Como Saber Qual O Meu Hardware?

Basicamente um software para identificação de hardware permite que você saiba detalhes sobre os componentes (peças) do seu computador de forma bem detalhada e completa. Modelo do processador, tipo de memória ou até mesmo detalhes sobre sua placa de vídeo são algumas das informações obtidas através desse tipo de aplicativo.

Essas informações são úteis principalmente na hora de fazer um upgrade, pois nessa hora é preciso saber exatamente o tipo/modelo do hardware existente para comprar as novas peças compatíveis com a máquina.

Nesse post eu vou mostrar os principais softwares para você identificar e monitorar o hardware do seu PC. Confira a lista:

  • CPU-Z
  • GPU-Z
  • Speccy
  • HWiNFO
  • HWMonitor
  • I-Nex

CPU-Z

Como Saber Qual O Meu Hardware?

Não se iluda com o nome do CPU-Z, pois ele não serve só pra ver informações sobre o processador da sua máquina, na verdade ele é bem completo. Claro que ele tem ênfase no detalhamento de informações sobre o processador, mas vai muito além.

Com ele você pode ver informações sobre o processador, placa mãe, chipset, placa de vídeo e memória RAM, todas com detalhes muito pertinentes para satisfazer sua curiosidade necessidade.

GPU-Z

Um software que mostra informações de vários dispositivos é interessante, porém as vezes queremos detalhes de um único componente, e se esse componente for a placa de vídeo, então o GPU-Z é o melhor.

Com ele você pode ver todos os detalhes sobre sua placa de vídeo, inclusive monitorar clocks e temperaturas.

SPECCY

Como Saber Qual O Meu Hardware?

O Speccy é uma ótima opção para os que não tem tanto conhecimento técnico sobre hardware, pois mostra as informações de uma forma um pouco mais simplificada didática.

Como Saber Qual O Meu Hardware?

Com o HWiNFO, além de ver informações detalhadas sobre os componentes de hardware do seu computador, você pode gerar relatórios sobre os dados obtidos, facilitando principalmente o compartilhamento dessas informações.

Outro ponto forte do software é a capacidade de monitoramento em tempo real de informações como tensões, clocks e temperaturas dos componentes.

HWMONITOR

O HWMonitor não é um software para identificação, mas sim para monitoramento de informações sobre o seu hardware. Com ele você pode acompanhar em tempo real as tensões e temperaturas além de clock e utilização do processador por exemplo.

Apesar de ser um aplicativo mais simples o HWMonitor fornece informações bem interessantes para monitorar seu sistema em tempo real.

I-NEX

Como Saber Qual O Meu Hardware?

Se você usa Linux e precisa identificar os componentes de hardware do seu computador o I-nex é uma ótima opção. Com ele você consegue obter as informações sobre componentes e monitorar sensores (como temperatura).

Você pode ainda acessar informações sobre o sistema operacional, como versão do SO e do kernel atualmente em uso na máquina.

Instruções para instalar o I-Nex

Ricardo Bernardi

Sou técnico em hardware e desenvolvedor web, e sobre estes dois assuntos comecei a compartilhar aulas e artigos, tornando-me blogueiro em 2008. Em 2010 esse hobby virou profissão, e desde então tenho buscado melhorar e profissionalizar cada vez mais os projetos que mantenho na web.

Atualmente temos 2 comentários para este post. Participe você também, clique aqui e comente sobre o assunto.

Como descobrir os nomes e modelos de suas peças sem abrir o Computador

  • Muitas vezes quando compramos alguma peça de computador nova da internet ou até um computador completo já montado, gostamos de verificar se a peça que chegou é realmente a que foi comprada.
  • Se você comprou uma peça em específico o visual pode enganar e uma verificação mais profunda pode revelar se está tudo correto ou não, já se você comprou um computador já montado, abrir o mesmo pode resultar em perda da garantia.
  • Neste tutorial, iremos ensinar como verificar estas informações diretamente do Windows, sem precisar sair de sua confortável cadeira.

Softwares de Informações de Hardware

Felizmente opções de programas que consigam puxar toda essa informação para nós não faltam, há muitas alternativas tanto em opções pagas quanto a opções sem custo algum.

Irei mencionar ambos os tipos de Softwares, pagos e grátis, assim você pode decidir qual é o que se encaixa melhor para o seu uso.

CPU-Z

CPU-Z Wallpaper

O CPU-Z é um dos mais famosos e mais usados mundialmente, ele é simples e fácil de usar e mostra basicamente todas as principais informações de cada peça dentro de seu computador, assim como algumas informações adicionais, além de ser gratuito.

Tela inicial do CPU-Z

Ele consegue ler modelo, fabricante, versão, ano, especificação, voltagem, clock, velocidade, latência, frequência, cache, versão da Bios e mais algumas informações sobre seu computador.

Além dessas leituras, este Software também inclui ferramentas de Stress e Benchmark de CPU com Single e Multi Core tests, onde você pode verificar se seu Processador está tendo uma performance adequada e também dar uma olhada nas temperaturas com o Stress test.

Aba Bench no CPU-Z

Você pode baixar o CPU-Z diretamente do site da CPUID, onde você encontra várias versões disponíveis. Recomendamos que baixe a primeira opção já que é só clicar para instalar após baixar.

Opção recomendada está circulada

AIDA64 Extreme

AIDA64 Wallpaper

Conhecido por praticamente todos os entusiastas de computadores, o AIDA64 é um dos Softwares mais antigos e completos que temos e é pago, felizmente caso você queira só dar uma olhada, é possível usar o mesmo por 30 dias dentro de uma licença de testes, no entanto após este período você precisará pagar pelo programa.

O que existe conectado em seu computador o ele vai achar e trazer todas as informações possíveis, de seu monitor até seu teclado e mouse, assim como todas as outras peças dentro de seu gabinete.

Algumas informações do nosso computador

Além de todas essas informações – que não são poucas -, você tem ferramentas dentro do programa que permitem testar quase todas as peças de seu computador, ele consegue pôr stress na CPU, FPU, Memória, HD/SSD, Cache e GPUs, e se você quiser (não queira) tudo isso ao mesmo tempo. Caso queira acessar as mesmas, basta ir na aba ferramentas na barra superior.

Aba de ferramentas está circulada

Ferramenta de Stress do AIDA64

Também temos 3 tipos de Benchmark inclusos no Software, eles são de GPU (placa de vídeo integrada ou separada), Memória Ram/Cache e de HD/SSD. Estes Benchmarks são executados separadamente.

Benchmark de GPU

Leia também:  Como Saber Quanto Vou Pagar De Imi?

Benchmark de HD/SSD

Benchmark de memórias/cache

O AIDA64 ainda consegue criar relatórios em .TXT ou .HTML com todas as informações de seu computador.

Parte de um relatório gerado pelo AIDA64

Resumidamente, se você o que tem de bom e de melhor, o mais completo Software, AIDA64 Extreme é a opção que você procura.

O Download é feito diretamente da Aba de Downloads do site e a versão paga custa 39.95U$D para 3 computadores, com a IOF e o preço do dolar atual o valor gira em torno de 160R$.

GPU-Z

Página inicial (Screenshot feita usando a ferramenta inclusa)

Este programa é mais voltado para Placas de Vídeo e é basicamente uma versão extendida da aba Graphics do CPU-Z, mesmo não sendo do mesmo desenvolvedor.

Neste programa você tem todas as informações possíveis da sua placa de vídeo, você pode por exemplo verificar o ASIC Quality indo na aba Advanced e clicando em ASIC Quality (Quanto maior a porcentagem, mais fácil é de atingir Clocks mais altos com menos voltagem adicional na GPU).

Aba ASIC Quality

Ele também vem com a função de tirar uma Screenshot das informações mostradas no momento, muito útil quando se tenta bater recordes de Overclock em GPU (a primeira imagem mostrando o Software).

O GPU-Z pode ser baixado neste site e assim como o CPU-Z, é totalmente grátis.

Já conhecia estes programas? Quais outros programas você recomenda? Comentem aí!

Top 5 programas para ver informações do hardware

Geralmente, quando você compra um computador novo, as únicas informações que você tem são o modelo do processador, tamanho do disco rígido e quantidade de memória RAM do computador.

Para ajudá-lo a descobrir mais informações sobre o hardware do seu computador, selecionamos 5 programas gratuitos que identificam os componentes de hardware instalados em seu computador.

Programas para ver informações do hardware:

1. HWINFO

HWINFO é um dos melhores programas gratuitos para você verificar informações detalhadas dos dispositivos de hardware instalado no computador. Ele fornece informações sobre o processador, memória RAM, placa mãe, placa de vídeo, placa de rede, placa de som, disco rígido, entre outros.

2. Speccy

Speccy é um programa desenvolvido pelos criadores do CCleaner. Ele é simples de usar e exibe informações detalhadas dos dispositivos de hardware do seu computador, incluindo a placa mãe, processador, memória RAM, placa de vídeo, disco rígido, placa de rede, periféricos, entre outros.

3. PC Wizard

PC Wizard é outra boa opção para você descobrir informações sobre os dispositivos de hardware do seu computador, como processador, memória RAM, placa de vídeo, rede e áudio, disco rígido, entre outros. O ponto negativo é que ele tem problemas de compatibilidade com o Windows 8/8.1.

4. AIDA64

AIDA64 é o sucessor do popular Everest. Embora ele não seja gratuito, você pode experimentá-lo por 30 dias, que é mais do que suficiente para você ver as informações do hardware instalado em seu computador, como processador, placa mãe, memória, placa de vídeo, placa de rede e outros.

5. Belarc Advisor

Belarc Advisor é um programa gratuito que cria um perfil detalhado sobre o hardware e software instalado em seu computador. Ele também cria um inventário de rede, atualizações do Windows,  status do antivírus e informa o nível de segurança. Os resultados são exibidos em seu navegador.

Como testar seu PC para falhas de hardware: dicas e ferramentas para saber

Se você já abriu o computador, sabe que há muito hardware nele. É tudo um ponto potencial de falha. Existem certas peças de hardware que são mais propensas a falhas do que outras.

O equipamento que gera calor ou possui partes móveis tende a falhar com mais frequência. Graças aos testes de hardware do computador, você pode verificar o seu sistema e detectar o hardware com falha antes de tudo falhar.

O que pode dar errado com o hardware do PC?

As partes que mais quebram são ventiladores, unidades de disco rígido, CPUs e GPUs.

A RAM também tende a falhar também. Ele está sendo gravado e reescrito continuamente para (piscou). A memória de estado sólido pode lidar com tantos flashes antes de começar a falhar. O problema também se aplica aos discos rígidos de estado sólido.

A melhor maneira de evitar ser pego de surpresa é realizar testes regulares de diagnóstico de hardware no seu computador. Veja como fazer testes de hardware no Windows 10.

Ferramentas de diagnóstico de hardware do Windows 10

O Windows 10 possui duas ferramentas de diagnóstico de hardware internas. O primeiro analisa o desempenho do sistema no seu computador e o segundo executa testes de memória no seu PC com Windows 10.

Monitor de desempenho

O Performance Monitor é um aplicativo de desktop nativo no Windows 10. É a ferramenta mais holística do sistema operacional para localizar e diagnosticar problemas de hardware e sistema.

Para abrir o aplicativo, procure seu nome na Cortana e clique no link. Pode ser necessário aguardar alguns segundos enquanto o aplicativo coleta dados.

  • Se você deseja uma rápida visão geral do hardware do seu sistema, use o painel esquerdo para navegar até Relatórios> Sistema> Diagnósticos do sistema> [Nome do computador] .
  • Ele fornece várias verificações de hardware, software, CPU, rede, disco e memória, além de uma longa lista de estatísticas detalhadas.
  • Vá um pouco mais fundo e você encontrará gráficos de desempenho ao vivo (em Ferramentas de Monitoramento> Monitor de Desempenho ) e conjuntos de dados personalizáveis ​​(em Conjuntos de Coletores de Dados ).

Diagnostico de memoria do Windows

A unidade central de processamento (CPU) de um computador usa RAM para armazenar informações de curto prazo. Qualquer coisa contida na RAM é perdida quando você desliga a máquina.

Existem muitos sinais de alerta quando sua RAM está quase falhando . Eles incluem pior desempenho, falhas freqüentes, placas de vídeo com falha na inicialização, arquivos de dados corrompidos e informações incorretas de RAM no aplicativo Windows System.

Leia também:  Que Vos Ameis Uns Aos Outros Como Eu Vos Amei?

Se você está se perguntando como executar um teste de memória na RAM, precisa usar a ferramenta Diagnóstico de Memória do Windows.

Ele funciona escrevendo e depois lendo a RAM do seu computador. Valores diferentes sinalizam hardware defeituoso.

Para iniciar a ferramenta, pressione Windows + R para abrir a janela Executar , digite mdsched.exe e pressione Enter . O Windows solicitará que você reinicie o computador.

O teste levará alguns minutos para ser concluído. Quando terminar, sua máquina será reiniciada novamente. Você verá os resultados da tela assim que retornar à área de trabalho do Windows.

(Se o Windows não mostrar automaticamente os resultados, abra o Visualizador de Eventos clicando com o botão direito do mouse no botão Iniciar , vá para Logs do Windows> Sistema e encontre o arquivo mais recente chamado MemoryDiagnostic .

Aplicativos de diagnóstico de hardware de terceiros

  1. Se você estiver procurando por algo específico ou um pouco mais poderoso, precisará recorrer a software de terceiros.

  2. Há muito por onde escolher, mas aqui estão quatro dos melhores aplicativos de diagnóstico por computador.
  3. 1.

    MemTest86

O MemTest86 está bem estabelecido como a melhor ferramenta para testar sua RAM no Windows. É mais poderoso que a ferramenta Windows Memory Diagnostic da Microsoft.

O aplicativo possui 13 algoritmos de teste de RAM diferentes e suporta RAM DDR4, DDR2 e DDR3. Você pode inicializá-lo diretamente de um pendrive ou CD, e a Microsoft assinou o código do aplicativo para compatibilidade com o Secure Boot.

  • Diferentemente da ferramenta Windows, o MemTest86 também possui uma interface gráfica completa.
  • Download: MemTest86 (Grátis)
  • 2. CrystalDiskInfo
  • Se você deseja se concentrar em testar seus discos rígidos, instale o CrystalDiskInfo.

O principal recurso do aplicativo é o teste “Auto-monitoramento, análise e tecnologia de relatórios” (SMART). Ele fornece dados sobre vários aspectos de suas unidades, incluindo a taxa de erro de leitura, uma contagem de setores realocados, o tempo de rotação e muito mais.

  1. O CrystalDiskInfo também inclui ferramentas avançadas de gerenciamento de energia e gerenciamento de áudio.
  2. E, se você deixar o aplicativo em execução em segundo plano, ele poderá fornecer alertas ao vivo se as unidades ficarem muito quentes ou sofrerem outras falhas.
  3. Download: CrystalDiskInfo (Grátis)
  4. 3. HWiNFO

O HWiNFO está muito à frente do pacote quando se trata da quantidade de informações fornecidas. De fato, se você é novo no mundo dos testes de hardware, recomendamos que você faça uma ampla parte até conhecer melhor os conceitos e a terminologia.

Do ponto de vista de teste de hardware, estamos mais interessados ​​nos recursos de monitoramento de integridade do sistema do aplicativo. Eles fornecem relatórios e gráficos detalhados em tempo real sobre as CPUs, GPUs, placas mãe, unidades e periféricos da sua máquina.

Você também pode baixar vários suplementos que fornecem ao HWiNFO uma funcionalidade extra. Eles incluem sintonizadores de tela, widgets e visualizadores de log.

Download: HWiNFO (Grátis)

4. RWTudo

Por fim, deixaremos uma ferramenta para os super-geeks: RWEverything. Não ganhará nenhum prêmio de design, mas é extraordinariamente poderoso.

Você pode usá-lo para verificar quase todos os aspectos de cada peça de hardware em sua máquina. Mais pertinentemente, você também pode gravar em todo o hardware. Isso significa que você pode ajustar qualquer configuração, por menor que seja.

Aviso: se você não sabe o que está fazendo, não comece a alterar as configurações. Você corre o risco de causar danos irrevogáveis ​​ao seu hardware.

Download: RWEverything (Grátis)

Verifique a integridade da bateria do seu computador

Outra peça de hardware de laptop que é propensa a falhas é a bateria.

Escrevemos sobre cinco ferramentas que ajudarão a testar a saúde da bateria do seu laptop, se você quiser saber mais.

Como Verificar as Especificações do Computador

  1. 1

    Abra o menu “Iniciar”

    no canto inferior esquerdo da tela. Em seguida, um pequeno menu vai aparecer.

  2. 2

    Abra a opção “Configurações”

    localizada no canto inferior esquerdo da janela “Iniciar”. Em seguida, a janela “Configurações” será aberta.

  3. 3

    Clique em Sistema. Essa opção tem o ícone de um notebook e está localizada no canto superior esquerdo da janela.

  4. 4

    Clique na aba Sobre no canto inferior esquerdo da janela. Pode ser preciso posicionar o cursor do mouse na barra do lado esquerdo e descer a tela para ver essa aba.

  5. 5

    Navegue até o cabeçalho “Especificações do dispositivo” próximo ao final da tela.

  6. 6

    Verifique as especificações do computador. A seção “Especificações do dispositivo” contém informações sobre o processador, memória RAM e tipo do sistema do computador.

  1. 1

    Saiba quando usar o “Gerenciador de dispositivos”. Ele exibe uma lista mais detalhada e avançada dos hardwares utilizados pelo computador, e é muito útil na hora de procurar o tipo ou propriedades de um hardware específico.

  2. 2

    Abra o menu “Iniciar” avançado clicando no logotipo do Windows

    no canto inferior esquerdo da tela ou pressionando as teclas ⊞ Win+X. Em seguida, você deverá ver um menu pop-up no lado esquerdo da tela.

  3. 3

    Clique em Gerenciador de dispositivos no menu pop-up. Fazê-lo vai abrir a janela “Gerenciador de dispositivos”.

  4. 4

    Procure a categoria de hardware desejada. Navegue entre as diferentes opções até encontrar aquela que você deseja consultar.

    • Por exemplo, se quiser saber mais sobre o processador do computador, dê um clique duplo sobre o cabeçalho Processadores.
    • Dependendo do fabricante, os itens do “Gerenciador de dispositivos” podem variar.
  5. 5

  6. 6

    Analise a lista de componentes de hardware. Dependendo da categoria selecionada, pode haver poucos ou muitos itens; dê um clique duplo sobre o item para ver suas propriedades.

    • Tome cuidado para não desinstalar ou desativar nenhum item no “Gerenciador de dispositivos” sem necessidade, pois uma desinstalação acidental pode fazer com que o computador pare de funcionar.
  1. 1

    Clique no menu “Apple”. Esse botão tem um ícone de uma maçã e está localizado no canto superior esquerdo da tela.

  2. 2

    Clique em Sobre este Mac próximo ao topo do menu suspenso “Apple”. Fazê-lo vai abrir a janela “Sobre este Mac”.

  3. 3

    Analise as informações do Mac. Os dados do processador, memória RAM e placa de vídeo podem ser encontrados na janela “Sobre este Mac”.

  4. 4

    Clique em Informações do sistema… na parte inferior da janela “Sobre este Mac”. Fazê-lo vai abrir a janela “Informações do sistema”.

  5. 5

    Abra o menu “Hardware”. Clique na seta apontando para a direita à esquerda do cabeçalho “Hardware” localizado no painel do lado esquerdo da janela “Informações do sistema”.

    • Se essa seta estiver apontando para baixo, então o menu já está aberto.
  6. 6

    Selecione o hardware que deseja consultar. Você verá uma lista com os componentes do Mac abaixo do cabeçalho Hardware; ao clicar sobre ele, as especificações serão exibidas na janela “Informações do sistema”.

    • Por exemplo: se quiser consultar o modelo da sua placa de vídeo, clique em Gráficos/Monitores.
    • Clique em Memória para saber a quantidade de RAM instalada.
    • Para acessar as especificações do processador, clique no cabeçalho Hardware.
  • Caso ainda não tenha comprado o computador cujas especificações você deseja conferir, geralmente é possível consultá-las na caixa dele, no manual de instruções ou placa ao lado dele na loja.
  • Ao comprar um computador na internet, você deverá ser capaz de consultar as especificações listadas na descrição (ou no título) da publicação.
  • Uma alta especificação não significa necessariamente que ele será capaz de executar programas de alto processamento.

Como saber o que está drenando os recursos do meu PC?

Os computadores estão cada vez mais poderosos, mas as vantagens dos novos componentes de hardware nem sempre são perceptíveis. Com a chegada de novos recursos, os aplicativos modernos passaram a consumir mais recursos, o que impacta muito no uso cotidiano.

Quantas vezes você já não passou raiva quando, após usar alguns apps simultaneamente, o computador simplesmente ficou lerdo ou alguns programas até travaram? Pois é, isso é mais comum do que você imagina e acontece até mesmo com computadores mais potentes.

A verdade é que não existe uma solução definitiva para toda e qualquer inconveniência quanto às quedas de desempenho. No entanto, você tem algum poder sobre o sistema e pode tentar se prevenir para evitar que os programas cheguem a seus limites e comecem a prejudicar o uso geral do computador.

Hoje, vamos mostrar um pouco de uma ferramenta própria do Windows para você monitorar os aplicativos e identificar com rapidez o que está consumindo os recursos da máquina. Vale notar de antemão que este é um procedimento bastante simples e não deve conseguir resolver problemas de travamentos constantes, então não espere milagres.

É hora de gerenciar suas tarefas

Certamente, se você usa o Windows, você já se deparou com a necessidade de usar o famoso comando “Ctrl + Alt + Delete” nas horas de apuro. Pois bem, antigamente, o comando emergencial do Windows dava acesso ao Gerenciador de Tarefas do sistema, uma ferramenta que mostra todos os programas em execução.

O Gerenciador de Tarefas do Windows já passou por inúmeras remodelações, sendo que atualmente ele não é mais acessível pelo atalho antigo. No Windows 10, você ainda pode usar a combinação “Ctrl + Alt + Delete” para chegar até a ferramenta, porém será preciso ativá-la manualmente ao clicar na opção específica (que será exibida entre as opções de emergência).

Alternativamente, é possível acessar o Gerenciador de Tarefas ao usar o comando “Ctrl + Shift + Esc” ou ao clicar com o botão direito no Botão Iniciar e escolher a opção específica. Todos esses procedimentos levam ao mesmo local e devem deixá-lo na tela principal da ferramenta.

Processos que não acabam mais

A atual versão do Gerenciador de Tarefas está bem diferente, com áreas específicas para as mais variadas informações sobre os aplicativos que estão em execução na sua máquina. Na primeira aba, você vai se deparar com uma lista enorme de processos.

Todos os itens apresentados nesta área são referentes a programas que estão abertos, sejam os arquivos executáveis principais que você usa diariamente (como o navegador, o player de música e outros) ou os processos em segundo plano, que podem ser dependências dos programas ou algumas ferramentas do Windows.

Através das colunas, você pode identificar o nome do programa e o consumo de recursos dos mais variados componentes de hardware. O Gerenciador de Tarefas exibe o consumo em tempo real (com atualizações constantes em poucos segundos).

Através dos números apresentados, você pode facilmente verificar quais dispositivos estão sobrecarregados (a porcentagem na parte superior das colunas deixa isso bem evidente). No detalhamento de cada programa, é possível conferir o consumo específico de CPU, memória, disco e rede.

Recomendamos que você olhe toda a lista para identificar possíveis vilões, pois há programas que fingem usar poucos recursos, mas mantêm processos em segundo plano “comendo” muita memória. No caso de encontrar algum programa suspeito na lista, basta selecioná-lo e clicar no botão “Finalizar Tarefa” (no canto inferior direito).

De olho no desempenho

Além dos processos, você pode conferir como os componentes de hardware estão trabalhando. Basta acessar a aba “Desempenho” e navegar pelos itens no menu lateral esquerdo. O Windows atualiza os gráficos e detalhes constantemente, sendo possível averiguar o total de processos, os threads, a velocidade de operação da CPU e muito mais.

Além de todas as informações práticas, esta janela conta com um atalho para o “Monitor de Recursos” do sistema, onde você pode obter mais informações dos processos que estão atrapalhando a performance da sua máquina.

Caso o seu computador seja compartilhado com mais usuários, você pode acessar a aba “Usuários” do Gerenciador de Tarefas. Nesta área, você tem opções para desconectar um usuário ou finalizar tarefas de outras pessoas que estão prejudicando o sistema.

Apesar de ser muito divertido observar tantos detalhes, é válido tomar muito cuidado ao gerenciar os processos, pois um engano ao encerrar alguma tarefa pode prejudicar a estabilidade do sistema. Fora isso, você deve estar ciente que ao encerrar algum programa, há grandes chances de você perder dados que não foram salvos, então não aja por impulso.

Boa sorte ao explorar os mistérios do Windows, a viagem pode ser muito divertida ou muito perigosa!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*