Como Saber Qual O Peso Ideal Para Minha Altura?

Quer descobrir o seu peso ideal? O índice de massa corporal (IMC) pode ajudar a calculá-lo. O seu peso deve ser dividido pelo quadrado da sua altura. A idade e o peso também têm um papel específico.

A fórmula para encontrar o seu peso ideal é a seguinte: (massa corporal em quilos) / (altura em metros)²

O IMC indica a relação entre o peso e a altura. Conforme o resultado deste cálculo e consoante a idade e o sexo, a nossa calculadora de IMC consegue determinar um valor que indica exatamente se tem ou não um peso normal.

A tabela do IMC apresentada ao lado contém uma classificação das diferentes categorias de peso em função da idade e oferece um panorama para compreender se o seu valor está no limite de outra categoria de peso. Por exemplo, poderá estar na categoria “peso normal” apesar de já estar perto de “peso baixo” ou da “pré obesidade”.

Em função da sua constituição atual e do seu estado de saúde poderá ser necessário um aumento ou uma perda de peso. De qualquer forma, no caso de valores extremos, consulte o seu médico para identificar eventuais medidas a adoptar de forma a minimizar os riscos para a sua saúde.

As pessoas que fazem muito desporto apresentam frequentemente um índice de massa corporal muito elevado. Por esta razão, o mais indicado para elas é efetuar uma análise da gordura corporal.

Idade Peso Baixo Peso normal Pré obesidade Obesidade Obesidadegrave
18 – 24 < 20 20 – 25 25 – 30 30 – 40 > 40
25 – 34 < 21 21 – 26 26 – 31 31 – 41 > 41
35 – 44 < 22 22 – 27 27 – 32 32 – 42 > 42
45 – 54 < 23 23 – 28 28 – 33 33 – 43 > 43
55 – 64 < 24 24 – 29 29 – 34 34 – 44 > 44
65+ < 25 25 – 30 30 – 35 35 – 45 > 45
Idade Peso Baixo Peso normal Pré obesidade Obesidade Obesidadegrave
18 – 24 < 19 19 – 24 24 – 29 29 – 39 > 39
25 – 34 < 20 20 – 25 25 – 30 30 – 40 > 40
35 – 44 < 21 21 – 26 26 – 31 31 – 41 > 41
45 – 54 < 22 22 – 27 27 – 32 32 – 42 > 42
55 – 64 < 23 23 – 28 28 – 33 33 – 43 > 43
65+ < 24 24 – 29 29 – 34 34 – 44 > 44

O índice de massa corporal é uma ferramenta poderosa para o controlo de peso. A classificação do IMC é a relação entre peso e altura e o cálculo é feito de acordo com a fórmula: IMC = peso/ (altura x altura). A tabela dos valores de referência indica se:

  • Peso baixo, quando o resultado é menor que 18,5 kg/m2;
  • Peso normal, quando o resultado está entre 18,5 e 24,9 kg/m2;
  • Pré-obesidade, quando o resultado está entre 24,9 e 30 kg/m2;
  • Obesidade, quando o resultado é maior que 30 kg/m2.

Conforme o resultado deste cálculo, consegue determinar se se encontra no peso ideal para a sua idade e altura.

A tabela do IMC apresentada ao lado, contém uma classificação das diferentes categorias de peso em função da idade e oferece um panorama para compreender se o seu valor está no limite de outra categoria de peso.

Por exemplo, poderá estar na categoria “peso normal” apesar de já estar perto de “peso baixo” ou da “pré obesidade”. Em função da sua constituição atual e do seu estado de saúde, poderá ser necessário um aumento ou uma perda de peso.

De qualquer forma, no caso de valores extremos, consulte o seu médico para identificar eventuais medidas a adoptar de forma a minimizar os riscos para a sua saúde. As pessoas que fazem muito desporto apresentam frequentemente um índice de massa corporal muito elevado. Por esta razão, o mais indicado para elas é efetuar uma análise da gordura corporal.

Ter um peso abaixo do normal é tão pouco saudável e tanto pior do que ter excesso de peso. Uma mulher tem um peso baixo quando o seu valor de IMC é inferior a 19, enquanto para um homem o limiar é 20. Um peso abaixo do normal pode ser provocado por diferentes fatores.

Poderá ser uma decisão voluntária, como uma privação alimentar ou distúrbios do comportamento alimentar, como anorexia e bulimia, que necessitam do aconselhamento de um médico. Estes distúrbios alimentares podem atingir tanto homens como mulheres, independentemente da idade.

Em muitas situações é necessário a intervenção do ambiente social e de especialistas, para poder realizar uma mudança de alimentação e de mentalidade a longo prazo.

Entre as causas adicionais que provocam esta falta de peso, encontramos as doenças metabólicas como o hipertiroidismo ou a diabetes, parasitas, doenças inflamatórias intestinais como Sindrome de Crohn, intolerâncias alimentares ou doenças hepáticas.

Também os fatores psíquicos, como o stress, podem ainda gerar falta de apetite e, por conseguinte, magreza extrema. Se estiver abaixo dos valores normais, deve consultar um médico para receber aconselhamento nutricional. É necessário ter em atenção começar a ter uma alimentação rica em nutrientes e calorias. O desporto e o aumento da massa muscular ajudam também a aumentar o peso.

Por peso normal entende-se o peso natural ou ideal de uma pessoa dependendo da idade e do sexo. Para as mulheres, é desejável ter um índice de massa corporal entre 19 e 24, enquanto para os homens o IMC deve situar-se entre 20 e 25.

Estes intervalos indicam, na realidade, que existe uma perfeita harmonia entre o peso e a altura, ou seja, no que diz respeito à alimentação e saúde, tem feito, até hoje, muitas escolhas corretas.

Uma alimentação equilibrada e uma dose suficiente de exercício ajudam a manter-se em forma.

O termo excesso de peso é relativo a três categorias: pré obesidade (o IMC está compreendido entre 24 e 30 para as mulheres e 25 e 30 para os homens), a obesidade (com um IMC entre 30 e 40 tanto para os homens como para as mulheres) e a obesidade grave (com um IMC superior a 40 tanto para os homens como para as mulheres).

Se tiver peso a mais, deve em qualquer caso consultar um médico e um nutricionista, uma vez que existe o risco de desenvolver doenças cardiovasculares. Para ter um panorama mais fiável do seu tipo de excesso de peso, deve consultar o seu médico.

Com a ajuda do médico poderá analisar a composição do seu corpo em termos de percentagem de massa gorda, massa muscular e água. A partir daqui, serão definidos os objetivos que não se concentrarão necessariamente apenas numa diminuição do peso corporal. Um instrumento particularmente apreciado para medir os seus progressos é a fita métrica.

No início do seu novo programa alimentar, meça os seus pontos críticos: barriga, cintura e peito, em intervalos regulares ou quando se aperceber que as roupas estão lentamente a ficar mais largas, meça-os novamente.

A vantagem: deste modo, eventuais oscilações de peso provocadas por retenção de líquidos ou pela menstruação, que se manifestam na balança como quilos a mais, não irão perturbar o seu humor. A fita métrica irá mostrar que continua a perder centímetro.

Por obesidade entende-se a obesidade patológica que pode atingir homens, mulheres e crianças, sem distinção de classes sociais. Nos homens e nas mulheres falamos de obesidade quando o IMC está compreendido entre 30 e 40 e de obesidade grave quando IMC é superior a 40.

Caso tenha um valor destes, aconselhamos que consulte o seu médico de família para controlar o estado de saúde, a pressão arterial e os valores do sangue. As doenças cardiovasculares estão frequentemente associadas a um IMC elevado, por exemplo. Neste caso, até mesmo a distribuição de massa gorda tem um papel fundamental.

Nas pessoas que apresentam um corpo “em forma de maçã” a maior parte das reservas de gordura deposita-se na região abdominal e, por conseguinte, também à volta dos órgãos internos. Estas pessoas estão, por isso, mais sujeitas ao risco de sofrerem de doenças cardiovasculares no futuro.

As pessoas com um corpo “em forma de pera”, em que as camadas de gordura se acumulam normalmente nas ancas e coxas, correm menos esse risco. Se o corpo receber demasiada energia, mais do que aquela que consegue gastar, esta transforma-se em gordura. Com o tempo, acumulam-se alguns quilos em excesso.

Entre os motivos adicionais para um aumento de peso tão elevado, estão também as doenças metabólicas, como por exemplo o hipertiroidismo ou diabetes, além dos desequilíbrios hormonais da gravidez ou da menopausa. Se sofre de obesidade e obesidade grave é absolutamente necessário que reduza o seu peso corporal.

Desta forma, não é apenas o seu aparelho locomotor que se torna mais leve mas, a cada quilo perdido, diminui o seu risco de doenças cardiovasculares, cancro, diabetes, gota, enfarte ou trombose.

O excesso de peso ou a falta de peso são ambos prejudiciais para a sua saúde. Chegou o momento de agir! O melhor é consultar um médico e pedir a ajuda de um nutricionista, mesmo que se encontre no peso normal.

As dietas são essenciais para o controlo de peso, mas não desrespeite o seu corpo para que não passe pelo efeito iô-iô. Escolha uma rotina alimentar variada e com opções equilibradas para chegar ao peso ideal e conseguir mantê-lo. E ingira, pelo menos, 1,5l de água por dia.

Leia também:  Como É Que O Youtube Paga?

O nosso metabolismo não está preparado para digerir corantes, conservantes e intensificadores de sabores. A alimentação industrial afeta o equilíbrio hormonal e o corpo não recebe substâncias nutritivas suficientes.

Opte por fazer 5 a 6 refeições de forma a reduzir as porções e nunca ficar “cheia de fome”. Até porque quando temos fome, temos automaticamente tendência para comprar compulsivamente produtos alimentares menos saudáveis.

O seu corpo gosta e precisa de se exercitar. Se não faz desporto ou exercício regular, propomos que caminhe 30 minutos diários e/ou suba escadas durante 30 minutos. Convide uma amiga ou até a família para um “passeio higiénico diário”.

Aprecie os detalhes da sua rotina, seja de manhã, à noite ou nas suas refeições. Não faça nada em “piloto automático” e aproveite estas pausas do dia para relaxar.

Cuide de si, da sua pele e cabelo. Olhe ao espelho e aprecie cada momento da aplicação dos seus produtos de cuidado pessoal e beleza. São momentos revigorantes e de relaxamento.

O controlo de peso é uma questão comum, seja o seu objetivo emagrecer, engordar, ganhar massa muscular ou simplesmente manter a silhueta que tanto favorece o seu visual e a sua autoconfiança. Falámos em 7 passos essenciais para uma rotina saudável para manter a sensação de bem-estar e um estilo de vida saudável. Tudo começa na alimentação, hidratação, no nosso nível de atividade e a nossa capacidade de relaxar. Agora vamos partilhar um pouco sobre a alimentação, os melhores exercícios para fazer em casa e onde quiser e até quais os cuidados pessoais e de beleza que pode incluir no seu dia a dia para aumentar a sua auto-estima e qualidade de vida. Como Saber Qual O Peso Ideal Para Minha Altura?

Coma de 2h30 em 2h30, nunca exceda as 3h. Assim, nunca terá fome e vai conseguir controlar a saciedade e porções de comida. A ingestão de líquidos, água, é muito importante. Tanto para “limpar” o corpo como para hidratar mas também ajudam a um corpo com uma pele espetacular e a combater a celulite.

Seja qual for o resultado da Calculadora IMC, é importante para qualquer pessoa uma boa alimentação rica em vitaminas, sais minerais e proteína. Com todos os benefícios para manter a energia e o seu bem-estar, mesmo em alturas de grande stress.

“Preciso de perder peso”
Voltar a vestir um vestido antigo, a época da praia à porta, um encontro importante: numerosos são os motivos que nos levam a fazer dieta para perder peso. E muitas vezes pretendemos ter resultados rápidos, como perder 10 quilos em 2 semanas. Mas perder peso de forma rápida, não é saudável.

Até porque o nosso corpo vinga-se da privação e restrição calórica repentina, quando volta aos velhos hábitos, volta a engordar, o chamado efeito io-io. Por esta razão, em primeiro lugar temos de assumir pequenos hábitos, alterar passo a passo a nossa rotina. Até para que a sua dieta para controlo de peso não seja um sacrifício e sim momentos de prazer, que lhe dão motivação para continuar.

É muito importante emagrecer, perder peso de forma saudável.

A Direção Geral da Saúde Portuguesa tem um programa de promoção da vida ativa.

Recomenda que os adultos acumulem, pelo menos, 150 minutos por semana de atividade física de intensidade a moderada, ou 75 minutos de atividades vigorosas (ou uma combinação equivalente).

Adicionalmente, devem praticar atividades que contribuam para melhorar ou manter a força e resistência musculares, pelo menos, duas vezes por semana.

Como Saber Qual O Peso Ideal Para Minha Altura?

Quer emagrecer ou simplesmente ganhar massa muscular e manter a forma? Temos alguns exercícios ótimos para fazer em casa e sugestões pós-treino para acompanharem a sua alimentação e hidratação. Claro que temos de cuidar da nossa pele, principalmente se está a eliminar peso e num processo de emagrecimento.

Perder peso e até ganhar é um processo em que temos sempre perda de elasticidade da pele ou a pele precisa de tempo e cuidados para recuperar a forma perfeita da sua silhueta.

Em todo o processo, é essencial a escolha de uma rotina certa tal como os produtos de cuidado pessoal e beleza para o seu tipo de pele e objetivos.

Temos vários artigos em que pode consultar e descobrir o que fazer para tonificar a pele, eliminar a celulite e até combater as estrias.

Como Saber Qual O Peso Ideal Para Minha Altura?

Peso ideal para a altura (com calculadora online)

O peso ideal é o peso que a pessoa deve ter para a sua altura, sendo isso importante para evitar complicações como obesidade, hipertensão e diabetes ou até mesmo a desnutrição, quando a pessoa está muito abaixo do peso. Para calcular o peso ideal deve-se calcular o Índice de Massa Corporal (IMC), que leva em consideração a idade, peso e altura.

É importante mencionar que o IMC não leva em consideração a quantidade de gordura, de músculo ou de água que a pessoa apresenta, sendo apenas uma referência de peso para a altura da pessoa.

Por isso, se uma pessoa possui muita massa muscular ou apresenta retenção de líquidos, o peso ideal indica que o IMC poderá não ser o mais adequado, sendo necessário, nesses casos, realizar uma avaliação nutricional.

Calculadora de peso ideal

  • Para calcular o peso ideal em adultos, utilize a nossa calculadora colocando os seus dados a seguir:
  • O peso ideal é uma estimativa do quanto uma pessoa deve pesar para a sua altura, no entanto existem outros fatores importantes que devem ser levados em consideração, como gordura, músculo e água, para determinar qual é de fato o peso ideal.
  • Se existir alguma dúvida em relação ao peso, o ideal é ir ao nutricionista para que seja feita uma avaliação nutricional completa, pois nessa avaliação é possível que seja levado em conta os antecedentes e que seja feita a medição do percentual de gordura, músculos, atividade física, entre outros.
  • Porém, se pretende calcular o peso ideal de uma criança ou adolescente, use a nossa calculadora de IMC infantil.

Tabela de peso para crianças

A seguir indicamos a tabela de peso até os 5 anos de idade, das meninas:

Idade Peso Idade Peso Idade Peso
1 mês 3,2 – 4,8 kg 6 meses 6,4 – 8,4 kg 1 ano e meio 9 – 11,6 kg
2 meses 4 ,6 – 5,8 kg 8 meses 7 – 9 kg 2 anos 10 – 13 kg
3 meses 5,2 – 6,6 kg 9 meses 7,2 – 9,4 kg 3 anos 11 – 16 kg
4 meses 5,6 – 7,1 kg 10 meses 7,4 – 9,6 kg 4 anos 14 – 18,6 kg
5 meses 6,1 – 7,8 kg 11 meses 7,8 – 10,2 kg 5 anos 15,6 – 21,4 kg

A seguir indicamos a tabela de peso até os 5 anos de idade, dos meninos:

Idade Peso Idade Peso Idade Peso
1 mês 3,8 – 5 kg 7 meses 7,4 – 9,2 kg 1 ano e meio 9,8 – 12,2 kg
2 meses 4,8 – 6,4 kg 8 meses 7,6 – 9,6 kg 2 anos 10,8 – 13,6 kg
3 meses 5,6 – 7,2 kg 9 meses 8 – 10 kg 3 anos 12,8 – 16,2 kg
4 meses 6,2 – 7,8 kg 10 meses 8,2 – 10,2 kg 4 anos 14,4 – 18,8 kg
5 meses 6,6 – 8,4 kg 11 meses 8,4 – 10,6 kg 5 anos 16 – 21,2 kg
6 meses 7 – 8,8 kg 1 ano 8,6 – 10,8 kg —– ——

No caso das crianças, o peso é uma medida mais sensível do estado nutricional do que a altura, porque reflete a ingestão nutricional recente, por isso as tabelas acima indicam o peso para a idade. A relação entre peso e altura começa a ser levado em consideração a partir dos 2 anos de idade.

Confira no vídeo a seguir algumas dicas para se pesar corretamente:

Como Saber Qual O Peso Ideal Para Minha Altura?

Como chegar ao peso ideal

Quando a pessoa está fora do seu valor de peso ideal, deve consultar um nutricionista para iniciar uma dieta adaptada às suas necessidades, para aumentar ou diminuir de peso. Além disso, também deve consultar um professor de educação física para iniciar um plano de exercícios adequado.

Alcançar o peso ideal depende se a pessoa está acima ou abaixo do mesmo, por isso:

1. Se está acima do peso

Para quem está acima do peso ideal e quer alcançá-lo, é importante aumentar o consumo de alimentos saudáveis, ricos em fibras e baixos em calorias, como por exemplo berinjela, gengibre, salmão e as sementes de linhaça. Esses alimentos ajudam a acelerar o metabolismo e diminuem a ansiedade, favorecendo a perda de peso. Confira outros exemplos de alimentos que ajudam a emagrecer. 

Para alcançar o objetivo mais rápido é recomendado que seja realizado exercício para aumentar o gasto calórico e o metabolismo. O nutricionista pode indicar alguns chás e suplementos naturais, caso seja necessário, para favorecer a perda de peso e diminuir a ansiedade.

No caso de obesidade mórbida, o médico poderá indicar o uso de alguns medicamentos que ajudem, em conjunto com uma dieta adequada e prática de atividade física, a baixar de peso. Outra opção é a cirurgia bariátrica, que é indicada para pessoas obesas e que já tentaram perder peso por meio da realização de dieta, mas que não conseguiram.

Além do peso ideal, também é importante saber o resultado da relação cintura-quadril para avaliar o risco de ter doenças cardiovasculares, como diabetes e infarto. Veja como calcular a relação cintura-quadril.

Leia também:  Como Saber De Quem É O Numero De Telemovel Vodafone?

2. Se está abaixo do peso

Se o resultado do IMC estiver abaixo do peso ideal, é importante procurar a orientação de um nutricionista para que seja feita uma avaliação nutricional completa e seja indicado um plano nutricional adaptado às necessidades individuais da pessoa.

Em princípio, o ganho de peso deve acontecer de forma saudável, favorecendo o aumento de peso por meio da hipertrofia muscular e não por meio do acúmulo de gordura no organismo.

Por isso, o consumo de alimentos como pizzas, frituras, cachorro-quente e hambúrguer não são as melhores opções para quem necessita ganhar peso de forma saudável, já que esse tipo de gordura pode ficar acumulado no interior das artérias, aumentando o risco de doenças cardíacas.

Para conseguir aumentar a massa muscular, é importante ingerir alimentos ricos em proteínas como ovos, queijo, leite e derivados, frango ou salmão, além de comer a cada 3 horas para aumentar a ingestão calórica. Veja mais detalhes para aumentar o peso de forma saudável.

  1. Em alguns casos, a falta de apetite pode estar relacionada com alguma doença física ou emocional e o médico poderá indicar a realização de exames médicos para identificar qual pode ser a causa da perda de peso.
  2. Confira no vídeo a seguir algumas dicar para aumentar o peso de forma saudável:

Como Saber Qual O Peso Ideal Para Minha Altura?

Peso ideal e o IMC: o que são, fórmulas e problemas

Peso ideal e o IMC são assuntos muito importantes e que nos permitem fazer inferências sobre nossa saúde.

O baixo peso pode estar relacionado, por exemplo, com a desnutrição, e um peso elevado pode ser indicativo de obesidade, sendo, portanto, fundamental estar no peso ideal.

As pessoas preocupam-se ainda com a questão estética, sendo o peso, muitas vezes, associado ao padrão de beleza considerado ideal pela sociedade.

O IMC é um índice que indica se o peso de uma pessoa está de acordo com a sua altura. Entretanto, é preciso ter-se em mente que a análise exclusiva por meio desse índice não reflete adequadamente a saúde de um indivíduo.

Leia também: 10 principais causas de morte no mundo

Peso ideal e o IMC

Como Saber Qual O Peso Ideal Para Minha Altura? O peso e a altura podem ser usados para analisar-se o peso ideal.

O peso ideal é, muitas vezes, calculado com base no Índice de Massa Corporal — IMC. Esse índice é calculado pelo peso de uma pessoa dividido por sua altura ao quadrado. Veja a fórmula:

IMC = Peso (kg)/altura2 (metros)

Não pare agora… Tem mais depois da publicidade 😉

Imagine, por exemplo, que uma pessoa apresente altura de 1,70 m e esteja pesando 70 kg. O cálculo do seu IMC é feito da seguinte maneira:

  • IMC = 70/1,702
  • IMC = 70/2,89
  • IMC = 24,22

Agora, é preciso analisar esses dados. Para isso, a pessoa deve comparar o resultado obtido com valores de referência. Veja a tabela:

Interpretação do IMC
IMC Diagnóstico
menor que 18,5 baixo peso
entre 18,5 e 24,9 peso normal
entre 25 e 29,9 sobrepeso
entre 30 e 34,9 obesidade grau I
entre 35 e 39,9 obesidade grau II
maior que 40 obesidade grau III

Quando analisamos o exemplo proposto, concluímos que a pessoa em questão está com peso normal. Índices acima de 24,9 merecem atenção, uma vez que o sobrepeso é o estágio anterior à obesidade, e esta é considerada uma doença crônica perigosa que afeta várias pessoas no mundo todo.

Vale salientar ainda que a obesidade é fator de risco para problemas sérios de saúde, tais como problemas cardiovasculares, pressão alta, diabetes e problemas nas articulações. O baixo peso também merece atenção, uma vez que pode indicar problemas como desnutrição.

É importante deixar claro que o IMC sozinho não é capaz de trazer informações completamente seguras sobre a saúde de uma pessoa, sendo necessárias outras análises.

Análise do percentual de gordura e medição da circunferência abdominal (a gordura abdominal é considerada fator de risco, por exemplo, para doenças cardiovasculares) são alguns dos dados que podem complementar o dado obtido com o cálculo do IMC.

Leia também: O que é massa magra?

Problemas do IMC

Como Saber Qual O Peso Ideal Para Minha Altura? O cálculo do IMC deve ser acompanhado de outras análises para que o médico tenha uma resposta adequada sobre a saúde do paciente.

Apesar de o IMC ser uns dos índices mais adotados quando o assunto é peso ideal, ele apresenta certas limitações. A primeira delas é o fato de ele não levar em conta a composição corporal do indivíduo. Isso significa que, ao calcular o IMC, você sabe apenas o peso total do seu corpo, não sabendo se esse peso refere-se a músculos ou gorduras, o que pode levar a interpretações incorretas sobre o peso ideal.

Se pegarmos um quilo de músculo e um quilo de gordura, verificaremos que, apesar de terem o mesmo peso, a gordura ocupará mais espaço que o músculo. Com isso, uma pessoa com músculos desenvolvidos poderá ter um IMC elevado, mesmo que visualmente não aparente isso.

Não podemos esquecer-nos também de que algumas pessoas que estão visivelmente magras podem apresentar índices de gordura no corpo que não são saudáveis e apresentar um IMC normal.

Para conhecer a quantidade de massa magra e gordura presente no corpo, o indivíduo pode realizar o exame de bioimpedância, que é capaz de detectar esses índices.

Além do problema relacionado com a composição corpórea do indivíduo, não podemos deixar de aletar que o IMC deve ser utilizado apenas em adultos. Para crianças, a análise da idade também é feita.

Por Vanessa Sardinha Santos Professor de Biologia

Qual o peso certo para a minha altura? – Cuidaí

Seja por razões estéticas ou de saúde, todo mundo quer estar de bem com o peso do corpo. Mas, poucas pessoas sabem exatamente qual é o peso ideal para determinada altura.

Não existe regra quando o assunto é corpo, peso e medidas corretas, mas há uma fórmula muito usada, criada no século 19 pelo matemático Lambert Quételet, chamada de Índice de Massa Corporal, o famoso IMC. É um cálculo simples que permite medir se alguém está ou não com o peso ideal. 

Como Saber Qual O Peso Ideal Para Minha Altura?

Essa é uma das medidas mais utilizadas para definir se uma pessoa está excessivamente magra, saudável ou muito gorda. Basta dividir o peso, em quilos, pelo valor da altura, em metros, ao quadrado. 

Por exemplo, se uma pessoa tem 1,70m de altura e pesa 56 kg, a conta fica assim:

  • O resultado dessa fórmula matemática poderá indicar, por exemplo, se você está com peso adequado, se apresenta magreza, sobrepeso ou obesidade. Segundo o Ministério da Saúde, o resultado deve ser interpretado de acordo com a tabela abaixo:
  • Menor que 16 – Magreza grave
  • 16 a menor que 17 – Magreza moderada
  • 17 a menor que 18,5 – Magreza leve
  • 18,5 a menor que 25 – Saudável
  • 25 a menor que 30 – Sobrepeso
  • 30 a menor que 35 – Obesidade Grau I
  • 35 a menor que 40 – Obesidade Grau II (considerada severa)
  • Maior que 40 – Obesidade Grau III (considerada mórbida)

Magreza grave

A magreza grave (IMC abaixo de 16) é uma condição que pode ser causada por desnutrição severa. Consulte um médico, pois esse peso é uma ameaça à saúde.

Magreza moderada

Condições hormonais, como o hipertireoidismo, podem afetar o peso de uma pessoa, além de parasitas ou simplesmente uma dieta (emagreça com o Tecnonutri) com poucas calorias diárias. Você pode consultar um médico para ter certeza de que não tem nada de errado.

Magreza leve

Pode ter algumas consequências, mas no geral não é preocupante. Um IMC acima de 17 não fica muito longe do saudável.

Saudável

Essa classificação garante um risco menor para diversas doenças que variam de anemia a infarto. Estar nessa classificação é estar no peso ideal para seu corpo, mas é bom lembrar de verificar a circunferência da cintura em busca de excesso de gordura.

Para mulheres, a cintura deve ter até 80 cm. Para homens, até 94 cm. A cintura deve ser medida logo abaixo das costelas.

Sobrepeso

O Sobrepeso pode causar alguns problemas de circulação no corpo, além de fadiga, mas assim como a magreza leve, se o IMC estiver pouco acima de 25, não é preocupante. Uma dieta com um pouco menos de calorias ou um pouco mais de exercícios na rotina pode resolver a situação.

Obesidade grau I

Acima do IMC 30 a pessoa é considerada obesa, o que por si só já é uma doença. Graças ao peso, o risco para diversas condições aumenta consideravelmente. Um médico pode indicar um meio ideal para a regulação do peso.

Leia também:  Nib- Como Saber Qual É O Banco?

Obesidade grau II

Estar com obesidade grau II é ter riscos elevados de diabetes, hipertensão, além de câncer e infarto. Procure um médico para lidar com a situação.

Obesidade grau III

Chamada de obesidade mórbida, esta condição representa sérios riscos à saúde. Procure ajuda médica.

Leia também: Compulsão alimentar: Como identificar e controlar esse distúrbio

O que é peso ideal e como calculá-lo?

Como Saber Qual O Peso Ideal Para Minha Altura?

Nos últimos anos, a obesidade ganhou notoriedade e tornou-se um importante problema de saúde pública. Sua prevalência em todo o mundo aumentou e, consequentemente, a preocupação com as doenças associadas ao fato de boa parte da população não conseguir se manter saudável e dentro da sua faixa de peso ideal.

Por isso, estar dentro do chamado peso ideal é importante não apenas pela estética, como também para evitar enfermidades, estimular o bem-estar psíquico, a autoestima e a capacidade de socialização.

E a principal forma de saber se você está nessa margem é por meio do cálculo do Peso Ideal. A seguir, descubra um pouco mais sobre a técnica e entenda porque ela é tão importante para a sua saúde e bem-estar. Acompanhe.

Peso ideal X IMC: qual a relação?

Falar de peso ideal pode ser algo bastante abstrato e reducionista, afinal, somos todos naturalmente diferentes. Apesar disso, algumas diretrizes de saúde podem ser utilizadas para avaliar o nosso peso e identificar possíveis riscos.

O IMC, ou índice de massa corporal, é uma medida universal adotada pela OMS (Organização Mundial de Saúde) para identificar dados preditivos de saúde por meio da classificação do peso do indivíduo em relação à sua altura.

Esse método é bastante prático. Por isso, é comumente utilizado para verificar se cada pessoa está dentro, acima ou abaixo do peso ideal e para conhecer as possibilidades de doenças que se possa estar propensa a desenvolver.

Como é feito o cálculo do IMC e Peso Ideal?

  • A utilização dessa técnica para conhecer os perigos que cada indivíduo pode estar sujeito, em virtude do seu peso, tornou-se bastante comum entre as comunidades científicas.
  • O cálculo é bastante simples, necessitando apenas estabelecer a relação entre a massa (kg) e altura (m) do indivíduo.
  • Podemos ver como calcular o Peso Ideal na equação abaixo:
  • Índice de Massa Corporal – IMC = Massa (kg) ÷ Altura (m)².
  • Dessa forma, uma pessoa que meça 1,65 m e pese 60 kg, por exemplo, deve fazer o cálculo da seguinte forma: 60 ÷ (1,65 x 1,65) = 60 ÷ 2,7225 = 24,04.
  • Uma vez realizado o cálculo do IMC, podemos classificar os dados de acordo com os índices preestabelecidos pela OMS:
  • Menor que 18,5 = abaixo do peso.
  • Entre 18,5 e 24,9 = peso normal.
  • Entre 25 e 29,9 = sobrepeso.
  • Entre 30 e 34,99 = obesidade grau I.
  • Entre 35 e 39,99 = obesidade grau II (severa).
  • Acima de 40 = obesidade grau III (mórbida).

A partir desse cálculo também é possível identificar qual seria o peso mínimo e o peso máximo recomendado para cada individuo, com base em sua altura.

Afinal, o que tudo isso significa?

Cada faixa de cálculo tem uma classificação diferente que indica possíveis consequências para o corpo.

Estar abaixo do peso, por exemplo, pode ocasionar falta de nutrientes, indisposição e anemia. Já o sobrepeso favorece o desenvolvimento de doenças cardiovasculares.

Quadros de obesidade estão sujeitos a colesterol alto, diabetes, dificuldades para locomoção e, até mesmo, risco de morte.

O cálculo do IMC é o suficiente para determinar o peso ideal?

Apesar de a metodologia ser rápida e simples, ela não está livre de falhas. Por isso, é sempre interessante utilizá-la em conjunto com outras opções, como exames médicos, avaliações físicas e consultas com nutricionistas.

Afinal, não basta apenas conhecer os números, é preciso entender o que eles representam e de que forma podem nortear seu caminho rumo ao emagrecimento saudável e à conquista do seu peso ideal.

Agora que você já conhece a importância de alcançar – e manter – o peso ideal, aproveite e faça o cálculo do seu Peso Ideal!

Calcular peso ideal: Calculadora GRÁTIS

Para um cálculo preciso, necessitamos de algumas informações básicas sobre você

A maioria das pessoas se pergunta em algum ponto “Qual é o peso ideal para minha altura?”. A calculadora de peso ideal do YAZIO lhe dá a resposta! Descubra de forma rápida e fácil quantos quilos você deve eliminar para alcançar sua melhor forma.

Simplesmente insira o seu gênero, idade, altura e peso atual, e nós fazemos o cálculo do seu peso ideal e apresentamos…
Continue lendo

A maioria das pessoas se pergunta em algum ponto “Qual é o peso ideal para minha altura?”. A calculadora de peso ideal do YAZIO lhe dá a resposta! Descubra de forma rápida e fácil quantos quilos você deve eliminar para alcançar sua melhor forma.

Simplesmente insira o seu gênero, idade, altura e peso atual, e nós fazemos o cálculo do seu peso ideal e apresentamos a informação em gráficos fáceis de ler. Nossa calculadora de peso ideal online grátis não só considera se você é mulher, homem, adulto, adolescente ou criança, mas também conta o seu nível de atividade física, tipo de corpo e composição genética em geral.

Use nossa calculadora grátis para descobrir o peso ideal infantil e adulto, tanto para homens quanto para mulheres, e tenha a certeza de estar no caminho certo!

Como calcular seu peso ideal

Resumidamente, estar no peso ideal significa não estar nem muito magro (abaixo do peso), nem gordo (sobrepeso), mas numa figura enxuta e saudável. A melhor maneira de descobrir o peso ideal é através do cálculo do IMC. Nossa calculadora grátis utiliza a fórmula cientificamente comprovada que divide o seu peso atual pela sua altura ao quadrado.

Assim, o principal indicador para determinar o seu peso saudável é a altura, considerando também sua idade e gênero. A partir destes dados, nossa ferramenta pode calcular qual é o peso ideal para uma mulher ou um homem, ou quanto uma criança ou adolescente com determinada altura deve pesar. Nosso gráfico lhe mostra de forma clara qual é a sua faixa de peso ideal para sua altura.

De acordo com a Organização Mundial de Saúde, o peso ideal está na zona de IMC entre 18.5 e 25. Nossa ferramenta online costuma calcular o peso ideal feminino no valor de IMC 21, e o peso ideal masculino no IMC 23. Ao chegar no peso ideal para a sua altura, você previne todos os tipos de complicações causadas por estar abaixo ou acima do peso.

Uma eficiente forma de você garantir uma boa saúde e o seu bem estar!

O peso individual depende de fatores pessoais, tais como estilo de vida e a própria genética. Além de idade, gênero e altura, o seu peso ideal tem relação com diversos outros aspectos. Um exemplo é o nível de atividade física.

O fato de um indivíduo ser sedentário ou intensamente fisicamente ativo pode mudar o valor de seu peso ideal. Como resultado,…
Continue lendo

O peso individual depende de fatores pessoais, tais como estilo de vida e a própria genética. Além de idade, gênero e altura, o seu peso ideal tem relação com diversos outros aspectos. Um exemplo é o nível de atividade física.

O fato de um indivíduo ser sedentário ou intensamente fisicamente ativo pode mudar o valor de seu peso ideal. Como resultado, os que praticam esportes intensamente tem um valor diferente de peso ideal do que quem passa a maior parte do tempo sentado. A estrutura genética também deve ser levada em consideração.

Uma mulher com estrutura pequena obviamente tem um peso diferente que um homem de estrutura forte. Além disto, homens tendem a ter uma composição de massa muscular maior que mulheres, resultando que os valores de peso ideal masculinos sejam maiores.

Ao calcular seu peso ideal, você pode selecionar um tipo de corpo com maior percentual de gordura ou maior percentual de músculo, de acordo com o que melhor se aplica a você.

Precisão do valor de peso ideal

É importante considerar que o gráfico apresentado por nossa calculadora de peso ideal é um valor aproximado, e por isso deve ser adotado como uma mera referência.

Como já mencionado, estes valores podem variar significativamente dependendo do estilo de vida e composição corporal (percentual de gordura e músculos).

Isto se aplica especialmente a atletas que tendem a ter maior massa muscular e, por isso, muitas vezes são classificados na categoria de sobrepeso, mesmo tendo um corpo malhado e saudável.

Na verdade, é o alto percentual de gordura no corpo, e não de músculos, a causa de obesidade e de seus problemas decorrentes. Em outras palavras, a recomendação de peso ideal não deve ser entendida como verdade absoluta, mas deve servir como um guia. Enquanto muitos adotam a noção de peso ideal de acordo com os padrões de beleza impostos pela sociedade, o importante é que cada pessoa se sinta bem e saudável em seu corpo.

Política de Privacidade.>

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*