Como Saber Qual A Rom Do Meu Android?

Uma coisa que não é legal, mas acontece com frequência, é comprar um celular e ele deixar de ser atualizado pela fabricante. É um problema comum no Android, especialmente nos celulares mais baratos, que muitas nunca recebem nenhuma atualização do sistema.

Nestes casos a solução para este problema envolve o uso de Custom ROMs, que funcionam como a instalação de um novo sistema no celular. São softwares desenvolvidos pela comunidade de desenvolvedores e entusiastas do Android, que muitas vezes conseguem trazer versões novas do sistema a aparelhos que foram abandonados há anos.

publicidade

Entretanto, antes de decidir usar uma Custom ROM, é preciso explicar antes o que elas são e quais são seus prós, contras e riscos. Confira a seguir como atualizar um aparelho com Android, mesmo que ele não tenha mais atualizações oficiais.

Entendendo as Custom Roms

A primeira coisa a se saber sobre uma Custom Rom, é que elas são desenvolvidas por programadores de terceiros, ou seja, elas não têm o envolvimento da fabricante. Ainda assim, em alguns casos, elas reaproveitam parte do código original do aparelho.

Existem alguns grupos especializados nesses sistemas alternativos, que criam versões deles para diferentes tipos de aparelho, como o Ressurrection Remix, Lineage OS, AOSP e outros. Fazendo o uso destas versões, até mesmo celulares que foram lançados em 2014 podem obter uma versão recente do Android, como o Nougat ou o Oreo.

Riscos e vantagens envolvidos no processo

Por se tratar de um procedimento não oficial, e que até mesmo viola a garantia do aparelho, existem alguns riscos. No pior dos casos, por exemplo, se os passos instruídos pelo desenvolvedor não forem seguidos à risca, o celular pode não voltar a ligar e o processo talvez seja irreversível.

Como dito anteriormente, existem muitos benefícios. Geralmente por conterem um Android mais puro, além de atualizar o celular, as Custom Roms melhoram o desempenho do aparelho e podem adicionar novas funcionalidades a eles.

Em contrapartida, existem versões não estáveis que apresentam bugs, como itens do celular não que não funcionam corretamente. Geralmente, eles são recursos do sistema como GPS, lanterna etc.

Onde encontrar as Custom Roms e instruções para instalá-las

O principal lugar para saber se um aparelho possui uma Custom Rom fica no fórum do XDA-Developers. Ao entrar nele, basta usar a barra superior para encontrar o modelo de seu aparelho e entrar na parte das Roms.

Antes de começar a ler sobre uma delas, certifique-se que o número do modelo que você está visualizando é o do seu celular. Muitas vezes as fabricantes possuem variações dos celulares, e isso é perigoso ao tentar os passos no próprio aparelho.

Se preferir, os grupos que foram mencionados anteriormente possuem sites. Neles, podem ser feitos os downloads e conferir quais os aparelhos suportados.

Um exemplo de instalação de Custom ROM

Para este tutorial o passo-a-passo abaixo foi realizado em um Zenfone 5, o modelo de 2014 e que teve como última atualização o Android 5.1 em 2015. Mas fica o aviso: este processo apesar de similar para outros aparelhos, muda de conforme o fabricante do celular. Portanto, certifique-se sempre que está obtendo os arquivos corretos de acordo com o seu celular.

Destravando o bootloader

Uma proteção que está presente na maioria dos celulares do mercado se refere ao Bootloader. Ela existe para que, por padrão, o aparelho não inicie em outro sistema que não seja o que veio de fábrica. Então, o primeiro passo antes de instalar a Custom Rom é destravá-la. Veja a seguir o processo para o Zenfone 5 (A501CG):

  1. Com as instruções XDA-Developers por este link, atualize o aparelho até a sua última versão oficial;
  2. Agora, no computador, pelo link acima, faça o download da ferramenta que destravará o bootloader e extraia o seu conteúdo para uma pasta. Note que os arquivos baixados já incluem o TWRP, mas ele ainda não será instalado por não ser a versão mais atualizada do programa;
  3. De volta ao celular, será necessário habilitar o “Modo de desenvolvedor”. Para isso, vá até o menu de “Configurações” e entre em “Sobre”. Dentro da opção, acesse “Informações do software” e toque sete vezes no “Número da versão”;
    Como Saber Qual A Rom Do Meu Android?
  4. Volte para a tela de “Configurações” e em “Opções do desenvolvedor”, habilite a “Depuração USB”;
    Como Saber Qual A Rom Do Meu Android?
  5. Desligue o celular e então, ligue-o segurando os botões “Power + Aumentar volume” até o logo da Asus aparecer. Conecte-o a porta USB do computador;
  6. No Windows, entre na pasta em que você extraiu os arquivos baixados e execute o “unlock bootloader(Droidboot). O celular reiniciará várias vezes durante o processo. Ao fim dele, você verá esta imagem.
    Como Saber Qual A Rom Do Meu Android?

Agora que você está com o bootloader destravado, é recomendado que teste as funções principais do aparelho para saber se nenhum recurso dele deixou de funcionar. Como dito anteriormente, os modos de instalação de Custom Roms variam e no tutorial, serão mostradas duas versões do Android para o Zenfone 5 que possuem modos de instalação distintos.

Instalando o Fastboot e o TWRP

Antes de instalar qualquer Custom Rom no celular, é imprescindível instalar a ferramenta TWRP. Ela traz recursos importantes que podem salvar o aparelho em casos de problemas, como por exemplo, um loop infinito na inicialização do celular após uma modificação.

No caso do Zenfone 5, a melhor maneira de instalá-la é com o método “fastboot”, um protocolo que altera o sistema de arquivos do Android. Veja como deixá-lo pronto no computador com este método de instalação para o Windows 10. Siga estes passos:

  1. Faça a instalação do Android SDK pelo Android Studio em seu computador após baixá-lo por este link;
  2. Agora, é preciso ser realizado o download do Fastboot por este link;
  3. No “Windows Explorer”, acesse este caminho: %USERPROFILE%;
    Como Saber Qual A Rom Do Meu Android?
  4. Crie uma pasta chamada “adb-fastboot” e extraia o conteúdo do arquivo baixado do “Fastboot” para ela;
    Como Saber Qual A Rom Do Meu Android?
  5. No menu iniciar, procure pelo item “Exibir configurações avançadas do sistema” e acesse-o;
    Como Saber Qual A Rom Do Meu Android?
  6. Entre na opção “Variáveis de ambiente”;
    Como Saber Qual A Rom Do Meu Android?
  7. Em “Variáveis do sistema”, selecione a opção “Path” e clique em “Editar”;
    Como Saber Qual A Rom Do Meu Android?
  8. Adicione este parâmetro: ;%USERPROFILE%adb-fastbootplatform-tools;
    Como Saber Qual A Rom Do Meu Android?
  9. Clique em Ok > Ok;
  10. Por fim, faça a instalação dos “Drivers ADB” com este link e reinicie a máquina.
Leia também:  Como Recuperar Fotos Do Iphone Que Nao Liga?

Com o fastboot pronto no computador, é hora de instalar o TWRP no celular. Veja como prosseguir:

  1. Faça o download do arquivo IMG para a pasta onde ficou o executável do “fastboot”. Caso não lembre, este é o caminho: %USERPROFILE%adb-fastbootplatform-tools;
  2. Com o celular desconectado da porta USB, ligue-o com o “Botão power + aumentar volume” pressionados até aparecer o “logo da Asus”;
  3. Inicie o “Prompt de comando” como administrador pelo “Menu iniciar”;
    Como Saber Qual A Rom Do Meu Android?
  4. Navegue até a pasta criada usando os comandos que estão na imagem abaixo;
  5. Execute estes código para instalar o TWRP: fastboot flash recovery recovery.img;
  6. Reinicie o aparelho ao usar a opção “Reboot”, diretamente pelo celular.
  • Após ter feito o Flash do TWRP no aparelho, você pode inicia-lo pela opção “Recovery” ao ligar o aparelho com os botões “Power + Aumentar volume”.
  • Fazendo o backup do sistema atual
  • Antes de fazer qualquer alteração do sistema é sempre prudente ter um backup dele para poder reverter algo que foi malsucedido. Para isso, siga estes passos:
  1. Inicie o TWRP através da função “Recovery”, como foi mencionado acima;
  2. Selecione a opção “Backup” e prossiga. O processo pode levar alguns minutos.

Instalando a Custom Rom

Depois de todos esses passos, agora é a vez de instalar o novo sistema no celular. A seguir, serão mostrados dois métodos de instalação das Custom Roms disponíveis para o Asus Zenfone 5. Veja o primeiro com o TWRP:

  1. Faça o download da Custom Rom e coloque o seu arquivo ZIP no cartão SD ou armazenamento interno. Neste exemplo, ela será obtida aqui;
  2. Com o celular desconectado da USB, ligue-o segurando os botões “Power + aumentar volume” e entre na opção “Recovery”;
  3.  Em Wipe, selecione as opções “Cache, System, Data e Dalwik Cache”. Ao fim do processo, clique em “Back”;
  4. Agora, em “Install”, selecione o arquivo que você colocou no celular. Não se esqueça de marcar a opção “Reboot after flash”.

Custom ROMs, Vale A Pena? – Protegecell

Todo mundo quer melhorar o desempenho de seus celulares. É sempre bom manter o aparelho atualizado, por isso muitas pessoas estão instalando ROM customizada (custom ROM) para aprimorar seu desempenho e recursos. 

É aconselhável saber mais sobre as vantagens e desvantagens da ROM customizada no seu Android. Dessa forma poderá decidir se faz ou não essa instalação no aparelho.

O QUE É UMA ROM?

ROM é um sistema operacional que executa seu Android e é armazenado na memória do aparelho somente como leitura. Existem dois tipos de ROMs: de estoque e customizada. A primeira é pré-carregada no celular pelo fabricante e é otimizada de acordo com a configuração do dispositivo. Porém, tem muitas restrições para o usuário.

Por outro lado, a ROM customizada tem um código aberto. Portanto, através disso é possível personalizar seu celular da forma que quiser, adicionando recursos e criando um novo sistema operacional, substituindo o do fabricante.

O QUE VOCÊ PRECISA SABER ANTES DE INSTALAR UMA ROM CUSTOMIZADA

Antes de instalar uma ROM customizada no Android, você precisa fazer root no celular. Isso significa que você deve eliminar restrições impostas pelo fabricante. O root permite ter acesso a diversas personalizações para o seu dispositivo.

A mudança altera seu privilégio de usuário convidado para um superusuário. Mas lembre-se, fazer root no celular anula a garantia. Porém, saiba que algumas ROMs customizadas valem a pena.

VANTAGENS DA INSTALAÇÃO DA ROM CUSTOMIZADA

Instalar uma ROM customizada no Android tem vantagens e desvantagens. Aqui estão algumas vantagens:

VERSÃO ANDROID MAIS RECENTE

Um dos motivos mais comuns para fazer essa instalação é o fato dos usuários poderem instalar a versão mais recente do Android em seus celulares, o que faz com que seus aparelhos antigos pareçam novos. Além disso, fornece ao usuário um melhor desempenho, já que a versão mais nova é mais estável que a antiga.

PERSONALIZAÇÃO

Outra razão pela qual as pessoas optam por instalá-lo em seu celular Android são as inúmeras personalizações que oferece. Temas atraentes e impressionantes podem trazer um novo visual ao seu aparelho. A ROM customizada permite que os usuários personalizem a interface ao seu gosto.

Todos os principais fabricantes personalizam seus terminais com uma interface de usuário oficial e padronizada. Algumas são boas e funcionam, bem como têm aplicações úteis para o usuário. Outras são menos eficientes e podem prejudicar o desempenho do celular. 

Portanto, a ROM customizada permite que um usuário experimente uma ampla variedade de interfaces e escolha a que melhor se adapte a suas pretensões. 

OVERCLOCKING E UNDERCLOCKING

A ROM customizada permite ao usuário fazer overclock ou fazer um underclock no celular. Overclock significa rodar o processador da unidade de processamento gráfico do celular (GPU) em velocidade mais alta que a pretendida pelo fabricante. 

Leia também:  Como É Que Os Jovens Vivem E Sentem A Religião?

Isso proporciona um desempenho melhor, mas pode causar danos no dispositivo. O underclock é o oposto. É a modificação do sistema para rodar em uma velocidade menor do que a recomendada. Ele oferece maior duração da bateria. Você também pode instalar kernels personalizados.

Como acontece quando você compra um PC com Windows, é grande a quantidade de aplicativos de lixo eletrônico instalados pelo fabricante. Aplicações que você não pediu e nem precisa, tiram a capacidade de armazenamento e desempenho do dispositivo. 

E, para não mencionar a invasão da sua privacidade, por exemplo, com o armazenamento dos seus dados pessoais nas nuvens sem que você tenha autorizado. Existem outras maneiras de remover este bloatware, mas a mais eficaz é instalar uma ROM customizada.

RECURSOS ADICIONAIS E MAIOR PERSONALIZAÇÃO

Outra vantagem da custom ROM é a adição de novos recursos que não estão disponíveis ou são ocultos e não utilizáveis ​​no sistema dos fabricantes. Além disso, oferece ajustes adicionais para melhorar praticamente todas as opções de gerenciamento, incluindo aumento de desempenho, conforme necessário. 

Um dos benefícios é o melhor gerenciamento de permissões. Embora as versões mais recentes do Android tenham melhorado e muito a esse respeito. 

DESVANTAGENS DA INSTALAÇÃO DE UMA CUSTOM ROM

As desvantagens de instalar uma ROM customizada são as seguintes:

BRICKING 

Uma razão para o usuário hesitar em instalar uma ROM customizada em seu celular é o medo de bricking que torna o dispositivo inutilizável e não há como recuperá-lo depois desse estado.

PROBLEMAS NA DURAÇÃO DA BATERIA

As ROMs podem não ser totalmente customizadas para o seu dispositivo, o que resulta em problemas de duração da bateria, fazendo com que ela não seja carregada corretamente ou até mesmo danifique a bateria.

PROBLEMAS DE HARDWARE

As ROMs podem não suportar todo o hardware do celular, o que pode resultar em vários problemas, como a câmera não funcionar ou tirar fotos com qualidade inferior.

BUGS

As ROMs customizadas não são testadas pelo fabricante, por isso produzem alguns bugs que causam instabilidade, como aplicativos forçando o fechamento (o que pode ser realmente irritante) ou reinicializações aleatórias do celular.

PERDA DA GARANTIA DO CELULAR

Como citamos, caso alguma coisa der errado quando você fizer custom ROM, e o celular parar de funcionar, o fabricante não cobrirá o conserto. Este recurso não está dentro da garantia e pode causar problemas em caso de erros, instabilidades ou reinicializações não especificadas, além de outras falhas. Portanto, certifique-se de poder voltar para a ROM original.

CONCLUSÃO

Bem, neste artigo citamos alguns prós e contras da instalação de uma ROM customizada. No entanto, as vantagens superam os poucos inconvenientes, inevitáveis ​​por outro lado. A ROM customizada é uma boa alternativa para turbinar o celular porque elas vêm com possibilidades ilimitadas.

É como se você tivesse comprado um novo aparelho com novos recursos e possibilidades que não vieram originalmente de fábrica. Há várias ROMs disponíveis, de acordo com o modelo do celular.

Agora, você pode decidir se vale a pena realizar esse procedimento em seu dispositivo. De fato, você não tem como saber o que vai acontecer até que experimente. Muitos usuários usam uma ROM customizada no celular e estão felizes com o resultado. 

Então, o que acha de se tornar um superusuário fazendo uma ROM customizada em seu celular? Deixe um comentário.

Lista com as 6 principais ROMs alternativas para Android

O Android é um sistema altamente customizável, podendo ser alterado com os mais diversos launchers e pacotes de ícones, além ainda de MODs, que podem ser utilizados pelos usuários mais experientes para uma alteração ainda mais profunda. Contudo, há quem não fique satisfeito em alterar o próprio sistema, preferindo instalar algo totalmente novo em seu aparelho, e é aí que entram as custom ROMs.

Resolvemos separar então uma lista com os seis principais sistemas alternativos que podem ser instalados em seu dispositivo.

Lembrando que nem todos os aparelhos são suportados pelas ROMs, sendo preciso verificar com o desenvolvedor se o seu modelo é compatível.

Outro adendo importante é que a equipe do TudoCelular não se responsabiliza por qualquer dano realizado em seu dispositivo caso deseje alterar o seu sistema, pois caso os passos não sejam seguidos corretamente o seu aparelho pode ser danificado.

CyanogenMod

Não podemos falar de sistemas alternativos ao Android sem citar a tão famosa CM. Este sistema fez tanto sucesso que uma empresa foi fundada para dar mais suporte aos usuários.

Além disso, foi disponibilizado um prático instalador para quem deseja utilizar esta versão do sistema.

Além de ser baseada na versão pura do Android, a Cyanogen conta ainda com diversos diferenciais, como o suporte à temas e diversas customizações mais profundas.

Para descobrir se o seu dispositivo é compatível com esta ROM, basta acessar a página de pesquisas do desenvolvedor e procurar pelo modelo do seu aparelho.

Paranoid Android

Esta ROM é muito popular pelas suas configuras de redimensionamento de diversas partes do sistema, possuindo o chamado “modo híbrido”. Para quem não está familiarizado com isto, consiste em alterar o tamanho individual com que cada elemento se dispõe na tela, podendo assim otimizar muito mais o espaço disponível, algo interessante tanto em telas pequenas quanto maiores.

Caso tenha ficado interessado, basta acessar diretamente a lista de aparelhos suportados e instalá-la em seu dispositivo.

Leia também:  Como Saber O Que Sinto Por Ele?

MIUI

A MIUI foi desenvolvida pela fabricante chinesa Xiaomi e é um grande sucesso ao redor do mundo, sendo suportada por diversos aparelhos. Este sistema possui sua interface totalmente diferente do que é encontrado na versão pura do Android, com um visual mais minimalista e com cores bem interessantes. Além disto, estão disponíveis diversos serviços bem interessantes, como backup em nuvem e serviços de localização, algo bastante útil caso você perca o seu dispositivo.

Para saber se o seu aparelho é compatível com este sistema, basta acessar a lista de modelos suportados.

AOKP (Android Open Kang Project)

O AOKP é baseado na versão pura do Android, porém conta com um nível de personalização bem profundo. Com este sistema é possível utilizar gestos para navegar pela interface, além de poder ser personalizado o visual de diversas áreas do sistema, com possibilidade até mesmo de se alterar configurações do LED de notificações, caso seu aparelho possua um.

Para saber se o seu dispositivo é suportado por este sistema, basta acessar a lista completa no site da desenvolvedora.

Pac-Man ROM

Esta ROM é uma das mais completas existentes, podendo ser vista como uma junção do visual CyanogenMod com a performance da AOKP e o incrível nível de personalização da Paranoid. Para quem procura um sistema altamente customizável mas não abre mão do desempenho, certamente vale a pena dar uma olhada nesta ROM.

A lista completa de dispositivos suportados pode ser vista no site da desenvolvedora.

OmniROM

A última integrante de nossa lista foi desenvolvida por ex-membros do projeto CyanogenMod, logo, espere muitas semelhanças entre os dois sistemas. A OmniROM também é baseada no Android em sua versão mais pura, possuindo um visual sóbrio e sem qualquer tipo de alteração visual. Estão presentes algumas ferramentas de customização, com alguns recursos herdados de sistemas customizados por fabricantes, como Sony e HTC.

Para descobrir se pode instalar esta ROM em seu dispositivo, basta acessar a lista completa de aparelhos suportados.

Como saber qual binário do meu Samsung e qual versão instalar. –

Como o que devo me preocupar antes de atualizar um celular Samsung?

Fique atento na atualização ou troca de rom pelo Odin se seu binary não será alterado, principalmente se pretende voltar uma versão do Android, ou se seu display, tela ou touch foi trocado, em casos de touch substituído, com uma nova versão do Android, pode ocorrer o famoso. “MEU TOUCH TRAVOU APÓS A ATUALIZAÇÃO”.

Posso fazer downgrade de binário, instalar um menor ou anterior?

Não, binário não pode ser modificado para um número inferior, também não é possível instalar uma firmware com binário inferior ao binário da rom que esta instalado em seu dispositivo, sempre igual ou superior.

O que acontece se eu tentar instalar uma rom com binário inferior ao meu?

Vai dar erro no Odin e na tela do dispositivo e a rom não vai passar.

Para saber o binário, precisamos identificar o PDA ou Nº da compilação

Vai em Configurações >> Sobre o telefone >> Informações de software.

Como identificar Número de compilação ou PDA pelo recovery Samsung?

Caso seu dispositivo esteja com sistema corrompido, você pode identificar o PDA pela tela de recuperação do Android.

Como entrar no modo recovery dos aparelhos Samsung?

Isso pode variar de modelo para modelo.

  • Dispositivos com a tecla home (física).  Com celular desligado, segure juntos volume+home e tecla liga/desliga, quando aparecer a primeira tela, pode soltar o botão liga/desliga mantendo volume+ e home pressionados até aparecer a tela Android Recovery.
  • Dispositivos sem a tecla home.  Com celular desligado, segure volume+  e tecla liga/desliga juntos, quando aparecer a primeira tela, pode soltar o botão liga/desliga mantendo volume+ ate aparecer a tela Android Recovery.
  • Dispositivos com a tecla Bixby dedicada (android 10 ou inferior).  Com celular desligado, segure juntos volume+,  Bixby e tecla liga/desliga, quando aparecer a primeira tela, pode soltar o botão liga/desliga mantendo volume+ e Bixby pressionados até aparecer a tela Android Recovery.
  • Dispositivos com Android 11r one ui 3.0 ou superior.  Com celular desligado, conecte fone de ouvido USB tipo C ou cabo usb ao PC, segure juntos volume+ e tecla liga/desliga, quando aparecer a primeira tela, pode soltar o botão liga/desliga mantendo volume+ ate aparecer a tela Android Recovery.

Na tela de Recovery semelhante a essa abaixo, podemos identificar o PDA

Identificando o binário através do PDA ou Número de Compilação

Binário é o primeiro número depois do modelo, geralmente depois da letra S ou U.

Essa regra do primeiro número após o modelo é válida até binário 9, após isso começam as letras, onde “A” é binário 10, “B” binário 11 e por ai vai.

EX: N975FXXS6EUA1, é binário 6 se fosse N975FXXSBEUA1, seria binário 11, nesse caso, levamos em consideração a primeira letra após a letra S.

Aqui está um tabela para facilitar um pouco os binários com letras

Exemplo: A520FXXSGCTK5 é binário 16

LETRAS LETRAS BINÁRIO
SA UA 10
SB UB 11
SC UC 12
SD UD 13
SE UE 14
SF UF 15
SG UG 16
SH UH 17
SI UI 18
SJ UJ 19

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*