Como Saber De Quem É O Email?

Então queres encontrar o endereço de e-mail de alguém.

Talvez você queira alcançar um influenciador, prospectar uma lista de potenciais oportunidades de vendas ou talvez você apenas queira fazer uma pergunta rápida a alguém.

Há muitas razões pelas quais você pode estar procurando por um endereço de e-mail específico. Felizmente, há também muitas maneiras diferentes (inteligentes) de encontrá-los.

Por que é importante encontrar o endereço de e-mail correto

Se você está enviando um e-mail importante, você precisa obtê-lo na frente da pessoa certa. Porquê? Porquê? Porque é muito difícil chamar a atenção das pessoas. Esteja ciente de que apenas 8,5% dos e-mails de divulgação recebem uma resposta.

Obter a pessoa certa para ler seu e-mail aumenta suas chances de obter a resposta que você deseja. Então, gastar tempo para encontrar o endereço de e-mail de alguém e ajustar sua mensagem vale 100% a pena.

Isto é especialmente verdade se você está tentando alcançar alguém que você não conhece ou com quem você nunca falou antes.

Agora, vamos caçar e-mails…

Como encontrar o endereço de e-mail de alguém

Aqui estão algumas das táticas e ferramentas mais sólidas que usei no passado – e ainda continuo usando – para encontrar o endereço de e-mail de uma pessoa. Vamos começar!

1. Use uma ferramenta de pesquisa de e-mail

Uma das maneiras mais fáceis de encontrar um endereço de e-mail é usar um serviço de pesquisa de e-mail. Tudo que você precisa fazer é digitar o nome de uma pessoa e/ou um site, e a ferramenta irá procurar o endereço relevante para você.

Como Saber De Quem É O Email?

Use um serviço de pesquisa de e-mail (como o Hunter)

Embora possam ser incrivelmente úteis, não tens a garantia de obter um resultado de sucesso sempre que o usares. As pesquisas gratuitas são limitadas e as opções pagas podem acabar por ser bastante caras, especialmente se não obtiver os endereços que procura.

  • A boa notícia é que há uma lista quase infinita de ferramentas de pesquisa de e-mail na web, então você tem muitas opções para ver o que funciona para você.
  • Todos os serviços de pesquisa de e-mail funcionam praticamente da mesma maneira: você insere um nome, tenta refinar o máximo possível, e a ferramenta vai e encontra o melhor e-mail.
  • Dito isto, existem algumas opções de preços e tipos de ferramentas disponíveis.
  • Aqui estão algumas das mais populares ferramentas de pesquisa de e-mails para você começar (junto com quanto custam):
  • Encontre esse e-mail – 50 pesquisas/mês grátis. Contas pagas a partir de $29/mês para 500 pesquisas ($0.058/busca).
  • Finder Expert- 300 pesquisas grátis/mês. Contas pagas a partir de $39 por mês para 5.000 pesquisas ($0,008/pesquisa).
  • Snov.io – 50 pesquisas/mês gratuitas. Contas pagas de $29 para 1.000 buscas individuais ou 500 buscas em massa ($0.029/busca).
  • Voila Norbert – Teste gratuito de 50 pesquisas gratuitas. Contas pagas a partir de $49/mês para 1.000 pesquisas ($0,049/pesquisa).
  • Hunter – 50 pesquisas grátis/mês. Contas pagas a partir de $49/mês para 1.000 pesquisas ($0,049/pesquisa).
  • FindThatLead – 50 pesquisas/mês gratuitas. Contas pagas a partir de $49/mês para 5.000 pesquisas ($0,0098/busca).
  • eMail-Prospector Pro – Teste gratuito de 50 pesquisas gratuitas. Contas pagas a partir de $1.195 por ano, limitadas a 4.000 buscas ($0,299/busca).
  • FindEmails.com – Teste gratuito de 50 pesquisas gratuitas. Contas pagas a partir de R$19/mês para 500 buscas (R$0,038/busca).

Como encontrar o endereço de e-mail de alguém gratuitamente?

Se o seu orçamento é apertado, aqui estão três maneiras rápidas de encontrar e-mails gratuitamente:

  • Clearbit Connect é um add-on do Gmail e do Outlook que procura o e-mail de uma pessoa a partir de uma variedade de fontes, bem como de seu próprio banco de dados (relacionado: confira os melhores add-ons e extensões do Gmail para melhorar sua produtividade).
  • GetProspect é uma extensão do Chrome que lhe permite encontrar o endereço de e-mail de alguém pelo seu nome e domínio.
  • O RocketReach pode encontrar rapidamente e-mails para si, especialmente se o seu alvo for bastante elevado. Basta inscrever-se para uma conta gratuita e começar a caçar e-mails.

2. Use “@domainname.com” no DuckDuckGo

Este truque pouco conhecido é uma ótima maneira de encontrar endereços de e-mail simplesmente usando um mecanismo de busca alternativo.

Executando uma pesquisa de correspondência exata para “@domainname.com” no DuckDuckGo lhe dará resultados de quaisquer endereços de e-mail anexados ao domínio que estejam publicamente disponíveis.

Você pode incluir o nome do seu potencial cliente na pesquisa se quiser entrar em contato com alguém em particular, ou apenas mantê-lo genérico.

Como Saber De Quem É O Email?

Encontrar e-mails no DuckDuckGo

Como encontrar o email de qualquer pessoa: ferramentas e dicas

O email é uma das formas de comunicação mais eficientes do meio digital. Enquanto nas redes sociais os conteúdos das empresas são, a cada dia, menos mostrados pelas plataformas, no email, a mensagem é entregue para a maior parte dos contatos.

Por isso, ele nunca deve deixar de ser uma opção de divulgação para o marketing e, principalmente, para as vendas, em que cada pessoa pode ser um potencial cliente.

Assim, em todas as etapas do seu processo, ter o contato do prospect é importante. Na prospecção ativa, aliás, é fundamental encontrar emails de pessoas que podem ter interesse em suas soluções.

Saiba mais sobre como encontrar qualquer endereço de email para ajudar na prospecção de vendas. Para isso, vamos comentar os seguintes pontos:

Interessado em aumentar suas vendas? Continue conosco!

O que é venda ativa?

  • A venda ativa é um formato em que a empresa utiliza um processo comercial para entrar em contato com os possíveis interessados e transformá-los em clientes.
  • Enquanto a venda ativa vai atrás dos clientes, a venda passiva produz materiais para atrair os prospects e esperá-los tomar as decisões sobre a venda.
  • Dessa forma, a venda ativa trabalha com listas de possíveis clientes, que são os prospects, ou seja, pessoas possivelmente interessadas nas soluções da empresa e que podem ou não ter conhecido a marca previamente.
  • Quanto mais eles confiarem no negócio e virem autoridade dele sobre o nicho de mercado, maiores as chances de conversão.

Como os emails podem ajudar nessa estratégia?

Os emails são parte importante dessa estratégia de venda, já que é um contato pessoal e que não é considerado muito invasivo, como ligações telefônicas. Ou seja, é uma forma de garantir que a sua mensagem chegará na pessoa certa.

Existem empresas que têm um email mais comercial e, portanto, genérico, como [email protected], em que mais de uma pessoa visualiza as mensagens que chegam e, por isso, podem ser perdidas.

O ideal é encontrar o email “pessoal” de alguém importante para a tomada de decisão e enviar diretamente — isso para negócios que trabalham com B2B.

Nesses emails comerciais, segundo uma pesquisa da Backlinko, a taxa de resposta é de 8,5%. Já com os emails personalizados, esse índice sobe para 30,5%.

  1. Para quem trabalha com cliente final, encontrar o email pessoal é ainda mais importante, pois é um jeito de chegar no decisor e mostrar que sua empresa tem uma solução que pode interessar a ele, mas de maneira sutil e até respeitosa.
  2. Outra vantagem é que o email pode ser personalizado, ao ponto de conter o nome do prospect na mensagem, mesmo mandando o mesmo conteúdo para uma base de contatos, usando alguma ferramenta de email marketing.
  3. Ainda que o primeiro contato seja feito por telefone, é importante também se comunicar via email, para aumentar a eficiência do processo.

Como encontrar endereços de email?

Encontrar emails era uma tarefa braçal e, por vezes, frustrante. Era preciso saber o nome da pessoa importante na empresa e descobrir qual era o email pessoal dela. Geralmente, procuravam-se padrões, a partir de emails já conhecidos da empresa.

Mas tudo mudou com o surgimento de ferramentas que possibilitaram encontrar emails profissionais rapidamente, a partir de alguns dados já conhecidos.

É importante lembrar que isso não é algum tipo de invasão de privacidade, já que o email profissional pode e deve ser usado para tratar de assuntos específicos sobre o negócio.

Por isso, separamos algumas das ferramentas mais efetivas e conhecidas do mercado digital. Conheça!

Find that lead

O Find that lead é uma ferramenta que, baseada no site fornecido durante a pesquisa, fornece uma lista de emails.

Leia também:  Como Ver O Que Pesquisam Na Minha Internet?

Para isso, precisa saber o nome e o sobrenome do novo prospecto.

Como Saber De Quem É O Email?

Salesloft

O Salesloft é uma ferramenta que atua no processo de venda e inclui uma maneira de encontrar prospects importantes usando o Linkedin.

Ele fornece o perfil da rede social e o email utilizado, permitindo abordar vários contatos ao mesmo tempo.

Como Saber De Quem É O Email?

Snov.io

Encontrar Endereços de Email e Encontrar Pessoas

Nós tendemos receber centenas de e-mails não solicitados a cada dia – graças a Deus para o nosso “Spam” ou pastas “lixo”. No entanto, alguns destes não escapar nossos filtros e acabam em nossas caixas de entrada.

Enquanto você pode geralmente ignoram e-mails de remetentes desconhecidos, alguns deles podem ser muito intrigante – seja ele uma oportunidade de ajudar crianças carentes, um avanço incrível carreira ou a chance de se reconectar com um amigo há muito perdido.

Antes de decidir continuar com a conversa, você pode querer saber mais sobre quem é o remetente para se certificar a autenticidade do remetente.

Com a ajuda da internet, você pode agora realizar alguma pesquisa para saber mais sobre a pessoa por trás do endereço de e-mail sem pedir a pessoa diretamente. Você pode fazer isso, mesmo quando a única coisa que sei é o seu endereço de e-mail para descobrir a identidade do remetente. Aqui estão as nossas dicas e truques sobre como você pode fazer isso.

Parte 1: Como encontrar uma pessoa atrás de um endereço de e-mail

Este processo de traçar uma pessoa através de seu endereço de e-mail é mais conhecido como “Reverse Email Lookup”. Não há uma maneira certa para saciar a sua curiosidade para a identidade do remetente desconhecido, mas aqui estão algumas experimentadas e testadas maneiras que podem ajudar a traçar as pessoas apenas usando seus endereços de e-mail.

Há duas maneiras que você pode fazer isso usando apenas o seu endereço de e-mail:

  1. Encontrar a localização do remetente (IP)

    Muitos prestadores de serviço dão um endereço IP. Usando esta informação, você será capaz de ampliar em que o e-mail origina. No entanto, a precisão da localização depende do tipo de fornecedor de serviços de e-mail.

    Se o e-mail é enviado usando um cliente de desktop por exemplo, Outlook, o endereço IP será o de o computador a partir do qual o e-mail é enviado.

    Um e-mail enviado a partir de um navegador de internet não vai ser tão preciso quanto ele vai dar o endereço IP do servidor do provedor de serviços – por isso, se o e-mail é uma conta do Gmail, o IP irá mostrar a localização do servidor do Gmail.

    Como Saber De Quem É O Email?Para rastrear o endereço IP, abra o cabeçalho da mensagem de e-mail. Encontre a linha que diz Received: from – o endereço IP deve ser entre colchetes. Se existem vários endereços IP presente, utilizar o último. Copie o endereço de IP e colá-lo em uma ferramenta de rastreamento de rota, como UltraTools. Você deve ser capaz de obter uma boa indicação de onde o remetente de e-mail é. 
    Como Saber De Quem É O Email?

  2. Encontre o remetente via rede social

Como encontrar o email de qualquer pessoa

– Com as ferramentas e os truques certos, você conseguirá achar ou adivinhar corretamente a maioria deles.

– Com Mailtrack.io, você saberá se o endereço de email é correto ao comprovar se o destinatário abriu ou não seu email.

Uma das minhas tarefas mais importantes aqui em Mailtrack.io é buscar vários emails por dia. Sei que pode parecer que meu trabalho não é complicado, mas não se deixe enganar pela simplicidade. Nas startups, principalmente em uma que cresce por colocar double-checks no Gmail, aprende-se rápido o valor de tudo que é simples.

Por que vale a pena encontrar o email de alguém? Intuitivamente, todos sabemos a importância de contatar as pessoas certas.

Estudo após de estudo mostra, por exemplo, que a forma mais eficaz de achar um trabalho é através do networking.

E, há décadas, pesquisas interdisciplinares analisam a importância e efeitos da criação de redes sociais em uma série de áreas, da psicologia à política, passando pelos negócios e chegando à formação do capital social como um todo.

Sim, para bem e para o mal, fazer o contato certo é importante. E a forma como o contato é feito também faz toda a diferença. Às vezes, a melhor maneira de atrair a atenção de alguém é batendo em sua porta ou fazendo uma ligação, como os voluntários de campanhas políticas vão aconselhá-lo a fazer.

No entanto, você não se surpreenderá com o fato de que, em geral, essa não é a melhor forma de contatar alguém.

Considere, por exemplo, o caso dos jornalistas, constantemente recebendo sugestões de pautas de centenas de assessores de imprensa. Segunda uma pesquisa realizada por um site especializado em assessoria, 93% dos jornalistas preferem ser contatados através do email. Imagine se todos os assessores resolvessem ligar para os jornalistas toda vez que eles tivessem uma ideia de reportagem…

Da mesma forma que um vendedor deve tentar convencer seu cliente em potencial a comprar seu produto da maneira menos invasiva possível, você deve entrar em contato com a pessoa certa sem ser chato. E a verdade é que, quando usado de maneira correta, poucos meios de comunicação são tão convenientes e pouco invasivos quanto o email.

Para contatar várias pessoas por dia através do email, você terá que criar uma estratégia sistemática para encontrar os endereços delas. Encontrar ou adivinhar esses endereços não é nada difícil, se você souber os passos corretos e trabalhar com as ferramentas adequadas:

  1. Instale os apps certos para encontrar emails
  2. Busque os endereços nos lugares corretos
  3. Use o Email Generator para adivinhar os emails de forma sistematizada

1. Instale os apps certos para encontrar emails

Como Saber De Quem É O Email?

Mailtrack.io lhe dirá se seu email foi aberto: valida, portanto, tanto o email do destinatário como sua comunicação com ele

Adivinhar o endereço eletrônico do seu destinatário é inútil se você não conseguir confirmar a informação encontrada, para descartar aquela que não serve.

A boa notícia é que há ferramentas de email que buscam informação sobre um email na internet, para que você possa confirmar se o endereço que você tem corresponde ou não a uma pessoa real.

Embora essas ferramentas não sejam infalíveis, você ficará impressionado com sua precisão. Trata-se, portanto, de recursos indispensáveis juntamente com Mailtrack.

io, que finalmente indicará se o endereço era realmente certo mostrando se o destinatário abriu ou não seu email.

A mais tradicional dessas ferramentas é o Skrapp. É uma dessas ferramentas que faz você pensar por que sua funcionalidade principal não vem incluída com o Gmail.

É possível identificar a origem de um e-mail?

Tem como saber de onde um e-mail foi enviado? – Jessica

Se você quer saber a localização geográfica exata de onde um e-mail foi enviado, isso é um pouco difícil. Você pode verificar os endereços de IP pelos quais a mensagem passou para chegar até você, mas depois disso será necessário requisitar informações sobre aquele endereço de IP na Justiça.

Por regra, o endereço de IP informado no e-mail revela apenas o provedor responsável por um endereço e não está associado a um assinante específico. Mas o detalhamento da mensagem varia dependendo do provedor que foi usado para enviá-la.

Se você quiser conferir todas as informações técnicas que fazem parte da mensagem, você deve procurar uma opção em seu programa de e-mail para “exibir mensagem original”, “exibir cabeçalhos” ou “ver código fonte”. Em alguns casos, essa opção não vai existir nos apps e você terá de acessar o seu e-mail pela web ou até por um programa de e-mail tradicional.

Por exemplo: os aplicativos “Email” do Windows e “Gmail” no Android não possuem essa opção, mas elas existem na interface web desses serviços.

1 de 3
Botões para exibir código fonte da mensagem no Gmail (esq.) e Outlook.com — Foto: Reprodução

Botões para exibir código fonte da mensagem no Gmail (esq.) e Outlook.com — Foto: Reprodução

O “código fonte” do e-mail apresenta diversas informações e exige conhecimento técnico para ser interpretado. Para a origem do e-mail, a informação está normalmente nas linhas que começam com “Received”. Essas linhas terão diversos endereços de IP, mas apenas um (normalmente o primeiro) indica a verdadeira origem do e-mail.

Com o endereço IP em mãos, você pode descobrir o provedor responsável por aquele IP. Por exemplo: para endereços brasileiros, você pode consultar o Registro.br. Ressaltando: a informação no Registro.br normalmente corresponde ao provedor de internet responsável pelo endereço IP, e não indica a pessoa ou o local geográfico específico de origem da mensagem.

Vale lembrar que a informação de “remetente” dos e-mails (o campo “De” que aparece na mensagem) raramente é confiável, especialmente em mensagens maliciosas. Para obter informações úteis para o rastreamento de uma mensagem, é preciso usar esse método e checar o “Received”.

Como Saber De Quem É O Email?

Por que é possível receber e-mails do seu próprio endereço?

Golpe no WhatsApp e e-mail para alterar PIN

Recebi um aviso em meu celular para confirmar meu WhatsApp, aí fui confirmando… depois recebi um e-mail para confirmar a troca da confirmação em duas etapas do WhatsApp e vi que poderia ser um golpe. Não cliquei em nada e deletei o link. Será que mesmo assim conseguiram clonar meu WhatsApp? – Claudia

Você tomou a ação correta, Claudia.

Quando um criminoso se depara com uma conta protegida pela verificação em duas etapas, ele pode iniciar o processo de mudança do PIN. Isso gera um e-mail do próprio WhatsApp questionando se você deseja realmente alterar o PIN.

Como não foi você que iniciou a alteração da senha, o e-mail deve ser simplesmente ignorado. Os criminosos não conseguirão passar pelo PIN e sua conta do WhatsApp estará protegida.

Lembre-se: talvez seja preciso reativar o WhatsApp em seu smartphone, mas isso não significa que os criminosos conseguiram acesso à sua conta. Se os criminosos realmente invadiram seu WhatsApp, você provavelmente ficará sem sua conta por 7 dias.

2 de 3
Configurações de privacidade no WhatsApp: 'status' se refere à função semelhante aos 'stories' e não modifica exibição do 'online'. — Foto: Reprodução

Configurações de privacidade no WhatsApp: 'status' se refere à função semelhante aos 'stories' e não modifica exibição do 'online'. — Foto: Reprodução

Como esconder o status de 'online' do WhatsApp?

Com o esconder status online do WhatsApp? – Karen

Karen, o WhatsApp não fornece essa opção. As opções de privacidade do WhatsApp permitem ocultar as suas “atualizações de status”, que funcionam de maneira semelhante à função “stories” de outras plataformas. O “status” de “on-line” não fica escondido.

As demais opções do WhatsApp permitem definir quem pode ver sua foto de perfil, o “recado” (a mensagem que você pode associar ao seu perfil) e o “Visto por último”. O “status online” não faz parte dessas opções.

Tenha cuidado com sites, serviços ou aplicativos que prometam oferecer recursos que os aplicativos oficiais não fornecem. Muitas vezes, esses apps podem apresentar comportamentos indesejados.

3 de 3
Suporte ao Windows XP foi encerrado em abril de 2014 — Foto: Reprodução

Suporte ao Windows XP foi encerrado em abril de 2014 — Foto: Reprodução

Windows XP: por que é inseguro?

Li hoje uma matéria sobre o Windows XP e sua segurança. O que exatamente pode acontecer se eu continuar usando o Windows XP não recebendo mais atualizações de segurança? – Bruno Kornetoff

Bruno, os sistemas e aplicativos que usamos são projetados para garantir a nossa segurança em várias operações. Por exemplo: você não pode ficar exposto a ataques por simplesmente conectar seu computador com a internet, ou quando for abrir arquivos como fotos e vídeos – esses são arquivos de “dados”, e devem ser inofensivos.

Quando há falhas na segurança e essas ações se tornam perigosas, os programas recebem atualizações que fecham as brechas e devolvem o sistema ao mesmo nível de segurança que ele deveria ter.

Sendo assim, um sistema que não recebe mais atualizações (como é o caso do Windows XP, do Windows Vista e do Windows 7) também não garante mais a sua segurança nesse tipo de atividade.

É mais ou menos como caminhar em um campo minado – todas as ações que você realiza com um sistema desatualizado se tornam arriscadas, porque o sistema não tem mais mecanismos de proteção funcionais.

Cada passo é perigoso e você não sabe o que lhe espera.

Como o sistema não garante mais nenhuma segurança, qualquer atividade externa – conectar à internet, ligar um pen drive – são muito mais perigosas do que seriam em sistemas atualizados.

É importante entender uma coisa: sistemas de software não são como as travas de portas ou um cadeado. Um cadeado de qualidade continuará tendo qualidade e, mesmo que novas técnicas sejam encontradas, cada ladrão precisa aprender a usar essa técnica para abrir o cadeado sem ter a chave.

No mundo do software, não é assim. Na maioria dos casos, quando uma nova vulnerabilidade é encontrada, basta que uma pessoa crie um código de ataque para que praticamente qualquer um possa se aproveitar da falha e invadir sistemas com ela. Se um sistema ou software tiver uma única falha, essa é a falha que será explorada.

O mundo digital é o mundo em que cópias são perfeitas – por isso, um ataque também pode ser perfeitamente reproduzido depois que foi realizado pela primeira vez. Depois que um software é abandonado, todas as atualizações que ele recebeu ao longo dos anos não valem mais nada se uma única brecha grave permanecer aberta.

Dúvidas sobre segurança digital? Envie um e-mail para [email protected].

10 dicas para descobrir o e-mail de qualquer pessoa

Seguindo nossos posts diários do #RampYourMind, não resisti à tentação de escrever o famoso artigo “10 dicas sobre algo”. Peço um desconto, pois o assunto trata de uma dúvida recorrente entre leads que chegam até a Ramper e acredito que vai lhe ajudar e ao seu time de vendas também!

Para muitos segmentos de mercado – se não a maioria – o e-mail é o principal canal de comunicação direta entre profissionais. Por mais que existam outros canais de comunicação mais recentes como instant message, redes sociais,dentre outros, o e-mail ainda é o canal mais usado por executivos para fins empresariais.

Quando o assunto é prospecção, o e-mail traz uma vantagem adicional, pois é um canal que escala mais para quem prospecta por possibilitar abordar dezenas, até centenas de contatos por dia, com alto grau de personalização.

Faça o download da nossa planilha de descoberta de emails para conseguir novos leads para a sua prospecção.

Além da escala, a prospecção via e-mail é passível de análises. Seja através de um software de automação de prospecção ou de uma planilha de controle, é possível rastrear aberturas de e-mail, registrar respostas (entre positivas, negativas e neutras) e chegar nas taxas de conversão e outros indicadores para saber se a estratégia está funcionando ou não.

Um dos principais gaps para se trabalhar com prospecção via e-mail é que nem sempre temos acesso às caixas dos profissionais que desejamos, e chegar a essas caixas pode ser um grande desafio, principalmente quando precisamos de volume. Comprar mailings, na maioria dos casos, pode ser uma grande roubada.

Para ajudar a preencher esse gap e iniciar com uma estratégia de prospecção via e-mail, aqui vão 10 dicas para descobrir o e-mail de qualquer pesssoa:

1. Pergunte à sua rede de contatos

A primeira alternativa para conseguir o e-mail de um profissional de uma empresa é buscar na sua rede de contatos se existe alguma conexão em comum. Comece avaliando se existe algum amigo/colega que trabalha na mesma empresa ou que conheça alguém que trabalha.

  • Uma dica bacana (e um pouco óbvia) é acessar o perfil do profissional que você deseja descobrir o e-mail e avaliar as conexões que vocês possuem em comum.
  • Podemos considerar essa uma forma efetiva, porém artesanal de descobrir o e-mail, o que indica dificuldade para descobrir e-mails, caso precise de volume.
  • Efetividade:
    Escala:

2. Ligue na empresa e arrisque uma hipótese

Se você já possui o nome do profissional que deseja, pode ir direto para o passo “2”. Caso não tenha nomes específicos e está buscando por pessoas com um certo cargo e em empresas de um determinado segmento, siga abaixo:

  1. Faça os filtros que deseja no LinkedIn (caso não saiba explorar o LinkedIn de forma avançada, leia este artigo). Separe os nomes dos contatos que você deseja;
  2. Ligue na empresa a ser prospectada e não peça para falar com o profissional que você deseja. Ao invés disso, com a própria pessoa que lhe atendeu, diga “Estou tentando enviar um documento para o Fulano no e-mail '[email protected]'. Pode confirmar se estou fazendo certo, por favor?”

Essa técnica (se é que podemos chamar assim) funciona, mas muitos atendentes não são autorizadas a passar esse tipo de informação, mesmo você arriscando um palpite de e-mail.

Efetividade:
Escala:

Esse é um processo realmente simples e bastante explorado. Você adiciona o profissional como conexão no LinkedIn e espera o aceite do convite.

Ao acessar o perfil de uma conexão de 1º grau, você tem acesso à algumas informações de contato. Basta clicar em “Exibir mais” no menu lateral da tela de perfil para acessar o e-mail e outros canais de contato.

Os problemas desse método são:

  • Nem todos os contatos que você tentar conectar vão te aceitar;
  • Alguns profissionais não disponibilizam o e-mail no perfil (mesmo sendo primeira conexão);
  • A maioria dos e-mails é pessoal (@gmail, @hotmail etc) e isso reduz a efetividade da prospecção via e-mail.

Orientações para saber se um e-mail é falso

  • Golpistas estão enviando e-mails falsos para tentar roubar informações (login e senha) dos usuários menos atentos.
  • Quando conseguem estas informações, invadem sistemas e podem causar desde constrangimentos e contratempos até enormes prejuízos financeiros.
  • Um dos problemas que ocorre quando um usuário é enganado e responde a uma mensagem falsa é que somos bloqueados por alguns serviços de e-mails, como da Microsoft (Hotmail, Outlook, Live e MSN).
  • Mesmo o serviço de e-mails da Unimed Rio Claro descartando automaticamente milhares destas mensagens falsas algumas chegam às caixas postais dos usuários.

 

Ao receber uma mensagem observe se:

1) A mensagem é dedicada a você ?

O primeiro passo para saber se a mensagem é falsa é verificar se o seu nome está ou não citado nela. A ausência do seu nome sugere que a mensagem seja falsa e que pode ter sido enviada para você e para várias outras pessoas.

  1. 2) O assunto é coerente com você, sua vida ou seu trabalho ?
  2. Golpistas utilizam-se de assuntos genéricos e obtém sucesso se pelo menos uma pessoa acreditar e responder a mensagem informando login e senha.
  3. Alguns exemplos destes golpes:
  • Mensagens com assunto “Verifique sua conta de e-mail hoje”, “Sua Caixa Postal será bloqueada”, “Ative sua conta” ou similares. A mensagem tenta parecer que veio do administrador do sistema.
  • Mensagens com assunto “Fotos da festa de ontem” ou similares. Pessoas que frequentaram festas recentemente poderão se interessar e clicar para ver as supostas fotos. Quando clicarem serão encorajadas a informar login e senha e o golpe estará concretizado.  
  • Mensagens com assunto “Multa de trânsito” ou similares. Se você suspeita de ter feito algo errado com o seu veículo e recebe uma mensagem com este assunto, provavelmente você desejará clicar no link. Pesquise e saberá que o Detran não notifica ninguém por e-mail sobre multas, licenciamentos, etc.

3) O remetente está claramente identificado ?

No final de uma mensagem corporativa deve ter uma assinatura que geralmente contém:

  • Nome completo do remetente;
  • Empresa em que trabalha e cargo ocupado;
  • Telefone e e-mail de contato;
  • Logomarca da empresa

Se estiver em dúvida, considere usar o telefone para questionar se essa pessoa realmente enviou a mensagem para você.

4) Atente-se à qualidade na escrita, formatação e imagens:

Essa é uma regra básica: bandido não costuma se importar com a excelência. Se ele gostasse de estudar, não estaria aplicando golpes.

Fique de olho em erros gramaticais, formatação sem padrão (mensagem bagunçada), imagens com qualidade ruim ou em desarmonia com o contexto geral.

5) Informações sigilosas são solicitadas ?

A senha é um dado pessoal, sigiloso e nunca deve ser compartilhada: não seja inocente! Além dela, não envie nome completo, documentos pessoais (RG, CPF, etc) ou endereço residencial se não tiver certeza do que está fazendo.

Lembre-se que a Unimed, Detran, instituições bancárias, etc não solicitam senha dos usuários

6) A mensagem contém links suspeitos ou incorretos ?

Golpistas costumam enviar links falsos nas mensagens. Você lê um endereço mas ao passar o mouse sobre o link (sem clicar) é exibido outro endereço. 

Por exemplo, uma mensagem supostamente vinda do Banco do Brasil que contém um link para site do banco: o texto apresenta o endereço www.bb.com.

br  mas ao passar o mouse sobre o link (sem clicar) é exibido o endereço www.bancodobrasil.com.br que é falso.

Os usuários menos atentos podem não perceber a diferença e ao informar seus dados bancários estariam caiando no golpe.

7) O endereço de e-mail do remetente é suspeito ou incorreto ?

Ainda sobre o exemplo do Banco do Brasil, um endereço de e-mail coerente seria [email protected] Desconfie se encontrar remetentes como [email protected], [email protected], etc.

Instituições bancárias e empresas de médio a grande porte não utilizam serviços gratuitos de e-mails como Hotmail, Outlook, Gmail, etc.

Se você não tiver certeza de que a mensagem é real, ligue na Central de Atendimento da empresa e questione.

Lembre-se que a Unimed não solicita senha dos usuários e também não solicita que cliquem em links para ativar, renovar ou aumentar sua caixa postal. 

Como descobrir o e-mail de uma pessoa pelo Gmail

Vamos logo avisando, essa dica é para você que tem um instinto investigativo e é incansável. Não que você terá grande trabalho para conseguir rastrear um endereço de e-mail no Gmail, pelo contrário. É que este texto é voltado para pessoas que sabem o que querem e buscam até conseguir.

Existem muitas formas de se conhecer uma pessoa e conseguir uma amizade, seja em um encontro por acaso, numa lanchonete onde se trocam contatos ou em uma convenção de determinado setor, onde pessoas de diversas empresas estão reunidas.

Estas situações, porém, dependem de diferentes fatores para acontecerem e você pode não conseguir conhecer aquele CEO da empresa que você sempre sonhou trabalhar.

Entretanto, essa dica pode ser usada também para achar um amigo que não tem contato há anos.

A primeira observação, para dar tudo certo, é que você deve utilizar uma conta do Gmail e, através dela, seguir os seguintes passos. Antes de tudo, vale destacar que essa técnica não é infalível e não funciona se você estiver buscando o e-mail de super famosos, como, por exemplo, o Neymar, Beyoncé ou Paul McCartney.

Dito isso, vamos ao primeiro passo, que dependerá de duas informações para se completar.

Primeiro, você deve saber o nome completo da pessoa que está buscando, se for o dono de uma grande empresa, uma busca na internet pode ajudar. Se for um amigo antigo, tente recordar o sobrenome ou pergunte a algum conhecido.

Segundo, você precisará saber o domínio do e-mail da empresa em que a pessoa trabalha. A partir daí, vem a fase da tentativa e erro.

Com as informações (nome completo e domínio de e-mail) você vai abrir uma nova mensagem de e-mail e vai testar no campo do destinatário combinações possíveis e ir verificando se alguma está correta.

Digamos que você quer se conectar com presidente e CEO do Instagram, Kevin Systrom. Você poder usar arranjos como os destacados abaixo:

Para testar se uma alternativa está correta, você deve, após digitar o endereço e pressionar “espaço”, levar o cursor do mouse em cima dela. Essa ação fará aparecer uma caixinha e, em caso de acerto no endereço, a foto e outras informações da pessoa que procura irão aparecer.

E como você pode perceber que escolheu uma combinação que não é a de um e-mail válido? Simples, ao fazer o mesmo processo e a caixa não aparecer com foto e informações sobre a pessoa que procura.

Bom, mas nem toda empresa tem um domínio fácil como o Instagram. Para resolver esse problema, você pode encontrar os principais domínios das maiores empresas do mundo em alguns sites. Um deles é o CrunchBase, onde bastar buscar pelo nome da empresa para encontrar o domínio.

Fonte: Motto

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*