Como Ver Um Programa Que Já Passou Na Meo?

Mas são poucos os dispositivos com Android TV que suportam a app de momento.

Como Ver Um Programa Que Já Passou Na Meo?

Ao longo dos últimos meses, a MEO tem vindo a apostar cada vez mais no digital. Em maio, a operadora passou a apresentar os canais no MEO Go em Full HD. No mês passado, soubemos que iria entrar no setor da energia. Agora, e para algo diferente, eis que surge uma app dedicada para box e Android TV.

  • Basicamente, ao instalarem esta app, ganham acesso a uma experiência mais personalizada e fluida, onde terão acesso a mais de 150 canais em direto, aos canais premium que subscreveram, às gravações dos últimos sete dias, entre outras funcionalidades.
  • Portanto, seja séries, filmes, notícias, desporto, documentários ou desenhos animados, aceder a esses conteúdos ficou ainda mais fácil e rápido.
  • Podem instalar gratuitamente a app MEO como parte do vosso pacote MEO Fibra (TV + Internet) e aceder através da internet MEO (Wi-Fi ou cabo).

Há, porém, limitações. Para já, só podem ter a app a funcionar num máximo de quatro boxes. Até podem instalar uma quinta vez numa box diferente, mas não irá resultar.

Já os equipamentos suportados são, por agora, muito reduzidos. Esta app MEO somente irá funcionar na NVIDIA SHIELD TV Pro, NVIDIA SHIELD TV e Xiaomi Mi Box S. No que toca a televisores, também será difícil encontrarem algum que tenha mesmo Android TV.

Muitos podem até não saber – o que é perfeitamente legítimo -, mas a maioria das smart TVs que estão nas casas dos portugueses não são Android TV. Correm diversos sistemas operativos, mas não são efetivamente Android TV. A LG usa o WebOS, a Samsung usa o Tizen OS, por aí fora.

Ou seja, só irão “safar-se”, por assim dizer, caso tenham uma TV Hisense, Philips, Sharp, Sony ou TCL. E não é garantido que todos os modelos funcionem, até porque é necessário o equipamento em questão ter a versão Android TV 9 ou superior.

No fórum da MEO, um utilizador diz ainda que, em setembro, aquela operadora vai ter uma box Android TV de marca própria para aluguer por 3€/mês. Parece-nos que é uma decisão que vem “concorrer” com o facto de, agora, a NOS disponibilizar uma Apple TV para aluguer por 4,99€/mês.

Como Ver Um Programa Que Já Passou Na Meo? Como Ver Um Programa Que Já Passou Na Meo?Como Ver Um Programa Que Já Passou Na Meo?

Netflix ou Pacote de Telecomunicações: qual compensa mais?

Como Ver Um Programa Que Já Passou Na Meo?

Numa altura em que a oferta de conteúdos de entretenimento surge de todas as formas, a Netflix conseguiu sobressair ao trazer conteúdo exclusivo, produzido e distribuído pela própria. Mesmo sendo uma oferta tentadora, será que compensa mais quando comparada com as ofertas de canais premium de filmes e séries dos pacotes de telecomunicações?

Comparar pacotes TV Net Voz

Quais os benefícios de ter Netflix?

  • No âmbito das vantagens da Netflix, destaca-se, desde logo, a oferta da primeira mensalidade e o facto de não obrigar o consumidor a um período de fidelização – o cliente desiste quando quiser e pode retornar igualmente quando mais lhe aprouver.
  • Os custos deste serviço são também apelativos: a opção mais acessível custa 7,99 euros por mês, mas, no entanto, apenas permite aceder através um dispositivo de cada vez (seja este o PC, o smartphone, o tablet ou a televisão) e em definição padrão (SD).
  • Por seu turno, se o consumidor optar pela solução Standard (10,99 euros por mês) já consegue ver conteúdos em dois ecrãs ao mesmo tempo e em alta definição (HD).
  • Já com o plano Premium, no valor de 13,99 euros por mês, torna-se possível desfrutar de quatro ecrãs em simultâneo, tanto em HD como em UHD (Ultra-Alta Definição), quando disponível.
Planos de streaming da Netflix

Base
Standard
Premium

Preço mensal 7,99€ 10,99€ 13,99€
HD disponível
Ultra HD disponível
Ecrãs em que pode ver em simultâneo 1 2 4

Dados recolhidos a 6 de novembro de 2018.

Há que salientar ainda que a Netflix permite criar até cinco perfis personalizados por conta para que cada utilizador receba as sugestões de séries e filmes do seu agrado.

Ao nível das desvantagens cabe referir apenas a indispensabilidade da Internet para se poder usufruir da Netflix.

Pese embora o custo acessível dos planos deste serviço, a verdade é que, se vai dar muito uso a esta plataforma (especialmente a ver séries quando vai nos transportes públicos, por exemplo), vai necessitar sempre de um plano de Internet adequado e de uma velocidade de Internet razoável.

Comparar pacotes com Internet

Neste sentido, pode até não compensar ter Netflix e optar, ao invés, pela oferta das operadoras de telecomunicações de canais com filmes, documentários e séries, que podem até ter um catálogo que lhe agrade mais. Ora vejamos.

Qual é a oferta da Vodafone?

Se o seu pacote de telecomunicações é da Vodafone, pode aderir à Netflix nas apps da sua televisão. Por mais 10,50 euros por mês, esta operadora disponibiliza ainda o Play Motion, que dá acesso a mais de 2 mil filmes e séries, e por mais 3,99 euros pode adquirir o Fox+ (que agrega os melhores conteúdos da FOX), se for cliente do serviço TV Net Voz da Vodafone.

Esta operadora oferece ainda o chamado Pack TV Plus (por um custo mensal de 4,99 euros) para além de possuir um videoclube com uma ampla variedade de filmes, tanto em SD como HD, cujos preços normalmente rondam entre os 2,99 e os 4,50 euros.

Por fim, cabe referir que o pacote básico de TV Net Voz da Vodafone tem o valor mensal de 34,40 euros, incluindo:

  • Telefone fixo;
  • TV Box com 200 horas de gravações automáticas;
  • 145 canais de TV;
  • 100 Mbps de Internet.

A este pacote 3P da Vodafone o consumidor pode agregar um pack de cinco canais TV Cine & Séries (por mais 10 euros por mês) e, para quem aprecia, é possível ainda contratar um conjunto de canais asiáticos (SET Asia, SET Gold, Star Gold e Star Plus) por 20,90 euros mensais.

Saber mais sobre a Vodafone

Soluções da MEO: MEO Go e acesso à Netflix

O MEO Go, o serviço de visualização por streaming da MEO, dá acesso a todos os canais de televisão em tempo real, gravações automáticas, canais premium subscritos e videoclube em qualquer lugar, no PC, no tablet ou no smartphone, para além de poder ainda aceder diretamente à Netflix.

O pacote TV+Net+Voz 100 da MEO é o mais básico desta operadora e custa 35,49 euros por mês. Para os clientes com serviço de TV e Internet desta operadora, o MEO Go é gratuito, mas apenas pode ser usado dentro de casa.

Já o MEO Go Multi pode ser usado tanto dentro como fora de casa e possui um custo de 4,99 euros por mês (após oferta de uma mensalidade gratuita), exceto nos pacotes GIGA, M5O Start e M3O Net, nos quais está incluído.

O grande benefício a apontar neste serviço de streaming da MEO prende-se com o facto de o consumidor não precisar de gastar dados móveis com a app sempre que estiver conectado a uma rede MEO.

Descubra: 10 Dicas infalíveis para poupar dados móveis

  1. No entanto, há um senão: os canais premium subscritos pelo cliente, à exceção da Sport TV, não podem ser visualizados em vários equipamentos em simultâneo.
  2. Para os clientes da MEO, os canais TV Cines & Séries custam 10 euros por mês, enquanto os canais asiáticos SET Asia, SET Max, ZEE TV e ZEE CINEMA encontram-se disponíveis por uma mensalidade de 16,49 euros.
  3. Já o custo de alugar um filme no Videoclube da MEO varia entre os 3 e os 5,50 euros, com a possibilidade de se fazer o download dos filmes alugados para o PC para ver offline.
  4. Por último, importa também referir a existência do pacote MEO Séries, que abarca as séries do AXN e o canal BBC Entertainment por um custo de 5 euros por mês, sendo que é gratuito até ao último dia do ano de 2018.

Conhecer toda a oferta da MEO

NOS Play

  • O pacote base de TV Net Voz da NOS tem um custo mensal de 35,49 euros e inclui uma box HD, sendo possível juntar o serviço NOS Play pelo valor de 7,50 euros/mês.
  • O NOS Play possui funcionalidades muito semelhantes às do MEO Go, mas, contudo, inclui o Fox+, que confere acesso ilimitado a todos os filmes e séries dos canais Fox, tais como The Walking Dead e Anatomia de Grey, por exemplo.
  • A NOS dispõe ainda de três canais asiáticos (para clientes fibra e Iris) que transmitem filmes de Bollywood e novelas: Zee TV (12,50 euros por mês), Max (5 euros por mês) e SET Asia (5 euros por mês).
  • Além desta oferta, esta operadora possui ainda uma especial para os amantes do grande ecrã: dois bilhetes pelo preço de um em qualquer sala de cinema NOS ou, em alternativa, a oferta de um menu pequeno com pipocas e bebida na compra de um bilhete.

Quais as vantagens da NOWO TV?

A aplicação NOWO TV é gratuita para os clientes desta operadora e confere acesso total ao videoclube e ainda a uma funcionalidade designada por “flashback”, que permite ver ou rever qualquer programa que já tenha sido transmitido.

Entre as qualidades desta app destaca-se o seu motor de pesquisa, no qual é possível encontrar um filme ou uma série apenas através do nome de um ator. É possível ainda aceder ao Fox+ pelo valor mensal de 3,99 euros por mês.

O pacote mais económico da NOWO custa 25,99 euros por mês e só abrange Internet e TV. Por 10 euros por mês é possível aderir aos canais TVC1, TVC2 e TVSéries em HD, bem como TVC3 e TVC4 em SD.

Afinal, qual das opções compensa realmente?

Tudo se prende com as séries que se deseja ver. Se a preferência passa por séries como Narcos, House of Cards, a Casa de Papel, entre outros, que são originais da Netflix, talvez faça sentido adquirir um pacote que permita acrescentar este serviço.

Mesmo que a sua operadora não seja a Vodafone nem a MEO, poderá sempre ter Netflix desde que tenha uma smart TV ou um cabo HDMI que permita ligar o portátil à TV.

Por outro lado, se as suas séries preferidas já passam nos canais regulares incluídos nos pacotes de telecomunicações ou em canais premium como o TVCine & Séries, pode fazer sentido jogar com o preço do pacote normal e perceber qual fica mais em conta quando se acrescentam estes canais premium por mais 10 euros mensais.

Tendo em consideração que o plano mais básico da Netflix apenas se encontra disponível para um ecrã de cada vez, terá forçosamente de optar pelas soluções mais caras se pensa dividir a conta entre amigos, por exemplo. No entanto, ao dividir a conta, é sempre possível ficar a pagar menos, desde que se entre em acordo quanto ao número de utilizadores e em que dispositivos cada um vê e quando.

Todavia, com as ofertas das operadoras poderá assistir a conteúdos diferentes em vários dispositivos em simultâneo. É uma questão de avaliar as suas preferências face ao orçamento de que dispõe e fazer a escolha que mais lhe convier depois de comparar as alternativas disponíveis.

Meo, Nos e Vodafone: Gravações automáticas com publicidade de 30 segundos

Após uma reclamação em Livro de Reclamações devidamente fundamentada:


Em resposta à reclamação por V/ apresentada relativamente ao assunto em epígrafe, prestamos os seguintes esclarecimentos:

A evolução do paradigma inerente à sociedade de informação, tem contribuído para uma alteração na forma de consumo de conteúdos audiovisuais, independentemente do respetivo suporte, nomeadamente no que respeita à forma diferente de aceder aos mesmos, que passou a conciliar a visualização de canais lineares (os tradicionais canais de televisão) com o acesso não linear aos conteúdos dos canais (ex. gravações automáticas).

Com esta evolução de tendências, surgiu uma necessidade de adaptação dos modelos de negócio que garantam o investimento contínuo dos canais, para manterem a produção de conteúdos de qualidade e a preservação da diversidade.

Os tradicionais anúncios publicitários que sempre fizeram parte do consumo de conteúdos de televisão linear, são fundamentais para a viabilização do modelo económico que permite aos canais manterem investimento em conteúdos, pelo que se torna premente a adoção de novas práticas que permitam dar resposta a esta necessidade, adaptada à nova realidade.

Dessa forma, os principais operadores que prestam o serviço de distribuição de televisão, em articulação com canais de televisão aderentes, e em linha com as boas práticas internacionais, adotaram um novo modelo que permite que, de forma equilibrada e adaptada aos interesses do consumidor, sejam veiculadas mensagens publicitárias que, repita-se, desde sempre fizeram parte das características da remuneração dos conteúdos em televisão.

A experiência que agora se inicia pretende melhorar a experiência de televisão, pois a publicidade será apresentada previamente ao início da visualização de alguns programas. Os anúncios serão apresentados, caso selecione a opção “anúncios personalizados”, de acordo com o perfil de utilização de cada consumidor, sendo, por isso, mais relevantes.

Conscientes que nem todos os utilizadores ficarão confortáveis com esta opção, deixámos ao critério de cada um receber anúncios desconsiderando o seu perfil de utilização.

Garantimos, em qualquer caso, que toda a informação será tratada de forma anonimizada e devidamente protegida, em linha com as melhores práticas de proteção de dados pessoais e em cumprimento de toda a legislação aplicável.

Importa ainda referir que a publicidade, terá uma duração máxima de 30 segundos e não será apresentada em todas as gravações de todos os canais, sendo respeitados períodos de guarda que salvaguardem a boa experiência do cliente.

Por fim, informamos que a possibilidade de efetuar e aceder às gravações dos conteúdos dos canais constitui apenas uma de várias funcionalidades extra no serviço de televisão. Esta funcionalidade não está, aliás, disponível para todos os conteúdos.

Nessa medida, a alteração dos termos e condições da funcionalidade das gravações automáticas não implica qualquer alteração ao contrato.

Sublinha-se, assim, que o serviço de televisão continua a ser prestado de forma integral, não existindo, no âmbito do serviço de televisão contratado, uma diminuição no conteúdo da funcionalidade das gravações.

Para mais informações, estamos sempre disponíveis pelo 16 200 e em meo.pt. Se é cliente empresarial, contacte o seu gestor de cliente, ligue 16 206 ou aceda à Área de Cliente em ptempresas.pt.
Com os melhores cumprimentos.

Cristina Torres
Gabinete de Satisfação do Cliente
meo.pt

Lá por haver gente que tem box e só vê gravações, avançando assim a publicidade, não sou eu obrigado a ver duas vezes (na gravação e no canal mesmo).
Ridícula esta “cartelização”, vou seguir os meios que me forem possíveis, pois calados só ficamos ainda pior.

Reclamem!! Por escrito ou por meios internos às operadoras, tanto faz. Mas pelo menos mostrem a vossa insatisfação com isto tudo.

MEO

 Просмотр предыдущих комментариев…

Marco Maia

Ricardo Rebelo se tens Meo SAT e/ou MEO ADSL com BOX sem DVR, esquece lá isso

Ricardo Rebelo

MEO ADSL, Com Box DVR… Com canais HD, só no restart é que não estão a funcionar…

Sérgio Serrão

E o que eu digo… Apresentem novidades pois estas já são velhas e em funcionamento na ZON já a algum tempo…

Mário Carvalho

Enquanto lançam tudo e mais alguma coisa para os clientes fibra e adsl, há outros,os de satélite, continuam a gramar com falhas e mais falhas de sinal e com uns miseros 1,5Mb de internet sapo. E os MEOs estão-se a marimbar, pois tá claro, porque os satelite pagam o mesmo que os fibra/adsl…só o serviço é que é miseravel

Carlos Manuel Amaral

Vocês enganam este pessoal todo com essas cantilenas……….é só produtos vendidos

João Dias

Produtos vendidos? É gratuito!

João Dias

Sérgio, na Zon consegues ver as “Gravações Automáticas” (Fazer “Time Warp”) no PC? Ah, pois. 😀

João Dias

Excelente novidade MEO. Estou mortinho por a ter no PC.

Luis António Moutinho

Em espanha TDT normal ” no pago ” 50 e mtos canales

Lúcia Duarte

mentira. acedo a gravações automaticas e diz sempre”em atualização” suponho que hajam clientes de 1º e de 2º. Boa hora para mudar para a zon

MEO

Bom dia Ricardo Rebelo. Solicitamos que nos envie o seu nº de cliente/NIF e um nº de contacto através do endereço [email protected] com a referência nº 1301/4255 em assunto, para podermos averiguar a situação que reporta com as Gravações Automáticas. Maria Santos

MEO

Bom dia Lúcia Duarte. Para podermos verificar o motivo da indisponibilidade no acesso às Gravações Automáticas, envie-nos os dados solicitados em http://8vb.2y.sl.pt/ Aguardamos o seu feedback.

Maria Santos

Lúcia Duarte

ja enviei ontem

Ricardo Rebelo

Já enviei os dados para o mail conforme pediram… O problema é no Restart Tv e não nas Gravações automáticas… Obrigado

MEO

Boa tarde Ricardo, confirmamos a receção do email. Os nossos serviços estão a analisar a questão e logo que possível entraremos em contacto.

Maria Santos

Alexandra Duarte Fernandes

Gostaria de saber se já tenho MEO fibra, se não porquê??

Miguel Couto

Onde está a Lista dos 80 canais deste serviço?…

João Calviño

ja agora.. sabem que “há 7 dias ATRÁS” é um erro não sabem?? diz-se “Há 7 dias” ponto.

António José

Pois é. E quem vive no interior? o que é que tem? Apenas as “fabulosas campanhas de marketing”. Aqui na aldeia pago 35 euros para ter telefone e internet aos soluços a 4 megas de velocidade, e na cidade aqui a 30 klm pago pelo mesmo serviço a 12 megas e estável, 20.99 euros. Viva Portugal (des)igual para todos.

João Filipe Gomes

Caro António José, Também tinha esse problema, mas por “carolice” sempre me recusei a pagar por esse serviço ( preferia ter uma pen de Banda Larga e serviço de satélite de outro operador) , até que resolveram alterar a central … Agora tenho o meo 15 . Não é fibra mas funciona tudo na perfeição . Pode ser que tenha a mesma solução .

Cumprimentos

MEO

Caro Ricardo Rebelo, verificamos que os nossos serviços entraram em contacto acerca desta situação. Estamos ao dispor para questões adicionais.

Maria Santos

Lúcia Duarte

agora nem a meo go funciona nos tablets. ah ganda meo. felizmente rescindi o contrato com justa causa

António José

Caro João Filipe Gomes o problema e pelo qual devemos lutar, é a condição de desigualdade a que somos sujeitos por parte das operadoras. Foi-me dito pela PT que tem a ver com a concorrência.

Como onde eu moro não a há, praticam o preço que entendem e descriminam assim quem ainda resiste à desertificação do interior. A pen de banda larga não resolve por causa de outro embuste, o do tráfego ilimitado que dizem ter o que é mentira.

Chega aos 15 Gb e a velocidade baixa para valores em que é impossível navegar. Sobre o Meo adsl, eu só precisava da net e obrigam- me a ter net+voz+tv. Ainda ninguém viu aqui a resposta das minhas questões por parte da PT.

E porquê? Ignoram pura e simplesmente quem não lhes interessa. Eles não estão para servir os clientes. Estão à espera que nós os servimos. É o Portugal que temos.

António José

Olá Maria Santos da PT. E que tal uma resposta às minhas questões?

Alexandra Duarte Fernandes

Meo, continuo à espera da resosta, sei que na minha zona existe Meo fibra, porquê eu não? no meu prédio, existe da concorência espero quehaja alteração…

Paulo Fernandes

“O apoio a clientes do MEO é uma grande palhaçada, e esta a tratar os clientes todos que estão com problemas como autênticos parvos, desde ontem que ando a ligar para a linha de apoio a clientes e ninguém atende os “parvos” dos clientes que estão sem serviço e que ainda por cima por estar sem serviço estão a gastar dinheiro dos telemóveis para nada, mas se forem ao site da MEO e inserirem o numero de telemóvel para fazer a adesão ao serviço telefonam logo. É esta a forma como estão a tratar os clientes que pagam o serviço todos os meses. depois vêm para a televisão fazer publicidade como se fossem os maiores, a vossa sorte é não haver possibilidade de outro operador nesta zona. Continuem a tratar os clientes como parvos que assim rápido se arrependem disso.

Catia Sofia

Não se consegue ver todos os programas para trás porquê?

Augusta Ribeiro

No Meo satélites de 85 canais estão a tirar canais

Victor Hugo

Se as gravações automáticas da MEO funcionassem, sería um serviço estupendo. Infelizmente tal não acontece e pagamos muito caro por um serviço que não usufruimos. O erro mais frequente é tentar ver um programa de um dia anterior e que está gravado é o programa que passou há 2 ou 3 dias atrás.

MEO – Wikipédia, a enciclopédia livre

Esta página cita fontes confiáveis, mas que não cobrem todo o conteúdo. Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico) (Maio de 2020)

MEO

Logotipo

Razão social

MEO – Serviços de Comunicações e Multimédia, S.A.

Tipo

Subsidiária

Slogan

MEO Humaniza-te

Atividade

Telecomunicações

Fundação

1991 (TMN) 1993 (TV Cabo) 2007 (MEO)

Fundador(es)

Portugal Telecom

Sede

Lisboa[1]

Proprietário(s)

Altice Portugal

Clientes

> 63 563 000 clientes[2]

Produtos

TelevisãoInternetTelefoneTelemóvel

Serviços

MEO FibraMEO ADSLMEO SatéliteMEO GoMEO VideoClube

Divisões

  • MEO
  • Altice Empresas[3]
  • MOCHE

Antecessora(s)

  • TMN (1991-2014)
  • PT Comunicações (2000-2014)

Website oficial

www.meo.pt

  • Notas de rodapé / referências
  • NIF: 504615947 [4]

A MEO – Serviços de Comunicações e Multimédia, S.A., é uma empresa pertencente a Altice Portugal que presta Serviço Fixo Telefónico (SFT) e da Rede Pública de Telecomunicações em Portugal e que geria as empresas do grupo orientadas para os segmentos residencial (MEO) e Empresarial (Altice Empresas). É atualmente a maior operadora em operação em Portugal.

Foi criada em 18 de Setembro de 2000, cerca de 9 meses depois da liberalização do Mercado Fixo em Portugal de Telecomunicações, foi considerado o Operador Histórico da Rede Fixa.

Em 29 de dezembro de 2014 a Portugal Telecom extinguiu a subsidiária TMN, que em janeiro tinha mudado de nome para “Meo”, integrando os seus na PT Comunicações.

Na mesma data, a PT Comunicações adotou o nome da subsidiária extinta – “Meo – Serviços de Comunicações e Multimédia”.

História

Começou no séc. XX como APT. Mais tarde criavam-se as empresas TLP e os CTT, que eram detidas pelo Estado Português. Nos início dos anos 90 os CTT entregam a gestão para uma empresa criada de raiz, chamada Telecom Portugal, que fazia a exploração do serviço telefónico em todo o País, excepto Lisboa e Porto.

Em 1994 é feita a fusão das empresas Telecom Portugal, TLP, TDP e CPRM e é criada a Portugal Telecom. Em 1 de Junho de 1995 é dado o inicio da fase de privatização da empresa estatal Portugal Telecom.

que é concluída em Dezembro de 2000, com que nessa altura é criada a Portugal Telecom, SGPS, SA e a PT Comunicações iria fazer a exploração, como desde sempre fez, da rede fixa, seja para o mercado retalhista seja para o mercado grossista.

Em 2000, começa a colocar DSLAMs nas Centrais Telefónicas para receber os serviços de ADSL em Portugal que, segundo dados da empresa, até Dezembro de 2006, cobre 98% de ADSL recepcionado nas casas de todos os clientes da rede telefónica da PT.

Em 2001, é criado na rede fixa o serviço de Voice Mail ou Gravador de Chamadas do mesmo sistema que a rede móvel sempre liderou.

Em 2003, é criado o Serviço de Mensagens Escritas (SMS) que iniciou o processo com SMS gratuitos para as redes TMN (atual MEO), e durante o lançamento e desenvolvimento do serviço chegou aos restantes operadores móveis nacionais.

Em 2004, é criado o Serviço de Mensagens Multimédia (MMS) no seguimento do desenvolvimento tecnológico da rede de telecomunicações na qual passaria a PT Comunicações a ser dos primeiros operadores de rede fixa no Mundo a adoptar os serviços de SMS e MMS que só a Rede Móvel podia disponibilizar.

Em 2005, a PT Comunicações cria o serviço de factura electrónica na qual substitui o tradicional documento de factura em papel para a factura em suporte digital aos clientes da PT Comunicações para uma boa politica ambiental da empresa do Grupo PT. Em 2006, cria o serviço PT Agenda que visa apresentar uma lista dos dez números de telefone mais ligados nos últimos três meses de facturação.

Posteriormente lançou o serviço MEO, um serviço de IPTV – Televisão sobre IP, suportada pela rede de pares de cobre. É concorrente dos serviços NOS e Vodafone Tv+Net+Voz.

Em Janeiro de 2015, a PT Portugal (atualmente Altice Portugal) decidiu juntar MEO e PT Comunicações numa única empresa, sendo agora apenas MEO.

No final do primeiro semestre de 2020, a MEO é o prestador com maior quota de assinantes de televisão, com 39,8%, seguindo-se a NOS com 39,7%[5].

Divisões

Particulares

MEO – Operador de telecomunicações móveis e residenciais fixas com a marca MEO.

Empresarial

Altice Empresas – serviço criado após a Fusão entre a PT Negócios e a PT Prime e que dispõe de um oferta de soluções tecnológicas e de telecomunicações para PME-Pequenas, Médias Empresas e Grandes Empresas e Instituições, como o Governo de Portugal. Mudou de nome em Janeiro de 2020 para Altice Empresas sendo o anterior PT Empresas[6]]

Jovens e Adolescentes

Moche– um serviço para jovens da MEO.

Serviços de Pagamentos

MEO Wallet – presta serviços de pagamentos;

Low-cost

UZO é uma marca da Operadora MEO de Portugal, que surgiu em 21 de Junho de 2005 e que opera sobre a rede GSM da MEO, no segmento low-cost. A UZO funciona de forma autónoma à MEO do ponto de vista comercial, de comunicação, call centers e sistemas de informação.

Cobertura e concorrência

Depois de um período experimental em que um grupo de cinco mil utilizadores na zona de Castelo Branco testou a base da oferta comercial, o MEO começou a ser disponibilizado em Junho de 2007, numa primeira fase em Lisboa, no Porto e em Castelo Branco.[7] Actualmente está disponível em várias localidades do país por IPTV e disponível em todo o país por satélite.[8][9][10]

Na versão comercial o MEO enfrenta a concorrência da NOS, da Vodafone e da Nowo, que também fornecem serviços de televisão sobre IPTV (baseando-se MPEG2/MPEG4 e ADSL2+).[8][9]

Serviços

O MEO é um serviço de IPTV, telefone fixo, telefone móvel e internet disponibilizado pela empresa MEO (anteriormente denominada PT Comunicações), uma subsidiária da Altice Portugal (anteriormente denominada Portugal Telecom).

O serviço começou a ser comercializado em 2007, depois da separação da PT Comunicações e da PT Multimédia, sendo que a última mudou o seu nome para ZON Multimédia.

[11] Mais tarde, começou a instalar fibra óptica FTTH, como meio também ele, transmissor do serviço.

Em Julho de 2010 a Portugal Telecom informou que o MEO superou os 700 mil clientes.[12]

Em novembro de 2011, o MEO alcançou um milhão de subscritores.[13] Em Janeiro de 2014, a marca MEO subtituiu a marca TMN, na operação de serviço móveis.

Em 8 agosto 2018 alcançou um milhão e quinhentos de subscritores.

Televisão

O MEO disponibiliza a transmissão de conteúdos televisivos através de quatro plataformas: rede ADSL (IPTV), fibra óptica (IPTV), satélite (DTH) e rede 3G/4G (numa aplicação).[8][9][10][14] Em 2018 a Altice Portugal apresentou uma nova box.Esta nova Box 4K WiFi tem um design semelhante à anterior mas está muito mais inteligente e com uma interface muito mais intuitiva.[15]

Telefone

O serviço de telefone oferece chamadas grátis sem limites para todas as redes fixas nacionais. Os custos de assinatura da linha ficam também integrados pela assinatura do MEO.[16]

Telemóvel

O serviço de telemóvel oferece uma variedade de tarifários que se dividem em três categorias: pré-pagos, pós-pagos e os incluídos na factura do serviço fixo (M40 e M50).[17]

Internet

O serviço de Internet oferece um serviço de Internet fixo e móvel disponível em uma variedade de pacotes.[18][19]

Logo do MEO GO

MEO Go

O MEO Go é um serviço disponibilizado pelo MEO que permite assistir televisão através de qualquer acesso de internet, no tablet, smartphone e PC.[20]

O serviço MEO Go que, no início de 2013 já contava com meio milhão de downloads.[21] conquistou notabilidade em Portugal e no mundo, destacando-se por ser uma das soluções de TV Everywhere com uma oferta de conteúdos e de funcionalidades mais completas e integradas.

Este reconhecimento ficou registado pela distinção do serviço em vários prémios internacionais, incluindo Best Entertainment App (Tabby Awards 2013),[22] Consumer Service (World Communication Awards 2013),[23] Best TV On The Move Service (TV Connect Industry Awards 2014)[24] entre outros.

MEO Videoclub

O MEO VideoClube é um serviço de video-on-demand que oferece um catálogo de milhares de programas nacionais e internacionais (incluindo filmes, documentários e concertos).

Recursos adicionais disponíveis incluem trailers, sinopses, elenco e classificação IMDb; uma lista de favoritos; Janela de visualização de 48 horas; alugar filmes HD/3D com som Dolby Surround; total controle e privacidade por meio de um PIN de segurança para “locações e compras” e um PIN de segurança para acessar conteúdo adulto.

O MEO VideoClube pode ser usado dentro ou fora de casa em televisores, tablets; smartphones ou computadores pessoais através do serviço MEO Go; e consoles de jogos e TVs conectadas.
É possível ver filmes sem ligação à Internet, através do Download & Play, disponível no PC através do MEO Go.

Em 2014, os serviços foram renovados com uma imagem aprimorada, navegação mais rápida e novos recursos com conteúdo e informações adicionais e uma experiência de usuário mais acessível. O MEO VideoClube oferece várias opções de pagamento, incluindo uma fatura mensal e o cartão pré-pago MEO VideoClube.

MEO Remote

O MEO Remote é uma evolução do comando físico do MEO e por isso traz funcionalidades que nunca seriam possíveis no comando atual:
• Permite ter acesso a informação adicional sobre o que está a ser transmitido na TV sem perder nada da emissão;
• Fazer zapping por temáticas e programas, descobrir novos conteúdos enquanto vê um programa na TV, explorar com utilização de filtros (ex.: por IMDb no VideoClube) ou aceder rapidamente a programas desportivos em direto.

MEO Smart Home

O serviço de segurança oferece numa solução de alarme totalmente “chave na mão”.[25]

Logo da antiga app do MEO MUSIC

MEO Music

Foi um serviço da MEO de música em streaming que podia ser utilizado na TV, num Mac, num Android ou num Windows Phone. Foi descontinuado em março de 2018.[26]

Interactividade

A tecnologia IPTV permitiu ao MEO a disponibilização de vários serviços interactivos, nomeadamente aquando do Campeonato do Mundo de Futebol de 2010 na África do Sul. Durante as emissões dos jogos na RTP, o MEO disponibilizou vários serviços digitais que permite a visualização de várias câmaras dentro do campo em tempo real.

Logo da app do MEO DRIVE

MEO DRIVE

O MEO Drive é uma aplicação de navegação por GPS para telemóvel e tablet, com instruções de voz e que não necessita de ligação à internet.

MEO Energia

Na estratégia para a diversificação do portfólio e novos negócios, é lançado o MEO Energia, através da PT Live, parceira da Altice Portugal, juntado energia exclusivamente produzida a partir de fontes 100% renováveis e comunicação.[27]

No dia 6 de agosto de 2020, a Altice Portugal informou a Autoridade da Concorrência que adquiriu por a PT Live e que irá alterar o nome para MEO Energia.[27][28]

Ligações externas

  • Página do MEO

Referências

  1. ↑ Contactos Portugal Telecom.
  2. ↑ MEO atinge 1 milhão de clientes. PT Comunicações.
  3. ↑ [1]
  4. ↑ https://www.nif.pt/502600268/
  5. ↑ «MEO ultrapassa NOS e ganha liderança do mercado de TV paga. Serviços chegam a 89,3% das famílias» 
  6. ↑ [2]
  7. ↑ SAPO. «PT Comunicações avança com marca meo para triple play – SAPO Tek». SAPO Tek 
  8. a b c MEO. «MEO Fibra». MEO. Consultado em 14 de abril de 2021  Erro de citação: Código inválido; o nome “:0” é definido mais de uma vez com conteúdos diferentes
  9. a b c MEO. «MEO ADSL». MEO. Consultado em 14 de abril de 2021  Erro de citação: Código inválido; o nome “:1” é definido mais de uma vez com conteúdos diferentes
  10. a b MEO. «MEO Satélite». MEO. Consultado em 14 de abril de 2021  Erro de citação: Código inválido; o nome “:2” é definido mais de uma vez com conteúdos diferentes
  11. ↑ «PT Multimédia não, mas sim ZON Multimédia – Pplware». Pplware. 29 de janeiro de 2008 
  12. ↑ «Operador MEO supera os 700 mil clientes». Consultado em 9 de Junho de 2010 
  13. ↑ «MEO alcançou 1 milhão de subscritores» 
  14. ↑ MEO. «MEO GO». MEO. Consultado em 20 de junho de 2018 
  15. ↑ «Sofia: A nova e inteligente BOX 4k da MEO». Pplware. 3 de abril de 2018 
  16. ↑ MEO. «MEO – Televisão, Internet, Telefone e Telemóvel». MEO. Consultado em 24 de junho de 2018 
  17. ↑ MEO. «MEO – Televisão, Internet, Telefone e Telemóvel». MEO. Consultado em 24 de junho de 2018 
  18. ↑ MEO. «MEO – Televisão, Internet, Telefone e Telemóvel». MEO. Consultado em 13 de julho de 2018 
  19. ↑ MEO. «MEO – Televisão, Internet, Telefone e Telemóvel». MEO. Consultado em 13 de julho de 2018 
  20. ↑ Go, MEO. «MEO Go – TV em qualquer lugar». MEO Go. Consultado em 20 de junho de 2018 
  21. ↑ «Mais de 600 mil pessoas em Portugal veem TV fora de casa através do MEO». Consultado em 4 de junho de 2014. Arquivado do original em 24 de setembro de 2015 
  22. ↑ Meo Go é única aplicação portuguesa na final dos Tabby Awards
  23. ↑ World Communication Awards 2013 Nominees.
  24. ↑ Meo Go distinguido em três das principais categorias dos TV Connect Industry Awards 2014
  25. ↑ «MEO lança MEO Smart Home: A sua casa vai ser inteligente». Pplware. 9 de junho de 2017 
  26. ↑ SAPO. «O MEO Music acabou mas já tem substituto. Saiba qual é a nova oferta de música para os clientes MEO – SAPO Tek». SAPO Tek 
  27. a b «Meo notifica AdC da compra da comercializadora de energia PT Live». Dinheiro Vivo. 6 de agosto de 2020. Consultado em 14 de abril de 2021 
  28. ↑ «Autoridade da Concorrência – PesquisAdC». extranet.concorrencia.pt. Consultado em 14 de abril de 2021 

Gravações automáticas de Meo, Nos e Vodafone vão passar a ter 30 segundos de publicidade

Os três maiores operadores de TV paga vão passar a inserir 30 segundos de publicidade como condição de acesso às gravações automáticas de diferentes canais.

A inserção de anúncios publicitários vai ser feita gradualmente, tendo em conta os modelos de boxes que existem nas casas dos consumidores e o número de canais de TV que aderirem a esta iniciativa, que conta com o suporte da Accenture.

Meo, Nos e Vodafone informam que a iniciativa começa a produzir efeito a partir de 17 de agosto.

Os anúncios estão integrados nas gravações automáticas e os consumidores apenas poderão decidir se preferem publicidade genérica ou personalizada.

Contactados pelo Expresso, os operadores recordam que a iniciativa pretende seguir as tendências de outros países que já exploram a publicidade de gravações automáticas.

Os operadores disponibilizam a ferramenta, mas a inserção de anúncios nas gravações automáticas será decidida pelos canais, que são os detentores dos direitos de transmissão e exploração comercial dos conteúdos.

E, por isso, a inserção de publicidade deverá contemplar uma repartição de receitas entre canais (que deverão ficar com a maior fatia), operadores, Accenture e agências especializadas na inserção da publicidade.

Os denominados canais over the top (como o Netflix e o HBO, entre outros) não serão abrangidos por esta iniciativa – até porque a lógica de gravações automáticas não se aplica a este tipo de serviços.

A publicidade só é inserida em gravações automáticas dos canais aderentes a esta iniciativa. Até à publicação deste texto, Meo, Nos e Vodafone não indicaram quantos canais de TV aderiram à nova modalidade de publicidade.

E nenhum dos operadores refere se há intenção de inserir igualmente publicidade nas populares funcionalidades de “andar para trás” e “andar para a frente” que hoje são disponibilizadas nas emissões em direto na larga maioria dos canais de TV.

Apesar de ser um requisito indispensável para aceder às gravações automáticas dos canais aderentes, os operadores reiteram que, pelo menos nesta primeira fase, os anúncios pretendem ser o menos intrusivos possível.

“A publicidade será inserida num espaço que ainda não estava a ser utilizado para fins publicitários. Este novo modelo foi desenhado com a preocupação de não ser um formato intrusivo para o telespetador.

Na prática, os utilizadores passam a visualizar um pequeno anúncio até 30 segundos antes de algumas gravações, estando previsto, nesta fase inicial, que isso aconteça uma vez a cada dois dias”, refere a Vodafone, numa resposta por e-mail para o Expresso.

A Meo também confirma que os anúncios serão inseridos no ínício da sessão das gravações automáticas. Cada anúncio terá 30 segundos de duração. Nem todos os canais ou sessões gravadas serão alvo de publicidade e “serão sempre respeitados períodos de guarda que salvaguardem a boa experiencia o cliente”, garante a Altice.

A Nos não refere a periodicidade da inserção dos anúncios de 30 segundos, mas promete uma “boa experiência de utilização”.

“À semelhança do que se verifica nos restantes formatos de publicidade em televisão, não existe forma de excluir a publicidade da programação.

O que este novo modelo traz de diferente é a possibilidade de a publicidade ser segmentada consoante o perfil e preferências televisivas de cada utilizador.

O cliente terá sempre a opção de escolher entre publicidade personalizada ou genérica”, acrescenta a Nos, por e-mail.

A inserção de publicidade tem como propósito compensar os canais de TV pela migração dos telespetadores para as emissões gravadas em detrimento das denominadas emissões lineares, que seguem os horários de transmissão.

O novo espaço publicitário terá assim a função de criar uma fonte de receita aos anúncios inseridos nas emissões lineares que passaram a ser facilmente evitados pelos telespetadores através das funcionalidades que “andam para a frente” nas gravações automáticas.

“Com esta evolução de tendências, surgiu uma necessidade de adaptação dos modelos de negócio que garantam o investimento contínuo dos canais, para manterem a produção de conteúdos de qualidade e a preservação da diversidade.

Os tradicionais anúncios publicitários que sempre fizeram parte do consumo de conteúdos de televisão linear, são fundamentais para a viabilização do modelo económico que permite aos canais manterem investimento em conteúdos, pelo que se torna premente a adoção de novas práticas que permitam dar resposta a esta necessidade, adaptada à nova realidade”, explica a Altice quando questionada pelo Expresso.

O novo espaço publicitário só arranca a 17 de agosto, mas a Meo já começou a enviar alertas a quem acede às gravações automáticas, relativamente à alteração de termos e condições contratuais e para a necessidade de dar o consentimento para a nova versão das gravações automáticas com publicidade.

A Altice explica que essas alterações contratuais dizem apenas respeito à inserção de publicidade nas gravações automáticas – e por isso não deverão ser interpretadas como uma alteração ao contrato do serviço de telecomunicações na sua totalidade.

Nesses alertas, a Meo informa ainda que os dados relacionados os hábitos de visualização de TV dos telespectadores que enveredarem pela publicidade personalizada poderão ser alvo de análise.

A operadora garante que os dados são devidamente anonimizados e eliminados depois de analisados que e não há partilha dessa informação com os operadores concorrentes.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*