Como Uma Pessoa Se Sente Quando Esta Apaixonada?

Estar apaixonado é um dos sentimentos mais nobres que um ser humano pode sentir. Além disso, ele é uma das sensações mais fortes, capaz de nos fazer coisas antes impensáveis.

Estar apaixonado pode significar dois extremos: felicidade profunda ou tristeza sem fim. Primeiramente, se é correspondido é uma das melhores coisas do mundo. Se não é, a dor é realmente intensa.

Sabe quando o coração bate um pouco mais forte e você sente o sangue pulsando o corpo? São sensações típicas dos apaixonados. Além disso, existem as famosas borboletas no estômago.

Como Uma Pessoa Se Sente Quando Esta Apaixonada?Psiquiatria BH

Primeiramente, o que é estar apaixonado? Percebemos pequenos sinais da paixão em gestos. Estar apaixonado é se preocupar quando a pessoa demora para chegar em casa, é fazer uma surpresa inesperada e ajudar o parceiro em um dia mais difícil. É também levar em consideração sua cor preferida antes de comprar um móvel para a casa.

Apaixonar-se é também ficar feliz com as conquistas da outra pessoa, porque existe uma conexão inexplicável. É agir com a dureza de um pai quando ela toma alguma atitude impensada e inconsequente. É a dificuldade de dormir sem sentir a pessoa que você ama ao seu lado.

É controlar o seu nervosismo e manter suas palavras calmas, porque você não quer magoar quem ama gratuitamente. É reservar um tempo em sua rotina ocupada para fazer coisas juntos, como cinema, caminhadas, visitar feiras de artesanato, ir à shows. É ajudar na limpeza da casa e do carro e se responsabilizar por arrumar as crianças para a escola ou lavar a louça do almoço.

É querer saber sobre o seu dia e se esforçar para decorar o nome de todas as pessoas que fazem parte de sua rotina, para acompanhar as histórias. É se preocupar com os mínimos detalhes que são importantes para sua pessoa. Estar apaixonado é como esse texto, uma poesia na rotina, no dia a dia. E é preciso esforço para fazer a paixão durar e valer a pena.

Como Uma Pessoa Se Sente Quando Esta Apaixonada?Observatório da Televisão

Primeiramente, estar apaixonado é olhar para o objeto de desejo de uma forma única. Os olhos são um dos mais importantes sinais. Quando você está apaixonado, você involuntariamente mantém seus olhos focados na pessoa que ama. Os seres humanos naturalmente são adeptos ao contato visual, e quando existe paixão isso fica ainda mais evidente.

Como Uma Pessoa Se Sente Quando Esta Apaixonada?Rogério Cher

Além disso, muitos dos sintomas físicos da paixão são semelhantes aos dos drogados. Aumento da energia, aumento da freqüência cardíaca e pressão arterial na presença da pessoa e incapacidade de dormir ou comer. Estes sintomas ocorrem porque o cérebro produz ainda mais dopamina quando alguém está apaixonado. O cérebro também produz mais da norepinefrina química.

3 – Movimentação

Como Uma Pessoa Se Sente Quando Esta Apaixonada?Mega Curioso

Você também vai se engajar ativamente perto da pessoa. Isso explica porque o flerte muitas vezes envolve enrolar ou puxar cabelos. Quando estamos apaixonados os corpos involuntariamente se inclinam na direção do amado. Esta é uma manifestação física do desejo do cérebro para a intimidade emocional. Ou seja, o seu corpo vai demonstrar claramente os seus sentimentos.

4 – Pensamento

Como Uma Pessoa Se Sente Quando Esta Apaixonada?BBC

Com a dopamina em alta, as pessoas pensam sobre os seus interesses românticos em média 85% do dia. Nos estágios iniciais do amor, a maioria das pessoas não consegue parar de pensar em sua amada e a outra pessoa se torna uma obsessão. Se ele ocupar menos que 40%, não é realmente o amor intenso. Além disso, o nível de obsessão é comparado com o de transtorno obsessivo-compulsivo.

5 – Eternamente

Como Uma Pessoa Se Sente Quando Esta Apaixonada?Reis Man

Ao buscar um parceiro, preferimos que o relacionamento seja duradouro. Isso significa que temos fortes sentimentos de amor para apenas uma pessoa. Consequentemente, quando se está apaixonado você quer estar com aquela pessoa para sempre.

  • Você gostou dessa matéria? Então você também vai gostar dessa: As 5 linguagens do amor – principais lições do livro de Garry Chapman
  • Fonte: O Segredo Terra
  • Imagem: Well Seek

Como saber se estou apaixonade de verdade em 11 sinais

Como Uma Pessoa Se Sente Quando Esta Apaixonada?

Se você está se perguntando agora mesmo: o que se sente quando está apaixonada/o de verdade? Você pode está fazendo isso por diferentes razões, entre elas é que neste momento você se encontra em uma relação de casal onde não tem certeza do que sente por essa pessoa especial na sua vida. Também pode ser que você nunca tenha se apaixonado na vida e que esteja curioso para saber como é estar apaixonado ou que queira ter certeza de que o que sente agora por uma pessoa é o verdadeiro amor. Em primeiro lugar, você precisa que saber que existe uma grande diferença entre o que é o amor e a paixão e uma vez que você tenha isso claro pode começar a refletir sobre o que experimenta normalmente uma pessoa que está apaixonada/o de verdade.

É por isso que neste artigo de Psicologia-Online explicamos como saber se estou apaixonada/o de verdade e o que se sente quando isso acontece.

Também lhe pode interessar: Como saber se ele/a me ama

O amor é um sentimento bastante subjetivo e as vezes complexo já que é algo que não se pode tocar é complicado de estudar e de defini-lo.

Apesar do amor não poder ser visto nem tocado, o mais importante é que se pode sentir e experimentar com intensidade.

A grande maioria das pessoas acreditam em que quando falamos de amor e paixão nos estamos se referindo à mesma coisa, no entanto não é assim.

O amor e a paixão

Então, qual é a diferença entre amor e paixão? A principal diferença e a mais importante é que se apaixonar, ao contrário do amor mais puro e verdadeiro, é temporário.

Se trata de uma emoção bastante intensa e profunda que chega inclusive a mudar nossa química do cérebro e graças a isso, as pessoas apaixonadas não conseguem ver o outro em sua totalidade, olham unicamente suas qualidades e as engrandecem omitindo totalmente seus defeitos.

Uma pessoa apaixonada acredita que quem ele ama nesse momento é alguém perfeito(a), pode chegar a sentir as famosas borboletas no estômago cada vez que o vê, o idealiza, chega a fazer todo tipo de loucura que nunca imaginou fazer por essa pessoa, vive com muitos altos e baixos emocionais já que grande parte de sua felicidade depende de como está a sua relação com a outra pessoa, entre muitas outras coisas que sem dúvida vale a pena chegar a experimentar e é extremamente agradável quando o amor que você sente é bem correspondido. É importante aprender a diferenciar o amor da obsessão por uma pessoa .

A paixão não pode durar por toda a vida já que as emoções tão intensas que isso provoca não nos permitiriam realizar nossos objetivos pessoais ou simplesmente uma vida normal onde desempenhamos nossas atividades cotidianas de maneira correta sentindo uma maior estabilidade emocional.

Por outro lado o amor puro ou real é diferente já que neste caso se consegue perceber a pessoa amada em sua totalidade, podendo ver suas qualidades mas também seus defeitos da mesma maneira, não se idealiza o outro e se aceita do jeito que é, tendo em conta que não é perfeito(a) e nunca será, apesar de que as borboletas no estômago desaparecem, o amor ali está, cada vez mais forte. É um tipo de amor que vai além do êxtase que a paixão pode te dar, é mais maduro, menos egoísta, mais sincero e não aparece do dia para a noite já que se constrói com o tempo então, não tem data de validade.

Leia também:  Como Ver Qual A Nossa Placa Grafica?

Entenda o que é o amor incondicional e os mitos do amor romântico no vídeo abaixo.

O que se sente quando se está apaixonada/o? A paixão é subjetiva para que todas as pessoas possam experimentar diferentes sintomas que indicam que estamos apaixonados. No entanto, alguns dos sintomas mais comuns são os seguintes:

  • Sentimentos intensos de felicidade quando é bem correspondido(a) e de intenso desconforto quando somos rejeitados;
  • Aumento do ritmo cardíaco ao estar perto da pessoa amada ou até por estar pensando nela;
  • Perca do ritmo normal de sono. Podemos chegar a dormir menos devido nos sentirmos mais alertas e ativos.
  • Pensar todo ou quase todo o dia na pessoa amada;
  • Idealiza-se totalmente a persona amada deixando de ver seus defeitos e potenciando sias qualidades;
  • Aumento dos níveis de energia;
  • Euforia;
  • Falta de concentração por estar pensando na pessoa amada;
  • Tremor corporal;
  • Fazer coisas que jamais imaginamos para conseguir estar com essa pessoa;
  • Aproveitar muito a companhia da pessoa amada.

Mesmo que seja difícil evitar fazer coisas que desejamos estando em um estado de plena paixão, é importante levar em consideração que antes de nada devemos nos amar e nos respeitar, aumentando nosso amor próprio.

Pode ser que em algumas ocasiões quando se está apaixonado costumamos dar prioridade a outra pessoa sobre todas as demais inclusive sobre nos mesmos. Por isso é importante levar em consideração esta série de conselhos que sem dúvida te beneficiarão a curto ou a longo prazo se você continuar ou não com essa pessoa:

  • Não faça coisas contra sua vontade: se a qualquer momento você sentir que para a outra pessoa acabar aceitando você na vida dela terá que fazer coisas que vão contra seus desejos ou valores, lembre-se que quem realmente quer estar com você não precisa impor nada a você. Portanto, o faça conhecer o seu ponto de vista e chegue a uma conclusão em que ambos se beneficiam e não acabam cedendo apenas para serem aceitos.
  • Seja você mesmo(a): é claro que no início, quando nos encontramos com outra pessoa, principalmente se for uma pessoa de quem gostamos, procuramos apresentar a melhor versão de nós mesmos, o que não é nada mau. O que devemos evitar é tentar ser alguém que não somos apenas para chamar a atenção da outra pessoa e nos sentirmos aceitos.
  • No caia na obsessão: há uma diferença que às vezes não é fácil distinguir entre estar apaixonado e ser obcecado por alguém. Uma das maneiras pelas quais você pode saber o que realmente está acontecendo com você é perceber quanta alegria e quanto desconforto está sentindo. Se você acha que essa situação está te prejudicando mais do que beneficiando, pode estar caindo na obsessão.

Este artigo é meramente informativo, em Psicologia-Online não temos a capacidade de fazer um diagnóstico ou indicar um tratamento. Recomendamos que você consulte um psicólogo para que ele te aconselhe sobre o seu caso em particular.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como saber se estou apaixonada/o de verdade: o que se sente, recomendamos que entre na nossa categoria de Sentimentos.

Sintomas de paixão: veja o que acontece com o corpo apaixonado

Como Uma Pessoa Se Sente Quando Esta Apaixonada?

O coração bate mais rápido? Sente aquele embrulho no estômago ou uma explosão de energia quando ele ou ela lhe olha? Mais que mexer com a cabeça, a paixão altera muitas funções do corpo, pois também é um fenômeno fisiológico. Quando surge o interesse por alguém, o cérebro começa a fabricar e liberar hormônios em grande quantidade.;Neuroquimicamente, o cérebro reage à ação com a mudança de alguns neurotransmissores. Temos, então, o aumento da dopamina, assim como o crescimento dos níveis de endorfina e de oxitocina, o hormônio do amor, que aumenta a sensação de apego, bem-estar e segurança;, explica o neurocientista e psiquiatra Diogo Lara.O resultado dessas alterações hormonais são aquelas conhecidas por quem já experimentou o sentimento da paixão: aumento da pressão arterial e dos batimentos cardíacos, corpo mais quente e excesso de suor, falta de apetite, insônia, além da sensação de bem-estar e prazer quando se está com a pessoa amada.Segundo o neurocientista, é devido a essas alterações no cérebro que algumas pessoas têm mais facilidade ou dificuldade em se apaixonar. ;Alguns seres humanos são mais rígidos, racionais, analíticos e acessam menos a área do cérebro que controla as sensações e emoções. Elas tendem a ser menos suscetíveis a paixões.;A paixão também tem data de validade. De acordo como os estudos mais recentes, pode durar de 12 a 24 meses, no máximo. Quando esse estado apaixonado passa, as relações tendem a entrar no modo amor companheiro, que é caracterizado pelo retorno aos níveis basais dos neuro-hormônios e neurotransmissores que estavam bombardeando o corpo de sensações.

Apesar de atingir todas as idades, a paixão avassaladora é mais comum na adolescência e no começo da fase adulta, e requer cuidados.

;A paixão não correspondida nesse período pode ser um problema também, pois isso demanda uma grande mudança bioquímica no organismo e, quando ele se depara com a dura realidade da rejeição, é o famoso ;meu mundo caiu;. E não é brincadeira.

Com frequência, isso pode se tornar uma situação traumática, que vai influenciar em relações futuras.;

No cérebro

  • Ocorrem diversas modificações no cérebro devido a liberação de vários hormônios:
  • Oxitocina e vasopressina: agem localmente no cérebro, sendo neuropeptídeos estão associados ao apego, estreitar vínculo afetivos e preferência)
  • Dopamina: está associada a motivação e prazer, associada a recompensa, o indivíduo tem muito mais energia)
  • Serotonina: os níveis de serotonina caem, provocando um efeito calmante, diminuindo a sensação de estresse.
  • Cortisol: sintomas de euforia, ansiedade e insegurança, além de provocar menos fome e tornar o indivíduo hipervigilante
  • Endorfina: provoca a sensação de bem estar

Rosto

O sangue circula com mais frequência nos vasos sanguíneos, com isso os lábios ficam mais cheios e rosados e a pele do rosto fica mais corado.

Coração

Como o aumento na adrenalina cortisol, o coração bate mais forte e pode chegar até 150 batimentos por minuto.

Estômago

Sistema digestório se altera, o indivíduo tendem a sentir menos fome

Pele

A temperatura tendem a ficar mais alta, como isso, o corpo produz suor para baixar a temperatura do corpo. O resultado é que os toques na pele ativam uma espécie de sistema de recompensa, que gera prazer.

* Estagiária só supervisão de Sibele Negromonte

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Psicóloga lista 6 sinais de que você está completamente apaixonada | Amor e Sexo | iG

Se apaixonar por alguém pode ser, de certa forma, incrível e desesperador simultaneamente. Ao mesmo tempo em que é uma delícia sentir as famosas “borboletas” no estômago e ficar criando mil e um cenários incluindo o objeto da paixão, a pessoa apaixonada também acaba perdendo um pouco o controle sobre as próprias atitudes e sentimentos.  

Leia também: Por que fugimos da paquera quando a outra pessoa demonstra muito interesse?

Como Uma Pessoa Se Sente Quando Esta Apaixonada?

Reprodução
Assim como Monica e Chandler, de 'Friends', é possível que uma pessoa se veja apaixonada por alguém em quem nunca reparou de forma romântica, mas também é possível ver a paixão surgir entre quem se conhece há pouco tempo

Leia também:  Boa Merda Espero Que Tudo Corra Como Estas A Espera?

Além disso, a paixão também pode assustar. Ao contrário do amor
– algo que criamos a partir da convivência –, ela é algo mais repentino e arrebatador, o que pode tornar a situação ainda mais confusa.

Apesar de muita gente achar que uma pessoa só pode se dizer apaixonada
após algum tempo saindo com a outra, a psicóloga Denise Miranda, cofundadora do Instituto do Casal, afirma que esse fator não influencia em nada.

Segundo a especialista, é possível se apaixonar por uma pessoa após sair com ela pouquíssimas vezes, assim como também dá para desenvolver paixão por alguém que já conhecemos há muito tempo, mesmo que nunca tenhamos sentido nada “fora do comum” por ela durante anos. Ela também afirma que a paixão, em contraste com o amor, é algo mais momentâneo.

“As características marcantes da paixão tendem a diminuir com o passar do tempo, o que faz com que a frequência de querer estar junto também se modifique. Não é mais vivida uma atração intensa e sem controle”, afirma a psicóloga.

Mas, afinal, como saber se a flecha do cupido te acertou de jeito? Confira seis sinais de que você entrou para o clube dos apaixonados:

1. Você já
acorda pensando na pessoa (e vai dormir na mesma situação)

Sabe quando você tem interesse ou está saindo com alguém e a pessoa é a primeira coisa que aparece na sua mente quando você abre os olhos pela manhã? Ou quando você até tenta prestar atenção no que seu chefe está falando durante uma reunião importante no trabalho, mas não consegue parar de divagar sobre o que a pessoa está fazendo e relembrar os momentos que vocês passaram juntos? Segundo a psicóloga, não conseguir desviar os pensamentos de uma pessoa específica é um sinal de que há, sim, paixão
no ar.

Leia também: É normal ter um “crush” mesmo sendo comprometida? Especialistas explicam

2. Você toma atitudes e depois fica se perguntando por que fez o que fez

Quando se fala em paixão, tudo é muito rápido, inclusive o processo de tomar decisões. De acordo com a psicóloga, é normal que, quando está apaixonada, a pessoa tome atitudes de maneira impulsiva.

  Sendo assim, se você não entende por que decidiu aceitar um convite da pessoa para jantar em um lugar que não combina muito bem com seu orçamento ou por que certas informações constrangedoras a seu respeito têm saído de sua boca de forma descontrolada, agora já sabe.

“Ah, isso é ruim. Eu não deveria ter feito isso”

Além da impulsividade, outro fator que Denise relaciona com o processo de se apaixonar é a falta de controle em geral. Você não consegue tomar as rédeas dos próprios pensamentos, das próprias ações, perde o sono e até vê tarefas diárias se tornando complicadas porque está com a cabeça em outro lugar. É quase como se você estivesse “bêbada de amor” (sim, exatamente como dizem nas músicas).

“Eu quero você, baby, bêbada de amor”

Ter vontade de fazer sexo com alguém não é sinal de que a pessoa está apaixonada, mas, quando ela está, essa vontade é diferente. Nesse caso, há mais entusiasmo, a pessoa é capaz de te “tirar dos eixos” com muito mais facilidade e você provavelmente fantasia um bocado sobre ela (novamente, descontrole).

De acordo com Denise, um dos sinais de que a pessoa está apaixonada é a dificuldade em se olhar sem pensar sobre o que a outra pessoa vai achar. Não, ninguém precisa mudar hábitos ou aspectos da própria aparência para agradar o outro – já que o ponto de um relacionamento é gostar da pessoa como ela é –, mas você pode se ver fazendo coisas mais “inocentes” e sutis.

Que atire a primeira pedra quem nunca esperou o “crush” estar online para postar aquela selfie incrível (e deu pulinhos de alegria quando viu o nome da pessoa entre as curtidas), ou optou por sair com a camiseta de uma determinada banda por saber que a pessoa é fã número um do grupo, não é mesmo?

Leia também: Não sabe como terminar um relacionamento? Ciência pode ter a resposta

6. Você não enxerga os defeitos da pessoa (ou acha todos eles lindos)

No fim, o ditado que diz que o amor é cego é, de certa maneira, verdadeiro.

De acordo com a psicóloga, quando uma pessoa está apaixonada, é comum que ela simplesmente não perceba os defeitos do objeto dessa paixão – e, não, não estamos falando necessariamente de características físicas.

Quando estão “bêbadas de amor”, as pessoas tendem a relevar hábitos ou características comportamentais da outra ou até idealizá-la a ponto de não perceber as limitações que ela tem.

Ou você nunca teve vontade de bater a cabeça na parede vendo a dinâmica de um casal de amigos e pensou: “Como é que eles se aguentam”?

Veja 5 sinais físicos de que você está apaixonado

Seu coração bate mais rápido. Você pode ouvir o sangue pulsando em suas veias. Toda vez que ele ainda olha para você, você sente uma explosão de energia. Você está apaixonado?

Que nossos corpos nos enviam sinais que nos dizem “essa pessoas pode mudar a sua vida” não é grande surpresa. Mas como isso funciona exatamente? É algo que fazemos inconscientemente? Não. Nossos cérebros e corpos realmente nos dizem quando estamos apaixonados. O YourTango pediu para cientistas explicarem os 5 sinais físicos de que você está apaixonado:

1. Você se pega olhando fixamente Os olhos são o que mais importa. Quando você está apaixonado, você involuntariamente mantém seus olhos focados no objeto de sua afeição. Os seres humanos naturalmente são adeptos ao contato visual.

2. Você se sente bem Você se dá conta que fala de forma hiperativa sobre a pessoa. Estar apaixonado é como estar drogado.

Muitos dos sintomas físicos são os mesmos: aumento da energia, aumento da freqüência cardíaca e pressão arterial (especialmente quando você vê a pessoa), e incapacidade de dormir ou comer.

Estes sintomas ocorrem porque o cérebro produz ainda mais dopamina quando alguém está apaixonado. O cérebro também produz mais da norepinefrina química quando estamos apaixonados, acelerando o coração quando estamos nervosos.

3. Você não vai parar de se mover Você não vai apenas procurar o seu namorado visualmente. Você também vai se engajar ativamente na proximidade da pessoa.

Isso explica porque o flerte muitas vezes envolve enrolar ou puxar cabelos. Quando estamos apaixonados os corpos involuntariamente se inclinam na direção do amado.

Esta é uma manifestação física do desejo do cérebro para a intimidade emocional.

4. Você não vai parar de pensar nele Com os níveis altos de dopamina, as pessoas pensam sobre os seus interesses românticos em média 85% do dia. Isto é conhecido como “pensamento intrusivo”.

Nos estágios iniciais do amor, a maioria das pessoas não consegue parar de pensar em sua amada e a outra pessoa se torna uma obsessão. Se ele ocupar menos que 40%, não é realmente o amor intenso. O nível de obsessão é muitas vezes comparado com o de transtorno obsessivo-compulsivo.

Leia também:  Como Arranjar Um Autoclismo Que Nao Para De Correr?

A diminuição dos níveis cerebrais de serotonina normais provoca comportamentos semelhantes quando alguém está apaixonado.

5. Só ele… Quando buscamos um parceiro com o amor em mente, preferimos que o relacionamento seja duradouro. Isso significa que temos fortes sentimentos de amor para apenas uma pessoa. Por outro lado, sentimentos de luxúria são menores sobre uma pessoa específica do que para o sexo em si. Quando se trata de luxúria, a relação privilegiada pode ser significativamente menor.

De acordo com um estudo de 2002, se uma pessoa é realmente apaixonada pelo parceiro, o desejo de união emocional terá precedência sobre desejo sexual. O estudo também concluiu que buscamos exclusividade sexual com essa pessoa porque nós naturalmente esperamos a reprodução.

Alguns sinais do corpo mostram quando alguém está apaixonado
Foto: Getty Images

1 de 11

Terminar um relacionamento pode não ser a coisa mais simples do mundo. Por mais que a decisão tenha sido a melhor, sempre sobra alguma dor após o rompimento. A Cosmopolitan conversou com uma terapeuta, Rachel A. Sussman, e levantou algumas dicas de como uma gartoa porde sobreviver a uma separação

Foto: Getty Images

18 sinais de que você está apaixonado

Frases de Eliane

Saiba quais são algumas ações típicas desse nome

Poemas Castro Alves

Confira os poemas deste autor do romantismo brasileiro.

Olhos nos olhos

Só de olhar em seus olhos, consigo ver todo o seu amor

Esqueça o passado

Descubra o que a vida guarda para você e seja feliz

Jean Racine

As frases de um dos maiores dramaturgos da França

Legendas de otimismo

Palavras para ressignificar a energia da sua vida!

Feliz Dia das Bruxas

Descubra a origem dessa divertida data que virou festa

Quer saber se uma pessoa está apaixonada por você? Preste atenção a estes sinais

O amor não se manifesta apenas com uma sensação de euforia e borboletas no estômago. Em geral, ele tem uma influência muito forte em nosso corpo: de rubor e sudorese descontrolados a profundas alterações hormonais e psicológicas. As manifestações externas às vezes são tão óbvias que podem delatar o apaixonado, mesmo se ele estiver fingindo completo desinteresse.

Nós do Incrível.club acreditamos que uma pessoa prevenida vale por dois.

Depois de conhecer uma pessoa legal, você mesmo pode não entender seus sentimentos de imediato, mas os sinais físicos já estarão gritando aos quatro cantos sobre o que está acontecendo “em seu coração”.

E, além disso, após ter compreendido estas nuances, será mais fácil entender e identificicar quais emoções uma outra pessoa sente por você.

© Depositphotos, © Depositphotos

Os cientistas há muito estabeleceram que a causa de sentimentos fortes é um certo conjunto de hormônios. Quando ocorre uma liberação de todos eles no organismo, a pessoa começa a sentir amor e paixão, algo que é impossível controlar por completo. No entanto, homens e mulheres passam por sintomas diferentes sobre “se apaixonar”.

No início, suas preferências emocionais e sexuais coincidem: nos homens, a ocitocina é produzida de forma ativa, o que os deixa mais românticos, carinhosos e zelosos, enquanto as mulheres têm testosterona, o que explica um aumento na excitação sexual e mais força. Mas depois, infelizmente, a natureza se equilibra novamente e volta tudo ao normal: após um tempo, os hormônios entram em ordem, as mulheres recebem menos atenção e os homens, menos carícias.

As mudanças no corpo não param, mesmo depois ter passado o estágio de “amor ardente”. Por exemplo, há uma mudança de voz.

De acordo com um estudo, em uma conversa com o seu amado a voz das mulheres, inadvertidamente, torna-se mais nítida e suave.

Ao mesmo tempo, em outro estudo, os pesquisadores descobriram que as mulheres podem manipular sua voz de forma consciente, torná-la mais profunda e vibrante, para que ela pareça mais atraente.

Mas o segredo é que no geral, de forma inconsciente, os homens preferem e são atraídos por mulheres que falam com voz aguda, “feminina”, porque isso instintivamente define uma mulher, e do tipo afetuosa, delicada e adequada para um relacionamento de longo prazo. Enquanto uma voz profunda excita apenas no nível físico, o que indica mais um interesse sexual.

O garoto ou garota dos seus sonhos entra em uma sala, dá um breve sorriso carinhoso e passa por você. Não aconteceu praticamente nada, mas você já sente suas bochechas ficaram vermelhas, o que é algo impossível de controlar.

Os psicólogos modernos descobriram que o rubor é útil e revela o melhor lado de uma pessoa. De acordo com uma teoria, esta é uma reação natural ao fato de que “fomos descobertos”.

O psicólogo Ray Crozier, após entrevistar muitas pessoas, concluiu que na maioria das vezes isso acontece quando há o risco de revelar certas informações pessoais, e não apenas em situações incômodas. Ou seja, é uma reação fisiológica ao medo de divulgação pública de qualquer segredo.

Como isso pode ser um sinal que a pessoa gosta de você? É simples: um rosto avermelhado nesses casos deixa claro para os outros que você quer evitar atenção desnecessária. É por isso que parecemos mais modestos e menos narcisistas.

E se considerarmos que o rubor não pode ser imitado, é fácil concluir que este é um dos poucos sinais de honestidade, que está além de qualquer suspeita.

© Depositphotos, © Depositphotos

Boas notícias para os homens. Um estudo da Universidade da Califórnia, em Los Angeles, demonstrou que os homens que têm relacionamentos estáveis ou são casados (principalmente aqueles casais que estão juntos há mais de 25 anos) têm ossos mais fortes.

Mas apenas com uma condição: se a relação ou o casamento é feliz, e a mulher nessas relações é sensível e solidária.

Durante os testes, ficou claro que, se a mulher não era carinhosa e amorosa, não havia tal característica no organismo de seu namorado ou marido.

Os olhos desempenham um papel muito importante no processo de flertar, e suas mudanças e movimentos são um dos sinais mais precisos, capazes de transmitir o estado de ânimo no processo de comunicação dos apaixonados.

A ciência já demonstrou que a dilatação das pupilas depende não somente da iluminação, como também da excitação emocional. Eles podem ficar até 4 vezes maiores que em seu estado normal.

É por esse motivo que as pessoas, quando são um casal, costumam olhar tão de perto nos olhos: de forma inconsciente, eles esperam ver essa mudança, para confirmar que o outro tem sentimentos e emoções positivas.

© Depositphotos, © Depositphotos

Confusão, nervosismo, alterações constantes de humor, perda de apetite e mal-estar de modo geral são também as consequências físicas dos estágios iniciais do processo de se apaixonar. Ou seja, o corpo deixa claro que estão chegando sentimentos realmente fortes. Quando é apenas um simples interesse, não há esse tipo de sofrimento.

Uma das razões para tais manifestações pode ser o hormônio do estresse, o cortisol, que começa a levar uma vida ativa no organismo quando uma pessoa se apaixona, porque isso é um grande estresse e um mar de emoções.

Por exemplo, sabe-se que, por conta disso, os vasos sanguíneos do estômago podem se contrair, o que causa náuseas. Como regra geral, todos esses sintomas desagradáveis desaparecem ao longo do tempo, quando o relacionamento se torna mais estável e há menos incertezas.

Mas às vezes eles ainda podem voltar, durante o casamento ou quando algo não está indo bem no relacionamento.

Você provavelmente já ouviu histórias sobre como, em situações de emergência, as pessoas fizeramo impossível: como uma mãe que levantou um carro sob o qual seu filho estava preso ou as próprias crianças, de repente, mostraram uma inteligência invejável para evitar um perigo.

O fato é que a combinação do amor profundo e do medo muito grande às vezes nos dá como recompensa alguns superpoderes. E isso não acontece apenas com os pais, mas também com pessoas muito apaixonadas.

Isso ocorre graças ao desenvolvimento ativo da ocitocina durante a fase de paixão, que aumenta a tolerância à dor física.

É por isso que as pessoas que experimentam esse sentimento maravilhoso e forte muitas vezes parecem, em determinado momento, poder buscar uma estrela do céu, mover montanhas e colocar o mundo inteiro aos pés da pessoa amada.

Imagem de capa Depositphotos

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*