Como Saber Qual O Melhor Sistema Operativo Para O Meu Pc?

Se você está usando um computador que não é seu, pode ser necessário saber a versão do sistema operacional (Home, Pro, Student, Enterprise, Server…) para instalar novos programas e aplicativos. No Windows, essa informação é simples de se obter. Basta seguir os passos abaixo. A dica se aplica a Windows 10, Windows 8.1 e Windows 7.

  • Como descobrir a chave de ativação do Windows 10

Como Saber Qual O Melhor Sistema Operativo Para O Meu Pc?

Como saber a versão do Windows 10

  1. Abra o Menu Iniciar do Windows 10;
  2. Digite “Sobre” e selecione “Sobre o computador”;
  3. Procure em “Especificações do Windows” para descobrir qual versão e edição;
  4. Em edição, estará o tipo do Windows (Home, Student, Professional…);
  5. Em versão estará o número da atualização do sistema operacional;
  6. Em compilação do SO estará a versão da build do sistema operacional;
  7. Em tipo de sistema você saberá se o Windows é de 32 bits ou de 64 bits.

Como Saber Qual O Melhor Sistema Operativo Para O Meu Pc?

Você também pode seguir: Painel de Controle > Sistema e Segurança > Sistema.

Atalho para a versão do Windows (todos)

Se você quer descobrir apenas qual versão do Windows seu computador está executando, pressione a tecla do Windows + R, digite “winver” e selecione “OK”.

Como Saber Qual O Melhor Sistema Operativo Para O Meu Pc?

Como saber a versão do Windows 8 e 8.1

  1. Deslize o dedo a partir da borda direita da tela (charm bar);
  2. Toque em “Configurações” e em “Alterar configurações do computador”;Se você com um mouse, aponte para o canto inferior direito da tela, mova o ponteiro do mouse para cima, clique em “Configurações” e em “Mudar configurações”.

  3. Toque ou clique em “Computador e dispositivos” e em “Informações do PC”.
  4. Procure em “Windows” a versão e a edição do que seu PC está executando.
  5. Procure em “Computador” o tipo de sistema: uma versão de 32 bits ou de 64 bits.

Como Saber Qual O Melhor Sistema Operativo Para O Meu Pc?

A tela inicial do Windows 8 também pode ajudar você a saber qual é o sistema operacional. O computador tem aparência similar no Windows 8.1 e no Windows RT 8.1. É possível que você veja um botão de pesquisa no canto superior direito.

Como Saber Qual O Melhor Sistema Operativo Para O Meu Pc?

Como saber a versão do Windows 7

  1. Clique no botão do Menu Iniciar;
  2. Insira “Computador” na caixa de pesquisa;
  3. Clique com o botão direito do mouse em “Computador” e clique em “Propriedades”;
  4. Procure em “Edição” a versão e a edição do que seu PC está executando.

Como Saber Qual O Melhor Sistema Operativo Para O Meu Pc?

O menu Iniciar também pode ajudar você a descobrir o sistema operacional da sua máquina. O visual costuma ter esta aparência no Windows 7 (diferente dos demais).

Qual é o melhor sistema operacional? Linux ou Windows

O software mais importante de qualquer computador é seu sistema operacional. Entre as diversas opções encontradas no mercado atualmente, o Windows e o Linux saem na frente — uma briga longa e polêmica. Qual é o melhor sistema operacional para você instalar na sua máquina?

Como Saber Qual O Melhor Sistema Operativo Para O Meu Pc?

O Windows é produzido pela gigante Microsoft, fundada por Bill Gates e Paul Allen, e pode ser encontrada em diversas versões.

Já o Linux foi inicialmente produzido pelo programador finlandês Linus Torvalds no sistema de código aberto disponível para ser modificado e distribuído livremente ao gosto do freguês — e são muitas as distribuições ou versões.

Separamos, neste post, as principais características desses sistemas para você tirar suas dúvidas. Confira!

Como Saber Qual O Melhor Sistema Operativo Para O Meu Pc?

Custo-benefício

Vamos começar pela aquisição do sistema — o preço. Nessa o Linux sai ganhando, pois é um software livre e gratuito, disponível sob a Licença Pública Geral (GPL).

Isso significa que você não precisa pagar por licenças para tê-lo em suas máquinas.

Apesar de ser gratuito, o download do sistema é simples e seguro, podendo ser encontrado em vários locais da web, inclusive nos sites oficiais.

Por outro lado, quem deseja ter o sistema de Bill Gates mais recente precisará desembolsar cerca de R$450 na versão Home e por volta de R$800 na versão Pro. Imagine o custo total para uma empresa com dezenas de computadores! Esse é um quesito importante na hora de determinar qual é o melhor sistema operacional a ser escolhido pela empresa.

Instalação e operação do sistema

Após adquirir o sistema, será necessário instalá-lo na sua máquina. Ambos os sistemas podem ser instalados a partir de um CD ou de download, contando com uma interface gráfica amigável.

Embora muitos ainda cultivem a ideia de que o Linux só pode ser instalado por um técnico, isso já não é verdade há muito tempo. A instalação é muito parecida com a do Windows, com uma vantagem – é muito mais rápida.

O Linux ainda tem vantagem na instalação e na operação que são mais flexíveis. Você pode mudar o HD de um computador onde o sistema foi instalado e usá-lo em outro computador, com todos os drivers automaticamente reconhecidos e funcionando.

Como Saber Qual O Melhor Sistema Operativo Para O Meu Pc?
Leia também:  Editor de texto VIM: Tutorial Completo Para Iniciantes

Quer mais moleza? Se desejar apenas testar o Linux, basta iniciar o sistema usando um Live CD, ligando o computador com ele dentro do drive. Dessa forma, você consegue experimentar a distribuição, como, por exemplo, o Ubuntu, sem a necessidade de instalá-lo.

Interface gráfica

Após a instalação, esse é o primeiro contato que você terá com o sistema. O Windows ficou famoso pela sua fácil e popular interface gráfica. Sua navegação através de janelas — que deu o nome ao programa da Microsoft — agilizam e facilitam a vida do usuário. Os programas podem ser acessados por meio do menu Iniciar ou em atalhos na Área de Trabalho ou na barra de sistema.

A interface do Linux é bem similar com uma bela aparência, sistema de menus e atalhos. Além disso, é possível salvar suas configurações de modo que, caso queira reinstalar o sistema ou mudar de distribuição, será fácil transferir as personalizações do usuário.

Podemos dizer que há um empate técnico entre o Linux e o Windows nesse quesito já que a interface será uma questão de gosto.

Segurança e privacidade

Esse é um assunto sério e de grande preocupação, principalmente quando estão em jogo informações corporativas e privadas.

A Microsoft oferece atualizações constantes com boas ferramentas de segurança que colaboram para uma experiência agradável ao usuário. Além disso, existem diversos softwares pagos e gratuitos que visam proteger os usuários de ameaças de vírus e outras invasões.

Infelizmente, por ser um sistema bem popular, é alvo constante de ataques maliciosos, exigindo que os desenvolvedores da Microsoft corram atrás para manter-se em dia com as atualizações de segurança.

Por outro lado, por diversos fatores, os usuários do Linux podem sentir-se mais seguros. Um deles é que no Linux, existe uma política eficiente de privilégios de usuário. Como os programas rodam em modo de usuário, para acessar e modificar qualquer configuração no sistema é necessário usar a senha do administrador.

Leia também:  LVM – Como criar volumes lógicos no HD do sistema LINUX

Dessa forma, caso haja alguma infecção, o vírus não consegue espalhar-se pelo sistema, de modo que o reparo é bem mais fácil e o prejuízo é menor. O Windows é mais vulnerável nesse sentido, porque, obtendo os privilégios de administrador, o usuário tem acesso ao sistema e os vírus podem tirar proveito disso.

Não é à toa que, segundo estudo encaminhado pela SUSE Linux Enterprise, 83% das empresas optam pelo Linux em suas máquinas, tanto pela segurança quanto pela independência de seus fornecedores.

Suporte e atualizações

As atualizações são necessárias para manter o sistema seguro e estável. A Microsoft tem se empenhado para manter as atualizações em dia. Como ela é a única empresa responsável em detectar as falhas e elaborar soluções, a distância entre o aparecimento da brecha de segurança e a disponibilização da atualização pode ser um pouco longa.

Enquanto o Windows conta com uma empresa para fornecer um suporte para atualizações de segurança, o Linux conta com uma extensa comunidade de desenvolvedores disposta em estudar e corrigir possíveis problemas que surjam na plataforma. Todas essas atualizações são gratuitas e sem data de validade de suporte!

Além disso, já aconteceu de você ligar o computador e precisar esperar a conclusão de alguma atualização do Windows? Isso não acontece com o Linux porque suas atualizações não exigem a reinicialização da máquina, não interferindo na usabilidade.

Drivers e Softwares

Drivers

A instalação de drivers é a parte que dá mais dor de cabeça quando compramos um novo hardware. Colocar e tirar CDs, procurar o site do fabricante, buscar o modelo do seu dispositivo, baixar e torcer para que tudo dê certo. Com o passar do tempo, esse processo tem sido cada vez mais simples e prático.

Após a instalação inicial do sistema, o Windows apresentava uma etapa bem cansativa de instalação de drivers para cada dispositivo. Isso mudou a partir da versão do Windows 7 em que a instalação inicial passou a dar suporte ao pacote básico de drivers. Quando o driver não é encontrado, é necessário iniciar uma saga no site do fabricante em busca do download.

Leia também:  Como Saber Que Um Homem Ja Nao Te Ama?

O Linux já apresenta em sua instalação inicial um pacote básico de drivers que deixam o sistema pronto para ser usado. Quando algum driver precisa ser instalado, uma notificação é emitida para você fazer a busca e o download. Tudo acontece dentro do próprio sistema, sem a necessidade de usar CDs ou entrar em sites adicionais.

Softwares

Nesse quesito, o Windows sai na frente. Por ser um sistema mais popular, as grandes distribuidoras de softwares estão mais dispostas a produzir para essa plataforma. O processo de instalação acontece por meio de CDs ou de download do arquivo executável.

Pode ser que alguns programas com os quais esteja acostumado não estejam disponíveis no Linux. Mas existem diversas opções de softwares similares que dão conta do recado. Algumas distribuições do Linux possuem uma central de aplicativos facilmente acessível dentro da própria interface do sistema, onde você pode procurar e instalar os softwares.

Vale lembrar que, atualmente, muitos softwares utilizados pelas empresas são plataformas que rodam em nuvem, não importando qual sistema operacional você use, dispensando o download e a instalação — uma tendência crescente.

Então, qual é o melhor sistema operacional?

Cada sistema tem suas características, vantagens e desvantagens. Tudo vai depender dos seus objetivos e recursos. O Windows por ser mais popular e tem uma usabilidade mais conhecida.

O Linux é um sistema mais seguro, estável, bem intuitivo e em diversos quesitos ganhou essa batalha.

Com as informações dadas aqui, você tem o que precisa para decidir qual é o melhor sistema operacional no seu caso.

Quer aprender mais sobre como usar o Linux e suas funcionalidades? Então não deixe de baixar gratuitamente nosso e-book!

Como Saber Qual O Melhor Sistema Operativo Para O Meu Pc?

Qual é o melhor sistema operacional: Windows, macOS ou Linux? DESCUBRA!

Uma dúvida constante entre os usuários é sobre qual é o melhor sistema operacional, para o seu negócio. Temos certeza que você já deve ter se questionado sobre isso.

Comprar um novo computador é uma decisão que pode levar um tempo. São inúmeros modelos e dispositivos diferentes disponíveis no mercado.

Nessa hora, surgem centenas de dúvidas, principalmente para os usuários que não são especialistas no assunto.

Comprar desktop ou Notebook? Investir em uma tela maior ou menor? Qual será a quantidade de memória suficiente? E o espaço do HD, qual deve ser?

É necessário considerar diversas variáveis para fazer a escolha correta. Entre elas, qual é o melhor sistema operacional para as suas necessidades.

Conheça as diferenças entre as principais opções disponíveis no mercado. Entenda qual é o melhor sistema operacional para você e e faça a sua escolha.

Qual é o papel do sistema operacional?

O sistema operacional é a fundação do computador. É através dele que são executadas todas as funções do dispositivo.

É o sistema quem determina, por exemplo, a capacidade de execução dos hardwares, para realizar uma determinada tarefa.

Além disso, ele é responsável por comandar a experiência do usuário, garantindo que ele utilize o equipamento sem problemas. Tudo que é executado em um computador passa pelo sistema operacional.

Como Saber Qual O Melhor Sistema Operativo Para O Meu Pc?

Qual é o melhor sistema operacional?

Você, muito provavelmente, deve conhecer as alternativas de sistemas operacionais mais populares do mercado. Antes de saber qual o melhor  sistema operacional, vamos dar nomes a eles:

  • Windows: Produzido pela Microsoft, cujo a versão mais recente é o Windows 10. É o mais popular entre desktops e notebooks;
  • macOS: Encontrado única e exclusivamente em equipamentos produzidos pela Apple, que também desenvolve o sistema;
  • Linux: Por ser um software livre, não possui um produtor oficial. Essa plataforma é totalmente aberta e customizável.

É importante ressaltar que, a tarefa de definir qual é o melhor sistema operacional, para os computadores do seu time, demandará um estudo sobre as necessidades do empresa. Tenha sempre isso em mente.

Você precisará levar em conta as expectativas com o equipamento e com a execução dos programas. Alguns aplicativos, por exemplo, estão disponíveis para apenas um sistema, enquanto outros podem ser multiplataformas.

Afinal, qual é o sistema operacional mais utilizado no mundo?

De acordo com os dados da empresa de estatísticas digitais, StatCounter, o Windows é o líder absoluto entre os usuários de Desktops. O sistema operacional da Microsoft domina 82,68% desse mercado.

Como escolher o melhor sistema operacional para minha empresa?

Os PCs comercializados, em sua maioria, já vêm com um sistema pré-instalado, licenciado e pronto para uso. Um MacBook da Apple virá com o macOS , enquanto um computador da Dell costuma vir acompanhado com o Windows da Microsoft.

Como o sistema operacional é o coração do seu computador, é muito importante conhecer o que você está comprando.

É responsabilidade do usuário pesquisar e se informar o máximo que puder, para encontrar o melhor sistema operacional. Estudar as opções é um passo importante, para definir qual é a mais adequada para o seu negócio.

Desta forma, ele poderá aproveitar todos os recursos que o sistema operacional tem a oferecer, fazendo o seu investimento valer a pena.

Lembre-se: o melhor sistema operacional para sua empresa é aquele que atende às suas necessidades. Por isso, é tão importante avaliar todo o cenário do seu negócio. Caso você tenha alguma dificuldade nisso, solicite o apoio de um suporte técnico de informática.

Equipamentos destinado para fins corporativos demandam configurações mais avançadas. O computador em questão deverá ser capaz de trabalhar com grandes volumes de dados, planilhas, textos, arquivos e atividades simultaneamente.

Também será necessário que haja recursos de segurança mais complexos e eficazes, para evitar os hackers e os ataques de vírus.

Se o sistema operacional escolhido possuir uma versão para negócios, é recomendado que você opte por ela. Com certeza essa alternativa agregará recursos avançados, que ajudarão a proteger sua empresa.

Ah, como a opinião popular também é muito importante, perguntamos qual é o sistema operacional favoritos dos nossos seguidores lá em nossa Fanpage.

Windows: O queridinho dos usuários

Como vimos, não é segredo que o Windows é disparadamente o sistema operacional mais utilizado por todo mundo. Isso por que, a maioria dos computadores vendidos, já vêm com ele instalado direto de fábrica. Mas será que isso faz do Windows o melhor sistema operacional para sua empresa? É preciso avaliar com cautela.

Ele teve sua primeira versão lançada em 1985. Até o momento, já contou com 13 atualizações diferentes. A mais atual delas, é o Windows 10.

A Microsoft oferece opções diversas do programa, de acordo com as necessidades dos diferentes públicos. A versão Home é indicada para os equipamentos domésticos, enquanto a ProfessionalEnterprise são as melhores escolhas para empresas.

Para utilizá-lo é necessária uma licença comercial, que, geralmente, já acompanha o dispositivo. Caso contrário, será necessário adquirir uma nova licença, através do site oficial da empresa ou revenda autorizada.

É possível contratar também apenas as aplicações do pacote Office, como Word, Excel e PowerPoint, através do serviço em nuvem da Microsoft, o Office 365.

Para quem ele é o melhor sistema operacional

Usuários domésticos e empresas.

Vantagens

Por ser usado pela maioria dos usuários, pois possui uma grande oferta de aplicativos disponíveis.

O Windows pode ser configurado em computadores de diversos fabricantes – Inclusive Apple, mas esta é uma ação não recomendada – e possui grande compatibilidade com a maioria dos hardwares periféricos.

Desvantagens

No caso de aplicações gráficas, sua interface varia entre intermediária e avançada. Além disso, ele deixa a desejar em alguns pontos do quesito segurança.

MacOS X: Sofisticação e segurança

MacOS High Sierra 10.13 é a última versão do sistema operacional desenvolvido pela Apple, conhecida mundialmente por produzir dispositivos de alto padrão.

Entretanto, sua história começou em 1984, quando ainda se chamava System, e posteriormente, MacOS. Foi o primeiro sistema a utilizar ícones que correspondiam aos programas e pastas dos computadores.

A atualização do sistema pode ser obtida facilmente no site da Apple. Ela está disponível para os equipamento que trabalhem com o OS X Mountain Lion 10.8 e versões posteriores.

Para quem ele é o melhor sistema operacional

Usuários e profissionais que utilizam Softwares de edição de imagens e vídeos.

Vantagens

De todos sistemas utilizados é o que possui a interface mais simples. Por isso, ele é o melhor sistema operacional para os usuários iniciantes.

Outro ponto forte, é o seu potencial para executar Softwares gráficos – Photoshop, Illustrator, entre outros – sendo popular, principalmente, entre Designers Gráficos.

Apesar de ter perdido certo espaço para o Linux, nos últimos tempos, ainda é o líder entre esses profissionais.

Desvantagens

Ao contrário do Windows, que pode ser utilizado em computadores de diferentes distribuidores, o macOS roda somente em equipamentos da sua fabricante, a Apple. Além disso, sua compatibilidade com hardwares periféricos é limitada.

Leia também:  Como Alimentar Um Passaro Que Caiu Do Ninho?

Outro agravante, para os usuários brasileiros, é que o seu valor de compra no país costuma ser bem elevado, em relação às outras opções disponíveis.

Como Saber Qual O Melhor Sistema Operativo Para O Meu Pc?

Linux: Feito para todos

Inspirado no nome de seu criador, Linus Torvalds, um programador finlandês, o Linux é um sistema operacional totalmente gratuito e adaptável.

Seu código fonte possui licença GPL, dando liberdade para que qualquer pessoa possa baixá-lo e customizá-lo como preferir. Seu lançamento oficial aconteceu em 1991.

O Linux é um sistema operacional bastante maduro e de fácil uso para usuários domésticos, embora não seja tão popular, como os seus outros dois concorrentes, nas residências.

Por ser uma plataforma aberta, é bastante utilizado por desenvolvedores, programadores e empresas servindo como base para sistemas operacionais customizados.

Qual é melhor SO para o seu PC? Qual atende melhor às suas necessidades?

PC é uma abreviação para Personal Computer, traduzindo, Computador pessoal. E é aí que está o X da questão, pois atualmente os computadores pessoais estão cada vez mais pessoais, ou seja, para cada tipo de pessoa há uma alternativa que melhor se encaixa ao seu perfil.

  • Enquanto que o Windows é o mais famoso, em parte, por na maioria das vezes já vir pré-instalado nos computadores há mais de 20 anos e por trazer um ambiente gráfico amigável e de fácil utilização, focado no usuário final, ele continua a encher os olhos com a sua ultima versão, até então, lançada em 2015, o windows 10.
  • Já o macOS, sistema operacional da Apple, também é uma ótima alternativa dentre muitas variedades no mercado, pois a Apple é reconhecida por ser pioneira na popularização do ambiente gráfico, pois até então os sistemas operacionais eram utilizados via terminal, com suas linhas de comando, ou seja, nada amigável para usuários não avançados.
  • Além do macOS possuir um ambiente gráfico amigável e um dos mais bonitos no mundo da informática, seus computadores possuem ótimos, se não os melhores componentes físicos produzidos pela própria equipe da Apple, fazendo com que a experiência de usuário seja a melhor possível.

Já o Linux é um caso à parte no mundo dos sistemas operacionais, poisele não é necessariamente um sistema operacional, e sim o núcleo do sistema operacional.

Em outras palavras, o Linux faz a comunicação entre o hardware e o software no computador. Assim sendo, um sistema operacional pode ser baseado em Linux, e esses sistemas são conhecidos por distribuições.

As distribuições são produzidas, mantidas e distribuídas por empresas e/ou comunidades de desenvolvedores voluntários.

O Linux está mais presente em servidores que fornecem serviços para redes de computadores, e também em smartphones, principalmente com o Android, mas várias distribuições são focadas também no usuário final no Desktop, principalmente o Ubuntu, Linux Mint, Deepin, ElementaryOS, ZorinOS, entre outros. Essas distribuições são extremamente fáceis de usar.

Em todas elas, o usuário pode optar por não trabalhar com o temido terminal e suas linhas de comando, ou seja, na central de programas o usuário precisa apenas de um clique para instalar ou desinstalar um programa, ou até mesmo atualizar o sistema.

Os sistemas operacionais baseados em Linux permitem que o usuário escolha o ambiente gráfico preferido e também trabalhe com vários ambientes gráficos, se assim quiser.

Os ambientes gráficos mais famosos no mundo Linux são o Gnome, Mate, Pantheon, KDE, DDE, XFCE, LXDE, entre outros. Para quem tem computador com hardware modesto, com pouca memória RAM e pouco poder de processamento, pode optar pelo XFCE ou Lubuntu, ambientes gráficos leves que exigem pouco do processador.

Além de, geralmente, você não ter que pagar por uma licença para usar os sistemas operacionais baseados em Linux, você tem maior poder para personalizar e adaptar à suas necessidades. Para os desenvolvedores essa politica é uma “mão na roda” para desenvolver e aprender.

No quesito segurança, o Linux em Desktop leva uma certa vantagem, pois vírus para Linux são extremamente raros, pois geralmente os vírus são criados para Windows, na maioria das vezes, por ser o sistema operacional mais popular.

Já em smartphone a conversa é outra, já que o Android é o sistema operacional mais usado. E nesse mundo de vírus, a Apple também tem virado alvo, em parte pela popularização do macOS. Ou seja, todos os sistemas operacionais têm suas falhas, porém quanto mais popular ele for, mais atrairá os crackers.

Bom, e então qual é o melhor sistema operacional?

Como citado no primeiro paragrafo, o computador pessoal é pessoal, pois o usuário têm várias alternativas que podem melhor atender às suas necessidades. Todos os sistemas operacionais têm seus prós e contras, assim sendo, você deverá pesquisar e/ou testar os sistemas.

Por exemplo, se uma pessoa trabalha com um software que roda só em Windows, essa pessoa deverá escolher o Windows.

Isso não significa que os outros sistemas não tenham alternativas para o programa em questão.

Por exemplo, quem trabalha com produtos da Adobe, tais como Photoshop e Illustrator, não terá suporte nas distribuições do Linux, porém o usuário tem a opção de usar programas gratuitos, tais como Gimp e Inkscape.

Isso não significa que o Gimp seja a mesma coisa que o Photoshop. São programas diferentes que trabalham de forma diferente por uma mesma causa, criação e edição de imagens.

Mas para aqueles usuários que só precisam de um navegador com acesso à internet, um player para tocar suas músicas ou vídeos, um pacote Office para seus trabalhos escolares, profissionais ou pessoais e jogar seus games, não terá o menor problema ou dificuldade com o Windows, macOs e os sistemas operacionais baseados em Linux, tais como Deepin, ElementaryOs, Fedora, EndlessOs, Linux Mint, Ubuntu, Xubuntu, Kubuntu, Lubuntu, entre outros.

E para você, analisando o custo-benefício, praticidade, amigabilidade, qual é o melhor sistema operacional?

Como Escolher um Sistema Operacional

  1. 1

    Pense na facilidade do uso. Cada sistema operacional (SO) tem uma curva de aprendizagem para os que não estão familiarizados com ele, mas ela pode não ser a mesma para todos os sistemas operacionais.

    Todos os SO alegam ser fáceis de usar, embora o OS X tenha feito disso o seu ponto de venda ao longo dos anos.

    O Linux é tradicionalmente o mais difícil de usar, mas as distribuições modernas fazem o seu funcionamento muito semelhante ao do Windows e do OS X.[1]

  2. 2

    Observe o software que você usa. O Windows geralmente tem a maior compatibilidade de software, pois a maioria dos programas comerciais é projetada para ele. Os Macs têm acesso a uma grande biblioteca de softwares específicos para ele, enquanto a comunidade Linux fornece um grande número de alternativas gratuitas e de código aberto para software comercial.

  3. 3

    Observe o que os seus colegas de trabalho, familiares ou escola usam. Se você quiser compartilhar documentos e arquivos com muitas pessoas, pode ser mais fácil usar o mesmo sistema operacional que todo mundo usa. Isso vai facilitar a conexão com outras pessoas.

  4. 4

    Investigue as diferenças de segurança.

    O Windows é, de longe, o sistema operacional mais suscetível a vírus, embora praticamente todos os vírus possam ser evitados através da prática de hábitos de navegação segura.

    Tradicionalmente, os Macs não têm muitas preocupações com vírus, embora esse número esteja aumentando recentemente. O Linux é o sistema mais seguro, pois praticamente tudo precisa de aprovação do administrador.

  5. 5

    Considere a seleção de jogos. Se você for um jogador ávido, a escolha do seu sistema operacional vai ditar fortemente o número de jogos disponíveis para você. O Windows é, de longe, o líder no mercado de videogames, mas cada vez mais jogos estão ficando disponíveis para Mac e Linux.

  6. 6

    Examine as ferramentas de edição. Se você fizer muitas edições de imagem, vídeo ou áudio, um Mac provavelmente vai ser o melhor para atender as suas necessidades. Eles vêm com programas de edição potentes, e muitos preferem usar programas como Photoshop em um Mac.

    • O Windows também tem várias opções potentes disponíveis. O Linux tem pouquíssimas opções e com pouco apoio. A maioria dos programas de edição no Linux é alternativa de código aberto que atende a maioria das funcionalidades dos programas pagos populares, mas geralmente é mais difícil de usar e não tão potente.
  7. 7

    Compare as ferramentas de programação. Se você for um desenvolvedor de software, é uma boa ideia comparar as opções de codificação disponíveis nas diferentes plataformas.

    O Linux é um dos melhores lugares para programar software para computadores de mesa, embora você precise de um computador Mac para desenvolver aplicativos iOS.

    Existem compiladores e IDEs disponíveis para a maioria das outras línguas em todos os sistemas operacionais.

    • Devido à grande quantidade de código-fonte aberto disponível para Linux, existem muitos mais exemplos para observar quando estiver aprendendo uma língua.
  8. 8

    Pense nas necessidades da sua empresa. Se você estiver gerindo um negócio e estiver tentando decidir qual o melhor sistema para os seus funcionários, existem algumas coisas a ter em mente.

    As máquinas Windows vão ser muito mais baratas do que a mesma quantidade de máquinas OS X, mas essas últimas são muito melhores para a criação de conteúdo, como texto, imagens, vídeo ou áudio.

    [2]

    • Ao comprar computadores para a sua empresa, você geralmente quer que todos eles estejam executando o mesmo sistema operacional para uma compatibilidade e rede de comunicação mais fácil.
    • O Windows é mais barato e pode ser mais familiar para os seus trabalhadores, mas é inerentemente menos seguro do que o OS X.
  9. 9

    Escolha entre 32 bits e 64 bits. A maioria dos novos computadores deve vir com a versão de 64 bits do seu sistema operacional escolhido instalada. Esses sistemas permitem mais processos e um gerenciamento de memória mais eficiente. O seu hardware deve suportar 64 bits para usar um sistema operacional de 64 bits.

    • Geralmente, os programas de 32 bits não devem ter nenhum problema quando forem executados em um sistema operacional de 64 bits.

Computador com sistema operacional instalado: confira 3 vantagens!

Uma boa performance dos computadores é essencial para qualquer empresa que quer alcançar os resultados planejados. Por isso, é natural que o gestor de TI esteja atento a diversos fatores na hora de escolher os equipamentos a serem comprados. Nesse sentido, um computador com sistema operacional já instalado é um diferencial importante.

Entretanto, nem todo mundo dá a devida atenção a essa característica na hora de escolher um PC corporativo. Afinal, quais são as vantagens? Vale mesmo a pena contar com computadores com sistema operacional já embarcado? Quais são as opções mais comuns? O que levar em conta para escolher entre elas? Continue a leitura e saiba mais sobre o assunto!

Quais são as principais vantagens de adquirir um computador com sistema operacional?

Listamos aqui as principais vantagens de adquirir um PC com sistema operacional instalado, além de algumas dicas para escolher a melhor opção para a sua empresa. Acompanhe!

1. Redução de custos

Todo investimento em equipamentos e softwares deve passar por uma análise sobre a viabilidade, a possível depreciação e principalmente o retorno que ele pode gerar para a empresa. No caso de computadores, isso é ainda mais importante, já que eles são usados o tempo todo e qualquer falha pode gerar impactos negativos para as atividades dos profissionais.

Tendo isso em mente, uma das principais vantagens de adquirir computadores com sistema operacional já instalado é a redução de custos que isso traz. Para começar, a TI não precisará se preocupar com a compra dessa plataforma por fora, gerando uma economia direta sobre o valor.

Além disso, a equipe não precisa gastar tempo para comprar e instalar o sistema operacional nos PCs. No final das contas, é uma economia muito bem-vinda, tanto no uso de Windows quanto no de Linux.

2. Garantia de qualidade

Reduzir os elos de uma corrente de responsabilidades é a melhor forma de evitar problemas em um processo de compras. Nesse caso em específico, estamos falando da garantia sobre a qualidade do produto. A compra diretamente na loja traz consigo o risco de adquirir um software pirata — algo impensável para uma empresa.

Ao comprar com a plataforma embarcada, você tem a certeza de que o fornecedor está provendo algo confiável, já que o produto é acompanhado de uma garantia e da nota fiscal. Na prática, é a melhor forma de evitar dores de cabeça com um risco desnecessário.

Para ir além, o próprio funcionamento do sistema está protegido por um serviço específico: o suporte.

3. Suporte do fabricante

Alguns dos melhores fabricantes — seja de computadores tradicionais, seja de notebooks ou All in Ones — oferecem um suporte exclusivo para seus clientes. Caso haja um problema de hardware ou software, eles podem ser acionados para ajudar a solucionar a questão — e o mesmo se aplica ao sistema operacional.

Se o computador é adquirido com Windows ou Linux, o fabricante pode intervir diretamente no caso de solicitação da equipe de TI. Nessa situação, a empresa conta com mais uma camada de segurança contra instabilidades do sistema. Resumidamente, é uma garantia de segurança quanto ao funcionamento do sistema operacional.

Como escolher entre Windows e Linux?

Na hora da escolha, não basta verificar se o computador vem com sistema operacional, mas conferir quais exatamente são as opções disponíveis. No geral, a maioria dos fabricantes oferece PCs com Windows ou Linux. Além das particularidades de ambos os sistemas, é preciso considerar as demandas específicas de cada empresa e dos profissionais que vão utilizar esses equipamentos.

Destacamos aqui as principais vantagens desses sistemas operacionais, dando algumas dicas para você acertar na escolha.

Windows

O Windows é o sistema operacional mais conhecido em todo o mundo graças ao amplo domínio que a Microsoft estabeleceu no mercado ao longo das primeiras décadas que seguiram sua fundação. Hoje, apesar de compartilhar esse espaço com outras gigantes da tecnologia, a empresa mantém uma boa frequência de lançamento de novas versões do Windows e, anda mais importante, de suas atualizações.

Por isso, uma das principais vantagens é a compatibilidade com diversos softwares e aplicativos. Além disso, a Microsoft valoriza muito a facilidade de uso dos seus produtos, o que torna o Windows um sistema que busca ajudar o usuário a conseguir o que quer.

Não é à toa que ele se mantém entre os sistemas operacionais mais utilizados em todo o mundo — principalmente no ambiente corporativo. Atividades que não costumam exigir grande performance do computador (recursos humanos e outros setores administrativos, por exemplo) se dão muito bem com o Windows.

Linux

O Linux é um sistema aberto, ou seja, que funciona como um núcleo do sistema operacional, permitindo que o usuário personalize a interface e suas funcionalidades conforme sua preferência. Em contrapartida, isso traz consigo a necessidade de um conhecimento técnico um pouco maior, caso o profissional deseje fazer muitas alterações na plataforma.

Outro ponto a ser considerado é a limitação que o Linux tem em relação à compatibilidade de softwares. Ainda assim, no ambiente empresarial é mais comum encontrar soluções desenvolvidas especificamente para rodar com Linux — inclusive criações da própria equipe de TI.

Já um dos grandes destaques positivos fica pela questão da segurança. Por ter se popularizado tão rapidamente nas primeiras décadas, o Windows foi por muito tempo o principal alvo de hackers e cibercriminosos. O Linux, por sua vez, se manteve mais restrito aos profissionais de TI por algum tempo, fazendo com que as ameaças fossem menos frequentes.

Ainda assim, ambos os sistemas têm seus prós e contras em relação à segurança. O importante é garantir, no planejamento de compra, que essa questão esteja na pauta. Afinal, a equipe de TI deve estar apta a garantir a segurança do sistema operacional adotado.

O que mais levar em conta na hora da compra?

Por fim, é essencial fazer um levantamento de quais são as demandas específicas de cada profissional da empresa. O setor de TI costuma se dar muito bem com o Linux, ainda que possa manter à disposição alguns computadores com Windows para a configuração de determinados softwares.

Contudo, diversas atividades da empresa podem exigir o uso de softwares específicos, que trazem consigo uma demanda por Windows. Além disso, é natural que os profissionais nessas posições não tenham conhecimento técnico suficiente para personalizar o Linux ou mesmo lidar com suas configurações mais básicas. Nesses casos, o Windows tende a ser uma opção mais amigável.

Como você pôde ver, um computador com sistema operacional é, de diferentes pontos de vista, uma ótima escolha. Coloque na ponta do lápis as demandas da sua empresa e faça uma escolha consciente. Os benefícios, como mostramos aqui, são muitos!

Se você quer as melhores opções em computador com sistema operacional já instalado, entre em contato com a Positivo e fale com quem mais entende do assunto!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*