Como Tirar Publicidade Que Aparece No Pc?

Como Tirar Publicidade Que Aparece No Pc?

Conteúdo de marca

Conteúdo de marca

Como Tirar Publicidade Que Aparece No Pc?

Conteúdo de marca

Como Tirar Publicidade Que Aparece No Pc?

Conteúdo de marca

Como Tirar Publicidade Que Aparece No Pc?

Interlagos, Monza, Daytona

Conteúdo de marca

Como Tirar Publicidade Que Aparece No Pc?

Conteúdo de marca

Conteúdo de marca

Como Tirar Publicidade Que Aparece No Pc?

Conteúdo de marca

Conteúdo de marca

Como Tirar Publicidade Que Aparece No Pc?

Conteúdo de marca

Como Tirar Publicidade Que Aparece No Pc?

Conteúdo de marca

Como Tirar Publicidade Que Aparece No Pc?

Como Tirar Publicidade Que Aparece No Pc?

Conteúdo de marca

Conteúdo de marca

Conteúdo de marca

Conteúdo de marca

Problemas cardíacos e renais

Conteúdo de marca

Não fique vulnerável

Uma ferramenta para combater as ameaças digitais, roubos de senhas e invasões

Proteja-se agora

Médicos à sua disposição 24 horas por dia

Consultas médicas ilimitadas por vídeo. Apenas R$ 39,90 por mês

Tô dentro

Melhore seu currículo

+500 cursos online em todas as áreas, a partir de R$14,90, sem sair de casa

Comece agora mesmo

Nuvem

Tenha um e-mail com o seu nome e um Drive com toda segurança na nuvem

Crie agora

Cartão de crédito

Compare e encontre o melhor cartão de crédito para você.

Peça já o seu

Assinaturas

Internet, celular e Tv por assinatura? Descubra qual o plano mais barato em sua cidade

Compare aqui

Conteúdo de marca

Conteúdo de marca

Conteúdo de marca

Conteúdo de marca

Conteúdo de marca

Conteúdo de marca

Loterias

Modalidade permite investir em mais jogos por um custo mais baixo

Conteúdo de marca

Conteúdo de marca

Pet dos Famosos

Cães são da raça schnauzer

Conteúdo de marca

Conteúdo de marca

Conteúdo de marca

Conteúdo de marca

Conteúdo de marca

Conteúdo de marca

Conteúdo de marca

Daytona, Monza, Interlagos

Conteúdo de marca

Conteúdo de marca

Conteúdo de marca

Psicóloga passou por “cura gay”

Conteúdo de marca

Conteúdo de marca

Escritório ou home office

Conteúdo de marca

Conteúdo de marca

Conteúdo de marca

Conteúdo de marca

Conteúdo de marca

Conteúdo de marca

Conteúdo de marca

Como desativar anúncios do Windows 10

O Windows 10 já acumulou diversas polêmicas em seus dois anos de existência – atualizações forçadas, dúvidas sobre privacidade, dificuldade em alterar aplicativos padrão – e há mais outra para a lista. Usuários descobriram que o sistema passou a exibir anúncios no Explorador de Arquivos, e a Microsoft diz fazer isso para “ajudar os clientes”.

O anúncio no Explorador de Arquivos é um convite para assinar o OneDrive, serviço de armazenamento na nuvem, e aparece na parte superior da tela Acesso Rápido.

Como Tirar Publicidade Que Aparece No Pc?

Notificações semelhantes a essa já apareciam na atualização de aniversário do Windows 10, mas o Creators Update realmente trará anúncios como o visto acima.

Em declaração ao The Verge, a Microsoft diz:

As novas notificações com dicas no Explorador de Arquivos no Windows 10 foram projetadas para ajudar os clientes fornecendo informações rápidas e fáceis para melhorar a experiência relativa ao armazenamento e ao gerenciamento de arquivos na nuvem. Dito isto, os clientes do Windows 10 podem facilmente optar por não receber essas notificações se assim desejarem.

Aprenda a desativar os anúncios do Windows 10

De fato, como explica o site Thurrott.com, é possível desativar esses anúncios – só não é muito intuitivo. Abra o Explorador de Arquivos, vá em Exibir > Opções, clique em “Modo de Exibição” e desative a opção “Mostrar notificações do provedor de sincronização”.

Como Tirar Publicidade Que Aparece No Pc?

Esta não é a primeira vez que a Microsoft coloca anúncios no Windows 10: você pode encontrá-los na tela de bloqueio, no menu Iniciar e também na barra de tarefas. Para desativá-los, é preciso ir em diferentes locais nas configurações.

Vá em Configurações > Personalização > Tela de bloqueio e desative a opção “Receba dados interessantes, dicas e muito mais do Windows e da Cortana na tela de bloqueio”. (Essa opção não estará disponível caso sua tela de fundo seja “Destaque do Windows”.)

Como Tirar Publicidade Que Aparece No Pc?

Vá em Configurações > Personalização > Iniciar e desative a opção “Ocasionalmente mostrar sugestões em Iniciar”.

Como Tirar Publicidade Que Aparece No Pc?

Por fim, vá em Configurações > Sistema > Notificações e ações e desative a opção “Obter dicas, truques e sugestões de como usar o Windows”. Isso impedirá que pop-ups de anúncio surjam na barra de tarefas.

Como Tirar Publicidade Que Aparece No Pc?

Tudo isso é uma inconveniência para quem decidiu usar o Windows 10, e é uma forma de empurrar produtos da Microsoft – como o OneDrive e o navegador Edge – em detrimento da concorrência. Será que, se ouvir reclamações o suficiente, a empresa vai parar com essa prática?

Adware – O que é e como removê-lo

É assim que tudo acontece.

Você está online com o seu bom e bem comportado navegador, apenas para vê-lo se atirar em um birra virtual, a medida que um ataque devastador de propaganda surge, desliza para a tela pela lateral, ou se sobrepõe e até mesmo redireciona a sua atividade planejada. E não importa o quanto você clique para fechar essas janelas, eles continuam te importunando como moscas em um piquenique.

Esse incômodo fenômeno é o resultado de adwares, abreviação de software suportado por publicidade.

E assim como a comida do seu piquenique atrai as pragas que vem em busca dela, o dinheiro — ou a receita gerada por anúncios não solicitados — é o que leva o adware para seu PC ou dispositivo móvel.

Abaixo, oferecemos um breve guia sobre o adware, o que é, como você é infectado, o que ele tenta fazer com você, como lidar com ele e o que fazer no futuro para evitar essa irritação.

O que é adware?

Adware é um software indesejado projetado para jogar anúncios em sua tela, na maioria das vezes dentro de um navegador da Web.

Leia também:  Como Recuperar Cartão Sd Que Não Reconhece?

Alguns profissionais de segurança o enxergam como o precursor moderno do PUP (programa potencialmente indesejado).

Normalmente, ele usa um método furtivo para disfarçar-se como legítimo ou se sobrepõe em outro programa para ludibriá-lo a instalá-lo em seu PC, tablet ou dispositivo móvel.

Como Tirar Publicidade Que Aparece No Pc?

“Adware é um software não desejado projetado para jogar anúncios na sua tela.”

O Adware gera receita para o desenvolvedor exibindo automaticamente anúncios online na interface do usuário do software ou em uma tela que surge na frente do usuário durante o processo de instalação.

E é ai que você começa a ver programas duvidosos de perda milagrosa de peso, ofertas para segredos de enriquecimento rápido e alertas falsos de vírus que te atraem para clicar neles.

Além disso, você pode ver a abertura de novas abas, uma mudança em sua página inicial, resultados de um mecanismo de pesquisa que você nunca ouviu falar ou mesmo uma redirecionamento para um site NSFW (Do inglês “Not Safe For Work”, gíria que, em geral, descreve conteúdo impróprio para menores de 18 anos e para locais públicos/de trabalho).

É importante lembrar que existem softwares legítimos que usam publicidade on-line, com anúncios que geralmente são incluídos no programa e que são exibidos de acordo com o especificado pelo desenvolvedor do programa. O Adware é algo completamente diferente.

Você pode baixá-lo sem compreender seu verdadeiro intuito. Ou ele pode adentrar o seu PC por meio de um software legítimo no qual ele está secretamente escondido.

Seja qual for o caminho, tudo se resume a algum programa no seu computador mostrando anúncios que não vêm dos sites que você está visitando.

Uma vez que o adware sequestra seu dispositivo, ele pode realizar todos os tipos de tarefas indesejadas. As funções do software podem ser projetadas para analisar sua localização e quais sites você visita e, em seguida, apresentar publicidade relativas aos tipos de produtos ou serviços apresentados neles.

Enquanto o adware é mais um aborrecimento incômodo do que uma ameaça de malware prejudicial para sua segurança cibernética, se os criadores do adware venderem seu comportamento e informações de navegação para terceiros, eles podem até usá-lo para direcionar a você mais anúncios personalizados para seus hábitos de visualização.

E não importa se você está utilizando Chrome, Firefox ou outros navegadores: Ele irá afetar todos.

Aqui estão alguns sinais indicadores típicos de que você tem adware em seu sistema:

  • As propagandas aparecem em locais que não deveriam.
  • A página inicial do seu navegador mudou misteriosamente sem a sua permissão.
  • As páginas da internet que você normalmente visita não estão sendo exibidas corretamente.
  • Os links do site redirecionam para sites diferentes do que você esperava.
  • Seu navegador está lento demais.
  • Novas barras de ferramentas, extensões ou plugins aparecem de repente em seu navegador.
  • Seu Mac inicia a instalação automática de software indesejados.
  • Seu navegador falha.

Como fui infectado com adware?

Há duas maneiras principais pelas quais o adware adentra seu sistema. Na primeira, você baixa um programa — geralmente freeware ou shareware — e ele instala furtivamente o adware sem o seu conhecimento, ou permissão.

Isso porque o criador do programa fez um acordo com o fabricante do adware. Por que? Porque a receita gerada pelos anúncios permite que o programa seja oferecido gratuitamente (embora mesmo o software pago de uma fonte não confiável possa fornecer um payload de adware).

Então, o adware faz o seu estrago, e o usuário aprende que se paga um preço pelo “grátis”.

Como Tirar Publicidade Que Aparece No Pc?

“Há duas maneiras principais pelas quais o adware adentra seu sistema.”

O segundo método é tão perverso quanto o primeiro. Você está acessando um site. Talvez ele seja um site confiável; talvez ele seja um site desonesto.

De qualquer forma, ele pode estar infectado com adware, que tira proveito de uma vulnerabilidade no navegador do usuário para entregar um download do tipo drive-by.

Depois de penetrar e se esconder, o adware começa a coletar suas informações, redirecionando você para sites maliciosos e lançando mais propagandas em seu navegador.

Tipos de adware

Dentre todas as formas que o adware tenta escavar dados do seu PC ou outro dispositivo, a maioria das estratégias de adware se qualificam como sequestradores de navegador. Esses intrusos se especializam na modificação das configurações do navegador de internet sem o conhecimento ou o consentimento do usuário.

Normalmente, os sequestradores alteram a página inicial e as configurações de pesquisa padrão. Você está tranquilo, navegando, quando de repente os anúncios começam a te abalar. Você naturalmente pode presumir que os anúncios tem origem no site que você está visitando, mas não tem.

Mas, como eles aparecem na forma de pop-ups ou pop-unders, eles parecem que estão incorporados no próprio site.

Mais uma vez, existem programas de adware que mudam sua página inicial, seu mecanismo de pesquisa ou até mesmo alteram os atalhos no seu computador que abrem seus navegadores. Há, além disso, adwares diferentes para diferentes dispositivos e sistemas operacionais. Então você pode ter que lidar com adware de dispositivos móveis/Android, adware de Mac ou adware de Windows.

Leia também:  Como Saber Qual O Meu Servidor De Entrada De Email?

Notícias recentes de adwares

A série Adware, parte 1Adware vs. fraude de publicidadeO desprezível Adware

História do adware

No começo, que seria por volta de 1995 em diante, os especialistas da indústria consideraram o primeiro software suportado por anúncios como parte da categoria maior de spyware.

Pouco depois os profissionais de segurança começaram a diferenciar o adware do spyware como um tipo menos prejudicial de programa potencialmente indesejado.

Eles foram até vistos como “legítimos”, pelo menos em teoria, porque empresas legais com escritórios e folhas de pagamento reais estavam criando software de adware.

Mas os associados desses negócios legítimos muitas vezes espalharam seu adware sem que sua legitimidade fosse verificada pelo fabricante de adware. Sem verificação, o adware proliferou por todos os meios à sua disposição: sites peer-to-peer, botnets, infecções de mensageiros instantâneos e os sequestradores de navegador mencionados anteriormente.

Com o tempo, os fabricantes de adware começaram a desativar suas afiliadas mal comportadas e emitiram isenções de responsabilidade pelas ações das afiliadas. Este foi um padrão de atividade comum durante os anos de pico de adware, que ocorreu aproximadamente entre 2005 e 2008.

Depois disso, as autoridades governamentais começaram a emitir multas altas para esses delitos, o que levou os maiores participantes do mercado de adware a retirar seu código e saírem do mercado. Mais recentemente, os navegadores têm sido mais resistentes ao usar bloqueadores de publicidade, e os plugins adblock estão onipresentes.

Embora essas medidas protejam os usuários contra adwares, elas também fazem com que os sites percam receita de anúncios legítimos.

Hoje, embora o adware persista, geralmente ele é novamente visto como uma forma de programa potencialmente indesejado (PUP), que apresenta um nível de ameaça abaixo da categoria de malware. No entanto, o adware está passando por um pequeno renascimento.

No momento ele é a maior detecção dentre os consumidores do Malwarebyte, responsável por cerca de 40% das nossas detecções.

Uma das razões é que o volume de adware está em ascensão, talvez graças à proliferação de dispositivos móveis e à programação de adware ter encontrando seu caminho para os aplicativos de dispositivos móveis. No entanto, hoje os criadores de adware estão consolidando seu poder.

Para manterem-se ativos, eles estão usando técnicas mais agressivas do que o simples sequestro, incluindo se esconderem dentro de Trojans, embutindo-se em componentes de adfraud ou demonstrando capacidade de rootkit, tornando-os difíceis de remover.

Como Tirar Publicidade Que Aparece No Pc?

“Adware é no momento a maior detecção dentre os consumidores do Malwarebyte.”

Adware de Mac

Já foi o tempo em que usuários de Mac não tinham medo de adware. Por um lado, os Macs possuem um sistema anti-malware embutido chamado XProtect, que faz um bom trabalho na captura de malwares conhecidos.

Depois, há o fato de que os criminosos cibernéticos se concentram principalmente em PCs Windows, pois são um alvo mais abundante em comparação com a base instalada de Mac. Mas isso mudou rapidamente nos últimos tempos.

De acordo com a contagem do número de novas famílias de malware do Mac que apareceram em 2017, elas aumentaram em mais de 270% em comparação com as de 2016.

Adwares específicos para Macs começaram a surgir em 2012; desde então as variantes de adware do Mac proliferaram, desenvolvidas em segredo por hackers e bandidos do crime organizado, bem como por empresas aparentemente legítimas que afirmam vender software de boa-fé com utilidade real.

Em última instância, o adware se esconde ficando à vista em letras pequenas em um termo de instalação longo e com letras diminutas. Você sabe, do tipo que ninguém lê. Assim, quando você clica no acordo, você aceita seus termos e voilà, o spam ocorre. Aqueles por trás do adware não estão fazendo nada de ilegal. Pelo menos tecnicamente.

Em geral, o adware para Mac é disseminado dentro de um Trojan, malware que leva o nome do cavalo de Troia da mitologia grega. O Trojan se disfarça como algo que você quer.

Talvez um player, ou algum tipo de plug-in. Ele poderia até mesmo esconder-se dentro do download de um software legítimo de um site suspeito.

De qualquer forma, ele promete uma coisa, mas fornece um adware em um isca que engana.

No que diz respeito aos sinais que uma infecção do Mac por um adware fornece, elas refletem os sintomas que você vê nos sistemas Windows. Os anúncios aparecem onde eles não deveriam estar—literalmente em todos os lugares.

Algo muda sua página inicial sem sequer perguntar se você gostaria. Os sites familiares simplesmente não parecem mais os mesmos, e quando você clica em um link, você é encaminhado para um site completamente diferente.

Ele pode até mesmo substituir seu mecanismo de busca tradicional por um novo.

Assim, no fim das contas, os Macs, embora menos vulneráveis do que os computadores Windows, ainda podem ter um problema de segurança com o adware. Abaixo temos mais sobre o que fazer a esse respeito.

Leia também:  Como Se Chama O "aviso" Que É Lido A Um Cidadão Que É Detido?

Adware de celulares

Não há muito espaço útil na tela de um celular. Então, quando um ícone misterioso aparece na sua tela inicial, ou numerosos anúncios começam a entupir sua barra de notificação, provavelmente você está hospedando um inconveniente adware. Não é uma grande surpresa, já que milhares de aplicativos para Android agora tem a dádiva de te entulhar de ícones e anúncios sem aviso prévio.

Existem dois métodos através dos quais os celulares são contaminados com adware: pelo navegador e por aplicativos baixados.

  • A infecção pelo navegador refere-se a uma exploit conhecido, causado pela maneira como a maioria dos navegadores lida com redirecionamentos executados pelo código JavaScript. É uma fraqueza que pode causar anúncios pop-ups; e empresas de publicidade sabem sobre isso e como explorá-la. Se o navegador do seu dispositivo móvel estiver comprometido, a melhor maneira de bloquear os pop-ups é usar um navegador diferente, desativar o JavaScript ou instalar um navegador com bloqueio de anúncios. Outra solução para os pop-ups é sair deles usando a tecla Voltar do Android. Ou você pode limpar seu histórico e cache, o que também impedirá que os anúncios voltem.

Como bloquear anúncios de sites para ter mais privacidade, bateria e dados no celular, e paz de espírito

Frustrado ao entrar em um site de notícias e ser afogado por anúncios e pop-ups? Não aguenta mais ver anúncios daquele tênis que pesquisou uma vez há semanas e até já comprou, mas que insistem em aparecer? Acha que seu celular está gastando muita bateria, ficando lento e/ou esquentando quando acessa sites? Se você respondeu “sim” a pelo menos uma dessas perguntas, a boa notícia é que basta instalar um bloqueador de anúncios para voltar a ter paz.

Boa parte da internet gratuita se sustenta com anúncios. Você baixa apps, usa serviços e acessa sites informativos sem pagar nada e, para financiar a operação, os donos desses empreendimentos exibem anúncios que geram receita a eles e viabiliza os negócios. No papel, é uma troca justa. Na prática, a relação se tornou desigual há muito tempo, insustentável há pelo menos quatro anos.

Em nome de uma questionável efetividade, as plataformas de publicidade passaram a coletar dados pessoais dos usuários para segmentar anúncios de acordo com as preferências de cada um. Tal abordagem desencadeou uma corrida armamentista que transformou os sistemas de publicidade em aparatos de vigilância de fazer inveja a qualquer governo que aspira ao autoritarismo.

O Manual do Usuário não é totalmente contra anúncios, mas acredita o estado atual da publicidade digital torna inevitável a adoção de medidas drásticas de contenção de danos e reequilíbrio da relação. Acessar a web com e sem bloqueadores de anúncios são experiências contrastantes — sendo a sem bloqueadores quase insuportável. Não deveria ser assim.

Além de conter a violação sistemática e geral da privacidade proporcionada pela publicidade programática online, os bloqueadores também são barreiras contra os scripts de monitoramento empregados pelas plataformas e que aumentam o “peso” das páginas — em muitos casos, os scripts são mais pesados e numerosos que os próprios sites. Isso não vem de graça: há uma perda significativa de ciclos de processamento, o que deixa o dispositivo lento e aumenta o consumo energético (leia-se gasto de bateria), e mais dados são trafegados a fim de baixar esses arquivos, aumentando o gasto de dados do plano de internet.

Cadastre-se para receber a newsletter semanal gratuita:

Assim sendo, sobram motivos para bloquear anúncios por padrão em sites e aplicativos.

Para exibi-los? As empresas de publicidade dizem que toda essa vigilância amedrontadora serve à exibição de “anúncios mais relevantes”, como se isso fosse vantagem ao usuário final.

De resto, alguém poderia dizer que concorda em se submeter à vigilância em troca do acesso gratuito a um ou outro site. É válido e, felizmente, a maioria dos bloqueadores de anúncios permitem criar “listas brancas”, exceções manuais ao bloqueio padrão.

Por fim, quando se fala em bloqueadores de anúncios, a discussão sempre afunila à ética.

Sim, muitos negócios só se sustentam com os anúncios, mas cá entre nós: se o seu negócio depende da violação sistemática e sem transparência dos seus clientes/usuários, talvez não seja um negócio viável.

De qualquer forma, em condições tão adversas quanto a vivida pelos usuários, o revide à altura, na figura dos bloqueadores de anúncios, deixa de ser capricho e passa a ser necessidade.

Como bloquear anúncios no computador

uBlock Origin em ação no site do New York Times.

Extensões de navegadores são a maneira mais fácil de se bloquear anúncios em sites. Há uma infinidade delas, por isso é importante pesquisar sobre as empresas e desenvolvedores por trás de cada uma antes de instalá-la em seu computador.

A favorita da casa é a uBlock Origin. Tem código aberto, um processo de desenvolvimento transparente, é bastante leve e tem um histórico ilibado.

Há versões atualizadas para Chrome (e outros navegadores baseados no Chromium), Edge e Firefox. A maneira mais fácil de instalar o uBlock Origin é acessando as lojas de extensões dos navegadores.

Links diretos para ela no: Edge, Firefox, Chrome e Opera.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*