Como Evitar Que Roupas Soltem Tinta?

Como Evitar Que Roupas Soltem Tinta?

Colocamos uma das nossas peças de roupa preferidas para lavar. Com cores vibrantes, bem alegre – tudo caminha bem até que nos damos conta de que a tal peça de roupa “solta tinta”.

  • E o pior de tudo: a tal tinta manchou várias outras peças que foram lavadas em conjunto.
  • Triste, chato e desanimador.
  • (E, cá entre nós, também pouco econômico: quando uma roupa que solta tinta é lavada sem nenhum cuidado especial ela desbotará com maior facilidade, dando uma impressão de desgaste maior do que o uso efetivo da peça)
  • Vamos lá: a solução para este dilema, como tantos outros da nossa vida doméstica, é simples. Basta entendermos o motivo e descobrir que a solução está em produtos caseiros, como mostra mais este vídeo do A Dica do Dia

SOLUÇÃO PARA ROUPA COLORIDA QUE SOLTA TINTA

Tanto na lavagem à mão, quanto na lavagem à máquina é sempre importante realizarmos estes cuidados. E, para nos certificarmos, o teste de firmeza de cores que também mostrei no vídeo é super necessário.

Resumo da história? Com um pouco de cuidado e capricho, damos conta da situação e nos livramos de problemas decorrentes de uma roupa que solta tinta. ????

Para assistir ao vídeo diretamente no YouTube, segue o link: http://bit.ly/SemManchar

Para se inscrever no A Dica do Dia e receber todas as notificações de publicação dos vídeos em primeira mão, olha o link aqui: http://bit.ly/aDicadoDia

(Na semana passada comemoramos 50.

000 inscritos no canal o/ e, para celebrar esta marca alcançada antes do nosso primeiro aniversário, eu fiz um vídeo especial, contando 50 fatos sobre mim – na verdade, este vídeo é um modelo de vídeo “famosinho” no YouTube, mas que por um bom tempo fiquei meio “com vergonha” em fazer. Mas…tomei coragem e cá está ele. Se quiserem saber algumas curiosidades a meu respeito… http://bit.ly/VlogFF9)

  1. Um beijo,
  2. Como Evitar Que Roupas Soltem Tinta?
  3. Como Evitar Que Roupas Soltem Tinta?

Flávia Ferrari

Engenheira E “dona de casa profissional” Abandonou uma carreira executiva para dedicar-se à maternidade e à vida doméstica e percebeu que havia um hiato de conhecimento sobre o tema. Começou a registrar todas as suas descobertas em seu site, FLÁVIA FERRARI, que gerou vários desdobramentos: revistas e programas de TV aberta e fechada. Sua mais nova empreitada é o canal A Dica do Dia no YouTube, onde posta vídeos com pequenas dicas domésticas todas às terças e quintas. Como Evitar Que Roupas Soltem Tinta?

NOVIDADES TODA A SEMANA QUE TAL?

Aprenda como lavar roupa colorida sem que ela desbote ou manche

Como Evitar Que Roupas Soltem Tinta?

Mulher colocando roupas coloridas para lavar
Foto: Shutterstock / Alto Astral

Mesmo após anos de práticas, com erros e acertos, sempre surgem aquelas dúvidas de como lavar roupa colorida. Afinal, elas vivem desbotando e manchando outras peças dentro da máquina. E a situação fica ainda pior quando a vestimenta é nova e o processo de higienização se torna um verdadeiro mistério a ser descoberto.

Pensando em ajudar aqueles que ainda encontram dificuldades com essa atividade, reunimos alguns truques simples e rápidos que podem ser aplicados no dia a dia. E o melhor de tudo é que não precisará comprar produtos caros e nem se preocupar com aquele desgaste contínuo das peças.

Para evitar que a peça desbote e prolongar a vida útil do tecido, misture uma colher de sopa de azeite ou cinco de sal à água de lavagem. Esse truque caseiro ajuda a segurar a cor na peça.

Não misture

Na hora de lavar as peças coloridas, não misture com roupas brancas. Dessa forma, você evita que outros tecidos soltem pelos ou tintas e estraguem seus vestuários. As pretas também merecem maior atenção e devem ser lavadas separadamente de todo o resto, já que acumulam mais fios e podem soltar pigmentação na água.

Esse truque já é conhecido por muita gente, mas vale ressaltar sua importância. Ao aprender como lavar roupa colorida, vale virá-las ao contrário, para que, na hora que elas estiverem batendo na máquina, os tecidos não fiquem em atrito, podendo acelerar o processo de descoloração.

Cuidado com o amaciante

Esse produto deve ser diluído em água, mesmo que a sua máquina tenha um reservatório separado para isso. O excesso de amaciante pode provocar manchas e prejudicar a manutenção da lavadora.

Secagem

Não seque esse tipo de peça em secadoras pois elas correm o risco de se deformarem. Diga sim ao varal tradicional. Também é importante estender as roupas escuras e coloridas ao avesso, sempre à sombra. Camisas e blusas devem ser penduradas, preferencialmente, em cabides.

Manchou? Sem problema!

Se a peça estiver manchada ou muito suja, não esfregue com força para não desbotar o local.

Opte por deixá-la de molho em água morna pura e, caso mesmo assim a mancha não solte, acrescente sabão neutro e aguarde alguns minutos.

Não utilize alvejante com cloro para tirar manchas, pois o tecido pode ficar desgastado e a vestimenta, em pouco tempo, terá uma aparência bastante envelhecida.

Lavar na mão

Para algumas peças que são mais delicadas, o recomendado é não utilizar a máquina de lavar, pois pode acabar danificando o tecido.

Para as vestimentas coloridas, basta deixá-las de molho por 10 à 20 minutos, em uma solução de água e sabão líquido, para remover possíveis manchas e sujeiras. Depois, esfregue suavemente, enxágue e torça na mão.

Para roupas de tricô ou finas, enrole-as em uma toalha de banho e seque-as.

Nada de água quente

Não se esqueça de nunca usar água quente na hora de lavar as roupas coloridas. Isso porque o calor do líquido pode causar um desbotamento mais rápido da tinta, saindo com maior facilidade. Geralmente, as roupas brancas ou com muita sujeira é que devem receber esse tipo de tratamento na higienização.

Antes de qualquer coisa, teste!

Agora que você já sabe como lavar roupa colorida, é importante saber se o tecido tem aquela tendência chata de ficar sempre soltando tinta. Para isso, basta umedecer a vestimenta na parte avessa e colocar, em seguida, um pano seco e branco por cima. Passe ferro quente sobre o pano. Caso ele saia com alguma mancha, isso significa que a vestimenta precisa ser lavada separadamente.

Tecidos decodificados – Vanish Brasil

Algumas manchas são difíceis de sair, não importa o tecido.

Entenda um pouco mais sobre cada tipo de tecido:

Fibras naturais

Algodão

Acredita-se que o algodão é o tipo de tecido mais comum. É usado normalmente em roupas para crianças e roupas de cama já que é macio e suave ao contato com a pele. O algodão também é ótimo para manter a temperatura agradável durante climas frios e também em climas quentes (com FPS 7 para uma camiseta branca lisa).

O algodão também é fácil de lavar – sempre confira a etiqueta da roupa, mas eles normalmente podem ser lavados em uma máquina de lavar, e claro, se você tem uma mancha em uma peça de roupa feita de algodão, Vanish é completamente seguro para ser usado na remoção de manchas.

Faça o pré-tratamento ou o molho seguindo o modo de uso contido no rótulo, depois faça o tratamento seguindo as orientações do rótulo do produto e lave de acordo com as instruções da etiqueta da roupa para remover a mancha. No entanto, se precisar, você pode adicionar também meia colher dosadora de Vanish na sua máquina de lavar junto com o detergente de costume.

Seda

Materiais delicados como seda têm uma composição diferente e suas fibras podem reagir diferente quando tratadas com produtos para remoção de manchas.

Por isso que sempre devemos ler as instruções nas etiquetas das roupas antes iniciar a lavagem.

Quando a sua peça de seda está manchada,  Vanish Multiuso Líquido pode ser usado para ajudar a tratar manchas em suas roupas de seda.

Linho

As roupas de linho são feitas de uma fibra natural fabricada a partir do caule da planta de linho e é naturalmente um material bastante macio. Como o algodão, o linho pode ser danificado se manipulado de forma mais abrupta. As manchas secas são mais difíceis de remover, então para tecidos mais delicados tente remover a mancha o mais rápido possível.

Quando estamos falando de remoção de manchas em lã, sempre é importante ler as instruções do produto já que alguns produtos para tirar manchas podem ser muito agressivos e fazer com que a fibra da lã encolha. Assim como acontece com o linho, roupas de lã também podem ficar esticadas e deformadas quando lavadas na máquina, por isso é importante ter um cuidado extra.

Fibras artificiais

Nylon

O termo Nylon vem de Nova York e Londres. Essa é uma fibra sintética normalmente utilizada em roupas, lençóis e capas e tendem a ser mais duráveis que fibras naturais. Além disso, tecidos feitos de Nylon são fáceis de cuidar e podem ficar limpos e secos sem nenhum esforço extra.

Poliéster

O poliéster tem uma ampla variedade de uso devido a sua capacidade de não amassar com facilidade como acontece com outros tecidos – ele é bastante resistente, mas ao mesmo tempo suave e macio. Ele é misturado frequentemente com outras fibras naturais, gerando um “tecido misto”.

Leia também:  Como Ver Quem Nao Segue No Instagram?

O poliéster é fácil de lavar, então não se preocupe de colocá-lo na máquina de lavar. Se você tem uma mancha com difícil remoção, você pode fazer o pré-tratamento (ou molho) com Vanish Oxi Action e depois lavar normalmente adicionando uma colher dosadora de Vanish Oxi Action ao processo de lavagem.

Denim

Embora o denim seja derivado do algodão, ele ainda é tecnicamente um tecido sintético. A trama é passada sob duas ou mais fibras para produzir o reforço diagonal comum, que você costuma ver em peças como jeans e jaquetas.

  • O denim é usado em larga escala em todo o mundo já que sua durabilidade e conforto fazem com que seja um dos tecidos mais elegantes – e práticos – do mercado.
  • Lavando
  • Lavando seus tecidos separados uns dos outros pode não apenas ajudar a garantir que eles estejam recebendo uma lavagem adequada como também pode ajudar a prevenir que outras roupas soltem tinta e manche alguma roupa.

Muitas peças que são classificadas como delicadas podem ter o símbolo de “Lavar à mão” na etiqueta. Se for o caso, pode haver a possibilidade da sua máquina de lavar ter o modo “lavagem à mão” ou “delicado”, então vale a pena conferir no manual para confirmar.

É sempre importante lembrar de seguir as instruções de cuidado que se encontra na etiqueta da roupa, para mais informações sobre o significado de cada símbolo confira nosso infográfico Remoção de manchas decodificado.

Como Evitar Que Roupas Soltem Tinta?

Como lavar roupa no tanquinho

Para conservar todas as suas roupas em perfeito estado é necessário saber como lavá-las corretamente. Aprenda como melhor aproveitar as funcionalidades do seu tanquinho para manter as suas roupas limpas.

O tanquinho é uma máquina de lavar semiautomática, já que não possui variações na temperatura da água e processo de centrifugação. É uma opção simples e econômica para lavar roupas em casa. Comparado as lavadoras, é um produto mais acessível e que consome menos energia e água.

  • Nesta matéria, reunimos dicas e todas as principais informações com o que você precisa saber sobre como lavar roupas no tanquinho rapidamente.
  • Como Evitar Que Roupas Soltem Tinta?
  • Leia também:
  • Como limpar o tanquinho
  • Como evitar bolinhas e fiapos nas roupas

Como lavar roupa no tanquinho passo a passo

Antes de colocar as roupas no equipamento, verifique a etiqueta de cada peça, entenda as etiquetas das roupas e quais cuidados cada peça necessita durante a lavagem.

Separe todas as roupas brancas das coloridas. Se possível, também separe pelo tipo de tecido e grau de sujeira.

Para evitar que as roupas soltem tinta, desbotem ou manchem umas às outras, aprenda como lavar roupas coloridas sem desbotar. Saiba fazer o teste para saber se a roupa solta tinta.

Retire todos os objetos dos bolsos que venha danificar ou manchar a roupa durante a lavagem, como papéis coloridos, clipes, canetas, grampos ou moedas.

Um dos maiores erros ao lavar roupa no tanquinho é colocar uma quantidade de roupa acima da capacidade do equipamento, podendo prejudicar sua eficiência e durabilidade. (Verifique a capacidade no próprio tanque ou no manual de instruções).

Coloque as roupas no tanquinho e encha com água até cobrir todas as roupas, respeitando a medida mínima e máxima do equipamento e recomendada pelo fabricante.

Acrescente sabão em pó ou liquido e ligue o tanquinho selecionando o ciclo de lavagem que atenda as suas necessidades. Se necessário, repita o processo caso as roupas não fiquem completamente limpas.

Remova toda a água com sabão que foi utilizada no tanquinho e, em seguida faça o enxague. Basta encher o equipamento novamente somente com água e utilizar a função enxague ou o mesmo clico de lavagem.

Quando terminar, drene toda a água do tanque. Para utilizar um amaciante de roupas, encha o tanque novamente com água e, em seguida, adicione o produto. Agora, deixe todas as peças baterem no ciclo mais curto.

Agora que terminou de lavar as roupas no tanquinho, finalize com o último enxague. Remova o excesso de água, e para não danificar ou desbotar o tecido, pendure as roupas para secagem em local arejado e longe da exposição direta ao sol.

Dicas para evitar que a roupa solte tinta em diferentes tipos de lavagem

Uma coisa é certa: pelo menos uma vez na vida você comprou uma roupa colorida (geralmente vermelha ou azul) que soltasse muita tinta durante a lavagem.

Isso geralmente ocorre quando o corante não está bem fixado no tecido e, por isso, a tinta se desprende da roupa com facilidade – principalmente quando fica muito tempo de molho.

Só que é possível evitar esse problema de um jeitinho bem simples, sabia? Para te ajudar, a gente separou algumas dicas para impedir o surgimento de manchas e desbotamentos. É só continuar lendo!

Nas primeiras lavagens, deixe a peça de molho com sal

A principal dica para evitar que a roupa solte tinta é, sem dúvidas, usar o sal como neutralizador nas primeiras lavagens. Esse truque é um dos mais antigos e eficientes que existem: basta colocar a roupa dentro de um balde com água e sal de cozinha.

Depois de deixar uns 15 minutos de molho, enxágue bem e lave normalmente esfregando o tecido e, então, estenda no varal. O mais indicado é usar o sal pelo menos nas três primeiras lavagens. Assim, você garante que a tinta fique bem fixada, sem correr o risco de a roupa desbotar.

Em algumas situações, o sal também consegue fixar de primeira o corante no tecido – ou seja, apenas uma lavagem já funciona superbem.

Ressalva: Antes de esfregar a roupa com as mãos, lembre-se de tirar o sal na água corrente. Isso porque os grãos podem machucar o tecido devido ao atrito. Então, para evitar isso, você precisa enxaguar bem a peça e, depois, é só adicionar o produto para lavagem que preferir: sabão em pó, de coco etc.

Para lavar as roupas na máquina de lavar você pode seguir o mesmo procedimento. Encha a máquina com água e, depois, despeje o sal de cozinha.

Geralmente, três colheres de sopa de sal já são mais que suficientes para lavar as roupas na máquina.

Mesmo assim, não custa nada prestar atenção nas proporções: para cada 2 litros de água, por exemplo, você pode adicionar duas colheres de sopa rasas de sal. Não tem erro!

Existem fixadores próprios para isso

Além da solução caseira com sal de cozinha (que é superfácil de fazer), você também pode recorrer aos fixadores de corante prontos.

Geralmente, eles são indicados para quem quer tingir roupas em casa, de forma artesanal: você pode colorir tecidos com os corantes que quiser e, depois, é só usar o fixador para que a tinta fique bem impregnada.

Apesar de serem indicados para essa finalidade, os fixadores também servem para evitar que as roupas soltem tinta. No entanto, diferentemente do sal (que você só precisa usar nas primeiras lavagens) eles devem ser usados com maior frequência – geralmente a cada 6 lavagens da peça.

Lave as roupas separadamente

Além de usar os truques que citamos acima, você também não pode se esquecer de que as roupas coloridas devem ser sempre lavadas separadamente.

As brancas, por exemplo, precisam ser lavadas à parte – justamente para não correrem o risco de ficarem manchadas pelo corante de alguma peça colorida. Já as roupas tingidas (pretas, vermelhas, rosas, azuis etc.) podem ser lavadas juntas.

Não se esqueça de também verificar o tipo de tecido da peça – pois alguns são mais delicados (como os de seda e com renda) e, por isso, devem ser lavados à mão e nunca colocados dentro da máquina.

O que fazer com a roupa que solta tinta?

Nada mais desagradável do que comprar uma calça e ver a tinta desbotar sem nenhum pudor. Antes mesmo de pagar a fatura!

Às vezes, a surpresa vem depois da lavagem. Você tira as coisas da máquina e descobre que ela tentou colorir todo o resto.

Embora em casos extremos, bastem algumas horas. A descoberta vem com manchas no corpo, roupas e até na bolsa escolhida pro look.

Afinal, por que isso acontece?

  • Em resumo, pouca preocupação na hora da fabricação do tecido.
  • Esse tipo de problema é mais comum em peças de sarja de algodão ou linho em cores sólidas e escuras.
  • Principalmente em materiais pesados – quanto maior o peso, mais fácil disso acontecer.

As fibras naturais têm suas vantagens, mas desbotam muito mais facilmente do que fibras sintéticas.

Outro ponto é que para conseguir cores realmente escuras, as naturais pedem um capricho extra.

  1. Sobram 2 caminhos pra quem produz: investir em pigmentos melhores ou carregar na tinta e dar uma segurada no acabamento (reduzindo os cuidados de enxague).
  2. Depois do advento do fast fashion, as marcas começaram a competir por preços mais baixos, ou seja… a maioria acaba optando pela segunda via.
  3. E quando não rolam aquelas lavagens para criar um efeito de desgaste, a tinta fica toda ali.
Leia também:  Quem Participou Na Missão Espacial Que Ficou Conhecida Como Vostok 1?

O fato é que se a roupa solta esse tanto de tinta logo de cara, não vale o stress e nem a compra. Mesmo que seja bem barata.

Evitando surpresas pós-compra

Talvez você não tenha a completa dimensão da dor de cabeça que te espera, mas é possível ter uma ideia antes mesmo de sair da loja.

Para isso, você vai precisar andar com um pedacinho de malha 100% algodão branca quando for às compras. Um quadradinho pequeno vale (de repente, de alguma camiseta velha?).

Aviso: pode parecer um ritual um tanto esquisito, mas funciona.

No provador, você vai umedecer essa malha com um pouco de saliva e esfregar na peça. A ideia não é dar banho na roupa com a sua baba – pode ser um pedacinho bem pequeno, perto da barra mesmo.

Se “sangrar” – ou seja, se houver transferência de pigmento da peça para a malha branca – é sinal de que você vai se aborrecer…

Papel toalha ou guardanapo com água também podem servir para o teste, mas precisam do calor de um ferro para agilizar a transferência. Já a saliva vai causar uma reação e o algodão da malha vai absorver com mais facilidade, sem a necessidade de temperaturas elevadas.

E quando a peça já foi comprada?

Porém, e se você esquecer da sua malhinha de algodão? Talvez você tenha caído aqui justamente porque encontrou uma mancha azul marinho no seu tornozelo.

Calma! Dá pra dar jeito!

A primeira coisa é lembrar de separar roupas claras das escuras, na hora da lavagem. E tomar cuidado com cloro e alvejante. Isso já vai prevenir que a peça manche outras.

Mas você também vai precisar de algo que segure a tinta. Um jeito fácil é colocar um pouco de vinagre na água do enxague.

Outra possibilidade é usar um punhado de sal. Basta lavar a peça normalmente e acrescentar o produto na hora em que a máquina estiver enxaguando.

Et voilà!

Ambos são um fixadores naturais e não agridem o meio ambiente! Ao contrário dos fixadores químicos que são vendidos em armarinhos.

Pra garantir, não espere que a tinta solte na sua pele! Continue fazendo o teste antes da lavagem, por pelo menos mais 3 vezes.

  • Dependendo da quantidade de tinta e da qualidade dos materiais, isso pode levar algumas lavagens para ser resolvido.
  • post originalmente publicado em 1 de abril de 2015.
  • Imagem de destaque: Jixiao Huang em Unsplash

Como lavar roupa que solta tinta – OMO

Quer saber como lavar roupa que desbota? Como identificar uma roupa que solta tinta? A seguir, respondemos essas e outras dúvidas através de dicas úteis e fáceis sobre como lavar e como tirar mancha de roupa que solta tinta. Confira!

Saber como identificar uma roupa que solta tinta é essencial para garantir a durabilidade de algumas peças e evitar manchas indesejadas durante a lavagem. Com um simples teste é possível descobrir a roupa que solta tinta:

  • Umedeça uma pequena parte do tecido.
  • Coloque um pedaço de papel toalha ou tecido branco por cima e passe o ferro.
  • Se a cor se transferir ao papel/tecido, é provável que a roupa solte tinta na lavagem.
  • Se você fez o teste de firmeza das cores e descobriu que a roupa solta tinta, é recomendável fazer a lavagem da peça separadamente para não manchar as demais.
  • Roupas novas também estão mais propensas a soltar tinta. Pelo menos na primeira lavagem, prefira lavar essas peças à parte.
  • Outra boa dica de como lavar roupa que desbota é separar as peças coloridas por tonalidades diferentes. Essa triagem evita que uma roupa de cor vibrante, por exemplo, manche outra de tom mais claro durante a lavagem.

Conferir durabilidade às roupas coloridas não é uma tarefa difícil, mas sim uma questão de boas práticas. Com essas instruções de como lavar roupa colorida na máquina, você vai ver que aprender como lavar roupa que desbota é mais fácil do que parece. Vamos às dicas:

  • Faça a triagem das roupas separando as peças coloridas por tonalidades.
  • Verifique a etiqueta das roupas e leia as instruções de lavagem. Os símbolos da etiqueta informam se a peça pode ou não ser lavada na máquina.
  • Escolha um detergente para roupas adequado: OMO Roupas Delicadas tem fórmula especial que não agride as fibras dos tecidos, ajudando a preservar o colorido das malhas.
  • Definir o programa de lavagem certo é importante: sempre lave as roupas coloridas em água fria e no modo suave.

Quando se trata de roupas que soltam tinta, os cuidados vão além da lavagem:

  • Preserve o colorido das roupas propensas ao desbotamento secando as malhas à sombra.
  • Expor uma roupa que solta tinta ao sol ou à altas temperaturas na secadora pode acelerar o processo de desbotamento.
  • Refira-se as instruções da etiqueta para escolher a temperatura do ferro.
  • Preserve a estampa de algumas malhas guardando a roupa do avesso.

Gostou destas dicas sobre como lavar roupa que solta tinta? Se você ainda têm dúvidas sobre como lavar roupas que desbotam, veja mais informações aqui.

Compartilhar

CompartilharSalvarCompartilhar

Esse artigo foi útil?

Como Manter a Cor das Roupas

  1. 1

    Encha a máquina de lavar com roupas novas da mesma cor. Para começar, divida as roupas por cores. Em seguida, só coloque uma das cores na lavadora, distribuindo todas as peças de modo uniforme. Para melhores resultados, tente não colocar muitos itens (o ideal é não passar de cinco peças).

    • Tudo bem misturar peças de cores diferentes após a primeira lavagem, mas é melhor lavá-las separadamente pela primeira vez para fixar a cor direito com vinagre.
  2. 2

    Use vinagre branco para a roupa não desbotar. O vinagre branco é a melhor opção para fixar as cores sem danificar o tecido. Alguns dos vinagres mais comuns, como o de vinho tinto e o de maçã, têm uma cor natural que pode manchar certos tecidos, mas o de álcool é seguro para todas as roupas.[1]

    • O vinagre de álcool é encontrado em qualquer supermercado.
  3. 3

    Coloque o vinagre nas peças novas. Primeiro, coloque a roupa nova na lavadora. Em seguida, adicione ½ copo de vinagre por cima da vestimenta, de acordo o número de peças. Embora o cheiro do vinagre seja forte, ele se dissipa durante a lavagem, então não se preocupe.[2]

    • Para obter melhores resultados, coloque para lavar somente as roupas que precisem de fixação da cor, limitando-se a poucos itens.
    • Não é necessário colocar sabão junto com o vinagre branco, pois ele sozinho desinfeta as roupas.
  4. 4

    Ligue a máquina em um ciclo de lavagem com água fria. Para evitar a deterioração do tecido ou da cor, escolha um ciclo que utilize água fria. Em seguida, programe um ciclo para roupas delicadas antes de apertar o botão “Iniciar”.

    • Se a máquina de lavar não tiver essa opção, selecione a lavagem rápida ou outra com agitação lenta.
  5. 5

    Seque as roupas ao ar livre. Estique as peças em uma superfície limpa ou pendure-as no varal para secar. Você pode até usar a secadora se quiser ou se estiver com pressa, mas o calor desfaz as fibras do tecido mais depressa, o que faz a roupa desbotar. Já que o vinagre ajudou a fixar a cor, seque também a roupa ao ar livre para não perder o trabalho.[3]

    • O cheiro de vinagre sai durante o ciclo de enxágue, mas, se sobrar um pouco, a secagem ao ar livre dá conta.[4]
    • Além de fixar a cor, o vinagre limpa e higieniza a roupa, ou seja, não é preciso lavá-la novamente com sabão em pó.
  1. 1

    Encha a máquina de lavar com roupas novas da mesma cor. Primeiro, classifique os itens por cor. Em seguida, ponha as peças de uma única cor na máquina, distribuindo-as por igual. Para obter um bom resultado, evite colocar muitos itens no mesmo ciclo (o ideal é pôr no máximo cinco peças).

    • Tudo bem misturar as cores depois da primeira lavagem, mas é melhor separar as roupas dessa vez.
  2. 2

    Coloque o sabão em pó ou líquido na máquina. Ponha as roupas novas na lavadora e coloque o produto que você costuma usar, respeitando as recomendações das etiquetas das peças.

    • Confira se o sabão não contém alvejante.
  3. 3

    Acrescente sal de cozinha. Dependendo da quantia de peças e de sabão, ponha de 1 colher de sopa a ½ xícara de sal na lavadora.[5]
    Colocar sal na primeira lavagem ajuda a fixar a cor e evita que as peças desbotem nas próximas.

    • Para fixar a cor de uma única peça, por exemplo, use somente 1 colher de sopa de sal. Aumente a quantia conforme o número de itens.
    • A adição de sal nas próximas lavagens também pode fazer com que roupas desbotadas recuperem a cor vibrante.[6]
  4. 4

    Escolha o programa certo. Se a sua máquina de lavar tiver várias opções de ciclos, escolha o mais apropriado para os vestuários específicos. Por exemplo, são peças delicadas? Use um ciclo de lavagem curto e com pouca agitação.

  5. 5

    Seque as roupas ao ar livre. Estique as peças em uma superfície limpa ou pendure-as no varal. Se você preferir usar uma secadora, saiba que o calor rompe as fibras do tecido e, com o tempo, faz a roupa perder a cor. A secagem ao ar livre retarda esse processo e preserva a cor por mais tempo.[7]

  1. 1

    Leia a etiqueta da roupa para seguir corretamente as instruções de lavagem. Antes de lavar qualquer peça nova, leia a etiqueta para ver as orientações do fabricante.[8]
    As instruções costumam ser bem cuidadosas, então é melhor segui-las à risca.[9]

  2. 2

    Limpe as manchas entre as lavagens. Quanto mais uma peça for lavada, mais ela desbota. Para preservar a cor por mais tempo, limpe os pontos sujos com água fria e sabão e evite lavar a roupa ao máximo.[10]

    • Os tecidos sintéticos, como o poliéster, são mais sensíveis ao calor e costumam deteriorar mais rápido do que peças de tecidos naturais, como o algodão. Por isso, lave-os com menos frequência para preservar a cor. Para não ter que lavar demais a peça, limpe os pontos sujos sempre que possível.[11]
  3. 3

    Lave a roupa com água fria. A água quente até atua melhor na remoção de manchas, mas ela também faz a tinta do tecido sair.[12]
    Sempre que possível, lave a roupa com água fria para fixar a cor e mantê-la mais vibrante.

    • A lavagem com água fria é mais importante ainda se você for misturar peças de diversas cores, para que as tintas não soltem e as roupas não manchem.
  4. 4

    Lave as roupas pelo avesso. Antes de colocar as peças na máquina de lavar, vire-as pelo avesso, preservando o lado de fora do atrito produzido pela agitação do batedor, o que faz a fibra do tecido romper e desbota o tecido.[13]
    Use água fria, a fim de preservar melhor as cores.

  5. 5

    Use um sabão em pó ou líquido que proteja e realce as cores. Ao comprar um sabão, procure uma opção destinada a “realçar” ou “preservar” as cores das roupas. Esse tipo de produto é feito para manter as peças com uma cor mais intensa.[14]

    • Muitos produtos próprios para reforçar a cor do tecido contêm bicarbonato de sódio, então leia o rótulo e procure esse ingrediente.[15]
  • Vinagre de álcool.
  • Máquina de lavar.
  • Varal (ou uma superfície limpa para esticar as roupas).
  • Sal de cozinha.
  • Sabão.
  • Máquina de lavar.
  • Varal (ou uma superfície limpa para esticar as roupas).
  • Sabão para realçar a cor do tecido.
  • Máquina de lavar.
Leia também:  Como Sei Que Tenho Retenção De Liquido?

Este artigo foi escrito em parceria com nossa equipe treinada de editores e pesquisadores que validaram sua precisão e abrangência.

O wikiHow possui uma Equipe de Gerenciamento de Conteúdo que monitora cuidadosamente o trabalho de nossos editores para garantir que todo artigo atinja nossos padrões de qualidade. Este artigo foi visualizado 13 609 vezes.

Categorias: Limpeza

Esta página foi acessada 13 609 vezes.

5 dicas para lavar roupas escuras sem manCHÁr

Quando de trata de lavar roupas, geralmente a maior preocupação é com as manCHÁs e encardidos nos tecidos claros, não é mesmo? No entanto, é na hora de lavar roupas escuras que é preciso mais cuidado para não deixá-las com cara de desgastadas logo nas primeiras lavagens. 

Pois é, embora aparentem menos a sujeira, os tecidos escuros desbotam com FÁCILidade. Além de acumular bolinhas e pelos de outras peças lavadas em CONJUNTOunto, perdendo rapidamente o aspecto de roupa nova. 

Pensando nisso, elaboramos essa lista com algumas dicas fundamentais para você não errar ao lavar roupas escuras. Confira!

1. Separe as roupas por cor

A primeira regra quando se trata de lavar roupas é nunca lavar roupas brancas com coloridas, seja na máquina de lavar ou no tanque. Mais do que isso, o ideal mesmo é separar em brancas, coloridas e escuras, como preta, marinho, cinza e marrom. 

Além disso, também é importante separar pelo tipo de tecido antes da lavagem. Toalhas, moletons, roupas de lã e outras peças que soltam pelos não devem ser colocadas na máquina junto com roupas de algodão, seda e malha. Isso porque as peças mais finas podem acumular fios e pelos dos tecidos mais grossos. 

2. Vire as peças do avesso

Outra tática para evitar que o tecido desbote, e acumule pelos e fiapos no lado mais visível da roupa, é virá-las do avesso antes de colocar pra lavar. Dessa maneira, as peças escuras conservam a aparência de novas por mais tempo. 

3. Escolha o ciclo de lavagem correto

No caso de roupas pretas e escuras, o melhor é escolher o ciclo suave, que preserva a integridade do tecido. Ele também evita que fios, fiapos e fibras se rompam, acumulando no filtro da máquina, o que podo AÇOntecer com um programa de lavagem mais intenso e longo. 

Aliás, em se tratando de roupa escura, menos é mais. Quanto menos tempo exposta ao sabão, mais a peça durará. Pelo mesmo motivo, não é recomendado deixar roupas escuras de molho por muito tempo. 

4. Ajuste a temperatura ideal

Outro fator relevante para a lavagem de roupas é a temperatura da água. A água quente, por exemplo, é ótima para tirar manCHÁs e deixar as roupas brancas mais brancas, e já a morna é ideal para lavar peças que não soltem tinta. 

No entanto, no caso de roupas escuras, para evitar o desbotamento, o melhor mesmo é apostar na água fria. Além disso, a água quente pode danificar a roupa e até encolher a peça. Por isso, se a sua máquina tiver essa opção, não deixe de conferir a temperatura marcada antes de apertar o botão. 

5. Fique de olho na quantidade de sabão

Por último, mas não menos importante, está a medida de sabão líquido ou em pó. Exagerar na quantidade não vai deixar a roupa mais limpa. Pelo contrário. O excesso pode deixar resíduo na peça. No caso da roupa escura, essas manCHÁs esbranquiçadas deixadas pelo sabão ficam bastante visíveis. 

Além de seguir essas recomendações ao lavar roupas escuras, alguns cuidados na hora de estender e secar roupas também são válidos. Por exemplo, não usar pregadores que podem marcar e deixar secar à sombra, em local ventilado. 

Seguindo essas dicas, suas roupas escuras durarão muito mais. Se você gostou, compartilhe nas redes sociais e garanta um guarda-roupa mais bonito também para as suas amigas. 

Como lavar cobertor de lã e manta de microfibra | Facilita

Você tem dúvidas de como lavar cobertores e mantas? Facilitamos tudo para você! Saiba como cuidar de peças de lã e microfibra para que elas estejam sempre macias, cheirosas e durem muitos invernos.

Cabe na máquina?

Antes de tudo, verifique se sua máquina de lavar tem capacidade para lavar um cobertor ou manta. Como são peças mais pesadas, dependendo do tamanho da lavadora, você vai precisar lavá-las à mão. A gente já deu as dicas para escolher o tamanho de lavadora certo para a sua casa, confira.

Ciclo de roupas delicadas

Caso sua máquina suporte o cobertor, escolha o ciclo de roupas delicadas. Lã e microfibra são tecidos que se desgastam com certa facilidade. Lavando como roupas delicadas, você evita a formação de bolinhas. Aproveite e descubra como tirar bolinhas de roupas.

Siga as instruções da etiqueta sempre

Não cansamos de repetir: para que suas roupas e cobertores conservem suas características de fábrica por mais tempo, sempre siga as instruções da etiqueta. Veja nosso guia de símbolos de lavagem de roupas.

O que você nunca deve fazer

Seu cobertor não tem mais etiqueta? Confie nessas três dicas de ouro:

• Não use alvejante ou amaciante: o alvejante danifica as fibras do tecido, enquanto o amaciante é ineficaz no amaciamento da lã e da microfibra. Além disso, com o tempo, ele torna o tecido menos permeável, o que prejudica sua lavagem correta.

• Não centrifugue ou use centrifugação reduzida: a microfibra seca facilmente, por isso não é necessário centrifugá-la. A lã, por sua vez, pode estragar durante a centrifugação, sendo mais aconselhável usar a centrifugação reduzida da sua lavadora.

• Não torça: ao invés de torcer, apenas aperte as peças para retirar o excesso de água.

Seque na sombra

Tanto o sol quanto a secadora devem ser evitados. Prefira secar na sombra, em local arejado. Caso seja necessário usar a secadora, escolha temperaturas mínimas. Mas, fique atento: dependendo do tecido, ainda há risco de que ele encolha nesse método de secagem.

Como guardar os cobertores?

Durante as estações mais quentes, é comum que os cobertores mais pesados fiquem guardados no armário por muito tempo. Para evitar mofo, manchas e mau cheiro, siga essas dicas:

• Lave-os antes de guardar.
• Use sacos de TNT para que fiquem protegidos, mas consigam “respirar”. Outra opção são os sacos de plástico especial, que possibilitam a retirada de ar.

• Guarde em local arejado.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*