Como Saber Que Uma Cadela Esta Gravida?

Como Saber Que Uma Cadela Esta Gravida?

Descubra como saber se a cadela está prenha com as dicas de uma veterinária

Quando você tem uma cadela no cio em casa, geralmente precisa aumentar a quantidade de cuidados com ela no dia a dia. Além das mudanças físicas, como o sangramento, é comum que nessa fase elas fiquem um pouco mais ariscas e agressivas por causa dos hormônios. Ainda assim, a principal preocupação dos tutores está ligada, geralmente, a gravidez da cadela: com o aumento de feromônios, é comum que os machos ao redor dela se sintam atraídos para cruzar — por isso, inclusive, o passeio deve acontecer com cuidados. A dúvida que bate depois do período de cio é, justamente, como saber se a cadela está prenha. Para te ajudar a identificar a condição, nós conversamos com a veterinária Madelon Chicre, da clínica 4Pets, no Rio de Janeiro. Dá uma olhada! 

Cio de cachorro: em qual período você precisa ficar atento para evitar a gravidez

O ciclo de cio de cachorro é completamente diferente do dos humanos, então é super comum que existam dúvidas sobre quanto tempo dura o cio de uma cadela, de quanto em quanto tempo a cadela entra no cio e, exatamente, sobre o que acontece no corpo dela nessa fase.

Madelon explicou cada uma das etapas: “o ciclo estral (o cio) dura, em média 30 dias e cada uma das três fases dura aproximadamente 10 dias. Na primeira etapa, a cadela tem o sangramento. Na segunda, o sangramento diminui e a vulva fica edemaciada (aumenta de tamanho).

É nessa fase que a cadela aceita a monta, geralmente porque está ovulando. Na terceira etapa ela já não aceita mais ser montada, mas ainda está com os níveis de feromônios altos, o que instiga os machos”.

Esses ciclos costumam se repetir a cada seis meses, dependendo da cadela. 

Os sintomas da cadela prenha e a confirmação do veterinário

Se a sua cadela tiver engravidado durante o período de cio, os sintomas devem começar a aparecer, mais ou menos, 30 dias depois do fim do ciclo. “Algumas cadelas apresentam maior indisposição, inicialmente, falta de apetite e maior sonolência.

Elas também podem ficar mais carentes ou ter um aumento no volume das mamas”, explicou a profissional.

Mesmo que você não tenha planejado o cruzamento, se esses sintomas aparecerem mais ou menos um mês após o cio da cadela, vale a pena visitar o veterinário: “a confirmação se dá através do histórico do cio, data da monta, exame físico e ultrassonografia (essa só consegue confirmar a gestação a partir de 21 a 30 dias da monta)”, enumerou Madelon. Ela continua: “a gestação dura em torno de 63 dias, mas pode ocorrer variações entre 58 a 68 dias. Com 30 dias de gravidez a gente já observa um aumento abdominal leve, aumento do apetite e maior sonolência na cadela”.  

Como Saber Que Uma Cadela Esta Gravida?

Cadela prenha precisa de cuidados para garantir sua saúde e a dos filhotes

Como Saber Que Uma Cadela Esta Gravida?

Saúde animal

Uma das partes mais difíceis de ter um cachorro em casa é o momento em que eles adoecem — e isso piora quando a doença é das mais sérias, como a cinomose.

Causada por um vírus, se não for tratada da forma correta, a cinomose em cães pode ser fatal não apenas para o que foi infectado primeiramente, mas para todos os que estiverem em contato com ele.

Para entender um pouco mais sobre o que é cinomose canina, seus sintomas, causa e o tratamento, o Patas da Casa conversou com a veterinária Kelly Andrade, do Paraná. Dê uma olhada, aqui embaixo, nas instruções da profissional!

Como Saber Que Uma Cadela Esta Gravida?

Saúde animal

As feridas em cachorro podem ter muitas causas e é preciso avaliar a gravidade da situação.

Se o seu cão surgiu algum arranhão ou machucados de leve depois de brincar muito com outros animais, o melhor é observar, mas se as feridas na pele do cachorro apareceram do nada você precisa ficar atento e buscar ajuda veterinária.

Pode ser um caso de dermatite, alergia de contato ou até picada de algum parasita. O Patas da Casa preparou um guia com as feridas de cachorro mais comuns. Vamos conferir?

Como Saber Que Uma Cadela Esta Gravida?

Saúde animal

Gatos são animais conhecidos pelas suas frequentes fugas quando estão no cio, mas você sabe por quê? Sabe a partir de qual idade a fêmea pode ter o primeiro cio? Esse período pode ser bastante estressante para o felino – e também para o dono -, pois o comportamento do animal muda bruscamente. Está preparado e já está ciente de quanto tempo dura o cio do gato? Nessa matéria vamos tirar essas e outras dúvidas sobre o assunto. Vem com a gente!

Como Saber Que Uma Cadela Esta Gravida?

Saúde animal

A doença do carrapato é uma das mais conhecidas entre os pais de pet e também uma das mais perigosas para os cachorros.

Transmitida pelo carrapato marrom, bactérias e protozoários invadem a corrente sanguínea e os sintomas variam de acordo com o grau da doença e podem causar coloração amarela na pele e mucosas, distúrbios de coagulação, manchas vermelhas espalhadas pelo corpo, sangramento nasal e, em casos mais raros, problemas neurológicos e até mesmo a morte do cachorro. Para ajudar a esclarecer dúvidas sobre a doença do carrapato, o Patas da Casa entrevistou a veterinária Paula Ciszewsi, de São Paulo. Confira abaixo!

Depois que a gravidez da sua cadela for confirmada, o acompanhamento com o veterinário é indispensável para garantir que esse período seja tranquilo tanto para a mãe, quanto para os filhotinhos. É bem provável que ele receite uma vitamina para cadela prenha para ela tomar durante a gestação.

Além disso, algumas mudanças são necessárias, como conta a profissional: “a mãe deve se alimentar com ração super premium ou ter o cardápio refeito caso recebam apenas alimentação natural.

Uma observação importante é que a cadela não deverá ser vacinada ou vermifugada durante a gestação, por conta dos fetos”. 

Como prevenir a gravidez indesejada da sua cadela 

A superpopulação de cachorros é uma realidade em muitos lugares do país e, justamente por isso, muita gente indica que a adoção de pets com ou sem raça definida seja priorizada ao invés da compra de filhotes.

Por isso, a não ser que a você tenha um canil para criar uma raça específica do animal, não existe uma grande necessidade de fazer a sua cadela engravidar e, por isso, a prevenção é o melhor remédio: “sem dúvida, a melhor forma de garantir que a cadela não vai engravidar é a castração.

O uso de anticoncepcionais é totalmente contraindicado pois o risco da cadela desenvolver câncer de mama ou alterações uterinas, como a piometra, é grande”, afirmou Madelon.

A probabilidade do desenvolvimento de uma dessas doenças cai significativamente quando a cadela é castrada antes do primeiro cio, mas a cirurgia de esterilização é uma opção, até mesmo, para as que já ficaram prenhas: ao menos, ela impede uma nova gestação indesejada.  

Redação: Ariel Cristina Borges

Como Saber Que Uma Cadela Esta Gravida?

Continuar Lendo

Identificar os sinais de gravidez na cadela

Como Saber Que Uma Cadela Esta Gravida?

As cadelas podem engravidar quando ficam com o cio, o que acontece aproximadamente a cada oito meses. Este período fértil dura até três semanas. Tal como pode engravidar, durante este período, a sua cadela pode também envolver-se em brigas com machos, caso ainda não se sinta preparada para acasalar. Passear sempre com trela, durante o cio, pode ajudar a evitar que se meta em lutas, bem como, caso não deseje que algum macho acasale com ela, evitar os seus avanços apaixonados.

Como uma gestação pode ser dispendiosa e emocional tanto para si como para a sua cadela, a reprodução deve ser realizada por especialistas. Se deseja evitar que a sua cadela engravide, pode considerar esterilizá-la Encontre mais informação aqui

A gravidez no cão dura entre 61 e 65 dias, mas pode não se aperceber de diferenças físicas evidentes no seu corpo, até a sua cadela estar quase no final da gestação. Não existem testes de gravidez para cadelas, que possam ser feitos em casa. Por isso, como consegue responder à questão “a minha cadela está grávida”?

Há vários sinais a que deve estar atento, que sugerem que há novos cachorros a caminho.

  • Uma ligeira perda de muco pode ocorrer, cerca de um mês após o acasalamento.
  • As maminhas dela podem ficar mais proeminentes em cor e tamanho, cerca de 30 dias após o acasalamento, e poderão produzir um fluido semitransparente.
  • Semelhante ao enjoo matinal nos humanos, a sua cadela poderá vomitar, nas fases iniciais da gravidez. Se os vómitos persistirem, ou tiver alguma preocupação, contacte o seu médico veterinário.
  • Começará a ganhar peso, a partir dos 35 dias de gestação, aumentando gradualmente até 50% acima do seu peso normal.
  • Deverá notar a barriga inchada, a partir do 40º dia, apesar de numa primeira gravidez ou quando as ninhadas são pequenas, possa ser pouco visível.
  • Ela pode parecer mais calma do que o habitual ou poderá perder o apetite. Estes sinais podem também indicar um problema, pelo que deve falar com o seu médico veterinário, caso esteja preocupado.
  • O apetite da sua cadela gestante poderá aumentar na segunda metade da gravidez, pelo que deverá estar preparado para ajustar a sua alimentação em conformidade.
  • O seu médico veterinário poderá confirmar a gravidez ou com um “teste de gravidez para cão”, que mede os níveis de hormonas a partir dos 21-25 dias de gestação, ou por ecografia a partir dos dias 20-22.
  • A partir do 30º dia, o seu médico veterinário poderá efetuar um exame físico para contar quantos cachorros terá a ninhada. Esta contagem pode não ser sempre exata, pelo que deve saber que poderá ter mais cachorros a caminho, do que aquilo que pensa!
Leia também:  Como Conquistar A Amiga Que Tem Namorado?

Apesar de a sua cadela ser capaz de lidar com a gravidez e o trabalho de parto sozinha, estar de prevenção e falar com ela calmamente pode facilitar o processo. Também lhe permitirá intervir prontamente, caso surja algo inesperado. A futura mamã irá dar-lhe vários sinais de que o trabalho de parto está a começar e que os cachorros já estão quase a chegar.

  • Poderá notar que a sua cadela procura um local calmo para dar à luz, no final da sua gestação. Pode ajudá-la criando um “ninho” numa área isolada e acolhedora. Leia o nosso guia sobre Dicas para uma Gravidez Saudável para mais conselhos sobre como cuidar da sua cadela gestante.
  • Ela pode parecer cada vez mais inquieta com a aproximação do nascimento, apresentando comportamentos como arranhar o chão ou a cama.
  • Uma queda na sua temperatura corporal (para cerca de 37º) assinala que o trabalho de parto deverá começar nas próximas 12-24 horas. A temperatura regressará a 38º, quando o parto começar.
  • Quando as contrações começarem, a sua cadela poderá começar a tremer ou a arfar.
  • Observará fortes contrações abdominais, seguidas de um corrimento claro. Quando isto acontecer, o primeiro cachorro deverá sair, nos próximos 30 minutos.

Na maioria dos casos, as cadelas têm os cachorros naturalmente e não deverá ser necessário intervir.

No entanto, alguns sinais, como corrimento com coloração anormal ou contrações da mãe sem sair nenhum cachorro, podem sugerir complicações.

Se verificar algum destes sinais ou outros que o preocupem, contacte o seu médico veterinário. Leia o nosso guia sobre Trabalho de Parto e Nascimento para mais informação sobre o nascimento em cães.

Como Saber Que Uma Cadela Esta Gravida?

Como saber se a cadela está grávida: principais sinais

Como Saber Que Uma Cadela Esta Gravida?

Algumas dúvidas são constantes na cabeça dos tutores de cães, e uma delas é como saber se a cadela está grávida.

Entender os sinais de uma cadela prenha são importantes para iniciar os cuidados com a mãe e os filhotinhos. Dessa forma, a gestação acontece sem preocupações, seja ela uma gravidez programada ou um deslize durante o período do cio.

A verdade é que identificar uma cadela grávida não é tão fácil durante as primeiras semanas, porém o corpo do animal apresenta mudanças após 20 dias. Quer saber quais são? Vamos te contar todos os detalhes.

Tenho como saber se a cadela está grávida depois de quanto tempo?

A gravidez canina dura de 58 a 65 dias e esta variação acontece de cachorro para cachorro. As principais mudanças físicas aparecem depois de 20 a 30 dias, depois desse tempo já tem como saber se a cadela está grávida observando estes sinais:

  • Secreção vaginal após 30 dias do acasalamento;
  • Tetas rosadas e região inchada;
  • Vômito e falta de apetite no primeiro mês;
  • Aumento do peso no segundo mês da gestação;
  • Mudança de comportamento, apatia e carência.

Se notar qualquer alteração na personalidade do seu cachorro, a recomendação é procurar um veterinário para confirmar a gestação.

Quanto tempo depois de cruzar a cadela fica grávida?

O período fértil das cadelas acontece na fase do Estro do cachorro no cio, momento que o animal está ovulando e aceita receber o macho. 

Após a fecundação do óvulo, tem como saber se a cadela está grávida a partir de 20 dias com a realização do “teste de gravidez para cadela”, que na verdade é um exame hormonal que mede os níveis de hormônio no pet.

Como saber se a cadela está grávida de muitos filhotes?

Como Saber Que Uma Cadela Esta Gravida?

A partir de 28 dias é possível realizar um raio X e exame de palpação para saber quantos filhotes a cadela está esperando. A média é de 4 a 8 bebês dependendo do animal, porém algumas raças não passam de 4 filhotes, como Chihuahua, Yorkshire Terrier e Spitz Alemão.

Raças como Dogue Alemão, São Bernardo e Fila Brasileiro, além do popular Vira-lata (SRD), são conhecidas por terem ninhadas grandes.

Cuidados com uma cadela grávida

Depois que a gestação é confirmada, a cachorra grávida pode tomar suplementos para cachorro de acordo com as recomendações do veterinário.

Neste período, a alimentação do pet é fundamental para a mãe e filhotes. A comida para cadela gestante deve mudar, caso a ração para cachorro não seja a melhor para esta fase do animal.

A linha Super Premium é aquela que entrega mais nutrientes e possui zero corantes e aromatizantes em sua fórmula, por isso é a primeira recomendação dos veterinários.

Agora que você aprendeu como saber se a cadela está grávida, ficou muito mais fácil identificar os sinais no seu pet. Ofereça cuidado e atenção ao seu bichinho para que ele fique o mais saudável possível durante a gestação.

Assim como para nós humanos, uma gestação envolve mudanças de hormônios, comportamento e os pets também ficam inseguros. O suporte e carinho do tutor faz toda a diferença.

Saiba mais sobre saúde e cuidados com o seu pet no blog Cobasi. Olha só os conteúdos que selecionamos para você:

Posts Relacionados

cadela prenha  como descobrir quantos filhotes vão nascer  como saber se a cadela está grávida  saúde canina  sinais de uma cadela grávida  sinais que a cadela está prenha

Como Saber se a Cadela está Prenha?

GESTAÇÃO CANINA

As cadelas podem ficar prenhas sempre que estão no cio, o que acontece uma vez a cada oito meses. Este período de fertilidade dura até três semanas.

Além de poder ficar prenha durante este período, a cadela pode ter conflitos com os machos se não se sentir suficientemente preparada para acasalar.

Levá-la para passear com a coleira durante o cio a ajudará a evitar brigas e, se você não quiser que um macho se acasale com ela, isso vai amenizar suas vontades amorosas.

Como a gestação pode ser cara e sentimental tanto para você quanto para seu animal de estimação, geralmente é melhor deixar a reprodução para os especialistas. Se você quiser evitar que sua cadela fique prenha, você deve pensar em castrá-la.

PRIMEIRO REQUISITO

A gestação canina geralmente dura entre 61 e 65 dias, embora você possa não notar nenhuma mudança física óbvia em sua cadela até a fase final da gestação. Não existe um teste de gestação canina que você possa fazer em casa, então você vai se perguntar como responder à pergunta “Minha cadela está prenha?”

  • COMO SABER SE UMA CADELA ESTÁ PRENHA
  • Existem vários sinais para ver se há filhotes em caminho.
  • Uma leve secreção pode ocorrer cerca de um mês após o acasalamento.
  • As tetas podem se destacar em cor e tamanho uns trinta dias após o acasalamento, podendo até produzir um fluido semitransparente.

Tal como acontece com a náusea da gravidez nas mulheres, a sua cadela pode vomitar nos primeiros estágios da gestação. Se o vômito não parar ou se houver algo preocupante, consulte seu veterinário.

Ela começará a ganhar peso em torno do 35º dia de gestação, que aumentará gradualmente até atingir 50% a mais do que o peso normal.

Vocês podem começar a notar sua barriga inchada a partir do dia 40, embora as mamães de primeira viagem e as cadelas que estão gestando uma ninhada pequena dificilmente apresentam mudanças.

Ela pode ficar mais deprimida do que o normal ou perder o apetite. Esses sinais também podem indicar um problema; pergunte ao seu veterinário se você está preocupado com esses sinais.

O apetite da sua cadela prenha vai aumentar na segunda metade da gestação, então você tem que estar preparado para modificar sua dieta corretamente.

O veterinário pode confirmar uma gravidez por meio de um “teste de gestação canina”, que mede os níveis hormonais, a partir dos dias 21 a 25 da gestação, ou por ultrassonografia a partir do dia 20 a 22.

A partir do 30º dia, aproximadamente, seu veterinário poderá realizar um exame físico para saber quantos filhotes sua cadela está esperando.

Este teste nem sempre é preciso, e é possível que ela possa ter mais filhotes do que era esperado.

Como Saber se Uma Cadela Está Prenha

Baixe em PDF
Baixe em PDF

Às vezes é difícil saber se uma cadela está prenhe ou não. A gestação só fica óbvia nas últimas semanas (ao todo, são nove) de gestação.

É nesta fase que a barriga denuncia a presença de vários filhotes prestes a nascer. O ideal é levar a cadela ao veterinário, mas possível identificar certos sintomas físicos e mudanças no comportamento dela.

Esses sinais variam de acordo com o estágio da gravidez — a fase inicial, intermediária e avançada.

  1. 1

    Fique atento para mudanças na cor dos mamilos. Um dos primeiros indicadores é quando os mamilos ficam mais rosados, inchados e protuberantes (“como que “saltando”) do que o de costume.[1]
    Essa transformação geralmente ocorre de duas a três semanas após a concepção.

  2. 2

    Repare em alterações no corpo. Ele pode continuar praticamente o mesmo até a segunda metade da gravidez. Entre cerca de 4-5 semanas, a cintura começa a engrossar e a barriga, a crescer visivelmente.

  3. 3

    Evite aumentar a quantidade de ração antes do tempo. Esse cuidado só é necessário nas últimas 3 semanas. O que costuma acontecer com certa frequência é que os donos passam a dar mais comida assim que começam a suspeitar que a cadela está prenhe. Como resultado, ela acumula gordura no abdômen e passa a impressão de ter vários filhotes no ventre, mesmo sem estar grávida.

  4. 4

    Continue reparando em mudanças no corpo. Na reta final (da sexta à nona semana), a barriga fica bem redonda e distendida. As glândulas mamárias começam a se desenvolver e tornar-se mais visivelmente inchadas, pois estão se preparando para produzir leite.

  5. 5

    Procure sentir o movimento dos embriões. Nas últimas três semanas, pode-se sentir as laterais da barriga se movendo devido aos filhotes se contorcendo no útero dela. Basta colocar a palma da mão rente ao lado da barriga para perceber os cachorrinhos se mexendo.

    • Mas não fique decepcionado caso não consiga sentir nada. Pode ser que os bebês estejam muito bem protegidos pela placenta, bem entranhados na barriga. Por isso, é impossível sentir o contorno ou as formas deles (quando muito, pode-se conferir os movimentos).
  1. 1

    Não espere alterações drásticas. Cada cadela reage de forma diferente à gravidez. Algumas ficam cansadas e mais reservadas logo no começo (se bem que esses sinais também aparecem quando o animal fica doente), enquanto outras não mudam praticamente nada até a sexta semana.

    • Nas últimas 3 semanas, ela pode enfrentar dificuldades para se movimentar devido ao tamanho do ventre e passar a sentir mais sono.
  2. 2

    Prepare-se para variações no apetite dela. Quando a reta final se aproximar e os filhotes passarem a ocupar mais espaço na barriga, ela não vai mais conseguir acomodar grandes refeições no estômago. Como resultado, ela vai começar a comer um pouco de cada vez e com mais frequência.[2]

  3. 3

    Observe se ela não está começando a montar o ninho. Quando o dia do parto estiver prestes a chegar, ela vai sentir a necessidade de juntar pedaços de pano e levá-los a um local isolado.[3]
    Esse instinto atende ao desejo de prover um ambiente quentinho e seguro para acolher a nova cria.

    • Se esse for o caso da sua cadela, é porque a gestação já se encontra nas últimas três ou duas semanas antes de ela dar à luz.
  1. 1

    Consulte um veterinário. Se você suspeita que ela está prenhe, vale a pena ir a uma clínica veterinária ou um pet shop para que esse profissional tire de vez a sua dúvida. Existem vários métodos que confirmam a gravidez de forma definitiva se feitos no período correto.

  2. 2

    Peça para ele fazer um exame. Nele, examinam-se sinais corporais, principalmente na barriga. Ele vai apalpar a lateral do ventre para tentar sentir os filhotes. O problema é que às vezes pode-se confundir um cachorrinho com as fezes no intestino. O contrário também acontece.[4]

    • O período ideal para fazer o exame de toque é entre 28 a 35 dias após a concepção. Antes disso, não há diferenças suficientes para se confirmar a gestação. E, passado esse tempo, os bichinhos podem ser confundidos com alimentos ou fezes, por exemplo.[5]
  3. 3

    Peça para que ele confira os batimentos cardíacos dos rebentos. A partir da sexta semana, pode-se ouvir o coração deles com um estetoscópio rente à barriga dela.

    O problema é que este método é muito mais difícil em cães do que em seres humanos, devido ao fato de que a barriga da cadela é arredondada, diferentemente dos ventres planos das mulheres.

    Outro fator que atrapalha esse exame é o barulho que o pelo dos cachorrinhos faz no útero.[6]

  4. 4

    Solicite um exame de sangue. Ele é relativamente mais confiável do que os métodos acima, pois detecta a presença de um hormônio chamado relaxina, o qual se faz presente durante a gravidez.[7]

    • Para evitar um resultado negativo falso, procure realizar o exame somente depois de 28 dias de gravidez (ou seja, a partir da quinta semana).[8]
    • Pode haver resultados negativos em falso, mas se o resultado for positivo, é certeza de que a cadela está prenhe, independentemente da data em que o exame foi feito.[9]
  5. 5

    Outra opção é o ultrassom. Dependendo da experiência e qualificação do profissional de radiografia, ele consegue detectar a gravidez quando os embriões têm apenas 16 dias de vida.[10]

    • Se o animal for dócil, o procedimento pode ser feito sem o uso de sedativos.
    • Se a cadela for muito peluda, o operador da máquina terá que cortar os pelos da barriga a fim de que a sonda fique bem rente ao ventre.[11]
  6. 6

    Uma alternativa é o raio-X. Ele perdeu espaço para o ultrassom, mas é muito útil para saber quantos filhotes estão presentes no útero no final da gestação.

    • Ao saber o número da cria, pode-se salvar vidas, pois dá para conferir se todos os filhotes nasceram com segurança. O resultado do raio x pode denunciar um cachorrinho que ainda está no útero, mesmo quando o trabalho de parto já parou. Neste caso, o ideal é ter a supervisão de um veterinário por perto.
  1. 1

    No começo, é preciso ter paciência.

    • Cadelas grávidas sofrem com enjoos matinais, assim como as pessoas. Porém, os enjoos só surgirão 21 dias após o acasalamento. Normalmente, os sintomas duram uma a duas semanas. No dia 21, observe as gengivas da cadela. Se ela acasalou, as gengivas ficarão brancas. A mudança de cor se deve ao feto, que está se ligando ao útero, atraindo o sangue do corpo dela. Portanto, as gengivas da cadelinha ficarão brancas por um ou dois dias. Não há nada com que se preocupar. Chame o veterinário se as gengivas permanecerem brancas por mais tempo.
  2. 2

    Fique de olho em mudanças na índole do animal. Há quem comece a suspeitar de uma gravidez quando a cadela fica mais quieta do que de costume. Não há provas científicas para tanto, mas o fato é que, nessa fase, as mudanças nos níveis hormonais afetam cada fêmea de forma diferente.[12]

    • Por exemplo, enquanto algumas ficam mais reservadas, outras tornam-se mais carinhosas e carentes. Há ainda as que começam a isolar-se de tal forma que chegam a rejeitar companhia.
  3. 3

    Observe atentamente para verificar se não há sintomas de doenças. Apesar de mudanças no comportamento e na índole possam ser atribuídas a uma gravidez, não se pode descartar a possibilidade de algum problema de saúde. É importante monitorá-la de perto para conferir se não há sinais de disfunções, tais como perda de apetite, vômitos, diarreia, tosse, espirros ou corrimento vaginal.

    • Se ela acasalou e, algum tempo depois (dias ou semanas posteriores ao cruzamento), começou a rejeitar a comida, é mais provável que isso seja algum problema de saúde que deve ser verificado pelo veterinário do que uma gestação. Outros sinais de alerta incluem corrimento vaginal (o qual NÃO é normal quando elas estão prenhes) ou vômitos frequentes.[13]
  • Procure ter cuidado com a barriga da cadela, mesmo que ela não esteja prenhe. Assim, você evita machucá-la ou prejudicar possíveis filhotes.
  • Se a cadela que estiver dando à luz não estiver acostumada a ter bastante contato com as pessoas (ser tocada, pega no colo, etc), ela pode acabar mordendo alguém nessa hora. Por isso, tome bastante cuidado! Mantenha crianças e estranhos longe do “ninho” dela. Não deixe, também, que eles se aproximem da área onde os filhotes estão ficando.
  • Um fenômeno conhecido como gravidez falsa é algo muito comum entre cães. Algumas semanas após terem entrado no cio, elas podem começar a exibir sinais de gravidez tais como crescimento dos mamilos e um apetite maior. Isso tudo mesmo sem estarem realmente prenhes. É por esse motivo que o ideal é consultar um veterinário.
  1. ↑ Reproduction in the dog and cat. Christianseen. Publisher: Bailliere Tindall
  2. ↑ Reproduction in the dog and cat. Christianseen. Publisher: Bailliere Tindall
  3. ↑ Reproduction in the dog and cat. Christianseen. Publisher: Bailliere Tindall
  4. ↑ Reproduction in the dog and cat. Christianseen. Publisher: Bailliere Tindall
  5. ↑ Reproduction in the dog and cat. Christianseen. Publisher: Bailliere Tindall
  6. ↑ Reproduction in the dog and cat. Christianseen. Publisher: Bailliere Tindall
  7. ↑ Plasma levels of relaxin in pregnant and lactating dogs. Steinetz. Biol Repro. 1987. Oct, 37
  8. ↑ Plasma levels of relaxin in pregnant and lactating dogs. Steinetz. Biol Repro. 1987. Oct, 37
  9. ↑ Plasma levels of relaxin in pregnant and lactating dogs. Steinetz. Biol Repro. 1987. Oct, 37
  1. ↑ Veterinary diagnostic ultrasound. Nyland. Publisher: WB Saunders
  2. ↑ Veterinary diagnostic ultrasound. Nyland. Publisher: WB Saunders
  3. ↑ Reproduction in the dog and cat. Christianseen. Publisher: Bailliere Tindall
  4. ↑ Small Animal Internal Medicine. Nelson & Couto. Publisher: Mosby
Leia também:  Como Saber O Tipo De Sangue Que Tenho?

Este artigo foi coescrito por Pippa Elliott, MRCVS. A Dra. Elliott é uma veterinária com mais de 30 anos de experiência. Formou-se na University of Glasgow em 1987 e trabalhou como cirurgiã veterinária por 7 anos. Depois disso, a Dra. Elliott trabalhou como veterinária em uma clínica por mais de uma década. Este artigo foi visualizado 438 322 vezes.

Categorias: Saúde Canina

Esta página foi acessada 438 322 vezes.

Como descobrir se a sua cachorra está prenha

A gestação canina é cheia de peculiaridades e detalhes que os tutores que passam pela primeira vez por esse processo com sua cadelinha provavelmente não vão saber identificar e tratar com precisão. Apesar de serem mamíferos como nós, o corpo dos cachorros – macho ou fêmea – apresenta outra fisiologia e nem tudo que é válido para uma gestação humana se repete em uma canina.

Por isso, se seu pet está passando pela primeira vez por isso e você ainda não sabe muito como identificar as fases da gestação ou mesmo quais os cuidados durante a gravidez e no pós-parto, o UOL BICHOS te ajuda respondendo às principais dúvidas sobre o assunto.

O cruzamento dos cachorros envolve outras fases que vão além simplesmente do coito. Você já deve ter ouvido falar que depois da cópula propriamente dita o cachorro e a cadela permanecem grudados, com o pênis ainda penetrado.

Isso acontece porque a ejaculação do cachorro ocorre em três fases, e não apenas no momento em que ele está sobre a cadela.

É neste momento posterior em que eles estão “grudados” (em função do aumento do bulbo peniano que fica preso até que passe a ejaculação) que ocorre a maior liberação de espermatozoides e quando, de fato, a fêmea é fecundada.

Leia também:  Como Ver Quem Esta A Usar A Minha Net?

Por que estamos explicando tudo isso? Para dizer que, se a fêmea e o macho não passaram esse período todo juntos (o que dura em média 30 minutos) ela provavelmente não foi fecundada e o cruzamento não foi completo.

Se ainda assim você tem dúvidas se sua cadela está grávida (por ela ter passeado sozinha na rua estando no cio, por exemplo) o mais aconselhado é observar os sinais que ela apresentará nos próximos dias. Entre os sinais de gravidez nos cachorros estão:

  • A perda de apetite;
  • Aumento dos mamilos, que ficam também mais escuros;
  • Cansaço e desânimo;
  • Busca por lugares quentes e confortáveis;
  • E, é claro, o aumento da barriga.

Se você não conseguiu identificar nenhum destes sinais mais ainda assim desconfia que a cadela esteja prenhe, o aconselhado é visitar o veterinário a partir do 21º dia para que o diagnóstico seja feito por meio de uma ultrassonografia.

Embora seja um dos sinais, o aumento da barriga da cadela não é o central para identificar a gravidez, já que varia muito de acordo com o porte e peso do animal. No entanto, considerando que a gravidez canina dura em média 64 dias, uma previsão para o aparecimento da barriga é por volta do final do primeiro mês.

Quantas vezes o cachorro tem que cruzar para ficar prenha?

Em teoria, um cruzamento deveria ser suficiente para que a cadela fique prenhe, mas interrupções no momento do coito ou mesmo a escolha de um dia inadequado do cio (o período ideal é por volta de 8 ou 9 dias depois do início dele) podem impedir que a fecundação propriamente dita aconteça. Se o cruzamento é planejado pelo tutor e ele deseja que a cadela fique grávida, pode colocar o macho e a fêmea por até três dias seguidos juntos, lembrando-se apenas de não permitir que eles cruzem mais de uma vez no mesmo dia.

Quanto tempo depois de cruzar a cadela fica grávida?

Se a fêmea foi fecundada depois do cruzamento, ela já estará grávida. A confirmação da gravidez, no entanto, só pode ser feita por volta do 21º dia depois do cruzamento, quando um veterinário poderá realizar uma ultrassonografia – ou mesmo uma outra avaliação como a palpação abdominal, que é mais econômica mas menos certeira que o ultrassom.

Quando sai leite da mama da cadela é sinal de gravidez?

O leite na mama da cadela pode ser, sim, um sinal de gravidez. Mas também ocorre em outras situações como na gravidez psicológica e, nestes casos, o sintoma pode se juntar a outros e evoluir para tumores e até endometriose. Por isso, é sempre importante buscar a confirmação de um veterinário de que a cadela de fato está grávida.

Como deve ser a alimentação de uma cadela prenha?

Nas primeiras semanas de gestação, a alimentação da cadela prenha deve seguir da mesma forma que antes, com mesmo intervalo e dosagem.

Por volta da quinta semana, o tutor deve procurar um veterinário para que ele avalie o peso da cadela, quantos filhotes ela está esperando e, a partir disso, determine qual deve ser o aumento nas porções de ração oferecidas a ela ao longo das próximas semanas de gestação.

Além disso, no final da gravidez é importante reforçar a nutrição da cadela, oferecendo rações mais proteicas e vitaminadas como as de filhotes. Neste período ela também terá mais dificuldades de comer grandes porções de uma única vez, já que o espaço para armazenamento no seu corpo será menor. Ofereça a mesma quantidade de alimento no dia, mas em porções menores e menos espaçadas.

Por fim, lembre-se sempre de garantir que a cadela tenha àgua a sua disposição, evitando a desidratação.

Pode dar ovo cozido para cadela prenha?

Não há nenhum impeditivo em oferecer ovo (desde que cozidos, para evitar contaminação) a cachorros, mas caso opte por uma alimentação natural em detrimento da ração, o tutor precisa estar ainda mais atento à elaboração da dieta do animal para evitar a subnutrição – ainda mais quando se trata de cadelas prenhas! Por isso, qualquer mudança do tipo na alimentação do animal deve passar pelo aval do veterinário.

Como cuidar da cadela no pós-parto?

A cadela normalmente tem um instinto maternal muito aflorado no pós-parto e assume, por conta própria, a missão de cuidar dos filhotes, alimentando-os e os mantendo aquecidos.

Então, a função do tutor neste processo será de observar e cuidar para que a mãe continue saudável e tenha tudo que precisa ao seu alcance. Certifique-se de oferecer alimento na frequência correta e deixar água sempre disponível para a cadela.

Ela e os filhotes também precisam estar em um ambiente limpo, aquecido e confortável.

Em regra, não é recomendado que o tutor dê banho na cadela ou nos filhotes nesse primeiro momento, já que o cheiro é central para que eles se reconheçam e criem um vínculo nesse período do pós-parto e amamentação.

Verifique também, com alguma frequência, se a cadela não desenvolveu algum tipo de lesão nos mamilos, que podem ocorrer tanto pelo acúmulo de leite quanto por ferimentos provocados por ressecamento ou pelos dentes dos filhotes (que surgem por volta do primeiro mês). Em caso de ressecamento, é possível proporcionar algum alívio molhando-os com água morna.

Além disso, se observar secreções vaginais de cores escuras nos primeiros dias após o parto, saiba que elas são normais e devem diminuir ao longo das semanas.

Quando os filhotes tiverem por volta dos 45 dias – e se nenhum comportamento anormal for observado antes disso – eles e a mãe podem fazer a primeira visita ao veterinário.

Quais os cuidados que devemos ter com cadelas na gravidez?

Na gravidez, as cadelas costumam passar por mudanças físicas e emocionais e por isso é importante que o tutor esteja atento para garantir seu conforto e saúde.

Como já mencionamos, nessa fase será essencial um olhar mais atento à alimentação: a cadela agora se alimenta por ela e pelos filhotes! No entanto, apesar do aumento das porções de ração ser necessário e recomendado, o tutor não deve de forma alguma forçar o animal a comer quando ele não se sente à vontade para isso.

Além disso, procure oferecer espaços confortáveis onde a cadela possa descansar, sempre forrados e protegidos de correntes de ar.

Por fim, mas não menos importante, não se esqueça de visitar o veterinário com frequência. Só ele consegue determinar com precisão se o animal está passando por uma gestação saudável ou se precisará de alguma intervenção médica ou exames adicionais.

Pode estourar a bolsa da cachorra?

Qualquer intervenção no parto da cadela só deve ser feita por um médico veterinário. Em regra, se o parto estiver acontecendo em boas condições e dentro da normalidade, a bolsa da cachorra se romperá sozinha. Depois que a bolsa estoura, os filhotes devem sair entre 30 e 60 minutos depois. Caso isso não aconteça nesse período, o tutor deve procurar um veterinário com urgência.

Quantos meses dura a gravidez de uma cadela?

A gravidez de uma cadela custuma durar, em média, 63 dias, podendo chegar até a 67.

Quando a cadela está grávida pode dar remédio de verme?

Depende.

Caso esteja pensando em colocar o cachorro para cruzar, alguns veterinários indicam que o vermífugo seja ministrado em três momentos: ainda no cio, de 7 a 10 dias antes dos filhotinhos nascerem e mais uma vez duas semanas depois do parto. Essa indicação, no entanto, varia de caso a caso e a marca e tipo do vermífugo também devem ser observadas – para garantir que não seja um medicamento que atravessa a barreira placentária.

O mais indicado, em todo caso, é consultar um veterinário para que ele dê essa orientação.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*