Como Fazer Com Que O Periodo Venha Mais Rapido?

Os chás para descer a menstruação atrasada são aqueles que causam a contração do músculo uterino e que, por isso, estimulam a descamação do útero.

A maior parte dos chás usados para este fim não possuem comprovação científica em humanos, mas são utilizados muito frequentemente na medicina tradicional de alguns continentes, especialmente na América do Sul, África e Ásia. Além disso, algumas plantas também possuem resultados comprovados em investigações feitas em ratos.

Antes de tomar qualquer um destes tipos de chá, é necessário que a mulher faça um teste de gravidez para ter certeza que não está grávida, para não prejudicar o desenvolvimento do bebê, pois qualquer chá indicado para descer a menstruação pode afetar gravemente a gestação.

Confira as 9 principais causas para a menstruação estar atrasada.

1. Chá de gengibre

Como Fazer Com Que O Periodo Venha Mais Rapido?

O chá de gengibre é considerado seguro na gravidez, desde que utilizado em doses baixas de até 1 grama e por um máximo de 3 a 4 dias seguidos. Em doses mais altas, esta raiz parece ter a capacidade para levar o útero a contrair.

Dessa forma, o chá de gengibre pode ser utilizado perto do dia da menstruação para estimular o sangramento uterino.

Ingredientes

  • 2 a 3 cm de raiz fresca de gengibre fatiada;
  • 1 xícara de água fervente.

Modo de preparo

Colocar as fatias de gengibre na xícara com água e deixar repousar por 5 a 10 minutos. Depois, coar e beber 2 a 3 vezes por dia.

As fatias de gengibre podem ser re-utilizadas para fazer 2 ou 3 xícaras de chá, sendo que, para isso, se pode fazer pequenos cortes nas fatias a cada utilização, para facilitar a liberação de mais substâncias.

2. Chá de sene

Como Fazer Com Que O Periodo Venha Mais Rapido?

O sene é uma planta com alto poder laxante, mas que também causa a contração do útero. Isso acontece porque contém substâncias que estimulam a contração da musculatura lisa, que é o tipo de músculo presente no intestino, mas também no útero.

Assim, além de tratar a prisão de ventre, este chá também pode ser usado por mulheres que desejam estimular a menstruação.

Ingredientes

  • 2 gramas de folhas de sene;
  • 1 xícara de água fervente.

Modo de preparo

Colocar as folhas de sene na xícara com água fervente e deixar repousar por 5 a 10 minutos. Depois coar e beber 2 a 3 vezes por dia.

Por ser laxante, é normal que o chá de sene cause diarreia, especialmente se a pessoa não estiver sofrendo com prisão de ventre. Idealmente, este chá não deve ser usado por mais do que 3 dias, já que pode causar muito desconforto abdominal, além de contribuir para a perda de água e minerais pela diarreia.

3. Chá frio de folhas de rabanete

Como Fazer Com Que O Periodo Venha Mais Rapido?

Estudos feitos com o rabanete indicam que o chá frio das folhas tem ação estimulante do útero, facilitando a menstruação. Este efeito parece estar relacionado com a presença de saponinas e alcaloides que levam a musculatura lisa do estômago, intestino e útero a contrair.

Ingredientes

  • 5 a 6 folhas de rabanete;
  • 150 ml de água

Modo de preparo

Colocar as folhas de rabanete e a água num liquidificador. Depois bater bem até ficar com uma mistura homogênea e filtrar com um coador. Beber 2 a 3 copos por dia.

As folhas de rabanete são seguras para a saúde e bastante nutritivas, contendo grandes quantidades de vitamina C e outros antioxidantes que ajudam a manter o corpo saudável.

4. Chá de orégano

Como Fazer Com Que O Periodo Venha Mais Rapido?

O orégano é uma erva aromática que é usada em algumas culturas para aumentar a circulação sanguínea no útero e estimular a contração uterina, sendo usado na fase final da gestação para facilitar o trabalho de parto. No entanto, e devido Às suas propriedades, o orégano também pode ser capaz de estimular a menstruação.

Ingredientes

  • 1 colher (de sopa) de orégano;
  • 1 xícara de água fervente.

Modo de preparo

Colocar 1 xícara de água fervente sobre as folhas de orégano durante 5 minutos. Depois, deixar amornar, coar e beber 2 a 3 vezes por dia.

Quem não deve tomar estes chás

Os chás para ajudar a descer a menstruação causam alterações no fluxo sanguíneo uterino ou na contração dos músculos do útero e, por isso, não devem ser utilizados quando existe suspeita de gravidez, já que podem causar graves alterações no desenvolvimento do bebê.

Além disso, como alguns chás podem ter efeito laxante, devido às alterações na contração dos músculos lisos, também não devem ser usados em crianças ou idosos, sem orientação de um médico.

Por que a menstruação pode atrasar

A principal causa da menstruação atrasada é a gravidez, mas as alterações hormonais, estresse excessivo e o grande consumo de alimentos com cafeína, como chocolate, café e coca-cola também podem alterar o ciclo menstrual. Além disso, outras doenças como a síndrome do ovário policístico também pode levar a menstruação a atrasar ou adiantar. Saiba mais sobre as causas de menstruação atrasada.

Nos casos, em que a mulher está com dúvida se está grávida, não deve tomar nenhum destes chás. Faça o nosso teste online para saber qual o seu risco de estar grávida:

Quando ir ao médico

O atraso na menstruação é um acontecimento relativamente comum e que acontece pelo menos 1 vez na vida de quase todas as mulheres. Na maior parte das vezes esse atraso está relacionado com pequenas alterações no equilíbrio hormonal, que acabam se resolvendo naturalmente em poucos dias.

No entanto, se o atraso acontecer por mais de 1 semana ou se for acompanhado de cólica ou dor abdominal muito intensa, o ideal é consultar um ginecologista para identificar a possível causa.

Como fazer a menstruação descer ou parar antes do tempo? – Seleções

Que mulher nunca passou por um período menstrual inconveniente? E assim, buscou por métodos de como fazer a menstruação descer ou parar de descer antes do tempo?

Pode ser em razão da proximidade de uma festa, ou então de uma viagem muito aguardada. Bem, nesses casos, existem algumas formas de estimular o organismo a adiantar o período menstrual.

Mas, atenção, antes de seguir qualquer uma das dicas a seguir é importante sempre consultar uma ginecologista. E isso porque alguns dos métodos, como alguns chás, podem conter substâncias abortivas.

Já é de conhecimento universal que a medicina baseada em remédios naturais consegue realizar alguns feitos um tanto impressionantes. Os chás de ervas emenagogas, que estimulam o fluxo sanguíneo na região pélvica e no útero, são bastante famosos por provocar a menstruação.

Como fazer a menstruação descer antes do tempo com chás:

Como Fazer Com Que O Periodo Venha Mais Rapido?(Imagem: ChamilleWhite/iStock)

1. Chá de gengibre

Essa raiz é quase um deus dos chás! Ajuda em muita coisa: artrite, má circulação, pressão alta, dores musculares, colesterol alto, resfriado, gastrite e até mesmo no emagrecimento.

Leia mais: Conheça os muitos benefícios do gengibre

Em certa quantidade ele também pode causar a contração do útero, estimulando a menstruação.

Os ingredientes são:

  • 2 a 3 cm de raiz fresca de gengibre fatiada
  • 1 xícara de água fervente

Modo de preparo:

Coloque as fatias de gengibre na xícara com água e deixe repousar por 5 a 10 minutos. Depois, coe e beba de 2 a 3 vezes por dia.

2. Chá frio de folhas de rabanete

As folhas de rabanete têm saponinas e alcaloides que levam a musculatura lisa do estômago, intestino e útero a contrair. E assim, fazem com que a menstruação desça antes do tempo.

Os ingredientes são:

  • 5 a 6 folhas de rabanete
  • 150 ml de água

Modo de preparo:

Bata em um liquidificador as folhas de rabanete e a água até ficar com uma mistura homogênea. Em seguida, filtre com um coador. Beba de 2 a 3 copos por dia.

3. Chá de orégano

Quem pensa que o orégano é apenas um complemento da pizza está enganado. O chá da erva também traz muitos benefícios como controle de pressão arterial, auxílio em tratamentos de insônia, ação antibacteriana e anti-inflamatória, entre outras vantagens.

Os ingredientes são:

  • 1 colher (sopa) de orégano
  • 1 xícara de água fervente

Modo de preparo:

Coloque 1 xícara de água fervente sobre as folhas de orégano durante 5 minutos. Espere ficar morno, coe, e beba de 2 a 3 vezes por dia.

4. Chá de sene

Apesar de não ser uma das ervas mais famosas desta lista, sene também entra aqui como uma das que estimulam a contração do útero. E, assim, a menstruação.

Os ingredientes são:

  • 2 gramas de folhas de sene
  • 1 xícara de água fervente

Leia mais: Tudo o que você precisa saber sobre o uso de laxantes

Modo de preparo:

Coloque as folhas de sene na xícara com água fervente e deixe repousar por 5 a 10 minutos. Depois coe e beba de 2 a 3 vezes por dia.

Atenção: por ter um efeito laxante, é normal que após tomar o chá ocorra episódios de diarreia, principalmente se essa pessoa não estiver sofrendo de prisão de ventre.

E quanto ao sexo?

Imagem: IStock

  • Além dos chás, para quem quer saber como fazer a menstruação descer antes do tempo, aqui vai outra artimanha: sexo!
  • Durante o ato, caso esteja sendo prazeroso, o útero tende a dilatar, criando um vácuo, o que pode estimular a menstruação a descer.
  • Caso você esteja sofrendo com atrasos em sua menstruação, é recomendável que procure uma ginecologista antes de que qualquer método seja aplicado, pois existem muitas causas para a irregularidade no ciclo menstrual, além da gravidez.
Leia também:  Como Evitar Que A Bolsa Estoure?

Leia mais: 6 doenças que podem tornar o ciclo menstrual irregular

Por outro lado, a causa do atraso pode também ser apenas emocional ou psicológica, portanto outro método é tentar relaxar. Exercícios com treinos de força pesados também podem ser a causa da irregularidade, portanto tente reduzir esses exercícios.

Também é possível parar a menstruação rapidamente, se necessário, mas é preciso deixar claro, mais uma vez, que qualquer interferência nesse processo natural é carente de um acompanhamento médico.

1. Compressa de gelo para parar menstruação

Um dos processos naturais para interromper a menstruação é a compressa de gelo. Assim como bolsas de calor dilatam os vasos sanguíneos e aliviam inchaços e dores, as compressas frias contraem os vasos, travando a menstruação.

Para aplicar o método basta colocar compressas de gelos na região do ventre de 15 em 15 minutos a cada 4 horas. Aos poucos, notará a quantidade de menstruação reduzindo até que finalmente pare.

2. Vinagre

Esse método não vai acabar com a menstruação por completo, mas pode reduzir o fluxo.

Os ingredientes são:

  • 2 colheres de vinagre de maçã
  • 1 copo de água

Modo de preparo:

Basta diluir o vinagre de maçã, misturar bem e beber esta mistura 2 ou 3 vezes ao dia.

3. Gelatina

  1. Este é um dos métodos mais famosos para interromper a menstruação.
  2. Os ingredientes são:
  3. Modo de preparo:

Bata os ingredientes até obter um bebida fácil de digerir. Em seguida, tome a mistura como se fosse um refresco e, em poucas horas, a sua menstruação será interrompida, mas apenas por algumas horas.

4. Infusão de tomilho

A infusão de tomilho ajuda a interromper a menstruação de forma rápida e efetiva. Para isso, prepare um chá com esta erva medicinal e tome depois das refeições. Se desejar, adicione um pouco de mel para adoça.

5. Limão

Essa fruta possui as propriedades ideais para parar a menstruação. Para esse método será necessário fazer um suco com 2 limões e beber durante o dia para que o sangramento seja reduzido de forma considerável.

Mas, atenção, limão é uma fruta ácida e pode trazer malefícios se ingerido em grande quantidade ou com muita frequência.

6. Chá de canela

Neste método de como fazer a menstruação parar de descer, basta preparar um chá de canela e ir tomando ao longo do dia em que você queira reduzir o sangramento.

A canela é adstringente e, por isso, ajuda a fechar os vasos sanguíneos, fazendo com que a menstruação diminua. Mas tome cuidado, pois ela também é conhecida por ter substâncias abortivas, portanto, sempre procure um médico.

Saiba quais alimentos ajudam a regular o ciclo menstrual

Como Fazer Com Que O Periodo Venha Mais Rapido?

O suco de cenoura é um grande aliado de mulheres que buscam ter um ciclo menstrual de 28 dias

Ter problemas com o ciclo menstrual é um pesadelo que assola muitas mulheres. Algumas sofrem o fluxo muito intenso e outras passam pelo incômodo de nunca saber quando a menstruação realmente está por vir. Mas você sabia que, com a ajuda de uma boa alimentação, é possível contornar o problema e regular o período sem dor de cabeça?

Certos nutrientes são verdadeiros aliados de quem quer que os hormônios se mantenham no nível certo e a menstruação fique o mais próximo possível do esperado ciclo de 28 dias. Conheça os alimentos mais indicados para resolver esse problema:

Suco de cenoura ajuda a regular o ciclo menstrual por ser rico em ferro

Para quem costuma sofrer com a menstruação desregulada, o suco de cenoura pode ser um grande aliado! Fonte de ferro, ele ajuda a regular o período e, no caso de quem está lidando com o atraso, ainda pode acelerar o processo por aumentar a produção de hormônios. O suco é a maneira mais eficaz de garantir esse resultado, mas, se não gostar da bebida, você também tem a opção de adicionar a cenoura nas refeições – de preferência, crua – para equilibrar o ciclo menstrual.

Mamão estimula a produção de estrogênio e tem enzimas que aliviam as cólicas

O consumo de mamão – especialmente o verde – também pode trazer benefícios para quem precisa regular o ciclo menstrual. Um dos motivos é o fato de ele conseguir atuar diretamente no útero.

Além disso, a fruta também consegue estimular a produção do hormônio estrogênio por ser capaz de aumentar o nível de calor do corpo.

Para quem sofre com cólicas excessivas, ainda tem mais: a presença das enzimas papaína e quimiopapaína também ajuda a reduzir as dores devido às suas propriedades anti-inflamatórias.

Chá de canela ajuda a regular menstruação atrasada

Por ser capaz de melhorar a circulação sanguínea, a canela está entre as aliadas para regular o ciclo menstrual. Em geral, ela é mais indicada às mulheres que costumam ficar com a menstruação atrasada, já que estimula as contrações no útero e, assim, contribui para que o sangue desça mais rápido.

No entanto, apesar desses benefícios, é bom ficar atenta a alguns detalhes: o chá pode fazer com que o fluxo sanguíneo se torne mais intenso e, em caso de gestação ou suspeita de gravidez, seu consumo deve ser evitado por causa das propriedades abortivas da especiaria.

Suco de uva conta com nutrientes que regulam o ciclo menstrual

Além do suco de cenoura, outra opção para enriquecer a dieta e ao mesmo tempo regular a menstruação é apostar no suco de uva.

A recomendação se deve ao fato da fruta ser rica em nutrientes que ajudam a acertar o ciclo menstrual – como é o caso do cobre, do potássio, das fibras e das vitaminas A e C.

Para aproveitar esse benefício e diminuir as chances de atraso, a dica é passar a consumir o suco regularmente algumas semanas antes da data em que sua menstruação deve descer.

Frutos do mar com zinco estimulam a produção de hormônios que influenciam na menstruação

Os frutos do mar que apresentam zinco na composição – como é o caso da ostra, do camarão, do mexilhão e da lula, por exemplo – devem fazer parte da dieta das mulheres que estão buscando meios naturais para regular o ciclo menstrual. A justificativa se deve ao fato de esses alimentos contribuírem para a produção de hormônios, além de também ajudarem a trazer alívio para quem sofre com o excesso de cólicas durante o ciclo.

Alimentos ricos em vitamina D, como queijos e cogumelos, equilibram a produção de hormônios e regulam o período menstrual

Para fechar a lista, os alimentos ricos em vitamina D – como queijos, cogumelos, leite, gema de ovo e bife de fígado – não podem ficar de fora! É que alguns estudos têm demonstrado que o descontrole no ciclo menstrual também está entre as consequências da falta desse nutriente, já que sua presença no organismo ajuda a regular o período e a equilibrar a produção de hormônios.

Afinal, existe alguma forma de fazer a menstruação vir mais rápido? – ISTOÉ Independente

Não tem erro: a menstruação adora aparecer nos momentos mais inoportunos. Quem nunca ficou menstruada um dia antes de sair para uma semana de férias?

Em momentos como esses, você poderia pensar “droga, se eu pudesse fazer minha menstruação vir quando quisesse…”. Mas será que isso é possível? Definitivamente parece loucura, mas existe alguma maneira de acelerar as coisas se você quer que sua menstruação venha?

Espere, como é um ciclo normal de menstruação?

Os ciclos menstruais geralmente duram 28 dias, mas qualquer coisa entre 24 e 38 dias é considerada “regular”. Contudo, é bom saber que períodos irregulares de vez em quando não são algo para se preocupar.

“Agora, se ele sempre varia, você deve ver seu ginecologista”, diz Dalia Davood, ginecologista no Advocate Lutheran General Hospital em Park Ridge, de Illinois (EUA).

“Dessa forma, seu médico pode descartar desequilíbrios hormonais causados pela síndrome do ovário policístico, a transição da menopausa (perimenopausa), menopausa, estresse ou um distúrbio da tireoide”, completa ela.

Mas regular ou irregular, às vezes você quer que sua menstruação apenas chegue antes. Mas isso é possível?
Primeira coisa: pergunte-se por que está tão ansiosa para a menstruação vir logo. Se é porque você tem férias planejadas, desculpe, mas você não está com sorte.

Leia mais

Por que meu sangue da menstruação está preto?
4 motivos que te levam a engordar durante a menstruação

Sim, uma pesquisa rápida na internet te mostrará uma longa lista de remédios que alegam induzir seu período.

Leia também:  Do Que Sofrer De Saudade De Mim Como Eu To De Você?

suplementos de vitamina C, aspirina, gengibre, açafrão, chá de canela, técnicas de relaxamento, sexo ou uma compressa quente ou banho, para citar apenas alguns.

Mas, embora você provavelmente encontre alguém que possa atestar que cada um desses métodos funciona, para a ciência não é bem assim.

“Não há dados científicos que mostrem que qualquer um desses métodos induzirá seu período”, diz Davood. De fato, a profissional desaconselha tentar fazer com que sua menstruação venha mais rápido sem antes ser avaliada por um profissional qualificado.

Mas a resposta final é: sim, dá para antecipar sua menstruação. “Existem alguns medicamentos hormonais que podem ser usados para induzir a menstruação. Contudo, eles só devem ser usados se forem considerados necessários pelo seu médico em situações muito específicas”, diz ela.

Leia mais

Afinal, é possível engravidar durante a menstruação?

Veja alguém com síndrome do ovário policístico, por exemplo. O médico pode prescrever um medicamento para induzir um período para fins de saúde. “Podemos considerar que induzir um ciclo (como períodos prolongados sem menstruação) pode aumentar os riscos de espessamento anormal do revestimento”, diz Davood. Mas, novamente, isso é algo que precisa ser discutido com seu ginecologista.

Ah, uma última coisa: teoricamente, a profissional diz que se você parar sua pílula anticoncepcional aleatoriamente no meio do caminho, sua menstruação provavelmente virá mais cedo do que o normal devido à mudança hormonal.

Veja também

+ Receita de bolinho de costela com cachaça + Cientistas descobrem nova camada no interior da Terra + Receita de panqueca americana com chocolate + Receita rápida de panqueca de doce de leite + Contran prorroga prazo para renovação da CNH + Receita de moqueca de peixe simples e deliciosa + 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer + Cinema, sexo e a cidade + Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais + Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz + Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago + Sucuris gigantes são flagradas em expedições de fotógrafos no MS

É possível fazer a menstruação descer mais rápido?

Fazer a menstruação descer mais rápido e, assim, antecipar o período menstrual é o desejo de muitas mulheres quando têm um evento importante ou uma viagem marcada e não quer lidar com o sangramento durante esses dias especiais.

Entretanto, a ginecologista Fernanda Torras, que respondeu dúvidas relacionadas ao tema, explica que para mulheres que têm o ciclo menstrual funcionando regularmente, não é possível antecipar o fluxo menstrual por conta da ovulação, processo natural em que o óvulo é liberado pelos ovários para ser fecundado.

Usuárias de contraceptivos hormonais, por outro lado, têm uma maior facilidade nesse controle. Confira mais informações cedidas pela médica.

Como acontece a menstruação?

Para entender se é possível antecipar a menstruação, é importante saber como o sangramento mensal acontece. O sistema reprodutor feminino é programado para possibilitar uma gravidez. Por isso, mensalmente, o corpo feminino passa por oscilações hormonais provocando mudanças no funcionamento desse sistema.

A menstruação acontece depois que passamos pela fase proliferativa (quando os óvulos estão se formando) e ovulatória (quando o óvulo é liberado para ser fecundado).

Quando a mulher não engravida, os hormônios “comunicam” para esse sistema de que está na hora de descamar o endométrio (camada que reveste o útero e, durante a gravidez, protege o feto) e descartar essas células como fluxo menstrual. 

Não é possível fazer a menstruação descer mais rápido por conta da ovulação

O ciclo menstrual funciona como um sistema que possui três setores comandados por funções hormonais, as chamadas fases proliferativa, ovulatória e lútea.

Como a menstruação é uma resposta dos estímulos hormonais que permeiam essas etapas, não é possível fazer com que ela desça mais rápido, pois cada uma possui sua função para ser iniciada e finalizada. “Em um ciclo natural, não conseguimos bloquear a concentração destes hormônios.

Se a mulher ovula normalmente, não será possível programar a menstruação após já ter ovulado. Portanto, não conseguimos antecipar o fluxo”, explica a médica.

Por outro lado, mulheres que possuem ciclos anovulatórios, ou seja, sem apresentar ovulação, podem controlar o sangramento. “Podemos simular a segunda fase do ciclo, administrando progesterona e interrompendo após alguns dias, fazendo sangrar dentro do programado”, completa.

A ausência da ovulação acontece em casos de distúrbios hormonais, como a conhecida síndrome do ovário policístico.

Além desse quadro, hipotireoidismo, hipertireoidismo e transtornos hormonais (por sua vez causados por períodos de estresse, exercícios físicos muito intensos e peso muito baixo ou muito elevado) também podem causar a anovulação.

A pílula anticoncepcional influencia no controle do ciclo menstrual 

Programar o sangramento é algo mais palpável para aquelas que utilizam métodos contraceptivos hormonais. A ginecologista explica que o ciclo menstrual das usuárias é considerado “artificial” e, dessa forma, é possível antecipar esses dias do mês.

“Parar a pílula anticoncepcional no meio da cartela faz a menstruação descer, pois o endométrio é sensível à redução abrupta dos hormônios estrogênio e progesterona das pílulas e descamará”, explica.

Além disso, ao usar a pílula de forma contínua também é possível cessar ou reduzir o fluxo menstrual do mês vigente. Para isso, você pode pular as pausas do seu anticoncepcional ou optar por pílulas que possuam 28 comprimidos ativos na cartela.

Mas é muito importante fazer isso com o acompanhamento de um ginecologista, já que o profissional ainda pode te indicar qual das formas é a melhor para você.

Receitas de chá e técnicas de relaxamento não fazem a menstruação descer mais rápido

É muito comum encontrar na internet receitas caseiras para fazer a menstruação descer mais rápido, além de diferentes chás, massagens e técnicas de relaxamento para o mesmo fim.

Perguntamos à ginecologista se esses recursos alternativos são eficazes ou se podem fazer mal à saúde. Ela explicou soluções caseiras não são nocivas, pois geralmente são naturais. Mas que, na verdade, podem não ter efeito algum.

“As orientações e receitas carecem de estudos e efeitos reais neste objetivo”, finalizou a médica. 

Este artigo tem a contribuição do especialista:
Fernanda Torras – Médica Ginecologista, Obstetra e Mastologista referência em saúde feminina
CRM: 130.332


https://drafernandatorras.com.br/

Menstruação: quais os exercícios físicos mais recomendados para o período menstrual

Incomodada ficava a sua avó, dizia a antiga propaganda de absorvente. Mas a verdade é que menstruação é incômoda sim, mesmo para as mulheres do século 21, especialmente para as que sofrem com cólicas, dores nas costas e nas pernas, dores de cabeça e problemas intestinais.

Essencial para o funcionamento do organismo feminino, esse período, no entanto, ainda vem acompanhado de sintomas como desânimo, o que pode acarretar em uma redução no desempenho físico.

Como evitar, então, que o ciclo menstrual interfira na prática esportiva? Melhor: como usar a atividade física a seu favor, como uma forma de minimizar o desconforto e o desânimo?

Segundo estudo recente da Universidade Politécnica de Hong Kong, na China, fazer exercícios regularmente pode ajudar no alívio das dores causadas pela menstruação, também conhecidas como dismenorreia primária. A ginecologista Caroline Wall Obrali explica que isso acontece graças à produção de endorfinas no corpo, que são liberadas durante e após a realização de uma atividade física.

– A prática regular de atividade física, além de melhorar a qualidade de vida, proporciona o aumento da produção de endorfinas, que são os hormônios responsáveis pelo bem-estar. Esses hormônios amenizam os sintomas da TPM, melhoram as cólicas e a qualidade do sono e concedem disposição e estímulo para atividades diárias – ensina.

2 de 5
As mulheres tendem a ficar sem ânimo para atividades físicas no ciclo menstrual — Foto: Getty Images

As mulheres tendem a ficar sem ânimo para atividades físicas no ciclo menstrual — Foto: Getty Images

Quais cuidados se deve ter ao praticar exercícios durante a menstruação?

De acordo com a ginecologista Caroline Wall Obrali, apostar em atividades físicas no período menstrual pode melhorar bastante a sensação das cólicas, principalmente por causa da elevação da temperatura do corpo. Ainda assim, a especialista recomenda não abusar.

– No período da menstruação, a produção de hormônios (estrógenos e progesterona) fica reduzida e, graças aos sintomas dessa fase, o rendimento para a prática de exercícios diminui. Sendo assim, o ideal é respeitar seu corpo e seus limites – aconselha.

3 de 5
O pilates é muito indicado para o período menstrual — Foto: Istock Getty Images

O pilates é muito indicado para o período menstrual — Foto: Istock Getty Images

Quais os exercícios mais indicados para cada fase?

Na fase menstrual, os exercícios físicos mais indicados são aqueles que trabalham a respiração e o relaxamento, como caminhadas, yoga, pilates e alongamento. Mas, segundo a ginecologista Graciela Morgado, o mais importante é analisar o ciclo e criar treinos direcionados. Veja abaixo dicas da especialista de como escolher a atividade ideal para cada etapa da menstruação.

  1. Fase pré-menstrual (fase da TPM): Na fase pré-menstrual, a mulher tem uma queda nos níveis de progesterona e, sendo assim, a capacidade de concentração diminui e a fadiga ocorre mais rapidamente. A mulher se sente mais fraca, sente dores de cabeça e nos seios e fica menos paciente com os treinos. Em decorrência, o desempenho físico pode sofrer uma redução. Pode haver mais retenção hídrica (a mulher sente-se mais inchada), com mais indicação para os treinos aeróbicos, que causam liberação de endorfinas e garantem melhora do humor. Exemplos: corrida, caminhada, natação, ciclismo.
  2. Fase da menstruação: Evite treinos aeróbicos extenuantes, prefira caminhadas, yoga, pilates e alongamento. Também devemos respeitar o nosso corpo e deitar, colocar bolsa de água quente e ingerir chás. Mas o mais importante é tentar dar um ‘respiro’ para o corpo, mesmo que seja por 15 minutos, pois isso ajuda a melhorar a dor e, consequentemente, melhora o ânimo para a prática de exercícios físicos.
  3. Fase pós-menstrual: Na fase pós-menstrual, a crescente taxa de estrogênio e secreção de noradrenalina melhoram significativamente a performance. Aproveite e realize treinos mais intensos e de cargas altas.
Leia também:  Como Saber Quem Nos Liga Em Privado?

4 de 5
Frutas vermelhas são ricas em antioxidantes e vitaminas B — Foto: Istock

Frutas vermelhas são ricas em antioxidantes e vitaminas B — Foto: Istock

A alimentação pode ajudar?

Para as mulheres que sofrem com falta de ânimo e cólicas, a alimentação aparece como uma aliada na hora de amenizar os sintomas. A ginecologista Graciela Morgado, diretora médica da clínica EndoMater, afirma que alimentos como chocolates devem ser evitados, pois podem piorar a inflamação causada pela menstruação.

– Como a menstruação é um período de intensa inflamação local, muitas vezes procuramos falsos ajudantes, como a alimentação rica em chocolates. Inicialmente, o chocolate causa bem-estar, mas depois provoca um efeito prejudicial e gera mais inflamação e dor – pontua.

A nutricionista clínica e esportiva Hannah Médici Viersa, que trabalha com fertilidade e saúde da mulher, indica alimentos com poder antioxidante para o ganho de disposição durante o período menstrual.

– Durante a menstruação, a mulher precisa apostar em alimentos antioxidantes, como, por exemplo, canela, gengibre, uva roxa e chá verde.

Para os lanches, o ideal é consumir frutas vermelhas e roxas (morangos, cerejas, amoras e uvas), castanhas, sementes e alimentos alaranjados (mamão, manga, cenoura) – sugere.

– Outra dica é beber chá verde com rodelas de gengibre pela manhã, pois também ajuda a melhorar o processo inflamatório fisiológico que ocorre durante a menstruação, além de atenuar as cólicas e melhorar o estado de alerta e concentração.

5 de 5
Evite chocolate nesse período: ele dá uma sensação de prazer na hora, mas depois pode contribuir para piorar o desconforto — Foto: IStock Getty Images

Evite chocolate nesse período: ele dá uma sensação de prazer na hora, mas depois pode contribuir para piorar o desconforto — Foto: IStock Getty Images

Dicas de alimentação para você melhorar o desempenho durante a menstruação:

  1. Aumente a ingestão de água;
  2. Evite chocolate, café, açúcar, sal e álcool;
  3. Dê preferência para os vegetais verdes escuros, carnes e cereais integrais, fontes de vitamina do complexo B, que reduzem o inchaço e a vontade de comer doces;
  4. Consuma alimentos fontes de ômega 3, como salmão, atum e linhaça, que ajudam no humor e evitam acne e celulite;
  5. Inclua oleaginosas na alimentação, como castanhas e nozes;
  6. Aumente a ingestão de fibras, a fim de ativar o intestino e melhorar a saciedade;
  7. Invista em alimentos com propriedades energéticas, antioxidantes e anti-inflamatórias, como:
  • Canela;
  • Gengibre;
  • Chá verde (especialmente chá verde com rodelas de gengibre, pela manhã);
  • Frutas vermelhas e roxas, como morangos, cerejas, framboesas, amoras e uvas;
  • Hortaliças ou frutas alaranjadas (mamão, manga cenoura).

Da pílula ao orgasmo: como encurtar ou interromper o fluxo menstrual

Você sabia que há maneiras de encurtar ou parar os períodos menstruais? Os métodos ainda não foram completamente desvendados pela ciência, mas estão disponíveis e têm sido cada vez mais usados pelas mulheres.

Entre os alguns dos métodos mais utilizados estão as pílulas anticoncepcionais e outros métodos contraceptivos hormonais.

É seguro?

Segundo a Rede Nacional de Saúde da Mulher (NWHN, na sigla em inglês), não há evidências de que os períodos de abandono do uso de anticoncepcionais sejam prejudiciais à saúde. No entanto, as mulheres podem experimentar alguns efeitos colaterais ao utilizarem por muitos anos.

 A American Cancer Society, por exemplo, alerta para o fato de que o uso a longo prazo pode aumentar o risco de câncer de mama e câncer cervical. No entanto, a entidade informa que também podem diminuir os riscos de câncer no endométrio, no ovário e no colo.

Portanto, a escolha certamente fica nas mãos das mulheres.

Além disso, não há maneiras infalíveis de interromper o período, mas alguns métodos podem aumentar a velocidade com que o sangue menstrual deixa o útero ou impedir que ele venha. O site especializado Medical News Today preparou uma lista das técnicas mais conhecidas para controlar a menstruação.

1. Sem absorvente

Os absorventes podem bloquear a saída do fluxo de sangue, o que muitas vezes prolonga a duração do sangramento. Ainda assim, como absorventes higiênicos não devem impedir o fluxo menstrual, algumas pessoas acreditam que seu uso pode, na verdade, ajudar o período a terminar mais cedo.

2. Orgasmo

Atividades sexuais, como sexo e masturbação, estimulam contrações uterinas, o que pode causar maior fluxo menstrual em um tempo mais curto. Embora não haja evidências científicas para apoiar esse método, não há efeitos colaterais adversos, por isso não é arriscado tentar.

3. Atividade física

O movimento muscular resultante do exercício físico pode aumentar o fluxo de sangue que deixa o corpo, reduzindo potencialmente a duração de um período. No entanto, ainda não há muitos estudos a respeito. Mas exercitar-se regularmente traz muitos outros benefícios para a saúde.

Continua após a publicidade

3. Pílula combinada

As mulheres que tomam a pílula anticoncepcional combinada –  que mistura hormônios de estrogênio e progestina – ajudam a suprimir a ovulação e a manter o revestimento do útero fino.

 Durante seu uso, as mulheres tomam pílulas ativas por três semanas; na semana seguinte, ficam sem pílulas ou ingerem pílulas placebo (sem efeito), momento no qual devem ficar menstruadas; por causa disso é possível saber quando o fluxo menstrual chega.

No uso da pílula é possível encurtar e/ou suprimir o período. Para ambos os casos, a forma é a mesma: basta começar a nova cartela assim que chegar às pílulas ‘placebo’, no caso de quem as têm; ou iniciar a nova cartela no momento em que não deveriam estar tomando nada.

Esse recurso simples mantém os níveis de hormônio contantes e pode impedir que a menstruação ocorra. As estimativas indicam que esse método funciona em 80% das vezes, no caso da interrupção.

Para encurtar o período não existem estimativas e pode não funcionar para muitas mulheres.

Também existem outras opções de pílulas  – sob prescrição médica – que só permitem a vinda da menstruação a cada três meses. No entanto, essa opção deve ser discutida com o ginecologista.

Interrupções de longo prazo

Também é possível interromper a menstruação por um longo período de tempo, técnica conhecida como supressão menstrual. Um dos métodos mais utilizados é o contraceptivos hormonal. Veja abaixo alguns do mais conhecidos.

1. Dispositivo intrauterino (DIU)

O DIU é uma solução contraceptiva de longo prazo que é inserida no útero da mulher, podendo durar de três a dez anos, dependendo do modelo.

Esse método contraceptivo é encontrado na forma hormonal – que pode interromper o período em até 80% do tempo – e não hormonal.

 O dispositivo pode ser removido a qualquer momento, informação útil para quem pensar em engravidar no futuro ou não conseguir se adaptar ao DIU.

2. Injeções hormonais

A injeção de progesterona contém progestina – composto sintético que tem efeitos similares aos da progesterona – e é administrada sob a pele ou no músculo a cada três meses. Ao fim do primeiro ano de uso, estima-se que 70% das mulheres não menstruem mais.

3. Implante contraceptivo

Assim como a injeção de progesterona, o implante contraceptivo contém progestina, que ajuda a inibir a ovulação e a prevenir o desenvolvimento folicular, resultando em períodos menores ou ausentes. Por ser um dispositivo pequeno, pode ser colocado abaixo da pele do braço. Esse método funciona para suprimir períodos em até 41,25% das mulheres após três anos de uso.

As opções para interromper ou encurtar o período são muitas, mas devem ser escolhidas com o auxílio de um especialista, que deve mostrar os prós e os contras de cada técnica e se realmente vale a pena adotá-la.

Continua após a publicidade

  • Atividade Física
  • Câncer
  • câncer de mama
  • Menstruação
  • Métodos Contraceptivos

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*