Como Se Instala Leds Quando Abro Agua Do Duche?

  • Dois fatores vão influenciar o banho quente: a vazão de água e a potência do chuveiro.
  • Veja a Parte 2 desse artigo
  • Veja a Parte 3 desse artigo
  • Veja mais artigos sobre chuveiros

A vazão é a quantidade de líquido que sai pelos buraquinhos da ducha.

Quanto maior a vazão, mais fria a água, isso porque a resistência elétrica vai ter que aquecer uma quantidade maior de líquido. Talvez a vazão ainda esteja muito alta.

Também se a água entrar gelada, vai sair menos quente. Por exemplo, se o chuveiro sobe a temperatura em 30 graus Celsius e a água entrar a 10°C, o banho será a 40°C. Já se a água estiver a 20°C, atingirá 50°C.

Tem chuveiro que tem uma baixa eficiência, ou seja, apesar de ter uma potência alta, tem muita perda de calor. Isso você pode ver na etiqueta de eficiência que vem no chuveiro.

O problema:

No tempo frio, seu chuveiro não esquenta, obrigando-o a fechar o registro de água para que ela atinja uma temperatura razoável e então seu banho se transforma num banho de pingos. Na meia estação, você não consegue a temperatura ideal, pois na posição “verão”, a água fica fria demais, e na posição “inverno” ele esquenta demais.

Como Se Instala Leds Quando Abro Agua Do Duche?

  1. Na época um pouco mais quente, a coisa se complica: ou você toma um banho completamente frio, desligando o elemento de aquecimento, ou se arrisca a ser cozido, pois mesmo na posição de “verão” a água esquenta demais.
  2. Outra situação:
  3. No prédio em que você mora, chuveiros de três andares diferentes, mesmo sendo da mesma marca e tipo, se comportam de maneiras completamente distintas (figura 1).

Como Se Instala Leds Quando Abro Agua Do Duche?

Aquecimento irregular pela diferença de pressão

O chuveiro do primeiro andar tem água com boa pressão, mas no inverno não esquenta. O do andar do meio tem o funcionamento normal, com pressão razoável e bom aquecimento mesmo no inverno, mas o do último andar esquenta demais em qualquer época e a água não tem pressão!

  • Todos esses problemas podem ser contornados, se ao instalar um chuveiro estivermos atentos para alguns pormenores técnicos bastante fáceis para o leitor que gosta de Eletricidade.
  • O FUNCIONAMENTO DO CHUVEIRO
  • Um chuveiro comum possui uma câmara onde a água penetra e entra em contato com um elemento de aquecimento (resistência) ligado à rede de energia.
  • A corrente somente pode passar pelo elemento de aquecimento, ligando-o à rede de energia, quando o registro for aberto e a água pressionar uma peça denominada diafragma, conforme a figura 2.

Como Se Instala Leds Quando Abro Agua Do Duche?

  1. O diafragma comum é de borracha e se verga encostando nos contatos elétricos que estabelecem a corrente que alimenta o elemento de aquecimento.
  2. A temperatura da água depende de vários fatores:
  3. a) O primeiro é a potência elétrica aplicada ao elemento de aquecimento que depende de sua resistência.
  4. Quanto mais curta for a resistência, ou seja, menor seu valor ôhmico, mais corrente circula e portanto, maior é a quantidade de calor gerado.
  5. A chave “inverno” e “verão” que existe no chuveiro ou “quente” e “mais quente” seleciona duas posições do elemento de aquecimento, de modo que circule mais ou menos corrente, conforme indicado na figura 3.

Como Se Instala Leds Quando Abro Agua Do Duche?

Um chuveiro de duas temperaturas

Quando a chave está na posição em que a resistência é “mais curta”, o chuveiro aquece mais, porque passa mais corrente pelo elemento de aquecimento.

b) O segundo fator a ser considerado é o fluxo de água que passa pelo chuveiro. Se mais água passar pelo elemento, ele deve produzir mais calor para obter a mesma temperatura final.

Assim, se tomarmos como exemplo dois chuveiros de mesma potência, veremos que aquece menos o que está ligado num local onde a pressão da água é maior e, portanto, seu fluxo maior.O recurso de fechar levemente o registro para aumentar a temperatura da água é conseqüência desse fator.

c) Outro fator a ser considerado é a temperatura inicial da água. Se a água estiver muito fria precisamos de uma quantidade maior de energia ou maior potência, para chegar à mesma temperatura do final do que se a água estiver menos fria, observe a figura 4.

Como Se Instala Leds Quando Abro Agua Do Duche?

A temperatura final depende da temperatura inicial

A combinação desses três fatores leva os chuveiros a apresentarem comportamentos tão distintos que normalmente causam dificuldades para os usuários e instaladores.

AS SOLUÇÕES DOS FABRICANTES

Evidentemente, diante de tantas variáveis, os fabricantes de chuveiros não poderiam colocar no mercado um único tipo com uma única característica de funcionamento. O resultado seria desastroso como exemplificado em nossa introdução.

  • Mas apesar de existirem muitos tipos, a maioria dos usuários ainda continua fazendo a escolha como se não houvesse opções.
  • O que o fabricante tem a oferecer ao usuário?
  • a) A primeira variável levada em conta é a pressão da água, e mesmo os tipos mais simples de chuveiro possuem recursos para sua adequação.

Assim, encontramos um meio de diminuir a vazão no caso de locais de maior pressão. Quando o chuveiro não aquece o suficiente: uma pequena arruela diminui o diâmetro da entrada da água (figura 5).

Como Se Instala Leds Quando Abro Agua Do Duche?

Colocando um redutor de vazão

Se o chuveiro for instalado num local elevado, muito próximo da caixa de água, quando a pressão é pequena, havendo necessidade de aumentar a entrada de água para manter a vazão, a arruela estreitadora é retirada, o que está detalhado na figura 6.

Como Se Instala Leds Quando Abro Agua Do Duche?

Para maior vazão o chuveiro deve ser usado sem a arruela estreitadora

No entanto, no andar térreo de um prédio, onde a caixa de água se encontra muito elevada e portanto, a pressão é alta, a arruela deve ser usada para diminuir a vazão e manter o aquecimento.

Perceba o leitor que a pressão e portanto, a vazão, dependem da diferença de altura entre o reservatório de água e o chuveiro. Em muitos casos, deve ser considerada a possibilidade de elevar a caixa de água para obter maior vazão, mas esta não é a única saída. A figura 7 mostra o que acontece.

Como Se Instala Leds Quando Abro Agua Do Duche?

Melhorando a vazão com a elevação da caixa

  1. Evidentemente, esta solução tem apenas duas opções, de modo que não será difícil ocorrer uma situação intermediária que leva a um banho, ou quente demais ou frio demais, dependendo da época do ano.
  2. b) A segunda variável a ser considerada é a potência do chuveiro.
  3. A quantidade de calor que um chuveiro gera e portanto, sua capacidade de aquecer a água é medida em watts.
  4. Não importa se o chuveiro funciona na tensão de 110 V ou 220 V, pois o que determina o aquecimento é o número de watts.
  5. Quando a chave inverno/verão é acionada, estamos alterando o número de watts que estão sendo convertidos em calor no elemento de aquecimento.
  6. Neste caso, temos duas opções apenas que, conforme vimos, dependendo das outras variáveis, podem apresentar problemas.

Logo, dependendo da pressão da água (fluxo) e da temperatura média do local, o chuveiro deve ter uma potência apropriada. A maioria dos fabricantes oferece chuveiros numa boa faixa de potências ou capacidades de aquecimento.

  • Assim, na caixa dos chuveiros, encontramos diversas opções de potência que o usuário deve levar em conta em função da pressão da água em sua casa e da temperatura média de sua região.
  • Para uma localidade mais quente, com invernos amenos, pode ser usado um chuveiro de menor faixa de potência: 2 000 a 4 000 W.
  • No entanto, para uma localidade com invernos rigorosos a potência deve ser maior, desde que o fluxo de água seja normal.
  • Observe que os chuveiros que operam na rede de 110 V alcançam uma potência máxima menor do que os que operam na rede de 220 V, por motivos de intensidade de corrente que já explicamos em outros itens.
  • Um exemplo pode ser dado em função das características dos chuveiros LORENZETTI com 4 temperaturas:
  • Aquecimento maior (127 V):
  • Potência mínima: 0
  • Potência média: 2 400 W
  • Potência maior: 4 400 W
  • Potência máxima: 5 400 W
  • Aquecimento maior (220 V):
  • Potência mínima: 0
  • Potência média: 2 600 W
  • Potência maior: 4 400 W
  • Potência máxima: 6 400 W
  • Aquecimento menor (127 V):
  • Potência mínima: 0
  • Potência média: 1 800 W
  • Potência maior: 3 200 W
  • Potência máxima: 4 400 W
  • Aquecimento menor (220 V):
  • Potência mínima: 0
  • Potência média: 2 400 W
  • Potência maior: 4 400 W
  • Potência máxima: 5 400 W
  • OS FIOS PARA O CHUVEIRO
  • O chuveiro é um dos eletrodomésticos de maior consumo numa residência, exigindo as correntes mais intensas.
  • Isso significa que a espessura do fio que vai alimentar um chuveiro deve ser compatível com a intensidade de corrente que ele exige, tanto para que seu funcionamento seja normal como por medidas de segurança.
  • Um fio muito longo e fino para um chuveiro pode apresentar uma resistência elevada o bastante para que parte da potência elétrica que deveria ser entregue ao circuito se converta em calor.
  • O resultado disso pode ser um aquecimento perigoso do fio no duto e um funcionamento anormal do chuveiro (que não esquenta), conforme ilustrado na figura 8.

Como Se Instala Leds Quando Abro Agua Do Duche?

Fio longo e fino que causa perdas e aquecimento indevido da instalação

  1. Os fios têm a espessura mínima indicada de acordo com a potência e tensão do chuveiro.
  2. Assim, temos os seguintes casos a considerar:
  3. 127 V – potência máxima 5 400 W – fio de 10 mm quadrados (AWG 6)
  4. 220 V- potência máxima de 6 400 W – fio de 6 mm quadrados (AWG 8)
  5. 127 V – potência máxima de 4 400 W- fio de 6 mm quadrados (AWG 8)
  6. 220 V- potência máxima de 5 400 W – fio de 4 mm quadrados (AWG 10)
  7. Da mesma forma, o fusível ou disjuntor tem sua corrente de abertura dada pela potência e tensão do chuveiro, conforme as seguintes características gerais:
  8. Faixa de Fusível = Potência e ou tensão disjuntor
  9. Até 5400 W 50 A = em 127 V (fio de 10 mm2)
  10. Até 6400 W 35 A = em 220 V (fio de 6 mm2)
  11. Até 4400 W 40 A = em 110 V (fio de 6 mm2)
  12. Até 5400 W 30 A = em 220 V (fio de 4 mm2)
Leia também:  Como Descobrir A Quem Pertence Um Numero?

Para o fio terra podemos usar um condutor mais fino da forma que já explicamos no item correspondente (ver a importância do fio terra). Será interessante usar um fio de cor diferente, para maior facilidade de identificação em relação ao da alimentação (fase e neutro).

  • Com a instalação apropriada, podemos pensar na instalação do chuveiro propriamente dito.
  • Veja a Parte 2 desse artigo
  • Veja a Parte 3 desse artigo
  • Veja mais artigos sobre chuveiros

Fonte: http://www.newtoncbraga.com.br

.

Pressurizador de Água: Fluxostato ou Pressostato?

Bomba pressurizadora de pressostato ou de fluxostato? Se você está procurando por pressurizadores, provavelmente já se deparou com esses termos, não é? Mas o que diabos é isso?

Pensando nisso, esse artigo vai falar especificamente do que se trata fluxostato e pressostato e quais são suas principais diferenças, vantagens e desvantagens.

E caso você ainda não entenda direito como funciona esse negócio de pressão de água, separamos um artigo só sobre isso.

O que é Fluxostato e Pressostato?

De forma resumida, o funcionamento da bomba pressurizadora é muito simples. Trata-se de um motor “burro” que só gira e dá força para a água. O que difere uma bomba pressurizadora é o seu sistema de acionamento.

A bomba pode ser acionada manualmente ou a partir de uma automação. A automação pode ser feita de diversas formas, como um controlador por exemplo.

No entanto dentre as bombas pressurizadoras os sistemas de acionamento automático mais comuns são o fluxostato e o pressostato.

Então resumindo, tanto o fluxostato quanto o pressostato são sistemas de acionamento automáticos de uma bomba pressurizadora. Falando de maneira bem simples é o que vai dizer pra bomba quando ela deve ligar.

Mas qual a diferença entre eles?

Como Se Instala Leds Quando Abro Agua Do Duche?O corpo de ambas as bombas é idêntico, o que muda é seu sistema de acionamento: pressostato ou fluxostato

Como funciona Fluxostato? 

Como o seu próprio nome sugere, ele funciona pelo fluxo de água na rede hidráulica.

Quando algum ponto de consumo é aberto e a água passa por dentro da bomba pressurizadora, o fluxostato detecta seu fluxo e dá um comando para a bomba pressurizadora começar a trabalhar.

Quando essa movimentação da água é interrompida, quando você fecha o ponto de consumo, então o fluxostato deixa de detectar o fluxo e dá um comando para a bomba desligar.

Vale ressaltar que o fluxostato não é um equipamento muito sensível, então ele precisa de um fluxo e uma pressão mínima para ser acionado. Isso significa que abrir muito pouco um ponto de consumo ou mesmo um pequeno vazamento passará desapercebido para o fluxostato e a bomba pressurizadora não será acionada.

Um consequência disso é que bombas pressurizadoras equipadas com fluxostato só conseguem atender pontos de consumo que estejam abaixo da instalação. Ou seja, esse tipo de bomba pressurizadora precisa ser instalada no teto.

Como Se Instala Leds Quando Abro Agua Do Duche?

Características do Fluxostato 

  • Equipamento mais simples;
  • Não mantém a rede pressurizada;
  • Precisa de um fluxo e pressão mínima de água para ser acionado;
  • Não pode ser instalado abaixo dos pontos de consumo.

Vantagens do Fluxostato

  • Preço mais atrativo;
  • Maior durabilidade;
  • Menor incidência de manutenção;
  • Pode ser instalado em redes hidráulicas mais antigas;
  • Em caso de pequenos vazamentos não fica acionando.

Desvantagens do Fluxostato

  • Só atende os pontos de consumo que estão abaixo dele;
  • Pode demorar um pouco para acionar;
  • É mais restritivos em relação ao local de instalação;
  • Não pode ser utilizado com boiler;

Como funciona Pressostato? 

Já o pressostato é responsável por detectar a pressão da água na rede hidráulica. Sendo assim, toda vez que ele detecta que a pressão da água diminuiu ele aciona a bomba, então quando a pressão estabiliza ele desliga a bomba pressurizadora.

Isso significa que toda vez que você abre um ponto de consumo a pressão da água na rede hidráulica cai, fazendo com que a bomba seja acionada.

Diferente do fluxostato, que não detecta pequenos fluxos de água, o pressostato é muito mais sensível e detecta inclusive poucas variações de pressão.

Na prática, mesmo um pequeno vazamento depois de algum tempo vai reduzir a pressão da rede a ponto de fazer o pressostato ligar a bomba.

Outra característica marcante de bombas pressurizadoras equipadas com pressostato é que elas mantêm a rede hidráulica pressurizada o tempo todo.

Como Se Instala Leds Quando Abro Agua Do Duche?

Características do Pressostato

  • Equipamento mais complexo;
  • Mantém a rede hidráulica sempre pressurizada;
  • Pode ser utilizado para elevar a água.

Vantagens do Pressostato

  • Assim que você abre qualquer ponto de consumo já recebe água pressurizada;
  • Mais flexibilidade na instalação, podendo estar abaixo ou acima dos pontos de consumo;
  • Pode ser utilizada com boilers de alta pressão.

Desvantagens do Pressostato

  • Preço mais elevado;
  • Menor durabilidade;
  • Maior incidência de manutenção;
  • Aciona em caso de vazamento;
  • Não é recomendada a sua instalação em redes hidráulicas mais antigas.

Como Se Instala Leds Quando Abro Agua Do Duche?

Como escolher o pressurizador de água ideal

Cada tipo de equipamento possui uma característica única. Justamente por isso é muito importante ressaltar que cada um se adapta melhor a diferentes tipos de situações.

O fluxostato, por exemplo, é mais recomendado para casas onde a rede hidráulica é mais antiga, mas por outro lado não pode pressurizar pontos de consumo acima de seu local de instalação.

Já o pressostato mantém a rede hidráulica sempre pressurizada, sendo o equipamento ideal para trabalhar com boilers de alta pressão.

Em caso de dúvida sempre o mais indicado é contar com o auxílio técnico de profissionais capacitados tanto para o dimensionamento quanto para a instalação do equipamento. Não é incomum encontrarmos bombas pressurizadoras instaladas incorretamente ou que não atendem bem a demanda do local. Por isso fique sempre bem atento.

Esperamos que esse artigo tenha te ajudado a esclarecer algumas dúvidas. Então não deixe de assinar nossa newsletter para receber em primeira mão as novidades do nosso blog!

Chuveiro dando choque? Como resolver? | G20

Como Se Instala Leds Quando Abro Agua Do Duche?

Quem nunca passou pela sensação de receber um pequeno choque ao manusear o registro de um chuveiro elétrico? Utilizar uma toalha de banho seca como luva é um pequeno truque para fugir do choque, mas não é o método mais apropriado para resolver o problema.

O choque elétrico ocorre devido as correntes de fuga, que surgem a partir da resistência elétrica do chuveiro.

Encanamentos metálicos, ou a própria água conduzem a eletricidade que “escapa” da resistência até o registro, em geral fabricado em material metálico.

Quando uma pessoa toca o registro, a eletricidade pode fluir para a terra através dela, que molhada e nua, está em situação bastante vulnerável.

Ferimentos na pele tendem a intensificar a sensação desagradável, pois com a pele ferida, a resistência elétrica do corpo fica mais baixa, permitindo a passagem de uma corrente mais elevada. Assim, não é incomum que após cortar as cutículas das unhas, por exemplo, se percebam choques que antes não ocorriam.

Como a fração de corrente elétrica que flui pelo corpo nesses eventos é bastante baixa, as consequências fisiológicas ficam restritas a um susto, formigamento, ou um pouquinho de dor, mas tais efeitos também são um claro alerta de que há algo inseguro na instalação de seu chuveiro. Em situação anormal de funcionamento do chuveiro, as consequências podem ser muito mais sérias se negligenciado o aterramento no equipamento.

O condutor de proteção (ou terra) tem a clara função de permitir um caminho mais fácil para a eletricidade que foge à resistência do chuveiro (ou outro equipamento elétrico), evitando que a mesma atravesse o corpo de uma pessoa. Este condutor costuma ser indicado pela cobertura na cor verde, ou verde e amarela, e deve ser conectado ao sistema de aterramento elétrico da residência.

Se no ponto de instalação do chuveiro, todavia, você possui apenas dois fios chegando (fase + neutro ou fase + fase), deve-se instalar o condutor de proteção entre o chuveiro e o quadro de distribuição, conectando-o na barra de aterramento. A área da seção do condutor de proteção deverá ser a mesma empregada nos condutores carregados, utilize um cabo ou fio de cobre com isolação na cor verde e conecte-o ao fio de mesma cor do chuveiro através de um conector adequado.

Leia também:  Como Saber Quanto Recebo De Reforma?

Ao realizar reparos em suas instalações elétricas certifique-se de ter conhecimento, equipamentos e preparo adequado para a tarefa. Em caso de dúvida, procure sempre por um profissional qualificado para o serviço.

Na G20 você encontra excelentes materiais para as instalações elétricas e iluminação de sua casa, obra ou empresa. Acesse e saiba mais: http://www.g20brasil.com.br/.

Dicas

Com o chuveiro instalado, e olhando-o por baixo, o espalhador deve ser girado no sentido anti-horário.

As orientações para troca da resistência estão no manual que acompanha o produto no ato da aquisição.

Para evitar riscos de choques elétricos, o fio terra (fio verde ou verde/amarelo) deve ser conectado a um sistema de aterramento, conforme norma brasileira NBR-5410.Recomenda-se que a instalação elétrica e o sistema de aterramento para este aparelho sejam executados por pessoas qualificadas. O sistema de aterramento garante sua segurança durante a utilização de aparelhos eletrodomésticos.

As duchas 3 temperaturas são aquelas em que a tecla de mudança de temperatura pode assumir 3 posições diferentes de potência: máxima, intermediária e zero. Por norma, um chuveiro de 3 temperaturas pode ter no máximo 5500W de potência, seja sua tensão 127V ou 220V. Os chuveiros Lorenzetti Multitemperaturas são aqueles em que a tecla de mudança de temperaturas pode assumir 4 posições diferentes: máxima, intermediária 1, intermediária 2 e zero. Nesses chuveiros, a potência em 220V é usualmente de 6800W ou 7500W, o que possibilita um grande aquecimento de água. Esses chuveiros também possibilitam ao usuário uma grande economia de energia, pois possuem 2 posições intermediárias de potência. Os chuveiros Multitemperaturas em 127V, por norma, podem ter potência máxima de 5500W. Os Chuveiros Eletrônicos da Lorenzetti são aqueles que no lugar de uma tecla de mudança de temperaturas, existe um botão giratório que controla a potência elétrica através de um circuito eletrônico, o que permite o ajuste gradual da temperatura da água.

Nesses modelos, o usuário alcança o máximo conforto e a máxima economia de energia, pois nele é possível alcançar a temperatura exata que lhe agrada em qualquer clima. Os Chuveiros Lorenzetti em tensão 220V tem potência máxima de 7500W. Os chuveiros eletrônicos em 127V, por norma, podem ter potência máxima de 5500W.

Não deve se utilizar o fio neutro como aterramento. No caso de uma sobrecarga da rede elétrica, como pode acontecer no caso de um raio, o fio neutro pode ficar carregado e queimar os aparelhos elétricos ligados a ele.

A potência que é expressa nas embalagens é uma grandeza que mede a capacidade máxima de aquecimento do chuveiro elétrico.

Quanto maior a potência, maior a temperatura que a água do banho pode chegar. Ela é expressa em Watts, sendo W o seu símbolo. As potências máximas usuais dos Chuveiros Lorenzetti são 3200 W, 4500 W, 5500 W, 6800 W e 7500 W.

Quando se muda a posição da tecla de temperatura do chuveiro, ele passa a operar em potências inferiores à sua potência máxima, fazendo com que a água esquente menos e também economizando energia elétrica.

As potências de operações intermediárias dos Chuveiros Elétricos Lorenzetti podem ser encontradas nos respectivos manuais de instrução.

Tensão Elétrica é a diferença de potencial elétrico entre dois pontos. Voltagem é um sinônimo usado de maneira coloquial no Brasil. A unidade de medida da Tensão Elétrica é o Volt e seu símbolo é o V. 127V e 220V são os padrões de tensões secundárias que os domicílios recebem no Brasil.

Em algumas regiões, os domicílios são servidos por tensões 127V e 220V, em outras regiões os domicílios recebem apenas 127V ou apenas 220V. Por motivos históricos, a tensão de 127V é também chamada de 110V, que era uma tensão secundária utilizada antigamente pelas concessionárias de energia.

Antes de comprar um chuveiro elétrico, deve-se checar a tensão elétrica disponível no ponto de energia onde ele será instalado. Ao contrário do que possa parecer, o gasto de energia elétrica depende da potência do chuveiro e não de sua tensão.

Os plugues e tomadas de uso geral (TUG) não são preparados para resistir à corrente elétrica que circula pelos aparelhos domésticos de aquecimento da Lorenzetti, por serem estes equipamentos de alta potência elétrica. Seu uso compromete a segurança da instalação.

O modelo Turbo (ou Pressurizado) é equipado com pressurizador, que aumenta a pressão de água e proporciona um banho mais agradável. O Turbo é indicado para pessoas que moram em locais com pouca pressão.

O modelo Master é aquele que não vem com pressurizador embutido e é indicado para pessoas que moram em locais com boa pressão de água.

A função é de garantir segurança. Os conectores proporcionam um bom contato elétrico entre a fiação do aparelho e da instalação do domicílio.

Uma melhor ligação elétrica significa que existe uma boa área de contato entre os dois conjuntos de fiação e que a corrente elétrica enfrenta menor resistência para circular.

Isso torna a ligação mais segura, pois evita o aquecimento do conjunto e ainda aumenta a vida útil do aparelho e da instalação. O modo correto de utilizá-los pode ser visualizado no manual de instalação do aparelho.

O disjuntor e a fiação dependem de dois fatores, a tensão e a potência do produto. Segue tabela com especificações técnicas para os diferentes modelos de duchas e chuveiros Lorenzetti:

Para distâncias acima de 30m, utilize condutores de seção maior.

 Tensão  Potência  Fiação (mm²) Disjuntor (A)
127V 2500W 4 25
127V 3200W 4 30
127V 4000W  6 40
127V 4500W 6 40
127V 4700W 6 40
127V 5500W 10 50
220V 2500W 2,5 15
220V 3200W 2,5 20
220V 4000W 4 25
220V 4500W 4 25
220V 4700W 4 25
220V 5500W 4 30
220V 6000W 4 30
220V 6800W 4 32
220V 7500W 6 40
  • Por ser alimentado por corrente alternada, o chuveiro elétrico não possui fios positivos ou negativos.
  • Na corrente alternada, como o próprio nome indica e ao contrário da corrente contínua, a magnitude e a direção da corrente alternam-se de acordo com sua freqüência.
  • A conseqüência disso num chuveiro elétrico é que não há ordem para a ligação elétrica dos fios dos chuveiros com os da rede elétrica.

Ele deve ser instalado sempre que a pressão for superior àquela determinada no manual de instalação do produto. A pressão de uso varia de acordo com o modelo.

No caso da Maxi Ducha, o redutor deve ser instalado a partir de 80 kPa, o que equivale a oito metros de coluna de água.

Como Se Instala Leds Quando Abro Agua Do Duche?

Atendimento ao Consumidor 0800 016 0211
Copyright© 2021. Lorenzetti S.A. Todos os direitos reservados

Meu chuveiro não esquenta, o que eu faço?

Um transtorno, principalmente em dias mais frios: o chuveiro elétrico não está funcionando direito. Tem luz na casa, tudo está funcionando mas o chuveiro não esquenta. O que pode estar acontecendo? Preciso chamar um eletricista?

Essas perguntas geralmente ocorrem em momentos inesperados e na maioria das vezes quando estamos nos preparando para tomar aquele banho relaxante depois de um dia cansativo de trabalho ou mesmo aos finais de semana.

O Disjuntor não esta Funcionando

Antes de tudo devemos começar pelo mais fácil que é verificar se o disjuntor está funcionando (Se está desarmado ou não), esta seria a primeira solução para os seus problemas, após verificar isto você deve ver se as conexões entre o disjuntor e o seu chuveiro estão corretas.Pronto tudo ja foi visto e esta correto, vamos a segunda parte;

Fiação Incorreta

A Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) exige que a espessura mínima do fio de instalações elétricas internas seja de 1,5 mm2. Um eletricista qualificado pode verificar se a espessura está correta e trocar os fios, caso seja necessário.

Respeitar a espessura mínima exigida pela ABNT é importante para que a instalação possa suportar a corrente consumida pelas lâmpadas e aparelhos.

Se a fiação apresentar espessura diferente da necessária, pode causar problemas como o superaquecimento dos fios, que desperdiça energia e cria condições para acidentes.

Nos casos de chuveiros e duchas elétricas há muitos risco em não obedecer a norma, como riscos de incêndio devido a fios mais finos que o necessário para sua instalação, além de que o plástico que encapa o fio pode derreter e um fio encostar no outro gerando curto circuito.

Potência do Chuveiro (Fraca)

Neste caso você provavelmente vai estar trocando seu chuveiro, pois sua potência elétrica não é suficiente para a vazão de água que sai do encanamento, por que? Simples, há vários modelos de chuveiros e cada um possui uma potência especifica, quanto maior a potência do chuveiro maior a quantidade de água que ele consegue esquentar.
Em muitos locais o vendedor não auxilia nesse tipo de compra, pois há alguns fatores que devem ser levados em consideração;

Leia também:  Como Lidar Com Um Chefe Que Nao Gosta De Voce?

Potência do chuveiro x Vazão de água, como citamos acima;

Se houver muita pressão de água o ideal é utilizar um redutor de pressão na entrada do cano do chuveiro;
Em casos de falta de pressão de água o necessário é instalar um pressurizador no chuveiro;

Mas e se até esse ponto seu chuveiro está com tudo certinho, o que fazer? Simples, talvez o problema esteja na resistência dele!

Resistência Queimada

A resistência da sua ducha ou chuveiro elétrico é a responsável por transformar a energia elétrica em energia térmica, ou seja, é ela quem produz o calor do seu banho!

A resistência fica imersa na água, dentro do tanque do chuveiro, toda a vez que a torneira do chuveiro é aberta ela é acionada para esquentar a água que virá, claro que essa pecinha também tem um tempo de vida útil,  por exemplo; Se você toma banhos consciente que duram em média 5 minutos, a vida útil dela vai ser bem maior do que para quem toma banhos demorados e com a água superquente. Se seu chuveiro não esquenta, o problema pode estar na resistência que esta queimada.

Esse problema é muito comum de acontecer durante a vida útil de um chuveiro, como já explicamos antes o tempo de uso e a temperatura em que a resistência comumente é usada, afeta e muito em sua durabilidade.

Mas não há o que temer pra resolver esse probleminha bastante comum você só precisa identificar se realmente é a resistência e se for deve comprar uma nova de acordo com o modelo do seu chuveiro e fazer a troca.

Motivos para a queima da resistência;
A pressão pode estar muito baixa, sobrecarregando o chuveiro.
Os disjuntores elétricos da casa têm alguma irregularidade.

A fiação do chuveiro pode estar oxidada pela umidade do banheiro.
Você toma banhos muito quentes e longos.

A voltagem do chuveiro pode não ser compatível com a voltagem da sua casa.

Passo a Passo de como trocar sua resistência:

Antes de tudo você deve ir até a caixa de disjuntores e desligar o disjuntor que conecta ao chuveiro, caso tenha duvidas se desligou o disjuntor correto, sugiro que desligue o disjuntor geral.
Após desligar o disjuntor, você deve checar se a resistência está realmente queimada.

É necessário um escada ou superfície segura de apoio, que deve ser colocada abaixo do chuveiro, claro que o piso deve estar seco.
Em seguida você irá desmontar o chuveiro, para chuveiros de plástico que são simples, basta desenroscar a parte de baixo, que também é chamado de espalhador.

Se a resistência estiver queimada, será percebível um rompimento em alguma das espirais ou marcas de queimado em volta da peça.
Para a troca da resistência o ideal é seguir o manual do fabricante, que vem descrito na embalagem da peça.

Já que chegamos até aqui, aproveite e limpe o seu chuveiro por dentro, desentupindo o espalhador de água com uma escova de dente e enxaguando bem em água corrente
Agora que já limpou a peça, monte novamente o seu chuveiro. Você deve parafusar bem para que não fique com partes frouxas afim de evitar vazamentos.

Antes de ligar a chave geral, abra a torneira do chuveiro e deixe água fria escorrer por cerca de dois minutos, já verifique se não há vazamento por má vedação.
Pronto se esta tudo certinho, agora pode religar a chave geral!

Se o problema do seu chuveiro não é a resistência ou qualquer um dos fatores acima, então o jeito vai ser trocar o seu chuveiro pois o mesmo está queimado ou com problemas de funcionamento.

Chuveiro Queimado

  • Se o seu chuveiro estiver queimado, consequentemente sua água não irá esquentar, mas antes deve ser feito essa analise sobre a resistência, disjuntores e cabos que estão conectados a peça. Se realmente a peça esta com problemas e deve ser trocada não é algo tão simples, vamos explicar para você o que deve ser observado no momento da compra de uma nova peça:
  • Na compra de uma nova peça deve se levar em consideração muitos outros fatores além da estética, como por exemplo o tamanho do espalhador de água, a potencia da peça, pois como já vimos antes se você comprar um chuveiro com uma potência muito superior ao seu antigo chuveiro provavelmente terá problemas com a fiação, por isso é necessário verificar se sua casa esta preparada para receber uma peça mais potente, também deve se verificar a amperagem do seu disjuntor, caso haja substituição por uma peça bem potente é necessário que troque seu disjuntor também.
  • Espero ter ajudado a resolver o seu problema, e tornar seus banhos melhores!
  •  

Chuveiros e Duchas Elétricos

O chuveiro elétrico é um produto extremamente versátil e fácil de instalar, podendo ter apenas três temperaturas de regulagem manual ou controle digital preciso de temperatura com design moderno, haste para alteração de temperatura, luzes LED, etc. Você pode fazer um investimento em tecnologia e design, escolher o melhor custo benefício ou optar por um modelo mais simples para uso objetivo. Seja qual for a sua escolha, a Telhanorte tem os chuveiros e duchas elétricos ideais para o seu banheiro!

Chuveiros e duchas elétricos Corona, Lorenzetti, Deca, Hydra

  • A hora do banho é o momento de recarregar as energias e você não quer abrir a torneira para no minuto seguinte ouvir aquele barulhinho (quase) sinistro da resistência queimando, não mesmo?
  • Para comprar um bom chuveiro para sua casa é importante saber algumas características essenciais sobre os tipos de chuveiro para acertar na aquisição desse item tão fundamental do cotidiano.
  • O chuveiro elétrico é o modelo mais usado nas residências brasileiras, principalmente porque são fáceis de instalar e por causa do  seu preço acessível.
  • Existem dois tipos de chuveiro elétrico: o multitemperatura e o eletrônicos.
  • O chuveiro elétrico multitemperatura regula a aquecimento da água através do acionamento da chave central que tem opções limitadas de aquecimento, sendo Verão, para água morna, e Inverno, para água quente. 
  • A chave central pode ser tanto do modelo tradicional quanto em formato redondo, com a chave girando 180º para ajustar entre as opções oferecidas. 
  • Já o chuveiro eletrônico é um modelo em que você pode regular gradualmente o aquecimento da água, contando com uma grande variedade de temperaturas.
  • A regulagem é feita através de um cabo regulador que gira 360º nas posições de temperaturas existentes ou com um visor digital que permite a regulagem visualizando os números no painel.

Chuveiro ou ducha elétrico: qual é o ideal?

  1. Para escolher entre chuveiro ou ducha elétricos é importante entender como cada um funciona e os requisitos para a instalação necessários em cada caso.
  2. O chuveiro elétrico aquece a água através da resistência e precisa ser compatível com a tensão elétrica da casa, ou seja, 110v ou 220v.

  3. Com isso, você pode ter em casa chuveiro elétrico de 220W, 4000W, 6200W ou 7800 W, números que se referem a potência do produto para o aquecimento da água.
  4. Os chuveiros elétricos também tem queda de água mais suave e sua instalação é sempre na vertical.

  5. Já as duchas eletrônicas são o meio que despeja a água aquecida por outro tipo de equipamento. Sua instalação é mais inclinada e com mais pressão
  6. Para usar uma ducha em casa é necessário contar com um sistema de aquecimento residencial a gás, elétrico ou solar.

  7. Então para se decidir entre chuveiros e duchas elétricos você precisa verificar se a sua casa ou apartamento é compatível com o tipo de instalação que cada um dos modelos pede. 

Mas tanto um tipo quanto o outro pedem consciência na hora do uso.

Os chuveiros elétricos gastam bastante energia (basta reparar na conta durante os meses de inverno!). Já as duchas por terem mais pressão, consomem muito mais água.

Por isso, é importante escolher a opção que trará mais conforto para toda a família, mas é preciso educação no uso para evitar desperdício e contas de energia e água nas alturas.

Tudo para seu banheiro na Telhanorte!

Escolher o chuveiro elétrico ideal para o seu banheiro é só o começo! Aqui no site da Telhanorte temos tudo para equipar essa área da casa com as melhores marcas do mercado.

Escolha móveis, cubas, torneiras, vasos, banheira e tudo para a organização do seu banheiro!

Compre os melhores produtos para sua obra e construa o espaço perfeito para a higiene diária da sua família e também conte com um espaço para recarregar as energias.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*