Como Evitar Que O Filhote De Cao Morda?

Como Evitar Que O Filhote De Cao Morda?

Sean Long/Creative Commons

Quem tem filhotinho em casa sabe a dor de uma mordida. Por mais fofos que os cães bebês sejam, aqueles dentinhos afiados cortam mais que navalha. Mas fique tranquilo que é possível minimizar esse problema.

Os cães costumam brincar de morder com seus irmãos. Eles só param quando cansam ou quando um dá o limite através do choro ou rosnado. Essa é a primeira brincadeira aprendida pelo cão e a que ele mais gosta. Por isso, quando ele chega na sua casa, ele busca um pé, mão ou até barra de calça para morder. Com isso, ele quer dizer que é seu amigo, gosta de você e quer brincar.

Algumas pessoas acreditam que o fato de permitir que o cão brinque de morder, fará com que ele se torne agressivo. Isso não é verdade. A brincadeira de morder não está relacionada com a agressividade. Mas é importante ensinar ao cachorro qual o limite da brincadeira.

1) Mude a atenção dele

Como Evitar Que O Filhote De Cao Morda?

Stuart Dootson/Creative Commons

Como morder é uma brincadeira, o cachorro busca sua mão ou pés para morder e lhe provocar a brincar. Quando ele fizer isso, dê a opção de outro tipo de brincadeira que ele goste muito. Pode ser jogar bolinha, brincar de cabo de guerra ou mesmo roer algo muito gostoso.

O ideal é você provoca-lo para brincar (sem ser de morder), antes que ele lhe procure. Assim, não corre o risco de haver mordidas doídas.

2) A pior punição é ser ignorado

Como Evitar Que O Filhote De Cao Morda?

Shutter Fotos/Creative Commons

Se seu cachorro lhe provocou para brincar de morder e não parou, a melhor opção é ignorá-lo. Dar bronca, gritar, falar o nome dele só pioram as mordidas. Por isso, quando ele começar a morder, pare de olhar e falar com ele. Se precisar, se levante e vá fazer outra coisa. Passe uns dez minutos ignorando e depois volte a dar atenção.

3) Ofereça algo bem gostoso para ele roer

Como Evitar Que O Filhote De Cao Morda?

Stuart Dootson/Creative Commons

Filhotes começam a trocar os dentes por volta dos três meses de idade. Assim como os bebês, os cães também sentem coceira na gengiva e gostam de roer/morder algo para aliviar essa sensação. Oferecer alimentos crocantes para eles roerem pode ajudar nessa fase.

Cenoura, maçã, pepino japonês, coco verde, abobrinha, pera e ossinhos são ótimas alternativas para que ele se mantenha saudável e entretido, sem morder.

4) Aumente a atividade dele

Como Evitar Que O Filhote De Cao Morda?

Lennart Tange/Creative Commons

Cachorros cansados são mais bonzinhos. Isso é fato! Quanto mais atividades o cão tiver, mais tranquilo ele ficará dentro de casa. Pode ser passeio na rua, brincar com outros cães ou até ir a creche. Quanto mais ele gastar energia fora de casa, menor é a chance de querer brincar de morder.

5) Não faça a vontade dele

Como Evitar Que O Filhote De Cao Morda?

Grace/Creative Commons

Cães são muito espertos e sabem que para nos livrarmos das mordidas, fazermos qualquer negócio. Por isso, quando eles querem algo e não damos, eles mordiscam mãos e pés para conseguirem nossa atenção, e, consequentemente, o que eles querem.

Para oferecer algo para seu cachorro, espere até que ele se acalme e sente. Se der o que ele quer enquanto ele estiver pulando ou mordendo sua mão, ele vai aprender que deve agir dessa forma para conseguir as coisas.

Se ele morder sua mão e você jogar a bolinha para ele ficar quieto, ele aprenderá que toda vez que ele morder, ganha uma brincadeira como recompensa. Se ele morder seu pé, quando você chega em casa, e você abaixar para falar com ele, ou der carinho, ele vai aprender que só receberá atenção quando mordicar seu pé. Por isso, só dê o que ele quer, quando ele estiver calmo e tranquilo.

Pode parecer difícil, mas são pequenas atitudes do dia a dia que fazem a diferença.

Filhote de cachorro mordendo e rosnando: o que fazer

Como Evitar Que O Filhote De Cao Morda?

Como Evitar Que O Filhote De Cao Morda?

Ver fichas de  Cachorros

A chegada de um cachorrinho é um momento de grande emoção para qualquer família que acabou de adotar um pet, parece que o ambiente fica cheio de ternura, você dá muito carinho, dirige todas as atenções para o cachorro se sentir acolhido e protegido dentro da nova família humana.

Os filhotes de cachorros precisam de muitos cuidados e cobrir essas necessidades é extremamente importante, visto que não deve esquecer que chegam a um meio que lhes é totalmente novo e estranho à primeira vista e, muitas vezes, foram bruscamente separados da sua mãe e irmãos. Por sua vez, o filhote de cachorro também tentará reforçar este sentimento de pertença a uma “matilha”, e irá fazê-lo principalmente através de interação física, com umas mordidas muito ternas, que podem acabar se tornando um problema.

Continue lendo esse artigo do PeritoAnimal e descubra: filhote de cachorro mordendo e rosnando: o que fazer?

Se você está se perguntando como fazer o cachorro parar de morder, primeiro precisa entender porque o filhote de cachorro faz isso.

Os filhotes mordem muito e tendem a morder tudo, esse comportamento é completamente normal e necessário para o desenvolvimento do cachorro.

Também é importante para aprender a controlar a força da mordida, ou seja, que tenham a capacidade de morder sem machucar na fase adulta.

Se você inibir esse processo de aprendizagem, o filhote de cachorro pode sofrer problemas comportamentais que o afetará de forma negativa no futuro.

A mordida de cachorro é uma forma de conhecer e explorar o meio que os rodeia, uma vez que também exercitam o sentido do tato através da boca.

Além disso, devido à grande energia que os cachorros têm, esta necessidade de explorar o meio envolvente é ainda maior e a mordida é a principal forma de satisfazer a curiosidade.

Outro fator importante para se ter em conta é que os cachorros têm dentes de leite que são substituídos por dentes definitivos e, até que este processo não se complete, sentem desconforto que pode ser aliviado através da mordida.

Como dissemos anteriormente, ter um filhote mordendo muito é completamente normal, inclusive, até à 3ª semana de vida você deve permitir que o cachorro morda tudo o que quiser.

Isso não significa que deve deixar ao alcance dele sapatos ou objetos valiosos, pelo contrário, deve oferecer brinquedos próprios para morder e específicos para filhotes.

Deve também, permitir que o filhote de cachorro dê mordidas em você pois ele está te conhecendo e isso é algo positivo para ele.

Lembre-se que, embora o seu cachorrinho tenha mania de morder, no começo não tem por que se preocupar, afinal morder é algo muito necessário para um filhote de cachorro, tanto como dormir e comer. Apenas tem que se preocupar se o seu cachorro morder muito forte ou com agressividade algum membro da família, quer seja um humano ou outro pet.

Nos outros casos, apesar de se tratar de um conduta normal, é importante estabelecer alguns limites para que, à medida que o cachorro for crescendo, não tenha problemas comportamentais como explicaremos melhor a seguir.

O filhote de cachorro verá a família humana como a sua nova matilha e por isso tentará interagir com ela, reforçando assim a sua sensação de pertença ao grupo. Como é que ele interage? Principalmente com mordidas de cachorro na mão, pé, etc. Ele vai fazer isso como se fosse uma brincadeira, causando raras vezes algum tipo de dano significativo.

Filhote de cachorro mordendo: devo permitir?

Sim, sempre que a mordida não machucar. Você deve permitir este comportamento porque, para o filhote, isto não é apenas um jogo, mas sim uma ferramenta valiosa que permite a aprendizagem, determina o vínculo afetivo com a família humana e também ajuda o filhote de cachorro a manter-se em bom estado de saúde.

Mas o que acontece se o filhote começar a morder muito forte e brincar de forma brusca? Este é o comportamento que não se pode permitir, principalmente pelos seguintes motivos:

  • Se o jogo brusco não se corrigir a tempo, a excitação do filhote aumentará e as mordidas passarão a ser mais fortes e a causar um dano maior.
  • Estes jogos podem ter um significado hierárquico para o cachorro, o que significa que se o cachorro tem esta atitude com o seu próprio dono durante o jogo, também tentará fazê-lo em outros contextos e com outras pessoas, como com uma criança.

À medida que o seu cachorro for crescendo, ele pode começar a morder cada vez mais forte, principalmente nos momentos de brincadeira, isso se deve pela aproximação da juventude quando começam a cair os dentes de leite e desenvolve a arcada dentária.

Como Evitar Que O Filhote De Cao Morda?

Nenhuma forma de violência é adequada para corrigir um comportamento indesejável no cachorro. Muitas das recomendações que genericamente se fazem para a correção de uma mordida excessivamente forte podem se considerar formas subtis (mas prejudiciais) de violência, como por exemplo:

  • Deixá-lo sozinho e fechado em um cômodo;
  • Castigá-lo utilizando um jornal fechado;
  • Batendo gentilmente na cara;
  • “Marcar” o cachorro.

Aplicar estes métodos de correção pode ser muito prejudicial a médio e longo prazo, reforçando inclusive comportamentos agressivos e dando como resultado final um cachorro desequilibrado.

Como Evitar Que O Filhote De Cao Morda?

Geralmente, as primeiras aprendizagens sobre a inibição da mordida são dadas pela mãe do filhote, rosnando e deixando de brincar com ele quando a mordida é muito forte, mas depois esta aprendizagem deve continuar e ser dada pela família humana.

Leia também:  Que Continente É Conhecido Como Velho Continente?

Mordida de cachorro: o que fazer?

Uma socialização adequada desde filhote é imprescindível para evitar comportamentos indesejados desde o início.

Ao se relacionar com outros cães, o cachorro aprenderá mais sobre a linguagem canina e também aprenderá que é rejeitado quando tem este tipo de atitude.

No entanto e, para além da socialização e da sua relação com outros cães, também tem uma grande importância ser você a começar a estabelecer as regras deste jogo social:

  • Quando vir que o seu cachorro começa a brincar bruscamente diga “Não” de forma clara e firme, interrompa a brincadeira e vá para outro sítio. Não volte a brincar com ele até ele se acalmar, desta forma o filhote de cachorro entende que se as regras que impuser não forem cumpridas, a brincadeira já não vai acontecer.
  • Os filhotes precisam morder pois os dentes estão doendo, por esse motivo deve permitir que ele morda brinquedos e mordedores de todo o tipo. Sempre que ele morder os brinquedos, você deve felicitá-lo e inclusive incentivar a mordê-los para entender que é isso que deve morder.
  • O filhote de cachorro deve crescer com amor e limites, e estes limites devem ser acordados entre todos os membros da família, só assim, a aprendizagem será eficaz.

Se o seu filhote não mostrar melhorias no seu comportamento apesar de implementar estas regras, recomendamos que consulte um especialista em etologia canina para corrigir este comportamento o quanto antes.

Se você quiser saber como fazer o cachorro parar de morder quando já é adulto, leia também este artigo de PeritoAnimal.

Como Evitar Que O Filhote De Cao Morda?

Se deseja ler mais artigos parecidos a Filhote de cachorro mordendo e rosnando: o que fazer, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Educação básica.

Bibliografia

  • BRAY, Emily. MACLEAN, Evan. HARE, Brian. Increasing arousal enhances inhibitory control in calm but not excitable dogs. Disponível em: . Acessado em: 30 jan. 2018

Como fazer para um filhote de cão parar de roer os móveis e objetos da casa?

Tempo estimado para leitura: 4 minutosComo Evitar Que O Filhote De Cao Morda?

Assim como todos os animais jovens, os filhotes de cachorro também adoram explorar o mundo e fazer descobertas sobre ele. Mas, assim como os bebês humanos costumam utilizar os balbucios e suas e mãos para essa exploração, os filhotes de cães costumam utilizar suas mandíbulas e dentes com a mesma intenção. Eles tentarão experimentar tudo o que estiver ao seu alcance, incluindo os móveis, os sapatos e, é claro, você mesmo ????

Primeiramente, para entender como resolver, precisamos saber porque eles fazem isso.

A resposta é simples, coloque-se na cabeça deles, provavelmente estarão imaginando: será que isso é gostoso? Isso vai fazer barulho engraçado se eu morder? Inicialmente eles são impulsionados pela curiosidade.

O segundo motivo, que vem um pouco mais tarde, é a necessidade que eles têm de desenvolver a força em suas mandíbulas e aliviar a dor e a coceira resultantes da troca de dentição.

Em resumo, eles vão morder e roer tudo o que estiver ao seu alcance durante o seu desenvolvimento se isso lhe for permitido, pois isso é da sua natureza. Portanto, se você não quiser tolher o desenvolvimento normal e natural de seu amiguinho, impedindo-o de fazer esses experimentos, sugerimos que adote os procedimentos abaixo para uma convivência prazerosa e saudável entre vocês.

Como Evitar Que O Filhote De Cao Morda?A brincadeira preferida dos cães é morder, portanto, certifique-se de que seu filhote tenha sempre ao seu alcance alternativas apropriadas para satisfazer sua necessidade de mastigar. Você precisará realizar experiências para descobrir a preferência de seu cãozinho especificamente. A maioria dos cães adora os brinquedos de borracha, de preferência ocos para que cedam a sua mordida, alguns vão preferir mastigar brinquedos mais duros, mais resistentes às suas investidas.

Alguns brinquedos ocos têm a vantagem de que dentro deles é possível colocar petiscos ou ração de uma forma que dificulte o acesso do seu cãozinho a ela, fazendo com que ele perca grande parte de seu dia nessa “batalha” por comida, deixando de roer objetos que são caros para você e também criem o hábito de morder apenas os brinquedos colocados a sua disposição. Uma boa alternativa para criar esse tipo de brinquedo, sem nenhum custo é utilizar garrafas pets nessa brincadeira, coloque alguns petiscos dentro dela e é quase certo que seu cãozinho terá várias horas de mastigação pela frente sem estragar nada que você não queira.

Uma novidade no mercado é o mordedor que substitui a escova de dentes, também uma excelente opção para seu filhote desestressar.

Você também pode usar bichinhos de pelúcia que possam ser destruídos – pois é praticamente certo que isso acabará acontecendo após uma luta longa e ferrenha entre os dois – esses brinquedos também ajudam a saciar o desejo do seu cachorro de mastigar. Fique atento apenas para que o conteúdo desses brinquedos não possam provocar ferimentos em seu cão e só o deixe brincando sem supervisão com brinquedos absolutamente seguros.

Utilizando essa combinação de treinamento repetidamente, você provavelmente atenderá as necessidades diárias de mastigação e exercícios mentais de seu animalzinho. Essas brincadeiras também são ótimas para gastar as energias de um filhote muito ativo.

Como Evitar Que O Filhote De Cao Morda?

Evite deixar seu cãozinho brincando sozinho com ossos, esse é outro brinquedo que o manterá muito tempo ocupado, mas os ossos ao se partirem poderão machucá-lo. Você pode utilizar alternativamente aqueles ossos fabricados de couro cru, porém também esses devem ser dados sob supervisão para evitar um possível engasgamento.

Adotando os procedimentos acima você provavelmente saciará os anseios por mordidas de seu filhote, mas ainda resta uma coisa para resolver, como evitar que ele crie o hábito de morder o que você não quer?

Quando você estiver por perto, crie o hábito de repreendê-lo sempre que ele tentar morder o que não deve, ele logo aprenderá a respeitar esses objetos. Quando você não estiver por perto, uma boa alternativa para resolver esse problema é negando a ele o acesso ao que não pode morder.

Coloque o seu cachorro em um lugar seguro – um cercadinho, um caixote grande ou uma peça com portão onde o que estiver ao seu alcance não possa ser destruído – quando você não puder supervisioná-lo.

Esse local deve ser um espaço agradável, que contenha brinquedos para mastigar, uma cama confortável e água suficiente para durar até a sua volta – lembre-se de que o recipiente com água não poderá virar um brinquedo dele, portanto não pode ser virado nem arrastado pelo local.

Lembre-se também que os filhotes precisam de muito descanso, por isso, se você o mantiver ativo com muito exercício e brincadeiras durante o tempo em que passarem juntos ele provavelmente passará a maior parte do tempo em que estiver sozinho dormindo.

Muitas pessoas costumam passar pimenta líquida nos locais que não devem ser mordidos, porém esse artifício funciona apenas em alguns casos, há cachorros que não se importam com o gosto da pimenta, outros quase nem o sentem ou até se acostumam com o sabor. Cães tem o olfato muito apurado, porém seu paladar é muito fraco. Se você gostou deste assunto, provavelmente também vá gostar de ler sobre esses:

Você prepara em casa a comida do seu Pet? Então leia essas dicas importantes

A casa e os animais de estimação
9 dicas maravilhosas para donos de gatos inexperientes
Testamos o mordedor para cães que se propõe a substituir a escova de dentes
Dicas importantes para quem precisa deixar seu cão sozinho em casa
Porque devo dar vermífugo para meu cão?
Obesidade canina é um problema sério, saiba como resolver

POR QUE SEU FILHOTE MORDE SUAS MÃOS?

Se você está começando a se perguntar se você adotou um filhote de leão ao invés de um filhote de cachorro, um filhote que vai acabar arrancando pedaços seus, você pode parar de surtar. Há diversas razões para que seu filhote morda suas mãos, embora esse tipo de comportamento desapareça com o passar dos meses. Em todo caso, aqui estão algumas dicas para corrigir isso.

Devemos começar dizendo que é perfeitamente normal para filhotes morderem suas mãos: é parte do crescimento deles e não quer dizer que você está criando um animal agressivo.

Quando os dentes deles estão saindo para fora, morder é uma necessidade para eles.

Para poupar suas mãos, você pode comprar para eles brinquedos para morder, adequados para esse período da vida.

É por isso que a Ferplast desenvolveu sua linha GoodBite Natural, brinquedos de morder para cães, disponíveis em diferentes formatos e diversos sabores. Disponível em palitos ou “ossos”, você pode usá-los para brincar com o seu cão, chamando a atenção dele para longe de suas mãos.

Feitos de componentes naturais, não-tóxicos e biodegradáveis, esses brinquedos também ajudam a saúde oral de seu cão, uma vez que fortalece seus dentes e reduz a formação de tártaro. Eles podem ser engolidos sem causar nenhum problema de saúde.

Leia também:  Como Fazer Que Uma Amiga Se Apaixonar Por Mim?

Escolha os tamanhos PP ou P, mais adequados para cães de poucos meses de vida.

Como Evitar Que O Filhote De Cao Morda? Como Evitar Que O Filhote De Cao Morda?

Morder e mastigar objetos é uma maneira de seu filhote explorar o mundo e o ambiente ao seu redor.

Nunca o repreenda por isso e mantenha em mente que esse comportamento tende a se tornar cada vez menos frequente, desaparecendo em torno dos 18 meses, quando os dentes de seu cão vão estar completos.

Os filhotes que estão particularmente interessados em morder são aqueles que foram separados de suas mães antes de terem dois meses de vida; este período inicial é crucial para a educação, uma vez que cães adultos ensinam seus filhotes a não morder e quando parar.

De qualquer modo, aqui vãoo coisas que você deve ou não deve fazer quando tem um filhote de cão que morde suas mãos:

  1. Não repreenda. Diga um NÃO firme se precisar. Não provoque seu cão balançando sua mão na frente dele. Resumindo, não dê muita atenção para esse comportamento. Você também pode introduzir um comando vocal como LARGA, dando um petisco para ele quando ele soltar.
  2. Tente produzir um barulho inesperado para distrair seu cão do que ele está fazendo.
  3. Logo antes de ele começar a morder, substitua sua mão com um brinquedo, como um palito ou osso GoodBite Natural. Não dê um brinquedo DEPOIS que ele morder você ou ele pode pensar que o brinquedo é uma recompensa por bom comportamento. Nunca permita que seu filhote brinque com coisas que não são brinquedos, como sapatos ou panos, uma vez que ele pode pensar que isso significa que brincar com QUALQUER sapato ou pedaço de tecido é correto.
  4. Se ele continuar a morder suas mãos, levante-se e pare de brincar com ele. Cruze seus braços e mostre que você parou e, se necessário, saia do cômodo.
  5. Seu filhote deve entender que você é o alfa dele: ele deve ouvir às suas instruções. Brincar de cabo-de-guerra é inútil, uma vez que pode estimular seu cão a morder ainda mais – ele pode ver você como um igual e não como o alfa.

Como Evitar Que O Filhote De Cao Morda?

Filhote de cachorro mordendo nossa mão | Tudo Sobre Cachorros

Tudo Sobre Cachorros > Especial > Filhotes de cachorro > Filhote de cachorro mordendo nossa mão

Dizem por ai que toda brincadeira tem um fundo de verdade, mas tratando-se de cães podemos dizer o mesmo?
 

Quero abordar um assunto que normalmente é corriqueiro entre os donos de filhotes de cachorro: as mordidas de “brincadeira”.

 

A fase de crescimento e desenvolvimento dos filhotes de cachorro, pode ser considerada um treinamento para a vida adulta. Portando, toda brincadeira remete a uma realidade futura.

 

É durante a fase de desenvolvimento que os filhotes aprendem seu devido lugar na hierarquia da matilha, e demonstram traços importantes de suas características comportamentais.

 

Como Evitar Que O Filhote De Cao Morda?É ainda nesta mesma fase que os cães filhotes aprendem a caçar, dominar, lutar, entre outras coisas, por meio das “brincadeiras” em matilha. Observe sua reação diante do filhote que mora em sua casa: você o cumprimenta com um tom de voz infantil, o afaga e beija, voltando-se para ele como se fosse uma criança? Ao tratá-lo assim, como ele reage a você? Provavelmente o cãozinho o recebe cheio de energia, lambendo e mordendo tudo que estiver ao alcance dele. E é justamente neste ponto que o erro acontece.

 

Para o seu cão você é cheiro e energia, se você se apresentou de uma forma eufórica – um estado de energia desequilibrada, que o filhote não conheceu antes de sair dos cuidados da mãe -, com certeza ele assumirá, instantaneamente, o papel de líder na matilha de vocês. E crescerá convicto de que você é o mais fraco.

 
Então, não permita que seu cão morda sua mão ou qualquer outra parte do seu corpo, crie limites, pois para o seu amigo, toda brincadeira tem sim um fundo de verdade.
 
Numa brincadeira de morder vencerá aquele que der a última mordida, aquele que não recuar, por isso é importante que a correção aconteça no mesmo momento da brincadeira. Não adianta deixar para depois ou pensar que o comportamento vai simplesmente desaparecer. A natureza forma o filhote e nos entrega, mas somos nós que formamos o cão, lembrem-se disso.
 

Atentem-se para o período em que os dentes do filhote começam a surgir, a troca de dentição ocorre entre o terceiro e sétimo mês de vida do animal. Neste período, é normal que o seu amigo mordisque objetos para aliviar o incômodo na gengiva. Auxilie seu cachorro nesta fase, deixando ao acesso dele brinquedos de borracha que o ajudem nessa transição.

 

Como evitar que o filhote morda nossas mãos e pés e formas de corrigir isso

 
1) Dê ao filhote (que já estiver devidamente vermifugado e vacinado!) boas doses de exercício diário, levando-o para passear. Isso pode diminuir alguns estímulos às mordidas.
2) Se ele mordiscar quando recebe carinho, corrija imediatamente, interrompa e dê um comando “NÃO”.

Se persistir com as mordidas, pare a interação.
3) Se o cão brincar de morder em todas as interações com humanos, redirecione para brinquedos de borracha ou tecido.
4) Caso o cão morda e segure, pressione levemente a região do focinho próximo ao nariz.

Essa pressão será suficiente para que o filhote abra a boca.
5) Quando chegar em casa pratique um exercício para acalmar seu filhote: não olhe diretamente para ele, não fale com ele e não o toque. Prossiga sua rotina normalmente, até perceber que o estado de euforia causado pela sua chegada, cessou.

 
Corrigir e dar limites ao seu cão é, certamente, uma forma de amor. Ame o seu amigo.

Como parar as mordidas de brincadeira

 
Acredite, é MUITO mais fácil do que você imagina, você só precisa ser consistente. Ou seja, se não pode morder, não pode morder NUNCA. Não adianta nada se às vezes você deixar e outras vezes não. Seu cachorro vai ficar confuso, perdido e não vai aprender nada.
 
Assista ao vídeo abaixo e aprenda a resolver esse problema de uma vez por todas:

Como Evitar Que O Filhote De Cao Morda?

Como fazer meu filhote parar de morder as coisas?

É normal que todo cachorrinho quando filhote, tenha a mania de morder tudo que vê pela frente. É uma mania até bonitinha, mas que pode dar muito prejuízo para os donos, já que eles não tem controle do que mordem.

Lembrando que os filhotes nascem com dentes de leite, assim como em nós humanos. Então, é importante  providenciar mordedores e tomar algumas providências para mudar esse comportamento deles, citaremos muitas dicas no decorrer do post.

Algumas pessoas até tentam controlar esse desejo incontrolável dos cãezinhos, mas nem sempre agem de maneira correta para isso. Com base nisso, listamos dicas de como fazer seu filhote parar de morder e por quais motivos ele tem essa mania.

Motivos que fazem seu filhote morder as coisas

Assim como os bebês têm a necessidade de morder coisas para aliviar a tensão da gengiva quando seus dentes estão nascendo, os cães passam pela mesma coisa.

A diferença é que os cães têm acesso a muitos objetos, já que percorrem a casa toda, e ao invés dos humanos eles não conseguem tocar nos objetos, então seu jeito de explorá-los é mordendo.

Outros motivos para morderem as coisas é ansiedade ou tédio. A ansiedade pode diminuir quando os cães conseguem algum tipo de entretenimento (como morder algo) e o tédio a mesma coisa, eles estão atrás de algo que os desafie e os mantêm entretidos.

5 dicas para fazer seu filhote parar de morder

1. Mostre autoridade ao seu cãozinho

Ao mandar seu filhote parar de morder, não mostre um ar de brincadeira, fale sério. Desse modo ele passará a te respeitar sempre que você disser “não”, após a bronca, ofereça algum objeto que ele possa morder (existem mordedores próprios para cachorro), assim ele aprenderá seus limites.

2. Não seja agressivo

A agressão está longe do comportamento de ensinar. Na verdade, ela pode frustrar seu cachorrinho fazendo ele ter medo de você e isso não é o objetivo, certo? Além do mais, qualquer atitude que o machuque pode torná-lo agressivo também.

Ensine-o com amor e ele aprenderá de forma mais fácil, conversar com seu cachorro é super importante.

3. Mostre que está sentindo dor

Os cachorros são capazes de entender facilmente a expressão do seu dono, sendo de aprovação ao que está fazendo ou se ele não gostou. Use isso, para mostrar ao seu pet que não é legal o ato de morder as coisas erradas.

4. Não retire sua mão quando ele estiver mordendo

Se você retirar a mão enquanto o filhote morde, isso vai atiçá-lo e ele pensará que você está fazendo um jogo com ele, dessa forma ele seguirá sua mão onde você a colocar. A melhor coisa a se fazer nesse caso, é deixar a mão onde está e dar uma bronca no seu cão.

Leia também:  Como Tirar Um Anel Que Ficou Preso No Dedo?

5. Compre brinquedos para seu pet morder

Compre mordedores para o seu pet e ensine-o a morder apenas eles, dessa forma, a mania de morder móveis, sapatos, etc, vão ser trocadas por brinquedinhos próprios para isso.

O ideal é comprar esses brinquedos antes mesmo que o cão comece morder, para que quando ele começar com essa mania, você ofereça o mordedor para acostumá-lo a morder só ele. Depois que eles aprendem a morder outros objetos é mais difícil (não impossível) reeducá-los.

Utilize essas 5 dicas para que seu filhote pare de morder coisas impróprias, mas, tenha paciência, porque ele não irá aprender da noite pro dia. Se mesmo depois de usar todas essas estratégias ele continuar com essa mania, permaneça ensinando até que ele aprenda.

Gostou das nossas dicas de como fazer seu filhote parar de morder tudo que vê pela frente? Que tal assinar nossa newsletter e ficar por dentro de outros conteúdos como esse?

Prevenção de problemas entre filhotes e cães mais velhos

Há muitas razões pelas quais as famílias que têm cães mais velhos querem adicionar um filhote ou um cachorro jovem em suas vidas! Há muito valor nos cães mais velhos “ensinando o filhote” a rotina de sua casa e muitas vezes um novo filhote pode adicionar um pouco de “brilho de volta ao seu cão mais velho – tornando-o mais ativo e brincalhão / curioso.

Com todas as coisas interessantes que vêm com a adição de um novo filhote ao seu bando, há também alguns elementos muito importantes de introdução que mantêm seu cão e filhote mais velhos seguros.

Estar envolvido, saber o que procurar e defender cada animal (não apenas cães, mas outros animais de estimação, como gatos, cavalos, pássaros, etc.

) durante as interações entre seu filhote e outros, pode evitar conflitos mais tarde.

Como uma treinadora de cães, uma história muito comum que vejo é a de uma família com dois cães que estão brigando. Estes cães brigam frequentemente entre si (embora possam ter outros cães em casa) e – aqui está o detalhe – costumavam brincar o tempo todo. 

Então o que aconteceu? Por que os cães que se deram bem por tanto tempo começam a brigar? Por que os cães que se conhecem desde pequenos têm esse tipo de conflito?

A realidade é que, por mais divertidos e lúdicos que os filhotes sejam, eles podem ser muito rudes, persistentes e irritantes para outros cães que não são filhotes (e até para alguns cães que são)! Filhotes tendem a não saber respeitar muito bem os limites e ter o tempo de brincadeira constantemente em suas mentes… o que é perfeitamente normal! No entanto, a maneira como nós, os proprietários, lidamos com isso, o que permitimos que eles façam, o que ensinamos a eles e o temperamento de amadurecimento de cada filhote pode definir o sucesso ou fracasso dessas interações.

Muitas pessoas cometem o erro de deixar que os cães “se resolvam sozinhos” e esperam que seu cão mais velho estabeleça as regras para o cachorro. O problema com essa filosofia é que muitos filhotes não aceitam a dica da primeira vez…

ou da décima vez! A menos que o seu cão mais velho seja simplesmente o mais socialmente sadio, à prova de bomba, justo mas firme, o cão que carrega o fardo de ser o único disciplinador e corretivo é difícil, e pode tornar-se emocionalmente desgastante / frustrante.

Há uma tonelada de valor em cães mais velhos corrigindo filhotes (e os filhotes precisam disso!), mas seu cão mais velho não deve sentir que está constantemente policiando e entretendo o filhote… e é isso que muitas vezes acaba acontecendo, infelizmente.

Quando um cão mais velho é constantemente incitado a brincar, sendo mastigado, subido, latido, tendo seu espaço invadido, tendo seus alimentos / recursos comprometidos, e repetidas vezes emitindo correções (que estão ficando cada vez mais firmes), mas NÃO vendo o filhote recuar (alguns filhotes quando realmente estão achando que o outro cachorro está brincando) seu cachorro mais velho ficará cada vez mais frustrado e, antes que você perceba, você tem uma de duas coisas: um cão mais velho desconfortável ou desligado OU o começo de uma longa corrida de lutas de cães.

É uma realidade infeliz, mas o método “deixe-os resolver isso” é simplesmente injusto com seu cão mais velho.

Eventualmente, o cão mais velho corrige ou realmente morde o filhote, e então é rotulado como agressivo ou o problema – quando, na verdade, eles queriam evitar esse problema por tanto tempo, mas não eram defendidos pelos humanos à sua volta.

Mesmo em dinâmicas onde eles têm um relacionamento brincalhão, a maioria dos cães mais velhos cansa e não é sempre brincadeira, mas para os filhotes é – aqueles momentos em que o filhote continua e o cara mais velho tem que corrigir constantemente muitas vezes pode criar tensão e frustração.

Cães desenvolvem rancor um com o outro depois de um tempo, e quando o filhote começa a entrar na adolescência (cerca de 8 meses +) as brigas começam a se tornar mais frequentes e intensas porque o filhote agora está empurrando limites, mais confortável no relacionamento e tentando estabelecer um papel mais forte no grupo, enquanto ele amadurece. Basicamente, eles se cansam do velho rabugento não dando a eles atenção quando querem fazer alguma coisa, então eles reagem de volta… e antes que você perceba, você tem rancores caninos que causam lutas explosivas desencadeadas por um olhar diferente, qualquer excitação na casa, recursos ao redor, ou quando um está muito perto do espaço do outro.

Os treinadores de cães veem isso MUITO, infelizmente – não apenas com a dinâmica dos filhotes e dos cães adultos, mas qualquer dinâmica de matilha onde os cães estão colocando muita pressão uns sobre os outros e um humano está perdendo os sinais.

Então, o que podemos fazer para evitar que isso aconteça?

Não compartilhe recursos: permita que seus cães comam e mastiguem ossos em paz. Nenhum cão deve pressionar o outro indo para a tigela ou pegando suas coisas. Sugiro alimentar dentro de seus canis / caixas de transporte para que todos tenham privacidade.

Treinar seu filhote com o uso da caixa de transporte: Ensine seu filhote a se acomodar e descansar confortavelmente em sua caixa de transporte.

Seu cão mais velho vai precisar de um descanso de se sentir como uma babá, e assim como um bebê humano muito cansado, seu filhote precisa de um tempo de soneca / inatividade.

Seu filhote deve ter sua própria caixa, não compartilhando com seu outro cão.

Nunca deixe seu cachorro sem supervisão com outro animal de estimação. Mantenha uma guia longa no seu filhote quando estiver perto de outros animais, para que você possa facilmente removê-lo / retirá-lo se ele estiver sobrecarregando os outros. Desenvolva um grande recall (comando de chamar de volta) e então você pode se livrar da guia longa.

TREINE SEU FILHOTE! Filhotes vão ficar obcecados com os outros cães da casa, porque eles adoram brincar – verifique se você está se tornando uma figura valiosa em sua vida e passe tempo sozinho com o seu filhote. Tenha cuidado para não criar uma dependência no outro cão, tendo-os juntos o tempo todo.

Treinar todos os dias juntos, andar só com você e o filhote e etc. ajuda a construir o seu vínculo mais forte. Também se permita ensinar coisas como boas maneiras e o comando de lugar (place) que permitirá que você comece a ensinar seu filhote a praticar o controle de impulsos e a ficar calmo, no lugar dele, por um tempo…

novamente, dando ao seu cão uma pausa.

Momentos de brincadeira: Encontre um treinador local, amigos com outros cães jovens bem equilibrados, ou uma creche bem estruturada que vai dar o seu filhote a oportunidade de interagir com mais intensidade, uma vez por semana! Isso salva seus cães mais velhos (seus gatos, você e seus filhos!) de ser essa saída para eles 🙂

Leia seu cachorro mais velho: Como eles se sentem sobre o filhote? Você percebe que eles estão ficando irritados, tensos, tentando fugir? Defenda-os e remova o filhote (muito provavelmente) com muita frequência. Isso mostrará ao seu cão mais velho que você está ciente de seus sentimentos e você pode começar a mostrar os limites ao filhote por causa e efeito (filhote invasivo = sem brincadeira. Cachorro velho e tenso = afastar-se).

Quanto mais o seu cão mais velho vê-lo tomando a frente e fazendo o filhote escutar, mais previsível e respeitoso seu filhote vai se tornar, e mais gracioso ele será quando você for o líder deles. Tanto o filhote quanto o cachorro mais velho vão encontrar confiança, previsibilidade e respeito por você, porque você está ajudando-os a ser um grupo calmo, respeitoso e pacífico.

** Filhotes neste contexto podem ser cães em qualquer idade entre 8 semanas e 2 anos de idade. Estamos nos referindo àqueles com aquela tendência maravilhosa de brincadeira que amamos, mas que também nos deixa loucos muitas vezes! 

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*