Como Saber Quando Um Peixe Esta Gravida?

  • Enio Yoshinori Hayasaka
  • Silvia Mitiko Nishida
  • Como Saber Quando Um Peixe Esta Gravida?  
  • Todos os peixes são animais dependentes do meio aquático, locomovem-se batendo a cauda e respiram por meio de brânquia (órgão através do qual respira). Os peixes são classificados em três grandes grupos:
  • peixes sem mandíbula (lampréias)
  • peixes cartilaginosos (tubarões e raias)

peixes ósseos (lambari, tilápia, dourado, salmão, enguia, pescada, peixe-palhaço, kingyo, etc.).

Várias espécies são de interesse da aquacultura (que visa a produção de carne) e da aquariofilia (criação ornamental).

Do ponto de vista da reprodução, por causa da variação na forma de nascimento dos filhotes os peixes são classificados em:

ovíparos:os filhotes se desenvolvem fora do corpo da mãe, dentro do ovo que contem os nutrientes necessários. Mais de 90% dos peixes pertencem a essa categoria.

vivíparos: os filhotes se desenvolvem dentro do corpo da mãe recebendo diretamente dela os nutrientes necessários.

ovovivíparos: ocorre uma combinação das duas formas, isto é, os filhotes se desenvolvem dentro do ovo e dentro do corpo da mãe. Na hora do nascimento, os filhotes saem do ovo. 

Peixes que crescem PRECISANDO do cuidado dos pais após o nascimento

Nascemos e crescemos com o pai e a mãe cuidando da gente, certo? Bom, dependendo da espécie, essa afirmação não pode ser generalizada. Pois então, vejamos:

Para falar sobre o comportamento de reprodução dos peixes escolhemos a tilápia, um teleósteo de origem africana e que foi introduzida no Brasil. Na verdade, o termo “tilápia” se refere a um conjunto de várias espécies as quais podemos separar em três grandes gêneros, baseado na forma de incubação dos ovos.

1) tilápias do Gênero Tilapia: desovam num ninho, a fertilização é externa e ambos os pais cuidam da prole (Tilápia-de-barriga-vermelha-Tilapia zilli). Enquanto ocorre a incubação, os pais estão atentos, especialmente contra os predadores de ovos.

2) tilápias do Gênero Sarotherodon: desovam num ninho mas a incubação dos ovos ocorre dentro da boca de ambos os pais ou só do pai (como o Sarotherodon melanotheron). Mesmo após o nascimento, os filhotes se escondem dentro da boca! E claro que os pais não se alimentam até que a filharada esteja independente!

Como Saber Quando Um Peixe Esta Gravida?3) tilápias do Gênero Oreochromis: incubam os ovos dentro da boca mas é a mãe quem cuida da prole, como na Tilápia-do-Nilo – Oreochormis niloticus) que é ilustrado abaixo.

Pela aparência, é difícil saber quem é macho e quem é a fêmea pois são muito parecidos. Mas quando chega a época de reprodução o macho delimita um território, fica mais agressivo defendendo esse espaço contra os concorrentes. Ali ele cava um ninho com a boca que se parece a uma cratera.

Para atrair a fêmea, se exibe, deixando o ninho sempre arrumado e fica mais colorido, com a barriga avermelhada. Se uma fêmea gostar, ela entrará no ninho e desovará (A)-veja uma foto da desova. O macho, em seguida fará o mesmo, liberando o sêmen (B).

Em seguida, a fêmea, recolherá os ovos para dentro da sua boca e irá embora (C). Veja os ovos dentro da boca de uma fêmea. Como Saber Quando Um Peixe Esta Gravida?Na tilápia-do-Nilo é a mãe quem cuida sozinha da prole. O macho irá arrumar o ninho e tentará atrair outras fêmeas para o acasalamento.  

Depois de alguns dias sendo incubados dentro da boca da mãe, os ovos eclodem e nascem as larvas de peixes chamadas alevinos. Em Biologia, larva é o termo para indicar qualquer indivíduos em fase de desenvolvimento.

Esquema adaptado de GONÇALVES-DE-FREITAS, E. & S.M. NISHIDA. 1998

Fonte da foto: http://www.grupoaguasclaras.com.br/fotos-tilapias/ovo_na_boca_de_tilapia.jpg 

Peixes que crescem SEM  o cuidado dos pais após o nascimento

Várias espécies de peixes não cuidam da sua prole depois que nascem, diferente das tilápias estudadas acima. Não é porque nessas espécies os pais sejam desnaturados. É porque usam uma outra estratégia de reprodução. Ao invés de poucos (dezenas a centenas) esses peixes produzem muitos e muitos (milhões) de filhotes!! Vejamos dois exemplos.

O dourado (Salminus brasilensis) é um peixe teleósteo que habita os rios da América do Sul, inclusive os brasileiros. É um peixe bem grande que pode chegar a mais de 20 quilos e é muito procurado pelos pescadores. São carnívoros e se alimentam de outros peixes menores.

Nadam em cardumes nas correntezas e afluentes fazendo longas migrações ao longo do rio. Nessa viagem, ocorre a piracema época de reprodução dos peixes. Uma fêmea de 10 quilos pode desovar quase 1,5 milhões de óvulos !! (Bem diferente de uma fêmea de tilápia-do-Nilo de 5 quilos que desova uns 800 óvulos de cada vez).

Os dourados não fazem ninho de desova como a tilápia. Como a correnteza poderia espalhar os gametas, machos e fêmeas lançam aos milhões para que o maior número de embriões sejam formados. Com a correnteza, os ovos são carregados até chegarem num lago de águas calmas, onde os alevinos se desenvolvem sozinhos.

Apesar dos milhões de filhotes, apenas de 30 a 50 descendentes sobreviverão até se tornarem adulto!

Um outro peixe famoso  que migra é o salmão-do-Atlântico (Salmo salar).

Diferente do dourado que não sai dos rios de água doce, esse salmão faz uma rota de migração muito mais longa: ele nasce na cabeceira do rio, cresce descendo rio abaixo até chegar no mar.

Lá, fica uma grande temporada crescendo mais e, finalmente, volta exatamente para o mesmo rio, nadando rio acima  para chegar  no ponto onde nasceu para se reproduzir!

O peixe que muda de sexo. Hã?

É isso mesmo! Entre os peixes há várias espécies que mudam de sexo. Entre eles está o peixe-palhaço (Amphiprion ocellaris) que se tornou uma celebridade por causa do desenho animado “A procura de Nemo“.

O peixe-palhaço vive associado à anêmona-do-mar, um animal que é invertebrado mas lembra uma flor. As anêmonas capturam as suas presas usando um potente veneno para atordoá-las mas os peixes-palhaços são imunes a ele.

Quando chega a época de acasalamento, o casal de peixe-palhaço reproduz-se na lua cheia. A desova ocorre sobre uma rocha, bem pertinho de uma anêmona e, quem cuida dos ovos e dos peixinhos que nascerem, é o pai.

Acontece que toda prole é masculina! Hã? Não nascem fêmeas?  Calma: os machos transformam-se em fêmeas mais tarde. O peixe palhaço nasce macho e, se não houver fêmeas por perto, um deles transforma-se em numa fêmea para que a reprodução possa continuar!

Os indivíduos que possuem os dois sexos são chamados de hermafroditas. Isso pode acontecer ao mesmo tempo (como nas minhocas) ou um depois do outro, como no peixe-palhaço. Vamos esclarecer melhor esse assunto.

Afinal, quem são os machos e fêmeas de uma espécie?

Os cientistas chamam de fêmeas os indivíduos que possuem ovários (produtores de óvulos) e de machos os que possuem testículos (produtores de espermatozóides).

Quando o espermatozóide encontra o óvulo, ambos se juntam ocorrendo a fertilização, momento muito especial da atividade reprodutiva.

Numa espécie em que machos e fêmeas são indivíduos distintos, ambos precisam se encontrar para que a fertilização ocorra.   

Como ocorre a transformação de ovo em outro peixe?

Com a fertilização, temos uma nova célula chamada ovo ou zigoto possuindo a metade das informações vindas do pai e outra metade, da mãe. O zigoto começa, então a se dividir e dividir até formar o embrião que continuará o seu desenvolvimento até o nascimento.

O desenvolvimento embrionário requer muita energia o que é providenciado pelo vitelo, alimento previamente armazenado dentro do óvulo. Nos peixes, o embrião transforma-se em larva e, finalmente, nasce. A fase de desenvolvimento do ovo até a forma de larva (peixe jovem que nada e procura de comida) chama-se incubação.

Esse período é muito delicado e arriscado para a sobrevivência das larvas. As fotos mostram a seqüencia de desenvolvimento embrionário de uma tainha (Mugil cephalus).

Como Saber Quando Um Peixe Esta Gravida? Como Saber Quando Um Peixe Esta Gravida?

A) Um ovo, 4 horas após a fertilização; B) 24 horas depois; C) Antes do nascimento; D) larva recém-nascida com o saco vitelínico

Fonte: http://www.lib.noaa.gov/korea/main_species/striped.htm

A fertilização do óvulo pode ser externa ou interna

Se o encontro do óvulo com o espermatozóide acontecer fora do corpo da futura mãe a fertilização é chamada externa e se ocorrer dentro do corpo, interna. Nos peixes (assim como nos anfíbios) a fertilização é principalmente externa. Isso quer dizer que os machos e fêmeas precisam desovar juntos, quase ao mesmo tempo para que a fertilização ocorra com sucesso.

Depois de tanta leitura, está na hora da diversão: Clique aqui e dobre origamis de peixe.

Como Saber Quando Um Peixe Esta Gravida? Como Saber Quando Um Peixe Esta Gravida? Como Saber Quando Um Peixe Esta Gravida? Como Saber Quando Um Peixe Esta Gravida?
Kinguios nadando
  1. LINKS INTERESSANTES PARA VISITAR E SABER MAIS SOBRE PEIXES
  2. Como Saber Quando Um Peixe Esta Gravida?Fotos que ilustram o desenvolvimento do peixe dourado.
  3. Etapas de desenvolvimento do salmão-do-atlântico
  4.  – Ovo; larva com o saco vitelínico; alevino e o adulto
  5. Fish Base é uma base de dados sobre peixes
  6. Piscicultura São Jerônimo para saber mais sobre o dourado

Só Biologia. Peixes.

Referências bibliográficas

GONÇALVES-DE-FREITAS, E. & S.M. NISHIDA. 1998. Sneaking behavior of the Nile tilapia. Boletim Técnico do CEPTA 11: 71-79.

A criação dos peixes betta – Cuidados e tempo de vida

Como Saber Quando Um Peixe Esta Gravida?

O betta é um peixe de água doce que vive em ambientes com temperatura de 24ºC em média. No entanto, eles conseguem adaptar-se a climas mais frios sem dificuldade e, por esse motivo, podem ser considerados peixes de água fria, pois não necessitam de aparelhos que ofereçam calor.

Leia também:  Que Futebolista É Conhecido Como A Pulga?

Esses animais são os preferidos de quem quer ter um peixinho em casa, pois se adaptam tranquilamente às nossas casas. Originário da Ásia e também conhecido como peixe-lutador, o betta apresenta uma grande variedade de cores. E muitas pessoas tentam, sem êxito, estimular a reprodução desses animais em casa, mas saiba que é preciso ter alguns cuidados devido à personalidade desses bichos.

Neste artigo do PeritoAnimal, explicaremos como funciona a criação dos peixes betta, com o passo a passo de como deve ser sua reprodução, os cuidados necessários e você descobrirá, ainda, quanto tempo dura um peixe betta. Boa leitura!

Também lhe pode interessar: Criação de mandarins

Se você decidiu pela criação de bettas em casa, antes de mais nada é importante que você saiba identificar um peixe betta fêmea e o macho para evitar confrontos entre estes peixes que possuem uma personalidade agressiva e territorialista. Você não precisa ser um especialista para esta tarefa, já que cada sexo tem características muito marcantes:

  • O peixe betta macho tem as as barbatanas bem desenvolvidas e cores bem chamativas.
  • O peixe betta fêmea é umais discreto e, ao mesmo tempo, mais robusto. O final de sua barbatana é reto, enquanto que a do macho termina em ponta.

Montar o aquário para esses peixes é bastante simples. Para começar, é necessário dispôr de um espaço de, no mínimo, 25 x 25 cm com 8 ou 10 cm de altura de água.

Você deve inserir um pouco de musgo para que os peixes possam comer e fazer seu ninho.

Para isso, também podemos deixar no aquário um pequeno recipiente como um pote de plástico para que eles possam escolher onde fazer o ninho.

Antes de você colocar o macho e a fêmea no mesmo aquário com o objetivo de reprodução dos peixes betta, é recomendado que, na semana anterior, eles fiquem isolados em um local onde não possam ver membros da mesma espécie. Além disso, você deve oferecer uma alimentação composta por alimento vivo.

Saiba que você nunca deve juntar o macho e a fêmea no aquário sem se conhecerem antes, uma vez que o macho considera a fêmea como uma intrusa e, muito provavelmente, começaria uma luta até possivelmente matá-la.

O ideal, é que você os coloque frente a frente em diferentes aquários ou, se já estiverem no mesmo aquário, que ele tenha uma divisória deplástico ou vidro no meio, para que eles possam ver um ao outro sem se tocarem.

Se você não tiver um separador adequado, é possível criar um você mesmo cortando uma garrafa de plástico na metade e criando pequenos buraquinhos para que a água de ambos os peixes seja filtrada.

Desta forma, o macho perceberá os hormônios que o peixe betta fêmea libera.

Coloque a fêmea no recipiente que criou ou numa das partes do aquário primeiro e, depois o macho. Em seguida, tape o aquário com um vidro ou plástico. E assim começa o processo de criação de bettas.

Como Saber Quando Um Peixe Esta Gravida?

Se a convivência em ambientes separados for bem sucedida, sem estranhamentos, o macho criará um ninho com o musgo em algum local (provavelmente no pote de plástico). Enquanto isso, a fêmea se mostrará receptiva tentando sair da sua metade e empurrando com a cabeça. É o momento certo para soltar o peixe beta fêmea.

No início, ambos vão agir de forma lenta e só depois o macho procurará a fêmea de forma ativa. Ele tomará a fêmea, formando um abraço forte com o seu corpo em redor da fêmea, o que durará alguns minutos até que fique grávida.

Não demorará até que a fêmea ponha os ovos. Imediatamente depois, a fêmea deve ser removida do local onde está o macho, pois ele pode ficar agressivo. Ela deve voltar ao seu próprio espaço sem ter qualquer contato com outros machos. Recomendamos que use a mão ao invés da rede, pois pode levar algum dos peixes bebés sem querer.

Depois de separar o macho, é importante ter em conta que você não deve voltar a juntar o macho e a fêmea, tendo cada um deles o seu aquário individual. Os dois sexos nunca devem estar juntos sem os devidos procedimentos prévios.

Lembre-se que o procedimento citado só deve ocorrer se a aproximação inicial for bem sucedida. Caso você retire a divisória entre eles e uma briga comece, retire imediatamente um dos dois do aquário.

Se não, a fêmea corre o risco de ser morta pelo macho, que a considerará uma intrusa. Então se você queria saber se peixe beta fêmea pode ficar junto, a resposta é não, a não ser para a reprodução como mencionamos.

Como Saber Quando Um Peixe Esta Gravida?

Ao contrário de boa parte do mundo animal, na reprodução do peixe betta a responsabilidade por cuidar dos ovos e das crias é do macho, e não do peixe betta fêmea.

Assim, ele vai colocar os ovos fecundados no ninho criado por ele mesmo e as crias vão ficar suspensas verticalmente como fios no ninho.

O pai vai garantir que eles não caiam e, caso isso ocorra, ele voltará a colocá-las no lugar adequado.

Cerca de três dias após a desova, os pequenos peixes betta já devem nadar sozinhos, sendo esse o momento certo para separar o macho de suas crias.

O macho não comeu durante este período, fazendo com que as crias sejam possíveis vítimas. Para que isso não aconteça, você pode colocar algumas larvas de mosquito em um canto do aquário.

Assim, quando começar a comer, sabemos que é hora de separá-lo.

Como Saber Quando Um Peixe Esta Gravida?

Como o trabalho dos papais já terminou, agora será necessário contar com a sua ajuda para que os peixinhos betta cresçam bem e saudáveis. Alguns cuidados com a alimentação são necessários, confira:

  • Três dias após a separação das crias e do papai, é hora de começar a alimentá-las com micro-vermes que encontramos em lojas especializadas em peixes. Você pode perguntar ao profissional quais os que deve utilizar. O processo durará 12 dias.
  • A partir de então, os pequenos peixes betta já podem comer artêmia, que são pequenos crustáceos. Esse processo volta a durar 12 dias.
  • Após a dieta de artêmia, eles deverão se alimentar de de vermes grindal e, a partir do dia 20, começamos a observar que o desenvolvimento correto já teve início.
  • Após um mês, podemos mudar os peixinhos betta e transferí-los para um aquário maior onde recebam luz solar.
  • Uma vez completamente desenvolvidos, você vai observar que os machos iniciarão as primeiras lutas entre si podendo, sem dúvida, afetar as fêmeas. É o momento de separá-los em diferentes aquários.

Se você não conhece os alimentos citados, procure na internet onde comprar ou vá a uma loja especializada em peixes.

Agora que você já sabe como fazer a reprodução do peixe betta e como é a criação do peixe betta, é hora de dar nomes a eles, o que pode ser bastante divertido. Confira as nossas sugestões de nomes para peixes betta neste outro artigo do PeritoAnimal.

Como Saber Quando Um Peixe Esta Gravida?

Quanto tempo dura um peixe betta? A resposta a essa pergunta depende dos cuidados que você tiver com o animal. Como na natureza eles ficam muito expostos e são considerados presas fáceis, eles costumam viver menos tempo do que em cativeiro – como em aquários em nossas casas.

Em média, um peixe betta vive entre dois e cinco anos. Se o aquário é espaçoso e possui um filtro, e o peixinho conta com uma boa alimentação e cuidados, certamente ele passará dos quatro anos. Agora, se ele vive em um pequeno aquário com água de má qualidade, ele não deverá passar dos dois anos de vida.

Curiosidades do peixe betta

  • O nome correto é peixe betta, e não peixe beta (com apenas um “t”)
  • É um dos peixes ornamentais mais comercializados do mundo
  • Apesar de ser omnívoro, o peixe betta tem hábitos carnívoros, e come larvas de mosquitos, zooplâncton e insetos
  • O peixe betta é considerado uma alternativa biológica eficaz no combate ao mosquito transmissor da dengue, pela notável capacidade de predar as larvas presente na água
  • Os machos possuem maior comprimento total e de cabeça, enquanto as fêmeas apresentam maior largura

Se deseja ler mais artigos parecidos a A criação dos peixes betta, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Gestação.

Bibliografia

  • COLÉGIO BRASILEIRO DE REPRODUÇÃO ANIMAL. Criação, manejo e reprodução do peixe Betta splendens. Disponível em: . Acesso em 5 de novembro de 2020.
  • GOMES, Veruska Dilyanne Silva, et al. ANÁLISE DAS CARACTERÍSTICAS CORPORAIS DO PEIXE Betta splendens. Visão Acadêmica, 2019, vol. 20, no 3. Disponível em: . Acesso em 5 de novembro de 2020.

Guppy – reprodução, alimentação, variedades e classificação quanto ao formato da cauda

Como Saber Quando Um Peixe Esta Gravida?

Os machos do guppy são menores que as fêmeas, mas apresentam cores muito vivas e bonitas.

O peixe Guppy pertence aos Ciprinodontídeos, que incluem os vivíparos (platys, guppys e espadas) e ovíparos (killis). São originários da América Central e América do Sul. Possuem pequenos dentes nas maxilas, muitas vezes chamados carpas dentadas (toothcarps). As fêmeas alcançam até 6,5cm, mas já procriam com 2,5cm.

Leia também:  Como Nao Perder As Coisas Quando Morrer No Minecraft?

Os machos são menores e alcançam até 3,5cm. Entretanto, os guppies machos apresentam cores muito bonitas, ao contrário das fêmeas, que são pouco coloridas. Outra característica bastante importante é que os guppies apresentam uma grande variedade quanto à nadadeira caudal, dos mais diversos formatos.

São peixes muito ativos e cheios de vida, nadando a todo o momento.

Outra vantagem é quanto à rusticidade do guppy, pois não exigem muitos equipamentos no aquário e suportam condições adversas de vida por muito mais tempo que os demais peixes ornamentais.

No entanto, fêmeas de guppy grávidas ficam muito sensíveis ao frio, por isso a temperatura da água deverá manter-se a 24ºC. Caso contrário, elas podem sofrer o ataque de uma praga de íctio (ponto branco) ou mesmo fungos.

Nestes casos, além de elevar a temperatura da água, deve-se adicionar, por exemplo, sera-ectopur em conjunção com sera-costapur, conforme as instruções.

Reprodução

Um macho de guppy pode fertilizar de 3 a 5 fêmeas. Os ovos do guppy são fertilizados no corpo da mãe, permanecendo nele, até o momento do nascimento. Com 3 meses as fêmeas do guppy já atingem a maturidade sexual. Sua gestação fica em torno de 22 a 26 dias, sendo o intervalo entre os partos um pouco maior. Geralmente nascem de 30 a 60 alevinos de guppy. Isso depende do tamanho da fêmea e da qualidade da alimentação. A primeira gestação, independente de outros fatores, normalmente produz poucos alevinos. Há mães que ignoram os filhos, há as que os devoram prontamente (canibalismo). Alguma forma de proteção deve ser providenciada, como plantas densas, telas, escorredores plásticos de macarrão ou qualquer outro dispositivo que sirva de abrigo. Os alevinos podem ficar até 2 dias sem alimento, pois nascem com um saco vitelino.

Alimentação

Os guppys são omnívoros e gostam de carne e vegetais. Deve-se alimentá-lo várias vezes ao dia, desde que seja em pequenas porções. Eles adoram alimentos vivos, como artêmias salinas ou enquitreias. Mas também comem alimentos secos, em flocos, granulados ou liofilizados. Jamais deixe restos de comida no fundo do aquário.

Os guppys têm uma boca pequena e um intestino bastante comprido, por isso cerca de duas horas mais tarde já estão com fome, mas restos em demasia são um mau hábito que pode originar a perda da qualidade do aquário de que tanto gosta. Os recém-nascidos podem ser alimentados com sera-mikropan. Você pode fazer uma papa, misturando-o com água.

Da mesma forma, alimente-os várias vezes ao dia, alternando com artemia recém-nascida, para garantir um crescimento saudável. Utilize muitas plantas, umas com raiz e outras flutuantes, para que as crias possam esconder dos pais (que podem comê-los) e, ao mesmo tempo, crescer sem problemas.

Sagittarias, fetos americanos, synnemas, cabombas e muitas outras espécies servem perfeitamente.

Algumas variedades de guppy

A variedade Moscow Black possui cor de um azul intensamente escuro. As atuais variedades se distinguem principalmente pelo formato da cauda. Nesse aspecto, há grande diversidade, desde a delta, mais valorizada, até a véu, a espada, a lira, a bolha, entre outras.

A variedade Gold Red possui o corpo dourado e as nadadeiras dorsal e caudal vermelhas. A variedade HB Yellow possui o corpo escuro e as nadadeiras amarelas. Já o Yellow possui o corpo cinza claro (original) e as nadadeiras amarelas. Há uma gama enorme de cores e combinações, algumas mais valorizadas, outras menos.

Há também a variedade Moscow, totalmente azul, verde ou púrpura metálicos; a variedade  Mikariff, com o corpo todo amarelo (embora com a caudal pequena); o Full Red, totalmente vermelho. Existem padronagens bastante complexas, como as dos cobras (snakeskin) e dos multi.

O termo AOC (any other color) é empregado para as variedades que não se classificam entre as tradicionais, como o Leopardo. Há também variedades albinas, não menos importantes que as demais.

Classificação quanto ao formato da cauda

Guppy Veiltail (cauda véu):  A nadadeira caudal deve ter a forma de um triângulo isósceles de 45º, de 10/10 do comprimento do corpo.

Guppy Triangletail (cauda delta): A nadadeira caudal deve ter a forma de um triângulo de 70º, de 8/10 do comprimento do corpo.Guppy Fantail (leque/ventilador): A nadadeira caudal é delicadamente curva nas bordas superiores e mais baixas. Seu comprimento corresponde a 8/10 do comprimento do corpo.Guppy Scarftail (lenço/bandeira): A caudal tem uma forma retangular e seu comprimento corresponde a 8/10 do comprimento do corpo.Guppy Double Swordtail (cauda dupla espada): A caudal tem uma forma básica oval e duas  extensões em forma de espada nos raios superiores e inferiores da cauda. Guppy Top Swordtail (espada superior): A caudal tem uma forma básica oval e uma extensão em forma de espada no raio superior. Guppy Bottom Swordtail (espada inferior): A caudal tem uma forma básica oval e uma extensão em forma de espada no raio inferior.Guppy Lyretail (cauda Lira): A caudal tem a forma de uma lira. A forma básica é redonda e não deve exceder 4/10 do comprimento do corpo.Guppy Cofertail (cauda em forma de pá): A forma da caudal se parece com uma pá. O início da caudal é redonda e se abre paralelamente ao eixo do corpo.Guppy Speartail (forma de lança): A caudal tem a forma da ponta de uma lança. Seu comprimento corresponde 8/10 do comprimento do corpo. Guppy Roundtail (cauda redonda): A caudal é redonda com um diâmetro de 5/10 do comprimento do corpo.Guppy Pintail  (cauda alfinete): A forma básica da caudal é arredondada, com um diâmetro de 4/10 do comprimento do corpo. A dorsal é fina e se levanta, íngreme no início. Já a extremidade é pontuda e  se afina a partir do último terço de seu comprimento.
Como Saber Quando Um Peixe Esta Gravida?

Características dos machos para concursos

O tamanho ideal é de 3,2 cm, o que faz com que o guppy receba 8 pontos. Se tiver 2,5 cm, receberá só 6 pontos. As fêmeas são maiores e o tamanho de corpo ideal é de 5,70 cm ou maior, o que faz com que receba 11 pontos por isso.

Forma do corpo

O corpo deve ser arredondado, e não curvado. Não pode ter calombos ou convexidades, pois, dessa forma, perderá pontos. Não deve haver depressões após os olhos. Visto de cima, o corpo deve ser reto, sem deformidades na espinha dorsal. O pedúnculo deve ser forte, na proporção de duas unidades de altura para três de comprimento.

Cor do corpo

A cor do corpo deve ser uniforme da dorsal até a caudal, indo até a cabeça. Se o peito do guppy não for colorido, ele perderá alguns pontos. A intensidade da cor é muito importante, o vermelho fraco terá menos pontos do que o vermelho intenso. Uma padronagem fechada terá mais pontos do que uma com falhas ou pouco definidas.

Comportamento

Um guppy prostrado no fundo do aquário obterá o mínimo de pontos. Já o que se movimenta com vivacidade obterá o máximo de pontos.

  • Simetria
  • Aprenda sobre peixes ornamentais, acessando o curso Produção de Peixes Ornamentais, elaborado pelo CPT – Centro de Produções Técnicas.
  • Por Andréa Oliveira.

Uma simetria excepcional terá o máximo de pontos. Já uma desarticulação entre as proporções das partes terá menos pontos quanto maior for o desequilíbrio. Como Saber Quando Um Peixe Esta Gravida? Como Saber Quando Um Peixe Esta Gravida? AVISO LEGAL

Este conteúdo pode ser publicado livremente, no todo ou em parte, em qualquer mídia, eletrônica ou impressa, desde que contenha um link remetendo para o site www.cpt.com.br.

Veja como saber se seu peixe Platy está grávida e como cuidar

Todas as pessoas que começam no aquarismo sempre procuram peixes mais calmos e sem a necessidade de cuidados muito complexos, afinal estão adentrando neste meio agora.

Então se você se enquadra nesta circunstância, considere ter um peixe Platy! Muitas vezes esquecidos pelos aquaristas profissionais, eles são bem mansos, fáceis de serem cuidados e se reproduzem de forma muito fácil.

Origem

O Platy, de nome científico Xiphophorus maculatus e pertencente a ordem dos Cyprinodontiformes tem sua origem nas águas de estuário da América Central, mais especificamente entre o México e a Guatemala, mas podendo ser encontado em águas deste tipo em outros países do continente.

Aparência

É um peixe de comprimento pequeno e que chega até no máximo 6 cm de comprimento. Existem diversas variantes de cor dos Platy, entre elas o laranja, branco, branco com preto, dálmata e diversos outros tipos deste peixinho encantador!

Existe dimorfismo sexual entre o macho e a fêmea, e por conta disso é fácil de se notar as diferenças entre ambos. A fêmea ela é um pouco maior do que o macho, porem é mais robusta por conta das futuras gestações, enquanto os machos já são mais coloridos e possuem o gonopódio, uma nadadeira anal modificada por onde passam os espermatozoides para que ocorra a fecundação da fêmea.

Como Saber Quando Um Peixe Esta Gravida?Xiphophorus maculatus, conhecido popularmente como plati ou platy, é um peixe ósseo da ordem Cyprinodontiformes, família Poeciliidae com origem no México e Guatemala. Este peixe tropical é muito procurado para a criação em aquário. O Xiphophorus maculatus se reproduz com muita facilidade (foto: Picamik / Wikimedia)

Leia também:  Como Saber Que O Jogo Roda No Meu Pc?

Alimentação

Os Platy são de alimentação onívora, então é sempre bom alimentar os mesmos três vezes ao dia com rações que podem ser do tipo extrusada (Alcon Neon), floculada (Alcon Guppy ou Alcon Basic) ou as que previnem doenças (Alcon Guard Allium, Alcon Guard Thymus e Alcon Guard Herbal).

É necessário saber também que é preciso uma ração especial para os filhotes, a Alcon Alevinos, sendo preciso alimenta-los 4 vezes ao dia.

Reprodução

A parte da reprodução dos Platy é uma das coisas mais legais envolvendo este peixe, afinal ela acontece de forma diferente dos demais e acontece com muita frequência!

Esta espécie atinge a maturidade sexual logo aos 8 meses de vida. Quando este momento chegar, é bom que se tenha mais fêmeas do que machos no aquário para que não haja um estresse de uma perseguição as fêmeas.

Como Saber Quando Um Peixe Esta Gravida?Xiphophorus maculatus – Monika Korzeniec / Wikimedia

Com isso, o macho irá inserir na fêmea o gonopódio, seu órgão sexual, e irá liberar sêmen dentro da fêmea, fazendo com que a mesma engravide e carregue ovos dentro de seu ventre por cerca de 4 a 6 semanas. Esse tipo de reprodução onde os ovos ficam dentro da fêmea é chamada de ovovivípara.

Quando os filhotes nascem, eles já se parecem com os demais da sua espécie, ao contrário de outros peixes que vão ganhando suas características de acordo com o tempo.

Um fato curioso é que a fêmea pode engravidar novamente sem precisar de um macho, visto que elas podem armazenar os espermatozoides e se autofecundarem após 3 ou 4 semanas!

Como Saber Quando Um Peixe Esta Gravida?O aquário deve ser montado com equipamentos de filtragem (filtro mecânico e biológico), termostato para controlar a temperatura e a iluminação adequada

Manutenção do aquário

  • Para manter um aquário com os Platys, é importante que o pH esteja entre 6,8 e 7,4 (sem que haja variação constante de pH) e que a temperatura esteja em média na casa dos 22 graus.
  • São peixes que costumam ser muito pacíficos e ficarem muito bem com outros peixes, então por conta disso é super recomendável se colocar os Platys com os demais peixes em aquários médios e grandes.

Criadores de Guppy e matrizes

Como Saber se Seu Peixe Guppy Está Grávida Criatura bonita e interessante, o guppy é uma das poucas espécies de peixe com fertilização interna, em contraste com a fecundação externa, mais comum entre outros peixes, na qual o macho fertiliza os ovos depois que eles são expelidos pela fêmea. Se há machos e fêmeas de guppy convivendo em seu aquário, é bem provável que uma delas eventualmente acabe prenha. Como isso acontecerá cedo ou tarde, você deve observar o comportamento e a aparência delas sempre que puder para saber se elas estão grávidas.

Parte 1 de 3: Observando sintomas físicos

Terezinha Azevedo

Gostaria de saber se a minha tá grávida.

Ceça Oli

Oq devo fazer se isso acontecer,creio q um dos meus esteja

2,8 mil curtiu isso

informações sobre Guppy, crias cruzamentos e variedades.

1,2 mil curtiu isso

Interesse

2,4 mil curtiu isso

Serviço comercial

Ver mais

3,5 mil curtiu isso

A nossa missão está subdividida em dois tópicos:

Auxiliar clientes que não possuem conhecimento…

2,5 mil curtiu isso

Venda de produtos para peixes de aquário, plantas de aquário, aquários plantados, aquários marinhos,…

179 curtiu isso

Um fotógrafo Colecionador que veio para te a mostrar as verdadeiras e lindas paisagens de todas as…

500 curtiu isso

Empresa de investimentos com garantidora, assim tornando seu investimento com zero risco!…

2,1 mil curtiu isso

3,1 mil curtiu isso

Um hobby e paixão por criação de guppies de linhagem visando o melhoramento genético do animal para…

3,6 mil curtiu isso

Aqui vocês terão novidades de viagens, como fazer um motorhome, Kombihome, como ganhar dinheiro para…

Aquarismo Vendas De Peixes

3,6 mil curtiu isso

Veterinário

Araras, Cuidados E Manejo

2,8 mil curtiu isso

Cuidado e manejo com Araras Canindé ,dividindo minha experiência com quem admira essas aves maravilhosas.

Como saber e por quanto tempo dura a gestação da Molinésia?

Como saber e por quanto tempo dura a gestação do peixe Molinesia? Não faz ideia? Então confira esse artigo que nós criamos!

Na natureza, os peixes se reproduzem de diferentes formas, por exemplo, os bettas costumam colocar seus ovos em ninhos de bolhas na superfície da água, outros criam os alevinos na boca e tem até aqueles que deixam os ovos grudados em vidros e decorações do aquário.

Afinal, como saber que minha molinésia está grávida?

No início, é difícil saber se a fêmea está grávida ou não, principalmente se você não tiver muita experiência em reproduzi-los. A Molinésia é relativamente difícil de saber, ainda mais nos primeiros dias.

De um modo geral, a gestação típica de uma molinésia dura entre vinte (20) e quarenta (40) dias, variando entre as diferentes espécies.

Cada ciclo de gestação, uma fêmea saudável dará à luz em qualquer local de vinte (20) a 100 alevinos, e pode continuar a se reproduzir por até 2 anos e meio; sua expectativa de vida gira em torno dos 3 anos.

Veja também:

  • Como cuidar de filhotes de Guppy?

Quais são os sinais de que ela está grávida?

As molinésias grávidas ficam arredondadas e apresentam um pequeno ponto conhecido como “mancha da gravidez” em sua abertura anal.

Abaixo, listaremos alguns sinais clássicos que você poderá notar nas molinésias grávidas:

  • Uma molly grávida terá uma mudança repentina de comportamento, ou seja, se tornará mais lenta, e passará mais tempo escondida do que o normal, saindo apenas para se alimentar;
  • Elas podem se tornar mais agressivas com outros peixes que cheguem muito perto de seus esconderijos;
  • Você notará uma mancha triangular escura perto da abertura anal da fêmea, chamada de “mancha da gravidez”. Mas, pode ser difícil de enxergar esse ponto em espécimes mais escuras, no caso das molinésias negras, por exemplo. Então, se for o caso, confie nos outros sinais para ter certeza;
  • Como é de se esperar, a “mancha da gravidez” se torna cada vez mais escura à medida que o peixe se aproxima do “parto”. Então, se estiver muito visível, ela estará pronta para soltar os filhotes;
  • A molinésia grávida também possui uma forma mais arredondada, e o estômago fica especialmente maior, parecendo esticado;
  • Em molinésias mais transparentes, você conseguirá até ver os olhos dos alevinos através da barriga conforme ela vai se esticando.

Quanto tempo dura a gestação de uma molinésia?

Como mencionamos acima, as molinésias geralmente ficam grávidas por um período de 20 a 40 dias (em média 30 dias). Claro, isso seria o tempo desde a concepção até o nascimento dos filhotes.

Mas antes desse período, elas passam um tempo namorando os machos, que pode durar alguns dias. Normalmente, esse período de namoro é marcado por algumas perseguições, muitas vezes acompanhadas por leves demonstrações de agressão.

Esta dança só termina com o início da reprodução, seguindo-se os 30 dias (em média), onde a fêmea carrega os ovos até dar à luz pequenas miniaturas dos pais.

Como saber quando a Molinésia vai dar à luz?

As molinésias costumam se esconder quando estão próximas de dar à luz.

Ao longo do período de gestação, a molinésia apresentará várias mudanças comportamentais (conforme já mencionamos na introdução), embora algumas delas fiquem mais acentuadas próximas do nascimento do que outras.

Veja também:

  • Quais peixes eu posso colocar com camarões no aquário?

A mudança no comportamento começará no momento em que seus peixes se reproduzem, às vezes no namoro, e aumentará conforme se aproxima do “parto”.

No entanto, o sinal mais claro que você pode perceber quando ela está próxima de dar à luz, é a famosa “mancha da gravidez” que fica visivelmente escura e grande.

Além disso, quando estão próximas de dar à luz, elas se escondem em qualquer lugar no aquário, evitando o contato com outros peixes. Portanto, certifique-se de que haja uma boa quantidade de decorações, plantas, troncos ou rochas para que elas possam ficar escondidas durante esse período.

Se quiser criar os alevinos, você pode separá-la em um outro aquário e aguardar o “parto”, porém, elas podem comer os filhotes, por conta disso, você deve providenciar uma criadeira ou colocar alguma rede para que os alevinos fiquem separados da mãe.

As molinésias cuidam dos seus filhotes?

  • Infelizmente, não!
  • Os alevinos não recebem nenhum cuidado parental e, portanto, podem ser comidos por elas e também por outros peixes do aquário.
  • Por isso recomendamos o uso de criadeiras ou um aquário especial para reprodução, por que qualquer peixe que estiver ao alcance de um alevino, tentará comê-lo.
  • Como saber e por quanto tempo dura a gestação de uma molinésia não é um bicho de sete cabeças, mas você precisa ficar atento, caso queira criar os alevinos, pois elas não deixarão um único filhote vivo no aquário, caso este não tenha proteção para eles.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*