Como Os Homens Reagem Quando Terminam O Namoro?

De repente do riso fez-se o pranto, silencioso e branco como a bruma, e como numa poesia bacana do Vinícius vocês não estão mais juntos.

Aquele relacionamento que você não imaginava como poderia acabar acabou – o que talvez queira dizer que a sua imaginação não é tão boa assim – e aquele amor que ia durar pra sempre chegou até o final. E claro, coisa engraçada, o final de “pra sempre” caiu logo numa quarta-feira acabando com qualquer chance de que você assistisse direito o futebol na TV.

Você está então recém-solteiro e quase sempre num lugar relativamente escuro da sua vida pessoal, seja qual for a razão ou contexto em que o relacionamento acabou – se ela terminou contigo pra ficar com outro cara esse lugar escuro pode ser uma leve depressão, enquanto que se você terminou com ela porque foi adotado pelo Hugh Hefner e agora mora na Mansão Playboy, esse lugar escuro é provavelmente uma boate onde você está bebendo tequila no umbigo de uma modelo costa-riquenha.

Como Os Homens Reagem Quando Terminam O Namoro? Homens adoram lugares escuros (a ambiguidade é por sua conta).

Da forma que for, existe sempre uma série tradicional de processos pelos quais você vai passar com o final do relacionamento, tenha ele terminado ou começado da forma que for, e que você deve conhecer para poder se localizar e não ficar surpreso com nada do que vai acontecer. Vamos aos cinco mais clássicos entre eles.

O dia que parece ter 36 horas

Como qualquer pessoa sabe, relacionamentos exigem tempo.

Existem os programas em conjunto, existem as visitas aos pais e as viagens de final de semana, existe o teatro, existem os dias em que você fica por conta dela, os dias em que ela fica por conta de você e por aí vai, em toda aquela coisa part-time lover and full time friend que a Ellen Page e o Michael Cera tocaram no violão até que… bem, até que acaba. E aí as coisas podem ficar um pouco esquisitas.

Afinal, o seu tempo livre diário subitamente aumentou um bocado, como se seu dia tivesse do nada ganho mais horas, e como você não se lembra de ter combinado nenhum redução de jornada com o seu chefe e aquela visita rápida ao site da NASA confirmou que a rotação da Terra continua igual, esse evento só pode ter alguma relação direta com o final do seu namoro e o tempo que você deixou de passar com ela, que agora está sobrando no seu relógio e no seu cronograma mental.

Como Os Homens Reagem Quando Terminam O Namoro? O artesanato como opção pra ocupar as horas ociosas.

Não ter mais que se encontrar antes de ir ao cinema, buscar alguém em casa, almoçar com a família dela no domingo, fazer programas de casal na quinta à noite, atender telefonemas de madrugada porque ela teve um pesadelo esquisito, sair pra comprar coisas com o cunhado, levar a priminha pra ver Toy Story 3 e ter que fingir que não chorou no final (“Ah, foi só um… cisco… que caiu no meu olho quando Andy foi entregar os brinquedos…”), são alterações no seu calendário que adicionam horas que você nem notava que gastava – exceto no caso dos almoços, no qual você contava cada segundo – e que te dão a clara sensação de que agora existem horas sobrando com as quais você não sabe exatamente o que fazer.

O que, é claro, seria dramático, se a gente não conseguisse rapidamente suprir isso com atividades lúdicas como o pôquer, o futebol de meio de semana, mais cervejas com os amigos e a ressaca de domingo de manhã, enquanto assiste o campeonato italiano na televisão.

A necessidade de comer todo mundo

E você durante alguns anos foi um cara monogâmico, correto e fiel.

Aquela colega de trabalho se insinuava e você desencorajava de forma educada e sutil qualquer aproximação, aquela ex te ligava em tom de flashback e você dizia que agora estava comprometido, aquela garota na festa mexia contigo e você apenas sorria e acenava, como um pingüim de Madagascar, tudo porque gostava da sua namorada, se sentia feliz com ela, e não queria colocar tudo a perder.

Mas aí ela sai de cena e o senhor, que era pacato como um coelho felpudo num quintal de casa do subúrbio, subitamente se torna uma versão mais alucinada do diabo da tasmânia no cio.

Colegas, amigas, vizinhas, desconhecidas, ascensoristas, entregadoras, garçonetes, avós de amigos, ninguém está a salvo. O que, bem, é relativamente natural.

Fora a parte das avós, que é meio estranha, mas não vamos te criticar, relaxa.

Como Os Homens Reagem Quando Terminam O Namoro? “Se eu não voltar em três dias espere mais três, por favor.”

Primeiro porque organicamente a transição de “Faço sexo várias vezes por semana sem problemas” para “Faço sexo quando tenho alguma oportunidade” pode ser meio traumática – quando você namorava vocês faziam sexo na pia, agora você está solteiro e a pia serve pra… bem… pra essas coisas de pia – e você vai querer lutar pra manter o padrão anteriormente estabelecido de atividade sexual, uma causa que pode ser mais ou menos complicada, dependendo da habilidade de cada um nesse mundo além da cúpula do trovão que é a vida de solteiro.

E depois porque quando você ficar solteiro você vai querer saber o que poderia ter rolado em cada uma das oportunidades que não aproveitou, assim como vai querer aproveitar todo o tipo de oportunidade que puder, já que vai estar um tanto quando deslumbrado com a idéia de poder sair com qualquer garota que der na telha – e que topar, não vamos coagir ninguém, amigos – sem estar fazendo algo de errado, merecendo algum tipo de reprovação moral ou tendo que dizer que seu nome é Nelson, você está na cidade só a passeio e trabalha como corretor de imóveis em Manaus, mas não tem sotaque porque seus pais são cariocas. Não que eu vá mencionar nomes de amigos aqui, claro.

A vontade de voltar

Uma outra constante no período imediato ao final de namoro é que sempre vai passar pela sua cabeça pedir pra voltar.

Quer o final tenha sido causado pelo desgaste natural de qualquer relação e vocês tenham terminado de forma amigável, quer ele tenha sido causado pelo péssimo hábito dela de participar de orgias com times inteiros de flag football sem te avisar e vocês tenham terminado com dois amigos seus te segurando pra você não fazer com que ela engolisse aquela aliança de noivado, vai ter sempre um lado da sua cabeça que vai ficar repetindo, de forma constante e insistente, um “Ei, você não acha que deveria voltar? Pode ser bacana, cara!”.

Claro, não é o lado mais esperto da sua mente e muito provavelmente é a mesma parte do seu cérebro que te orienta a fazer coisas como andar de bicicleta gritando “Sem as mããããoooos!” ou colocar tequila na boca e atear fogo, mas bem, ele está lá, e ele está falando contigo.

Isso porque nessa fase inicial sempre que você se sentir sozinho, tiver um dia ruim, torcer a perna e ficar engessado em casa, sair com casais de amigos ou apenas beber demais e tiver um celular a mão, simplesmente vão sumir da sua cabeça todas aquelas 678 razões que vocês tiveram pra terminar, voltando à sua mente apenas coisas como o jeito como ela sorria, a forma como ela se espreguiçava de manhã ou aquela coisa com a pernas que ela fazia e nenhuma outra garota parece conseguir fazer – e olha que você já tentou explicar com um desenho.

Como Os Homens Reagem Quando Terminam O Namoro? E você não sabe de onde tiraram que ela era tão má e controladora assim…

Mas isso, é claro, passa.

Porque se vocês terminaram existe alguma razão e se você ligar, mandar uma mensagem ou realmente tomar a decisão voltar, é muito provável que rapidamente acabe se lembrando dessa razão, quase sempre quando menos espera, e se vendo de novo dentro de algo do qual você lutou pra sair – ainda que, ok, aquele lance das pernas realmente seja impressionante e tenha deixado saudades. Ou seja, nessas horas apenas respire fundo, segure sua onda e ligue pra outra garota ou apenas vá pra frente do Xbox e mate zumbis até a vontade passar.

A busca pelo tempo perdido

  • Assim como acontece na sua vida sexual, com a necessidade de compensar um período de monogamia com um período de promiscuidade freestyle unlimited estilo Pride 22 valendo atacar enquanto o juiz está distraído, na sua vida pessoal você também vai se sentir estimulado a suprir com um certo grau de exagero qualquer ausência social que você tenha tido durante o período em que namorava e muito possivelmente vai ser só nesse momento que você vai entender o efeito que o seu relacionamento teve no resto da sua vida pessoal.
  • Isso porque se você nunca deixou de estar próximo dos seus amigos e conseguiu conciliar de forma saudável namorada e rapaziada, você vai ser muito provavelmente recebido de braços abertos com a amizade e as cervejas que sempre são reservadas a todos os guerreiros que lutaram o bom combate, além de uma ou duas frases do tipo “Ah, mas você arruma outra mais gostosa” e “Nunca gostamos dela mesmo, na boa”.
  • Ao passo que se você tiver se distanciado ou perdido contato com os seus amigos, os seus telefonemas chamando pra beber aquele chopp maroto ou saber se ainda tem vaga naquela pelada de sábado no Boqueirão vão ser atendidos com um misto de descaso e sarcasmo que vai lembrar muito o Ricky Gervais apresentando o Globo de Ouro e tende a não te deixar tão feliz.

Como Os Homens Reagem Quando Terminam O Namoro? “Calma, é só uma festinha leve com uns amigos, pra compensar o tempo perdido, sabe?”

Leia também:  Como Saber Que A Cadela Esta Gravida?

Ou seja, quando você estiver recém-solteiro e na sua cabeça todos os dias da semana forem dias de bar – exceto a quinta, que é dia de boate de strip – é bom se certificar de ainda ter seus amigos por perto, porque essa coisa de ver as garotas no pole dance sozinho pode acabar ficando meio deprimente depois de um certo tempo. Não que eu saiba do que eu estou falando, claro.

A desconfiança

Como todas aquelas sábias avós diziam, enquanto faziam bolinhos de chuva e reclamavam dessas atrizes da televisão que usam roupas curtas demais, “Gato escaldado tem medo de água fria”.

E ainda que isso não se aplique literalmente na nossa vida com muita freqüência – eu mesmo nunca tentei escaldar um gato e depois enfiar ele num balde gelado pra ver o grau de ansiedade gerado no animal – ela várias vezes descreve um pouco o grau de desconfiança que surge na vida de um cara após um final de relacionamento.

Afinal, você teve um relacionamento sério, estável e, mesmo fazendo seu máximo de esforço ele, por razões que não convém listar – não quero ver ninguém chorando aqui

Quem sofre mais com o relacionamento: Homem ou Mulher?

Quem sofre mais com o fim do relacionamento? Realmente, desde que homens e mulheres se relacionam neste planeta, relacionamentos são construídos ou têm seu término.

E, temos que admitir que a qualquer momento, podemos nos deparar com essa realidade, por mais desagradável que seja.

Mas, a maneira de reagir diante desse quadro é muito pessoal, porém, existe um padrão quando analisamos diversos casais ao longo de vários anos. Existe um  padrão tanto masculino quanto feminino. 

Dá pra medir o grau de sofrimento que envolve o fim de um relacionamento?

Não. Não é completamente mensurável.

Mas, estudos e a experiência mostram alguns fatos relevantes, que vale a pena analisar. Eu vou me basear em estudos acadêmicos que pesquisei e na experiência de vários clientes que fizeram coaching comigo.

E, neste artigo eu trago à tona essas análises com o objetivo de tirar delas uma conclusão, de como se comportam homens e mulheres diante de um rompimento. E, realmente, a maneira de se administrar esse término de relacionamento é muito diferente entre os dois.

Bem como existe quase um padrão de comportamento estabelecido, quase um manual de como proceder.  Meu objetivo é te ajudar a ter mais dados para analisar esse assunto. E ao ver as diferenças saber avaliar que reação é mais inteligente e viável, mais prática para se administrar essa questão.

  Vejamos:

Quem sofre mais com o fim de um relacionamento: O HOMEM

Vamos analisar primeiro como o homem se comporta.

O homem, na sua vasta maioria, encara esse momento como oportunidade de demonstrar, ou reafirmar sua masculinidade. Demonstrar o quanto é forte diante de uma situação de fragilidade emocional.

Na maioria absoluta dos casos, o homem tenta demonstrar naturalidade  após um término. É uma atitude (nem sempre proposital), de fingimento, como se aquela situação não o abalasse tanto assim. Como eu disse, normalmente, é para reafirmar sua masculinidade.

Como Os Homens Reagem Quando Terminam O Namoro?

Logo, nas primeiras semanas, saem para o barzinho com os amigos, e ficam com a primeira mulher que aparecer

Procuram aparentar uma frieza e total falta de sofrimento. É uma maneira de tentarem superar, quase instantaneamente, aquele “ferimento”, como se tivessem já pronta uma fórmula de “cura”.

Logo de imediato, fazem algumas comparações da atual com a anterior, geralmente desqualificando a primeira. Ela não era tão interessante assim, nem tão linda assim, deixava a desejar na cama… e etc… 

Porém, daí vem a fase da razão. Depois que passa todo esse procedimento quase padrão de esquecimento, vem a fase de analisar os motivos e os porquês do rompimento anterior. E, é aí que a coisa fica feia!

Pois geralmente, nessa fase batem os arrependimentos. É quando percebem que pisaram na bola, de alguma forma. Ou deixaram a desejar a ponto de precipitarem o rompimento.

Então vem  a depressão e a tentativa desesperada de reatar o relacionamento. Aí, então, ficam enclausurados, tristes, e demonstram com toda intensidade toda a frustração e tristeza que aquele perda lhe traz.

E passam a dar passos, tomar atitudes impensadas para tentar a reconquista. A falta de clareza e equilíbrio emocional fatalmente vai atrapalhar bastante neste momento.

Não conseguem traçar uma estratégia nem de reconquista nem de superação.

E, quando não conseguem, passam aí sim, a sofrer completamente tudo o que não sofreram antes. E, na maioria dos casos, por muito mais tempo. É a famosa fase em que ficam “esfregando o chifre no asfalto”.

Como eu disse não é o caso de todos os homens, mas é como a maioria se comporta nesses casos.

Quem sofre mais com o fim de um relacionamento: A MULHER

Vamos focar agora na atitude da maioria das mulheres.

A mulher em situações como essa, deixam geralmente aflorar toda a sensibilidade feminina. E, quase sempre, não escondem seu sofrimento e dor diante desse provável fim.

A verdade é que as mulheres sofrem mais. Com um detalhe: sofrem mais a princípio.

Sim, as mulheres tendem a sofrer tudo, ou assimilar toda a carga emocional daquele momento. Assimilar todo o “processo”, por assim dizer. Não se poupam, nem procuram maquiar os sentimentos.

Os primeiros dias, ou semanas, são realmente bastante difíceis, pois fazem um verdadeiro balanço de tudo o que aconteceu, como aconteceu, por que aconteceu, o que se deixou de fazer, etc.

Além dessa análise, também, se entregam às emoções que acompanham esse momento, choram, se queixam à melhor amiga, ficam a sós para reflexão, etc.

Portanto, sofrem tudo o que tem para sofrer com toda a sua intensidade e…

Então, chega! 

Passam ou a considerar uma provável reconquista, se for o caso, ou a passar para a fase da superação(aceitar a perda). E superação com qualidade, com mais determinação e uma posição de que estão resolvidas a dar a volta por cima. Geralmente, agora estão prontas para executar um planejamento, ou estratégia quanto àquele relacionamento.

Sem se falar que geralmente, as mulheres saem desse processo até mais bonitas fisicamente, pois, na sua maioria, vão para uma academia ou aprendem a dançar, ou uma atividade esportiva, etc.

Enfim, as atitudes femininas são, na maioria, coerentes e práticas para ajudar no andamento do processo. Quando isso não acontece, é sempre bom contar com alguém especial, ou ajuda especializada e profissional para colocar “as ideias em ordem”.

Quem sofre mais com o fim de um relacionamento: CONCLUSÃO

Portanto, se a princípio as mulheres sofrem mais, sofrem com “qualidade”. É um sofrimento com objetivo prático. Com a expectativa de resolver dentro de si mesmas aquele assunto. E ficam prontas: ou para partir para a reconquista, ou para partirem para outro relacionamento.

Já os homens, por geralmente fingirem uma superação que não é verdadeira (na maioria dos casos)  acabam deixando de ter atitudes práticas e objetivas, e quando se dão conta de que precisam “correr atrás”, às vezes já não encontram mais uma situação, ou clima para reconquista.

Por isso é que em meus vídeos, e-book e coachings eu passo dicas e conselhos práticos para a manutenção de um relacionamento saudável entre casais. Ou dicas de como reconquistar, se é a decisão que foi tomada.

Como Os Homens Reagem Quando Terminam O Namoro?

Se você estiver precisando dessa ajuda personalizada, pode contar comigo, ok? E nos siga no YouTube, diariamente postamos vídeos sobre vários assuntos.

Um forte abraço,

Como Os Homens Reagem Quando Terminam O Namoro?

Veja 10 atitudes que ele adota para que você termine com ele

Como você já deve saber, há homens que não são capazes sequer de terminar um relacionamento. Eles preferem seguir uma estratégia para que suas parceiras se sintam culpadas pelo fim da relação. Por fim, é nossa a responsabilidade do “trabalho sujo”, ou seja, de colocar um ponto final na crise.

Quando os sentimentos se esgotam, não há trégua que agüente as constantes brigas. Este é o momento de parar para pensar e encarar a realidade. O mais certo é terminar, mas justamente aí que surgem os problemas.

Como acabar com a relação? O que dizer? Como não ferir seus sentimentos? Antes de chegar a esse ponto, muitos casais continuam juntos, esperando que o outro tome a decisão.

E os homens são os campeões nesse tipo de atitude. É uma postura cômoda, mas nada leal, pois responsabiliza o outro pela decisão da ruptura.

Como Os Homens Reagem Quando Terminam O Namoro?

Ele vai fazer de tudo para que a relação fique insuportável
Foto: iStock

Confira a seguir quais são as atitudes masculinas que indicam que ele quer terminar, mas não tem coragem de agir.

1- Falta de curiosidade Se antes vocês passavam o dia conversando até mesmo sobre as coisas mais ridículas, agora o silêncio toma conta da situação. O desinteresse chega a tal ponto que ele não quer nem saber se você saiu mesmo com as amigas ou se foi com outro homem.

2- Mulher invisível Você percebe que não há mais diálogo. Ele se faz de surdo e nem sequer nota a sua presença, ainda que esteja completamente nua.

3- Falta de desejo sexual Se um homem não tem vontade de ter relações sexuais com sua parceira é sinal de que a situação realmente é grave.

4- Cadê o afeto? Antes ele era um dengo só, agora os carinhos se foram junto com as palavras ternas que ele lhe dizia. Às vezes vocês se tratam com tanta formalidade que parecem desconhecidos.

5- Discussões explosivas Ele já não tem nenhuma gota de paciência. E, o que antes era motivo de risadas, hoje não tem mais graça alguma. 

6- Relações paralelas Mesmo que ele não tenha outra, faz questão de agir para que você pense isso. Marcas de batom na camisa, mensagens equivocadas com o nome de outra para o seu celular. Tudo para que você tome a iniciativa e o mande embora da sua vida.

Leia também:  Como Saber Que Uma Imagem Tem Direitos Autorais?

7- Fuga Se antes ele fazia o impossível para chegar mais cedo em casa, agora ele faz questão de estender o trabalho até altas horas. Ele só volta para casa quando tem a certeza que você já estará dormindo. E se você pensa que irão se encontrar no café-da-manhã, está enganada. Ele sai cada vez mais cedo, sempre dizendo estar atrasado para alguma reunião.

8- Noitadas com os amigos Acabaram-se os jantares românticos. Ele convida todos os amigos sempre que planejam um programa. E até mesmo os chama para passar o domingo todo na sua casa para assistir a um filme, fazer churrasco, enfim, os momentos a dois são cada vez mais raros.

9- Enfatiza seus defeitos Ele sabe o quanto você odeia que seus defeitos sejam lembrados, sejam eles físicos ou de personalidade. Pois bem, isso se tornará freqüente na relação. A intenção dele é que você não suporte mais essa convivência e que, ao menos, peça um tempo.

10- Sinceridade exagerada Quando uma mulher pergunta se engordou, se o cabelo perdeu o corte ou outras coisas desse tipo, mesmo que o homem note e concorde, ele jamais revela sua opinião. A menos que ele queira deixá-la furiosa. Então, se for essa a intenção, pode se preparar para a avalanche de respostas “sinceras” para essas perguntas aterrorizantes.

Veja também

Gasto em fotos extravagantes de casamento vira moda na China:

Como Os Homens Reagem Quando Terminam O Namoro?

Casais que moram juntos dividem mais bactérias nos pés:

Como Os Homens Reagem Quando Terminam O Namoro?

Sandro Arquejada

Homem e mulher reagem de forma diferente ao término de um relacionamento

O artigo anterior foi sobre a reação das mulheres quando o namorado rompe o relacionamento. E o homem? Como ele pensa? Como se dá a resposta dele quando é a namorada que termina? Com certeza, é diferente da mulher.

Como Os Homens Reagem Quando Terminam O Namoro?

1º Estágio: Inconformismo

“Inconformado” significa fora da forma (da situação) ou destoante, diferente do molde.

O rapaz sente-se incompreendido, não entende por que seus esforços e suas demonstrações de amor para com ela não tiveram efeito.

Simplesmente, ele não consegue se imaginar vivendo essa situação, não consegue se ver dentro dessa realidade. Alguns nem admitem que a ex-namorada é livre e pode não querer mais estar com ele.

Nós homens somos mais voltados às coisas práticas e pouco dados à subjetividade, então pensamos que quase tudo funciona no formato: ação e resultado.

Portanto, se ele lutou para o relacionamento dar certo, a situação final deveria ser correspondente ao seu empenho”.

Entretanto, as mulheres são subjetivas, ou seja, nem sempre para elas 2 + 2 = 4, mas tudo depende, para além do óbvio, do que se vê e do que se toca.

Ele não desacredita de si, mas se vê atordoado.

 Também é verdade que o homem é mais inclinado à agressividade e impulsividade; portanto, cuidado se lhe ocorrer um sentimento de raiva da “ex” e vontade de se vingar de forma, física, verbal ou com algumas torturas psicológicas como provocações ou retenção de coisas que pertencem a ela e que estão com você. Nunca ceda a esses desejos, pois você se arrependerá depois desses atos tão maus ou mesmo cometerá um crime.

Bom, você já aprendeu que seus esforços podem ser frustrados.

A boa notícia é que isso vai passar! Sistematicamente (como gostamos de entender as coisas), se você não ficar focado na dor e tocar sua vida para frente, uma hora a esquecerá.

Tente se perguntar “o que posso fazer agora?” e não “como será minha vida daqui para frente?”. A primeira pergunta denota reação; a segunda, prostração diante do fato.

2º Estágio: Querer mostrar para ela que está bem

Depois de algumas semanas do término do relacionamento, ele ainda a ama e está com o coração partido, mas num encontro casual com a “ex”, faz questão de rir junto aos amigos e, quem sabe, até demonstrar que está com uma nova companhia. Se a ex-namorada se aproxima e pergunta: “Como vai?”, o homem diz que está “Tudo ótimo!”, pode até continuar conversando, mas não toca no assunto do rompimento e relata tudo o que está fazendo e como está feliz.

Até aí tudo bem. Não seria mesmo positivo “choramingar” para ela nem para as amigas dela. Mas você precisa ter um amigo com que possa por para fora aquilo que se passa dentro de você; e é importante que seja um homem, para não acontecer de você desabafar com uma amiga e um de vocês confundirem amizade com conveniência.

3º Estágio: Indiferença

Neste ponto, o homem quase já desencanou da “ex”, mas ainda não totalmente. Ele agirá com indiferença, sem querer saber o que ela está fazendo de sua vida, se ela está bem ou não, e até ficará distante do mundo dela.

No fundo, não significa que ele não será solidário à antiga namorada, mas se esforçará em sobrepor pensamentos de desdém à frente de seu sentimento que ainda fumega.

“Não tô nem aí”, “O que ela faz é problema dela” e, se por acaso, ela aparecer com um novo namorado, o homem emenda: “Quem teve mais prejuízo foi ela; afinal, eu a faria mais feliz do que esse outro rapaz”.

Ok! Você está progredindo. Mas cuide de ficar apenas com aquilo que foi bom. Não se deixe levar pela tendência de menosprezar o relacionamento todo nem a pessoa toda. É justo você se afastar, porque precisa de um tempo para se “desapaixonar”, mas a indiferença é a antessala da falta de perdão, e esta última é capaz de matar sua esperança e capacidade de amar.

4º Estágio: Perdão e fechamento do processo

Nesta fase, você já voltou a sorrir, consegue até encontrar a “ex” sem nada de ruim dentro de si, mesmo que ela esteja acompanhada. Até pensa “aprendi a ser melhor depois dela”.

É isso aí! Não há dor que perdure para sempre; e quando se confia no Senhor, não há mal que não possa ser revertido em algum bem.

Leia mais:

:: Como saber se ele está apaixonado? 
:: Não sou mais virgem, mas quero um namoro santo
:: As fases do namoro

Como Os Homens Reagem Quando Terminam O Namoro?

Missionário da Comunidade Canção Nova, Sandro Arquejada é formado em Administração de Empresas pela Faculdade Salesiana de Lins (SP). Atualmente, trabalha na Editora Canção Nova. Autor de livros pela Editora Canção Nova, ele já publicou três obras: “Maria, humana como nós”; “As cinco fases do namoro”; e “Terço dos Homens e a grande missão masculina”.

Relacionados

O ponto final – Qual é a dificuldade dos homens em dar fim a um relacionamento?

Como Os Homens Reagem Quando Terminam O Namoro? Divulgação

Está na cara que o relacionamento de vocês anda de mal a pior. Implicância demais, paciência de menos e sexo, que é bom, nem pensar. Por mais que o namoro vá mal para os dois, você tem a mais absoluta certeza de que ele não vai tomar a atitude de terminar. Parece que os homens têm imensa dificuldade de botar um ponto final nas histórias e preferem empurrar uma relação fracassada com a barriga.

TESTE: VOCÊ ESTÁ PRONTA PRA SEGUIR EM FRENTE?

As mulheres reclamam da falta de atitude deles para encerrar o que já acabou. Seria medo, insegurança? A publicitária Bruna D., 31, acha que os homens são uns fracos. “Nos meus dois últimos relacionamentos foi assim: não estava bom, mas tinha certeza de que o meu namorado jamais terminaria comigo.

Não significa que ele acreditasse que o namoro ia ter uma reviravolta, mas que era um covarde”, ataca. A bióloga Cláudia R., 33, diz que os homens deixam o trabalho sujo para as mulheres. “Eles fingem que o casamento vai bem, falam que está tudo ótimo e não tentam nada para salvar a relação.

Daí, quando levam o pé na bunda, ficam tontos”.

Eles não suportam a solidão e arrumam outra, não importa quem seja. Eles ficam com a primeira que aparecer. Enquanto isso, a mulher fica chorando, apaixonada

Comodismo?

Perguntamos a um arquiteto de 25 anos, a um redator de 30 e a um químico de 35 os motivos que levam um homem a empurrar um relacionamento com a barriga.

O primeiro disse que isso varia de homem pra homem, mas o motivo mais comum é a acomodação. “A gente já conhece aquela pessoa, está habituado às suas qualidade e defeitos.

Também bate um medo de terminar e ficar sozinho”, revela ele, que não acredita que um homem continue num namoro apenas por receio de fazer a namorada sofrer e vê-la chorar.

“Homem é mais egoísta e não pensa se a mulher vai chorar ou se matar por causa deles”, diz.

O segundo acredita que os homens têm, sim, mais dificuldades para terminar um relacionamento em decadência do que as mulheres. Também apontou o comodismo: “Os homens são mais acomodados e conseguem viver mais tempo com uma situação incômoda do que as mulheres. Pequenas coisas podem prender-nos ao relacionamento como fazer sexo com frequência.

Além disso, bate um medo de ficar sozinho, de não achar outra pessoa, de ter que começar tudo de novo, sem garantias”. Para ele, a possibilidade da mulher abrir o berreiro faz com quem o homem pense mil vezes antes de chamar para uma conversa. “Vocês choram! Vocês chamam o homem da canalha. Vocês transformam aquilo num drama.

Fazemos qualquer coisa para evitar a catarse”, confessa.

O terceiro entrevistado, o designer de 35 anos, diz que a mulher é mais impetuosa. “Age apaixonadamente, tem coragem pra largar tudo e começar de novo – principalmente se já tiver um amante”, acredita, confirmando que homem é diferente e prefere ir levando. “Há homens muito comodistas.

Traem aqui e ali e vão levando com a esposa porque ela é legal, cuida dele etc”, revela, lembrando que no passado as mulheres dependiam financeiramente dos maridos e, por isso, não podiam abandoná-los. “Hoje ela pode chutá-lo mais facilmente.

Sexo frágil é o homem, que precisa de cuidados o tempo todo, que não aguenta nem uma dor de dente”, diz.

Leia também:  Quais Os Tipos De Fibra Que Atuam Como Prebióticos?

O outro lado da moeda

Então, por unanimidade, fica determinado que homem não termina namoro por comodismo? A psicóloga Maria Manuela Ferreira não acredita nisso. “Pelo que vejo na minha clínica, nem sempre os homens têm mais dificuldades.

Ao contrário, as mulheres ficam mais apegadas e não conseguem abrir mão do parceiro. Já o homem larga a mulher e nem dá notícia”, garante ela, que concorda que os homens têm medo de ficar sozinhos. “Eles não suportam a solidão e arrumam outra, não importa quem seja.

Ficam com a primeira que aparecer. Enquanto isso, a mulher fica chorando, apaixonada”, afirma.

Segundo a terapeuta de casais Fernanda Teixeira, não se pode generalizar. “Há homens bastante intempestivos e também mulheres muito passivas.

Além disso, antes de terminar um relacionamento, o ser humano, homem ou mulher, se depara com a dificuldade de encerrar uma etapa“, afirma, lembrando que é preciso muita segurança para colocar o ponto final em um relacionamento.

Para a terapeuta, empurrar uma relação com a barriga é um sinal de comodismo. “É deixar que o outro resolva a situação por você”, explica.

Mariana Mattos, psicóloga especialista em relacionamento amoroso, afirma que a dificuldade em terminar uma relação não tem a ver com gênero: “Depende muito mais do jeito de cada um do que do fato de ser homem ou mulher”. Ela lembra que há pesquisas interessantes que revelam que homens e mulheres têm expectativas diferentes num casamento.

“Quando as mulheres reclamam que o relacionamento vai mal e os maridos alegam que está 'tudo bem' é porque, para eles, está tudo bem mesmo”, explica, salientando que as prioridades são diferentes entre homens e mulheres. “Falta de amor, por exemplo, pode ser um bom motivo para uma mulher terminar um casamento. Já para o homem, não.

Ele pode considerar o status social mais importante”, finaliza.

LEIA TAMBÉM:

– Ele não se decide! – Ele é indeciso e você não vê futuro na relação? Tome uma atitude

– Visões femininas do amor – A paixão e o amor no olhar de mulheres de 20, 30, 40…

Um homem pode terminar um relacionamento ainda estando apaixonado e estes são os motivos

Terminar um namoro ou um casamento é sempre muito complicado, sobretudo quando as duas pessoas estão juntas há muito tempo e quando a decisão é inesperada.

A situação fica ainda mais complicada quando, apesar da decisão de terminar, o homem sente que o amor ainda não acabou.

E isso acontece sim, principalmente porque alguns caras terminam relacionamentos por outros motivos, mesmo ainda estando apaixonados.

Hoje, o Incrível.club vai mostrar quais são os motivos que levam um homem a terminar um relacionamento mesmo ainda vivendo uma paixão.

© Good Will Hunting / Walt Disney Studios

Apesar do que se possa pensar, existe algo que os homens morrem de medo de perder: a sua identidade. Quando eles recusam um relacionamento é muito provável que haja algum tipo de medo de que deixem de ser eles mesmos.

A ideia de que um casal deve fazer absolutamente tudo junto pode parecer muito romântica, mas não é completamente certa. Para eles, conservar a identidade é uma das prioridades, e alguns homens não estão dispostos a transformar o ’você e eu’ em ’nós’ tão facilmente.

Quando essa ameaça é detectada, eles decidem terminar, ainda que estejam apaixonados.

© The Break Up / Universal Pictures

No começo, todas as relações são sorrisos e grandes descobrimentos. Com o tempo, é normal que as discussões comecem a aparecer e é sempre complicado encontrar um ponto de equilíbrio para o casal.

O que acontece é que algumas vezes, sem percebermos, chega um momento em que as alegrias do começo são completamente substituídas pelas brigas e pelas discussões.

Quando o homem não consegue visualizar um momento agradável com a outra pessoa, enxerga a situação como um sinal de que é melhor partir para outra.

© High Fidelity / Walt Disney Studios

É duro aceitar que nem todo mundo considera o relacionamento uma prioridade. Isso não significa que a pessoa não esteja apaixonada. Em geral, esse tipo de situação ocorre mais com os homens do que com as mulheres.

Elas costumam fazer muitas coisas ao mesmo tempo e sempre encontram tempo para o amor.

Já os homens não conseguem lidar com tudo ao mesmo tempo e, quando há algo no meio do caminho, como a carreira ou algum conflito familiar, podem deixar o relacionamento em segundo plano e terminar a história mesmo estando apaixonados.

© The Great Gatsby / Warner Bros. Movies

Ter espaço para fazer as próprias coisas é vital para uma relação, tanto para homens como para mulheres. Contudo, eles parecem precisar de mais espaço.

Entrar em uma rotina na qual não há espaço para os próprios pensamentos ou passatempos faz com que as pessoas se sintam presas. Nesses momentos, os homens correm para a ’solteirice’, como se ela representasse uma zona de conforto.

O importante é sempre deixar a relação fluir e não forçar os momentos juntos.

© Phantom Thread / Universal Pictures

O amor não é tudo em um relacionamento e talvez isso seja o mais difícil de aceitar. Não importa o nível de atração e de empatia entre duas pessoas, os homens sempre pensam em fatores mais práticos em primeiro lugar.

Enquanto as mulheres sempre procuram alimentar o amor e a paixão, eles sempre olham para a relação de uma maneira mais pragmática, pensando aonde o caminho que o casal está percorrendo os está levando.

É por isso que diferentes objetivos e estilos de vida muitas vezes são motivos que levam ao fim de relacionamentos.

© Blue Valentine / Silverwood Films

Os homens são geralmente os que procuram conquistar as mulheres e, ainda que seja verdade que eles gostem de tomar a iniciativa, também é verdade que valorizam um reconhecimento.

Algumas mulheres, com medo de que o homem perca o interesse nelas, começam a jogar e se fazem de inalcançáveis.

Por maior que seja o amor do homem em relação a uma mulher, é normal que isso gere uma grande desmotivação, e pode inclusive levar o homem a terminar o relacionamento.

© He's just not that into you / Warner Bros. Pictures

Esse ponto se relaciona à atração física do casal. Todas as relações começam com uma atração única.

À medida que o tempo vai passando, as pessoas deixam de priorizar o autocrescimento da relação e começam a procurar outras metas de vida.

Nesse sentido, pode haver uma desconexão entre o casal; ou seja, uma falta de sintonia emocional. Isso pode fazer com que um perceba o outro como um incômodo, e não como um apoio.

© Grown Ups / Sony Pictures

O amor pode ser realmente desafiador. A cada dia que passa em um relacionamento, o casal fica mais unido e a pressão para que o compromisso se formalize aumenta.

Começar a fazer coisas que antes não fazíamos, compartilhar situações e entrar na família do outro, ou até mesmo a ideia do casamento, podem ser temas de muito conflito. Alguns homens não se sentem prontos para assumir compromissos mais sérios.

Isso não significa falta de amor, mas pode levar a um distanciamento definitivo.

© Her / Warner Bros. Movies

Uma das diferenças entre homens e mulheres é que quando as mulheres falam sobre seus problemas, eles parecem menos importantes do que o estresse que causam.

Por outro lado, quando os homens falam sobre suas preocupações, o assunto se transforma em algo super importante.

Isso não significa que a comunicação entre o casal não possa funcionar, mas a maneira de abordar os problemas durante as conversas pode fazer com que a outra pessoa não seja suficiente em relação ao que acha que se espera dela.

E você, terminaria um relacionamento se ainda gostasse da outra pessoa? Já viveu esse tipo de situação? Conte nos comentários.

Imagem de capa The Great Gatsby / Warner Bros. Movies

Quem sofre mais com o fim de um relacionamento? Homens ou mulheres?

Nós já contamos para você o que acontece com o cérebro de quem leva um pé na bunda, e é senso comum acreditarmos que, quando um relacionamento acaba, quem sofre mesmo são as mulheres. Acontece que senso comum, como já se sabe, nem sempre condiz com a realidade.

Uma pesquisa divulgada pelo jornal britânico The Independent revelou que, na verdade, são os cuecas quem mais se dão mal quando a paixão chega ao fim – pelo menos quando consideramos questões relacionadas ao tempo. Basicamente um grupo de pesquisadores descobriu que, enquanto as mulheres sentem o fim do relacionamento de maneira mais intensa, os homens são os que ficam tristes por mais tempo.

De acordo com o pesquisador Craig Morris, da Universidade de Binghamton, isso ocorre por questões biológicas. Ele explica que, para as mulheres, é ruim namorar a pessoa errada, então por isso elas conseguem aceitar o fim de um namoro e começam a escolher outra pessoa com mais facilidade.

“Mulheres evoluíram para investir muito mais em um relacionamento do que os homens. Um breve encontro romântico pode resultar em nove meses de gravidez enquanto que o homem pode ‘sair de cena’ literalmente alguns minutos depois do encontro”, pondera o pesquisador.

Em seu estudo, Morris avaliou as respostas dadas por 5.705 pessoas de 96 países diferentes. Elas falaram sobre níveis de investimento emocional e dor com relação ao fim de um relacionamento – nesse aspecto, as mulheres parecem investir mais na relação e, quando ela acaba, sentem mais dor.

Como são mais seletivas na hora de encontrar um bom parceiro, as mulheres parecem superar o término com mais facilidade, até porque contam com a ajuda de seus amigos – inclusive na hora de encontrar um novo candidato ou uma nova candidata à vaga que acabou de abrir.

Os homens, por outro lado, são competitivos, e isso se reflete na hora de encontrar uma nova pessoa para namorar.

Nesse sentido, quando eles perdem a mulher que consideravam perfeita, podem ficar na foça por meses ou até anos.

Então, em resumo, podemos dizer que a mulher sofre muito com o fim do relacionamento, mas por pouco tempo; já o homem sofre de maneira mais branda, mas por muito mais tempo.

Além dessas informações, Morris nos chama a atenção para o fato de que as mulheres têm mais a perder quando estão com o parceiro errado. Segundo ele, é por isso que quem coloca um ponto final no relacionamento amoroso geralmente é a mulher – nos EUA, 70% das relações que acabam em divórcio chegaram ao fim por decisão das mulheres.

*Publicado em 17/08/2015

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*