Como Ver Qual É A Minha Placa Grafica?

Para todo gamer, um dos componentes mais importantes do computador é sem dúvidas, a placa de vídeo.

Como existem diversos modelos e variações, no tutorial de hoje ensinaremos algumas maneiras de como saber a placa de video do PC, com e sem a utilização de programas utilitários.

Por isso, acompanhe abaixo no post e identifique seu sistema operacional, para encontrar como ver a sua placa de vídeo.

Veja abaixo como detectar a sua placa de vídeo no Windows, Linux e Mac.

Como Ver Qual É A Minha Placa Grafica?Nvidia e AMD, as grandes empresas por trás das placas de vídeo.

Como saber minha placa de vídeo no Windows

Para quem usa o sistema Windows, a maneira mais simples para saber a placa de vídeo do PC, é através da Ferramenta de Diagnóstico do DirectX.

O DirectX é um conjunto de “programas” que se responsabilizam pela comunicação entre software e hardware, ou seja, pela seu sistema operacional e sua placa de vídeo, no caso.

Esse utilitário, antigamente era instalado juntamente com os drivers de sua GPU (Graphics Processing Unit, ou Unidade de Processamento Gráfico), mas atualmente a ferramenta já faz parte nativamente dos sistemas da Microsoft.

Encontrando o modelo da placa de vídeo pelo “dxdiag”

  1. Nos sistemas mais novos, basta acessar o menu iniciar e digitar diretamente no campo de pesquisa o termo “dxdiag“, sem a necessidade das aspas.Como Ver Qual É A Minha Placa Grafica?Pesquisando dxdiag no Windows 10.
  2. A primeira vez que a ferramente for utilizada, provavelmente a mensagem abaixo será exibida. Ela questiona se você gostaria de verificar se os drivers instalados estão assinados pela Microsoft. Essa verificação é apenas informativa, sendo que nada será alterado em caso negativo. Para verificar a assinatura, continuar e abrir as propriedades, basta clicar em “SIM”.Como Ver Qual É A Minha Placa Grafica?Mensagem sobre a assinatura dos drivers instalados.
  3. A aba principal da ferramenta de diagnóstico exibe as configurações do sistema, para ver a placa de vídeo, clique diretamente na segunda, em “Exibição 1“, ou no botão “Próxima página”. Nessa aba também é possível verificar a versão do DirectX instalada, geralmente utilizada como requisito para execução de alguns jogos.Como Ver Qual É A Minha Placa Grafica?Propriedades do Sistema na Ferramenta de Diagnóstico do DirectX
  4. Finalmente, esse é um dos métodos para saber sua placa de vídeo, além de especificações da placa e dos drivers.Como Ver Qual É A Minha Placa Grafica?Verificando a placa de vídeo com o DirectX.

Veja também: Como saber o processador do PC – Guia Completo

Windows 7 e versões anteriores

Nos sistemas mais antigos da Microsoft, para saber sua placa de vídeo não é possível abrir a Ferramenta de Diagnóstico do DirectX diretamente pela pesquisa do menu iniciar, portanto, primeiramente abra o menu e depois clique em “Executar” e então insira “dxdiag“. A ferramenta executar também pode ser acionada pelo atalho Win + R.

Como Ver Qual É A Minha Placa Grafica?Utilizando a ferramenta Executar para abrir Diagnóstico do DIrectX.

Como saber minha placa de vídeo no Linux

Para saber sua placa de vídeo nos sistemas Linux, uma das maneiras é utilizando o comando “lspci | grep VGA” e “lspci | grep 3D” diretamente no terminal, sem as aspas.

O comando “lspci” relaciona todos os dispositivos PCI conectados no PC, já os tremos “VGA” e “3D” filtram os resultados para os componentes gráficos.

Geralmente a resposta vem diretamente com o “VGA”, mas alguns drivers acabam definindo a especificação da placa de vídeo como um controlador 3D, como no exemplo abaixo.

Como saber minha placa de vídeo no Mac

Para os usuários do macOS, basta acessar as configurações do sistema. Para isso, acesse o menu clicando no símbolo da maça, que fica na barra superior da tela, e então selecione “Sobre este Mac“.

Como Ver Qual É A Minha Placa Grafica? Sobre Este Mac, opção de menu no macOS

Na sequência, para saber sua placa de vídeo, basta verificar o modelo descrito no campo gráficos.

Como Ver Qual É A Minha Placa Grafica?Como saber minha placa de vídeo no macOS.

Identificando as configurações utilizando programas

Uma outra opção para saber sua placa de vídeo é por meio de programas específicos. O Speccy, por exemplo, que pertence ao grupo CCleaner, é uma ótima escolha por exibir de forma fácil as informações, além de mostrar também a temperatura atual do componente. No campo destinado aos gráficos, também são exibidos os monitores utilizados.

Como Ver Qual É A Minha Placa Grafica?Especificações da placa de vídeo no Speccy.

Baixe o Speccy no site oficial clicando aqui.

Share0

Saber qual a placa gráfica instalada no seu Windows sem usar uma app

Conhecer o hardware presente num computador Windows, ajuda o utilizador a gerir melhor os recursos presentes e o que deles pode retirar. É por isso importante saber de forma atualizada que componentes estão presentes em cada máquina.

O Windows tem toda esta informação presente e disponível, basta saber procurar. Hoje mostramos como podem saber que placa gráfica está instalada no seu computador, sem qualquer app ou ferramenta externa.

Como Ver Qual É A Minha Placa Grafica?

Tudo o que precisamos saber sobre o nosso computador está no Windows. Este sistema operativo tem um extenso registo sobre o hardware em que está a correr e o utilizador apenas precisa de saber onde consultar.

A app que lhe diz tudo sobre o hardware do Windows

No caso de precisar de saber que placa gráfica tem instalada no seu computador, precisa apenas de consultar o msinfo32. Só tem de colocar este nome na caixa de pesquisa do Windows a fim de a procurar.

Como Ver Qual É A Minha Placa Grafica?

De imediato é mostrado a app que vai querer usar. Basta apenas clicar nela para que seja aberta e usada. Se necessitar, pode também executar a app com permissões de Administrador. Este modo deverá ser usado apenas em caso de necessidade.

Toda a informação sobre a placa gráfica presente

De toda a informação presente, referente ao Windows e ao hardware, podem escolher a que querem ver. No caso da placa gráfica do computador, esta estará na área de Componentes. Aí dentro deverão escolher Visualização. De imediato têm toda a informação sobre a placa gráfica.

Leia também:  Como Hipnotizar Uma Pessoa Que Esta Dormindo?

Como Ver Qual É A Minha Placa Grafica?

Nomeadamente, o nome da placa e o fabricante, o tipo ou a descrição deste componente. Há ainda acesso à quantidade de RAM presente, a versão do driver usado ou a resolução máxima suportada. Toda a informação presente é útil, assim como complementa o que precisam saber.

Desta forma simples e rápida têm acesso a toda a informação sobre a placa gráfica instalada no computador. Podem igualmente explorar mais esta área e conhecer ainda mais o hardware presente na máquina. Provavelmente, vão descobrir mais do que sabem e até ficar surpresos.

Dica: Como obter toda a informação útil sobre o seu PC no Windows 10

Como ver a placa de vídeo do PC para descobrir o modelo

No tutorial a seguir, confira três formas de ver placa de vídeo do PC e descobrir o modelo instalado no computador. O procedimento foi realizado em um PC com o Windows 10, mas as dicas também valem para as versões anteriores do sistema da Microsoft.

1 de 7
Tutorial mostra como ver a placa de vídeo do PC para descobrir o modelo — Foto: Divulgação/Nvidia

Tutorial mostra como ver a placa de vídeo do PC para descobrir o modelo — Foto: Divulgação/Nvidia

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

Pelo Gerenciador de Tarefas

Passo 1. Clique sobre um espaço vazio da barra de tarefas e, no menu de contexto, abra o “Gerenciador de Tarefas”;

2 de 7
Abra o Gerenciador de Tarefas para ver a placa de vídeo do PC — Foto: Reprodução/Helito Beggiora

Abra o Gerenciador de Tarefas para ver a placa de vídeo do PC — Foto: Reprodução/Helito Beggiora

Passo 2. Nele, acesse a aba “Desempenho” e clique em “GPU”, na coluna lateral à esquerda. À direita, você poderá ver a marca e modelo da sua placa de vídeo.

3 de 7
Visualizando marca e modelo da GPU, placa de vídeo do PC — Foto: Reprodução/Helito Beggiora

Visualizando marca e modelo da GPU, placa de vídeo do PC — Foto: Reprodução/Helito Beggiora

Pela Ferramenta de Diagnóstico do DirectX

Passo 1. Pressione as teclas Windows + R para abrir o menu Executar. Entre com o comando “dxdiag” (sem aspas) e pressione Enter ou toque em “OK”;

4 de 7
Abra a Ferramenta de Diagnóstico do DirectX para descobrir o modelo da placa de vídeo do PC — Foto: Reprodução/Helito Beggiora

Abra a Ferramenta de Diagnóstico do DirectX para descobrir o modelo da placa de vídeo do PC — Foto: Reprodução/Helito Beggiora

Passo 2. Agora, na janela da Ferramenta de Diagnóstico do DirectX, acesse a aba “Exibição”. A marca e modelo da sua placa de vídeo serão exibidas logo abaixo.

5 de 7
Visualizando informações sobre a GPU, placa de vídeo do PC — Foto: Reprodução/Helito Beggiora

Visualizando informações sobre a GPU, placa de vídeo do PC — Foto: Reprodução/Helito Beggiora

Pelo Gerenciador de Dispositivos

Passo 1. Clique com o botão direito do mouse sobre o botão Iniciar. No menu de contexto, abra o “Gerenciador de Dispositivos”;

6 de 7
Abra o Gerenciador de Dispositivos para ver a placa de vídeo do PC — Foto: Reprodução/Helito Beggiora

Abra o Gerenciador de Dispositivos para ver a placa de vídeo do PC — Foto: Reprodução/Helito Beggiora

Passo 2. Na janela do Gerenciador de Dispositivos, expanda o item “Adaptadores de vídeo”. A marca e modelo da sua placa de vídeo serão exibidas logo abaixo.

7 de 7
Visualizando informações sobre a placa de vídeo do PC — Foto: Reprodução/Helito Beggiora

Visualizando informações sobre a placa de vídeo do PC — Foto: Reprodução/Helito Beggiora

Pronto! Aproveite as dicas para descobrir a placa de vídeo do PC e ver o modelo da GPU.

Como Ver Qual É A Minha Placa Grafica?

Como descobrir o modelo de sua placa-mãe

O que é placa de vídeo e qual sua importância?

A placa de vídeo é um dos principais componentes de qualquer PC, especialmente para computadores voltados à jogos, e geralmente é um dos componentes mais caros do seu PC. Neste artigo, explicaremos o que é uma placa gráfica e quais são suas funções.

O que é uma placa gráfica?

Placa gráfica

A placa gráfica é a peça do seu computador responsável por gerar as imagens que você vê na tela, seja essa página da web, um documento no Word ou mesmo um filme ou um game. Essa peça também é conhecida como unidade de processamento gráfico (ou GPU), e pode variar de “gráficos integrados” simples, que fazem parte da placa-mãe ou do processador, a placas de expansão maiores e mais poderosas.

Essas placas de expansão – geralmente chamadas de placas “dedicadas” – são capazes de executar tarefas mais poderosas do que as placas gráficas integradas, como gráficos de jogos, renderização acelerada de vídeo ou até mesmo trabalhos não gráficos, como mineração de bitcoin.

O uso de uma placa gráfica dedicada custa mais consumo de energia, mais calor e mais espaço no computador, e é por isso que raramente elas são utilizadas em ultrabooks e outros notebooks finos.

Mas as placas gráficas podem ficar desatualizadas com o passar do tempo. É improvável que uma placa de 2010 consiga rodas os games de 2019 em configurações altas; portanto, se você não tiver certeza se um jogo será executado no seu PC, convém comparar os requisitos mínimos ou recomendados com o hardware que você possui atualmente.

Como funciona uma placa gráfica?

A GPU recebe instruções e dados sobre a exibição de uma imagem da CPU (unidade central de processamento, o centro de comando e controle do seu computador). Em seguida, processa os dados e informa à tela do computador o que exibir. E a tela do computador recebe os sinais da GPU e exibe a imagem.

Leia também:  Como Recuperar Um Documento Do Word Que Foi Substituido?

Atualizando os drivers da placa gráfica

Para garantir que sua placa gráfica funcione sem problemas, verifique se o driver de dispositivo da placa gráfica está atualizado. Isso é importante, especialmente se você usar o computador para executar programas exigentes, como jogos ou Adobe Photoshop.

Há duas maneiras de atualizar o driver da placa gráfica:

  • Baixe e instale os drivers manualmente – Você pode atualizar o driver manualmente, acessando o site dos fabricantes da placa gráfica ou do adaptador, e pesquisando o driver mais recente para o seu dispositivo. Mas se você seguir essa abordagem, escolha o driver que seja compatível com o número exato do modelo do seu hardware e sua versão do Windows.

ou

  • Baixe e instale seus drivers automaticamente – Se você não tiver tempo, paciência ou conhecimentos de informática para atualizar seu driver manualmente, poderá fazê-lo automaticamente com o Driver Easy. Você não precisa saber exatamente qual sistema seu computador está executando, não precisa correr o risco de baixar e instalar o driver errado e não precisa se preocupar em cometer um erro ao instalar. O Driver Easy faz tudo sozinho.

Como saber qual a minha placa gráfica?

Saber qual placa gráfica você possui pode ser um pouco confuso, pois existem dois números de modelo relevantes: o modelo da GPU (ou seja, o chip real, que faz o trabalho) e o modelo da própria placa (que inclui outro hardware como o refrigerador, o módulo de regulação de tensão, etc.).

Hoje existem dois grandes fabricantes de GPUs: Nvidia e AMD.

Entretanto, existem muitos outros fabricantes que fabricam as placas – Asus, EVGA, MSI, Gigabyte – e outras empresas podem produzir placas gráficas usando os chips da Nvidia e da AMD, adicionando seus próprios ajustes para se diferenciar. A versão de um fabricante pode ter melhores collers do que outro, podendo ou não ter overclock da fábrica.

Nvidia GeForce RTX vs GTX: Qual a diferença entre as placas gráficas?

A dica é que quando você for procurar pela placa gráfica do seu PC, saiba qual informação você precisa: O chipset (por exemplo, “Nvidia GeForce Gtx 1060″) ou qual o fabricante e modelo reais da sua placa ( como o “EVGA GeForce GTX 1060 Superclocked”, que usa o chipset da Nvidia). A primeira informação é muito fácil de encontrar no Windows, mas a última é um pouco mais complicada (porém, não impossível).

Abra o menu Iniciar no seu PC, digite “Gerenciador de dispositivos” e pressione Enter. Você deverá ver uma opção na parte superior “Adaptadores de vídeo”. Clique na seta suspensa e ela deve listar o nome da sua GPU ali. Por exemplo, na captura de tela abaixo, você pode ver que eu tenho uma Nvidia GeForce GT 525M.

Nvidia GeForce GT 525M

Se você não tiver certeza de qual empresa projetou essa placa de vídeo, poderá clicar com o botão direito do mouse e escolher “Propriedades” para ver o fabricante – no meu caso, Nvidia. Observe que o Gerenciador de dispositivos usa seus drivers gráficos para determinar qual GPU você possui; portanto, se você suspeitar que os drivers errados possam estar instalados, vá para a próxima seção.

Como saber se a sua placa de vídeo é poderosa [vídeo]

Cada vez que um novo jogo aparece, surge a dúvida: será que minha placa de vídeo consegue rodar? São tantas especificações que nem sempre conhecemos o potencial da GPU. Às vezes, você não liga muito para isso e até desconhece o modelo que tem em seu computador.

Hoje, vamos explicar como você pode identificar a placa e avaliar o potencial dela. Através de uma série de análises, testaremos o desempenho deste importante componente para a execução de jogos. Prepare sua GPU, pois ela vai ferver!

Qual é o modelo?

Primeiramente, precisamos descobrir qual é a sua placa de vídeo. Normalmente, uma consulta rápida nas propriedades do sistema já responde a sua dúvida, porém algumas placas não são identificadas corretamente. Portanto, vamos instalar o GPU Caps Viewer, um software que exibe todas as informações sobre o componente gráfico.

(Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

Após executar o programa, você vai descobrir o modelo da GPU, a quantidade de memória e outros detalhes (como temperatura e versão do driver). Mesmo sem a execução de testes, as especificações já dizem muito. Caso você não esteja antenado quanto aos modelos, é possível conferir nossas tabelas e verificar em que nível de desempenho sua placa de vídeo se encaixa.

  • Tabela comparativa das placas de vídeo da AMD/ATI
  • Tabela comparativa das placas de vídeo da NVIDIA

Aqui, é importante notar a frequência da GPU (indicada em Current Clock) e as informações sobre a memória. Aliás, vale um parêntese para desmistificar esse papo de que a quantidade de memória indica a potência. Se até agora você achava que ter 2 GB de memória mudaria o desempenho em jogos, está na hora de mudar seu pensamento.

NVIDIA GeForce GTX 680 (Fonte da imagem: Divulgação/NVIDIA)

Não adianta ter uma placa com 2 GB de memória se a interface dos módulos for restrita a uma largura de 64 bits. Claro, a quantidade é importante, e uma placa com 256 MB de memória não é suficiente para suportar os games mais recentes — por isso até os modelos mais básicos trazem pelo menos 512 MB. Enfim, chega de papo e vamos aos benchmarks.

Benchmarks pesados

Há muitos softwares de benchmark que analisam a fundo o desempenho das placas. Alguns servem para estressar a unidade gráfica, outros apresentam resultados concretos e, de fato, mostram o poderio durante a execução de jogos. Vamos realizar os dois tipos de teste e explicaremos a utilidade das análises posteriormente.

Primeiramente, vamos colocar sua placa para trabalhar duro com o OpenGL. Baixe e instale o programa Cinebench. Clique em “Executar” ao lado da opção “OpenGL”. O programa vai rodar uma animação e verificar a quantidade de quadros por segundo que a GPU consegue renderizar. Vale anotar a pontuação em algum lugar para fazer comparações posteriormente.

Leia também:  Como Eu Gostaria De Explicar Agora O Que Na Altura Nao Sabia?

Ampliar (Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

Agora, vamos partir para testes com o DirectX. Faça o download do 3DMark 11 e instale o aplicativo. Execute o benchmark com as configurações-padrão e aguarde até que todos os testes sejam concluídos. Atenção: se sua placa não for compatível, tente usar uma das versões anteriores.

Ampliar (Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

Enquanto a análise é executada, você pode conferir o desempenho da GPU durante a reprodução das cenas. Caso as animações estejam muito lentas, pode significar que o desempenho da sua placa não é muito avançado. Depois de finalizar, os resultados são exibidos em uma página da web.

Para estressar mais um pouco sua placa, e verificar a capacidade com recursos avançados, a execução do Unigine Heaven Benchmark pode vir a calhar. Realize o teste com a resolução que você pretende utilizar em jogos, assim, você tem ideia do real potencial para as aplicações desejadas.

Ampliar (Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

Faça diferentes testes, com filtros ativados, com o tesselation ligado e sem quaisquer incrementos. Dessa forma, você tem noção da capacidade de sua placa e de quais configurações são suportadas. Claro, durante o benchmark, você deve ficar assistindo às cenas, pois assim é possível conferir a velocidade de execução.

Testes com jogos

Os benchmarks para averiguar a renderização com recursos avançados são úteis para comparações, porém não significam muito na hora de executar jogos — afinal, poucos títulos usam recursos avançados como o Tesselation. A melhor ideia é testar a placa com demonstrações dos jogos.

Ampliar (Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

Todavia, antes de instalar estes softwares, recomendamos que você faça o download do MSI Afterburner. Esse aplicativo serve para monitorar a GPU durante as análises e será útil para o controle de temperatura. Se você desejar, vale instalar o FRAPS para conferir se não há distorções nas taxas de fps durante as demonstrações.

Agora que estamos devidamente preparados, vale iniciar a bateria de testes com o benchmark de Final Fantasy XIV. Esta análise é mais simples e requer apenas o DirectX 9.0c. Escolha a resolução apropriada para seu monitor e um personagem. Inicie o teste e acompanhe a execução das cenas. Depois de finalizar, você pode verificar a pontuação de sua máquina.

Ampliar (Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

O Cryostasis não é um jogo recente, porém o benchmark do game é caprichado. Configure a execução de PhysX apropriada, selecione a versão do DirectX que preferir e defina um padrão de qualidade para os recursos.

Ampliar (Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

Detalhe: se a sua placa não foi muito bem nos testes realizados até agora, talvez você deva usar uma opção intermediária. Execute o teste e aguarde os resultados. Caso sua GPU não tenha apresentado bom desempenho com PhysX, vale tentar outra configuração.

Se a sua placa de vídeo tenha mostrado bons resultados em Final Fantasy e Cryostasis, ela não vai ter problemas em Lost Planet 2. Configure o benchmark de acordo com a versão de DirectX compatível com sua GPU e execute o teste. Recomendamos que você assista às cenas para verificar se o desempenho é aceitável. O programa exibe os resultados ao fim da análise.

Ampliar (Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

Esta é a hora de partir para jogos mais robustos. Dando continuidade aos testes, faça o download do STALKER: Call of Pripyat DirectX 11 Benchmark. Escolha uma das configurações, defina a versão do DirectX e selecione a resolução compatível com sua tela. Inicie o teste e verifique como sua placa suporta o game. Confira os resultados finais.

Ampliar (Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

O último teste que recomendamos é a demonstração de Aliens vs. Predator. Fique ligado, pois esta análise exige uma placa compatível com o DirectX 11. Configure a resolução apropriada e inicie as cenas do jogo. Vale conferir as animações, pois são cenas fantásticas que aproveitam todo o desempenho da unidade gráfica.

Ampliar (Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

Cuide bem da sua placa de vídeo

Bom, se você executou esses testes com configurações e resoluções máximas, significa que sua placa está pronta para encarar os títulos mais recentes. Não quer dizer que você vai poder rodar qualquer jogo, pois existem games que exigem muito mais do que é pedido nesses benchmarks.

Para conferir se o seu PC é capaz de rodar um jogo, vale acessar o site “Can You RUN it”. Ele verifica os componentes de sua máquina e os compara com os requerimentos dos mais diversos títulos.

Selecione o jogo e descubra se o seu PC pode rodá-lo (Fonte da imagem: Reprodução/System Requirements Lab)

Caso os resultados não tenham sido impressionantes, é possível que sua placa precise trabalhar com resoluções mais baixas ou níveis de detalhes reduzidos.

Vale buscar resultados na web para averiguar se sua máquina apresenta desempenho dentro do esperado.

Note que muitas vezes a placa de vídeo é prejudicada por conta do processador, memória ou até mesmo do disco rígido, que não consegue acompanhar a performance da placa.

Talvez sua placa não seja tão boa quanto você imaginava, mas é possível turbiná-la. Com o MSI Afterburner, você pode configurar a frequência do processador gráfico. Nem sempre isso gera uma melhora significativa, mas, às vezes, vale a tentativa. Atenção! Salientamos que o overclock é um procedimento arriscado e que você está por sua conta e risco.

Por hoje é só! Esperamos que você tenha aprendido um pouco mais e consiga realizar outros testes futuramente. Fique ligado no Tecmundo para mais dicas de hardware.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*