Como Ver Quem Esta Ligado Ao Meu Router Nos?

por Elson de Souza Para o TechTudo

O Wi-Fi lento é um problema que persegue usuários diariamente e, com isso, vem a desconfiança de roubo do sinal.

De fato, a conexão de muitos aparelhos em uma mesma rede pode causar problema, especialmente se alguém descobrir a sua senha.

Para te ajudar a eliminar essa suspeita, o TechTudo preparou um tutorial para descobrir quantos dispositivos estão ligados à rede.

Luzes de Natal podem prejudicar sinal de Wi-Fi, garante pesquisa

Passo 1. Abra o Prompt de comando do seu computador clicando em “Windows+R” e digite a palavra cmd na tela que se abre;

Como Ver Quem Esta Ligado Ao Meu Router Nos?Usuários podem descobrir se Wi-Fi está sendo roubado acessando as configurações do modem (Foto: Reprodução/Elson de Souza)

Passo 2. Na tela que se abre, digite o comando “ipconfig” e pressione enter;

Como Ver Quem Esta Ligado Ao Meu Router Nos?Usuário precisa descobrir o endereço da configuração do modem para verificar roubo de Wi-Fi (Foto: Reprodução/Elson de Souza)

Passo 3. Procure pelo item “Gateway Padrão” da rede sem fio Wi-Fi e anote o número exibido;

Como Ver Quem Esta Ligado Ao Meu Router Nos?Wi-Fi pode ser conferido através de endereço de Gateway (Foto: Reprodução/Elson de Souza)

Download grátis do app do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no Android ou iPhone

Passo 4. Abra o seu navegador e digite o número exibido para acessar as configurações do seu modem;

Como Ver Quem Esta Ligado Ao Meu Router Nos?Roteador Wi-Fi pedirá a senha para que usuário descubra se Wi-Fi está sendo roubado (Foto: Reprodução/Elson de Souza)

Passo 5. O aparelho solicitará o login e a senha do administrador. Digite-os e toque em “Fazer Login” para continuar;

Passo 6. O local da lista, com os dispositivos conectados, pode variar. Neste tutorial com um modem DS-Link, encontramos em “Wireless>Station Info”. Procure também em “Device List”, “Attached Device”, “My Network” ou opções similares;

Como Ver Quem Esta Ligado Ao Meu Router Nos?Lista de aparelhos conectados ao Wi-Fi pode variar de acordo com o modem (Foto: Reprodução/Elson de Souza)

Passo 7. Uma lista com os dispositivos conectados será mostrada junto com seus respectivos endereços MAC. Confira se eles batem com os dos seus dispositivos. Veja como fazer no computador, Android, iOS e Windows Phone;

Como Ver Quem Esta Ligado Ao Meu Router Nos?Usuário tem lista de dispositivos conectados à rede para comparar endereço de MAC (Foto: Reprodução/Elson de Souza)

Passo 8. Caso haja algum aparelho desconhecido, mude a senha do seu Wi-Fi para acabar com esse problema. Confira esse tutorial.

Como acessar um roteador conectado a outro roteador? Veja no Fórum do TechTudo.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

  • Elson Franklin vlw chara
  • Dayane Araujo Muito bom !!!
  • Cleber Oliveira COMO EU FAÇO PARA TER AO ACESSOA DO MEU ROTEADOR GVT?
    COMO A SENHA E O LOGN?
  • Cleber Oliveira EU TENHO UM ROTEADOR DA GVT, EU QUERIA TER O ACESSO DO MEU ROTEADOR.
  • Luciene Ribeiro tenho modem da oi gostaria de saber qual login e senha.
  • Rafael Silva esse login é do q ?
  • Dado Rocha roberto carlos….um monte de gente prejudicando um só que paga…….só você mesmo TROUXA>…
  • Carlos Bernardo Deixem o pessoal mamar um sinalzinho, dá pra todo mundo gente!
  • Victor Vinicius derrubei 5
  • Elson Franklin vlw chara
  • Dayane Araujo Muito bom !!!
  • Cleber Oliveira COMO EU FAÇO PARA TER AO ACESSOA DO MEU ROTEADOR GVT?
    COMO A SENHA E O LOGN?
  • Cleber Oliveira EU TENHO UM ROTEADOR DA GVT, EU QUERIA TER O ACESSO DO MEU ROTEADOR.
  • Luciene Ribeiro tenho modem da oi gostaria de saber qual login e senha.
  • Rafael Silva esse login é do q ?
  • Dado Rocha roberto carlos….um monte de gente prejudicando um só que paga…….só você mesmo TROUXA>…
  • Carlos Bernardo Deixem o pessoal mamar um sinalzinho, dá pra todo mundo gente!
  • Victor Vinicius derrubei 5

Scanner de Rede: verifique IPs e descubra quem está ligado à sua rede

Scanner de Rede é uma ferramenta que atua com a finalidade de localizar todos os dispositivos conectados em sua rede (desde que possuam um número de IP). Dessa maneira, é possível manter as informações da sua empresa seguras, evitando que dispositivos ou pessoas não autorizadas acessem sua rede.

  • A segurança da informação é muito importante para as empresas, independentemente do seu porte ou segmento.
  • Já produzimos um material sobre o assunto, que você pode acessar aqui:
    Guia sobre gestão de risco em TI.
  • Existem diversos softwares que fazem o trabalho de rastreio, capazes de identificar computadores, impressoras, smartphones e outros recursos compartilhados, que podem estar utilizando a rede protegida da empresa.
  • Como Ver Quem Esta Ligado Ao Meu Router Nos?
  • Assim, neste artigo vamos explicar o seguinte:
  • O que é Scanner de Rede?
  • Para que serve o Scanner de Rede?
  • Melhor Scanner de Rede
  • O que é Advanced IP Scanner?
  • Importância de ter um programa de Scanner de Rede
  • Outras ferramentas para segurança e gestão de TI
  • Conheça a Milvus

Boa leitura!

O que é Scanner de Rede?

Um scanner de rede permite localizar todos os equipamentos conectados a uma rede.

  1. Em suma, scanner de rede é um tipo de software que possibilita identificar equipamentos conectados à rede da empresa, como computadores, impressoras e smartphones.
  2. É uma ferramenta fundamental para garantir que pessoas sem autorização não fiquem “penduradas” na rede.
  3. Dessa forma, ao instalar o software, é possível utilizar o scanner de rede para identificar todos os dispositivos conectados à determinada rede.
  4. Existem diversos programas que oferecem este serviço, cada um com suas peculiaridades.
  5. Vamos falar sobre os principais mais à frente.

Para que serve o Scanner de Rede?

O scanner de rede tem como principal função localizar e administrar equipamentos conectados à rede empresarial.

  • O scanner de rede serve para que os responsáveis pela TI da empresa possam identificar todos os equipamentos que estejam utilizando a rede da empresa.
  • Dependendo da ferramenta utilizada, outras funcionalidades são possíveis, como permissão de acesso a servidores FTP, o controle remoto de computadores, acesso a pastas escondidas, entre outras.
  • O scanner de rede é um importante apoio para que a TI possa, sobretudo, administrar seus ativos. Dentre as principais funções do scanner, estão:

Verificação dos IPs conectados à rede

A principal função do scanner é identificar todos os IPs vinculados à rede da empresa.

Assim, através do número de IP, o responsável técnico poderá obter informações sobre o dispositivo conectado e, até mesmo, acessá-lo ou desligá-lo remotamente.

Descobrir os roteadores da rede

Com os IPs conectados à rede, é possível descobrir todos os equipamentos logados à ela, incluindo roteadores.

Logo, é possível controlar o cadastro de novas máquinas, para que equipamentos não registrados sejam impedidos de acessar informações sem autorização.

Localizar um computador Mac na rede

Não são todos os programas que podem localizar IPs e identificar endereços dos computadores da Apple em uma rede.

Um dos mais utilizados para tal é o Advanced IP Scanner. Falaremos melhor sobre ele mais à frente.

Melhor Scanner de Rede

Um sistema de ativos pode funcionar como scanner de rede, mas apresenta funções mais completas e integradas.

Caso sua TI ainda não conta com um sistema para automação, você pode utilizar um scanner de rede open source, com o objetivo de não aumentar os custos do departamento.

Existem opções gratuitas, seguras e funcionais. Porém, é provável que você encontre certas desvantagens, como a falta de integração com outras funcionalidades necessárias.

Por isso, recomendamos um controle de inventário inteligente e automatizado, como o sistema de Gestão de Ativos Milvus.

Como principais funcionalidades de um sistema de ativos completos, citamos:

  • Listagem de todos os dispositivos: permite gerenciar e acompanhar uma lista personalizada de dispositivos.
  • Visualização de status dos terminais: permite visualizar os terminais online e offline, em tempo real.
  • Visualização de informações por dispositivo: oferece informações completas de todos os dispositivos conectados à rede.
  • Adicionar ou desabilitar dispositivos: permite configurar ou desabilitar dispositivos, mantendo a rede atualizada e segura.

Além disso, o sistema que utiliza conceitos de iOT (internet das coisas), permite um gerenciamento completo do inventário, incluindo:

  • Monitoramento de ativos: incluindo análise de equipamentos que precisam de manutenção, e também o acompanhamento do ciclo de vida das máquinas.
  • Gerenciador de licenças: o gerenciamento remoto de licenças aumenta a produtividade da equipe e elimina deslocamentos desnecessários.
  • Localizador de ativos: a geolocalização identifica os equipamentos conectados à rede, independentemente de estarem próximos ou não. Além disso, informa o status e fornece outras informações relevantes para o time.
  • Monitoramento de link: através de dashboard, é possível monitorar e identificar os terminais que apresentam erros.
  • Transferência de arquivos remotamente: transferência de arquivos de forma remota. Gera ganho na produtividade e otimização do tempo.

O que é o Advanced IP Scanner?

  1. O Advanced IP Scanner é um dos softwares de scan de rede mais populares do mercado hoje.
  2. Gratuito e seguro, o programa escaneia todos os dispositivos, dá acesso às pastas compartilhadas e aos servidores FTP, além de permitir o acesso e o desligamento remoto de terminais.

  3. Com mais de 45 milhões de usuários no mundo, o Advanced IP Scanner também permite a descoberta de endereços de computadores da Apple, exporta arquivos no formato CSV e não precisa de instalação.
Leia também:  Foliculite O Que É E Como Tratar?

Uma de suas desvantagens, no entanto, é impossibilidade de integração das informações.

Mas, se sua estrutura de TI é pequena, ele pode ser uma boa solução.

Se você precisa de uma visão mais ampla e gerencial da sua TI, recomendamos um sistema completo, que ofereça funcionalidades capazes de realmente otimizar as tarefas da sua equipe.

Importância de um programa robusto de Scanner de Rede

O scanner de rede é fundamental para a segurança das informações e o controle dos ativos de uma empresa.

O mapeamento de todos os equipamentos conectados à rede é fundamental para que a TI mantenha sob controle seus ativos. Além disso, traz a segurança do acesso aos arquivos disponíveis em rede apenas pessoas ou máquinas registradas e autorizadas.

  • Um scanner de rede possibilita o aumento da produtividade, pois permite um gerenciamento remoto e possibilita identificar – e até mesmo desligar – dispositivos estranhos.
  • A segurança da informação é um tema indispensável na manutenção dos diferenciais competitivos das empresas, e está cada vez mais em voga nas discussões operacionais.
  • Como Ver Quem Esta Ligado Ao Meu Router Nos?

É importante que esteja sob responsabilidade do setor de TI, o controle de todos os dispositivos utilizados na empresa. Isso garante o acesso e permissões necessárias, sem expor dados críticos para pessoas não autorizadas.

O scanner de rede é uma ferramenta simples e de fácil utilização. Seu uso oferece uma visão rápida de todos os IPs conectados na rede.

Ao identificar roteadores ou outros dispositivos não cadastrados, a TI da empresa consegue coletar informações e até mesmo “derrubar” esses dispositivos, protegendo os interesses do negócio.

Quer mais dicas de como proteger sua empresa? Confira o artigo 6 dicas para reduzir incidentes de TI em sua empresa de modo eficaz.

Outras ferramentas para segurança e gestão de TI

  1. Além do scanner de rede, existem diversas outras ferramentas para otimizar as atividades do seu time de TI.
  2. Um sistema de help desk, por exemplo, permite automatizar a gestão de abertura de chamados e melhora a qualidade dos atendimentos.

  3. A plataforma Milvus oferece um gerenciamento completo e inteligente, oferecendo ganhos em produtividade, qualidade, redução de custos e melhor gerenciamento de ativos e demandas.
  4. Com o Milvus, é possível aumentar a eficiência do seu TI, sem precisar ampliar a equipe.

  5. Faça um teste gratuito ou solicite uma demonstração!

Scanner de Rede do Milvus

O Milvus conta com a tecnologia de scanner para localizar dispositivos automaticamente em seu inventário de TI, de forma rápida e prática.

A plataforma, que também conta com outras funcionalidades para gerenciamento de demandas e abertura de chamados, oferece uma integração entre informações e dados. Tenha acesso a ferramentas essenciais para a cobertura e segurança completas da empresa.

  • Se você já é cliente Milvus e ainda não utiliza a ferramenta para escaneamento de rede, confira o tutorial abaixo para habilitar essa funcionalidade:
  • Para ter acesso ao scanner, clique em CONFIGURAÇÕES > PERMISSÕES > selecione INVENTÁRIO > SCANNER > VISUALIZAR SCANNER >  e defina quem terá acesso ao scanner > finalize clicando em SALVAR.
  • No dashboard da Milvus, é possível ver os vídeos cadastrados e não cadastrados, além do registro do último escaneamento realizado – que ocorre automaticamente uma vez por dia.
  • Você também pode configurar o Milvus e realizar o scanning manualmente:
  • primeiro, selecione o cliente;
  • Clique em INVENTÁRIO > DISPOSITIVOS;
  • Serão listados os dispositivos que já possuem o Milvus Client instalado;
  • clique no SCANNER (BTN superior);
  • adicione as RANGES que deseja escanear;
  • clique em SCANNER (modal).
  1. É possível visualizar o escaneamento, assim como escaneamentos já realizados, podendo visualizar mais informações ou finalizar a operação.
  2. Como Ver Quem Esta Ligado Ao Meu Router Nos?
  3. Ao realizar o escaneamento, o Milvus lista todos os dispositivos que estiverem conectados em sua rede – sejam terminais, servidores ou qualquer outro dispositivo.

Clique em AÇÕES para adicionar o dispositivo. Preencha os dados referentes a ele e clique em SALVAR. O dispositivo será listado no inventário deste cliente.

O que achou? Ainda não é cliente Milvus? Faça um teste gratuito e conheça!

Conclusão

Utilize o scanner de rede da Milvus para otimizar seus processos.

Scanner de rede é uma ferramenta que permite mapear todos os equipamentos conectados à rede da empresa. Com ele, é possível garantir a segurança da rede, identificando dispositivos não autorizados.

  • Além disso, dependendo da ferramenta utilizada, outras funcionalidades podem ser utilizadas pelo time de TI, otimizando tarefas e evitando deslocamentos desnecessários, como é o caso do acesso remoto a computadores.
  • Com a plataforma Milvus, o departamento de TI conta com um sistema de scanner de rede, integrado a outras ferramentas fundamentais para a produtividade da equipe.
  • Ele facilita a gestão de ativos, traz melhorias ao gerenciamento das tarefas e do tempo, e cumpre os SLA’s, entregando mais qualidade no atendimento.
  • Que tal conhecer outras formas de automatizar seus processos de TI? Confira os artigos que recomendamos para você:

Gostou desse conteúdo? Compartilhe em suas redes e indique o Milvus para sua equipe, como plataforma de gerenciamento dos processos de TI.

Como aumentar a Produtividade da sua empresa de TI

Como Ver Quem Esta Ligado Ao Meu Router Nos?

Definições recomendadas para routers e pontos de acesso Wi-Fi

Para garantir a melhor segurança, fiabilidade e desempenho, recomendamos as seguintes definições para routers, estações-base ou pontos de acesso Wi-Fi que sejam utilizados com produtos Apple. 

  1. Efetue uma cópia de segurança das definições do router, para o caso de ser preciso restaurá-las.
  2. Atualize o software dos dispositivos. Este passo é fundamental para assegurar que os dispositivos têm as atualizações de segurança mais recentes e funcionam da melhor forma em conjunto.
    • Primeiro, instale as atualizações de firmware mais recentes do router.
    • Em seguida, atualize o software dos restantes dispositivos, como o Mac e o iPhone ou iPad. 
  3. Poderá ter de esquecer a rede em cada dispositivo que tenha ligado à rede anteriormente para garantir que o dispositivo utiliza as novas definições do router quando ligar de novo à rede.

Para assegurar que os dispositivos conseguem voltar a estabelecer uma ligação fiável à rede, aplique estas definições de forma consistente a todos os routers e pontos de acesso Wi-Fi, bem como a cada banda de um router de banda dupla, banda tripla ou multibanda.

 Um nome único (sensível a maiúsculas e minúsculas)

O nome da rede Wi-Fi, ou SSID (service set identifier), é o nome que a sua rede utiliza para se anunciar a outros dispositivos. É também o nome que os utilizadores próximos veem na lista de redes disponíveis do respetivo dispositivo.

Utilize um nome único na sua rede e certifique-se de que todos os routers da rede utilizam o mesmo nome para todas as bandas que suportam. Por exemplo, não utilize nomes comuns ou nomes predefinidos, como linksys, netgear, dlink, wireless ou 2wire, nem atribua nomes diferentes às bandas de 2,4 GHz e 5 GHz.

Se não seguir estas diretrizes, os dispositivos podem não estabelecer uma ligação fiável à rede, a todos os routers da rede ou a todas as bandas disponíveis dos routers. Além disso, existe maior probabilidade de os dispositivos que se ligam à sua rede encontrarem outras redes com o mesmo nome e tentarem estabelecer ligação às mesmas automaticamente.

 Desativada

É possível configurar um router para ocultar o seu nome de rede (SSID). O router pode utilizar incorretamente os termos “fechado” para designar oculto e “transmitir” para designar não oculto.

Ocultar o nome da rede não impede que a mesma seja detetada nem a protege de acessos não autorizados.

 Além disso, devido ao modo como os dispositivos pesquisam e estabelecem ligação às redes Wi-Fi, utilizar uma rede oculta poderá expor informações que podem ser utilizadas para o identificar a si, bem como as redes ocultas que utiliza, como a sua rede doméstica. Quando está ligado a uma rede oculta, o dispositivo poderá mostrar um aviso de privacidade devido a este risco de privacidade.

Em alternativa, para proteger o acesso à sua rede, utilize a definição de segurança apropriada.

 WPA3 pessoal para maior segurança ou WPA2/WPA3 transitório para compatibilidade com dispositivos mais antigos

A definição de segurança determina o tipo de autenticação e de cifragem utilizado pelo router e o nível de proteção da privacidade dos dados transmitidos através da rede. Qualquer que seja o nível de segurança escolhido, defina sempre uma palavra-passe forte para aceder à rede.

  • WPA3 pessoal: é o protocolo mais recente e mais seguro atualmente disponível para dispositivos Wi-Fi. Funciona com todos os dispositivos que suportam Wi-Fi 6 (802.11ax) e alguns dispositivos mais antigos. 
  • WPA2/WPA3 transitório: é um modo misto que utiliza WPA3 pessoal com dispositivos que suportam esse protocolo, mas também permite que os dispositivos mais antigos utilizem WPA2 pessoal (AES).
  • WPA2 pessoal (AES): é adequado quando não é possível utilizar um dos modos mais seguros. Nesse caso, selecione também AES como tipo de cifragem, se estiver disponível.
Leia também:  Ele Chora Como Um Bebé Ao Ver Quem Está Em Palco. Quando Vires Quem É Também Vais Chorar?

As definições que desativam a segurança, como Nenhum, Aberto ou Sem proteção, são fortemente desencorajadas.

A desativação da segurança desativa a autenticação e a cifragem, e permite que qualquer pessoa estabeleça ligação à rede, aceda aos respetivos recursos partilhados (incluindo impressoras, computadores e dispositivos inteligentes), utilize a sua ligação à Internet e monitorize os dados transmitidos através da sua rede ou da ligação à Internet (incluindo os sites que visita). Isto é um risco mesmo que a segurança esteja desativada temporariamente ou para uma rede restrita.

Não crie nem estabeleça ligação a redes que utilizem protocolos de segurança mais antigos e preteridos, como o modo misto WPA/WPA2, WPA pessoal, TKIP, WEP dinâmico (WEP com 802.

1X), Rede de segurança transitória WEP, WEP aberto ou WEP partilhado. Estes já não são seguros e reduzem a fiabilidade e o desempenho da rede.

Os dispositivos Apple apresentam um aviso de segurança quando estabelecem ligação a redes com estes protocolos.

  •  Desativada
  • Quando esta funcionalidade está ativa, o router pode ser configurado para permitir apenas a ligação de dispositivos que tenham endereços MAC (media access control) especificados. Não deve confiar nesta funcionalidade para impedir acessos não autorizados à sua rede pelos seguintes motivos:
  • Em alternativa, para proteger o acesso à sua rede, utilize a definição de segurança apropriada.

 Ativa

Se possível, configure o router para instalar automaticamente atualizações de software e firmware quando estas são disponibilizadas. As atualizações de firmware podem afetar as definições de segurança disponibilizadas pelo router e proporcionam outras melhorias importantes de estabilidade, desempenho e segurança do router.

 Todos (preferencial),ou Wi-Fi 2 a Wi-Fi 6 (802.11a/g/n/ac/ax)

Estas definições, disponíveis separadamente para as bandas de 2,4 GHz e 5 GHz, controlam as versões da norma Wi-Fi que o router utiliza para a comunicação sem fios. As versões mais recentes oferecem melhor desempenho e suportam mais dispositivos em simultâneo.

Normalmente, é aconselhável ativar todos os modos disponibilizados pelo router, em vez de ativar apenas um subconjunto desses modos. Desta forma, todos os dispositivos, incluindo dispositivos mais antigos, podem estabelecer ligação com o modo de rádio mais rápido que suportam. Isto também ajuda a reduzir as interferências de redes e dispositivos antigos que se encontrem nas proximidades.

 Ative todas as bandas suportadas pelo router

Uma banda Wi-Fi é como uma rua através da qual os dados podem circular. Mais bandas proporcionam mais capacidade de dados e melhor desempenho à rede. 

 Auto

Cada banda do router está dividida em vários canais de comunicação independentes, à semelhança das faixas numa rua. Quando a seleção de canal está definida como automática, o router seleciona o melhor canal Wi-Fi.

Se o router não suportar a seleção automática de canal, escolha o canal que tiver melhor desempenho no seu ambiente de rede.

Este varia consoante as interferências de Wi-Fi no seu ambiente de rede, que pode incluir interferências de quaisquer outros routers e dispositivos que utilizem o mesmo canal.

 Se tiver vários routers, configure cada um para utilizar um canal diferente, especialmente se estiverem próximos uns dos outros.

 20 MHz para a banda de 2,4 GHz
      Auto outodas as larguras (20 MHz, 40 MHz, 80 MHz) para a banda de 5 GHz

A largura de canal especifica o tamanho da ligação disponível para a transferência de dados. Os canais com maior largura são mais rápidos, mas são mais suscetíveis a interferências e apresentam uma tendência maior para interferirem com outros dispositivos.

  • 20 MHz para a banda de 2,4 GHz ajuda a evitar problemas de desempenho e fiabilidade, especialmente próximo de outras redes Wi-Fi e dispositivos de 2,4 GHz, incluindo dispositivos Bluetooth.
  • Auto ou todas as larguras de canal para a banda de 5 GHz garante o melhor desempenho e compatibilidade com todos os dispositivos. A interferência sem fios não é um problema tão grave na banda de 5 GHz.

 Ativo se o router for o único servidor DHCP na rede

O DHCP (Dynamic Host Configuration Protocol) atribui endereços IP aos dispositivos ligados à rede. Cada endereço IP identifica um dispositivo na rede e permite-lhe comunicar com outros dispositivos na rede e na Internet. Um dispositivo de rede precisa de um endereço IP, tal como um telefone precisa de um número de telefone.

A rede deve ter apenas um servidor DHCP. Se o DHCP estiver ativo em mais do que um dispositivo (por exemplo, no modem por cabo e no router), os conflitos de endereços podem impedir que alguns dispositivos liguem à Internet ou utilizem recursos da rede.

 8 horas para redes domésticas ou de escritório; 1 hora para hotspots ou redes restritas

O período de concessão do DHCP é o período de tempo que um endereço IP atribuído a um dispositivo é reservado para esse dispositivo.

Os routers Wi-Fi têm normalmente um número limitado de endereços IP para atribuir a dispositivos na rede.

Se esses endereços se esgotarem, o router não pode atribuir endereços IP a novos dispositivos, que não poderão comunicar com outros dispositivos na rede e na Internet.

A redução do período de concessão do DHCP permite que o router recupere e reatribua mais rapidamente endereços IP antigos que já não estão a ser utilizados.

 Ativo, se o router for o único dispositivo que fornece NAT na rede

A tradução de endereços de rede (NAT) traduz entre endereços na Internet e endereços numa rede local. Para compreender o NAT, imagine o departamento de correio de uma empresa, onde as entregas destinadas aos empregados com a morada da empresa são encaminhadas para os respetivos escritórios no edifício.

Como regra geral, ative o NAT apenas no router. Se o NAT estiver ativo em mais do que um dispositivo (por exemplo, no modem por cabo e no router), o “NAT duplo” resultante poderá fazer com que os dispositivos percam acesso a determinados recursos na rede ou na Internet.

 Ativo

O WMM (Wi-Fi multimédia) dá prioridade ao tráfego de rede para melhorar o desempenho de diversas aplicações de rede, como vídeo e voz. Todos os routers que suportem Wi-Fi 4 (802.11n) ou posterior devem ter o WMM ativo por predefinição. A desativação do WMM pode afetar o desempenho e a fiabilidade dos dispositivos na rede.

Estas funcionalidades podem afetar a forma como configura o router ou os dispositivos que estabelecem ligação ao mesmo. 

Certifique-se de que o dispositivo tem os Serviços de localização ativos para as redes Wi-Fi, uma vez que os regulamentos de cada país ou região definem os canais Wi-Fi e a intensidade do sinal sem fios permitidos nessa localização.

Os Serviços de localização ajudam a garantir que o seu dispositivo consegue detetar e ligar-se de forma fiável a dispositivos próximos e que tem um bom desempenho ao utilizar o Wi-Fi ou funcionalidades que dependem do Wi-Fi, como o AirPlay ou AirDrop.

No Mac:

  1. Selecione o menu Apple  > Preferências do sistema e, em seguida, clique em Segurança e privacidade. 
  2. Clique no cadeado  no canto da janela e, em seguida, introduza a sua palavra-passe de administrador.
  3. No separador Privacidade, selecione Serviços de localização e, em seguida, selecione “Ativar serviços de localização”.
  4. Desloque-se para o final da lista de aplicações e serviços e, em seguida, clique no botão Detalhes junto a Serviços do sistema.
  5. Selecione Redes Wi‑Fi e, em seguida, clique em OK.

No iPhone, iPad ou iPod touch:

  1. Aceda a Definições > Privacidade > Serviços de localização.
  2. Ative os Serviços de localização.
  3. Desloque-se até ao fim da lista e, em seguida, toque em Serviços do sistema.
  4. Ative Redes e ligações sem fios (ou Redes Wi‑Fi).

As redes Wi-Fi de operadoras móveis são redes criadas pela operadora móvel e pelos respetivos parceiros. O iPhone ou outro dispositivo Apple de rede móvel considera-as redes conhecidas e liga automaticamente às mesmas.

Se vir a mensagem “Aviso de privacidade” sob o nome da rede da operadora em Definições de Wi-Fi, a sua identidade móvel poderá ser exposta se o seu dispositivo ligar a um hotspot malicioso que se faça passar pela rede Wi-Fi da operadora. Para evitar esta possibilidade, pode impedir que o iPhone ou iPad volte a ligar automaticamente à rede Wi-Fi da sua operadora:

  1. Aceda a Definições > Wi-Fi.
  2. Toque em  junto à rede da operadora móvel.
  3. Desative o Acesso automático.

Como Ver Quem Esta Ligado Ao Meu Router Nos?

As informações sobre os produtos não fabricados pela Apple ou os sites independentes não controlados ou testados pela Apple são disponibilizadas sem recomendações nem aprovação.

A Apple não assume qualquer responsabilidade no que diz respeito à seleção, ao desempenho ou à utilização dos sites ou produtos de terceiros. A Apple não garante a precisão nem a fiabilidade dos sites de terceiros.

Contacte o fornecedor para obter mais informações.

Obrigado pelos seus comentários.

Router MEO: todos os modelos para o serviço de internet fixa e móvel

Conheça os diferentes modelos de routers da MEO e as suas funcionalidades. Conheça as funcionalidades do melhor router da MEO, o Fibergateway, e como aceder ao router MEO que tem em casa.

Índice :

Router MEO: diferentes modelos e funcionalidades

Atualmente existem aproximadamente 10 modelos de router MEO disponíveis. Os routers preparados para a rede de fibra da MEO são os melhores e com mais funcionalidades.

Leia também:  Não Quero Fazer Parte De Um Clube Que Me Aceite Como Membro?

À medida que a rede de fibra é expandida e melhorada em Portugal, mais routers da MEO são desenvolvidos para que os clientes tenham o melhor serviço de Wifi disponível: mais velocidade e menos interferências.

Estes são alguns dos melhores routers da MEO que pode ter em casa, se tiver cobertura de fibra na sua morada:

Melhores Routers da MEO

Características Router Fiber Gateway MEO Router Wireless Technicolor TG789vac v2 Router Wireless Technicolor TG784n v3
Normas Wifi 802.11ac 802.11 a/b/g/n/ac 802.11 a/b/g/n
Outras funcionalidades 4 interfaces LAN Gigabit + 1 interface USB Rede Guest configurável pelo utilizador 1 porta GbE + 3 portas Ethernet
Manual de Utilização Fiber Gateway MEO Manual Router Technicolor TG789vac v2 Manual Router Technicolor TG784n v3

Todos os modelos de routers da MEO são desenvolvidos pela Altice Portugal.

As funcionalidades destes 3 routers da MEO são muito idênticas. A que mais se destaca é a ligação de internet extremamente rápida: neste ponto, o Fibergateway está no topo dos routers da MEO.

O router da MEO Fibergateway é também o único que pode ser configurado através da app MEO Smart Wifi. Vamos falar-lhe, no próximo capítulo, das principais características deste router da MEO.

Fibergateway da MEO

O último modelo do melhor router da MEO, conhecido como Fibergateway (Wi-fi 6), foi lançado em 2019 e utiliza as tecnologias mais recentes, tornando-o na opção mais escolhida pelos consumidores.

Wi-Fi com Alto Desempenho

A tecnologia MU-MIMO do Fibergateway da MEO faz com que cada dispositivo tenha uma ligação independente de Wi-fi, com um desempenho excelente.

Internet de Alta Velocidade

Com velocidades de ligação que vai até 1Gbps, o Fibergateway da MEO permite-lhe fazer o download de muitos conteúdos em poucos segundos.

Elevada Cobertura

O Fibergateway da MEO chega, com a máxima velocidade, a todos os pontos da sua casa. Todos os dispositivos podem estar ligados à internet ao mesmo tempo.

Este modelo mais recente do router da MEO fornece ligações de Wi-fi com mais velocidade (cerca de 40%, em comparação com outros modelos de router da MEO). Mas para que é que o Fibergateway é ideal?

O Fibergateway da MEO é recomendado para:

  • Utilizadores que jogam online de forma constante, de forma a não terem interrupções
  • Ver filmes ou séries das plataformas de streaming ou os canais da MEO TV em 4K
  • Fazer videochamadas em qualquer ponto da casa

O Fibergateway é o único router da MEO que tem um app disponível para fazer a gestão da rede: a MEO Smart Wifi. Pode ver, nesta app, quais são os dispositivos que estão ligados, potenciar a ligação de Wi-fi, entre tantas outras funcionalidades.

O router Fibergateway da MEO está preparado para entregar o serviço de banda larga com excelente desempenho, graças a estas especificidades técnicas:

  • 4x 10/100/1000Base-T para ligação de rede Ethernet (conectores RJ45)
  • 2 canais FXS (conectores RJ11)
  • Interfaces Wi-Fi 2.4 / 5.0 GHz (802.11 b / g / n) com: 2.4 GHz 802.11 b/g/n com MIMO 3×3 + 5GHz 802.11 n/ac com MIMO 4×4
  • 1x USB 2.0 para partilha de impressoras, partilha de conteúdos e para uplink de backup 3G/4G
  • Interface RF
  • Interruptores de controlo da alimentação e Wi-fi

Se quer saber mais sobre as especificidades técnicas deste mais recente router da MEO, então deve ler o manual do Fibergateway da MEO.

Quer saber quais são os valores dos pacotes MEO com router Fibergateway? Quer saber se compensa. Entre em contacto com a nossa equipa e teremos todo o gosto em ajudar.

Este é o modelo de router da MEO mais eficiente para o serviço de internet fixa da MEO. Se tiver algum problema com o router da MEO Fibergateway, recomendamos-lhe a leitura do nosso artigo sobre avarias na MEO.

Mas muitos consumidores estão interessados em ter routers da MEO para o serviço de internet móvel (com rede 4G).

Mostramos-lhe os melhores modelos de routers MEO para internet móvel: as características, preço final e os extras incluídos.

Conheça os Routers 4G da MEO: Internet Móvel

Os router da MEO 4G são diferentes dos equipamentos de serviço fixo, como o Fibergateway. As características diferenciam (velocidade de internet, portas de entrada, etc.), mas são totalmente portáteis: pode levar para onde quiser.

O que tem de fazer para usar estes routers 4G da MEO? Subscrever um tarifário de internet móvel da MEO.

  • Partilha de internet até 32 equipamentos
  • Velocidade de download: até 150 Mb
  • Sem fios + Sem ser necessário instalação

Conhecer Router da MEO 4G

  • Partilha de internet até 32 equipamentos
  • Velocidade de download: até 150 Mb
  • 1 Porta Ethernet Gigabit
  • Deve ser ligado à corrente

Conhecer Router da MEO 4G

No capítulo seguinte, vamos mostrar-lhe como aceder aos routers da MEO para fazer gestões e configurações na rede física. Ligue-nos, gratuitamente e sem compromisso, se precisa de esclarecer alguma dúvida.

Como aceder ao Router MEO?

Ao aceder ao router da MEO (o Fibergateway, entre outros modelos) tem acesso a funcionalidades como: configurar a rede sem fios, ligar o router para comçar a utilizar a internet fixa ou alterar a password.

Escolha a opção que lhe interessa para aceder ao router MEO e explorar os detalhes e informações que normalmente vêm nas “entrelinhas”.

Como alterar a password do Router MEO?

Para ver a password do router MEO (a original), deve ver a ficha técnica que está por baixo ou num dos lados do router. Este é um exemplo de ficha, com a password do router MEO, que vai encontrar.

Com o equipamento a funcionar sem problemas e a rede Wi-Fi a funcionar sem falhas, pode mudar a password do router MEO para aceder à internet fixa da operadora.

  • Como mudar a pass do router MEO
  • Entre no my MEO com as suas credenciais
  • Clique em Os Meus Produtos e escolha o seu pacote da MEO (que inclua a internet da MEO)
  • Escolha Net fixa para ver as opções e detalhes deste serviço
  • Na secção Sem fios em casa, clique em Consultar ou alterar os dados de acesso WiFi

Depois de alterar a password do router MEO não se pode esquecer de que, quando se ligar à rede Wifi outra vez, deve colocar a nova password.

É na opção Consultar ou alterar os dados de acesso Wifi, no my MEO, que pode ver a password do router MEO atual.

Como ver o IP do router MEO?

O IP dos routers MEO é sempre o mesmo: 192.168.1.254. Deve colocar este endereço no seu navegador para entrar no seu router da MEO.

Com o IP do router MEO consegue fazer todo o tipo de configurações que quiser: mudar a password da rede Wifi, restringir o acesso de equipamentos, entre muitos outros.

No entanto, os passos seguintes vão depender do equipamento que tem em casa. Se não sabe como configurar o router MEO ou encontrar o seu IP, recomendamos o contacto com a nossa equipa.

Como aumentar o sinal Wifi do Router MEO?

  • A qualidade do sinal de Wifi não vai chegar, de forma potente, a todas as divisões, mas existem boas práticas para aumentar o sinal de Wifi do router MEO.
  • O que pode fazer, mal o seu novo router da MEO chegar a casa, é colocá-lo na parte mais central da casa para que todas as divisões tenham uma intensidade de sinal semelhante.
  • Se a casa for de grandes dimensões e se não tiver rede de fibra, recomendamos a compra de um repetidor de Wifi.
  • Veja algumas das nossas sugestões para aumentar o sinal de Wifi do seu router MEO.
  1. Coloque o seu router da MEO na posição mais alta possível: no topo de um móvel ou de uma etsante, de forma a que o sinal de Wifi seja mais bem distribuído *
  2. Ligue o seu PC ao router da MEO com cabo de rede (Ethernet) sempre que precisar de ter a velocidade máxima de internet fixa
  3. Tenha sempre os seus equipamentos (telemóveis da MEO, tablets, computadores, etc.) atualizados: pode ter influência no sinal de Wifi do router MEO

* Se colocar o router da MEO com obstáculos da estante à frente, o sinal de Wifi será sempre mais fraco.

Para saber como aumentar o sinal de Wifi do seu router MEO com mais detalhe, recomendamos a consulta do nosso artigo sobre o teste de velocidade à MEO. Aproveite e teste a velocidade do sinal de Wifi na sua casa.

  • Artigos relacionados com os routers da MEO

Pode ver quem está ligado ao router da MEO de forma fácil se tiver o Fibergateway em casa: através da app MEO Smart Wifi. Nesta app pode gerir a sua rede de Wifi em qualquer lado.

Procure o botão ON/OFF para conseguir reiniciar o seu router MEO: pode ser uma das soluções para os momentos em que tem sinal de Wifi lento em casa.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*