Como Esquecer Alguém Que Se Ama?

Será que há mesmo uma forma de esquecer um grande amor? Esquecer, talvez. Superar, com certeza.

Quando uma relação acaba, fica muito difícil acreditar que você voltará a ser feliz novamente, só ou acompanhada(o). Mas essas 40 frases sobre esquecer um amor vão te ajudar a ficar melhor nisso!

Como esquecer um amor: frases sobre a dificuldade de deixar ir ????

Por mais que todos os sinais gritem que a relação acabou, quando se ama é muito difícil esquecer. A tendência a fantasiar, a continuar próximo de quem deveria estar no passado e o sentimento de posse e desespero podem complicar ainda mais a situação.

As frases abaixo falam sobre esse momento difícil que é esquecer um amor, e dão alguns motivos para fazê-lo.

Como Esquecer Alguém Que Se Ama?

Amar é breve, esquecer é demorado.

Pablo Neruda

Eu, agora – que desfecho!
Já nem penso mais em ti…
Mas será que nunca deixo

  • De lembrar que te esqueci?
  • Mario Quintana

Esquecer é uma necessidade. A vida é uma lousa, em que o destino, para escrever um novo caso, precisa de apagar o caso escrito.

Machado de Assis

Se não soubermos esquecer, nunca estaremos livres de tristeza.

Textos Judaicos

É preciso esquecer para viver; a vida é esquecimento; cumpre abrir espaço para o que está por vir.

Miguel Unamuno

Como Esquecer Alguém Que Se Ama?

Nenhuma mulher deve esquecer que ela não precisa de ninguém que não precise dela.

Marilyn Monroe

Lembrar é fácil para quem tem memória. Esquecer é difícil para quem tem coração.

William Shakespeare

Não se esqueça de se esquecer quem te esquece.

One Direction

O sofrimento acompanha sempre uma inteligência elevada e um coração profundo. Os homens verdadeiramente grandes devem, parece-me, experimentar uma grande tristeza.

Fiódor Dostoiévski

Toda a alegria vem do amor, e todo o amor inclui o sofrimento.

Abílio Guerra Junqueiro

Como Esquecer Alguém Que Se Ama?

  1. Se sou esquecido,
    devo esquecer também,
    Pois amor é feito espelho:
  2. tem que ter reflexo.
  3. Pablo Neruda

Já entendemos que esquecer um amor não é uma tarefa fácil. Talvez nunca aconteça, mas sempre será possível transformar o sentimento, limpar o coração e abrir espaço para novas pessoas e sensações!

Manter um limite, cuidar de si e ocupar-se com coisas novas são três passos chave para superar um amor acabado. As frases abaixo falam um pouco disso.

Como Esquecer Alguém Que Se Ama?

A gente implora a Deus para que nos ajude a esquecer um amor quando na verdade não é esquecer que precisamos: é lembrar corretamente.

Martha Medeiros

Ambos sabemos que preciso esquecer você. Seria ótimo se me deixasse tentar.

O Amor Não Tira Férias

Esquecer um amor que te faz sofrer não é apenas uma decisão, mas uma consequência do tempo e de um coração ferido.

Keila Littig

A melhor forma de você esquecer um amor do passado é deixar ele no passado mesmo e viver o presente apenas para você mesmo.

Beto Braga

Às vezes é preciso se afastar das pessoas que você ama. Isso não quer dizer que você os ama menos, às vezes você os ama ainda mais.

Steve Miller

Chega uma hora em que você se cansa das decepções, e começa a se afastar das pessoas.

Sabrina Chaves

As paixões são todas boas por natureza e nós apenas temos de evitar o seu mau uso e os seus excessos.

René Descartes

Prudência é saber distinguir as coisas desejáveis das que convém evitar.

Cícero

Como Esquecer Alguém Que Se Ama?

Não podemos evitar as paixões, mas podemos vencê-las.

Sêneca

Você abriu mão. Alguém abriu os braços!

Li Azevedo

Eles dizem que é impossível encontrar um novo amor sem perder a razão, mas pra quem tem pensamento forte o impossível é só questão de opinião.

Chorão

Tem gente, que faz questão de guardar tudo o que viveu no coração. Eu não! Pra cada novo amor vale uma faxina.

Day Anne

Como Esquecer Alguém Que Se Ama?

Às vezes as pessoas sofrem muito por amores que nunca chegaram a dar certo de verdade, ou logo no começo foram abalados. A paixão foi embora e deram lugares a desentendimentos, mas ainda assim a pessoa não sai da sua cabeça! O que fazer?

Um passo básico é conversar com pessoas: amigos, psicólogos, etc. Não se isole. Tome atitudes para continuar a sua vida. Se quer uma mãozinha, selecionamos algumas frases que podem te ajudar nessa fase de superar um amor impossível.

Como Esquecer Alguém Que Se Ama?

O amor faz passar o tempo; o tempo faz passar o amor.

Provérbio italiano

Mas o tempo, o tempo caleja a sensibilidade.

Machado de Assis

Afinal, há é que ter paciência, dar tempo ao tempo, já devíamos ter aprendido, e de uma vez para sempre, que o destino tem de fazer muitos rodeios para chegar a qualquer parte.

José Saramago

Com o tempo você aprende a cair com classe e a se levantar com orgulho.

Cazuza

Embora ninguém possa voltar atrás e fazer um novo começo, qualquer um pode começar agora e fazer um novo fim.

Chico Xavier

O importante é viver e ser feliz mesmo que isso signifique deixar tudo pra trás e recomeçar, pois na vida e no amor as conquistas são feitas todos os dias.

Filme Comer, Rezar, Amar

  • Desejo que você tenha a quem amar
    E quando estiver bem cansado
  • Ainda exista amor pra recomeçar
  • Frejat

E recomeçar é doloroso. Faz-se necessário investigar novas verdades, adequar novos valores e conceitos. Não cabe reconstruir duas vezes a mesma vida numa só existência.

Caio Fernando Abreu

Não importa onde você parou, não importa onde você cansou, não importa o que te desmotivou, simplesmente siga. Se a vida não está do jeito que sonhou, procure outro caminho.

Wilton Lazarotto

Como Esquecer Alguém Que Se Ama?

O fracasso é simplesmente a oportunidade de começar de novo, desta vez de forma mais inteligente.

Henry Ford

Cérebros brilhantes também podem produzir grandes sofrimentos. É preciso educar os corações.

Dalai Lama

Lamentar uma dor passada, no presente, é criar outra dor e sofrer novamente.

William Shakespeare

Chorar pelo passado, é uma perda de tempo para o futuro. Para que remoer lembranças, se você pode criar outras para se recordar amanhã e sorrir invés de chorar?

Larissa Cavalcante

Aqueles que não aprendem com o passado estão condenados a repetí-lo.

Stephen King

A adversidade é um trampolim para a maturidade.

Charles Colton

Uma pessoa imatura pensa que todas as suas escolhas geram ganhos. Uma pessoa madura sabe que todas as escolhas têm perdas.

Augusto Cury

Como Esquecer Alguém Que Se Ama?

Amar a si mesmo é o começo de um romance para toda a vida.

Oscar Wilde

Como Esquecer Alguém Que Se Ama?

Como esquecer alguém que você ama | 10 dicas

Como esquecer alguém que você ama e que não te corresponde? Ou que diz que também te ama, mas, por alguma razão específica, não pode ficar com você?

Caso prefira, ouça o texto aqui:

https://oamorestanarede.com.br/wp-content/uploads/2020/08/Como-esquecer-alguem-que-voce-ama.mp3

Pode ser difícil e certamente vai doer muito, mas a boa notícia é que existe, sim, uma luz no fim do túnel. Sempre existe!

Só que você terá que dar um empurrãozinho, se mexer, para não passar o dia inteiro remoendo esse sentimento, chorando e se perguntando “por que não consigo esquecê-lo?”.

  • Então, para começar, você deve se perguntar: onde encontrar forças para esquecer alguém, neste momento em que me sinto tão arrasada, frágil, sozinha e destruída?
  • Para esquecer alguém que você ama e que não pode ficar com você – mesmo que seja porque você escolheu isso, ao perceber que a pessoa te faz mais mal do que bem – você precisará se policiar para não ficar alimentando esse sentimento e se ocupar com outras coisas, de preferência novas, que não te tragam lembranças da pessoa amada.
  • É claro que tudo vai depender do grau de envolvimento que você tinha com a pessoa, de quanto tempo passaram juntos (se é que tiveram um relacionamento)… Mas, com um pouquinho de esforço e de paciência, você vai ver que as coisas podem começar a melhor muito antes do que você imagina!
  • Então vamos ver as dicas que preparei com carinho para você!
  • Como esquecer alguém que você ama: 10 dicas

1. Desconecte-se totalmente da pessoa

Se você ficar atrás da pessoa o tempo todo, jamais conseguirá esquecê-la. Desse modo, elimine-a de suas redes sociais ou bloqueie-a por um tempo, para não ficar vendo as suas atualizações.

Não faz bem e você não ganha nada em fica stalkeando o outro, mesmo que virtualmente. Na verdade, pode até te fazer mal: você pode descobrir que a pessoa está feliz e já encontrou um novo amor. E isso vai te deixar ainda mais deprê.

Portanto, apague essa pessoa da sua vida, mesmo que apenas temporariamente.

Aqui vale aquela máxima que as nossas avós já diziam: “O que os olhos não veem, o coração não sente”. Como esquecer alguém que você ama, se tudo remete a essa pessoa?

2. Aceite que o sofrimento é normal

Muita gente vai te dizer que está na hora de você seguir adiante, que tem que esquecer logo ou que é melhor encontrar alguém para substituir a pessoa amada. Nada disso!

Você está passando por um momento de luto, uma perda que só você sabe quanto dói. Então, aceite que é normal sofrer, sofra o tempo que for necessário, só não fique se vitimizando, achando que o mundo acabou e que você nunca esquecerá a pessoa.

Tente, pouco a pouco, retomar as suas atividades diárias e se esforçar para seguir adiante. Sofrer é normal, mas prolongar o sofrimento voluntariamente pode ser sinal de doença e aí seria melhor procurar um psiquiatra para te ajudar.

Como Esquecer Alguém Que Se Ama?

Como esquecer alguém que você ama – aceite que sofrer é normal

3. Dedique um tempo a entender o que aconteceu

Muitas vezes, quando estamos em um relacionamento, acabamos nos acomodando e nem sabemos mais se ele nos faz bem, apenas nos acostumamos com aquilo.

Então, agora é hora de pensar se esse relacionamento valia mesmo a pena. Pode ser que você se surpreenda e descubra que está sofrendo muito mais do que deveria.

Como era o relacionamento de vocês? Havia mesmo amor ou era só amizade? Talvez nem isso? Havia companheirismo, intimidade, cumplicidade e, mais importante, parceria? Você podia contar com ele? Ou estava vivendo uma solidão a dois?

Pense em tudo isso, pois a situação vai ficar mais clara para você. E talvez você perceba que o final do relacionamento era a melhor decisão para ambos!

Leia também:  O Que Dar Como Prenda De Baptizado?

4. Liste, com honestidade, tudo o que estava bom ou ruim

Pegue um pedaço de papel ou mesmo um bloco de notas no celular e anote tudo o que era bom e ruim no relacionamento.

Por que é bom fazer isso? Porque, muitas vezes, quando um relacionamento termina, a pessoa acha que ela foi a única culpada. Mas isso não é verdade. Pode ser que alguém tenha contribuído mais para o término do relacionamento, mas ninguém é culpado sozinho.

Então, escreva tudo o que era bacana, que você quer levar para os próximos relacionamentos, e também aquilo que não era bom e que você não quer mais em sua vida. Assim, fica até mais fácil de avaliar, quando aparecer outra pessoa, se o relacionamento tende ser igual ao anterior e, portanto, possivelmente fadado ao fracasso.

Além disso, você vai ver que realmente a culpa não foi somente sua e isso vai trazer mais clareza à sua mente e reduzir a sua tristeza e a sua ansiedade.

5. Use e abuse dos amigos

Amigos são a família que nós escolhemos e amigos verdadeiros, que só querem o nosso bem, estão sempre prontos para nos ajudar. E também para nós dizer algumas verdades, caso necessário ;-).

Então, converse com eles, marque encontros, mesmo que sejam virtuais e, mais importante, peça ajuda! Não há vergonha nenhuma nisso, mas, se você não sinalizar que precisa de ajuda, eles não saberão e talvez não te deem a devida atenção, por estarem mergulhados nos próprios problemas.

E lembre-se: amigos de verdade são aqueles que deixam as outras coisas de lado para te ajudar quando você precisa. Não são aqueles que só estão com você nos momentos bons; portanto, saiba diferenciá-los.

6. Como esquecer alguém que você ama: Faça novas amizades

Por que é importante fazer novas amizades? Porque talvez muitos de seus amigos também sejam amigos do seu ex, porque você pode encontrar pessoas que estejam em momentos de vida mais parecidos com o seu do que os seus amigos atuais e porque novos amigos tendem a nos ensinar coisas novas e a nos mostrar novos pontos de vista.

Procure, inicialmente, só amizade mesmo. Se virar algo mais no futuro, melhor ainda! Mas isso, só quando você realmente estiver pronta para um novo relacionamento, o que nos leva ao próximo ponto.

7. Não se jogue nos braços da primeira pessoa que aparecer

Isso é uma das piores coisas a se fazer. Tem tudo para dar errado e, no final, você estará apenas usando essa pessoa, para cobrir um buraco que ela não pode cobrir. Imagino que você não gostaria de ser usada dessa forma, certo? Portanto, não faça isso com outras pessoas.

Quando você estiver melhor, mais recuperada, aí, sim, poderá se abrir ao novo, conhecer gente nova para um novo relacionamento. Mas enquanto você estiver “sangrando”, não faça isso. É muito ruim a sensação de usar alguém e você vai se sentir pior depois.

8. Descubra um novo hobby para esquecer alguém que você ama

  1. Tem tanta coisa que a gente pode fazer para se distrair… Ler bons livros, maratonar uma série bacana, começar um curso on-line, pintar, desenhar, tricotar…
  2. Descubra algo novo e prazeroso, lembre-se de algo que você sempre quis fazer e nunca encontrou tempo…
  3. Agora você terá mais tempo para si, então esse é o momento ideal para você descobrir essa nova paixão e se dedicar a ela.
  4. Se você fizer algo de que goste muito, vai preencher o seu tempo e se recuperar mais rapidamente, pode acreditar!

Como Esquecer Alguém Que Se Ama?

Como esquecer alguém que você ama: tenha um hobby!

9. Cuide de você

Para ficar bem, a gente tem que se sentir bonita por dentro, essa é a verdade. Mas quando a gente se sente bem por fora, isso também ajuda.

Então, faça algo pelo seu corpo e pela sua mente: alimente-se bem, pratique yoga, medite, pratique algum esporte que você ama… Esse também é um jeito bem bacana de fazer novas amizades.

Além disso,  arrume o cabelo, faça as unhas, faça uma maquiagem bonita e compre uma roupa nova. Cuide de você, sinta-se bem e você vai passar a se sentir mais feliz!

10. Dica imperdível de como esquecer alguém que você ama: Selecionar as músicas que vai ouvir

Parece bobagem, mas eu acho que essa é uma das dicas mais importantes. Quando a gente termina um relacionamento, tudo nos faz lembrar da pessoa amada. Os lugares a que a gente ia, as coisas que a gente fazia… e as músicas românticas, cujas letras parecem ter sido inspiradas em nossa tragédia amorosa?

Tudo parece uma provocação sem fim, para nos deixar tristes e sem esperanças… Então, não ouça as músicas que vocês ouviam juntos, não ouça as músicas favoritas da pessoa amada.

Como esquecer quem você ama, então? Ouça músicas animadas, que te coloquem pra cima, com letras positivas, sobre o futuro, sem  mimimi e chororô. Você vai ver a diferença que isso vai fazer na sua vida, te garanto!

Gostou dessas dicas? Deixe um comentário aqui, dizendo se funcionaram e também sugira o que você gostaria de ver por aqui!

E, quando já estiver pronta para encontrar um novo amor veja essas dicas de como conquistar um homem ????

O amor está na rede!

Como é que se esquece alguém que se ama? – Hysteria

O Deus do Amor, escreveu Platão em O Simpósio, “vive num estado de necessidade”. E em lugar algum essa necessidade é tão palpável e aguçada quanto a do amante que anseia pelo seu ex.

Em caso de dúvida, a experiência da vida confirmaria a assunção daquele filósofo.

Afinal, quem nunca sofreu por amor? Quem nunca penou com a falta do seu amor que, repentinamente e sem dó nem piedade, o deixou de o ser para ganhar o prefixo de ex-amor?

The struggle is real, e a própria ciência é capaz de o explicar: Helen Fisher, antropóloga e bióloga americana, levou a cabo uma experiência em que conectou amantes abandonados a um scanner de ressonância magnética e os fez ver as fotos dos seus ex.

“Encontrámos atividade em muitas partes diferentes do cérebro”, disse Fisher, que leciona na Rutgers University. “Um deles é uma pequena seção do cérebro denominada de área tegmental ventral, que é a parte que produz a dopamina, um estimulante natural que está ligado ao amor romântico.

Quando se é rejeitado por alguém, ama-se ainda mais essa pessoa”.

E a dor, essa, é quase física. É agonizante. Insuportável, diríamos.

Então, como é que se esquece alguém que se ama? Num texto que descortina em torno desta questão, o escritor português Miguel Esteves Cardoso concede o seu ponto de vista: “Como é que se esquece alguém que se ama? Como é que se esquece alguém que nos faz falta e que nos custa mais lembrar que viver? Quando alguém se vai embora de repente, como é que se faz para ficar? Quando alguém morre, quando alguém se separa — como é que se faz quando a pessoa de quem se precisa já lá não está? As pessoas têm de morrer; os amores de acabar. As pessoas têm de partir, os sítios têm de ficar longe uns dos outros, os tempos têm de mudar sim, mas como se faz? Como se esquece? Devagar. É preciso esquecer devagar. Se uma pessoa tenta esquecer-se de repente, a outra pode ficar-lhe para sempre”.

O texto continua, mas a resposta encontramo-la aqui, neste parágrafo que atrás transcrevo: é, de facto, essencial que se esqueça o outro devagar. “É verdade que o esquecimento de alguém que se amou é um processo, e não um momento que ocorre ‘de repente’.

Tentar suprimir sentimentos não faz com que eles desapareçam nem diminuam, podendo até gerar o efeito inverso a médio prazo. É preciso desenvolver o músculo da paciência e tolerância pelo tempo que demora o processo de esquecimento”, confirma a terapeuta de casal Rita Fonseca de Castro.

Quando termina uma relação, perde-se uma pessoa que permanece viva, mas que “morreu” na função que desempenhava na nossa vida. Assim, e como em qualquer perda, o processo de luto é fundamental para se viver de forma funcional e adaptativa o término de um ciclo, para dar por encerrada uma fase da vida.

Aliás, esta percepção de que a vida se compõe de ciclos e de mudanças é fundamental para enfrentar o final de uma relação.

O luto. Um mal necessário que é tantas vezes colocado de lado, dando o seu lugar às mais-do-que-muitas distrações que deixam uma nuvem cinzenta a pairar sobre a imagem do ser amado, aparentando um desaparecimento que é tudo menos real.

O luto não só faz bem como se recomenda: “A conceptualização do luto relacional como sendo composto pelos cinco estágios de vivência do luto – negação, raiva, negociação, tristeza, aceitação – ajuda-nos a aprender a viver com a perda que sofremos e a identificar o que estamos a sentir – isto é, em que estágio nos encontramos – não esquecendo que o processo de luto não é linear e a sua vivência é idiossincrática. Nem todas as pessoas passam por todas as fases do luto – enquanto que algumas aceitam rapidamente que a relação terminou, outras há que ficam reféns da tristeza. O que é fundamental entender é que, embora o luto seja uma vivência dolorosa, não é passível de supressão ou evitamento, faz parte da vivência da perda e da preparação para uma nova fase da vida”, avança aquela terapeuta de casal.

Leia também:  Porque Em Ingles Como Se Escreve?

A pessoa que ama alguém que a deixou de a amar encontra-se afundada num avassalador mar de sentimentos que têm de ir para algum lado. A questão é para onde?

E mantém a sua explicação: “As investigações têm demonstrado que o tempo de vivência de um luto relacional é de cerca de um ano. A fase de luto é fundamental para reflectir sobre a relação que terminou e sobre o nosso papel e contributo. Nesse tempo reorganizamos o passado e o presente.

Caso percebamos que repetimos comportamentos que conduziram a resultados indesejáveis ou padrões disfuncionais, podemos começar a operar mudança. Sem dar tempo para que este olhar crítico se instale, a probabilidade de se repetir padrões negativos em relações futuras é grande.

É, assim, no processo de luto, que se revisita a relação e se consegue, com o avançar do processo, ter uma visão cada vez mais nítida sobre o que nela se viveu. Estados de raiva permitem perceber que a relação não era tão perfeita como podemos estar a idealizar com a dor da perda, numa atitude de negação.

Depois de vivências emocionais mais turbulentas, virá a aceitação, acompanhada da sensação de libertação do sofrimento, e estar-se-á preparado para viver novos amores.”

Posto isto, apesar de, por vezes, a vontade maior seja a de beber — e de fazer tudo o que está ao alcance do ser amado — para esquecer, na prática tal escolha promete não trazer nada de bom.

Ainda assim, é importante destacar que cada pessoa tem a sua forma de viver e de sentir o final de uma relação, pelo que se deve, em primeira instância, respeitar as necessidades de cada um.

“Para que não haja um foco excessivo na perda e no sofrimento, a distracção é importante, sobretudo se for passado tempo na companhia das pessoas mais próximas, que desempenham um papel de suporte emocional.

Contudo, esta distracção deve ser equilibrada com tempo a sós e investimento no autocuidado, o que é indispensável para a vivência do luto relacional. Começar outras relações pode ser precipitado, se o objectivo for o de ‘tapar’ um espaço que era ocupado pela relação que se tinha, e pode tornar-se o motor para a vivência de novas frustrações e perdas, que podem agudizar a vivência da perda primordial”, explana aquela terapeuta de casal.

Então, como auxiliar alguém que perdeu a pessoa que amava? “Em primeira instância, caberá ao psicólogo normalizar todas as vivências emocionais, mesmo as mais desagradáveis, sublinhando que todas elas serão passageiras, ainda que seja difícil percebê-lo no momento da dor.

Deverá ainda ser fomentado uma mudança de foco do nós (e/ou do outro) para o eu. Depois de ter sido dedicado tempo a uma relação e ter havido um privilégio do nós, é importante que seja investido tempo no auto-cuidado, na capacidade de apreciar a própria companhia.

Pode-se reflectir sobre o que se gosta de fazer ou faz bem, e de que se possa, até, ter abdicado no curso da relação, retomando essas actividades, o que vai trazer uma sensação de bem-estar, para além de ajudar a auto-estima e/ou auto-confiança que, muitas vezes, ficam minadas após uma separação.

Embora possa parecer uma tarefa difícil, sobretudo quando existem sentimentos de rejeição e a separação não era desejada, é crucial entender que o valor próprio não se define pela presença de outrem na sua vida e que, não é porque alguém deixou de querer ter uma relação consigo, que a pessoa perdeu as suas qualidades.

Nestes casos mais penosos, é crucial procurar sentido para a vida para além da relação que terminou”, clarifica Rita Fonseca de Castro.

E se na teoria é tudo muito bonito, na prática a coisa complica-se. A bem ver, a pessoa que ama alguém que a deixou de a amar encontra-se afundada num avassalador mar de sentimentos que têm de ir para algum lado.

A questão é para onde? Onde é que se vai enfiar aquele amor todo? É que para quem não desejou separar-se, o amor pode dar lugar a alguns sentimentos de perda (“um vazio”), abandono, rejeição, impotência, culpa (pelo término da relação – O que é que eu podia ter feito de diferente? Onde é que eu falhei?), frustração ou solidão.

Sentimentos de mágoa, raiva e rancor em relação ao outro também podem surgir. Em casos mais extremos, podem surgir mesmo o desespero e a desesperança, como se nada mais valesse a pena e a vida não fizesse sentido sem a presença da outra pessoa.

“Idealmente”, arremata Rita Fonseca de Castro, “e depois de concluído o processo de luto, o amor, assim como todas as vivências relacionais, passam a ser recordadas de uma forma mais leve, com sabor a nostalgia, e vão juntar-se a tantas outras recordações que habitam a nossa memória e nos deixam mais ricos”. Portanto, respondendo à questão de como é que se esquece alguém que se ama? Não se esquece. Ou, como diria Miguel Esteves Cardoso: “Para esquecer é preciso deixar correr o coração, de lembrança em lembrança, na esperança de ele se cansar”. E não é que, no final, ele sempre se cansa?

Pureza Fleming nasceu em Lisboa, Portugal, há 39 anos. Uma obcecada por palavras, como boa geminiana que é, tem dedicado a sua vida às mesmas. Trabalhou como copywriter em agências de publicidade tais como BBDO Portugal e McCann Erickson.

É, no entanto, pelo mundo das revistas que, ao longo da última década, tem espalhado as suas palavras. Já foi editora de moda e hoje escreve essencialmente sobre questões de comportamento e de sociedade — um world que a fascina.

Atualmente divide a sua vida entre Búzios, Rio de Janeiro, e Lisboa

Como Esquecer Alguém que Você Ama

  1. 1

    Expurgue as emoções através do riso e das lágrimas. Às vezes, a dor vai voltar e você sentirá vontade de chorar. Isso é normal! Chore, mas não se esqueça de rir também. Assista vídeos bobos na internet, veja alguns memes ou coloque o seu filme preferido na Netflix. O riso faz bem para a alma e pode ajudá-lo a melhorar bastante.[18]

    • Saia com seus amigos e riam juntos!
  2. 2

    Alimente-se de modo saudável. Quando se está sofrendo, é normal não querer comer nada ou só querer comer besteira. Ainda assim, isso fará com que você se sinta pior, principalmente se exagerar no açúcar. Coma frutas, legumes e proteínas magras sempre que possível.[19]

    • Tudo bem comer um pedaço de bolo de chocolate ou um pacote de batatinhas, principalmente nos dias que seguirem o término. Só tome cuidado para não comer apenas isso. Siga uma alimentação balanceada.
  3. 3

    Faça atividades físicas ao ar livre, se possível. Saia para caminhar no parque sozinho ou com um amigo. Vá para o seu clube preferido nadar um pouco. Jogue futebol, basquete, ou vôlei, tanto faz. Yoga também é uma excelente opção. Não importa o que faça, basta tirar a cabeça do sofrimento e se exercitar.[20]

    • Tente praticar pelo menos meia hora de exercícios por dia.
    • As atividades físicas liberam endorfinas no cérebro, substâncias que causam bem-estar. Ao se exercitar ao ar livre, você também receberá o benefício da vitamina D. Sair de casa também é bom! Aproveite tudo isso!
  4. 4

    Separe bastante tempo para dormir. O sono faz parte da recuperação do corpo, física e emocional. Se está com dificuldade para pegar no sono, deite um pouco antes e planeje dormir por pelo menos oito horas.[21]

    • Crie uma rotina de sono, desligando os aparelhos eletrônicos pelo menos uma hora antes do horário desejado para dormir. Beba um leite morno ou um chá, tome um banho quente e relaxe.
    • Em alguns casos, há o problema oposto, no qual você só quer dormir. Por mais que um pouco de sono não seja nada mal (algo entre nove e dez horas por noite), tente não exagerar. Levante e encare o mundo!
  5. 5

    Aceite o apoio de seus amigos e familiares.

    As pessoas que ama — parentes, amigos próximos e mentores pessoais — querem vê-lo feliz, portanto, não tenha medo de pedir um pouco de amor nesse momento difícil.

    Converse com eles e tente entender melhor seu estresse e suas emoções. Seu ex não era a única pessoa que o amava! Aproveite esse momento para passar um tempo com as pessoas que importam.

    • Mesmo que os conselhos recebidos não sejam perfeitos, a sensação de camaradagem ainda pode ajudá-lo a se sentir melhor.
  6. 6

    Retome sua rotina. Um cotidiano organizado pode ajudá-lo a se sentir mais “normal”. Tente levantar e deitar nos mesmos horários todos os dias, se alimentar nos mesmos horários, etc.[22]

    • Tudo bem pegar leve por um tempo. Você está passando por maus bocados, e é normal querer relaxar um pouco a rotina. Só não deixe a situação degringolar completamente.
  7. 7

    Cuide um pouco de si. Tome um banho de banheira ou faça uma massagem! Agora é a hora certa para se mimar um pouco. Vá ver aquele filme que tanto queria, faça compras ou saia da cidade por alguns dias. Faça o que o fizer se sentir bem.[23]

    • Até mesmo uma coisa simples, como tomar o seu café preferido ou sentar para ler um livro, pode ajudar.
  8. 8

    Procure um novo hobby para abrir mão dos hábitos antigos. Tente aprender um novo idioma ou fazer aula de culinária, por exemplo. Pegue alguns livros na biblioteca para ler mais sobre um assunto que sempre gostou, ou veja alguns vídeos na internet. Se quiser ir além, faça um curso presencial sobre o tema.[24]

    • Descobrir um novo hobby cria uma sensação de independência e liberdade, além de ser revigorante e gerar criatividade.

como esquecer um amor, amor perdido, ex namorado, superar o fim,

As desilusões amorosas machucam e marcam a nossa vida para sempre. Para finalmente seguir em frente é preciso tomar uma decisão dolorida: esquecer a pessoa amada. Mas como fazer isso e deixar o passado para trás?

Foto: (c) Can Stock Photo

Se você está passando por esta situação, nos te daremos dicas para colocar um fim nesta história.

O triste fim

Quando a gente perde alguém que ama muito, não dá para fugir de certos sentimentos como raiva, indignação e pessimismo. Se não deu certo com aquele cara que você gostava tanto e parecia ter tanta afinidade, imagina como vai ser com os outros? Mas amiga, as coisas não são assim.

Sentir desprezo de si mesma e acreditar que não há mais romantismo no mundo são duas coisas que todo mundo sente. O mal estar de um fim de um relacionamento é como um luto, em que você precisa aceitar tudo o que aconteceu e saber que a vida continua.

Pode parecer exagerado, mas há várias pesquisas que relacionam os dois sentimentos. Por esta razão, respeite o seu momento. Já vi tantas amigas quererem ir para a balada, beber todas, ficar com todos e depois chegar a casa e sentir o mesmo vazio.

Isso só faz mal para você mesma. É muito ruim olhar para os lados e lembrar os momentos que vocês passaram juntos, mas é ainda pior esconder o momento fossa e não superá-lo.

Deixando o passado para trás

O primeiro passo para esquecê-lo é aceitar o fim. A culpa não foi sua e nem dele, relacionamentos acabam e muitas vezes não queremos acreditar que, no final das contas, vocês não tinham idéias parecidas e as brigas eram freqüentes.

Foto: (c) Can Stock Photo

É muito comum que, quando acaba um namoro, nós lembramos somente da parte boa e esquecemos que ele nos fazia sofrer. Um dos elementos do aprendizado da vida diz respeito ao auto-conhecimento e a superação. O que não nos faz bem precisa ser deixado de lado, por mais que aquilo tenha nos dado, poucos, mas bons momentos de felicidade.

  • -> Como esquecer um amor que não deu certo

Descubra Como Esquecer Alguém que Nunca foi seu de Verdade Passo a Passo – Tendo Namorado ou Não com esse Alguém

Você sofre por amar alguém que não te ama? Fica alimentando esperanças a cada sorriso, palavra ou olhar, mas nunca é realmente correspondida?

Nesse momento você está sentindo muita dor, rejeição, tristeza e pode achar que isso nunca vai passar.

Mas, eu quero que você saiba que tem como esquecer alguém que nunca foi seu de verdade, tendo namorado ou não com esse alguém.

Nos contos de fadas, as princesas sempre vivem o amor de suas vidas felizes para sempre. A princesa se apaixona pelo príncipe e vice-versa. Porém, na realidade, isso nem sempre acontece.

Esquecer o ex-namorado depois de haver terminado é algo muito difícil de lidar sozinha.

Da mesma forma, é duro esquecer alguém que nunca foi seu. Desistir de alguém que nem sequer tivemos a chance de ter um relacionamento.

É normal você conhecer alguém, ficar atraída e, em pouco tempo, estar apaixonada por essa pessoa. Imaginando um relacionamento com ele.

  • Mas, se ele não sente o mesmo por você é perda de tempo alimentar falsas esperanças.
  • Você merece muito mais que migalhas!
  • Você merece alguém que te ame de verdade!
  • Pode parecer difícil agora, mas te garanto que depois que ler este artigo e seguir à risca, você vai superar esse amor de forma simples e rápida.

Como Esquecer Alguém que Nunca foi Seu – Passo a Passo

Antes de eu te contar o passo a passo de como esquecer alguém que nunca foi seu ou namorou, você deve ter em mente o seguinte:

  • Para ser um relacionamento sadio, o investimento dele em você deve ser igual ou maior ao seu investimento nele. _
  • Você não deve doar seu coração para alguém que não lhe doa o dele. Você tem brilho e valor próprios. _
  • Não desperdice seu valioso tempo com uma pessoa que demonstra pouco ou nada de interesse em você.

Sempre que se sentir triste lembre disso para te motivar a eliminar essa pessoa do seu coração.

Seja Sincera Sobre seus Sentimentos e Aceite a Situação

O primeiro passo para esquecer alguém que não te quer, é aceitar que está apaixonada e não é correspondida, talvez nem notada.

Seja sincera consigo mesma e identifique seu sentimento verdadeiro.

Muitas vezes queremos camuflar o que sentimos, tentando diminuir o problema. Porém, é importante reconhecer que sentimos algo forte pela pessoa.

  1. Também é importante identificar, dentro desse processo, os supostos sinais que alimentam a esperança de um relacionamento com ele.
  2. Tente recordar, com toda a sinceridade, cada momento no qual pareceu que você estava sendo correspondida.
  3. E agora que já admitiu seu sentimento, pense novamente se o que ele fez foi natural, e só você interpretou de forma errada.

Se o outro não sente o mesmo que você, provavelmente não está dando nenhum sinal. É você quem está levando tudo para esse lado para manter viva a esperança de um relacionamento.

Tudo está no seu interior, mas com o significado errado. É preciso mudar isso para esquecer um amor não correspondido.

O autoconhecimento é um elemento importante. Quem conhece seus sentimentos pode controla-los e deixar de ser controlada por eles.

Mas para que isso aconteça é preciso que decida mudar e esquecer esse alguém.

Ações para Esquecer essa Pessoa

O primeiro passo foi a preparação emocional que você precisa para realizar as ações que vão realmente te fazer esquecer alguém.

Agora você precisa tomar algumas atitudes para afastar essa pessoa da sua vida e poder seguir adiante.

Corte o Contato

Como esquecer alguém que se ama

As pessoas têm de morrer; os amores de acabar. (Reprodução)

Por Ricardo Soares*

Como é que se esquece alguém que se ama ?  Belo e espinhoso tema. Não me frustro, antes o contrário, quando um autor  consegue dizer tudo sobre um tema que almejo saber dizer. Assim foi com Miguel Esteves Cardoso ,escritor português, com quem tenho uma curiosa relação, digamos, intelectual.

Não o conheço pessoalmente,é bom que se diga, mas lhe louvo a verve, a ousadia , a provocação. Por ele tenho velada admiração desde 1991 quando morei fugazmente em Portugal e convivi com amigos que prezavam o estilo do autor.

Li com estupefação e contentamento seu livro “O amor é fodido” e muitas de suas ácidas crônicas.

Miguel Esteves Cardoso não tem similar na mídia brazuca. Seria, grosso modo, um grande mix entre Pepe Escobar, Paulo Francis e Reinaldo Azevedo ? Não , sacanagem , pois Azevedo não serve para lamber as solas das pantufas de Miguel Esteves. Só o citei pela petulância similar com o Miguel.

Pois há pouco mais de dois anos Miguel escreveu um texto primoroso sobre o tema “esquecer quem se ama” . Descobri a pérola faz pouco tempo e queria arriscar umas mal traçadas sobre .

O autor português diz, por exemplo :  “Como é que se esquece alguém que se ama? Como é que se esquece alguém que nos faz falta e que nos custa mais lembrar que viver? Quando alguém se vai embora de repente como é que se faz para ficar? Quando alguém morre, quando alguém se separa – como é que se faz quando a pessoa de quem se precisa já lá não está?

As pessoas têm de morrer; os amores de acabar. As pessoas têm de partir, os sítios têm de ficar longe uns dos outros, os tempos têm de mudar. Sim, mas como se faz? Como se esquece? Devagar”.

Esquecer devagar parece o conselho mais comum. Se é que existem conselhos a serem ouvidos quando há amores desfeitos envolvidos. O que parece terrível e Miguel Esteves aponta é que o esforço de esquecer para sempre e de repente uma pessoa pode surtir efeito contrário. Ela pode ficar colada para sempre na gente como musgo em parede úmida. Algo difícil e custoso de remover.

Outro detalhe: quem pretende adiar o luto da perda acaba por vivê-lo por mais tempo e com mais intensidade. Amor desfeito não obedece vontade racional mesmo que o racional nos aponte que o amor desfeito era um equivoco, algo tóxico , inviável .

O problema é cuidar, suportar, cevar a dor para que ela não nos drague. Não falo só em causa própria mas pelo que percebo por relações afora de amigos, amigas e afins.

Talvez porque ninguém suporte estar sozinho, talvez porque nos sentimos impotentes por não sabermos lidar com os conflitos das relações.  Ora, pois, elas demandam paciência e até um pouco de obediência  , disciplina e renuncia de ambas as partes.

Mas eu não vou ficar aqui dissertando sobre o tema que tanto aborrece sobretudo os homens . As terríveis “DRS” (discussões sobre relações) enfadonhas  e muitas vezes inócuas e redundantes.

Ao fim e ao cabo nada vai dar certo se ninguém  transformar a própria persona em nome da persona do casal. Disso sabem poucos como o Miguel Esteves Cardoso. Ou a psicanalista e poeta Maria Rita Kehl que disse um dia que o “amor é uma droga pesada”.

Ricardo Soares é escritor, diretor de tv, roteirista e jornalista. Dirigiu 12 documentários e publico 8 livros. O mais recente “Amor de mãe” pela editora Patuá.

O texto reflete a opinião pessoal do autor, não necessariamente do Dom Total. O autor assume integral e exclusivamente responsabilidade pela sua opinião.

Newsletter

Você quer receber notícias do domtotal em seu e-mail ou WhatsApp?

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*