Como Fazer Alguem Fazer O Que Voce Quer?

A arte de persuadir consiste tanto mais em agradar do que em convencer, quanto os homens se guiam mais pelo capricho do que pela razão.-Pascal

Como convencer alguém sem usar manipulação. Aprender a fazer isso parece possível para você?

  • Para a grande maioria das pessoas, persuasão e manipulação são apenas sinônimos.
  • Mas a minha tarefa neste artigo é provar para você e mostrar como você pode convencer alguém sem usar nenhum tipo de manipulação.
  • A linha ética entre esses dois conceitos é muito tênue, o que gera muitas interpretações erradas, levando muitos empreendedores a não aprenderem a ser mais persuasivos porque acreditam que, assim, estarão sendo desonestos.
  • Se você acompanha as publicações semanais do Viver de Blog, deve ter percebido que sempre falamos muito de assuntos como:
  • Todas elas são ciências ou técnicas persuasivas para você fazer com que o seu visitante diga SIM.
  • SIM para assinar sua lista de emails
  • SIM para baixar algum material
  • E SIM para comprar um de seus produtos.

A persuasão nem sempre é vista como algo positivo, mas da manipulação ninguém duvida: todos concordam que ela é extremamente negativa.

Portanto, se você não quer manipular sua audiência de jeito nenhum (e eu espero sinceramente que você não deseje fazer isso), mas quer aprender a ser mais persuasivo para melhorar seu negócio, então continue lendo para aprender:

Persuasão x Manipulação: pare de confundir os dois de uma vez por todas

Como Fazer Alguem Fazer O Que Voce Quer?

Robin Dreeke, coordenador de análise de comportamento do FBI e autor do livro “It’s Not All About Me: The Top Ten Techniques for Building Quick Rapport with Anyone” (“Não é só sobre mim: as 10 melhores técnicas para criar conexão com qualquer pessoa”), afirma que tanto faz se você está tentando proteger seu país de ameaças ou quer atrair mais clientes, o maior desafio será sempre conquistar a confiança.

Ele afirma que não é possível gerar credibilidade quando você acredita que sabe como convencer alguém e coloca seus próprios interesses na frente das outras pessoas.

Manipulação= pensar somente nos próprios interesses

Persuasão= pensar no interesse de ambos

Como consequência disso, sentimentos negativos são gerados. Esse é o principal sinal de manipulação.

Imagine a seguinte situação: um amigo seu manda uma mensagem pelo WhatsApp perguntando se pode marcar um encontro com você depois do seu trabalho porque precisa de uma ajuda com um projeto.

Você topa, e marca um horário. Seu amigo pede para mudar o horário para uma data que seja melhor para ele, no dia chega atrasado e ainda quer que você pague pelo cafezinho.

Para ele a experiência foi ótima, mas, e para você?

A diferença entre manipulação e persuasão quando você quer convencer alguém está justamente no sentimento que a pessoa fica depois de concordar com o que você pediu. E mais: se ela estará disposta a ser convencida por você novamente.

Se o sentimento foi bom, você pode apostar que sim!

Manipulação= gera sentimentos ruins

Persuasão=gera bons sentimentos

  1. Você diria que Gandhi, Martin Luther King e Nelson Mandela foram líderes manipuladores?
  2. Pois, eles foram verdadeiros mestres da persuasão, capazes de influenciar milhões de pessoas a mudarem suas crenças e atitudes em prol de um bem maior.
  3. O que nos leva a concluir que para aprender como convencer alguém você precisa ter a intenção certa por trás das suas ações.

A diferença entre persuasão e manipulação é a intenção.

O que é manipulação: exemplos para você evitar a todo custo

Como Fazer Alguem Fazer O Que Voce Quer?

A manipulação é feita através da geração de sentimentos negativos, causando, por consequência, ainda mais sentimentos negativos, sendo assim pouco provável convencer a mesma pessoa mais de uma vez através da manipulação.

Eu realmente não encorajo você a usar nenhuma dessas maneiras de convencer alguém, porque os resultados serão negativos no longo prazo, manchando a sua reputação e autoridade para sempre.

No entanto, esses são excelentes exemplos do que você não deve fazer de jeito nenhum. E também como você pode se proteger desse tipo abusivo de manipulação.

Pedir por algo simples e fácil para ganhar atenção e depois apresentar a verdadeira requisição

  • Conseguir a atenção das pessoas hoje em dia, mesmo que por apenas alguns minutos, parece uma missão impossível.
  • Mas vamos dizer que alguém na rua se aproxima de você e pergunta se você conhece alguma borracharia na região.
  • Por mais que você esteja com pressa, esse é um pedido fácil e rápido de atender.
  • Porém, a pessoa que faz essa aparentemente inofensiva pergunta começa a contar a história de como o seu pneu furou e como ela precisa chegar rapidamente a um compromisso e pede a você que a ajude fazer a troca de pneu, esse já é um pedido muito maior e mais demorado.
  • Ela já conseguiu um sim seu, portanto, seria mais fácil conseguir o segundo sim.

Esse tipo de técnica para convencer alguém funciona? Certamente que sim!

Mas tome muito cuidado com o seu segundo pedido, especialmente se for algo que pode fazer com que a pessoa que foi persuadida se sinta manipulada depois de atendê-lo.

Como Fazer Alguem Fazer O Que Voce Quer?

O verdadeiro poder da persuasão

9 maneiras de convencer alguém sem usar a manipulação

O uso do medo para convencer alguém

Não há nenhum argumento melhor do que o medo para manipular pessoas. Ok, talvez o argumento de ganhar dinheiro fácil…

Um exemplo está ocorrendo exatamente nesse momento. A mídia tradicional está divulgando massivamente casos de febre amarela que acarretaram mortes em algumas regiões do país e divulgando a vacinação obrigatória contra a doença.

Apesar da real ameaça, a manipulação através do medo tem sido tão grande que os estoques da vacina em muitos postos públicos e privados está esgotada. Algumas pessoas estão até tomando duas doses do medicamento, com a crença de que estarão mais protegidas!

O medo por si só já é uma enorme arma manipuladora, mas se usada em conjunto com uma técnica onde o medo é ativado e depois aliviado, ela se torna imbatível.

Primeiro, o estresse e o medo são potencializados ao máximo. Em seguida, o estresse é aliviado e a pessoa fica mais vulnerável, tornando-se assim menos racional.

Seria como você dar um susto em alguém e após a pessoa perceber que é apenas você e não uma verdadeira ameaça, ela relaxa ainda mais. E aproveitando desse momento, você faz um pedido sabendo que a pessoa estará muito mais disposta a ser convencida.

Gerando sentimento de culpa

Essa é, sem dúvida, a pior de todas se usada com a intenção clara de apenas levar vantagem.

Quando uma pessoa faz um favor para outra, pensando apenas em deixá-la com o sentimento de dívida, isso é considerado manipulação. A diferença aqui sempre vai estar na intenção por trás do favor.

Por exemplo, se alguém empresta dinheiro para você, uma dívida é automaticamente gerada. No entanto, se a pessoa começa a usar essa dívida como argumento para conseguir que você faça algo para ela, isso é manipulação.

Espero que esses exemplos tenham deixado bem claro o que pode ser considerado como manipulação e não persuasão e, porque não devem ser usados.

Agora então vamos ver como convencer alguém apenas usando a persuasão e sempre garantindo que a ética e o respeito ao próximo estejam presentes em uma relação onde ambos os lados têm a ganhar.

9 maneiras de convencer alguém sem usar a manipulação

Como Fazer Alguem Fazer O Que Voce Quer?

Você não precisa da manipulação para ser convincente e conseguir o que deseja. Basta apostar nas técnicas persuasivas certas para conquistar a atenção e a lealdade das pessoas.

#1. Como convencer alguém a gostar de você na internet

Você pode começar contando sua história, como eu fiz nesse post aqui “Sobre quebrar a perna, largar a faculdade e ver meu pai chorar: a jornada de um jovem empreendedor”, onde contei toda a minha trajetória com a Viver de Blog e todas as dificuldades que enfrentei no caminho.

O storytelling é muito forte para criar uma conexão e convencer as pessoas a gostarem de você. Tanto funciona que esse é um dos artigos mais comentados do blog até hoje!

A história “nós somos parecidos” busca uma conexão rápida com a pessoa e reforça a ideia de que o contador da história assim como quem a escuta são muito parecidos e podem seguir juntos uma jornada de conhecimento.

#2. Como convencer alguém a confiar em você

Simples! Mostrando que você é uma autoridade no seu nicho de mercado.

E como mostrar que você é uma autoridade no seu nicho?

  • Ganhe a confiança de sua audiência ao dar conteúdo gratuito e de qualidade.
  • Peça para alguém falar bem do seu trabalho. Se for uma autoridade já reconhecida, melhor ainda.
  • Mantenha a coerência entre o que você diz e o que faz.
  • Não esqueça de citar fontes e referências que utiliza em seu conteúdo. Além de dar os devidos créditos, você gera credibilidade.

#3. Como convencer alguém a assinar sua lista de emails

A melhor maneira de convencer alguém a assinar sua lista de emails é dar algo em troca primeiro.

Você pode oferecer um conteúdo gratuito ou um presente, como um eBook, curso gratuito, um checklist ou qualquer outra coisa de alto valor percebido e que seja exclusivo para quem assinar a lista.

Basta o lead informar seu email para receber imediatamente o link para download. Exatamente como o nosso mini eBook com as dicas para aumentar seu poder de persuasão que listamos no artigo.

Clique aqui embaixo para fazer o download.

Como Fazer Alguem Fazer O Que Voce Quer?

O verdadeiro poder da persuasão

9 maneiras de convencer alguém sem usar a manipulação

#4.Como convencer alguém influente a ajudar você

Uma das melhores formas de potencializar seu conhecimento e seu negócio é conectar-se com pessoas influentes em sua área de atuação.

Além de emprestar um pouco da autoridade da pessoa, você vai diversificar seu público e pode até crescer a sua audiência. Para conseguir convencer uma pessoa influente a divulgar seu trabalho você precisa seguir 3 regras básicas:

  • Regra 1 – Não peça nada.
  • Regra 2 – Dê algo.
  • Regra 3- Tenha um trabalho que possa ser visto.

Se você se interessou pelo assunto, veja nosso infográfico “A Melhor Forma de Crescer no YouTube: Como Conseguir o Collab Ideal para Atingir Novas Audiências” mostrando o passo a passo para conquistar parcerias para crescer seu canal no YouTube.

#5.Como convencer alguém a não focar no preço do produto

  1. Se seu visitante considera seu preço elevado demais pelo que você está oferecendo, talvez o seu benefício central ainda não esteja muito claro ou você não está oferecendo aquilo que a sua audiência necessita.

  2. Para resolver isso, deixe o benefício da sua solução bem claro e faça uma ancoragem de preço.

  3. Você precisa especificar que ao adquirir uma oferta, que poderia ser vendida por um preço superior ao que está sendo de fato oferecido , o comprador está levando uma enorme vantagem.

#6.Como convencer alguém  a comprar

Se você busca fazer com que alguém confie em você para depois comprar, especialmente se for um curso ou ebook, a maneira mais simples de conseguir isso é oferecendo um bônus relacionado a seu produto.

Vamos supor que você esteja vendendo um curso sobre como fazer email marketing. Por que não oferecer como bônus para quem comprar um checklist com o passo a passo para conteúdos melhores?

O prêmio é relacionado a seu produto, vai acrescentar valor percebido e ainda funciona como incentivo para a compra.

#7.Como convencer alguém a esquecer uma objeção

Boa parte das pessoas terá alguma objeção ao comprar de você, ainda que ela não tenha percebido de forma consciente a existência dessa barreira.

Em boa parte dos casos, essas simples dicas funcionam bem para derrubar as objeções mais comuns:

  • Saiba ouvir seu cliente: ouça realmente as reclamações de seus leads e não fique pensando apenas em como derrubar seus argumentos. Os melhores vendedores são aqueles que sabem ouvir e nem tanto falar.
  • Comunique-se de forma clara e verdadeira: não use mentiras, meias verdades ou argumentos que geram dúvidas e diversas interpretações. Seja o mais transparente possível quando estiver tentando vender algum produto ou serviço.
  • Coloque as necessidades do cliente acima da venda: caso você sinta que o que você oferece não é o que o seu lead precisa, indique outra solução para ele, mesmo que você não ganhe imediatamente com isso. Você estará gerando um sentimento de gratidão, que gera reciprocidade e que pode render a você uma venda no futuro.
Leia também:  Como Evitar Que Livros Fiquem Amarelados?

#8.Como convencer alguém a comprar depois do primeiro não

  • Talvez você não tenha conseguido vencer as objeções mais comuns e ouviu um NÃO para o seu pedido.
  • Tudo bem, o jogo ainda não está perdido.
  • A primeira coisa que você precisa fazer é descobrir porque seu lead está dizendo não para a sua oferta.
  • As razões mais comuns são:
  • Falta de confiança em você ou no produto.
  • Não enxergar o valor na sua solução.
  • Ficar em dúvida se o que você promete irá funcionar.
  • Não ter certeza se conseguirá os mesmos benefícios que outras pessoas.
  • Acredita que não consegue os mesmos resultados por conta própria.
  • Acredita que não tem tempo para usar/aplicar a solução
  • Acha que não precisa do que você está oferecendo.

Procure entender exatamente o que levou a pessoa ao NÃO e descubra o que fazer para matar essa objeção específica nesse artigo aqui

Como Fazer Alguem Fazer O Que Voce Quer?

O verdadeiro poder da persuasão

9 maneiras de convencer alguém sem usar a manipulação

#9.Como convencer alguém a comprar novamente

Nada melhor do que um overdelivery ou uma entrega adicional, para realmente deixar seus clientes satisfeitos e querendo mais.

Sempre que possível, entregue mais do que você prometeu, para superar as expectativas das pessoas.

Você está prometendo dois bônus para quem comprar seu produto? Então entregue o dobro. E use sempre o fator surpresa para encantar seus clientes.

Espero ter convencido você que persuasão e manipulação são práticas absolutamente distintas e que, apesar de ambas funcionarem no curto prazo, você pode acabar com seu negócio e sua imagem pessoal se escolher o caminho mais duvidoso e antiético para convencer as pessoas.

Qual a sua opinião sobre o assunto? Conta aqui para mim nos comentários!

Como Fazer Alguem Fazer O Que Voce Quer?

Como convencer alguém a fazer qualquer coisa que você quiser

Você se considera uma pessoa habilidosa na hora de convencer alguém a fazer algo que você queira? Se esse não é o seu caso, prepare-se, porque as coisas vão mudar bastante para você depois desse post.

Como você confere abaixo, separamos alguns dicas infalíveis, e cientificamente testadas, que ajudam a convencer qualquer pessoa sobre qualquer coisa. E o melhor de tudo é que a coisa toda funciona de uma maneira sutil, sem deixar transparecer nada para o seu interlocutor.

Como Fazer Alguem Fazer O Que Voce Quer?

Mas, claro, basicamente o que você precisa fazer para convencer alguém de algum ponto de vista seu, ou mesmo de fazer algo por você, é utilizar a simpatia de maneira estratégica e ser desinibido para conversar e argumentar.

Simples, né? Abaixo você aprende direitinho a utilizar esses métodos.

Como convencer alguém a fazer qualquer coisa que você quiser:

1. Aumente a auto-estima da pessoa

Como Fazer Alguem Fazer O Que Voce Quer?

Tudo tem que ser feito de uma forma sutil, para não parecer puxação de saco, mas encher o ego ajuda a convencer qualquer um a fazer o que você está pedindo. Manter a coerência para não se contradizer também é importante para nãos e contradizer.

Essa estratégica funciona comprovadamente. Pesquisadores utilizaram esse método para pedir autorização a alguns moradores de um condomínio para instalar um painel publicitário sobre segurança no trânsito em frente a suas casa.

Inicialmente, ninguém aceitou o pedido, mas então os pesquisadores adoraram uma postura diferente, pedindo que o moradores assinassem um abaixo-assinado a favor do embelezamento da Califórnia. Duas semanas depois, eles voltaram nas casas e pediram para colocar o painel novamente e conseguiram a aprovação da maioria das pessoas.

Os resultados do método de usar a coerência surpreendeu bastante, pois a maior parte das pessoas acabou mudando de postura e sua auto-imagem para melhor. Foi a coerência aplicada que acabou ativando nos cidadãos o espírito público para colaborarem com as causas do lugar. Depois disso, as pessoas perceberam que fazia sentido a instalação do painel em frente a suas casas.

2. Use a opinião pública a seu favor

Como Fazer Alguem Fazer O Que Voce Quer?

O objetivo, nesse caso, é usar de uma ideia pronta e utilizá-la para reforçar a sua ideia. É algo que soa como “a voz do povo é a voz de Deus”, puxando a razão para algo com o qual a maioria concorde.

Para convencer alguém, use dados públicos para mostrar seu conhecimento e a credibilidade da informação que você está passando.

Isso funciona para praticamente qualquer coisa, até mesmo para a escolha de um filme que esteja no cinema e que você queira ver, por exemplo. Você só precisa levantar o número de público que ele atraiu, citar quem já o assistiu e gostou e assim por diante.

Basicamente, é só argumentar bem e construir seu discurso encima de números comprovados que você vai conseguir atrair a atenção das pessoas para seu ponto de vista e terá grandes chances de convencer alguém do que você quer.

3. Discurse bastante

Como Fazer Alguem Fazer O Que Voce Quer?

Uma pesquisa da Universidade da Pensilvânia, nos Estados Unidos, mostrou que mais de 50% das vendas fechadas (presencialmente) tem a ver com vínculo e confiança que se tem no vendedor. Apenas 10% dos negócios vão para frente apenas baseado no conteúdo do que está sendo vendido.

Ou seja, se você quiser convencer alguém de qualquer coisa, uma das estratégias mais eficientes é conversar bastante sobre o assunto. Você deve encontrar pontos de semelhança, como gosto ou alguma história parecida com a da outra pessoa para gerar empatia. Isso ajuda muito a convencer.

Dessa maneira, a mente acaba se apegando a um atributo positivo e concluindo que todo o resto, inclusive o que está sendo vendido (seja um produto ou uma ideia) também seja de qualidade.

Viu, que interessante? Claro que o grau de convencimento das pessoas muda muito de uma para outra, mas, de forma geral, essas técnicas funcionam se bem aplicadas. Você, por exemplo, se considera uma pessoa boa de convencimento ou melhor de ser convencida?

Agora, falando sobre como convencer alguém de algo, essa outra matéria vai provar que isso não é só papo de adulto: Bebês aprendem a sorrir para manipular os adultos, segundo a Ciência.

Fonte: Fatos Desconhecidos, Universia

Como convencer uma pessoa em 12 passos simples

Você já pensou em dominar o poder de convencer uma pessoa a adotar o seu ponto de vista? O que você faria se pudesse convencer qualquer pessoa a fazer aquilo que você quisesse? Pense nas implicações que isso traria para o seu dinheiro, seu trabalho e os seus relacionamentos.

O escritor americano Dale Carnegie, autor de Como Fazer Amigos e Influenciar Pessoas, foi fundo nesse tema e, depois de muita pesquisa, selecionou doze maneiras de convencer uma pessoa para o seu modo de pensar. Algumas regras são claras, mas outras são extremamente estratégicas.

O primeiro passo ensinado para convencer uma pessoa é que, embora o outro tenha um ponto de vista diferente do seu (do contrário você não estaria querendo fazê-la mudar de opinião), você nunca deve entrar em uma discussão.

E por que não?

Por que você nunca pode convencer uma pessoa vencendo uma discussão sem ferir a pessoa que você venceu. Dessa forma, ela não vai adotar o seu ponto de vista.

Sendo assim, se quiser realmente convencer uma pessoa, respeite a opinião alheia e nunca diga diretamente a uma pessoa que ela está errada. Quanto mais você insistir que ela está errada, mais ela passará a defender ferrenhamente o ponto de vista dela.

Procure honestamente ver as coisas pelo ponto de vista alheio, tendo consciência de que você próprio, se estivesse sob as mesmas condições e sob a mesma formação educacional, estaria provavelmente pensando da mesma forma.

O quatro ponto a ser observado é que você reconheça as próprias falhas na sua argumentação.

Se você diz algo como “essa idéia pode parecer meio boba mas não tive uma melhor”, a pessoa com quem você argumenta já pode olhar com outros olhos, tendo piedade. Isso não ocorrerá se você chegar certo e seguro de si sobre a melhor idéia do mundo, o que pode deixar o interlocutor com inveja.

Como Fazer Alguem Fazer O Que Voce Quer?

Faça como eu digo…

Uma outra tática muito eficiente é sempre começar a conversa de um modo amistoso. Procure elogiar a pessoa e observe as qualidades do ponto de vista dela para unir com as qualidades do ponto de vista que você quer que a pessoa passe a adotar.

O filósofo grego Sócrates tinha grande destreza nessa área ao fazer com que as pessoas dissessem “sim” o mais cedo possível em uma argumentação. Faça perguntas que não deixe ao interlocutor outra opção que não seja dizer “sim”. Cada “sim” que ele disser, estará mais próximo de adotar o seu ponto de vista.

Mesmo sendo você que quer fazer a outra pessoa mudar de idéia, não deixe isso claro. Na verdade, a outra pessoa deve falar durante a maior parte da conversa. Seja um ouvinte atento e faça perguntas que a estimulem a falar bastante.

Delicadamente, vá direcionando a pessoa a pensar que a sua idéia é, na verdade, idéia dela. Assim ela irá defendê-la com mais veemência até do que você próprio. É preciso ter cuidado nessa estratégia, para não parecer manipulador em demasia.

A cada ponto em que as idéias da pessoa se aproximarem das suas, mostre-se simpático a elas e ao desejo alheio. Você tem que se colocar no lugar do seu interlocutor para fazê-lo passar para o seu lado.

A décima regra diz para você apelar para os mais nobres motivos. Todo mundo se tem em alta conta, gosta de ser correto e nobre na sua própria avaliação. Aqui entram frases-chaves como “Acredito que você é um homem justo, então vai fazer…” ou “Sei que você é uma pessoa de palavra, então vai cumprir com o nosso acordo…”.

A penúltima dica diz respeito a aprender com os grandes convencedores da humanidade: os publicitários.

Dramatize as suas idéias, exemplifique como elas serão úteis para a pessoa (e não para você). Lembre-se que, para a pessoa ao lado, uma simples dor de dente incomoda mais do que toda a fome na África. Para ela querer fazer o que você quer, você precisa convencê-la de que isso será importante para ela (e não para você).

Se essas 11 dicas não tiverem ainda funcionado completamente, lance um desafio. Faça a pessoa ao menos experimentar a sua idéia por um período curto de tempo. Estimule a competição.

Todos nós temos o desejo de vencer, de sobrepujar, de se sobressair. Use isso a seu favor.

Como Fazer Alguem Fazer O Que Voce Quer?

Descubra segredo nº 1 que pessoas comuns estão usando para assumir o controle do próprio futuro aprendendo a montar um plano de vida capaz de transformar os seus maiores sonhos em realidade, passo a passo e começando absolutamente do ZERO!

Quero receber a aula

As 12 maneiras de convencer uma pessoa para o seu modo de pensar

  1. A única maneira de ganhar uma discussão é evitando-a
  2. Respeite a opinião dos outros, nunca diga: “Você está enganado”
  3. Se estiver errado, reconheça o seu erro rápida e enfaticamente
  4. Comece de maneira amigável
  5. Consiga que a outra pessoa diga “sim, sim” imediatamente
  6. Deixe a outra pessoa falar durante boa parte da conversa
  7. Deixe que a outra pessoa sinta que idéia é dela
  8. Procure honestamente ver as coisas do ponto de vista da outra pessoa
  9. Seja receptivo às idéias e desejos da outra pessoa
  10. Apele para os mais nobres motivos
  11. Dramatize as suas idéias
  12. Lance um desafio
Leia também:  Stres a wrzody żołądka

P.S.Se você tem interesse em ser uma pessoa mais produtiva, cadastre-se para receber uma aula especial do curso Planejando Sua Vida sobre viver produtivamente de acordo com seus valores pessoais. Clique aqui para receber a aula do Planejando Sua Vida.

11 Dicas para Influenciar e Persuadir Qualquer Pessoa a Fazer o que Você Quer

Esta postagem foi atualizada em 11 de fevereiro de 2021

Cedo ou tarde, você terá de comunicar ou escrever para convencer alguém. Como você vai fazer isso? Como você vai persuadir as pessoas a pensar como você? A passar para o seu lado? Esta é provavelmente a tarefa mais desafiante em termos de influência individual ou em massa.

Acho todo assunto de persuasão absolutamente cativante. Fico fascinado pelo que leva as pessoas a se comoverem, o que motiva as pessoas, o que leva a agir. Como você e eu sabemos, a palavra é poderosa. Comunicar pode começar – e terminar. Comunicar pode fazer – ou destruir.

Como Hipnotizar, Encantar e Influenciar Pessoas em Qualquer Apresentação

Como Fazer Alguem Fazer O Que Voce Quer?

O que é que preciso para criar mensagens que persuadam as pessoas ao SEU modo de pensar? Este é o assunto deste artigo. Aqui estão os passos que acredito que você precisa ter na mente quando tenta criar mensagens que influenciam as pessoas.

11 Dicas de Persuasão

1. Saiba o que você quer

Antes de começar qualquer tarefa você precisa saber o que VOCÊ quer alcançar. Qual a sua meta? Qual o seu objetivo? Quando as pessoas te ouvirem ou lerem a sua mensagem (ou anúncio, ou o quer que seja), o que você quer que elas façam?

Este é o primeiro passo para configurar uma estratégia de peso. Tudo que você escrever vai servir de suporte ao seu objetivo uma vez que você DEFINA sua meta. O grande jogador de baseball Babe Ruth era conhecido por caminhar até a base e dizer onde ia rebater a bola.

Ruth era um showman e o ato de apontar deixava as pessoas emocionadas, mas também o ajudaram a conseguir mais home runs que qualquer outro em toda história do esporte até bem pouco tempo.

Babe Ruth definia sua intenção (“Vou acertar a bola ali”) e ele fazia exatamente o que tinha dito.

Que ação que você quer que as pessoas tomem? O céu é o limite. Quando você criar uma mensagem falada ou escrita, deverá querer os exatos 100% de retorno.

Terá que desejar que cada pessoa que te ouve fique surpreso, excitado, empolgado, motivado e interessado em sua história. Você deve apenas aprender a mostrar a coisa com um ponto de vista diferente para conseguir a aprovação deles.

Isso vai depender apenas de você – o que você quer que sua mensagem realize?

2. Apelo emocional

Nos anos 60, Roy Garn escreveu um livro que abria os olhos de seus leitores chamado THE MAGIC POWER OF EMOTIONAL APPEAL. Duvido que ainda esteja sendo publicado em português, mas vale a pena caçar uma cópia. Você vai aprender muito sobre como escrever – ou falar – de uma maneira que captura as pessoas e faz que te escutem.

A premissa de Garn é que todo mundo – incluindo você e eu – está preocupado. Você tem coisas em sua mente. Você se preocupa com dinheiro, trabalho, suas crianças, uma nova relação ou seu futuro.

Qualquer coisa. Talvez você esteja pensando em sexo ou num novo filme que você quer ver, ou um problema de saúde.

Tem alguma coisa em sua mente agora, mesmo enquanto lê estas palavras e isso ‘reboca’ sua atenção. Certo?

Nosso desafio como escritores ou palestrantes é arrancar as pessoas de suas preocupações de forma que escutem o que temos a dizer.

Como você arranca as pessoas de suas preocupações?

Uma piada, uma citação, uma história, uma estatística, uma chamada, um nome – todas estas coisas podem ajudar a acordar as pessoas de forma que recebam sua mensagem. Mas a isca tem de ser relevante. Você deve usar uma chamada em seu comunicado que fala diretamente com os interesses das pessoas. Isso desperta atenção.

Outra abordagem é descobrir exatamente onde mora a preocupação. Por exemplo, se você está falando com profissionais de marketing multinível, uma preocupação é a necessidade de fazer mais cadastros e vendas e você vai se conectar com as preocupações emocionais deles.

Você deve se perguntar, “O que mais preocupa a pessoa que eu quero que seja meu alvo?” e “O que passa pela mente dele?”. Estas pessoas possivelmente tem alguma apreensão, problema ou reclamação em comum. Seu texto deve abordar este assunto de uma maneira que capture a atenção deles.

Reflita profundamente sobre este tópico. As pessoas são movidas pela emoção. Apele para as maiores aflições das pessoas em que você estiver comunicando e você tocará em suas emoções com um apelo genuíno.

E quando você consegue fazer isso com sucesso, sua mensagem hipnotiza!

3. Dê a eles o que eles querem

O que querem as pessoas? Com certeza eles querem soluções reais para problemas reais. Eles não querem características, eles querem benefícios.

Qual a diferença? Uma característica diz que um novo carro é bi combustível. Um benefício diz que um novo carro bi combustível é mais econômica e dá o poder da escolha ao proprietário.

Uma característica representa um fato. Um benefício mostra porque um fato é importante para a pessoa.

Uma pessoa quer o mesmo que todos queremos: felicidade, uma vida mais fácil, segurança, diversão. Você pode dar isso a eles?

4. Faça perguntas que o trazem para o seu lado

“Se houvesse um jeito de você escrever uma mensagem poderosa com facilidade, você gostaria de tê-lo?” Note que só existe uma resposta a esta questão. A não ser que aquela pessoa que é o seu alvo não esteja também interessado em escrever, falar ou influenciar (de novo, você deveria estar oferecendo às pessoas aquilo que elas querem), eles ou ela têm de responder a pergunta com SIM!

Outro exemplo: “Se eu pudesse te conseguir um carro novo, com todos os acessórios que você quer e com uma prestação que você pode pagar, você estaria interessado em vê-lo?”

Considere que a pessoa a quem esta pergunta é dirigida esteja procurando comprar um carro, o que você acha que ela responderia?

Outro exemplo: “Se eu pudesse te dar uma estratégia de marketing que garanta um aumento em seus lucros, você estaria interessado?” Mas é claro!

5. Desenhe com suas palavras

Estudos mostram que nós pensamos por imagens. Descreva suas visões ou seu objetivo, em vívido detalhe. Conte as pessoas o que ela vão ver, sentir, ouvir, cheirar e que gosto vão sentir ao usar seu novo processador de alimentos (ou seja lá o que for). Pinte um retrato vivo que as pessoas possam ver ao ler suas palavras.

LEIA TAMBÉM:  5 Táticas Maravilhosas para Construir sua Autoridade Online

Um segredo para fazer isso é dizer a pessoa exatamente o que acontece quando ele usa seu produto ( ou seja lá o que você estiver oferecendo).

6. Use depoimentos

Sabe o que as pessoas não tem hoje em dia? Confiança. A principal causa pela qual as campanhas políticas ou de mala direta de publicidade falha e vão direto para a lixeira é porque as pessoas não confiam mais. As pessoas foram enganadas tantas vezes que estão EXTREMAMENTE hesitantes em apostar numa coisa nova.

Obtenha depoimento de pessoas que já aprovaram sua ideia ou palestra (ou seja o que for lá). Se as citações vêm de pessoas que todos conhecemos – como celebridades – tanto melhor será. Elas dão credibilidade ao que você escreve ou diz.

Uma dica: Esteja certo de que os depoimentos de que você usa sejam específicos. “Gostei do seu livro” não é tão forte quanto “O capítulo sobre negociação me ajudou a fechar um contrato de 40 mil!”.

Como você consegue depoimentos? Peça. Peça as pessoas que frequentaram suas palestras, ou usaram seus produtos, etc… Se elas não quiserem escrever um, escreva para elas e peça que assinem.

Outra boa maneira de conquistar a confiança das pessoas é oferecer uma garantia incondicional.

7. Lembre-os do problema – e sua solução

Antes de terminar a sua mensagem ou comunicado, lembre as pessoas que eles tem um problema. Use aquele apelo emocional, diga: “Se você está cansado de receber respostas de rejeição, peça meu E-book hoje e ponha um fim na sua frustração”.

Murray Raphael, co-autor THE GREAT BRAIN ROBBERY, diz que o medo é um grande motivador. Não quero encorajar você a amedrontar as pessoas para que vejam as coisas do seu jeito, mas eu SUGIRO que gentilmente lembre a seus ouvintes ou leitores de que eles têm um problema – e você tem a solução.

8. Adicione um “P.S.”

Pense a respeito. Quando você recebe um e-mail curto – qualquer e-mail – o que você lê primeiro?

O “P.S.”! Todos fazemos isso! Estudos mostram que o post script é a parte mais lida primeiro.

Se você não vai falar, mas sim escrever, então seu P.S. é sua chance de mostrar o ponto mais forte de sua ideia ou oferecer a garantia ou mencionar o quanto sua ideia ou produto é maravilhoso e exclusivo. Talvez você queira usar sua munição mais pesada no P.S. já que é a parte de destaque e a parte que as pessoas lerão primeiro.

9. Seja visualmente atrativo

Quer dizer, use parágrafos curtos, diálogos quando apropriado, marcadores, e margens largas – isso ajuda na leitura.

Se você pega uma página que é um bloco só de palavras, você tem vontade de ler?

Provavelmente não. Não é convidativo. Parece muito trabalhoso.

Em vez disso, faça de sua mensagem algo atrativo. O jeito como você apresenta as palavras pode fazer as pessoas gostarem da ideia antes mesmo de ler. Sugiro que mexa bastante com o jeito que apresenta as palavras para que deem uma interessante primeira impressão aos seus leitores ou se for uma retórica, que sejam marcados pela sua mensagem àqueles que te ouvem.

10. Venda-se ao que estiver vendendo

Talvez este seja o ponto mais importante de todos. Você não pode vender aquilo em que você não acredita.

LEIA TAMBÉM:  De qual forma a Neurociência pode auxiliar no seu trabalho

Esta é uma lei fundamental de persuasão. Como você convence alguém a seguir uma ideologia, religião ou organização em que você mesmo não acredita? VOCÊ NÃO PODE E NÃO VAI TER SUCESSO!

Você pode persuadir qualquer um de qualquer coisa se você está convencido. Apelo emocional e todas as outras dicas vão se encaixar quando você se convence do que está falando. E não tente escrever ou falar sobre nada que você não acredite interiormente e honestamente, pois com toda certeza vai fracassar.

Siga estas dicas, e pense a respeito das preocupações e emoções das pessoas e fale de uma forma que eles não possam ignorar. Se você fizer isso, vai criar um poderoso veículo de influência e persuasão levando pessoas a concordarem contigo em absolutamente tudo.

Leia também:  Como Saber Que O Bebe Esvaziou A Mama?

11. Organização

Escrever não significa apenas preencher o papel com frases, mas também não se constitui num martírio. Um texto pressupõe simples operações anteriores, entre as quais está o planejamento.

Assim que se recebe uma proposta de redação, uma série de idéias sobre o assunto vêm à cabeça. Deve-se registrar todos os pensamentos no papel. Fatos, informações, opiniões, um caso que aconteceu na sua rua, tudo deve ser anotado em forma de esquema. Não deve ser uma preocupação, nessa fase, a ordenação dessas idéias.

Esta primeira fase, denominada fluxo de idéias, é fundamental para a execução da redação. Muitas idéias anotadas talvez nem sejam utilizadas depois, enquanto outras idéias podem surgir adiante.

É claro que as idéias não vão aparecer do nada. Elas fazem parte de um repertório de opiniões, fatos, informações a que se está exposto todos os dias.

Partindo desse conjunto desordenado de idéias, pode-se perceber a possibilidade de agrupá-las segundo certas semelhanças. Uma divisão possível seria em causas, conseqüências e soluções.

  • Dica para captação de idéias: relacionar um tema e fazer a pergunta “por quê” a cada argumento levantado, a fim de promover uma reflexão mais profunda sobre o assunto.
  • Lembre-se de:
  • • Anotar todas as idéias, frases, palavras, sensações que surgirem sobre o tema; • Fazer uma seleção das idéias que surgiram; • Pensar num plano para o texto, estruturando-o em introdução, desenvolvimento e conclusão;

• Revisar no rascunho, ao final, a ortografia das palavras, a pontuação das frases e a eufonia das palavras usadas, assim como a adequação vocabular ao contexto. Tudo isto como uma forma de estratégia para capturar a atenção das pessoas.

10 dicas para influenciar pessoas

Antes de começar é importante notar que nenhum desses métodos se enquadram nas artes ocultas da influência de pessoas. Qualquer método que possa prejudicar alguém de qualquer forma, especialmente sua autoestima, não está incluído aqui. Estes são métodos para se conquistar amigos e influenciar pessoas usando a psicologia. Sem ser estúpido ou fazer alguém se sentir mal.

Leia também:
» 18 razões que levam as pessoas a procurarem outro emprego
» Entenda por que coaching não é autoajuda

Vamos às dicas para influenciar pessoas de forma transparente:

10. Peça favores

Truque: Peça um favor a alguém — também conhecido como o Efeito Benjamin Franklin.
A lenda diz que Benjamin Franklin queria cativar um homem que não gostava dele.

Ele pediu ao homem que lhe emprestasse um livro raro e, quando recebeu o livro, agradeceu graciosamente. Como resultado, este homem, que nunca quisera falar com ele antes, se tornou um grande amigo de Franklin.

Citando Franklin: “Aquele que uma vez te fez uma gentileza, estará sempre mais preparado para te fazer outra, do que aquele que tu forçaste a fazê-lo”.

Cientistas testaram essa teoria e descobriram que aqueles a quem o pesquisador solicitou um favor pessoal fizeram uma avaliação muito mais favorável do que os outros grupos. Pode parecer irracional mas a teoria é válida. Se alguém te fizer um favor, provavelmente considerou que vale a pena fazer o favor para você e, portanto, decidiu que deve gostar de você.

9. Peça muito

Truque: Peça por muito mais do que quer primeiramente, então reduza aos poucos.
Este truque para influenciar pessoas é conhecido como a abordagem da “porta na cara”.

Você começa fazendo um pedido inadmissível para alguém — um pedido que provavelmente será rejeitado. Então, pouco tempo depois, pede algo muito menos insensato — algo que você queria em primeiro lugar.

Este truque pode parecer incongruente, mas a ideia por trás dele é fazer a pessoa sentir que agora precisará ajudar (já que recusou na primeira).

Cientistas descobriram que esse método funcionou extremamente bem desde que os pedidos sejam feitos para a mesma pessoa, porque somente ela se sentirá obrigada a te ajudar da segunda vez.

8. Nomes

Truque: Use o nome da pessoa, ou o título dela dependendo da situação.
Dale Carnegie, autor de Como Fazer Amigos e Influenciar Pessoas, acreditava que usar o nome da pessoa era incrivelmente importante.

Ele disse que o nome de uma pessoa era o som mais agradável em qualquer linguagem para ela.

O nome é a parte central de sua identidade e escutá-lo valida sua existência, o que nos torna muito mais dispostos a sermos positivos com a pessoa que nos validou.

Mas usar um título também pode gerar efeitos positivos, de acordo com esse princípio. A ideia é que se você agir de acordo com um certo tipo de pessoa, você se tornará essa pessoa, uma pequena auto-realização.

Para influenciar pessoas, você pode falar que tipo de pessoa gostaria que elas fossem, então elas começarão a agir conforme esse tipo.

Pode ser algo simples, como chamar alguém de “amigo”, ou “colega”, sempre que vê-lo ou se referir a alguém para quem você queira trabalhar como “chefe”. Mas esteja avisado: isso pode soar muito brega.

7. Elogios

Truque: Elogios irão, realmente, te levar a qualquer lugar.
Este truque pode parecer óbvio, mas há ressalvas importantes nele em relação à influenciar pessoas.

Para quem está começando, é importante notar que se o elogio não for sincero, fará mais mal do que bem.

Pesquisadores estudaram os motivos por trás das reações das pessoas à elogios, e encontraram informações importantes.

Eles descobriram que as pessoas se atentam ao equilíbrio cognitivo, mantendo seus pensamentos e sentimentos organizados. Então, se você bajular alguém que tem a autoestima elevada, e for visto como sincero, eles vão gostar mais de você pois está validando como eles se sentem sobre si mesmos.

Entretanto, se você elogiar alguém que tem baixa autoestima, há uma chance do tiro sair pela culatra e fazer a pessoa gostar ainda menos de você, porque isso interfere na percepção que ela tem de si mesma.

Claro que isso não significa que você deva rebaixar alguém que tenha baixa autoestima!

6. Espelhar

Truque: Espelhar o comportamento.
Espelhamento é também conhecido como mimetismo, e é algo que algumas pessoas fazem naturalmente.

Pessoas com essa habilidade são consideradas camaleões; eles tentam se misturar ao ambiente copiando o comportamento, maneirismos e padrões de fala das outras pessoas.

No entanto, essa habilidade também pode ser usada conscientemente e é uma ótima maneira de torná-lo mais agradável.

Pesquisadores estudaram o mimetismo e descobriram que, aqueles que foram imitados, são muito mais propensos a agir favoravelmente em relação à pessoa que os copiou.

Ainda mais interessante foi a segunda descoberta que mostrou que as pessoas que tiveram seu comportamento imitado se tornaram mais gentis e mais favoráveis com os outros em geral, até mesmo com quem não estava envolvido na situação.

É provável que a razão para isso funcionar é que espelhar o comportamento de alguém, faz a pessoa se sentir validada. Apesar dessa validação ser positivamente associada com a pessoa que os validou, eles se sentem com melhor autoestima e, então, se tornam mais confiantes, felizes e bem dispostos em relação aos outros.

5. Use o cansaço

Truque: Peça favores quando a pessoa estiver cansada.
Quando estão cansadas, as pessoas se tornam mais suscetíveis à tudo que alguém possa dizer, seja uma ordem ou um pedido. A razão disso está no fato de que, quando as pessoas estão cansadas, não só sua força física reduz, mas seu nível de energia mental também.

Quando fizer um pedido a alguém que está cansado, você provavelmente não receberá uma resposta definitiva, mas um “eu faço amanhã”, porque a pessoa não quer lidar com decisões naquele momento. No dia seguinte, a pessoa vai seguir com o combinado, pois a tendência é ela querer manter a palavra.

É psicologicamente natural dar sequência em algo que você disse que faria.

4. Oferta irrecusável

Truque: Comece com uma oferta irrecusável e aumente a partir disso.
Este é o inverso da técnica da porta na cara. Ao invés de começar com uma grande solicitação, comece com algo pequeno. Quando alguém se comprometer a ajudar, estará mais disposto a concordar com um pedido maior. Cientistas testaram esse fenômeno em relação ao marketing.

Primeiro, pediram que as pessoas expressassem seu apoio às florestas tropicais e ao meio ambiente, o que é um pedido simples.

Então, descobriram que, após terem conseguido fazer as pessoas apoiarem o meio ambiente, foi muito mais fácil convencê-las a comprar produtos que apoiavam as florestas tropicais e coisas do gênero.

Entretanto, não comece com um pedido e, imediatamente, faça outro. Psicólogos descobriram que será muito mais efetivo se você esperar um ou dois dias até fazer o segundo pedido.

3. Fique quieto

Truque: Não corrija as pessoas quando estiverem erradas.
Carnegie também apontou, em seu famoso livro, que dizer a uma pessoa que ela está errada é, geralmente, desnecessário e fará o oposto de cativá-la. Há uma maneira de mostrar seu desacordo e transformar isso em uma conversa educada, sem dizer que ela está errada, o que atacaria o núcleo de seu ego.

Ela é conhecida como a Articulação Ransberger, criada por Ray Ransberger e Marshall Fritz. A ideia é simples: ao invés de discutir, escute o que a outra pessoa tem a dizer. Tente entender como ela se sente e o motivo.

Então, fale sobre as coisas que vocês têm em comum. Use isso como ponto inicial para explicar seu ponto de vista.

Isso aumentará suas chances de fazer a pessoa ouvir o que você tem a dizer, e vai permitir corrigi-la sem perder o controle.

2. Repetir

Truque: Parafrasear pessoas e repetir o que elas disseram.
Uma das maneiras mais positivas de se influenciar pessoas é mostrar que você entende o que ela está sentindo, que você tem empatia por ela.

Um dos modos mais eficazes de se fazer isso é parafraseando e repetindo o que foi dito, também conhecido como escuta reflexiva.

Estudos mostraram que, quando terapeutas usaram a escuta reflexiva, as pessoas se sentiram mais dispostas a demonstrar suas emoções e tiveram uma relação muito melhor com o terapeuta.

Isto é facilmente transferido para a conversa com seus amigos. Se você escutar o que eles dizem e repetir como uma pergunta, para confirmar que você entendeu, eles se sentirão mais confortáveis em conversar com você. A amizade com você ficará melhor e eles estarão mais dispostos a ouvir o que você tem a dizer, porque você mostrou que se importa.

1. Acene para influenciar pessoas

Truque: Acene com a cabeça enquanto fala, especialmente quando for pedir um favor.
Cientistas descobriram que, quando as pessoas acenam com a cabeça enquanto ouvem alguma coisa, elas se tornam propensas a concordar. Também descobriram que, quando alguém está acenando na frente deles, é natural que eles façam o mesmo.

Esse é um fato compreensível, visto que o ser humano é conhecido por imitar comportamentos. Especialmente aqueles que têm conotações positivas. Então, se quiser ser mais convincente, acene regularmente durante a conversa.

A pessoa, com quem está conversando, achará difícil não acenar também e começará a se sentir mais inclinada a concordar com o que você está dizendo, mesmo sem saber disso.

Está pronto para colocar suas habilidades em prática?

Trampos para quem sabe influenciar, persuadir e negociar

Texto originalmente publicado no [ Listverse ]. Traduzido e adaptado pela equipe do Tutano.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*