Como Fazer Com Que O Gato Pare De Morder?

A maioria dos gatos possuem o comportamento de morder, principalmente quando eles são filhotes, que a mordida é associada a uma brincadeira. Como fazer para o Gato Parar De Morder?

Porém, nós sabemos que as brincadeiras com gatos as vezes podem machucar e infelizmente não são todas as pessoas que gostam disso, por isso muitos donos se perguntam “como fazer para meu gato parar de morder?”.

Hoje nós vamos comentar sobre como você pode reparar quando isso acontece e quais medidas você deve providenciar para reduzir as mordidas.

Castração de gato para evitar mordida

Como Fazer Com Que O Gato Pare De Morder?

A castração tem vários benefícios, tanto para os machos quanto para as fêmeas. Alguns deles são:

  • Redução do comportamento agressivo
  • Prevenção de tumores
  • Prevenção de doenças

Porém, vale lembrar que a castração deve ser feita em um lugar adequado e com segurança. Não se deixe levar pelo preço mais barato, pois, lugares muito baratos não investem em qualidade de cirurgia.

GRÁTIS! Livro Digital: Como Parar De Envenenar Seu Gato Com Rações Ruins (Mesmo As Mais Famosas)

Descubra como e por que MESMO AS RAÇÕES MAIS CARAS podem estar fazendo MUITO MAL ao seu bichano e TIRANDO ANOS da vida dele! (E como se prevenir disso)

Download 100% GRATUITO! Insira seu melhor e-mail para receber.>

Fique tranquilo, a gente também ODEIA SPAM! Com a gente, seu e-mail está completamente SEGURO!

(Mais de 90 mil downloads)

Consulte seu veterinário

Como Fazer Com Que O Gato Pare De Morder?

Caso a mordida ocorra em momentos bem específicos, por exemplo, quando você encosta na coluna do gato, muitas vezes morder é um sinal de “Não encoste aqui, eu estou com dor”.

Mas nesse caso o gato só irá te morder se você realizar a ação e não de maneira involuntária do nada. Por isso, consulte o seu veterinário caso isso esteja ocorrendo.

Não encoste em locais que o seu gato não gosta

Como Fazer Com Que O Gato Pare De Morder?

Muitos gatos não gostam de receber carinho em algumas partes do corpo. Vamos supor que você está tendo o primeiro contato com um gato e faz carinho na região da barriga, os gatos não gostam porque se sentem expostos.

Geralmente com pessoas conhecidas o gato não tem esse problema de exposição. Mas os lugares podem ser outros, portanto, conheça bem o seu gatinho.

⇒ Leia também:  Descubra o Segredo dos 3 Pilares Que Podem Fazer Seu Gato Viver Até o Dobro da Expectativa de Vida Média Esperada

Entenda o seu gato

Ainda acrescentando sobre o trecho acima, conhecer o seu gato é fundamental para o processo de como fazer seu gato parar de morder, cada gato tem uma personalidade e pode não gostar de determinados carinhos e agrados.

Muitas pessoas pegam o gato no colo e ele responde com mordidas, é uma coisa a evitar se ele não gosta. A maneira de converter isso é sempre com uma recompensa!

Conteúdo VIP

Insira o seu endereço de e-mail abaixo para receber GRATUITAMENTE dicas exclusivas!>

Fique tranquilo, a gente também ODEIA SPAM! Com a gente, seu e-mail está completamente SEGURO! E só enviaremos informações para manter seu gatinho mais saudável!

(Mais de 150 mil Mamães de Gato Já Participam)

Observe seu gato

Se o seu gato estiver agressivo ele irá indicar com o próprio corpo qual será o próximo passo dele.

Geralmente eles mordem quando estão em estado de alerta ou então rosnando. Nesses momentos não se aproxime porque a probabilidade de você ser mordido é grande.

Cuidado com as brincadeiras

Como Fazer Com Que O Gato Pare De Morder?

Quando a gente tem um gato filhote, é normal usarmos os nossos dedos ou mãos para eles brincarem. Porém, essa brincadeira vai ficar armazenada na memória dele.

A questão aqui é ensinar desde cedo ele a brincar com seus brinquedos, assim, ele não irá associar que dedos são brinquedos.

Quais medidas eu devo tomar e o que fazer para o meu gato parar de morder?

A paciência e o respeito são as bases de qualquer ensinamento. Para isso, vamos te dar quatro dicas importantes para evitar o comportamento agressivo ou de mordidas do seu gato.

  1. Entenda qual é o comportamento do seu gato: avalie sempre em qual momento ele sente vontade de morder, se é quando ele quer brincar, está estressado ou tentando se defender. Observado esses pontos, você saberá quais medidas tomar com os próximos passos.
  2. Brinquedos: os brinquedos são essenciais para um gato, pois eles terão bastante tempo para se divertir, reduzir o estresse e não usar os dedos dos donos como brinquedos.

Mostre que você é o tutor

Não estamos falando para você brigar com o seu gato ou usar a violência, isso jamais! Você deve mostrar a ele as palavras de negação, como o “não”, sem dar risadas, sem gritar, somente de maneira firme, para ele entender que está fazendo algo errado.

  • Espirre água: espirrar água é um estimulo negativo para os gatos, você pode usar um borrifador, toda vez que ele morder ou fizer algo errado, é só utilizar uma borrifada e dizer para ele não fazer isso.
  • Como os gatos são espertos, eles vão associar que se morderem irão receber um pouco de água no rosto.
  • Essas são as medidas e os cuidados que você precisa ter para conhecer o comportamento do seu gato e quais são as alternativas que você pode ter para evitar esse problema.
  • Toda vez que você se perguntar ‘como fazer para meu gato parar de morder’ dê uma olhadinha nessa lista e aplique todas as dicas! ????

Quer aprender mais?

Se quiser saber mais sobre o Guia Para Um Gato de 14 Vidas, que foi donde eu tirei as informações (e de onde eu tiro 99% das dicas que eu mando pra vocês), pode clicar AQUI.

Leitura focada

Fique tranquilo, seu email está completamente SEGURO conosco!

  • Como Fazer Com Que O Gato Pare De Morder?

  • Como Fazer Com Que O Gato Pare De Morder?

  • Como Fazer Com Que O Gato Pare De Morder?

  • Como Fazer Com Que O Gato Pare De Morder?

Meu gato filhote está mordendo muito, o que fazer? Como amenizar as mordidas dos felinos

Como Fazer Com Que O Gato Pare De Morder?

Saiba o que fazer se o seu gato morde muito

Muita gente não sabe, mas as mordidas que os gatos dão podem ser influenciadas pelos próprios donos. Isso acontece porque, mesmo sem querer, alguns movimentos podem instigar os gatos a morderem apenas de brincadeira. Por isso, é importante o dono saber como agir, principalmente enquanto os bichinhos são filhotes, para que esse comportamento não seja ligado a carinhos e brincadeiras, por exemplo. Se liga nas nossas dicas!

Como saber se o gato vai te morder

Antes de morder, os gatos emitem sinais e conhecê-los pode prevenir de ter contato com aqueles dentinhos super afiados. Conheça alguns desses sinais que podem indicar que é melhor tirar a mão de perto:

  • Olhar fixo;
  • Pupilas dilatadas;
  • Pelos arrepiados;
  • Orelhas para trás;
  • Ronronado baixo e rouco;
  • Dorso elevado.

Vale lembrar que a mordida do gato é uma reação a movimentos dos seus donos e pode estar ligado tanto a brincadeiras e afeto quanto à raiva, dor e irritação. Para condicionar o animal a parar de morder, é preciso entender em quais momentos ele costuma usar a mordidas para pedir atenção e carinho ou para demonstrar que alguma coisa está incomodando.

Como fazer o gato parar de morder?

Como Fazer Com Que O Gato Pare De Morder?

Veja dicas de como fazer o seu gato parar de morder

Como Fazer Com Que O Gato Pare De Morder?

Comportamento animal

A companhia dos felinos é uma delícia, mas tem lá seus desafios, principalmente na hora de tentar entender a linguagem dos gatos. Por serem mais reservados, muitos tutores ficam na dúvida se esses animais realmente apreciam a presença dos humanos, se perguntando como os gatos nos veem. Será que eles são capazes de nos entender? Como o gato reconhece seu dono? Como saber se eles gostam da gente? Para tentar desvendar de uma vez por todas alguns dos comportamentos do gato em relação ao seu tutor, preparamos uma matéria bem especial. Vem com a gente e saiba mais sobre o assunto!

Como Fazer Com Que O Gato Pare De Morder?

Comportamento animal

Os felinos não são muito associados com o ato de morder. Diferente dos cachorros, o comportamento é bem menos frequente nos felinos. É justamente por isso que muita gente acaba ignorando as mordidas por subestimar a força do animal e achar que não vai machucar.

A mordida de gato não só pode ocorrer por muitos motivos, como também podem causar acidentes. Geralmente, os gatos dão alguns sinais que antecipam a mordida e é importante que você aprenda a reconhecê-los, assim como também entender as razões que levam o felino a ter essa atitude.

Preparamos uma matéria completa sobre o assunto, então chega mais e vem entender porque os gatos mordem!

Como Fazer Com Que O Gato Pare De Morder?

Comportamento animal

Não é segredo para ninguém que os gatos são muito exigentes com alimentação e higiene. E um hábito muito comum observado por todo gateiro é o gato pedindo comida mesmo quando o pote de ração está cheio: eles manifestam a insatisfação com a comida “velha” com muitos miados para chamar a atenção do tutor. Esse é mais um curioso comportamento felino com muitas explicações coerentes por trás.

Leia também:  Como Conquistar Um Homem Que Só Quer Sexo?

Como Fazer Com Que O Gato Pare De Morder?

Comportamento animal

Quem tem um gatinho já deve ter percebido que eles costumam afofar ou “amassar pãozinho” em algumas circunstâncias específicas. Os movimentos lembram uma massagem.

Antes de deitar, quando estão no colo do dono ou quando encontram uma coberta fofinha e macia.

Se mesmo sem saber porquê eles fazem isso a gente já acha a coisinha mais linda do mundo, imaginem depois de saber? Vem com a gente desvendar!

Para o gato entender que morder não é um comportamento que te agrada, é importante ensinar desde filhote – mesmo que seja em um momento de brincadeiras e carinho entre vocês. Para isso, vamos ensinar alguns truques que podem ajudar.

Truques para evitar que o filhote de gato morda

Ofereça brinquedos: brinquedos que estimulem gastar energia e desestressar são ótimos aliados para os gatos evitarem morder. Incentive a brincadeira e atividades físicas;

Evite usar as mãos como brinquedo: como a maioria das brincadeira dos gatos envolve caçar, ele pode relacionar a sua mão à presa e querer morder até mesmo enquanto recebe carinho. Não ofereça suas mãos mesmo se os dentinhos não machucarem; assim você não condiciona o comportamento indesejado.

Dicas para fazer o filhote de gato parar de morder

  • Não corra atrás dele para brigar: quando você faz isso, ele pode entender que você está brincando e associar a mordida a ganhar atenção e brincadeiras;
  • Fale com voz firme e comandos curtos: um simples “não” com a voz firme pode indicar que você repreendeu a atitude dele;
  • Saia de perto: junto com o “não”, saia de perto do gato sem falar mais nada com ele. Muitas vezes eles mordem para chamar a sua atenção e quando você briga com frases longas e contato visual, eles entendem como atenção.

Como Fazer Com Que O Gato Pare De Morder?

Continuar Lendo

Meu gato me morde e arranha, o que fazer?

Como Fazer Com Que O Gato Pare De Morder?

Como Fazer Com Que O Gato Pare De Morder?

Ver fichas de  Gatos

Sente que o seu pequeno pet o ataca? Se o seu gato o morde e arranha constantemente ou se se lança sobre você de forma inesperada, não se assuste porque neste artigo do PeritoAnimal vamos lhe explicar tudo o que precisa saber.

De seguida encontrará soluções para evitar que o seu gato o morda e arranhe, além disso vamos lhe explicar as possíveis causas desse comportamento felino. Lembre-se que antes de julgar o seu companheiro, deve tentar entender o porquê da sua agressividade, uma vez que por vezes a causa está em nós próprios sem o sabermos.

Os gatos expressam os seus sentimentos de muitas formas e, às vezes o que pensamos que pode ser uma atitude agressiva ou inadequada pode ser a face visível de outros problemas. Independentemente disso, se o seu gato não para de o morder e arranhar, vamos ajudá-lo a resolver esse problema.

Também lhe pode interessar: Porque meu gato me morde

Antes de lhe explicar os possíveis motivos e algumas soluções para o seu gato não o atacar, acreditamos que é importante abordar o tema da prevenção. Se o seu gato se lança a si para morder ou arranhar, existem algumas coisas que pode fazer para evitar consequências desagradáveis:

  • As unhas: vá observando as unhas do seu pet e mantenha-as curtas, de maneira a que se ocorrer algum ataque não consiga magoá-lo. Lembre-se que os gatos lixam de forma natural as suas unhas, mas de qualquer forma pode cortá-las sem problema. Aprenda truques e conselhos no nosso artigo que explica como cortar as unhas a um gato.
  • Não o incomode: existem coisas que sabemos que os gatos não gostam que lhes façam, por isso não o incomode com isso. Falamos de por exemplo acariciar as patas traseiras e assustá-los. Se conhece bem o seu pet, evite fazer-lhe coisas que sabe que o alteram ou que sabe que gerarão uma reação agressiva.
  • Desviar a sua atenção: os gatos utilizam a linguagem corporal constantemente e, há sinais muito evidentes que indicam que o seu pet está em posição de ataque. Se vir que tem as orelhas para trás e as pupilas dilatadas, sem dúvida que o está avisando que está pronto para a ação, por isso o melhor que pode fazer é desviar de imediato a sua atenção. A ideia não é repreendê-lo mas sim evitar o ataque. Outros sinais são o movimento enérgico da cauda ou miados específicos.

Como Fazer Com Que O Gato Pare De Morder?

As causas de um comportamento que se pode considerar agressivo nos nossos felinos podem ser várias. Cada caso tem situações diferentes, mas vamos tentar generalizar para o ajudar a entender por que o seu gato o morde e arranha.

Se tem um gato pequeno deve saber que os filhotes não sabem controlar a sua força. Provavelmente o comportamento que considera agressivo, trata-se apenas do fato do seu pet não saber os limites na hora de brincar, por isso para o ajudar evite ensiná-lo que as suas mãos são uma presa.

Da mesma forma, se o seu gato é adulto mas não passou tempo com a sua mãe e os seus irmãos, pode ser que não tenha aprendido a lição dos limites. Neste caso não se trata de um ataque, mas sim do seu pet não saber medir e em vez de demonstrar afeto acaba por o magoar.

Um gato estressado ou ansioso é um animal propenso a atacar. Nestes casos é importante que identifique as causas, pode ser que o animal se sinta fechado ou inseguro por uma mudança de ambiente. Os gatos são animais delicados, metódicos, gostam da rotina, assim qualquer alteração do seu território pode gerar uma situação de estresse que pode desencadear um comportamento agressivo.

A doença ou mal-estar corporal também são uma causa habitual para os felinos morderem ou arranharem os seus donos. Quando um gato não se encontra bem ou sofre de algum mal-estar é mais propenso à agressividade, lembre-se que está na defensiva e o seu instinto diz-lhe que para se proteger deve atacar.

Se perceber que o comportamento agressivo do seu gato está relacionado com sintomas vísiveis de alguma doença, como perda de peso ou de apetite, pode ser que haja um problema de saúde mais grave.

Se o seu gato não para de o morder e arranhar e já avaliou as possíveis causas deste comportamento que pode ser agressivo, o passo seguinte é decidir o que fazer. Dependendo das causas, existem várias soluções para este problema, por isso dê uma oportunidade ao seu amigo felino e tente colocar em prática estas ações:

  • Defina os limites: Ensine ao seu gato que você não é uma presa. Coloque à disposição do animal um bom arranhador e divirta-se com ele brincando com diferentes brinquedos que captem a sua atenção. Se quiser pode fazer o seu próprio arranhador para gatos caseiro ou consultar os melhores brinquedos para gatos.
  • Corrija quando for necessário: Se o seu gato o morder ou arranhar, reaja com calma, lembre-se que se o perseguir ou gritar acabará por assustá-lo e confundi-lo. As reações mais adequadas são acabar com a situação, não lhe dar nenhum prêmio ou comida depois de o ter mordido, não lhe dar carinho logo depois ou reforçar positivamente morder e arranhar os seus brinquedos. Também pode dizer um “Não firme” quando ele o estiver a morder ou arranhar. Pode consultar mais dicas no nosso artigo Como repreender um gato.
  • Consulte o veterinário: Como já explicamos, um comportamento agressivo pode ser o sintoma de uma situação mais complicada. Se esse for o caso, é importante consultar o médico, que poderá ajudar o seu pet a sentir-se bem e irá dar-lhe conselhos para que a sua qualidade de vida seja a melhor possível.
  • Deixe-o viver: Às vezes a melhor solução para evitar que um gato morda e arranha é deixar o animal tranquilo. Os gatos são criaturas solitárias e bastante independentes, as suas formas de demonstrar carinho são bastante diferentes das nossas. Por isso se ele o morde pode ser porque você lhe fez algo que não gosta, como abraçá-lo demasiado, por exemplo.

Como Fazer Com Que O Gato Pare De Morder?

Lembre-se que os gatos são pets diferentes dos restantes, os felinos são solitários e expressam o seu carinho por si de forma diferente à de um cachorro. Por isso, antes de pensar que o seu gato tem um problema de comportamento ou que é um animal agressivo, estude um pouco os seus comportamentos e de certeza que encontrar os motivos dessa atitude.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Meu gato me morde e arranha, o que fazer?, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Problemas de comportamento.

O gato tem a mania de morder o seu pé? Entenda por que e saiba o que fazer

Como Fazer Com Que O Gato Pare De Morder? Como Fazer Com Que O Gato Pare De Morder?O gato tem a mania de morder o seu pé? Entenda por que e saiba o que fazer (Foto: Pawel Adamczak janusze_zycia/Unsplash)

Leia também:  Como Dizer Que Gosto Dela Pelo Facebook?

O que fazer se o seu gato tem mania de morder o seu pé? Esse hábito é muito incômodo e pode ter muitas causas. Confira algumas delas e as possíveis soluções para esse problema.

Veja também:

Saiba como exercitar o seu gato brincando
Gatos caseiros também pegam pulgas; saiba como proteger o seu
Saiba interpretar as mensagens que seu gato emite pelo rabo

Os gatos são seres enigmáticos e, muitas vezes, temos dificuldade em descobrir o que significa seu comportamento. Parece que, ao contrário de outros animais de estimação, como cães, os gatos às vezes podem agir de forma imprevisível e inexplicável.

No entanto, nossos amigos peludos também podem aprender a se comportar se os treinarmos. Mas isso tem que acontecer desde cedo. Uma vez que nossos gatos já adquiriram comportamentos desagradáveis, como morder seus pés, podemos ficar preocupados, pois não sabemos como lidar com o problema. Mas esse problema tem várias causas e existem maneiras de corrigi-lo. Confira algumas delas:

1. Tédio

Um dos principais motivos pelos quais seu gato morde seus pés ou suas pernas é o tédio.

O instinto de caça que é inato a todos os felinos faz com que eles naturalmente queiram pegar tudo o que vêem em movimento.

E se o seu gato passa muito tempo sozinho ou você não presta atenção suficiente a ele, é muito provável que ele tente persegui-lo. Isso porque brincar é uma forma de estimular seu instinto de caça.

Se o seu gato tem que desenvolver seu instinto de caça por conta própria, seus pés ou tornozelos são a presa perfeita para perseguir, pois eles estão acessíveis e estão sempre em movimento. Desta forma, o gato se divertirá tentando pegar você e, ao mesmo tempo, fará com que você preste atenção às suas necessidades.

Para evitar que isso aconteça, recomendamos que você brinque com seu gato com frequência e, se não puder, ofereça a eles brinquedos seguros que podem ajudar a mantê-los entretidos ao longo do dia. Você pode trocar seus brinquedos tanto quanto for necessário.

2. Excesso de empolgação

Os animais de estimação muitas vezes não sabem como controlar seu excesso de energia e emoção.

Esta é provavelmente a razão por que seu gato se abaixa para morder seus pés ou pernas quando algo acontece que o deixa muito feliz. Pense nas vezes que seu gato morde seus pés.

Estes são provavelmente os momentos em que você está brincando com eles ou oferecendo a eles um tratamento especial que eles realmente gostam.

Embora a causa deste problema não seja necessariamente ruim, é muito importante que você ensine a seu gato que machucar você não é uma coisa boa. Para corrigir esse comportamento, você pode usar reforço positivo.

Para evitar que seu gato continue a morder seus pés, pare o que você está fazendo, seja alimentando-o ou brincando com ele.

Em seguida, ajude o gato a se acalmar e, quando ele estiver calmo, recompense-o jogando novamente ou dando-lhe um petisco.

3. Mal-estar

Se seu gato morde seus pés quando você está dormindo ou descansando, é recomendável que você verifique a saúde dele. Certifique-se de que seu gato não tenha ferimentos ou não se sinta enjoado.

Quando os gatos estão desconfortáveis ​​ou doentes, eles procuram sua atenção. Eles estão tentando avisá-lo de que precisam de sua ajuda, e uma das muitas maneiras de fazer isso é mordendo seus pés.

Se o seu gato não estiver doente, o desconforto pode vir de ter sido movido de um lugar ou posição onde era confortável ou seguro para um onde não se sentisse confortável. Então, eles vão reagir a isso com desconforto, porque percebem isso como uma possível ameaça.

4. Comportamento agressivo

Alguns gatos mordem seus pés ou tornozelos simplesmente porque são agressivos. Isso pode ser devido a problemas de socialização que eles têm desde que eram filhotes ou a um ambiente que gera estresse para eles. Se o seu gato estiver em uma dessas situações, eles podem atacá-lo como uma forma de autodefesa.

Se você se encontrar em uma situação em que seu gato está mordendo seus pés devido ao estresse, recomendamos que você entre em contato com um veterinário ou um etologista felino o mais rápido possível. Eles poderão ajudá-lo a identificar a origem da agressão do seu gato.

Dessa forma, tanto o seu gato quanto as pessoas que dividem o espaço com ele poderão lidar com esse problema de maneira mais eficaz. Se o seu gato for muito agressivo ou as mordidas causarem ferimentos graves, você também deve procurar atendimento médico assim que for mordido.

Possíveis soluções

Agora que você já sabe quais são as causas possíveis do seu gato ter a mania de morder seus pés, vamos falar sobre as possíveis soluções. Caso o problema com o qual você está lidando não requeira a ajuda de um especialista, confira como resolver essa situação por conta própria.

  • Oportunidades para brincar e comportamento predatório: forneça ao seu gato brinquedos, torres, prateleiras altas e esconderijos suficientes que permitam que ele explore sua casa e se divirta enquanto você estiver fora. Lembre-se de que os brinquedos e objetos que você escolher devem ser adequados e seguros para o seu gato.
  • Interação humano-gato positiva, consistente e previsível: reserve algum tempo em sua agenda para ficar com seu gato. Se possível, deve ser sempre no mesmo horário do dia. Você pode acariciar seu gato e brincar com ele, ou se ele gostar de explorar as áreas circundantes, vocês podem dar um passeio juntos.
  • Dê ao seu gato um amigo para brincar: se o seu gato passa muito tempo sozinho, uma solução que você pode considerar é adotar um novo gatinho para que eles possam fazer companhia um ao outro. Antes de tomar essa decisão, certifique-se de que seu gato tem um caráter sociável e que gosta de passar o tempo com outros felinos. Além disso, tenha em mente que adotar um novo animal de estimação é uma grande responsabilidade.
  • Faça uma visita ao veterinário: existem certas condições ou doenças que desencadeiam reações agressivas em gatos. É por isso que é sempre importante visitar o veterinário pelo menos duas vezes por ano para se certificar de que seu gato está com boa saúde e em boas condições físicas gerais.

O leitor perguntou: Porque é que o meu gato me morde? Três motivos

Todos os donos gostam de fazer festas aos seus felinos, porém este momento de relaxamento pode transformar-se num verdadeiro pesadelo quando o gato decide atacar repentinamente e arranha ou morde. 

Segundo um artigo publicado no portal especializado Perito Animal, a maioria dos ataques ocorre quando acariciamos ou brincamos com o animal. Contudo alguns donos temem estes ataques mesmo quando estão, por exemplo, tranquilamente sentados a ler, ver televisão ou a dormir.

De modo a entender este problema é necessário desvendar as causas das agressões. Eis, de acordo com o Perito Animal, algumas razões possíveis para aquelas mordidas bem dadas!

Agressão por brincadeira

Os gatos são predadores e quando são bebés têm o comportamento inato de treinarem a caça de presas reais para quando crescerem. Aliás, é bastante comum ver um gatinho a atacar e a morder sem magoar os pés ou as mãos do dono. Todavia, se este tipo de comportamento persistir na idade adulta poderá constituir um problema.

Ou seja, os ataques e mordidas na brincadeira são comportamentos frequentes nos felinos mais jovens e quando se mantêm na vida adulta é porque o gato 'aprendeu' essa forma de estar e a considera normal, não por maldade mas por pura diversão. 

Outro motivo relacionado com a brincadeira, deve-se ao aborrecimento. Se o gato passa muito tempo sozinho, é natural que fique muito excitado e acumule energia que pode acabar por ser libertada num ataque – para ele amigável – contra o dono. Há de reparar que muitas vezes o gato lambe e só depois morde, para o bicho trata-se assim de uma demonstração de afeto. 

Agressão ou mordida por medo

Um gato que tem medo adota comummente um posição agachada com as orelhas para trás e com o rabo curvado para dentro, inclinando o corpo também para trás de modo a afastar-se da potencial ameaça.

Conforme explica o Perito Animal, o gato assustado tem três opções: fugir, imobilizar-se ou atacar. Se um gato assustado não tem escapatória e a 'ameaça' permanece mesmo após se imobilizar por uns segundos, então é muito provável que ataque.

Agressão territorial

O gato pode atacar para defender uma zona da casa que considera sua. Neste caso o humano é considerado como uma ameaça e invasor que quer roubar o seu território.

Leia também:  Como Falar Com Alguem Que Voce Nao Conhece No Facebook?

Este tipo de agressão ocorre geralmente com estranhos ou pessoas que não frequentam habitualmente a casa. Os felinos que apresentam esta conduta costumam também urinar na zona que veem como sendo o seu território para o marcar.

Seja sempre o primeiro a saber.Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.

  • Descarregue a nossa App gratuita.

Por que meu gato me morde quando eu faço carinho?

Se o seu gato te morde, isso significa que ele está brincando ou é uma agressão real? Às vezes, uma mordida de brincadeira pode parecer uma agressão de verdade. Isso é muito comum quando os gatinhos são separados de seus irmãos cedo demais, pois quando eles ainda estão juntos, aprendem a morder suavemente.

Outra razão são os próprios donos, que eventualmente podem estimular o comportamento agressivo do animal. Portanto, é preciso sempre ser gentil quando brincamos com os bichanos. Nesse artigo, vamos dar a resposta para a questão: por que meu gato me morde quando eu o acaricio?

Por que meu gato me morde?

Independentemente da idade de seu gato, é muito importante que você saiba que um gatinho não tem razão para ser agressivo, morder ou provocar qualquer dano. Todo comportamento agressivo deve ser evitado.

Se o seu gato começar a morder, ainda que nas brincadeiras, essa atitude precisa ser modificada. Não o repreenda, uma vez que, em vez de desestimulá-lo, isso pode acabar reforçando o comportamento indesejado.

Melhor utilizar um bastão ou uma corda para dar vazão à agressão. Nunca grite com o seu gato, pois esse tipo de reação apenas estará fazendo com que ele tenha medo. Não se esqueça de que o animal de estimação não está mordendo porque é mau.

Ele está mordendo porque sente que não tem outra opção. Do seu ponto de vista, todas as outras opções fracassaram e não lhe restou outra alternativa de comunicação a não ser essa, a mordida.

Em vez de desafiá-lo, reforce a brincadeira de maneira aceitável e suave. Recompense-o com um petisco, algo saboroso. Evite brincadeiras de perseguição que usem os pés ou as mãos, que o façam se jogar sobre você, já que isso fará com que o problema piore.

E lembre-se sempre que, antes de acariciá-lo, deve sempre levar sua mão na proximidade do nariz para que ele possa reconhecer seu cheiro. Essa é uma regra básica para todos os animais com os quais ainda não se desenvolveu uma grande intimidade.

Há outras razões para um gato morder. Às vezes, os bichanos simplesmente decidiram que, por aquele dia, já tiveram diversão suficiente. Os filhotes muitas vezes têm essa reação. O mesmo acontece quando você começa a acariciar um gato que, na verdade, não quer esse tipo de atenção.

O uso de força ou velocidade em demasia na hora de fazer o carinho, ou mesmo realizar a carícia em lugar equivocado, pode levar muitos gatos a morder ou arranhar. Por isso, faça sempre os carinhos de forma suave.

Sempre existe a possibilidade de que seu gato tenha um problema médico e esse incômodo lhe deixe irritado a ponto de provocar esse tipo de agressão. Por isso, sempre é bom consultar um veterinário para determinar se existe uma causa física por trás desse comportamento.

Como melhorar o comportamento do seu gato?

Interpretar o humor de seu gato não é tão simples. Talvez seu animal de estimação tenha se aproximado de você para brincar e você imaginou que ele quisesse um carinho. É nesse momento que pode acontecer uma divergência e uma agressão.

Para evitar esse tipo de diferenças, é melhor aprender a ler a linguagem corporal de seu gato. Existem muitas pistas que podem ajudar a evitar uma mordida.

Alguns sinais de linguagem corporal indicam que seu gato está atingindo o limite de seu nível de tolerância. Eles podem incluir: parar de ronronar, sacudir o rabo, levantamento do pelo, mudança da posição do corpo, grunhidos, colocação das orelhas contra a cabeça ou em forma de avião e a dilatação das pupilas.

Quando estiver acariciando o seu gato, para que se sinta mais confortável, é melhor prestar atenção no nível de tolerância do bichano, de modo que seja possível antecipar a possibilidade de um ataque.

Alguma vez você já se perguntou sobre em qual parte do corpo o gato gosta de ser acariciado? Muitos felinos gostam de receber carinho na parte de trás da cabeça e no pescoço. Porém, não se exceda.

Lembre-se que algumas áreas podem causar estímulo demais nos animais e quando chegar a esse ponto, ele irá demonstrar, de alguma forma, que não quer que você faça mais carinho. Não esqueça de que os gatos são muito independentes.

Por outro lado, lembre-se que o comportamento agressivo também pode ser modificado. No entanto, isso requer paciência. Ainda mais quando se fala de gatos. Por isso, assegure-se de que suas brincadeiras não sejam agressivas e trate de interpretar os sinais corporais de seu felino, assim irá evitar mordidas ou arranhões.

Como fazer o gato parar de morder

Você já teve a surpresinha de ganhar uma mordida de gato? É desagradável e pode ficar um pouco dolorida, mas ficar nervoso não vai adiantar nada.

Além disso, não precisa se assustar — os peludos, principalmente os gatos filhotes, possuem esse hábito, que não tem nada a ver com agressividade e pode ser controlado facilmente com algumas atitudes suas.

Daremos algumas dicas infalíveis de como fazer o gato parar de morder.

Como fazer gato filhote parar de morder

Você já levou uma mordida de gato filhote? Por mais fofos que sejam, uma mordida desses pequenos pode ser dolorosa. Aqueles dentinhos afiados não são nada agradáveis! Mas saiba que o ato de morder pode acontecer por instinto ou para aliviar o incômodo dos primeiros dentinhos nascendo.

Os gatos filhotes mordem como uma forma de explorar os objetos, conhecer o que está a sua volta e até mesmo brincar. Mas você não pode oferecer sua mão ou o seu pé para isso.

Ao perceber o filhote mordendo a sua mão, mesmo que esteja fraco, tire a mão com calma, afaste-se e diga “não!” com firmeza. Repita isso se ele continuar indo atrás de você para cravar os dentinhos; assim ele entenderá que, se continuar com o hábito, perderá você.

Também é muito válido oferecer brinquedos para gato morder; eles funcionam para aliviar o incômodo dos dentinhos que estão nascendo. Os arranhadores são, da mesma forma, ótimos aliados na hora de aliviar a energia do seu gato.

Outra dica importante não apenas para mordida de gatos, mas também para cuidar do bem-estar e saúde do animal é a castração. O procedimento ajuda o peludo a ficar mais tranquilo.

Como cuidar de mordida de gato

Geralmente, as mordidas de filhotes são leves e não causam ferimentos profundos, mas se o seu gato for adulto e já tiver os dentinhos bem-formados, é importante ter alguns cuidados para evitar possíveis inflamações.

  • Lave a ferida com água corrente e veja se a pele foi perfurada.
  • Em caso de perfuração, deixe embaixo da água por alguns minutos para limpar qualquer sujeira.
  • Aplique um desinfetante de ferida com o auxílio de um algodão. Esse cuidado vai ajudar a eliminar bactérias que possam se desenvolver no machucado.
  • Após a limpeza, passe um pouco de creme antibiótico e feche a ferida com um curativo.

Adestramento de gato

Muita gente acredita que os gatos não podem ser treinados como os cães, mas eles podem. A dificuldade para o adestramento dos peludos se explica no comportamento independente e na falta de interesse para aprender. Por outro lado, eles são capazes de assimilar certas situações e entender quando é certo ou errado fazer algo.

Para fazer o seu gato parar de morder, você vai precisar de brinquedos, arranhadores e um aliado delicioso. Ofereça petisco para gato por cada comportamento positivo dele. Assim, ele irá entender que é certo morder e brincar apenas com os brinquedos feitos para ele.

  • CatLicious é um petisco saboroso, com partículas ideais para os gatos, e desenvolvido com ingredientes selecionados.
  • Além disso, CatLicious possui petiscos que auxiliam no controle do tártaro, contribuem para a eliminação de bola de pelos e diminuem o cheiro do odor de urina e fezes.
  • Conheça a linha completa de CatLicious e veja qual sabor o seu peludo mais vai adorar!

O meu gatinho tem 4 anos morde nós tudo aqui de casa até às visitas passo até vergonha .

Também tenho dois filhotes de gatas que mordem muito e arranham tudo os tapetes o sofá as cortinas……

Tenho 3 fêmeas e 1 macho, e ele adora morder, principalmente meus dedos.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*