Como Provar Que Nao Traiu O Namorado?

Como Provar Que Nao Traiu O Namorado?

A descoberta de uma traição é
capaz de transformar qualquer relacionamento amoroso, seja namoro ou casamento.
A vida do casal pode mudar para melhor ou piorar consideravelmente, mas, com
certeza, nunca mais será a mesma.

Por isso, é importante não cair
em estado de negação e encarar os fatos de frente para conseguir resolver a
situação.

Se você ou alguém que você conheça está passando por esse momento tão delicado, este artigo poderá ajuda-lo(a).

Sumário

Sabemos que não é fácil, mas é
possível. Não tome qualquer tipo de decisão drástica após descobrir uma
traição, como os flagrantes ou as ligações. Com o máximo de calma possível,
junte as evidências e chame o seu parceiro ou parceira para uma conversa
particular.

Caso ele ou ela negue o fato,
apresente as evidências, mostrando que essa conversa não é à toa. Aqui, é
importante avaliar se ele (a) continua tentando enganar você mesmo após a
descoberta.

1. Não se deixe levar pela raiva

  • Raiva, mágoa ou desejo de
    vingança são sentimentos comuns após a descoberta de uma traição, mas é
    importante não se deixar levar por eles – para cada ação ou decisão que tomamos
    em nossa vida, há uma consequência para ela.
  • Por isso, evite agressões verbais e físicas, tanto com o seu(a) parceiro(a) quanto com a terceira pessoa envolvida na relação.
  • Lembre-se de que é o(a) seu(a) parceiro(a) que tem um compromisso com você e que ele(a) não foi forçado(a) a ter outro relacionamento.
  1. ANSIEDADE
  2. ESTRESSE
  3. DEPRESSÃO

FAZER O TESTE

2. 5 dicas para lidar com a descoberta de uma traição

2.1 Chore tudo o que precisar chorar

Pode até parecer clichê, mas
somente o tempo é capaz de cessar a dor causada por uma traição, assim como as
respostas para todas as perguntas. Por isso, respeite o seu momento e chore o
quanto precisar chorar.

Peça apoio para alguém que você
tenha confiança e não saia contando para todo mundo o que aconteceu.
Certamente, passar por essa situação na companhia de uma pessoa querida e de
confiança será muito mais fácil.

2.2 Converse

Quando você se sentir forte o suficiente, é hora de avaliar a situação de forma racional e conversar novamente com o(a) parceiro(a) para decidir o futuro da relação.

Nesse momento, algumas perguntas devem ser respondidas: o que contribuiu para a traição? Qual foi a lição que ficou? Seu(a) parceiro(a) foi fraco(a) ou mau caráter? Vale a pena continuar? Você conseguirá confiar nele novamente?

2.3 Não alimente a paranoia

Se você chegar à conclusão de que o seu relacionamento merece uma segunda chance, é fundamental perdoar o(a) seu(a) parceiro (a) de verdade e tentar deixar o episódio da traição completamente para trás.

Por mais que a sua insegurança seja compreensível, não tente espioná-lo(a), sufocá-lo(a) ou privá-lo(a) de fazer as coisas que ele(a) gosta.

2.4 Invista em você

Provavelmente sua autoestima vai sofrer um impacto após a descoberta da traição, mesmo depois da decisão de levar o relacionamento adiante. Ela pode demorar a se recuperar totalmente.

Por isso, invista o seu tempo em coisas que fazem bem a você. Pratique atividades físicas, comece um curso novo ou retome amizades antigas – faça leituras que agreguem positivamente em sua vida. O importante é ocupar o corpo e a mente.

2.5 Procure ajuda especializada

Não tenha vergonha de admitir que você e seu(a) cônjuge precisam de ajuda para superar o episódio. É papel do psicólogo ajudar as pessoas. Procure profissionais especializados nesse assunto, como psicólogos para terapia de casais.

Lembre-se de que relacionamentos passam pelas mais diversas provações ao longo do tempo e que isso é inevitável, pois são duas pessoas com personalidades, comportamentos e histórias de vida diferentes.

O que realmente vai importar depois de tudo isso é a superação nos momentos difíceis com respeito, coragem e dignidade.

Como Provar Que Nao Traiu O Namorado?

3. Se foi você quem traiu… O que fazer?

Todo relacionamento tem o início
perfeito: há amor, entusiasmo, paixão e curiosidade. Porém, com a passagem do
tempo, pode ser que a fonte de toda aquela felicidade comece a secar.

Os beijos não têm mais aquele
gosto de antes, o sexo se torna menos frequente, surgem as brigas, os
desentendimentos, o tédio. E, de repente, aquele colega de trabalho, ou a
vizinha da casa do lado, sorri para você. Por uns instantes, você acha que ali
está a chave da felicidade que se perdeu. E a traição acontece.

Só que, ao invés de deixar você
feliz e satisfeito, ela deixa um gosto amargo na boca. E o pior de tudo: você
percebe que ainda ama – e muito – o seu parceiro ou parceira.

O que fazer em uma situação dessas? O desespero não é a solução: agora, mais do que nunca, é uma oportunidade para repensar suas atitudes e tomar uma decisão que pode mudar sua vida.

4. Você não é a pior pessoa do mundo

É muito comum, nessa situação, aquele que trai se sentir um canalha, a pior das criaturas. Isso tem justificativa: trair a confiança de alguém, quebrar as promessas feitas, fingir que está tudo bem quando na verdade não está, mentir e enganar a pessoa com quem se viveu tantas coisas, é realmente uma atitude terrível.

Porém, na maioria das vezes, a traição não foi um caso planejado.

O arrependimento de quem trai
pode ser realmente sincero. A verdade é que todos nós temos nossos defeitos e
fraquezas, mas elas não definem nosso caráter. O que o estabelece é a
capacidade de admitir nossos defeitos e lutar para mudar alguns comportamentos.

5. Contar ou não contar?

Em geral, mulheres perdoam mais
facilmente do que homens; porém, se você decidir contar, prepare-se para uma
mudança radical em seu relacionamento. Mesmo que seu parceiro perdoe a traição,
a confiança pode ser quebrada a ponto de nunca mais voltar a ser o que era.

Na maioria das vezes, nós nos
sentimos impelidos a admitir nossos erros, mas para nos livrar do remorso, não
tanto pelo desejo de sinceridade com a outra pessoa. Já parou para pensar
nisso?

Assim, só você pode decidir se
deve ou não revelar a traição. Às vezes, mais vale calar e simplesmente procurar
não repetir o erro. A questão é se você conseguirá conviver com isso.

6. E se a pessoa descobrir?

Conheça a equipe de psicólogos do nosso consultório. Confira o perfil e área de atuação de cada profissional.

A EQUIPE DE PSICÓLOGOS

Tentar se justificar ou usar a clássica frase “não é isso que você está pensando” é a pior coisa que você pode fazer. Já que a traição foi descoberta, use a sinceridade. Assuma o que fez e procure manter um diálogo aberto e transparente.

Se possível, não converse com a pessoa logo após a descoberta da traição: afaste-se um pouco e deixe que ela se acalme, antes de vocês sentarem para conversar.

Então, com a cabeça fria, os dois podem avaliar o rumo do relacionamento, se vale a pena continuar ou é melhor vocês se separarem.

7. Procurando ajuda

Há muitos motivos para uma pessoa
cometer uma traição. A busca de novas emoções, a incapacidade de resistir aos
instintos, o tédio e a insatisfação no casamento ou uma paixão sincera por
outra pessoa – como lidamos com isso tudo?

Você não precisa passar por isso sozinho(a). Ajuda psicológica pode ser uma solução nessas horas. Quando vivemos esses conflitos internos, tudo parece confuso, e um bom psicólogo pode ajudar a enxergar as coisas com maior clareza e encontrar a melhor solução para o relacionamento.

Quem leu esse texto também se interessou por:

  • Como Provar Que Nao Traiu O Namorado?Entrar em um relacionamento costuma ser mais difícil do que sair. Confira 10 sinais de que o relacionamento não vai bem
  • Como Provar Que Nao Traiu O Namorado?Conheça tudo sobre o funcionamento da Terapia de Casal e descubra se ela é ideal para o seu caso. Conheça os psicólogos que realizam terapia de casal e agende sua consulta
  • Como Provar Que Nao Traiu O Namorado?Psicólogos especialistas em ansiedade. Conheça os psicólogos que tratam ansiedade, leia dezenas de artigos e marque sua consulta pelo site

*Os textos do site são informativos e não substituem atendimentos realizados por profissionais.

Traição tem a ver com amor? Veja o que mulheres que já traíram têm a dizer | Amor e Sexo | iG

Que lindo seria se a vida a dois fosse exatamente como descrita nas histórias de amor clichês: o casal se conhece, flerta, se apaixona, namora, casa e é feliz para sempre.

Mas sabemos que, no mundo real, é muito difícil seguir essa ordem, muito menos esse padrão.

E, mesmo quando se passa por todas essas etapas, ainda há a possibilidade de viver turbulências, que incluem problemas como decepção, briga, ciúme e traição.

Como Provar Que Nao Traiu O Namorado?

shutterstock
Traição e amor podem não ter nenhuma relação, segundo mulheres que confirmam já ter tido um caso extraconjugal

Esse último item, inclusive, é bastante temido por quem vive um relacionamento, sendo o motivo de muitas separações. Isso porque, para a maioria das pessoas, a traição
é encarada como o fim do amor,
da cumplicidade e do respeito.

Mas será que trair significa tudo isso mesmo? Para Ruben Buell, presidente do Ashley Madison
, um site desenvolvido para ajudar pessoas a encontrar parceiros para um relacionamento extraconjugal, nem sempre ter um amante significa que tudo está perdido.

“Muitos dos nossos usuários contam também que quando eles tiveram um caso extraconjugal muitas vezes eles retornam para o seu cônjuge melhores como companheiros, parceiros, pais e o casamento fica melhor”, afirmou, em entrevista prévia ao Delas.

Leia também:  Como Saber Quem Visitou Nosso Instagram?

A história da publicitária Maria*, de 27 anos, é a prova de que uma relação fora do matrimônio não é sinônimo de término. Casada há dois anos, ela e o marido não estavam tendo nenhum problema aparente no relacionamento. No entanto, a convivência tinha entrado na mesmice e a “perdido a graça”, como ela mesmo define.

“Sempre soube que eu amava meu marido, mas estava querendo muito em viver uma aventura. Senti a necessidade de buscar por outra pessoa e a oportunidade aconteceu”, conta. Segundo Maria, a experiência só colaborou para que o casamento melhorasse.

“Vivi o que tinha que viver e acabou. Isso me ajudou a entender melhor o que eu buscava para mim mesma e para meu relacionamento. Voltamos a nos interessar um pelo outro e a dialogar sobre o que fez o casamento esfriar. Hoje estamos melhores do que antes”, revela.

Amor x Traição

Como Provar Que Nao Traiu O Namorado?

shutterstock
Será mesmo que é preciso terminar um relacionamento por conta de uma traição? Algumas mulheres acham que não

Muitas vezes a “pulada de cerca” não tem relação com amor, de acordo com quem já teve essa atitude. “Fui muito criticada por minhas amigas quando contei que traí meu ex-namorado. A maioria me aconselhou a terminar, tentaram me convencer de que eu não o amava mais. Mas eu não queria terminar porque não foi por falta de amor que o traí. Foi uma situação muito mais ‘carnal’ do que sentimental”, revela Ana*, pedagoga, de 25 anos.

Ana conta que chegou a confessar ao ex-parceiro que o tinha traído, mas a reação dele não foi compreensiva como ela esperava.

“Achei que ele entenderia, já que ele também já havia me traído no início do relacionamento e eu perdoei.

 Hoje penso que ele não soube  perdoar uma traição
 e por isso terminamos”, conta ela, que se não fosse pela vontade do ex-companheiro de separar, estaria namorando com ele até hoje.

“O que nossos usuários dizem é que a vida não é o conto de fadas da Cinderela que costumamos ouvir. Depois de muitos anos de casamento, algumas coisas vão muito bem, eles continuam amando o parceiro, e há outras coisas que já não vão tão bem, algumas deixam de existir e uma delas é o sexo”, analisa Ruben. 

De acordo com o presidente do Ashley Madison, muitos dos usuários da ferramenta admitem ter ido procurar ajuda antes de partir para a infidelidade
.

“Foram para terapia de casais, conversaram com o parceiro sobre isso e ainda assim continuam em uma relação na qual o sexo não faz parte e eles não querem continuar com essa ausência na vida deles tendo 35 ou 40 anos de idade”, afirma.

Traição é “popular” no Brasil

Como Provar Que Nao Traiu O Namorado?

shutterstock
O perfil da maioria dos usuários brasileiros da rede social voltada para a traição é composta por mulheres

É claro que ninguém começa um relacionamento pensando em trair. Mas refletir sobre a atitude pode ser interessante, tendo em vista que essa é uma prática bastante comum. Um levantamento feito pelo site aponta que mais de 100 mil pessoas do mundo todo se inscrevem na plataforma a cada semana.

São Paulo é a cidade com o maior número de usuários que buscam a traição em todo o planeta, com mais de 1,6 milhão de membros, seguida de Nova York e Rio de Janeiro. Além disso, Brasília, capital do país, aparece em 8º lugar. “Isso mostra que a natureza humana não foi construída para relações monogâmicas. Parece que é algo que as pessoas têm como conflito no mundo todo”, fala Ruben.

Diferente de outros países, o Brasil tem quase o dobro do número de mulheres em relação a homens no site, com uma proporção de 1,91  mulheres ativas
para cada 1 homem ativo.

De acordo com Ruben, as mulheres estão buscando mais prazer e satisfação em seu lado romântico e, quando não estão conseguindo isso no casamento, se sentem encorajadas o suficiente para buscar em outro lugar, como um site de relacionamentos extraconjugais.

“Nós consideramos que isso é algo relacionado à afirmação feminina. A mulher está mais forte e decidida a assumir a sua própria vida, inclusive no sexo”, comenta.

“Todo mundo já traiu ou foi traído”

Como Provar Que Nao Traiu O Namorado?

shutterstock
“As pessoas deveriam encarar a traição como um obstáculo que pode ser superado”, diz publicitária que traiu

“Todo mundo já traiu ou foi traído. Não tem muito jeito de escapar. Por isso acho que as pessoas deviam parar de ser hipócritas e encarar a traição como um obstáculo que pode ser superado sim, caso ainda haja amor e vontade de ficar junto”, analisa Maria. 

Contudo, nem todo mundo que trai concorda que é possível continuar. A fisioterapêuta Bruna*, de 29 anos, conta que com ela a situação foi diferente e, para ela, o caso fora do relacionamento foi um divisor de águas. “Eu só tive coragem de aceitar que não amava mais meu namorado quando o traí.” 

Ela conta que nunca tinha tido interesse por outros homens, mas desde que começou a se relacionar com um rapaz do seu trabalho passou a prestar atenção no que sentia pelo parceiro.

“No começo, ficava tentando me convencer de que estava vivendo uma aventura que teria fim em breve e tudo continuaria igual. Mas logo comecei a querer ficar com outras pessoas… o namoro ficou insustentável e terminei”, diz Bruna.

Leia também: Como superar uma traição? Aprenda a lidar com a situação

Independente dos exemplos citados, é preciso deixar claro que não existe um fórmula mágica que define se a traição
deve ou não ser relevada. Cada caso é um caso, e não há ninguém mais indicado para avaliar qual decisão tomar se não você mesma.

*Os sobrenomes foram omitidos a pedido das mulheres

Leia tudo sobre:

Traição e Infidelidade — Como Afeta a Mente das Pessoas?

18 de novembro de 2020

  |  Tempo de leitura: 9 minutos

A traição machuca. Descobrir que o parceiro ou a parceira é infiel é um dos momentos mais difíceis da vida de alguém. As emoções que surgem após a descoberta da infidelidade podem causar estragos no emocional de quem foi traído (e de quem traiu também!). 

Vivemos cercados por situações assim. Seja na vida real ou em meios de entretenimento, encontramos casais feridos por uma traição e, com isso, algumas ideias “únicas” sobre o amor. 

Por exemplo, uma mensagem que é corriqueiramente transmitida em filmes, livros e novelas é que o relacionamento que supera infidelidade é forte. “Nem isso foi capaz de abalar o laço entre os parceiros” é o que parecem dizer. Outra noção é que os homens traem mais que as mulheres, portanto, ela precisar perdoar o parceiro ou viver à espera de um deslize dele.

Muitas vezes, essas concepções moldam o pensamento das pessoas. Mas será que são mesmo verdadeiras ou ajudam a cuidar da saúde mental nessa situação difícil?

A mente de quem é traído

A pessoa traída pode responder a traição de diversas maneiras. A sua forma de enxergar a situação depende do sentimento nutrido pelo parceiro e do estado do relacionamento. No entanto, mesmo que este esteja péssimo, saber que foi traído nunca é fácil. 

A traição simboliza quebra de confiança e ausência de respeito com o próximo. Afinal, existem maneiras de melhorar o relacionamento e de terminá-lo sem causar tamanho sofrimento emocional ao próximo. Então, por que o parceiro escolheu machucá-lo dessa forma?

Quando a infidelidade acontece, o traído passa por um período de luto. Como algo muito importante é perdido, o pesar é semelhante ao de quando alguém amado morre. As emoções são tão intensas que podem causar um trauma emocional. 

Além disso, as crenças da pessoa traída em relação aos relacionamentos podem sofrer mudanças radicais. Ela pode passar a desacreditar no amor, não ver mais sentido no casamento ou em relacionamentos longos, ou crer que é impossível confiar em alguém de verdade. Seus sonhos, planos para o futuro e expectativas também são danificadas bruscamente. 

Reações típicas à infidelidade 

Como Provar Que Nao Traiu O Namorado?

O processo de superação e de cura da traição tende a ser longo para a maioria das pessoas. Dependendo das reações da pessoa traída, pode ser menos dolorido e demorado. Porém, dificilmente é feito sem, pelo menos, um pouco de dor emocional. 

O traído pode reagir com:

Raiva

A pessoa traída pode ser dominada por uma fúria cega, reagindo à descoberta com violência. Brigas físicas e verbais são esperadas quando a raiva é predominante. Dependendo da situação, a agressividade pode escalar e até mesmo causar uma tragédia. 

É compreensível sentir raiva no momento da descoberta ou dias/semanas após o ocorrido. No entanto, ela precisa ser controlada para não prejudicar a pessoa traída nem quem traiu. Por mais que essa última tenha errado em trair, reagir com agressividade pode fazer o traído se arrepender de ações ou palavras ditas no calor do momento. 

Descrença

Pessoas que descobrem a traição por meio de outras fontes, como amigos ou vizinhos, costumam reagir com incredulidade. Será mesmo que a infidelidade aconteceu? Como saber se fulano(a) não mentiu? A descrença também pode surgir quando a pessoa que traiu revela o que fez abertamente.

Leia também:  Como Dar A Entender Que Gosto Dela?

Mesmo quando há provas, como fotos e vídeos, o traído não quer aceitar a realidade. Afinal, ela causa dor. A imagem construída do parceiro é abalada ou totalmente destruída, refletindo na confiança da pessoa traída. Ela pode questionar as suas decisões, perguntando-se como não viu algo tão óbvio ou como escolheu ficar com alguém capaz de magoá-lo dessa forma. 

Tristeza

A infidelidade no relacionamento é triste. Ela é sentida, sobretudo, quando o traído reconhece as suas perdas: o parceiro que tanto amava, a relação a que se dedicou e uma coletânea de planos para o futuro. A tristeza faz com que reflita sobre os momentos bons e se pergunte se conseguirá perdoar o outro. Ela pode causar depressão quando acentuada. 

Culpa

Ser alvo de uma traição é tão complicado que a pessoa traída pode atribuir à culpa da atitude do outro a si mesma. Começa a pensar se não fez algo para afastar o parceiro e se não criou expectativas altas demais para o relacionamento, causando a situação desagradável. 

Embora seja reconfortante criar desculpas para justificar o comportamento da pessoa amada, é importante reconhecer que cada um possui responsabilidade por seus atos. Ninguém deve assumir a responsabilidade por comportamentos ou decisões de terceiros.

A mente de quem trai

Por que as pessoas traem? Não é mais fácil terminar um relacionamento ou casamento ruim do que ser infiel e causar um sofrimento imensurável para o parceiro? 

São várias as razões que motivam as pessoas a serem infiéis. Apesar de termos o desejo de ver quem trai com maus olhos, é preciso lembrar que todos nós somos passíveis de cometer erros. Nem sempre a pessoa que trai quer arruinar a vida do parceiro ou fazê-lo sofrer. 

Como Provar Que Nao Traiu O Namorado?

Por mais difícil que seja enxergar a infidelidade no relacionamento sem a influência das emoções, precisamos analisar cada caso de acordo com a sua realidade. As motivações para a traição podem ser:

  • tédio;
  • indiferença do parceiro;
  • solidão;
  • vingança por alguma atitude do parceiro;
  • busca por atenção; 
  • sentir-se menosprezado pelo parceiro;
  • excitação por ser “algo proibido” ou uma “aventura sexual”;
  • vontade de terminar o relacionamento.

Abaixo, explicamos algumas questões mais pontuais na visão da psicologia. A intenção não é convencê-lo a tomar uma decisão precipitada, mas, sim, esclarecer dúvidas que podem estar causando sofrimento. 

Por que os homens traem?

A ciência explica que os homens traem mais que as mulheres por que possuem maior capacidade de separar o sexo do amor e, assim, concretizar a traição ou traições. Além disso, não costumam pensar nas consequências e têm mais confiança que conseguirão escapar da situação caso sejam pegos. Geralmente, quando o homem trai ele busca prazer ou atenção em outra parceira.

Por que as mulheres traem?

Já as mulheres tendem a estabelecer um laço afetivo com a pessoa escolhida para a infidelidade. Elas estudam mais as suas possibilidades e geralmente traem somente quando o relacionamento atual está ruim. No entanto, as mulheres mais jovens costumam trair para satisfazer suas necessidades emocionais e sexuais, da mesma forma que os homens fazem. 

Quando a traição ocorre uma vez e é perdoada, o parceiro trai de novo?

Como Provar Que Nao Traiu O Namorado?

Cada caso é um caso.

A pessoa que trai pode tê-lo feito em um momento de espontaneidade, sem considerar as consequências, motivada pela excitação e o fator “proibido” da traição. Assim que é revelada, seja por outras pessoas ou por quem traiu, ela pode se sentir culpada e nunca mais repetir esse comportamento.

Da mesma forma, pode trair novamente, confiante por ter sido facilmente perdoada. A incapacidade de terminar o relacionamento ruim, seja por medo ou vergonha, também pode motivar outra traição. 

Em nossa sociedade, o pensamento que o “homem pode trair quando quiser” ainda circula entre alguns indivíduos, famílias e comunidades. 

Essa forma de pensar tem raíz em crenças como “o homem é um ser mais sexual que a mulher” ou “o homem procura fora de casa o que não encontra em casa”. Dessa forma, a infidelidade masculina é mais aceita por mulheres que pensam assim. A aceitação dá a entender que tudo bem se o parceiro trair.

Como lidar com a traição? 

  • Como perdoar um parceiro infiel? 
  • É possível fazê-lo e dar continuidade ao relacionamento sem que esse seja abalado? 
  • Como a pessoa traída deve agir para evitar sofrimento emocional? 
  • São muitas as perguntas que rodeiam a infidelidade nos relacionamentos. 

A verdade é que não existe uma resposta universal, capaz de satisfazer todas as pessoas que já foram traídas.

Aceitar ou não que foi traído bem como perdoar ou não o parceiro são decisões que devem ser analisadas com calma, levando em consideração as emoções e os planos para a relação. 

Perdoar não é o mesmo que conceder permissão ao parceiro para trair ou aceitá-lo de volta em sua vida. O perdão beneficia quem foi traído porque promove a libertação de emoções e de sentimentos desagradáveis, os quais fortalecem o apego da pessoa à situação dolorosa.

Além disso, quem perdoa o parceiro infiel tem todo o direito de expressar as suas preocupações e fazer mudanças (sensatas) na dinâmica do relacionamento até que a ferida seja curada. 

Apenas não é legal aceitar o parceiro de volta e torturá-lo emocionalmente, fazendo-o sofrer por ter escolhido trair. É preciso ser honesto tanto consigo mesmo quanto com o outro ao perdoar. A vingança pode soar atraente na hora, mas não é o caminho certo para reconstruir a confiança perdida.

Se ambos os parceiros não têm essa intenção, a melhor decisão pode ser terminar o relacionamento. Ser traído certamente não diminui as oportunidades de reencontrar o amor de ninguém.

Agora, se quem traiu foi você, pedir perdão por ter causado sofrimento e conversar com sinceridade com o parceiro ou a parceira é a atitude mais honrosa nessa situação.

Caso seja muito difícil encontrar uma solução, é possível fazer terapia para descobrir a opção menos agressiva para a sua saúde mental. Conversar com um psicólogo também pode fazê-lo se sentir melhor, seja você o traído ou quem traiu. Veja como a Vittude pode ajudá-lo!

O que é a microtraição e quando ela se transforma em traição de verdade? – BBC News Brasil

Como Provar Que Nao Traiu O Namorado?

Crédito, Danae Diaz/BBC Three

Legenda da foto,

Especialistas dizem que enviar mensagens para outra pessoa pode ser considerada uma microtraição

Houve um tempo em que ser infiel estava relacionado a uma mancha de batom no pescoço, a um cheiro de perfume na lapela da camisa ou a um recibo incriminador no bolso da calça.

Mesmo quando as redes sociais começaram a aparecer, as pistas eram claras: um beijo em uma foto de festa ou alguém observando o que não deveria. Mas agora, na era de aplicativos de namoro e mensagens diretas, as coisas se tornaram um pouco mais complicadas.

E é aqui que entra em cena a microtraição, a palavra do momento quando se trata de infidelidade.

Como o nome sugere, a microtraição tem a ver com aquelas pequenas coisas que alguém pode pensar que não são tão ruins, mas podem ser. E aí está o dilema: se pode haver ações sutis, como definir a microtraição? E realmente pode haver algo como “traindo, mas só um pouco”?

Sim, diz Martin Graff, professor de psicologia da Universidade de South Wales, no Reino Unido. Em um artigo recente publicado por uma revista de psicologia, ela explica como a infidelidade evoluiu à medida que nossas vidas se voltaram mais para a internet.

Graff define microtraição como qualquer ato ou comportamento de alguém em um relacionamento que indica o envolvimento emocional ou físico com uma terceira pessoa.

Antes dos smartphones, a microtraição poderia ser aquela de tirar a aliança de casamento quando se sai para uma festa. Mas, na era digital, é mais fácil do que nunca dar sinais a alguém de que você está disponível.

Nichi Hodgson, autor de um livro sobre namoro, concorda que a microtraição dá nome a algo que já existia antes.

“Mesmo no século 18, as pessoas flertavam com cartas inadequadas ou revelavam pensamentos indevidos em seus diários”, diz ele à BBC. “O que mudou é que agora temos ferramentas que facilitam a microtraição mais do que nunca.”

No entanto, Graff diz que, embora a microtraição nem sempre signifique que você esteja traindo seu parceiro, ela é um comportamento que pode levar à infidelidade. É como preparar o terreno.

“O fato de nos comunicarmos cada vez mais na Internet torna as relações cada vez mais ambíguas”, explica ele.

Neste mundo obscuro de “microtraição”, existe alguma maneira definida de saber se alguém está sendo enganado ou se está trapaceando?

Aqui estão quatro cenários possíveis, que discutimos com Graff, Nichi e a especialista em relacionamentos Leila Collins.

Crédito, Danae Diaz/BBC Three

Legenda da foto,

Escrever a um ex pode ser considerada uma forma de microtraição

Você está em um show com seu parceiro. E acontece que os shows de abertura são a banda favorita do seu ex. Você tira uma foto e envia para ele. 24 horas depois, ele responde com um beijo no final da mensagem. Se você continuar a conversa, você está sendo infiel?

Nichi: “Não há nada de errado em estar em contato com o seu ex. A situação é aceitável desde que você não esteja procurando uma reconciliação, esteja entediado ou procurando atenção. Muitas pessoas escrevem para o seu/sua ex para dar uma enaltecida em seu ego, se elas sabem que essa pessoa ainda tem algum sentimento em relação a eles/elas.”

Leia também:  Como Escolher Os Programas Que Iniciam Com O Windows 7?

Leila: “Por que você gostaria de entrar em contato com um ex se o relacionamento terminou? Não importa qual seja a intenção, não está certo. Eu diria que isso é traição.”

Nível de infidelidade: 3/5

Você está na cama. Você apaga as luzes, mas não consegue dormir. Você começa a mexer o polegar no Instagram e a curtir fotos de alguém com quem, se você não estivesse em um relacionamento, gostaria de estar. Você faz o mesmo durante o almoço e no ônibus a caminho de casa você deixa alguns emojis em suas últimas publicações, incluindo um coração.

Nichi: “Pessoas que se sentem inseguras podem ficar mais chateadas que as outras e talvez seja um sinal de que há um problema maior no relacionamento delas. Curtir os posts de alguém não é necessariamente uma coisa para você se sentir mal, mas se você fizer isso com frequência nos posts da mesma pessoa, pode ser preocupante.”

Martin: “É algo ambíguo. A hora do dia em que isso é feito é um bom indicador de se há algo mais.”

Nível de infidelidade: 2/5 se for antes do anoitecer, 5/5 à noite.

Crédito, Danae Diaz/BBC Three

Legenda da foto,

A hora do dia em que se curte as fotos/posts de outra pessoa pode revelar suas intenções

Quem Ama Não Trai

Cerca de 22 frases e pensamentos: Quem Ama Não Trai

É Descobrir uma nova definição para o amor. Essa história de quem ama não trai, não erra, não faz outra pessoa chorar, Sem sombra de dúvida é mentira. Até porque as única pessoa que não erra é uma pessoa perfeita, é infelizmente pessoas perfeitas não existem, ou seja, amar não é fazer a outra pessoa 24 horas feliz, mais sim ficar 24 horas tentando acerta com uma pessoa que te faz feliz..

RAFAEL SOARES

Quando você ama alguém de verdade, você é capaz de dar sua vida por essa pessoa. quem ama não trai nem engana, Dizer que ama e depois trair é a mesma coisa que enganar a Deus, pois Deus é amor, ele é o dono desse sentimento, e com ele não podemos brincar. Amor é coisa Séria.

Moarly Lino

QUEM AMA NÃO TRAI Primeiro um simples olhar,
Depois uma atração,
Que deve se controlar,
Para que não haja traição. Nem é preciso ser forte,
Para sair dessa situação.
E nem considere isto como sorte,
Porque isto é uma maldição. Considere quem te ama,
E respeite quem em você confia.
E fuja da estranha que lhe desafia. Nunca apague esta chama,
Do amor que nela não esfria,

E que tanto lhe aquece, dia após dia.

Elciomoraes

Quem ama não trai, pufi…
Frase sem sentido..

primeiro que pra trair vc tem que ter alguém ou não, segundo se tem amor por alguém ou por você mesmo alem disso tbm tem que ter caráter, dignidade, respeito, confiança e o mais importante é ter companheirismo em uma relação a dois ou outro sentido, exemplo na família, no trabalho e com os amigos.
Traição não é referente só a cônjuges e sim a você mesmo.
Traição é uma doença dos covardes, frios, mal amados e sem nenhum contato com Deus.
Traidores sofrem mais de solidão dos que foram traidos.

Traidores, chantagista sempre andam de mãos dadas, são os piores bandidos.

Werdson M. Well
Inserida por
deejaydablioemi

  • Quem ama não trai vive para o outro
    Quem ama só faz, amor bem mais gostoso
    Só você me completa
    O meu coração não se engana
    Não há nada melhor que dormir e acordar
    Nos braços de quem a gente ama Se ama e se entregue
    Diga que é feliz não negue
    Respeite você, se permita o prazer
    O amor é além da cama
    Um casal quando se ama
    Batalha junto, chora e rir
    Quem ama sempre tem razão Com a força divina feita pelo criador
    A luz que ilumina o mundo é o amor
    O destino fez te conhecer
    E em nome desse amor somos um só
    Você e eu
  • Eu e você.

Davysson Wallack Medsen

Traiu e se arrependeu? Veja o que fazer

Mesmo com uma relação estável, foi inevitável dar uma escapadinha e agora a traição não tem volta. Diante de uma infidelidade, muitos são categóricos ao afirmar que a relação não anda bem.

Pode ser esse o seu caso ou não, mas algo te levou a ceder a uma aventura. E para piorar, ele descobriu.

Quer recuperar a sua paixão? Aqui vão algumas dicas que podem salvar o amor que ainda existe entre vocês.

Seja uma mulher valente 

Tenha em mente que muitos homens dizem que nunca perdoariam uma infidelidade e reagiriam com rejeição e indiferença, então esteja preparada. Para a maioria deles, a sua aventura significa falta de respeito e será difícil de esquecer.

No entanto, apesar do “ódio” que se segue logo após a confissão ou descoberta da traição, o amor não morre de um dia pro outro. É preciso aproveitar esse tempo em que você sente que o vínculo afetivo ainda existe, mesmo que esteja por um fio. 

Recupere a confiança

O importante é tentar recuperar a confiança perdida. Comece com um diálogo, aceitando a situação com sinceridade e transparência.

  • – Não dê detalhes de como passava o tempo com o “outro”, e enfatize que não rolou sentimentos mais profundos e que tudo foi passageiro, se for o que sente de verdade;
  • – Peça a ele que analise o que te levou a buscar uma outra pessoa e discuta se ambos estão dispostos a acertar suas diferenças antes que casos assim voltem a acontecer. E abaixar a cabeça para pedir desculpas não é falta de dignidade, desde que esteja realmente arrependida;
  • – Conte-lhe das mudanças que fará para não repetir o erro e para evitar que a relação se desgaste. Se ele estiver disposto a te perdoar, os dois devem ficar mais atentos e ele também precisa contribuir; 
  • – Ligue para dizer o que fez, envie mensagens ou escreva uma carta romântica. Vale de tudo para que ele perceba que está pensando nele ou que tem vontade de vê-lo;
  • – Prepare um jantar especial e decore o lugar deixando-o mais aconchegante e íntimo, para que possam discutir com calma o que ainda está pendente. Podem ser necessários vários encontros para resgatar o sentimento anterior;
  • – Diga que tem certeza de que quer passar momentos maravilhosos e experiências emocionantes ao lado dele e somente dele; 
  • – Reconheça que errou e que o magoou, mas que está disposta a compensar da melhor maneira possível.

– Cheguem a um consenso de como seguir adiante. Pergunte-lhe o que deve fazer para que ele volte a confiar em você e, se estiver de acordo, prometa que fará o possível.

Conversem novamente sobre seus planos juntos e retomem os que foram deixados para trás. Diga que nunca teve nada “a longo prazo” com o outro, e que agora só existe um homem nos seus planos.

Dê tempo, mas não se afaste

Tenha paciência para que ele entenda tudo o que você está dizendo, pois traição é algo que não se esquece de uma semana para outra. Se ele já ouviu a sua versão, agora vai querer um tempo para decidir se consegue continuar com você, apesar da desconfiança que sentirá quando estiverem separados.

Enquanto isso, passe um tempo com sua melhor amiga, seja a mulher pela qual ele se apaixonou um dia. Mais do que nunca é hora de expressar seu carinho e agradá-lo ao máximo sem ser excessiva. Vá devagar, mas seja firme.

Plano de reconquista

– Pense nos detalhes que uniu vocês, leve-o para jantar em seu lugar preferido, relembre-o que o ama e diga o que admira nele. Mexer com seu ego pode ajudá-lo a entender que o ama de verdade;

– Utilize suas táticas de sedução e realize aquele sonho erótico que ele mencionou há um tempo. Vista sua lingerie mais sexy e recupere o desejo que ainda existe entre vocês.

Táticas finais

  1. Se nada deu certo e ele está se afastando cada vez mais, você pode tentar algumas estratégias hollywoodianas como último recurso: 
  2. – Ligue para uma emissora, peça a sua canção favorita ou uma que fale de perdão e o avise para escutar a rádio.

    Talvez você consiga até falar ao vivo e dizer o que sente por ele;

  3. – Alugue aqueles aviões que levam faixas de amor ou façam mensagens de fumaça para que a cidade inteira saiba que o ama;
  4. – Faça uma serenata sob sua janela com as músicas mais românticas que conheçam;
  5. – Mande-lhe flores e escreva um cartão com uma linda mensagem.

Não deixe de expressar o que sente por ele enquanto se recuperam do que aconteceu. Tenha muita paciência e trabalhe para que a relação volte a se fortalecer novamente. Nada é impossível, só depende do amor.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*