Como Se Chama Quem Pratica Esgrima?

A esgrima é uma das atividades mais antigas do Mundo que ainda se praticam, sendo ela baseada na luta entre 2 adversários com uma espada, o qual mudou muito ao longo do tempo como já iremos ver.

História da Esgrima

Desde muito cedo, talvez dos egípcios ou da Antiga Grécia a esgrima já existiria, havendo gravuras que comprovam isso ilustrando lutas com espadas entre homens.

A esgrima agora é um esporte mas antigamente era muito mais que isso. Era uma forma de combate, não era algo com regras, tinha o simples objetivo de sobreviver.

  • Com o passar do tempo as próprias espadas foram também mudando e acabaram por surgir variadíssimos tipos de espadas.
  • Desde a Idade Média, mais ou menos a partir do início do século XV, que começaram a surgir escolas que ensinavam várias técnicas e estilos aos soldados para que eles ficassem cada vez mais hábeis com a espada por toda a Europa, sendo as principais forças a Alemanha, França e Itália.
  • O esporte foi surgindo com o passar do tempo e também devido ao abandono das espadas com o aparecimento das armas de fogo, e em 1896, nos primeiros Jogos Olímpicos modernos, a esgrima foi um dos desportos que estava presente.
  • Desde então a esgrima tem vindo a ser uma modalidade Olímpica com as diversas variantes (Florete, Espada e Sabre) sendo adicionadas ao longo do tempo assim como a participação das mulheres nas Olimpíadas.

Como Se Chama Quem Pratica Esgrima?

Armas/Espadas da Esgrima

As armas na esgrima podem variar entre três versões, cada uma com caraterísticas diferentes e também com diferentes regras na competição em si. Vamos ver agora quais são e as diferenças entre elas.

Florete

Este é a arma mais comum para os praticantes de esgrima, sendo esta a arma pela qual os iniciantes aprendem esgrima. É uma arma versátil devido á sua flexibilidade e por ser bastante leve (mais que a Espada). Mede cerca de 90 centímetros com a lâmina, possuindo ainda o copo (a parte que protege a mão da lâmina) e a pega.

Leia Mais >  Ginástica Artística [História, Regras, Categorias, …]

Tradicionalmente esta arma era a única arma usada pelas mulheres nas competições, sendo que essa realidade mudou com o passar dos anos.

A única zona válida para o toque é o torço do oponente.

Como Se Chama Quem Pratica Esgrima?

Espada

A espada ao contrário do Florete e do Sabre, é uma arma mais rígida e isso traz vantagem a jogadores mais altos e tira aquela vantagem que os mais versáteis têm nas outras categorias,

Este fato esta comprovado, fazendo uso da sua altura para ter um maior alcance. Com a Espada, todo o corpo é valido para o ataque, então a posição deve ser mais direita e não muito flexionada porque assim o joelho fica muito á frente e isso seria um ponto fraco visível do jogador.

Como Se Chama Quem Pratica Esgrima?

Sabre

Esta arma é a mais flexível de todas, ao ponto de quase parecer um chicote quando agitada com força e isso faz com que mesmo bloqueando a lâmina possa dobrar na sua arma e tocar-lhe na mesma.

Os combates com o Sabre são bastante rápidos e por isso é preciso bastante destreza e capacidade física. Não só por isso mas também porque ao contrário das outras que apenas conta o toque com a ponta, esta pode tocar com qualquer parte da lâmina.

A zona de toque válido é o torso e os braços.

Como Se Chama Quem Pratica Esgrima?

Pista de Esgrima

A pista de esgrima tem como medidas 14 metros de comprimento e varia entre 1,5 e 2 metros de largura. Essa mesma pista é dividida em várias zonas como vai poder ver na imagem abaixo.

  1. Possui uma linha a meio dividindo a pista em dois, 7 metros para cada lado.
  2. Depois tem duas linhas de guarda, cada uma delas a 2 metros da linha central.
  3. Nas extremidades da pista, numa zona de 2 metros de comprimento esta uma zona chamada de Signalis, sendo esta normalmente de outra cor e serve de aviso aos esgrimistas que eles estão quase a sair da zona válida da pista.
  4. E por fim, depois da zona Signalis há a área de Recuo Final, tendo ela entre 1,5 a 2 metros e é feita de metal condutivo.

Como Se Chama Quem Pratica Esgrima?

Árbitro

Este é o responsável por ver se todas jogadas são válidas e controlar todo o combate, tendo como funções principais:

  • Conhecer as regras básicas de acordo com o Regulamento da FIE nas 3 armas.
  • Chamar os esgrimistas em pista.
  • Dirigir o match.
  • Verificar o material, as vestimentas, a segurança e as marcas de controle.
  • Supervisionar seus assistentes.
  • Manter a ordem.
  • Sancionar as faltas.
  • Outorgar os toques.

Como Se Chama Quem Pratica Esgrima?

Combate de Esgrima Moderno

Atualmente é usado um sistema elétrico para facilitar a função do árbitro assinalando quando existe algum toque por parte de algum dos esgrimistas (principalmente no florete e no sabre), funcionando tudo através de corrente elétrica.

Leia Mais >  7 Curiosidades de Badminton

  • Existe um Aparelho Eletrónico que se situa entre o árbitro e a pista e que assinala o tempo do match, a pontuação e quando existe um toque, acendendo luzes de cores diferentes, assinalando assim qual foi o esgrimista que efetuou o toque.
  • Este sistema funciona porque existem umas enroladeiras, parecidas com um carretel, no final de cada extremidade da pista, que esta a esticar os fios que ficam presos ao esgrimista e que fazem a transmissão da corrente elétrica.
  • Como cada arma tem zonas de contato valido diferentes, a própria roupa também varia um pouco, usando diferentes tipos de malhas elétricas, caso a zona válida inclua as pernas ou os braços.

Como Se Chama Quem Pratica Esgrima?

Equipamentos de Esgrima

A esgrima possui vários equipamentos para que seja possível ser praticada e muitos deles especiais por causa do sistema elétrico. Vamos ver todos os equipamentos necessários para tal.

Uniforme

Este é feito de um tecido resistente e reforçado nas axilas para que protega o esgrimistas de toques mais violentos e evitando assim qualquer tipo de ferida. Pode ser de várias cores e ter o nome do esgrimista nas costas junto com a abreviação do país.

Como Se Chama Quem Pratica Esgrima?

Máscara

Esta é feita de fios de aço entrelaçado com o intuito de proteger o rosto e cabeça do esgrimista. Também possui uma parte almofadada, chamada de Babador, que protege a zona do pescoço de algum toque.

Como Se Chama Quem Pratica Esgrima?

Luvas

A luva também é almofadada e deve ir até pelo menos metade do antebraço. Só se usa uma luva na mão que empunha a arma, sendo por ela que o fio que liga a arma à enroladeira passa de forma a assinalar quando existe algum toque.

Como Se Chama Quem Pratica Esgrima?

  1. Ténis
  2. Os ténis devem ser leves e que tenham uma sola que tenha boa aderência e permita paragens e mudanças de direção rápidas.
  3. Meias
  4. Até as meias têm regras… Elas devem ser compridas ao ponto de ficarem por cima do joelho.

Regras Básicas de Esgrima

Vamos agora listar algumas das regras básicas de esgrima:

– Antes de colocarem as máscaras, os esgrimistas devem se cumprimentar usando as espadas e depois cumprimentar o árbitro e os auxiliares. Após isso já podem colocar as máscaras.

Leia Mais >  Diferenças entre Rugby e Futebol Americano

– No Florete e na Espada, apenas o toque com a ponta da arma é valido, mas quando é usado o Sabre, toda a lâmina pode ser usada para alcançar um toque válido.

– Se um esgrimistas perder a arma durante o confronto, se for quem esta a atacar que a perder, então o outro pode efetuar um toque (tendo também algum cuidado) e ele será válido. Se quem perder a arma for quem esta a defender, então por uma questão de ética, o combate é pausado e só é retomado quando os dois esgrimistas estiverem de novo em posição para combater.

– No caso de um esgrimista fugir do adversário pela lateral da pista, ele é obrigado a recuar um metro e o combate retoma-se. Se ele fugir pelo fundo da pista, então é dado o ponto ao adversário.

Links Úteis

www.brasilesgrima.com.br/

Esgrima: história, regras e armas

  • Esgrima é um esporte olímpico disputado com espada, florete e sabre, que tem como objetivo tocar o adversário com uma dessas armas brancas – de acordo com a modalidade da disputa – sem que haja contato corporal.
  • Sua origem remonta à pré-história, uma vez que a arte da caça dá indícios do que viriam a se tornar as práticas esportivas.
  • A esgrima começou a ser disputada nas olimpíadas em 1896, em Atenas, na primeira edição dos jogos olímpicos da era moderna.

Como Se Chama Quem Pratica Esgrima?

História da esgrima

De acordo com os registros históricos, a esgrima terá surgido como esporte na Europa no século XVI.

Mas a sua prática é muito antiga, afinal a humanidade a utilizou como um meio de sobrevivência – para caçar, para combater e se defender do inimigo.

Leia também:  Como Saber Qual O Centro De Saude Da Area De Residencia?

Existem indícios de que a esgrima era praticada há milhares de anos, tanto no Egito como na Grécia. Em muitos países, antes de se tornar esporte, era uma forma de combate muito comum. Os gladiadores, por exemplo, a usavam em combates, mas também como entretenimento para o povo.

A história da evolução da esgrima se confunde com a da evolução das armas e com as formas de combater. Um pedaço de madeira era uma arma, a qual foi substituído por pedaços de metal, dando lugar aos arqueiros a cavalo, depois homens a cavalo munidos com as suas espadas, e armas de fogo.

Na época do feudalismo, a forma de guerrear começou a mudar e, com isso, as espadas também sofreram alterações, tornando-se mais fortes e também mais finas nas pontas, que passaram a ser mais utilizadas.

Cavaleiros dirigiam-se para outras vilas a fim de disputar torneios, uma prática que era muito comum até o Papa proibi-la. A proibição aconteceu na sequência da morte do rei Henrique II da França, num torneio de justa, que é um esporte em que dois cavaleiros montados a cavalo desafiam-se utilizando armas como espadas, lanças e machados.

Apesar de o estudo da esgrima ter iniciado na Itália, as primeiras escolas de esgrima são francesas. Nessa altura, em que as pistas eram desenhadas no chão, tentaram averiguar – entre a espada e o sabre – qual era a melhor arma para a prática da esgrima, mas não se chegou a nenhuma conclusão.

Com o passar do tempo, os equipamentos utilizados na prática da esgrima evoluíram, sendo acrescentados coletes, luvas e máscaras. No século XVIII tem início a esgrima moderna e as máscaras cobrem os olhos protegendo-os.

Assim, a esgrima assume-se como esportiva, com benefícios mentais e físicos para os seus praticantes, dentre os quais: aumento da acuidade visual, auditiva e tátil, desenvolvimento da agilidade, concentração, desenvolvimento de reflexos e aumento da auto-confiança.

Em 1913 é fundada a Federação Internacional de Esgrima, responsável por organizar a prática e gestão do esporte a nível internacional.

Esgrima no Brasil

No Brasil, a prática da esgrima data do período imperial, graças a Dom Pedro II. As tropas faziam uso dela, motivo pelo qual foi introduzida nos cursos da Escola Militar em 1858.

Depois disso, em 1906 surge o Curso de Formação em Ginástica e, com a criação do Centro Militar de Educação Física, o mestre d’arma francês Lucien de Merignac é incentivado a vir para o Brasil. O Mestre Gauthier é outro francês contratado pelo exército Brasileiro para ensinar esgrima aos seus militares.

  1. Com o apoio do Exército e da Marinha, em 1927, surge a União Brasileira de Esgrima.
  2. A primeira participação do Brasil com esgrima nos jogos olímpicos ocorreu em 1936.
  3. Veja também: Tocha Olímpica.

Regras da esgrima

A esgrima é disputada em uma pista que mede 14 x 2 m e tem duas fases: classificatória e eliminatória.

Na classificatória, os combates são feitos entre todos os atletas até que alguém consiga marcar cinco pontos.

Na fase seguinte, a disputa é feita num intervalo de três saltos de três minutos cada. A cada salto, há uma pausa de 1 minuto.

Ganha a disputa o esgrimista que tiver mais pontos, num total de 15.

Os pontos são computados de forma eletrônica. Isso acontece porque a roupa dos esgrimistas têm sensores. Antes de ser adotada essa forma, as armas traziam vestígios de giz que marcavam a roupa do adversário, o que dificultava a votação feita pelos juízes.

O objetivo é atingir o tronco do esgrimista adversário com a ponta do florete. No caso da espada, a sua ponta pode atingir qualquer parte do corpo. Enquanto isso, a ponta do sabre e mais ⅓ da arma (medida a partir da ponta), pode atingir a cintura ou a região em torno dela.

Equipamentos de esgrima

Armas: espada, florete e sabre

São as armas que determinam as modalidades da esgrima.

Na prática do esporte são utilizadas as seguintes armas brancas, as quais, além do formato, diferenciam-se pelo papel que desempenham na disputa (zona de pontuação):

Espada: com 0,90 m e 770 g, é a arma mais pesada. Na esgrima de espada, a espada pode tocar qualquer parte do corpo e, ao contrário das outras modalidades, os toques simultâneos dos adversários são permitidos.

Era a arma utilizada entre o fim do século XIX e início do século XX.

Florete: Com 0,90 e 500 g é uma arma sem ponta, considerada a mais difícil da esgrima. Leve, ela exige movimentos elegantes. Com o florete, apenas o tronco pode ser tocado com a ponta da espada.

Era a arma utilizada no século XVIII.

Sabre: com 0,88 e 500 g, é a arma mais pequena utilizada na esgrima. Com ela, é permitido tocar o adversário com a ponta ou com a lateral da lâmina – a espada e o florete tocam apenas com a ponta. No sabre de esgrima, a arma pode tocar cabeça, tronco, ombros, braços e antebraços.

Roupas

  • Além das armas, a roupa dos praticantes desse esporte são muito importantes, afinal, elas garantem a segurança dos esgrimistas.
  • O vestuário do esgrimista é geralmente todo branco e obrigatoriamente são usados os seguintes acessórios: colete protetor, luvas e máscara de metal.
  • Conheça outras modalidades olímpicas:
  • Judô
  • Atletismo
  • Badminton
  • Ginástica

CBE – Confederação Brasileira de Esgrima

Esgrima – Esportes

Movimentos rápidos e reflexos apurados são as principais habilidades da Esgrima. Era utilizada pelos nossos ancestrais como forma de combate, uma vez que, seu significado é de um confronto portando armas brancas. A origem do esporte é caracterizada pela necessidade da caça e sobrevivência entre os povos.

Como Se Chama Quem Pratica Esgrima?

Esgrima. Foto: raevas / Shutterstock.com

Os primeiros registros da modalidade foram no século XVI, no Egito e na Grécia, com armas feitas de metal. Quando a espada chegou nas mãos dos Romanos, foram modificadas, tornando-se mais espessas e menores no comprimento. Passaram a ser utilizadas em apresentações pelos gladiadores, até que em 450 d.C. os hunos invadiram o Império Romano e uniu os cavalos aos combates.

Mudanças importantes como tamanho e peso da espada foram acontecendo com o tempo. A máscara foi criada no fim do século XVIII, por La Bosiére, com a finalidade de não haver mais acidentes com os olhos. Porém, no mesmo período, os combates perderam força com o surgimento das armas semi-automáticas, sumindo os cavalos e as lanças.

Passou então, a ser considerada exclusivamente como prática esportiva, com juízes avaliando as disputas. E enfim, a primeira competição mundial realizou-se em Paris, por volta de 1921. Chegando aos Jogos Olímpicos de Atenas, na primeira edição da Era Moderna, em 1896. Mais tarde, no ano 1913, a Federação Internacional de Esgrima foi fundada, estabelecendo regras para o esporte.

Já no Brasil sua aparição ocorreu ainda na época do império, no comando de Dom Pedro II que equipou toda sua tropa. Durante as décadas seguintes, a Esgrima cresceu no país com praticantes principalmente entre os militares. Criou-se a União Brasileira de Esgrima, em 1927, através da fusão entre as federações paulista e carioca.

Os brasileiros estrearam nas Olimpíadas, na cidade de Berlim, 1936. Ano em que inaugurou o primeiro aparelho elétrico, na prova de espada, substituindo a votação entre os árbitros.

Os duelos ocorrem em um espaço de 14 metros de extensão por 1,5 de largura. Com dois atletas no duelo, vence quem marcar com a espada o maior número de pontos. No qual, são computados através de um aparelho eletrônico.

Tipos de armas

  • Florete: Medindo 90cm e com peso de 500g. O tronco é a única parte do corpo que soma-se pontos com seu toque.
  • Espada: Com 110cm e 770g. O ponto é válido ao contato de qualquer parte do corpo.
  • Sabre: Tamanho de 88cm e 500g de peso. Acima da linha da cintura é computado o ponto.

Há apenas competições individuais com o florete, no sabre o na espada possuem também disputas por equipes, com 3 atletas cada.

Separados por 3 tempos de 3 minutos, as provas são vencidas quando o atleta alcançar 15 pontos, ou o mais próximo disso. No caso de empate, inicia-se a prorrogação de 1 minuto até que alguém marque um ponto.

Referências Bibliográficas:
http://www.brasilesgrima.com.br/historia.htm
http://www.brasil2016.gov.br/pt-br/olimpiadas/modalidades/esgrima-1

Texto originalmente publicado em https://www.infoescola.com/esportes/esgrima/

Esgrima

Você está aqui

  1. Mundo Educação
  2. Educação Física
  3. Esgrima

Esgrima é a mais antiga arte marcial do Ocidente, na qual os competidores lutam com espada. O objetivo é tocar o adversário e ao mesmo tempo evitar ser tocado por ele. Em cada esgrimista existe um fio preso na espada que se conecta a um aparelho para marcar quantas vezes a arma tocou no adversário. A esgrima é um esporte que evoluiu da antiga forma de combate. Sua história tem uma origem de, pelo menos, três mil anos. Um templo egípcio construído em 1170 a.C., apresentava alguns guerreiros semi-despidos, empunhando armas pontiagudas, com bicos de proteção. Nesse período a esgrima não era somente um esporte, era uma forma de combate, assim não havia uma regra precisa, mas surge a preocupação com a técnica para aplicar e defender-se dos golpes. A esgrima passou a ser esporte de competição em 1874, quando surgiu a primeira escola norte-americana de esgrima. Existem três armas de competição: o florete, a espada e o sabre, que se diferem no formato da lâmina, nas zonas do corpo onde um toque é válido, e quanto ao funcionamento das mesmas. O florete pesa, no máximo, meio quilo e tem até 1,10m de comprimento. Tem por objetivo atingir o tronco do adversário com a ponta da arma. A espada pesa até 770g e tem as mesmas medidas do florete. Pode-se atingir qualquer parte do corpo do adversário, mas sempre com a ponta da arma. O sabre, usada somente por homens, é a menor das três armas. Mede até 1,05m e pesa menos de ½ Kg. O objetivo é tentar atingir o adversário da cintura para cima.

Leia também:  Como E Que Se Começa A Critica De Um Filme?

A pista de esgrima tem catorze metros de comprimento e 1 ½ a 2m de largura. As vestimentas utilizadas são tradicionalmente brancas, além da máscara protetora, luva na mão armada e um colete protetor.

Como Se Chama Quem Pratica Esgrima? Esgrima

Publicado por: Patrícia Lopes Dantas

Assuntos relacionados

Ciclismo

Ciclismo, bicicleta, meio de transporte utilizado por muitas pessoas, o ciclismo enquanto esporte, quando surgiu o ciclismo, categorias do ciclismo, esporte usado para manter a forma física, benefícios do ciclismo, gasto calórico do ciclismo, riscos apresentados pela prática do ciclismo.

Futebol

Clique neste link do Mundo Educação e tenha acesso a detalhes sobre o esporte mais popular do planeta, o futebol. Confira neste texto informações a respeito de vestígios de esportes semelhantes praticados há milhares de anos. Entenda também como o futebol moderno surgiu e como o esporte foi introduzido no Brasil.

Regras da Esgrima | fpesgrima

    A etiqueta requer, em primeiro lugar, que os adversários se cumprimentem ao entrarem na pista. O movimento é feito rapidamente com as armas, antes de colocarem as máscaras. Cada esgrimista na pista cumprimenta o adversário, o árbitro e os assistentes; em seguida colocam suas máscaras.

  • Como observar uma luta
  •        Em uma pista de metal que mede 14m de comprimento por 1,5 a 2,0 m de largura são jogados os duelos de Esgrima.
  • O duelo de competição nos dias de hoje é chamado de match e o treinamento é chamado assalto.

Um aparelho de sinalização localizado ao meio da pista, com luzes coloridas indica o toque com cores diferentes. De um lado uma luz vermelha e outra branca, do outro, verde e branca.

       Do lado do esgrimista que toca em superfície válida uma luz colorida se ilumina, cabendo ao árbitro, definir se vale ponto ou não. A luz branca indica toque fora da superfície válida, não sendo considerado ponto pelo árbitro.

Nas competições, a primeira etapa chama-se Pule e reúne grupos de 5 a 8 esgrimistas que jogam entre si, sempre um contra o outro. O match na pule dura 3 minutos no máximo e termina em 5 toques.

A segunda parte chama-se Eliminatória Direta e dura 9 minutos, divididos em 3 tempos de 3 minutos de jogo com 1 minuto de intervalo entre cada um deles.

Ganha quem atingir o escore de 15 toques primeiro, ou acabar na frente no escore ao final do tempo.

  1. As disputas podem ser individuais ou por equipes.
  2.        A Espada, como no Florete, também é uma arma de estocada, modificando a superfície onde vale ponto.
  3. Oriunda dos duelos, o toque é válido em todo o corpo do adversário quando dado com a ponta.
  4. Não tem convenção sendo o ponto computado pelo atleta que tocar primeiro seu oponente.
  5. A lâmina é triangular e pode medir, no máximo, 90 cm.

Arma de estocada o toque no Florete é válido somente com a ponta. (n.b. área branca da figura)

  •        É a arma mais utilizada na iniciação de crianças.
  •  A lâmina é retangular e pode medir no máximo 90 cm. Lâminas de tamanhos menores são normalmente utilizadas
  • pelas crianças por deixarem a arma mais leve.
  •        O toque será válido quando for executado com a ponta do Florete tocando o tronco do esgrimista num colete
  • metalizado que delimita a superfície que vale ponto.
  •        A convenção, diz que tem a vantagem o atleta que fizer a ação ofensiva primeiro (o ataque), obrigando seu adversário a se defender para retomar a vantagem do ponto.
  •         No Sabre, arma que respeita convenção igual ao florete, difere por tocar com os lados da lâmina (corte e contra-corte)
  • além da ponta.
  •         Sua lâmina tem forma quase retangular e pode medir, no máximo, 88 cm.

 O toque no Sabre é válido da cintura para cima, compreendendo a máscara e os braços. (n.b. área branca da figura)

    Nas competições, na etapa classificatória são necessários cinco toques ou três minutos para se vencer. Na etapa eliminatória são precisos quinze toques ou nove minutos. Essas normas podem ser flexíveis dependendo do nível territorial da competição e do órgão responsável.

Os esgrimistas em um combate mudo ou não-elétrico (sem equipamentos eletrônicos) são observados por um árbitro e quatro auxiliares.

Em duplas, estes auxiliares ficam a dois passos atrás de cada jogador, nos dois lados da pista e observam se há toque ou não no esgrimista adversário.

Eventualmente, nos casos de dúvida do árbitro, os auxiliares são convocados a uma votação para verificar se houve pontuação ou não. O árbitro pergunta se houve determinada situação e os árbitros podem responder “sim”, “não” ou “abstenção”.

Se um dos jogadores perder a sua arma durante o combate, a seguinte regra se aplica:

  1. Se a perda da arma ocorrer durante o mesmo movimento de ataque do adversário e este conseguir efetuar o toque no oponente desarmado, o toque será válido; mas o movimento de ataque tem que ser contíguo com da perda d'arma do adversário.

  2. Se a perda d'arma ocorrer e o adversário não conseguir terminar o ataque no mesmo movimento, a ética chama para o adversário esperar o oponente recuperar sua arma.

    O combate é pausado e o árbitro então resumirá o jogo assim que todos estiverem prontos ao comando de “en garde”.

    Os esgrimistas poderão responder que estão prontos pela simples posição de combate, ou caso contrário podem sapatear com um pé na pista para pedir mais tempo.

 

Esgrima elétrica
 

                                                                                                                             Equipamento de esgrima: 1 – Jaqueta; 2 – Luvas; 3 – Fios                                                                                                                                eléctricos; 4 – Armas; 5 – Calça; 6 – Máscara; 7 – Plastrom.

                                                                                                                             Como um combate pode tornar-se muito rápido, às                                                                                                                                      vezes é difícil distinguir, principalmente no sabre e no                                                                                                                                    florete, se algum toque foi dado. Por isso surgiu a                                                                                                                                          esgrima elétrica, que é a esgrima praticada com                                                                                                                                            equipamentos eletrônicos. Estes equipamentos                                                                                                                                              surgiram com o intuito de facilitar a observação de um                                                                                                                                  combate. Fios ligados na roupa e na arma a um sistema                                                                                                                                eletrônico registram os toques.

Leia também:  Como Saber Quanto Vale O Meu Telemovel?

                                                                                                                             Existe um aparelho de sinalização localizado entre a                                                                                                                                      pista e o árbitro.

Não são necessários os auxiliares do                                                                                                                                    árbitro na esgrima elétrica.

A função do árbitro é                                                                                                                                            observar o jogo e verificar o cumprimento das regras,                                                                                                                                    além de falar a frase d'armas quando ocorrer toque nas                                                                                                                                modalidades de florete ou sabre.
 

       Na espada e no florete, uma vez que o esgrimista só pode pontuar com golpes feitos com a ponta da arma, a mesma vem equipada com um sensor que lembra um botão que quando pressionado (quando um esgrimista toca o adversário) faz acender uma luz no aparelho de sinalização. No caso do florete a luz verde ou vermelha (um cor por cada esgrimista) acende para o toque válido enquanto a luz branca para o toque na zona não válida. A pista também é forrada com uma malha magnética, especialmente útil para o jogo de espada; assim a luz verde ou vermelha acende sempre que a ponta da lâmina tocar no corpo do adversário — já que a zona de toque válido é o corpo inteiro — nenhuma luz acende quando a lâmina tocar na pista (para não confundir o árbitro como se fosse um toque abaixo, no pé por exemplo).

     Como a área de toque (superfície válida) do florete e do sabre são diferentes, existe um equipamento para essas armas que é feito de fios de metal, geralmente há um colete para o florete e um similar com mangas para o sabre (jibetos), além de uma máscara de material inoxidável. Todo o equipamento tem o intuito de deixar fluir livre uma corrente elétrica suficiente para a sinalização do toque.

Quando a lâmina toca os coletes metálicos ou a máscara metálica (usada no sabre), um segundo sensor é ativado. Para pontuar no florete é necessário que tanto a ponta entre em contato com o colete do adversário quanto a ponta seja pressionada, enquanto no sabre basta que a lâmina encoste no colete e/ou na máscara.

      A ponta do florete pode ser pressionada fora da área de toque, por isso existe a acusação do toque inválido no florete.

Antes de qualquer combate, os equipamentos são testados, inclusive as pontas das armas para verificar, com pequenos pesos colocados sobre a ponta de cada arma, que a ponta está flexionando dentro de seu limite somente — assim as armas não poderão indicar toques falsos como o próprio movimento rápido da lâmina contra a pressão do ar durante o jogo.
 

Fonte : Prof. Régis Trois de Avila – Mestre d’Armas Internacional de Esgrima, Wikipedia.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*