Como Saber Quando Um Site Foi Criado?

E se você passasse horas pensando no nome do domínio ideal para o seu site e quando fosse utilizá-lo, percebesse que não está disponível, mesmo não existindo um ambiente ativo com esse nome? Frustrante, não é? Assim, saber como  descobrir proprietário de um domínio é essencial para evitar essa frustração e ter o seu site no ar, com a sua cara e o seu estilo!

E acredite, esse cenário já aconteceu milhares de vezes com centenas de pessoas, que após perceberem a situação, procuraram pelos proprietários desses domínios e conseguiram comprá-los para o uso. Sendo assim, saber como realizar esse processo é bem importante para quem trabalha com o mundo dos sites e quer ter credibilidade nessa área!

A parte bacana é que é possível obter uma série de informações pessoais a respeito do dono ou da empresa responsável por um domínio ou site da internet através do Whois, um local público que armazena diversos dados sobre os ambientes online dentro da web. 

Se você ficou interessado e deseja saber mais sobre o tema, continue acompanhando esse artigo e descubra tudo sobre as melhores maneiras de encontrar o proprietário de um domínio online! Confira agora!

O que é o WHOIS?

Todo domínio (endereço) registrado na internet fica armazenado em um banco de dados conhecido como WHOIS. Esses banco armazena uma série de informações sobre o domínio, assim como também sobre seu respectivo responsável. 

Sempre que alguém registra um domínio, precisa informar diversos dados como telefone, identidade e endereço. Essas informações ficam gravadas no banco de dados da empresa registradora e também no WHOIS.

Os domínios brasileiros, conhecidos pela famosa terminação “.br”, podem ser registrados apenas por brasileiros ou cidadãos com CPF brasileiro. Essa é uma obrigatoriedade no registro de domínios nacionais.

Outra característica dos domínios brasileiros, que são gerenciados pela Registro.BR, é a impossibilidade de ocultar dados pessoais.

Ou seja, caso um domínio seja registrado com  “.com” ou “.net”, poderá ocultar seus dados pessoais através da contratação de serviços para proteção de privacidade.

Porém, no Brasil essa é uma prática proibida. Todos os domínios com a extensão “.br” ficam, obrigatoriamente, com todos os dados expostos na internet.

Dessa maneira, qualquer pessoa tem acesso ao nome e CPF de quem registrou o domínio no Brasil.  Assim, fica mais simples saber como descobrir o proprietário de um domínio ou site da internet.

Como descobrir proprietário de um domínio

Tendo em vista os mais diversos motivos pelos quais pode-se ter interesse em descobrir o proprietário de um domínio, vale entender como realizar esse processo de maneira simples e rápida. Confira abaixo!

Domínios Internacionais

Cada extensão de domínio possui uma entidade responsável. Para consultar os dados de um domínio de qualquer extensão, utilize o site Whois.net, onde estão centralizadas todas essas informações.

Essa é uma ferramenta que acessa os bancos de dados de todas as registradoras de domínios para retornar informações sobre o mesmo.

Sendo assim, siga o passo a passo:

  1. Acesse o site Whois.net;
  2. Informe o endereço do site no primeiro campo;Como Saber Quando Um Site Foi Criado?
  3. Clique no botão “Pesquisar”.Como Saber Quando Um Site Foi Criado?

Domínios Nacionais

Os domínios nacionais, com terminação “.br”, também podem ser consultados pela ferramenta acima. Porém, para obter os dados completos a respeito do dono do domínio é preciso fazer a consulta pelo site da Registro.BR.

É importante frisar que os dados de domínios nacionais não podem ser ocultados, assim como pode ser feito com domínios de outros países. Ou seja, essas informações sempre deverão constar quando a pesquisa for realizada. Para o processo, siga o passo a passo:

  1. Acesse o site da Registro.BR;
  2. Informe o endereço do site no primeiro campo;Como Saber Quando Um Site Foi Criado?
  3. Clique em “Versão com informações de contato”;Como Saber Quando Um Site Foi Criado?
  4. Preencha o segundo campo conforme as instruções mostradas na tela;Como Saber Quando Um Site Foi Criado?
  5. Clique no botão “Consultar” para mostrar todas as informações sobre o domínio.Como Saber Quando Um Site Foi Criado?

Por que é importante saber como descobrir o dono de um domínio?

Diversas pessoas ao redor do mundo já procuraram pelo proprietário de um domínio.

Esse tipo de pesquisa é bem comum, principalmente para quem atua profissionalmente com a internet. Sendo assim, é evidente que essa busca pode ser advinda de diversos motivos. Nesse sentido, alguns benefícios de descobrir o dono de um domínio são:

  • Entender qual a data que o domínio irá expirar, para negociar melhores preços para a compra; 
  • Realizar uma proposta para o proprietário, visando mudar o endereço do próprio site;
  • Corrigir informações pessoais fornecidas anteriormente.

Como comprar um domínio na internet? 

Como citamos anteriormente, um dos principais motivos que levam os usuários a procurar pelo proprietário de um domínio é a vontade de adquiri-lo. Sendo assim, depois de ter encontrado o nome e o telefone do dono do registro, pode-se optar por diferentes caminhos. 

O primeiro deles é fazer um contato direto com o proprietário, fazendo uma proposta de valores interessantes para a venda. Desse modo, caso ele concorde com a transação, basta realizar o procedimento. 

O segundo é realizar a contratação de um corretor de nomes de domínio. Para endereços internacionais, o Sedo é uma ótima opção. Ele realizará todo o processo de negociação, cobrando uma taxa pelo procedimento. 

Vale ressaltar que, caso não tenha conseguido acesso a um telefone ou e-mail de contato realmente efetivo, pode-se tentar uma aproximação através do formulário disponível no site. 

Com todas essas informações, não vai ser difícil encontrar o proprietário do domínio pelo qual você está buscando. Sendo assim, comece hoje mesmo a sua pesquisa!

E para continuar por dentro dos melhores conteúdos sobre o mundo dos sites e da tecnologia, continue acompanhando o nosso blog. Aqui postamos materiais completos, cheios de informações para quem deseja estar sempre atento as novidades da web!

Como saber se um site utiliza WordPress?

Em sua visita ao Brasil em 2008, o desenvolvedor e fundador do WordPress Matt Mullenweg falou a respeito da eficiência da ferramenta de gerenciamento de conteúdo, pensada inicialmente para blogs: “o WordPress almeja ser invisível”. Isto é, independente da organização visual ou o software usado, é o conteúdo que deve aparecer.

Estima-se que um a cada cinco sites utiliza WordPress como CMS – conheça aqui alguns exemplos. Mesmo que não pareça simples identificar, é possível investigar e descobrir se um site utiliza o sistema.

Créditos padronizados – Com poucos ajustes de personalização, os créditos do software normalmente aparecem no rodapé (normalmente, algo como “powered by WordPress”). O mesmo se aplica ao tema escolhido – a Tracto, por exemplo, usa o Admired. Ambos usam uma licença GPL: a presença destes créditos é opcional.

Leia também:  Como Saber O Que Vou Pagar De Luz?

Como Saber Quando Um Site Foi Criado?

Robôs analisadores – Alguns sites oferecem interessantes recursos de análise. O Guess detecta o tipo de servidor, a linguagem de programação predominante e o framework ou CMS. Já os resultados do BuiltWith ainda são mais detalhados.

Como Saber Quando Um Site Foi Criado?

Código fonte – A alternativa simples é exibir o código fonte da página. Logo nas primeiras linhas, informações sobre folhas de estilo e outros plugins revelam uma das estruturas básicas do WordPress: este conteúdo fica na pasta /wp-content/. Outras menções ao WP também podem ser encontradas em meio ao HTML.

Como Saber Quando Um Site Foi Criado?

Webinar
Este foi um dos tópicos da terceira edição do webinar Seis passos para ter e manter um site em WordPress, realizado pela Tracto na última quarta-feira (05/02). Foram 230 inscritos.

Leia também:

Como Saber Quando Um Site Foi Criado?

Sobre o autor:
André Rosa é jornalista, mestre, doutor, pesquisador e professor em cursos livres, de graduação e pós-graduação, sempre procurando promover o encontro entre a comunicação e a tecnologia. Seu blog tem mais de uma década anos de vida.

 

Como saber se o site utiliza o WordPress – WP Total

Descobrir se um site foi feito com WordPress é uma tarefa relativamente fácil para quem está habituado com o mesmo, mas para quem não é da área pode ser uma tarefa um pouco mais complicada. Por esse motivo mostraremos neste tutorial como descobrir se o site foi construído com WordPress.

É praticamente impossível esconder que o WordPress foi usado no desenvolvimento do website, mesmo usando plugins como WP Hide um usuário mais experiente vai detectar o WordPress no site.

3 formas de saber se o site utiliza o WordPress

Para saber se o site utiliza o WordPress basta utilizar um dos três métodos abaixo.

1. Analisando o código-fonte do site

A análise do código-fonte permite identificar se o site usa o WordPress. Para isso, siga os passos abaixo:

  1. Acesse o site que você deseja obter a informação.
  2. Pressione as teclas CTRL + U ou clique com o botão direito do mouse na tela e selecione a opção “Exibir código fonte da página”.
  3. Procure por “wp-content”, “wp-includes” ou  “wp-json”.

Caso alguma desses nomes forem encontrados é sinal que o site foi construído com WordPress.

Uma análise rápida do código fonte também permite saber se o site foi construído com o WordPress, visto que o WordPress carrega plugins com assinaturas e tem uma estrutura bastante especifica, como no exemplo abaixo:

Como Saber Quando Um Site Foi Criado?Exemplo de código fonte de site WordPress.

2. Ferramenta para detectar WordPress

A ferramenta IsItWP permite identificar se o site usa o WordPress em sua construção. Além disso, também possibilita descobrir o tema do WordPress. Para isso, siga os passos abaixo:

  1. Acesse o site da ferramenta IsItWP.
  2. Informe o endereço do site no primeiro campo.
  3. Clique em “Analyze Website”.

Caso o site utilize o WordPress você vai ver uma mensagem semelhante ao print abaixo:

Como Saber Quando Um Site Foi Criado?Ferramenta para detectar se o site foi desenvolvido com WordPress.

3. Analisando o rodapé do site

Muitos websites fazem questão de informar que foram construídos utilizando o WordPress. Normalmente eles inserem no rodapé da página a frase “powered by WordPress” ou “desenvolvido com WordPress”.

Neste caso uma simples análise visual do rodapé (parte inferior) do site permite identificar que o WordPress foi utilizado no desenvolvimento do site.

Conclusão

Viu como é fácil saber quando um site utiliza o WordPress? agora quando você se deparar com um site bacana poderá usar essas dicas para identificar se ele usa o WordPress.

Como dito anteriormente é praticamente impossível esconder todos sinais de que o site utiliza o WordPress.

COMO SABER SE MEU SITE FOI BEM FEITO? – Blog RP Soluções Web

Tempo de leitura: 3 minutos

Como Saber Quando Um Site Foi Criado?

Vamos
supor que você acaba de criar um site para sua empresa. Você acompanhou todo o
processo de construção da plataforma e achou o design incrível. Mas, depois de
um tempo você começa a perceber que ele não está dando os resultados esperados.

Talvez
você se pergunte o porquê. E a resposta desta pergunta depende de muitos
fatores e, provavelmente, o fator que mais se destaca é que seu site não foi “bem
feito”. E nós vamos explicar alguns motivos para essa afirmação.

Sites responsivos


alguns anos atrás, para acessarmos qualquer plataforma que seja, precisávamos
ligar nosso computador e notebook, mas a internet se expandiu por todo mundo e
as suas formas de acesso também.

Hoje
em dia, podemos acessá-la tanto pelos computadores quanto pelos dispositivos
móveis como celulares e tablets. E foi aí que os problemas começaram a surgir.

Quando
mudamos de um dispositivo para outro, de um computador ao celular, por exemplo,
as dimensões da tela também mudam, certo? E é aí que os sites com tecnologias
responsivas entram: eles possuem a capacidade de se adaptar a esses diferentes
meios sem que prejudiquem a experiência do usuário, ou seja, os texto e imagens
ficam proporcionais as telas sem necessitar do “zoom”, o layout se adapta as
dimensões sem se desconfigurar, entre outros pontos.

Arquitetura da informação

Bom,
talvez o título seja autoexplicativo, mas quando falamos de arquitetura da
informação associada a sites estamos dizendo que aquele site segue uma linha de
raciocínio intuitiva.

Um exemplo são sites institucionais que possuem algumas
páginas básicas: a home ou página inicial onde estarão alojados
informativos e postagens.

A página inicial levará a outras páginas, como: quem somos, serviços e contato.

A
arquitetura da informação é responsável por hierarquizar os conteúdos dentro de
um site, do mais importante ao menos de forma que o usuário ache facilmente as informações
que procura. Logo, quando um visitante entrar em seu site e procurar o seu
serviço, ele não clicará em uma aba chamada “quem somos”.

Um layout mal projetado

Quem
já ouviu aquele ditado “a primeira impressão é a que fica”? E isso, geralmente,
é verdade. Atualmente, a aparência de um site vai dizer muito sobre a
profissionalidade que você ou aquela empresa possuem.

Sites
com layouts bem desenvolvidos tendem a impressionar o usuário, fazendo que ele
permaneça mais tempo na plataforma e explore mais páginas. Claro que o design
do seu site não é tudo e nem o ponto mais importante, mas é um fator crucial

Conclusão

Identificou
algum dos problemas citados no seu site? Se a resposta for sim, é melhor começar
a pensar como resolvê-los. Quando estamos falando de plataformas que atendem a
outras pessoas, é preciso praticar o exercício de se colocar no lugar do outro:
como você se sente quando acessa um site que não é centrado no usuário?

E se
você está procurando a melhor forma de criar um site para seu negócio ou
precisa de uma reformulação, aqui na RP
Soluções Web
você tem tudo isso,

Leia também:  Como Ouvirão Se Nao Ha Quem Pregue?

Gostou
do texto? Comente aí em baixo o que achou e compartilhe em suas redes sociais.
Até mais!

Como saber se um site é projetado com o WordPress

Divi: o tema WordPress mais fácil de usar

Divi: O melhor tema WordPress de todos os tempos!

mais Downloads 701.000Divi é o tema WordPress mais popular do mundo. É completo, fácil de usar e vem com mais de modelos livres 62. [Recomendado]

Você costuma explorar um site bonito e perguntar se ele é alimentado por WordPress?

Às vezes, a resposta é simples, porque é mais frequente no Rodapé. Em outros casos, não será tão óbvio e você terá que fazer um pouco mais de pesquisa.

  • Mais e mais webmasters ocultam o fato de usarem o WordPress, portanto, neste tutorial, justificaremos primeiro esse desejo de ocultar o WordPress, mas também apresentaremos os diferentes métodos que ajudarão você a descobrir a assinatura do WordPress.
  • Discover Como remover as palavras “Orgulhosamente desenvolvido com WordPress”
  • Mas, antes de começarmos, se você nunca instalou o WordPress, descubra Como instalar um blog WordPress passos 7 et Como encontrar, instalar e ativar um tema WordPress em seu blog
  • Vamos voltar ao porque estamos aqui.

Por que esconder a assinatura do WordPress?

Você provavelmente já ouviu falar de pessoas que não gostam de mostrar que usam o WordPress.

Você nunca deve ter vergonha de usar WordPress ! Na verdade, você deve dizer a todos com orgulho que seu site é movido por um dos melhores softwares de código aberto de todos os tempos.

No entanto, ocultar a versão exata do WordPress pode ser uma medida preventiva.

Devido ao aumento do risco de ataque, expor uma versão permitirá que os hackers saibam o que podem fazer para quebrar a segurança do seu blog, quando essa versão estiver desatualizada.

A maioria dos “piratas” são preguiçosos

Quando pessoas mal-intencionadas decidem invadir vários sites em pouco tempo, elas usam um princípio chamado ” Frutos maduros “. Essa é uma técnica que envolve invadir os sites mais vulneráveis.

Eles encontram uma nova vulnerabilidade ou escolhem uma mais antiga que já é ' remendado Nas versões mais recentes, mas existe em muitos sites, porque as pessoas não atualizam o WordPress com frequência suficiente.

Qual tecnologia um site foi Feito?

Qual tecnoloogia um site foi feito? Isso existe?

  • Tenho certeza que você assim como eu já perguntou ao Google Como descobrir a Tecnologia de um site certo?
  • Talvez você tenha gostado do site e queira saber qual tecnologia do mesmo foi construída, se é WordPress, se não é.
  • Saiba que existem na internet dezenas de ferramentas que mostram por cima qual tecnologia um site foi construído.
  • Neste post quero compartilhar com você as melhores ferramentas para descobrir qual tecnologia um site foi feito.
  • Espero que goste.

1 – BuildWith

A primeira e mais famosa de todas é a Build With, essa ferramenta te mostra com muitos detalhes todas as tecnologias que um site utiliza.

2 – Wappalyzer

Eu gosto muito dessa ferramenta pois além de mostrar qual tecnologia um site foi feito, se o seu site foi desenvolvido em WordPress ela te mostrará alguns plugins que ele utiliza.

Essa ferramenta é muito útil para fazer analise de concorrência.

3 – Netcraft 

Esta ferramenta te dá várias informações sobre o site como: Qual tecnologia foi desenvolvida, hospedagem do site, quem é o proprietário etc.

4 – Larger IO

Outra ferramenta essencial para te ajudar a descobrir qual tecnologia um site foi feito. Essa porem te mostra informações mais básicas, mas vale a pena conferir.

5 – Whats CMS

Te mostra qual CMS um site foi desenvolvido.

6 – SimilarTech

Te mostra dados sobre qual tecnologia o site foi desenvolvido, essa também possui extensão para o Chrome.

Bônus

Talvez você não se lembre dessas ferramentas ao longo do seu dia, então quero complementar este post com algumas extensões do Chrome para te ajudar a descobrir qual tecnologia um site foi feito.

4 Extensões do Chrome para você descobrir qual tecnologia um site foi feito.

  • WhatsRuns
  • BuildWithn
  • PageXray
  • Wappalyzer

Dúvida Frequente

  1. Nenhuma das ferramentas está encontrando a tecnologia que o site foi feito porquê?
  2. Isso é muito comum.
  3. Há muitos motivos que podem levar uma ferramenta não te dizer exatamente qual tecnologia um site foi feito.

  4. A principal delas é que o desenvolvedor bloqueou qualquer robô da internet de obter informações do site ou até mesmo a tecnologia que ela foi feita, talvez seja um javascript puro ou até mesmo um jogo de APIs com HTML, logo você não terá muita informação do site ou APP que está analisando.

Conclusão

  • Descobrir qual tecnologia um site te ajuda a poupar tempo quando você precisa encontrar alguma funcionalidade legal que um site tem.
  • Eu por exemplo já descobri vários plugins para WordPress legais através de ferramentas como essa.
  • Toda vez que eu acesso um site que eu gosto muito eu sempre jogo ele em qualquer uma das ferramentas acima para tentar descobrir a tecnologia.

Como descobrir do que um site é feito e quais são as ferramentas utilizadas nele — Angelo Públio

Descobrir as ferramentas utilizadas em um site pode ser útil para você analisar o website de um cliente, concorrente ou até para uma entrevista de emprego.

Artigo revisado e atualizado em 09/06/2020

  • Às vezes você pode precisar analisar os recursos com que um site foi feito e as ferramentas que ele está utilizando.
  • Em vez de você ter que usar o recurso de “inspecionar o código fonte” de um site com o navegador e fuçar (“coisa” bem técnica) no código para descobrir, você pode ter esse trabalho feito (felizmente) por ferramentas próprias para isso.
  • Algumas situações que você pode querer saber do que um site foi feito e quais são as ferramentas utilizadas nele:
  • Você está participando de uma entrevista de emprego para a área de marketing de uma empresa e quer entender o “tamanho da bronca” que você vai ter que encarar ou usar isso como forma de “puxar assunto” na entrevista e demonstrar que você pesquisou sobre a empresa.
  • Você é uma freelancer e precisa analisar “um job” que está interessado nos seus serviços.
  • Você trabalha em uma agência e precisa analisar o site de um prospect.
  • Você quer saber o que o seu concorrente usa no site dele.
  • Você quer ter ideias de que ferramentas utilizar, com base em um site que você gostou, para fazer um trabalho bem feito para o qual você foi designado.
Leia também:  Como Saber Quem Tem Meu Numero No Whatsapp?

Os 2 recursos que recomendo você usar para realizar essa identificação de ferramentas utilizadas são:

  • Ghostery: extensão para o navegador Chrome. Uma vez instalado no Chrome, basta você acessar o site que você deseja analisar e apertar o botão do Ghostery disponível no navegador. O Ghostery se posiciona como uma ferramenta de proteção de privacidade. Assim, busca identificar os códigos “JavaScript” existentes na programação da página e lista as ferramentas utilizadas pelo site que você está navegando. Você pode escolher que código você quer bloquear, evitando de ser carregado, para proteger a sua privacidade.
  • BuiltWith: essa ferramenta não requer uma instalação. Você acessa o site do Builtwith e digita o endereço do site que você quer investigar. Essa é uma ferramenta complementar ao Ghostery, pois ela faz outros tipos de análise, como identificar onde o site está hospedado e qual o sistema de gerenciamento de conteúdo (Content Management System – CMS) que está sendo utilizando.

Pronto! Agora você já está munido com as ferramentas para identificar como os sites estão sendo feito. Faça o teste com o seu website e experimente no seu concorrente.

Gostou da dica? Conhece outra ferramenta que você adicionaria na lista? Responda nos Comentários!

Detector de CMS – Qual CMS esse site está usando? | Detector de CMS

Com tantos CMS e Criadores de Sites por aí, é natural que você encontre muitos sites que fazem você se perguntar se eles foram criados de forma customizada ou utilizando um CMS conhecido.

O número de vezes que as pessoas no mundo digital se perguntam “Qual CMS é esse?” ou “Como esse site foi criado?” não é pequeno. Agora, com o nosso algoritmo de detecção de CMS, nós conseguimos reconhecer (alguns diriam adivinhar) centenas de CMS, estruturas e criadores de site.

Quando você encontrar um site bacana a partir de agora, e quiser saber como ele foi feito, apenas venha aqui e insira a URL dele na barra de pesquisa – e nós faremos o resto.

Verificador de CMS – como nós conseguimos fazer isso?

Detectar qual CMS está sendo usado em um determinado site pode ser simples – mas também pode ser bastante complicado, às vezes. Muitos criadores de sites utilizam o que chamamos de “generator meta tag” – o que torna fácil a detecção de qual CMS está sendo usado.

Aqui vai um exemplo dessa tag:

Outra opção é detectar padrões de códigos que são utilizados em todos os sites que foram criados com um determinado CMS. Muitos dos sistemas que “não são open source” pegam seus arquivos de Javascript ou CSS do mesmo lugar, o que deixa bem fácil a tarefa de detectar. Detectar CMS dessa forma, portanto, é fácil.

Outra opção seria verificar os “headers” que estão sendo enviados. Geralmente, há alguma revelação escondida em algum lugar lá.

Existem algumas outras oplões que podem ser usadas, mas esses são os principais métodos que nos ajudam a realizar a Detecção de CMS.

Detector de Estrutura

Nós não só conseguimos detectar uma enorme quantidade de criadores de sites e de CMS, como também conseguimos detectar alguns frameworks – como a Laravel e a Codeignitor.

Então, agora quando você utilizar nossa ferramenta de detecção de CMS, você não estará apenas os melhores resultados de detecção de CMS e criador de sites – pois nós também nos esforçamos para fornecer informações quanto ao framework.

Um framework é muito mais difícil de ser detectada, já qie é a única plataforma onde os desenvolvedores escolhem criar seus sites. O desenvolvedor tem total conrole sobre todo o HTMLK, então você nunca verá uma meta tag em um site com Laravel, nos informando que o site foi criado com Laravel.

Por essa razão, é muito mais difícil detectar frameworks, mas ainda sim nós conseguimos detectá-las na maioria das vezes – e mostraremos a você nos resultados – caso você insira a URL de um site que usa uma framework conhecida.

Detecção de CMS Feira do Jeito Certo

Como descobrir onde um site está hospedado

Descobrir onde um site está hospedado é uma tarefa mais simples do que parece. Com a ajuda de algumas ferramentas gratuitas, é possível saber o nome da empresa de hospedagem responsável por qualquer website na Internet, inclusive com a localização aproximada do servidor. Pode ser útil para quem precisa descobrir a origem de um site para fins judiciais ou por curiosidade.

Confira como usar duas ferramenta simples e gratuitas para descobrir a empresa que hospeda um website e a sua localização. O funcionamento é totalmente online e independe do sistema operacional do seu computador ou navegador.

1 de 4
Saiba como descobrir onde um site está hospedado — Foto: Carolina Oliveira/TechTudo

Saiba como descobrir onde um site está hospedado — Foto: Carolina Oliveira/TechTudo

Descobrindo a empresa de hospedagem

Passo 1. Acesse o site WhoIsHostingThis.com (whoishostingthis.com); Digite o endereço URL do website e clique em “Search”;

Atenção: ficou confuso? Entenda o que é Whois

2 de 4
Entre com a URL do site — Foto: Reprodução/Helito Bijora

Entre com a URL do site — Foto: Reprodução/Helito Bijora

Passo 2. O nome do servidor em que o site está hospedado aparecerá em destaque. O site do WhatsApp é hospedado pela empresa “SoftLayer, Inc”, por exemplo;

3 de 4
Descobrindo onde um site está hospedado — Foto: Reprodução/Helito Bijora

Descobrindo onde um site está hospedado — Foto: Reprodução/Helito Bijora

Descobrindo a localização do servidor

Passo 3. Caso queira descobrir a localização geográfica do servidor, use a ferramenta LocalizaIP (localizaip.com.br) para rastrear o endereço de IP (confirar mais alternativas). Essa informação é exibida em “IP Address”, no passo anterior.

4 de 4
Descobrindo a localização do servidor — Foto: Reprodução/Helito Bijora

Descobrindo a localização do servidor — Foto: Reprodução/Helito Bijora

Usando o mesmo exemplo do WhatsApp, é possível descobrir que os servidores que hospedam o site do famoso serviço de mensagens estão localizados na cidade de Washington, nos Estados Unidos. Entretanto, vale ressaltar que o ponto indicado no mapa é uma localização aproximada e pode sofrer distorções.

Com essas dicas simples, você poderá descobrir onde um site está hospedado ─ tanto o nome da empresa quanto a localização do servidor.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*