Escreve Um Texto Sobre Como Se Forma O Ovo Que Da Origem A Um Novo Ser?

Mesmo não sendo uma data comemorativa tão popular para o comércio quanto a Black Friday ou o Natal, a Páscoa costuma aquecer as vendas, principalmente a de chocolates. Mas será que somente empresas do segmento alimentício podem aproveitá-la?

Acreditamos que não, pois os ovos de chocolate podem ser a forma mais óbvia de presentear nessa data, mas é possível ir um pouco mais a fundo e explorar o sentimento de gratidão que é celebrado no feriado. E isso vai além de segmentos de negócio, já que qualquer empresa pode fazer.

Neste post, vamos trazer algumas ideias para você colocar a sua campanha de marketing de Páscoa para rodar de forma rápida e prática. Além disso, você vai conferir alguns exemplos bem sucedidos de Landing Pages e Email Marketing para se inspirar.

Comece a campanha de Páscoa pelo planejamento

Estar próximo dos clientes é algo desejado por toda empresa, certo? Tenha em mente essa ideia de aproximação, que tem tudo a ver com a Páscoa, na hora de planejar seus conteúdos. O planejamento deve ser feito com alguma antecedência, cerca de um mês antes.

Mas tenha cuidado, pois a data tem significado religioso e você não quer desrespeitar a crença dos seus contatos. Por isso, o mais seguro é explorar mesmo os sentimentos de gratidão e aproximação, que são universais.

Explore os 3 dias do feriado

Apesar de ser comemorada no domingo, a Páscoa é antecedida pelo feriado da Paixão de Cristo, também conhecido como Sexta-feira Santa. Boa parte das pessoas terá pelo menos 3 dias para descansar. Assim, sua campanha pode focar nisso, oferecendo dicas e promoções que ajudem seus clientes a relaxar no fim de semana prolongado.

Uma passagem com desconto para um destino atrativo, uma massagem relaxante, aquela diária na pousada, livros para ler no feriado… Para vários segmentos é possível relacionar essa ideia de tranquilidade que o feriado traz para fazer uma oferta.

Use elementos típicos da Páscoa na campanha

Relacionar sua oferta de alguma forma com o feriado de Páscoa, indo para temas correlatos, é uma ótima ideia. Para quem exagerou no chocolate, por exemplo, que tal um dia no SPA para fazer um detox ou uma matrícula na academia?

Já para quem não come carne nos dias que antecedem a Páscoa, está aí uma oportunidade para restaurantes de frutos do mar, peixarias, dentre outros fazerem uma oferta especial.

E, mesmo que você não consiga fazer essa correlação, há quem não goste de presentear com ovos de chocolate, preferindo flores, vinhos, um livro e outros presentes. Nesses casos, capriche na arte, incluindo temas que remetam à Páscoa.

Ovos, coelhinhos, pegadas e cenouras são elementos bem comuns no imaginário quando o tema é Páscoa. Por isso, utilizá-los em seus emails, redes sociais, Landing Pages e outros materiais de divulgação ajuda a entrar no clima imediatamente.

Quem fez isso muito bem, em um período pré-pandemia, foi a Lohn Bier. A marca de cervejas, que fica no interior de Santa Catarina e mantém um pub anexo à fábrica, enviou um email convidando os contatos a fazerem uma visita durante o feriado para conhecerem o cardápio especial de Páscoa. O botão de Call-to-Action trazia a possibilidade de fazer uma reserva.

Escreve Um Texto Sobre Como Se Forma O Ovo Que Da Origem A Um Novo Ser?

Ofereça um brinde que remeta à Páscoa

Que tal oferecer um brinde para quem fizer compras acima de certa quantia no seu ecommerce, no estilo “nas compras acima de R$ 300, ganhe um ovo de chocolate”, por exemplo? Esse tipo de ação é uma forma de entrar no clima da Páscoa, chamando atenção para a sua campanha.

Se não for possível um chocolate, envie algum souvenir que seja interessante para o cliente e tenha relação com a Páscoa mas que, ao mesmo tempo, faça-o lembrar da sua empresa, como um coelhinho ou algum outro brinde personalizado.

Faça um concurso ou sorteio

Interagir é uma boa maneira de lembrar o seu público-alvo de que você também está em clima de Páscoa. Também é uma forma de conseguir mais seguidores, aumentar a consciência de marca e presentear seus seguidores, o que tem tudo a ver com o espírito de gratidão dessa data!

Um bom exemplo desse tipo de ação é o da ferramenta de análise de concorrência SEMrush.

Bem distante do mercado chocolateiro, a empresa conseguiu aproveitar a data comemorativa criando um jogo chamado Caça ao Ovo.

Voltada para os clientes, era necessário logar na ferramenta e procurar os ovos. Quem achasse 15 deles teria acesso a uma lista com as 10 mil palavras-chave mais pesquisadas em 10 países.

Escreve Um Texto Sobre Como Se Forma O Ovo Que Da Origem A Um Novo Ser?

7 exemplos criativos de campanha de Páscoa para você se inspirar

Agora que você já viu alguns conceitos básicos de planejamento, vamos aos exemplos de campanhas de Páscoa! Separamos ideias legais para serem aproveitadas para quem não está no mercado de chocolates – mas, se esse for o seu caso, tem uma para vender ovos também.

1. Livraria e Editora Sêfer

Especializada em livros e artigos judaicos, a Livraria e Editora Sêfer, de São Paulo, desenvolveu com a agência ADR Web uma campanha de Páscoa — ou Pêssach, como se chama a data no calendário judaico — que deu muito certo em mais de um ano.

A ideia foi criar uma sequência de artigos no blog falando sobre o evento, sua origem histórica e importância de suas tradições. Um dos artigos fala dos itens que não podem faltar no sêder (jantar) de Pêssach.

Além de descrever e mostrar a simbologia de cada item, o post direcionava o leitor para um material rico — Checklist de Pêssach — no qual ele poderia conferir tudo o que precisava para realizar o jantar dentro dos costumes tradicionais.

A Landing Page atualmente tem uma taxa de conversão de 95% e já gerou mais de 1300 downloads.

Escreve Um Texto Sobre Como Se Forma O Ovo Que Da Origem A Um Novo Ser?

2. Enjoei

  • Oferecer um desconto é algo que toda empresa, independentemente do segmento, pode fazer, certo?
  • Adicionando alguns elementos temáticos de Páscoa, com um pouco de criatividade e muito conhecimento do seu público-alvo, fica fácil relacionar o seu produto à data sem parecer que está forçando a barra.
  • O Enjoei, por exemplo, selecionou ofertas e as enviou em um email colorido e com GIFs.

Escreve Um Texto Sobre Como Se Forma O Ovo Que Da Origem A Um Novo Ser?

3. Tok & Stok

A Tok & Stok fez uma campanha de Email Marketing com um visual bem atrativo para promover sua linha especial de utensílios de cozinha especiais para a Páscoa, que podem ser utilizados no almoço de domingo, por exemplo.

Você não precisa desenvolver produtos ou serviços especiais de Páscoa, como a Tok & Stok fez. No entanto, pode adaptar o que você já oferece em uma campanha para a data.

Escreve Um Texto Sobre Como Se Forma O Ovo Que Da Origem A Um Novo Ser?

4. Laguna Tourist Hotel

O setor de turismo é um dos que podem se beneficiar de feriados como a Páscoa – respeitando as restrições da pandemia, é claro. O Laguna Tourist Hotel, por exemplo, cria pacotes de hospedagem especiais para a data todos os anos.

Neste exemplo, email convida as pessoas a viajarem e passarem o feriado ao lado de quem amam, explorando bem o sentimento de proximidade de entes queridos e de gratidão, bem comuns na Páscoa.

Escreve Um Texto Sobre Como Se Forma O Ovo Que Da Origem A Um Novo Ser?

5. 99

A 99 apostou em um assunto de email criativo — “Abra o ovo e descubra seu desconto” — para atrair a atenção e o clique dos usuários.

Depois de abrir a mensagem, o destinatário precisava clicar no botão de Call-to-Action para ir até o site da empresa e descobrir o desconto que ganhou.

Escreve Um Texto Sobre Como Se Forma O Ovo Que Da Origem A Um Novo Ser?

6. Elo7

Neste email, o Elo7 aproveitou para mandar uma mensagem lembrando os clientes do verdadeiro significado de Páscoa.

Só no final do email que o usuário vê um CTA que o convida a conhecer um saldão de chocolates – mas a oferta poderia ser outra que faz sentido para sua empresa, não necessariamente relacionada com doces.

Escreve Um Texto Sobre Como Se Forma O Ovo Que Da Origem A Um Novo Ser?

7. iFood

  1. Explorando a ideia de fartura, comum na Páscoa, o iFood criou um fim de semana de promoções em seus restaurantes parceiros e enviou o coelhinho do iFood para as caixas de entrada das pessoas cadastradas no site.

  2. Se você é do segmento alimentício, que tal fazer uma promoção desse tipo?
  3. Já que estamos falando sobre este setor, aproveite e confira o post Inbound Marketing para o mercado gastronômico: boas práticas para começar.

Escreve Um Texto Sobre Como Se Forma O Ovo Que Da Origem A Um Novo Ser?

Crie sua campanha de Páscoa completa no RD Station Marketing

A essa altura do post, você pode estar pensando que precisa de muito tempo e de várias ferramentas para colocar uma campanha de Páscoa no ar.

Na verdade, você pode contar com o RD Station Marketing para botar tudo para rodar rapidamente! A ferramenta de Automação tudo-em-um da RD é líder na América Latina, justamente por ajudar muitas pequenas e médias empresas a crescerem com inteligência e eficiência no Marketing.

O RD Station Marketing tem editores drag & drop tanto de Landing Pages quanto de emails, facilitando muito a criação de peças para as suas campanhas! Você também pode criar automações para enviar para os seus Leads, de forma personalizada de acordo com as segmentações. Ainda, pode programar seus posts de Páscoa em redes sociais com antecedência. Tudo isso com dados e análises em tempo real. Faça um teste gratuito abaixo!

Post originalmente publicado em março de 2017 e atualizado mais recentemente em março de 2021.

Reprodução e Desenvolvimento : Biologia

Graças à reprodução, a perpetuação da vida é possível, desde o seu surgimento. A forma de reprodução que se desenvolveu mais cedo foi a assexuada, processo este em que um único indivíduo é capaz de dar origem a outros, com o mesmo genótipo. A divisão binária, esporulação, brotamento e estaquia são alguns exemplos.

A reprodução sexuada tem como princípio a formação do embrião a partir da união de gametas masculino e feminino, dando origem a indivíduos semelhantes aos pais, mas não idênticos, como na reprodução assexuada. Por tal motivo, ela é muito importante no que se diz respeito à variabilidade genética.

Quanto aos ciclos de vida, temos três:

– Ciclo haplobionte diplonte: a partir da união de gametas, o zigoto é formado. Este, por sucessivas mitoses, dá origem a um indivíduo diploide. Através de meioses, há a formação de gametas, que permitirá com que o indivíduo continue o ciclo. Ex.: animais.

Leia também:  Como Esquecer Alguem Que Não Te Ama?

Escreve Um Texto Sobre Como Se Forma O Ovo Que Da Origem A Um Novo Ser?

– Ciclo haplobionte haplonte: os adultos são haploides e, por mitose, produzem gametas. A união de gametas forma um zigoto diploide, mas que se divide por meiose, dando origem a indivíduos haploides. Ex.: fungos e alguns protozoários e algas.

Não pare agora… Tem mais depois da publicidade 😉

Escreve Um Texto Sobre Como Se Forma O Ovo Que Da Origem A Um Novo Ser?

– Ciclo diplobionte: há alternância de gerações entre indivíduos haploides e diploides. Ex.: plantas, algumas algas e cnidários.

Escreve Um Texto Sobre Como Se Forma O Ovo Que Da Origem A Um Novo Ser?

No que se diz respeito ao desenvolvimento do embrião dos animais, eles podem ser:

– Ovulíparos: a fecundação ocorre em ambiente externo. Ex.: algumas espécies de peixes e anfíbios.

– Ovíparos: a fecundação é interna, havendo a formação de ovos. Ex.: algumas serpentes, ornitorrinco, etc.

– Ovovíparos: o embrião se desenvolve dentro do ovo, que fica retido no oviduto da fêmea. Ex.: tubarão, algumas cobras, etc.

– Vivíparos: o embrião se encontra alojado na placenta, e absorve nutrientes e oxigênio diretamente do sangue materno. Ex.: ser humano, cachorro, etc.

Quer saber mais sobre reprodução e desenvolvimento? Conheça os textos dessa seção!

  • Por Mariana Araguaia Graduada em Biologia
  • Equipe Brasil Escola
  • Biologia Brasil Escola

Saiba como acontece a Fecundação e o Desenvolvimento Embrionário

A fecundação é nome do momento em que o espermatozoide consegue penetrar no óvulo, dando origem a um ovo ou zigoto, que irá se desenvolver e formar o embrião, que após se desenvolver irá formar o feto, que após o nascimento é considerado um bebê. 

A fecundação ocorre nas trompas de Falópio e o ovo ou zigoto começa a dividir enquanto se movimenta até chegar ao útero. Ao chegar no útero ele se implanta no endométrio uterino e aqui oficialmente ocorre a nidação, (local do ninho) cerca de 6-7 dias após a fecundação. 

Escreve Um Texto Sobre Como Se Forma O Ovo Que Da Origem A Um Novo Ser?

Como acontece a fecundação humana 

A fecundação humana acontece quando um espermatozoide entra no óvulo, na primeira porção da trompa de Falópio, fazendo com que a mulher fique grávida. Quando um espermatozoide consegue penetrar no óvulo, imediatamente a sua parede impede a entrada de outros espermatozoides.

Um único espermatozoide atravessa sua membrana, carregando consigo 23 cromossomos do homem. Imediatamente, esses cromossomos isolados combinam-se com os outros 23 cromossomos da mulher, passando a formar um complemento normal de 46 cromossomos, dispostos em 23 pares.

Isso dá início ao processo de multiplicação celular, cujo resultado final é o nascimento de um bebê saudável. 

Fecundação in vitro 

Escreve Um Texto Sobre Como Se Forma O Ovo Que Da Origem A Um Novo Ser?

A fecundação in vitro é quando o médico insere o espermatozoide dentro do óvulo, dentro de um laboratório específico. Após o médico observar que o zigoto está se desenvolvendo bem, este é implantado na parede interna do útero da mulher, onde poderá continuar se desenvolvendo até estar pronto para o nascimento. Esse processo também é chamado de FIV ou de inseminação artificial. Saiba mais detalhes sobre a inseminação artificial aqui. 

Sintomas da fecundação

Os sinais e sintomas da fecundação são muito sutis, e normalmente não são percebidos pela mulher, mas eles podem ser uma cólica leve, e um pequeno sangramento ou corrimento cor de rosa, que é chamado de nidação. Na maior parte dos casos, a mulher só percebe os sintomas de gravidez duas semanas após a nidação. Veja todos os sintomas de fecundação e como confirmar a gravidez.

Como acontece o desenvolvimento embrionário

O desenvolvimento embrionário se dá desde a nidação até a 8ª semana de gestação, e nessa fase acontece a formação da placenta, do cordão umbilical, e um esboço de todos os órgãos.

 A partir da 9ª semana de gestação o pequeno ser passa a ser chamado de embrião, e após as 12ª semana de gestação passa a ser chamado de feto e aqui a placenta já se desenvolveu o suficiente para que possa, daí por diante, suprir todos os nutrientes que forem necessários para o desenvolvimento do feto. 

Como se forma a Placenta

A placenta é formada por um componente materno de grandes e múltiplas camadas, chamadas de seios placentários, por onde flui continuamente o sangue materno; por um componente fetal que é representado, principalmente, por uma grande massa de vilosidades placentárias, que proeminam para o interior dos seios placentários e por cujo interior circula o sangue fetal.

Os nutrientes difundem desde o sangue materno através da membrana da vilosidade placentária para o sangue fetal, passando pelo meio da veia umbilical para o feto.

Os excretas fetais como o gás carbônico, a ureia e outras substâncias, difundem do sangue fetal para o sangue materno e são eliminados para o exterior pelas funções excretoras da mãe. A placenta secreta quantidades extremamente elevadas de estrogênio e de progesterona, cerca de 30 vezes mais estrogênio do que é secretado pelo corpo lúteo e cerca de 10 vezes mais progesterona.

Esses hormônios são muito importantes na promoção do desenvolvimento fetal. Durante as primeiras semanas de gravidez, um outro hormônio também secretado pela placenta, a gonadotrofina coriônica, que estimula o corpo lúteo, fazendo com que continue a secretar estrogênio e progesterona durante a primeira parte da gravidez.

Esses hormônios do corpo lúteo são essenciais para a continuação da gravidez durante as primeiras 8 a 12 semanas. Após esse período, a placenta secreta quantidades suficientes de estrogênio e progesterona para assegurar a manutenção da gravidez.

Quando o bebê pode nascer 

O bebê está pronto para nascer após as 38 semanas de gestação, sendo este o tempo mais comum de uma gravidez saudável. Mas o bebê pode nascer à partir das 37 semanas de gestação sem ser considerado pré-maturo, mas a gestação também pode durar até as 42 semanas, sendo uma situação normal.

Triturados vivos: o terrível destino de pintinhos machos na indústria – BBC News Brasil

  • Luiza Franco
  • Da BBC News Brasil em São Paulo

Escreve Um Texto Sobre Como Se Forma O Ovo Que Da Origem A Um Novo Ser?

Crédito, AFP

Quando um pintinho sai do ovo, tem coração, sistema nervoso, pulmões. Logo depois do nascimento já é capaz de comer sozinho e sair andando atrás da mãe.

No entanto, se ele for um pintinho macho da linhagem de avicultura de postura, ou seja, o tipo de ave usado na indústria para botar ovos e não para ser vendida por sua carne, provavelmente será jogado numa espécie de triturador assim que nascer e seu sexo for identificado.

A Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) diz que no Brasil esse é o destino de em torno de 6-7 milhões de pintinhos por mês, considerando que aproximadamente 50-52% dos ovos férteis incubados darão origem a pintos machos.

Na criação comercial de aves poedeiras, os machos, que não botam ovos, não servem. A indústria cria dois tipos de animais: de postura, que botam ovos, e a de frangos de corte, criados para serem mortos e comidos.

Os machos da linhagem de postura não botam ovos e ao mesmo tempo são considerados inadequados para corte porque demoram mais a ganhar peso e não ficam do tamanho de um frango do tipo usado para abate.

A morte e o descarte de pintos machos logo após o nascimento é prática comum na produção de alimentos em todo o mundo. No Brasil, não há um método estabelecido e obrigatório por normas do Ministério da Agricultura. No entanto, a maceração mecânica, espécie de trituração, é o mais adotado em todo o mundo.

Também se usa o método de asfixia por gás, mas esse é menos comum, dizem especialistas. Mesmo empresas que vendem ovos de galinhas criadas livres e têm perfil de maior preocupação com bem-estar animal compram animais de incubatórios onde o descarte dos machos é praxe.

O assunto é tabu na indústria porque ainda não há solução que possa ser adotada em grande escala. A Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), que representa a avicultura e a suinocultura do Brasil, respondeu perguntas enviadas por e-mail, mas negou pedido de entrevista.

A veterinária Vania Plaza Nunes, diretora do Fórum Nacional de Defesa e Proteção Animal, considera o assunto uma questão ética urgente. “Você está condenando um animal à morte porque nasceu do sexo errado”, diz a veterinária. Além disso, diz, deve-se levar em conta o bem-estar do animal.

A ABPA, por sua vez, diz que o método é adotado em vários países e considerado “humano” e que “defende o debate racional e a apresentação de alternativas que permitam a preservação do status sanitário e a viabilidade econômica, que evitem impactos financeiros significativos ao preço para o consumidor”.

“Vale lembrar que o ovo é uma proteína acessível, estratégica para a garantia de segurança alimentar para a população”, escreveu a associação.

Um posicionamento do Diretor do Departamento de Saúde Animal do Ministério da Agricultura, Geraldo Marcos de Moraes, escrito em agosto de 2019 e obtido pela BBC News Brasil via Lei de Acesso à Informação, sugere um desejo de redução dessa prática, mas descreve obstáculos.

“Para a adoção das boas práticas na avicultura, incluindo a redução do descarte de pintos de um dia, é necessário mudança de cultura e conscientização dos produtores (…

) A redução do descarte de pintos de um dia é um processo longo e gradual, que depende de vários fatores e envolve diversas instituições além do Ministério da Agricultura, como instituições de pesquisa, órgãos estaduais de fomento e extensão agrícola etc.”, escreveu o diretor.

Legenda da foto,

O frango que comemos é de uma linhagem diferente da dos pintinhos que são mortos ao nascer

Quando os filhotes saem dos ovos, uma pessoa treinada na técnica de sexagem, ou seja, a identificação do sexo da ave, separa machos e fêmeas. Os machos são descartados em seguida.

“Eles são jogados numa espécie de liquidificador”, diz a veterinária Vania Nunes. É o processo chamado na indústria de “maceração”.

Segundo o guia brasileiro de boas práticas para eutanásia em animais, do Conselho Federal de Medicina Veterinária, é o “método empregado com o uso de equipamento apropriado em que a velocidade das lâminas produz imediata destruição por laceração dos tecidos e induz rapidamente a morte de um grupo de pequenos animais”.

“A maceração pode ser considerada equivalente ao deslocamento cervical ou ao trauma sobre a cabeça. Suas vantagens são a morte instantânea e a possibilidade de ser aplicada a um grande número de animais”, diz o texto.

Leia também:  Como Se Diz Quando Um Ovo Não Gerou Pinto?

Depois, o que sobra — uma espécie de massa — é descartado, segundo o Ministério da Agricultura, e usado em compostagem ou depositado em aterros sanitários, dependendo da legislação ambiental de cada Estado.

Segundo a Embrapa, o material oriundo do descarte de pintos de um dia, cascas de ovos, ovos inférteis e não eclodidos pode servir, depois de tratado, de composto fertilizante para utilização em lavouras, áreas de hortifrúti ou para alimentação de peixes.

Legenda da foto,

Segundo a Embrapa, no Brasil em torno de 6-7 milhões de pintinhos por mês são descartados no Brasil

Uma resolução do Conselho Federal de Medicina Veterinária diz que os animais a serem mortos “são seres sencientes”, portanto, capazes de sentir ou ter sensações.

A veterinária Vania Nunes diz que os pintinhos sofrem de várias maneiras durante esse processo. “Ele vai sentir dor física porque o sistema nervoso central já está formado”, diz ela.

A veterinária acrescenta que o pintinho é capaz de perceber o que acontece no seu entorno e por isso sofre psicologicamente também. “Ele tem capacidade de percepção sensorial desenvolvida quando sai de dentro do ovo. Ele é capaz de entender o ambiente onde ele está”, diz ela.

Além disso, diz, ela, “aquele indivíduo já é um vencedor porque se ele nasceu direitinho, inteiro, do ponto de vista biológico, já é uma vitória. Você está condenando um animal à morte porque nasceu do sexo errado”.

Fabiana Ferreira, professora de zootecnia do campus de Montes Claros da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), diz que, se a máquina estiver bem ajustada e trabalhando na capacidade correta, o processo é rápido e não gera erros.

“O grande problema é quando a manutenção não está boa ou se sobrecarrega a máquina. Nesses casos, pode ser que algum animal passe sem ser macerado de forma imediata e demore alguns segundos para morrer”, diz a especialista. Segundo ela, a fiscalização dos estabelecimentos regularizados é eficaz.

No entanto, continua, “por mais éticos que tentamos ser, ainda é um processo que poderia ter alternativas, como a identificação do sexo enquanto ele ainda está no ovo em fase de desenvolvimento embrionário, a não realização da eliminação do animal (destinando esse à criação alternativa de aves). Toda vida que vem ao mundo tem que ter qualidade, mesmo que por um dia”, acrescenta.

Segundo a zootécnica, uma alternativa mais humanitária seria a morte do animal por deslocamento cervical, “que é um método de eutanásia ainda aceito quando ave tem pouco peso, como o caso dos pintinhos”, mas esse método é mais trabalhoso por causa do grande número de animais a serem submetidos a ele, um por um.

A Embrapa considera a prática “admissível”.

Citando norma do Conselho de Veterinária, diz que os métodos aplicados devem assumir “princípios básicos norteadores dos métodos de eutanásia: elevado grau de respeito e ausência ou redução máxima de desconforto e dor nos animais; busca da inconsciência imediata seguida de morte; ausência ou redução máxima do medo e da ansiedade; segurança e irreversibilidade”. Segundo a organização, a maceração se encaixa na categoria.

O Ministério da Agricultura diz que o método “é considerado pela Organização Mundial de Saúde Animal como adequado, do ponto de vista do bem estar animal (…

) e tem como uma de suas vantagens a morte imediata dos animais. (…

) Esse método também está previsto no Guia Brasileiro de Boas Práticas para a Eutanásia de Animais, do Conselho Federal de Medicina Veterinária”, diz a pasta, em resposta enviada por e-mail à BBC News Brasil.

No posicionamento obtido via Lei de Acesso à Informação pela BBC, o diretor do Departamento de Saúde Animal do Ministério da Agricultura, Geraldo Marcos de Moraes diz que a proibição do descarte desses animais geraria “outro problema grave, decorrente da falta de destinação a esses animais, incluindo, por exemplo, abandono, alimentação inadequada e consequente problemas sanitários”, escreve ele.

“Atribuir ao produtor o ônus de manter estes animais sem que haja mercado para os mesmos também geraria problemas, uma vez que o custo da produção aumentaria significativamente, tornando a atividade inviável e resultando no abandono da produção.”

Alguns países estão tentando mudar essa prática; no Brasil há menos sinais de esforços nesse sentido.

A França prometeu proibir a prática de abater filhotes machos indesejados até o final de 2021, como parte das reformas do bem-estar animal, mas as alternativas ainda estão em discussão. Na Alemanha, um tribunal decidiu que a prática pode continuar temporariamente até que uma alternativa seja encontrada. No ano passado, a Suíça proibiu a maceração.

Equipes de pesquisa na Alemanha e na Holanda desenvolveram uma tecnologia que permite identificar o sexo de um pintinho nas primeiras fases da incubação, que dura 21 dias. Assim, machos podem ser descartados antes da eclosão. Uma empresa alemã, a Selectegg, vende ovos usando essa tecnologia em redes de supermercados na França e na Alemanha; eles foram batizados de “respecteggs”.

Outra estratégia, esta adotada por pequenos produtores de ovos, é criar aves de “dupla finalidade”, ou seja, raças nas quais os galos são robustos o suficiente para que possam ser criados para corte, em vez de descartados. Segundo a Embrapa, “o foco são nichos de mercado, cujo produto assemelha-se a galetos/conformação de aves menores”.

O Diretor do Departamento de Saúde Animal do Ministério da Agricultura comenta sobre o tema em texto obtido pela BBC via Lei de Acesso à Informação em agosto de 2019.

Legenda da foto,

Equipes de pesquisa na Europa desenvolveram tecnologia que permite identificar o sexo de um pintinho nas primeiras fases da incubação, que dura 21 dias

“O desenvolvimento de aves de dupla aptidão permitirá que os animais tenham algum rendimento em qualquer uma das finalidades, reduzindo o descarte dos machos de aves de postura.

É preciso destacar, no entanto, que as aves de dupla aptidão sempre terão um rendimento inferior ao das aves geneticamente selecionadas para uma finalidade específica, aumentando o custo de sua produção e reduzindo os ganhos com o produto, sendo necessários programas de incentivo ao produtor para criação de aves de dupla aptidão. Adicionalmente, a seleção genética para o desenvolvimento de linhagem de dupla aptidão comercialmente viável é um processo de longo prazo.”

No Brasil, segundo escreveu a ABPA por e-mail, empresas de genética e de avicultura de ponta no Brasil “participam ativamente” em buscas por alternativas como a identificação do sexo dentro do ovo e estudos de utilização comercial dos machos.

“Porém as alternativas ainda não estão completamente aprovadas e/ou disseminadas. Em uma cadeia produtiva longa e de dimensões continentais — como é a brasileira — são processos que demandam tempo para viabilização da implantação”, diz a associação.

A empresa brasileira Korin, a primeira do país a ter um certificado dado pelo Certified Humane, instituto de certificação de granjas que garantem bem-estar animal, diz que o assunto é uma de suas principais preocupações.

“Não temos como evitar isso (descarte), não somos nós (que criamos as galinhas) que fazemos”, diz Luiz Carlos Demattê Filho, Diretor de Agricultura e Meio Ambiente da empresa.

Demattê explica que compra fêmeas de casas genéticas, que comercializam o material genético que vai para granjas para se transformar em fêmeas produtoras de ovos.

“Há algum tempo estamos falando que precisamos de uma resposta melhor para isso. A empresas respondem dizendo que estão desenvolvendo a tecnologia de sexagem de ovos. Estão surgindo soluções”, diz ele.

Segundo o diretor, a pressão para isso vem da base de consumo.

Demattê diz que a Korin também compra machos, que são criados juntos com as fêmeas. A empresa faz isso porque as galinhas “gostam de ter alguns machos com elas.

O sistema fica todo mais harmonizado, há menos conflitos”, diz ele. Depois, quando chegam no fim da vida (cerca de dois anos), essas aves, tanto machos quanto fêmeas, são vendidas para corte.

É uma forma, diz ele, de resolver o problema em pelo menos uma parte da produção.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Como o ovo se forma dentro da galinha?

Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês Escreve Um Texto Sobre Como Se Forma O Ovo Que Da Origem A Um Novo Ser?

Tudo começa pela gema, que nada mais é que um grande óvulo da galinha. E põe grande nisso! Com cerca de 4 centímetros de diâmetro, o óvulo da galinha é o maior do reino animal. A gema é liberada do ovário e depois “viaja” por uma série de órgãos internos da penosa até chegar ao útero, local onde o processo de formação do ovo termina com a solidificação da casca. O tempo total para que ele fique pronto é de aproximadamente 24 horas. “Cerca de 30 minutos após botar o ovo, a galinha ovula uma nova gema que dará origem a todo o processo novamente”, diz o médico-veterinário Ismar Araújo de Moraes, da Universidade Federal Fluminense (UFF). O curioso é que, quando a galinha nasce, todos os óvulos que ela irá gerar ao longo da vida já estão armazenados no seu ovário, só que em tamanho microscópico. Apenas na idade adulta é que eles ficam prontos para ovulação. Em um ano, uma galinha põe cerca de 265 ovos, podendo manter essa produção durante os dois anos que tem de vida numa granja – se for um galinha criada na roça, a vida dela pode se prolongar por cerca de cinco ou seis anos. Essas dúzias todas só se transformam em pintinho quando a penosa acasala com um galo. “Os espermatozóides do galo são bastante resistentes e sobrevivem até 15 dias dentro da galinha. Nesse período, ela está fértil e os ovos serão sempre galados (podem originar pintinhos)”, diz o veterinário. A gema de um ovo galado tem uma pequena mancha com um anel avermelhado, mas é difícil diferenciá-la a olho nu.

Leia também:  Odwarstwienie (odklejenie) siatkówki – objawy, przyczyny, rodzaje, badania, leczenie

– Por que o ovo é oval?

Bota-fora Etapa mais longa é a fabricação da casca, que acontece no útero e leva cerca de 20 horas

1 – A formação do ovo tem início no ovário da galinha. É nesse órgão que se encontram os óvulos, que nada mais são que as gemas. Aqui, os óvulos amadurecem e incorporam grande quantidade de nutrientes, como sais minerais, proteínas e gorduras

Tempo da fase – 0 h

2 – Quando um óvulo (gema) é liberado, ele migra para uma estrutura do aparelho reprodutor chamada infundíbulo. Lá se forma a calaza, membrana espessa que protege a gema e que dará origem à clara. Também é no infundíbulo que os espermatozóides do galo fecundam o óvulo, caso a galinha tenha acasalado

Tempo da fase – 0h15

Continua após a publicidade

3 – O ovo em formação segue então para o magno, uma espécie de canal. As espessas paredes do órgão liberam substâncias como proteínas, sódio, cálcio e magnésio, que completam a formação da clara, deixando-a bem espessa, diferente da que vemos num ovo cru

Tempo da fase – 3h15

4 – Ao deixar o magno, o ovo vai para o istmo, a última região do aparelho reprodutor antes do útero. É aí que a clara ganha água e fica fluida como a conhecemos. No istmo também se forma aquela película que envolve a parte interna da casca do ovo

Tempo da fase – 4h30

5 – Dentro do útero, o ovo recebe uma massa viscosa, secretada pela mucosa do órgão. Tal massa é a base para a formação da casca e se solidifica após ser impregnada por cristais de carbono e cálcio. Essa é a etapa mais longa do processo, com o ovo ficando no útero por cerca de 20 horas

Tempo da fase – 24h30

6 – Quando o ovo está pronto, segue para a vagina. Ele é expulso em poucos segundos pela cloaca da galinha, câmara onde desembocam, além da vagina, o reto e o ureter do animal. Para impedir que o ovo entre em contato com resíduos de fezes e urina presentes na cloaca, a vagina se projeta para fora no momento da postura

Continua após a publicidade

  • CRUZAMENTO ANIMAL
  • galinha
  • MEDICINA VETERINÁRIA
  • Mundo Animal
  • OVO
  • ÚTERO

Created with Sketch.

Ovo – Wikipédia, a enciclopédia livre

 Nota: Para outros significados, veja Ovo (desambiguação).
Diagrama de um ovo – Legenda: 1- Conquilha ou casca, 2- Membrana externa,3– Membrana interna, 4– Calaza, 5– Albumina exterior, 6– Albumina média ou clara, 7 – Membrana vitelina, 8– Núcleo, 9– Gérmen, 10– Gema amarela, 11 – Gema branca, 12– Albumina interior, 13 – Calaza, 14– Câmara de Ar,15 – Conquilha ou casca.

O ovo, do ponto de vista da biologia, é o zigoto dos animais. É uma célula que se forma após a fusão do núcleo do óvulo (pronúcleo feminino, haploide) com o núcleo do espermatozoide (pronúcleo masculino, haploide) por cariogamia, o que dá origem à célula diploide denominada ovo ou zigoto.[1]

Os animais de reprodução sexuada possuem três tipos de mecanismos de desenvolvimento do zigoto: os que se desenvolvem dentro de um ovo são chamados de Ovíparos; os que se desenvolvem em ovos no interior da mãe, no qual a eclosão ocorrerá ainda no interior materno, sendo liberados já formados são os Ovovíparos; aqueles animais em que o embrião irá se desenvolver completamente no interior materno utilizando as reservas fisiológicas da mãe são conhecidos como Vivíparos.[2]

Nos seres humanos, bem como na maioria dos mamíferos, para que esta célula se forme é necessário que um espermatozoide “atravesse” a zona pelúcida (que reveste o ovócito II e o 1º glóbulo polar) de modo a “introduzir” o seu núcleo no ovócito II que se encontra em metáfase II – Fecundação. Em virtude deste “estímulo” termina a meiose originando o óvulo e o 2º glóbulo polar (que irá degenerar juntamente com o 1º glóbulo polar anteriormente formado). No interior do óvulo se encontra o seu pronúcleo (pronúcleo feminino) e o pronúcleo masculino (oriundo do espermatozoide). Ambas as cariotecas ficam próximas, porém não se fundem (nos mamíferos) num primeiro momento, a fusão ocorrerá no alinhamento da metáfase da primeira mitose.[3] As cariotecas irão se degenerar e originar o ovo ou zigoto (diploide). Este processo é fundamental na reprodução sexuada.

Desenvolvimento Embrionário

Após a fecundação, o embrião começa a se desenvolver, passando por várias modificações, genes são ativados ocorrendo assim a Diferenciação Celular.[4] Na espécie humana, é identificada como as principais fases do desenvolvimento do embrião a clivagem ou segmentação, gastrulação e organogênese.

Durante a clivagem, as divisões mitóticas são rápidas, dando origem a células conhecidas como Blastômeros, aumentando em número de células, mas não de tamanho [4] .

O primeiro estágio da clivagem é a mórula, um maciço celular, mais de 16 células, originado entre o terceiro e quarto dia após a fecundação. Na segunda e última etapa ocorre a blástula, onde as células delimitam uma cavidade interna chamada blastocele, cheia de um líquido produzido pelas próprias células.[5]

Até a fase de blástula, as células embrionárias são chamadas de células-tronco, que podem originar todos os diferentes tipos de célula do corpo. A partir da blástula, inicia a fase de gastrulação, onde o embrião começa a aumentar de tamanho e surge o intestino primitivo ou arquêntero e ocorre a diferenciação dos 3 folhetos germinativos ou embrionários: ectoderma, mesoderma e endoderma.[6]

Desenvolvimento embrionário

A última fase do desenvolvimento embrionário é a organogênese, onde ocorre a diferenciação dos tecidos e órgãos. O primeiro estágio dela é a neurulação, quando há formação do tubo neural, que se diferenciará no sistema nervoso central. Durante a neurulação, o embrião recebe o nome de nêurula.

A organogênese termina até a oitava semana de gestação, por volta do 56º dia. Nesse período, o embrião mede cerca de 3 cm de comprimento. Depois da nona semana até o nascimento, o indivíduo em formação passa a ser chamado de feto. O nascimento ocorre em média durante a 38ª semana de gestação.

[7]

Tipos de ovos

Comparação entre o tamanho de um ovo de avestruz (à direita), de galinha (à esquerda, em baixo) e de codorniz (à esquerda, em cima).

O ovo animal é classificado com base na quantidade e distribuição de vitelo que há em seu citoplasma. Pode ser oligolécito, heterolécito, telolécito ou centrolécito. [8]

  • Ovos oligolécitos são aqueles que possuem pouco vitelo, distribuído de forma homogênea por todo o citoplasma. Contudo há um leve acúmulo de vitelo em um dos polos, que passa a se chamar polo vegetativo. O outro polo passa a se chamar polo animal. Animais com esse tipo de ovo são os mamíferos, anfioxos e equinodermos.
  • Ovos heterolécitos ou ovos mesolécitos são aqueles que possuem grande quantidade de vitelo, distribuída de forma não-homogénea. O polo vegetativo apresenta uma concentração muito maior de vitelo em relação ao polo animal. Animais com esse tipo de ovo são os moluscos, anfíbios e anelídeos.
  • Ovos telolécitos ou ovos megalécitos são aqueles que possuem uma quantidade de vitelo tão grande (ainda maior que a do heterolécito) que faz com que as estruturas citoplasmáticas e o núcleo fiquem totalmente no polo animal do ovo. Animais com esse tipo de ovo são as aves, os peixes que produzem pequena quantidade de ovócitos, e os répteis.
  • Ovos centrolécitos são aqueles que possuem o vitelo no centro do ovo. Esse ovo não possui polos e está presente nos artrópodes.

Deterioração e contaminação

Ver artigo principal: Deterioração dos ovos

O espaço interno dos ovos é, a princípio, estéril.

No entanto, tanto a exposição a micróbios e fungos quanto a contaminantes encontrados na casca ou cercanias dos ovos podem provocar alterações físicas ou químicas nos ovos.

Ovos deteriorados podem emitir um odor pútrido, embora alguns tipos de bactérias possam contaminá-los sem que sinais significativos possam ser percebidos.[9]

Ovos de aves

Ovos de aves são colocados por fêmeas e incubados por um tempo que varia de acordo com a espécie; um único jovem de cada ovo. Os tamanhos médios de ninhagem variam de um (como nos condores) a cerca de 17 (a perdiz cinzenta).

Algumas aves põem ovos mesmo quando não fertilizadas (por exemplo, galinhas); Não é incomum para os donos de animais encontrarem suas ninhadas solitárias em uma ninhada de ovos não fertilizados, que às vezes são chamados de ovos eólicos.

Cor

A cor do ovo teve uma única origem evolutiva em eumaniraptoranos.[10]

Ver também

  • Oologia – estudo dos ovos
  • Ovo (alimento)
  • Ovo de chocolate
  • Ovo de Páscoa
  • O ovo e a galinha
  • Larva
  • Metamorfose
  • Óvulo
  • Pupa
  • Adulto (biologia)

Referências

  1. ↑ «Fecundação humana – Mundo Educação». Mundo Educação. Consultado em 2 de maio de 2018 
  2. ↑ «Ovulíparos, ovíparos, ovovíparos e vivíparos. – Mundo Educação». Mundo Educação. Consultado em 2 de maio de 2018 
  3. ↑ Mori, Maurizio (2001). «Fecundação assistida e liberdade de procriação». Revista Bioética  |acessodata= requer |url= (ajuda)
  4. a b «Embriologia: conheça as fases do desenvolvimento embrionário». 1 de maio de 2014. Consultado em 2 de maio de 2018 
  5. ↑ Carlson, Bruce M. (18 de dezembro de 2014). Embriologia Humana e Biologia do Desenvolvimento. [S.l.]: Elsevier Brasil. ISBN 9788535278927 
  6. ↑ «Desenvolvimento Embrionário Humano – Embriologia e Biologia». InfoEscola 
  7. ↑ Moore, Keith L.; Persaud, T. V. N. (2008). Embriologia Clinica. [S.l.]: Elsevier (medicina). ISBN 9788535226621 
  8. ↑ Garcia, Sonia M. Lauer; Fernández, Casimiro G. (1 de janeiro de 2009). Embriologia – 3.Ed. [S.l.]: Artmed Editora. ISBN 9788536327044 
  9. ↑ Franco, Bernadette Dora Gombossy de Melo; Landgraf, Mariza (2003). Microbiologia dos alimentos. [S.l.: s.n.] 
  10. ↑ [https://www.techexplorist.com/second-look-color-dinosaur-eggs/24284/ A second look at the color of the dinosaur eggs All colors and spots on modern birds’ eggs derived from a single evolutionary source among dinosaurs. por Amit Malewar (2019)
A Wikipédia possui o Portal da Biologia

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:

Definições no Wikcionário

Imagens e media no Commons

  • Commons
  • Wikcionário
  • Portal da biologia

Obtida de “https://pt.wikipedia.org/w/index.php?title=Ovo&oldid=59314064”

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*