Como Reparar Um Pc Que Nao Arranca?

Última modificação: 20 de agosto de 2020 às 16:19 por Pedro Muxfeldt
.

Se o Windows não estiver iniciando quando você liga seu computador, não se desespere. Essa dica é para você. Ela inclui vários métodos e links para tentar recuperar seus dados e fazer o seu PC voltar a funcionar novamente sem problemas. Como Reparar Um Pc Que Nao Arranca?
Quando você iniciar o computador, pressione a tecla F8 (F5 em alguns modelos) e execute-o em Modo de Segurança. Agora, você poderá utilizar os chamados pontos de restauração para devolver o computador para o seu estado de funcionamento na data em que o ponto de restauração foi salvo. Em geral, quando uma atualização do sistema ou um software foi instalado. Veja aqui como restaurar o Windows 10 para uma data anterior e outros métodos de recuperação.
Se, apesar da restauração, o PC só conseguir inicializar em modo de segurança é porque, provavelmente, há um conflito de hardware ou software ou uma infecção por vírus ou outro malware. Se você instalou um programa recentemente, desinstale-o para ver se o computador volta a iniciar normalmente. Em seguida, tente fazer uma varredura no computador com um antivírus.
O Windows 10 não possui CD de instalação como versões mais antigas do sistema operacional, porém é possível criar um pendrive de inicialização do sistema (veja como fazer isso aqui). Se você tentar essa solução, lembre-se que será preciso configurar o BIOS para alterar a ordem dos dispositivos de inicialização e determinar que o CD ou pendrive será o responsável pelo arranque do sistema. Acesse esse artigo para ver o passo a passo desse procedimento. Outra solução para reparar o sistema Windows é o uso de um Live CD. Abaixo, listamos dois dos melhores Live CDs disponíveis gratuitamente na internet. Nesse link acesse uma lista com mais de 300 Live CD.

Ultimate Boot CD: ferramenta para diagnosticar e consertar o seu PC em diversas situações (reparar Windows, buscar um problema de hardware, desinfetar o computador etc.). Baixe o programa aqui:

Como Reparar Um Pc Que Nao Arranca?

  • Hiren's BootCD: utilitário de sistema na forma de um CD bootável, que inclui tudo que você precisa em caso de falha do seu PC, seja uma infecção viral, backup ou recuperação de dados, gestão de arquivos, disco rígido etc. Acesse o site oficial do software aqui:

Como Reparar Um Pc Que Nao Arranca?
Abra o prompt de comando com privilégios de administrador (veja como aqui) e digite o seguinte comando: chkdsk c: /f /r. Esse comando executará uma verificação completa do disco – no caso do exemplo acima, da partição C. Para reparar outras partições, basta trocar o C pela letra da partição. É preciso reiniciar o computador para que todo o processo seja executado.
Você pode conectar o seu disco rígido em outro computador ou disco rígido externo com um adaptador USB e assim procurar seus dados e tentar reparar o HD (desinfetar, remover softwares e drivers etc.). Se não for possível realizar essa ação, você pode adicionar um novo disco rígido ao seu computador no qual você instalará o Windows. Você inicializará o PC por ele e tentará recuperar os dados do outro disco. Leia esta dica para saber mais sobre maneiras de reparar um disco rígido.
Um dos problemas mais comuns que impedem o Windows de ser inicializado é a famosa tela azul. Veja essa dica para saber o que provoca a tela azul e descobrir diferentes formas de resolver esse problema.
Se você possui uma imagem ISO do seu sistema, esse é um bom momento de utilizá-la para recuperar seu computador. Com ela, será possível restaurar o PC e todos os dados e softwares salvos nela serão recuperados. Veja aqui como criar uma imagem ISO do Windows. Também é possível utilizar softwares como ISO Recorder e UltraISO.
Ao reinstalar o Windows você deletará todos os seus dados pessoais da partição formatada. Se você tiver várias partições e formatar apenas uma para repor no Windows, só ela será deletada e as outras ficarão intactas, mas ainda poderão conter infecções. Clique aqui para saber como restaurar seu PC.

Observação: se você formatou o seu computador sem ter feito anteriormente um backup dos arquivos e documentos, existem softwares para tentar resgatar seus dados. Um dos melhores é o Recuva.

Com o que foi indicado acima, você só poderá verificar se há um problema a nível de software. Porém, muitas vezes o Windows não inicializa devido a um problema de hardware. Um bug do Windows pode muito bem ser oriundo da placa gráfica, da memória RAM, do processador, da fonte de alimentação, entre outros.

Às vezes, o simples fato de inicializar o BIOS retirando a bateria da placa-mãe pode resolver este tipo de problema. Veja como trocar a bateria da placa-mãe. Já os bugs na memória RAM podem ser verificados rapidamente através da utilização de um software, como o Memtest86.

Para ajudá-lo a encontrar um bug causado por um problema de hardware, consulte também estes links: Bloqueio do PC e sistema congelado, Meu PC não está inicializando mais e Tela preta ou tela de espera no arranque.

Observação: abrir um computador na garantia anula esta garantia. Então, antes de fazer isso, peça ajuda no fórum, caso essas alternativas não tenham funcionado.

Foto: © Antonio Guillem – 123RF.

PC com Windows 10 não inicia? Saiba como resolver

No entanto, alguns métodos simples podem ser aplicados para resolver o processo de inicialização.

É viável, por exemplo, tentar ligar o computador em modo de segurança, método em que o Windows inicia com o mínimo de software possível, ou utilizar a restauração de sistemas, para voltar os arquivos a um ponto de restauração criado antes do problema. Confira, a seguir, o passo a passo de algumas maneiras de corrigir o problema.

1 de 13
Aprenda a reportar bugs em PCs com Windows 10 — Foto: Carolina Oschendorf/TechTudo

Aprenda a reportar bugs em PCs com Windows 10 — Foto: Carolina Oschendorf/TechTudo

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

1. Iniciar em modo de segurança

O modo de segurança do Windows consiste em iniciar o sistema com uma versão básica, utilizando o mínimo de arquivos e recursos possíveis. Se o problema for resolvido após a inicialização com segurança, você já sabe que o problema não está nos drivers básicos e nem na configuração central do dispositivo.

Passo 1. Após algumas tentativas de inicialização sem sucesso, a máquina vai entrar em loop de reparo automático, em que o sistema dá uma série de opções para resolver a questão. Na tela azul, selecione a opção “Solução de Problemas”;

2 de 13
Acesse a opção “Solução de Problemas” — Foto: Reprodução/Carolina Lais

Acesse a opção “Solução de Problemas” — Foto: Reprodução/Carolina Lais

Passo 2. Em seguida, pressione “Opções avançadas”;

3 de 13
Selecione a alternativa “Opções avançadas” — Foto: Reprodução/Carolina Lais

Selecione a alternativa “Opções avançadas” — Foto: Reprodução/Carolina Lais

Passo 3. Agora, escolha a opção “Configurações de Inicialização”;

4 de 13
Acesse configurações de inicialização — Foto: Reprodução/Carolina Lais

Acesse configurações de inicialização — Foto: Reprodução/Carolina Lais

Passo 4. O Windows vai exibir algumas opções de inicialização, entre elas estará “Modo de Segurança”. Pressione “Habilitar Modo Seguro” e assinale reiniciar.

5 de 13
Habilitar o modo de segurança pode resolver os problemas de inicialização — Foto: Reprodução/Carolina Lais

Habilitar o modo de segurança pode resolver os problemas de inicialização — Foto: Reprodução/Carolina Lais

2. Observe o funcionamento da bateria

Se o problema acontecer em um notebook, é indicado analisar se a inicialização foi prejudicada por problemas com a bateria da máquina. Para isso, teste o funcionamento com um cabo alternativo ou remova a bateria e conecte o aparelho a outra fonte de energia.

Esse teste serve para verificar se o problema foi causado pelo hardware. Caso isso se comprove, é necessário procurar assistência técnica para trocar o equipamento que está apresentando a falha.

6 de 13
Teste serve para analisar se existe a necessidade de substituir algum componente do hardware — Foto: Paulo Alves/TechTudo

Teste serve para analisar se existe a necessidade de substituir algum componente do hardware — Foto: Paulo Alves/TechTudo

3. Retire os dispositivos USB

Também existe a possibilidade do PC não iniciar corretamente por conta de um conflito com dispositivos USB. Para verificar se essa é a causa do problema, tente desconectar todos os aparelhos do computador e reiniciar a máquina.

7 de 13
Erro de inicialização pode ser causado por dispositivos conectados à entrada USB — Foto: Paulo Alves/TechTudo

Erro de inicialização pode ser causado por dispositivos conectados à entrada USB — Foto: Paulo Alves/TechTudo

4. Faça a restauração do sistema

Essa alternativa faz com que o Windows volte ao estado anterior ao ponto de restauração que você selecionar. Esses pontos são criados automaticamente pelo sistema quando um programa ou atualização é instalado justamente para prevenir falhas na máquina. Entretanto, você também criar e ativar um pontos de restauração no Windows 10 manualmente.

Passo 1. Na tela azul de Reparo Automático, pressione a opção “Solução de Problemas”;

8 de 13
O loop de reparo automático é um método utilizado pelo Windows 10 para resolver problemas de inicialização — Foto: Reprodução/Carolina Lais

O loop de reparo automático é um método utilizado pelo Windows 10 para resolver problemas de inicialização — Foto: Reprodução/Carolina Lais

Passo 2. Em seguida, acesse “Opções avançadas”;

9 de 13
Clique na alternativa “Opções avançadas” — Foto: Reprodução/Carolina Lais

Clique na alternativa “Opções avançadas” — Foto: Reprodução/Carolina Lais

Passo 3. Depois, assinale “Restauração de Sistema” e selecione um ponto de restauração anterior ao início dos problemas.

10 de 13
A opção usa um ponto de restauração gravado no computador — Foto: Reprodução/Carolina Lais

A opção usa um ponto de restauração gravado no computador — Foto: Reprodução/Carolina Lais

Leia também:  Como Saber O Que Pensam De Mim?

5. Tente corrigir erros na inicialização

Essa opção é oferecida pelo Windows para tentar corrigir possíveis erros que podem estar impedindo o carregamento adequado do sistema. Em alguns casos, o Windows pode voltar a inicializar normalmente após o passo a passo a seguir.

Passo 1. Pressione “Solução de Problemas” na tela de Reparo Automático;

11 de 13
Acesse a opção “Solução de Problemas” — Foto: Reprodução/Carolina Lais

Acesse a opção “Solução de Problemas” — Foto: Reprodução/Carolina Lais

Passo 2. Selecione “Opções avançadas”;

12 de 13
Clique na alternativa “Opções avançadas” — Foto: Reprodução/Carolina Lais

Clique na alternativa “Opções avançadas” — Foto: Reprodução/Carolina Lais

Passo 3. Acesse “Reparo de Inicialização” e aguarde até que a correção seja executada.

13 de 13
Windows oferece uma alternativa automática para tentar resolver erros na inicialição — Foto: Reprodução/Carolina Lais

Windows oferece uma alternativa automática para tentar resolver erros na inicialição — Foto: Reprodução/Carolina Lais

Como Reparar Um Pc Que Nao Arranca?

Novidades do Windows 10

Confere o que tens de fazer quando o PC não arranca

Quando o PC não arranca o melhor é não entrar em pânico. Existem algumas medidas a tomar para restaurar o funcionamento da máquina, mas se porventura isso não resultar, a probabilidade de se conseguir, pelo menos, recuperar os dados é muito elevada.

Vamos explicar quais as ações a tomar para tentar restaurar o funcionamento do sistema no caso de um acontecimento desta natureza. Por vezes as soluções são mais simples do que pensamos, e há pequenos gestos que permitem poupar dinheiro e dores de cabeça.

PC não arranca; checklist para ter por perto

Devemos procurar começar o diagnóstico, eliminando primeiro as partes físicas que podem constituir um potencial problema e só depois evoluir para questões mais específicas e relacionadas com os componentes do computador ou até o software:

  1. Verificar alimentação elétrica
  2. Desligar periféricos, em especial USB
  3. Desligar todos os componentes não essenciais
  4. Arrancar em modo de segurança
  5. Restaurar o Sistema Operativo

Se nada disto resultar, então o ideal é mesmo recorrer a estabelecimentos especializados que possam tratar do assunto da melhor forma possível.

Quando a eletricidade é a fonte do problema

No caso de um simples pico de corrente, o computador pode não arrancar por serem acionados os sistemas de proteção elétrica. Devemos assim desligar o mesmo da tomada e pressionar o botão de energia, de forma a garantir que a corrente que resta nos circuitos é eliminada.

Se estivermos a falar de um desktop, normalmente há um ou mais LED que indicam se há ou não eletricidade na motherboard, sendo assim bastante fácil de perceber quando não há mais energia a circular pelos componentes.

Aqui pode também ser importante confirmar as ligações no interior do sistema. Cabos ATX ou CPU (entre outros) mal conectados, podem ser os responsáveis por não conseguirmos trabalhar. É importante certificar que tudo está solidamente encaixado no devido lugar, sem esquecer os conectores do painel frontal.

Menos habitual, mas também importante, é o problema originar nos botões de ligar/desligar ou reset do computador. Se tiverem uma sensação tátil fora do normal (demasiado solto; sem que se sinta um clique; não retornam à posição inicial quando pressionados) convém verificar com atenção e agir em conformidade.

No caso de um portátil, normalmente os carregadores fazem sempre alguma acumulação de energia, sendo frequente desligar o transformador e o LED (quando existe) que indica que o mesmo está em funcionamento permanecer aceso.

Também frequente é termos os cabos que alimentam a máquina danificados. Nem sempre há tempo (e cuidado) na altura de arrumar e com o passar do tempo estes acabam por vincar aqui e ali.

É, por isso, normal o surgimento de pequenas quebras nos condutores, que acabam por não permitir a passagem de corrente nas melhores condições. Se for este o caso, e dependendo da disponibilidade, há que testar o alimentador noutra máquina, mas atenção à voltagem e potência.

Apêndices problemáticos

Por vezes deixamos uma simples pen ou disco rígido ligados no computador, e pelas definições da BIOS (ou UEFI), a máquina tenta arrancar por esse dispositivo.

Ora se apenas lá temos as fotos da última festa de Natal, vamos ser brindados com um ecrã preto e uma mensagem de erro, em vez do nosso querido ambiente de trabalho.

Podemos ter igualmente um componente interno que avariou e que está a comprometer o resto do sistema. Remover tudo o que não é essencial, incluindo a memória RAM, pode ajudar a perceber a origem do problema.

No caso dos desktop, é habitual ouvirmos uma série de bips, ou em alternativa termos um painel com LED de diagnóstico, possibilitando a identificação de erros no arranque.

Quanto à RAM, quando possuímos mais do que uma DIMM, devemos testar alternadamente e até trocar de slot. Quando a memória tem uma anomalia, o sintoma mais usual são os ecrãs azuis e muita instabilidade no sistema, no entanto podemos ter um problema no slot que estamos a usar ou até no controlador de memória.

  • Remover a RAM e alterar a sua posição pode ajudar a identificar estas questões, mas a resolução implicará alguém com conhecimentos avançados.
  • Se quiseres saber como escolher uma memória compatível com a que avariou, temos algumas dicas para partilhar contigo.
  • Para componentes como placas de som ou outras de expansão, é mais usual a máquina não arrancar, por isso quando voltamos a ligar o PC inserindo esse componente problemático, conseguimos identificar o causador com muita segurança.

PC não arranca por causa do software

Agora que já eliminamos a parte física da equação, resta a problemática do software. O computador não arrancar pode ser algo relacionado com uma atualização falhada, um ficheiro de sistema corrompido ou até um controlador demasiado verde no sistema.

O primeiro passo é procurar o arranque em Modo de Segurança. Sendo uma opção de diagnóstico, tanto em Windows como noutros sistemas como macOS, o conceito assenta em isolar o núcleo do sistema de áreas complementares mas não essenciais.

Como Reparar Um Pc Que Nao Arranca?

Para o fazermos, no Windows, basta pressionar a tecla F8 no arranque e depois escolher a opção 4. Já no macOS, no arranque, mantemos pressionada a tecla Shift, após ouvirmos o som de inicialização, largando depois a tecla quando surge o logo da Apple.

Assim, o sistema operativo é carregado apenas com os serviços e controladores essenciais, permitindo perceber se a máquina funciona normalmente quando nada mais há em execução. Sendo esse o caso, podemos depois, avançar para um restauro, selecionando uma data anterior à daquela em que nos deparamos com o problema.

No caso da Apple a opção a considerar é a Time Machine, pelo que é sempre boa ideia configurar os backups nesta plataforma.

O PC não arranca? Saiba o que fazer

O que fazer quando o PC não arranca? Há vários problemas que podem estar a impedir que o PC inicie corretamente, mas também soluções para cada um deles.

O PC não arranca? Isso não significa que esteja estragado, pode ser um simples problema, fácil de resolver. Antes de o levar a uma casa especializada onde terá de investir algum dinheiro para ver o problema resolvido, é possível testar várias soluções. Conheça algumas neste artigo.

O que fazer quando o PC não arranca?

Como Reparar Um Pc Que Nao Arranca?

Verificar a alimentação

A alimentação do computador depende de vários componentes: o cabo que liga à tomada, da própria tomada, do recetor da energia… Por vezes, o PC não arranca porque um destes componentes está estragado. E, se um teste à tomada é algo fácil de realizar, um teste ao cabo pode ser algo mais complicado. Mas, não deve ser uma hipótese a descartar.

Botão de ligar/desligar está estragado

Parece um problema completamente descabido, mas a verdade é que é uma situação bastante comum. Por vezes, o próprio botão de ligar e desligar estraga-se e o utilizador não consegue ligar o dispositivo. Solução? Procurar um técnico ou uma casa especializada.

O PC liga, mas não passa de um ecrã preto ou azul

Ao ligar o PC, o utilizador pode deparar-se com um ecrã preto ou com um ecrã azul. O que é que isto quer dizer? Que o processo de arranque do Windows está corrompido.

A melhor forma de corrigir esta situação passa por tentar aceder ao menu de arranque do Windows, premindo a tecla F8 quando este está a tentar arrancar. Nesse menu, basta escolher a opção “Opções de arranque avançadas” e depois “Reparar o computador”.

Nenhuma das opções acima

É possível que o computador esteja mesmo estragado, uma situação que não tem nada de anormal visto que se trata de um dispositivo eletrónico.

Não é necessário ficar já alarmado… Mesmo que este não tenha reparação, é (quase) sempre possível recuperar tudo o que está no disco de armazenamento que guarda ficheiros, programas e muito mais. Neste caso, a solução passa por procurar um técnico ou uma casa especializada para procurar um melhor aconselhamento.

5 problemas de arranque do Windows resolvidos

Se quando liga o PC aparece um ecrã preto que contém apenas o apontador do rato ou um ecrã azul cheio de informação em hexadecimal pode querer dizer que um processo de arranque do Windows está corrompido e o sistema operativo não conseguiu corrigi-lo. Aceda ao menu de arranque do Windows premindo a tecla F8 quando o Windows arrancar, clique em ‘Resolução de Problemas’ e depois ‘Opções Avançadas’. Escolha ‘Modo de Segurança’ e prima a tecla Enter.

Depois de o sistema arrancar em modo de segurança clique no Botão Iniciar e escreva “CMD”, prima Enter. Vaia aparecer uma janela de linha de comandos. Escreva “sfc /scannow” e prima Enter. Quando a pesquisa chegar aos 100%, reinicie o seu computador. Ele já deve arrancar normalmente.

O Windows está num ciclo infinito e não arranca

Um dos problemas de arranque mais comuns do arranque do Windows é o sistema não arrancar e ficar bloqueado num loop infinito. Isto acontece quando o sistema operativo está a tentar reparar-se a si próprio e não consegue e fica bloqueado num ciclo infinito que o leva a reiniciar o computador sem parar.

Leia também:  Como Dar Banho Em Gato Que Nunca Tomou Banho?

Para o parar, prima a tecla F8 enquanto o sistema está a tentar arrancar. Pode ter de tentar fazer isto várias vezes dependendo da velocidade de arranque da máquina.

Quando conseguir aparece um menu, escolha a opção ‘Opções de arranque avançadas’ e depois ‘Reparar o computador’. Prima Enter.

Escolha o seu teclado e preferências de língua, insira o seu nome a palavra-chave e depois clique em ‘OK’.

Clique em ‘Reparar Arranque’. De seguida o Windows vai tentar reparar o que está a fazer com que o sistema não arranque.

No Windows 8 prima a tecla Shift mais o F8 até que o menu apareça. Clique em ‘Resolução de Problemas’, ‘Opções Avançadas’, ‘Reparação Automática’. Depois é só seguir as instruções. Se isto falhar, aceda de novo às ‘Opções Avançadas’ e clique em ‘Restauro de Sistema’ e siga as instruções.

O Windows 8 arranca e depois reinicia

Se o computador com Windows 8 ou 8.1 se liga e desliga sem razão aparente, pode dever-se ao sistema Fast Startup do sistema operativo. Esta funcionalidade só está incluída no Windows 8 e 8.1 e serve para criar um ficheiro que faz com que o sistema operativo arranque muito mais depressa que o habitual.

O problema é que este sistema não funciona muito bem em computadores menos potentes. Para o desligar aceda ao ecrã Iniciar e escreva “opções de energia” (sem aspas). Abra o painel de controlo com esse nome e depois clique em ‘Escolher o que o botão de ligar e desligar faz’, depois escolha ‘Mudar definições que estão indisponíveis’.

Procure ‘Opções de Encerramento’ e desligue ‘Ligar Fast Startup’. Se não vir a caixa é porque o Fast Startup já foi desligado.

O computador não arranca e dá uma mensagem de que falta um DLL

O Windows pode mostrar aos utilizador uma grande quantidade de erros diferentes com diversos graus de dificuldade de leitura e resolução. Talvez um dos mais comuns é o que diz “hall.

dll is missing or corrupt”, que pode aparecer em qualquer computador desde o Windows XP.

Esta mensagem aparece normalmente quando se liga uma drive externa ou pendrive USB e o PC acha que devia fazer arrancar o Windows a partir dessa drive.

Para resolver o problema, reinicie o computador, prima F2 para aceder à BIOS, aceda à página ‘Boot Options’ (consoante a motherboard) e aceda ao menu onde se definem as prioridades de arranque. Na lista coloque o disco rígido onde tem o Windows antes da drive USB, normalmente isto consegue-se usando as teclas Pgn Up e Pgn Down ou + e -. Grave e reinicie a máquina.

O Windows demora muito a arrancar

Os programas e processos que arrancam automaticamente com o Windows podem fazer com que a sua máquina arranque mais devagar.

Para tentar acelerar um pouco o processo use um programa de gestão de arranque do Windows para desligar os programas que não necessitem de estar ligados logo após o arranque do sistema operativo.

Pode usar a ferramenta Autoruns da própria Microsoft, para desligar qualquer programa que não necessite de arrancar com o sistema operativo.

Como Consertar um PC que Não Inicia

  1. 1

    Compreenda que muitos dos erros de hardwares não podem ser reparados imediatamente. Quando o computador não inicia, o melhor a se fazer é levá-lo a um técnico ou loja de informática do que tentar consertá-lo sozinho.[1]

    • Por sorte, a maioria dos transtornos de hardware é proveniente de conexões desgastadas ou mau funcionamento de componentes. Quando não há problemas com o disco rígido, seus dados estarão seguros.
  2. 2

    Faça o backup do disco rígido do computador. Antes de realizar reparos e consertos, crie uma cópia de segurança de seus arquivos. Retire o HD do PC e conecte em outro computador através de um adaptador IDE para USB (ou SATA para USB em HDs mais antigos); com essa outra máquina, faça um backup do disco rígido.

  3. 3

    Verifique o cabo de força. Sim, é algo simples, mas analisar se o cabo está conectado corretamente e a tomada está funcionando poderá resolver os transtornos.

    • Ligue o computador diretamente na tomada da parede para ver se o filtro de linha está interferindo.
    • Usuários de notebooks devem verificar se o carregador está bem conectado na tomada.
  4. 4

    Experimente usar outro monitor. Se o computador iniciar, mas nada aparecer na tela, pode ser um problema no monitor; verifique se todos os cabos estão bem conectados e tente usar outro monitor, se possível.

  5. 5

    Retire a bateria do notebook e conecte o carregador. O notebook pode ser usado sem bateria, desde que esteja conectado à tomada; caso ele inicialize normalmente sem a bateria, há algo de errado com ela. Entre em contato com o fabricante para saber como obter outra.

  6. 6

    Abra o gabinete do computador (desktop), para verificar como estão as conexões e testar o fornecimento de energia.

    • Não se esqueça de isolar-se com uma pulseira antiestática ou tocando a parte de metal do gabinete antes de mexer em qualquer componente interno.
    • Também é possível analisar problemas de hardware em notebooks, mas recomenda-se que um técnico profissional investigue-os; a chance de acabar piorando a situação é ainda maior.
  7. 7

    Analise os cabos de energia. Eles devem estar bem firmes na conexão à fonte (a “caixa” em que o cabo de força está ligado) para que consigam fornecer energia à placa-mãe.

  8. 8

    Faça um teste com a fonte de alimentação. Às vezes, as fontes mais antigas podem falhar, e realizar tais testes é um processo relativamente simples. É comum que esse seja o problema que está interferindo na inicialização da máquina.

  9. 9

    Troque a fonte de alimentação do computador, se necessário. Ao fazer os testes e constatar que ela não está funcionando, é preciso comprar cabos novos para que a fonte volte a fornecer energia corretamente e o PC inicialize normalmente.

  10. 10

    Verifique se há algum parafuso solto, já que isso pode fazer com que a placa-mãe entre em curto-circuito. Com cuidado, balance o gabinete e veja se há algum som de metal solto; com os dedos ou pinças, retire o parafuso folgado do gabinete.

  11. 11

    Veja se há algum fio desencapado. Ficar com a parte interna exposta também pode causar um curto-circuito; ao encontrar cabos danificados e desgastados, troque-os.

  12. 12

    Reinsira todos os componentes. Remova e recoloque componentes do computador, como a placa de vídeo, os módulos da memória RAM e os cabos. Se algo estiver solto, há a possibilidade de que esse seja o problema interferindo na inicialização.[2]

    • Você pode tentar fazer o mesmo com o processador, mas a tarefa será bem mais complicada; além disso, é pouco provável que esse seja o problema. Há risco de danificar o processador, inutilizando totalmente o computador.
  13. 13

    Retire a placa de vídeo. Em máquinas com placas de vídeo dedicadas, tente retirá-la e conectar o monitor diretamente na placa-mãe; o mau funcionamento da placa de vídeo pode evitar a inicialização correta do computador.

  14. 14

    Desconecte todos os hardwares desnecessários. Ligue o computador apenas com os hardwares mais básicos conectados; retire a placa de vídeo, drives que foram instalados, placas PCI e memória RAM que você adicionou. Depois, ligue-o.

    • Caso tenha sucesso, vá recolocando cada peça desconectada de volta e teste para saber qual delas está defeituosa.
  15. 15

    Procure ajuda. Se mesmo assim o computador não ligar, é melhor levá-lo a um técnico ou até comprar outro.

Solução de Problemas — Meu Computador Não Inicializa o Windows — Intel

Pode ser frustrante quando um computador não inicializa corretamente. Se você está montando uma configuração ou o seu sistema de repente parou de funcionar, saber por onde começar a consertar um computador pode ser difícil. Essa dificuldade é agravada se você não consegue acessar o sistema operacional.

Nesse guia, abordaremos os passos a executar caso o computador esteja ligando e o monitor funcionando, mas não permite o acesso ao sistema operacional (SO) e estáparado na tela de BIOS. Existem muitas causas possíveis para esse problema, por isso abordaremos alguns dos problemas mais comuns para tentar colocar o sistema em funcionamento novamente.

Observe que, caso o seu computador não esteja ligando (ou seja, nada acontece quando você pressiona o botão liga/desliga, ou quando você pressiona o botão, ele liga por um segundo e, em seguida, desliga novamente) tratamos esse conjunto de problemas aqui.

Se você consegue acessar o sistema operacional, mas ainda enfrenta problemas, convém solucionar alguns problemas de software. Há muitos recursos que podem ser usados para resolver problemas relacionados ao sistema operacional.

Dependendo das características específicas da sua situação, pode fazer sentido ir direto para uma seção específica desse artigo.

Se você tiver conectado um novo periférico USB, como um teclado, mouse ou fone de ouvido, continue lendo. Se tiver adicionado um novo dispositivo de armazenamento, comece pela seção “Atualizar o BIOS”.

Se o seu computador nunca inicializou com êxito, a seção “Mensagens de erro do BIOS” pode ser o melhor lugar para começar.

Antes de alterar quaisquer configurações, tente desconectar todos os periféricos do computador. Isso inclui tudo o que não seja o cabo de alimentação, o cabo conectado ao seu monitor, e um teclado para navegar nos menus.

Periféricos como HDs externos ou até mesmo mouses conectados via USB podem potencialmente causar problemas com energia, conflitos de driver, ou problemas com a ordem de inicialização e podem impedir a inicialização do sistema operacional.

Se o sistema inicializa corretamente o sistema operacional sem qualquer dispositivo conectado, conecte cada um individualmente e reinicie até encontrar o periférico que está causando o problema.

Depois de eliminados os periféricos externos como culpados, é hora de para procurar mensagens de erro no BIOS.

Muitas vezes, se o BIOS detectar um problema de hardware, ele irá lhe dizer antes mesmo de você ter acesso ao menu do BIOS. A mensagem de erro irá variar, dependendo do BIOS que você está usando e o problema apresentado, mas aqui estão alguns exemplos para referência:

  • Ventoinha da CPU não detectada — Problema com a ventoinha ou cooler.
  • Erro de dispositivo de inicialização — há um problema com uma de suas unidades de armazenamento.

Se você encontrar um erro e não for imediatamente aparente ao que o problema está relacionado, procure os detalhes específicos na documentação da placa-mãe ou online. Isso pode ser um passo importante na identificação de onde reside o problema e na execução dos passos necessários para corrigi-lo.

Se você ainda estiver enfrentando problemas para entrar no sistema operacional depois de explorar e abordar as mensagens de erro, pode ser hora de redefinir o BIOS para seu estado padrão.

Uma palavra de advertência: o BIOS controla o funcionamento básico do sistema, portanto, seja cauteloso ao fazer alterações.

1. Se já não estiver lá, acesse o menu do BIOS.

Esse processo irá variar dependendo do fabricante, mas geralmente envolve o pressionamento de uma tecla, imediatamente após ligar o seu sistema (muitas vezes, o F2 ou a tecla DEL).

A maioria dos sistemas informará a chave correta na tela, imediatamente após a inicialização. Toque nessa tecla várias vezes assim que ligar o sistema, e você vai entrar no menu do BIOS.

2. Redefinir para as configurações padrão.

Você tem que procurar como fazer isso exatamente com base no fabricante da placa-mãe, mas essa opção está geralmente localizada na seção “Salvar e Sair” do menu.

Isso irá redefinir as configurações do BIOS para o padrão, o que pode ajudar a aliviar os problemas causados pela alteração da configuração. Salvar e reiniciar para aplicar as alterações.

Isso pode não ser tão relevante se você estiver usando uma máquina pré-montada ou se o computador estava funcionando e, em seguida, começou a funcionar mal; mas se você estiver montando um novo PC, e especialmente se estiver usando uma placa-mãe mais antiga, a atualização de BIOS pode ser útil ao solucionar problemas de inicialização.

Mais uma vez, o processo vai variar um pouco dependendo do fabricante, então, vale a pena procurar as especificações. O fabricante da placa-mãe, provavelmente tem o procedimento apropriado documentado no manual ou on-line. Muitos fabricantes têm diferentes processos, e algumas placas-mãe mais avançadas ainda têm recursos de atualização automática.

A atualização do firmware pode resolver problemas causados por pareamento de hardware mais recente, tais como unidades de armazenamento de dados com capacidades maiores com placas-mãe mais antigas.

O sistema operacional está instalado em uma unidade de armazenamento, de modo que a falha ao carregar esse SO pode ser indicativo de um problema com a unidade. Há algumas maneiras de diagnosticar problemas de armazenamento. Vamos começar com a ordem de inicialização.

A ordem de inicialização ou prioridade de inicialização é a ordem em que o computador analisa as opções de armazenamento disponíveis e decide quais priorizar. Se a unidade do SO não é a mais alta na ordem de inicialização, isso poderia explicar porque ela não está carregando adequadamente.

Ajustar essas configurações permite a inicialização a partir de um disco ou armazenamento externo, que pode ser útil para algo como a atualização do BIOS mencionada acima.

Isso também pode causar problemas se a prioridade de inicialização estiver incorreta ou se o sistema não estiver detectando o principal dispositivo de armazenamento.

1. Remova o armazenamento externo. Para determinar a ordem de inicialização, reinicie o sistema, desconecte todo armazenamento externo ou unidade flash e entre no BIOS pressionando a tecla apropriada durante o processo de inicialização.

2. Navegue até a seção de inicialização do BIOS. O nome pode ser um pouco diferente, mas você está procurando a seção dedicada ao armazenamento, provavelmente chamada menu Prioridade de Inicialização ou Ordem de Inicialização.

3. Como determinar a unidade de inicialização adequada. A unidade principal deve ser a mesma do sistema operacional instalado.

Se você não sabe a partir de qual unidade inicializar, talvez precise olhar para a unidade propriamente dita, já que a capacidade e a marca frequentemente estão evidentes na etiqueta, e essa informação também é frequentemente referenciada no BIOS.

Se você não tiver certeza de qual das suas unidades tem o SO, desative todas as unidades, exceto uma, no BIOS e veja se o sistema é inicializado. Caso contrário, continue o processo de eliminação até encontrar a unidade correta.

Você pode, então, voltar para o BIOS e habilitar novamente as outras unidades de armazenamento de dados. Apenas certifique-se de que a unidade com o SO esteja no topo da lista de prioridades.

4. Salvar alterações. Depois de priorizar corretamente a ordem de inicialização, salve as alterações e saia.

Se o BIOS não estiver detectando a unidade, o que significa que o disco com o sistema operacional não está aparecendo no menu de ordem de inicialização, você poderia verificar um problema na própria unidade ou em como ela está configurada.

Se seu sistema tiver sido inicializado com êxito no passado, mas o BIOS não detecta mais a unidade de armazenamento, você pode estar enfrentando um problema com a própria unidade.

Se for esse o caso, está na hora de solucionar problemas de hardware, o que envolverá abrir o sistema.

Antes de fazer isso, certifique-se de desconectar o cabo de alimentação, assegure-se de que conhece a maneira mais segura de abrir a caixa e tenha em mente que, se estiver trabalhando em um sistema pré-montado, pode potencialmente violar a garantia. Verifique com o fabricante do sistema se isso é uma preocupação.

Depois que o sistema estiver aberto, verifique se os cabos conectados à unidade de armazenamento estão corretamente conectados e não estão soltos. Se você estiver usando uma unidade M.2, verifique se ela está devidamente encaixada no slot correto na placa-mãe.

Se tudo estiver no lugar, pode ser o momento de remover o armazenamento e testá-lo com outro sistema que você sabe que está funcionando. Se você puder instalar a unidade em outro sistema funcional para fins de teste, isso seria o ideal.

Caso contrário, existem adaptadores USB que permitem que você conecte a unidade na porta USB de outro sistema para verificar se a unidade é detectada.

Isso permitirá que você verifique se outro sistema operacional é capaz de detectar a unidade e executar verificações de diagnóstico usando ferramentas como o Windows Disk Utility ou o Intel® Solid State Drive Toolbox para determinar o status da unidade.

Se o dispositivo de armazenamento ainda não foi detectado, mesmo em um sistema diferente, isso pode significar que a unidade está avariada. Se a unidade não está mais funcionando, provavelmente está na hora de substitui-la.

Apesar de não ser uma ocorrência comum, ocasionalmente problemas na bateria CMOS podem impedir que o sistema inicialize corretamente.

Na placa-mãe, a bateria CMOS (complementary metal-oxide-semiconductor, semicondutor de metal-óxido complementar) é um chip alimentado por uma bateria que armazena informações importantes de sistema, como as configurações de hardware básico e data.

A falha de CMOS é frequentemente indicada por um relógio que é redefinido constantemente ou por uma mensagem de erro do BIOS envolvendo a CMOS. A vida útil dessas baterias normalmente gira em torno de uma década sob condições de uso típicas, mas isso pode variar.

Se você estiver utilizando uma placa-mãe antiga ou usada, vale a pena certificar-se de que a bateria esteja funcionando corretamente. Elas são relativamente baratas e o processo de substituição geralmente é simples.

1. Encontre a bateria. Localize a CMOS na placa-mãe (ela é uma bateria em forma de moeda, prateada e achatada). Se você tiver problemas para encontrá-la, consulte a documentação da placa-mãe.

2. Recoloque a bateria. Antes de tentar uma substituição, puxe a bateria para fora e recoloque-a. Remover a bateria deve ser relativamente simples. Pode haver uma trava ou prendedor segurando-a no lugar, mas geralmente ela pode simplesmente ser removida manualmente ou cuidadosamente com uma chave de fenda, e substituída da mesma forma.

3. Remover e substituir a bateria CMOS. Se a recolocação não corrigir o problema, tente uma substituição. A bateria CMOS mais comum é a CR2032, mas ao remover a bateria, certifique-se de anotar suas características a fim de encontrar uma substituição idêntica.

4. Reinicie o sistema. Depois que você conseguir recolocar ou substituir a bateria, reinicie o sistema e entre no BIOS. Em seguida, redefina as configurações de data e hora, salve e saia.

Além do armazenamento, é possível que outros itens de hardware estejam causando uma falha na inicialização, especialmente se for indicado por uma mensagem de erro.

Vale a pena verificar todos os cabos e garantir que todos os outros itens de hardware estejam encaixados corretamente se nada mais estiver funcionando.

Você pode seguir esse guia para obter um detalhamento passo-a-passo de como testar o hardware peça por peça e ver se isso resolve o problema.

Testes adicionais

Se você já tentou todas as recomendações acima e ainda está parado na tela de BIOS, testar sua configuração de hardware atual com uma nova placa-mãe pode ser uma próxima etapa útil. Isso requer a reinstalação da CPU, do cooler e a reconexão de todos os componentes necessários, porém, ajudará a eliminar a placa-mãe como sendo o problema.

Os testes com hardware de substituição são sempre ideais, caso tenha essa opção, e podem ser particularmente úteis se o BIOS apontou na direção de um determinado componente.

A maioria dos problemas do computador pode ser corrigida, mas se você estiver trabalhando com um sistema mais antigo, pode ser simplesmente a hora de fazer uma atualização.

O hardware de computador pode durar por um longo tempo, quando corretamente mantido, mas, como a tecnologia dos computadores continua a avançar, mesmo os componentes mais confiáveis precisam, mais cedo ou mais tarde, ser atualizados para a ideal experiência do usuário.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*