Como Saber A Quem Pertence Uma Empresa?

Como Saber A Quem Pertence Uma Empresa? Como Saber A Quem Pertence Uma Empresa?Nem toda empresa que possui e apresenta um CNPJ está realmente ativa e operando. Por isso, é importante termos claro como saber se uma empresa está ativa. Apenas a apresentação dos dígitos relativos a esse cadastro não são o suficiente para que você possa depositar sua confiança em uma empresa. Para tirar quaisquer dúvidas, o melhor caminho é a consulta da situação da empresa a partir do CNPJ. Mas como fazer isso? Confira a seguir como utilizar o CNPJ de uma empresa a fim de saber se ela está ou não ativa, e quais as vantagens dessa consulta!

O que é uma empresa ativa?

Como o próprio nome indica, uma empresa ativa é aquela cuja situação está plenamente regularizada e ela está atuando no seu ramo. Nesses casos, uma empresa ativa é uma empresa que está operando normalmente ao realizar a venda de produtos ou fornecimento de serviços, por exemplo.

Saber se uma empresa está ativa ou não é importante para evitar cair em golpes distintos, já que uma empresa inativa não poderá fornecer aquilo que você pretende contratar.

Isso evita também transações fraudulentas ou que o CNPJ seja usado de fachada, por exemplo, o que garante mais segurança.

De maneira geral, o CNPJ é a melhor forma para descobrir se uma empresa está realmente ativa ou não já que ele é o cadastro de pessoa jurídica. Essa consulta é feita diretamente com a Receita Federal e pode ser feita, basicamente, de duas maneiras diferentes:

Pelo site da receita Federal

Para fazer a consulta de empresa ativa a partir do CNPJ basta ir até o site da Receita Federal relativo à consulta de pessoa jurídica e digitar os 14 dígitos do CNPJ. Após fornecer o código de confirmação, você será redirecionado para uma página com todas as informações relativas à empresa, como o nome empresarial e descrição da atividade. Logo abaixo, haverá um campo chamado

  • Situação cadastral: e se ele marcar Ativa, então é sinal de que a empresa está operando de maneira regular.

Pelo APP CNPJ

A Receita Federal também desenvolveu um aplicativo para aparelhos mobile para quem quer consultar o CNPJ de uma empresa: o APP CNPJ.

Disponível para iOS e Android, esse aplicativo permite a consulta de situação cadastral de empresas e também permite fazer um acompanhamento das próprias solicitações, caso aplicável.

Esse aplicativo é ideal para quem precisa fazer uma conferência de maneira imediata e só tem o smartphone em mãos, por exemplo. É totalmente gratuito e seguro para o uso, garantindo o mesmo resultado da consulta pelo site.

Quais as vantagens de consultar a situação da empresa a partir do CNPJ?

Além de trazer mais segurança, esse tipo de consulta possui como vantagem o fato de ser rápida e totalmente gratuita, evitando que seja necessário ter um processo burocrático, oneroso ou com intermediadores para realizar a consulta.

A confiabilidade das informações também é outra vantagem já que são dados fornecidos pela Receita Federal e, portanto, invioláveis. Com isso, a consulta a partir do CNPJ pela Receita Federal é o jeito mais seguro e eficaz de conseguir informações sobre empreendimentos.

Saber se uma empresa está ou não ativa é fundamental para evitar terminar envolvido em transações fraudulentas e também para ter mais segurança em geral.

Embora possa parecer complicada, essa consulta pode ser feita a partir do CNPJ de maneira rápida e gratuita pelo site da Receita Federal, garantindo que você tenha a certeza de que a empresa está atuando de maneira regular. Você já conhecia esse método de consulta? Conte para a gente nos comentários e deixe sua opinião!

Como Saber A Quem Pertence Uma Empresa?

Leia também:

Como Saber a Quem Pertence um NIF? De pessoa singular: Truque!

Procura aprender a como saber a quem pertence um NIF de uma pessoa singular para descobrir alguém apenas através dessa pequena peça de informação? Pode ser complicado, mas a verdade é que não é impossível, pois apenas precisamos utilizar um pouco a cabeça!

Antes de prosseguir, a equipa do Portal Kredito queria informar que não incentiva nem apoia a utilização de dados pessoais para os mais diversos fins. Estamos isentos de qualquer tipo de responsabilidades relacionadas com este artigo. Dependendo do que procura fazer, pode ser ilegal descobrir os dados pessoais e fiscais de uma determinada pessoa, tenha cuidado.

Agora que já leu o nosso aviso, podemos avançar para a dica que vai facilitar muito a sua vida caso procure alguém através do seu número contribuinte pelos mais diversos fins.

Como saber a quem pertence um NIF de um singular

Como Saber A Quem Pertence Uma Empresa?

Infelizmente, não é possível consultar um NIF de uma pessoa singular, tal como se pode fazer com as empresas ou até mesmo de empresários em nome individual (vamos ensinar a fazer isso logo abaixo). Porém, existe uma técnica bastante simples que pode utilizar para tentar fazer essa descoberta.

Caso essa pessoa tenha um veículo pode se dirigir ao IMTT mais próximo de si com o respetivo NIF e pedir tudo o que diz respeito ao veículo dessa mesma pessoa pessoa. Supostamente, para saber se esse veículo está legal ou para saber um pouco mais sobre o seu histórico.

Peça uma cópia não autenticada (pois, assim não precisa pagar qualquer tipo de valor) e nessa mesma folha pode constar o NIF do proprietário. Talvez tenha de inventar alguma história, mas isso não é o mais difícil.

  • É uma pequena estratégia legal que pode utilizar, caso compense todo o trabalho que vai ter.
  • Fora isso, apenas com conhecimentos dentro do sistema legal é que vai conseguir descobrir o nome, a morada e outras informações de uma determinada pessoa com o seu número de contribuinte, tal como um Agente de Seguros ou alguém que trabalhe na Segurança Social, porém isso seria ilegal.
  • É uma estratégia

Como saber a quem pertence um NIF (número contribuinte) de uma empresa

Como Saber A Quem Pertence Uma Empresa?Portal da Justiça

  1. Felizmente, se tem o NIF de ume empresa é bastante mais simples descobrir e aceder aos dados da mesma, pois podemos fazê-lo simplesmente através do Portal da Justiça.
  2. Para tal, aceda a este mesmo link que vai dar à página que está na imagem acima.

Como descobrir o CNPJ de uma empresa pelo nome

É possível descobrir o CNPJ de uma empresa pelo nome no site Redesim, um portal de serviços do governo federal para pessoas jurídicas. O recurso é útil para emitir certidões e consultar dados, como quadro de sócios e administradores, no site da Receita Federal, que aceita apenas o número de inscrição de empresas.

A busca pode ser feita usando o nome empresarial ou pelo nome do estabelecimento – também conhecido como nome fantasia. No tutorial a seguir, confira como descobrir o CNPJ de uma empresa pelo nome no Portal Redesim. O serviço é gratuito, mas é necessário se cadastrar ou entrar usando as credenciais da sua conta gov.br.

1 de 8
Aprenda a pesquisar o CNPJ de uma empresa pelo nome — Foto: Helito Beggiora/TechTudo

Aprenda a pesquisar o CNPJ de uma empresa pelo nome — Foto: Helito Beggiora/TechTudo

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

Veja também: Saiba como navegar na Internet de modo anônimo ou sem deixar rastros

Leia também:  Como Saber De Quem É Um Numero De Telemovel Vodafone?

Como Saber A Quem Pertence Uma Empresa?

Saiba como navegar na Internet de modo anônimo ou sem deixar rastros

Passo 1. Acesse o site do Redesim (redesim.gov.br). Por lá, clique sobre o ícone do cadeado e, em seguida, vá em “Área do usuário”;

2 de 8
Acesse a sua conta no Portal Redesim — Foto: Reprodução/Helito Beggiora

Acesse a sua conta no Portal Redesim — Foto: Reprodução/Helito Beggiora

Passo 2. Agora, cadastre-se clicando em “Crie sua conta gov.br” ou faça login, caso já possua cadastro;

3 de 8
Faça login ou cadastre-se — Foto: Reprodução/Helito Beggiora

Faça login ou cadastre-se — Foto: Reprodução/Helito Beggiora

Passo 3. Para se cadastrar, você pode confirmar a sua identidade de diversas formas. Escolha a opção desejada para continuar, incluindo CPF ou certificado digital;

4 de 8
Opções de cadastro — Foto: Reprodução/Helito Beggiora

Opções de cadastro — Foto: Reprodução/Helito Beggiora

Passo 4. Após fazer login na sua conta ou se cadastrar, permita que o site acesse os seus dados clicando em “Autorizar”;

5 de 8
Autorize o acesso do Portal Redesim aos seus dados — Foto: Reprodução/Helito Beggiora

Autorize o acesso do Portal Redesim aos seus dados — Foto: Reprodução/Helito Beggiora

Passo 5. Na página principal de serviços do Redesim, clique em “Consulta CNPJ”;

6 de 8
Acesse a consulta de CNPJ — Foto: Reprodução/Helito Beggiora

Acesse a consulta de CNPJ — Foto: Reprodução/Helito Beggiora

Passo 6. Escolha se você quer realizar a consulta pelo nome empresarial ou nome do estabelecimento (fantasia). Ao lado, escolha a situação cadastrar e estado. Feito isso, digite o nome da empresa e clique em “Pesquisar”;

7 de 8
Pesquisando nome da empresa — Foto: Reprodução/Helito Beggiora

Pesquisando nome da empresa — Foto: Reprodução/Helito Beggiora

Passo 7. Na página de resultados, você encontra o número do CNPJ das empresas com o nome pesquisado.

8 de 8
Descobrindo o CNPJ da empresa — Foto: Reprodução/Helito Beggiora

Descobrindo o CNPJ da empresa — Foto: Reprodução/Helito Beggiora

Aproveite as dicas para descobrir o CNPJ de uma empresa pelo seu nome.

Razão Social e Nome Fantasia

Razão social é o nome sob o qual uma empresa se registra e exerce sua atividade, constando em documentos legais, contratos e escrituras. É a razão social que individualiza uma empresa, diferenciando-a das demais.

Por esse motivo, quando você for abrir uma empresa, deverá escolher uma razão social única, ou seja, que não esteja registrada na mesma junta comercial e segmento do seu negócio.

Ela é aplicável tanto para sociedades limitadas quanto anônimas. No entanto, empresas individuais não possuem razão social, já que o que define a empresa, neste caso, é o nome do microempreendedor.

  • A razão social nem sempre é o nome pelo qual a empresa será conhecida no mercado: para isso, temos o nome fantasia, e este, sim, pode ser utilizado pelo microempreendedor individual.
  • Apesar de não ter uma influência ou impacto na forma como a empresa será conhecida, já que a razão social não precisa ser trabalhada ou divulgada como marca, é importante que os sócios pensem bem antes de escolher a usa.
  • Isso porque o processo de mudança de razão social pode ser bastante burocrático, já que existe uma pesquisa anterior, o depósito do registro e a aprovação.

Fora as alterações necessárias como notas fiscais e outros documentos legais. Tudo isso, além de demorado, pode ser bem custoso.

Então, se você está pensando em abrir o seu negócio, saiba o que é razão social, e sente-se com seus sócios para definir a sua com muito planejamento.

Neste artigo vamos abordar:

  • O que é razão social de uma empresa
  • Para que serve a razão social?
  • Diferente entre razão social e nome fantasia
  • Como consultar a razão social pelo CNPJ
  • Como descobrir nome fantasia pela razão social
  • Exemplos de razão social de empresas
  • O que é a razão social do MEI?
  • Exemplo de razão social de uma empresa individual (MEI)
  • O que é a denominação de uma empresa?
  • Como criar uma razão social

Boa leitura!

O que é Razão Social de uma empresa

  1. A razão social é, também, conhecida como Nome Comercial, Denominação Comercial ou Firma Empresarial.
  2. É o nome que uma empresa utiliza para fazer o seu registro junto aos órgãos, e que estará presente em todos os documentos legais da empresa, incluindo contratos, notas fiscais, escrituras, etc.

  3. A razão social individualiza a pessoa jurídica e formaliza a constituição da sociedade, tanto limitada quanto anônima.

  4. Por esse motivo, deve ser única e exclusiva, sendo esse direito garantido pela Constituição Federal, pelo Código Civil Brasileiro e pela Convenção da União de Paris para assuntos da Propriedade Industrial.

  5. Assim, quando os sócios decidem abrir a empresa, deverá ser feita uma pesquisa para garantir que a razão social escolhida já não esteja em uso naquele segmento e naquela Junta Comercial onde pretende-se fazer a abertura do registro.

  6. Geralmente é composta por três partes:
  • Designação: o nome específico, escolhido pelos sócios;
  • Ramo de atividade: o nome vem acompanhado do ramo principal da atividade, como “restaurante” ou “metalúrgica”, por exemplo;
  • Enquadramento: por fim, a razão social especifica o enquadramento da empresa, como S/A, Eireli, Ltda, etc.

Para que serve a Razão Social?

A razão social serve para individualizar a pessoa jurídica, demonstrando a constituição da empresa e representando a sociedade em todos os documentos legais.

Ou seja: é o nome de batismo do seu negócio. E, assim, assina termos formais, administrativos e jurídicos.

Por isso, a razão social deve ser única e exclusiva. Essa regra vale no Estado, já que é ele o responsável pelo registro de novas empresas.

Como dito, a razão social é a assinatura legal da empresa, o que identifica uma pessoa jurídica e a diferencia de qualquer outra.

No entanto, não é, necessariamente, o nome pelo qual a empresa será reconhecida pelo mercado.

A empresa pode ter uma razão social composta pelos sobrenomes dos sócios, por exemplo, e escolher um nome mais popular para se apresentar ao público. Este nome é chamado de nome fantasia.

  • O nome fantasia, diferente da razão social, só será protegido se for registrado junto ao INPI (Instituto Nacional de Propriedade Industrial).
  • Isso significa que se você escolher um nome fantasia já utilizado e registrado no INPI por outra empresa do mesmo segmento, provavelmente será notificado e deverá buscar um novo nome.
  • É recomendável que, antes de escolher o nome fantasia, os sócios façam uma busca no INPI para garantir que o nome desejado já não consta na base, evitando transtornos.
  • Melhor começar direitinho do que ter que trocar de nome depois de já estar conhecido no seu mercado, certo?

O nome fantasia é, ainda, diferente da marca da empresa. A marca só pode ser chamada assim quando o registro junto ao INPI existir, sendo, geralmente, acompanhado do registro do símbolo.

O conjunto do nome e símbolo é a marca da empresa, e ela jamais poderá ser copiada.

Leia também:  Como Saber Qual O Seu Signo?

Como consultar a Razão Social pelo CNPJ

CNPJ: aprenda a verificar o registro passo a passo

Postado em: 15 de Outubro de 2019

O CNPJ é o documento utilizado para identificar qualquer empresa perante a Receita Federal. Confira o nosso conteúdo e descubra como realizar uma consulta de CNPJ.

Neste conteúdo, você irá conferir os seguintes tópicos:

O que é CNPJ?

O Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas (CNPJ) é um documento que serve para identificar empresas, entidades e órgãos públicos, além de outros arranjos jurídicos, como condomínios e ONGs, perante a Receita Federal.

O documento reúne diversas informações de interesse dos órgãos tributários da União, dos Estados e dos Municípios. Dentre os dados da empresa presentes no cadastro, estão:

  • Razão social e nome fantasia;
  • Descrição das atividades;
  • Endereço (físico e eletrônico);
  • Situação cadastral.

A inscrição no CNPJ é obrigatória para todas as empresas que quiserem fazer negócios no Brasil (nacionais e filiais de estrangeiras no país). O cadastro deve ser efetuado, impreterivelmente, antes de o estabelecimento entrar em operação.

O cadastro é composto por um número com 14 algarismo no seguinte formato: XX.XXX.XXX/YYYY-ZZ. 

  • X: os oito primeiros dígitos são os que efetivamente identificam a empresa;
  • Y: os quatro dígitos após a barra servem para apontar quantas filiais a empresa possui (a sequência “0001”, muito comum, refere-se à unidade matriz);
  • Z: Os dois últimos, localizados após o traço, formam o dígito verificador.

Para que serve o CNPJ?

A principal função do documento é fornecer, para a Receita Federal, as principais  informações sobre a empresa. Uma vez cadastrado, o estabelecimento passa a contar com uma série de possibilidades, tais como:

  • emitir nota fiscal;
  • contratar colaboradores como “empregados”;
  • abrir uma conta bancária como Pessoa Jurídica;
  • obter financiamentos com taxas especiais;
  • pagar menos Imposto de Renda que uma pessoa física.

Quais empresas devem possuir CNPJ?

Como mencionamos no início deste conteúdo, todas as empresas, brasileiras ou filiais estrangeiras no Brasil, devem possuir o documento. Pessoas que atuam como prestadores de serviços autônomos também devem manter um cadastro.

Abaixo, nós reunimos todas as modalidades que se enquadram nas exigências:

  • Microempreendedor individual (MEI): trabalhador autônomo com renda anual de até R$ 81 mil;
  • Microempresa (ME): receita bruta anual de até R$ 360 mil;
  • Empresa de Pequeno Porte (EPP): receita bruta anual entre R$ 360 mil e R$ 4,8 milhões;
  • Sociedade Limitada (LTDA): empresa com pelo menos dois sócios discriminados no contrato social;
  • Sociedade Anônima (S/A): empresas de grande porte constituída por acionistas.

Como consultar o CNPJ de uma empresa?

Existem duas formas de consultar o cadastro de uma empresa: pelo número e pelo nome. Abaixo, nós iremos explicar como proceder em cada um dos casos.

1. Consultar pelo número

Se você tiver o número do CNPJ da empresa, o procedimento torna-se extremamente fácil. Basta você entrar na página de consulta da Receita Federal (link) e preencher o campo com os 14 algarismo do cadastro.

2. Consulta sem o número

Caso você não tenha o número, o procedimento irá torna-se um pouco mais complexo. Você terá que acessar o site RedeSim e acessar a “área do usuário”. Na sequência, irá criar uma conta. Para isso, irá que preencher um pequeno questionário.

O login e a senha lhe darão acesso a uma página com uma série de serviços. Você deve clicar na caixa com a descrição “CONSULTA CNPJ”. O link lhe dará acesso à última página do site. Lá, basta você preencher o campo com a razão social ou o com nome fantasia e pronto, você terá acesso a todos os dados do cadastro da empresa.

E aí, gostou do nosso conteúdo? Então confira também os nossos artigos sobre Simples Nacional e Documento Básico de Entrada.

Como saber se uma pessoa possui empresas em seu nome?

Para se abrir uma empresa é necessário:

  • Registro na Junta Comercial – o nascimento;
  • Registro na Receita Federal do Brasil – CNPJ;
  • Registro na Prefeitura – alvará de funcionamento e ISSQN;
  • Registro na Secretaria Estadual da Fazenda – Inscrição Estadual.

Se deseja saber se o seu CPF consta como responsável ou sócio de CNPJ – Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (empresa) dirija-se à uma unidade de atendimento da Receita Federal do Brasil.

Esta informação, a Receita Federal não pode enviar por e-mail devido ao sigilo fiscal.

Consulta paga

  • Você também pode efetuar esse tipo de consulta através de empresas especializadas.
  • A Brasil Consultas é uma empresa que já está há mais de10 anos no mercado e oferece o que há de melhor no ramo de consultas.
  • Facilidade, rapidez e objetividade é o sobrenome dessa empresa que tem crescido cada vez mais para poder oferecer o que há de melhor nesse serviço extremamente importante, tanto para empresas como para pessoas físicas.
  • Além disso, a Brasil Consultas possui outras vantagens, como resposta imediata para sua consulta além de diferenciados planos de pagamento.

Para conhecer, acesse o site: https://brasilconsultas.com.br

Que tipos de consultas são oferecidos pela Brasil Consultas?

As consultas são as seguintes:

  • Saiba se seu nome está negativado ou consulte clientes ao conceder crédito. empresa disponibiliza consultas de pendências, protestos e muito mais!
  • Antes de negociar um veículo usado consulte sua procedência pela placa, chassi, motor ou renavam e obtenha informações para uma compra segura.
  • Serviço de localização de pessoas, esse serviço é indispensável para empresas que desejam localizar clientes para cobrança, marketing e outros. Realize consultas através do nome, CEP, CPF ou CNPJ.
  • Consulta completa do CPF trazendo todas informações cadastradas em seu nome, inclusive abertura de empresas.

Escolha seu plano!

  1. A Brasil Consultas oferece os seguintes planos:
  2. Plano pré-pago: Com a recarga pré-paga você escolhe o valor do crédito que vai utilizar, com validade de até 90 dias.

  3. Você poderá consultar qualquer CPF, CNPJ, Veículo e Informação, de forma rápida, fácil, sem mensalidades ou assinaturas.

  4. Plano pós-pago:Com os Planos Pós Pagos para empresa, você poderá pagar mensalmente com cartão de crédito e ganhar até 50% de desconto nos valores das consultas.
  5. Crie também usuário e senha para que seus funcionários utilizem o sistema.

  6. Faça a adesão online, sem visita de representantes.
  7. Crédito + Bônus:O Brasil Consultas oferece opções de recarga para pessoa física que dá bônus de créditos, com validade de até 90 dias.

  8. Quanto maior a recarga, maior o bônus para consultar qualquer CPF, CNPJ, Veículo e Informação, sem mensalidades ou assinaturas.
  9. A empresa oferece diversas formas de pagamento, facilitando para todos os clientes.
  10. Você pode pagar com cartões de crédito, débito, transferências e boletos.

Para escolher seu plano acesse: https://brasilconsultas.com.br/loja-online

É fácil fazer esse tipo de consulta?

Sim, é bem simples. Basta acessar o site da Brasil Consultas através do link:

https://brasilconsultas.com.br/

Ao acessar o link, já irá aparecer a opção para cadastramento gratuito que é rápido e fácil.

Efetuado o cadastro, irá para uma tela que mostrará ao centro as opções de plano de pagamento.

Após escolhido o plano de sua preferência, você escolhe a opção de consulta desejada e a resposta das consultas é imediata, 24 horas e todos os dias da semana. Salvo impedimento técnico ou motivo de forma maior.

As consultas realizadas ficam disponíveis em sua conta no site na opção “Histórico de Consultas” e não podem ser efetuadas pelo telefone.

Leia também:  Como Saber Qual O Meu Centro De Emprego?

Consulta de CNPJ: passo a passo + 5 formas de consultar

A consulta de CNPJ é uma tarefa importante para toda empresa, uma vez que permite descobrir se a situação do empreendimento está mesmo regularizada. 

Quando o CNPJ apresenta problemas legais, os proprietários da empresa não conseguem realizar as suas atividades profissionais. Por isso, é fundamental que todos os negócios verifiquem a situação do CNPJ em algum momento. 

A partir disso, é possível identificar se uma empresa está ativa ou inativa, além de pendências financeiras.

Que tal aprender, neste post, como consultar o CNPJ? É uma prática rápida e gratuita. 

Boa leitura!

O que é CNPJ?

O CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica) é o número de identificação das empresas na Receita Federal (RF), órgão pertencente ao Ministério da Fazenda. A RF é subordinada ao local que fiscaliza e cuida da administração dos tributos federais, que são os impostos.

Para que um empreendimento seja reconhecido e formalizado, é obrigatório criar um CNPJ. Assim como o número de CPF, que identifica as pessoas, todo negócio precisa ter um número de identificação.

Sendo assim, o CNPJ é a prova de que uma empresa é real. Com ele, você garante a credibilidade do seu negócio perante aos clientes. 

Para consultar a situação de uma empresa, você deve seguir estes passos:

 acesse o site da Receita Federal;

  • digite o CNPJ desejado no campo solicitado;
  • verifique a situação cadastral da empresa.

O CNPJ pode enquadrar diversas categorias de empresa ou negócio. O MEI (Microempreendedor Individual), por exemplo, é a categoria voltada para empreendedores de pequeno porte, cujo faturamento anual não ultrapassa a faixa dos 80 mil reais. 

Quem é MEI, por exemplo, recebe um número de CNPJ, embora não seja considerado uma empresa.

No caso das outras categorias, como Microempresa, também gera-se um número CNPJ.

O CNPJ é constituído por um número único, composto de 14 dígitos no total. Esses números são dispostos pela seguinte estrutura: XX.XXX.XXX/0001-XX. Os oito primeiros números formam a raiz; após a barra, está o número de ordem do estabelecimento; por último, depois do hífen, há dois dígitos de controle.

Por que fazer a consulta de CNPJ?

Digamos que a sua empresa esteja concluindo uma importante negociação com outro empreendimento. Por meio da consulta de CNPJ, é possível saber a situação atual da empresa que você está negociando, se ativa ou inativa. Portanto, é um procedimento de segurança!

A consulta também facilita a verificação de eventuais protestos e outras pendências que constam no seu número de registro. 

Você não concorda que é melhor avaliar a reputação do negociante ou possível parceiro comercial antes de fechar um acordo? Com a consulta de CNPJ, você reduz o risco de fraudes e golpes. 

Com o CNPJ, a empresa passa a estar inscrita na Junta Comercial e no INSS, além de receber um Alvará Provisório de Funcionamento. 

Em resumo, ter um CNPJ permite que as empresas efetuem todos os processos legais necessários para o seu funcionamento. Dentre eles:

  • emissão de notas fiscais;
  • participação de licitações públicas;
  • abertura de contas bancárias;
  • contratação de empréstimos em bancos públicos e/ou privados; 
  • registrar seus funcionários;
  • pagar seus tributos.

Existem diferentes serviços gratuitos na internet que afirmam possibilitar a consulta de CNPJ. O problema é que muitas informações valiosas podem não aparecer na pesquisa justamente por conta da gratuidade.

No próximo tópico, você vai descobrir como fazer uma consulta de CNPJ eficiente e segura. 

Como fazer a consulta de CNPJ?

Selecionamos os principais caminhos para fazer uma boa consulta de CNPJ completa, que atenda às suas necessidades. Acompanhe:

1. Consulta de CNPJ na Receita Federal

O serviço é gratuito no site da Receita Federal. Basta digitar o número do CNPJ desejado no campo indicado. O comprovante de inscrição e a situação cadastral da empresa surgirão na tela.

O comprovante atesta que o empreendimento pesquisado realmente existe. Já a situação cadastral, por sua vez, destaca as seguintes informações: ativo, inativo, baixado ou cancelado. 

Fique alerta: situação inativa, baixada ou cancelada pode levantar suspeitas quanto às atividades da empresa.

Além disso, quando você efetua uma busca, consegue obter informações como:

  • nome e endereço da empresa;
  • data de abertura;
  • atividades econômicas;
  • natureza jurídica;
  • situação cadastral junto à Receita Federal.

2. Consulta de CNPJ no Portal do Empreendedor

O Portal do Empreendedor é um dos principais canais de apoio aos empreendedores e micro empresas, oferecendo serviços como emissão de notas.

Caso queira fazer a consulta de CNPJ de um MEI, esse site é o canal ideal e a pesquisa pode ser feita gratuitamente.

Vale destacar que o microempreendedor individual tem o seu CPF atrelado ao CNPJ. Por isso, a consulta também vai destacar essa informação. 

Importante: o Portal do Empreendedor não oferece dados suficientes para tomadas de decisões relacionadas à realização de novas parcerias. 

3. Pesquisa por meio do site do Cartório de Protestos BR

Você também pode fazer uma consulta de CNPJ por meio do IEPTB (Instituto de Estudos de Protesto de Títulos do Brasil).

Lá, você resgata um histórico de cinco anos do CNPJ e/ou CPF pesquisado. O serviço é gratuito, ajudando você a saber quais são os aspectos judiciais que envolvem o seu potencial parceiro comercial em detalhes.

4. Pelo aplicativo “CNPJ”

A Receita Federal desenvolveu um aplicativo para quem quer consultar o CNPJ de uma empresa. Ele está disponível para iOS e Android.

O app CNPJ permite que você consulte a situação cadastral de empresas e acompanhe as próprias solicitações. É uma boa ferramenta para quem precisa realizar uma consulta rápida e de maneira prática. O app é gratuito e seguro para o uso.

5. Pesquisas pagas

Há também a opção de realizar a consulta de CNPJ por meio de empresas especializadas. É o caso da Serasa Experian, que oferece uma lista ampla de dados::

  • ações judiciais.
  • cheques devolvidos;
  • dívidas;
  • eventuais débitos;
  • falências declaradas;
  • protestos;
  • Score do Serasa;
  • situação cadastral.

Os dados acima podem ser de grande ajuda para o profissional que vai fazer uma consulta de CNPJ. 

Então, fique atento! Antes de fechar uma grande venda ou parceria, é primordial buscar informações que atestem a credibilidade da empresa. 

Até mesmo na hora de realizar uma simples compra, em site pouco conhecido, a consulta de CNPJ pode te livrar de uma enrascada. 

Agora que você já sabe como fazer uma consulta de CNPJ, estará mais preparado para garantir confiabilidade e segurança às suas negociações! 

O que achou desse post? Se gostou, aproveite também para ler o nosso conteúdo sobre “Quer tirar a empresa do vermelho? Confira 6 passos!”. Boa leitura e até mais!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*