Como Se Chama Um Homem Que Faz Panelas?

Como Se Chama Um Homem Que Faz Panelas?

Qual a melhor panela para cozinhar? Entre as melhores panelas estão aquelas que cozinham bem, não prejudicam a saúde e são sustentáveis. Para ajudar a entender melhor essa questão, o Portal eCycle fez uma lista das panelas disponíveis no mercado, suas vantagens e desvantagens. Confira:

  • O que é consumo consciente?

1. Aço cirúrgico

Como Se Chama Um Homem Que Faz Panelas? Imagem disponível em Pikrepo sob CC0

Se não for a panela mais cara de todas, com certeza a panela de aço cirúrgico é uma das mais caras. Mas isso tem seus porquês. A panela de aço cirúrgico, assim como as panelas de cerâmica e porcelana, não é porosa. Além disso, tem proteção contra arranhões, não retém nenhum tipo de resíduo dos cozimentos e não contamina os alimentos. As panelas de aço cirúrgico presentes no mercado possuem vários níveis de cozimento, são resistentes e têm a capacidade de distribuir o calor por toda a panela, não somente na base. Esse tipo de panela também é um forte candidato para a lista de melhor panela para cozinhar. A válvula da panela de aço cirúrgico avisa quando a temperatura está adequada e algumas marcas oferecem garantia de até 50 anos!

  • Cerâmica: existe reciclagem?
  • O que fazer com objetos de cerâmica quebrados?

2. Inox/aço

Como Se Chama Um Homem Que Faz Panelas? Foto de Toa Heftiba Şinca no Pexels

A principal vantagem é o fato de as panelas não oxidarem. Além disso, o material é resistente e distribui o calor de forma igual por sua superfície. O que impede a panela de inox de ocupar o posto de melhor panela para cozinhar é o fato de sua composição levar níquel, que é extremamente tóxico, e que se desprende da panela ao longo do uso. Mesmo as quantidades liberadas do metal sendo pequenas, assim como no caso da panela de alumínio, ainda não há um consenso entre pesquisadores sobre o nível de toxicidade das panelas feitas com esses materiais. Mas estudos apontam que seu uso não é indicado para pessoas alérgicas. Exposição ao níquel e seus compostos pode causar alergias e levar ao desenvolvimento de câncer.

  • Impactos ambientais do alumínio e suas propriedades

3. Cobre

Como Se Chama Um Homem Que Faz Panelas? Imagem de Stefano Ferrario por Pixabay

Assim como as inoxidáveis, as panelas de cobre são boas condutoras de calor. Mas não podem ser utilizadas para cozinhar todo tipo de alimento. Ao entrar em contato com o sal ou alimentos ácidos como tomate, limão e vinagre, o cobre pode se desprender da panela. Fique atento sobre que tipo de comida é feita nesse tipo de panela, pois ela não é a melhor panela para cozinhar, uma vez que a intoxicação por cobre pode causar náusea, dores abdominais, problemas gastrointestinais e, em longo prazo, danos nos rins e no fígado. A vantagem é que pode ser reciclada.

  • Sal: usos, importância e riscos
  • Vinagre branco: 20 usos surpreendentes

4. Ferro

Como Se Chama Um Homem Que Faz Panelas? Imagem de Paul Heubusch por Pixabay

A utilização desse tipo de panela traz alguns benefícios à saúde. Em pesquisa realizada na Unicamp, foi provada a transferência do mineral presente na superfície das panelas de ferro e de pedra-sabão para os alimentos, transformando-as em importantes aliadas no combate à anemia. O mesmo foi constatado para as panelas de aço inox. Mas tenha cuidado com a manutenção. Ela pode enferrujar facilmente e, se esfregada, a ferrugem pode se soltar. É melhor lavá-la com água quente e sabão, deixar secar no fogo e espalhar uma película de óleo sobre sua superfície antes de guardar, para evitar a ferrugem. E elas podem ser recicladas.

5. Antiaderentes

Como Se Chama Um Homem Que Faz Panelas? Imagem de StockSnap por Pixabay

Esse é o mais controverso tipo de panela disponível no mercado. Mas ela está longe de ser a melhor panela para cozinhar, pois em sua em sua composição estão o ácido perfluorooctanóico (PFOA) e o politetrafluoretileno (PTFE), ambos extremamente problemáticos. O PTFE, quando exposto a altas temperaturas, libera gases tóxicos, como os fluorocarbonos, que causam sintomas similares aos da gripe. Já o PFOA, segundo estudos, está ligado ao desenvolvimento de câncer de rim e fígado, problemas da tireoide, problemas no coração e muitas outras complicações. Os compostos presentes nas panelas antiaderentes também são notórios obesogênicos. Se sua panela antiaderente estiver riscada ou se sua superfície estiver se desprendendo, descarte-a imediatamente.

6. Barro

Como Se Chama Um Homem Que Faz Panelas? Imagem de Sheila Brown por Public Domain Pictures

Indicada para fazer alimentos líquidos ou com caldo, como sopas, molhos, feijão e ensopados. Assim como a panela de cerâmica, demora para esquentar, mas mantém o calor por um longo período de tempo. A panela de barro é feita de um material natural e não nocivo para a saúde e o meio ambiente; podendo facilmente entrar na lista como a melhor panela para cozinhar. A desvantagem é que alimentos com baixo teor de água podem ficar ressecados se preparados nessa panela.

7. Cerâmica

Como Se Chama Um Homem Que Faz Panelas? Imagem disponível em Pxhere

Apesar de ser um pouco mais cara do que as outras panelas, o investimento vale a pena, já que são fáceis de limpar, antiaderentes e conservadoras de calor. Mas atenção para uma certificação que aponte para a utilização de materiais atóxicos na fabricação. Pesquisas realizadas em Israel afirmam que a tinta presente em panelas não certificadas pode conter chumbo ou cádmio, que se desprendem durante o preparo dos alimentos. Além disso, demora mais tempo que o normal para esquentar, o que faz com que o consumo de energia aumente.

8. Pedra-sabão

Como Se Chama Um Homem Que Faz Panelas? Lysippos, Soapstone pot, CC BY-SA 3.0

A panela pedra-sabão é indicada para o preparo dos mesmos tipos de alimentos que podem ser feitos na panela de barro. Uma estudante da Unicamp provou que esse tipo de panela, assim como a panela de barro, também transfere ferro para os alimentos; o que torna esse tipo de panela uma boa candidata ao posto de melhor panela para cozinhar. O cuidado é que, por ser porosa, pede atenção especial ao ser lavada, para que não haja proliferação de microrganismos. Para isso, aqueça em fogo baixo, para que a panela não rache pelo choque térmico.

9. Vidro

Como Se Chama Um Homem Que Faz Panelas? Jtfolden, Corning LeCLAIR (VISION) 2.5L Stewpot, CC BY-SA 4.0

Um dos modelos mais seguros para a saúde, a panela feita desse material não possui nenhum tipo de contraindicação. É fácil de limpar e não passa nenhum tipo de substância para os alimentos durante o preparo. Por outro lado, é cara, pesada, frágil e não pode ser reciclada por ser feita com vidro temperado.

  • Todos os tipos de vidros são recicláveis?

10.Titânio

Esse tipo de panela é um dos tipos mais recentes e, por isso, um dos mais caros. A nutricionista Késia Quintaes diz em seu livro “Por Dentro das Panelas”, que as panelas de titânio não fazem mal à saúde, já que não há contaminação dos alimentos preparados nelas. Além disso, são mais resistentes.

As panelas de titânio também podem ser usadas para guardar a comida depois de pronta. O titânio é usado pela indústria, inclusive, para revestir as panelas de cobre e evitar que esse elemento se misture à comida em seu interior.

Elas não exigem a fervura que recomendamos nas panelas de aço inox, pois não há liberação de material na comida, afirma Késia.

  • Como descartar palha de aço?
  • Lata de aço é reciclável?

11. Porcelana

A porcelana é uma variedade de cerâmica dura, branca e translúcida, preparada com caulim. A diferença entre a porcelana e outros produtos de cerâmica é que a porcelana é mais resistente e possui completa isenção de porosidade e sonoridade. Apesar de ser mais cara, é um tipo de panela que mantém a temperatura do alimento por mais tempo.

Por outro lado, por ser um material isolante térmico, a panela de porcelana demora mais para aquecer. É preciso tomar o cuidado de não utilizar objetos de metal para raspar o que grudou na panela, no lugar desses são indicados utensílios de madeira.

Além disso, é preciso evitar mergulhar a panela de porcelana quente em água fria, uma vez que pode haver danos irreparáveis causados pelo choque térmico.

  • Porcelana: como, onde descartar e fazer a reciclagem
Leia também:  Como Se Chama A Pessoa Que Cuida De Animais?

12. Alumínio

O modelo mais barato de panela é também motivo de muita discussão. Pesquisadores da USP descobriram que panelas de alumínio e de aço inoxidável podem soltar metais pesados durante o preparo dos alimentos.

Ao ferver uma solução de 4 litros de água e 10 gramas de sal por 3 horas, houve o desprendimento de 20 miligramas do metal por cada litro de água. Além disso, quem usa máquina de lavar louças, tem a desvantagem de ver suas panelas de alumínio ficarem escurecidas com o tempo.

Por outro lado, a Organização Mundial da Saúde (OMS) aponta que o metal é seguro nas suas aplicações culinárias. E panelas de alumínio podem ser recicladas.

13. Silicone

As panelas de silicone, utilizadas principalmente em fornos de micro-ondas, estão longe de serem o melhor modelo de panela para cozinhar. Isso porque muitas pessoas relatam odores quando cozinham com formas de silicone; com potencial de serem tóxicos. Entretanto, ainda não se sabe se as panelas de silicone são realmente nocivas para a saúde.

  • Silicone: o que é, para que serve e quais são seus impactos ambientais

Mas então, qual comprar?

Não há exatamente uma melhor panela para cozinhar – isso depende dos usos que você tirará dela.

A ideia é manter em mente a funcionalidade de cada modelo para tirar máximo proveito dos seus jogos. No entanto, não adquira os modelos que contenham PFOA e PTFE (antiaderentes).

As de alumínio também não são muito recomendáveis, devido à possibilidade de desprendimento do material nos alimentos.

Portanto, os modelos de vidro, cerâmica, barro, porcelana, ferro, pedra-sabão e aço cirúrgico são os que trazem menos risco à saúde humana, desde que obedeçam aos padrões estabelecidos para esse tipo de equipamento. Ao adquirir essas panelas, tente conservá-las ao máximo, já que a reciclagem ainda não é possível para alguns materiais.

Na sequência, os modelos de metal, de titânio e de cobre podem ser boas opções, se utilizados de maneira correta. Fazer uma combinação de panelas, levando em conta cada uma de suas características, também pode ser uma solução. Uma mistura de panelas de cobre e de cerâmica ou barro para preparar alimentos ácidos mais salgados é uma possibilidade.

Quando precisar, visite nossa página de postos de reciclagem para encontrar os locais mais próximos de sua residência e descartar adequadamente suas panelas usadas ou os outros mais variados objetos que necessitem de destinação correta.

Veja também:

Cadastre-se e receba nosso conteúdo em seu email. Comunicar erro

A Bilha, A Panela e o Panasco – Vamos falar de insultos?

Como Se Chama Um Homem Que Faz Panelas?

Está aceso o debate acerca dos limites da liberdade de expressão e do humor. É um tema extremamente complexo, por tocar algo que é fundamental aos seres humanos, a própria linguagem. Eu não faço tenções de me alongar acerca do que é correcto ou não dizer, mas creio que, da mesma maneira que a morte segura de uma piada é ter de explicá-la, a compreensão do insulto pode ajudar, se não a matá-lo, pelo menos a uma utilização mais sensata.

Vamos pegar em três que são de uso corrente: Maricas, Paneleiro e Panasca. Perdoem-me o facto de não usar aspas, mas uma boa prática de lexicografia não deve fazer juízos de valor sobre as palavras.

Em relação a Maricas, todos os dicionários concordam que significa “um homem efeminado ou homossexual”, se for usado como substantivo. Os mais recentes dizem que é também adjectivo, para um homem ou mulher que tem medo de tudo, é demasiado cauteloso (um/a medricas).

Mas esta ideia de Maricas ter dois géneros não é nova: o Primo Basílio de Eça de Queirós dá o exemplo, quando diz a Luísa, “Tu eras uma maricas, tinhas medo de tudo”.

Quando surgiu a primeira definição em 1716, no Vocabulario portuguez e latino de Rafael Bluteau, Maricas e Maricão não queriam só dizer alguém medroso, mas também alguém que se sentia à vontade no meio de mulheres e, ironicamente, um mulherengo – não sei qual era o heterossexual que não quisesse ser visto como um maricas.

Mas qual é a raiz de Maricas? A resposta é unânime: é um diminutivo de Maria. Como outros: Maricotas, Maricocas ou Mariquinhas, os dois últimos sendo igualmente calão para alguém medroso, picuinhas ou efeminado.

E já agora, o Dicionário Houaiss apresenta como válida a variante afeminado – adamado ou afemeado também podem ser usadas.

Ou seja, Maricas é um insulto para quem achar vergonhoso ser comparado com uma mulher, uma Maria – por achar que as mulheres não são fortes e corajosas.

Já o Paneleiro tem uma história muito mais colorida. Panela vem do latim pannella, que quer dizer exactamente o mesmo, e é um diminutivo de panna (frigideira).

Cândido de Figueiredo, no Novo Diccionário da Língua Portuguesa, de 1899, regista que Paneleiro é um regionalismo das Beiras, “um fabricante ou vendedor de panelas, especialmente de barro”.

A primeira vez que surge com o significado de homossexual é em 1938, na obra de Alfredo Ary dos Santos, Como Nascem, Como Vivem, Como Morrem os Criminosos.

Como é que de um oleiro passámos a um homossexual? Talvez o paneleiro original fosse os dois ao mesmo tempo (sabe-se lá), mas vamos voltar atrás, à panela de barro, porque é um ponto interessante.

Ao longo do tempo foram muitos os objectos que serviram de metáfora para as nádegas: o pêssego, a pevide, o frasco, a cesta, a regueifa (pão), mas muito especialmente, a bilha e a panela. Esta associação já existia no séc. XIII, e encontrava-se também na língua francesa – não esqueçamos que no séc.

XIII, a Galiza e Portugal estavam muito mais ligados à cultura francesa do que hoje. Assim, não era estranho falar-se no panier (bilha), ou ouvir as vendedeiras de fruta nos mercados, dizer “É tudo açúcar na minha cesta!” (panier).

Outra expressão digna de nota desta altura era o panil, que designava tanto as nádegas como a vulva – não tenho de realçar a ligação entre panil e Panilas. A relação entre as nádegas e os objectos redondos e ocos manteve-se no imaginário popular, ao ponto de ainda hoje se falar da bilha, e de “partir a bilha” como metáfora de sexo anal.

Se pensarmos que antigamente o único momento que as raparigas tinham longe da vista dos pais era quando iam buscar água e podiam namorar, aquela cantiga que diz “Minha mãe mandou-me à fonte/E eu parti a cantarinha” começa a fazer sentido… De uma lista de 36 sinónimos para “ânus”, o Dicionário Houaiss inclui a panela e outros objectos – e palavras que são tão surreais que deviam fazer parte do nosso vocabulário diário: o diferencial, o fiofó, o orimbotó, o quiosque, o viegas ou o centro-das-convicções! Assim, um Paneleiro é, de facto, alguém que fabrica panelas, especialmente nas Beiras. Ou alguém que tem gosto e interesse em traseiros. Mas duvido que esses sejam apenas homens. Ou homossexuais.

Finalmente, Panasca tem um caminho ainda mais estranho: Antenor Nascentes, no Dicionário Etimológico Resumido (1966), clarifica que Panasco é erva de pasto para animais, e uma Panasqueira, um campo onde exista erva deste tipo. Já um Panasqueiro é alguém rude, “de traje e modos toscos”, surgindo assim o tom de ofensa. Como é que essa ofensa passou a significar homossexual? Bom, isso é um mistério.

As palavras mudam sem regras, com a vontade de quem as emprega – quem faz a Língua é quem a usa, não é algo que caia do céu. Com isto não quero desvalorizar o insulto. Os insultos ferem e magoam. E podem matar.

Mas as palavras, mesmo as feias e sórdidas, não são insultos por si só: dependem sempre do contexto em que são usadas.

E antes de levantar a muralha contra qualquer palavra que nos faça torcer o nariz, é preciso perceber muito bem se estamos ou não a ser atacados.

Leia também:  Como Mostrar Ao Meu Namorado Que O Amo?

O Podcast Dar Voz A esQrever ????????️‍???? está disponível nas seguintes plataformas:???? Spotify ???? Apple Podcasts

Profissao Reparador(a) de panelas (paneleiro), independente

  • 1. Introdução
  • Obrigado por escolher a DicasMei!
  • Os presentes Termos e Condições de Uso regem os Serviços disponibilizados pela DicasMei ao Usuário.
  • O usuário deverá ler cuidadosamente estes termos e condições antes de acessar ou utilizar os serviços.
  • O acesso e a utilização dos Serviços pelo Usuário estão sujeitos a estes Termos e Condições de Uso, os quais deverão ser lidos e aceitos pelo Usuário antes de acessar e utilizar os Serviços.

2. Definições

Para os fins destes Termos e Condições de Uso, as seguintes expressões terão
o seguinte significado:

DicasMei:

Dicas Mei Assessoria Empresarial LTDA
,
pessoa jurídica de direito privado, inscrita no CNPJ sob o nº 29.162.060/0001-92,
com sede na Rua Jorge Nasralla, nº 1-18, Vila Guedes de Azevedo,
Cep 17012-330, no município de Bauru/SP;

  1. Conta: conta do Usuário dos Serviços;
  2. Conteúdo de Usuário:
    conteúdo ou informação em formato de texto,
    áudio ou visual, incluindo comentários e reações relacionados aos Serviços;
  3. Dados do Usuário:
    todas as informações referentes ao Usuário, o que
    pode incluir informações comerciais, estratégicas, sigilosas e Dados Pessoais
    do próprio Usuário (quando pessoa física) ou de seu representante (quando
    pessoa jurídica);
  4. Dados Pessoais:
    toda e qualquer informação relacionada a uma pessoa
    identificada ou identificável;

Plataforma:
sítio eletrônico

https://www.dicasmei.com.br/

e aplicativo
DicasMei,
disponível nas plataformas Android e iOS, além de qualquer outro
meio disponibilizado pela DicasMei
como parte dos Serviços.

  • Serviços:
    conteúdo, produtos e serviços da Plataforma, disponibilizados
    pela DicasMei,
    para acesso ou uso pelo Usuário;
  • Termos:
    os presentes Termos e Condições de Uso;
  • Usuário:
    pessoa física ou jurídica, que acesse ou use os Serviços.

3. Relação Contratual

Ao acessar e usar os Serviços, o Usuário concorda com os Termos, que
estabelecem o relacionamento contratual entre ele e a
DicasMei. Se o Usuário
não concorda com os Termos, não poderá acessar nem usar os Serviços.

Mediante referido acesso e uso, os presentes Termos imediatamente
encerram, substituem e superam todos os acordos, Termos e acertos
anteriores entre o Usuário e a DicasMei.

Termos adicionais poderão se aplicar a determinados Serviços, os quais serão
divulgados em relação aos respectivos Serviços. Eles serão considerados
complementares e parte integrante destes Termos para os efeitos dos
respectivos Serviços. Caso sejam percebidas disposições conflitantes entre o
presente Termo e os adicionais, as disposições dos Termos adicionais deverão
prevalecer.

A DicasMei poderá alterar os
Termos relativos aos Serviços a qualquer
momento. Aditamentos entrarão em vigor quando a DicasMei
publicar a
versão atualizada dos Termos neste local ou das condições atualizadas ou
Termos adicionais sobre o respectivo Serviço.

O Usuário será notificado
quando os Termos forem alterados, e caso não concorde com eles, poderá
solicitar o cancelamento da sua Conta, pelos canais de atendimento
mencionados no item 12.

O fato de o Usuário continuar a acessar ou usar os
Serviços após essa postagem e notificação representa seu consentimento em
vincular-se aos Termos alterados.

A coleta e o tratamento de dados pessoais associados aos Serviços está
disciplinada na Política de Privacidade da DicasMei,
disponibilizada para o Usuário no sítio eletrônico:

https://www.dicasmei.com.br/dicas-mei/politica-privacidade
.

4. Serviços

O Usuário, ao acessar a Plataforma e utilizar os Serviços, poderá ter acesso
a um serviço de consultoria fiscal e tributária específica para todos aqueles
que se enquadram na categoria de Microempreendedor Individual
(“Mei”),
conforme funcionalidades disponibilizadas na Plataforma.

Os Serviços são
operados na Plataforma online, podendo o Usuário formalizar o seu cadastro
na categoria do Mei,
solicitar boletos Das
(tributo competente do Mei),
alterar seus dados cadastrais, cancelar seu cadastro e ainda obter
informações sobre a categoria e disponibilização de benefícios, bem como
demais dicas sobre o assunto.

Todos os serviços estão disponíveis no item
“Serviços” da Plataforma e poderão ser livremente solicitados por você.

O Usuário está ciente e autoriza expressamente a emissão
automática de documentos fiscais em seu nome quando mantenha
vínculo com Empresa Parceira da DicasMei,
conforme seja indicado pelo próprio Usuário ou pela Empresa Parceira.

O acesso à Plataforma pode ser feito pelo aplicativo
“DicasMei” para Android
e iOS (“Aplicativo”), disponível nas respectivas Lojas de Aplicativos, ou por
meio do sítio eletrônico

“https://www.dicasmei.com.br/”
(“Plataforma Web”).
O uso de tais portais de conteúdo, ainda que apenas para obter o Aplicativo
da Plataforma, está sujeito às regras próprias dos seus respectivos
fornecedores.

5. Utilização dos Serviços pelo Usuário

Condutas e obrigações do Usuário.
Para utilizar os Serviços, o Usuário
tem de efetuar um registro e manter uma Conta. O Usuário deve ter pelo
menos 18 anos de idade para acessar e utilizar os Serviços.

O registro para
obtenção de uma Conta exige o fornecimento de determinados dados
pessoais à DicasMei, tais como o nome, e-mail, telefone, número do CPF
(Cadastro de Pessoa Física) e do CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica).

O Usuário concorda em manter as informações referentes a sua Conta
corretas, completas e atualizadas, caso contrário o Usuário poderá ficar
impossibilitado de acessar e usar os Serviços. O Usuário é responsável pela
segurança e confidencialidade do nome de usuário e da senha da sua Conta.

Salvo autorização por escrito da DicasMei, o Usuário só pode ter uma Conta
associada ao seu respectivo número do Cadastro de Pessoa Física (CPF) e do
Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ).

O Usuário não pode autorizar terceiros a acessarem ou utilizarem a sua
Conta. O Usuário não pode ceder ou por outra forma transferir a sua Conta
para qualquer outra pessoa física ou jurídica.

O Usuário aceita cumprir todas
as leis aplicáveis durante a utilização dos Serviços, e só pode utilizar os
Serviços para fins legítimos.

O Usuário, durante a utilização dos Serviços, não
praticará qualquer conduta ilegal.

Condutas proibidas.

O Usuário fica proibido, sob pena de suspensão ou
cancelamento da Conta, sem prejuízo das penalidades legais, de: (i) utilizar
a Plataforma para finalidades ilícitas; (ii) submeter à Plataforma, falsamente,
dados de terceiros; (iii) submeter à Plataforma dados protegidos por direitos
autorais dos quais não possa dispor; (iv) submeter à Plataforma qualquer
tipo de conteúdo ilegal, imoral ou incompatível com o Serviço, tais como:
material preconceituoso, racista, ofensivo, injurioso, difamatório, calunioso,
pornográfico, relacionado a menores de idade em qualquer aspecto e em
especial pornografia ou exploração infantil, além de qualquer informação,
ferramenta, software ou conhecimento que permita a um usuário ou terceiro
violar, de qualquer forma, os presentes Termos. Igual tratamento será
concedido a qualquer tipo de arquivo, sítio eletrônico, mídia ou informação
inserida de forma criptografada, protegida por senha ou de outro modo não
imediatamente identificado como material ilícito.

Integridade da Plataforma e violações aos Termos.

O Usuário fica
proibido, igualmente e sob as mesmas penas de todas Condutas proibidas,
de: (i) modificar, apagar, sabotar ou de qualquer forma violar, ou auxiliar,
incentivar ou facilitar a terceiro a violação, da Plataforma, seja o sítio
eletrônico, o Aplicativo ou o Serviço conectado subjacente; (ii) violar
conteúdo protegido por direitos de propriedade intelectual da DicasMei ou de
qualquer afiliado, subcontratado ou parceiro; (iii) não buscar, abordar ou
aceitar abordagem de terceiro para, de qualquer forma utilizar o Serviço ou
qualquer de seus componentes para fraudar os Termos ou violar a Lei.

6. Privacidade, coleta e uso de dados

Privacidade.
Ao utilizar a Plataforma, o Usuário insere diversos dados, os
quais podem incluir dados pessoais. A DicasMei está comprometida em
garantir a confidencialidade e a segurança das suas informações, por isso
elaboramos a Política de Privacidade disponibilizada para o Usuário no
endereço eletrônico

https://www.dicasmei.com.br/dicas-mei/politica-privacidade

Parte dos Termos.
A Política de Privacidade da plataforma é parte
integrantes destes Termos, devendo com eles ser interpretada e aplicada,
prevalecendo, contudo, naquilo que for específica à matéria de tratamento e
proteção de dados pessoais.

7. Propriedade intelectual

Propriedade intelectual da DicasMei.

A DicasMei é titular exclusiva de
todos os direitos, morais e patrimoniais, incidentes ou eventualmente
incidentes sobre aspectos visuais e/ou artísticos da Plataforma, das interfaces
do sítio eletrônico e do Aplicativo, bem como o código-fonte, os elementos
técnicos, de design, de processos, relatórios, e outros que nos ajudam a
caracterizar a Plataforma, a aplicação em si, todos os sinais distintivos,
marcas, logos e qualquer material passível de proteção por direitos autorais
ou propriedade industrial. Para permitir sua utilização da Plataforma, a
DicasMei concede, pela duração da manutenção da sua Conta no Serviço,
uma licença de uso, limitada, revogável, intransferível, não exclusiva e não
passível de sublicenciamento, dos direitos de propriedade intelectual
necessários à utilização do Serviço, o que não inclui direitos de reprodução,
alteração, comunicação ao público ou qualquer forma de distribuição. É
estritamente proibida qualquer tipo de cópia, alteração ou redistribuição do
aplicativo, do sítio eletrônico, do código-fonte ou de qualquer elemento
relativo à Propriedade Intelectual, em parte ou no todo. O Usuário também
concorda que não vai fazer, tentar fazer, ou ajudar alguém a fazer nenhum
tipo de engenharia reversa ou tentativa de acesso ao código fonte e estrutura
do banco de dados, em relação à Plataforma.

Violação de propriedade intelectual de terceiros. O Usuário é
responsável pelas informações inseridas na Plataforma, e declara que tem o
direito ou as necessárias licenças para utilizar-se de tal material.

Leia também:  Em Que Ano Camoes Comecou A Carreira Como Poeta Lirico?

Na
eventualidade de tal presunção provar-se falsa, mediante descoberta fortuita
ou notificação do interessado, o conteúdo em questão será imediatamente
removido da Plataforma, sendo notificado o Usuário responsável sobre a
remoção, exceto no caso de determinação judicial em contrário.

Direito de regresso.

A DicasMei não se responsabiliza pela violação, por
parte do Usuário, de direitos de propriedade intelectual de terceiro, sendo o
Usuário responsável pela violação obrigado a intervir nos procedimentos em
trâmite de modo a isentar a DicasMei de qualquer resultado negativo.

Ainda
que tais esforços não sejam suficientes, a DicasMei terá direito integral de
regresso contra o Usuário, quando o dano a ser indenizado decorra direta ou
indiretamente de culpa deste.

A DicasMei declara que não realiza e não está
obrigada a realizar controle prévio das informações submetidas à Plataforma.

Notificações sobre violações. Quaisquer notificações sobre violações de
propriedade intelectual podem ser encaminhadas para o correio eletrônico
[email protected]

8. Exceções de garantias

Os Serviços são prestados “como são” e “nos termos em que se
encontram disponíveis”. A DicasMei não aceita quaisquer declarações e
garantias, expressas, implícitas ou legais, não expressamente estabelecidas
nestes Termos.

A DicasMei não faz qualquer declaração e nem presta qualquer garantia
relativamente à confiabilidade, tempestividade, qualidade, adequação ou
disponibilidade dos Serviços ou de que os Serviços serão isentos de
interrupções ou de erros.

Acesso à rede e dispositivos. O Usuário é responsável por seus dados para
obter o acesso a rede da DicasMei.

As taxas e encargos de sua rede de dados
poderão se aplicar se você acessar ou usar os Serviços de um dispositivo sem
fio e você será responsável por essas taxas e encargos.

O Usuário é
responsável por adquirir e atualizar os dispositivos necessários para acessar
e usar os Serviços e quaisquer de suas atualizações.

A DicasMei não garante que os Serviços, ou qualquer parte deles, funcionarão
em qualquer equipamento ou dispositivo em particular. Além disso, os
Serviços poderão estar sujeitos a mau funcionamento e atrasos inerentes ao
uso da Internet e de comunicações eletrônicas.

Ação de agentes maliciosos.

O Usuário está ciente de que, apesar de toda
a segurança que nos esforçarmos em implementar, não há garantia contra a
ação de hackers, crackers, ciberativistas e outros agentes maliciosos que
podem tentar ou desejem violar a Plataforma por diversão ou para ganho
próprio ou de terceiros, e concorda que, nestes casos, não haverá qualquer
responsabilidade da DicasMei pelos danos daí decorrentes.

9. Exceções de responsabilidade

Danos pelo uso do Serviço.

A DicasMei, suas afiliadas, subcontratantes e
parceiros não são responsáveis por quaisquer danos, sejam eles de natureza
física, moral, estética, econômica, acidental, punitiva, perda de chance,
lucros cessantes, perda de dados, ou qualquer outra que você ou terceiro
venha a experimentar direta ou indiretamente relacionados ao uso dos
Serviços. O Usuário também reconhece que a DicasMei não é responsável
por qualquer tipo de danos oriundos de, mas não limitado a: (i)
vulnerabilidades de segurança nos dispositivos de acesso à Plataforma, (ii)
danos causados por ações ou omissões do Usuário; (iii) utilização indevida
dos dispositivos; (iv) interrupções ou erros na transmissão de dados pela
internet ou telefonia celular; (v) intervenção de qualquer espécie do Poder
Público ou ainda (vi) força maior ou caso fortuito. A Plataforma é ofertada
tal como se encontra e o uso feito dos Serviços é de responsabilidade do
próprio Usuário.

Danos sofridos por interferência de terceiros.

A DicasMei, suas afiliadas,
subcontratantes e parceiros não são responsáveis por quaisquer danos,
sejam eles de natureza física, moral, estética, econômica, acidental, punitiva,
perda de chance, lucros cessantes, perda de dados, ou qualquer outra que
você ou terceiro venham a experimentar em razão da interferência ilegítima
de terceiros nos Serviços prestados.

Direito de regresso.

Caso a DicasMei seja implicada de qualquer maneira
em cobranças extrajudiciais ou qualquer outra medida judicial em decorrência
de danos causados por um Usuário ou pessoas pelas quais é responsável o
Usuário, este se obriga a intervir nos procedimentos em trâmite, de modo a
isentar a DicasMei de qualquer possível resultado negativo. Ainda que tais
esforços não sejam suficientes, a DicasMei terá direito integral de regresso
contra seus usuários quando o dano a ser indenizado decorra direta ou
indiretamente de culpa de um Usuário.

Acesso a logs. A DicasMei não tem a obrigação de fornecer e não fornecerá
eventuais logs ou registros de conexão e de acesso à Plataforma que não
digam respeito ao próprio Usuário solicitante, exceto se assim determinado
por decisão judicial.

10. Rescisão contratual

Os Termos, em regra, estão vigentes desde o registro realizado pelo Usuário
até seu desligamento da Plataforma, seja ele realizado a pedido de uma das
partes, por comum acordo ou por descontinuidade de qualquer um dos
Serviços.

Rescisão por violação contratual ou legal.
Caso o Usuário viole qualquer
disposição dos Termos, da Política de Privacidade ou da Lei vigente, a
DicasMei fica autorizada, à sua discrição, a suspender ou cancelar a Conta
do infrator.

Rescisão a pedido do usuário.
Caso o Usuário solicite o encerramento da
sua Conta, sua conta será excluída no prazo de 30 (trinta) dias a contar do
pedido, feito por meio da própria Plataforma.

Após este prazo, todas as
informações referentes à Conta serão apagadas definitivamente, exceto
quando tais dados forem coletados ou tratados sobre outras bases legais ou
quando a DicasMei esteja obrigada, por Lei, a armazenar determinados
dados.

11. Disposições gerais

Lei aplicável. Estes Termos são regidos pela lei brasileira, sendo esta
integralmente aplicável a quaisquer disputas que possam surgir sobre a
interpretação ou execução deste contrato, assim como qualquer outra disputa
que envolva direta ou indiretamente a prestação dos Serviços.

Tolerância. Eventuais omissões ou meras tolerâncias das partes no exigir o
estrito e pleno cumprimento dos Termos ou de prerrogativas decorrentes dele
ou de lei, não constituirão novação ou renúncia, nem afetarão o exercício de
quaisquer direitos, que poderão ser plena e integralmente exercidos, a
qualquer tempo.

Independência das cláusulas. Caso se perceba que uma disposição é nula,
as disposições restantes dos Termos permanecerão em pleno vigor e um
termo válido substituirá o termo nulo, refletindo nossa intenção, tanto quanto
possível.

Eleição de foro. As partes optam desde já por reconhecer a competência da
Justiça Estadual brasileira, elegendo o foro da Comarca de [Bauru]/SP, Brasil,
e renunciando a qualquer outro, por mais privilegiado que seja.

12. Fale com a DicasMei

Obrigado por ler nossos Termos. Se tiver quaisquer dúvidas relativamente a
estes Termos, entre em contato através do formulário “Fale Conosco” no
endereço eletrônico

https://www.dicasmei.com.br/faleconosco

ou
escrevendo para o seguinte endereço eletrônico
[email protected]

© DicasMei

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*