Como Usar?
  • As propriedades do Gengibre incluem sua ação anticoagulante, vasodilatadora, digestiva, anti-inflamatória, antiemética, analgésica, antipirética e antiespasmódica.

Como usar

As partes usadas do Gengibre são as raízes para fazer chá ou temperar as refeições, por exemplo.

  • Chá de Gengibre para resfriado e dor de garganta: colocar de 2 a 3 cm de raiz de gengibre numa panela com 180 ml de água e deixar ferver por 5 minutos. Coar, deixar esfriar e beber até 3 vezes por dia;
  • Compressa de Gengibre para reumatismo: ralar o gengibre e aplicar na região dolorida, cobrir com uma gaze e deixar atuar por cerca de 20 minutos.

Veja também como preparar um ​suco de gengibre para acelerar o metabolismo.

Possíveis efeitos colaterais

Os efeitos colaterais mais comuns que podem ser causados pelo Gengibre incluem dores de estômago e sonolência, mas geralmente só ocorrem quando consumido em excesso.

Quem não deve usar

O Gengibre está contraindicado para pessoas alérgicas e para aquelas que utilizam remédios anticoagulantes, como a varfarina, porque pode aumentar o risco de hemorragias.

Além disso, pessoas com pressão alta e que usam medicamentos para controlar a pressão só devem consumir gengibre de acordo com orientação médica, pois ele pode interferir com o efeito do remédio, descontrolando a pressão.

Durante a gravidez, a dose máxima de gengibre deve ser de 1g por cada kg de peso, e por isso essa raiz pode ser usada em forma de raspas para aliviar os enjoos durante a gestação.

Informação nutricional do Gengibre

Componentes Quantidade por 100 g
Energia 80 calorias
Proteína 1,8 g
Gorduras 0,8 g
Carboidratos 18 g
Fibras 2 g
Vitamina C 5 mg
Potássio 415 mg

Dúvidas comuns

1. Comer gengibre faz mal?

Quando consumido em excesso, o gengibre pode causar dores de estômago em pessoas com estômago sensível, crianças, e também pode causar sonolência. Além disso, não é indicado para pessoas que tomam remédios anticoagulantes. 

2. Gengibre afina o sangue? 

Sim, comer gengibre de forma regular ajuda a 'afinar' o sangue, sendo útil em caso de pressão alta, por exemplo, mas deve ser evitado por pessoas que tomam remédios como a varfarina, porque ele pode aumentar o risco de hemorragias.

3. Gengibre aumenta a pressão? 

Pessoas com pressão alta e que usam medicamentos para controlar a pressão só devem consumir gengibre de acordo com orientação médica, pois ele pode interferir com o efeito do remédio, descontrolando a pressão.

4. Gengibre aumenta imunidade? 

Sim, o consumo de gengibre em pós, em lascas e o chá de gengibre melhora a resposta do corpo às infecções e, por isso, este é um ótimo aliado contra gripes e resfriados, por exemplo. 

5. Gengibre emagrece? 

A raiz de gengibre tem ação estimulante e, por isso, pode ajudar a aumentar o metabolismo e consequentemente o gasto energético do corpo, mas só vai ser útil para emagrecer se a pessoa fizer dieta e atividade física. 

Receitas com gengibre 

O gengibre pode ser utilizado em receitas doces e salgadas. A raiz picada fina ou ralada pode ser usada em molhos, chucrute, molho de tomate e em refeições orientais, por exemplo. Moído, pode ser usado em bolos, biscoitos, pães e bebidas quentes.

1. Suco de limão com gengibre e hortelã

  1. Gengibre Para Que Serve E Como Usar?
  2. Esta receita é fácil de preparar e pode ser uma boa opção para se refrescar.
  3. Ingredientes
  • 1 colher de sopa de cascas de limão;
  • 300 mL de suco de limão;
  • 1 colher de sopa de gengibre com casca;
  • 1 xícara de chá de hortelã;
  • 150 mL de água morna;
  • 1200 mL de água fria;
  • 250 g de açúcar.

Modo de preparo

Preparar primeiro o chá de hortelã com as folhas e a água quente e a seguir bater todos os ingredientes no liquidificador, coar e servir gelado.

2. Carne moída com molho de gengibre

  • Gengibre Para Que Serve E Como Usar?
  • Esta receita é simples, saborosa e pode ser usada para acompanhar o macarrão, como recheio de wraps ou pimentão assado, por exemplo.
  • Ingredientes
  • 500 g de carne moída;
  • 2 tomates maduros;
  • 1 cebola;
  • 1/2 pimentão vermelho;
  • Salsinha e cebolinho a gosto;
  • Sal e gengibre moído à gosto;
  • 5 dentes de alho amassados;
  • 2 colheres de azeite ou óleo;
  • 300 mL de água.

Modo de preparo

Colocar o alho e a cebola numa panela, juntamente com um pouquinho de óleo ou azeite até dourar. Acrescentar a carne e deixar alourar por alguns minutos, mexendo sempre.

Aos poucos, adicionar 150 ml de água e os outros ingredientes até a carme começar a cozinhar e a pegar gosto.

Verificar se a carne está cozinhando bem e acrescentar a água restante, deixando no fogo médio por aproximadamente 20 minutos ou até a carne estar bem cozida.

3. Água de gengibre

A água de gengibre é ótima para conferir mais sabor à água, e também ajudar a emagrecer.

Ingredientes

  • Gengibre fatiado;
  • 1 L de água.

Modo de preparo 

Fatiar o gengibre e adicionar em 1 litro de água, e deixar repousar toda a noite. Tomar durante o dia, sem adoçar. 

4. Gengibre em conserva

Gengibre Para Que Serve E Como Usar?

Ingredientes 

  • 400 g de gengibre;
  • 1/2 xícara de açúcar;
  • 1 xícara de vinagre;
  • 3 colheres de chá de sal;
  • 1 recipiente de vidro de aproximadamente 1/2 litro com tampa.

Modo de preparo 

Descascar o gengibre e depois fatiar, deixando as fatias finas e compridas. Cozinhar somente em água até ferver e depois deixar esfriar naturalmente.

A seguir, devem-se juntar os outros ingredientes e levar ao fogo para cozinhar por cerca de 5 minutos depois de levantar fervura, em fogo baixo.

Depois disso, deve-se guardar o gengibre num recipiente de vidro por, no mínimo, 2 dias antes de consumir.

Esta conserva caseira de gengibre dura cerca de 6 meses, se mantida sempre na geladeira.

Gengibre no cabelo: benefícios, como usar e receitas

Quando ficamos doente ou com problemas na garganta, uma das primeiras coisas que provavelmente iremos ouvir é que seria bom tomar um chá de gengibre. É normal, portanto, associar essa planta com a alimentação e com a nossa saúde. Mas você sabe como funciona e quais são os benefícios do gengibre no cabelo?

Se você tem a sensação de que ultimamente colocamos todo tipo de coisa nos nossos cabelos, saiba que não está completamente errada. Produtos naturais têm sido uma escolha cada vez mais eficiente para a saúde capilar, devido ao fato de que apresentam muitas vantagens e quase nenhum efeito colateral.

É claro que temos que ter cautela e escolher bem o que aplicaremos em nossas madeixas, mas a ideia de incorporar plantas e alimentos orgânicos para a saúde dos nossos fios é, além de tentadora, econômica e eficiente.

Se você não sabe como usar gengibre no cabelo e quais são os benefícios dessa prática, fique tranquila, pois tudo isso será explicado nesse artigo.

Gengibre Para Que Serve E Como Usar?@greenme

Benefícios do gengibre no cabelo

Usamos o gengibre para cuidar de nossa garganta devido às suas propriedades anti-inflamatórias e antissépticas, que ajudam a curar possíveis inflamações que estejam ocorrendo na área e aumentam a circulação sanguínea.

Aumentar a circulação sanguínea também é uma grande vantagem no mundo capilar, e se você é leitora assídua desse blog com certeza já viu a explicação para isso em muitos artigos.

Ao aumentar a circulação sanguínea no nosso couro cabeludo, estimulamos o crescimento das nossas madeixas. Portanto, o gengibre no cabelo irá ajudar seus fios a ficarem mais fortes, auxiliando no crescimento saudável, sem quebra capilar.

Além disso, a ação bactericida dessa planta e o fato de ser rica em óleos essenciais irá favorecer a hidratação dos nossos fios, mantendo-os mais brilhosos e saudáveis.

Gengibre faz o cabelo crescer

Você provavelmente deve estar pensando que se o gengibre no cabelo aumenta a circulação sanguínea, ele irá fazer o cabelo crescer mais rapidamente, certo? É preciso entender que não existe uma fórmula mágica para o crescimento capilar.

Existem sim algumas práticas que podem estimular um crescimento em ritmo mais rápido do que o normal, mas desconfie de qualquer coisa que prometa fazer seus fios crescerem 10 cm em 5 minutos ou coisa do tipo.

Leia também:  Como Denunciar Senhorio Que Nao Faz Contrato?

O que o gengibre no cabelo irá fazer é fortalecer a fibra capilar, fazendo com que ela cresça mais saudável e menos propensa a quedas e quebras. Então, a maior vantagem do gengibre será estimular um crescimento mais poderoso a longo prazo, com fios mais fortes.

Gengibre Para Que Serve E Como Usar?

Receita para um tônico capilar com gengibre

Se você é daquelas que adora um projeto de crescimento capilar, o tônico com certeza é seu grande amigo. Existem diversos tônicos capilares disponíveis no mercado que tem como foco fornecer os nutrientes necessários para um ritmo mais aprazível de crescimento capilar.

No entanto, você não tem que necessariamente comprar os produtos mais caros para conseguir um tônico capilar eficiente. Existem receitas de tônicos com gengibre no cabelo que podem ser tão eficientes quanto aqueles produtos que aparecem em revistas.

A receita que será passada abaixo é suficiente para encher um borrifador e, após feita, deve ser armazenada na geladeira, tendo validade de uma semana.

Para preparar o seu tônico, leve dois copos médias de água para ferver em uma panela. Adicione duas colheres de gengibre fresco picado e uma colher de glicerina, deixando essa mistura ferver durante um minuto.

Então, deixe esfriar e coe para retirar os pedaços de gengibre. Coloque essa mistura em um borrifador e voilá, seu tônico de gengibre está prontinho para ser usado.

Eu fazendo meu tônico capilar me sentindo no masterchef

O gengibre no cabelo acaba com a caspa

As propriedades anti-inflamatórias do gengibre já foram mencionadas aqui. Isso significa que ele é uma maneira natural e eficiente de controlar problemas como a caspa.

Esse problema ocorre devido à descamação da pele da região do couro cabeludo, que ocorre devido a uma renovação de forma acelerada da pele dessa região, fazendo com que a quantidade de pele morta eliminada seja maior do que o normal.

Ao promover um aumento do fluxo sanguíneo no couro cabeludo, o gengibre no cabelo é eficiente para combater a caspa, sendo seu uso recomendado também para esse fim.

Gengibre Para Que Serve E Como Usar?@vix

Como fazer detox capilar com gengibre

Você já fez um detox capilar? Essa técnica é muito importante para eliminar resíduos de cosméticos em nossos fios, que podem levar a um efeito build up, ou seja, de acumulação de resíduos.

O detox capilar promove uma limpeza profunda do couro cabeludo e dos fios de cabelo, removendo esses resíduos e trazendo saúde para nossa fibra capilar.

Gengibre Para Que Serve E Como Usar?@vix

O gengibre no cabelo pode ser incorporado nas receitas de detox capilar.

Para fazer uma receita eficiente, siga os passos a seguir:

Adicione 250 ml de água, 1 rodela de gengibre e 2 galhos de alecrim em uma panela e leve ao fogo até levantar fervura. Então, acrescente o suco de 1 limão e deixe esfriar. Adicione essa mistura em um borrifador e aplique no couro cabeludo, deixando agir durante 30 minutos.

O gengibre no cabelo apresenta muitos benefícios para um couro cabeludo saudável. Existem outras receitas de detox capilar que podem ser muito eficientes caso você sinta que seu cabelo necessita de uma renovação. Que tal conferir essas receitas?

Gengibre: para que serve

Gengibre Para Que Serve E Como Usar?

O gengibre é uma raiz que não apresenta parte lenhosa. Por ter um sabor forte, o gengibre é usado tanto em pratos salgados quanto doces, assim como em bebidas, podendo também ser encontrado fresco, seco, cristalizado, em conserva e em pó. Além disso, o gengibre é muito usado na hora das dietas, devido às suas propriedades termogênicas que auxiliam na aceleração do metabolismo, resultando na perda de gordura.

Um estudo recente apontou que o gengibre se mostrou eficaz trazendo efeitos positivos contra o excesso de peso. Sendo assim, ele é um aliado para qualquer dieta, já que também contribui para melhorar o desempenho durante os treinos, pois melhora a circulação do sangue no corpo e estimula o sistema digestivo.

Gengibre Para Que Serve E Como Usar?

O gengibre é conhecido por trazer grandes benefícios à dieta. Por ser um termogênico natural, ele faz com que o corpo demore mais na hora de fazer a digestão e, dessa forma, o corpo gasta mais energia e queima gordura. Acompanhado de suplementos, de uma dieta balanceada e de uma rotina de treinos, emagrecer se torna um processo mais simples.

Depois do treino, principalmente, o tecido muscular fica inflamado, uma vez que o próprio tecido adiposo gera a inflamação.

Se um praticante de atividade física permanecer com os músculos inflamados, dificilmente conseguirá desempenhar um papel adequado no próximo treino.

Sendo assim, o gengibre contribui para acelerar o processo de “cura” do corpo com o efeito anti-inflamatório, que é essencial para aqueles que desejam emagrecer.

Gengibre Para Que Serve E Como Usar?

O gengibre em pó é a raiz do gengibre seca e processada, usado por muitos atletas e de diversas formas. Sua composição inclui zingerona, zingibereno, felandreno, canfeno, cineol, borneol, citra e carboidratos, que quando consumidos durante a gestação podem até mesmo amenizar ou controlar enjoos.

Pode ser consumido com sucos e vitaminas (uma opção refrescante para os dias mais quentes), como chá (permitindo um momento para relaxar) e como tempero em diversas receitas (em saladas fica ótimo). Seu sabor forte contribui para dar um gosto especial e, dessa forma, você pode perder barriga enquanto se alimenta com coisas deliciosas!

Gengibre Para Que Serve E Como Usar?

Só aqui na Growth Supplements você encontra gengibre em pó pelo melhor preço e qualidade! Agora, além de acrescentar gengibre à sua dieta, insira também o Whey Protein, que traz diversos benefícios para a sua saúde. É indicado não ficar muito tempo em jejum, tentando comer alguma coisa mais saudável (como uma fruta) pelo menos de três em três horas, ou fazendo seis refeições leves ao dia.

Além disso, mesmo não apresentando muitos efeitos colaterais, procure consumir até 3 g por dia e sempre procure um nutricionista antes de iniciar qualquer tipo de dieta. Para o conforto de nossos clientes, em nosso site você encontra profissionais disponíveis gratuitamente 24 horas por dia para tirar todas as suas dúvidas! Assim, você consegue um acompanhamento ideal sem sair de casa.

Gengibre para Pele e Cabelos

Gengibre Para Que Serve E Como Usar?

Você certamente já ouviu muito sobre o poder do gengibre para a saúde (ajuda a desintoxicar o organismo, tem propriedades anti-inflamatórias, antioxidantes e anticoagulante), mas você sabia que o gengibre também é ótimo para tratar a pele e os cabelos?

Gengibre é rico em óleos essenciais, vitaminas e minerais, antioxidantes e aminoácidos, e, além disso, é um remédio ideal para cuidar da pele e dos cabelos, principalmente para estimular seu crescimento.

Gengibre Para Que Serve E Como Usar?

Tratamento com Gengibre para Tratar a Pele

O gengibre contém cerca de 40 compostos antioxidantes, que ajudam a proteger a pele contra o envelhecimento. Além disso, ajuda a melhorar a aparência da pele ao remover toxinas e a estimular a circulação sanguínea. Também melhora a elasticidade da pele, tornando-a mais firme e jovem.

Ele ajuda na prevenção das manchas e na acne. Como é um poderoso antisséptico e agente de limpeza, o gengibre ajuda também a manter a pele limpa, suave e livre de manchas.

Máscara de Argila com Gengibre

Essa máscara ajuda desintoxicar a pele, melhorar a oleosidade excessiva e deixa a pele mais viçosa e renovada.

Ingredientes

  • 1 colher de sopa de argila (branca, vermelha, rosa ou verde)
  • 1 colher de sopa de chá de gengibre

Faça um chá de gengibre bem forte (bem pouca quantidade, mais ou menos uns 20 ml). Acrescente o chá no pó de argila e misture bem. Passe na pele limpa com um pincel a deixe agir por 15 minutos. Enxágue bem.

Esfoliante Rejuvenescedor (Rosto e Corpo)

Ingredientes

  • 1 colher de sopa de farelo de aveia
  • 1 colher de café de óleo vegetal (amêndoas, abacate, coco, oliva)
  • 3 colheres de chá de gengibre
  • 2 gotas de óleo essencial de limão

Misture todos os ingredientes em uma tigela. Coloque a mistura no rosto e faça movimentos circulares e suaves. Enxágue bem. O esfoliante ajuda a eliminar as células mortas e deixa a pele limpa e macia.

Máscara Hidratante para Pele

Ingredientes

  • 1 colher de sopa de mel
  • 2 colheres de café de óleo de rosa mosqueta
  • 4 gotas de óleo essencial de gengibre
Leia também:  Como Saber Qual O Meu Numero?

Misture todos os ingredientes e, com a pele limpa, passe em todo o rosto com um pincel. Deixe agir por 10 minutos e enxágue bem. O mel precisa estar em estado líquido.

Gengibre Para Que Serve E Como Usar?

Tratamento com Gengibre para Tratar os Cabelos

O gengibre é utilizado também para os cabelos. Ele estimula os folículos capilares, fornecendo proteção e hidratação dos cabelos, acelerando o crescimento e evitando a queda de cabelo. É composto de vitaminas, zinco, fósforo e é excelente para melhorar cabelos secos, quebradiços e também ajuda com o problema de caspa.

Os ácidos graxos do gengibre, mais especificamente, são excelentes para cabelos finos, favorecendo sua restauração, hidrataçãoe cuidado.

Máscara Desintoxicante para o Couro Cabeludo

Gengibre Para Que Serve E Como Usar?

Ingredientes

  • 3 colheres de sopa de argila verde
  • 4 colheres de sopa de suco de gengibre
  • 3 gotas de óleo essencial de limão

Misture bem os ingredientes e passe com um pincel, somente no couro cabeludo e com os cabelos secos. Deixe agir por 20 minutos e lave os cabelos normalmente com shampoo e condicionador.

Loção para Acelerar o Crescimento

Ingredientes

  • 3 colheres de sopa de suco de gengibre
  • 3 colheres de sopa de óleo de jojoba

Misture bem os ingredientes e passe no couro cabeludo; massageie bem com movimentos circulares. Deixe agir por uma hora, e em seguida lave os cabelos normalmente com shampoo e condicionador. Nesse caso, você também pode usar o óleo essencial no lugar do chá ou do suco de gengibre. Coloque 4 gotas.

Máscara Hidratante para os Cabelos

Ingredientes

  • 2 colheres de sopa de uma máscara capilar que possa ir ao couro cabeludo
  • 4 gotas de óleo essencial de gengibre

Misture bem os ingredientes. Lave os cabelos com shampoo, retire o excesso de água e passe a máscara em todo cabelo. Deixe agir conforme o tempo do fabricante da sua máscara. Enxágue bem.

O óleo de gengibre também pode ser usado junto com o seu leave-in. Ele ajuda a tratar pontas ressecadas e cabelos danificados. Separe a quantidade de uso e pingue uma gotinha de óleo essencial de gengibre, misture bem e passe nos cabelos.

Gostou das receitinhas? Que tal experimentar usar o gengibre em favor da sua beleza?

Veja como o gengibre pode ser ótimo para a sua pele

O gengibre é uma planta de sabor intenso e picante, muito utilizado como especiaria na gastronomia do mundo inteiro. Mas também é um forte aliado da nossa saúde devido às suas propriedades medicinais. O gengibre é anti-inflamatórias, antioxidantes e anticoagulante e tem em sua composição óleos essenciais, vitaminas (C, B1, B2) e minerais, como ferro, magnésio e cálcio.

Gengibre Para Que Serve E Como Usar?

O gengibre é muito utilizado para ajudar na queima da gordura corporal, no combate à azia e gases, para proteger o estômago de úlceras, além de auxiliar no combate de náuseas e vômitos. Mas você sabia que essa planta também é o ingrediente base de muitos tratamentos para a pele? O suco ou até mesmo a infusão do gengibre permite tratar vários problemas de pele.

Conheça os benefícios do gengibre para a sua rotina de beleza

Anti-envelhecimento

O gengibre contém cerca de 40 compostos antioxidantes, que auxiliam a proteger a pele contra o envelhecimento. Além disso, ajuda a melhorar a aparência da pele ao remover toxinas e a estimular a circulação sanguínea. Também melhora a elasticidade da pele, tornando-a mais firme e jovem.

Queimaduras

Uma boa maneira de aliviar o ardor e curar a pele queimada é usando suco fresco de gengibre ou aplicar diretamente gengibre fresco cortado sobre a pele duas a três vezes por dia para eliminar as cicatrizes. Convém usar uma fatia nova de gengibre fresco sempre que fizer a aplicação tópica.

Antisséptico

O gengibre ajuda a limpar as manchas de borbulhas e o acne. Como é um poderoso antisséptico e agente de limpeza, o gengibre ajuda a manter a pele limpa, suave e livre de manchas.

Além disso, também revigora e estimula a pele.

É também um dos melhores tratamentos naturais contra o acne, pois ajuda a minimizar a formação de erupções cutâneas e do acne, eliminando e limpando as bactérias que causam o acne.

Uniformizador

Uma boa maneira de uniformizar o tom de pele naturalmente é com o gengibre.

Um tipo de manchas mais difíceis de eliminar são as tipo hipopigmentadas que ocorrem quando a pele perde pigmentação causando manchas brancas ou mais claras que o tem de pele.

Se aplicar, diariamente, fatias de gengibre fresco sobre essas áreas e deixar atuar durante uns minutos, verá uma melhoria significativa após uma a duas semanas.

40 dicas de beleza: aprenda truques simples para rosto, corpo, cabelos e maquiagem

Hidratante

Com propriedades afrodisíacas, tonificantes e antioxidantes, o gengibre contribui para uma pele jovem e radiante. Sua composição altamente hidratante ajudará a prevenir o envelhecimento da cútis e as marcas de expressão, além de acalmar a pele do rosto.

Gengibre Para Que Serve E Como Usar?Via Pinterest

Veja como a cânfora pode ser uma forte aliada para a sua pele

Aprenda receitas caseiras com o gengibre para garantir uma pele de seda

Gengibre como esfoliante

Ingredientes:

  • Uma colher de sopa de farelo de aveia
  • Uma colher de chá de óleo vegetal
  • Três colheres de chá de gengibre
  • Duas gotas de óleo essencial de limão

Modo de preparo:

Misture os ingredientes em uma tigela e passe no rosto com movimentos suaves. Deixe agir na pele por alguns minutos e depois lave bem com um sabonete neutro.

Descubra os benefícios do consumo de soja para a sua pele

Gengibre como hidratante

Ingredientes:

  • Dois pedaços de gengibre ralados
  • Duas colheres de sopa de mel
  • Uma colher de chá de suco de limão

Modo de preparo:

Misture tudo e deixe na geladeira durante 30 minutos. Depois, aplique a mistura no rosto e deixe agir por mais 30 minutos. Depois, lave bem o rosto e evite se expor ao sol nas 24 horas seguintes.

Hidratação com maisena: Confira os benefícios e dicas de como fazer!

Gengibre para acnes

Ingredientes:

  • Dois pedaços de gengibre ralado
  • Uma colher de chá de suco de limão
  • Duas colheres de sopa de argila branca ou argila verde

Modo de preparo:

Misture bem todos os ingredientes e aplique na pele, deixando agir até secar completamente. Depois, lave bem o rosto com água morna e para finalizar aplique um tônico facial.

Limpeza de pele: tudo que você precisa saber sobre esse tratamento estético

Gengibre Para Que Serve E Como Usar?Via Pinterest

Receitas naturais para manter o bronze o ano todo

Contraindicações para o uso do gengibre

O gengibre afina e reduz o açúcar no sangue e pode alterar os índices de glicemia e pressão arterial. Além disso, alimentos termogênicos podem causar hipoglicemia, insônia e taquicardia. Logo, o uso constante do gengibre deve ser evitado, e feito apenas por indicação médica, para os seguintes grupos:

  • Diabéticos
  • Hipertensos
  • Pessoas com problemas de coagulação sanguínea
  • Grávidas
  • Pessoas com hipertireoidismo
  • Quem sofre de doença cardíaca
  • Veja também:
  • 5 truques para você garantir um bronzeado sempre perfeito
  • Veja 10 benefícios do óleo de coco para a saúde e a beleza
  • Óleo de rícino: conheça os benefícios estéticos e medicinais para o seu corpo

O que o gengibre pode fazer pelo nosso cérebro | Com a Palavra

A ciência do envelhecimento tem avançado rapidamente e feito importantes descobertas sobretudo na área das doenças neurodegenerativas.

Hoje já entendemos melhor os mecanismos por trás de problemas como Parkinson e Alzheimer, o que facilita a busca por compostos farmacológicos úteis à prevenção e ao tratamento.

Nesse contexto, o gengibre, uma raiz utilizada há séculos pela medicina tradicional oriental, vem atraindo a atenção de pesquisadores e especialistas por apresentar potencial terapêutico frente a doenças neurológicas associadas ao avançar da idade.

Em uma revisão de estudos publicada em 2018 no periódico Pharmacology and Therapeutics, os cientistas destacam propriedades do gengibre capazes de combater males como o Parkinson e Alzheimer, bem como a perspectiva de o alimento melhorar a memória e reduzir a severidade dos danos causados por um acidente vascular cerebral (AVC).

De onde vem o efeito?

Antes de visualizar de que modo o gengibre pode repercutir no cérebro, precisamos entender os fenômenos que dão origem às doenças neurodegenerativas.

O Alzheimer é caracterizado pela formação de placas beta-amiloide, que destroem progressivamente os neurônios, e pela redução do neurotransmissor acetilcolina.

O nome é complicado, mas basta dizer que neurotransmissores são substâncias responsáveis pelo transporte de informação em nosso cérebro. A acetilcolina está particularmente relacionada ao aprendizado e à memória.

Pois experimentos de laboratório, em células e animais, demonstram que o extrato de gengibre diminui o acúmulo das tais placas beta-amiloide e minimizam a atividade de uma enzima que degrada a acetilcolina. O resultado: melhora nas funções cognitivas e redução da perda de células nervosas.

Na doença de Parkinson, por sua vez, há uma degradação dos neurônios que liberam outro neurotransmissor, a dopamina.

Leia também:  Como Uma Mulher Sabe Que Vai Gozar?

Ela está diretamente envolvida com as funções motoras: sua insuficiência pode levar, portanto, a tremores, dificuldades ao caminhar etc.

Estudos em modelo animal apontam que o gengibre também atua na redução da destruição desses neurônios, preservando e otimizando a capacidade motora das cobaias com Parkinson.

No caso do AVC isquêmico, o problema ocorre com a obstrução de uma artéria no cérebro que interrompe o fornecimento de sangue para um grupo de neurônios.

Isso desencadeia danos oxidativos nesse órgão e a morte de células. Nos experimentos, o tratamento com extrato de gengibre combate o estresse oxidativo e diminui os danos aos neurônios.

Na prática, isso atenua déficits físicos e comportamentais originários do AVC.

Continua após a publicidade

À parte os efeitos positivos diante de doenças neurológicas, existem indícios de que o gengibre pode melhorar a memória de pessoas saudáveis. Em pesquisa feita com mulheres, o consumo do extrato da raiz trouxe ganhos cognitivos: as voluntárias que consumiram gengibre apresentaram desempenho superior em testes de memória espacial e numérica, tempo de reação e reconhecimento de palavras.

Pensando em obter esses benefícios, o conselho por ora é usar a raiz como tempero ou na forma de chá — lembrando que o gengibre não substitui nenhum tratamento prescrito pelo médico. Nos dias mais frios, a infusão feita com a raiz dá aquela sensação de aconchego e ainda turbina a memória. Na temporada de calor, um smoothie com lascas de gengibre é refrescante e revigorante.

Uma recomendação importante é conversar com o profissional de saúde antes de usá-lo no dia a dia. Alguns compostos encontrados na raiz podem potencializar a ação de medicamentos que atuam na coagulação sanguínea, por exemplo. É com orientação e sem exageros que tiramos o melhor proveito desse alimento reverenciado há tanto tempo.

*Tailise Souza é PhD em biologia molecular pela Universidade de Warwick, no Reino Unido, e pesquisadora na área de envelhecimento

Continua após a publicidade

  • Alzheimer
  • Cérebro
  • Distúrbios neurológicos

Gengibre: benefícios para a imunidade e receitas

1 de 5
O gengibre auxilia no controle de peso, glicose, insulina e colesterol total — Foto: Istock

O gengibre auxilia no controle de peso, glicose, insulina e colesterol total — Foto: Istock

– O gengibre, por ser um alimento termogênico, torna a queima calórica mais eficiente e, consequentemente, pode auxiliar no processo de emagrecimento e controle de peso.

Outro fator que colabora para o emagrecimento é a ação hipoglicemiante da raiz, que ajuda no controle glicêmico e na redução dos níveis de insulina (hormônio que, quando elevado, dificulta a utilização de gordura como forma de energia) – explica Maria Fernanda.

Apesar disso, a nutricionista Natalia Barros ressalta que, isoladamente, nenhum alimento tem o poder de emagrecer ou engordar. De acordo com a especialista, a melhor forma de aproveitar os benefícios do gengibre é aliar o alimento a um estilo de vida saudável, que inclua a atividade física.

– O processo de emagrecimento e construção de um estilo de vida saudável perpassa por âmbitos complexos envolvendo o comportamento alimentar, que incluem não somente o que comer, mas também o porquê e como comer. O uso do gengibre, em conjunto com mudanças positivas de comportamento alimentar que envolvam um padrão dietético saudável, pode favorecer a saúde no longo prazo – declara Barros.

Nutrientes, propriedades e benefícios

2 de 5
O gengibre tem nutrientes que atuam no fortalecimento do sistema imunológico — Foto: Arte Eu Atleta

O gengibre tem nutrientes que atuam no fortalecimento do sistema imunológico — Foto: Arte Eu Atleta

  • Gingerol: principal composto ativo do gengibre, possui atividades anticancerígenas por seu efeito em vias biológicas;
  • Vitamina C: antioxidante, melhora o sistema imunológico e o humor;
  • Vitamina B6 (piridoxina): estimula o metabolismo e a produção de energia, protege os neurônios e produz neurotransmissores;
  • Fósforo: ajuda na digestão e na proteção muscular;
  • Ferro: sua deficiência pode prejudicar a imunidade e provocar anemia;
  • Fósforo: auxilia na proteção muscular e do sistema nervoso;
  • Capsaicina: acelera o metabolismo e contribui para a geração de energia para as células, melhorando o desempenho físico e esportivo.

Conhecido pelas propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias, o gengibre está associado ao fortalecimento do sistema imunológico, que tem um papel importante no combate a gripes, resfriados e até a Covid-19.

  1. Atua no combate a viroses;
  2. Auxilia no controle do peso;
  3. Ajuda na regulação de glicose, insulina e colesterol total.

– O gengibre tem ação antioxidante e anti-inflamatória e, associado a uma alimentação equilibrada, ajuda a reduzir o risco de doenças como as do coração, cérebro, intestino, articulações e do sistema imunológico, prevenindo contra gripes, resfriados e até o coronavírus – afirma a endocrinologista Maria Fernanda Barca, membro da Sociedade Europeia de Endocrinologia (SEE).

A nutricionista Natalia Barros complementa:

– Também apresenta compostos bioativos que atuam como antioxidantes e fortalecem a imunidade, auxiliando na neutralização das espécies reativas de oxigênio (EROs) que podem causar dano às células.

As EROs são produzidas naturalmente pelo organismo, mas podem ser exacerbadas em decorrência do estilo de vida, como estresse, tabagismo e excesso de álcool.

Sendo assim, o consumo de alimentos antioxidantes como o gengibre pode ajudar a proteger e equilibrar o organismo.

De acordo com a nutricionista, essa proteção ocorre porque a raiz tem efeitos anti-inflamatórios e antioxidantes.

– Por se tratar de um alimento anti-inflamatório e antioxidante, o gengibre pode ajudar a proteger e equilibrar o organismo. Com isso, quando inserido em uma dieta baseada em alimentos in natura e menos processados, deve auxiliar na manutenção da saúde durante a quarentena – diz ela.

Natalia Barros explica que, embora os efeitos adversos da raiz sejam raros, é importante não exagerar no consumo. Sendo assim, a forma mais comum de ingerir o alimento é por meio de preparações culinárias e chás.

– Os efeitos colaterais do gengibre são raros, mas o consumo excessivo pode propiciar azia, gastrite, sensação de ardor na boca e interferir no efeito de diversos medicamentos. O gengibre utilizado em preparações culinárias e chás, em que se usa uma pequena quantidade da própria raiz, pode ser consumido tranquilamente por indivíduos saudáveis – finaliza Natalia.

O gengibre pode ser consumido de diversas maneiras, como em preparações culinárias ou chás. Com base nas orientações da nutricionista Natalia Barros, o EU Atleta preparou três receitas para te ajudar a aumentar a imunidade e também não cair na cilada dos quilinhos extras em tempos de quarentena. Confira abaixo!

3 de 5
O chá de gengibre é uma das formas mais comuns de consumo da raiz; aprenda a fazer — Foto: Getty Images

O chá de gengibre é uma das formas mais comuns de consumo da raiz; aprenda a fazer — Foto: Getty Images

  • Pedaço de gengibre (colher de café)
  • Água
  • Limão (opcional)
  1. Lave o gengibre, descasque e rale um pedaço equivalente a uma colher (café).
  2. Leve ao fogo com 1 ½ xícara de água e deixe ferver, em fogo baixo, por 10 minutos.
  3. Coe e sirva em seguida.
  4. Se quiser, acrescente gotas de limão para suavizar a adstringência do gengibre. Deixe na geladeira de um dia para o outro. Beba gelado ou quente. Adoce a gosto, se preferir.

4 de 5
Rico em nutrientes, o suco verde ajuda a fortalecer a imunidade — Foto: Getty Images

Rico em nutrientes, o suco verde ajuda a fortalecer a imunidade — Foto: Getty Images

  • 2 folhas de couve manteiga
  • 1 copo americano de água de coco
  • 1 lasca de gengibre
  • 2 folhas de hortelã
  • 1 fatia de abacaxi
  1. Bata todos os ingredientes no liquidificador. Beba gelado.

Frango marinado ao gengibre

5 de 5
Aprenda a fazer um delicioso frango marinado com gengibre — Foto: Thinkstock/Getty Images

Aprenda a fazer um delicioso frango marinado com gengibre — Foto: Thinkstock/Getty Images

  • 2 filés de frango
  • 1 dente de alho
  • 2 colheres de sopa de cebola
  • 1 suco de 1 laranja
  • 1 colher de sopa de mel
  • 1 colher de café de gengibre ralado
  • Azeite, sal e pimenta a gosto
  1. Deixe o frango marinando de um dia para o outro com todos os temperos (mel, laranja, gengibre, alho, cebola, sal e pimenta a gosto). Refogue o frango marinado com um fio de azeite.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*