Como Saber Quanto Ganham Os Youtubers?

Como Saber Quanto Ganham Os Youtubers?

Muitas pessoas falam sobre o desejo de quererem se tornar youtubers, uma profissão sonhada principalmente pelos jovens, que crescem vendo a evolução desses influenciadores digitais. Afinal, o glamour que envolve toda a rotina de pessoas como Whindersson Nunes e Kéfera Buchmann chama muito a atenção de quem sonha em ser famoso.

  • Porém, algo que não é muito divulgado e que a maioria das pessoas desconhece é sobre quanto ganha um youtuber.
  • Você já parou para pensar que, apesar de todos os benefícios mostrados pelos youtubers, é possível que viver apenas de criação de conteúdo em formato de vídeos no YouTube possa não ser algo tão rentável como você imagina?
  • No post de hoje, vamos te ajudar a entender melhor quanto ganha um youtuber para que você consiga decidir se ainda vale a pena trabalhar apenas nessa rede.

O que é ser um youtuber atualmente?

Antes de entender quanto ganha um youtuber, é importante que você saiba com clareza o que significa ser um youtuber.

Muitas pessoas acreditam que apenas quem tem um canal de sucesso no YouTube pode ser chamado de youtuber. Mas independentemente de quantos seguidores você tem em seu canal, se você produz conteúdo em formato de vídeo nessa rede, você já é considerado um youtuber.

Não importa se você criou um canal para divulgar sua marca, para falar de assuntos cotidianos ou distribuir material educacional. Só o fato de você publicar seus vídeos no YouTube já fazem de você um youtuber.

O que te separa de pessoas como Felipe Neto e canais como o Porta dos Fundos é a quantidade de seguidores e engajamento destes com esses canais, o que faz com que eles sejam mais conhecidos do que você.

Como Saber Quanto Ganham Os Youtubers?

Como Saber Quanto Ganham Os Youtubers?

[Perceba a grande quantidade de subscribers (seguidores) desses dois canais – Fonte: Social Blade – site especializado no ganho dos youtubers]

Quanto ganha um youtuber?

Agora que você já entendeu que todos que têm um canal no YouTube e publicam vídeos nessa rede são youtubers, resta saber quanto eles ganham, afinal, essa é uma dúvida muito comum para quem está começando e quer faturar com essa rede.

Há muitos boatos de valores exorbitantes recebidos por youtubers famosos. E esses rumores tornam-se ainda mais reais quando percebemos mudanças no modo de vida de algumas pessoas conhecidas no YouTube que, várias vezes, viajam mais, fazem aparições públicas, vestem-se com roupas de marcas famosas, etc.

  1. O site Social Blade, especialista em informar quanto ganha um youtuber de qualquer lugar do mundo, mostra especulações realmente altas de valores recebidos por esses produtores de conteúdo em formato de vídeos. Veja alguns exemplos:
  2. Como Saber Quanto Ganham Os Youtubers?
  3. Como Saber Quanto Ganham Os Youtubers?
  4. É claro que é possível ganhar dinheiro com vídeos no YouTube, mas a verdade é que essa rede não paga tão bem como imaginamos e ela exige muito trabalho por parte de seus produtores de conteúdo.
  5. Vamos te dar alguns números, para que você possa entender melhor:

Há uma estimativa do YouTube de que, a cada 1.000 (mil) visualizações em um vídeo, o youtuber responsável por aquele conteúdo recebe aproximadamente 1,65 dólares no Brasil. Para youtubers americanos, o valor estimado é 4,50 dólares.

Mas como você pode perceber, essas quantias são apenas estimativas. Isso porque o algoritmo do YouTube que define quanto ganha um youtuber muda constantemente.

Sem contar que não é porque 1.000 pessoas assistem seu vídeo que você receberá necessariamente 1,65 dólares. Pode ser que você receba menos do que isso, já que é a plataforma que define o valor que você ganhará.

E como isso é definido?

Um view, que é a definição de quem assistiu seu vídeo, só é contado quando um usuário do YouTube clica em algum anúncio disponibilizado em seu vídeo ou assiste a pelo menos 30 segundos de um anúncio em vídeo (aqueles que aparecem antes de seu conteúdo propriamente dito).

Sendo assim, mesmo que você tenha mais de 3 milhões de inscritos em seu canal, pode ser que o valor que você fatura no YouTube mensalmente não passe de 5.000 dólares.

É claro que se você pensar nessa quantia de dinheiro, ela é realmente alta, principalmente para os atuais padrões econômicos brasileiros. Mas não pense que para chegar a isso basta apenas gravar vídeos de qualquer modo e com qualquer tema.

Tudo precisa de muita pesquisa e dedicação, e acreditar que você ganhará como um youtuber famoso da noite para o dia é mais um mito da internet.

(Para saber mais sobre mitos do mercado digital, acesse nosso post e descubra porquê você não deve acreditar em tudo que lê na internet.)

Os 40 canais que mais ganham dinheiro no YouTube

Não é de hoje que o YouTube é um sucesso na internet. Milhões de vídeos são publicados todos os meses no site e muitos canais conseguem transformá-los em verdadeiras minas de dinheiro.

Isso porque o conteúdo criado é destinado para milhares, ou até mesmo milhões de assinantes de um determinado canal.

O site Celebrity Networth realizou uma pesquisa para descobrir quanto faturam os 40 maiores canais do YouTube.

O estudo analisou, porém, apenas canais com vídeos internacionais publicados em inglês. Dessa forma, alguns canais famosos e relevantes do Brasil ficaram de fora da lista, o que inclui o canal Porta dos Fundos, que possui ganhos estimados em R$ 2 milhões por ano.

Mesmo sendo internacionais, muitos desses canais são bem conhecidos do público brasileiro. O RealAnnoyingOrange, por exemplo, já ganhou muita repercussão na internet por conta de criações como a “Laranja Irritante” e o famoso “Hey! Hey, Apple! Hey! Apple! Apple, Hey! Heeeey, Apple!”, uma das frases que fizeram parte de um dos primeiros vídeos do canal.

Como Saber Quanto Ganham Os Youtubers?

Entre os mais conhecidos está o canal da banda norte-americana Boyce Avenue, que já conseguiu cerca de 5,9 milhões de inscritos. Ele ficou popularmente conhecido após as gravações de covers de diversos sucessos mundiais. Atualmente, a banda também publica suas próprias músicas e clipes no canal.

Como Saber Quanto Ganham Os Youtubers?

Todos com certeza possuem a “mágica” do bom conteúdo para atrair o máximo de internautas e inscritos possíveis para os seus canais. Mas nada se compara ao sucesso do PewDiePie.

Trata-se simplesmente do canal com maior número de fãs no YouTube, com admiráveis 29 milhões de inscritos. Essa quantidade de pessoas que visualizam suas criações no YouTube gera anualmente cerca de US$ 7 milhões.

Para isso, são necessários por volta de 3,7 bilhões de visualizações.

Como Saber Quanto Ganham Os Youtubers?

Logo abaixo você pode ver a lista completa dos 40 canais internacionais (de conteúdo em inglês) que mais arrecadam dinheiro do YouTube, de acordo com os cálculos feitos pela Celebrity Networth. Entre parênteses é possível conferir também a quantidade de visualizações que os vídeos do canal receberam no mesmo período.

  • Pewdiepie: US$ 7 milhões (3,7 bilhões)
  • BlueXephos: US$6,7 milhões (2,4 bilhões)
  • Smosh: US$ 5,7 milhões (3.1 bilhões)
  • DisneyCollectorBR: US$5 milhões (1,6 bilhão)
  • BluCollection: US$ 4,8 milhões (1,4 bilhão)
  • JennaMarbles: US$ 4,3 milhões (1,4 bilhão)
  • TobyGames: US$ 4,2 milhões (1,6 bilhão)
  • RayWilliamJohnson: US$ 4 milhões (2,6 bilhões)
  • UberHaxorNova: US$ 3,5 milhões (1,1 bilhão)
  • RealAnnoyingOrange: US$ 3,4 milhões (1,9 bilhão)
  • CollegeHumor: US$ 3,3 milhões (2,3 bilhões)
  • CaptainSparklez: US$ 3,2 milhões (1,3 bilhão)
  • ERB: US$ 2,4 milhões (893 milhões)
  • Nigahiga: US$ 2,3 milhões (1.7 bilhão)
  • BoyceAvenue: US$ 2,3 milhões (1,2 bilhão)
  • SkyDoesMinecraft: US$2,3 milhões (1,7 bilhões)
  • AdamThomasMoran: US$ 2,2 milhões (614 milhões)
  • TheFineBros: US$ 2,2 milhões (1,4 bilhões)
  • Tobuscus: US$ 2 milhões (940 milhões)
  • TheWillyRex: US$ 2 milhões (1 bilhão)
  • HolaSoyGerman: US$ 2 milhões (1,1 bilhão)
  • TheBajanCanadian: US$ 2 milhões (574 milhões)
  • SpeedyW03: US$ 2 milhões (731 milhões)
  • FreddieW: US$ 1,8 milhão (980 milhões)
  • Sxephil: $1.7 milhão (1,2 bilhão)
  • TheLonelyIsland: US$ 1,7 milhão(1,4 bilhão)
  • WhiteBoy7thst: US$ 1,7 milhão (590 milhões)
  • Vegetta777: US$ 1,6 milhão (586 milhões)
  • Potemi926: US$ 1,6 milhão (422 milhões)
  • TheDiamondMinecart: US$ 1,4 milhão (400 milhões)
  • MichellePhan: US$ 1,3 milhão (890 milhões)
  • FPSRussia: US$ 1,3 milhão (600 milhões)
  • EpicMealTime: US$ 1,3 milhão (668 milhões)
  • PrankvsPrank: US$ 1,3 milhão (638 milhões)
  • Vsauce: US$ 1,2 milhão (577 milhões)
  • ElRubiusOMG: US$ 1,1 milhão (610 milhões)
  • TheRadBrad: US$ 1 milhão (774 milhões)
  • Shane Dawson: US$ 1 milhão (1 bilhão)
  • SHAYTARDS: US$ 1 milhão (809 milhões)
  • TimothyDeLaGhetto: US$ 1 milhão (553 milhões)
  • Fonte: Celebrity Networth

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.

Quanto os YouTubers Estão Ganhando em 2020?

Tópicos  

youtube  mídia social  

Hoje em dia nem é preciso dizer que ganhar dinheiro no YouTube é possível. Com o resultado de um trabalho consistente e de qualidade, qualquer pessoa pode ter sucesso no YouTube. A questão que fica é: quanto os YouTubers ganham? Ou, quanto é possível lucrar com a criação de vídeo?

Não há uma resposta exata para isso, pois depende de muitos fatores como a quantidade de visualizações e inscritos, o fluxo nos streams, a arrecadação com anúncios, os programas de afiliados, vendas de mercadorias e acordos de patrocínio.

Como Saber Quanto Ganham Os Youtubers?

Basicamente, quanto dinheiro você vai ganhar no YouTube depende do seu próprio canal, da sua localização e de quanto tempo você vai poder investir nele.

Em média, a monetização do YouTube para 1000 visualizações (também conhecido como CPM – Custo Por Milha) varia de 0,5 a 6 dólares americanos com base na localização dos espectadores e do público-alvo.

Leia também:  Quem Tem Uma Irma Como Eu Tem Tudo?

Os números variam muito, mas a maioria dos canais recebe 0,5 dólares por mil visualizações de vídeo.

Conseguir inscritos e espectadores ativos o suficiente para ganhar dinheiro e conseguir se sustentar somente com o YouTube não é uma tarefa fácil. Se você quiser saber mais sobre quanto os YouTubers ganham, como pode engajar mais pessoas em seu canal e passar a ganhar dinheiro com o YouTube, continue lendo porque este artigo é sobre isso.

Ganhar dinheiro online é uma maneira conveniente que milhões de pessoas se sustentam, ao monetizar suas habilidades, recursos e talentos.

Fundado há cerca de 15 anos e com mais de 1 bilhão de horas de vídeo assistidas todos os dias, o YouTube é o lugar perfeito para iniciar um canal de vídeo e tentar monetizá-lo.

via GIPHY

No YouTube, você ganha dinheiro com base no número de visualizações. Porém, uma coisa a ser observada é que você não é pago pelas visualizações do vídeo, mas sim por quantas visualizações os anúncios obtêm.

A taxa média do CPM é a mesma para 1000 visualizações de anúncios. Portanto, para maximizar seus ganhos, você precisa construir um público fiel para ter um engajamento maior e deve ser consistente em enviar vídeos.

Você pode começar um canal no YouTube a qualquer momento mas, para ter sucesso, é essencial ter um plano desde o início e prestar atenção na qualidade do seu conteúdo logo nos primeiros passos.

YouTubers bem-sucedidos geralmente começam seus vídeos com uma introdução, que acaba se tornando uma marca registrada.

Existem muitos criadores de introdução para o YouTube online que podem te ajudar a criar uma intro de alta qualidade, dando aos seus vídeos uma aparência profissional.

Confira nosso artigo sobre como criar uma ótima introdução em alguns minutos, mesmo sem ter um conhecimento técnico anterior.

Para uma introdução de sucesso, você também precisa ter um logotipo que destaque seu canal. Isso pode ser conseguido com a mesma facilidade, com a ajuda das ferramentas de criação de logotipos disponíveis online.

Social Blade, o site que revela quanto ganham os youtubers

Quanto ganham os mais famosos youtubers do país? Está aí um dos maiores mistérios da internet, já que o algoritmo do YouTube que calcula qual quinhão da publicidade será repassada aos donos de seus canais é secreto e os ganhos podem variar bastante mês a mês. Mas o Social Blade, site americano criado em 2008 que se tornou referência em análise de dados, tem conseguido colocar luz nas especulações.

As estimativas divulgadas são um tanto elásticas. O piauiense Whindersson, por exemplo, receberiam só pelos acessos do YouTube (ou seja, sem contar o número muito maior que ganham com livros, eventos, publicidade e outros trabalhos) de 55.000 a 880.000 reais e a paranaense Kéfera Buchmann entre 12.300 e 200.000 a cada mês.

Mas uma série de youtubers bem sucedidos ouvidos pela reportagem diz que não é difícil decifrar o valor real: em geral, ele está mais próximo do mínimo estimado. O site é referência entre os grandes nomes da área, que costumam consultar as métricas dos colegas, em geral no aplicativo Social Blade, que pode ser baixado gratuitamente.

Oficialmente, nenhum confirma o quanto ganha.

………………………

(Atualizado em 29/9/2016. Procurados, os canais não revelaram seus rendimentos mensais.)

………………………

Como funciona

Fundado em 2005, o YouTube revolucionou o mercado publicitário da internet. São os comerciais (muitas vezes inconvenientes) exibidos no site que mantêm os canais do site e seus donos.

Para ser parceiro do site de vídeos e faturar, os canais devem cumprir uma série de requisitos e, claro, produzir material de qualidade e em grande quantidade. Resumindo: para ganhar dinheiro como youtuber, é preciso acumular uma legião de inscritos e milhões de visualizações.

No Brasil, o desenho animado Galinha Pintadinha tem o canal com mais visualizações mensais (ultrapassa 4 milhões) e, segundo o SB, faturaria entre 158.000 a 2,5 milhões de reais mensais.

Qualquer pessoa pode se tornar parceiro do YouTube, mas há normas. Existem diferentes tipos de anúncio no site – o mais comum é aquele “pulável”, que passa antes, durante ou depois dos vídeos.

Há ainda anúncios “não ignoráveis” e outros “clicáveis” (fora da tela de vídeo).

O importante para os anunciantes e, por consequência, para os canais, é que os usuários do YouTube assistam ou cliquem nos comerciais, o que, naturalmente, aumentará os lucros de todos os envolvidos.

+ Kéfera Buchmann e a cobiçada profissão youtuber

Quanto o YouTube paga por mil, 100 mil e 1 milhão de visualizações?

Se você está pensando em se tornar um youtuber para ganhar uma grana extra ou até mesmo atuar profissionalmente, deve estar se perguntando quanto o YouTube paga de acordo com a quantidade de visualizações de seu conteúdo. Trazendo essa resposta, o Business Insider entrevistou várias personalidades do ramo, que contaram seus segredos.

Antes de qualquer coisa, é bom saber que, para monetizar seu canal, são necessários ao menos mil inscritos e 4 mil horas assistidas no último ano. Só então é possível aderir ao YouTube's Partner Program, que permite receber por anúncios, inscrições e financiamento coletivo (criando seu próprio clube).

(Fonte: Pixabay)Fonte:  Pixabay 

A partir disso, você pode solicitar uma avaliação para a inserção de diversos tipos de materiais publicitários, ficando a cargo da empresa liberá-los ou não. Por fim, o cálculo é baseado na taxa de CPM (custo por mil impressões), que varia dependendo de fatores que vão desde tipo de conteúdo até audiência.

E aí, preparado para começar sua jornada? Veja a variação de rendimentos, ligue sua câmera e divulgue seu canal! Os números foram informados por vários entrevistados, sendo que também não são fixos para cada um deles.

(Fonte: Pixabay)Fonte:  Pixabay 

Mil visualizações: de US$ 2 a US$ 34

Os canais analisados pela Business Insider variam de 16 mil e 1,4 milhão de inscritos, o que não determina o maior ou menor valor. Abordando diversos assuntos, 14 criadores de conteúdo responderam a entrevista.

100 mil visualizações: de US$ 500 a US$ 2,5 mil

Os criadores ressaltaram que tudo depende do conteúdo veiculado. No caso deles, a publicidade vem, principalmente, de bancos e afins, dado o público-alvo. Número de visualizações é só um dos fatores, ainda que seja realmente importante.

1 milhão de visualizações: de US$ 2 mil a US$ 4 mil dólares

Aí é estratégia pura. Um tutorial simples de uma empresa conhecida que traga muita atenção pode receber um valor bem alto, já que atrai o público. Uma grande produção pode render menos. Quatro criadores informaram esses dados.

(Fonte: Pixabay)Fonte:  Pixabay 

Estratégia é tudo

Como você percebeu, lucrar com o YouTube depende diretamente do quanto você oferece de conteúdo, do quanto ele atrai de público e do quanto as empresas responsáveis pela geração de publicidade querem investir na sua abordagem. Agora, é só fazer sua estratégia e se dedicar.

Quanto ganha um youtuber? Saiba mais! | André Bona

Com mais de 1 bilhão de usuários em todo o mundo, o YouTube é a principal plataforma de vídeos em todo o mundo. Esse fato abre oportunidades profissionais e, consequentemente, muitas pessoas querem saber quanto ganha um youtuber.

Diversos motivos podem levar uma pessoa a ter o seu próprio canal no aplicativo, como ser famoso, ganhar dinheiro ou a necessidade de ensinar ou esclarecer algo, independentemente do assunto.

No entanto, não são apenas pessoas físicas que começam a produzir seus próprios vídeos.

Algumas empresas também usam a plataforma para divulgar seus produtos e/ou serviços e manter um contato direto com seus clientes.

Os youtubers mais famosos monetizam bastante os seus vídeos e servem de inspiração aos mais novatos, que desejam ter uma trajetória de sucesso. Em um passado não muito distante, ser youtuber era sinônimo de dedicar algum tempo livre a essa atividade. Hoje, no entanto, a ideia é bem diferente.

A seguir, entenda melhor o conceito de youtuber.

Mas afinal, o que são youtubers?

Todos que possuem um canal no YouTube podem ser consideradas youtubers. Não importa o assunto em foco, são pessoas que usam a plataforma para compartilhar ideias, dicas e conhecimento. Algumas dessas pessoas conseguem ter milhares ou até milhões de inscritos e influenciam o comportamento e as ideias de todos eles.

O Brasil é o país com os youtubers mais bem-sucedidos em comparação a todos os países que falam português. A ocupação entrou no imaginário popular de uma forma que passou a ser uma alternativa para a clássica pergunta que se faz a crianças: “o que você vai ser quando crescer?”.

No próximo tópico, saiba quanto ganha um youtuber e conheça as referências do segmento no Brasil.

Quanto um youtuber ganha?

Para ganhar dinheiro como um youtuber, é necessário monetizar os vídeos. Para isso, deve-se configurar o canal, clicando na aba “monetização” e então em “ativar minha conta”. Caso não haja irregularidades, os vídeos produzidos pelo canal passam a receber dinheiro, de acordo com o número de visualizações.

A cada mil acessos, o youtuber recebe U$ 1. Ao alcançar os 100 mil views, naturalmente, o pagamento sobe para US$ 100 e, com um milhão, US$ 1.000. Como se pode perceber, um canal de sucesso pode render uma boa renda para seu criador.

Para se ter sucesso, é importante manter uma continuidade na produção de vídeos e observar a opinião dos internautas através dos seus comentários. Assim como a produção de blogs, é importante encontrar um nicho e atrair um público específico, que, mesmo reduzido, tem chances de ser fiel.

Leia também:  Como E Que Se Ganha Hernia?

Imitar outros canais também não é a saída mais eficaz. Procurar inovar e ter criatividade facilita o caminho para um grande número de visualizações e inscritos.

Além disso, uma qualidade essencial para um produtor de vídeos para o YouTube é ter paciência. Não é de uma hora para outra que um determinado canal alcança o tão esperado sucesso e o youtuber consegue ganhar dinheiro. Em alguns casos, é preciso esperar até um ano para que os primeiros dólares sejam conquistados.

Vídeos mais procurados

Os vídeos mais procurados pelos usuários do YouTube são os chamados tutoriais. Moda, receitas, serviços domésticos e quaisquer tipos de reparos têm mais chances de serem procurados e acessados.

Um outro tipo de vídeo bastante acessado é o vlog. Nele, o youtuber expressa sua opinião sobre um determinado assunto. Entretanto, declarações polêmicas podem fazer com que o vídeo deixe de ser monetizado e até mesmo que o YouTube suspenda a sua exibição.

Revelado: quanto ganha um Youtuber

Finalmente, chegou o dia em que você vai descobrir quanto ganha um youtuber. A dúvida sobre a remuneração de um youtuber é muito comum, já que atualmente essa é uma profissão em destaque.

Devido à fama, ao dinheiro e aos presentes que os grandes produtores de conteúdo ganham com seus canais, algumas pessoas desejam investir no empreendedorismo digital e se tornarem youtubers.

Se você faz parte desse grupo ou apenas quer saber quanto ganha um youtuber, a HeroSpark explica como funciona a remuneração na plataforma.

Mitos sobre o YouTube

Primeiro, vamos esclarecer uma ideia errônea que algumas pessoas têm sobre o YouTube. A plataforma não é um passaporte garantido para a fama e para a riqueza de maneira fácil. A vida de um youtuber não é tão simples quanto parece.

Os vídeos de poucos minutos dependem de roteiro, tempo, dedicação e até de investimento de dinheiro para a compra de equipamentos, por exemplo. Assim como qualquer outro segmento do empreendedorismo existem riscos.

Além disso, nem todos os criadores de conteúdo alcançam a fama, mesmo com a produção de excelentes materiais. O sucesso depende de diversos fatores, como quantidade de visualizações, de inscritos no canal e outros detalhes, que abordaremos a seguir.

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Como funciona a monetização do YouTube

A monetização dos vídeos no YouTube segue regras rígidas estabelecidas pela plataforma. Elas são definidas para garantir que os anúncios dos patrocinadores sejam exibidos em vídeos que reforcem os valores da marca e para evitar que a plataforma seja um meio de disseminação de mensagens impróprias.

No entanto, a regulamentação torna um pouco mais complicada a vida dos criadores de conteúdo que desejam ganhar dinheiro no YouTube. Até 2017, qualquer canal com um total de 10 mil visualizações poderia ativar a monetização de vídeos. Isso quer dizer que, a partir dessa solicitação, anúncios seriam veiculados aos vídeos, garantindo que o youtuber receberia uma quantia por isso.

Apenas com essa regra, vários criadores de conteúdo relevante já eram excluídos da chance de monetizar, pois conseguir 10 mil visualizações não é uma tarefa fácil. Agora, quem produz conteúdo e deseja receber por eles precisa cumprir alguns critérios, como ter:

  • Mais de 18 anos;
  • Conta AdSense;
  • Mil inscritos no canal;
  • Mais de 4 mil horas de conteúdo assistido em um ano;
  • Publicações com frequência;
  • Respeito pelas normas do YouTube.

Este último critério é avaliado manualmente por quem trabalha para a plataforma, o que torna o processo de monetização mais lento. Além disso, a regra das 10 mil visualizações também entra na conta.

Mais controle dos anunciantes

O resultado da nova forma como o YouTube monetiza os criadores de conteúdo é a garantia de mais controle dos anunciantes sobre a propaganda. Antes das mudanças, eles não tinham como saber em que vídeo seus produtos estavam sendo veiculados, o que poderia resultar em pouca eficácia, já que a propaganda poderia ser exibida para um público que não se interessaria pela oferta.

Agora, com as alterações, o anunciante sabe onde seus produtos são exibidos e as vantagens do canal para a marca. Além disso, eles também podem avaliar se a união entre marca e canal está sendo benéfica.

Parceria canal e marca

10 YouTubers mais bem pagos de 2020

O feriado de 4 de Julho foi um momento de silêncio e calma na maior parte dos EUA. Mas não no YouTube, onde Jimmy Donaldson, a celebridade dos vídeos conhecida como Mr. Beast, lançou um episódio especial comemorativo com um show de fogos de artifício de US$ 600 mil.

Os destaques da atração incluíram acender cerca de 100 fogos presos a um manequim, explodir um Toyota e detonar os fogos de artifício mais caros do mundo, um dispositivo de US$ 160 mil, que pode ser movido apenas por meio de empilhadeira. A exibição aérea ainda forçou Mr.

Beast e sua equipe a consultar a Administração Federal de Aviação dos Estados Unidos (FAA, na sigla em inglês), para não interferir no tráfego aéreo.

O episódio de 11 minutos já foi visto quase 60 milhões de vezes e representa bem o que levou Donaldson ao segundo lugar na lista anual da Forbes dos YouTubers mais bem pagos. Os vídeos forrados de diversão têm sido o alicerce do YouTube há anos.

Mas nenhum deles realmente esteve na mesma escala que Donaldson ou filmado com uma qualidade de produção de alto nível.

Ele também se tornou famoso por produções de doação de grandes quantias de dinheiro, como o momento em que ele distribuiu US$ 200 mil para várias pessoas que perderam seus empregos durante a pandemia –o vídeo já foi visto 23 milhões de vezes.

VEJA TAMBÉM: Os 7 influenciadores mais bem pagos do TikTok

“As ideias tendem a ficar mais malucas e ele vai continuar a gastar grandes quantias de dinheiro para melhorar a qualidade da produção”, promete Reed Duscher, empresário de Donaldson. (Mr.

Beast pode adorar os holofotes digitais, mas é muito tímido –e não participou da reportagem.) “Quero dizer, ele acabou de tuitar hoje que tem um amontoado de boas ideias de vídeos que custam US$ 10 milhões.

E ele não está errado, ele realmente tem.”

Em breve, ele terá a chance de aplicar esse dinheiro: os negócios no YouTube estão crescendo.

Donaldson e os outros YouTubers bem pagos garantiram uma receita total estimada de US$ 211 milhões de 1º de junho de 2019 a 1º de junho de 2020, um salto de 30% em relação ao ano anterior.

Ao contrário de outros nichos do mundo midiático que estão sofrendo com uma desaceleração induzida pela pandemia, o YouTube tem sido uma grande atração para as pessoas presas em casa, sentadas e no tédio do isolamento social.

As principais estrelas continuam a produzir para os jovens –ou pelo menos aqueles com um senso de humor juvenil. Segundo dados da empresa de pesquisa Statista, 77% dos usuários de internet dos EUA com idades entre 15 e 25 anos acessam o YouTube.

O maior vencedor desta corrida foi Ryan Kaji, de nove anos, que garantiu o primeiro lugar do ranking pelo terceiro ano consecutivo. Ele é famoso pelos chamados vídeos de unboxing, nos quais tira os brinquedos das embalagens e faz revisões sobre o ítem.

O garotinho agora tem uma linha própria de produtos –brinquedos, mochilas, pasta de dente, entre outros– comercializados na Target, Amazon e Walmart que faturou US$ 200 milhões em vendas no ano passado, além de uma série da Nickelodeon chamada Ryan’s Mystery Playdate.

Há também a estrela infantil Nastya (7ª posição), a única pessoa do gênero feminino com números suficientes para entrar na lista que se baseia em rendimentos, e o recém-chegado à lista Blippi (na 8ª posição), um jovem de 32 anos com um popular canal educacional infantil onde ele canta canções sobre animais aquáticos e visita museus infantis. Atraindo um público um pouco mais velho está o destaque do mundo da maquiagem Jeffree Star (na 10ª posição) e o comediante David Dobrick (na 9ª posição), outro estreante do ranking.

Quase todos os YouTubers ganham a maior parte de sua receita com anúncios gerados em seus vídeos no YouTube, um número que aumenta quando os vídeos são recomendados para a família, em inglês e com mais de oito minutos.

E embora essas taxas de anúncios tenham caído no início da pandemia de Covid-19, elas se recuperaram rapidamente.

Além disso, os YouTubers receberam muito dinheiro de grandes marcas como Bass Pro Shops e Kroger, que patrocinaram vídeos específicos da Dude Perfect (na 3ª posição) e Rhett e Link (na 4ª posição), respectivamente.

Todas essas celebridades do século 21 também se ramificaram no lucrativo mundo das mercadorias de marca.

Os principais criadores como Dobrik, Donaldson e Markiplier (na 5ª posição) facilmente faturam US$ 500 mil ou mais em vendas mensais de camisetas, moletons e toucas –todas roupas perfeitas para trabalhar em casa.

“Em março, abril, quando as pessoas ficaram presas em casa, havia mais consumo de conteúdo e isso colidiu com uma onda de e-commerce”, diz Nikita Kopotun, cofundadora da Juniper, loja de mercadorias personalizadas para influenciadores digitais.

E AINDA: 5 dicas para se tornar um youtuber de sucesso em 2021

Leia também:  Como Se Descobre Que Se Esta Gravida?

Em um sentido comercial, os tempos não poderiam ser melhores para essas estrelas. Mas o pequeno Ryan resume o momento tanto para o universo das crianças quanto dos adultos quando diz: “Eu simplesmente mal posso esperar até o dia em que poderemos voltar lá para fora.”

Metodologia

Todas as estimativas de lucros são de 1º de junho de 2019 a 1º de junho de 2020. Os valores levantados não levam em conta impostos e não foram deduzidos honorários para agentes, empresários e advogados.

As estimativas de ganhos são baseadas em dados de Captiv8, SocialBlade e Pollstar, bem como entrevistas com especialistas do setor.

Para os fins da lista, a Forbes define as estrelas do YouTube como alguém cuja forma principal de receita digital e de mídia vem da plataforma.

Veja a seguir os 10 YouTubers mais bem pagos de 2020:

10ª. Jeffree Star

Ganhos: US$ 15 milhões
Visualizações (junho de 2019 a junho de 2020): 600 milhões
Inscritos: 16,9 milhões

A estrela da beleza foi parte de uma briga de mais de um ano com o colega YouTuber e celebridade da maquiagem James Charles, que quase entrou nesta lista. A polêmica e um comportamento racista no passado causaram algumas ramificações nos negócios, incluindo a decisão da varejista Morphe de parar de vender sua linha.

Ainda assim, ele registrou mais de meio bilhão de visualizações durante o período de um ano. Mais lucrativa do que seu canal no YouTube, porém, é sua linha de maquiagem, vendida por ele direto ao consumidor.

Uma de suas coleções mais recentes, Blood Money, oferece sombras para os olhos de US$ 52 e protetores labiais de US$ 18, e sua popular Conspiracy Collection, lançada no ano passado, supostamente vendeu um milhão de paletas de sombras em 30 minutos.

9ª. David Dobrik

Ganhos: US$ 15,5 milhões
Visualizações: 2,7 bilhões
Inscritos: 18 milhões

Nos últimos anos, Dobrik, de 24 anos, fez de tudo para arrancar gargalhadas de seu público. Ele entrou em um lava-rápido com um conversível, depilou o corpo inteiro de uma pessoa e até mesmo uma vez surpreendeu seu melhor amigo ao se casar com sua mãe. (Ela fazia parte da brincadeira –eles se divorciaram, amigavelmente, depois de um mês.

) Ultimamente, Dobrik tem se concentrado em transferir seus esforços para o TikTok. Lá ele também tem sido um sucesso, acumulando 24,7 milhões de seguidores. As marcas adoram o humor de Dobrik, e ele recebeu patrocínios da SeatGeek, Bumble, EA e outras grandes marcas.

Seu público dedicado o levou a um próspero negócio de roupas (camisas, moletons, shorts, calças), grande parte delas vendidas pela Clickbait.

8ª. Blippi (Stevin John)

Ganhos: US$ 17 milhões
Visualizações: 8,2 bilhões
Inscritos: 27,4 milhões

Com 32 anos, o único adulto que cria conteúdo infantil na lista, Stevin John lançou seu canal em 2014.

Ele performa em sua plataforma como Blippi, o personagem infantil de roupas divertidas que educa por meio de vídeos como “Blippi visita o aquário” e “Aprenda as cores com Blippi”.

Como Kaji, ele lançou uma linha de produtos em escala comercializados nos grandes varejistas –as versões infantis de seus óculos laranja e boina azul e laranja são os mais vendidos– e disponibiliza seus vídeos por meio do Hulu e Amazon.

7ª. Nastya (Anastasia Radzinskaya)

Ganhos: US$ 18,5 milhões
Visualizações: 39 bilhões
Inscritos: 190,6 milhões

A YouTuber russa de seis anos que atende por Nastya em seu canal, produz vídeos dela e de seu pai brincando com legos, fazendo tarefas domésticas e explicando sobre vírus.

Os vídeos são coloridos, expressivos e não apresentam linguagem difícil, o que os torna perfeitos para seu público global de crianças.

Desde sua estreia na lista no ano passado, Nastya se diversificou: ela se tornou um perfil popular no TikTok com três milhões de seguidores e lançará um programa próprio no próximo ano.

6ª. Preston Arsement

Ganhos: US$ 19 milhões
Visualizações: 3,3 bilhões
Inscritos: 33,4 milhões

O mundo pixelizado do Minecraft continua a ser uma mina de ouro para Arsement, de 26 anos. Ele alcançou o estrelato no YouTube com seus vídeos explorando o universo animado e, desde então, se ramificou para vários outros canais focados em jogos. Em um, ele joga Roblox.

Em outro, chamado TBNRFrags –da sigla em inglês que significa “o melhor nunca descansa”, com a terminologia “rags” que remete a “matar um oponente” na gíria dos jogos. TBNRFrags apresenta suas façanhas como atirador em Call of Duty.

Arsement opera vários servidores de Minecraft lucrativos, onde os usuários pagam para ter acesso aos mundos que ele criou no Minecraft e para ter itens no jogo; ele dirige outro canal no YouTube, PrestonCosmic, dedicado ao tempo que passa jogando em seus servidores.

5ª. Markiplier (Mark Fischbach)

Ganhos: US$ 19,5 milhões
Visualizações: 3,1 bilhões
Inscritos: 27,8 milhões

Markiplier está no YouTube há oito anos, postando reviews populares de videogames. Ele atraiu quase 28 milhões de assinantes, ansiosos para ver seus novos vídeos e vasto material –como, digamos, sua série de 31 partes examinando Cry of Fear em 2013.

No ano passado, Markiplier, de 31 anos, decidiu mudar as coisas e, além de seu canal no YouTube, ele e seu amigo gamer Ethan Nestor (também conhecido como CrankGameplays) fundaram um novo canal, o Unus Annus. Nele, eles propuseram apresentar vídeos engraçados.

Uma vez, os dois experimentaram um monte de fantasias de Grinch. Em outra, eles próprios fizeram um spray de pimenta.

A união do conteúdo seguia uma premissa central: um vídeo por dia durante um ano –depois destruíram o canal completamente, apagando todo o seu conteúdo, uma reflexão sobre a vida instável de popularidade na internet. Unus Annus era de fato popular, tinha 4,5 milhões de assinantes e quase 1 bilhão de visualizações.

Quando chegou a hora de desligar a tomada no mês passado, mais de 1,5 milhão de pessoas acessaram uma transmissão ao vivo enquanto a dupla se despedia –o número de espectadores é similar à quantidade de pessoas que normalmente assiste a um jogo de beisebol no horário nobre de domingo à noite na TV norte-americana.

4ª. Rhett e Link

Ganhos: US$ 20 milhões
Visualizações: 1,9 bilhão
Inscritos: 41,8 milhões

Eles são duas das estrelas de longa data do YouTube, tendo começado o “Good Mythical Morning”, seu talk show nerd bem-humorado, em 2012. Rhett, de 43 anos (Rhett James McLaughlin), e Link, 42 anos (Charles Lincoln III), recentemente adicionaram algo a mais à sua Mythical Entertainment Co.

: em fevereiro de 2019, eles pagaram US$ 10 milhões para adquirir o SMOSH, um canal de esquetes cômicas no YouTube. Com essa compra, a Mythical Entertainment, que agora tem 100 funcionários, teve quase 2 bilhões de visualizações no YouTube no ano passado, trazendo cerca de US$ 11 milhões em receita estimada do programa com compartilhamento de anúncios do YouTube.

“Good Mythical Morning” também tem um clube de fãs com mensalidades que variam de US$ 10 a US$ 20 para ter acesso a conteúdos exclusivos.

3ª. Dude Perfect

Ganhos: US$ 23 milhões
Visualizações: 2,77 bilhões
Inscritos: 57,5 milhões

Os cinco amigos (Coby Cotton, Cory Cotton, Garret Hilbert, Cody Jones e Tyler Toney) se divertem mais brincando com sabres de luz, armas de brinquedo Nerf e paintballs do que a maioria dos adultos. Suas atividades populares os levaram a uma turnê nacional que arrecadou cerca de US$ 6 milhões e um documentário, o Backstage Pass.

Em março, quando o coronavírus atingiu nível global e, pela primeira vez, os esportes profissionais pararam, o grupo usou seu canal no YouTube para hospedar o Quarantine Classic, onde competiam entre si em jogos de basquete de três pontos e hóquei com cadeira de rodas.

A série de vídeos arrecadou cerca de US$ 160 mil para a Cruz Vermelha e a Feeding America.

2ª. Mr. Beast (Jimmy Donaldson)

Ganhos: US$ 24 milhões
Visualizações: 3 bilhões
Inscritos: 47,8 milhões

Donaldson é a maior nova estrela do YouTube, bom o suficiente para quase 50 milhões de assinantes –seu objetivo final é dobrar este número– e três bilhões de espectadores no ano passado.

Seus vídeos são uma mistura de atividades mirabolantes e humor: nos últimos 12 meses, ele se congelou no gelo, deu 1000 voltas em uma roda-gigante e construiu a maior torre de Lego de todos os tempos.

O canal de Donaldson no YouTube o ajuda a comercializar sua linha de produtos usados por ele e sua equipe nos vídeos. O canal é popular entre marcas como Microsoft, Electronic Arts e o aplicativo de cupons Honey.

1ª. Ryan Kaji

Ganhos: US$ 29,5 milhões
Visualizações: 12,2 bilhões
Inscritos: 41,7 milhões

A estrela de nove anos está voando alto –literalmente. Em novembro, ele se tornou o primeiro YouTuber a aparecer na Parada do Dia de Ação de Graças da Macy’s com um carro alegórico que o colocou como super-herói.

Foi uma jogada de marketing e um momento emocionante para as crianças que assistem aos vídeos de Kaji sobre experimentos científicos DIY (faça você mesmo), histórias em família e reviews de novos brinquedos. Isso é apenas o começo: a maior parte de seu negócio vem de acordos de licenciamento para mais de 5.

000 produtos da marca Ryan’s World –que oferece desde decoração infantil para quartos e bonecos de ação a máscaras e walkie talkies.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*