Como Se Chama Alguem Que Trabalha Numa Loja?

Como Se Chama Alguem Que Trabalha Numa Loja?

Abaixo fizemos uma relação das Profissões que compõe o universo da Moda, para ajudar quem está indeciso, ou que querem integrar a área, e para nós mesmos – profissionais da área. Lembrando, que a área é enorme, então não estão todas listadas aqui. E que esta publicação está sendo atualizada sempre!

Área: Imagem de Moda

A área de imagem de moda, foca no visual, na imagem no que os olhos estão recebendo e a mensagem que aquela imagem está passando à quem vê. Este segmento traduz o que as pessoas querem transmitir e como elas querem ser identificadas.

Para trabalhar com imagem de moda é necessário fazer pesquisa criativa, conhecer as tendências de moda e comportamento, possuir conhecimento histórico e cultural, estética e comunicação/marketing.

Consultor de Imagem

O consultor está apto para estudar o perfil do cliente, para definir um estilo para o cliente e o assessora na montagem de um guarda-roupa novo, na combinação das peças, também pode trabalhar e opinar no corte de cabelo e na maquiagem do cliente. Principais atividades de um consultor de imagem: personal stylist, definição de estilo, análise do biotipo (cabelo, proporções corporais, etc), personal shopper, organizador de guarda-roupa.

Personal Stylist

Auxiliar os(as) clientes a combinar roupas, cores e estilos – de acordo com o perfil da pessoa. Claro que não só comprar roupas, e sim “reciclar” o que já se tem no guarda-roupa. Ou seja, é um profissional que visa melhorar o visual da pessoa.

Stylist

O stylist dá “vida” ao conceito e a tendência de moda dentro da marca, inserindo o conceito, a cultura e o estilo da grife.

O profissional trabalha próximo com a área de desenvolvimento de produto (na maioria das vezes com os estilistas) e produção de moda (auxiliando na escolha de modelos).

Reproduz montrando looks, juntando as roupas e acessórios, cabelo e maquiagem. Pode-se dizer que a função do stylist é criar a imagem da grife.

Visagista

Trabalha com a imagem pessoal das pessoas, visa revelar as qualidades interiores de uma pessoa, de acordo com suas características físicas e os princípios da linguagem visual (harmonia e estética), utilizando a maquilagem, o corte, a coloração e o penteado do cabelo, entre outros recursos estéticos.²

Área: Desenvolvimento de Produto/Coleção [Criação – Estilo]

É no setor de desenvolvimento que são concebidas os modelos, seja de vestuário, acessórios e calçados. Neste setor, é estudada as tendências, cores, perfil da marca e estação para a criação da coleção.

Designer de Moda/Estilista:

Pode trabalhar nos seguintes segmentos:

  • Roupas; (designer de Moda)
  • Jóias/Bijoux; (designer de acessórios)
  • Calçados; (designer de acessórios)
  • Bolsas; (designer de acessórios)
  • Estampas e padrões (designer têxtil)
  • Criação de novos tecidos para tecelagens (designer têxtil)

Na sua maioria elabora croquis de novos produtos [criação], trabalha com pesquisa tendências, tem contato com o pessoal de marketing/comercial para saber o que o cliente está procurando, o que está vendendo mais da coleção, faz pesquisa de matérias-primas para compor o produto e assim, criando os modelos e a coleção.

Dependendo da empresa, o estilista pode ser específico, trabalhando com produtos de malharia ou plano ou por linha, por exemplo: casual, fitness, etc.

Quer saber mais sobre a profissão?! O Moda Works entrevistou a Estilista Juliana Ferré

E se você quer saber mais sobre a profissão de designer de moda, mais voltado para estamparia, conversamos com a criadora da marca de moda italiana Animapop

Como Se Chama Alguem Que Trabalha Numa Loja?

Falamos com a criadora da marca de moda italiana Animapop

Como Se Chama Alguem Que Trabalha Numa Loja?

Saiba mais sobre o dia a dia de uma estilista

Assistente de Estilo ou Assistente de Estilista

Elabora os desenhos técnicos das peças criadas pela(o) estilista, auxilia nas pesquisas de tendências, faz pesquisa matéria-prima, como: aviamentos, estampas, aplicações em geral, beneficiamento para aplicação nas peças. Libera o produto completo e aprovado para a Produção [PPCP], auxiliar nas provas e contatos com a modelista. Pode-se dizer que o assistente de estilo, é o braço direito do estilista.

Clique Aqui e Confira as vagas para Assistente de Estilo

Modelista

Transforma os croquis [feitos pelo pessoal de desenvolvimento de produto/estilo] em moldes planos, a partir daí, o desenho começa a “virar” produto.
O profissional também pode ser especializado em modelagem criadas através de programas digitas específicos (como o Audaces).

Podemos dizer que a(o) modelista trabalha e auxilia tanto na área de desenvolvimento de produto, quanto de pcp.

Quer saber mais sobre a profissão?! O Moda Works entrevistou a Modelista Aglair Nigro – Confira Aqui

✦ Veja as vagas para Modelista – AQUI

Piloteira

Costura a peça piloto [a primeira peça que será montada] – com a orientação da modelista. A profissional atua diretamente no setor de desenvolvimento e assim como a modelista ela faz os modelos a saírem do “papel”.

Uma outra característica da piloteira é que ela possui habilidades e conhecimento para trabalhar com peças novas (modelagens/estruturas) e com diversos tipos de máquinas, além de fornecer um feedback se aquele produto realmente é factível para ser produzido.

Modelo de Prova

A modelo de prova necessita ter as medidas correspondentes a base (de clientes) da empresa, normalmente manequim P ou M.

O trabalho consiste em provar as roupas desenvolvidas (as peças piloto) para que possa ser analisado e estudado o caimento, tamanho, costura, modelo, etc.

Deste modo é feito os ajustes no modelo ou na modelagem, até que a peça esteja aprovada para ir para a produção.

Área: PPCP [Planejamento, Programação e Controle da Produção] ou PCP [Planejamento e Controle da Produção]

É neste setor que o produto é desenvolvido em larga escala para ir ao ponto de venda. O PPCP ou PCP é o responsável por planejar e executar a produção das peças, seja roupas, acessórios, tecido, entre outros.

Compradora de Moda – Matéria prima

Como o próprio nome já diz, o profissional faz aquisição de Matérias-prima, como por exemplo: tecido, aviamentos, entre outros. A compradora também tem a missão de pesquisar fornecedores, bem como efetuar negociação e prazos, além de acompanhar o andamento da entrega. Dependendo do tamanho da empresa, auxilia na conferência da entrega das mercadorias ou faz ela mesma.

Assistente de Compras

Auxilia a compradora nas tarefas de compra: pesquisa de fornecedores, preenchimento de relatórios, conferência de pedidos.

Assistente de PCP [Planejamento e Controle da Produção]

O profissional dá assistência ao Gerente de Produção, desenvolvendo atividades como planejamento de entrada de modelos para produção, acompanhamento do processo até a finalização – ou seja, acompanha todo o processo de produção dos modelos/produtos, sempre se reportando ao gerente/gestor do setor.
Auxilia na gestão de todo o departamento: Risco – Corte – Costura – Acabamento – Passadoria – Embalagem – Etiquetagem – Distribuição – Estoque.

Gerente de Produção

Responsável pelo planejamento dos produtos que serão produzidos, o alinhamento é feito em conjunto com a equipe de marketing para fazer a programação da linha de produção, com o objetivo de colocar na loja os produtos de acordo com o foi desenvolvido na coleção (no departamento de estilo).
Faz a liberação de pedidos de compra de matéria-prima.

Gerencia todo o departamento: Risco – Corte – Costura – Acabamento – Passadoria – Embalagem – Etiquetagem – Distribuição – Estoque.

Área: Negócios de Moda

Atuar como gestor na cadeia de produção, distribuição, divulgação e comercialização da mod, desenvolvendo estratégias de negócios a marketing. Pode-se dizer que a área de negócios da moda tem como objetivo potencializar ao máximo a eficácia do negócio, aplicando ferramentas e soluções para viabilizar todo o business.

Marketing de Moda

O marketing tem a missão de zelar pela imagem da Marca. Neste departamento é elaborado toda a estratégia para alcançar o consumidor, busca-se cada vez mais identificar e conhecer o seu público-alvo e como “atingi-lo”.

Gerente de Marketing de Moda

O gestor/gerente de marketing, tem a missão de executar juntamente com os setores de planejamento e comercial o planejamento e a estratégia da empresa. O objetivo é englobar tudo, e todos comunicarem da mesma maneira e estarem na mesma página.

 Na maioria dos casos o gerente de marketing também pode ser chamado de gerente de branding, apenas nomenclaturas diferentes, mas que o objetivo é o mesmo: proteger e alavancar a marca.

A comunicação/imagem também é de responsabilidade do gerente, normalmente é ele quem dá o “tom” da marca, traça e orienta para onde a marca tem que ir, qual é o caminho – juntamente com o entendimento do público-alvo.

Leia também:  Como Saber O Que Eu Fui Em Vidas Passadas?

Vitrinista

O profissional tem a missão de elaborar/criar vitrines que valorizem os produtos expostos e atraia o olhar e o interesse do cliente pelo produto. Em algumas casos, o vitrinista também atua no interior o da loja, sempre com o objetivo de passar uma mensagem aos clientes, seja ela de branding, tema de coleção, etc.

Visual Merchandiser

O Visual Merchandiser trabalha no ponto de venda, sua missão é fazer deixar os produtos mais acessíveis e de forma mais atrativa ao cliente, estuda lugares estratégicos para exposição de produtos e composição, em algumas ocasiões (tipo de empresa) ele próprio é o vitrinista.

Confira AQUI as vagas para VM

Supervisor de Lojas

Responsável pela comunicação entre as lojas e a administração central, esse profissional é essencial para garantir os padrões de gestão das redes varejistas³. Cabe à ele supervisionar para que seja cumpridas as metas, horários, deveres, se está tudo indo bem – tanto para funcionários, quanto aos clientes.

Área: Produção de Moda

Faz desfiles, catálogos, editoriais de revistas e organiza campanhas publicitárias.

Fotógrafo

Acompanhar a produção de fotos de moda para revistas, catálogos, exposições e anúncios.

Quer saber mais como é o trabalho de um fotógrafo de moda? A gente entrevistou a fotógrafa Kica de Castro, que conta um pouquinho sobre o dia a dia da profissão, clique aqui para conferir a entrevista!

Assistente de Produção de Moda

Auxilia o Produtor a arrumar tudo para ser feito o Evento, mexe bastante com fornecedores.

Produtor de Moda

Organiza e trabalha com campanhas publicitárias, eventos e publicações, desfiles. Seu objetivo é achar locações [escolher lugares onde acontecerão o evento], escolhendo fotógrafo, maquiador e modelos.

Para saber mais sobre a profissão, confira a entrevista com produtor de moda Murilo Mahler.

Como Se Chama Alguem Que Trabalha Numa Loja?

Entrevista com produtor de moda Murilo Mahler.

Figurinista

Cria, desenha, seleciona todo o guarda-roupa de peças de teatro, balés, novelas, filmes e peças publicitárias.

Produtor de Desfile

Coordena, cria, toda a base para o desfile de moda.

Jornalista de Moda

Escreve Editais, Matérias sobre o que acontece na Moda, quais serão as tendências, comenta sobre sobre desfiles, campanhas de Marcas ou seja, sobre tudo que engloba a Moda de alguma maneira.

Área: Acadêmica de Moda

Docente de Moda [Professor]

Leciona-se todas as áreas de Moda. Atuando em: Faculdades, cursos técnicos, cursos livres, Universidades.

Coordenador de Curso de Moda

Coordena toda a extensão de moda de alguma instituição. O profissional tem que ter experiência e conhecimento da área, para que possa coordenar o curso e os docentes.

A Coordenadora do curso de Moda da Faculdade Paulista de Artes, nos conta sobre como é ser um docente de moda, veja a entrevista na íntegra, clicando aqui

Imagem destacada: Freepik

Adora trabalhar na Moda Works / Analista de Ecommerce / Compradora / Vitrinista/VM/ Estudante de moda / Free-lancer / Desenhista de Ficha Técnica / Super frequentadora de Eventos de Moda/ Viajante / Mídias Sociais/ Seriados / Internet / Books / HQ’s and GOD ABOVE ALL

Atendente de Loja – Atuação com pessoas!

O que faz um atendente de loja? Você se identifica com essa profissão? Tem interesse em investir porque acredita que tem as habilidades necessárias? Acompanhe-nos neste artigo que vamos te explicar tudo sobre a profissão de atendente de loja.

Atendente de loja: o que faz?

O atendente de loja é o profissional responsável por trabalhar com atendimento direto ao público atuando na linha de frente, entre o negócio e cliente.

Um dos principais pontos positivos da carreira que podemos destacar é a imagem da empresa que esse profissional exprime, visto que é o primeiro contato direto com o cliente e potencial comprador. Dessa forma, a impressão que um estabelecimento transmite é importante, especialmente a esse público alvo.

Como Se Chama Alguem Que Trabalha Numa Loja?

Além disso, a vantagem de atuar com o público é que promove o desenvolvimento das habilidades de se comunicar e se relacionar com as pessoas.

Inclusive, as empresas contratantes também possuem outras oportunidades internas. Ou seja, caso o profissional tenha interesse em atuar em outras áreas, que exijam bom relacionamento com cliente, é uma ótima chance.

Quais as habilidades de um atendente de loja?

O trabalho de atendente de loja exige certas habilidades e qualidades. Portanto, para cumprir adequadamente seus deveres, o profissional deve:

  • Ser cortês.
  • Ter paciência.
  • Ser prestativo.
  • Se mostrar atencioso.
  • Ter espírito de iniciativa.
  • Ser desinibido, sem ser incômodo.
  • Se mostrar uma pessoa agradável.
  • Ser cuidadoso no cumprimento de suas tarefas, por exemplo, no registro das transações comerciais realizadas.
  • Saber se comunicar bem com clientes, colegas e fornecedores.

Modelo de descrição do cargo de vendedor (Pronto para uso)

  • Garantir altos níveis de satisfação dos clientes por meio de serviço de vendas excelente
  • “Ir mais além” para aumentar as vendas
  • Dar as boas-vindas aos clientes na loja e responder às suas perguntas

Como Se Chama Alguem Que Trabalha Numa Loja? Quer contratar um Associado de Vendas? Inscreva-se no teste gratuito de 15 dias da Workable para publicar este cargo e contratar melhor e mais rápido.

Descrição do trabalho

Estamos procurando um Vendedor de varejo focado nos resultados para ser responsável por todos os deveres do trabalho de vendas, desde a geração de possíveis vendas até o fechamento das mesmas.

O que é um vendedor? O que ele faz?

Os deveres e responsabilidades do Vendedor incluem trabalhar em estreita colaboração com os clientes para determinar suas necessidades, responder às perguntas sobre nossos produtos e recomendar as soluções certas.

Você também deve ser capaz de resolver prontamente as reclamações dos clientes e garantir a máxima satisfação do mesmo.

Para ter sucesso como Vendedor, você deve manter-se atualizado sobre os recursos dos produtos e manter a boa aparência visual da nossa loja.

Por fim, os deveres de um vendedor são oferecer um excelente serviço ao cliente, enquanto cumpre consistentemente com as metas de vendas da loja.

Responsabilidades

  • Garantir altos níveis de satisfação dos clientes por meio de excelente serviço de vendas
  • Avaliar as necessidades dos clientes e fornecer assistência e informações sobre os recursos do produto
  • Dar as boas-vindas aos clientes na loja e responder às suas perguntas
  • Seguir e atingir as metas de vendas do departamento mensalmente, trimestralmente e anualmente
  • “Ir mais além” para aumentar as vendas
  • Manter as áreas designadas a você estocadas e em condições apresentáveis
  • Atender ativamente os clientes na loja
  • Permanecer familiarizado com os produtos oferecidos e discutir as opções disponíveis
  • Processar compras no PDV (ponto de venda)
  • Fazer venda cruzada de produtos
  • Gerenciar devolução de mercadoria
  • Juntar-se a colegas de trabalho para garantir o atendimento adequado ao cliente
  • Criar relações produtivas e de confiança com os clientes
  • Cumprir com os procedimentos de controle de estoque
  • Sugerir maneiras de melhorar as vendas (por exemplo, planejando atividades de marketing, alterando o design da loja)

Requisitos

Habilidades de um Vendedor

  • Experiência comprovada como Vendedor de Varejo, Representante de Vendas ou cargo similar
  • Compreensão básica dos princípios de vendas e práticas de atendimento ao cliente
  • Proficiência em inglês
  • Conhecimento básico de matemática
  • Conhecimento prático da dinâmica e dos requisitos do cliente e do mercado
  • Histórico de superação de metas de vendas
  • Experiência prática com transações de PDV
  • Familiaridade com os procedimentos de inventário
  • Ótima habilidade interpessoal e de comunicação
  • Uma personalidade amigável e enérgica com foco no atendimento ao cliente
  • Capacidade de atuar sob pressão e resolver reclamações em tempo adequado
  • Disponibilidade para trabalhar em turnos flexíveis
  • Diploma de ensino médio; Bacharelado em Marketing ou áreas afins seria uma vantagem

Mais recursos

Post to multiple job boards in a single submission. Add your details below and try Workable for free.

Profissões da área de moda. Confira Infográfico completo!

  • Você conhece as profissões da área de moda?
  • Um dos setores que mais emprega no país, a indústria da moda conta com uma série de profissionais atuando em diversas atividades, numa verdadeira cadeia de produção que envolve desde a idealização, passando pela confecção, divulgação até a venda de cada peça produzida.
  • Mas afinal, quais são os diferentes profissionais envolvidos nessa área tão inspiradora?
  • Confira no infográfico abaixo a função de cada um dos profissionais, como atuam e quais competências precisam ter, além de outros detalhes interessantes sobre esse universo.
Leia também:  Como Se Chama Uma Pessoa Que Gosta De Sofrer?

COOLHUNTERRealiza pesquisas para direcionar coleções de moda, sendo responsável por traduzir as macrotendências em oportunidades de negócio.
Precisa estar conectado ao que acontece no mundo e como isso influencia o consumo. Trabalha para uma marca ou presta consultoria.

#antenado #curiosidade #repertório

  • CONSULTOR DE MODAAjuda uma empresa a criar um produto viável, competitivo e adequado à identidade da marca. Trabalha como autônomo em lojas e confecções.
    #criatividade #estratégia

  • ESTILISTA Cria, desenha e desenvolve roupas, acessórios e coleções de moda. Atua em parceria com o modelista e trabalha para uma marca, confecção ou é autônomo.
    #criatividade #empreendedorismo #repertório

  • DESIGNER DE ESTAMPASCria e desenvolve estampas para moda e decoração. Trabalha para marcas, tecelagens, estamparias, confecções.
    #criatividade #inovação

  • ModelistaFaz os moldes e constrói a roupa, desenvolvendo as peças-piloto da coleção. Atua em parceria com o estilista, sendo responsável por transformar a criação em realidade. Trabalha para uma confecção ou tem seu próprio ateliê.
    #técnica #praticidade

  • Gestor de ProduçãoGerencia todas as operações de produção de uma confecção.
    #liderança #gerenciamento

  • PiloteiraÉ uma costureira especializada que fabrica a peça-piloto a partir das orientações do estilista e do modelista. Trabalha em confecções.
    #praticidade #concentração

  • CostureiraÉ quem confecciona roupas, trabalhando como autônoma ou em confecções.
    #habilidade #praticidade #concentração

  • GERENTE DE PRODUTOÉ responsável pelo plano de negócios, planejamento financeiro e ciclo de vida de um produto no mercado. Trabalha para uma marca ou confecção.
    #liderança #organização #estratégia

  • >MARKETING DE MODACria e desenvolve a estratégia de marketing para uma marca de moda. Trabalha diretamente com uma marca ou com um conjunto de marcas.
    #comunicação #inovação #criatividade #estratégia

  • StylistTraduz em imagens o conceito de uma marca ou coleção de moda. Trabalha para agências de moda, para uma marca ou é autônomo.
    #criatividade #repertório #liderança

  • Produtor de modaÉ quem produz desfiles de moda, campanhas publicitárias, ensaios fotográficos e catálogos de marcas. Atua em parceria com o stylist, executando um projeto criado por ele. Trabalha para uma marca, como autônomo, em eventos e produções de moda.
    #praticidade #proatividade

  • Editor de ModaProduz e orienta conteúdos (escritos e de imagem) sobre moda. Desse modo, atua como influenciador e formador de opinião. Trabalha em revistas, mídias sociais, internet.
    #antenado #criatividade

  • PROFISSIONAL DE MÍDIAS SOCIAIS Trabalha com a divulgação de conteúdos de moda. Isto é, apura, pesquisa, entrevista, escreve e também produz imagens. Trabalha para uma marca ou expondo suas opiniões. Assim, atua como influenciador e formador de opinião.
    #antenado #criatividade

  • FigurinistaCompõe ou cria as roupas de uma personagem para produções artísticas. Para isso, domina a linguagem das artes: teatro, cinema, TV. Trabalha como autônomo em produções artísticas ou em uma empresa.
    #criatividade #imaginação #repertório

  • Comprador de ModaDefine e executa a estratégia de compra de um produto de moda. Trabalha para loja ou confecção. Em loja: seleciona peças prontas atendendo um público específico. Em confecção: compra itens para a produção das peças da coleção.
    #estratégia #negociação

  • VISUAL MERCHANDISER Define a identidade visual da loja de acordo com a proposta da marca e da coleção. Para isso, cria a experiência do consumidor no momento da compra. Trabalha para uma marca ou como autônomo em lojas físicas e virtuais.
    #empreendedorismo #criatividade #organização

  • VENDEDOR DE MODA Vende produtos de moda para lojas e marcas, no atacado e no varejo.
    #argumentação #persuasão #agilidade

  • CONSULTOR DE IMAGEM Orienta a composição da imagem pessoal ou profissional, prestando uma consultoria. Para isso, cria estilos, monta looks, acompanha a compra de novas peças e organiza o guarda-roupa.
    #sensibilidade #carisma #credibilidade

Está pensando em fazer um curso, iniciar uma carreira na área de moda ou se especializar? Conheça os cursos do Senac.

  1. Colaboração:
    Tatiana Putti, coordenadora de Moda do Senac São Paulo;
  2. Carla Maria Beatriz da Costa Fontes, docente do Senac Jundiaí.

Qual o Perfil e Como Contratar?

Contratar um profissional de e-commerce é sempre um desafio, pois, apesar de o setor  não ser tão novo, encontrar alguém capacitado para trabalhar não é das tarefas mais fáceis. Aliás, essa não é uma tarefa fácil para as empresas, pois faltam profissionais qualificados em diversas áreas.

Então, para que seu e-commerce prospere é preciso contratar as pessoas certas e deixar claro quais serão suas responsabilidades logo no ato na etapa de recrutamento. Dessa forma, garantindo o bom funcionamento do empreendimento.

Mas, você sabe quais são os profissionais necessários para a operação de uma loja virtual? Se não, continue a leitura deste post, pois abordamos essa questão e explicamos como deve ser o perfil das pessoas que trabalham nesse segmento em cada uma das funções citadas. Acompanhe!

Quais os cargos mais comuns em um e-commerce?

De acordo com uma pesquisa do Sebrae realizada em 2014, em parceria com o E-commerce Brasil, a média de funcionários nas lojas virtuais brasileiras é de 7 pessoas, mas a maior parte dos negócios virtuais começam suas operações com uma, duas ou no máximo, três pessoas.

Nesse contexto, à medida que o negócio cresce, as responsabilidades aumentam e o gestor fica sobrecarregado de tarefas. Por isso, é importante ter uma equipe eficiente, mesmo que enxuta, mas que tenha papéis bem definidos dentro da empresa. A seguir, veja quais são os principais profissionais de e-commerce que você deve contratar.

Coordenador de e-commerce

Como o nome diz, esse profissional é responsável por coordenar todas as atividades da loja virtual.

É ele quem faz a intermediação entre fornecedores e loja, define quais investimentos são necessários para o crescimento do negócio, acompanha as estratégias para o aumento das vendas, acompanha as vendas e as entregas aos clientes, etc. Enfim, ele acompanha praticamente todas as operações do e-commerce.

Além de ser o responsável pelo crescimento da loja, o coordenador é encarregado de orientar o restante da equipe da empresa. Quando o negócio é pequeno, ele também faz o trabalho de admissão e demissão de funcionários.

Para esse cargo é preciso escolher alguém que tenha sólidos conhecimentos em gestão, marketing e administração. O coordenador precisa dominar a arte da liderança e ter muito entendimento sobre logística, pois ele é o responsável pelo cumprimento dos prazos de entrega.

Assistente de e-commerce

Esse profissional de e-commerce está sempre em contato com o coordenador, sendo muitas vezes seu braço direito. Ele executa as funções operacionais do negócio e lida diretamente com os clientes.

  • São tarefas do assistente: atualizar a loja virtual, inserindo fotos e descrição dos produtos; atualizar banners e ofertas no site; atender aos clientes para tirar dúvidas e resolver problemas tanto pelo chat quanto por telefone e e-mail.
  • O monitoramento de reclamações e dúvidas postadas nas redes sociais também faz parte de suas funções.
  • Para ocupar essa vaga, você precisa de uma pessoa com perfil de vendedor, mas que tenha sólidos conhecimentos em internet, redes sociais e entenda sobre programas de edição de imagens, pois precisará deles para executar uma boa parte de seu trabalho.

Auxiliar de expedição

Compra efetuada no site, pagamento confirmado, pronto! É hora de enviar o produto pelo correio. Essa é a função do auxiliar de expedição, que deve cuidar para que a mercadoria chegue ao seu destino dentro do prazo e em perfeitas condições. Ele também é responsável por verificar se não houve fraude no processo de compra.

O auxiliar de expedição também acompanha todas as entregas e mantém  o estoque atualizado.

Para cumprir essa função, o profissional deve ser bastante organizado, cuidadoso e ágil, pois ele precisa garantir a satisfação do cliente quanto à qualidade do produto entregue, que deve estar intacto e atender aos prazos estabelecidos no momento da compra.

Como contratar um bom profissional?

As funções relacionadas são apenas algumas e dizem respeito a uma empresa que trabalha com uma equipe bastante enxuta. Dependendo do tamanho de seu e-commerce, você necessitará de mais pessoas trabalhando, como profissionais de marketing, logística, recursos humanos e comercial.

Contudo, contratar um profissional de e-commerce não é a parte mais difícil; ainda tem a questão de mantê-lo na equipe. Sabemos que bons profissionais são muito requisitados e se você pretende ter pessoas com potencial trabalhando na empresa, deve seguir algumas dicas básicas para a contratação. Veja.

Ofereça um bom salário

O salário e os benefícios oferecidos pela vaga são uma questão decisiva no momento de um candidato aceitar uma proposta de emprego. Pessoas que trabalham com vendas gostam de receber variáveis pelo batimento de metas e costumam ficar bastante motivadas quando a comissão é atraente.

Além disso, ofereça benefícios atrativos e diferenciados, como prêmios por vendas, que podem ser viagens, um aparelho de celular ou algo que esteja dentro da realidade de seu negócio.

Procure nos lugares certos

Os sites de currículos e agências de recrutamento são boas alternativas para quem procura profissionais qualificados.

Mas no setor de e-commerce, você precisa considerar outras questões, pois esse tipo de profissional é mais facilmente encontrado em meios alternativos.

Então, fique de olho em blogueiros e produtores de conteúdo, pois eles são muito atentos a todas as novidades do mundo digital e podem agregar muito ao seu negócio.

Não se apegue à idade do profissional

Embora profissionais mais jovens sejam mais ligados no mercado digital, nada impede que uma pessoa mais velha possa executar as funções com maestria. Nesse momento, vale analisar os conhecimentos técnicos e as experiências do profissional no ramo.

Mas não é só isso: caso o candidato seja muito jovem e ainda não tenha experiência, mas é um verdadeiro heavy user da internet e das mídias sociais, ele pode se tornar um excelente vendedor e fazer o negócio crescer em tempo recorde.

Contratar um profissional de e-commerce não é uma tarefa das mais fáceis, mas também não é um “bicho de sete cabeças”. Mas é preciso avaliar com cuidado o perfil de cada candidato e comparar com a vaga oferecida, pois dessa forma, você evita perda de tempo e de dinheiro contratando a pessoa errada.

Descubra o que faz um estoquista

O estoquista está mais presente na sua vida do que você imagina.

Sabe aquela compra on-line que você fez e não vê a hora de chegar? Pois foi um estoquista que foi lá, recebeu sua solicitação, localizou o produto no depósito, embalou e enviou para a transportadora.

Ou, quando você vai numa loja de material de construção e, depois de pagar, encontra os produtos organizados lhe esperando na saída, sem qualquer demora? Trabalho de um estoquista!

Esses profissionais são essenciais para toda essa logística comercial ágil e eficiente que a gente espera hoje em dia.

Mas não é só isso. O trabalho vai muito além.

A seguir, descubra o que faz um estoquista e o que fazer para brilhar nessa área!

O que faz um estoquista

  • Sem o estoquista, a vida das empresas seria um caos.
  • O motivo é que o profissional é estratégico para o manuseio, classificação, acomodação e distribuição de todos os tipos de mercadorias.
  • O que seria das gigantes do comércio eletrônico sem seus inúmeros estoquistas espalhados pelo mundo?
  • Como a China consegue exportar produtos para o mundo todo se não tivesse capacidade de gerir seus estoques adequadamente?
  • O Brasil, como um dos maiores exportadores de produtos agrícolas do mundo, não pode jamais abrir mão desses profissionais.
  • Até no supermercado do seu bairro há um estoquista trabalhando para que nunca faltem produtos essenciais para sua clientela.

É com o trabalho dos estoquistas que as empresas conseguem administrar estoques e armazenagens. Isso ajuda diminuir custos logísticos e atender à crescente demanda de consumo no país.

É uma atividade bastante complexa, que exige, por exemplo:

  • Aquisição de suprimentos, armazenagem, estoque e expedição.
  • Manter o estoque limpo e organizado.
  • Fazer controle de materiais que entram e saem.
  • Verificar e fiscalizar os produtos recebidos.
  • Elaborar relatórios de fluxo de mercadoria para o setor financeiro.
  • Colaborar para o processo de aquisição de novos produtos, evitando desperdícios.
  • Operar sistemas informatizados de controle de estoques.
  • Fazer etiquetagem e embalagem de produtos.
  • Acompanhar carga e descarga de mercadorias.
  • Fazer lançamento de notas fiscais e orçamentos.

O trabalho é bastante minucioso, exige atenção máxima aos detalhes e um senso logístico bastante desenvolvido. Ser organizado é imprescindível.

O estoquista encontra trabalho em empresas varejistas, no comércio eletrônico, no agronegócio, em indústrias, galpões, empresas de transporte, portos, aeroportos e no serviço público.

Quanto ganha um estoquista

A média salarial de um estoquista no Brasil é de R$ 1.600, segundo a plataforma Trabalha Brasil.

Com alguma experiência dá para elevar esse patamar para R$ 2.400.

Quem ainda está em início de carreira pode receber entre R$ 1.300 e R$ 1.800, dependendo do tamanho da empresa.

Para aumentar as chances de ganhar salários mais polpudos, o jeito é investir num curso de nível superior.

Um profissional de logística está ganhando entre R$ 3.400 e R$ 5.000, aproximadamente. Um gerente, entre R$ 10.000 e R$ 26.000.

Quem chegar a cargos de direção logística pode receber muito mais. O mercado paga entre R$ 20.000 e R$ 50.000 a esses profissionais!

Como ser um estoquista

Para trabalhar como estoquista não é necessário ter curso de nível superior. A maioria das empresas admite profissionais com apenas o ensino médio.

Mas a área, por estar se tornando popular, tem exigido um conhecimento mais específico dos profissionais.

Para ter mais chances, os interessados podem optar por um curso livre em escolas profissionalizantes.

A formação é bem curta. Em quatro meses, em média, o profissional já está pronto para encarar o mercado de trabalho.

Durante os estudos, ele aprende os principais conceitos que regem as atividades de um estoquista: cadeia logística, tipos de estocagem, transporte, pedidos, tecnologias de gestão de estoque, demandas, técnica quantitativa, projeção, custos, inovação e tendências.

Como estamos falando de uma área dinâmica e em ascensão, a demanda por gestores de estoques tem atraído um maior número de graduados para a área.

Essa tendência tem sido observada de uns anos para cá, turbinada pela popularização dos cursos superiores de tecnologia ? aquelas graduações mais curtas, focadas em áreas-chave do mercado de trabalho brasileiro.

  1. Em poucos semestres dá para obter uma formação de nível superior e entrar na área com um bom diferencial.
  2. O curso mais recomendando é, sem dúvidas, o de Logística, que tem dois anos duração e disponibilidade em centenas de faculdades pelo país.
  3. Veja mais detalhes no próximo tópico!

Faculdades ideais para quem quer fazer Logística

  • O curso superior de tecnologia em Logística pode ser encontrado em cerca de 460 faculdades pelo Brasil, a grande maioria (mais de 90%) na rede privada de ensino.
  • Muitas delas dispõem da opção EAD, em que os alunos podem estudar de casa e ainda receber um diploma reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC).
  • É uma excelente alternativa para quem quer ter mais oportunidades na área, inclusive com chances de ocupar cargos de alta chefia, como uma gerência ou uma direção.
  • O segredo para ter um bom desempenho no mercado de trabalho é uma formação sólida, de qualidade.

Por isso a gente escolheu algumas das melhores faculdades de Logística para você conhecer.

Nelas há cursos presenciais e a distância com valores acessíveis.

  1. Confira:
  2. Veja também:
  3. Comércio Exterior: profissão, curso e carreira

Pensando em fazer um curso superior para ter mais chances na área? Conte para a gente nos comentários!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*