Como Saber Qual A Melhor Cor De Cabelo Para Mim?

  1. Como Saber Qual A Melhor Cor De Cabelo Para Mim? Água micelar com ácido hialurônico: para que serve, quando usar e como aplicar?

    Água micelar com ácido hialurônico: para que…

  2. Como Saber Qual A Melhor Cor De Cabelo Para Mim? Pele oleosa: sérum, água micelar e mais produtos que você não pode deixar de usar no outono

    Pele oleosa: sérum, água micelar e mais…

  3. Como Saber Qual A Melhor Cor De Cabelo Para Mim? Corte pixie: confira as 6 questões que deve se perguntar antes da transformação

    Corte pixie: confira as 6 questões que deve se…

  4. Como Saber Qual A Melhor Cor De Cabelo Para Mim? Ruivo escuro: saiba as diferenças entre os tons marsala, borgonha, acobreado e cereja antes de apostar no cabelo vermelho

    Ruivo escuro: saiba as diferenças entre os tons…

  5. Como Saber Qual A Melhor Cor De Cabelo Para Mim? Penteados para cabelos cacheados e crespos: 100 fotos do Instagram para inspirar – com coques, tranças, semi-presos e mais!

    Penteados para cabelos cacheados e crespos: 100…

  6. Como Saber Qual A Melhor Cor De Cabelo Para Mim? 80 fotos de cabelos curtos: cortes pixie, bob, joãozinho; escolha o seu estilo

    80 fotos de cabelos curtos: cortes pixie, bob,…

  7. Como Saber Qual A Melhor Cor De Cabelo Para Mim? Creme para área dos olhos com ácido hialurônico: como usar para amenizar olheiras e rugas na pele

    Creme para área dos olhos com ácido…

  8. Como Saber Qual A Melhor Cor De Cabelo Para Mim? Box braids: + de 55 fotos e dicas profissionais para quem quer trançar o cabelo

    Box braids: + de 55 fotos e dicas profissionais…

  9. Como Saber Qual A Melhor Cor De Cabelo Para Mim? Franja cortina: 15 fotos para inspirar + dicas para usar em cada corte de cabelo

    Franja cortina: 15 fotos para inspirar + dicas…

  10. Como Saber Qual A Melhor Cor De Cabelo Para Mim? 6 nomes de cortes de cabelo feminino para pedir no salão

    6 nomes de cortes de cabelo feminino para pedir…

Tons de loiro: aprenda como escolher o ideal para você

Foto: Getty Images

Por Gabriela Petrucci
Atualizado em 28.01.21

Independente de tendências ou da ousadia de celebridades, uma cor de cabelo que nunca deixa a desejar é o loiro. Não é à toa que a ampla gama de seus tons é uma das mais pedidas nos salões de beleza do Brasil.

Essa predileção pelos fios mais claros em todas as suas variações se deve principalmente à associação dessa cor à sensualidade, é o que afirma a técnica do Instituto Embelleze Daniele Nascimento. Para que possam parecer ainda mais atraentes e radiantes, as mulheres “buscam constantemente pelos tons de loiro que mais lhes agradam”, diz.

Loiro claro

Como Saber Qual A Melhor Cor De Cabelo Para Mim?

Foto: Reprodução / Instagram: Reese Whiterspoon | Beth Behrs

Quanto mais claro for o tom do loiro, mais restritas são suas possibilidades de combinação. Segundo a colorista Eliete Moreira, do Studio Eliete do Rio de Janeiro, essa é a cor de cabelo que cai melhor em pessoas de pele bem branca, como é o caso das atrizes Reese Whiterspoon e Beth Behrs.

Apesar disso, seu uso não é impossível para outras tonalidades de pele, funcionando muito bem em composições com tons de loiro mais quentes em luzes.

Loiro platinado

Como Saber Qual A Melhor Cor De Cabelo Para Mim?

Foto: Reprodução / Instagram: Gwen Stefani | Christina Aguilera

O platinado é o mais claro dos tons de loiro e dificilmente é encontrado em estado natural, o que faz com que os cabelos quase brancos chamem bastante atenção e, por isso, combinem mais com pessoas seguras de si e muito estilo, assim como as cantoras Gwen Stefani e Christina Aguilera.

Por se tratar de um tipo de cabelo que reflete muito da personalidade da pessoa, suas combinações são mais versáteis e o resultado depende muito mais do conjunto do que do tom da pele de quem deseja ter os fios platinados. No entanto, a colorista observa que, normalmente, essa cor não é indicada para pessoas de pele morena ou negra.

Quando se opta por platinar, é preciso ter cuidado redobrado com a saúde dos fios, que serão submetidos a processos de descolorimento bastante agressivos.

Loiro médio

Como Saber Qual A Melhor Cor De Cabelo Para Mim?

Foto: Reprodução / Instagram: Jilly Hendrix | Drew Barrymore

O loiro médio é o mais comum e também aquele com o maior número de ocorrências. Por conta disso, as combinações dessa cor com a pele são ainda mais democráticas, complementando a beleza tanto das mais branquinhas quanto das negras. Isso se deve à própria característica da cor, que fica no meio do caminho entre o castanho e o loiro claro.

O único cuidado sugerido para quem quer adotar esse tom de cabelo é para que seja harmonizado com outros loiros, a exemplo da mescla da atriz Drew Barrymore, a fim de evitar um aspecto chapado e iluminar mais o rosto.

Loiro acinzentado

Como Saber Qual A Melhor Cor De Cabelo Para Mim?

Foto: Reprodução / Instagram: Julianne Hough | Taylor Swift

Embora o efeito chumbado seja visto por muitas pessoas como um inimigo dos cabelos loiros, seu fundo acinzentado ainda é muito cobiçado. O tom mais frio confere maior charme às madeixas, que deixam de ser “apenas loiras” e ganham um pouco mais de personalidade.

Como Saber Qual A Melhor Cor De Cabelo Para Mim?
Veja também
Como ter o loiro acinzentado dos seus sonhos

Com cautela, o tom pode ser atingido apenas com a tonalização dos loiros mais claros, como fez a cantora Julianne Hough, ou pela própria coloração, que deve ser avaliada e executada por um profissional.

O loiro acinzentado permite uma grande escala de subtons, o que o torna adaptável para todo tipo de pele. Independente dessas gradações, porém, Eliete indica esse tipo de loiro especialmente para as pessoas de pele branca rosada, como a de Taylor Swift, porque assim acontece equilíbrio entre a temperatura mais fria do cabelo e a mais quente da pele.

Loiro mel

Como Saber Qual A Melhor Cor De Cabelo Para Mim?

Foto: Reprodução / Instagram: Beyoncé | Jennifer Lopez

Um dos tons mais desejados do loiro com certeza é o mel! Essa variação da cor é capaz de iluminar e esquentar o visual sem exigir recursos como as luzes e tem o grande trunfo de ficar bem em todo tipo de pele.

Da democracia do tom, Eliete destaca sua combinação com a pele negra, que pode ser muito valorizada pela cor e ainda lembra que uma das principais vantagens do loiro mel é que, por ser um tom mais natural, é um dos mais indicados para cabelos sensíveis ou que já sofreram muito com processos químicos.

Loiro dourado

Como Saber Qual A Melhor Cor De Cabelo Para Mim?

Foto: Reprodução / Instagram: Scarlett Johansson | Laverne Cox

Muito próximo do loiro mel, o loiro dourado também é mais comum e agride menos os fios. O tom tem por definição a vantagem iluminar o rosto e abrir as expressões. A melhor parte é que suas características valorizam todos os tons de pele.

Seja para compor as luzes ou para investir num loiro total, a profissional do Studio Eliete indica o tom dourado para peles brancas como a de Scarlett Johansson, asiáticas, morenas e negras, como a de Laverne Cox.

Loiro morango

Como Saber Qual A Melhor Cor De Cabelo Para Mim?

Foto: Reprodução / Instagram: Lindsay Lohan | Adele

Levemente acobreado, o loiro morango está no meio-termo entre o loiro claro e o ruivo. Este tom é ousado e aquece o rosto e quebra a norma padrão dos loiros, que acostumam ter fundo mais amarelo ou dourado.

A especialista Daniele Nascimento indica essa variação acobreada do loiro para peles morenas e negras, mas é possível notar a partir dos exemplos da atriz Lindsay Lohan e da cantora Adele que essa cor cai bem também para as brancas.

Para aquelas pessoas que não têm coragem de cobrir todo o cabelo com essa cor, uma boa opção é aplicá-la estrategicamente em algumas mechas das luzes para reinventar as madeixas loiras mais tradicionais.

Loiro champagne

Como Saber Qual A Melhor Cor De Cabelo Para Mim?

Foto: Reprodução / Instagram: Britney Spears | Hilary Duff

Com o fundo bege, o tom loiro champagne é muito querido entre as estadunidenses, tanto que essa é uma das cores mais utilizadas em bonecas Barbie. Por se tratar de um tom mais frio e apagado, Daniele recomenda que seja escolhido para combinar com peles brancas mais rosadas, evitando assim a palidez.

Além das pessoas brancas como as atrizes e cantoras Britney Spears e Hilary Duff, também podem apostar no tom as morenas e as negras, tomando apenas o cuidado para que o resultado não destoe muito da personalidade da nova loira.

Loiro pérola

Como Saber Qual A Melhor Cor De Cabelo Para Mim?

Foto: Reprodução / Instagram: Ashley Tisdale | Sienna Miller

Uma variação do loiro claro, situada entre o platinado e o champagne, o loiro perolado ajuda a dar delicadeza à aparência. A especialista da Embelleze recomenda esse tom especialmente para pessoas de pele branca rosada, também por conta de sua temperatura mais fria, que precisa ser contrastada.

Independente do tom da pele da pessoa que opta por esse tipo de loiro, também é importante procurar iluminar o cabelo com outras nuances da cor, para evitar o efeito chapado.

Leia também:  No Que Toca A Damas Como Tu?

Loiro baunilha

Foto: Reprodução / Instagram: Paris Hilton | Shakira

Entre as nuances da cor mais clara, em uma mistura do loiro pérola com o tom champagne, o loiro baunilha também é mais frio e não tão recomendado para as pessoas muito brancas. O ideal é que essa tonalidade venha balancear com as peles mais rosadas ou morenas. Para as negras, o tom é perfeito para composições de luzes.

Em todos os casos, porém, é importante cuidar para que o resultado não seja de rosto chapado nem de pele muito pálida, o que pode ser feito com a mescla do baunilha com tons mais quentes, como o loiro morango ou mesmo o mel.

Loiro avelã

Foto: Reprodução / Instagram: Cara Delevingne | Jessica Alba

Uma mistura quente do loiro médio com o mel resulta no loiro avelã, um tom bastante escuro e puxado para o castanho. Geralmente, essa cor de cabelo é complementada por reflexos mais dourados, que ajudam a iluminar o rosto.

Tanto em sua aplicação total quanto na mescla com luzes, o loiro avelã valoriza todos os tons de pele e fica especialmente bonito para as morenas.

Loiro escuro

Foto: Reprodução / Instagram: Olivia Palermo | Sofia Vergara

Menos quente que o avelã e muitas vezes de fundo mais acinzentado, o loiro escuro é o último tom antes do loiro virar castanho. Essa cor de cabelo é supernatural e uma das mais recorrentes.

Perfeito para quem é naturalmente castanha e deseja um visual mais radiante, o loiro escuro pode ficar mais aberto conforme são utilizados outros subtons para compor a cor final ou o jogo de luzes.

Por ser um tom de loiro mais comum, essa cor combina bem com todo tipo de pele.

Tons de loiro para iluminar

Foto: Getty Images

O efeito chapado ou uma aparência mais pálida são alguns dos fatores que levam muitas mulheres a pensarem muito bem antes de optar pelo loiro como a nova cor de seus fios. Para evitar esses resultados indesejados a técnica da Embelleze Daniele Nascimento aponta que a melhor maneira ainda é apostar nas luzes ou em técnicas de degradê que mesclem diferentes tons de loiro.

  • Eliete Moreira diz que, de um modo geral, o método das luzes é escolhido pelo profissional de acordo com o visual desejado e com a sua familiaridade com a técnica, já que muitas vezes os mesmos resultados podem ser obtidos a partir de vários procedimentos.
  • As luzes tradicionais costumam ser sempre um ou dois tons mais claros do que a raiz do cabelo, mas essa escolha também pode variar conforme o tom da pele de cada pessoa e, claro, com a personalidade.
  • Para ajudar a valorizar a beleza de cada uma, realçar personalidades e adquirir aparências consideradas como as mais naturais, é possível se basear nas seguintes indicações de Daniele:
  • Negras e morenas: tons de mel e dourado em técnicas de degradê como californianas e ombré hair, porque iluminam no comprimento do cabelo de forma harmoniosa e preservando a saúde da raiz;
  • Brancas: os tons mais claros do loiro geralmente são os preferidos. As técnicas mais utilizadas são as de luzes tradicionais e balayge, que clareiam os fios desde a raiz;
  • Asiáticas: para aquecer um pouco a aparência, os tons de champagne, dourado e mel são os mais recomendados. As técnicas mais populares também são as de degradê, como o ombré hair, mas com algumas mechas mais altas, que iluminam bastante o rosto de forma harmoniosa.

Embora seja possível traçar um padrão das cores de cabelo mais indicadas, mais desejadas e mais populares entre cada tom de pele, Daniele destaca que “nada é pautado em regras definitivas. Toda a mulher tem que escolher seu visual de acordo com aquilo que mais lhe agrada e a deixa mais completa e feliz”.

Como desamarelar o loiro

Foto: Getty Images

É normal que muitos tons de loiro, principalmente quando a cor natural do cabelo é mais escura, exijam descoloramento. Esse processo pode ser muito agressivo aos fios, além de poder deixá-los mais ressecados ou porosos, a oxidação também pode revelar um fundo de tom mais amarelado, que deve ser matizado logo no momento do tingimento.

Apesar dessa neutralização, porém, ainda pode ser que o novo tom do cabelo desbote após as primeiras lavagens, de modo que o aspecto amarelado volte a aparecer e possa desagradar um pouco àquelas pessoas que sonham com o seu loiro ideal.

Para evitar esse efeito indesejado, a especialista Daniele Nascimento indica o uso de xampus e tratamentos condicionantes desamareladores pelo menos uma vez por semana. Esses cuidados podem ser tomados em casa mesmo, sem muitos mistérios e, com o tempo, é normal que cada pessoa crie seus próprios métodos e isso tudo se torne um hábito.

A melhor maneira de descobrir qual tipo de tratamento funcionará melhor para o seu cabelo é experimentando e, para descobrir novas técnicas, uma boa opção é aprender um pouco com as blogueiras que compartilham suas experiências.

Teste do xampu roxo por Cinthya Rachel

Cinthya Rachel aposta no xampu roxo para tirar o amarelado de seu ombré loiro, que foi tonalizado com uma cor menos quente que do que o mel ou o dourado e mais puxada para o cinza.

Matização caseira por Michelle Almendra

Para realçar o tom das suas luzes, Michelle escolhe uma emulsão reveladora e a combina com um tonalizante. O procedimento é parecido com o de matização, mas mais simples e seguro para ser feito em casa.

Como desamarelar o cabelo com Violeta Genciana por Fernanda Magalhães Pinto

Para cuidar do loiro platinado quase branco, Fernanda escolhe um produto antisséptico encontrado em qualquer farmácia. A violeta genciana é diluída em água e aplicada no cabelo limpo de forma homogênea.

A única ressalva desse tratamento é que, por conta da cor roxa bastante forte do medicamento, os fios podem adquirir um tom puxado para o lilás — principalmente se forem muito claros –, que só sai após algumas lavagens.

Desamarelar e proteger a cor por Juliana Goes

Aprendendo a cuidar dos fios loiros de seu ombré hair, Juliana Goes dá a dica de evitar produtos capilares amarelos e investir em xampus e cremes brancos, que não potencializam o amarelado.

Além desses tratamentos, também é possível prevenir os cabelos loiros do esverdeamento — muito comum no verão por conta da maior exposição a água do mar ou de piscinas — com alguns cuidados mais básicos e diários, como o uso de bicarbonato de sódio diluído no xampu (preferencialmente branco) em toda lavagem. Já para depois do mergulho, uma boa dica é misturar oito aspirinas em um copo de água morna e deixar o resultado agir nos fios por cerca de 15 minutos antes do banho.

Inspirações

Com tantas variações possíveis dessa cor de cabelo tão desejada, fica até difícil escolher qual é a melhor opção para as suas próprias madeixas, não é? Então, inspirar-se para criar — junto ao seu colorista — um estilo que seja todo seu é muito fácil!

Confira na galeria abaixo algumas blogueiras que arrasaram ao apostar em tons mais tradicionais ou ao inovar em mesclas superbonitas!

Loiro avelã – Foto: Reprodução / Stalk Fashion

Loiro baunilha – Foto: Reprodução / Mr. Kate

Loiro baunilha – Foto: Reprodução / Oh My Vogue

Loiro baunilha – Foto: Reprodução / Cara Loren

Loiro champagne – Foto: Reprodução / Taciele Alcolea

Loiro champagne – Reprodução / Anna Fasano

Loiro cinza – Foto: Reprodução / Cinthya Rachel

Loiro cinza – Foto: Reprodução / Tatiana Lobo

Loiro claro – Foto: Reprodução / Glam4You

Loiro claro – Foto: Reprodução / Fashionata

Loiro dourado – Foto: Reprodução / Chata de Galocha

Loiro dourado – Foto: Reprodução / Collage Me Pretty

Loiro escuro – Foto: Reprodução / Samll Fashion Diary

Loiro escuro – Foto: Reprodução / Gal Meets Glam

Leia também:  Como Saber Onde Esta Uma Encomenda No Correio?

Loiro escuro – Foto: Reprodução / Love, Olia

Loiro médio – Foto: Reprodução / Niina Screts

Loiro médio – Foto: Reprodução / On The Racks

Loiro mel – Foto: Reprodução / Blog da Thássia

Loiro mel – Foto: Reprodução / Todo Estilo

Loiro morango – Foto: Reprodução / Girl Get Glamurous

Loiro pérola – Foto: Reprodução / De Repente Tamy

Loiro pérola – Foto: Reprodução / Collage Me Pretty

Loiro platinado – Foto: Reprodução / Die in Pink

Loiro platinado – Foto: Reprodução / Rachellam

Loiro avelã – Foto: Reprodução / Katy Ture

Colorimetria capilar: descubra a melhor cor para você

A colorimetria é uma técnica que se baseia em alguns fatores – como cor dos cabelos naturais, tom da pele e cor dos olhos – para identificar a coloração ideal para o seu cabelo.

Ela também é usada nos trabalhos de designers e artistas plásticos. Com eles e a indústria cosmética, nasceu e se desenvolveu a colorimetria capilar, que estuda as combinações das cores focando no cabelo.

Parece complicado, mas, traduzindo, é um jeito de medir a cor. Existem outros termos para definir a colorimetria: luminosidade, matiz e saturação. A ciência é aplicada em diversas áreas, e ela é aplicada para tratamento de fotos, maquiagem, vestuário ou cabelos.

A cor natural do cabelo, vista pelos nossos olhos, é formada pelos pigmentos contidos no córtex capilar, conhecidos como melanina.

O tom de cabelo é caracterizado por apenas dois tipos de melanina, chamadas eumelaninas e feomelaninas. As eumelaninas são os pigmentos marrom escuro e preto, já as feomelaninas são os pigmentos vermelhos e loiros. As cores de cabelo são diferentes justamente por causa da combinação desses dois tipos de estruturas.

As cores primárias (azul, amarelo e vermelho) deram origem às leis da colorimetria e as cores complementares são a mistura de duas cores primárias em proporções iguais (verde, laranja, violeta). Juntas, essas 6 cores formam o preto.

“A cor marrom, por exemplo, é formada por duas partes de amarelo, duas de vermelho e uma de azul”, explica Nataly Munhoz, hairstylist do Sputnika Hair.

Como descobrir o tom certo na descoloração

O fundo de clareamento é o que vai dar a resposta para o tom que a pessoa deseja.A descoloração acontece exatamente numa sequência gradativa: vermelho, vermelho alaranjado, alaranjado, alaranjado amarelo, amarelo, amarelo claro e amarelo claríssimo.

Partindo daí, é preciso analisar qual fundo de clareamento a pessoa tem e qual neutralizador deve ser usado para atingir a cor escolhida.

“Após a descoloração podemos neutralizar esse fundo de clareamento: ao revelar alaranjado, utilizamos azul; para vermelho, utilizamos o verde; para tom amarelado, utilizamos roxo e vice-versa”, diz Nataly.

Como Saber Qual A Melhor Cor De Cabelo Para Mim?Na colorimetria, o tom do cabelo também podem ser baseados a partir da cor dos olhos

Além da cor do seu próprio cabelo e da fórmula da tinta, o profissional vai pensar na cor-base pretendida e no reflexo também. Afinal, faz bastante diferença um cabelo preto com reflexos azulados ou acobreados, né? E a colorimetria capilar é capaz de prever o resultado da aplicação de uma certa tinta no cabelo e, ainda, qual a melhor aposta para certos tons de pele.

Colorimetria e cor dos olhos

Existem algumas técnicas extras na colorimetria que possibilitam ao profissional avaliar a melhor coloração para cada pessoa e uma delas é combinar o tom da tintura com a cor dos olhos.

  • Olhos castanho escuro e azul claro combinam com fios loiros ou ainda mais claros, pois esses tons frios conversam entre si e harmonizam o visual;
  • Mulheres de olhos verdes ou castanhos claros – esverdeados ou mel – podem optar por tons de loiro dourado, castanho médio, castanho avermelhado, marrom escuro e ruivo claro;
  • Já para quem tem olhos castanhos escuros ou pretos, profissionais indicam tons de ruivo escuro, castanho médio e castanho claro.

Mas lembre-se que essas são regras criadas apenas para harmonizar cabelos e olhos, por isso não se prenda a características específicas.

A colorimetria também leva em consideração outros fatores, como tom de pele, a cor natural dos cabelos e a saúde capilar. O objetivo é ressaltar sua beleza natural.

Cabelo e roupa

Não só em relação a colorações de cabelo e de quem quer pintar o cabelo sozinha que as noções de colorimetria capilar pode ajudar no dia a dia. É também com base nela que se descobrem as cores complementares, aquelas que dão contraste e equilibram uma a outra. Essa noção serve até para as roupas.

Levando em consideração o círculo cromático é que surgiu o conselho para que loiras usassem vermelho; negras, amarelo e ruivas, verde.

A cor da roupa, especialmente perto do rosto (na parte de cima, caso de blusas e a metade superior dos vestidos), pode se transformar uma aliada do visual, deixando o cabelo mais vibrante e em evidência.

Colorimetria em cabelos brancos

A boa notícia é que a técnica da colorimetria pode ser aplicada em todo e qualquer cabelo, mas cobrir cabelos brancos não é tarefa das mais simples.

Em cabelos naturalmente grisalhos corre-se o risco de os fios não absorverem a coloração e fiquem transparentes. Neste caso, o profissional deve colocar uma cor base na tintura.

Escurecimento dos fios

Caso o cabelo esteja descolorido, é preciso pré-pigmentar os fios para receber uma nova coloração. Com a pré-pigmentação é possível devolver um fundo para adicionar o tom desejado.

Avaliação dos fios para colorimetria

A forma mais segura e eficaz de avaliar a cor original dos fios é através de um teste de mecha. O indicado é fazer testes em três mechas do cabelo, geralmente escondidas. Esse teste de mecha pode revelar se a cliente passou um tonalizante escuro há alguns meses e o teste de mecha revelará.

“Isso também vale para a cor fantasia (colorida). Já fiz teste de mecha em cabelo que parecia virgem próximo da raiz, mas esse teste de mecha revelou um tom avermelhado, resultado de uma coloração fantasia vermelha que a cliente aplicou em casa”, explica.

Essa avaliação via teste de mecha também revelará a resistência do cabelo a partir da referência que a pessoa quer.

Afinal, (sentimos muito, mas é verdade) nem sempre é possível fazer a sonhada cor de cabelo em todos os casos. Por isso, na avaliação, o profissional precisa ter uma conversa franca com a cliente.

Caso o cabelo não esteja resistente o suficiente para a cor desejada – geralmente os tons pastéis são os mais difíceis de serem atingidos, pois é preciso descolorir bastante até o objetivo – o hairstylist pode sugerir outras opções de cor.Por exemplo: um cabelo que não passou no teste para um rosa bebê poderá resultar num cabelo rose gold, pois ele não precisa estar tão claro assim para o objetivo final.

Nessa avaliação, além do teste de mecha, é necessário que o profissional faça algumas perguntas básicas ao cliente:

  • Quais produtos a pessoa usa em casa?
  • Quando foi ao salão para cortar seu cabelo pela última vez?
  • Tem o hábito de secar o cabelo e/ou usar chapinha/baby liss?
  • Qual é sua maior queixa sobre seu cabelo?
  • Tem alguma química no seu cabelo?

Com essas respostas é possível descobrir alguns fatores que passam despercebidos e o profissional deve estar ciente. É imprescindível que o cabelo esteja em boas condições para uma descoloração ou coloração.

Faça das cores suas aliadas

Cores escuras: Aplicar um tom escuro nos fios pode deixar os traços do rosto mais profundos, isto é, tende a envelhecer o visual. Cores mais escuras são indicadas para um rosto mais fino, que corre menos riscos de ressaltar as linhas de expressões.

Cores claras: tons mais claros tendem a iluminar o rosto, dão destaque para os olhos e suavizam algumas características, como um nariz muito grande, por exemplo.

Castanho claro: é um das preferidos das mulheres porque, além de favorecer quase todos os tons de pele, deixa a aparência mais jovial, equilibrada e dá um toque de sofisticação.

Lembre-se que você não precisa dominar o universo da colorimetria capilar, já que essa é a expertise do colorista. Mas é útil saber um pouco a respeito, inclusive para valorizar o trabalho de um profissional capacitado.

Leia também:  Como Fazer Com Que Ele Se Apaixone Por Mim?

A colorimetria capilar ajuda a entender, por exemplo, porque não basta passar uma tinta na cabeça para conseguir o tom que é visto no rótulo da caixinha.

Cuidados pré e pós-colorimetria

Cabelos descoloridos precisam de cuidados especiais, não só ao tingir como antes do procedimento. Indo ao extremo, vamos comparar com uma cirurgia: existe uma preparação e existe o pós-operatório, certo? O mesmo vale para o cabelo!

Para deixar os cabelos com coloração sempre hidratados e macios, indicamos a dupla Shampoo Seda By Niina Secrets Limpeza Micelar para controlar a oleosidade no couro cabeludo e deixar os fios soltos e leves.

Depois da lavagem, condicione os cabelos com o Condicionador Seda By Niina Secrets Hidratação Micelar que, além de ter um perfume cítrico incrível, traz brilho e limpa os fios da raiz até as pontas.

Para um tratamento completo, finalize os cuidados com a Máscara de Reconstrução Nexxus Emergencée, que recupera os cabelos danificados por química, fortalece a fibra capilar e combate a quebra e proporciona fios mais saudáveis.

6+ Cores de cabelo que fazem você parecer mais jovem, dependendo da sua pele e das suas características faciais

Com o passar do tempo, o cabelo grisalho pode se transformar em um pesadelo, ao mesmo tempo em que começam a aparecer algumas rugas em seu rosto e você não sabe mais o que fazer para parecer mais jovem. Felizmente, existem algumas dicas que podem favorecer a mulher nessas circunstâncias.

Às vezes, uma simples mudança no tom da cor do cabelo pode fazer você parecer ter vários anos a menos. No final deste post, você encontrará um bônus com algumas recomendações de como tirar o máximo de proveito do seu cabelo.

Hoje, o Incrível.club vai falar sobre quais são as cores que podem ajudá-la a parecer mais jovem e como identificar a melhor opção para você, de acordo com seu tom de pele e das suas características faciais.

Antes de escolher a coloração que se adapte melhor ao seu cabelo, é importante considerar o tom da sua pele. Se não fizer isso, é provável que fique sem luminosidade e com uma aparência sem graça.

Apesar de existir uma grande variedade de tons, muitos não ficarão bem em você, nem vão favorecer sua aparência. Mas, se sua pele fosse uma estação do ano, qual seria? Um grupo de especialistas explicou quais detalhes é preciso levar em consideração para identificar a tonalidade ideal. Acompanhe!

Nesse caso, o tom da pele é claro, com tons de dourado ou pêssego. Quando as pessoas têm essas características, elas tendem a corar facilmente e, geralmente, têm sardas.

Seus olhos são claros, especialmente azuis ou verdes, seu cabelo é loiro e, em alguns casos, loiro escuro ou avermelhado.

O mais aconselhável, de acordo com essas características, é escolher cores quentes e evitar as acinzentadas.

Esse tipo de pele costuma ter uma tonalidade rosada, com tons azulados e violetas. A cor dos olhos é azul, verde ou cinza azulado. As pessoas com essas características de pele, geralmente, têm cabelos loiros ou castanhos. A melhor escolha, nesse caso, são mechas prateadas ou loiro escuras, 2 tons mais claros do que a cor natural, para dar mais luminosidade aos cabelos.

Nesse caso, a pele costuma ser mais clara, um pouco mais escura ou bronzeada. Os olhos, geralmente, são verdes, em qualquer uma de suas tonalidades, azuis e turquesas.

Normalmente, o cabelo é castanho escuro com tons avermelhados ou vermelhos com tons acobreados. Dadas essas características, a cor dos cabelos pode ser realçada com tons avermelhados ou acobreados.

O castanho quente também favorece bastante.

A pele nesse caso tem uma nitidez tão grande que é possível distinguir os tons esverdeados e identificar alguns reflexos azulados e frios. A cor dos olhos é castanho escuro, cinza, azul ou verde profundo. A cor natural do cabelo é preto ou castanho médio. O recomendado é destacar o brilho, mas se você quiser clarear os fios, pode optar por um tom loiro acinzentado.

Esses tons podem ficar bons no cabelo de qualquer mulher, mas é importante que o tom da pele seja considerado antes da escolha da melhor opção. O mais aconselhável é clarear o cabelo um ou 2 tons para conseguir o efeito de antienvelhecimento. No caso dos cabelos castanho escuros, o ideal é evitar essa cor, porque eles carregam os traços físicos, deixando, portanto, as rugas mais visíveis.

© Invision/Invision/East News, © Sebastien Courdji/KCS/East News

O loiro é uma das cores mais recomendadas para quase todas as mulheres, pois tem a capacidade de proporcionar luminosidade ao rosto e diminuir a visibilidade dos cabelos grisalhos.

Os tons mel ou aqueles com reflexos dourados podem dar à pele um toque rosado. Por outro lado, os tons acinzentados podem ajudar a diminuir as rugas, reduzir as manchas, além de se misturar aos cabelos grisalhos.

A loira platinada não é mais a cor ideal, pois deixa um look envelhecido.

  • Se sua pele não se bronzeia facilmente ou se estiver muito pálida e os seus olhos forem claros, você pode escolher os tons acinzentados ou brancos.
  • Se sua pele for muito clara, mas seus olhos forem escuros, o tom ideal está entre os tons de loiro mais naturais.
  • Se sua pele for bronzeada e seus olhos forem claros, o mel ou os tons de caramelo são as melhores opções.
  • Mas ao contrário, se os seus olhos forem escuros e sua pele tiver um tom quente, opte por tons dourados.
  • Para a pele morena quente, as melhores alternativas são os loiros na tonalidade champagne ou mel. No caso da pele morena fria, o loiro médio é o mais adequado.

© Gregory Pace/BEImages/EAST NEWS, © Scott Kirkland/PictureGroup/EAST NEWS

As luzes em qualquer tonalidade podem dar um toque natural ao cabelo e suavizar os traços do seu rosto. Se seu cabelo for castanho, o ideal seria escolher um tom mel; se você é loira, pode experimentar o efeito babylights, trazendo luminosidade e brilho com um toque natural ao seu cabelo. No caso de você ser morena, os tons de bronze são a melhor escolha. Dentro das luzes, existem 2 tipos:

  • Highlights: são caracterizadas por serem mais claras do que o cabelo natural. Seu principal objetivo é dar luminosidade às pequenas mechas do cabelo. Uma aplicação correta pode dar um efeito natural e ajudar o rosto a se destacar.
  • Lowlights: nesse caso, tratam-se de luzes mais escuras, aplicadas para diminuir a intensidade da cor. Essa técnica permite que o cabelo adquira maior volume e tenha uma aparência mais espessa.

© AP/East News, © Andy Kropa/Invision/AP/East News

Esses tons são altamente recomendáveis quando se trata de pele clara. Além disso, trazem luminosidade ao rosto, fazendo você ganhar uma aparência mais jovem.

Se a tez for clara, o ideal é usar um cobre intenso para dar o brilho necessário ao seu visual.

No caso da pele morena, é melhor optar por um cobre que se aproxime do vermelho queimado, para evitar criar uma aparência alaranjada na pele.

© CJLA/Broadimage/Broad Image/East News, © Exclusivepix Media/EAST NEWS

Essa técnica se adapta a qualquer tipo de cabelo e, quanto mais longo ele for, maior pode ser a criatividade usada. Esse estilo favorece quem tem cabelos ondulados, porque permite uma combinação mais intensa de cores. Graças a essa mistura de vários tons, as mechas balayage são ideais para criar um look jovem e moderno.

Esse tipo de coloração favorece as peles claras, de tonalidade média ou bronzeada. É ideal para qualquer tipo de cabelo, especialmente os ondulados ou encaracolados.

Por outro lado, esse tom consegue suavizar os traços faciais e dar ao cabelo mais volume, o que rejuvenesce a aparência.

Além disso, esse tom é ideal para uma mudança de look arrojado e pode dar ao seu cabelo uma aparência iluminada.

© Ann Porter/ Broadimage/EAST NEWS, © Invision/Invision/East News

Para tirar o máximo proveito do seu cabelo e parecer mais jovem, alguns especialistas recomendam levar em consideração o seguinte:

  • Se você tiver duas opções de tintura e não sabe qual escolher, fique com o tom mais claro, pois isso trará mais benefícios do que um tom mais escuro. Os tons claros funcionam melhor na hora de fazer uma mudança radical em seu visual.
  • Se tiver muitas imperfeições ou manchas em seu rosto, evite os tons loiros claros ou marrons muito escuros. Dessa forma, sua pele não ficará apagada e os defeitos ficarão menos visíveis.
  • Se você quer parecer mais jovem, o cabelo preto não é a melhor opção. Com esse tom, as peles mais pálidas ficam mais afetadas, devido ao endurecimento dos traços, acentuando as rugas.
  • Descarte as colorações mais artificiais (como os tons avermelhados e azulados). Os naturais são os melhores, quando se trata de rejuvenescer.
  • Os tons de cinza têm a capacidade de tornar as manchas no rosto menos visíveis e, ao mesmo tempo, podem suavizar as rugas.
  • Não se esqueça de considerar as sobrancelhas. Se forem mais escuras do que o seu cabelo, a diferença de tons não vai favorecer você. O ideal é tingi-las também, se necessário. Isso depende de cada pessoa e, para ter certeza do que é mais adequado para você, consulte um especialista.
  • Tenha cuidado na hora de escolher o corte que mais a beneficia. A escolha do corte certo dará mais vida ao seu rosto e marcará seus traços de forma mais suave.

Qual é o tom que melhor combina com você? Quais experiências teve com colorações? Deixe sua opinião nos comentários.

Imagem de capa AP/East News, Andy Kropa/Invision/AP/East News

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*