Como Esquecer Alguem Que Nos Magoou?

Como Esquecer Alguem Que Nos Magoou?

Nem todas as pessoas que passam por nossa vida nos tratam com respeito e dignidade como merecemos. Em certas ocasiões, por uma série de motivos, as pessoas nos ferem, nos tratam mal e deixam uma marca difícil de apagar. Seja no amor, no trabalho ou em uma amizade, este tipo de indivíduos são considerados como companhias tóxicas e o melhor é deixar te ter contato com eles. Contudo, nem sempre é uma tarefa fácil, apesar de sofrermos por estas pessoas, é difícil deixá-las para trás.

Deixar de pensar em alguém que nos magoou pode se mostrar um grande desafio e, se conseguirmos, desenvolveremos uma boa autoestima, pois afastamos alguém que nos fazia mal. Se você não sabe como esquecer alguém que te magoou muito, recomendamos que continue lendo este artigo de Psicologia-Online.

É possível que tirar alguém da cabeça e do coração seja um grande desafio, logo, a primeira coisa que teremos de fazer será aceitar a necessidade real de dar este passo e assumir que essa pessoa nos fez mal. É provável que nossa mente não queira sentir a dor gerada no processo de aceitação, porém, se não realizarmos este processo, será impossível para nós esquecermos alguém que nos tenha feito mal.

Distanciar-se de relações tóxicas

Uma vez que tenhamos aceitado que essa pessoa não nos convém, é primordial gerar um ambiente seguro e livre dessa pessoa que nos fez mal.

Para poder esquecer alguém corretamente, é essencial evitar interagir com ele ou ela, visto que sua companhia dificulta muito o processo de esquecer.

Se é alguém que vemos todos os dias, será um processo mais complicado, baseado em estratégias de confrontamento, mas não é um desafio impossível.

Não olhe para trás

É importante não se arrepender da decisão que tomamos, se distanciar de uma pessoa que nos fez mal é o melhor que podemos fazer e devemos abandonar esse caminho. Olhar para trás é perigoso, já que a nostalgia faz com que revivamos os bons momentos passados com essa pessoa, mas sem lembrar daqueles que nos fizeram mal.

Siga com sua vida

Uma boa maneira de esquecer alguém que te fez mal é tendo novas experiências, todas elas longe da pessoa que feriu nossos sentimentos ou pisou em nossa dignidade. Devemos seguir tendo uma vida normal, sem ficarmos presos no que aconteceu conosco, esquecendo o passado e vivendo o presente.

Como Esquecer Alguem Que Nos Magoou?

As relações amorosas nem sempre terminam bem e, se nos magoaram no amor, temos que desenvolver nossos próprios pontos fortes e esquecer essa pessoa que, no seu tempo, foi tão importante para nós. O primeiro passo para deixar para trás uma pessoa que foi amada, é perdoar o mal que ela nos fez.

Por mais estranho que pareça, este passo é muito importante visto que, se não perdoamos, carregaremos um peso desnecessário que apenas nós sentiremos. O perdão não implica que tudo o que essa pessoa nos fez esteja certo, mas perdoar é algo que precisamos fazer para seguir em frente e deixarmos de ser tão rancorosos/as.

Para conseguir tirar alguém da sua cabeça, depois do perdão vem o esquecimento.

Esquecer implica retirar por completo as recordações dessa pessoa durante tempo suficiente para que pare de doer.

Temos que deixar para trás essas pessoas que nos ferem no amor e deixar de gostar de quem não nos valoriza, assim como é dito na cultura popular: quem te ama não te fará sofrer.

No final, depois desta fase tão dolorosa, teremos aprendido a deixar para lá para sermos mais felizes.

É possível que, no começo, nos custe muito para esquecer, deixar para trás e ignorar alguém que nos fez mal. Parece pouco lógico e muitas vezes podemos chegar a reprovar este comportamento em outras pessoas (por exemplo em vítimas de maltrato psicológico em uma relação),mas este problema tem uma interpretação mental.

Explicação psicológica sobre por que é difícil esquecer

Desde pequenos, nossa mente foi aprendendo a se relacionar com os outros de uma maneira mais ou menos afetuosa. As relações de apego são muito importantes, uma e vez que somos seres sociais por natureza e aprendemos com nosso entorno.

Quando alguém nos faz mal, o vínculo de apego é atacado e afeta nosso bem-estar psicológico.

Uma forma que nossa cabeça tem de manter certa estabilidade é mediante fatores de proteção que negam a dor e fazem com que nos custe mais para esquecer alguém.

Porém, temos que dar um passo adiante e aprender a gerir nossos sentimentos e emoções, fortalecendo assim nossa autoestima e aprendendo a diferenciar entre um bom vínculo e uma relação tóxica.

Como Esquecer Alguem Que Nos Magoou?

  • Quando uma porta se fecha, outra se abre, mas muitas vezes olhamos tanto tempo e com tanta tristeza para a porta que se fecha, que não notamos a outra que se abriu para nós. – Alexander Graham Bell
  • Esquecer é divino.- Andrés Calamaro
  • Sabe o que é bom nos corações quebrados? Que só podem se romper de verdade uma vez. As outras são apenas arranhões.- Carlos Ruiz Zafón
  • Se alguém realmente quer te machucar, encontrará uma maneira de fazê-lo de qualquer modo. Não vou viver minha vida me preocupando com isso.- George Michael
  • É melhor estar sozinha do que infeliz com alguém. – Marilyn Monroe
  • Existem derrotas, mas ninguém está a salvo delas. Por isso, é melhor perder algumas batalhas na luta por nossos sonhos, do que sermos derrotados sem nem mesmo saber pelo que estamos lutando.- Paulo Coelho
  • Aquele que pede para esquecer, não esquece quando se dá conta de que lembra de esquecer. – Pedro Calderón de la Barca
  • No momento em que somos machucados, é quando aprendemos. – Steve Maraboli
  • Perdoar aos outros também significa perdoar a nós mesmos, pelo dano que nos causamos inconscientemente.

Este artigo é meramente informativo, em Psicologia-Online não temos a capacidade de fazer um diagnóstico ou indicar um tratamento. Recomendamos que você consulte um psicólogo para que ele te aconselhe sobre o seu caso em particular.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como esquecer alguém que te magoou muito, recomendamos que entre na nossa categoria de Crescimento pessoal e autoajuda.

Entenda a importância e como esquecer de alguém que te magoou muito | Arita – Treinamento de Inteligência emocional

Como Esquecer Alguem Que Nos Magoou?

Você já acompanhou aqui no blog alguns posts dentro deste tema, como sobre a diferença entre arrependimento e remorso, por exemplo. Hoje, seguindo esta linha, vamos entender a importância e como esquecer de alguém que te magoou muito. Confira na sequência algumas dicas para levantar a poeira e seguir sua vida com felicidade e ótima perspectiva de futuro.

6 dicas para esquecer e superar mágoas

1 – Evite lembranças: assim como um alcoólatra tem que evitar ao máximo o contato com bebidas alcoólicas e ambientes que influenciem o ato de beber, como festas e happy-hours, quem ainda sente mágoas de outra pessoa tem que evitar a todo custo as lembranças do que passou. Não olhe fotos antigas, evitar usar roupas e presentes associados a essa pessoa e assim por diante.

2 – Olhe e cuide mais de você: outra boa dica para esquecer de alguém que te magoou muito é olhar para você mesmo. Cuide mais da sua aparência, comece um novo hobbie, vá a academia, faça uma viagem ao exterior e pratique atividades que visam sua melhora de autoestima. Desta maneira, com o passar dos dias e meses, você ocupará sua mente e esquecerá aos poucos de tudo o que te magoa.

3 – Mude sua alimentação e faça mais exercícios físicos: você pode até se perguntar o que isso tem a ver com o tema de hoje. Mas, acredite, tem muita relação. Exercícios físicos e uma alimentação balanceada liberam os hormônios dopamina e ocitocina. O primeiro é responsável pela sensação de prazer e recompensa e o segundo é conhecido como “hormônio do amor”.

4 – Fim de papo: encerre a história que te traz mágoas. Não culpe mais ninguém por todo o sofrimento que passou ou ainda passa nos dias de hoje. Você perceberá, assim que colocar um ponto final na história, que somente você é responsável pela felicidade que deseja alcançar. Ninguém mais tem este poder e ficar alimentando assuntos antigos só pode lhe fazer mal.

5 – O tempo é o senhor da razão: certamente você já ouviu ou leu esta expressão popular em algum lugar. Para superar mágoas ela é 100% verdadeira. O tempo é muito sábio e ele cura.

6 – Desenvolva sua inteligência emocional: muitas pessoas não conseguem, simplesmente, superar mágoas e vivem vidas de tristeza e agonia. A boa notícia é que através de treinamentos de inteligência emocional é possível treinar a sua mente e criar estratégias personalizadas para buscar um caminho de mais felicidade. Procurar ajuda profissional não é vergonha, muito pelo contrário.

  • Leia mais no blog: conheça dos diferentes tipos de estados emocionais

A Arita Treinamentos está ao seu lado

Um dos grandes diferenciais da Arita, no que diz respeito às metodologias e treinamentos de inteligência emocional, é que a empresa é formada por profissionais que realmente entendem de assunto e que estão preparados para lidar com pessoas de diversas faixas etárias, com histórias e objetivos diferentes. Desta maneira, tem a capacidade de criar um planejamento de ações personalizado para você superar mágoas e esquecer de pessoas do passado.

Quer saber como tudo isso funciona na prática? Não perca mais tempo e envie hoje mesmo um e-mail solicitando mais informações. CLIQUE AQUI.

Crédito: AntonioGuillem / Tipo de licença: Royalty-free / Coleção: iStock / Getty Images Plus

Como Esquecer Alguem Que Nos Magoou?

Graduada em Psicologia pela Universidade Bandeirante de São Paulo e em Engenharia pela FEI, Lizandra Arita é também psicóloga Institucional e Clínica, atuando desde 1998 (22 anos) em treinamentos de autodesenvolvimento.

Especialista em PNL (Programação Neuro Linguística), Hipnose e Autohipnose, Rebirthing, Psicodinâmicas, Gerenciamento de Emoções e Conflitos, Lizandra é especialista em casos de depressão, ansiedade, processos emocionais ou comportamentais, problemas de relacionamento, fobias, pânico e transtornos obsessivos compulsivos.

Entre suas especializações, Lizandra tem formação em cursos de aperfeiçoamento de Master Practitioner pela SBPNL, Disney’s Approach to Quality Service (Disney Institute), Os Segredos da Mente Milionária (T.

Harv Eker), Unleash the Power Within (Anthony Robbins), Hipnose & Auto-Hipnose (Instituto AmanheSer), Formação Profissional em Renascimento (Instituto Renascimento), Rebirthing (Instituto Sinergia),Grupo Dirigido de Psicodinâmica em Negócios (Cogni MGR), The Healing Potential of Non-Ordinary States of Consciousness (Stanislav Grof), Movie Yoga – Turning Your Life into an Epic Adventure (Tav Sparks), The Adventure of Self-Discovery/A Holotropic Breathwork Experience (Stanislav Grof e Tav Sparks), Gerenciamento de Emoções e Conflitos (Cogni MGR) e Psicologia Pré e Peri Natal (ACT Institute).

Como Deixar De Amar Alguém Que Te Magoa? (IMPERDÍVEL)

0 Como Esquecer Alguem Que Nos Magoou?

Nós sabemos. Há uma pessoa que te machuca repetidamente, mas simples e simples você parece não ser capaz de parar de amá-la. O problema não é tanto que você quer, mas você sempre acaba desistindo de suas demandas, se sentindo mal pelo que faz ou deixando que isso o machuque.

As coisas são muito mais complexas do que os outros pensam. Embora todos digam que você simplesmente “se afaste” como se fosse a coisa mais simples do mundo, você experimenta o vínculo que o liga à outra pessoa como algo impossível de quebrar.

Aceite e compreenda o problema

Negação, justificação e autocensura são as táticas mais comuns que as pessoas usam quando estão em um relacionamento com alguém que as machuca. Escusado será dizer que eles não estão nem perto do mais eficiente para a sua saúde emocional.

Leia também:  Paypal O Que É E Como Funciona?

Primeiro vamos definir essas táticas comuns:

Negação: 

Aparece quando fazemos o impossível porque não vemos o problema à nossa frente. Nós ignoramos, normalizamos ou minimizamos. Ele se expressa com mentiras constantes em relação a si mesmo e com os esforços para esquecer vigorosamente todos os danos que a pessoa nos causou ao longo do dia.

Um dos negação mais clara e dramática dos exemplos problema é o exemplo da mulher agredida que não só tenta convencer os outros, mas assim que ela mesma faz, que suas contusões são o resultado de um acidente, e não o ciúme ou a raiva do seu parceiro. Aceitar que há um problema, como em tudo, é o primeiro passo para chegar em algum momento para resolvê-lo.

Como Esquecer Alguem Que Nos Magoou?

justificativa: 

  • Acontece quando, embora estejamos cientes de que existe um problema, tentamos minimizar a importância das circunstâncias e não da pessoa.
  • Se a pessoa que você ama constantemente está justificando os comportamentos que o magoam, então é porque você tem medo de encarar a consequência lógica da verdade: não são as circunstâncias, é essa pessoa, sim, seu amor.
  • Por exemplo, vamos imaginar que alguém está sempre desculpando a crítica de outra pessoa, alegando que ela teve um dia muito estressante ou porque ela se preocupa com seu bem-estar.

Isso não significa que a outra pessoa é má, mas também não é sua responsabilidade

  1. Ao contrário do que todos pensamos intuitivamente, o fato de outra pessoa nos machucar não significa necessariamente que ela é ruim.

  2. 1) Eles estão com medo de se machucar novamente
  3. 2) Eles não têm a capacidade de admitir seus defeitos
  4. 3) Eles são profundamente egoístas
  5. 4) Eles querem “amarrar” as pessoas para que não fiquem sozinhos
  6. 5) Eles não sabem maneiras assertivas de lidar com conflitos
  7. 6) Eles são emocionalmente imaturos

Certamente você entende ou intui qual é a causa específica porque uma pessoa que você ama magoa você com frequência. Mas lembre-se que esta pode ser a principal armadilha. Sabendo que eles não o fazem do mal, você interpreta que não tem o direito de reprovar seu comportamento, mesmo que isso o afete.

Você tem que ser sua prioridade

Na mesma linha do que precede, bem como os comportamentos dolorosos da pessoa que você ama não é sua culpa, nem é da sua responsabilidade para mudá-los, você deve estar ciente de que é sua a responsabilidade de cuidar de si mesmo e evitar se machucar.

Você é sua prioridade e, por mais que ame outra pessoa, chega a hora de começar a lutar por si mesmo. E sim, embora você a ame muito, a outra pessoa se recusa a lutar por você também, você sabe que era hora de retirá-la fisicamente ou emocionalmente de sua vida.

Isso é muito doloroso e imediatamente desencadeia sentimento de culpa: sentimos que somos pessoas ruins para sair, que somos egoístas e que não estamos realmente fazendo tudo o que devemos fazer pelo outro. Lembre-se, esta é uma das armadilhas mais perigosas dos relacionamentos tóxicos. Não caia nisso!

Aceite quando é necessário parar de lutar

Quando você aceita que há um problema e que a pessoa que você ama, quer você goste ou não, está te machucando, é bem possível que uma dúvida perigosa possa aparecer: Devo ficar longe de tudo ou devo apenas encontrar uma maneira que o que faz não me afeta?

Provavelmente você está tentado a escolher a segunda opção, como uma tentativa que o mal e não afeta você e manter o bem ou o que você sente apego. Mas a realidade é que “fingir não o afetar” equivale a negar, minimizar ou normalizar o problema.

Chega um ponto de ruptura em todos os relacionamentos tóxicos, em que se torna claro se a outra pessoa está disposta a mudar ou não, não importa o quanto ele faça promessas de que ele irá, então, quebrar de novo e de novo.

Perdoe

Assim como não é sua culpa ou sua responsabilidade que uma pessoa que você ama o tenha ferido, você precisa entender que era sua responsabilidade permitir isso. Talvez depois de entendê-lo, você fique muito zangado consigo mesmo, é normal. Mas você também precisa se perdoar.

Ninguém nos dá um manual sobre como nos proteger e a realidade é que os relacionamentos abusivos tendem a começar tão sutil e progressivamente que perceber e escapar deles não é fácil.

A fim de realmente superar o dano causado a você por alguém que você ama, você deve não apenas deixar de lado o rancor contra ele ou ela, mas também aquele que você sente em relação a si mesmo.

Cerque-se de pessoas que o fazem bem

Não é suficiente que você coloque distância física e emocional entre você e quem te machuca. Você também precisa reaprender que nem todos os relacionamentos são assim.

Cercar-se de pessoas que realmente se importam com você e que estão lhe fazendo bem é a melhor maneira de encontrar seu lugar e seu valor no mundo.

Não se tranque em si mesmo. Há muito a saber e o que viver lá fora. Aprenda com o que você viveu, mas não pondere sobre a amargura, use esse aprendizado para desenvolver relacionamentos cada vez mais saudáveis ​​e mais justos. Este artigo foi útil? Deixe-nos suas sugestões e comentários.

Magoou: atitudes que magoam e dicas para vencer a mágoa

Se alguém te magoou, mas você não consegue esquecer, precisa saber como esse sentimento pode ser destrutivo.

Além disso, é preciso entender também que nossas atitudes podem magoar aos outros. Por esse motivo, é preciso entender o que é a mágoa. Além disso, é indispensável ter consciência de quais atitudes podem magoar os outros e a nós mesmos.

Esse artigo busca ajudar a entender tudo isso e também queremos falar de como a psicanálise vê a magoa.

O que é a mágoa

Vamos começar entendendo o que é a mágoa.

A mágoa é um sentimento muito comum a todos os seres humanos. Ele é caracterizado por uma sensação resultante de um ato indelicado que nos decepciona.

Além disso, esse sentimento, ao contrário de outros, provoca uma sensação de desconforto. Outro ponto é que ele pode durar muito tempo, inclusive, durar uma vida toda.

Já outros sentimentos podem ser intensos, mas passageiros.

Outro ponto é que quando a pessoa te magoou, você sente uma mistura de rancor, raiva e tristeza. Sendo que, na maioria das vezes, ele resulta de uma grande decepção.

Afinal, todos esperamos algo de alguém, mas quando essa expectativa é quebrada de maneira brusca, isso nos entristece.

Porém, mais do que uma quebra, é algo que acontece realmente efetivamente de forma contrária ao que queríamos.

Como Esquecer Alguem Que Nos Magoou?

Ademais, pensando no sentido figurado da mágoa, ela pode representar a inveja de algo que pertence a outra pessoa. Nesse prisma, nós ficamos magoados por não chegar aonde o outro está. É como se o mundo estivesse nos magoando, nos injustiçando.

A mágoa e a psicanálise

Neste tópico vamos pensar em como a psicanálise entende a mágoa.

Para a psicanálise as mágoas acontecem quando criamos muita expectativa em relação ao outro. Ou seja, nós olhamos o outro de acordo com um prisma pessoal.

Com isso, acreditamos de mais no outro, em como idealizamos que ele seja. Porém isso não é a pessoa de verdade, mas como queremos que ela seja.

E quando a pessoa não responde a isso, a mágoa surge, levamos isso para o pessoal.

Claro, isso quando alguém nos magoou sem intenção.

Nesse ponto a psicanálise busca entender como projetamos as imagens as pessoas e as situações que nos cercam. Analisa ainda quais são os fatores que nos influenciam e como internalizamos as experiências vividas. Outrossim, como a internalização modifica e transforma os outros e a nós.

Quando conseguimos deixar as projeções e expectativas de lado, temos uma vida mais leve. Afinal, não damos tanto poder às quebras de expectativas e elas não nos machucam tanto.

Atitudes que magoam

Em cima de todos esses pontos, listamos algumas atitudes que podem nos magoar e magoar quem nos rodeia:

Mandar alguém calar a boca

Tentar silenciar alguém é algo agressivo, pois impede que o outro diga o que sente ou pensa. Ou seja, o silenciamento tem como finalidade a anulação do outro como indivíduo. Não há razão para que o outro, ou você, exija que a pessoa se cale. Mesmo que o que ele diga pareça uma loucura, a pessoa tem direito de se expressar.

Leia Também:  Peregrinação religiosa: o que é?

Se as partes da conversa não estão preparadas para se escutarem, é melhor parar e continuar depois. Porém, nunca diga ao outro que ele deve se calar. E lembre-se que se um “cala boca” te magoou, pode magoar o outro também. Então é preciso ter cuidado e respeito pelo outro.

Adjetivos ofensivos

Quando nos dirigimos ao outro de maneira ofensiva nós podemos destruir o amor próprio dele. Dessa forma, a nossa autoimagem também pode ser abalada quando somos ofendidos. Isso acontece porque o outro é importante para gente, assim como nós somos importantes para ele. Consequentemente, os adjetivos ofensivos podem diminuir, humilhar e rebaixar.

Por esse motivo, é preciso ter muito cuidado com o que dizemos. Nós somos pessoas e merecemos respeito.

Não se importar com a outra pessoa

Relações são pautadas em estabelecimento de laços. Quando nos sentimos ignorados ou ignoramos os outros, os laços são estremecidos. Afinal, não há algo mais triste do que saber que não é importante para quem amamos.

Muitas vezes nem temos consciência disso, mas por exemplo, muitas mães sentem isso. Afinal, quando crescemos e saímos de casa, acabamos tendo uma vida corrida e sem tempo. Nossas mães acabam sendo negligenciadas. No entanto, o afastamento não significa que não as amamos, mas que a vida está corrida. Contudo, isso magoa, porque as pessoas precisam de atenção e carinho.

No dia a dia precisamos valorizar as pessoas que amamos e mostrar a importância delas para nós. No entanto, se alguém te magoou com a negligência, reveja essa relação. Algumas pessoas não podem te dar o que você merece.

Falta de gratidão

A gratidão é algo precioso. Por isso é preciso agradecer as pessoas. Contudo, a gratidão deve ser algo real, verdadeiro. Ou seja, não adianta só ficar agradecendo aos quatro ventos, mas reconhecer o valor verdadeiro.

Precisamos todos os dias entender como uma pessoa modifica as nossas vidas. Até mesmo quem não foi tão legal nos ajudou a crescer. Entende?

Além disso, é importante deixar o outro saber o quando é importante e fez diferença em nossas vidas.

Como vencer a mágoa

Agora que já vimos o que é a mágoa e quais as atitudes que nos magoam, vamos entender como vencê-la. Afinal ressentimentos levam tempo para crescer, e livrar-se deles é um processo. Para conseguir isso, listamos algumas atitudes que podemos tomar quando alguém nos magoou.

Reconheça a mágoa

Quando alguém nos magoa, mesmo que para os outros seja bobagem, para nós é real.

Para entendermos a maneira como a mágoa nos afeta, é preciso que consigamos descrever a situação e o que sentimos a partir dela. Um diário pode ajudar nisso.

Afinal, é preciso colocar para fora o que tem dentro de nós, só assim poderemos trabalhar esses pontos. Não importa se é algo “besta”; se nos afeta, precisamos lidar com isso.

Perdoe

Perdoar alguém que te magoou é algo que fazemos por nós mesmos. E o perdão não significa que esqueceremos o que nos ofendeu. Muito menos concordamos com o que aconteceu. Nem mesmo que o outros serão diferentes, mas que não deixaremos que isso nos afete de maneira destrutiva.

Além disso, o perdão não deve ser dado apenas aos outros, mas a nós mesmos também. Afinal, nós também magoamos os outros (até a nós mesmos) e precisamos perdoar nossos erros.

Leia também:  Como Evitar Que As Fezes Ficarem Duras?

Leia Também:  Filme A Casa Monstro: análise do filme e dos personagens

É sempre bom ter em mente que nós amadurecemos na jornada da vida. Sendo assim, em muitos momentos temos atitudes imaturas e que hoje faríamos de outra forma. É preciso compreender nossa história e nossa evolução e não ficar preso a isso. Por isso devemos nos perdoar pelo que não foi tão legal.

Não deixe que a raiva te defina

Quando deixamos que a negatividade defina o que somos, nos prendemos ao passado e a infelicidade. Isso não significa que devemos ser passivos a tudo e aceitar as situações sempre.

Mas que devemos entender que a negatividade nos limita e nos joga para baixo. É preciso coragem para enfrentar os problemas e as dores.

Devemos nos impor sim, além de lutar contra o que nos magoa.

No entanto, devemos evitar fazer isso de uma forma destrutiva.

Não seja vítima da mágoa

A mágoa nos afeta sim, porém, não podemos deixar que isso nos defina. Somos mais do que o que sentimos e que nos machuca.

Por isso, precisamos entender o que sentimos, como nos afeta e como mudar isso. Temos que tomar a responsabilidade de modificar as nossas vidas para nossas mãos e não deixar na mão da mágoa.

Comentários finais sobre como lidar com o que te magoou

Se alguém nos magoou, isso nos afeta e a nossa vida. Mas é preciso se livrar dos sentimentos destrutivos. Precisamos realmente trabalhar no que nos machuca e aprender como não magoar aos outros.

Por fim, se você quer entender mais sobre a relação entre o que te magoou a e a mente humana, nosso curso de Psicanálise online pode te ajudar. É um curso 100% online que aborda várias nuances da psicanálise. Além disso, o início do curso é imediato. Saiba mais sobre ele e se inscreva!

Blog: Dia da saudade: dicas de como esquecer alguém que te faz sofrer | Sociedade Brasileira de Inteligência Emocional

Como Esquecer Alguem Que Nos Magoou?© Depositphotos.com / 5PH A saudade pode ser um sentimento bastante doloroso, por isso ficar atento para que esse sentimento não se torne um algo excessivo.

O dia 30 de janeiro é marcado pelo Dia da Saudade, um sentimento que não pode ser traduzido em palavras e sequer existe em um em diversas línguas do mundo. Apesar disso, a saudade é tema central da maioria das obras de literatura e letras de música.

Todas as pessoas certamente já sentiram saudade de algo ou alguém, e ela pode até ser um sentimento gostoso e positivo — especialmente quando diz respeito a algum momento feliz.

Por outro lado, a saudade também pode ser um sentimento doloroso e que traz sofrimento.

Em geral, a saudade que causa dor tem relação com relacionamentos abusivos, traições, paixões proibidas, amores não correspondidos ou até mesmo aquele doloroso “não te amo mais”.

Quando um indivíduo está apaixonado, regiões do cérebro associadas aos vícios (álcool, cigarro e cocaína) são ativadas e é preciso estar atento para que a tristeza causada pelo fim do relacionamento não se torne um ciclo vicioso. Neste caso, é necessário um esforço consciente para seguir em frente e esquecer a pessoa que está causando todo esse sofrimento.

Causas da tristeza amorosa

Sofrer por amor é uma consequência da dependência emocional, em que a pessoa projeta suas expectativas e felicidade no outro e passa a depender da pessoa amada para ser feliz. Em geral, pessoas inseguras e que sentem muito medo de assumir a responsabilidade sobre a própria vida tem mais dificuldade em passar por esse processo.

Dicas para esquecer e superar

Fuja do clico vicioso

Da mesma maneira que um dependente de álcool precisa cortar todas as bebidas alcoólicas, superar a dependência emocional exige que você fique longe de tudo o que possa remeter à pessoa que te causa sofrimento. Pelo menos por um tempo, evite olhar fotos, não espie redes sociais e deixe de frequentar os mesmos locais que o outro.

Cuide de você

Mude o foco e passe a dar prioridade para você. Invista em projetos que tragam benefícios para sua vida pessoal e profissional, como um esporte, um curso ou uma viagem.

Trabalhe sua autoestima

Cuide da sua autoestima e comece a gostar de quem você é, aceitando suas fraquezas e ressaltando suas forças

Aposte na ocitocina e dopamina

A ocitocina é conhecida como o “hormônio do amor” e, quando estamos sofrendo por alguém, é natural que os níveis dessa substância caiam drasticamente. A dopamina, por sua vez, é responsável pela sensação de prazer e recompensa.

Portanto, procure fazer coisas que aumentem os níveis destas substâncias no seu organismo: faça exercícios físicos regulares, tenha uma alimentação saudável e reduza o consumo de alimentos ricos em gorduras e açúcares.

Perdoe e encerre a história

Guardar mágoas é como tomar uma dose de veneno todos os dias: só faz mal à sua saúde e torna o recomeço cada vez mais difícil. Não culpe ninguém pelo seu sofrimento, uma vez que é você o principal responsável por sua felicidade.

Dê tempo ao tempo

O tempo é muito poderoso, e você precisa confiar nele. Durante o período de sofrimento, é natural que os dias pareçam se arrastar, mas isso passa. Preencha seus dias com atividades que façam bem a você, contribuam para seu desenvolvimento e espere.

Desenvolva sua Inteligência Emocional

Se você deseja transformar sua vida, encontrar força e coragem para recomeçar e dar a volta por cima, não deixe de conhecer o Método LOTUS — um treinamento de três dias que está transformando a vida de milhares de pessoas

10 coisas que não se deve fazer para esquecer alguém

O que você está procurando?

Após ter tido o privilégio de conhecer muitas pessoas através do contato no site, notei que grande parte (homens e mulheres), estão em Estado Depressivo devido ao término conturbado de um relacionamento amoroso, independente do motivo que levou ao fim do mesmo.

O fim de um relacionamento em si traz muito sofrimento para ambas as partes, principalmente para quem amou demais o seu parceiro. Talvez você discorde, porque em algumas situações é praticamente impossível acreditar que o outro sofreu de alguma forma, mas o término sempre deixa uma lacuna aberta.

A rotina com aquela pessoa, quando é quebrada de vez e nunca mais volta, deixa um vazio, pois nos acostumamos com o jeito daquela pessoa, com a maneira de falar, agir e viver. Porém, nada como o tempo para curar essa sensação de vazio. E nada como um outro romance para você deixar de pensar naquele que não deu certo.

Além da dor do fim, existem alguns fatores que te ajudam a sofrer ainda mais pelo relacionamento que não deu certo.

Sentimento de culpa (eu fiz algo de errado, não fui boa o bastante, eu não enxerguei que ele (a) não valia a pena), de vergonha (o que vou dizer para as pessoas? Sempre fui segura de mim e não deu certo), medo (nunca mais vou encontrar alguém que me faça sentir o que ele (a) me fez sentir), e entre muitos outros sentimentos são muito prejudiciais, mas infelizmente na maioria dos casos é muito difícil esquivar-se deles.

Quando nos dedicamos a alguém, mudamos nossa vida, nossos desejos, nossos objetivos, somos fiéis e leais à outra pessoa, mas os sentimentos dela não são recíprocos, isso nos provoca um sentimento negativo, onde nos sentimos inúteis, usados, a autoestima vai lá para o chão, a segurança se esconde, e a tristeza por não termos sido reconhecido pelos nossos atos toma conta da gente. Então nos perguntamos o tempo todo: onde eu errei? Por que estou passando por isso? Será que o amor verdadeiro não existe mais, ou eu que não soube viver um relacionamento? Não fui capaz de fazer o outro feliz?
O grande problema está aí. Independentemente de quem terminou o relacionamento. Nos culpamos o tempo todo e todo o tempo. Como se a culpa de todo o fim fosse nossa. Até quando terminamos com alguém, ficamos mal, porque pensamos: poxa vida, passei tanto tempo sendo cauteloso para me relacionar com alguém certo, e fui escolher justo ele (a). Ninguém deseja estar com alguém, se apaixonar e viver momentos felizes e de repente descobrir que aquilo tudo foi ilusão. Temos que aprender a tirar coisas boas do fim de um relacionamento. Podemos aprender muito até mesmo com essas experiências, para que no próximo relacionamento os erros não se repitam. Podemos descobrir atitudes nossas que desagradam os outros, assim como atitudes que não toleramos nos outros.

Portanto, se o relacionamento acabou, o que nos resta é aceitarmos e lutar para superar e esquecer o ex parceiro (a). E o primeiro passo é QUERER esquecer o parceiro. Mas existem indivíduos que fazem coisas que em vez de ajudar, só prejudica ainda mais.

Você entrou em Depressão devido ao término? Tudo bem, emoções fortes podem sim causar grandes transformações em nosso estado mental, porém se você não quiser passar o resto da sua vida sofrendo por uma relação que não deu certo, perdendo a chance de conhecer outra pessoa, você precisa deixar alguns hábitos para trás.

Em suma, existem 10 comportamentos que devem ser evitados:
1. Ficar remexendo as redes sociais do parceiro (a), para manter-se informado de tudo que o mesmo (a) está fazendo;
2. Guardar as fotos do relacionamento e ficar revendo-as;
3. Ficar se lamentando o tempo todo pelo fim;
4. Achar que não vai ser mais feliz com ninguém;
5.

Ficar arranjando motivos para falar com ele(a);
6. Investigar a vida dele (a) para saber se ele (a) já tem outra pessoa;
7. Escutar as músicas do relacionamento que te fazem lembrar dele (a);
8. Se trancar no quarto e não ter mais vida social;
9.

Ficar torcendo para que o outro não seja feliz também (por mais que o parceiro (a) mereça se dar mal de algum jeito, ficar torcendo para que isso ocorra com ele (a), é manter seus pensamentos nele (a), coisa que você deve banir da sua mente);

10. Desistir do amor, achando que todo homem ou toda mulher é igual;

Enfim, se você parar a sua vida por conta do término de um relacionamento, mais difícil será para você superá-lo, pois irá sobrar tempo para você pensar, se lamentar, sofrer e chorar por algo que definitivamente não te fez bem. Se algo provoca o seu sofrimento, então você precisa aprender a afastá-lo de ti.

Sei que é complicado, que muitas vezes existe uma esperançazinha lá no fundo do coração, que faz você pensar que pode ser que um dia a pessoa mude, que te reconheça e venha te pedir perdão, ou qualquer outra coisa que reverta a situação.

É extremamente importante cultivar o amor próprio, cuidar de você, fazer coisas que você gosta, e preencher a sua vida com coisas edificantes. Existem casos de casais que terminam e depois voltam, contudo você jamais deve alimentar essas esperanças e ficar vivendo em função de algo que talvez nem aconteça.

Pode ter muita gente ao seu redor querendo apenas uma chance de estar contigo para valer.
Todos devem aprender a entrar num relacionamento de cabeça fria e racional. A paixão cega as pessoas e você deixa de dar importância a pequenos aspectos que, muitas vezes, deixam claro que a pessoa não é a certa para você.

Fique ciente de que ninguém é incapaz de magoá-lo ou decepcioná-lo. Às vezes achamos que aquela pessoa nunca irá fazer algo ruim para a gente e, quando isso acontece, a decepção é maior. Nada de idealizar relacionamentos. A ilusão é um dos fatores que mais promovem o fracasso dos relacionamentos.

Vemos aquele ser como perfeito, incrível e quando de fato passamos a conviver, tudo muda, a paixão some e o relacionamento enfraquece até chegar ao fim.
Na maioria dos casos, os casais começam um namoro sério sem uma base sólida. Sem um propósito real.

Leia também:  Como Saber Onde Vai A Encomenda Da Gearbest?

Muitos pulam o namoro (que deve ser o meio pelo qual você avalia se o parceiro é alguém que você possivelmente quer para a sua vida) e já vai morar junto ou se casam muito rapidamente. É preciso muita paciência, força de vontade e pensamentos racionais para lidar com um relacionamento amoroso. Essa história de ouvir o coração, comigo não cola.

Seja lá qual o motivo pelo qual você ou o seu parceiro (a) terminou o relacionamento, você precisa superar isso para não se machucar mais. Nada é imutável. Passamos por constantes mudanças na vida e algumas delas não estão nos nossos planos, mas reconheça que é necessário e extremamente fundamental agir para lutar contra os sentimentos ruins que essas mudanças às vezes nos trazem. Bora sair dessa? Dar um ponto final nesse sofrimento? Sei que é um processo demorado e difícil, mas você vai conseguir.

Espero que tenham gostado. Me contem suas histórias. Algum de vocês já passou ou está passando por algo parecido? O que está fazendo para superar esse obstáculo? Um grande abraço e fiquem com Deus.

Oração para esquecer alguém que te magoou

Nunca é fácil esquecer uma determinada pessoa que esteve na nossa vida muito tempo e que nos acompanhou durante os piores percursos a percorrer, porém é necessário fazê-lo para conseguirmos seguir em frente.

Infelizmente, por muita força de vontade que se tenha, isso nem sempre é possível. Existem sempre aqueles pensamentos que aparecem de repente e aqueles momentos em que estamos sozinhos em que essa pessoa nos vem à cabeça.

Portanto, torna-se uma tarefa difícil de conseguir. Felizmente, podemos pedir ajuda ao Nosso Senhor através de uma oração para esquecer alguém que magoou você e que precisa deixar para trás na sua vida.

A oração tem como objetivo auxiliar você no processo de esquecer essa pessoa, de modo a que consiga seguir com a sua vida em frente de uma vez por todas.

“Senhor, ouve a minha oração e escuta o pedido aflito de meu coração que sangra e sofre por perder o amor que o acalentava. Nesse momento, Senhor, minha vida parece desaparecer como fumaça e meu corpo arde como a relva seca.

Perdi a fome, a sede e apenas gemo de dor e sofrimento, como um pássaro solitário no galho mais alto de uma árvore seca. Só em ti, Senhor, posso encontrar consolo. Só em teu amor posso encontrar a misericórdia e o alívio para suportar a dor.

Que a minha luz não se apague, mas se vivifique em tua luz; que meu alento não esmoreça, mas se fortaleça em tua misericórdia; que meu desalento não me prostre à beira do caminho, mas seja substituído pelo chamado da felicidade que colocarás à minha espera, no fim de um novo caminho. Porque apenas em ti está o consolo e a paz que todos esperamos. Amém.”

Fonte da oração: BanhosPoderosos.Info

Aceite a ajuda de Deus nesse caminho

  • Deus está ao nosso lado em todos os momentos da nossa vida e não devemos hesitar em pedir a Sua gloriosa ajuda nos piores momentos da nossa vida.
  • Então, não deixe de rezar essa oração todos os dias de modo a que tenha ajuda e auxílio a percorrer esse caminho de sofrimento.
  • Tente rezar a oração sempre que se sentir em baixo, com saudades dessa pessoa ou até mesmo com vontade de voltar para a beira dela.
  • A prece vai lhe dar toda a força que precisa para continuar vivendo a sua vida e para seguir em frente de uma vez por todas.

Tenha paciência no processo de esquecimento

Uma das coisas que tem de ter noção é que esquecer alguém importante leva tempo, mesmo com a ajuda das orações.

Tem de confiar em Deus e em você para conseguir fazer isso. Fique ciente que a sua força interior terá de ser grande, pois apenas assim vai conseguir alcançar o seu objetivo.

Reze a oração sempre que precisar de apoio e nunca se esqueça que tem de ter muita força e, para além disso, muita fé em Deus Nosso Senhor. [the_ad id=’10726′]

Como Perdoar e Esquecer

  1. 1

    Deixe o ressentimento de lado. Se você quiser realmente conseguir perdoar a pessoa que te ofendeu, então precisa afastar todos esses sentimentos amargos e ressentidos de uma vez por todas.

    Deixe de lado a parte de você que odeia a outra pessoa ou que lhe deseja danos ou fracasso; se você manter esses sentimentos negativos, então eles vão atormentar a sua vida e dificultar o encontro da sua própria felicidade.

    Por isso, quanto mais cedo você ver que abrir mão do seu ressentimento é a coisa certa a se fazer, melhor.

    • É claro que a pessoa realmente te feriu, mas se você desperdiçar energia em se ressentir com ela, então só estará permitindo que essa pessoa lhe cause ainda mais danos. Seja melhor do que isso e libere-se desses sentimentos desagradáveis.
    • É melhor se você admitir que está se sentindo ressentido logo, ao invés de continuar negando isso. Fale sobre seus sentimentos com um amigo. Escreva-os em algum lugar. Faça o que tiver que ser feito para tirá-los de dentro de você, para que você possa se ​​livrar deles rapidamente.
  2. 2

    Considere o esquema das coisas. Neste momento, você pode sentir que a pessoa arruinou totalmente sua vida ou fez você se sentir absolutamente miserável.

    Ok, talvez uma de suas amigas esqueceu de te convidar para a festa dela; talvez a pessoa que você considera te disse algo doloroso no calor do momento.

    Eles poderiam ter feito algo muito pior? O que eles te fizeram realmente vai lhe causar dor por mais do que algumas semanas – ou por mais alguns meses? As chances são de que sim, você se machucou, mas isso não é o fim do mundo.

    • Pode parecer que é o fim do mundo, mas apenas naquele momento. Mas se você se dar um tempo para esfriar a cabeça, verá que as coisas não são assim.
    • Afaste-se da situação e observe sua vida. Cheia de coisas boas em sua maioria, certo? Essa coisa que a pessoa te fez foi realmente ruim o suficiente para colocar tudo isso em jogo?
  3. 3

    Veja se há uma lição que pode ser aprendida. Pense em você como um estudante, ao invés de uma vítima.

    É conveniente, e até mesmo seguro, pensar em si mesmo como uma vítima quando alguém o machucou, mas em vez disso, tente dar uma interpretação positiva sobre a situação, e veja se há algo que você pode realmente aprender com a experiência. Talvez você vai aprender a não confiar tanto em alguém.

    Talvez você vai aprender a não entrar em uma situação onde o seu instinto lhe diz que você deve fugir. Mesmo se você estiver se sentindo magoado ou chateado, a situação pode moldar suas interações futuras, e pode ajudá-lo a não se machucar quando você seguir em frente.

    • Naquele momento, é fácil pensar que a experiência trouxe somente coisas ruins. Mas se você realmente processar o que aconteceu, isso pode levar a algo positivo no futuro.
    • Se você aceitar que há uma lição a ser aprendida, então terá menos chances de ficar ressentido pela pessoa ter te machucado.
  4. 4

    Coloque-se no lugar da outra pessoa. Tente ver a situação do ponto de vista da pessoa. Talvez o seu namorado não lhe disse que fez uma viagem de fim de semana com os amigos dele porque ele sabe que você é propensa a ser ciumenta.

    Talvez sua melhor amiga não tenha lhe contado sobre o novo relacionamento dela porque ela tem medo de que você vá julgá-la.

    Ou talvez a pessoa que te machucou realmente não teve a intenção de fazer isso, e esteja se sentindo muito, muito horrível sobre tudo o que aconteceu.

    • Lembre-se que há dois lados para toda história. Você pode se sentir como a completa vítima, mas talvez possa ter machucado a pessoa também.
    • Pode parecer bobagem sentir pena de alguém que estragou tudo. Mas pense nas vezes em que você magoou alguma pessoa e realmente, realmente se arrependeu das suas ações. Há uma chance de que a pessoa esteja se sentindo ainda pior do que você.
  5. 5

    Pense em todas as coisas boas que a pessoa fez para você. Você pode estar muito magoado com o que quer que sua mãe, irmã, outra pessoa importante ou amigo tenha feito com você, mas tente pensar sobre todas as ótimas coisas que essa pessoa fez para você também.

    Você pode querer ficar dramático e achar que todo o relacionamento foi um grande erro, e que cada interação com a pessoa que te feriu lhe causou nada além de dor, mas isso raramente é o caso.

    Tente ser receptivo com a pessoa, pensando em todas as vezes que ela realmente foi uma boa amiga, seu sistema de apoio ou um ombro para chorar.

    • Faça uma lista de todas as ótimas coisas que a pessoa te fez e de todas as memórias que vocês compartilharam. Consulte essa lista quando você estiver se sentindo zangado ou ressentido, se precisar.
    • Ei, se você pensou muito sobre todas as coisas boas que a pessoa te fez e realmente não conseguiu pensar em nada, então talvez realmente esteja melhor sem essa pessoa em sua vida. Mas isso raramente acontece. Se a pessoa não fez tanto por você para início de conversa, então você não estaria tão irritado depois dele ou dela ter te machucado, não é?
  6. 6

    Veja se você já prejudicou essa pessoa. Olhe para o outro lado.

    Você lembra daquela vez há dois anos, quando acidentalmente contou à sua melhor amiga que pensou que ela não tinha personalidade? Ou na época que você esqueceu completamente do aniversário da sua irmã e foi beber com seus amigos em vez disso? As chances são de que você causou um pouco de dor no passado, e que a pessoa conseguiu superar isso. Os relacionamentos são longos e complicados, e é provável que a dor foi causada por ambos os lados.

    • Lembre-se de como você se sentiu depois de ter machucado essa pessoa — e quanto você gostaria de ser perdoado.
  7. 7

    Saiba que o perdão realmente alivia o estresse.

    Estudos têm mostrado que ser implacável e insistente sobre as injustiças que foram feitas para você pode realmente elevar a pressão arterial, aumentar seus batimentos cardíacos, deixar seus músculos mais tensos e levá-lo a ficar muito mais estressado do que se você trabalhasse em perdoar a pessoa ao invés disso.

    Cultivar sentimentos de perdão tem mostrado fazer com que as pessoas se sintam mais calmas e emocionalmente estáveis. Então, se você quer ser egoísta sobre isso, saiba que perdoar a pessoa vai realmente fazer você se sentir melhor fisicamente e mentalmente. E quem não quer isso?[1]

    • Quanto mais tempo você manter seus sentimentos de raiva, pior seu corpo e sua mente vão ficar. E por que fazer isso consigo mesmo?
    • Lembre-se de que o perdão realmente é uma escolha. Você pode decidir começar a perdoar e parar de abrigar todos esses sentimentos de mágoa em seu corpo, assim que você quiser. Sim, o perdão é um processo, mas não há necessidade de não iniciá-lo.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*