Como Evitar Que Gatos Urinam Nas Coisas?

Como Evitar Que Gatos Urinam Nas Coisas?

Encontrou o gato fazendo xixi na cama? Isso pode ser sinônimo de desconforto no seu bichano. Confira as principais causas para esse comportamento!

Se você possui um gatinho em casa, certamente deve saber que a fama de animal mais limpo não é por acaso. Super higiênico e inteligente, o felino não dispensa uma boa caixa de areia para gatos na hora de fazer as suas necessidades. Por isso, quando você passa a encontrar qualquer sinal de cocô ou xixi de gato no sofá ou em outro móvel da casa pode ter certeza de que algo não vai bem com o seu bichano. Para te ajudar neste mistério, o Patas da Casa listou algumas razões que podem estar causando esse comportamento e como você pode ajudar o seu gato nesse momento. Veja abaixo!

1) Caixa de areia para gatos mal localizada na casa pode gerar o comportamento

Ninguém gosta de ser observado na hora de usar o banheiro, né? Assim como você, o seu bichano também gosta de ter o seu próprio espaço e, por isso, pode se sentir desconfortável com a falta de privacidade.

Por isso, o ideal é que a caixa de areia para gatos seja colocada no cômodo menos movimentado da casa, como no cantinho da área de serviço. Além disso, os lugares barulhentos também podem intimidar o seu amigo.

Nesse caso, é importante deixar o acessório distante de objetos que possam ser incômodos, como a máquina de lavar, televisão e outros eletrodomésticos. Para garantir mais privacidade ao seu pet, as caixas de areia fechadas para gatos pode ser uma boa solução.

2) Doenças urinárias podem ser a razão para o gato fazer xixi no lugar errado

Por serem animais extremamente higiênicos, qualquer atitude fora do padrão pode significar que algo não vai bem com a saúde do seu gatinho.

A queixa inicial para problemas de saúde relacionado ao sistema urinário, como a insuficiência renal, quase sempre é o gato fazendo xixi e cocô no lugar errado.

Por isso, é fundamental observar bem os sinais do seu pet e procurar um médico veterinário para fazer o diagnóstico correto.

3) Cocô de gato fora da caixa de areia também pode significar desaprovação do felino em relação ao tipo do acessório

Ainda que você escolha a caixa de areia do seu bichano com todo carinho, é possível que o animal não se adapte bem àquele tipo.

Se o felino não achar uma posição confortável para fazer suas necessidades ou, até mesmo, precisar forçar uma parte do corpo para se encaixar é provável que ele desaprove o item.

Por ser um objeto tão importante para o dia a dia dos gatinhos, antes de escolher a melhor caixa de areia para gatos, você precisa ficar atento a alguns detalhes e as necessidades do seu pet. Evite comprar objetos de plástico ou perfumados e certifique-se de que a caixa corresponde ao tamanho do animal.

Como Evitar Que Gatos Urinam Nas Coisas?

Caixa de areia para gatos: manter a limpeza do item em dia pode evitar cocô e xixi de gato no sofá e em outros móveis da casa

Como Evitar Que Gatos Urinam Nas Coisas?

Cuidados dos animais

O carrapato em cachorro, assim como as pulgas, é uma das principais causas de aborrecimento nos donos de pets. Mesmo usando coleiras ou remédio para carrapato, o animal não está livre de pegar esses parasitas tão incômodos e que podem causar problemas graves.

Às vezes, um simples passeio ao ar livre já pode gerar dores de cabeça se o local estiver infestado. Para controle, é importante não só proteger o animal, mas também fazer uma limpeza do ambiente: estudos mostram que os carrapatos podem sobreviver até 200 dias em um lugar sem se alimentar.

Pensando nisso, vamos te ensinar como acabar com carrapatos no quintal com ingredientes que você pode ter em casa.

Como Evitar Que Gatos Urinam Nas Coisas?

Cuidados dos animais

Até mesmo os tutores mais experientes podem cometer alguns erros quando o assunto é cuidar de gato. Uma dúvida muito comum, por exemplo, é se a castração de gato é realmente necessária.

Além disso, muitos humanos cometem o erro de tratar os felinos como se eles fossem cães, embora eles tenham comportamentos claramente distintos.

No geral, os gatos são mais reservados, independentes e valorizam muito sua privacidade, diferente dos cachorros. P

Como Evitar Que Gatos Urinam Nas Coisas?

Cuidados dos animais

Ter um cãozinho em casa é só alegria, mas é sempre bom que o dono esteja preparado para lidar com alguns comportamentos inconvenientes do animal. Um deles é o xixi fora do lugar para deixar o cheiro em todos os cantos da casa.

O que fazer para o cachorro parar de marcar território? O costume é desagradável e pode até tirar o sossego de muitos tutores por aí.

Para te ajudar, separamos algumas dicas para evitar que o cachorro marque território em casa e faça xixi onde não deve. Acompanhe!

Como Evitar Que Gatos Urinam Nas Coisas?

Cuidados dos animais

Mesmo que muitas vezes sejam esquecidas na hora dos cuidados, as orelhas do seu cachorrinho são bem sensíveis e precisam de bastante atenção. De vez em quando, é comum que algum incômodo pontual faça o seu cachorro ficar coçando a orelha, mas quando isso se torna algo frequente e você percebe um incômodo maior no animal, vale a pena ficar atento.

Não importa se você mora em casa ou apartamento: é preciso manter uma rotina de limpeza da caixa de areia para gatos. Isso porque os felinos possuem uma baixa tolerância à sujeira e odores fortes, o que pode resultar em xixi e cocô de gato em lugares indesejados.

Por isso, a melhor saída é higienizar o acessório numa frequência que seja confortável tanto para você quanto para o seu gatinho.

Para isso, tenha os utensílios certos para facilitar o processo: bacia grande, pá para caixa de areia e saquinho higiênicos precisam estar nessa lista.

5) Gato fazendo xixi ou cocô fora do lugar também pode indicar que o seu bichano está ansioso ou estressado

Assim como os humanos, os gatos também sofrem com mudanças drásticas e repentinas no dia a dia. O nascimento de bebês ou a chegada de um novo animal na casa, por exemplo, podem fazer com que o seu bichano se sinta excluído e, consequentemente, mais arisco e ansioso.

O resultado? Mau comportamento, xixi ou cocô na cama e sofá, perda de apetite e agressividade. Para amenizar o estresse do pet, é preciso ter paciência e fazer o possível para que o animal se sinta amado e acolhido. Ofereça alguns cuidados básicos, como água fresca e brinquedos para gatos.

Esse é o momento certo para estreitar os laços e curtir a companhia do seu amigo!

Redação: Úrsula Gomes

Como Evitar Que Gatos Urinam Nas Coisas?

Continuar Lendo

Como fazer o gato parar de urinar nas coisas

Alguns petlovers  não entendem por que seu felino doméstico, tão higiênico por natureza, está fazendo xixi onde não deve. Se este é o seu caso, entenda o motivo disso acontecer e como fazer o gato parar de urinar nas coisas.

Gatos normalmente usam suas caixas de areia e, quando não vivem 100% domiciliados, procuram locais com terra, pedras ou areia, por exemplo, para fazerem suas necessidades. Isso pode ser um problema com vizinhos (alguns usam casas próximas como banheiro) e exalar um odor extremamente forte.

Como Evitar Que Gatos Urinam Nas Coisas?

Por que meu gato faz xixi fora da caixa de areia?

Os felinos, assim como cachorros, também podem ter o hábito de demarcar território. Se eles não são castrados, isso costuma ser ainda mais intenso, pois eles precisam deixar claro para gatos da vizinhança que são eles que mandam num determinado local. Isso não é exclusivo dos machos, porém é mais habitual que seja feito por eles.

Além da demarcação, outros fatores podem resultar nesse problema. Gatos são bem suscetíveis a problemas renais e urinários, com isso, não é raro que tenham cistites, pedra nos rins e pedra na bexiga, situações que podem resultar em incontinência urinária, “deixando escapar” volumes variáveis de urina em qualquer lugar, sem chegarem a tempo na liteira.

Estresse é outro fator comum para que façam xixi longe da caixinha. Situações de disputas/ embates com outros animais também podem ativar o que chamamos de “mecanismo de luta e fuga”, o que pode gerar uma micção inesperada e rápida.

A caixa de areia suja também pode ser uma causa. Gatos não gostam de usar a bandeja quando não está devidamente higienizada, por isso é importante retirar as fezes diariamente e, se possível, tirar também os pontos com urina. O recipiente deve ser limpo frequentemente com detergente neutro ou com produtos do tipo herbal, que possuem amônia quaternária.

Tem mais de um gatinho em casa? Então o ideal é se atentar ao número de bandejas que possui. O recomendado é sempre ter uma caixa a mais do número de bichanos no ambiente. Sendo assim, se você tem quatro gatos, por exemplo, deve ter cinco espalhadas pela residência.

Fazer xixi por aí também pode ser um problema comportamental. Neste caso, é essencial identificar o que está causando isso e tentar reverter a questão o mais rápido possível.

Leia também:  Como Saber Quanto Falta Para Subir De Rank No Cs Go?

Como Evitar Que Gatos Urinam Nas Coisas?

Como fazer gato parar de urinar nas coisas?

Saber o que faz seu gato urinar em lugares inadequados é o primeiro passo. Sendo assim, só é possível criar alternativas depois de descobrir o motivo pelo qual isso está acontecendo.

Se a causa é a demarcação de território, a castração pode ser uma opção eficaz. Se for por doenças do trato urinário, tratá-las é fundamental.

Se for pela limpeza inadequada da caixa, seguir uma rotina mais rígida quanto a isso e assim por diante. Converse com o médico veterinário do seu pet caso ele tenha o hábito de fazer xixi nas coisas.

Ele certamente saberá como conduzir a situação da melhor maneira possível.

Como Evitar Que Gatos Urinam Nas Coisas?

O meu gato urina nos vasos: porquê e o que fazer? | Dicas de higiene

Sejam canteiros, plantas aromáticas, plantas em vaso ou de interior: a maior parte dos gatos sente-se atraída pelo verde que se encontra espalhado pela casa, na varanda ou no jardim. Estes animais adoram brincar com os ramos, mordiscar as folhas ou escavar na terra.

Em suma, os gatos são simplesmente muito curiosos e querem explorar tudo o que os rodeia – e quando se trata de algo tão macio quanto terra para vasos, não conseguem resistir.

Não é surpreendente então que alguns gatos utilizem os vasos ou os canteiros como caixa de areia, além de tentarem esconder a urina e as fezes afincadamente por debaixo da terra.

O que é uma atitude perfeitamente natural para os gatos, é, no entanto, o terror para donos, amantes de plantas e jardineiros de ocasião.

Inegável é que a urina dos gatos tem um cheiro bastante desagradável – especialmente se acaba num vaso na sala de estar. E se o animal opta por urinar sempre na mesma planta, acabará por a prejudicar.

De que modo este comportamento pode ser evitado e como proteger plantas e terra do visitante indesejado?

Em primeiro lugar, é importante clarificar por que motivo o gatinho escolhe urinar nas plantas. Está aborrecido e diverte-se com esta pequena mudança no seu dia a dia? Pretende marcar território ou é um animal com falta de higiene? Vai um longo caminho entre estes dois motivos e, em consequência, as reações dos donos perante cada qual devem ser diferentes.

Ao passo que a marcação territorial serve primariamente como um sinal de comunicação, a questão da falta de higiene está realmente associada à procura de uma sítio indicado para urinar.

É comum os gatos menos higiénicos rejeitarem a caixa de areia que lhes foi atribuída – seja por recusarem a areia, pelo facto de a caixa não ser limpa com tanta frequência como devia, por estar colocada num local inconveniente ou por ter sido limpa com produtos de limpeza com um cheiro demasiado intenso.

Por outro lado, os animais que usam a urina como marcação do território continuam a utilizar a caixa de areia, além de não esconderem a urina com as patas, optando por pôr ramos e raízes em cima, na horizontal.

Como Evitar Que Gatos Urinam Nas Coisas?

Antes de dar umas lições de higiene ao seu patudo ou, em alternativa, evitar a marcação territorial – o que, naturalmente, requer tempo e paciência – vamos focar-nos nas plantas.  Há muitas medidas que pode tomar para proteger, a curto prazo, o verde da sua casa da urina do gatito.

  • Construa barreiras feitas com pedras, pinhas ou papel de alumínio: o que atrai particularmente os gatos é a terra macia em redor das plantas. Para os manter afastados de vasos e canteiros é muitas vezes suficiente cobrir a terra com um material menos atraente. Pedras, conchas ou pinhas são elementos adequados para este efeito, sendo simultaneamente decorativos. Aparas de madeira evitam também que o patudo faça as suas necessidades nas plantas. Se a parte decorativa não tem tanta importância para si, o mais simples é cobrir a terra com papel de alumínio. Trata-se de um material estranho, escorregadio e com um crepitar ruidoso – mais do que suficiente para os gatos manterem as suas patinhas bem afastadas. Uma outra opção, menos notória que a última, passa por colocar uma tela para moscas ou qualquer outra tela de arame fina para afastar o curioso animal.
  • Use fragrâncias ou odores desagradáveis: outra forma de proteger as plantas da urina do gato consiste em pulverizá-las com um cheiro desagradável, na ótica destes patudos. Alguns donos servem-se de limões e laranjas – em vez de usarem sprays, que podem ser venenosos não só para as plantas como para os gatos, dado o perfume ou os inseticidas que possam conter, espalhando rodelas de limão ou de laranja em volta da planta. Em alternativa, embeba bolas de algodão em sumo de um destes citrinos e espalhe-as na terra. Borras de café ou ervas, como coentros ou erva-príncipe, e cebola ou alho, prometem afugentar muitos gatos. É claro que, ao utilizar comida como “arma”, todo o cuidado é pouco para que o animal não a coma. Optando por limão ou laranja é importante substituir as rodelas com frequência, para que não ganhem bolor.
  • Mantenha as plantas fora de alcance: se as pedras, os limões ou o alumínio não são suficientes para dissuadir o seu patudo de urinar nos vasos, resta retirar as plantas do seu alcance. Experimente, por exemplo, fixar plantas mais pequenas na parede ou no teto em vasos suportados por redes ou, ainda, em prateleiras altas. O mesmo se aplica a plantas tóxicas para os gatos, como cíclames, lírios, amaryllis ou crisântemos.
  • Recorra a detetores de movimento ou a ruídos: uma estratégia algo elaborada, mas eficaz, para afastar os gatos das plantas passa por os assustar com ruídos desagradáveis ou flashes de luz quando se aproximam dos vasos. É claro que o efeito dissuasor só funciona se for usado regularmente, isto é, só faz sentido para donos (ou vizinhos) que passam a maior parte do tempo em casa e observam o seu gato nas suas incursões pelo apartamento ou jardim e, no momento crucial, recorrem ao apito ou à lanterna. Quem não tenha possibilidade para investir num aparelho deste género, pode equipar as plantas com um detetor de movimento automático, fazendo este um ruído ou “dispare” uma luz forte sempre que alguém se aproxima. É fundamental assustar o animal com facilidade e não provocar-lhe medo com o método dissuasor. No caso de gatos naturalmente muito ansiosos ou stressados perante barulhos ou ocorrências inesperadas, o melhor é optar por métodos mais brandos.

Embora os métodos preventivos e de dissuasão acima descritos o ajudarão a proteger as suas plantas da urina do seu patudo a curto prazo, é bastante provável que não sejam eficazes a ponto de o animal abandonar por completo esta forma de agir.

Pouco higiénico ou movido pela marcação de território, o gato irá procurar outros sítios para urinar, como a cama, o sofá, a cerca ou os encaixes da porta.

Para persuadir o seu gato a restringir-se à caixa de areia voltamos a questionar o “porquê” deste comportamento.

Será que o animal urina nas plantas porque rejeita a caixa de areia? Ou será que está desorientado ou ansioso devido a certas alterações ou situações específicas, tendo assim adquirido este hábito desagradável? É falta de higiene ou marcação de território? Será que o animal está doente? Caso estejamos perante um problema de saúde, é comum os gatos sentirem dor ao urinar, evitando a caixa de areia. Existem inúmeras razões que explicam por que motivo os gatos decidem urinar de repente nas plantas; do mesmo modo existem também várias abordagens para o treino deste comportamento. As três medidas acima descritas para alterar esta atitude não são, então, adequadas para todos os gatos. Se não tem a certeza do que está por detrás desta falta de higiene, aconselhe-se e consulte um médico veterinário e, se necessário, também um psicólogo para gatos. O veterinário fará um exame completo ao animal, excluindo a possibilidade de doença como causa para o comportamento.

Como Evitar Que Gatos Urinam Nas Coisas?

Três medidas para a educação para a higiene

  1. Torne a caixa de areia mais apelativa: naturalmente, os gatos são animais bastante limpos. Deixarem as suas necessidades noutros locais além da sua caixa de areia deve-se ao facto de, simplesmente, a rejeitarem.

    A rejeição pode ter diferentes causas:

  • A caixa de areia não é limpa com frequência (areia suja)
  • A caixa não é de fácil acesso (porta fechada, entrada demasiado alta)
  • Rejeição da areia (demasiado dura ou macia, ou uma variedade não familiar?)
  • Número de caixas de areia insuficiente para o número de gatos na casa (em lares com mais do que um gato é aconselhável existir uma caixa para cada um)
  • Localização desfavorável (a caixa está colocada no corredor, isto é, uma zona de passagem, e o animal não se sente à vontade, ou está numa divisão da casa que o gato não gosta e na qual evita entrar?)
  • Produtos de limpeza desadequados (com cheiros demasiado fortes ou desagradáveis? Muitos dos gatinhos não apreciam o odor a químicos e acabam por evitar a caixa).

2. Use o reforço positivo: os gatos respondem melhor a recompensas do que a reprimendas. Castigar o seu gatinho pelo facto de ter urinado na planta só o irá assustar. Deste modo, estará a reforçar o comportamento indesejado. Opte por recompensar o patudo quando este utiliza a caixa de areia ao invés da planta. É fundamental que a recompensa seja oferecida no mesmo momento, pois os gatos vivem apenas no presente e associam a atitude do dono à sua. Ofereça-lhe um snack saboroso, mime-o ou capte a sua atenção com o seu brinquedo favorito assim que tenha desempenhado a atitude pretendida.

3. Aumente o seu bem-estar: um gatinho stressado está mais propenso a ter atitudes de falta de higiene e de marcação territorial do que um que se sinta totalmente confortável. E mesmo que por detrás do comportamento do animal não estejam sentimentos de medo, stress ou insegurança, as seguintes dicas são sempre úteis:

  • Preste atenção ao seu gato: embora a maior parte destes animais tenham um espírito selvagem, têm também muito afeto pelos donos e sentem-se bem quando recebem amor e atenção. Planeie diariamente uma pequena brincadeira com o seu gato e dê-lhe mimos.
  • Abaixo o tédio: quando aborrecidos, os gatos podem tornar-se insuportáveis. Um arranhador grande e brinquedos interessantes são indispensáveis no apartamento e irão ajudar a manter o seu patudo ocupado e divertido. Se o seu é um gato de exterior, deixe-o andar fora de casa durante o dia.
  • Evite situações de stress: os gatos são animais de hábitos. Alterações frequentes na sua rotina diária, viagens, mudanças, festas barulhentas com muita gente desconhecida, comida nova ou mobiliário novo são fatores que perturbam muitos gatinhos. Assim sendo, mantenha um ambiente de confiabilidade e de continuidade e faça o possível para criar um retiro permanente para o seu gato.
  • Esteja atento às necessidades do seu gato: é verdade que estes nossos pequenos felinos não falam. No entanto, comunicam connosco de outras formas. Se observar o seu gato, rapidamente irá percebê-lo. Terá fome? Precisa de mimos? Quer ser entretido? Ou prefere ir brincar para a rua e caçar uns ratos?

As medidas de dissuasão, reeducação e bem-estar aqui descritas requerem tempo até que os seus efeitos sejam notórios. Não espere que o seu gatinho mude de atitude do dia para a noite. Será especialmente difícil para os gatos que tenham feito de urinar em plantas um hábito. Seja paciente com o seu patudo e não se zangue se voltar a confundir o vaso das plantas com a caixa de areia.

Meu gato está fazendo xixi na casa toda e eu não sei mais o que fazer!!! – CAT CLUB

Gatos são animais extremamente limpos, raramente fazem sujeira pela casa.

Quem adotou um filhote de gato pela primeira vez na vida, já se espantou com a capacidade deles fazerem suas necessidades diretamente na areia, sem treinamento.

Acontece que nem tudo são flores no desenvolvimento do nosso gatinho. Conforme vão crescendo, é muito comum os gatos começarem a urinar pela casa toda e claro, isso deixa seus donos desesperados!

Esse comportamento é conhecido como spraying, quando o gato ou a gata pulverizam urina para demarcação territórial. Embora seja completamente normal os gatos marcarem território com urina no ambiente externo, dentro de casa, não é!

Esse comportamento quase sempre está relacionado ao estresse emocional do bichano, que faz isso para chamar atenção dos seus donos, urinando muitas das vezes, em suas camas, cobertas, tapetes, cortinas e sofás.

Se o seu gato tem comportamento de spraying dentro de casa, é importante levá-lo ao veterinário, uma vez que 1/3 de gatos que fazem spraying no interior sofrem de um problema clínico – cistite, nefrite, insuficiência renal, diabetes, etc.

Agora, considerando que não há causa patológica, vamos para as questões comportamentais:

  • Gatos machos e fêmeas que ainda não foram castrados, tendem a marcar o território com urina. Por isso, programe a cirurgia do seu gatinho. Isso pode acabar com o seu problema de uma vez por todas!
  • Não é saudável que muitos gatos dividam uma mesma caixa de areia. O ideal é ter 1 caixa de areia acima do número de gatos. Por isso, se você tem um gato, precisa de duas caixas; dois gatos, três caixas.
  • O tamanho da caixa é muito importante. Se ela for pequena demais para o porte do seu gato, ele vai começar a se sentir desconfortável nela e procurar outros lugares para urinar e defecar. Lembre-se que os gatinhos crescem e a caixa de areia deve acompanhar o desenvolvimento deles.  O ideal é que ela caiba inteiro dentro da caixa, conseguindo girar sem dificuldades dentro dela.
  • A caixa é aberta ou fechada? Rasa ou profunda? – o gato pode ter preferência por um tipo ou outro
  • A caixa deve ser limpa todos os dias – não negocie isso!!!
  • Evite usar produtos de limpeza perfumados na higiene das caixas.
  • Aonde a caixa sanitária fica? Eles podem não gostar ou ter medo do local (máquina de lavar ao lado, por ex.) ou o caminho até a caixa pode ser ameaçador (passar por alguém ou animal).
  • O granulado sanitário é sempre o mesmo? Os gatos são extremamente táteis e podem detestar pisar em certas superfícies. Introduza outros tipos de granulados na rotina do do seu gato, para ver como ele corresponde.
  • Gatos não gostam de fazer suas necessidades na presença de outras pessoas ou animais. Privacidade também é importante para eles. Talvez a solução para o seu problema seja mudar a caixa de areia para um lugar mais discreto.

Carência emocional

Como foi dito anteriormente, os gatos desenvolvem o comportamento de spraying por causa de estresse. Para além dos fatores que foram listados acima, uma das coisas que mais estressam um gatinho, é a ausência ou falta de atenção por parte do dono.

Sem aquele blabláblá de que os gatos são independentes e não ligam para as pessoas, nós sabemos que eles são muito apegados aos seus donos sim, e se o gatinho fica sozinho o dia inteiro e só tem contato com o dono à noite, mais cedo ou mais tarde, o bichano vai externalizar esse sofrimento.

Por mais amor que se tenha por um animal, somos falhos e podemos deixá-lo carente de atenção. Por isso, brinque muito com seu gato quando estiverem juntos, escove-o, faça carinho e promova um enriquecimento ambiental na sua casa. Mas o que seria esse enriquecimento ambiental?

Enriquecimento ambiental

É a criação de um ambiente mais complexo e interativo, que oferece desafios e novidades que deixam o seu gatinho sempre estimulado, com muita brincadeira e movimento. É simplesmente enriquecer o ambiente com brinquedos, jogos e objetos que vão deixar seu gatinho pirado, como arranhadores, caixas, prateleiras de gato, túneis, etc.

Como Evitar Que Gatos Urinam Nas Coisas?

Somos apaixonados por gatos e uma das nossas missões é tornar a vida do seu gatinho mais feliz com produtos pensados especialmente para o bem estar físico e emocional deles! A Loja Cat Club conta com inúmeros brinquedos que vão ajudar a distrair o seu gato:

Brinquedo sisal – para comprar clique aqui

Como Evitar Que Gatos Urinam Nas Coisas?produto sujeito a estoque // 

Como posso evitar que o meu gato marque o território com urina?

Se o seu gato estiver a dedicar-se a marcar várias partes da sua casa com urina, é possível que esteja bastante desesperado. Quer saber o que pode fazer para deter este comportamento? Nesta publicação contamos-lhe como!

Diferenças entre urinar fora da caixa de areia e marcar o território com urina

Em primeiro lugar, é importante determinar se o seu gato está realmente a marcar ou se só está a urinar fora da caixa de areia.

  • Com a marcação de urina, os gatos tendem a parar erguidos e a deixar uma pequena marca de urina em superfícies verticais, como nomeadamente uma parede.
  • Quando estão a urinar, os gatos geralmente agacham-se para urinar grandes quantidades em superfícies horizontais.

Se não tiver a certeza do motivo do comportamento do seu gato, o melhor é um veterinário examinar o seu gato para determinar a causa do problema em vez de o tratar por conta própria. Se tiver a certeza de que aquilo que o seu gato está a fazer é marcar o território, há algumas medidas que pode tomar para travar esta prática.

Por que motivo os gatos marcam com urina?

Para os gatos, marcar com urina é uma forma natural de comunicar com os outros. Enquanto a maior parte dos gatos marcam libertando pequenas quantidades de urina em superfícies verticais, por vezes também podem fazê-lo em superfícies horizontais, ou inclusivamente defecar. Mas por que o fazem?

  • A maior parte dos gatos que marcam o seu território com urina são machos que não foram esterilizados, as hormonas podem desempenhar um papel crucial neste tipo de comportamento.
  • Por motivos territoriais ou quando se sentem ansiosos ou ameaçados. Por ex., a presença de gatos de rua no seu jardim pode fazer com que o seu gato marque próximo de janelas e portas como uma forma de identificar que é o seu território.
  • Os animais de estimação novos no lar ou um conflito entre os animais de estimação existentes no mesmo lar também pode fazer com que os animais de estimação sintam necessidade de marcar o seu espaço.
  • As mudanças no ambiente do seu gato, como reorganizar o seu espaço pessoal ou mudar-se para uma nova casa podem ser motivo de stress e induzir a marcação.
  • Ocasionalmente, o gato marcador pode apontar para a roupa ou a roupa de cama de uma pessoa ou visitante na casa.

7 formas de evitar que o teu gato marque o território com urina

Há várias formas de mudar o comportamento de marcação, mas é importante recordar que o castigo deve ser evitado, uma vez que só aumentará o stress do seu gato e aumentará a micção.

1 Esterilizar

O primeiro passo para eliminar a micção é esterilizar o seu gato. Quando as hormonas sexuais diminuem, o mais provável é que a quantidade de marcação também se reduza.

2 Determine o conflito

Avalie se alguma espécie de disputa com outros gatos está a causar stress no seu gato.

Se o seu gato estiver a ser perseguido, maltratado ou atormentado de alguma forma por um gato ou cão na sua casa, este assunto deve ser resolvido com um profissional qualificado.

Este pode recomendar técnicas como a separação temporária, a dessensibilização, o contra condicionamento e o treino para melhorar a relação entre os seus animais de companhia.

3 Interior

Se os gatos de rua estiverem a causar stress ao seu felino, instale bloqueadores provisórios de janelas na metade inferior das janelas ou baixe as persianas, para ajudar o seu gato a relaxar.

Se permitir ao seu gato estar tanto dentro como fora de casa, deixar que durante uns tempos não saia para o exterior poderia eliminar o stress que o seu animal de companhia pode estar a encontrar fora.

4 Limpeza e calma

Devem ser utilizados produtos de limpeza enzimáticos para eliminar qualquer odor na roupa de cama e no solo que possa incitar um gato a voltar a urinar numa área que já tinha marcado anteriormente.

Quando tiver eliminado todos os odores, pulverize esta zona com um spray de feromonas felinas, isto ajudará a que o seu gato se sinta mais seguro na zona e possa incentivar a marcar com as suas bochechas em vez de marcar com urina.

5 Aumente o número de caixas de areia

Coloque várias caixas de areia em vários lugares da casa, para que o seu gato possa ter livre acesso a um tabuleiro sem ser interrompido por outros gatos. Isto pode reduzir o stress, em especial num lar com múltiplos animais de companhia.

6 Fomente a atividade

Dê ao seu gato brinquedos com os quais se possa entreter durante o dia, como quebra-cabeças de comida para gatos ou brinquedos interativos que possa manusear mesmo na sua ausência. Isto mantê-lo-á ocupado e terá menos tempo para estar stressado – ou para marcar a casa.

7 Rotina e estabilidade

Programe um par de sessões de brincadeira ou de treino de truques com o seu gato todos os dias para dar-lhe uma rotina no seu dia-a-dia e estabilidade nas interações com as pessoas da casa.

Como Evitar Que Gatos Urinam Nas Coisas?

E lembre-se de utilizar sempre reforços positivos. Outro truque que também pode funcionar é mudar a associação do gato com a sua área de marcação preferida realizando outras atividades que o gato desfrute neste espaço, como acariciá-lo e abraçá-lo, para reduzir o stress.

Se o seu gato continuar a marcar, entre em contacto com o seu veterinário numa das nossas clínicas veterinárias Kivet.

7 Maneiras de Impedir seu Gato de Fazer Urinar nas Coisas

Pode ser um dos momentos mais difíceis do seu relacionamento com seu gato: você chega em casa e encontra xixi de gato no sofá, tapetes, paredes ou cortinas, apesar da caixa de areia limpa estar a poucos metros de distância. Como proprietário, seu primeiro pensamento é provavelmente “por que meu gato está fazendo isso?”, seguido de “como posso corrigir isso?”.

Por que os gatos fazem xixi fora da caixa?

Ao contrário da crença popular, os gatos não urinam apenas para marcar seu território. Um gato pode fazer xixi fora da caixa de areia porque se sente ansioso, ameaçado ou assustado.

Também pode indicar insegurança, às vezes desencadeada por uma mudança na rotina ou no ambiente, ou algo que lhe estresse, mas esse comportamento também pode ser reflexo de algum problema de saúde, como infecção do trato urinário e até obstrução da uretra.

Outros gatos ainda são exigentes quanto ao estado de suas caixas de areia e se recusam a usá-las se encontram-se sujas.

Qualquer que seja a causa, urinar pelo ambiente é um comportamento desagradável que pode causar um odor penetrante em sua casa e danificar seus móveis, carpetes e paredes. Confira algumas soluções eficazes para evitar que seu gato faça xixi fora da caixinha.

1. Castre seu gato

A castração ajuda a reduzir as chances de urinar fora da caixa, mesmo que gatos castrados ainda possam ter esse comportamento de vez em quando.

Se o seu gato não estiver castrado no momento, você pode fazer isso entre 5 a 6 meses de idade. Isso reduzirá seus níveis hormonais e provavelmente diminuirá seu desejo de fazer xixi fora da caixa de areia.

Gatas também podem ter esse comportamento, mas não é tão comum como nos machos.

2. Encontre a fonte do estresse

Se seu pet está urinando fora da caixinha porque se sente ansioso, você precisa encontrar a raiz do problema.

Procure sinais de gatos de rua à espreita do lado de fora, como fezes de gatos ou ratos e pássaros mortos deixados nas varandas. A presença de um gato estranho pode estar ameaçando a autoridade do seu gato.

Se você tiver outros animais de estimação, descubra se eles poderiam estar provocando seu gato.

3. Cheque o ambiente onde seu gato vive

A maioria dos gatos não gosta de mudanças e pode estar se sentindo ansioso. Antes de tirar conclusões, faça a si mesmo estas perguntas:

  • Você se mudou recentemente?
  • Você viajou por um tempo?
  • Você reorganizou o ambiente onde seu gato vive?
  • Você mudou de lugar os potes de ração e água?
  • A caixa de areia está limpa e arrumada?
  • Você trocou o tipo de areia que ele estava acostumado?
  • Você trocou a ração?

Muitas vezes, essas alterações podem causar estresse desnecessário no seu gato. Se você tiver espaço suficiente, considere colocar mais de uma caixa de areia para que seu gato sempre tenha uma opção próxima quando sentir vontade de fazer as necessidades.

4. Mantenha seu gato ativo

Uma programação regular dá ao seu gato uma sensação de estabilidade e estrutura. Deixe seu pet com alguns brinquedos educativos e interativos para mantê-lo ocupado enquanto você não estiver por perto e desfrute de algumas sessões regulares de brincadeira quando voltar para casa, para que ele se sinta amado e cuidado. Saiba mais em nosso guia de exercícios para gatos.

5. Mantenha-se positivo

Por mais irritante que seja limpar a urina do gato ou remover o odor, você nunca deve gritar ou punir seu gato. Isso apenas aumentará seus níveis de estresse – e a frequência de xixi fora da caixa de areia.

Se o seu gato voltar ao mesmo local para urinar, limpe a área com um produto próprio para isso e incentive-o a brincar, dormir ou até se alimentar lá – isso ajudará seu gato a associar essa área com brincadeiras ou relaxamento, em vez de ansiedade.

6. Use produtos como sprays, difusores ou suplementos

Existem vários produtos no mercado projetados para acalmar gatos e reduzir seus níveis de estresse. Estes incluem sprays, difusores ou suplementos. Embora inodoros para os seres humanos, esses produtos podem ter um efeito calmante sobre os gatos, tornando-os menos estressados ​​e com menor probabilidade de urinar fora da caixa de areia.

7. Consulte seu veterinário

Se tudo isso falhar, você deve discutir os problemas de urina fora da caixa com seu veterinário, que pode verificar problemas de saúde que possam contribuir para o comportamento do seu gato.

Seu veterinário também pode colocar você em contato com um especialista em comportamento de gatos, que pode avaliar os hábitos, características e estilo de vida de um gato, além de oferecer conselhos e dicas adicionais.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*