Como Saber Que A Gopro Esta Carregada?

Quando se fala em câmeras esportivas, não tem para ninguém: a GoPro é soberana.

Por mais que fabricantes de celular criem medidas para torna-las mais resistentes, empresas de acessórios pensem em capas para que elas resistam a condições extremas e outras companhias trabalhem em soluções alternativas, o equipamento da companhia de mesmo nome é praticamente o sinônimo quando se fala em uma utilização de alto impacto.

Estando presente nos capacetes dos motovloggers que rodam pelas ruas do país ou na ponta da prancha de snowboarding de alguns dos principais atletas da modalidade, o equipamento tomou o mundo de assalto por apresentar, basicamente, a solução para um problema. Afinal, como gravar as imagens em condições extremas sem destruir um dispositivo? A aposta deu certo, e as GoPros se tornaram os principais nomes do ramo em todo o mundo.

Toda essa força, entretanto, ainda tem seus pesares, e um dos principais deles é a bateria.

Em modelos mais antigos, elas chegam a durar apenas uma hora e meia quando ligadas nas configurações padronizadas do fabricante, um período, muitas vezes, bem menos que o tempo que o usuário passará praticando suas atividades esportivas.

A autonomia das câmeras é um assunto corriqueiro e, por mais que a fabricante tenha tomado medidas para melhorá-la, ela ainda é uma questão comumente levantada pelos utilizadores.

Algumas medidas simples, entretanto, podem minimizar o problema sem exigir a compra de células extras ou carregadores autônomos – apesar de estas serem boas alternativas se você faz uso constante de sua GoPro. E, aqui, você confere algumas delas, válidas para praticamente todos os modelos, desde os mais antigos até os recentes.

Como Saber Que A Gopro Esta Carregada?

Essa é uma dica que parece bastante óbvia, mas que não é seguida por muita gente devido a questões de praticidade.

Como qualquer equipamento eletrônico, a GoPro leva alguns segundos de inicialização até estar pronta para uso.

E quando falamos de imagens extremas e momentos únicos, essa espera não é exatamente compatível, o que leva muita gente a deixar a câmera em stand by quando não está sendo usada.

Entretanto, isso também gasta bateria – pouca, é verdade, mas existe um consumo aqui. E aqueles segundos ou minutos extras ao final de um dia de atividades podem ser essenciais. Por isso, se puder, mantenha-a desligada quando não estiver usando.

Alguns modelos possuem ainda o modo QuickCapture, que pode ser ativado para agilizar a inicialização. Ele permite que a câmera comece a gravar assim que for ligada, o que faz com que o usuário ganhe tempo. Por exemplo, ele pode pressionar o botão de Power e já começar a acoplá-la no capacete, garantindo que a captura das imagens começará o mais cedo possível.

Como Saber Que A Gopro Esta Carregada?

Outra alternativa que parece óbvia, mas também acaba negligenciada por muita gente, se relaciona à conexão sem fio das câmeras, usada, por exemplo, para pareá-las a um celular para controle remoto.

A utilização de celulares, em que o uso do Wi-Fi é mais econômico do que uma rede móvel, pode ter acostumado as pessoas mal, fazendo-as pensar que esse tipo de conectividade não tem impacto sobre a bateria.

Mas a realidade é outra, e de acordo com a própria fabricante, o desligamento da conexão Wi-Fi pode economizar de dez a 15 minutos de bateria. Ou seja, são momentos adicionais de gravação para serem utilizados, desde que você se submeta a pressionar um botão físico para iniciar a gravação. O transtorno pode valer a pena.

Não ajuda, também, o fato de a conexão sem fio ser ativada por um botão físico no corpo do aparelho, que pode ser apertado sem querer por capas protetoras ou outros acessórios.

Para garantir que o Wi-Fi está desligado, observe uma luz azul ao lado da câmera, ou então, acesse as configurações do dispositivo.

E se puder, desligue o recurso para ganhar alguma autonomia, mesmo que sob uma pequena perda de usabilidade.

Como Saber Que A Gopro Esta Carregada?

Outra dica daquelas que parecem óbvias, mas cuja economia acaba gerando também uma redução na usabilidade dos equipamentos. Atendendo a pedidos dos usuários, em versões posteriores, a GoPro incluiu uma tela LCD nas câmeras, facilitando não apenas o acesso às configurações, mas também permitindo que os utilizadores vejam aquilo que está sendo filmado.

É uma mudança incrível, principalmente para aqueles que já se frustraram com filmagens que gravaram vários nadas fora de foco. Entretanto, o display também é um grande vilão da autonomia, sendo responsável por um consumo adicional de até 30% de energia. Mais uma vez, são momentos preciosos que podem deixar de serem registrados por conta disso.

Uma boa alternativa é ligar a tela apenas quando for utilizá-la, seja para checar o que está sendo gravado ou alterar as configurações.

Na sequência, desligue-a, principalmente durante o uso, já que, ao contrário de câmeras convencionais, você não deve estar olhando para a tela mesmo.

Preste atenção no que está à sua frente, para evitar acidentes, e aumente a autonomia de seu dispositivo enquanto isso.

Como Saber Que A Gopro Esta Carregada?

Os modelos mais recentes de câmeras da GoPro são capazes de gravar em uma resolução de até 4K, com taxa de 60 quadros por segundo. Um aspecto que muita gente nem mesmo é capaz de visualizar por não possuir um televisor adequado.

E se a ideia das gravações é colocar as imagens no YouTube, o buraco é ainda mais embaixo, devido a toda a compressão envolvida e ao fato de que muita gente nem mesmo terá acesso a tamanha qualidade devido a questões de largura de banda.

Por isso, configure a gravação de seu vídeo de acordo com a utilização que deseja fazer, e leve em conta o seguinte: quanto menos pixels sua câmera precisar gravar, mais tempo a bateria dela vai durar. De nada adianta ter alguns minutos de imagens em uma super resolução, se no final das contas, algum conteúdo ficar faltando.

Leia também:  Como Saber Qual O Nosso Tarifario Vodafone?

Uma resolução de 720p, por exemplo, é mais do que suficiente para vídeos que serão publicados no YouTube. Ela também permite que você ative o modo de 60 quadros por segundo, gerando imagens mais fluidas e dinâmicas.

Quer mais qualidade? Aumente a proporção para 1080p, mas considere gravar em 30fps para compensar esse ganho.

Caso vá utilizar os vídeos profissionalmente, entretanto, eleve tudo ao máximo, e compre algumas baterias adicionais.

Atualize o sistema operacional

Como Saber Que A Gopro Esta Carregada?

A GoPro está consciente do consumo que exige de suas baterias e constantemente trabalha para garantir a maior autonomia possível em seus produtos. Atualizações de firmware são o caminho utilizado não apenas pela fabricante, mas por qualquer outra empresa de tecnologia, para manter em bom funcionamento os aparelhos que estão nas mãos dos clientes. Por isso, realizar o update é preciso.

Bugs de software também são capazes de gastar bateria, enquanto alterações nas interfaces ou até mesmo no próprio comportamento do dispositivo durante as gravações podem ter reflexos nesse quesito. E todas essas são mudanças que podem vir por meio de atualizações de sistema.

Caso esteja usando um modelo mais recente, basta conectar o dispositivo ao Wi-Fi e usar o aplicativo da GoPro para buscar updates. Nas versões mais antigas, isso é feito por meio do download do firmware a um cartão de memória, que deve ser executado na câmera. Em ambos os casos, são ações necessárias para que tudo funcione bem e o usuário possa extrair o melhor de seus aparelhos.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.

Como carregar a GoPro (da maneira correta) – Tecnoblog

Se você caiu neste link é porque as coisas não deve estar funcionando muito bem por aí. Carregar a GoPro parece óbvio: basta conectar em uma fonte de energia. Porém, alguns probleminhas de percurso podem acontecer e vamos tentar ajudá-lo com eles.

Reunimos algumas orientações da própria GoPro que se aplicam a todos os modelos: HERO7 Black, HERO7 Silver, HERO7 White, HERO6 Black, Fusion, HERO5 Black, HERO5 Session, HERO4, HERO Session + HERO4 Session, HERO+ LCD, HERO+, HERO (2018), HERO (2014), HERO3+, HERO3, HD HERO2 e HD HERO Original.

Como Saber Que A Gopro Esta Carregada?

Como carregar completamente a bateria da sua GoPro

Algumas orientações ajudam a acelerar o carregamento da bateria da GoPro e garantem que as coisas vão funcionar como deveriam. Observe as dicas abaixo.

  • Desligue a câmera e as conexões Wi-Fi, GPS e Comando de Voz (se aplicável).
  • Desconecte qualquer acessório da câmera por USB (BacPac de bateria ou LCD).
  • Use um carregador de parede USB com saída de 5 V e 1 A (é recomendável usar 5 V, 2 A para HERO7 Black, Silver e White, HERO6 Black, Fusion, HERO5 Black e HERO5 Session). Carregadores originais podem ser comprados na loja da GoPro.
  • Como alternativa, você pode usar um cabo USB no próprio computador.
  • Não é recomendado, porém, o uso de portas de um dispositivo periférico como um hub USB, um monitor independente ou conectá-lo em outros eletroeletrônicos.
  • As câmeras demoram mais tempo para carregar na porta USB do computador.
  • Em desktops, tente usar uma porta na parte traseira do computador (torre).
  • Em notebooks: conecte seu laptop na tomada para garantir carga suficiente.
  • LEDs vermelhos da câmera devem acender para indicar carregamento.
  • Deixe a câmera desligada e carregando até o LED frontal apagar. Depois que esse LED vermelho frontal desligar sozinho, a bateria estará completamente carregada.
  • O carregamento pode demorar até quatro horas se o computador estiver em uso e até duas horas se um carregador de parede USB for usado (mais tempo no Fusion).
  • Mesmo que sua câmera esteja conectada à uma fonte, a bateria não vai carregar durante uma gravação. Apenas quando você parar de gravar. Também não é possível gravar enquanto a câmera está sendo carregada pelo seu computador.
  • Se a tela de LCD frontal estiver ligada enquanto estiver conectada à fonte de energia, a câmera não fará o carregamento da maneira mais eficiente. É recomendável desconectar a câmera, desligá-la e depois reconectar novamente.

E se o LED vermelho não acender?

Para cada modelo, há uma orientação. Porém, em resumo, você pode tentar as opções.

Como Saber Que A Gopro Esta Carregada?

  1. Trocar cabos USB e de alimentação;
  2. Tentar iniciar ou reiniciar a câmera e buscar por alertas;
  3. Tirar o cartão micro SD de dentro da câmera e formatá-lo;
  4. Reinstalar a bateria e checar se há umidade, por exemplo;
  5. Se a câmera ligar com uma bateria diferente, é provável que a sua bateria testado primeiro esteja com pouca carga ou talvez tenha chegado ao fim de sua vida útil;

Vídeos com GoPro: vantagens e desvantagens dessa câmera

Como Saber Que A Gopro Esta Carregada?

  • As câmeras de ação, ou action cameras, viraram uma febre há alguns anos, principalmente quando a GoPro foi lançada.
  • A ideia de ter uma câmera de grande qualidade e com vários recursos para filmar cenas com muitos movimentos, como esportes de ação, rapidamente conquistou o mundo.
  • Além da portabilidade, esse tipo de equipamento ainda apresenta grandes vantagens, como o baixo peso e a conexão com o celular, facilitando ainda mais o compartilhamento nas redes sociais.
  • Quer saber mais sobre a produção de vídeos com GoPro e como você pode fazer imagens melhores com esse tipo de câmera?

O impacto da GoPro na produção de vídeos

Como Saber Que A Gopro Esta Carregada?

Fonte: techtudo.com.br

  1. A GoPro é uma câmera pequena, com 62,3 mm de largura, 44,9 mm de altura e 33 mm de espessura (no modelo Hero 7).
  2. Além do tamanho compacto, pesa apenas incríveis 116 gramas, o que faz com que possa ser instalada e carregada em, praticamente, qualquer lugar.
  3. Extremamente resistente, inclusive sendo à prova d’água, a GoPro pode ser inserida em qualquer ambiente, garantindo assim ângulos que seriam impossíveis com uma câmera DSLR tradicional ou que, no mínimo, exigiria um investimento pesado em equipamentos adicionais.
  4. Essas características garantem à GoPro um uso diferenciado e único para viagens, trabalhos e produções audiovisuais.
  5. Com sistemas de estabilização cada vez mais modernos, a GoPro, a partir do modelo Hero 7, dispensa até mesmo o uso de um gimbal (aquele suporte geralmente utilizado nas câmeras para estabilizá-las), por exemplo.
Leia também:  Como Provar Que Ama Alguem Virtualmente?

Dessa forma, a produção de vídeos pode ser incrementada de maneira significativa quando usamos uma GoPro. Afinal, ângulos diferenciados, criação de timelapses ou hyperlapses, vídeos debaixo d’água e várias outras possibilidades fazem com que os conteúdos se tornam muito mais interessantes e enriquecidos.

Vantagens de fazer vídeos com GoPro

Assim como qualquer outro equipamento eletrônico, a GoPro apresenta vantagens e desvantagens.

A seguir, você pode conferir os principais pontos positivos e negativos dessa poderosa câmera para a produção de vídeos.

Qualidade da imagem

A captura de vídeos em Full HD com a GoPro já é possível desde os modelos mais antigos.

Já os últimos lançamentos permitem a gravação de vídeos em 4K, uma resolução tão alta que ainda poucos televisores, por exemplo, reproduzem.

Além disso, é possível gravar vídeos com GoPro em uma taxa de frames de até 240 fps. Isso significa que, com ela, você fará as imagens em câmera lenta mais atraentes que você já viu! Já pensou nas possibilidades de utilizar esse recurso?

Armazenamento

  • Para uma câmera de menos de 200 gramas, a capacidade de armazenamento poderia ser um problema, certo?
  • Mas a GoPro suporta cartões de altíssimo poder de memória, permitindo o uso de um miniSD de até 64 GB de espaço.
  • É claro que, se você for passar um dia inteiro fazendo vídeos com alta qualidade de imagem é recomendável ter ao menos um cartão de reserva.

Adaptabilidade

  1. Pelo seu tamanho e a quantidade de acessórios que existem no mercado para a GoPro, as possibilidades de utilização de ângulos são enormes.
  2. É possível usar um “pau de selfie”, um suporte para cabeça, suporte para peito, flutuador e diversos outros gadgets.

  3. Os últimos modelos, com grande poder de estabilização de imagem, permitem a gravação de vídeos de altíssima qualidade até mesmo quando a GoPro está sendo segurada diretamente pelas mãos.

  4. Isso faz com que até os vídeos gravados de maneira mais simples apresentem um ótimo resultado.

Resistência

Comparativamente com qualquer outra câmera existente no mercado, a GoPro é feita de um material extremamente resistente, tanto para altas velocidades quanto para condições extremas de vento, frio, calor, altitude e, principalmente, impacto.

Desvantagens de fazer vídeos com GoPro

Bateria

  • As possibilidades de uso da GoPro estão diretamente ligadas com a sua disponibilidade de bateria.
  • Com uma capacidade de, em média, 2 horas de uso contínuo, é preciso planejar com muito cuidado o que será gravado na câmera.
  • Apesar dessa limitação, existem algumas maneiras de contornar o problema, como a aquisição de baterias de reserva ou, então, o uso de uma bateria externa diretamente conectada na GoPro, sendo essa uma ótima alternativa para a gravação de vídeos de timelapse, por exemplo.

Pouca iluminação

Os últimos modelos da GoPro apresentam uma boa qualidade para fotos noturnas. Mas a gravação de vídeos continua um problema quando a iluminação não é suficiente.

Como uma câmera de ação, o ideal é utilizar a GoPro durante o dia.

3 dicas para usar a GoPro em vídeos

O equipamento, em si, não será tão significativo na sua produção de vídeos se você não souber exatamente como utilizá-lo. Por isso, é fundamental saber o que fazer na hora de gravar com GoPro.

Pensando nisso, separamos 3 dicas essenciais para você melhorar os seus vídeos.

1. Prefira ambientes externos

Como mencionamos, a GoPro apresenta algumas dificuldades em condições de pouca iluminação. Por isso, o ideal é sempre utilizá-la em ambientes externos e, obviamente, durante o dia.

Dessa forma, você conseguirá captar imagens mais ricas em cores e com uma luz mais bonita, além do arquivo final apresentar uma qualidade de imagem muito superior se comparado às gravações noturnas.

2. Use a criatividade

A principal característica da GoPro é a sua portabilidade. Por isso, procure pensar o mais fora da caixa possível e grave seus vídeos de maneira inusitada, explorando ângulos diferentes e pouco usuais.

Se você for, por exemplo, filmar uma simples receita de bolo, que tal colocar a sua GoPro dentro do recipiente onde jogará os ingredientes?

Depois de conseguir essa cena diferenciada, é só lavar a sua câmera e partir para a próxima!

3. Explore o movimento

A GoPro é uma câmera de ação. Ou seja, captar imagens em movimento é um dos principais objetivos dela. Assim, nada melhor do que utilizá-la em cenas que apresentem muito movimento.

Além dessa possibilidade natural trazida pela câmera, não se esqueça de explorar os recursos de câmera lenta ao gravar vídeos com GoPro. O resultado final é sempre diferenciado e chamará muita atenção!

Comece a gravar seus vídeos com GoPro

Câmeras de ação como a GoPro abriram um novo mundo de possibilidades para a produção de vídeos. Elas permitem a exploração de ângulos antes impossíveis e apresentam uma portabilidade de fazer inveja em qualquer DSLR.

Leia também:  Como Afastar Pessoas Que Nos Fazem Mal?

Por isso, ao produzir conteúdo, é muito vantajoso poder contar com esse tipo de equipamento. Os vídeos com GoPro fazem toda a diferença no resultado final e enriquecem qualquer tipo de trabalho.

Depois de tudo gravado, chegou a hora da pós-produção. Tem dúvidas sobre o que fazer?

Confira nossas dicas para você editar seus vídeos e deixá-los ainda mais profissionais.

El momento de la verdad para el "multimillonario loco" de GoPro – BBC News Mundo

Como Saber Que A Gopro Esta Carregada?

Fuente de la imagen, Getty Images

Pie de foto,

Nick Woodman fue en su momento el ejecutivo mejor pagado de EE.UU.

La historia de GoPro comenzó cuando Nick Woodman se inventó una cámara, la ató a su mano con una banda de goma y se fue a surfear.

Eso fue en 2002. En los siguientes diez años, esa idea lo convirtió en un multimillonario, y hasta hace sólo hace un par de años, el ejecutivo mejor pagado en Estados Unidos.

En un evento celebrado esta semana en el impresionante complejo turístico de Squaw Valley, en California, Woodman salió al escenario cargando, literalmente, con el peso de las expectativas sobre sus hombros.

En su mochila llevaba el Karma, el primer dron de GoPro, un dispositivo esperado con gran entusiasmo.

Los malos resultados de la compañía en los últimos meses han puesto a Woodman entre la espada y la pared.

  • La vertiginosa caída de GoPro

Cuando dio a conocer el dron a su audiencia -una mezcla de empleados de GoPro, atletas y periodistas- los gritos de la multitud hacían que el ambiente en la presentación del último lanzamiento de Apple pareciera discreto y callado.

Fuente de la imagen, Getty Images

Pie de foto,

GoPro invitó a docenas de reporteros al lanzamiento.

En el evento Woodman también dio a conocer la primera actualización significativa de la GoPro en dos años.

Los productos estrella, la cámara Hero5 Black y su hermana más sencilla, la Hero 5 Session, vienen ambas con activación por voz, lo que significa que un grito de “GoPro, empieza a grabar” tiene el efecto esperado.

La introducción de un sistema de estabilización electrónica de imagen ayuda a reducir las imágenes temblorosas grabadas durante paseos en bicicleta. El sonido es también mejor ahora.

El dispositivo volador Karma cuesta US$799 sin cámara. Si se decide incluir la cámara Hero5 Black, costará US$1.099. O se puede conseguir con la Hero5 Session por $999. En otras palabras, cuesta bastante dinero.

Fuente de la imagen, Getty Images

Pie de foto,

La cámara responde a comandos de voz en siete idiomas.

Pero el punto clave de venta -y uno que recibió aquí más aplausos que el mismo dron- era el “gimbal” extraíble del avión no tripulado.

El “gimbal”, en caso de que no seas un experto “nerd” de la fotografía, es un dispositivo que se utiliza para estabilizar una cámara, añadiendo un contrapeso. Lo que significa que aunque salgas corriendo con la cámara -o la fijes a un avión no tripulado- ésta no va a temblar.

Había emoción en el ambiente. Muchos estaban nerviosos. Pues a diferencia de los primeros 13 años de la empresa, en la que el dinero continuó llegando a manos llenas, para GoPro 2016ha sido un mal año.

No ha registrado beneficios y los ingresos cayeron en cerca de 50% en algunos trimestres en comparación con 2015.

¿Está Woodman sintiendo la presión?

Fuente de la imagen, Getty Images

Pie de foto,

GoPro está registrando pérdidas.

“Pero no por el precio de las acciones. Somos transparentes. Sinceros con nuestros clientes y nuestros inversores acerca de lo que es nuestra visión”.

El precio de la acción de GoPro se ha reducido un 80% en comparación con su punto máximo en 2014. Subió brevemente al anunciarse el nuevo producto, pero cayó de nuevo cuando se dieron a conocer los precios.

Woodman ha prometido a los inversionistas un retorno a la rentabilidad antes del final de 2016.

Le preguntamos si esto todavía era posible. “Sí”, fue la escueta respuesta.

“Estos productos son los mejores que hemos hecho”, añadió.

Su lógica es que las cámaras Hero4, lanzadas hace dos años, se siguen vendiendo bastante bien.

El ejecutivo cree que una campaña ambiciosa en los medios con el lanzamiento de un nuevo producto harán que las ventas de GoPro se disparen en la temporada navideña.

El entusiasmo de Woodman es contagioso. Demuestra ahora tanto por GoPro como en en esa playa en 2002.

Pero sabe que GoPro tiene una Navidad difícil por delante, al tiempo que lucha en un mercado que ellos crearon pero que desde entonces tiene mucha más competencia.

Los puristas y los atletas de élite del mundo aman a GoPro, aunque a veces sea más caro.

GoPro ha vendido un estilo de vida para el tipo de personas que se arrojan voluntariamente a situaciones de peligro.

El problema es que ese grupo por sí solo no es suficiente para garantizarle a GoPro el éxito que necesita.

La verdadera tarea es convencer a los padres del mundo que no usen su teléfono y en lugar de eso, paguen por una cámara.

Y eso es un reto cada vez más difícil.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*