Como Podar Roseiras E Em Que Epoca?

Como Podar Roseiras E Em Que Epoca?

Artigo de opinião de Rosa Moreira, Eng.ª Agrónoma, promotora do site A Cientista Agrícola

Podar roseiras é considerado cada vez mais um operação cultural cada vez mais importante de forma a garantir a sanidade desta planta com flor. Se quer saber quando e como podar roseiras e pretende conhecer algumas das melhores dicas a este respeito, continue a ler este artigo.

Quando podar roseiras

Deve-se estar a questionar qual será a melhor época para podar roseiras. Uma das melhores alturas do ano para fazer esta operação é no final do Inverno, quando as temperaturas já não são tão baixas e as geadas praticamente não se verificam.

Podar roseiras significa auxiliar o processo de manutenção da juventude destas plantas e conferir-lhe uma forma mais harmoniosa e maior vitalidade no seu desenvolvimento.

Se é a primeira vez que vai podar roseiras pode parecer-lhe uma tarefa demasiado complicado mas com um pouco de paciência e sentido prática irá certamente desempenhar esta tarefa da melhor forma possível.

Porque devemos podar roseiras?

Existem basicamente três razões essenciais para efectuarmos a poda das nossas roseiras:

  1. Conferir às roseiras uma forma mais harmoniosa e equilibrada;
  2. Promover o crescimento de novos ramos;
  3. Impedir o desenvolvimento excessivo de rebentos de forma a evitar o desgaste da roseira e a diminuição da sua produção;

Existem várias formas de podar as roseiras, da forma mais simples à mais complexa. Um poda mais simples consiste apenas em cortar os ramos secos, desembaraçando a planta de elementos sem utilidade. Esta operação além de favorecer o arejamento da planta, promove a penetração do ar e da luz até ao centro das roseiras.

Como Podar Roseiras E Em Que Epoca?

O encurtamento dos ramos das roseiras

  • Quando pensar em cortar os ramos das roseiras, saiba que o corte deve ser efectuado acima do gomo de forma a induzir o aparecimento de um novo rebento que surgirá com vigor acentuado e para que os seus ramos possam ir alargando.
  • Deve estar a questionar-se como identificar um gomo numa roseira.
  • É FÁCIL: o gomo é uma espécie de rugosidade que torna-se bastante visível no mês de Março e por isso não terá dificuldade.

Quando podar?

  1. As roseiras devem ser podadas quando se encontram no período de dormência, com execpção das roseiras que apenas florescem uma única vez no Verão.
  2. Por essa razão, a melhor altura para podar roseiras situação entre Janeiro a Fevereiro, tendo em conta a possibilidade de ocorrência de geadas.

  3. Escolher a altura certa para podar roseiras pode não ser assim tão linear uma vez que cada vez mais verifica-se uma variação das estações do ano de ano para ano.
  4. Caso opte por podar cedo, as suas roseiras entrarão em floração mais cedo e a probabilidade de uma possível geada queimar os ramos mais jovens é maior.

  5. Pelo contrário, se podar tarde de mais a subida da seiva pode ficar prejudicada e provocar danos graves na planta.

Se tiver bastantes roseiras no seu jardim, pode ir escalonando a poda de roseiras ao longo de várias semanas. Neste caso, opte pela poda das roseiras trepadeiras e roseiras mais antigas, caso as possua.

 Deixe para último lugar a poda das roseiras plantadas mais recentemente.

Como Podar Roseiras E Em Que Epoca?

Como podar rosas

Para esta operação, utilize uma tesoura de poda de boa qualidade, que corte bem e seja fácil de manusear.

Segure a tesoura da poda de forma a que apoiar a lâmina cortante a efectuar um bom corte. O corte deve ser realizado na diagonal de maneira a que a chuva que possa ocorrer, escorra pela “ferida” de forma a minimizar as hipóteses do ramo apodrecer.

Identifique os ramos da roseira que já deram flor e corte-os muito abaixo do ramalhete de forma a promover o desenvolvimento de novos rebentos.

Como Podar Roseiras E Em Que Epoca?

  • Ramos muito numerosos que crescem desde o pé da roseira

Este tipo de crescimento acontece nas roseiras trepadeiras com flores cor-de-rosa “Dorothy Perkins”. Nestes casos, os rebentos não devem ser eliminados mas devem cortar-se todos os ramos velhos junto do ramo principal.

Este tipo de ramos encontram-se principalmente nas variedades de rosas “François Juranville” que são caracterizadas por lindas flores cor-de-rosa e perfumadas. Neste tipo de situações, deve cortar apenas os ramos laterais, deixando dois gomos na parte do ramo que ficar agarrado à planta.

As roseiras trepadeiras

Para podar roseiras trepadeiras com flores grandes, corte os ramos jovens a dois terços a partir do pé da planta, de forma a induzir a ramificação. Deve também eliminar os rebentos que apareçam ao longo dos ramos adultos, deixando sempre dois gomos.

  • Se possui roseiras trepadeiras no seu jardim saiba que não deve podar estas plantas de forma sistemática dado que, uma vez que são suprimidos os rebentos frágeis que se direccionam para o centro, a sua planta ficará com cinco a seis hastes principais.
  • Tenha em mente que o número de hastes que partem do pé assim como o diâmetro de cada uma e a sua ramificação, são fundamentais para manter as suas roseiras bonitas e produtivas.
  • Resumindo:
  • roseiras de haste: cortar acima do terceiro ou quarto olho exterior;
  • Roseiras miniatura: cortar curto, acima do segundo olho exterior;
  • Roseiras trepadeiras: corte os ramos velhos;

Espero que este artigo lhe tenha sido útil!

Agricultura e Mar Actual

Como Podar Roseiras E Em Que Epoca?

Como (e quando) podar roseiras: cortes, fases e materiais

Como Podar Roseiras E Em Que Epoca?

As rosas são flores cuja imagem remete ao amor e que podem ser belíssimos presentes, além de também serem agradáveis ao olhos quando utilizadas como decoração em jardins e canteiros. A beleza das rosas é natural, entretanto, exige alguns cuidados para ser otimizada, o que envolve cuidados com o solo, exposição a luz solar e também a poda. O cuidado ao podar uma rosa é dos mais importante que requer uma roseira, sendo fator decisivo na estética e também na duração de sua planta, já que é uma maneira de dar forma e também de eliminar suas partes mortas ou danificadas, o que te garantirá lindas rosas.

Caso você cultive a planta e tenha dúvidas em relação ao modo correto de apará-la, relaxe pois, a dúvida é comum e, sua resolução, bastante simples. Leia esse artigo do umCOMO e descubra com detalhes como e quando podar as rosas.

Também lhe pode interessar: Como podar orquídea

O primeiro passo parar aprender como podar roseiras é saber quando a poda pode ser feita, já que a época na qual o processo é realizado costuma influenciar no desenvolvimento futuro da planta.

Quando tratamos de rosas, é de grande utilidade saber que essa é uma planta que não depende da época do ano para florir, de forma que apresenta flores durante todo o ano, tendo uma diminuída na produção apenas em períodos mais frios, o que exigirá uma poda.[1]

Época de podar rosas

A poda de roseiras pode ser realizada em diferentes momentos do ano e a tarefa deve ser feita 2, em especial, nas seguintes épocas: uma vez no final do verão e outra no inverno, de forma que a segunda terá relação direta com o rejuvenescimento e vitalidade para o seguinte florescimento.

Ainda falando sobre o tempo em relação a como podar rosas, saiba que é necessário realizar uma poda de plantio, que deve ser realizada antes da introdução da roseira no solo. A poda deverá ser realizada visando moldar a planta e também estimular a fixação na terra e crescimento da muda[2].

Em regiões com um clima ameno, a época de podar rosas pode ocorrer antes da hora pois não haverá a abrupta mudança de temperatura como fator decisivo.

Alguns saberes ancestrais envolvem ideias como a da lua crescente como a mais propícia para podar roseiras. Nada impede que você utilize também esse tipo de tradução e respeite os ciclos da natureza e a lua propícia para podar roseiras. Mal não faz!

Ao podar uma rosa, devemos tirar os brotos secundários e a parte morta, ou seja, todos aqueles galhos que não são saudáveis ou que não produzam flores.

Leia também:  Como E Que Se Faz Castanho?

Você também deve eliminar as flores secas e frutos, que além de dar um mau aspecto à roseira, consumem sua energia.

Devemos conservar sempre os galhos jovens e aqueles com pontas, ou seja, aqueles de onde podem sair novas rosas. A poda pode ser dividida em três categorias:

  • Poda de formação: dá forma e melhora o equilíbrio;
  • Poda de limpeza: elimina partes danificadas que possam danificar o desenvolvimento;
  • Poda de produção: visa aumentar a produção.[2]

A roseira deve ser podada pelo menos uma vez por ano, o que significa que também pode ser podada várias vezes, tudo dependerá da necessidade.

As podas comuns, feitas de forma prevista, são as chamadas podas de formação e são sempre necessárias por questões majoritariamente estéticas, já que darão uma aparência equilibrada e cuidada à planta.

Além disso, também é válido podar ramos e folhas que estiverem danificados ou mortos, ou seja, realizar uma poda de limpeza, sempre que necessário. Por último, são possíveis as podas de produção, que serão necessárias apenas caso você produza rosas e deseje aumentar a quantidade.

Como Podar Roseiras E Em Que Epoca?

Cada planta exige cuidados específicos que as tornarão mais fortes e belas, o que não deixa a poda de lado. Veja abaixo algumas dicas que garantirão que o trabalho tratá ótimos resultados:

  • A rosa em forma de arbusto deve ser podada sempre em forma de copo, erradicando os galhos centrais e aqueles que possam prejudicar outros mais fortes. Se os galhos forem pequenos (como um lápis) deixe três nós, e se forem mais grossos, deixe seis. Vamos podar sempre em uma gema virada para fora. Na imagem você pode ver uma poda em forma de copo.
  • As roseiras trepadeiras e enredadeiras possuem algumas particularidades, precisam de uma poda que dê a forma desejada à rosa. Posteriormente, é só manter o equilíbrio dos galhos e eliminar os brotos secundários e galhos entrecruzados. Devemos tentar que os brotos cresçam da forma mais horizontal possível.
  • Os cortes devem ser realizados em média 5mm acima da última gema, de forma que a energia obtida pela planta será utilizada pela a brotação e cicatrização do corte realizado, sem que haja desperdícios.[2]

Se você quer saber como podar mini rosas, utilize todas das dicas já fornecidas pois o procedimento é o mesmo, entretanto, é válido dizer que a planta precisará de alguns cuidados específicos aos quais você deverá se atentar. Para garantir um bom cuidado de suas plantas, veja também como cuidar de mini rosas.

Para podar, a ferramenta indispensável é a tesoura, mas dependendo do tipo de poda, espécie de planta e tamanho, a tesoura necessária irá variar. Além disso é muito recomendável usar uma luva para pegar os galhos da roseira e assim não nos machucarmos.

Se a roseira for muito grande é útil ter uma tesoura bypass telescópica de cabo extensível (que também pode ser útil para podar árvores). É muito importante que as tesouras estejam em bom estado e que o corte feito seja oblíquo.

Você pode ver na imagem qual dos três tipos de corte é o correto para podar: é aquele sinalizado pela seta vermelha.

A última dica para que você consiga preparar corretamente o material necessário para a podar é esterilizar a tesoura utilizada, evitando que sujeiras e bactérias entrem em contato direto com os caules aparados de sua roseira.

Como Podar Roseiras E Em Que Epoca?

Apesar de parecer estranho é importante não esquecer do último passo na hora de podar uma rosa, você verá o motivo.

Depois de podar a rosa, limpamos bem a base das plantas; adicionamos uma boa camada (3 cm) de composto orgânico e pulverizamos com polissulfeto de cálcio para proteger todos os cortes.

Você deve repetir isso após 15 dias e não se esquecer de realizar o procedimento antes de colocá-la na terra, por isso, é necessário já se atentar ao detalhe antes de realizar a poda.

Realizando o passo a passo acima, a planta fica pronta para começar a brotar no final do inverno.

Apesar das roseiras não terem época correta para poda ou florescimento, é necessário que tomemos todos os cuidados para garantir que a planta estará tratada num ambiente propício para seu desabrochar.

Caso você não saiba muito sobre quais são as necessidades de plantas do tipo e precisa de uma ajudinha, veja também Além de como cuidar de uma roseira e garanta o surgimento de belas flores em seu jardim.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como e quando podar as rosas, recomendamos que entre na nossa categoria de Jardinagem e Plantas.

Referências

Setembro é a época de plantar rosas

Como Podar Roseiras E Em Que Epoca?

O mês de setembro chegou, o inverno começa a se despedir e a dar lugar à primavera. Na estação mais colorida do ano, as flores são a principal atração, especialmente as rosas, a mais popular de todas. Cultivadas desde a Antiguidade, elas possuem diversos tamanhos e cores, podendo agradar a todos os gostos.

No entanto, a mais tradicional e imponente de todas é a rosa vermelha, com caules médios, há muito tempo, tida como símbolo romântico e presente preferido dos apaixonados. Todas as variedades são muito apreciadas como essência em perfumes e até como ingredientes em pratos especiais.

  • Caso você seja um apreciador da beleza e do perfume das rosas, saiba como cultivá-las em casa, para deixar o jardim mais bonito.
  • Como plantar rosas

As rosas não gostam de muito frio nem muito calor. Portanto, se você mora em uma região onde o frio do inverno se estende por mais alguns dias, espere até esquentar um pouco para plantá-las. O começo da primavera realmente é a melhor época para o cultivo dessas flores.

O local de plantio deve ser arejado e receber luz moderada. As raízes das mudas não devem estar secas antes de plantadas. Por isso, regue-as cerca de uma hora antes de colocá-las na terra. Cave um buraco largo e fundo, pois as raízes precisam de espaço. Se for plantar em um vaso, ele deve ser grande o suficiente.

Tanto no chão quanto no vaso, use um utensílio como um rastelo, ou estaca, para soltar a terra. Misture com um pouco de esterco. Elimine as partes estragadas da roseira, inclusive da raiz. Coloque a planta no buraco deixando cerca de 4 a 5cm embaixo da terra.

Cubra a raiz com a terra misturada com o esterco, espalhando bem as raízes pelo buraco. Em seguida, regue bem a raiz. O ideal é molhá-las todos os dias, com uma quantidade moderada de água. Se o clima da região for muito seco, elas devem ser molhadas um pouco mais.

  1. Quer saber mais sobre o Curso CPT Como Produzir Rosas? Dê Play no vídeo abaixo:
  2. Conheça os Cursos CPT da área Floricultura.Por Maria Clara Corsino

Como Podar Roseiras E Em Que Epoca? Como Podar Roseiras E Em Que Epoca? AVISO LEGAL

Este conteúdo pode ser publicado livremente, no todo ou em parte, em qualquer mídia, eletrônica ou impressa, desde que contenha um link remetendo para o site www.cpt.com.br.

Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Como Podar um Pé de Rosa – Lua Certa, Melhor Época, Dicas para Fazer Poda de Roseira

Cultivada há mais de 5 mil anos, a roseira é uma planta popular, muito conhecida e suas flores, com cores e tamanhos variados fazem parte de grandes eventos e lindas histórias de amor. Em vasos, ramalhetes, muitas ou solitária, elas compõe momentos de ternura e delicadeza com sua beleza e força.

Leia também:  Como Saber Qual A Potencia De Electricidade A Contratar?

A rosa representa amor, beleza perfeição e decora jardins, casas, festas, com seus lindos botões e flores abertas.

Ter em casa uma roseira é quase que uma tradição e a planta nos presenteia o ano todo com suas flores que podem ser rosa vermelhas, amarelas, rosa em tons variados, mescladas, brancas que chamam a atenção de quem as vê.

Cultivar roseira não requer muitos cuidados, além do solo com boa drenagem e fértil, a rega, adubação e podas tão necessárias. Uma roseira sem poda vai crescer além do normal e enfraquecer a planta, podar um pé de rosa é um cuidado essencial para que tenhamos rosas lindas o ano todo.

Como Podar Roseiras E Em Que Epoca?

Como podar um pé de rosa

Poda anual

Um tema que tem controvérsia é se a lua tem influência sobre as plantas. Segundo estudiosos no assunto e pessoas mais antigas, a lua interfere sim no desenvolvimento das plantas e escolher a lua certa para podar um pé de rosa vai resultar em brotos fortes e muitas rosas.

Ao contrário do que se pensa a melhor lua para podar roseira é a minguante, em especial a última lua minguante do inverno, já que nesta fase da lua, o amido da roseira, substância que dá energia a brotações e se concentra na planta na época da dormência e germinação, vai estar na parte inferior da roseira, pronto para revigorar a planta com interferência positiva da lua cheia quatro semanas após a poda anual.

A poda necessária para o bom desenvolvimento da roseira é a poda anual, feita na última lua minguante do inverno para quem acredita na influência da lua ou deve ser feita do final de julho até no máximo em setembro dependendo da região. Os dias frios do inverno são considerados os melhores para podar um pé de rosa e as novas hastes vão nascer com novos botões.

Como Podar Roseiras E Em Que Epoca?

 A poda anual pode ser radical ou parcial:

 A poda radical ou baixa é quando cortamos grande parte da roseira, deixando 50 cm acima da enxertia para roseiras comuns e 20 a 25 cm da enxertia para roseiras mini e poda deixando 80 a 1m após a enxertia em rosas cercas-vivas e roseiras arbustivas.

A poda radical é feita quando a roseira está prejudicada afim de uma renovação. A poda radical é feita a cada 3 a 4 anos.

 A poda parcial também é anual e é feita para limpeza de todos os tipos de roseiras, onde são cortados os galhos secos, as hastes que já floriram, as hastes finas, deixando apenas as mais grossas e fortes. O corte deve respeitar as gemas inferiores, de onde surgirão novos brotos.

Podar com tesoura própria, na diagonal sem mastigar as hastes com 1 cm acima da gema que fica abaixo do corte.

Adubação após a poda

  • Em seguida a poda radical ou baixa é colocado fertilizante a cada sete dias por 2 meses.
  • Em seguida a poda parcial é colocada fertilizante a cada quinze dias por dois meses.
  • O fertilizante mais usado é o NPK 15-30-15.
  • Durante o ano, conforme as rosas vão nascendo é feita a poda para retirada dos botões para decoração ou da flor já seca, onde se corta a haste com em média 30 cm.

Com alguns cuidados como poda, adubação, proteção de pragas, regar um pé de rosa pode produzir muitas flores ao longo dos anos.

Estas rosas das fotos são de uma roseira com mais de 30 anos, onde é feito a poda anual para manter o tamanho e a renovação da planta.

A próxima poda será radical, para renovar a roseira.

Escreva sua dica, dúvida ou comentário sobre nossa matéria de como podar um pé de rosa.

Assuntos do Artigo:

  • pé de rosas
  • lua propicia para podar roseiras
  • lua ideal para podar roseiras
  • qual a melhor fase da lua para podar roseiras
  • como p antar e podar rosas
  • tipos de roseiras
  • como podar uma reseira

A Poda da Roseira

[i]Fotos: Portal do Jardim[/i]

Corte Correcto: Oblíquo e no sentido que brotará a gema, a poucos milímetros de distância.

Geralmente, nos meses mais frios do ano, e quando as roseiras se encontram num estado “dormente”, devem ser podadas de forma a permitir que a planta se desenvolva com a sua força dirigida a um crescimento correcto e que a ajude a produzir flores de qualidade.

A maioria das plantas precisam de ser podadas, mas no caso das roseiras, a poda torna-se muito importante para o correcto desenvolvimento das mesmas. Em termos gerais, a época da poda da roseira será no início da estação de crescimento, a Primavera.

No entanto, e se a sua zona for muito fria e ventosa, é aconselhável também podar no Outono, para que as roseiras não sofram danos fortes durante o Inverno.

Normalmente a primeira poda deverá ser feita um ano após ter sido plantada – a dita poda de formação, que vai orientar a estrutura da roseira.

Após esta primeira modelagem da planta, deverá ser feita a limpeza anual da roseira onde a poda vai eliminar os ramos danificados, quebrados, ou com pragas que, se deixados permanecer, enfraqueceriam a planta, retirando força aos ramos saudáveis que têm o potencial de dar flores com mais qualidade.

Corte Errado: Horizontal e demasiado longe do local onde a gema brotará.

Deve-se no entanto ter atenção à altura em que a poda da roseira é feita. É aconselhável aproveitar a época quando a temperatura for no máximo 10ºC, dado o estado de dormência da planta. A fase da Lua deverá ser minguante pois, embora não esteja provado, diz-se que é mais favorável para as plantas fazer a poda nesta fase lunar.

A poda das roseiras vai sempre depender da espécie em questão (será diferente se se tratar de um arbusto ou de uma trepadeira) e terá duas funções: modelar e revitalizar a planta.

Existem três tipos de poda a ter em consideração com respeito às roseiras:

[b]Poda Baixa[/b]: Faça primeiro uma limpeza da roseira, retirando os ramos secos, fracos e mal formados. De seguida corte todas os ramos, deixando-os a uma altura de 20 a 25cm (a partir do ponto de enxerto). Corte sempre em diagonal aproximadamente 1cm acima da gema mais próxima. Isto ajudará o brotamento. Ideal para rosas-rasteiras, rosas “Santa Teresinha” ou miniaturas.

Corte Errado: No sentido contrário ao crescimento da gema.

[b]Poda Alta[/b]: Faça uma limpeza à planta da mesma forma que na poda baixa e corte os ramos a uma altura de 80cm a 1 metro. As hastes mais fortes podem ficar um pouco mais longas, mas procure que a roseira fique a uma altura adequada ao lugar onde está situada. Este tipo de poda é dirigida a roseiras em arbusto e trepadeiras, embora não precise de ser tão drástico no último caso.

[b]Poda Parcial[/b]: Faça a mesma limpeza como nos casos anteriores e em seguida pode as hastes para um terço do seu comprimento total. Esta poda é mais adequada a roseiras silvestres e trepadeiras cujas hastes alcancem 3 metros de comprimento ou mais. É muito importante que deixe as hastes presas ao tutor de modo a que haja um brotamento das gemas.

É sempre importante fertilizar uma planta depois da poda, para permitir que se alimente de forma a alcançar o seu potencial nas condições em que se encontra.

Fruto da Roseira: Adie a poda do Outono para usufruir destes elementos decorativos.

[b]O Corte Correcto[/b]

Deve podar as hastes sempre na diagonal e a poucos milímetros da gema mais próxima. Nas imagens poderá ver o corte correcto (e os incorrectos), que deve ser aplicado para permitir que a planta cresça com mais força, que no fundo é a função da poda.

Nota: se quiser que a roseira dê frutos (algumas roseiras premeiam o seu jardim com frutos de várias cores) atrase a poda de Outono. A poda correcta varia de espécie para espécie, tendo sido aqui dadas as regras gerais. Consulte o local onde comprou a sua roseira para informações mais específicas.

Sites Consultados:
https://www.botanical-online.com/rosesjardineriacastella.htm
https://www.tusplantas.com/jardin/flores/flor/?pagina=jardin_flores_flor_001_001

Leia também:  Como Saber Os Veiculos Que Estao Em Meu Nome?

https://www.jardimdeflores.com.br/floresefolhas/ao1rosas1.html

[i]Os links externos são da responsabilidade dos seus respectivos autores/produtores. O Portal do Jardim não assume qualquer tipo de responsabilidade sobre o seu conteúdo.[/i]

ASTRID INVERNO BISHOP é licenciada em Geografia Humana e Física pela Universidade de Reading (Reino Unido), viajou pelo Mundo, viveu na Bolívia e nutre um enorme fascínio pelo mundo natural. Há muito que é uma entusiasta pelo Jardim e é co-criadora do Portal do Jardim.com.

Como podar roseiras

O ato de podar é uma das tarefas de jardinagem mais importantes na manutenção de um jardim. No caso das roseiras, a poda vai determinar o aspeto final e a beleza das suas flores. Saiba como podar roseiras para que as suas rosas sejam grandes, esbeltas e brilhantes.

Quais as ferramentas necessárias

Para podar roseiras corretamente, é necessário reunir as ferramentas seguintes:

  • Tesouras de poda
  • Tesoura telescópica de podar
  • Serra curvada
  • Luvas grossas
  • Camisola de mangas compridas

Para preservar a saúde das suas roseiras, é fundamental que todas as ferramentas estejam limpas e afiadas antes de entrarem em ação. Só assim é que as rosas são corretamente podadas, crescendo de uma forma saudável e natural.

Quando devem ser podadas as roseiras

Uma das perguntas mais importantes e que está relacionada com a arte de podar roseiras, passa por saber exatamente quando é que ela deve ser realizada? O momento mais oportuno é determinado pelo tipo de roseira e pela sua localização geográfica. Como tal, é necessário conhecer pormenorizadamente a variedade que está a usar e obter todo o tipo de informações em relação a ela.

De uma forma geral, a poda de uma roseira, de uma árvore ou de um bonsai ocorre na estação da primavera, nomeadamente no início do mês de março ou de abril para quem se encontra no Hemisfério Norte, ou setembro e outubro para quem está no Hemisfério Sul. No entanto, o inchaço dos botões de rosa também mostra qual é o momento mais apropriado para podar as roseiras.

Porque devem ser podadas as roseiras

As roseiras devem ser podadas no tempo certo, uma vez que esses cortes vão estimular um novo crescimento e remover todos os elementos que estejam mortos e/ou em decomposição.

Por outro lado, é de destacar que o ato de podar ajuda a melhorar a estética de uma planta, permite que os raios solares cheguem ao núcleo da mesma, o que facilita a sua nutrição e novas áreas de crescimento.

O ato de podar as roseiras é, sem dúvida, uma das tarefas de manutenção obrigatórias para que o seu jardim tenha sempre um aspeto florido e colorido.

Podar ou aparar roseiras é um passo muito importante na manutenção e no cuidar de rosas de um jardim. Se as roseiras forem mal aparadas, as plantas não florescem na sua totalidade e podem ficar muito fracas. Tenha em mente que o ato de podar ou aparar roseiras é, apesar da crença popular, um processo muito fácil de ser realizado e pode ser feito por qualquer jardineiro.

Das tarefas que são realizadas num jardim durante a estação da primavera, a poda das roseiras é uma das principais, pois é quando surgem os primeiros rebentos.

Os caules dos rebentos exteriores devem ser aparados cerca de 6 mm, uma vez que isso vai ajudar a roseira a crescer, tornando o arbusto mais composto e atraente.

Tenha em atenção que é fundamental usar um par de tesouras de poda bem afiadas para não danificar as plantas.

O aparar de roseiras no verão implica remover as flores gastas, assim como, fazer uma limpeza geral com o intuito de tornar o arbusto mais completo e agradável à vista.

Tenha em mente que a remoção dos galhos soltos pode ser uma ação necessária e desejada para a saúde da sua roseira.

Ao fazê-lo, estará a incentivar o crescimento das suas rosas e a manter um jardim de flores em ótimas condições.

Dicas para podar

Existem várias dicas que poderão ser colocadas em prática para podar corretamente as roseiras de um jardim. São elas:

  • Remover os ramos que estejam deteriorados, mortos e/ou em decomposição.
  • Eliminar os caules que pareçam estar murchos, secos ou negros.
  • Arejar a roseira de modo a que ela tenha uma boa iluminação solar e circulação de ar.
  • Cortar os caules dos rebentos exteriores em cerca de 3 a 6 mm, dependendo se estão em bom ou mau estado.
  • Fazer cortes limpos e concisos para não danificar as plantas.
  • Aparar os ramos num ângulo de 45 graus.
  • Verificar se o centro dos ramos cortados é branco e fresco. Se assim for, é sinal de que as rosas terão um aspeto magnífico.

Como podar roseiras corretamente?

Quer uma roseira carregada de flores? Não tenha dó de podar drasticamente a planta. Sem esse cuidado anual, a planta produz poucas flores, fica com o formato desengonçado e, pior, vive pegando pragas e doenças. Há dois tipos de podas nas roseiras, a anual e a de manutenção. Conheça melhor cada uma.

Poda de manutenção

Deve ser realizada sempre que notar folhas secas e flores murchas, além de galhos tortos, secos ou mal formados. Não há uma época especial para fazer essa poda, mas evite o alto inverno para que os futuros brotos não queimem com a geada. Lembre-se de uma regra de ouro para cultivar roseiras: a flor nunca deve morrer no pé.

Poda anual ou de formação

Costuma ser feita uma vez por ano, de preferência entre o final de junho e o começo de julho (nas regiões mais quentes do país) ou no começo de agosto (nas cidades de inverno mais rigoroso).

Há quem acredite que essa poda deva ser realizada no dia ou na véspera do São João (23 e 24 de junho), mas você não precisa ficar preso a essa crença – a tradição surgiu só para facilitar a lembrança de uma data anual.

A poda de formação serve para que a planta produza novos galhos e esteja bem florida na primavera e no verão. Corte bem embaixo, 5 gemas acima do solo.

O corte correto

Use tesouras de poda compatíveis com a espessura dos galhos, que tenham lâminas afiadas e estejam bem limpas – ferramenta cega e enferrujada “mastiga” o ramo, ferindo a roseira e atraindo doenças. Faça a poda num dia fresco, de preferência manhãzinha, cortando sempre na diagonal, perto de uma gema.

O formato final

Procure deixar o arbusto com a aparência final de uma “taça” – de um único tronco do chão devem partir de 3 a 5 galhos que não se cruzam. Ao se decidir entre duas gemas próximas, mantenha a que esteja voltada para o lado de fora da “taça”. Não tenha dó: de cada ramo bem podado vão surgir outros três, carregados de botões.

Veja também Dicas de cultivo, Hortas

Como plantar beterraba

Segredinhos

Pingue uma gota de própolis em cada corte do galho para estimular a rápida cicatrização e impedir que ele funcione como porta de entrada para doenças fúngicas e bacterianas. Aproveite os galhos eliminados para multiplicar suas roseiras: cada estaca tem 20cm e deve ser mantida em terra adubada à sombra até enraizar.

Comments

comments

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*