Como Fazer Com Que O Cabelo Nao Fique Oleoso?

Dormir com fronha de algodão, excesso de estresse, uso de produtos inapropriados ou aplicação de cosméticos na raiz do cabelo, são alguns dos fatores que podem aumentar a oleosidade produzida pelo cabelo.

A tendência do cabelo para ficar oleoso depende de pessoa para pessoa, pois ela é causada especialmente por fatores genéticos responsáveis pelo tipo de cabelo e pela sua capacidade para produzir cebo. O cabelo oleoso é um tipo de cabelo bastante sensível, que exige alguns cuidados. Por isso, fique a conhecer que fatores que podem contribuir para um cabelo oleoso e com pouco volume:

Como Fazer Com Que O Cabelo Nao Fique Oleoso?

9 Principais Causas de Oleosidade no Cabelo

1. Alterações hormonais

As alterações hormonais como as sentidas durante a gravidez podem provocar um aumento da oleosidade no cabelo, pois pode ser potenciada uma produção elevada de gordura pelas células do cabelo durante esses períodos.

Geralmente estes períodos são transitórios, e com o tempo o cabelo acaba voltando ao normal. O ideal nesse períodos é consultar um dermatologista, para fazer um tratamento para o controle da oleosidade.

2. Excesso de estresse ou de preocupações

  • Períodos de grande estresse ou com muitas preocupações podem acabar provocando oleosidade no cabelo, pois as alterações que ocorrem no sistema nervoso durante esse período acabam aumentando a produção de gordura pelo couro cabeludo.
  • Outra alteração comum durante esses períodos é o aumento da quantidade de suor produzida, o que também acaba contribuindo para o aumento da oleosidade no cabelo.
  • Nestas alterações, o recomendado é também consultar um dermatologista para fazer um tratamento para o controle da oleosidade e tentar relaxar, através de técnicas como o yoga ou meditação por exemplo.

3. Uso de produtos não apropriados no cabelo

Usar produtos que não são adequados para cabelos oleosos como shampoo, condicionador ou creme de pentear por exemplo, podem acabar aumentando a oleosidade no cabelo.

Como Fazer Com Que O Cabelo Nao Fique Oleoso?

Estes produtos, especialmente quando são indicados para cabelos secos acabam não só aumentando a oleosidade na raiz do cabelo, como também podem deixar estes tipos de cabelo pesados e sem volume.

Os produtos para cabelos oleosos, para aumentar o volume ou a densidade são sempre os mais indicados, pois apenas eles permitem uma limpeza profunda na raiz do cabelo, eliminando eficientemente todos os resíduos de gordura dos poros.

4. Alimentação rica em gorduras

Fazer uma alimentação rica em alimentos gordurosos como frituras, fast food, manteigas, creme de leite, queijos amarelos ou molhos, por exemplo, é outra das causas que pode levar a um aumento da oleosidade no cabelo.

Estes alimentos acabam contribuindo para a produção de gordura pelo couro cabeludo, pois acabam alterando o metabolismo do corpo e o funcionamento dos folículos capilares.

O ideal é evitar este tipo de alimentos e apostar numa alimentação saudável, com poucas gorduras. Além disso, investir em alimentos ricos em Vitamina A, Biotina, Silicio, Zinco, Betacaroteno, ômega-3, aminoácidos e colágeno ajuda a fortalecer os fios, o que contribui para a saúde do cabelo.

Assista a esse vídeo da Tati para aprender a preparar uma vitamina para fortalecer o cabelo:

Como Fazer Com Que O Cabelo Nao Fique Oleoso?

5. Lavar o cabelo com água quente

Lavar o cabelo com água quente é outro fator que aumenta a oleosidade no couro cabeludo, sendo por isso indicado lavar sempre que possível com água morna ou fria.

Além disso, secar o cabelo com o secador numa temperatura muito quente também acaba trazendo as mesmas consequências da água quente, sendo por isso recomendado manter o secador em temperaturas mais baixas, secando sempre com ele longe do couro cabeludo.

6. Usar cosméticos na raiz do cabelo

Passar máscara, creme de pentear ou protetor térmico diretamente no couro cabeludo ou usar ampolas de hidratação são outros comportamentos que também contribuem para o aumento da produção de óleo.

Esses produtos podem ser usados, porém devem ser evitados produtos muito gordurosos e a sua utilização deve restringir-se ás pontas do cabelo.

7. Usar chapéus, lenços ou toucas no cabelo

O ideal para os cabelos com tendencia para a oleosidade é andarem soltos, pois o uso de acessórios como chapéus, lenços ou toucas por exemplo dificultam a respiração e ventilação do coura cabeludo.

O ideal mesmo é optar pelo cabelo solto ou fazer penteados simples, pondo de parte este tipo de acessórios.

8. Usar fronha de algodão para dormir

As fronhas de algodão roubam a umidade dos fios, o que acaba por ressecar o cabelo, aumentar o frizz e estimular a produção de sedo na raiz do cabelo.

O ideal é optar pelas fronhas de seda ou de cetim, que mantêm a umidade natural do cabelo e ajudam no controle da oleosidade, ou usar toucas de cetim para dormir. 

Como Fazer Com Que O Cabelo Nao Fique Oleoso?

9. Passar regularmente a mão pelo cabelo

Passar regularmente a mão pelo cabelo,  jogando o cabelo para trás ou para o lado, é um comportamento que estimula a produção de sebo e que acaba piorando a oleosidade. Além disso, este hábito faz com que toda a sujeira das mãos passe para o cabelo, deixando-o também mais sujo e mais pesado. 

Por isso, se quer livrar-se desse hábito, opte por usar um grampo ou piranha para prender a franja, ou escolha usar o cabelo amarrado. 

O cabelo oleoso pode ser difícil de lidar, mas essas dicas vão ajudar a manter o óleo sob controle. Se não sabe qual o seu tipo de cabelo, aprenda a identificar em Saiba qual é o seu tipo de cabelo.

12 dicas e sugestões para cuidar de cabelos oleosos

Por Daniela Azevedo
Atualizado em 13.07.20

Como Fazer Com Que O Cabelo Nao Fique Oleoso?

Foto: Thinkstock

A oleosidade dos cabelos é um problema que atinge grande parte da população em todo o mundo, mas ninguém sofre tanto com isso quanto as mulheres. O couro cabeludo com aspecto engordurado é capaz de comprometer qualquer superprodução, deixando a mulher com aparência desleixada.

Quem sofre com a oleosidade, enfrenta o problema em qualquer estação do ano, mas o calor típico do verão brasileiro intensifica a produção de óleo no couro cabeludo fazendo com que cabelos lavados pela manhã cheguem ao final do dia sem volume e aparentando não ver água há dias.

Como Fazer Com Que O Cabelo Nao Fique Oleoso?

Dicas de Mulher

Se você também sofre com esse mal, saiba que alguns cuidados simples podem ser tomados para amenizar e evitar problemas mais sérios como a dermatite seborreica, uma inflamação provocada pela grande produção de óleo e que contribui para a queda dos fios e aumento da caspa.

Confira abaixo doze dicas selecionadas para ajudar você a conquistar um cabelo saudável, leve, lindo e sem óleo.

1. Lave os cabelos com água morna ou fria

Lavar os cabelos com água na temperatura correta é fundamental para a saúde dos fios. A água muito quente agride o couro cabeludo estimulando as glândulas sebáceas a trabalharem mais para protegê-lo dessa agressão e quando elas trabalham mais, a produção de óleo aumenta.

Ao contrário do que muitos acreditam, cabelos oleosos não devem obrigatoriamente ser lavados diariamente, lavá-los em dias alternados já é suficiente.

2. Escolha os xampus certos

Xampus para cabelos oleosos não devem ser usados constantemente, pois causam o mesmo efeito da água quente, ressecando o couro e estimulando as glândulas sebáceas a produzirem mais óleo para hidratar a fibra capilar.

Alterne a lavagem com xampu para cabelos oleosos em uma lavagem e xampus neutros com PH balanceado em outra.

Os xampus antirresíduos e adstringentes devem ser usados de preferência quando os fios estiverem muito sujos no máximo duas vezes por semana.

3. Muita atenção ao uso do condicionador

Não é recomendada a utilização de condicionadores no couro cabeludo. O produto deve ser aplicado diretamente nas mãos e passado do comprimento até as pontas dos fios, sempre enxaguando bem para não deixar nenhum resíduo. Dispense a utilização de produtos do tipo 2 em 1 (xampu + condicionador), e principalmente cremes sem enxágue.

4. Fique de olho na alimentação

A alimentação influencia diretamente na oleosidade do cabelo. O consumo em execesso de carboidratos, derivados do leite e alimentos gordurosos pode agravar o problema. Por isso, escolha uma alimentação balanceada, incluindo frutas, verduras e vegetais em seu cardápio e dispensando alimentos gordurosos e frituras.

5. Secador, chapinha e babyliss

Não existe nenhum estudo que comprove que o uso desses aparelhos aumente a oleosidade dos fios. O ideal é que os cabelos sequem soltos e naturalmente, mas se você não abre mão do secador, mantenha-o a uma distância de pelo menos 15cm para que o calor não estimule as glândulas sebáceas. Antes do processo, aplique produtos termo-ativados que protegem os fios do calor intenso.

6. Tire as mãos dos cabelos

Passar as mãos pelo cabelo jogando-os de um lado para o outro pode ser um charme e até mesmo uma mania, mas se você tem cabelos oleosos, evite fazer isso. Os resíduos presentes nas mãos contribuem com o aumento da oleosidade e sujam os fios mais rapidamente. Se você não consegue manter as mãos longe dos cabelos, a solução é prendê-los de vez em quando.

7. Não abuse dos acessórios

Usar bonés e lenços com frequência também aumenta a oleosidade dos fios. Isso ocorre porque o couro cabeludo acaba sendo abafado, aumentando assim a produção natural de óleo. Se você já tiver cabelos oleosos, evite o uso frequente de chapéus, lenços e quaisquer outros acessórios que possam abafar o couro.

8. Produtos que você deve evitar

Quem tem os cabelos oleosos deve evitar produtos sem enxágue como ceras, pomadas, cremes para pentear, silicones e óleos em excesso. Para modelar os cabelos, prefira o uso de gel e mousse. Você também pode usar leave-in aplicando-o somente do meio do cabelo até as pontas para proteger os fios contra o excesso de poluição e raios ultravioletas.

9. Trate os fios

Cabelos oleosos, assim como os outros tipos, também precisam de hidratação, principalmente para evitar o enfraquecimento dos fios.

Leia também:  Como Saber O Que Devo Nas Scuts?

A novidade para os fios oleosos é a argiloterapia, um tratamento a base de argila sulforosa, rica em sais minerais como cálcio, potássio, ferro, zinco, magnésio, sílica e sódio, que esfolia a e trata a fibra capilar recuperando a saúde do couro cabeludo e dos fios.

10. Controle a caspa

A caspa aparece em todos os tipos de cabelos e são características de problemas no couro cabeludo em geral, mas a oleosidade em excesso associada à ação de um fungo chamado Malassezia, que está presente na pele de todos nós, torna o couro mais propenso à formação da caspa. Usar xampus anticaspa e evitar dormir com os cabelos molhados pode ajudar no controle.

11. Cuidado com o uso de talcos

Se de última hora tiver que disfarçar a caspa, você pode recorrer ao talco, que disfarça a aparência oleosa, mas o risco do couro cabeludo apresentar rejeições e provocar coceiras é grande. Tome o mesmo cuidado com produtos como pós matificantes e sprays de xampu seco. Ambos devem ser usados esporadicamente e com parcimônia.

12. Relaxe

Pessoas que se encontram estressadas, tendem a produzir maiores taxas de óleo no couro cabelo, por isso, manter-se calma e relaxada nas tarefas do dia a dia é bom não apenas para o coração, mas também para os cabelos.

Agora você já tem informações preciosas para cuidar dos cabelos e combater a oleosidade, mas se o seu caso for extremo, do tipo que causa incômodos e constrangimentos maiores, procure um dermatologista. Ele irá analisar o seu caso, descobrir a origem do problema e indicar loções específicas para o seu tratamento.

Como lavar o cabelo sem shampoo convencional?

Equipe eCycle Consuma Consciência – Dia-a-dia Como Fazer Com Que O Cabelo Nao Fique Oleoso? Imagem de Darya Ogurtsova no Unsplash

Saber como lavar o cabelo sem shampoo pode ser uma forma de economizar dinheiro e tempo. Além disso, você estará diminuindo a sua poluição no mundo com embalagens de plástico. Algumas pessoas ainda relatam que, após anos sem utilizar shampoo, o cabelo fica mais forte, macio e com volume natural. Confira:

  • Conheça os ingredientes nocivos dos cosméticos e produtos de higiene

Como lavar o cabelo sem shampoo

Existe mais de uma forma de substituir o shampoo convencional. Você pode utilizar o shampoo em barra, encontrar um sabonete que seja adequado para o seu cabelo, usar bicarbonato de sódio ou lavar apenas com água. Algumas marcas fabricam sabonetes que podem ser utilizados no couro cabeludo e fios. Depois de ter escolhido sua opção:

  1. Molhe o cabelo;
  2. Esfregue o couro cabeludo por um a dois minutos. Esse passo é importante para quem quer começar a lavar o cabelo sem shampoo, pois se você não esfregar o couro cabeludo, seu cabelo ficará oleoso;
  3. Esfregue o sabonete, bicarbonato de sódio ou shampoo em barra no couro cabeludo e massageie. Em seguida, enxágue;
  4. Use um condicionador natural. Um condicionador caseiro deixará seu cabelo tonificado. Mas você também pode utilizar óleos vegetais para hidratar;
  5. Escove o cabelo. Quando seu cabelo estiver molhado, penteie-o com os dedos ou com um pente de dentes largos. Com os dedos, distribua os óleos naturais do couro cabeludo por todo o cabelo, ajudando-o a ficar com brilho e mantendo o acúmulo de oleosidade sob controle.

Usando bicarbonato de sódio

Não existe uma única receita para lavar o cabelo sem usar shampoo. Com o bicarbonato de sódio não é diferente, vá ajustando aos poucos conforme a necessidade, ou reduza a quantidade de vezes na semana que você utiliza o produto.

A quantidade padrão para o cuidado do cabelo é uma colher de sopa de bicarbonato de sódio para um copo de água.

O cabelo crespo ou mais grosso pode precisar de um pouco mais de bicarbonato de sódio, enquanto o cabelo fino e liso pode precisar de menos. Experimente e veja o que funciona para você.

  • Como clarear o cabelo naturalmente

Posso lavar o cabelo utilizando apenas água?

Sim, mas utilizar shampoo em barra ou sabonete pode proporcionar maior sensação de limpeza.

Como eliminar oleosidade sem utilizar shampoo?

Esfregue o couro cabeludo! Esta é a chave para fazer com que seu cabelo não fique oleoso. Seu couro cabeludo tem produção de óleo natural e a escovação ajuda a limpar o cabelo. Não pule esta etapa.

Posso usar apenas condicionador?

Não é recomendado utilizar apenas condicionador, pois isso pode tornar o cabelo oleoso.

Se você gosta de ter um cheiro agradável no cabelo, faça um spray com óleos essenciais e água na proporção de cinco gotas de óleo essencial de sua preferência para 250 ml de água.

Fontes: Dont Waste The Crumbs e The Art of Simple

Veja também:

Cadastre-se e receba nosso conteúdo em seu email. Comunicar erro

Cabelo oleoso no inverno: causas, como evitar e tratar o problema

Uma das queixas ouvidas durante a estação mais fria do ano é a de que o cabelo fica mais oleoso. Esse drama capilar é bem comum, mas algumas dicas simples podem ajudar a eliminar o aspecto engordurado dos fios, principalmente na raiz. Confira as nossas dicas e saiba o que fazer para evitar o cabelo oleoso no inverno.

Quando os termômetros baixam, lavar os cabelos pode ser uma atividade menos constante por conta do frio, o que provoca o aumento de oleosidade.

E, quando eles são lavados, fica difícil resistir a lavar os cabelos com água quente, não é mesmo? E esse hábito pode causar o famoso efeito rebote, em que o couro cabeludo produz mais oleosidade para compensar o ressecamento causado pela alta temperatura.

O mesmo acontece com o uso do secador, que tende a ser mais frequente durante o inverno. Como o aparelho tende a ressecar os fios, pode acontecer o mesmo mecanismo de o organismo produzir mais sebo na tentativa de repor a perda da umidade natural.

Como evitar o cabelo oleoso no inverno?

Separamos algumas dicas que podem te ajudar a não ter um cabelo oleoso no inverno. Além disso, segui-las irá te proporcionar fios bonitos durante todo o ano:

Lavagem

O recomendado é utilizar água morna, com temperatura em torno de 24ºC. Diminuir a frequência de lavagem do cabelo, como comentamos, é outra decisão causada pelo frio, mas essa prática também não é muito recomendada.

Quem pratica esportes ou naturalmente transpira muito, precisa lavar os fios mais vezes, mas o recomendado é que eles sejam lavados pelo menos em dias alternados. Quanto aos produtos utilizados, dê preferência àqueles indicados para seu tipo de cabelo. Quando não for possível higienizá-los no banho, algumas borrifadas do Shampoo a Seco Dove Day 2 podem amenizar o problema temporariamente.

Confira a frequência ideal para lavar cada tipo de cabelo.

Acessórios de inverno

Nessa estação, é comum o uso de acessórios como toucas e chapéus. Além de deixar o visual mais charmoso, eles evitam que a região da cabeça fique exposta ao frio.

Mas muita calma! Nada de ficar usando esses tipos de acessórios 24 horas por dia, ok? O uso excessivo mantém o couro cabeludo abafado por muito tempo e estimula a oleosidade da região, o que pode causar o surgimento da indesejável caspa. Dê preferência para o uso moderado, apenas durante curtos períodos do dia.

Como Fazer Com Que O Cabelo Nao Fique Oleoso?

Mão no cabelo

O hábito de passar as mãos do cabelo durante o dia não é muito saudável para os fios. Ao receber o toque das mãos, o couro cabeludo ganha oleosidade e a transfere para o restante das mechas. Se você é acostumada a fazer isso, é bom rever essa ação.

Secador

Para usá-lo corretamente, evite temperaturas muito altas e posicione o jato de ar a cerca de 20 centímetros de distância do cabelo, pois o aparelho muito próximo à raiz favorece a oleosidade do couro cabeludo. Além disso, espalhe um bom protetor térmico nas mechas antes da secagem para blindá-los contra o calor.

Leia também:

Sugestão de produtos

A lavagem é um cuidado essencial para manter os fios bonitos e saudáveis. O shampoo e condicionador Love Beauty and Planet Energizing Detox é ideal para fazer uma limpeza que desintoxica os fios e o couro cabeludo sem comprometer a saúde da fibra capilar.

Já a Máscara de Tratamento TRESemmé Detox Capilar purifica ao mesmo tempo em que nutre suavemente, além de ajudar a desembaraçar os fios com facilidade e eliminar o frizz.

Cabelo oleoso: dicas e cuidados para evitar a oleosidade excessiva

De todas as preocupações comuns sobre cabelos, lidar com cabelos oleosos pode ser uma das mais frustrantes. Embora não faltem produtos eficazes de combate ao frizz e sprays que aumentam o brilho, ainda existem relativamente poucas soluções para aqueles que lidam com fios oleosos.

Isso ocorre porque a última coisa que você deseja quando seu cabelo é uma bagunça oleosa é sobrecarregá-lo com ainda mais produtos.

Então, o que uma pessoa de cabelos oleosos deve fazer? Para te ajudar, nós separamos hábitos diários para deixar as madeixas menos oleosas, saudáveis e em equilíbrio.

Mas antes, você sabe o que causa o cabelo oleoso?

Antes de abordarmos os cuidados com os cabelos oleosos, é importante primeiro entender sua causa. Os cabelos oleosos costumam ser provocados pelo acúmulo de excesso de sebo, que é um óleo natural produzido nas glândulas sebáceas.

Embora nosso corpo normalmente seja capaz de dizer com precisão a quantidade de óleo que precisa produzir para manter a pele saudável e hidratada, às vezes é acionado em excesso, resultando em uma superprodução que pode deixar a pele e o cabelo oleosos.

 

Às vezes, isso é causado por fatores internos, como um desequilíbrio hormonal, enquanto outras vezes, pode ser um resultado direto de sua rotina diária de beleza. Com que frequência você lava o cabelo, os tipos de produtos que usa e como escova o cabelo, tudo isso pode contribuir para a oleosidade.

Além disso, a oleosidade excessiva do cabelo pode ocorrer devido à genética, aos medicamentos contraceptivos e até ao excesso de condicionador aplicado na raiz do cabelo. Procedimentos químicos, como escova progressiva, também podem causar oleosidade, uma vez que ataca diretamente o couro cabeludo.

Qualquer que seja a causa, seu couro cabeludo oleoso fica preso em um ciclo vicioso que alguns remédios realmente pioram. Por exemplo, você pode pensar que lavar o cabelo com frequência é a maneira de eliminar o óleo. Por mais lógico que essa abordagem possa parecer, você provavelmente está deixando seu cabelo mais oleoso ainda. 

Leia também:  Gengibre Para Que Serve E Como Usar?

Você acorda com um couro cabeludo oleoso e lava o cabelo para remover a gordura. No processo, você tira o sebo natural dos fios. A resposta do seu corpo é substituir o óleo que está perdido.

Às vezes, essa resposta é exagerada e você se vê oleoso novamente pouco depois. Tentando reidratar a umidade perdida, ele libera mais óleo. Você não pode vencer perseguindo esse ciclo gorduroso.

A dura verdade é que quanto mais você lava o cabelo, mais óleo seu couro cabeludo pode produzir.

Então, o que fazer?

A melhor maneira de parar a secreção excessiva de sebo é pular a lavagem do cabelo. Tão contra-intuitivo quanto parece, deixar o cabelo mais tempo sem lavar pode ajudar com o tempo.

Pule o shampoo um ou dois dias por semana, pelo menos.

Se ficar dois ou três dias sem lavar o cabelo te incomodar, experimente shampoos a seco, que foram projetados para ajudar a absorver esse óleo sem retirar o sebo necessário do couro cabeludo.

Outra dica é repensar seu shampoo e condicionador. Você provavelmente escolheu produtos que têm pouco em termos de hidratação ou talvez tenha ignorado o condicionador por completo.

Afinal, você não deseja adicionar mais oleosidade a uma situação já super-hidratada, certo? Não. Você deve usar produtos para equilibrar a umidade em sua cabeça.

Qualquer produto pesado seria demais, mas um shampoo e condicionador hidratantes leves podem ajudar a manter o equilíbrio no couro cabeludo. Portanto, não pule o condicionador – use-o corretamente. 

Lembre-se também que a água quente pode estimular as glândulas que produzem sebo, que é exatamente o que você não deseja.

Além disso, um enxágue com água fria ajuda a fechar a cutícula do cabelo, evitando danos ao seu cabelo.

E sempre que possível, deixe o cabelo secar ao ar naturalmente, ou pelo menos, mantenha o calor do secador no mínimo. Isso porque o ar quente pode estimular a produção de petróleo.

Dicas diárias de como cuidar dos cabelos oleosos

Agora que você já entende melhor como o seu cabelo oleoso funciona, é hora de seguir algumas dicas básicas para deixar seus fios bonitos e saudáveis:

Aplique o condicionador da maneira certa

O condicionador não é apenas adequado para o uso de tipos de cabelos oleosos, mas também é necessário, pois fornece uma dose saudável de hidratação, nutrição e proteção que seu cabelo não pode obter apenas com o xampu. A chave, no entanto, é encontrar um que funcione para suas necessidades individuais de cabelo.

E em vez de aplicar o condicionador em todo o comprimento, faça o uso apenas nas pontas, evitando completamente o couro cabeludo, o que ajudará a impedir que o cabelo fique super oleoso. E faça o que fizer, não se esqueça de lavar o cabelo completamente.

Às vezes, o que você acha que é óleo é na verdade apenas shampoo ou condicionador que não foram enxaguados completamente.

Troque sua escova de cabelo 

Embora ainda se acredite que escovar os cabelos oleosos só vai piorar, o fato é que, com a escova certa, você pode remover e distribuir um pouco desse óleo para que suas raízes pareçam menos oleosas.

Escovas de cerdas sintéticas de javali são uma opção particularmente boa para aqueles com raízes oleosas, pois as fibras ajudam a captar e distribuir os óleos naturais por todo o cabelo. Apenas certifique-se de que você não está exagerando, pois isso pode realmente estimular a produção de óleo.

Como é o caso da maioria das coisas na vida, trata-se de encontrar o equilíbrio certo.

Escolha seus produtos com sabedoria

Enquanto alguns produtos podem fazer maravilhas em seus cabelos oleosos, há outros que apenas ajudam a piorar o problema.

É por isso que, ao escolher seus produtos você deve ficar longe de qualquer item que seja rotulado como “aprimorador de brilho” ou “anti-frizz”, pois eles geralmente são feitos com algum tipo de óleo, o que pode acabar atrapalhando o seu cabelo e fazendo com que pareça mais gorduroso.

Em vez disso, procure produtos para cabelos oleosos com propriedades de volume, que ajudem a levantar o cabelo e impedir que ele entre em contato com as raízes oleosas.

Evite tocar no seu cabelo

Pode não parecer grande coisa, mas seus dedos podem realmente afetar a aparência do seu cabelo. Isso ocorre porque, como o cabelo, as pontas dos dedos e o rosto também produzem óleo, que pode ser facilmente transferido para o cabelo, piorando ainda mais o problema de oleosidade. 

Evite alisar o cabelo

Alisar o cabelo com escovas progressivas e chapinhas, por exemplo, pode fazer com que seus fios pareçam ainda mais oleosos. Isso ocorre porque cabelos lisos fazem com que a oleosidade do couro cabeludo vá direto pelo seus fios.

Nosso cabelo também tende a ficar um pouco mais próximo do couro cabeludo quando está alisado, o que torna mais provável que ele entre em contato com óleos no couro cabeludo e no rosto.

Em vez disso, tente optar por um estilo encaracolado ou ondulado, que ajudará a adicionar volume ao seu cabelo, para que ele não fique muito oleoso muito rapidamente.

Vá devagar com o shampoo a seco

Embora o shampoo a seco seja ótimo quando estamos entre as lavagens, evite o uso excessivo. Como é o caso de qualquer produto que fica no seu cabelo, usar demais esse shampoo pode resultar em acúmulo, que pode secar o couro cabeludo, causando a produção de mais óleo.

Para combater isso, tente reduzir o shampoo seco e adicionar outro dia de lavagem à sua programação. Isso não apenas ajudará a livrar o cabelo de todo o óleo que você está tentando encobrir, mas também ajudará a reduzir qualquer acúmulo de produto prejudicial no processo.

Use uma esfoliação no couro cabeludo

Para ajudar a reduzir ainda mais o acúmulo de óleo, inclua uma esfoliação no couro cabeludo em sua rotina de cuidados com os cabelos, uma ou duas vezes por semana.

Não se esqueça de aplicar no couro cabeludo molhado, pois a água atuará como transportadora do produto.

Ao aplicá-lo, use movimentos pequenos e circulares com as pontas dos dedos (nunca as unhas) para massagear suavemente o esfoliante no couro cabeludo – como faria com um esfoliante facial. 

E agora que você já sabe como manter seus fios bem cuidados de acordo com as suas necessidades, busque os produtos ideais para te garantir uma rotina de beleza eficaz e prática de acordo com o seu tipo de cabelo!

cabelo oleosocabeloscronograma capilarcuidados com o cabelodicas de cabelo

Cabelo saudável e brilhante

Pode ter um cabelo com aspeto saudável e brilhante num segundo e, de repente, pode ficar sem vida e oleoso – como é possível? Vamos explicar as razões para o cabelo brilhante ficar oleoso e como é possível manter o cabelo sedoso (não oleoso), liso e suave.

Por que razão o cabelo brilhante = cabelo saudável?

Existe uma razão científica para o cabelo saudável ter um brilho sedoso e natural, sendo que essa razão está nas cutículas…

O centro de cada fio de cabelo (conhecido por córtex) está coberto de cutículas protetoras que se sobrepõem como escamas. Quando estas cutículas estão posicionadas corretamente, bem contra o córtex, elas formam uma superfície suave. Quando a luz atinge esta superfície plana, reflete-se facilmente. É isto que torna o cabelo brilhante.

No entanto, se as cutículas estiverem enfraquecidas, secas, estragadas ou tiverem sido (literalmente) friccionadas de maneira errada, elas ficam levantadas, escamadas e posicionadas de maneira irregular.

A luz tem, assim, mais dificuldade em refletir-se, dando a impressão de que o cabelo não tem brilho.

As cutículas podem ficar estragadas por várias razões, sendo as mais comuns a exposição à luz solar, pintar o cabelo e penteados em demasia, a poluição e a não utilização dos produtos de cuidados capilares adequados. Conclusão: o cabelo saudável é um cabelo brilhante!

Porque é que o meu cabelo fica oleoso?

O cabelo brilhante não tem nada a ver com o cabelo oleoso. Como vimos acima, o cabelo fica brilhante quando as cutículas se posicionam bem contra o córtex do fio de cabelo. No entanto, o cabelo fica oleoso quando o óleo produzido naturalmente pelo seu couro cabeludo lubrifica em demasia o fio de cabelo.

O couro cabeludo produz óleo para hidratar a pele da sua cabeça e para evitar que o cabelo fique seco. No entanto, se houver demasiado óleo acumulado nos crescimentos e nos fios de cabelo, então estamos perante um problema. O cabelo fica com um aspeto oleoso, com secções que tendem a amontoar-se em tufos oleosos.

A oleosidade pode ser provocada por: não enxaguar o condicionador de maneira apropriada, mexer demasiado no cabelo ou penteá-lo demasiado (e espalhar os óleos), privando, assim, o couro cabeludo dos óleos essenciais (e fazendo com que a pele produza demasiado óleo para compensar). Por outro lado, também pode dever-se ao facto de o corpo ter um nível elevado de produção de óleo.

Como conseguir um cabelo brilhante

Primeiro, leia o parágrafo anterior para ver se uma das hipóteses referidas é a causa para o seu cabelo ficar oleoso. Se enxaguar bem o cabelo, não mexer nele em demasia e não usar produtos agressivos, pode fazer com que o seu cabelo fique novamente saudável e brilhante.

Leia também:  O Que É Tofu E Como Fazer?

Para quem tem o cabelo naturalmente oleoso, existem soluções de cuidados capilares que retiram suavemente o óleo em excesso sem estragar o couro cabeludo.

Experimente a gama Hair Spa, por L'Oréal Professionnel, para cuidar do couro cabeludo sensível.

Já para cuidar das cutículas estragadas, a gama Absolut Repair Lipidium fortalece e reconstrói as fibras capilares, deixando-as reparadas e protegidas.

Quando encontrar um shampoo e um condicionador adaptados ao seu tipo de cabelo, este último começará a dar sinais de estar a recuperar. O passo seguinte consiste em usar produtos de styling para tornar o seu cabelo mais macio…

Como tornar o seu cabelo mais macio

O seu cabelo é frágil, frisado e precisa de ficar mais macio, mas sem ficar pesado? Experimente um creme adequado para secar com o secador depois de o lavar. Desta forma, dar-lhe-á um volume natural, enquanto controla, ao mesmo tempo, os cabelos soltos.

Para manter o cabelo suave e brilhante, ao mesmo tempo que o vai controlando, procure a laca adequada.

Esqueça a textura quebradiça e o movimento pouco natural que as lacas costumavam proporcionar: o que importa agora é a fixação, o brilho e o volume natural. Quando aplicada no cabelo molhado, a laca Natural Finish, de Tecni.

ART, proporciona um brilho saudável e leveza para poder pentear o cabelo como quiser. O cabelo fica suave e fácil de pentear, mas totalmente controlado.

A melhor dica: não se esqueça de usar o bocal concentrador quando secar o cabelo com o secador. Para além disso, dirija-o para o cabelo num plano inclinado para baixo, para que as cutículas fiquem bem secas e posicionadas bem contra o córtex.

Image credits: Pixelformula, cushnie_ochs_Bwaw1819

Content created by Webedia

10 razões por que o cabelo fica mais oleoso (e soluções para vencer o combate)

As vitaminas do complexo B desempenham um papel activo na produção e regulação dos níveis de óleos naturais do cabelo. Não ter quantidades suficientes deste nutriente pode fazer com que os fios fiquem muito oleosos.

Os níveis hormonais também desempenham um papel importante e podem ficar irregulares devido a situações como gravidez, puberdade, menopausa e stress.

Certos medicamentos, como a pílula, também podem levar a um aumento da produção de óleo no couro cabeludo.

Em qualquer caso, a primeira e melhor opção é sempre procurar um dermatologista, que aconselhará exames, especialistas ou tratamentos que podem ajudar.

Se a falta de vitamina B ou a questão hormonal não for o seu caso, mas ainda assim o seu look parece um anúncio – inadvertido – a um gel de cabelo, há 10 possíveis razões para isso.

A boa notícia é que a oleosidade não é, necessariamente, um problema para toda a vida. E sim, é possível controlá-la com um pouco de tempo e paciência

1. Baixe a temperatura

Vamos falar da temperatura da água que usa no duche. Gosta dela bem quente? Ah, pois é… o vapor e a água quente retiram a humidade e o óleo natural do couro cabeludo.

Quando isso acontece, as glândulas sebáceas produzem mais óleo para compensar, ou seja, o cabelo fica novamente oleoso em pouco tempo.

Reduza a temperatura para morna e verá rapidamente uma redução na produção sebácea e também no brilho dos fios de cabelo. A pele também agradece.

2. Não precisa de lavar o cabelo todos os dias (sim, leu bem)

Não tem necessariamente de lavar o cabelo todos os dias. O seu champô pode estar a tirar os óleos naturais dos fios, mas em excesso. E nunca é demais reforçar: o condicionador deve ser aplicado apenas do meio para as pontas, e nunca no couro cabeludo. Deve enxaguá-los muito bem após cada aplicação.

3. Penteie q.b

Penteie os cabelos com uma escova que distribua uniformemente os óleos naturais da raiz até às pontas, o que ajudará também a manter as extremidades hidratadas. Mas não o faça mais do que duas ou três vezes por dia, e lembre-se de lavar sempre a escova após o uso e de retirar o excesso de fios que ficam presos nela.

4. Modere as ferramentas

Evite usar o modelador, ou o alisador, ou fazer brushing demasiadas vezes por semana — sim, há quem alise ou encaracole o cabelo todos os dias. Quando o secar, sempre que possível, faça-o no modo frio, novamente, para evitar estimular demasiado as glândulas sebáceas do couro cabeludo. E nunca se esqueça de aplicar um protector térmico para os fios.

5. Tire as mãos de cima

Se tem aquele tique de estar a mexer constantemente no cabelo… já adivinhou… ele ficará mais oleoso. O toque transfere o calor e a oleosidade das mãos para os fios. O mesmo acontece com o rosto. O ideal é evitar o excesso de toque na pele e nos cabelos, por isso, controle-se!

6. Solte o cavalo

Não prenda o cabelo num rabo de cavalo muito apertado. Isso pode contribuir para que o óleo se acumule sobretudo nessa parte do couro cabeludo e lhe dê mais rapidamente o  aspecto de cabelo oleoso.

7. Dia de descanso

Se insiste em lavar diariamente, escolha pelo menos um dia de descanso. Quando lavar a cabeça, escolha champôs e produtos com fórmulas específicas para a sua necessidade. Para os dias “não”, ou em S.O.S., use um champô seco, são uma das recentes maravilhas da cosmética capilar e funcionam mesmo.

8. Escolha bem os aliados

Use os produtos certos (veja as sugestões na galeria). Se têm fios finos a médios, deve usar um champô e condicionador com uma fórmula para esse tipo de cabelo. Quem tem cabelo grosso ou encaracolado, pode optar por fórmulas mais nutritivas e ainda aplicar produtos à base de creme rico e óleos.

9. Mão leve

Não exagere na quantidade de produtos que aplica.

Usar, de todas as vezes que lava o cabelo, champô, condicionador, leave-in, spray de volume, mousse, fixador, óleo para as pontas, protector térmico, entre outros…

 além de cansativo é capaz de ser um exagero, por muito que as coreanas usem 25 produtos de beleza por dia na sua rotina. Menos costuma ser mais e pode sempre intercalar a utilização dos seus produtos favoritos.

10. Elimine a poluição… do cabelo

A sujidade contribui para a oleosidade. Já existem champôs com características detox e pode usá-los todos os dias (ou conforme indicado na embalagem) para se certificar que removeu dos fios todas as impurezas do ambiente, excesso de oleosidade e produtos de styling.

Avenida dos Aliados: produtos que ajudam a controlar a oleosidade

Cabelo oleoso – o que fazer?

Com o cuidado adequado, o seu cabelo em breve terá um aspeto mais saudável

Apesar de todos os esforços e os penteados mais elaborados, madeixas oleosas e sem forma podem-se tornar uma condição permanente que causa muita frustração entre as mulheres que têm este problema. O cabelo oleoso parece negligenciado.

Mas na realidade, é apenas o resultado de um processo natural. Nas raízes do cabelo existem glândulas sebáceas que segregam uma substância oleosa chamada sebo. Na realidade, esta substância é benéfica para o cabelo.

Este permite que o cabelo se mantenha saudável e suave e evita que fique demasiado seco e quebradiço. 

A produção excessiva desta substância é a causa do cabelo oleoso. No pior cenários, as glândulas sebáceas bloqueiam as raízes do cabelo e podem causar excesso de queda de cabelo e caspa.

As causas podem ser hereditárias, hábitos de alimentação pouco saudáveis, medicação ou cuidado inadequado do cabelo.

A oleosidade também podem variar com as estações, alterações climatéricas, flutuações hormonais ou períodos prolongados de stress.

Um dermatologista irá ajudar em casos extremos de oleosidade. Alguns medicamentes podem ajudar a controlar a produção de secreções pelas glândulas sebáceas. No entanto, na maioria dos casos, produto de cuidado especiais são suficientes. Estes produtos irão restabelecer o equilíbrio na produção de substâncias oleosas.

Algas marinhas ou plantas como alecrim, urtigas, camomila ou salva ajudam a regular a produção de oleosidade e a apaziguar o couro cabeludo.

 Não use produtos que contenham substâncias que ajudem a repôr proteínas ou lípidos como os óleos ou silicones! Eles apenas tornarão a situação ainda pior ao tornarem o cabelo mais pesado e oleoso do que antes.

Para além do cuidado adequado, a aplicação correta dos produtos também tem um papel importante. Alguns acreditam que a lavagem frequente estimula a produção de mais oleosidade. No entanto, não existem bases para sustentar este facto. O contrário é verdade. O cabelo oleoso deve ser lavado frequentemente, diariamente se necessário.

  • Use champôs com um aspeto translúcido e evite champôs cremosos
  • De vez em quanto, deve remover o excesso de oleosidade do cabelo e couro cabeludo usando um produto específico. Pode encontrar este tipo de produtos em lojas especializadas ou farmácias. Estes produtos absorvem grandes quantidades de substâncias oleosas e são por isso ideiais para combater o cabelo oleoso 
  • Lave o cabelo de manhã. As glândulas sebáceas são mais ativas durante a noite
  • O cabelo oleoso irrita o couro cabeludo e torna-o mais sensível. Deve evitar causar mais stress e por isso tente não expor o cabelo a água quente ou usar o secador frequentemente. Outras irritações desnecessárias são tranças muito apertadas ou chapéus
  • Use apenas água morna. A água quente estimula a produção de oleosidade
  • Não use escova. Assim irá distribuir a oleosidade desde a raiz até às pontas. Pentear o cabelo com um pente é suficiente.
  • Não use produtos de cuidado intensivo. O cabelo oleoso necessita de menos ingredientes de cuidado do que o cabelo seco. A regra número um para o cabelo oleoso é “Menos é mais!”

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*