Como Saber Qual O Meu Orixa?

Como Saber Qual O Meu Orixa?

Você sabia que é possível descobrir qual é o seu guia por meio da numerologia dos Orixás? Isso é viável porque os Odus, signo dos Orixás, se relacionam com a gente por meio do nascimento de cada um de nós.

Odu significa caminho, destino. Ele determina características marcantes em nossa personalidade e na forma como nos relacionamos com os outros. Através dele, conseguimos descobrir de qual Orixá recebemos proteção.

Os Odus de Nascimento atuam como os signos de um horóscopo e influenciam nas decisões que tomamos durante a vida. Além de nos fornecer sua própria energia, os Odus se relacionam a um Orixá.

Descubra abaixo qual é o seu Odu de Nascimento e ele te levará ao seu Orixá.

Numerologia dos Orixás – Odus

Uma ferramenta muito importante de autoconhecimento, os Odus de Nascimento permitem que você entenda a sua forma de amar, de se relacionar, de lidar com suas emoções e de enfrentar os desafios.

Conhecendo essa dinâmica espiritual, você será capaz de se aprimorar e tomar decisões mais assertivas. Você também poderá contar com a força e o auxílio do seu Orixá para alcançar a plena felicidade.

Como calcular meu Odu de Nascimento

  • Para descobrir qual é o seu Odu de Nascimento por meio da numerologia dos Orixás, você precisará somar todos os números da sua data de nascimento, como no exemplo abaixo.
  • Vamos supor que João nasceu no dia 16/12/1989
  • Para descobrir seu Odu, ele precisará realizar a seguinte soma:
  • 1+6+1+2+1+9+8+9 = 37

Como o número é maior que 16, será preciso reduzi-lo.

Então, soma-se 3+7=10. Assim, o Odu de João é OFUN, que é regido por Oxalá.

Como são considerados 16 Odus, o número máximo da somatória da data de nascimento deve ser 16.

Veja abaixo os Odus e os números correspondentes:

NÚMERO 1 – OKANRAN

Regido por Exu, OKANRAN Odu faz com que você pareça ser agressivo. No entanto, na realidade, você está apenas se esforçando para preservar a independência que tanto lhe é cara. Você luta com todas as suas forças para atingir seus objetivos. Mas fique atento para não arrumar inimigos sem necessidade.

NÚMERO 2 – EJIOKÔ

Regido por Ibejis e Ogum, EJIOKÔ Odu faz com que você aparenta ser calma no comportamento e segura nas decisões. No entanto, questões estão sempre pipocando na sua mente. Você não precisa ter medo de demonstrar suas incertezas. Na verdade, conversar com quem você ama sobre suas dúvidas o ajudará a encontrar as respostas que tanto procura.

NÚMERO 3 – ETA-OGUNDÁ

Regido por Ogum e Obaluayê, ETA-OGUNDÁ Odu a torna obstinada, agitada e inconformada. No entanto, quando você lança mão de suas principais qualidades, como coragem, criatividade e perseverança, você consegue conquistar todo o poder e sucesso que anseia.

NÚMERO 4 – YROSUN

Regido por Iansã e Iemanjá, YROSUN Odu lhe confere serenidade e disposição. Você vê tudo com muita clareza e objetividade. Assim, você consegue resolver facilmente situações confusas. Você sabe a força moral que tem e a usa para alcançar seus objetivos.

NÚMERO 5 – OXÉ

Regido por Oxum e Logun Edê, OXÉ Odu a torna sensível e atenta. Você está sempre cheia de disposição e proporciona alegria a todos. No entanto, por vezes você precisa ter seu espaço e sua liberdade para conseguir refletir e crescer.

NÚMERO 6 – OBARÁ

Regido por Oxóssi e Xangô, OBARÁ Odu lhe confere a garra para lutar com unhas e dentes pelo que você deseja. Há grandes chances de você conseguir todo o sucesso material que almeja. No entanto, no campo amoroso você precisa compreender que não pode exigir demais do outro.

NÚMERO 7 – ODI

Regido por Omolu e Exu, ODI Odu lhe ajuda a conquistar o que deseja e a se sentir realmente satisfeita com suas conquistas. Você não fica se lamentando pelos cantos. Vai à luta. Se conseguir estabelecer metas objetivas, alcançará o êxito.

NÚMERO 8 – EJIONILE

Regido por Oxaguiãn, Ogum e Xangô Airá, EJIONILE Odu lhe confere agilidade mental, o que te faz uma pessoa falante e muito ativa. Você luta para chegar ao topo, pois deseja poder e prestígio. Pode ser tempestuosa, às vezes, e incontrolável. No entanto, possui um forte senso de justiça que a impede de prejudicar qualquer pessoa.

NÚMERO 9 – OSÁ

Regido por Iemanjá e Iansã, OSÁ Odu faz com que você seja minuciosa. Você gosta de avaliar cuidadosamente tudo a sua volta. Por ter uma ampla visão de mundo, consegue ajudar a todos. Se não deixar que fatos externos interfiram na sua vida pessoa, terá muita paz e tranquilidade na sua rotina.

NÚMERO 10 – OFUN

Regido por Oxalá, OFUN Odu faz com que você aparente ser rabugenta. No entanto, isso não passa de um escudo para evitar que as pessoas abusem de sua boa vontade. Sensível e serena, você se adapta rapidamente aos altos e baixos da vida.

NÚMERO 11 – OWANRIN

Regido por Iansã, Ogum e Exu, OWANRIN Odu faz com que você seja apressada, corajosa, tensa e agitada. Você nunca fica muito tempo parada no mesmo lugar. Pode ser que você não tenha o sucesso material almejado, mas terá muitas alegrias durante a vida.

NÚMERO 12 – EJILAXEBORÁ

Regido por Xangô, EJILAXEBORÁ Odu lhe confere um grande senso de justiça. Mas fique atento, essa vontade de ser justo o tempo todo pode fazer com que você seja intolerante com os erros alheios. Quando isso acontecer, foque em outra característica sua: a dedicação. Ela será a mola propulsora para que você ajude outras pessoas.

NÚMERO 13 – EJI-OLOGBON

Regido por Nanã e Obaluayê, EJI-OLOGBON Odu faz com que você se sinta frequentemente deprimida. No entanto, com sua capacidade de reflexão e adaptação, rapidamente você se encaixa no ambiente e consegue conviver bem com os outros.

NÚMERO 14 – IKÁ-MEJI

Regido por Oxumaré, IKÁ-MEJI Odu traz paciência e sabedoria para a sua vida. Você é uma pessoa versátil que se dá bem em qualquer atividade que se propõe a fazer. Pode ser que você tenha que passar por provações materiais e sentimentais, mas fique tranquila. Você sempre conseguirá reencontrar o caminho para a felicidade.

NÚMERO 15 – OBE-OGUNDÁ

Regido por Ogum, Iemanjá, Omolu e Obá, OBE-OGUNDÁ Odu a faz ser um pouco rebelde e cheia de vontades. Teimosa, você segue defendendo o seu ponto de vista mesmo se perceber que está errada. Tome cuidado para que o nervosismo não a domine.

NÚMERO 16 – ALAFIÁ

Regido por Oxalá e Orumilá, ALAFIÁ Odu traz tranquilidade e alegria para a sua vida. Você é mestre em criar um clima harmônico no ambiente a sua volta. Você certamente alcançará o sucesso se conseguir manter todo esse equilíbrio.

  • Entenda agora o que significa os Orixás e seus Exus

A gente criou um super quiz (gratuito!) que mostra qual o Orixá mais te representa segundo a sua personalidade. Faça agora e veja se o resultado será o mesmo que você encontrou fazendo as contas da Numerologia dos Orixás.

Caso você queira saber realmente qual é o seu Orixá, é preciso conversar com um Pai ou Mãe de Santo. Através do jogo de Búzios eles irão encontrar o seu Orixá de cabeça. Procure um terreiro de sua confiança, participe da comunidade e desenvolva seu caminho espiritual.

Como Saber Qual O Meu Orixa?

Agora que você já sabe tudo sobre a Numerologia dos Orixás, que tal aprender um pouco sobre a Numerologia Espiritual e descobrir qual é o seu compromisso com a espiritualidade?

Como Saber Meu Orixá? Qual é o Meu Santo?

Uma dúvida muito comum que as pessoas têm é
descobrir quais são os orixás que a regem. Recebo dezenas de mensagens diárias
perguntando: “Qual é o meu santo?”.

Quando ela tem interesse pelos cultos
Afro-Brasileiros, mas não são frequentadores, complica mais ainda. Mas
acreditem… recebo dezenas de mensagens de pessoas que frequentam terreiros de
Umbanda e não se identificam com o orixá que foi “dado” pelo pai de
santo.

Geralmente, temos a regência de 3 orixás, sendo
2 os mais influentes sobre nossa personalidade. O método mais funcional para
descobrir um dos seus orixás principais, é através do dia da semana que você
nasceu.

Vamos entender, que cada dia da semana tem a regência
de um grupo de orixás. Isso é tão levado a sério, que trabalhos tem dias
específicos para ser realizados de acordo com a energia regente. Existem dias
certos para acender algumas cores de velas, pelo mesmo motivo.

Adeptos do
Candomblé, por exemplo, só usam roupa branca as sexta-feira, por ser dia de
Oxalá. Citei esses exemplos para mencionar como a influência do dia da semana
de nascimento é importante no culto aos orixás. O mesmo ocorre com os signos.

Dia + Mês nos colocam num arquétipo dentro de um decanato de um dos 12 signos.

Os dias da semana são amplamente utilizados
também em rituais de magia, como a Wicca, onde cada dia da semana, possui uma
regência planetária. O próprio princípio do ascendente também segue o mesmo
conceito.

Pense que no momento que a criança respira, de acordo com o horário
de nascimento, verificamos que signo estava passando no horizonte, para
identificar qual é o ascendente. Enfim. Essas correspondências efetivamente
ocorrem em diversas culturas.

Portanto, quando uma pessoa nasce num dia da
semana que tem a regência espiritual de uma determinada força, ao dar a
primeira inspirada, recebemos uma vibração que nos acompanhará até o resto de
nossas vidas.

  • Abaixo, coloco um calendário permanente com a instruções de uso, para que você – através de sua data de nascimento – identifique em que dia da semana você nasceu e qual é um dos orixás que a regem.
  • Passo 1: Encontrar o ano na Tabela A;
  • Passo 2: Seguindo na mesma linha à direita localizar o número na Tabela B associado ao mês considerado;
  • Passo 3: Adicionar ao número encontrado no Passo 2, o dia desejado;
  • Passo 4: Verificar o resultado na Tabela C.

Como Saber Qual O Meu Orixa? Como Saber Qual O Meu Orixa?

Agora, sabendo o dia da semana em que você nasceu, veja abaixo um dos orixás que regem você:

Segunda-Feira: Obaluaê, Iansã, Iemanjá
Terça-Feira: Ogum, Oxumaré, Ossâim e Nanã
Quarta-Feira: Xangô, Iansã, Obá e Ewá
Quinta-Feira: Oxóssi, Ossâim e Logunedé
Sexta-Feira: Oxalá, Oxum
Sábado: Oxum, Iemanjá
Domingo: Oxalá, Oxum, Logunedé

Baseado nos orixás regentes do dia da semana, recomendo que você leia os arquétipos disponíveis aqui no blog.

Para facilitar listo abaixo o link do perfil psicológico dos orixás:

Filhos (as) de Iansã (Versão em áudio, clique aqui)
Filhos (as) de Ogum (Versão em áudio, clique aqui)
Filhos (as) de Oxossi (Versão em áudio, clique aqui)
Filhos (as) de Xangô (Versão em áudio, clique aqui)
Filhos (as) de Oxum (Versão em áudio, clique aqui)
Filhos (as) de Oxalá (Versão em áudio, clique aqui)
Filhos (as) de Iemanjá (Versão em áudio, clique aqui)
Filhos (as) de Ewá (Versão em áudio, clique aqui)
Filhos (as) de Obá (Versão em áudio, clique aqui)
Filhos (as) de Ossâim (Versão em áudio, clique aqui)
Filhos (as) de Obaluaê (Versão em áudio, clique aqui)
Filhos (as) de Logunedé (Versão em áudio, clique aqui)
Filhos (as) de Oxumarê (Versão em áudio, clique aqui) O outro orixá, você pode confirmar através do seu dirigente espiritual, ou em uma consulta com os búzios.

Leia também:  Como Saber Qual A Melhor Cor De Cabelo Para Mim?

Para ouvir a personalidade de cada um dos orixás com comentários, não deixe de se inscrever no canal do Youtube, clicar no sininho para receber notificações de novos videos e podcasts e deixar seu comentário. Siga o link: https://www.youtube.com/playlist?list=PLGd3gFK-HURI5HFFsZtdTmp0n1zEw7GCH

Espero que tenham gostado. Compartilhem! 😉

Comentários

comentários

Entenda o que é Orixá de Frente, Adjunto e Ancestral

Como Saber Qual O Meu Orixa?

Existem diferentes maneiras de descobrir seu Orixá de frente – Crédito: Larissa Canhette Reis/Shutterstock
Foto: João Bidu

Nos dias de hoje, se tornam cada vez mais frequentes as perguntas: “qual é meu orixá? Como descobrir meu orixá?” Mas, antes de fazer essa pergunta, é importante entender e conhecer mais sobre as religiões de matriz africana.

Muitas pessoas, por exemplo, só conhecem os orixás mais famosos, como Ogum ou Iemanjá, esquecendo tantos outros fundamentais como Nanã, Oxumarê e Exu. 

Aqui é importante acrescentar que não existe verdade absoluta e que algumas casas de axé podem ter conceitos diferentes; tudo vai depender da casa, do culto, da nação etc. Contudo, algo que não devemos esquecer nunca é o respeito pela liberdade religiosa de cada indivíduo.

Em uma visão geral, temos as seguintes regências de orixás:

O Orixá de Frente – também conhecido como Orixá de Cabeça – é aquele que rege a atual encarnação do ser e o conduz em uma direção na qual absorverá sua qualidade e a incorporará às suas faculdades. É ele que nos dá a energia necessária para as dificuldades que vamos passar nesta vida atual.

Orixá Adjunto ou Juntó

É aquele que forma par com o Orixá de Frente, apassivando ou estimulando o ser, sempre visando ao seu equilíbrio íntimo e crescimento interno permanente. Quando exageramos a energia do Orixá de Frente, é este que vem para equilibrar.

Orixá Ancestral

O Orixá Ancestral, como o nome sugere, está ligado à nossa ancestralidade. Trata-se do Orixá com o qual nossa alma teve contato pela primeira vez e sua energia ficará ligada ao espírito na sua matriz. 

Como saber seus Orixás

No Candomblé, um recurso comum é jogar os búzios para identificar o Orixá. A validade do jogo de búzios em um terreiro de Candomblé é proporcional ao quanto você deposita de confiança naquele sacerdote. 

O jogo de búzios, porém, não é um fundamento da religião da Umbanda. Isso quer dizer que a Umbanda não prescinde do jogo de búzios para existir.

No ritual de Umbanda, as consultas espirituais são feitas com as entidades incorporadas, diferente do Candomblé, no qual o sacerdote faz a consulta por meio de um oráculo. Por isso, na Umbanda não é tão comum usar o jogo de búzios, embora não seja proibido. 

Contudo, tanto o jogo de búzios quanto as consultas espirituais podem não revelar de forma definitiva quais os Orixás regentes da pessoa. Em alguns casos, é necessário fazer o ebó – oferenda aos Orixás presentes no jogo de búzios e/ou indicados pela entidade incorporada.

  • Em algumas casas, a certeza do Orixá regente só é obtida ao fazer todo ritual de iniciação à religião.
  • O importante é entender a fundo o que a religião representa – assim como os Orixás – e não ter pressa para descobrir apenas por descobrir, sem saber o real motivo para isso. 
  • Texto: Gledson Lima – Tarólogo, Numerólogo e Pesquisador de culturas afro-brasileiras

Descubra qual Orixá é o regente do seu signo

Os Orixás são deuses africanos que correspondem os eventos e elementos da natureza. Esses deuses e deusas influenciam a personalidade de cada pessoa de acordo com a data de nascimento, a partir das características naturais das pessoas que nasceram em cada período. Saiba qual é o Orixá de cada signo, qual deles protege você e como isso reflete no seu jeito de ser.

Orixá de cada signo

Ogum – Áries (21/3 a 20/4)

Se você nasceu sob a proteção desse Orixá, sua personalidade é a de um líder, pois tem muita facilidade para se decidir, além de demonstrar coragem e autoconfiança.

Por outro lado, não gosta de ter horários. Ogum é um Orixá conhecido como guerreiro (o comandante). Ele cuida de todos os caminhos.

Rege também as estradas, o que torna a pessoa de Áries bastante ativa e disposta para alcançar os seus objetivos.

Oxóssi – Touro (21/4 a 20/5)

Você é precavido(a), tem bastante determinação e inteligência. Por isso, é do tipo que corre atrás do que quer. Também sabe como administrar seu dinheiro. Oxóssi é o Orixá das matas, aquele que conhece todos os segredos da caça. É de rara beleza e tem objetivos claros, embora seja um tanto indeciso em momentos que exijam definições.

Ibejis – Gêmeos (21/5 a 20/6)

Seu maior talento é a comunicação e pode chegar ao sucesso em um emprego onde possa expressar suas opiniões. Além disso, é uma pessoa inteligente e esperta. Ibejis, Orixás gêmeos e infantis, sempre procuram novidades e são totalmente emocionais. Estão sempre ao lado de seus tutelados, acentuando a sua curiosidade e fazendo com que sejam pessoas com um ótimo humor.

Oxum – Câncer (21/6 a 21/7)

Possui uma grande sensibilidade, fazendo com que se dê bem em profissões em que se relacione com o público. Gosta de ajudar quem precisa e prefere trabalhar em lugares em que fique à vontade. Oxum, a deusa das águas doces, é quem dará toda a proteção aos cancerianos. Deusa do amor e da beleza, ela confere charme, graça e uma sutileza fora do comum a você.

Xangô – Leão (22/7 a 22/8)

Obaluaiê – Virgem (23/8 a 22/9)

É perfeccionista e gosta de observar detalhes. Quando faz as coisas com dedicação, tem grandes chances de atingir suas metas. Porém, sua teimosia pode ser prejudicial. Obaluaiê é o grande Orixá da cura. Gosta das coisas feitas da maneira mais correta possível e não admite que outras pessoas passem por cima de suas decisões.

Oxumaré – Libra (23/9 a 22/10)

Na sua opinião, a melhor solução para uma briga é o diálogo. Normalmente, se relaciona bem com todos e gosta de ajudar os outros. Também tem um senso estético aguçado.

Oxumaré é o Orixá das cores do arco-íris, o que faz com seja uma pessoa muito charmosa, simpática e querida pelos mais próximos, bem como admirada pelos mais distantes.

Como rege os altos e baixos da vida, também influencia seu humor.

Nanã – Escorpião (23/10 a 21/11)

É bastante dedicado(a) àquilo que precisa de profundidade e atenção aos detalhes. É uma pessoa segura e observadora. Tem interesse em assuntos ligados à saúde e à sexualidade. Nanã é a mais antiga das Orixás, senhora de todos os mistérios, deusa da lama e das águas profundas. Essa divindade reflete uma magia encantadora e um certo ar de mistério irresistível aos seus tutelados.

Iansã – Sagitário (22/11 a 21/12)

Você é muito curioso(a) e gosta de conhecer coisas e lugares diferentes. Tem um comportamento otimista e está sempre de bom humor. Pode se dar bem ao dar aulas, já que gosta de aprender e ensinar. Senhora das tempestades, Iansã é a Orixá de paixões fortes e emoções intensas. Não se deixa intimidar por nada e adora a liberdade. Sabe o que quer da vida e luta por seus ideais.

Omulu – Capricórnio (22/12 a 20/1)

Possui um jeito um pouco individualista, mas ainda assim as pessoas te acham muito confiável. Tem facilidade de sobra para lidar com grana e organização.

Também se preocupa em melhorar seu desempenho. Omulu representa o poder da morte sobre a vida e também o contrário, da cura das doenças. É ao mesmo tempo sábio e teimoso.

Resmungão, por ser velho, está sempre à procura de calma e tranquilidade.

Oxalá – Aquário (21/1 a 19/2)

Tem vontade de alcançar sua liberdade financeira e profissional e batalha para isso. Conta com grande criatividade e demonstra interesse por pesquisas científicas e tecnológicas. Oxalá é o pai de todas as coisas geradas na terra. É aquele que ama independente de qualquer coisa ou julgamentos, fazendo com que você seja uma pessoa pacata, sempre disposta a tomar partido pela paz.

Iemanjá – Peixes (20/2 a 20/3)

Possui muita bondade e generosidade. Também é bem sensível, o que faz com que se dê bem nas artes. Conta com a fé e determinação para atingir seus sonhos.

Iemanjá, grande soberana das águas do mar, é rainha absoluta do oceano e de tudo que nele há. Ela lhe dá uma delicadeza fora do comum e talento para amar incondicionalmente tudo que há na Terra.

Agora que você conhece o Orixá de cada signo, conte para gente qual é o seu! LEIA TAMBÉM

noEmbed

01528

Como saber seu Orixá de Cabeça? Ajudamos você a descobrir

Como saber seu Orixá de Cabeça? Esta é uma pergunta frequente.

Recentemente lançamos uma série de livros digitais (e-books) sobre este tema, mas a questão permanece.

Afinal, como dissemos antes, ninguém é filho ou filha de um só Orixá. Na verdade, na Umbanda, somos filhos de todos! Mas tudo bem.

Se você é umbandista e quer saber mais, vamos ajudar você a descobrir.

Então, como saber meu Orixá de Cabeça?

Jogo de búzios? Perguntar para o (a) seu (sua) Pai (Mãe) de Santo? Sim, são formas válidas. Porém, que tal aproveitar o tema e fazer uma autoanálise?

Igualmente, como saber seu Orixá de Cabeça (ou de frente) pode ser identificado quando analisamos as nossas próprias características físicas, feições, gestos, modo de ser, de agire de se comportar. Ou seja: nossa personalidade, nossos aspectos externos mais visíveis pra todo mundo determinam bastante de qual Orixá somos filhos (as).

  • Dessa forma, aspectos como a personalidade visível, como nos comportamos no ambiente familiar, no trabalho e no amor ajudam a entender.
  • Assim, para ajudá-los (as) a determinar isso, descrevemos abaixo algumas das características mais visíveis dos filhos (as) de cada Orixá.
  • Leia e tire suas próprias conclusões!
Leia também:  Como Se Chama Uma Pessoa Que Trabalha Num Cafe?

Filhos e Filhas de Egunitá

Estes filhas e filhos não são muito afeitos a análise. Gostam de agir, mesmo que tenham depois que se desculpar. Falantes, geniosos e comunicativos. Se dão bem em diferentes grupos, não importa o assunto ou objetivo.

Aliás, adoram cores vibrantes, chamando atenção para si. Detestam presunçosos e preguiçosos. Igualmente, detestam o marasmo do dia a dia e ficam briguentos, cheio de intrigas quando se vêem presos à rotina.

Por fim, gostam de ‘tacar fogo’ em situações mal resolvidas. Sentem até prazer nisso.

Conheça o Ebook com todas as características dos filhos de filhas de Egunitá!

Filhos e Filhas de Iansã

Estas filhas e filhos estão sempre prontos para enfrentar os desafios do dia a dia. Não precisa chamar duas vezes! Por exemplo: não se iluda com uma aparência sóbria e ponderada: quem é de Iansã decide, por último, com base na emoção!

Ou seja: pessoas com Iansã de Cabeça são danadas mesmo! Extrovertidas, diretas e sentimentais, se apaixonam e geram paixões quase na mesma medida.

Filhos e filhas de Iansã parecem que têm um comichão invisível, uma vontade irrefreável de fazer algo, de fazer mais, de criar. Não ficam ‘de boa’ quase nunca…

Inteligentes, altruístas e vaidosos. Sua presença é sempre notada, pois sempre se destacam por algo diferente ou por trazerem uma novidade.

Por consequência, se adaptam, aprendem rápido (e se cansam rápido do que aprenderam) e logo partem em busca de mais.

Conheça o Ebook com todas as características dos filhos de filhas de Iansã!

Filhos e Filhas de Iemanjá

Força, determinação e companheirismo. Características que logo saltam à vista nos filhos e filhas de Iemanjá.

Geram e sentem empatia. Sabem ouvir, entram na história dos outros e quase sentem tudo junto deles. Protetores, justos, responsáveis, difíceis de perdoar a quem tenha falhado com ele (a).

Gostam de conforto, fartura e adoram ter um par. Detestam se ver sozinhos no mundo. Namoram sério ou se casam cedo.

Adoram o lar e a vida caseira, são protetoras (es) e tendem a se meter na vida alheia, tentando consertar tudo para todos.

Conheça o Ebook com todas as características dos filhos de filhas de Iemanjá!

Filhos e Filhas de Logunan

Tendência à instrospecção e quietude na alma. São pessoas corretas, acreditam que há sempre um jeito correto para se fazer tudo e seguem à risca.

Costumam ser ótimos amigos (as). Sabem ouvir, são observadores (as) e excelentes para dar conselhos!

São pessoas reservadas e pouco falam de seu íntimo e de suas emoções.

Batalhadores (as) nunca se cansam de perseguir seus objetivos. Caem, levantam e seguem em frente!

Conheça o Ebook com todas as características dos filhos de filhas de Logunan!

Filhos e Filhas de Nanã

Calma, experiência e um ar de serenidade permanente: assim são as (os) filhas (os) de Nanã!

Praticamente tudo que fazem tem começo, meio e fim. Há um método pra tudo, seja para viajar ou arrumar a gaveta de meias.

Gostam de crianças e com elas conversam como se fossem adultos. Mesmo jovens, possuem um ar respeitável e muita sabedoria.

Quando são impedidos de fazer tudo com calma, sequência e método podem se tornar ranzizas e rabugentos (as).

Conheça o Ebook com todas as características dos filhos de filhas de Nanã!

Filhos e Filhas de Obá

Onde houver uma disputa, uma batalha a ser vencida, lá estarão os (as) filhos (as) de Obá!

É muito comum pessoas com Obá de Cabeça terem fama de impacientes, mal-humorados (as) e intransigentes.

Filhos e filhas de Obá costumam ser pessoas focadas. Determinam o que querem e nada os tiram da rota.

São humildes e não ligam para as conquistas, mesmo quando grandiosas. Logo saem em busca de mais desafios, um de cada vez.

Conheça o Ebook com todas as características dos filhos de filhas de Obá!

Filhos e Filhas de Obaluayê

Elegantes, criativos e com um raciocínio rápido. Assim são os filhos e filhas de Obaluayê!

Embora apreciem a elegância e sofisticação em todos os sentidos, se dão bem com todas as classes sociais. Estas características parecem brotar de dentro da alma!

Seriedade e racionalidade fazem com que não sejam os animadores da turma. Ao contrário, é difícil vê-los (as) gargalhando e se expondo em público.

Generosidade é um aspecto logo notado. Entendem rapidamente quem realmente precisa (e merece) ajuda e não medem esforços para colaborar.

Conheça o Ebook com todas as características dos filhos de filhas de Obaluayê!

Filhos e Filhas de Ogum

Obstinação, teimosia, mas com um senso de justiça e responsabilidade que logo saltam aos olhos. Assim são os filhos e filhas de Ogum!

Gostam do namoro, da conquista, do desafio. E isso só muda quando encontram o amor, o verdadeiro amor!

Gostam de novidades, de tecnologia, e logo aprendem a mexer em tudo. Nem percebem o tempo passar quando compram algo novo, descobrindo cada detalhe ou função.

São cheios (as) de energia, topam qualquer parada e logo assumem a liderança de tarefas em grupo. Se dão bem no comando, mas se estressam com falsos líderes.

Conheça o Ebook com todas as características dos filhos de filhas de Ogum!

Filhos e Filhas de Omulu

São pessoas sempre prontas para ajudar. Prestativas, costumam ser as primeiras lembradas quando alguém precisa ‘de uma mãozinha’.

Trabalhadores (as), preferem pôr a mão na massa sem alarde e se dedicam com afinco no que tem que ser feito. São pacientes e sabem internamente que sua hora vaichegar!

Com uma mente afiada, não deixa nenhum detalhe passar despercebido. São cuidadosos (as) com o corpo e com a saúde e adoecem pouco. Discrição, prudência e amorosidadetambém são características logo notadas.

Conheça o Ebook com todas as características dos filhos de filhas de Omulu!

Filhos e Filhas de Oxalá

Dificilmente perdem a calma e a tranquilidade, mesmo em momentos difíceis. São pessoas queridas! É sempre bom estar próximo de alguém de Oxalá.

  1. São respeitosos (as) e por isso exigem respeito e quando isso não acontece tendem a ser autoritários (as).
  2. Sabem argumentar, tem disposição para ensinar e exercem um papel de liderança de forma natural, quase sem perceber.
  3. Conheça o Ebook com todas as características dos filhos de filhas de Oxalá!

Filhos e Filhas de Oxóssi

Rápidos (as), joviais e muito espertos (as), mental e fisicamente. Embora a mudança seja algo que estes Filhos e Filhas lidem muito bem, possuem grande capacidade deconcentraçao.

Assim, sensibilidade artística, criatividade e a busca por novidades em muitos campos da vida são também características marcantes.

Independentes, não apreciam muito os trabalhos em equipe. Mas têm grande senso de dever e de responsabilidade.

Conheça o Ebook com todas as características dos filhos de filhas de Oxóssi!

Filhos e Filhas de Oxum

Gostam de ter uma boa aparência e preocupam-se bastante com isso. O espelho em uma das mãos – presente nas representações da Orixá – é, antes de tudo, para gostopessoal e não para chamar a atenção dos outros. É algo que ‘vem de dentro’.

  • Assim, a vaidade norteia outras características marcantes como um grande senso estético e o amor, primeiro por si mesmo (a) e em seguida pelos demais.
  • Forte determinação, ambição social e grande sensibilidade também são marcantes.
  • Conheça o Ebook com todas as características dos filhos de filhas de Oxum!

Filhos e Filhas de Oxumaré

Pessoas de Oxumaré estão em constante mudança e não relutam se precisarem começar tudo de novo, seja no trabalho, seja na vida pessoal.

Notadamente, costumam ser pessoas magras, atentas, observadoras e até provocadoras. Tem em grande conta a busca por sucesso material e são muito determinados (as) em busca desteobjetivo.

Assim, podem ser pessoas até orgulhosas e exibicionistas, mas isso costuma decorrer de sua incessante busca por tudo o que lhe interessa, pois não sossegam enquanto nãoconseguem.

Conheça o Ebook com todas as características dos filhos de filhas de Oxumaré!

Filhos e Filhas de Xangô

São, por natureza, pessoas fortes, física e mentalmente. São pessoas com grande energia para realizar e dificilmente se largam no sofá lamentando isso ou aquilo.

Dessa forma, obstinação, um certo ar de nobreza e grande caráter são características marcantes.

Igualmente, não gostam de não serem notados (as) e muito menos de serem esquecidos (as). Daí seu gosto pela vivência em grupos, onde tentam sempre se destacar a qualquer custo.

Conheça o Ebook com todas as características dos filhos de filhas de Xangô!

E aí, conseguiu descobrir seu Orixá de Cabeça?

  1. Então, ficou dúvida entre um ou outro?
  2. Pensando nisso, desenvolvemos a SÉRIE FILHOS E FILHAS DOS ORIXÁS.
  3. São 14 livros digitais (e-books) de cada Orixá em que trazemos para você as principais características dos Filhos e Filhas de cada Orixá.
  4. Conheça também a Coletânea, com os 14 livros em uma única edição!
  5. Assim, com eles, você entenderá com mais detalhes sobre os Orixás e sobre as características que seus Filhos e Filhas apresentam.
  6. Além disso, cada e-book traz Oferendas e Orações para que você realize seus rituais aos Orixás.
  7. Então, achou esse uma boa forma de saber seu Orixá de Cabeça?
  8. Fotos: Davi Nunes/Reprodução

Como saber qual Orixá me protege?

Várias pessoas nos perguntam nos comentários e mensagens: “Como saber qual orixá me protege?”. Infelizmente essa resposta não é tão simples quanto parece, pois para afirmar é preciso um estudo e percepção da Umbanda e uma consulta com um praticante da religião que irá ajudar a identificar em você traços de uma dessas entidades. Veja como descobrir seu orixá protetor.

É possível saber qual é o meu orixá pela data de nascimento?

Não exatamente. Existem análises que utilizam dos signos, data de nascimento ou numerologia para relacionar pessoas e orixás.

O que essas analises podem fazer é remeter aspectos de sua personalidade que se assemelham à algum desses espíritos de luz, no entanto, não é possível afirmar que eles serão certamente os seus orixás guias.

Aqui neste artigo, por exemplo, você poderá ver quais orixás guiam cada signo, mas não significa que o correspondente ao seu signo é o seu guia. Essa é uma análise mais superficial do tema.

Clique Aqui: Descubra o orixá de cada signo

Então, como saber qual orixá me protege? Qual é o meu Orixá de Cabeça?

Antes disso, precisamos fazer alguns apontamentos relevantes. Como se sabe, as religiões com origens africanas possuem diversas linhas e elas possuem diferenças entre si.

Em algumas tradições (não todas) as pessoas são guiadas não apenas por um orixá principal mas por uma linha de guias.

Leia também:  Como Se Chama As Pessoas Que Se Vestem De Preto?

  Na maioria das religiões afro-brasileiras e na Umbanda, são 3 os principais responsáveis por uma pessoa:

  • Orixá de Frente: é o mais conhecido e também chamado de Orixá de Cabeça, que é aquele que nos denominamos como filhos.
  • Orixá Ancestral: é um orixá fixo, que não se modifica em nenhuma de nossas vidas (é o mesmo nas encarnações anteriores)
  • Orixá Juntó: é um adjunto, que nos acompanha, nos ajuda a manter o equilíbrio e nos guia para o melhor caminho.

Clique Aqui:

Orixá Protetor: descobrindo o Orixá de Cabeça na Umbanda

É necessário um mergulho na religião. Depois de se integrar, um Pai de Santo ou Mãe de Santo irá observar você para perceber qual é a presença energética mais forte que atua ao seu redor.

Ele é capaz de sentir a sua vibração e encontrar em você alguns pontos que lembram alguns dos orixás, ou o elemento que rege você, e assim indica o seu possível Orixá de Cabeça.

No entanto, a única pessoa capaz de ter certeza de quem é o seu verdadeiro guia é você mesmo.

É através do autoconhecimento, espiritualidade e da vivência da religião você vai descobrir qual é o verdadeiro ser de luz que te guia, te impulsiona, que faz parte da sua essência espiritual e faz seu coração bater mais forte.

Ao descobrir você vai perceber como o seu guia influencia nas suas características psíquicas e como te orienta durante toda essa sua encarnação. É dito também que o seu guia é quem forma o seu arquétipo social, as características que os outros notam em você.

E você,  é filho de quem? Qual é o seu orixá protetor? Diga nos comentários!

Saiba mais :

Orixá de Frente

No post anterior eu te contei o que é Orixá de Frente e o como ele atua em nossas vidas, mas fiquei devendo te contar como descobrir o seu, não é? Aliás, se você quiser assistir o Webinário completo onde falei sobre isso, dá uma olhada nesse vídeo:  Muito bem, vamos lá! Algumas formas de saber o meu Orixá de Frente e o meu Orixá Adjunto também de forma bem sucinta, porque o que vou te contar aqui, explico de forma bem mais detalhada no meu curso de Doutrina Umbandista, lá na minha Plataforma e se quiser se inscrever, acessa o www.fabianacarvalho.com.br/plataforma, tá? Costumo dizer que existem sistemas exatos, sistemas matemáticos, vamos dizer assim, em que posso saber pela numerologia e pela astrologia, porque estão realmente ligados a números: numerologia vem do meu nome e a data de nascimento e a astrologia vem da posição planetária, dia, hora, local que eu nasci segundo meu mapa astrológico. E segue todo um cálculo bem complexo.

Agora, se me perguntarem: “Você acredita?” Acredito! Acredito, mas tenho minhas ressalvas, porque tenho uma dúvida: por exemplo, na hora que eu nasci, é óbvio que não devo ter nascido sozinha na maternidade… e não só na maternidade, devia ter outras crianças nascendo na mesma cidade…

Então, continuando o meu raciocínio: acredito que na hora em que eu nasci, no minuto em que eu nasci, no dia exato, no local, nasceram outros bebezinhos… é sabe qual é a minha dúvida? Será que todos eles são filhos de Iemanjá com Ogum? Será que todos eles têm a mesma missão que eu? Todos eles têm os mesmos aprendizados que eu? Todos eles têm as mesmas dificuldades, a mesma missão, a mesma evolução? Eu fico em dúvida… Não estou nem te dizendo que é verdade ou não, estou te dizendo que tenho dúvidas, porque eu acho que isso é muito específico. E eu, particularmente, não acho que seja algo que realmente vai dar uma informação completa ou uma informação exata. Pode ser que na mesma hora que eu nasci, nasceu um bebezinho na sala do lado que ele é um filho de Xangô. É o que eu acho tá? Por isso, em relação a esse sistema exato, eu tenho as minhas ressalvas.

Agora, existem os sistemas “humanos”, sistemas inexatos – vamos dizer assim: que não são matemáticos, ou seja, não há ali, é um cálculo numérico que vai dar sempre o mesmo resultado… “todo mundo que nasceu nesse dia, nessa hora, o mesmo resultado”… Não!

São sistemas que não dependem da hora, do dia, do local em que eu nasci, não.

O primeiro e mais conhecido é o BÚZIO – eu, particularmente, não entendo o fundamento do jogo de búzios e não vou falar aqui muito sobre o tema.

O que sei é que através do jogo de búzios, o Babalaô, Babalorixá e Yalorixá, jogam os búzios em uma peneira e após uma combinação extremamente estudada por ele, o jogo traz algumas informações que estão sendo pedidas, quer seja da vida da pessoa, de um momento que ela está passando, do ano que ela vai viver, tem aí todas essas informações no jogo de búzios.

Porém uma ressalva para o jogo de búzios, primeiro e talvez mais importante: “Jogo de búzio, não é o fundamento da Umbanda”, a leitura que é feita nele é feita segundo fundamento da religião do Candomblé.

E qual é o fundamento do Candomblé para Orixá de Frente? Qual é o fundamento de um Candomblé para Orixá Adjunto? Como é que o Candomblé enxerga o Orixá de Frente? Como é que ele enxerga os Orixás? Como é que ele cultua?

Então, tem toda uma estrutura. As pessoas acham que Umbanda é parecida com o Candomblé e não é. A distância do Candomblé para Umbanda é a mesma distância do Kardecismo para Umbanda, tá? É a mesma distância! É outra religião, portanto a minha primeira ressalva é essa.

Outra ressalva: vamos dizer que sou filha de Logunedé… ou sou filha de Ewá… ou sou filha de Ossain. Então… esses Orixás são cultuados na Umbanda? Você joga nos búzios e dá que você é filho de um Orixá que a gente nem cultua na Umbanda! Olha que complicado! “Sou filho de Orixá que eu não conheço… sou filho de Orixá que não cultuo!”

Então eu tenho ressalvas com relação ao jogo de búzios, porque não é um fundamento da Umbanda, apenas isso! “Ah, mas eu fui lá e joguei!”…

legal! “Ah, mas tem um terreiro de Umbanda que a Mãe de Santo joga búzio!”… legal! Não estou analisando o resultado que o búzio dá.

O búzio dá? Dá! Você pode ir lá e ver o que ele vai dar, tá? Tudo pode! Não existe certo e errado! Existe fundamento! E esse não é um da Umbanda.

Muito bem, outra forma descobrir: você está num terreiro e seu Pai/Mãe de Santo incorpora o GUIA CHEFE DO TERREIRO e ele vai passando e dizendo, um por um, para cada um dos Médiuns: “Você é filho desse Orixá com esse Orixá… desse Pai com essa Mãe”.

Ah, importante: se o Orixá de Frente é um Pai, o Orixá Adjunto é uma Mãe, e vice-versa. Portanto, esse guia graduado, passa fazendo a leitura dos filhos da casa. Assim sendo, ele é o meu chefe, incorporado no/a sacerdote/sacerdotisa e está fazendo leitura dos filhos da casa! Portanto, temos um guia trazendo a informação! Uma entidade superior e mais evoluída, que cuida dos filhos, trazendo a informação? Eu acho ótimo!

Outra forma de saber: CONVERSANDO COM SEU/SUA SACERDOTE/ SACERDOTISA, desincorporada e ele fala quem é o seu Orixá de Frente.

E dá para saber? Dá, eu não tenho clarividência, mas como eu conheço as características de todos os filhos e, de todos os Orixás, para alguns filhos que são mais próximos a mim, eu olho e falo: “Hum, ele é filho de Xangô, o jeito que ele fala, o jeito que ele pensa, as coisas que ele vive na vida dele, até o aspecto físico apontam para o Orixá”.

Em seguida, vem outra filha e falo: “Nossa essa daí é filha de Logunan, tá na cara!”… então passa o outro e falo: “Esse só pode ser filho de Obaluaê”, porque como sacerdotisa e conhecendo as características dos filhos dos Orixás, estou ali, enxergando! Não porque sou clarividente, mas porque estou enxergando claramente através de um conjunto de fatores todos muito estudados.

Mais uma forma: eu médium, num ritual fechado, incorporo MEU GUIA CHEFE e ele me diz: “Você é filha desse Orixá com esse Orixá!” Fantástico! Olha que legal: o meu Guia, que incorporou em mim me falou… eu já desconfiava, mas ele confirmou! Também acho ótima essa forma. Acho muito legal mesmo! 

Agora, a melhor forma de todas, ao meu ver, infelizmente que não é mais fácil (ninguém gosta, tá?…)… O que eu prego aqui foi o que eu aprendi e foi o meu caminho para descobrir os meus! Foi o meu caminho, por isso que eu acho que é o melhor: é você ESTUDAR as Características dos Filhos dos Orixás”: como são os filhos de Iemanjá no positivo e no negativo, como são as filhas de Oxum, como são as filhas de Obá, como são os filhos de Ogum e assim por diante então olhar para dentro e falar: “Esse/essa sou eu! Eu me reconheço!” e vou te contar uma coisa, quando você se reconhece filho de um Orixá, não tem búzio que faça você ter dúvida! Você olhou para dentro de você!

Se o jogo de búzios fala: “Você é filha de Iansã!” Eu falo assim: “Então jogo de búzios, me desculpa, mas eu não tenho nada de uma filha de Iansã, por mais que eu queira.”

Mas essa é a minha opinião! A de que eu acho essa a melhor de todas: você se descobrindo como espírito, como pessoa, olhando para dentro de você, como um caminho muito terapêutico. É um caminho todo seu!

Espero que tenha gostado da matéria e que possa acompanhar mais esse meio de comunicação tão especial que preparei com tanto carinho pra você… e pra mim! 

Se você gostou desse post, continue me acompanhando aqui no Blog e compartilhando meus ideais para que mais e mais pessoas conheçam essa religião maravilhosa que é a nossa amada Mãe Umbanda, combinado? Um beijo grande e que Oxalá lhe abençoe!  PS. Se você quer receber vídeos semanais meus, por WhatsApp, com conteúdos inéditos falando de Umbanda, clique aqui e cadastre-se. PS2. Toda semana, faço Lives

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*