Como Evitar Que O Email Vá Para Spam?

O e-mail se tornou uma ferramenta de comunicação essencial, eficiente e dinâmica no dia a dia das empresas. Devido à praticidade, ele ganhou força na validação de informações e, hoje em dia, é considerado um documento comprobatório em acordos comerciais. Nesse contexto, saber evitar spam se revela essencial.

Peça fundamental nas ações de marketing e divulgação de produtos ou serviços, o e-mail atua como um canal de comunicação direta com o seu público-alvo, mas isso só é possível quando a mensagem é lida por quem recebe.

Por isso, você não pode correr o risco do seu e-mail ir parar no lixo eletrônico como spam, e assim, não alcançar o propósito de impactar seu cliente. Com o objetivo de solucionar esse problema, vamos listar técnicas para evitar spam. Confira!

Como evitar que o seu e-mail marketing se torne um e-mail spam

Como Evitar Que O Email Vá Para Spam?

Quem usa o e-mail marketing como ferramenta de venda ou canal de comunicação com o cliente sabe que essa peça coringa é responsável por 30% ou até 40%, em média, do retorno no faturamento do negócio online.

O grande desafio, nesses casos, é não deixar que a malévola caixa de lixo eletrônico dos provedores de e-mail classifique seu e-mail marketing como spam. Se isso acontecer, as chances da sua mensagem atingir o seu cliente diminuem muito.

Não existe uma fórmula mágica capaz de impedir que sua mensagem se torne lixo eletrônico mas, para evitar que isso aconteça e você caia nas temíveis garras do anti-spam, preparamos onze super dicas:

1. Construa o seu próprio mailing de clientes

Como Evitar Que O Email Vá Para Spam?

O resultado é certo. As listas de e-mail “prontas”, que são comercializadas por empresas, têm grande parte de e-mails inexistentes (os tais Hard Bounces, ou erros permanentes), além das Spam Traps (“e-mails armadilha” utilizados pelos provedores para identificar os enviadores de mensagens indesejadas), que já no primeiro envio condenam a sua mensagem de e-mail marketing.

Não compre listas de e-mails, pois, nesse caso, o caro sai mais caro ainda. Confira o nosso e-book gratuito de “Como conseguir novos contatos” e mãos à obra.

Como Evitar Que O Email Vá Para Spam?

Além disso, construindo o seu próprio mailing, você terá clientes adequados ao conteúdo que enviará. Um bom mailing de clientes deve ser feito com base na ideia de conhecê-los a fundo, a fim de garantir a eles a melhor experiência possível.

2. Incluir a opção de Opt In no seu site e locais de cadastro

Como Evitar Que O Email Vá Para Spam?

Essa ferramenta é uma opção das mais certeiras. Opt In é dar ao cliente ou leitor a possibilidade de aceitar o recebimento de e-mails com promoções, serviços, dicas, ou seja lá qual for o conteúdo da sua divulgação. Com esse consentimento do usuário, as chances do seu e-mail chegar à caixa de entrada e ficar por lá aumentam muito!

O mais comum para captar as autorizações dos clientes interessados em seu conteúdo digital é fornecer um campo dentro do site ou blog da empresa, convidando-o a assinar sua newsletter ou receber as novidades via e-mail. Elas podem vir no topo, na lateral ou no final de um artigo. Em geral, basta um clique.

Com um formulário de autorização, seus e-mails não serão considerados “mais lixo” na caixa de entrada das pessoas, e sua empresa não será avaliada como uma spammer.

3. Utilizar uma ferramenta de envio de mensagens

Essa é um dica de ouro! Os provedores que recebem os seus e-mails verificam o IP utilizado nos envios e verificam se eles são bons ou ruins. Dessa forma, um IP que funciona tem uma boa reputação. Antes de contratar a sua ferramenta, verifique se a empresa faz um acompanhamento das pontuações dos IP´s que utiliza (Sender Score) e como eles são tratados.

Como Evitar Que O Email Vá Para Spam?

A taxa de reclamações, usuários desconhecidos e de spam traps, por exemplo, é alta? Fique atento! Você não vai querer ser misturado com outras pessoas que enviam apenas spam.

4. Produzir as mensagens no formato em HTMLComo Evitar Que O Email Vá Para Spam?

Todo e-mail necessariamente é enviado em código HTML (código fonte). Quando você faz um envio utilizando uma imagem só (em geral, salva no formato JPG), as chances da sua mensagem chegar à caixa de entrada diminuem vertiginosamente. O melhor é usar 50% de imagem e 50% de texto.

O ideal é que você componha a arte do seu e-mail dentro de um editor próprio para isso (HTML), separando textos de imagens. Isso ajuda a evitar que seus e-mails sejam entregues como spam. Prefira ainda o “HTML puro” ou seja, livre de Javascript, códigos CSS e styles.

5. Cuidado com o que escreve no assunto do e-mail

Como Evitar Que O Email Vá Para Spam?

Evite termos que classificarão imediatamente o seu e-mail como um spam. Algumas palavras ou expressões são automaticamente condenadas, tais como: “compre agora”, “promoção”, “oferta”, “grátis”, “desconto” e outras do gênero. Não use-as.

Em vez disso, busque outras outras formas de se expressar para não cair nos filtros do anti-spam. E, se precisar usá-las em algum momento, nunca coloque as “palavras proibidas” no assunto do e-mail. Seja sutil.

Além disso, o título certo pode te ajudar a obter o resultado esperado. Evite os títulos escritos em caixa alta ou muito longos – tente escrevê-los com menos de 50 caracteres.

Cuidado também com a pontuação. Nada de exageros, como a repetição de um caractere. Um erro comum é a utilização de vários pontos de exclamação para enfatizar o que deseja informar: “!!!!”. Quer destacar algo? Prefira o negrito ou sublinhado.

Como Evitar Que O Email Vá Para Spam?

6. Permita que o usuário tenha a opção de se descadastrar do seu mailing

Esse procedimento é fundamental para não provocar antipatia imediata no seu cliente em potencial. Afinal, todo usuário tem direito de não querer mais receber em seu endereço de e-mail qualquer comunicação que não deseja.

Para isso, deve ter disponível alguma opção simples e fácil para o descadastramento. Pense em algo como: “clique aqui para não receber mais o nosso boletim”. Essa opção não pode faltar em nenhum envio.

7. Tenha atenção à frequência dos envios

Como Evitar Que O Email Vá Para Spam?

Ainda que os usuários autorizem o recebimento dos e-mails, mostrando-se interessados pelo que você tem a dizer ou oferecer, se os envios forem excessivos, eles podem acabar marcando você como spam. Tente manter uma boa regularidade de envios: semanalmente ou a cada quatro dias, por exemplo.

Por outro lado, se o envio for muito esporádico ou espaçado, as pessoas podem esquecer que autorizaram o recebimento de conteúdo, e igualmente mandar seus e-mails para o spam.

Se sua newsletter é mensal, trate de lembrá-los no corpo do e-mail a razão de estarem recebendo aqueles conteúdos. Ou, ainda, você pode inserir automaticamente a opção de frequência dos envios, a data do cadastro e o motivo dele nos e-mails.

8. Envie conteúdos interessantes

Como Evitar Que O Email Vá Para Spam?

É preciso estar atento ao interesse que sua comunicação gera nos clientes que autorizaram recebê-la. Uma das ferramentas estatísticas mais importantes para o e-mail marketing é o engajamento. Portanto, certifique-se de criar conteúdos que sejam pertinentes às características da persona para evitar spam.

Crie materiais úteis, que incentivem e agucem a curiosidade do usuário para abrir seu e-mail: ofereça informações, conte alguma história, seja divertido. Conquiste seus leitores, aproxime-se deles. Crie vínculos! Não é só nos descontos e promoções que está o interesse de um consumidor.

9. Incentive a interatividade dos destinatários

Já que estamos falando de interesse do cliente, você sabe qual é uma das principais características do consumidor moderno? Ele demonstra grande interesse por conteúdos interativos. Sabendo disso, por que não fazer com que sua campanha incentive a interatividade do lead?

Ao fazer isso, sua empresa se posicionará de forma mais próxima do consumidor, fazendo com que ele tenha uma imagem mais positiva da marca e, assim, facilitando sua fidelização. O objetivo é despertar o interesse da persona e fazer com que ela dê atenção a todas as suas mensagens.

Pesquisas interativas

Uma excelente forma de tornar seu material interativo é realizar pesquisas e enquetes via e-mail. Não estamos falando de enviar um link para a pesquisa, e sim de integrá-la à mensagem.

Leia também:  Como Saber Quanto Gasta Um Aparelho?

Para exemplificar, vamos imaginar a ação pós-compra de uma agência imobiliária: se ela conta com um marketing bem feito, certamente entrará em contato para receber o feedback do cliente.

Ao invés de direcioná-lo para uma página externa, a mensagem pode contar com botões que meçam a satisfação do cliente em assuntos determinados.

Por que isso é importante? Além da satisfação sentida pelo cliente ao conseguir interagir e ter sua opinião ouvida, a inserção da pesquisa no corpo da mensagem melhora as chances de acesso. Afinal, é muito mais fácil para o destinatário responder as perguntas ali do que ter que se direcionar a outro site.

10. Busque boa avaliação nos provedores de e-mail para evitar spam

Assim como os mecanismos de buscas fazem com páginas da internet, os provedores de e-mail ranqueiam a autoridade e relevância de remetentes de campanhas de e-mail marketing.  Assim, para atingir seus objetivos, é essencial contar com uma boa avaliação.

Caso isso não seja alcançado, uma má reputação pode fazer com que suas mensagens caiam direto para o spam, o que seria desastroso para o negócio, mas não se preocupe! Se você produz um conteúdo interessante, consegue engajar os leads e não exagera na frequência, dificilmente terá problemas.

Ainda assim, é importante tomar algumas medidas para melhorar seu ranqueamento. Uma delas é bastante simples e não custa nada: peça para que o destinatário inclua seu endereço de email na lista de contatos.

Com essa ação, os provedores compreendem que sua mensagem não é indesejada ou desconhecida e, assim, não colocam barreiras em seu envio ou recebimento.

11. Seja mobile-friendly

Você sabe quais os dispositivos mais utilizados pelas pessoas para acessar seus e-mails? De acordo com a pesquisa E-mail Marketing Trends 2018, o smartphone é o preferido em 91% dos casos.

Por outro lado, a mesma pesquisa revela que os clientes avaliam o smartphone como o dispositivo que proporciona a pior experiência de uso quando se trata de e-mail marketing. Isso acontece, principalmente, por conta de mensagens que não são adequadas ao tamanho do celular.

Ora, se uma empresa envia mensagens que você têm dificuldades de visualizar, o natural é que você pare de consumir esses conteúdos, deixando-os de lado. Por isso, quem utiliza o e-mail marketing como ferramenta deve dar atenção a um conceito chamado de responsividade.

Um e-mail com boa responsividade é aquele que pode ser visualizado em qualquer tamanho de tela, seja um desktop, seja um smartphone. Com isso, a experiência do consumidor é otimizada e a imagem da marca é melhorada.

Evitar spam em suas campanhas de e-mail marketing é essencial para a melhora de resultados e para o relacionamento com o consumidor. Afinal, se suas mensagens estão caindo na caixa de spam, significa que algo precisa ser melhorado. Utilizando as dicas deste post, esperamos que você não tenha mais problemas com isso.

Agora que você entendeu como evitar spam, que tal se informar sobre outras estratégias de e-mail marketing? ​Baixe gratuitamente este e-book que preparamos para ajudar você a captar novos contatos para o seu negócio!

SPAM E-MAIL: Como funciona e como evitar que o seu e-mail vá para o SPAM

Não há nada mais desagradável do que abrir o e-mail e encontrar uma série de SPAMs, certo?

Bom, em partes! Garanto que não encontrar aquele e-mail que você tanto gosta porque ele foi parar na caixa de SPAM pode ser tanto ou mais desagradável.

Agora imagina o pesadelo que isso pode se tornar se é você quem prepara um super e-mail e ele acaba indo parar no SPAM de sua base?! Não gosto nem de pensar!

A boa notícia é que é possível evitar que seu e-mail caia no SPAM! E é sobre isso que vamos falar neste artigo!

Confira aqui as as principais características do SPAM e-mail, porque ele é tão prejudicial e de que forma evitar que o seu e-mail vá parar na caixa de SPAM de seus Leads e clientes.

Vamos lá?

Chega de SPAM E-mail!

Todo o tipo de mensagem enviada em massa e sem a solicitação prévia dos destinatários é considerada SPAM.

O SPAM e-mail prejudica muito as ações sérias de marketing digital, além de interferir no funcionamento de sistemas. Além disso, podem se tornar algo incômodo e muito prejudicial na medida em que podem abrir espaço para invasores e práticas criminosas como roubo de dados, fraude e disseminação de vírus.

A grande questão é que, muitas vezes, a intenção de quem enviou não era essa, muito pelo contrário. E, por alguma razão (que vamos descobrir mais abaixo) um e-mail sério e com conteúdo valioso foi considerado automaticamente como um SPAM pelo provedor.

Como Evitar Que O Email Vá Para Spam?

Uma das principais razões pela qual um e-mail é considerado SPAM está relacionado a configuração dos filtros de e-mail anti-SPAM. E evitar isso não depende só do destinatário, pois está diretamente relacionada à utilização de boas práticas pelos remetentes.

SPAM = Monty Python + presunto

  • Antes de nos aprofundarmos sobre o que faz ou não um e-mail ser considerado SPAM vamos voltar um pouco no tempo e entender de onde vem esse nome…
  • Dentre as diversas versões sobre a origem do nome SPAM, a mais aceita envolve uma marca de presuntos enlatados americana e o programa de humor Monty Python.
  • A marca em questão é a SPAM, uma abreviação de spiced ham (tradução: presunto apimentado),ou seja SPiced hAM.
  • E o que Monty Python tem a ver com isso?
  • É que durante um quadro do programa, uma cena mostrava uma senhora lendo o cardápio de uma lanchonete no qual todos os pratos eram acompanhados pelo presunto SPAM.
  • E mesmo a personagem dizendo que não gostava e não queria SPAM, as outras pessoas continuavam insistindo no “acompanhamento”.
  • Dessa forma, após uma enquete do grupo Monty Python, o termo SPAM acabou virando sinônimo de alguma coisa ruim que os outros insistem em “empurrar” para você.

O que caracteriza um SPAM?

  1. No geral, existem duas situações mais comuns que acabam fazendo com que um e-mail vá parar na caixa de SPAM.
  2. 1 – A primeira situação é quando o próprio usuário marca uma mensagem como SPAM.

  3. Em alguns casos, foi o próprio usuário que fez o cadastro para receber o e-mail, mas por algum motivo,como por exemplo a insatisfação com a empresa ou mesmo esquecimento, acaba marcando a mensagem como SPAM.

  4. 2 – Já a outra causa provável do envio de e-mail para a caixa de SPAM é o próprio sistema de controle anti-spam dos provedores como Gmail, Outlook, Hotmail, entre outros.

  5. Esses sistemas identificam determinados fatores por um padrão comum de mensagens e os enviam automaticamente para o SPAM.
  6. Alguns tipos de e-mail, que costumam ter esses padrões, têm  maior chance de serem considerados como SPAM por provedores. São eles:

Propagandas

Talvez o tipo mais comum de SPAM e-mail seja aquele repleto de propagandas, enviado por empresas pouco conhecidas ou novas no mercado. Isso acontece principalmente porque essas empresas compram listas de e-mail ao invés de conquistá-las.

Como Evitar Que O Email Vá Para Spam?

Boatos

Histórias falsas, com tons sensacionalistas e com o intuito de fazer com leitores compartilhem e encaminhem a mensagem para seus outros contatos.

Correntes

Uma das formas mais antigas de SPAM e muito semelhante aos boatos, as correntes também induzem os destinatários a encaminhar a mensagem.

Normalmente, esse tipo de e-mail promete algum benefício ou prêmio para quem encaminhá-lo para X pessoas. Nem precisa dizer que isso é mentira, né?!

Leia também:  Como Saber O Que Seguir Na Universidade?

Golpes

Por muito tempo, criminosos da internet enviavam (e ainda enviam) e-mails com ofertas enganosos levam o usuário a um site clonado ou mesmo um e-mail que se passa como se tivesse sido enviado por alguém da sua lista ou amigo.

Outro tipo de golpe cada vez mais comum são e-mails que parecem ser enviados por algum prestador de serviço com alguma cobrança, mas na verdade são mais uma tentativa de extorquir dinheiro dos usuários.

Como Evitar Que O Email Vá Para Spam?

Esse tipo de SPAM é um dos mais perigosos, pois a maioria deles têm como objetivo roubar dados e senhas.

Vírus maliciosos

Esse tipo de e-mail busca fazer com que o destinatário baixe algum arquivo malicioso, como boletos e documentos. Tudo falso, é claro, e repletos de vírus!

10 cuidados para evitar que seu e-mail vá para o SPAM?

Ok! Já sabemos que os e-mails que você envia não se encaixam em nenhum desses listados acima, certo? Bom, espero que sim!

  • Afinal de contas, o SPAM e-mail pode prejudicar muito o seu negócio, colocando em risco a segurança dos dados pessoais e empresariais, a integridade de seus e-mails e da própria marca, e também o IP de sua ferramenta de envio e automação.
  • Conheça algumas dicas fundamentais para evitar que sua mensagem seja considerada um SPAM e-mail.
  • Como sabemos, o e-mail marketing é uma das principais e mais poderosas ferramentas do marketing digital e por isso, é de extrema importância que essa mensagem chegue bem direitinho na caixa de entrada do seu público-alvo.
  • E para ajudar você a fazer com que seu e-mail marketing chegue na caixa de entrada e cumpra o seu papel, preparamos algumas dicas matadoras. Confira:

1. Escolha bem a sua ferramenta de envio

É preciso conhecer muito bem a reputação da empresa que você irá contratar para realizar o envio de e-mails em massa.

As sugestões são:

Email marketing: 9 dicas para não cair na caixa de spam

Você já abriu sua caixa de spam hoje? Ou costuma fazer como a maioria das pessoas e deixa para ver isso quando tiver um tempo livre, e essa folguinha nunca chega, não é mesmo? É por isso que o seu e-mail marketing não pode virar spam para o seu público! Isso nem sempre é simples, mas separamos 9 dicas que vão contribuir bastante para que isso não aconteça. Acompanhe!

O e-mail marketing é uma ferramenta poderosa para o marketing digital. Mas, só é eficiente e dinâmico na hora de divulgar um produto ou serviço se funcionar efetivamente como um canal de comunicação direta com o público-alvo da sua empresa.

Afinal, a mensagem precisa ser lida pelo destinatário. Na caixa de spam, ela não cumpre seu objetivo, que é informar, atrair atenção, convencer e, quem sabe, converter o leitor em cliente.   

Fato é que boa parte da estratégia de marketing digital vai por “água abaixo” quando seu e-mail termina no lixo eletrônico. É nessa hora que o propósito de impactar seu potencial cliente e fidelizar aqueles já convencidos deixa de ser cumprido.

Você sabia que o e-mail marketing responde por 30% ou até 40%, em média, do retorno no faturamento do negócio online? Pois é. Por isso que todo cuidado nesse sentido é pouco.

Veja agora algumas dicas que podem impedir que sua mensagem se reverta em lixo eletrônico.

Como Evitar Que O Email Vá Para Spam?Email marketing: 9 dicas para não cair na caixa de spam

9 dicas para o e-mail marketing não cair na caixa de spam

1 – Prefira uma ferramenta de envio de mensagens

Como Evitar Que O Email Vá Para Spam?Prefira uma ferramenta de envio de mensagens

O primeiro passo é conhecer a reputação da empresa que oferece o serviço de envio de e-mail marketing.

Saiba como fazer seu e-mail não cair no spam em 7 passos

Nos últimos tempos, uma das estratégias de marketing digital mais promissora tem sido o envio de e-mails para o público-alvo e os leads de uma empresa, o chamado e-mail marketing.

O investimento no disparo desse tipo de mensagem eletrônica permite divulgar um produto ou serviço e ajuda a criar um relacionamento mais próximo com os consumidores.

Infelizmente, muitas mensagens não chegam sequer ao usuário e se tornam lixo eletrônico. Para evitar esse tipo de situação, existem algumas maneiras de como fazer para o e-mail não cair no spam e você conseguir atingir o seu alvo.

Pensando nisso, vamos apresentar sete dicas que ajudam a configurar o e-mail para aumentar a eficiência de entrega dos seus disparos e evitar que eles caiam na caixa de spam dos seus leads. Acompanhe a leitura!

Como Evitar Que O Email Vá Para Spam?

1. Construa sua própria base de leads

O software presente nos serviços de e-mail está sempre atento à forma que os destinatários reagem ao recebimento da sua mensagem. Dessa forma, esse sistema permite identificar quando uma mensagem está sendo enviada aleatoriamente para um grande número de endereços eletrônicos.

Essa prática leva o remetente a ter uma baixa reputação e, assim, as próximas mensagens poderão ir para a caixa de spam e, até mesmo, serem bloqueadas, resultando em um alcance menor.

Confira as práticas mais comuns que geram baixa reputação:

  • e-mails ignorados e excluídos por muitos usuários;
  • e-mails marcados como spam pelos clientes;
  • e-mails enviados para endereços eletrônicos inválidos ou inativos;
  • e-mails enviados para spamtraps (endereço criado propositalmente, para identificar spammers).

Por outro lado, se o destinatário abre o e-mail, clica no link, responde, encaminha para alguém, por exemplo, o sistema aumenta a reputação do remetente. E, como consequência, os próximos e-mails têm maior chance de entrar na caixa principal (inbox) e, portanto, mais chance de serem acessados e visualizados.

Você não quer que o seu negócio sofra represálias, não é mesmo? Por isso, os e-mails devem ser enviados com o consentimento prévio dos consumidores. Assim, evite disparar mensagens para pessoas que não deram autorização para isso.

2. Utilize uma ferramenta adequada para o disparo de e-mails

Escolha uma ferramenta de uso fácil, que disponibilize um suporte eficiente e que faça o disparo de e-mail marketing. Antes de contratar, procure saber a avaliação e a reputação do IP da empresa.

Veja se ela mantém o monitoramento das pontuações dos endereços de IP que ela usa (sender score) e como eles são considerados.

Muitos provedores têm softwares que detectam a reputação do IP que é usado pelo remetente no disparo de e-mails. Se ele for considerado ruim, as chances de alcance ao público serão bem menores.

Se o número reclamações for alto e a quantidade de spamtraps for grande, é um sinal de que a ferramenta tem uma reputação baixa, e o e-mail que for disparado cairá diretamente na caixa de spam ou será bloqueado.

3. Forneça a opção de descadastramento

Manter um bom relacionamento com o público é uma estratégia de extrema relevância. Entenda que os clientes podem não ter mais interesse no seu produto, ou, pelo menos por um tempo. E, sendo assim, eles têm todo o direito de não quererem receber mais o seu contato.

A insistência contínua no disparo de e-mails indesejados pode causar desprezo e gerar uma imagem negativa no potencial lead. Por isso, é importante que você dê ao cliente o direito de retirar o endereço de e-mail dele da sua lista de contatos. Essa medida é resolvida de uma maneira bem simples: por meio do descadastramento.

No próprio corpo do e-mail você pode disponibilizar a opção de descadastramento. Pense em uma frase simples, como “clique aqui se não quiser mais receber nossos e-mails” e deixe um link disponível para realizar esse procedimento.

4. Faça os disparos com frequência adequada

É importante manter a regularidade no envio do conteúdo. A periodicidade pode variar conforme o segmento do negócio e a preferência e segmentação da sua base de público. Muitas pessoas têm pouco tempo livre para abrir e-mails, assim como aquelas que foram recentemente adicionadas têm maior interesse na frequência maior de envios.

Leia também:  Como Evitar Que O Vidro Do Carro Embacie?

Por outro lado, se a frequência dos envios for pequena, o usuário perderá interesse na sua marca e poderá migrar facilmente para o concorrente, marcando o seu e-mail como spam.

Spam – O que é e como evitar que seu email seja considerado spam

Email de spam, ou também conhecido como lixo eletrônico, é uma mensagem indesejada recebida normalmente por um contato não autorizado a enviar mensagens à você. Os emails de spam mais comuns são para fins comerciais, mas também podem ter como objetivo afetar o computador do seu destinatário com algum vírus.

Em 1978, um gerente de marketing chamado Gary Thuerk realizou um envio de email em massa, anunciando a promoção de um novo modelo de computador. Esse envio foi feito para aproximadamente 400 pessoas e gerou uma receita de quase U$ 13 milhões.

Apesar da grande receita gerada, esse também ficou conhecido como o primeiro envio de spam da história do email, pois ele não tinha autorização para realizar envios para aqueles contatos. Então, tão rápido quanto alguns destinatários compraram, outros iniciaram as reclamações do envio não solicitado.

O que é Spam?

A expressão “spam” é , originalmente, uma palavra usada para referir-se a um produto alimentar, um tipo de carne enlatada.

O termo spam passou a ser usado também para referir-se a mensagens não solicitadas após o grupo humorístico britânico Monty Python usar essa palavra, de forma exaustiva, em uma de suas esquetes. Veja aqui o vídeo com a referência.

Independente da origem da expressão, email spam é toda mensagem não solicitada, seja pela autorização prévia ao remetente, ou pelo conteúdo enviado. Em “mensagem não solicitada”, significa que o destinatário daquele email não concedeu permissão para que o envio da mensagem fosse realizado.

Diferença entre email marketing e spam

A principal diferença entre email marketing e spam está na permissão do endereço de e-mail do destinatário. Ou seja, um spammer é quem envia uma grande quantidade de emails para destinatários que não autorizaram previamente este envio.

email marketing é o envio de email onde os contatos concordaram previamente com o recebimento das mensagens.

Portanto, o significado de spam está em mensagens indesejadas. Mesmo que você tenha a permissão de um contato, se o conteúdo da mensagem não foi o que o destinatário concordou em receber e, dessa forma, não é de interesse dele, seu email pode ser considerado spam.

Muitos ainda acham que envios de spam são apenas aqueles feitos para roubar dados de destinatários. Esses tipos de mensagens de spam têm uma classificação específica no mundo do email, são os chamados “Golpes de Phishing”.

Os Golpes de Phishing são realizados através do envio de email em nome de alguém sem autorização, com o intuito de enganar seus destinatários para que forneçam dados pessoais (como por exemplo, senhas, contas bancárias, etc) ou até para espalhar softwares mal-intencionados/vírus.

Assim, mesmo que seu envio marketing seja para divulgar seu produto ou serviço e não tenha a intenção de roubar dados, mas você não tem a permissão prévia de enviar o conteúdo que está enviando, sua mensagem é um spam e pode cair na caixa de spam.

Como funcionam os filtros anti-spam

Bem como não gostamos de ter nossa caixa de emails lotada de diferente tipos de spam, os provedores de email também não gostam de recebê-los, pois geram processamento de dados, armazenamento desses emails não solicitados e também reclamações por parte dos usuários.

Por essa razão, boa parte dos provedores possuem filtros anti-spam, com objetivo de rejeitar mensagens indesejadas ou até direcioná-las para uma pasta específica, separando-as das mensagens reais, a caixa de spam.

Cada filtro anti-spam possui suas regras e características específicas. E, sempre que, identificado suas regras e vulnerabilidades, são atualizados, criando novas regras para evitar o recebimento de mensagens de spam.

Provedores como o Gmail, possuem filtros com base nas validações de interesse dos usuários

Descubra agora mesmo como fazer para o email não cair no spam

Saber como fazer para o email não cair no spam é essencial para que as suas mensagens via e-mail tenham a eficiência planejada.

  • O e-mail marketing se tornou uma ferramenta de comunicação essencial, eficiente e dinâmica na rotina das empresas que buscam meios de se relacionar com seus clientes e possíveis clientes.
  • Devido a sua praticidade e possibilidade de personalização, ele ganhou “força” na transmissão e validação de informações e, atualmente, é considerado, inclusive, um documento comprobatório em acordos comerciais.
  • Além de ser uma peça fundamental nas ações de marketing e vendas, o e-mail atua como um canal de comunicação direta com o seu público-alvo, mas é claro que isso só é possível quando a mensagem é lida por quem recebe.
  • Ou seja, você não pode correr o risco do seu e-mail ir parar no lixo eletrônico como o spam, e com isso, não alcançar o propósito de se comunicar com o seu cliente.
  • Por isso, confira no conteúdo a seguir algumas dicas de como evitar a caixa de spam!
  1. Quem usa o e-mail marketing, como ferramenta de venda ou canal de comunicação com o cliente, sabe que esse instrumento é responsável por 30% ou até 40%, em média, do retorno no faturamento do negócio online.
  2. Isso porque trata-se de um canal gratuito, com pouquíssimo investimento, grande alcance e muito resultado.
  3. O e-mail é um dos únicos meios que as pessoas acessam e leem, muitas vezes diariamente, para se manterem informadas além das redes sociais.
  4. Por isso, usar o e-mail marketing como uma ferramenta de diálogo, envio de promoções e informações relevantes, é uma ação importante para as empresas que querem resultados eficientes gastando um valor não muito alto.

Em primeiro lugar destacamos a importância de construir o seu próprio mailing de clientes, isso porque se você usar listas de contatos compradas, esse detalhe pode ser o suficiente para que a sua mensagem seja considerada como spam.

Além disso, inclua a opção de “Opt In” no seu site e locais de cadastro.

Essa ferramenta é uma das opções mais eficientes. Isso porque Opt In é dar ao cliente ou leitor a possibilidade de aceitar o recebimento de e-mails com promoções, serviços, dicas, ou seja lá qual for o conteúdo da sua divulgação.

E já que estamos falando de ferramentas para te ajudar, não poderíamos deixar de indicar as ferramentas que automatizam o agendamento dos envios.

Isso porque por meio delas é possível manter um cronograma adequado de envios, personalizando o e-mail para grupos específicos de pessoas, por exemplo.

Dessa forma, os seus disparos não se tornam massivos, em um curto período de tempo, prejudicando a credibilidade dos seus envios. É muito importante mencionar também que é indispensável produzir as mensagens no formato HTML.

Isso porque todo e-mail necessariamente é enviado em código HTML (código fonte). Quando você faz um envio utilizando uma imagem só (em geral, salva no formato JPG), as chances do seu e-mail chegar à caixa de entrada diminuem consideravelmente.

Por isso, o melhor é usar 50% de imagem e 50% de texto.

Por fim, muito cuidado com o assunto do seu e-mail!

Evite termos que classificarão imediatamente o seu e-mail como um spam. Algumas palavras ou expressões são automaticamente desclassificadas, tais como: “Compre agora”, “Promoção”, “Oferta”, “Grátis”, “Desconto” etc.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*