Como Saber Qual O Tamanho Do Capacete?

Segurança é algo essencial para pilotos de motos, seja para quem anda pelas zonas urbanas, seja para quem topa uma aventura sobre duas rodas em zonas mais afastadas.

Não tem como falar de segurança sem citar o equipamento capacete, não é mesmo? No Brasil, por exemplo, o seu uso é obrigatório por lei, pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

Por isso, separamos algumas dicas para que você saiba como escolher um capacete ideal para moto.

Por que o uso do capacete é importante?

Muitas mortes ou acidentes graves são evitados com o uso do capacete. O acessório, devido ao material e estrutura, ajuda a diminuir o impacto sobre a cabeça.

Existem diversos modelos, estilos e preços de capacetes em lojas físicas e online. No entanto, não vale comprar qualquer capacete.

É preciso que você saiba como escolher um capacete ideal para moto para que ele siga algumas regras básicas de segurança.

Tipos de capacetes

Existem diversos tipos de capacetes, o mercado oferece, principalmente, quatro modelos.

  • Fechado ou integral: este é o modelo mais conhecido e popular de todos. É usado nas ruas e estradas, geralmente.
  • Off-road: utilizado em trilhas para quem pratica motocross, por exemplo. É muito importante que seja usado com um óculos de proteção também.
  • Híbrido: a parte do queixo é móvel e pode ser deslocada para cima.
  • Aberto: não possui proteção no queixo, embora seja mais agradável em dias quentes por conta dessa abertura. Porém, não é o mais indicado para segurança devido a falta de proteção no queixo.

Como escolher o capacete ideal para moto

Tamanho

É preciso que o capacete se ajuste ao tamanho da sua cabeça. Não deve ficar muito apertado e nem com folga. Para saber qual é o tamanho ideal, use uma fita métrica e passe em volta da cabeça, um pouco acima das sobrancelhas. As medidas, em centímetros, seria para os seguintes tamanhos:

  • Tamanho PP: 53 e 54 centímetros;
  • Tamanho P: 55 e 56 centímetros;
  • Tamanho M: 57 e 58 centímetros;
  • Tamanho G: 59 e 60 centímetros;
  • Tamanho GG: 61 e 62 centímetros;
  • Tamanho XGG: 63 e 64 centímetros.

On-road ou off-road

Existem tipos diferenciados de capacetes. O capacete off-roads é usado para pilotos que praticam esportes, como motocross, enduro, trilhas etc.

Na maioria das vezes, esses capacetes são abertos com a parte do queixo mais comprida. Além da proteção na cabeça, são modelos contra impactos de pedras, lamas, insetos etc.

Ou seja, pensado exatamente para a prática de esporte radical sobre duas rodas.

Já o capacete on-road é usado por pilotos que utilizam motos em zonas urbanas e rodovias. Estes modelos não são indicados para práticas esportivas, pois não condiz com toda proteção necessária para as zonas urbanas.

Material

O material do capacete também é peça-chave em relação a qualidade e a durabilidade do equipamento. Existem diversos materiais, mas os mais conhecidos são: fibra de carbono, ABS e Kevlar. O material varia o preço do produto.

Capacetes ASW

Como Saber Qual O Tamanho Do Capacete?

A ASW trabalha com capacetes para quem curte moto. Após essas inúmeras dicas, saiba como escolher o capacete ideal para moto no site da marca. São capacetes seguros e com alta tecnologia para quem gosta de aventura e não perde um desafio por nada. Visite o site e conheça os todos os modelos de capacetes.

  • Como Saber Qual O Tamanho Do Capacete?

União entre Silva Mattos e Star Racer forma a Alta Sports. Com 33 e 21 anos de atuação respectivamente, ambas as empresas têm grande representatividade, sólida reputação nacional e internacional e longa história no setor.

A Silva Mattos além de proprietária da marca ASW Racing, é a distribuidora exclusiva das marcas Leatt, Garneau e Alpinestars bike.

A Star Racer por sua vez, opera a distribuição oficial no mercado de moto das marcas Alpinestars e Bell Helmets.

  • Como Saber Qual O Tamanho Do Capacete?

Se você é um entusiasta no universo das motocicletas, fique por dentro da diferença entre motos on-road e off-road. Vista-se

  • Como Saber Qual O Tamanho Do Capacete?

Títulos da MX1, MX2 e MX2-Junior ficaram nas mãos de Carlos Campano, Fabio Santos e Tallys Nathan, respectivamente

  • Como Saber Qual O Tamanho Do Capacete?

Combinando a qualidade dos conjuntos Podium Glory 19 com a exclusividade gráfica que apenas alguns de nossos atletas de alta

8 dicas para comprar capacete de moto

Além do formato, há outros detalhes que devem ser observados na hora de comprar um capacete de moto. Por isso, selecionamos oito dicas para você escolher o modelo que se encaixe no seu perfil. Só não esqueça que o acessório ideal não é o mais bonito, mas, sim, o mais seguro e confortável.

1. Tamanho.

Para ser efetivamente seguro e confortável, o capacete deve obrigatoriamente se ajustar bem à cabeça. Para saber o seu tamanho, passe uma fita métrica em volta da cabeça, na altura da testa. Por exemplo, caso a circunferência da sua cabeça seja 58 centímetros, seu número de capacete será 58 – clique aqui para ver a tabela completa.

A parte posterior do capacete deve ficar bem junta ao pescoço e à parte anterior à testa (o ideal é que não passe o polegar entre o capacete e a cabeça). Mas atenção: experimente pelo menos dois tamanhos para encontrar aquele que melhor se ajusta.

Outra dica: antes de comprar um modelo pela internet, vá á uma loja e verifique se o tamanho indicado pelo fabricante é realmente compatível com as suas medidas.

Como Saber Qual O Tamanho Do Capacete?

2. Forro

Deve ser confortável, absorver bem o suor e ter uma boa capacidade de respiração. Prefira os capacetes com forros removíveis, assim, ele poderá ser facilmente lavado.

Como Saber Qual O Tamanho Do Capacete?

3. Viseira.

Prefira as viseiras feitas com um plástico mais grosso e com tratamento antirrisco, pois duram muito mais que as demais. Além disso, verifique se é possível substituí-la. Isso ajuda a mantê-la sempre em perfeitas condições, sem rachaduras ou arranhões que atrapalhem a visão.

Como Saber Qual O Tamanho Do Capacete?

4. Ventilação

O sistema de ventilação é importante para manter o capacete arejado e para evitar embasamento da viseira. Além disso, esse sistema é a principal causa de ruídos no capacete. Quanto mais aerodinâmicos (com formas arredondadas) for, menor será o ruído.

5. Uso de óculos.

É importante notar se o capacete permite utilizar confortavelmente seus óculos de sol ou de grau. Caso o capacete não possua viseira, é obrigatório o uso de óculos de proteção, que permitam o uso simultâneo de óculos comuns.

6. Troca.

Os fabricantes recomendam a substituição do capacete depois de três anos de sua compra e cinco anos depois da fabricação. Decorridos esses tempos, a fadiga natural dos materiais que o compõem pode comprometer o poder de absorção de impacto e, consequentemente, a segurança do usuário.

7. Acidente.

Se o capacete sofrer uma pancada, pode haver uma compressão interna, que comprometerá a sua capacidade para absorver choques quando necessário. Por isso, troque o acessório que tenha sofrido uma pancada ou acidente, mesmo que tudo pareça normal no exterior e não haja percepção visual de danos.

8. Não compre capacetes usados

Ele pode ter sofrido pancadas ou acidentes e você não terá a percepção do dano.

Como escolher o capacete ideal para andar de bicicleta?

  • Como Saber Qual O Tamanho Do Capacete?Com certeza você sabe que um dos itens indispensáveis ao ciclista é o capacete, pois protege a cabeça dos impactos sofridos num acidente.
  • É esse item é extremamente necessário, seja para um simples passeio de fim de semana ou para o dia a dia num trânsito intenso da cidade.
  • Na hora de adquirir o capacete, podem surgir algumas dúvidas e no post de hoje, daremos dicas para ajudar você a escolher o tamanho ideal de capacete para pedalar com segurança.

Para poder escolher o tamanho correto de capacete para você, é preciso tirar suas medidas.

  • A fita métrica deve ser colocada em volta da cabeça, acima da sobrancelha, ficando em volta da cabeça por completo
  • Não aperte muito a fita métrica e nem deixe muito frouxa
  • Na dúvida, meça em frente ao espelho ou peça ajuda. Se for comprar em uma loja especializada, você pode contar com a ajuda dos consultores.

Com as medidas tiradas, você terá melhor noção de qual tamanho escolher. A maioria dos fabricantes seguem o seguinte padrão:

  • XS ( extra-small) / PP ( extra pequeno) – para circunferência de 47 cm a 50 cm de diâmetro. Corresponde ao tamanho infantil
  • S( small) / P ( pequeno) – para circunferência de 51cm a 55cm de diâmetro
  • M ( medium / médio) – para circunferência de 55 cm a 59 cm de diâmetro
  • L( large) G ( grande) – para circunferência de 59 cm a 63 cm de diâmetro
  • XL( extra-large) / GG ( extra grande) – para circunferência de 63 cm a 66 cm de diâmetro.

Se for comprar em loja física, aproveite para experimentar o capacete correspondente à sua medida e veja se se encaixa com conforto e firmeza na cabeça.

Ele precisa cobrir sua testa e sua nuca, bem fixo e centralizado porque o capacete não pode ficar como que bambo na cabeça.

Leia também:  Como Descobrir Qual O Emprego Ideal?

Fique atento também se o capacete escolhido tem boa ventilação e se possui regulagem para ajuste na cabeça. Isso garante o total conforto.

Como Saber Qual O Tamanho Do Capacete?

Fique sempre atento aos sinais de danos. Caso você tenha sofrido uma queda ou simplesmente deixou o capacete cair, o material interno, poliestireno, sofrera uma deformação, e isso tornará a proteção do capacete ineficaz.

O mais seguro é fazer a troca do equipamento.

  1. Na Rino Bikes, você encontra o capacete ideal e consultores para ajudar a escolher o melhor modelo.
  2. Entre em contato conosco!
  3. No nosso blog, temos outros posts interessantes sobre diversos outros assuntos, não deixe de ler.

3 maneiras de escolher certo o capacete de moto

Como Saber Qual O Tamanho Do Capacete?

Escolher certo o capacete de moto é fundamental, pois se trata de um item de segurança para o motociclista e de uso obrigatório por lei. Portanto, a escolha errada pode significar a ausência de proteção à cabeça em eventual acidente.

Mas, ao mesmo tempo, são tantos os modelos, marcas, preços e tipos que pode ser difícil fazer a escolha certa.

E é por isso que preparamos este post para você! Continue lendo e saiba como escolher o seu.

1. Atendimento às necessidades do motociclista

O capacete escolhido deve estar de acordo com as suas necessidades. Por isso, se você precisa dele para pegar a estrada ou se vai pilotar por horas, o ideal é escolher um modelo feito de fibra de carbono. O equipamento deste material tem baixo peso e muita resistência.

Além disso, certifique-se de que ele tenha um bom sistema de ventilação. Uma boa aerodinâmica evita que a viseira embace e garante a renovação do ar internamente.

Já os motociclistas de cidade para escolher certo o capacete de moto, podem optar por modelos confeccionados em fibra de vidro, por serem leves e resistentes para velocidades médias.

No entanto, em ambas as situações, prefira capacete com forro removível e confeccionado em material antibactericida e antialérgico, eles são mais higiênicos e menos propensos a desenvolver bactérias.

2. Escolher certo o capacete de moto requer um tamanho adequado

Antes de comprar, você deve saber qual o tamanho apropriado. Ele não pode ser largo, pois pode se soltar em caso de colisão, mas também não pode ficar excessivamente apertado em sua cabeça.

O ideal é que ele entre sem que você tenha que fazer muito esforço. Além disso, ele tende a se alargar com o tempo. E não se preocupe com a sensação de desconforto ao começar a utilizá-lo, pois ele vai tomando a forma de sua cabeça e se torna mais confortável.

Para saber seu tamanho, basta medir a circunferência da cabeça com uma fita métrica, você deve passá-la próxima à ponta superior das orelhas e pouco acima das sobrancelhas.

Agora, é só conferir o tamanho:

  • De 53 a 54 cm: XS
  • De 55 a 56 cm: S
  • De 57 a 58 cm: M
  • De 59 a 60 cm: L
  • De 61 a 62 cm: XL
  • De 63 a 64 cm: XXL.

3. Atendimento às exigências do DENATRAN

Escolher certo o capacete de moto, além de atender às suas necessidades, precisa atender às exigências do DENATRAN (Departamento Nacional de Trânsito), para não correr o risco de ser multado.

A primeira é que o capacete deve ter óculos de proteção ou viseira, nos padrões cristal, fumê, light ou metalizado para uso diurno. Já para uso noturno, somente no padrão cristal. Mas não basta ter a viseira, ela deve permanecer abaixada enquanto você estiver circulando.

E, ainda, garanta que a viseira ofereça a máxima visão, inclusive periférica. O Capacete LS2 é uma ótima opção.

A segunda é que ele deve ter adesivos retrorrefletivos na parte frontal, lateral e traseira. Isso garante maior visibilidade por parte dos motoristas.

E, por fim, ele deve ter o selo do Inmetro. Assim, se você pretende comprar um capacete no Brasil, só compre se ele tiver o selo.

Agora, se você pretende comprar o seu capacete fora do Brasil, ele não virá com o selo do Inmetro, mas deve vir com a certificação do país de origem.

Não obstante isso, é usual a aplicação de multa ao motociclista com este capacete importado. Caso isso aconteça com você, vale a pena recorrer perante o Detran.

Além disso, o capacete deve estar sempre afivelado e em perfeito estado de uso.

Esperamos que com todas essas dicas tenha ficado mais fácil escolher certo o capacete de moto!

Na Zelão Racing, você encontra uma grande variedade de modelos de capacete para escolher o que melhor atende às suas necessidades. Confira nossas opções de capacete Shark, capacete Shoei, capacete AGV e capacete Norisk!

Importantes essas dicas, não é mesmo? Então aproveite para compartilhá-la nas redes sociais para que mais motociclistas aprendam!

Como Saber Qual O Tamanho Do Capacete?

Como saber o tamanho para o meu capacete?

Primeiramente, você precisará medir a circunferência de sua cabeça, começando sobre as sobrancelhas e orelhas horizontalmente. Logo após, escolha o número igual ao tamanho de sua cabeça e caso a medida for ímpar escolha um capacete maior. Por exemplo, se o tamanho de sua cabeça for 55 cm, o número ideal para você é 56.

  • Passo a passo de como escolher o tamanho ideal para o seu capacete?
  • 1- Pegue uma fita métrica.
  • 2- Meça a circunferência da sua cabeça horizontalmente sobre sua sobrancelha e orelhas.
  • 3- O resultado da medida será em centímetros, escolha a numeração mais próxima da sua.
  • Como Saber Qual O Tamanho Do Capacete? 
  • Resultado da Medida
  • 53 a 54 cm = Tamanho 54 – XS (Extra Pequeno ou Infantil)
  • 55 a 56 cm = Tamanho 56 – S (ou Pequeno)
  • 57 a 58 cm = Tamanho 58 – M (Médio)
  • 59 a 60 cm = Tamanho 60 – L (Grande)
  • 61 a 62 cm = Tamanho 62 – XL (Extra Grande)
  • Atenção — Dica: É importante escolher um capacete bem justo, pois, a tendência é que ele se alargue com o uso.
  • Portanto, se a sua medida é 55 ou 56 cm, escolha um 56 sem medo.

Recomendações Finais para sua segurança:

  1. Manter o capacete sempre bem afivelado;
  2. Andar com a viseira fechada;
  3. Trocar de capacete em períodos de 3 a 5 anos;
  4. Em caso de choque, o capacete deve ser trocado, pois perderá suas propriedades de proteção.

 

Dúvidas Frequentes

Qual capacete comprar? Capacete aberto ou fechado?

O capacete aberto ou modular é recomendado para ambientes urbanos (dentro da cidade), ele proporciona uma brisa agradável em dias quentes. Já o capacete fechado ou integral é o mais indicado para pilotar em ruas ou pistas mais movimentadas, graças ao seu design ele oferece uma proteção completa.

Capacete tem validade?

Segundo o CONTRAN capacetes não necessitam de uma data de validade específica, no entanto, recomenda-se que o produto seja verificado periodicamente e trocado caso ocorra algum dano proveniente de eventuais quedas ou acidentes. Lembrando que o equipamento deve estar em boas condições de uso.

Quando trocar o Capacete? 

O capacete deve ser trocado em caso de choque, pois, perderá suas propriedades de proteção. Também é preciso conferir se a espuma interna está firme, pois, o capacete não pode estar frouxo, ou girando na cabeça. É preciso ter o selo do INMETRO por questões legais.

  • Ainda com dúvidas? Chame no WhatsApp (43) 99802-6634 
  • ou acesse o nosso Formulário online
  • WhatsApp: Atendemos de Segunda à Sexta-feira, das 8h às 17:30h, exceto feriados nacionais.

Tamanho de capacete: veja como escolher o melhor!

A escolha de um acessório de segurança para motoqueiro requer atenção e cuidado, pois, caso o item não esteja adequado às necessidades e especificidades do condutor, ele pode acabar não exercendo suas funções da forma como deveria.

É o caso do capacete, cujo modelo ideal gera muitas dúvidas no dia a dia. Isso porque existem diversos tipos, marcas, tamanhos e preços no mercado, e essa grande gama de opções faz com que a escolha certa nem sempre seja fácil.

Sabia que o tamanho de capacete é um dos aspectos mais importantes na hora de comprar esse equipamento? Para ajudá-lo a escolher um capacete com o tamanho ideal, preparamos este post com os 5 principais passos para uma boa compra. Confira!

Importância de um bom capacete

Antes de conferir as dicas para a hora da compra, é necessário entender a importância do capacete para todo motoqueiro. Como você já sabe, o uso do capacete é obrigatório durante a pilotagem, além de ser extremamente necessário para a segurança do piloto.

Em caso de acidente, ele ajuda a proteger a área da cabeça e evita que o impacto de uma queda ou batida cause consequências mais graves. Esse item é importante não apenas para o motoqueiro, mas também para quem está na garupa, por isso deve ser usado por todos que estão na moto.

5 passos para escolher o tamanho de capacete ideal

Para que o capacete o proteja em caso de acidentes, é essencial que ele tenha um tamanho apropriado. Se ele for largo, vai se soltar em uma colisão. Por outro lado, se ele for muito apertado, pode machucar a sua cabeça. Por isso, o ideal é que o capacete entre na cabeça sem que seja necessário fazer muito esforço.

Leia também:  Como Se Chama A Arvore Que Da Romã?

Mas, afinal, como escolher o tamanho de capacete certo? A seguir, confira 5 passos e tire essa dúvida de uma vez por todas!

1. Meça a circunferência da sua cabeça

O primeiro passo para saber o tamanho ideal do capacete é medir a circunferência da sua cabeça. Isso é bem simples: basta pegar uma fita métrica e passá-la próxima à ponta superior das orelhas e pouco acima das sobrancelhas, medindo a circunferência da cabeça na horizontal.

No geral, a circunferência do crânio do ser humano mede entre 53 e 64 cm — portanto, você vai encontrar uma medida nessa faixa. Essa é uma das formas mais práticas e seguras na hora de comprar um capacete de tamanho adequado.

2. Consulte a tabela de medidas

Muitas pessoas não sabem, mas existe uma tabela de tamanhos para capacetes. Uma curiosidade: ele vale para todos os tipos, tanto para os de moto quanto para os de bicicleta e outros esportes.

Portanto, é muito importante que você consulte essa tabela para verificar qual é o tamanho de capacete ideal para você. Conheça os tamanhos e suas medidas correspondentes:

  • XS (infantil): entre 53 e 54 cm;
  • S (pequeno): entre 55 e 56 cm;
  • M (médio): entre 57 e 58 cm;
  • L: (grande): entre 59 e 60 cm;
  • XL (extragrande): entre 61 e 62 cm;
  • XXL (maior tamanho): entre 63 e 64 cm.

3. Analise o forro do capacete

O material do forro do capacete é outro ponto importante para a sua segurança no trânsito, pois ele ajuda a absorver o choque no caso de uma colisão. Para que o forro exerça sua função de proteção, é necessário que ele tenha entre 1,5 e 3 cm de espessura.

Dependendo da circunferência da sua cabeça, pode ser que a espessura do forro acabe tornando o encaixei do capacete no crânio mais largo ou mais apertado. Portanto, não se esqueça de analisar esse fator.

4. Prefira experimentar o capacete

A internet oferece diversas vantagens na hora de comprar um novo produto, inclusive quando falamos em acessórios para motoqueiros. Afinal, bastam poucos minutos para selecionar um item e finalizar a compra.

No entanto, experimentar o capacete antes de comprá-lo é essencial para ter certeza de que o modelo tem o tamanho adequado para você. Assim, recomendamos que você vá até uma loja física e verifique se o tamanho que pretende comprar é compatível com as suas medidas.

Nesse momento, não se esqueça de experimentar pelo menos dois tamanhos para encontrar aquele que se ajusta melhor em sua cabeça. Colocando essa dica em prática, você aproveita todas as vantagens proporcionadas pela compra online e tem certeza de que vai adquirir o tamanho de capacete certo.

5. Dê preferência à medida menor

Ao escolher um capacete, muitas pessoas ficam em dúvida entre duas ou três medidas, pois todas parecem ser adequadas. Nesse momento, o recomendado é optar pela menor medida disponível, de acordo com a circunferência de seu crânio.

Se você se sente confortável com um capacete grande (L), mas está em dúvida se o extragrande (XL) será o ideal por também deixá-lo confortável, indicamos levar a menor medida, ou seja, o acessório grande (L).

Isso porque a maioria dos capacetes alargam um pouco com o uso. Assim, com o tempo, o equipamento de tamanho menor vai se ajustar perfeitamente ao seu crânio.

Da mesma forma, caso você faça a medição da circunferência de sua cabeça e o resultado não seja um valor inteiro, sempre opte pelo número menor. Se a circunferência medir 59,5 cm, por exemplo, escolha um capacete com 59 cm.

Lembre-se: quanto mais justo for o capacete, melhor. É comum encontrar pilotos improvisando no dia a dia, seja colocando um lenço ou um boné para preencher o espaço restante de um capacete largo demais. No entanto, essa prática é perigosa e pode comprometer a sua segurança.

Além de escolher o tamanho de capacete adequado para você, também é essencial que ele esteja de acordo com as normas do INMETRO. Independentemente de seu orçamento, capacetes certificados são a única maneira de garantir a sua segurança no trânsito.

O que achou de nosso post? Se quer receber outros conteúdos com dicas e orientações na hora de pilotar, assine a nossa newsletter. Assim, você vai receber todas as novidades de nosso blog diretamente em seu e-mail!

Do tamanho ao modelo: conheça os tipos de capacete ideais para você!

A segurança é elemento primordial para os motociclistas. Diferente dos carros, que contam com vários acessórios de segurança, como os cintos de segurança e airbags, as motos têm apenas roupas, botas e luvas específicas, além do item mais importante: o capacete.

Para fazer a escolha certa, motociclistas precisam estar atentos a alguns quesitos técnicos para que andar de moto seja divertido, mas também seguro. A Geração Yamaha elencou algumas características para você escolher o modelo ideal de capacete.

Ser seguro é requisito de todos os capacetes, mas eles precisam ser confortáveis, tornando a experiência de andar de moto muito melhor.

seis tamanhos diferentes de capacetes e, para escolher o melhor para a sua cabeça, utilize de uma fita métrica e enrole por toda a cabeça, começando e terminando no mesmo ponto. Caso necessário, peça ajuda para alguém.

Com a medida definida, é a hora de conhecer o capacete ideal. Se a medida for de 53 a 54 centímetros, o modelo é o XS; entre 55 e 56, o S; de 57 a 58, M; se for de 59 a 60, o capacete L; os tamanhos 61 e 62 centímetros pedem o XL; por fim, de 63 a 64, o modelo ideal é o XXL.

Caso sua cabeça ultrapasse os 65 centímetros (casos raros, mas que existem), então você poderá pedir para fabricar um por conta própria.

O próprio Instituto Nacional de Metrologia (Inmetro), em parceria com a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), definiu os tipos de capacetes para os motociclistas. Eles são apresentados em quatro categorias, que você confere abaixo.

  • Apesar de ser o menos seguro do País, este tipo de capacete pode ser ideal para o clima de várias cidades brasileiras, pois é o que recebe melhor a ventilação. O ponto negativo fica por conta da ausência da queixeira, que protege todo o rosto, não só a região maxilar. Atenção: se não houver visor, você precisará de um óculos de proteção. Caso não faça isso, será multado.
  • Com uma queixeira removível, este tipo de capacete é intermediário entre segurança e conforto.

O melhor capacete para você é aquele que alie segurança e conforto, mas há de se levar em conta as características como o local onde o motociclista irá trafegar – perímetros urbanos ou rurais.

Por exemplo, no caso de quem anda em estradas de terra, ter uma boa viseira faz toda a diferença, pois impede que as partículas de poeira atinjam os olhos. Já na cidade, um capacete integral pode evitar que o condutor sofra sérios acidentes se bater a cabeça no asfalto.

A última e tão importante dica no momento de escolher o capacete ideal para você é: confira se o item possui selo do Inmetro, mostrando que ele é um acessório seguro.

A relação de capacetes mais caros com a qualidade pode lhe enganar.

Por isso, sempre tenha em mente na hora de escolher o capacete ideal as questões de tamanho, segurança, selo de verificação, forro, material e comodidade.

Assim, a experiência de andar de moto poderá ser maximizada. Na Geração Yamaha, todas essas opções estão presentes. Clique no botão abaixo e confira:

comentários

Com o trânsito das cidades cada vez mais intenso e perigoso, o capacete tornou-se definitivamente o melhor amigo dos motociclistas e um acessório fundamental para quem quer mostrar estilo sobre duas rodas. Além de ser um item obrigatório para a segurança de condutores e passageiros, ele possui aspectos estéticos que podem influenciar na sua escolha.

Existem atualmente quatro tipos de capacetes homologados pelo INMETRO (abaixo você confere quais são eles). Os modelos mais sofisticados contam com proteção facial, protetores de ouvido e ventilação adicional. Dessa forma eles protegem os olhos e ajudam o motociclista a encarar a pista nos dias frios e chuvosos.

Mesmo com toda a diversidade de modelos disponíveis no mercado, o principal critério na escolha de um capacete ainda deve ser a segurança.

Lembre-se de que a sua função é prevenir, proteger ou reduzir os danos que podem ocorrer na cabeça do motociclista em casos de acidentes.

Por isso vale ressaltar que os capacetes devem ficar fixos à cabeça e sem folgas, conforme determina a resolução 203 de 29 de setembro de 2006 do CONTRAN (Conselho Nacional de Trânsito).

Qual o prazo de validade de um capacete? Como escolher o tamanho ideal? Capacete reformado é seguro? Neste guia de compras você encontrará as respostas para as perguntas mais comuns de nossos clientes na hora de adquirir um capacete para moto.

Leia também:  Como Ajudar Uma Pessoa Que Se Corta?

Quais os tipos de capacetes para moto homologados?

Existem 4 tipos de capacetes permitidos pela legislação segundo CONTRAN e avaliação do INMETRO: Aberto, Integral, Modular e Misto.

Adicionamos à nossa lista o modelo Off-Road, ele é considerado um capacete fechado, com pala e sem viseira, mas merece destaque pois é utilizado para outra finalidade além do uso normal na cidade. Confira abaixo as características de cada um:

  1. Este é o capacete ideal para o verão, pois são bem arejados. Porém não oferecem segurança eficiente para parte do rosto, nariz, boca e queixo deixando-os expostos e vulneráveis em acidentes. Outro ponto importante sobre os capacetes abertos é que há os com viseiras ou sem viseiras. Quando o capacete não tiver viseira fica obrigatório o uso de óculos de proteção.

  2. Considerado o mais seguro e utilizado pelos motociclistas, o modelo fechado protege de forma completa, tanto queixo como calota craniana e face. Além disso, são ideais para viagens, pois proporcionam maior segurança a velocidades mais altas. Alguns modelos ainda possuem sistema de ventilação e exaustão, que ajudam a não embaçar a viseira e diminuem o calor na cabeça.

  3. O capacete escamoteável oferece duas vantagens em um só equipamento. A viseira articulada permite maior praticidade nas horas em que o motociclista precisa falar, mas mantém a mesma segurança que os capacetes integrais proporcionam. Oferece uma boa proteção, porém é mais pesado e barulhento que os fechados normais.

  4. Utilizado por pilotos e praticantes de motocross, rally, enduro, free style ou por aqueles que amam se aventurar por trilhas e terrenos inóspitos no final de semana.

    Com design diferenciado, possui a queixeira mais alongada para proteção de quedas e previne inalação de terra e areia dos terrenos acidentados.

    O uso de óculos de proteção é obrigatório para este modelo.

Como saber o tamanho do capacete ideal para mim?

Passe uma fita métrica na altura da testa, acima da orelhas, e meça a circunferência da cabeça.

O tamanho é correspondido à circunferência em centímetros, ou seja, se essa medida for de 55 centímetros, o tamanho do capacete é de 55.

Alguns fabricantes utilizam outra forma de nomenclatura para definir o tamanho do capacete, que correspondem: 56 – S (pequeno); 58 – M (médio); 60 – L (Grande); 62 – XL (extra grande).

Tabela de Tamanhos e Medidas
Tamanhos PP (XS) P (S) M (M) G (L) GG (XL) GGG (XXL)
Medida da Cebeça (cm) 54 56 58 60 62 64
53-54 55-56 57-58 59-60 61-62 63-64

De que materiais são feitos os capacetes?

  1. No primeiro impacto ele absorve muito bem, porém a possibilidade de haver mais impactos em um mesmo acidente faz com que ele perca a capacidade de absorção. É o mais leve dos capacetes.

  2. São os mais econômicos no mercado e oferecem uma ótima relação custo benefício. Os injetados são feitos normalmente de ABS, um plástico com menor capacidade de absorção de impacto que os de fibras.

  3. É o mais seguro de todos pois mantém seu nível de impacto mais de uma vez em um mesmo acidente. Também é mais econômico que o de fibra de carbono.

  4. O Kevla normalmente é misturado junto às fibras de vidro e carbono em sua fabricação, garantindo muito mais segurança. O Kevla é utilizado em vidros blindados, coletes a prova de bala e capacetes de combate. Tem alto poder de absorção de impacto.

Quais outros itens devo ficar atento na hora da compra?

    A cinta jugular deve ser usada. Se houver acidente e ela não estiver presa, o capacete voará da cabeça. Além disso, ela tem que estar muito bem presa, caso contrário ela poderá piorar a situação em caso de acidente, não protegendo corretamente e ocasionando algum outro tipo de fratura. Há dois tipos de cinta jugular: a de engate rápido, para aqueles que utilizam a moto como ferramenta de trabalho e precisam a todo o momento retirar o capacete; e a de fecho com anel duplo, que evita quebras na fivela e é mais seguro, principalmente em velocidades mais altas, pois permite que você prenda com firmeza e ajuste perfeitamente ao seu maxilar.

  • Deverá ser utilizado por todos modelos de capacetes que não tiverem viseira. Óculos de proteção EPI, sol e grau, ou qualquer outro tipo que seja, não substituem o uso dos óculos de proteção para motociclistas. Eles devem ser confortáveis e flexíveis, muitos dos modelos e marcas hoje já possuem ação anti-risco.
  • As viseiras têm por objetivo proteger a face contra possíveis sujeiras e insetos que possam se chocar com o rosto e olhos. Quanto maior a sua espessura, mais resistente ela será. Além disso, algumas têm alta definição e permitem enxergar sem distorções através delas. Há dois modelos permitidos por lei: a fumê e a cristal (transparente). Mas atenção: a viseira fumê deve ser usada somente para o dia, pois ela é escura e prejudica a visibilidade à noite, além de ser proibido por lei no período noturno.
  • Um bom capacete oferece um sistema de ventilação eficiente, esses sistemas normalmente são pequenas frestas que facilitam a entrada e saída de ar.
  • Feito de poliuretano, um tipo de isopor mais denso que, junto com o casco do capacete, tem a função de absorver o impacto e evitar que o choque chegue ao crânio. Outro material utilizado é a espuma, que além de proporcionar conforto ajuda a prevenir lesões na cabeça.
  • Existem os capacetes que permitem a retirada do forro facilitando sua higiene, e os que não permitem, exigindo mais tempo de secagem após a lavagem. Além disso, você pode encontrar modelos com forros antialérgicos que evitam problemas de pele.

Capacete tem prazo de validade?

O ideal é fazer a troca de capacete entre 3 e 5 anos dependendo da intensidade de uso.

Importante ficar atento para que o mesmo não tenha nenhuma queda, como ele é feito para absorver impactos, qualquer queda pode comprometer a estrutura e o certo é adquirir outro.

Mais uma dica é evitar comprar capacetes usados, além de você não saber o tempo de uso, ele ainda pode ter sofrido algum impacto.

O que saber na hora de comprar um capacete para motos?

Há uma série de cuidados que você deve ter ao adquirir um capacete para moto. Entre eles estão:

  • O tamanho deve ficar justo, sem espaços na bochecha e testa;
  • Certificação do INMETRO (selo holográfico), fixado na altura da nuca no capacete;
  • Faixas refletivas nas partes frontais, traseiras e laterais, devem ter superfície de 18 cm² cada.

Como manter a limpeza e higiene de seu capacete?

A limpeza do seu capacete deve ser feito com pano úmido e sabão neutro ou uma leve mistura de água e detergente neutro para o casco e viseira. Não deve ser lavado com nenhum tipo de substância abrasiva como solvente, benzina e limpa vidros.

Há a possibilidade de encerar seu capacete com polidores para plásticos, inclusive a viseira. Isso permitirá melhor visibilidade.

Na parte interior o ideal é o uso de balaclava ou gorro (como é conhecido em muitos lugares) para capacetes que não permitem a retirada do forro, prevenindo as bactérias e fungos que causam mau cheiro e que se formam com o contato da pele e suor. Você também poderá passar um pano úmido com detergente neutro para limpar o interior.

Para os capacetes que permitem a retirada da forração, destaque com cuidado o forro fazendo a limpeza com detergente neutro. Se for lavar na lavadora de roupa, utilize a opção “roupas delicadas”.

Para secagem, a dica é manter o acessório ao ar livre e na sombra preferencialmente com a viseira aberta para evitar mofo.

Posso usar capacete junto com óculos de grau?

Sim, o uso do capacete pelo motociclista não impede a utilização dos óculos de graus e nem os óculos de sol. Pode ser desconfortável, mas o uso é permito e obrigatório para motociclistas que tenham algum tipo de problema de visão. Para quem sente desconforto ao usar óculos com capacete, o ideal é utilizar lentes de contato, evitando assim o incômodo.

Capacete pode ser reformado e ter segurança?

De forma alguma. Ele pode até não apresentar aparentes arranhões, mas mesmo em uma queda ele deve ser trocado. Nunca reformado. A principal função do capacete é absorver impacto, se já houve uma queda essa estrutura fica comprometida. Além disso, os capacetes passam por rigorosos testes do INMETRO para garantir segurança.

Posso andar com capacete de trilha com óculos de trilha na cidade ?

Sim, mas somente se estiver usando o óculos de proteção, caso contrário você poderá ser multado.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*