Como Evitar Que Os Caes Roem?

Como Evitar Que Os Caes Roem?

Como Evitar Que Os Caes Roem?

Ter um pet é possuir um melhor amigo para todas as horas. Porém, um dos maiores problemas que os donos de cachorros costumam enfrentar é fazer com que o cão pare de comer os móveis de casa.

Os filhotes costumam ter coceiras nos dentes, o que faz com que morder objetos seja uma forma fácil encontrada para resolver este incômodo.

Outros fatores podem fazer com que cachorros adultos busquem roer, como incômodos psicológicos e até tédio.

  • Como Evitar Que Os Caes Roem?
  • Para selar a paz entre os cães e os seus móveis, o Westwing buscou ajuda de Gustavo Campelo, educador de animais e fundador da Cão Ideal, empresa especializada em comportamento canino. O resultado são dicas práticas de como educar seu cachorro a não roer os objetos da sua casa. Aprenda como ter uma decoração bonita, peças bem conservadas e um melhor amigo ainda mais feliz!

    Entendendo os Motivos

    Existem motivos que levam o cachorro a ter esse tipo de atitude. A fase oral do animal, quando ele é filhote, e a fase de trocas de dentes são alguns deles.

    Nessa fase, o cão tenta morder os móveis para se aliviar das coceiras e da dor do dente. Mas, com o passar do tempo, isso pode virar um vício.

    Caso isso ocorra, pode se tornar um hábito e durar muito, dificultando a forma de educar seu cachorro no futuro.

    Outro motivo para que o cachorro roa objetos é a síndrome de ansiedade de separação. Esse quadro ocorre quando na presença do dono o cão é tranquilo, mas quando os donos saem e o cachorro se dá conta que está sozinho, ele começa a destruir os móveis e os objetivos, buscando alívio.

    Existe também a possibilidade de que a ação aconteça caso o cachorro não tenha nenhuma atividade física e mental diariamente. Então, ele começa a procurar coisas na casa para fazer, com a intenção de se livrar da energia acumulada.

    Há casos em que o cachorro entende que quando ele morde um móvel, ele chama a atenção dos donos. E mesmo que seja uma atenção em tom de bronca, ele começa a fazer coisas erradas para, mesmo assim, obter a atenção da família.

    Como Evitar Que Os Caes Roem?

    Gustavo Campelo – Educador de Animais/ Cão Ideal (www.caoideal.com.br)

    Como Educar seu Cachorro?

    Para prevenir esse problema desde o começo, é importante apresentar ao cão brinquedos que ele possa morder. Quando ele rói objetos que são permitidos, é indicado elogiar o animal com carinho ou um petisco. Assim ele entende que quando ele faz a ação apropriada, recebe uma recompensa.

    Quando morde as coisas erradas, é recomendado que o pet ganhe uma bronca do dono. Ela deve ser enérgica e nunca física. Por exemplo, falar uma palavra de negação que a família cria e olhar firme para o cachorro já é suficiente.

    Quando o cachorro já é adulto e destrói os móveis é preciso saber qual a causa e tentar corrigir. É indicado fazer uma avaliação com um profissional para se ter um diagnóstico mais detalhado.

    Como Evitar Que Os Caes Roem?

    Se o cão faz isso apenas para chamar atenção, Campelo indica dar atenção a ele em outros momentos e, quando ele morder o móvel, sair do ambiente e ir para outro cômodo. Na maioria das vezes, o pet para de morder por não obter a atenção que deseja.

    Para não aumentar o comportamento negativo do cão, a família precisa entender que uma vez que traz o cachorro para casa, ela tem algumas obrigações com o cão. Sair para passear todos os dias, gastar energia mental e educar seu cachorro são responsabilidades da família. Ela pode contar ou não com o auxilio de um profissional nesse processo.

    Se os donos estão com um filhote em casa, ele precisa entender o que é permitido e o que não é. O foco tem que ser na educação. Prevenir problemas é bem mais fácil do que corrigir. Se o cachorro começa a mostrar o hábito de morder móveis, é essencial educar seu cachorro de imediato.

    Gustavo Campelo ressalta que cada caso é diferente: “Os fatores que podem desencadear esse problema podem ser inúmeros. A prevenção ainda é a melhor alternativa.”

    Cachorro roendo MÓVEIS: veja o que fazer

    Como Evitar Que Os Caes Roem?

    Como Evitar Que Os Caes Roem?

    Ver fichas de  Cachorros

    O seu cachorro está roendo móveis? Infelizmente este é um dos problemas do comportamento canino mais comuns, em especial quando filhote, embora existam casos em idades adultas.

    Talvez não nos importemos quando ele morde tênis velhos ou um pano antigo.

    Mas quando mostra uma fixação pelo controle da tv, uma bolsa ou outro acessório, com certeza você vai querer tratar este problema o quanto antes.

    O importante é que comece o quanto antes a ensiná-lo à base de paciência e educação positiva. Neste artigo do PeritoAnimal, apresentamos alguns conselhos para evitar que o cachorro morda os móveis e falamos um pouco sobre um dos acessórios mais procurados: o spray para cachorro não roer móveis. Boa leitura!

    Assim como no caso dos bebês humanos, os filhotes de cachorro têm a necessidade de morder para aliviar um pouco a dor nas gengivas provocada pelo desenvolvimento dos dentes.

    É desta forma que eles acalmam a ansiedade.

    Quando você vê o cachorro roendo móveis, é provável que, pela pouca experiência que ele tem, ele não compreenda quando você o castiga ou diz que não pode fazer aquilo.

    O que fazer para que meu cachorro não morda os móveis?

    • O primeiro passo será adquirir um mordedor. Existem de muitos tipos e formas, que emitem ou não sons, mais macios ou duros. Escolha ao menos dois com qualidades diferentes para que possa experimentar a receptividade do seu amigo peludo com as duas opções.
    • Coloque o cachorro em um espaço vazio com espaço suficiente para ele se movimentar e dê a ele o novo mordedor. Quando começar a mordê-lo, premie-o utilizando palavras como “muito bem”, oferecendo carinho e, além disso, ofereça petiscos como prêmio.
    • Interaja com o cachorro e o mordedor e, cada vez que ele utilizá-lo, volte a premiá-lo.
    • Embora seja importante fomentar a educação através do reforço positivo, é verdade que o seu cachorro deve aprender o significado do não. Quando morder, e apenas quando estiver mordendo um móvel ou objeto não permitido, deverá dizer um “Não” firme e apontar para o objeto em questão.
    • Você também pode tocá-lo, por exemplo, próximo do ombro, enquanto pronunciar o “não”. Este é um procedimento habitual entre cachorros de uma mesma matilha. Isso desviará a sua atenção e quando estiver desconcentrado, deve colocá-lo noutro espaço da casa e voltar a oferecer-lhe o seu mordedor.

    Lembre-se que esse se trata de um hábito que deve ser adquirido por ele e é claro que eleprecisará de tempo para entender todo o processo.

    Se o problema se agravar e ele morder as suas mãos nesses momentos de repreensão, há duas coisas que você pode fazer nessa situação:

    • Finja uma grande dor: especialmente se seu cão ainda não tiver três meses de idade, você deve aplicar esta técnica. Toda vez que ele te morder, você deve expressar que sentiu uma grande dor com isso. Em seguida, fique pelo menos meio minuto sem interagir com ele. Pouco a pouco ele vai começar a entender que isso realmente dói.
    • Afaste-se dele: este caso é mais adequado para cachorros ligeiramente mais velhos. Comece uma sessão de brincadeira (sem exagerar) e, se ele te morder, apenas vire e pare de brincar com ele. Após um minuto, comece o jogo novamente e repita o procedimento se ele morder novamente. Eventualmente, ele vai entender que a mordida significa o fim da brincadeira.

    Como Evitar Que Os Caes Roem?

    O caso mais grave e que mais ansiedade gera é quando o cachorro adulto continua mordendo móveis e objetos aparentemente sem motivo algum.

    Por que o meu cachorro continua mordendo os móveis e objetos?

    No geral, trata-se de ansiedade ou de energia mal administrada. Devemos ser rigorosos com os horários dos passeios, de exercício e das refeições. Se todas as necessidades do seu cachorro estiverem cobertas, vamos passar ao seguinte ponto. No caso de ansiedade, recomendamos o uso do Kong, um brinquedo mordedor especialmente criado para estes casos.

    O que posso fazer para que meu cachorro deixe de morder os móveis?

    • Assim como no caso dos filhotes de cachorro, vamos dar-lhe um mordedor adequado ao seu tamanho e, o mais importante, que ele goste. Você pode adquirir dois ou três diferentes (com som, de tamanhos distintos, que tenham luzes,…) que sejam capazes de captar sua atenção e estimulá-los a querer brincar.
    • Interaja com seu cachorro e o mordedor, captando a sua atenção e premiando-o cada vez que o morder. O uso de petiscos para cachorro também é permitido.
    • Você também deve dizer um “não” firme quando o cachorro estiver roendo móveis ou algum objeto não permitido. Falar com ele depois do ocorrido seria uma perda de tempo e geraria confusão no animal. Assim, quando ele morder algo que não deve, afaste-o do objeto ou móvel imediatamente e dê a ele seu mordedor no mesmo instante.

    Um cachorro adulto deveria compreender perfeitamente quando está fazendo algo que não deveria e, se lhe dermos outra coisa para morder, isso deveria ser suficiente. Ainda assim, o cachorro tentará morder aquilo que gosta e você deve proibí-lo disso.

    Como Evitar Que Os Caes Roem?

    Se você já tentou todo o tipo de reforço positivo, deu-lhe uma infinidade de brinquedos e mordedores apropriados e o problema persiste, há ainda outras duas soluções que você pode experimentar:

    Spray para cachorro não roer móveis

    Há diferentes produtos disponíveis para a compra, seja em lojas especializadas em animais ou mesmo supermercados. Certifique-se de que o spray para cachorro não roer móveis é adequado e não oferece nenhum risco ao seu companheiro peludo.

    Leia também:  Como Saber Qual O Melhor Telemovel Para Mim?

    Esses sprays usualmente podem ser aplicados em ambientes internos e externos. Para cada produto, há uma forma de utilizar diferente, variando de uma a mais aplicações diárias no local que você quer que seja evitado pelo cachorro.

    Antes de comprar o spray, converse com o vendedor para descobrir se os compostos químicos podem estragar tecidos ou o verniz do seu móvel, por exemplo. Lembre-se que o uso contínuo e prolongado dos sprays repelentes para cachorro usualmente não é recomendado.

    Se você não quer comprar um spray para cachorro não roer móveis, sabia que há algumas opções de repelente caseiro para cachorro. Há alguns cheiros de alimentos que são desagradáveis para nossos pets. Você pode conferir tudo sobre as opções de repelente caseiro para cachorro neste outro artigo do PeritoAnimal.

    Adestramento profissional

    Se você realmente já não tem mais ideias do que fazer e nenhuma das opções anteriores adiantou, procure um profissional de adestramento de cachorros. Pense que se o problema persistir isso vai gerar ansiedade não apenas no animal, mas também em você.

    Agora que você já sabe o que fazer em casos de cachorro mordendo móveis e aprendeu que é preciso ser firme com ele trabalhar com reforço positivo, confira no vídeo abaixo 5 erros comuns ao repreender um cachorro:

    Se deseja ler mais artigos parecidos a Conselhos para evitar que o cachorro morda os móveis, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Problemas de comportamento.

    Bibliografia

    • Yllera Fernández, M. M., Camiña García, M., Cantalapiedra Álvarez, J. Comportamiento y órganos de los sentidos de los animales. (2008). Lugo: Monografías do IBADER.
    • Connelly, N.; Damhus, T.; Hartshorn, R.; Hutton, A. (2005). Nomenclature of inorganic chemistry. International Union of Pure and Applied Chemistry, UK. Disponível em: . Acesso em 10 de novembro de 2020.

    Treino: 12 Ideias Para Evitar o Comportamento Destrutivo

    Como Evitar Que Os Caes Roem?

    Os cães adoram morder e mastigar…. tudo e mais alguma coisa!

    Quando adota um novo cachorrinho e o leva para casa, vai aperceber-se que inicialmente ele vai andar a mordiscar tudo o que está à vista. Existem algumas razões para que isso aconteça:

    1. Os cachorrinhos usam a boca para explorar e aprender tudo sobre o novo mundo de que agora fazem parte.
    2. Crescimento dos dentes! Não interessa se se trata de um babe ou de um cachorrinho, o facto é que mordiscar durante a fase de aparecimento dos dentes, alivia.
    3. Alguns cães mordem para diminuir a ansiedade. A minha Olívia, por exemplo, enquanto era pequenina roía o meu tapete de sala sempre que eu saía de casa, de forma a aliviar a ansiedade da separação que sentia!
    4. Aborrecimento

    O objetivo não é fazer com que o seu patudo deixe completamente de morder e roer – pois afinal de contas, mordiscar é um comportamento canino natural que tem benefícios associados.

    Ajuda a manter os músculos do maxilar fortes, os dentes limpos, combate o aborrecimento e alivia a ansiedade. Eles apenas necessitam ser ensinados sobre o que é apropriado morder.

    Leia o que deve fazer e evitar de forma a acabar com o comportamento de morder destrutivo!

    Acabe com o Morder Destrutivo: O Que Fazer

    1. Torne a sua casa à prova de cachorrinhos

    Quer tenha um cachorrinho com dentes em crescimento, ou um cão adulto que continua a morder e destruir tudo o que lhe aparece à frente, a primeira coisa a fazer, é tornar a sua casa à prova deste tipo de comportamento. Por outras palavras, tente remover tudo quanto possa constituir uma tentação para o cachorrinho, até que ele perceba o que pode e o que não deve morder e roer.

    Uma das formas de o fazer é não deixar objetos espalhados pela casa – guarde os seus sapatos, apanhe e guarde os brinquedos das crianças, esconda os fios elétricos e mantenha-os fora do alcance.

    Seja especialmente cuidadoso para não deixar alimentação humana ao alcance dos cachorros pois existem alguns tipos de alimentação que lhe podem ser prejudiciais ou mesmo mortais.

    Para além disso, tenha extremo cuidado com medicamentos, plantas e produtos de limpeza.

    Caso o seu patudo ingira algo potencialmente venenoso, não perca tempo e contacte de imediato o seu médico-veterinário enquanto o transporta para o hospital ou clínica mais próxima!

    2. Ofereça brinquedos para morder ou ossos apropriados para roer

    Garanta que o seu patudo tem à disposição vários brinquedos e ossos apropriados para ele morder e roer. Caso ele tenha uma boa seleção de coisas para roer e morder, será menos provável que vá roer a perna da mesa da sala de jantar ou os seus sapatos novos.

    3. Foque-se na Estimulação Mental

    Trabalhe a mente do seu patudo com brinquedos interativos e puzzles.

    Os puzzles funcionam da seguinte forma: coloca bocadinhos de comida dentro de brinquedos (puzzles) desenvolvidos para esse efeito e o seu patudo passará um bom bocado a tentar descobrir como retirar aqueles apetitosos pedacinhos de comida de dentro deles. Existem múltiplos níveis de dificuldade e é sempre útil ter dois ou três diferentes, para manter o seu patudo entretido durante bastante tempo.

    Como Evitar Que Os Caes Roem?

    4. Canse o seu Patudo

    Se o seu patudo tiver falta de exercício ou estimulação, poderá começar a mastigar objetos em sua casa, apenas para se entreter. Faça exercício diariamente com o seu patudo, quer seja através de caminhas, corridas, jogos de apanhar e buscar ou outros. Se ele estiver mentalmente estimulado e físicamente cansado, será menos provável andar à procura de coisas para se entreter sozinho.

    5. Utilize Produtos Seguros Específicos

    Existem sprays desenvolvidos especificamente para tornar o sabor detestável para o seu patudo. Este tipo de sprays são extremamente eficazes para a maioria dos cães.

    No entanto, existem alguns que parece nem notarem o péssimo sabor e mastigam e roem os objetos como se fossem a coisa mais saborosa do mundo. Há que fazer experiências e descobrir o que funciona melhor com o seu patudo.

    Durante a fase de treino, talvez não seja má ideia testar este tipo de produtos.

    6. Redirecione a Atenção do Patudo

    Se surpreender o seu patudo a roer, bata palmas ou faça um ruído que o surpreenda, de forma a que pare com o comportamento e redirecione a atenção para si. Seguidamente, substitua o objeto que ele estava a roer por um brinquedo que ele esteja autorizado a morder e roer.

    7. Obtenha Ajuda Profissional Caso Necessário

    Caso o problema persista e não conseguir arranjar forma de resolvê-lo, marque uma consulta com um treinador ou especialista em comportamento. Não se envergonhe de procurar ajuda profissional! Deixar-se levar até ao ponto de ficar irritada ou frustrada não será bom para o seu patudo.

    Como Evitar Que Os Caes Roem?

    8. Fale com o seu Médico-Veterinário, se fôr necessário

    Bem, tentou tudo quanto sugerimos aqui e mesmo a ajuda profissional mencionada anteriormente, parece não ajudar? Telefone ao seu médico-veterinário. Sabia que existem algumas deficiências nutricionais ou problemas médicos que podem causar ou exacerbar o comportamento destrutivo de roer e morder do seu patudo?

    O Que Não Deve Fazer

    9. Não Grite Com Ele

    Caso não surpreenda o seu patudo a roer ou apenas se depare com o resultado do seu “trabalho”, não ralhe com ele. O seu patudo não saberá porque grita com ele, uma vez que não conseguirá estabelecer um nexo de causalidade.

    10. Nunca Prenda a Sua Boca!

    Não o açaime ou utilize qualquer outro método para restringir a boca do seu patudo, por forma a evitar que ele roa. Fazer isso não trará qualquer resultado positivo. Por outro lado aumentará o stress do seu patudo e diminuirá a confiança dele em si.

    11. Não o Confunda

    Esta parece óbvia, mas não dê ao seu patudo um sapato ou ténis velho para ele roer, pois ele nunca será capaz de distinguir entre um sapato velho e um sapato novo.

    Como Evitar Que Os Caes Roem?

    12. Não utilize a Casota ou Almofada como Punição

    Não obrigue o seu patudo a permanecer horas a fio de castigo, na casota ou na almofada dele, apenas porque está frustrada e não sabe que mais fazer. Isso apenas irá aumentar o seu nível de stress, causando-lhe frustração e podendo acabar em depressão. Se não aguentar mais, siga o nosso conselho: procure ajuda profissional.

    Como fazer para um filhote de cão parar de roer os móveis e objetos da casa?

    Tempo estimado para leitura: 4 minutosComo Evitar Que Os Caes Roem?

    Assim como todos os animais jovens, os filhotes de cachorro também adoram explorar o mundo e fazer descobertas sobre ele. Mas, assim como os bebês humanos costumam utilizar os balbucios e suas e mãos para essa exploração, os filhotes de cães costumam utilizar suas mandíbulas e dentes com a mesma intenção. Eles tentarão experimentar tudo o que estiver ao seu alcance, incluindo os móveis, os sapatos e, é claro, você mesmo ????

    Primeiramente, para entender como resolver, precisamos saber porque eles fazem isso.

    A resposta é simples, coloque-se na cabeça deles, provavelmente estarão imaginando: será que isso é gostoso? Isso vai fazer barulho engraçado se eu morder? Inicialmente eles são impulsionados pela curiosidade.

    O segundo motivo, que vem um pouco mais tarde, é a necessidade que eles têm de desenvolver a força em suas mandíbulas e aliviar a dor e a coceira resultantes da troca de dentição.

    Em resumo, eles vão morder e roer tudo o que estiver ao seu alcance durante o seu desenvolvimento se isso lhe for permitido, pois isso é da sua natureza. Portanto, se você não quiser tolher o desenvolvimento normal e natural de seu amiguinho, impedindo-o de fazer esses experimentos, sugerimos que adote os procedimentos abaixo para uma convivência prazerosa e saudável entre vocês.

    Como Evitar Que Os Caes Roem?A brincadeira preferida dos cães é morder, portanto, certifique-se de que seu filhote tenha sempre ao seu alcance alternativas apropriadas para satisfazer sua necessidade de mastigar. Você precisará realizar experiências para descobrir a preferência de seu cãozinho especificamente. A maioria dos cães adora os brinquedos de borracha, de preferência ocos para que cedam a sua mordida, alguns vão preferir mastigar brinquedos mais duros, mais resistentes às suas investidas.

    Leia também:  Como Recuperar O Que Foi Apagado Do Celular?

    Alguns brinquedos ocos têm a vantagem de que dentro deles é possível colocar petiscos ou ração de uma forma que dificulte o acesso do seu cãozinho a ela, fazendo com que ele perca grande parte de seu dia nessa “batalha” por comida, deixando de roer objetos que são caros para você e também criem o hábito de morder apenas os brinquedos colocados a sua disposição. Uma boa alternativa para criar esse tipo de brinquedo, sem nenhum custo é utilizar garrafas pets nessa brincadeira, coloque alguns petiscos dentro dela e é quase certo que seu cãozinho terá várias horas de mastigação pela frente sem estragar nada que você não queira.

    Uma novidade no mercado é o mordedor que substitui a escova de dentes, também uma excelente opção para seu filhote desestressar.

    Você também pode usar bichinhos de pelúcia que possam ser destruídos – pois é praticamente certo que isso acabará acontecendo após uma luta longa e ferrenha entre os dois – esses brinquedos também ajudam a saciar o desejo do seu cachorro de mastigar. Fique atento apenas para que o conteúdo desses brinquedos não possam provocar ferimentos em seu cão e só o deixe brincando sem supervisão com brinquedos absolutamente seguros.

    Utilizando essa combinação de treinamento repetidamente, você provavelmente atenderá as necessidades diárias de mastigação e exercícios mentais de seu animalzinho. Essas brincadeiras também são ótimas para gastar as energias de um filhote muito ativo.

    Como Evitar Que Os Caes Roem?

    Evite deixar seu cãozinho brincando sozinho com ossos, esse é outro brinquedo que o manterá muito tempo ocupado, mas os ossos ao se partirem poderão machucá-lo. Você pode utilizar alternativamente aqueles ossos fabricados de couro cru, porém também esses devem ser dados sob supervisão para evitar um possível engasgamento.

    Adotando os procedimentos acima você provavelmente saciará os anseios por mordidas de seu filhote, mas ainda resta uma coisa para resolver, como evitar que ele crie o hábito de morder o que você não quer?

    Quando você estiver por perto, crie o hábito de repreendê-lo sempre que ele tentar morder o que não deve, ele logo aprenderá a respeitar esses objetos. Quando você não estiver por perto, uma boa alternativa para resolver esse problema é negando a ele o acesso ao que não pode morder.

    Coloque o seu cachorro em um lugar seguro – um cercadinho, um caixote grande ou uma peça com portão onde o que estiver ao seu alcance não possa ser destruído – quando você não puder supervisioná-lo.

    Esse local deve ser um espaço agradável, que contenha brinquedos para mastigar, uma cama confortável e água suficiente para durar até a sua volta – lembre-se de que o recipiente com água não poderá virar um brinquedo dele, portanto não pode ser virado nem arrastado pelo local.

    Lembre-se também que os filhotes precisam de muito descanso, por isso, se você o mantiver ativo com muito exercício e brincadeiras durante o tempo em que passarem juntos ele provavelmente passará a maior parte do tempo em que estiver sozinho dormindo.

    Muitas pessoas costumam passar pimenta líquida nos locais que não devem ser mordidos, porém esse artifício funciona apenas em alguns casos, há cachorros que não se importam com o gosto da pimenta, outros quase nem o sentem ou até se acostumam com o sabor. Cães tem o olfato muito apurado, porém seu paladar é muito fraco. Se você gostou deste assunto, provavelmente também vá gostar de ler sobre esses:

    Você prepara em casa a comida do seu Pet? Então leia essas dicas importantes

    A casa e os animais de estimação
    9 dicas maravilhosas para donos de gatos inexperientes
    Testamos o mordedor para cães que se propõe a substituir a escova de dentes
    Dicas importantes para quem precisa deixar seu cão sozinho em casa
    Porque devo dar vermífugo para meu cão?
    Obesidade canina é um problema sério, saiba como resolver

    O meu cão rói tudo! | Dicas para compreender melhor este comportamento

    Vamos apresentar cinco razões que podem explicar a tendência do seu patudo para roer tudo o que encontra pela frente. Claro que o caso do seu cão pode ser uma combinação de vários fatores.

    Os cachorrinhos têm 28 dentes de leite e estes começam a cair por volta da 16ª semana de vida. Assim se inicia o processo de crescimento da dentição permanente, que dura cerca de três meses até os 42 dentes definitivos terem nascido.

    Durante este processo, os cachorrinhos costumam ter uma enorme vontade de morder porque sentem comichão nas gengivas. Além disso, o seu patudo pode sentir dores nas gengivas ou estar a tentar livrar-se de um dente de leite que não cai.

    Como muitos cachorros adoram morder tudo, pode ajudá-lo dando-lhe um brinquedo adequado a essa fase. Por exemplo, o seu pequeno patudo vai adorar um Kong com iogurte gelado pois o frio ajuda a acalmar as gengivas.

    Em alternativa pode ter brinquedos que possa pôr no frigorifico ou no congelador. Também os brinquedos com anéis ou protuberâncias são indicados para esta fase pois massageiam as gengivas.

    Geralmente quando os cães adultos roem coisas em casa é porque estão entediados. Assim, a questão é se o seu patudo faz exercício físico e está suficientemente estimulado. É importante lembrar que dar a volta ao quarteirão não é exercício suficiente e que os patudos precisam de gastar energia todos os dias.

    Assim, se tem um patudo em casa deve levá-lo todos os dias a dar umas corridas, mesmo quando está frio ou a chover. Pode também levá-lo consigo quando vai andar de bicicleta. No entanto, o exercício físico deve ser complementado com exercícios que estimulem intelectualmente o seu patudo.

    Faça pequenos jogos com o seu cão ao longo do dia, por exemplo, esconda objetos para ele ir procurar.

    O roer tem um efeito calmante e por isso muitos patudos acabam por roer coisas como forma de se acalmarem. Assim, quer os patudos ansiosos, quer os entediados podem começar a roer objetos. Na verdade, nas duas situações o patudo está sob stress.

    Os cães podem ficar ansiosos em várias situações, como por exemplo, quando mudam de casa ou quando estão numa situação pouco familiar. Assim, se levar o seu patudo a uma festa a casa de um amigo é possível que ele comece a roer as pernas das cadeiras. Para resolver este problema pode dar-lhe brinquedos ou snacks para roer e ao mesmo tempo dar-lhe a possibilidade de ele relaxar.

    Como Evitar Que Os Caes Roem?

    É natural que o seu patudo se sinta entediado quando fica sozinho e por isso comece a roer coisas. No entanto, se ele não consegue ficar cinco minutos em casa sozinho sem começar a roer as pernas da mesa, significa que ele não se sente bem sozinho. Assim, é importante habituá-lo lentamente a ficar sozinho.

    Muitos donos optam por dar um brinquedo para roer ao seu patudo uns minutos antes de sair. Dessa forma ele fica ocupado e mais calmo, além disso também protege os móveis! No entanto, a maior parte dos fabricantes aconselha a não dar estes brinquedos quando os patudos ficam sozinhos, porque eles podem tentar engolir bocados muito grandes.

    A maior parte dos donos percebem com o tempo que brinquedos podem dar aos seus patudos sem que haja risco de eles se engasgarem.

    Claro que uma educação adequada pode influenciar positivamente o comportamento do seu patudo. No entanto, muitos cães roem as coisas por instinto.

    Este comportamento agravar-se quando eles se sentem ansiosos, entediados ou porque se tornou um hábito. Os patudos que roem as coisas por instinto não devem ser contrariados de forma repentina ou total.

    Ou seja, deve ir tentando alterar este comportamento lentamente e tendo em atenção a reação do seu cão.

    Quando os donos vão passear os seus patudos procuram muitas vezes paus de madeira para brincar com eles. Assim, não é de espantar que os patudos gostem particularmente de roer todo o que sejam paus, ramos e casca de árvore.

    Naturalmente os donos não querem que os seus patudos roam os móveis. Mas eles podem roer paus de madeira que encontram quando vão passear? Os patudos adoram roer coisas de madeira e alguns chegam mesmo a comer bocadinhos de ramos. No entanto, este comportamento pode ter consequências negativas.

    Por exemplo, podem ficar bocadinhos de madeira entre os dentes, que incomodam e causam dores. Pior ainda, os bocados de madeira podem causar lesões no aparelho digestivo. Em casos mais simples o seu patudo acaba por vomitar os bocados de madeira que engoliu.

    Mas em casos mais graves, os bocados de madeira podem rasgar órgãos internos como o esófago, estômago ou intestinos e causar hemorragias internas. Para evitar problemas mais sérios é aconselhável levar consigo um brinquedo quando vai passear o seu patudo.

    Pode também criar jogos e brincadeiras que o distraem dos paus de madeira.

    Não há provas científicas que indiquem que os cães que roem madeira tenham falta de minerais ou vitaminas. Assim, se o seu patudo tiver uma alimentação adequada não precisa de se preocupar.

    No entanto, se o seu cão adulto ou sénior de repente começar a roer madeira, deve falar nisso ao seu veterinário.

    Leia também:  São Os Comunistas Que Pensam Como Os Cristãos?

    E independentemente do seu comportamento, dê ao seu patudo uma alimentação de qualidade com elevada percentagem de carne.

    Eduque o seu patudo de forma consistente e dê-lhe alternativas aos sapatos e coisas parecidas, como por exemplo:

    • Brinquedos para roer
    • Snacks de carne desidratadas, como por exemplo de couro cru de vaca ou porco.
    • Raízes ou paus de madeira de cafezeiro ou de oliveira
    • Proporcione ao seu patudo um nível de exercício físico e mental adequado
    • O seu patudo está stressado? Se possível torne o ambiente mais calmo
    • Arrume as coisas que mais chamam a atenção do seu patudo, como os sapatos
    • Não tenha cabos elétricos, plantas tóxicas ou detergentes ao alcance dos dentes do seu patudo

    Seu cachorro come chinelos e sapatos? Saiba como evitar

    Como Evitar Que Os Caes Roem?

    • O cachorro come chinelos e sapatos quando filhotes para chamar atenção, afinal tudo o que ele gosta está ligado ao tutor, mas sabemos que essa não é a melhor maneira de nos agradar, certo?
    • Não é uma tarefa fácil mudar isso, porém há algumas maneiras de evitar essas travessuras e nós falaremos sobre elas neste artigo.
    • Por exemplo, deixar algumas atividades para o seu cachorro pode ajudar a entretê-lo e evitar essas experiências ruins, mantendo os seus sapatos em bom estado.
    • Se o seu filhote estiver parecendo um Beethoven, bagunçando todas as suas sandálias e sapatilhas, leia este artigo até o fim e confira algumas dicas para treinar seu cão e melhorar o comportamento dele.

    Por que o cachorro come sandálias e roe as coisas?

    Seu cachorro come chinelo ou roe os objetos, porque precisa gastar toda a energia acumulada. E roer é uma das maneiras que ele tem para liberar toda essa agitação.

    Mas não é só energia acumulada que o leva a fazer isso. Então, conhecer seu cão pode ajudar a mudar esse comportamento. Preparamos abaixo 3 motivos que podem influenciar o seu cão a comer chinelos e sapatos. Veja:

    1. dores na gengiva: em seus primeiros meses de vida, seu pet deve usar muito a boca para explorar, então ele irá buscar algo para aliviar seus dentes, seu primeiro alvo vai ser seus sapatos que estão sempre à vista
    2. estresse ou tédio: se ele não tiver o espaço para brincar, brinquedos suficientes ou até mesmo um lugar para latir, isso pode chatear ele e roer vira uma distração
    3. ansiedade ou saudade: quando seu cachorro está com saudade e ansioso para te ver, ele vai atrás daquilo que lembra você e mais uma vez o chinelo ou sapato está sempre à vista.
    4. Estes são os 3 principais motivos que podem influenciar seu filhote a comer objetos para atrair sua atenção, e pelo fato dele ser pequeno o que mais lhe chama atenção é o que está ao seu alcance.

    Como evitar que seus sapatos sejam mastigados?

    O primeiro passo é entender os motivos e os comportamentos que levam seu cachorro a fazer isso, por exemplo: como chegou até o chinelo? Qual a frequência que ele faz isso? Só faz quando está presente? Será que ele quer atenção?

    Esteja alerta para a reação dele ao receber uma bronca: primeiro observe, depois reaja.

    Algumas coisas simples podem evitar que seus chinelos sejam comidos pelo seu pet. Confira:

    • brinquedos: certifique-se de que sempre tenha brinquedos que seu animal goste para se distrair, isso fará com que ele perca o interesse nos chinelos e sapatos
    • espalhe comida: deixe a comida espalhada em alguns locais pela casa, ele vai se exercitar e se acalmar
    • diga não: se ele for para cima de seu chinelo ou sapato, diga não, evite que ele queira atrair sua atenção com isso, se pegar, ignore-o
    • ansiedade: se ele sentir muita falta de você, deixe uma camiseta, ou uma blusa por perto para que ele sinta seu cheiro, isso irá acalmá-lo.

    Se mesmo assim seu cachorro persistir em comer chinelos e sapatos, consulte um adestrador ou especialista em comportamento animal.

    Geralmente um cão só fica mais calmo quando completa 2 anos de vida, pois começa sua fase adulta e assim as travessuras diminuem, ou você pode recorrer a castração dele.

    5 dicas de como adestrar seu cachorro

    Adestrar um cachorro é uma tarefa que parece complicada, porém é mais fácil do que você pensa: comece enquanto filhote para que ele absorva mais os ensinamentos do treinamento.

    Você sabe por que ele entende mais quando filhote? Porque esse é o período em que ele está se adaptando a você e aos seus comandos. Vamos às 5 dicas:

    • clicker: por meio de um aparelho você estimula seu cão com um barulho, fazendo com que ele preste atenção quando você disser não. Depois de um tempo ele já irá associar o som ao comando
    • recompensas: sempre o recompense por uma boa atitude, ofereça um petisco para ele, o cão vai entender que fez algo correto e que para ganhar outro biscoito, terá
    • que continuar com o bom comportamento
    • duração dos treinos: evite locais com muita dispersão para o animal para que ele fique concentrado nos comandos, as sessões de treinos devem durar entre 10 e 15 minutos para não cansá-lo

    moderação: não abuse dos truques, eduque seu comportamento primeiro. Ensine-o a não pular nas pessoas e a só fazer xixi nos locais indicados.

    1. Logo não sobrará muito tempo para os truques, por exemplo: aprender a dar a pata, rolar ou sentar. Então foque primeiro em seu comportamento e deixe os truques para depois
    2. aplicativo: o aplicativo Bino pode te ajudar com técnicas de adestramento, além oferecer um calendário de treino para o seu cão.
    3. O médico veterinário Rômulo Edgar explica em uma entrevista ao G1:
    4. “é essencial que seu cachorro entenda que seu comportamento não é o certo, por mais que você tenha dó de dizer não ou dar uma bronca nele, é necessário para que o adestramento funcione”.

    E então, o que achou das dicas? Comente abaixo e já usou algumas delas e como foi. E se quiser melhorar o adestramento do seu cachorro, veja um artigo que preparamos sobre o melhor petisco para o treino.

    Seu cãozinho come grama? Entenda como evitar!

    Publicado em 05 de agosto de 2020

    Olá, amigo humano. Tudo beleza? Estou de volta aqui mais uma vez. Sou eu, o Bob! Ontem visitei um aumigo e vi que a mãe dele estava super nervosa porque o cãozinho come grama.

    Na verdade, a preocupação é, sim, necessária, mas o ideal mesmo é entender o que se passa na mente do doguinho para iniciar esse tipo de comportamento.

    Você quer entender sobre o assunto? Neste artigo, vou falar sobre todos os detalhes importantes! Leia-o até o final e aprenda como evitar que seu cãozinho passe perrengues como este.

    Por que o cãozinho come grama? Descubra!

    Em primeiro lugar, como eu disse anteriormente, é fundamental entender o porquê do cãozinho comer grama. Para explicar isso, precisamos dar um salto bem grande até os nossos ancestrais.

    Como eles eram movidos pela caça, não tinham todo esse cuidado que hoje em dia nossos papais e mamães nos oferecem.

    Sendo assim, um hábito bastante comum era alimentar-se de grama, por conta das fibras, quando sentissem que algum alimento “não caiu bem”.

    Visto isso, sabe quando você sente um leve enjoo e fica desconfortável por horas? Nós, doguinhos, também podemos nos sentir assim! Não há muita diferença.

    Entretanto, como não conseguimos expor, optamos pela grama. Ela é um composto rico em fibras e propriedades vegetais que estimulam o alívio imediato do nosso desconforto.

    Esse, inclusive, pode ser de várias origens. Veja exemplos:

    • desconforto gástrico;
    • digestão lenta;
    • gases;
    • cólicas;
    • diarreia;
    • ressecamento de fezes.

    Sendo assim, quando um cãozinho come grama, ele induz o vômito, de certo modo. A explicação para isso é que nosso organismo está adaptado à alimentação carnívora e as propriedades vegetais vão de encontro a esta orientação. E aí, meu amigo humano, pimba!

    Como evitar que o cãozinho coma grama?

    Depois da descoberta do porquê, vamos para outro passo! Saber como evitar esse comportamento do cãozinho que come grama é tão importante quanto identificar as motivações.

    Existem pessoas que acreditam que quando o cãozinho come grama, ele está impedindo o aparecimento de germes. Mas, por outra perspectiva, a ação serve de alerta para uma série de situações. Veja: normalmente os pets fazem um único vômito após a ingestão dos matinhos. Caso você note mais vezes, leve seu cãozinho ao veterinário para identificar possíveis problemas no sistema digestivo!

    1- Estímulos

    Quando o cãozinho come grama, pode ser uma forma que ele usa para dizer que está estressado ou ansioso. Sendo assim, investir em passeios, brincadeiras e outros estímulos contribui para evitar essa atitude.

    2- Alimentação

    Por fim, a melhor maneira de garantir que seu cãozinho deixe de comer grama é aderir uma alimentação balanceada. Por mais que nós doguinhos sejamos super curiosos, eu que o diga, e a grama nos atraia, uma alimentação rica em nutrientes impede que seu cãozinho coma grama com frequência!

    Conheça o cardápio que preparei para seu doguinho!

    Agora que você entende o porquê que seu cãozinho come grama e como evitar essa ação, escolha o cardápio ideal para seu pet! Com ele, você pode garantir que todos os nutrientes e vitaminas estarão dispostos na alimentação do seu aumiguinho. Entre em contato para descobrir como tornar seu doguinho mais saudável!

    Aproveite para conferir mais artigos como este no meu blog. Lá estão:

    Seja o primeiro a comentar

    Faça um comentário

    Seu e-mail não será publicado.


    *