Como Saber Onde Esta Um Aviao?

Saber em qual aeronave será realizado o voo pode ser algo bastante óbvio para viajantes experientes, mas muitas vezes é um verdadeiro mistério para quem não viaja tanto assim, ou não está familiarizado com os modelos de aeronaves existentes. Aliás, tirando os entusiastas da aviação, nenhum viajante é obrigado a saber a diferença entre um Airbus A380 e um A321, ou entre um Boeing 777 e um 737, não é mesmo?

Pensando nisso, separamos algumas dicas para que você possa matar a curiosidade e obter mais informações sobre o avião em que vai viajar, antes mesmo de chegar ao aeroporto. Além do modelo e da configuração interna, é possível descobrir dados como data de fabricação e quais foram os últimos voos realizados por ele.

Como Saber Onde Esta Um Aviao?

A Delta Airlines, por exemplo, possui 18 modelos diferentes de aeronave em sua frota

Fabricante e modelo do avião

Essa é a informação mais fácil de ser obtida. A maioria das companhias e agências de viagem online já informam o tipo de aeronave previsto em cada rota, em seus canais de venda. E se, por acaso, você não prestar atenção, ainda tem a chance de conferir isso na hora de marcar os assentos ou mesmo depois, ao receber a sua confirmação de compra por e-mail.

Como Saber Onde Esta Um Aviao?

Fabricante e modelo normalmente são informados na hora da compra

É importante ter em mente que quanto maior for a antecedência da compra e maior a variedade de aeronaves na frota daquela companhia, maior será a chance de haver mudança de aeronave até a data da sua viagem.

E acredite, é bem frustrante quando você espera embarcar em um Airbus A330 com configuração 2-4-2, e na hora se depara com um Boeing 777 na configuração 3-3-3.

Isso já aconteceu comigo! E, dependendo do assento escolhido, uma nova aeronave pode fazer muita diferença!

Além da configuração, a qualidade das cabines pode mudar muito de uma aeronave para outra, mesmo que elas sejam da mesma empresa. Por exemplo, a distância entre os assentos pode ser maior ou menor, o sistema de entretenimento pode ser mais moderno, ou não existir, e a aeronave pode ter mais ou menos banheiros, por exemplo.

Para quem viaja em classe executiva a mudança pode ser ainda mais significativa, pois pode ser a diferença entre viajar numa poltrona-cama que reclina 180 graus, ou numa poltrona antiga, com reclinação parcial.

Configuração da cabine

Com o modelo do avião e o número do voo em mãos já é possível descobrir mais algumas coisinhas, como por exemplo, a disposição das poltronas e se há tomadas ou telas de entretenimento individual; o que é bastante útil para te ajudar na hora de escolher os melhores lugares do avião.



Nem sempre esses dados estão disponíveis nos sites das companhias aéreas de forma clara. Mesmo que você acesse os detalhes de sua reserva, pode ter dificuldade em encontrá-los.

Nessas horas vale recorrer ao SeatGuru, site que reúne mapas internos de aviões das principais companhias aéreas do mundo. Basta digitar a companhia aérea e o número do voo para que as opções de aeronave daquela rota apareçam.

Aí é só clicar no modelo de avião para ver os detalhes.

Ao lado do mapa o Seatguru também exibe informações sobre o espaço para as pernas, se há tomadas nas poltronas, telas individuais e outros detalhes.

Como exemplo pesquisei o voo AD5062 da Azul, entre Campinas (VCP) e Fortaleza (FOR), que nessa data seria feito por um Airbus A330-200 conforme indicado no site da companhia:

Como Saber Onde Esta Um Aviao?

É comum que algumas rotas de determinadas companhias sejam atendidas por mais de um modelo de avião. Como o caso da Rota São Paulo (GRU) – Manaus (MAO).

Na Latam ela pode ser operada tanto em um Airbus A321 com 220 lugares na clássica disposição 3-3, por um Airbus A350 com 339 lugares ou até mesmo por um Boeing 777 para 379 passageiros.

O Seatguru vai exibir todos os modelos usados na rota, então é necessário saber o modelo antes de fazer sua consulta.

Mesmo em companhias com frotas com poucas variações como é o caso da GOL, as diferenças existem. No Boeing 737-700, por exemplo, as poltronas 7A e 7F não possuem janela (você fica literalmente de cara para a parede!).

Já o mesmo não ocorre no Boeing 737-800, onde são as poltronas 10A, 11A e 11F que não têm janela. Nesse caso saber mais sobre a aeronave em que você vai viajar pode ser a diferença entre poder apreciar a vista ou não.

Então vale a pena investir um tempinho nisso ao planejar as suas férias.

Histórico da aeronave

Agora, se você é do tipo curioso e quer saber todos os detalhes sobre o avião em que vai viajar é possível descobrir de antemão a matrícula da aeronave. Com esse registro, você consegue saber a data de fabricação, o histórico (por quais companhias ele já passou), quais os voos recentes que fez antes de você embarcar e quais serão os próximos destinos visitados por ele.

Um bom lugar para fazer esse tipo de pesquisa é no site Flightradar24. Basta digitar o código do voo na campo de busca e clicar sobre ele para abrir a lista com as informações do voo.

Leia também:  Como Saber Em Que Nome Está Um Veículo?

Será exibido o histórico dos últimos 7 dias com as matriculas dos aviões que foram utilizados e a programação para os próximos 9 dias naquela rota (na versão paga esse intervalo é maior).

É comum que a matricula dos voos futuros só apareça um ou dois dias antes da viagem, então não adianta pesquisar com tanta antecedência. (Em alguns casos a matrícula pode aparecer momentos antes da partida ou até mesmo depois que o voo já tiver sido concluído).

Como exemplo fiz uma pesquisa para o voo Latam LA4626, de São Paulo (GRU) para Fortaleza (FOR) que nessa data seria realizado em um Boeing 767-316(ER) de prefixo PT-MOF:

Como Saber Onde Esta Um Aviao?

Ao clicar na matrícula do avião você é redirecionado para uma outra lista, que exibe todos os últimos voos feitos por ele além de indicar qual será o próximo voo a ser realizado. No exemplo, o Boeing 767 da latam havia feito o trecho Santiago (SCL) – São Paulo (GRU) e depois faria a rota Fortaleza (FOR) – Miami (MIA):

Como Saber Onde Esta Um Aviao?

Assim você consegue saber por onde ele passou. Foi dessa forma que descobri que o A350 que me levou de São Paulo para Manaus tinha vindo de Madrid na review de como é voar em assento de classe executiva em voo nacional que fiz para o canal do Melhores destinos no Youtube.

Já para saber a idade da aeronave, por quais empresas ela passou e se teve outros códigos de registro sites como o Airframes, Planespotters ou Airfleets podem ser bem úteis.

No Airframes é necessário criar um cadastro gratuito para fazer as pesquisa (anote seu usuário e senha, pois não é possível recuperar em caso de esquecimento) e depois no menu escolher a opção “Aircraft” e digitar o registro no campo “Registration”.

Já no Planespotters e Airfleets é possível fazer a pesquisa sem ser cadastrado, basta digitar o código de registro no campo de busca.

  • Pesquisando pelo Boeing 737-800 da GOL de prefixo PR-GZE no Planespotters podemos ver que ele foi fabricado em 2009 e desde então passou por 7 companhias em 5 países antes de ser incorporado à frota da GOL em junho de 2019.
  • Essas são as principais ferramentas que uso na hora de buscar informações sobre as aeronaves antes de embarcar para uma avaliação de voo, se você conhece outros recursos semelhantes que não foram mencionados sinta-se à vontade para compartilhar nos comentários ????
  • E aí, vai querer saber todos os detalhes sobre o avião ou prefere não saber tanto na hora de embarcar?

Quatro sites e apps para rastrear voos online

É possível rastrear voos em tempo real por meio de sites e aplicativos gratuitos.

 Além de rastreá-los, sites como o Infraero Voos Online, FlightRadar24, FlightAware Flight Tracker e Kayak oferecem informações sobre os horários de voo, atrasos, mudanças de portão de embarque e cancelamentos.

Algumas dessas plataformas mostram, também, o avanço em tempo real da aeronave em um mapa. Conheça os sites e aplicativos para rastrear voos.

Google Flights ou Skyscanner? Escolha o melhor buscador de passagens

Como Saber Onde Esta Um Aviao?Veja quatro plataformas de rastreamento de voos (Foto: Reprodução/Pond5)

Aplicativo do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no seu celular

Infraero Voos Online

O site da Infraero Voos Online (Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária) oferece uma ferramenta de busca que funciona com o nome do aeroporto, nome da linha aérea e número do voo.

O resultado da pesquisa é o status do voo, horário de partida/chegada e sua duração. Vale lembrar que a Infraero rastreia apenas voos relacionado ao país, ou seja, voos nacionais ou internacionais que partam do Brasil ou tenham o Brasil como destino.

A plataforma possui app gratuito para Android e iOS.

Como Saber Onde Esta Um Aviao?Infraero busca voos de acordo com o aeroporto (Foto: Reprodução/Daniela Ferrari)

FlightAware Flight Tracker

No FlightAware Flight Tracker a pesquisa pode ser feita de duas formas: pela linha aérea e o número do voo ou pelo local de partida e destino. O site rastreia voos do mundo inteiro, mostra informações detalhadas, fotos do moledo da aeronave, altitude, velocidade e um mapa para acompanhar a viagem em tempo real. O FlightAware possui também uma versão gratuita para Android e iOS.

Como Saber Onde Esta Um Aviao?Site mostra informações detalhadas do voo (Foto: Reprodução/Daniela Ferrari)

FlightRadar24

Em inglês, o FlightRadar24 tem prioridade em mostrar o trajeto dos voos pelo mundo com um mapa. Para a busca, primeiro é necessário selecionar o aeroporto e depois escolher o voo. Informações como altitude, modelo do avião e tempo de voo são exibidas também. O FlightRadar24 possui uma versão gratuita e uma paga, disponível para Android e iOS — a cobrança libera mais recursos.

Como Saber Onde Esta Um Aviao?Mapa mostra trajeto do avião em tempo real (Foto: Reprodução/Daniela Ferrari)

OS 7 MELHORES SITES E APPS PARA ACOMPANHAR UM VOO

Cansado de chegar no aeroporto na hora do voo, passar pelo raio-x, ir até o portão de embarque para enfim descobrir que seu voo está atrasado? Seus problemas acabaram! Hoje vou dar dicas matadoras pra você estar sempre atualizado e acompanhar seu voo online de qualquer lugar!

Fiz uma pesquisa detalhada para selecionar os melhores sites e aplicativos disponíveis para consultar e acompanhar voos online. Apesar de a maioria das opções serem muito boas alguns se destacam. Abaixo seguem as melhores formas que encontrei, em ordem de preferência.

Leia também:  Como Saber Que Ele É O Tal?

1. Flight Radar 24

Com toda a certeza a melhor opção para estar atualizado sobre o horário do seu voo. O aplicativo que eu mais gosto é o Flight Radar 24 que mostra no mapa em tempo real todos os voos com seus horário de partida e de chegada.

Dessa forma, você consegue acompanhar, inclusive, a rota do avião que vai realizar seu voo. Ou seja, se o avião que vai realizar o seu voo está atrasado na origem, você consegue saber antecipadamente.

O aplicativo é bem completo e tem inclusive um modo 3D, além de funcionais adicionais na opção Premium. Está disponível para Desktop,  IOS e Android.

Como Saber Onde Esta Um Aviao?

2. Air Traffic

Um pouco mais simples que o Flight Radar 24 porém cumpre o seu papel de mostrar no mapa em tempo real todos os voos em andamento. Disponível para Android e IOS.

Como Saber Onde Esta Um Aviao?

3. Flight Aware

Nesse aplicativo é possível pesquisar voos por origem, destino, aeroporto, numero do voo e matrícula do avião. Também tem um mapa para visualizar os voos em tempo real mas o layout não é tão amigável (Disponível para Android e IOS).

Como Saber Onde Esta Um Aviao?

4. Rastreador de Voos

Outro aplicativo simples de busca de voos, sendo que sua vantagem é a de permitir criar grupos de viagens e adicionar os voos nos grupos. Assim, é possível monitorar em tempo real todos os voos de uma viagem.

O aplicativo também traz informações do avião (como o modelo e mapa de assentos) e dos aeroportos de origem e destino.

5. Aplicativos das companhias aéreas

Ativando as notificações dos aplicativos das companhias aéreas você poderá receber mensagens sobre possíveis atrasos, cancelamentos e mudanças do portão de embarque.

As aplicações tem melhorado bastante mas não espere estar sempre bem informado, uma vez que a atualização das informações não é frequente. Todas as companhias aéreas tem aplicativos para celular: Latam (IOS e Android), GOL (IOS e Android) e Azul (IOS e Android).

6. Site da Infraero

Site oficial da Infraero é possível consultar todos os voos por aeroporto ou companhia aérea. Não achei aplicativo para celular.

4 aplicativos que permitem localizar voos em tempo real

Publicado em 11 de fevereiro de 2016 às 14:54

Agora é possível acompanhar todo o trajeto de uma aeronave com apenas alguns cliques

Você está no aeroporto à espera de alguém e não faz ideia de que horas o avião irá pousar? Aí vai uma dica. Hoje em dia, é possível acompanhar todo o trajeto de uma aeronave, desde a sua decolagem até o destino final. Isso mesmo. Para obter esse serviço, diversas pessoas estão adquirindo aplicativos que têm como principal função o acompanhamento de voos.

Além disso, com apenas alguns cliques, você também pode saber o trajeto, o clima, a altitude e até a velocidade do avião. Gostou da sugestão? Então confira a lista dos cinco melhores aplicativos para iOS, Android e Windows Phone.

Flightware

A ferramenta é super simples de ser usada. Além de rastrear voos nacionais e internacionais, o app trás a função de saber exatamente o horário de saída e a previsão de chegada do avião. A plataforma está disponível para iOS, Android e Windows Phone.

Flightradar

Como Saber Onde Esta Um Aviao?

Neste aplicativo, os dados transmitidos são captados através de radares e satélites e, com isso, é possível observar todos os detalhes do voo. E para quem não é fã da versão moblie, existe a opção do site do Flightradar, onde o acesso também é gratuito. O aplicativo está disponível para iOS, Android e Windows Phone.

Flight+

Com informações bastante precisas, o aplicativo rastreia todos os tipos de voos em tempo real. Contudo, o mesmo é próprio para usuários do iPhone e custa U$3,99.

Infraero Voos Online

O aplicativo informa a situação dos voos do aeroporto e também das companhia aérea. A plataforma também possui a opção de acesso direto através do site. A plataforma está disponível para iOS e Android.

Como é a tecnologia para acompanhar e rastrear um avião? – BBC News Brasil

Após mais de cinco dias do desaparecimento do voo MH370, da Malasya Airlines, com 239 passageiros a bordo, o paradeiro do avião ainda é um mistério.

Um dos incidentes mais intrigantes da aviação moderna vem chamando a atenção para como as aeronaves são rastreadas e acompanhadas e levando as pessoas a se questionarem como é possível um grande avião de passageiros simplesmente desaparecer sem deixar pistas.

O Boeing 777-200ER da Malaysia Airlines desapareceu das telas do controle de tráfego aéreo por volta de 1h30 do horário local no sábado (14h30 de sexta-feira em Brasília), uma hora após decolar do aeroporto de Kuala Lumpur em direção a Pequim, na China.

As aeronaves normalmente se comunicam com o controle em solo usando uma série de sistemas, que parecem ter falhado conjuntamente nesse incidente.

O controle de tráfego aéreo combina as propriedades de localização dos radares básicos com os sinais enviados pelos transponders das aeronaves para estabelecer um panorama detalhado do tráfego nos céus.

Todas as aeronaves comerciais são equipadas com transponders de cabine, que automaticamente transmitem sinais eletrônicos de volta ao solo quando recebem um sinal de rádio.

Os tipos mais básicos enviam apenas a altitude do avião e um código do voo, com quatro dígitos, mas as estações de radar são capazes de estabelecer a velocidade do avião e sua direção ao monitorar sucessivas transmissões.

Leia também:  Como Evitar Que A Mosca Pique A Fruta?

A cobertura do radar normalmente termina a cerca de 240 quilômetros da costa, mas, enquanto sobrevoam o mar, as tripulações dos aviões mantêm contato com outras aeronaves usando transmissão por rádio de alta frequência.

Os transponders podem ser desligados manualmente no meio do voo, mas, no caso do voo MH370, não se sabe se a perda de sinal foi causada por uma ação humana deliberada ou por um evento catastrófico.

A última mensagem de rádio recebida pelo controle de tráfego aéreo – “Alright, roger that” (algo como “Tudo bem, entendido”) – sugere que tudo estava normal a bordo minutos antes de o avião ter desaparecido sobre o Mar do Sul da China.

Se o transponder para de enviar sinais, a aeronave ainda pode ser rastreada usando o que é essencialmente a mesma forma de radar desenvolvida nos anos 1930.

Radares primários rastreiam qualquer coisa no céu que reflita a transmissão de sinais de rádio.

Assim, eles somente podem indicar a posição aproximada de uma aeronave, mas não podem identificá-la.

Esse sistema é usado hoje basicamente como um reforço e reserva para o radar secundário.

As autoridades da Malásia sugeriram que o rastreamento pelo radar primário pode gerar informações sobre a trajetória da aeronave desaparecida, mas os dados precisam ser analisados com detalhes por especialistas.

Sim, mas, apesar de o GPS (Sistema de Posicionamento Global) já ter se popularizado na vida moderna, a rede de controle do tráfego aéreo ainda é quase inteiramente baseada em radares.

Os aviões usam GPS para mostrar aos pilotos sua posição em um mapa, mas esses dados não são atualmente compartilhados com o controle de tráfego aéreo.

Algumas das mais modernas aeronaves são capazes de “ligar” os dados do GPS aos serviços de rastreamento por satélite, mas a manipulação de grandes volumes de dados é cara, e tais sistemas são normalmente apenas usados em áreas remotas, sem cobertura de radar.

O desaparecimento do voo MH370 deve renovar os questionamentos sobre possíveis melhorias no rastreamento em voo.

O especialista em aviação Chris Yates diz que o sistema ADS-B (Automatic Dependent Surveillance-Broadcast) já usa dados de GPS.

“O sistema ADS-B já opera em grandes partes do mundo, provendo uma imagem 'semelhante à de um radar' sobre os aviões durante o voo. Isso é o que é usado pelos serviços de rastreamento de voos online, com os dados colocados em um sistema de mapeamento”, disse. “Ele se apóia em parte no GPS para gerar uma posição”, explica.

As aeronaves usam o ADS-B para descobrir seu posicionamento por meio de um satélite. Então, o avião transmite sua posição para outras aeronaves e para uma estação em solo.

Os Estados Unidos exigirão que todas as aeronaves sejam equipadas com alguma forma de ADS-B até 1º de janeiro de 2020, e o sistema deve substituir o rastreamento baseado em radares na próxima década.

O avião da Malaysia Airlines desapareceu dos sites de rastreamento de voos ao mesmo tempo em que sumiu das telas do controle aéreo, e nenhum outro dado de GPS apareceu para esclarecer algo sobre seu paradeiro.

Crédito, BBC World Service

Legenda da foto,

Os dados do ACARS do voo 447 da Air France revelaram como as coisas começaram a dar errado.

Quando o voo 447 da Air France caiu no meio do Atlântico, em 2009, seu ACARS (Aircraft Communications Addressing and Reporting System) a bordo deu aos investigadores pistas-chave para revelar o que havia acontecido.

O ACARS é um serviço de dados que essencialmente permite que os computadores de bordo no avião “conversem” com os computadores no solo, enviando informações sobre o voo e a saúde dos sistemas a bordo.

As mensagens são transmitidas por rádio ou por sinais digitais via satélite, e pode cobrir qualquer coisa desde a condição dos motores do avião até um banheiro com problemas.

Isso dá aos funcionários em solo com informações vitais de diagnóstico, permitindo que a manutenção seja feita com mais velocidade.

No caso da Air France, o ACARS indicou leituras falhas de velocidade, que deixou a tripulação desorientada.

Mas os investigadores dizem que nenhum dado foi recebido sobre o voo da Malaysia Airlines.

Legenda da foto,

Os dados das caixas-pretas podem ser a única forma de determinar o que aconteceu com o voo MH370

O mistério do voo MH370 pode ser solucionado apenas quando as caixas-pretas, com os registros do voo, forem encontradas.

Entretanto, quando um avião se acidenta sobre o mar, a recuperação das caixas-pretas não é fácil.

No caso do voo 447 da Air France, isso levou quase dois anos.

Se estiverem debaixo d'água, as próprias caixas emitem sinais ultrassônicos – mas esses sinais têm um alcance limitado, e as equipes de resgate podem não ser capazes de detectá-las se não estiverem próximas do local exato do acidente.

As caixas-pretas – descritas pelo repórter especializado em aviação Stephen Trimble, do jornal britânico The Guardian como “um dos mais irritantes anacronismos da tecnologia moderna de aviação” – não são atualmente equipadas com qualquer foram de transmissão de sua localização por GPS.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*