Como Tirar Os Sites Que Abrem Sozinhos?

O topflownews[.]com funciona como muitos outros sites não autorizados, por exemplo, allow-space[.]com, belazyelephant[.]com e alisalis[.]com. Os sites deste tipo são projetados para carregar algum conteúdo questionável ou redirecionar os visitantes para outras páginas da web não confiáveis.

É comum que os utilizadores sejam obrigados a visitar estes sites, não os abrem intencionalmente. Eles são abertos por navegadores que possuem alguma aplicação potencialmente indesejada (API) instalado.

Além disso, muitas vezes aplicações deste tipo são projetados para exibir anúncios intrusivos e recolher detalhes relacionados aos hábitos de navegação na web do utilizador.

Como Tirar Os Sites Que Abrem Sozinhos?

Normalmente, as APIs abrem sites como topflownews[.]com numa nova janela ou separador do navegador. De qualquer forma, quando visitadas, essas páginas carregam conteúdo duvidoso ou redirecionam os visitantes para cerca de dois ou três sites não confiáveis ou mesmo maliciosos. O modo como essas páginas operam depende da atividade geográfica do visitante.

Vale a pena mencionar que as páginas que são abertas em sites como o topflownews[.]com podem ser maliciosas, projetadas para anunciar software obscuro e assim por diante. Além disso, o topflownews[.]com usa uma técnica de clickbait para enganar os visitantes, permitindo que mostre notificações.

incentiva os visitantes a ativar as notificações e continuar a ver um vídeo para clicar no botão “Permitir”. Se clicado, este botão permite que páginas como topflownews[.]com mostrem notificações que geralmente contêm anúncios questionáveis, links para sites não confiáveis, etc.

Como mencionado na introdução, as APIs podem ser e geralmente são projetados para recolher informações relacionadas aos hábitos de navegação. Na maioria das vezes, segmentam detalhes como endereços IP, consultas de pesquisa inseridas, endereços de sites visitados, geolocalização etc.

No entanto, aplicações deste tipo também podem ser projetados para registar detalhes pessoais. O que é pior, as pessoas por trás destas aplicações podem vender dados recolhidos a terceiros (potencialmente criminosos cibernéticos) ou usá-los incorretamente para gerar rendimento sozinhos.

Outro problema com as APIs é que podem ser projetadas para alimentar os utilizadores com vários anúncios intrusivos, como cupões, banners, pesquisas, pop-ups e outros tipos de anúncios. Quando clicados, estes anúncios tendem a abrir sites não confiáveis, fazer o descarregamento e/ou instalar várias aplicações indesejadas a executar determinados scripts.

Os utilizadores que possuem uma API instalada num navegador e/ou sistema operativo podem enfrentar problemas relacionados à segurança da navegação, privacidade online ou até tornarem-se vítimas de roubo de identidade. Portanto, aplicações deste tipo nunca devem ser confiáveis (descarregues e instaladas).

A maioria das aplicações potencialmente indesejadas é anunciada como legítima, útil etc. Entretanto, apenas um pequeno número dopera como foi anunciado.

A maioria foi projetada apenas para abrir páginas questionáveis, recolher vários detalhes relacionados à navegação e/ou exibir anúncios.

Por outras palavras, foram projetados apenas para ajudar os seus desenvolvedores a gerar rendimento e colocar os utilizadores em risco de vários problemas.

Como é que o adware foi instalado no meu computador?

A maioria dos utilizadores descarrega e/ou instala APIs clicar em certos anúncios fraudulentos ou em conjuntamente com outros programas, na maioria gratuitos. É comum que as APIs sejam distribuídas, incluindo-as em várias configurações de descarregamento e/ou instalação.

Este método de distribuição é denominado “agregação”. Na maioria dos casos, as informações sobre APIs a ser incluídas nas configurações podem ser encontradas nas suas configurações “Personalizadas”, “Avançadas” e outras configurações semelhantes.

Os utilizadores que descarregam e/ou instalam programas sem verificar (e alterar) essas configurações geralmente permitem que as APIs incluídas nas suas configurações sejam descarregues e/ou instalados também.

Descarregamentos (e instalações) indesejados podem ser causados por anúncios fraudulentos somente quando os utilizadores clicam ne são projetados para executar determinados scripts.

Como evitar a instalação de aplicações potencialmente indesejadas?

Todo o software e ficheiros devem ser descarregues de páginas oficiais e através de links diretos. Canais como redes peer-to-peer (por exemplo, clientes de torrent, eMule), sites não oficiais, descarregamento de terceiros, instaladores etc., não devem ser confiáveis.

É comum que sejam usados para distribuir APIs ou mesmo programas maliciosos. Além disso, é importante verificar “Personalizadas”, “Avançadas” e outras configurações de qualquer configuração de descarregamento ou instalação.

Muitas vezes, essas configurações mencionam ofertas para descarregar e/ou instalar software indesejado. Os anúncios exibidos em sites questionáveis não devem ser clicados. Podem ser projetados para abrir sites não confiáveis ou fazer descarregamento, instalar software indesejado e potencialmente malicioso.

Vale ressalvar que, às vezes, estes anúncios também aparecem em páginas legítimas. Extensões, complementos ou plug-ins suspeitos e indesejados instalados num navegador devem ser desinstalados o mais rápido possível. Os softwares deste tipo instalados no sistema operativo também devem ser desinstalados.

Se o seu computador já estiver infectado com aplicações não autorizadas, recomendamos executar uma verificação com Malwarebytes para eliminá-los automaticamente.

Aparência do site topflownews[.]com (GIF):

Como Tirar Os Sites Que Abrem Sozinhos?

NOTA IMPORTANTE! Este site fraudulento pede para ativar as notificações de navegador da web.

Portanto, antes de iniciar, execute estes passos:

Como remover adwares, anúncios indesejados, Scams e MacKeeper do Mac OS X

Última modificação: 21 de setembro de 2020 às 13:31 por Natali Chiconi
.

Ao pesquisar em seu navegador Safari ou outro qualquer, surgem vários links de publicidade escritos em verde ou suas páginas são redirecionadas para sites indesejados. Vale a pena limpá-los do seu Mac. Como Tirar Os Sites Que Abrem Sozinhos? É comum que um usuário de Mac instale, sem querer, alguns adwares, que podem comprometer o funcionamento do sistema e facilitar a entrada de vírus. Veja como removê-los com segurança. Se o Mac rodar em uma versão superior ao Mac OS X 10.6, é melhor priorizar a limpeza com um utilitário específico. Isso será muito mais rápido, eficaz e simples. A desinfecção manual só será necessária se o Mac rodar em versão anterior ao Mac OS X 10.6 ou se esses utilitários não funcionarem. Em geral, a utilização de uma destas ferramentas é suficiente. Para remover os adwares no Mac, a partir do Mac OS X 10.7, as ferramentas confiáveis são Malwarebytes Anti-Malware for mac e BitDefender for mac.

Leia também:  Como Saber Qual E O Meu Tarifario Meo?

Se você precisar de ajuda para usar o Malwarebytes, clique aqui. Este software não contém necessariamente uma base de dados completa no momento de sua instalação e é por isso que toda vez que você executá-lo ele oferecerá uma atualização que deve ser aceita.

Para limpar manualmente o Mac, é preciso verificar vários locais do disco rígido, incluindo suas diversas bibliotecas. Há pelo menos três bibliotecas no sistema Mac OS X: a principal, que se encontra na raiz do disco rígido; a segunda, que fica na pasta do Sistema, e a terceira, que fica na raiz do diretório de cada usuário.

Nas versões mais recentes do OS X, a biblioteca do usuário fica escondida. Consequentemente, como no Mac OS 10.7 a sua biblioteca pessoal não está mais visível por padrão, para acessá-la você pode abrir o menu Ir do Finder, mantendo pressionada a tecla Alt.

Assim, você verá a linha Biblioteca e, se você clicar nesta linha, será dirigido para à biblioteca pessoal.

Porém, para ir diretamente a lugares específicos do disco rígido, utilize o menu Ir > Ir para Pasta no Finder e cole a pasta de destino na área de entrada:

Como Tirar Os Sites Que Abrem Sozinhos?
Para começar, vamos limpar o navegador Safari. Para isso, vá no menu Safari > Preferências > Extensões e elimine todas as extensões que você não instalou intencionalmente. Vsearch, Tlbsearch, Searchme, iMesh, Open Ad, Nav-Link, NavLink e Hide Ad são alguns exemplos de extensões que podem conter adwares.

Para limpar o Safari depois de ter removido extensões não desejadas, vá em Safari > Preferências > Confidencialidade e remova cookies e outros dados.

Em versões mais antigas do Safari, vá no menu do Safari > Reset Safari, marque todas as caixas e confirme. Em versões mais recentes, vá no menu do Safari > Limpar Histórico e, para limpar o cache, vá em Safari > Preferências > Avançado e marque a caixa Mostrar a barra do Menu > Limpar caches.

Se as extensões instaladas no Safari impedirem o seu funcionamento, é possível removê-las manualmente. Depois de fechar o Safari, abra o menu Finder e selecione Ir > Ir para Pasta e cole o seguinte caminho na caixa de entrada: ~/Library/Safari. Agora que você está na pasta do Safari, coloque tudo na lixeira, incluindo a pasta Extensões, exceto o arquivo dos Favoritos, ou seja, o arquivo Bookmarks.plist, se quiser manter os marcadores.

Esvazie a lixeira em modo de segurança e vá em

~/Library/Preferences. Nesta pasta de Preferências, localize os arquivos cujo nome contenha Safari, como por exemplo, com.apple.Safari.Extensions.plist. Elimine esses arquivos e esvazie a lixeira em modo de segurança novamente.

Observação: recomenda-se fazer a mesma coisa no Firefox ou qualquer outro navegador existente no Mac, sabendo que a pasta Firefox não fica diretamente na Biblioteca do Usuário, mas em

∼/Library/Application Support. Entre na página de ajuda de cada um deles para saber como proceder.

Para continuar a limpeza de adwares tais como Tlbsearch, iMesh, Vsearch, Hide Ad, Open Ad, searchme e Nav-Link, vá na Biblioteca principal do Mac, assim como em sua biblioteca de usuário pessoal e, mais especificamente, em suas subpastas Application Support, ou seja,

/Library/Application Support, ~/Library/Application Support e também na pasta ~/Library/Input Methods (se ela estiver no seu sistema). Em cada um desses lugares, verifique a presença de pastas ou arquivos chamados VSearch ou spigot.

Verifique também a presença de qualquer arquivo cujo nome contenha os termos indicados acima. Exclua todos os arquivos e pastas citados e esvazie a lixeira em modo de segurança. Em seguida, ainda para os mesmos adwares, vá nas diversas pastas, sempre colando o caminho indicado no menu Ir > Ir para a pasta do Finder e verifique o conteúdo de cada uma dessas pastas:

/Library/PrivilegedHelperTools; /Library/Application Support; /Library/LaunchDaemons; /Library/LaunchAgents; /Library/StartupItems; /System/Library/LaunchDaemons; /System/Library/LaunchAgents; /System/Library/StartupItems; /System/Library/Frameworks; ~/Library/Application Support; ~/Library/LaunchAgents. A partir desses locais, remova os arquivos ou pastas seguintes, além de qualquer outro arquivo suspeito, especialmente aqueles cujos nomes incluem as palavras citadas acima, na lista de extensões nocivas: cinemas-+-plus; com.vsearch.agent.plist; com.vsearch.daemon.plist; com.vsearch.helper.plist; Jack.plist; Jack; VSearch.framework. Acesse a pasta Aplicativos e, se for o caso, exclua esses itens: Genieo; InstallMac; InKeepr; InKeepr/; Uninstall Genieo; Uninstall IM Completer.app; Texiday; Listchack.

Feito isso, vá em

~/Library/Application Support e remova esses arquivos ou pastas, se eles estiverem presentes: com.genieoinnovation.Installer/; Genieo/; IM.Installer/; Texiday/; Listchack/; InKeepr/.

Em seguida, vá em

/Library/LaunchAgents e elimine esses arquivos: com.genieoinnovation.macextension.plist; com.genieoinnovation.macextension.client.plist; com.genieo.engine.plist; com.genieo.completer.update.plist.

Depois, vá em

/Library/LaunchDaemons e jogue fora os arquivos com.genieoinnovation.macextension.client.plist e vá em /Library/PrivilegedHelperTools, removendo o arquivo com.genieoinnovation.macextension.client.

Leia também:  Como Ver As Pessoas Que Eu Pedi Pra Seguir No Instagram?

Continuando, vá em

/Private/etc, exclua o arquivo launchd.conf e vá para a Biblioteca do Usuário. Nela, remova esses arquivo se eles estiverem presentes: libgenkit.dylib; libgenkitsa.dylib; libimckit.dylib; libimckitsa.dylib.

Mas, cuidado, exclua apenas se você tiver encontrado e eliminado o arquivo launchd.conf (citado acima), esvaziando a lixeira em modo de segurança e reiniciando o Mac. Vá em

/Library/Frameworks e ponha na lixeira o arquivo GenieoExtra.framework, se ele estiver presente. Não se esqueça de esvaziar a lixeira em modo de segurança e redefinir a sua página Inicial no Safari.
Ainda no menu Ir > Ir para Pasta no Finder, vá em /Library/InputManagers e remova o CTLoader. Em seguida, vá em /Library/LaunchAgents e elimine o com.conduit.loader.agent.plist. Depois disso, vá em /Library/LaunchDaemons e remova o com.perion.searchprotectd.plist. A seguir, vá em /Library/Application Support/SIMBL/Plugins e exclua CT2285220.bundle e em /Library/Application Support elimine o conduit.

Em seguida, vá em

/Applications e remova SearchProtect. Vá em ~/Library/Application Support e elimine o Conduit e, no caminho ~/Library/Internet Plug-Ins, delete ConduitNPAPIPlugin.plugin TroviNPAPIPlugin.plugin. No diretório ~/ elimine o Conduit e o Trovi.

Se o Firefox estiver instalado, vá em

~/Library/Application Support/Firefox/Profiles e na pasta xxxxxx.default ou xxxxx exclua os elementos: abstraction.js; takeOverNewTab.txt; searchplugins; searchplugins. E qualquer arquivo que contenha um desses termos: MyBrand.xml; conduit.xml.

Se isso não resolver o problema, desinstale o Firefox completamente com o AppCleaner e instale-o novamente.

Observação: se você encontrar o plugin SIMBL CT2285220.bundle, você deve remover o SIMBL também, a menos que a instalação satisfaça uma necessidade particular.

Para remover o SIMBL, remova os seguintes arquivos:

Em

/Library/Application Support remova SIMBL; Em //Library/LaunchAgents remova net.culater.SIMBL.Agent.plist; Em Library/ScriptingAdditions remova SIMBL.osax. Esvazie a lixeira em modo de segurança e reinicie o Mac. Verifique o conteúdo da pasta Aplicativos e, se for o caso, exclua os elementos WebTools e WebShopper. Se eles estiverem presentes, bote-os na lixeira e esvazie-a em modo de segurança. Vá no diretório ~ e verifique se existe uma pasta de aplicativos contendo a mesma coisa. Se este for o caso, aplique o mesmo tratamento.

Observação: de qualquer maneira, não deve haver pasta de Aplicativos no seu diretório. Vá em

~/Library/LaunchAgents, verifique o conteúdo desta pasta e jogue fora os arquivos com estes nomes: com.crossrider.wss*; com.webtools.update.agent.plist; flashmall_updater.plist; flashmall_updater.sh; WebSocketServerApp.

Observação: o sinal * representa uma série de números ou caracteres variáveis. Certos arquivos não estarão presentes, jogue fora os que estão e esvazie a lixeira em modo de segurança.

Feche a janela do Finder e reinicie o Mac. Depois de reiniciá-lo, os traços residuais devem ser removidos. Vá em

~/Library/Application Support e verifique a presença de um arquivo chamado webHelperApp. Se for o caso, elimine-o e esvazie a lixeira em modo de segurança. Para terminar, vá em ~/Library e verifique se há uma pasta chamada WebTools e, se for o caso, jogue-a fora, esvazie a lixeira em modo de segurança e reinicie o Mac.
Para remover o Advanced Mac Cleaner, semelhante ao adware MacKeeper, vá em ~/Library e jogue no lixo a pasta AdvancedMacCleaner. Em seguida, vá em ~/Library/Services e exclua qualquer arquivo vinculado ao Advanced Mac Cleaner. Em seguida, vá em ~/Library/LaunchAgents/ e jogue no lixo o arquivo com.pcv.hlpramc.plist. Em seguida, vá em /Library/Application Support e remova o arquivo AMC, esvazie a lixeira em modo de segurança e reinicie o Mac.
Para remover oMacKeeper, que não é exatamente um vírus, mas um software que causa mais danos do que outra coisa, baixe o AppCleaner na sua versão compatível com a versão do Mac OS X, em seu site original. Depois de instalá-lo na pasta dos Aplicativos, abra e arraste o MacKeeper para a sua janela. O AppCleaner trará todos os arquivos relacionados ao MacKeeper e os exibirá em sua janela. Confirme a eliminação e feche o AppCleaner.

Em princípio, o MacKeeper foi excluído, mas, na verdade, nem todos os arquivos foram removidos, pois alguns restos continuam escondidos. Então, para terminar de eliminá-lo, vamos lançar o Terminal localizado no

Como remover o vírus que abre janelas no Chrome?

Se tem algo que costuma tirar qualquer um do sério e tornar a navegação na web uma experiência desagradável são as janelas que abrem do nada, enquanto o usuário está em busca de algum site.

Em vez de abrir a página solicitada, outras páginas se abrem, o que atrapalha em muito a navegação.

Além disto o computador fica mais lento e a página inicial da web é alterada, sem que o usuário saiba como e porquê.

  • Leia também: Como remover o vírus que abre janelas no Android

Se você se identifica com o problema, saiba que muita gente passa pela mesma situação. São pessoas diferentes, dispositivos diferentes, mas as histórias e os problemas costumam ser os mesmos. Quer apostar como eu sei que nestes casos as causas para o sufoco são geralmente iguais? Vamos a uma rápida historinha.

Joana* queria baixar um programa, mas estava sem grana para pagar por ele. Então decidiu procurar na internet alternativas do software que fossem gratuitas. Mas Joana não se preocupou em verificar em uma loja oficial as opções disponíveis e viu uma oferta super tentadora de um site qualquer que prometia o download do produto de forma gratuita, sem estresse.

  “Que gente legal, né? Vão me disponibilizar o programa, sem cobrar nada por ele. Poxa, ainda existem pessoas boas”, pensou ela empolgada. Sua empolgação foi tanta que ela nem se preocupou em pesquisar mais sobre o site, o serviço, ou em ler os termos para o download do software. Animada, foi só clicando no “Avançar”, afinal “ninguém lê estas coisas mesmo, né?”.

Leia também:  Como É Que Luis De Camoes Perdeu O Olho?

Pobre Joana, mal sabia ela que de “boas intenções o inferno está cheio”. Alguns dias depois de baixar o programa, coisas estranhas começaram a acontecer em seu computador e janelas começaram a abrir sozinhas.

Além disto, a página de início foi modificada sem sua autorização e ela começou a receber vários links de publicidade que passaram a rechear a tela do computador por todos os cantos. Sem falar na lentidão da máquina.

É, Joana se deu conta que havia baixado algo a mais do que apenas o software que desejava e percebeu que as pessoas não costumam ser tão boazinhas assim pela internet, logo, é bom sempre desconfiar quando algum site está disponibilizando o download de um produto que é cobrado, de forma gratuita. O melhor é sempre verificar e ler os termos antes de iniciar qualquer download. Mas agora ela já estava com o problema e, como resolvê-lo?

  • Dica: Qual o melhor antivírus pago?

Joana é um personagem fictício, mas ela poderia muito bem ser eu ou você, ou seu colega de trabalho, da faculdade ou o vizinho.

A história de Joana representa o que acontece na maioria das vezes que o computador é infectado com malware e passa a abrir janelas indesejadas no Chrome.

É comum o usuário baixar um programa através de instaladores de terceiros e não pelo site oficial do programa e, ao clicar em “Aceitar”, concordar em instalar outros programas que podem modificar as configurações do navegador, sem se dar conta disto.

Em casos mais graves, não apenas janelas são abertas, mas uma terceira pessoa pode controlar o seu computador de forma remota, muitas vezes impedindo que o usuário realize as atividades que deseja, como ler e-mails.

Aviso: Não deixe chegar a este ponto. Para a alegria de Joana e outros tantos que estão passando pelo mesmo problema de nossa personagem, o contratempo tem solução, sendo que em muitos casos não é necessário formatar a máquina. Então, antes de correr para formatar o computador, veja a seguir algumas formas de solucionar o problema.

PS: O passo a passo a seguir foi feito em meu computador e obtive resultados satisfatórios. Espero que ajude a você também =D. 

1º –  Remover programas desconhecidos:

  • O primeiro passo será remover todos os programas desconhecidos do seu computador. Para isso, faça o seguinte:
  • 1 – Clique no menu Iniciar na barra de ferramentas do seu computador
  • 2 – Procure por “Painel de Controle”;

3 – Selecione “Programas” e depois “Programas e Recursos”.

4 – Procure por qualquer programa desconhecido relacionado ao site que está entrando no seu Chrome, por exemplo, qualquer coisa relacionada ao Snapdo, Hao123, Babylon.

Ask, PortalDosSites, Wysys Control, Extended Protection, eSave Security Control, Desk 365, Nation Zoom browser protection, DProtect, New Tabs Uninstall, BrowserProtect, Omiga plus, Dosearches Browser Protector, Plus HD, Lollipop ou qualquer outro programa desconhecido e desinstale clicando com o botão direito sobre o ícone do programa em questão.

Remover pop-ups, malwares e anúncios indesejados

É possível que algum software indesejado ou malware esteja instalado no seu computador caso você veja alguns dos seguintes erros:

  • Os anúncios pop-up e novas guias não desaparecem.
  • A página inicial ou o mecanismo de pesquisa do Chrome está sempre mudando sem sua permissão.
  • Extensões ou barras de ferramentas indesejadas do Chrome não desaparecem
  • A navegação é invadida e redirecionada para páginas ou anúncios desconhecidos.
  • Alertas sobre um vírus ou um dispositivo infectado são exibidos.

No futuro, evite softwares indesejados limitando-se a fazer o download de arquivos ou acessar sites que sejam reconhecidamente seguros.

Aprenda a bloquear ou permitir pop-ups no Chrome.

Remover programas indesejados (Windows e Mac)

Antes de redefinir as configurações do seu navegador em um computador Windows ou Mac, verifique se há programas indesejados.

Remover malware do computador (Windows)

O Chrome pode ajudar você a encontrar programas suspeitos ou indesejados no seu computador. Se um programa indesejado for encontrado pelo Chrome, clique em Remover. O Chrome removerá o software, redefinirá algumas configurações para o padrão e desativará extensões.

Você também pode verificar se há malwares manualmente.

  1. Abra o Chrome.
  2. No canto superior direito, clique em Mais Configurações.
  3. Na parte inferior, clique em Avançado.
  4. Em “Redefina e limpe”, clique em Limpe o computador.
  5. Clique em Buscar.
  6. Se for solicitado que você remova o software indesejado, clique em Remover. Talvez seja necessário reiniciar o computador.

Remover programas maliciosos manualmente (Mac)

Remova do seu computador malwares e outros programas que você não se lembra de ter instalado.

  1. Abra o Finder.
  2. À esquerda, clique em Aplicativos.
  3. Procure programas desconhecidos.
  4. Clique com o botão direito do mouse no nome de todos os programas indesejados.
  5. Clique em Mover para lixeira.
  6. Ao terminar, na parte inferior, clique com o botão direito do mouse em Lixeira.
  7. Clique em Esvaziar lixeira.

Restaurar arquivos em quarentena (Windows)

O Chrome pode ajudar você a encontrar programas suspeitos ou indesejados no seu computador. Se um programa indesejado for encontrado, o Chrome removerá o software, redefinirá algumas configurações para o padrão e desativará extensões.

Se você acredita que um arquivo seguro ou pessoal foi removido pelo Chrome por engano, restaure o arquivo.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*